Você está na página 1de 34




‡ˆ‰Š‹ŠŒ€


 › Ÿ¦

    › Ÿ§

    › Ÿ¥

 › ˜˜

     › ˜¦

 › ˜¨

 › ˜©

   › žŸ

 › žž

 › ž¨

 › ž™

   › ž©

 › ž¥

    › ¦˜

­   › ¦ž





        
 
     
   
         
        
 

        
 ­   € 
                ‚
ƒ   

    €   


     „‚ 
   
   … †




Ÿ¦
                Ž      
  ‘ Ž 
       
   

               
Ž   Ž  „   
 ƒ Ž


 € ’  ’‚


 
Ž      
    ‚   
 „  
 

“                   
    
          
                      
 ”•

 €”•  –
    —ˆ˜˜™š›
­  
      


 

ٻ
    
  Ž 

            –    œ  žŸ   


 ¡     


      
      

               


              
„  

     


  ¡…
        
     ‚
  …
  ›  †   ¢
 …
  £   ¢‚    ”…    
 ”

 ƒ          ¤    „ 


 ‚   €žŸŸ¥“  
  –    – 
   –     
      
 

٬
Ÿ™

 
 “    Ž  Ž 
     „’             
   


 €«   


 « 
   

     
   
  Ž 
”•

         


      ’† 
 „       
    ”•

٤
Ÿ©
  

   „”•  ’
€”•       
        
„   €” 
•      

 €     


Ž‡     
        
      ” 
•

Ÿ¥
˜Ÿ


 €    ”• Ž       
         ’†    
             
     

     ¦Ÿ « «€“‚­  


       
      
 ’               
       
 ‹   

   Ž  
Ž   
          
 ‚€’†

˜˜
 €   –
 
’            €    

     
   
 „  

 Ž    


 ¡
   ‘   
 ’       
           
  ­  

˜ž
  

               › 
   
 

 ’ …   š®“ ‘  
   ‘   
–‘     
   
               
 †  ”•

˜¦
˜ª

 ˆ  
 „    
    
      
              “   
  

 €”•     


      
–   £ 
    ‘
   
      

 €   


    
     
          
   

 €  ¬ 


  „
   
  

˜¨

   
    
     


     


 Ž     ’         
   

 “       


     „           
   †   Ž„ 
 Ž           
 

          


                
 „ŽŽ       
    „     “’      
  

˜™
˜§

 ‰„  „
   ›
 
ݠ  
†   ¬ 
     

   † 


        

 «„  
         
     
 


˜©
      
   Ž             
     

 € „            


   Ž   ’ 
   œ     Ž¯‚ Š           
    ” 
•

     „       


Ž   ’ 
     
”•   „    


˜¥


 €”• žŸŸ¥‰   ’† 
      “   
   ‡— «‹  


  „’ 


      
Ž¬    ‡— 
«‹  ’      
Ž«‹

 ‰  «‹   
      
 ‡   
       
       ­ 





žŸ

      ‡ œ
        „ 
          
  ‚

 ‹Ž – –  Ž¬ ’ 


     
 ”•  žŸ˜Ÿ          ˜Ÿ  „  
«‹ ˆ‹ ˆ—«  
«
€‡

 «
€‡      Ž 
    ”•    –     – 
Š † ‚

 “      ˆ ‹         
”•«— ‰     
 œ «— ‡ ›  
 ‡   
˜Ÿ „ ‹ °  —  ±

 ‹   ¬  ‰  


     ‡  ”• 
   „ 

ž˜

 Os treinamentos para fotógrafos surgiram com a grande demanda que a mídia acaba trazendo. Eu me lembro de receber em um único dia 900 e-mails com pedidos de orçamentos. A grande mídia desse país exerce um poder muito grande de influência. Imagine você a quantidade de mulheres que sonham com o momento da noiva; os treinamentos surgiram para preparar fotógrafos para atender esta deman

Imagine quantas mulheres que se juntaram e não passaram pelo ritual. Todas elas são clientes em potencial. Então chegava a hora de preparar fotógrafos, não somente na parte técnica ou fotográfica, mas na parte humana, na parte do fotógrafo como um mediador entre esse casal, o amor, a natureza e os fornecedores.

O treinamento começou ensinando os fotógrafos a criarem relacionamentos com o mercado, porque esse sonho precisa de: vestido de noiva, maquiador, cabeleireiro, alfaiate, transporte, um lugar... Desde que eu entrei nessa profissão, entendi que um fotógrafo de sucesso precisa se relacionar muito bem. Caso contrário, ele não conseguirá realizar nem os seus sonhos e nem os sonhos de seus clientes.

Os treinamentos para fotógrafos surgiram com a grande demanda


O primeiro treinamento aconteceu no clube Veleiros do Sul, em Porto Alegre. 20 fotógrafos vieram para dois dias. Eles não aprenderam apenas a fazer Street Wedding®. Aprenderam a fazer o seu marketing, a vender, a se relacionar. Muitos que estiveram no primeiro treinamento passaram a dar palestras e a dar aulas nesse mercado gigante que é o mercado fotográfico neste país.

que a mídia acaba trazendo. Eu me lembro de receber em um único dia 900


e-mails com pedidos de orçamentos. A grande mídia desse país exerce um
poder muito grande de influência. Imagine você a quantidade de mulheres
que sonham com o momento da noiva; os treinamentos surgiram para pre-
parar fotógrafos para atender esta demanda.

Imagine quantas mulheres que se juntaram e não passaram pelo ritual.


Todas elas são clientes em potencial. Então chegava a hora de preparar fotó-
grafos, não somente na parte técnica ou fotográfica, mas na parte humana,
na parte do fotógrafo como um mediador entre esse casal, o amor, a nature-
za e os fornecedores.

O treinamento começou ensinando os fotógrafos a criarem relaciona-


mentos com o mercado, porque esse sonho precisa de: vestido de noiva,
maquiador, cabeleireiro, alfaiate, transporte, um lugar... Desde que eu entrei
nessa profissão, entendi que um fotógrafo de sucesso precisa se relacionar
muito bem. Caso contrário, ele não conseguirá realizar nem os seus sonhos
e nem os sonhos de seus clientes.

žž
O primeiro treinamento aconteceu no clube Veleiros do Sul, em Porto
Alegre. 20 fotógrafos vieram para dois dias. Eles não aprenderam apenas a
fazer Street Wedding®. Aprenderam a fazer o seu marketing, a vender, a se
relacionar. Muitos que estiveram no primeiro treinamento passaram a dar
palestras e a dar aulas nesse mercado gigante que é o mercado fotográfico
neste país.

Desse primeiro treinamento, me lembro de um amigo que hoje já não


está mais entre nós, pois está com o Eterno. O Guilherme Riguetti, de Cam-
pinas, veio com a sua esposa até Porto Alegre e participou desse primeiro
treinamento.
Depois disso, esteve nos maiores palcos desse país, propagando e falando
sobre fotografia e vida. Toda vez que eu me encontrava com ele, dizia:

- Everton, tudo começou com o teu curso de Street Wedding®, em


2010!
Que Deus o tenha, meu amigo Guilherme Riguetti...

Depois desse primeiro, surgiram outras turmas, e não só no Brasil, mas


fora também. Dei esse treinamento no Japão, na Áustria e incontáveis vezes
no Brasil, em muitas cidades.

ž¦
žª


         
 Ž       Ž    
     


  „  
   ’¬  
‘    

      


      ž ”• Ž
   

 ›     


    ²   
 œ   ˜
   
”•œ „
   

 “’   „ «


            „    
 
   

ž¨
 


 «„    
’   …            † 
  
  „’       †         
     ˜ žŸ«    

 ˆ˜Ÿ   „  ˆ ˜Ÿ


   „    
ˆ ˜Ÿ          
 

 ±’      €    


  † ”      
†œ†   

 †¦Ÿ  ˜Ÿ  
   ˜Ÿ†  
       ”•  
  ³

ž™
 ƒ      ”•          
†    ‚‡    
Ž¬      † 
   “’


 ´     ’ 


†  
  
 †   
     “            
†      †
 

ž§
 



 ± ”•¨ †
˜Ÿ   ¨ †  
¨Ÿ Š  „ †  
 ¦Ÿ  †  
  

ž©
 
 š    „ 
”•€   
 ˜„—   Ž 
 „ «         
   ”•  Ž
    

 µ        


 ”•    
 ’        
     
 


    „    
     „   
   „          
   ”•

ž¥
¦Ÿ
 

 —  žŸŸ¥¡
’”›
 › 
    
    ’     °      
     ” 
• —  ” 
•

 €      ”•   „      
”•   ²„ 
     
œ  ‡   
              
    
 „   žŸ˜Ÿ  ”•

¦˜


 € „  ”•   
 
ˆ ¡‰«“ ¢¢¢ ¢ †
  „  «   
   „   
Ž

    „   


    
 «  „       
 

¦ž

 ¡   


 Š     
     œ     


       † 
„ 
       „
   Ž
  

¦¦
Site Street Wedding
http://www.streetwedding.com.br/

Assine meu canal no YouTube


https://www.youtube.com/user/rosaevertonfoto

Curta minha página no Facebook


https://www.facebook.com/evertonrosa/

Siga meu perfil no Instagram


https://www.instagram.com/rosaeverton/

Você também pode gostar