Você está na página 1de 9

MODELO DE LAUDO DE REVISÃO PÁGINA

CONTATO@JMVGLOBAL.COM.BR INSALUBRIDADE E LTCAT 1 1/9


21 2086-5857 21 99242-5333

SUMÁRIO

1 OBJETIVO ........................................................................................................... .........................................2


2 INSPEÇÃO DO AMBIENTE DE TRABALHO ....................................................................................................2
3 EMBASAMENTO LEGAL ...............................................................................................................................2
4 IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA .....................................................................................................................5
5 DESCRIÇÃO DO LOCAL DE TRABALHO/AMBIENTE.......................................................................................5
6 AVALIAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS ...................................................................................................5
6.1- FUNÇÕES E ATIVIDADES .........................................................................................................................5
6.2- RISCOS RECONHECIDOS .........................................................................................................................6
6.3 - AVALIAÇÃO QUALITATIVA......................................................................................................................6
6.4- AVALIAÇÃO QUANTITATIVA ...................................................................................................................6
6.4.1- METODOLOGIAS, PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO E EQUIPAMENTOS UTILIZADOS.........................7
7 DESCRIÇÃO DAS MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES...............................................................................8
8 CONCLUSÃO ...............................................................................................................................................9

REALIZAÇÃO

PARCEIROS

Este modelo de documento contém dados fictícios e foi organizado pela


JMV GLOBAL Gestão, Treinamentos e Consultoria em SST
21 2086.5857 21 99242.5333
MODELO DE LAUDO DE Revisão: 0 Página:
2/9
INSALUBRIDADE E LTCAT 4455/D RJ
Nº de Registro CREA
CONTATO@JMVGLOBAL.COM.BR Elaborado Harry Potter Nº de Habilitação 0332018
por: interna
21 2086-5857 21 99242-5333
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho Nº de Registro M.T.E.: 44008/RJ

1. OBJETIVO
A elaboração desse laudo tem a finalidade única de identificar as atividades e operações realizadas pelos trabalhadores
da Empresa Bela Garcia Montadora S/A expostos a condições insalubres, que podem ser medidas de maneira
quantitativa e/ou qualitativa, e seus respectivos graus de adicionais devidos (Anexo NR15).

2. INSPEÇÃO DO AMBIENTE DE TRABALHO


A inspeção no ambiente de trabalho procedeu-se, entre 20/01/2018 a 10/03/2018, nas instalações da Empresa Bela
Garcia Montadora S/A considerando o efetivo exercício de atividades laborais dos cargos dos trabalhadores nos
ambientes avaliados.

3. EMBASAMENTO LEGAL
Constituição da República Federativa do Brasil

Título II - Dos Direitos e Garantias Fundamentais


Capítulo II - Dos Direitos Sociais

Art.7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:
XXIII- adicional de remuneração para as atividades penosas, insalubres ou perigosas, na forma da lei;

Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT)

Seção XIII - Das Atividades Insalubres e Perigosas

Art. 189 – Serão consideradas atividades ou operações insalubres aquelas que, por sua natureza, condições ou
métodos de trabalho, exponham os empregados a agentes nocivos à saúde, acima dos limites de tolerância fixados
em razão da natureza e da intensidade do agente e do tempo de exposição aos seus efeitos.

Art. 190 – O Ministério do Trabalho aprovará o quadro das atividades e operações insalubres e adotará normas sobre
os critérios de caracterização da insalubridade, os limites de tolerância aos agentes agressivos, meios de proteção e o
tempo máximo de exposição do empregado a esses agentes. Parágrafo único – As normas referidas neste artigo
incluirão medidas de proteção do organismo do trabalhador nas operações que produzem aerodispersoides tóxicos,
irritantes, alergênicos ou incômodos.

Este modelo de documento contém dados fictícios e foi organizado pela


JMV GLOBAL Gestão, Treinamentos e Consultoria em SST
21 2086.5857 21 99242.5333
MODELO DE LAUDO DE Revisão: 0 Página:
3/9
INSALUBRIDADE E LTCAT 4455/D RJ
Nº de Registro CREA
Elaborado Harry Potter Nº de Habilitação 0332018
CONTATO@JMVGLOBAL.COM.BR interna
por:
21 2086-5857 21 99242-5333 Nº de Registro M.T.E.:
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho 44008/RJ

Art. 191 – A eliminação ou a neutralização da insalubridade ocorrerá:

I – Com a adoção de medidas que conservem o ambiente de trabalho dentro dos limites de tolerância; II – com a
utilização de equipamentos de proteção individual ao trabalhador, que diminuam a intensidade do agente agressivo
a limites de tolerância. Parágrafo único – Caberá às Delegacias Regionais do Trabalho, comprovada a insalubridade,
notificar as empresas, estipulando prazos para sua eliminação ou neutralização, na forma deste artigo.

Art. 192 – O exercício de trabalho em condições insalubres, acima dos limites de tolerância estabelecidos pelo
Ministério do Trabalho, assegura a percepção de adicional respectivamente de 40% (quarenta por cento), 20% (vinte
por cento) e 10% (dez por cento) do salário mínimo da região, segundo se classifiquem nos graus máximo, médio e
mínimo.

Art. 194 – O direito do empregado ao adicional de insalubridade ou de periculosidade cessará com a eliminação do
risco à sua saúde ou integridade física, nos termos desta Seção e das normas expedidas pelo Ministério do Trabalho.

Art. 195 – A caracterização e a classificação da insalubridade e da periculosidade, segundo as normas do Ministério


do Trabalho, far-se-ão através de perícia a cargo de Médico do Trabalho ou Engenheiro do Trabalho, registrados no
Ministério do Trabalho.

NR.9 - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA


9.1.5. Para efeito desta NR, consideram-se riscos ambientais os agentes físicos, químicos e biológicos existentes nos
ambientes de trabalho que, em função de sua natureza, concentração ou intensidade e tempo de exposição, são
capazes de causar danos à saúde do trabalhador.

9.1.5.1. Consideram-se agentes físicos as diversas formas de energia a que possam estar expostos os trabalhadores,
tais como: ruído, vibrações, pressões anormais, temperaturas extremas, radiações ionizantes, radiações não
ionizantes, bem como o infra-som e o ultra-som.

9.1.5.2. Consideram-se agentes químicos as substâncias, compostos ou produtos que possam penetrar no organismo
pela via respiratória, nas formas de poeiras, fumos, névoas, neblinas, gases ou vapores, ou que, pela natureza da
atividade de exposição, possam ter contato ou ser absorvidos pelo organismo através da pele ou por ingestão.

9.1.5.3. Consideram-se agentes biológicos as bactérias, fungos, bacilos, parasitas, protozoários, vírus, entre outros.

Este modelo de documento contém dados fictícios e foi organizado pela


JMV GLOBAL Gestão, Treinamentos e Consultoria em SST
21 2086.5857 21 99242.5333
MODELO DE LAUDO DE Revisão: 0 Página:
4/9
INSALUBRIDADE E LTCAT 4455/D RJ
Nº de Registro CREA
CONTATO@JMVGLOBAL.COM.BR Elaborado Harry Potter Nº de Habilitação 0332018
por: interna
21 2086-5857 21 99242-5333
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho Nº de Registro M.T.E.: 44008/RJ

NR 15 - Atividades e Operações Insalubres


15.2. O exercício de trabalho em condições de insalubridade, de acordo com os subitens do item anterior, assegura
ao trabalhador a percepção de adicional, incidente sobre o salário mínimo da região, equivalente a:
15.2.1 40% (quarenta por cento), para insalubridade de grau máximo;

15.2.2 20% (vinte por cento), para insalubridade de grau médio;

15.2.3 10% (dez por cento), para insalubridade de grau mínimo;

15.3. No caso de incidência de mais de um fator de insalubridade, será apenas considerado o de grau mais elevado,
para efeito de acréscimo salarial, sendo vedada a percepção cumulativa.

15.4. A eliminação ou neutralização da insalubridade determinará a cessação do pagamento do adicional respectivo.


15.4.1. A eliminação ou neutralização da insalubridade deverá ocorrer:

a) com a adoção de medidas de ordem geral que conservem o ambiente de trabalho dentro dos limites de tolerância;
b) com a utilização de equipamento de proteção individual.

Anexos da NR 15

• Anexo I - Limites de Tolerância para Ruído Contínuo ou Intermitente


• Anexo II - Limites de Tolerância para Ruídos de Impacto
• Anexo III - Limites de Tolerância para Exposição ao Calor
• Anexo V - Radiações Ionizantes
• Anexo VI - Trabalho sob Condições Hiperbáricas
• Anexo VII - Radiações Não-Ionizantes
• Anexo VIII – Vibrações
• Anexo IX – Frio
• Anexo X - Umidade
• Anexo XI- Agentes Químicos Cuja Insalubridade é Caracterizada por Limite de Tolerância Inspeção no Local
de Trabalho
• Anexo XII - Limites de Tolerância para Poeiras Minerais
• Anexo XIII - Agentes Químicos
• Anexo XIII A - Benzeno
• Anexo XIV Agentes Biológicos

A partir deste campo inicia-se os resultados de todos os GSE ( ou outra forma ) reconhecidos na empresa
avaliada. Sugestão: em caso de perícia ou juntada de documentos para outros fins, somente se entrega
resultados do GSE onde o trabalhador laborou. Segue abaixo um exemplo de 1 (um) GSE. Esse GSE é ilustrativo
e foi criado para apresentar um Laudo de Insalubridade contendo todos os elementos solicitados no eSocial
para os eventos S 1060, S 2240, S 2245 tabelas 23, 28 e 29.

Este modelo de documento contém dados fictícios e foi organizado pela


JMV GLOBAL Gestão, Treinamentos e Consultoria em SST
21 2086.5857 21 99242.5333
MODELO DE LAUDO DE Revisão: 0 Página:
5/9
INSALUBRIDADE E LTCAT 4455/D RJ
Nº de Registro CREA
Elaborado Harry Potter Nº de Habilitação 0332018
CONTATO@JMVGLOBAL.COM.BR por: interna
21 2086-5857 21 99242-5333
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho Nº de Registro M.T.E.: 44008/RJ

4. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA

RAZÃO SOCIAL BELA GARCIA MONTADORA S/A


CNPJ 30.611.000/0001-19
CNAE GRAU DE RISCO ATIVIDADE PRINCIPAL
23.33-3-01 4 Produção de Bexiga
ENDEREÇO Rua Pedro Marino, 4141
BAIRRO CEP MUNICÍPIO ESTADO
Bexiga 22222-222 Jundiaí Pequeno SP
NOME DO RESPONSÁVEL LEGAL
Miguel Dunes

5. DESCRIÇÃO DO LOCAL DE TRABALHO/AMBIENTE (evento S 1060 – Item 18)


Bela Garcia Montadora S/A está instalada em um prédio construído de alvenaria e estruturas metálicas com piso de
concreto provido de iluminação natural e artificial, ventilação natural e artificial –– ventiladores afixados nas colunas
e exaustores eólicos (ventilação forçada) - e com as seguintes dimensões: pé direito de 07 metros, largura de 25 metros
e comprimento de 150 metros. Cobertura composta por suportes de estruturas metálicas e telhado ondulado com
telhas de fibrocimento e telhas translúcidas.

Áreas anexas: Prédio destinado a áreas administrativas: construído em alvenaria com piso revestido de cerâmica
provido de iluminação artificial e climatizado artificialmente.

6. AVALIAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS

6.1. LAUDO INDIVUDUAL – CONCEITO GRUPO SIMILAR DE EXPOSIÇÃO

6.1.1 – IDENTIFICAÇÃO DO SETOR E DAS FUNÇÕES E DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES


GSE SETOR: CARGO FUNÇÃO Qt.TRABALHADORES

0425444 – Máquina AAA Técnico Junior Soldador Especializado 02


de Solda
(automática) Operador pleno Caldeireiro 05

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES (evento S 2240 – item 23)


Descrever como se dão as atividades reais e informações sobre os movimentos dos maquinários, especificar as
fases e método de trabalho...utilizar verbos no infinitivo impessoal.
JORNADA DE TRABALHO: 480 MIN HORA DE TRABALHO 8:30 as 17:30

Este modelo de documento contém dados fictícios e foi organizado pela


JMV GLOBAL Gestão, Treinamentos e Consultoria em SST
21 2086.5857 21 99242.5333
MODELO DE LAUDO DE Revisão: 0 Página:
6/9
INSALUBRIDADE E LTCAT 4455/D RJ
Nº de Registro CREA
Elaborado Harry Potter Nº de Habilitação 0332018
CONTATO@JMVGLOBAL.COM.BR interna
por:
21 2086-5857 21 99242-5333 Nº de Registro M.T.E.:
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho 44008/RJ

6.2. AGENTES AMBIENTAIS RECONHECIDOS (evento S 2240 – item 27 – Tabela 23)


3.2.1 – FONTES GERADORAS, VIA E PERIODICIDADE DE EXPOSIÇÃO

Risco Agente Causa Fonte Tempo Meio de Efeito potencial


Potencial de propagação/ Vias
Exposição de absorção
Fumos metálicos
Químico Manganês Irritação,
Ferro Processo de Solda 7:00 h Aérea/Respiratória Pneumuconiose,
Chumbo SNC e Febre
Cobre
Zinco
Físico Ruído Processo de Solda/ 7:00 h Aérea/ Canal- Perda Auditiva
Caldeiraria auditivo
Biológico Agentes biológicos Separação de chapas 1:00h / 1 X
infecciosos e de aço e máquinas semana Aérea e Dérmico Alergia e Viroses
infectocontagiosas usadas(Resíduos de entre outras da
Animais literatura.
Deteriorados)

6.3. VALIAÇÃO QUALITATIVA (evento S 2240 – Item 25 – Tabela 28)

Risco Potencial Agente Enquadramento Legal


Biológico Agentes biológicos infecciosos e Anexo 13, NR 15 Trabalhos e operações em contato
infectocontagiosas (Resíduos de permanente com pacientes, animais ou com material
Animais Deteriorados) infecto-contagiante, em:
- Resíduos de animais deteriorados.

6.4. AVALIAÇÃO QUANTITATIVA (evento S 2240 – item 27, 28, 29 e 30 – Tabela 23)

Risco Agente Concentração/ Limite de Tempo de medição Interpretação


Potencial Intensidade Exposição dos resultados
Fumos 8:30 – 11:30h
Químico Manganês 1,29 mg/m3 chumbo 0,1 mg/m3 (amostragem 1)
Chumbo 3,29 mg/m3 1 mg/m3 13:00h – 16h Acima da LT
(Anexo 12) manganês (amostragem 2)
(Anexo 11) Tempo total: 360 min.
Físico Ruído 87 dB(A) 85 dB(A) 8:45h – 14:45h
Tempo total: 360min. Acima da LT

Este modelo de documento contém dados fictícios e foi organizado pela


JMV GLOBAL Gestão, Treinamentos e Consultoria em SST
21 2086.5857 21 99242.5333
MODELO DE LAUDO DE Revisão: 0 Página:
8/9
INSALUBRIDADE E LTCAT 4455/D RJ
Nº de Registro CREA
CONTATO@JMVGLOBAL.COM.BR Elaborado Harry Potter Nº de Habilitação 0332018
por: interna
21 2086-5857 21 99242-5333
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho Nº de Registro M.T.E.: 44008/RJ
6.4.1 – METODOLOGIAS, PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO E EQUIPAMENTOS UTILIZADOS. (evento S 2240
– Item 32)

Risco Agente Metodologia


Potencial
Amostragem realizada com audiodosímetro, sendo o equipamento ajustado aos
seguintes parâmetros: circuito de ponderação “A”, resposta “lenta”, nível critério 85
dB(A) que corresponde a dose de 100% para uma exposição de 8 horas, limiar de
integração 80 dB(A) e incremento de duplicação de dose “q” igual à 5. A técnica
Ruído utilizada para coleta de amostra no ambiente ocupacional foi a de amostragem
Físico
pessoal, na qual o equipamento de coleta, diretamente ligado ao empregado foi
mantido na zona auditiva do mesmo, continuamente durante toda a jornada de
trabalho. As amostragens se deram em dias distintos, em número não inferior à três
e continuamente por toda a jornada de trabalho. Calibrado antes e depois de cada
amostragem.
Amostragem ativa, composta por uma bomba calibrada e operada a bateria, uma
mangueira flexível e um meio de filtração para coleção do contaminante. Um volume
conhecido de ar contaminado é então extraído do meio ambiente e coletado pelo
Fumos meio de amostragem. Para amostragem e análise laboratorial foi adotada
Manganês metodologia aderente a NHO e NIOSH. A técnica utilizada para coleta de amostra no
Chumbo ambiente ocupacional foi a de amostragem pessoal, na qual o equipamento de coleta,
Químico (Anexo 12) diretamente ligado ao empregado foi mantido na zona respiratória do mesmo,
(Anexo 11) continuamente durante toda a jornada de trabalho (NHO). A bomba gravimétrica foi
posicionada na cintura do trabalhador empregado e o amostrador fixado na “gola” de
seu uniforme. As amostragens foram em número não inferior a três, cobrindo toda a
jornada de trabalho. Equipamento calibrado antes e depois de cada amostragem.
Relação das atividades que envolvem agentes biológicos, cuja insalubridade é
Resíduos de caracterizada pela avaliação qualitativa. Foi feito uma visita no deposito de chapas
Biológico Animais recicladas e posteriormente analisando os componentes inseridos nessas chapas
deteriorados através de fotos e filmes, o Médico do Trabalho constatou em algumas chapas
pedaços de materiais orgânicos deteriorados, porém o contato é intermitente, e
poucas chapas estavam com resíduos.
Equipamento (evento S 2240 – item 31)
1. Audiodosímetro – Marca CHROMPACK - SmartdB é um dosímetro de ruído em banda de oitava leve e de fácil
configuração. É um dos poucos equipamentos no atual mercado que realiza a análise de frequência - Autonomia de xx h -
Faixa dinâmica de xx dB - Nível mínimo de xx dB - Faixa de medição de xx - xx dB - Ponderação A ou C (RMS) - Detector de
pico (C/Lin) - Detector Slow ou Fast - ANSI S1.4, S1.25, - IEC 60651, 60804, 61252.
2. Calibrador acústico tipo xx, com sinal de saída 94 ou 114dB a 1kHz e orifício de 3/8pol.
3. Bomba gravimétrica - Marca SKC – Modelo 224-44 XR - Faixa de Operação 5 a 5000 ml/min - 5 a 500 ml/min com
adaptador cat. 224-26 - Peso 964 gramas - Dimensões 13 x 11.9 x 4.8 centímetros - Faixa de Compensação 750 a 2500
ml/min - 40" de água de pressão de retorno 2500 a 4000 ml/min - 20" de água de pressão de retorno - Controle de Fluxo ±
5% ponto de ajuste de vazão constante - Tempo de Operação 8 Horas mínimo a 4000 ml/min e 20" de água de pressão de
retorno - Indicador de Vazão - Indicador de vazão incorporado com divisões de 250ml; marcas de escala em 1,2,3,4 e 5 LPM -
Conjunto de Bateria: Bateria Recarregável de NiCad 2.0 Ah, 6.0 V, Relacionado UL.
4. Calibrador de Vazão para Bombas de Amostragem Marca SKC chek-mate - Faixa de medição 0,75 a 5 L/min;

Este modelo de documento contém dados fictícios e foi organizado pela


JMV GLOBAL Gestão, Treinamentos e Consultoria em SST
21 2086.5857 21 99242.5333
MODELO DE LAUDO DE Revisão: 0 Página:
8/9
INSALUBRIDADE E LTCAT 4455/D RJ
Nº de Registro CREA
CONTATO@JMVGLOBAL.COM.BR Elaborado Harry Potter Nº de Habilitação 0332018
por: interna
21 2086-5857 21 99242-5333
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho Nº de Registro M.T.E.: 44008/RJ

7. DESCRIÇÃO DAS MEDIDAS DE CONTROLE EXISTENTES (evento S 2240 – item 36 E 40 e evento S 2245)

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO COLETIVA


1.Sistema de captação de fumos de solda Marca XXYYTT

Fotos ilustrativas- fonte Internet

MEDIDAS ADMINISTRATIVA OU ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO


1.Padrão rotulagem para todos os produtos químicos manuseados na oficina.
2.Padrão de uso, guarda, manutenção e substituição de EPI.CCSSTE
3.Áreas específicas para higienização de EPI. CCSSTJ
4.Regra geral para a cada hora de trabalhada, descansar 5 minutos.
5.Procedimento de Proteção Respiratória. CCSSTT
6.Procedimento de Proteção Auditiva. CCSSTY

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


1. Protetor auricular silicone 3 tamanhos.
2. Mascara semi facial 3 tamanhos, com Filtro 3M 2097 PFF3.

Este modelo de documento contém dados fictícios e foi organizado pela


JMV GLOBAL Gestão, Treinamentos e Consultoria em SST
21 2086.5857 21 99242.5333
MODELO DE LAUDO DE Revisão: 0 Página:
9/9
INSALUBRIDADE E LTCAT 4455/D RJ
Nº de Registro CREA
CONTATO@JMVGLOBAL.COM.BR
21 2086-5857 21 99242-5333 Elaborado Harry Potter Nº de Habilitação 0332018
por: interna
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho Nº de Registro M.T.E.: 44008/RJ

8. CONCLUSÃO (evento S 2240 – item 50)

15.4.1 - A eliminação ou neutralização da insalubridade deverá ocorrer:


a) com a adoção de medidas de ordem geral que conservem o ambiente de trabalho dentro dos limites de
tolerância;

b) com a utilização de equipamento de proteção individual.

Considerando os controles analisados neste GSE e o enquadramento legal previsto no item 15.4.1
São consideradas salubres as seguintes atividades ou operações: GSE 0425444 – Máquina de Solda (automática)

APROVEITAR A ESTRUTURA DO LAUDO, AS INFORMAÇÕES


ADERENTES E CONCLUIR PARA A APOSENTADORIA
ESPECIAL (LTCAT) Art. 262 da IN 77.

Este documento é válido para as atividades desenvolvidas na Empresa Bela Garcia Montadora S/A.

Rua Pedro Marino, 4141

Jundiaí Pequeno, 10 de março de 2018.

__________________

Harry Potter
ENGENHEIRO DE SEGURANÇA - CREA 4455/D-RJ

ART 22221133445555

Este modelo de documento contém dados fictícios e foi organizado pela


JMV GLOBAL Gestão, Treinamentos e Consultoria em SST
21 2086.5857 21 99242.5333

Você também pode gostar