Você está na página 1de 234

Schindler S3100/3300/5300LA

Bionic 5, versão 2.0


Configuração e resolução de falhas
Referência rápida
ZLA_K612089_PT_03
Edição 09/2008
Este documento é uma tradução da versão KG GN3
principal em inglês K 612089_03.
Nome moreirm1
A KG à direita é responsável pelo mesmo.
Data 08.09.08

Modificação 01 03
N.º KA 107260 490700
Data KA 14.09.07 12.09.08
Copyright © 2008 INVENTIO AG
Direitos reservados.
Todos os direitos e outros direitos de propriedade intelectual deste manual pertencem a INVEN-
TIO AG, Seestrasse 55, CH-6052 Hergiswil. Poderá apenas
ser utilizado por pessoal SCHINDLER ou por agentes autorizados SCHINDLER para fins do in-
teresse da SCHINDLER.
Toda e qualquer reprodução, tradução, cópia ou armazenamento em unidades de
processamento de dados, sob qualquer forma ou por qualquer meio, sem
o consentimento prévio da Inventio AG será considerada violação e será objecto de acção
judicial.
Índice
1 * Informação geral . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
1.1 * Identificação do sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
1.2 * Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
1.3 * Versão de SW e HW . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
1.4 *Opções de controle . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
1.5 Funções de serviço ampliadas . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
1.6 * Documentação e software . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
1.7 * Abreviações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
2 * Visão geral do sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
2.1 * Componentes principais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
2.2 * Fontes de energia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
2.3 * Circuito de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
2.4 * Sistemas de barramento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
2.5 * Opções de cartão SIM (chip) . . . . . . . . . . . . . . . . 22
3 * Placas e Componentes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
3.1 * Placa de interface principal básica - SMIC5(L/R).Q 27
3.2 * Placa do microprocessador - SCIC 52.Q . . . . . . . 31
3.3 * Placa de alimentação elétrica - SNGL2.Q . . . . . . 35
3.4 * Placa de interface cabina - SDIC 51/52/53.Q . . . . 38
3.5 * Placa 1/11.Q PCB. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42
3.6 * Placa de ligação em ponte da porta - SUET3.Q . . 44
3.7 Placas COP5 - SCOPC/SCOPK/SCOPBM 5.Q . . . 45
3.8 PCB COP5 - SCOPB 5.Q . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
3.9 * Placa COP5 - SCOPM 51.Q . . . . . . . . . . . . . . . . . 47
3.10 * Placa COP5 - SCOPD 5.Q/SCOPDC 5.Q . . . . . . 48
3.11 Placa COP4 - SCOPBL4. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49
3.12 PCB COP4 - SCPI4. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
3.13 * Placa de anúncio de voz - VCA 1/11.Q . . . . . . . . 52
3.14 * Placas LOP5 de botoeiras do pavimento . . . . . . . 55
3.15 * Placas LOP4 de botoeiras do pavimento . . . . . . . 56
3.16 Placa de entrada e saída do pavimento - SLCUX1.Q 57
3.17 * Placa de resgate automático - SHCU1.Q . . . . . . . 59

K 612089_PT_03 1
3.18 Operador de porta compacto Fermator VVVF4+ . . 60
3.19 * Peças de reposição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 62
4 * Interfaces do usuário. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 66
4.1 * Pocket PC SPECI . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 66
4.2 * Interface do usuário IHM. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70
4.3 * COP como interface do usuário . . . . . . . . . . . . . . 73
5 * Configuração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 74
5.1 * Parâmetros de controle (menu 40) . . . . . . . . . . . 74
5.1.1 Princípio básico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 74
5.1.2 * Lista de parâmetros de controle . . . . . . . . 76
5.1.3 *Códigos de função BMK . . . . . . . . . . . . . . 100
5.2 * Configurações especiais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 108
5.2.1 Configuração da LOP (CF=00) com COP5 108
5.2.2 * Configuração LOP (CF=00) com COP4B 111
5.2.3 * Contagem de LOP [LE 00] . . . . . . . . . . . . 114
5.2.4 * Interruptor de chave serviço de incêndio JBF (BR)
115
5.2.5 * Interruptor de chave de chamada de pavimento JDE
115
5.2.6 * Interruptor de chave fora de serviço JAB 116
5.2.7 Ensino do teclado COP5B_N (CF=15) . . . . 118
5.2.8 Ensino do teclado COP4B (CF=15) . . . . . . 120
5.2.9 * Designação dos pavimentos (CF=01) . . . 122
5.2.10* Calibragem da célula de carga da cabina
(CF=96..99) 124
5.2.11* Reconfiguração da célula de carga da cabina
(CF=96..99) 127
5.2.12ZB1, Chamadas de cabina protegidas por senhas de
identificação PIN (CF=10) 129
5.2.13* ZB3, Chamada de cabina com interruptor de chave
(CF=83) 130
5.2.14* SAS Schindler Access System . . . . . . . . 131
6 * Resolução de falhas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 133
6.1 * Códigos de erro (Menu 50) . . . . . . . . . . . . . . . . . 134

2 K 612089_PT_03
6.2 ACVF: Códigos de aviso e erro” . . . . . . . . . . . . . . 188
6.3 Erros especiais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 197
6.4 LEDs de diagnóstico de erros SCIC . . . . . . . . . . . 199
6.5 * ACVF: Monitoramento de dados, menu 70. . . . . 202
6.6 Informação e estatísticas do sistema (Menu 30, 60) 207
6.7 * Reset de Erros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 208
6.7.1 Reset Normal do Controle do Elevador . . 208
6.7.2 Viagem de sincronização . . . . . . . . . . . . . . 208
6.7.3 * Viagem de aprendizagem . . . . . . . . . . . . 209
6.7.4 * Erro fatal no comando e ACVF . . . . . . . . 211
6.8 * Comandos e estados especiais . . . . . . . . . . . . . 212
6.8.1 * Modo de Viagem de Circuito Aberto (menu IHM 102)
213
6.8.2 * Reset de freio de segurança . . . . . . . . . . 215
6.8.3 Modo de viagem Reset GBP (menu IHM 103) 216
6.8.4 Modo de viagem de manutenção (menu HMI 104)
216
6.8.5 Viagem de inspeção e revisão (ESE) . . . . 216
6.8.6 * Posicionamento da cabina para acessar o teto da
cabina 217
6.8.7 * Acesso ao teto da cabina com viagem de instalação
218
6.8.8 * Calibragem Manual Pré-torque (IHM menu 123)
220
6.9 * Comunicação com PC de Serviço . . . . . . . . . . . 221
6.9.1 * Comunicação com controle Bionic 5 . . . . 221
6.9.2 * Comunicação com ACVF . . . . . . . . . . . . 225
6.10 * Atualização de SW . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 226
6.10.1* Atualização do SW de Controle (com MMC) 226
6.10.2Atualização de SW do ACVF . . . . . . . . . . . 230

K 612089_PT_03 3
4 K 612089_PT_03
1 * Informação geral
1.1 * Identificação do sistema
Como identificar o sistema Schindler S3100/3300/5300LA com Bionic
5 versão 2.0?

K 612089_PT_03 5
Item Identificação das características
LDU Unidade de porta de pavimentoPainel de controle integra-
do no batente de porta
SCIC52 PCB do microprocessador SCIC52
Tamanho aproximado 23 cm x 7,5 cm
Com dois conectores RS232
HMI Interface do usuário (interface homem máquina)
7 segmentos, 6 dígitos (vermelho)
HCU (Unidade de controle de caixa) Dispositivo de resgate au-
tomático. Quando instalado no topo da caixa. Fixado nas
guias.
ACVF Inversor de freqüência. Na caixa no estrado da máquina.
CCU Unidade de controle de cabina (Opcional).
Schindler S3100/3300LA: O sistema eletrônico está na
caixa no teto da cabina.
Schindler S5300LA: O sistema eletrônico está integrado
no teto da cabina. (Acessível por cima).
COP/LOP Botoeira de cabina (vidro)
Schindler S3100LA: Sempre um pequeno painel com até
8 botões de pressão.
Schindler S3300/5300LA: 4 versões diferentes com bo-
tões de toque ou botões de pressão.
Drive O sistema tem transmissão por elementos de tração (cin-
za)

6 K 612089_PT_03
1.2 * Introdução
O objetivo do presente guia de referência rápida é fornecer ao técnico
de manutenção (que participou previamente de um treino) uma ferra-
menta adequada para facilitar o trabalho de configuração e diagnósti-
co.
A presente referência rápida não se propõe a incluir todas as possibi-
lidades.Maiores informações sobre o Schindler S3100/3300/5300LA:

Intranet Selecione “Novo programa de Commodity” em


“Produtos” na página da intranet:http://intra-
net.eu.schindler.com
Centro de navegação de Produto na intranet PNC
(para catálogo técnico, especificações, etc.:ht-
tp://crd.ebi.schindler.com/products/default_en.htm

Hotline Elevadores Atlas Schindler S/A


Av. Estado, 6116- Cambuci
CEP 01516-900 - São Paulo - Brasil
Tel.: +55 2020 5327
Fax.: +55 2020 5560
e-mail: ZLA Competence Center@SCHINDLER
Hotline Locarno
Schindler Electronics Ltd.
Via della pace 226600 Locarno, Switzerland
Tel.: +41 91/756 97 85
Fax: +41 91/756 97 54
e-mail: Hotline_locarno@ch.schindler.com

K 612089_PT_03 7
1.3 * Versão de SW e HW
O presente manual é válido para as seguintes configurações:

Versão de SW: O manual descreve a funcionalidade do Bionic 5,


versão 2.0, SW V9.23.x
A versão de SW do sistema pode ser lida com aju-
da da interface do usuário HMI, menu 40, CF=12,
PA=1 (descrição, capítulo 5) ou com ajuda da in-
formação de sistema 301 (veja capítulo 6.6).
Versão de HW: Bionic 5 versão 2.0 (componentes principais, veja
capítulo 2.1)
O manual descreve o Schindler S3100/3300/5300LA como fornecido
em ZLA.

1.4 *Opções de controle


O presente guia de referência rápida descreve as opções técnicas
possíveis do Schindler S3100/300/5300LA com Bionic 5 versão 2.
Isso não significa que todas as opções descritas podem ser solicita-
das. As opções lançadas e disponíveis constam nas fichas de da-
dos de produto K 612092, K 612093 e K612094 ou na visão geral
do produto na Intranet do Commodity (seção de negócios).

1.5 Funções de serviço ampliadas


A maioria dos LEDs, funções de interface do usuário (HMI), possibili-
dades de configuração e resolução de falhas descritos no presente
guia de referência rápida são parte das funções de serviço ampliadas
ESF.
Dependendo da data de fornecimento do sistema (opção de cartão
SIM) e da versão de SW SCIC (Š9.2x) as ESF podem estar disponí-
veis somente para as primeiras 10.000 viagens normais ou enquanto
a ferramenta SPECI estiver conectada. (SPECI =Interface de comuni-
cação de elevador pessoal Schindler)
Descrição da SPECI: Veja o capítulo 4.1

8 K 612089_PT_03
1.6 * Documentação e software
Esse capítulo deverá ajudar a encontrar todas as informações adicio-
nais sobre os sistemas elétricos do Schindler S3100/3300/5300LA.
Por favor, lembre-se de que alguns desses documentos são docu-
mentos de P&D somente para uso interno. O grupo-alvo é Especia-
listas em campo. Por isso, a maioria dos documentos só está
disponível em inglês.

Documentação do sistema
F/C115xx- Manual de campo/curso disponível no centro de trei-
ZLA namento na Intranet: http://sch-hr-tc.ebi.schind-
ler.com
K612092..94 Fichas de dados do produto
K612100 Guia de referência rápida de instalação e parametri-
zação e regulagem
K609707 TK Parametrização e regulagem
J44907229 Guia do inspetor IG (ZLA)
R44907229 Relatório de inspeção de aceitação AIR (ZLA)
K612101 Guia de referência rápida, Manutenção
Kxxxxxx TKs dos componentes: Veja Intranet (Centro de nave-
gação de produtos)

Controle
J237416 User Manual Smart, Miconic BX, S001Rel.3(Configura-
tion and Troubleshooting)
J274140 Rules for Schematics Bionic 5 Rel.2.0
J42101400 Product Structure & Rules Bionic 5 Rel. 2.0
J41322160 Fixtures Product Structure & Rules Bionic 5 Rel.2.0

Yaskawa L7C
J 41401000 SW CDI, short information to the SW development
J 41401001 SW CDI, short information to the SW product (CAN in-
terface board).

K 612089_PT_03 9
J 41401011 SW Yaskawa_L7C, short information to the SW product
(L7 SW)
X41401011 Yaskawa Main SW
X41401001 Yaskawa CDI SW (CANIVF)

Placas e Software
Q42106529 SMIC(L/R)5.Q, Technical description
Q42106509 SCIC52, Technical description
Q42107865 MMC Software files
J42107866 SCIC52 SW Release note
Q42107400 SNGL2.Q, Technical description
Q42106992 SDIC51/52/53.Q, Technical description
Q42106260 SDIC5/51/52/53.Q, MMC Software files
J42106260 SDIC5/51/52/53.Q, SW Release note
Q42106535 SUET3.Q, Technical description
Q42107216 SHCU22-24.Q, Technical description
Q42106727 SCOP K/PC/BM5.Q, Technical description
Q42106258 SCOP5.Q, MMC Software files
J42106258 SCOP5.Q, SW Release note
Q42107083 SCOPB4L.Q, Technical description
Q42106397 SCOPB4L.Q, MMC Software files
J42106397 SCOPB4L.Q, SW Release note
Q42105989 VCA1/11.Q, Technical description
J42102314 VCA1/11.Q, Commissioning instruction
X42102314 VCA1/11.Q, SW and mp3 files
Q42102348 VCA1/11.Q, SW description
J42103073 SAS, General description and user guide
Q42106927 SLOPE51/52/53.Q, Technical description
Q42106981 SLOPD5/51/52.Q, Technical description

10 K 612089_PT_03
Q42106516 SLCUX1.Q, Technical description

Componentes adicionais
EJ604703 SPECI, Operação

1.7 * Abreviações
A presente lista contém as abreviações mais importantes. Para infor-
mações adicionais por favor verifique o esquema "Índice de ID de dis-
positivos".

Abrev. Significado Explicação


ACVF Alternating Current Drive Conversor de freqüência
with Variable Frequency
AN1 Anti Nuisance Type 1 Operação anti-interferência
tipo 1
BAT Battery Bateria
BR Brake Resistor Resistência de frenagem
BR1 Brandfall 1 Serviço de incêndio tipo 1
CAN Controlled Area Network Barramento CAN
CCU Car Control Unit OKR no teto da cabina
CLC Car Load Cell Célula de carga da cabina,
Digisens
COP Car Operating Panel Botoeira de cabina
CPIF Car Position Indicator Indicador de posição da cabi-
Floor na no piso principal
CPIAF Car Position Indicator All Indicador de posição da cabi-
Floor na em todos os pavimentos
CSC Car Safety Circuit Circuito de segurança da ca-
bina
DA1/2 Druckknopf Alarm Botão de pressão de alarme
DBV Druckknopf Begrenzer Botão de pressão de limita-
Geschwindigkeit dor de velocidade

K 612089_PT_03 11
Abrev. Significado Explicação
DFM–U/D Druckknopf Fahrt Ma- Disparo de viagem manual
nuell Up Down (botão OK na HMI)
DM236 Decretto Minesteriale No Dispositivo de alarme para a
236 Itália
DREC–D/U Druckknopf Revision Interruptor SOBE/DESCE-
Control Down and Up botoeira de inspeção
EC Elevator Control Controle do elevador
EBR1 Etage Brandfall Typ 1 Pavimento com serviço de in-
cêndio
ESE Evakuation Schacht Botoeira de resgate
Ende
FLC Floor Light Control Controle da iluminação do
pavimento
FU Frequenz Umrichter Inversor de freqüência
GBP Geschwindigkeits-be- Limitador de velocidade
grenzer Pendulum
GS Gäste Steuerung Controle de visitas
GSA Gerät Sprachansage Unidade de anúncio de voz
GSV Gerät Sprachverbindung Dispositivo de intercomunica-
ção
HCU Hoistway Control Unit Unidade de resgate automá-
tico na caixa
IHM Human Machine Interfa- Interface do usuário IHM
ce
IG Inkremental Geber Codificador incremental (en-
coder)
INT Interface Interface
IRTS Infromation Relais Tür Si- relé de informação para o cir-
cherheitskreis cuito de segurança da porta
ISK Information Si- Informação do circuito de se-
cherheitskreis gurança

12 K 612089_PT_03
Abrev. Significado Explicação
ISPT Information Sperrung Tür Informação de circuito de se-
gurança de bloqueio de porta
IUSK Information Ursprung Si- Informação da fonte do cir-
cherheitskreis cuito de segurança
JAB Switch Ausser Betrieb Interruptor de fora de serviço
JBF Switch Brandfall Interruptor de serviço de in-
cêndio
JDC Switch Druckknopf Car Interruptor de chamada de
cabina
JEM Switch Evakuation Ma- Interruptor de resgate manu-
nuell al (SNGL)
JFIH FIHauptschalter Interruptor principal de prote-
ção RCD (Disjuntor residual)
JFIHL FIHauptschalter - Licht Interruptor principal de prote-
ção RCD luz (Disjuntor resid-
ual)
JNFF Switch Notfahrt Interruptor bombeiros
Feuerwehr
JHSG Switch Halt Schachtgru- Interruptor de parada no
be poço
JREC Switch Revision Car Interruptor de inspeção da
cabina
JRH Switch Rückholsteue- Interruptor de manobra de re-
rung visão
JRVC Switch Reservation Car Interruptor de viagem de re-
servação de cabina
JTH Switch Thermo Interruptor térmico
JTHA Switch Thermo Antrieb Interruptor, acionamento tér-
mico
JTHS Switch, Thermo Steue- Interruptor, controle térmico
rung do elevador

K 612089_PT_03 13
Abrev. Significado Explicação
KBF Kontakt Brandfall Contato do serviço de incên-
dio (detetor de incêndio)
KBV Kontakt Begrenzer Vites- Contato do limitador de velo-
se (v) cidade
KCBS Kontakt Car Blocking Bloqueio da cabina no topo
System dacaixa
KF Kontakt Fang Contato do freio de seguran-
ça
KLSG Kontakt Leiter Scha- Contato da escada do poço
chtgrube
KL-V Kontakt Last voll Contato de carga plena
KPH Kontakt Phasen Contato de supervisão de fa-
ses
KNE Kontakt Notend Contato de fim de curso
KSKB Kontakt Schliesskraft- Contato limitador de força de
Begrenzer fechamento
KSS Kontakt Schlaffseil Contato de cabo frouxo
KSSBV Kontakt Schlaffseil Be- Contato de cabo frouxo do li-
grenzer Vitesse mitador de velocidade
KTHM Kontakt Thermo Maschi- Sensor térmico da casa de
nenraum máquinas
KTC Kontakt Tür Car Contato da porta da cabina
KTS Kontakt Tür Schacht Contato da porta de pavi-
mento
KTZ Kontakt Türzone Contato da porta lado de
acesso
LAGC Lampe Alarm Gedächt- Lâmpada de alarme memória
nis Car da cabina
LARC Lampe Alarm Registriert Lâmpada de alarme aciona-
Car do da cabina
LC Lamp Car Lâmpada da cabina

14 K 612089_PT_03
Abrev. Significado Explicação
LCUX Landing Call Unit Exten- Extensão das botoeiras de
sion pavimento, entradas/saídas
adicionais
LDU Landing Door Unit Unidade de porta de pavi-
mento,painel de controle no
batente de porta
LEFC Lamp Evacuation Travel Lâmpada de viagem de res-
Car gate da cabina
LIN Landing Indication indicador de pavimento/ indi-
cador do sentido da manobra
LMG Lastmessgerät Sensor de medição de carga,
Digisens
LNC Lampe Notfall Car Lâmpada iluminação de
emergência da cabina
LOP Landing Operation Panel Botoeira de pavimento
LUET Lampe Ueberbrückung Lâmpada que indica pontea-
Tür mento (jumper) dos contatos
da porta
MGB Magnetic Brake Freio magnético
NS21 Notstrom Steuerung Typ Operação com força de
21 emergência tipo 21
PA1 Parking Type 1 Estacionamento (retorna ao
estacionamento no piso prin-
cipal)
PCB Printed Circuit Board Placa de circuito impresso
(eletrônica)
PHS Photozelle Stockwerk Sensor óptico do nível do pa-
vimento
PHT Photozelle Tür Sensor óptico da porta
PHUET Photozelle Ueber- Sensor óptico que indica
brückung Tür ponteamento (jumper) dos
contatos da porta

K 612089_PT_03 15
Abrev. Significado Explicação
R01 Relay 01 relé VACON “Pronto”
RBE Relay Brake Evacuation Relé do freio durante o res-
gate
RCD Residual Current Detecti- Interruptor de proteção con-
on tra corrente residual (inter-
ruptor FI)
RLC-A Relais Lampe Car Aus Relé que desliga a lâmpada
da cabina (automático)
RTS Relais Tür Si- Relé de informação do circui-
cherheitskreis to de segurança das portas
de pavimento
SBBD S Project Bio Bus Duplex Placa SBBD para conexão
de duplex
SCIC S Project cabinat Interfa- Placa CPU
ce Controller
SCOP S Project Car Operating Placa principal COP
Panel
SDIC S Project Door Interface Placa principal CCU
Car
SDM236 S Project Decretto Mi- Placa de indicação de alar-
nesteriale No 236 me, opção somente para a
Itália
SF Schütz Fahrt Contator de viagem
SI Schacht Information Informação de caixa
SIAP S Interface Asia Pacífico Interface AP e LA para
renivelamento
SIM Subscriber Identity Mo- Cartão Chip no SCIC
dule
SKA Distância de corte de alta ve-
locidade
SLIN S Project Landing Indica- Placa LIN
tion

16 K 612089_PT_03
Abrev. Significado Explicação
SMIC S Project Main Interface Placa principal LDU
Connection
SNGL S Project Netz Gerät Lift Placa Resgate manual e for-
ça de emergência
SPECI Schindler Personal Ele- Aplicação do PC de bolso
vator Communication In- para comunicar-se com o
terface controle do elevador
SOA Sonnerie Alarm Campainha de alarme
SUET S Project Ueber- Placa de ponteamento (jum-
brückung Tür per) do circuito de porta
TDIF Travel direction indicator Indicador do sentido da ma-
floor nobra, seta de LOP
TELA Telealarm Alarme de portaria
TS Transformator Steuerung Transformador do controle
do elevador
VCA Voice Control Announce- Unidade de anúncio de voz
ment
VEC Ventilator Car Ventilador da cabina
ZB1 Zutritts Beschränkung Acesso restrito tipo 1
Typ 1

K 612089_PT_03 17
2 * Visão geral do sistema
2.1 * Componentes principais
Schindler S3100/3300/5300LA usa
- Controle: Bionic 5
- ACVF: Yaskawa L7C
- Operador de porta: Fermator Compact VVVF4+
- Resgate automático HCU (opcional)

Schindler S3100/3300/5300LA, Bionic 5 versão 2.0, componentes principais

18 K 612089_PT_03
2.2 * Fontes de energia

T6.3A 24V T2.5A 24V


JH
SKC
POW
12V-
SIS NGL NSG T1A 5V 12V
POW NSG
24V SKC
POW 12V SMIC
HCU SNGL +
-

24V 24V
24V
SKC
3.3/5V
12V 12V
SKC

REF SDIC
SH SNGL HCU POWC POWT
POWC F4A
M
+
-
Fermator
REF VF SF MGB VVVF4

REF
?

50002009
SF
LDU- SH VF-
POW POW
HCU ACVF

K 612089_PT_03 19
2.3 * Circuito de segurança

Circuito de segurança, um lado de acesso, SDIC52.Q

20 K 612089_PT_03
2.4 * Sistemas de barramento
data 24V (g y, wh)
LDU BIO bus
0V (bk)
LOP
SMIC BBUS 1
2
3
SI 2 
T2.5A 24V (rd) 88 LIN

sync.

SCIC LOP
1
ext norm
4
EXT CAR
LOP

D2 CCU sync.
SKC SDIC
LCUX

50002006
ACVF COP

2 3
COP
COP
= CAN bus
SCOP

Terminação do barramento CAN:


1) Posição predefinida: “ext”
Se nada estiver conectado em XCAN-EXT → ajuste o interruptor
em “Norm”
2) O barramento CAN é terminado automaticamente em ACVF
3) O barramento CAN é terminado automaticamente em SDIC ou
SCOP
Barramento BIO em sistemas Bionic 5:
4) Botoeiras padrão Bionic 5
Pino 1: GND
Pino 2: Dados de barramento (24V!)
Pino 3: alimentação de 24V para indicadores

K 612089_PT_03 21
2.5 * Opções de cartão SIM (chip)
Observações:
- As opções listadas estão baseadas no documento “Bionic 5 versão
2.0, Estrutura e Normas” J42101400Ae08, 06-10-20
- Uma descrição da maioria das funções (normas de sistemas de
elevadores ESS) consta na intranet, no centro de navegação de
produtos.
- As opções destacadas em cinza não são aplicáveis para a ver-
são ZLA
- (E = Europa e EMIA, A = Ásia Pacífico, L = América Latina)

Opção Descrição E A L SW
Funções básicas
Política 0 = DE (não suportada)
1 = KA X X X
2 = PI X
3 = KS X X X
Funções de serviço de incêndio
BR1 Serviço de incêndio tipo 1 padrão X X X
BR1-ALT1 Serviço de incêndio tipo 1 Luxembur- X
go (CF2 PA6)
BR1(CH) Serviço de incêndio tipo 1 Suíça X
(JBF/JBF-A)
BR1(NO) Serviço de incêndio tipo 1 Noruega X
BR1(GB) Serviço de incêndio tipo 1 Grã Breta- (9.0)
nha
BR1 Marinho Serviço de incêndio tipo 1 Marinho (9.0)
BR1(CN) Serviço de incêndio tipo 1 China X 9.0
BR1(KR) Serviço de incêndio tipo 1 Coréia X 9.0
BR1(TW) Serviço de incêndio tipo 1 Taiwan X 9.0
BR1 EN8173A Serviço de incêndio tipo 1 X 9.0
EN8173TipoA

22 K 612089_PT_03
Opção Descrição E A L SW
BR2 Serviço de incêndio tipo 2 padrão X X 9.0
BR2(FR) Serviço de incêndio tipo 2 França X
BR2(NL) Serviço de incêndio tipo 2 Holanda
BR2(CN) Serviço de incêndio tipo 2 China X 9.0
BR3 Serviço de incêndio tipo 3 padrão
BR3(BE) Serviço de incêndio tipo 3 Bélgica X
BR3(IN) Serviço de incêndio tipo 3 Índia
BR3(KR) Serviço de incêndio tipo 3 Coréia X 9.0
BR3(TW) Serviço de incêndio tipo 3 Taiwan (se 9.2
pedido)
BR3(AU) Serviço de incêndio tipo 3 Austrália X 9.1
EBR1 Incêndio no pavimento (necessário X
LCUX)
Sinalização
CPIF (ASE) Indicador de posição da cabina no X X X
piso principal (CF2 PA2)
CPIAF (ASE) Indicador de posição da cabina em to- X X X
dos os pavimentos
TDIF (LW, LA) Indicador de sentido da manobra em X X X
todos os pavimentos
VS Anúncio de voz (requer “Kit de anún- X X X
cio de voz”)
DM236 Equipamento para pessoas deficien- X
tes, Itália, gongo na COP
GA B Gongo de chegada na cabina, tipo B
LUB Indicador de manutenção Coréia X
Segurança
ZB1 Senha para acesso restrito(COP com X X
teclado numérico de telefone) (não
junto com GS) (CF10, CF06 PA3)

K 612089_PT_03 23
Opção Descrição E A L SW
ZB3 Chave de acesso restrito JDC (02) X X
(Bionic 5 COP: use ZB1 ou GS para
desabilitar chamada de cabina)
(CF83)
ZBC1 Bloqueio da chamada de cabina com X
JSPC-G (CF81, VL=179)
ZBC2 Interface para leitor de cartão paralelo X 9.2
(CF81) (não é possível com 2 COPs)
ZBCE Bloqueio de pavimento com JSPS (9.0)
(CF82, VL=262) (chamada de cabina
e pavimento desativada)
GS Controle de visitas (somente simplex X
DE ou PI, não junto com ZB1, neces-
sita ZB3 ou SAS) (CF17)
Capacidade
KL-V Controle de plena carga (somente KA X X X
ou KS)
RL1 Retorna ao piso principal de qualquer X X X
pavimento (CF2 PA3, 4)
RL2 Retorna ao piso principal de um pavi- X X X
mento inferior (CF2 PA3, 4)
Conforto
Duplex Duplex X X
JLC (RLC-A) Iluminação automática da cabina (re- X X X
lé RLC-A) (CF8 PA2)
BEA (FLC) Controle de iluminação de pavimento X X
(necessário LCUX) (RFBE:
BMK=213)
VEC E Ventilador na cabina, botão de pres- X X 9.0
são (VEC tipo E)
Emergência
DH Parada na cabina

24 K 612089_PT_03
Opção Descrição E A L SW
NF1 Serviço de emergência X 9.0
NS21 Operação com força de emergência X X 9.0
tipo C
EB Serviço de terremoto (padrão) X X 9.21
Transporte especial
RV1 Serviço independente sem estaciona- X X X
mento (reservação, JRVC: BMK=59)
RV2 Serviço independente com estaciona- X 9.0
mento (JRVCP: BMK=61)
TT Porta de separação da cabina (requer
RV1)
LI Serviço de ascensorista X 9.0
DDC Cancelar chamada de cabina X 9.2
BF Uma viagem de serviço para deficien- X
tes
Uso indevido
AN1 Dispositivo contra o uso indevido 1
(KL-M) (não suportado. Digisens não
é suficientemente exato).
AN3 Dispositivo contra o uso indevido 3 X X
(verificação RPHT)
FT Batida da porta, temporizador final X X 9.0
Diversos
JAB Fora de serviço X X X
PCARE Desativar funções de serviço amplia- X X X 9.2
das ESF
E-RE Serviço de inspeção ampliado X X
Parâmetros ACVF
ACVF Parâmetros específicos do sistema X X X
(CF16)

K 612089_PT_03 25
Legenda: 9.0, 9.1, 9.21, ... = versão mínima de SW necessáriaE=EU
e EMIA, A=AP, L=LA

26 K 612089_PT_03
3 * Placas e Componentes
3.1 * Placa de interface principal básica -
SMIC5(L/R).Q
S Main Interface Controller PCB

SMIC5.Q

K 612089_PT_03 27
LEDs
LED Visor Descrição
normal
LUEISK Apagado LIG = alimentação do circuito de segurança está
DESLIGADA (LED vermelho no DUEISK-A)
(Motivos: Início do circuito de segurança > 55V
ou < 20V, fim do circuito de segurança > 29V,
corrente do circuito de segurança > 1A)
IUSK Aceso LIG= alimentação do circuito de segurança 24 ..
55 VDC Ok
ISPT Aceso LIG = Circuito de segurança do poço fechado
RTS Aceso LIG = Circuito de segurança do poço e portas de
pavimento fechado
ISK Aceso LIG = Circuito de segurança completamente fe-
chado
24V Aceso LIG = 24VDC do SNGL1.Q disponível
5V Aceso LIG = VCC 5VDC disponível (alimentação lógi-
ca). Convertida de 24 VDC no SMIC5.Q
BBUS Intermi- Intermitente = atividade do barramento BIO
tente
LR-U Aceso/ LIG = Viagem da cabina na direção de subida
Apagado (feedback do ACVF)
LUET Aceso/ LIG = Posição da cabina dentro da zona da por-
Apagado ta
LR-D Aceso/ LIG = Viagem da cabina na direção de descida
Apagado (feedback do ACVF)
LREC Aceso/ Não utilizado na ZLA (usado apenas na EU para
LREC-A Apagado TSD)
KNET Aceso/ Não utilizado na ZLA (usado apenas na EU para
Apagado TSD)

28 K 612089_PT_03
Fusíveis
Fusível Descrição
SI1 24 VDC alimentação do SDIC (2.5 AT)
SI2 24 VDC alimentação do barramento BIO (2.5 AT)

Botões de pressão
Chave/bo- Descrição
tão de
pressão
DUEISK-A Ligue novamente a alimentação do circuito de seguran-
ça (depois que o LUEISK tiver sido ativado.)
RESET Função 1: Posicionamento automático da cabina para
INSPEC- acessar o teto da mesma. (ver capítulo 6.8.6)
TION
DBV Disparo remoto do limitador de velocidade GBV durante
os testes de aceitação.

Atribuições dos plugues


Conector Descrição
XIC_right/ Interface ao SCIC52
left
ESE ESE ou conector de ponte BESE
SKS Circuito de segurança da caixa
TT Linha de telefone; T+T externo
KSS Contato de circuito de segurança de cabo frouxo
OPTION Conector de reserva Alarme SOA e LAS
SKC Conexão principal à cabina (circuito de segurança, ali-
mentação 24 VDC e 12 VDC, barramento CAN)
KBV Circuito de segurança GBP, MGBV, (KFG)
HCU Resgate automático HCU
XSP 12 V-NSG ao sistema intercomunicador (Pino1=12VDC,
pino2=GND)

K 612089_PT_03 29
Conector Descrição
LOP Botoeiras do pavimento LOP/LIN/LCUX (barramento
BIO)
SNGL Conexão à PCB SNGL (PEBO)

30 K 612089_PT_03
3.2 * Placa do microprocessador - SCIC 52.Q
S Cabinet Interface Controller

EXT.
NORM.

XCAN_EXT (ACVF)
1

XCAN_CAR
1

X232

XTELE 1
CHIPCARD

X232_2

RESET

XMMC

ERR
KSE
BDM
KS
TRIP2 1
TRIP1 8
7
DRIVE 6
50002001

5
DOOR 4
WDOG 3
2
SERV.
ON

1
S1

Placa SCIC 5.2Q

K 612089_PT_03 31
Significado dos LEDs
Nota
Os LEDs fazem parte das ESF. Veja informação no capítulo
1.5.

LED Visor Descrição Observação


normal
ERR Apagado Aceso = Erro fatal Reset manual neces-
Piscando = Aviso sário
Reset automático
KSE Aceso/ Status KSE Não suportado no SW
Apagado Aceso = dentro da gama atual (permanente-
KSE mente DESLIGADO)
KS Aceso/ Status PHS Aceso = na zona PHS
Apagado
TRIP2 Apagado Aceso = Modo de manu- Aceso = interruptor
tenção ativado DIP S7 ON ou em
modo especial 104
TRIP1 Apagado Aceso = medição de Aceso = interruptor
carga está desativada DIP S1 ON ou em
Piscando = Erro no sis- modo especial 107
tema de medição da (IHM)
carga
DRIVE Apagado Piscando = Erro no sis- Tente reset de erro fa-
tema de acionamento tal ACVF, modo espe-
cial 101 (IHM)
DOOR Apagado Piscando = Erro no sis-
tema da porta
WDOG Piscando Intervalo de intermitên-
cia 2 s quando SW OK
SERV. Apagado Modo de viagem de ins- Aceso = interruptor
talação DIP S8 ON
Uma combinação de LEDs piscando pode indicar um modo especial
de controle ou um erro. Veja também o capítulo 6.4 “Resolução de fa-

32 K 612089_PT_03
lhas de baixo nível” ou o capítulo 6.1 “Códigos de erro” (IHM menu
50).

Botões de pressão
Botão Descrição Observação
de pres-
são
RESET Reset manual Veja capítulo 6.7 “Erros de re-
set”

Interruptores DIP
DIP S1 Descrição Observação
1 ON = Medição de carga LED "TRIP1" Aceso
está desativada
2 Não usado
3 Posição Normal OFF Veja capítulo 6.9 “Comunica-
OFF = Servitel TM4 conec- ção com PC de serviço”
tado à XTELE
ON= PC de serviço conec-
tado à XTELE
4 Não usado Indicação de erro de 4 dígitos
na COP5
5 Não usado
6 Não usado Modo de configuração com
COP5 - Sustituido por IHM
7 ON = Modo de manutenção LED "TRIP2" Aceso (capítulo
6.8)
8 Modo de viagem de instala- LED "SERV." Aceso (capítulo
ção (usado também para 6.8)
viagem de aprendizagem)

K 612089_PT_03 33
Outros interruptores
Interrup- Descrição Observação
tor
Termina- Para terminar o barramento Posição normal: "EXT."
ção do CANSe não houver nada co-
barramen- nectado ao CAN EXT → Posi-
to CAN ção "NORM"

Pontes
Pontes Descrição Observação
BDM Interface de depuração Não use!

Atribuições dos plugues


Descrição Observação
XCAN-EXT Barramento CAN ao ACVF
XCAN-CAR Barramento CAN à cabina Conector "SKC"
(SDIC)
X232 Conexão duplex
X232_2 Conexão do PC de serviço Programa "Terminal" (com
SW ≥ 9.2 CADI GC)
XMMC MMC Multi Media Card In- Atualização do SW SCIC
terface
CHIPCARD O cartão chip contém as Cartão SIM Opções, veja
opções do elevador e os no capítulo 2.5 “Opções do
parâmetros ACVF cartão SIM (Chip card)”

34 K 612089_PT_03
3.3 * Placa de alimentação elétrica - SNGL2.Q
S Netz-Gerät Lift (Power Supply)

• Alimentação elétrica de 12V (emergência)


• Resgate manual PEBO (abertura eletrônica do freio por pulsos)

SMIC T10A-HB 250V


VACUATION ERROR
BATT
VBAT
BOOSTER

DEM JEM

SNGL 2.Q
Id.No. 591828

DBV-A BATT

MGB-T
POWC
1 1
T1A-HB 250 V

HCU 1
50002007

POW 1

SNGL2.Q

K 612089_PT_03 35
LEDs
LED Visor Descrição
normal
BATT Apagado Aceso = Se JEM está aceso e a capacidade
da bateria está abaixo de 10%
12V-NSG Aceso/ Apagado = Modo normal
Apagado Aceso = A bateria está no modo de carga
Aceso = A bateria está OK mas no modo de
resgate
BOOSTER Aceso/ Apagado = modo normal
Apagado Aceso = voltagem de saída de reforço 120
VDC disponível
Somente no modo "Resgate manual" pressi-
onando DEM
EVAC. ER- Apagado Aceso = Falha interna da placa SNGL2.
ROR O resgate é possível, porém existe o risco
de danificar o relé. Substituir a placa SNGL2
o quanto antes possível.

Fusíveis
Fusíveis Descrição
T10A-HB Proteção interna de PEBO (10 AT)
250V
T1A-HB Proteção da saída da alimentação de força de emer-
250V gência 12 DC (1 AT)

Botões de pressão
Botão de Descrição Observação
pressão
DBV-A Reset remoto do GBP - Não utilizado na ZLA.
contato KBV

36 K 612089_PT_03
Atribuições dos plugues
Conector Descrição
SMIC Conexão ao SMIC (alimentação elétrica, circuito de se-
gurança e KBV, fusíveis, LUET)
POWC Alimentação elétrica da porta de cabina e da ilumina-
ção da cabina
MGB-T Usado para "Teste da metade da capacidade de freio"
(teste de freio de um disco)
Há necessidade de dois plugues de teste (teste MGB/
teste MGB1)
Verifique todos os conectores com a ajuda do docu-
mento Q 42107400
HCU Fontes de energia de/para SHCU e MGBs(sem SHCU:
há a necessidade de um conector de ponte).
POW Fontes de energia do SIS e de/para transformador TS
BATT De/para a bateria 12 VDC(controle do elevador, informa-
ção de caixa, alarme, iluminação de emergência)

Interface de resgate manual


Descrição Observação
JEM Interruptor de resgate ma- JEM = LIG evita outros ti-
nual. pos de viagem (circuito de
Posição no sentido anti-ho- segurança interrompido)
rário = Resgate manual
LIG
DEM Botão de pressão do res- Abre o freio por um tempo
gate Manual. pré-definido (pulso)
Ativação da bateria (recon-
exão eletrônica)
Pressione este botão toda
a vez que a bateria for sub-
stituida.

K 612089_PT_03 37
3.4 * Placa de interface cabina - SDIC 51/52/53.Q
S Door Interface Controller PCB
• Interface para todos os componentes da cabina como a porta, infor-
mação de caixa, botoeira de cabina, circuito de segurança, alar-
me,...

RVEC

12V-NSG

DWNLD
1

WDOG
MMC

5/3.3V
MVEC

2PHS
RLC-A

LMG

ERR
PHS
SDIC 53.Q

24V
Id.No. 591886
XSPI

1
RESET DEBUG
LC

1
POWC

PC
XMIL 2PHS RPHT 2RPHT

1
1

1 1 1
XCOP
POWT
SOA DOOR 2DOOR PHS SKC KSE

50002002
1 1 1 1 1 1
1

1
GNT
1

UCC KNE 2KTC KTC JHC2 KCBS UET REC


1 1 1 1 1 1 1 1

Visão geral de tipo


SDIC51 SDIC52 SDIC53
Interface principal da porta X X X
Segunda interface da porta X
Pré-abertura da porta X X
Interface para a placa de IO X
Interface para ventilador X
(RVEC+MVEC)
Alarme X X

Nota: SDIC51 e SDIC52 estão disponíveis apenas na ZLA.

38 K 612089_PT_03
LED Visor Descrição
normal
24V Aceso Aceso = alimentação de 24VDC (P01) da
LDU
12V-NSG Aceso Aceso = alimentação de 12VDC (VDD) da
LDU
3.3V/5V Aceso Aceso = alimentação de 3.3V/5V (produzida
no SDIC) para MMC/lógica interna
PHS Aceso/ Aceso = célula fotoelétrica interrompida (in-
Apagado formação de caixa, cabina na zona de por-
ta)
2PHS Aceso/ Aceso = célula fotoelétrica interrompida (in-
Apagado formação de caixa, cabina na zona de por-
ta, 2º lado de acesso - Não usado na ZLA
WDOG Piscando Intervalo de intermitência 2 s quando SW
OK
DOWNLO- Apagado/ Apagado = exibição normalPiscando = Du-
AD DE SW piscando rante o download de SW
ERROR Apagado Aceso = ERRO
LMG Aceso Aceso = Célula de carga da cabina funciona

Botões de pressão e pontes


Botão de Descrição Observação
pressão
RESET Reset PCB SDIC

Pontes Descrição Observação


DEBUG Interface de depurador Usado somente para de-
senvolvimento

K 612089_PT_03 39
Atribuições dos plugues
Conector Descrição Observação
XSPI Interface placa de IO somente SDIC53
XVCA Não usado Anúncio de voz
MMC Download de SW Multi Media Card
XMIL Lâmpada de viagem de SCOP5.Q LEFC
resgate
XCOP SCOP5.1 CAN, alimentação
GNT Dispositivo de alarme GNT ou GSV
SOA Alarme sonoro do sistema
PORTA Sinais lógicos porta1 VVVF-4
PORTA2 Sinais lógicos porta 2 VVVF-4
PHS Fotocélula nível do pavi- Lado de acesso 1
mento (informação de cai-
xa)
RPHT Barra de proteção eletrôni- Porta1
ca (BPE) ou cortina lumi-
nosa
SKC Circuito de segurança, ali- SOA, LAS, TT, CAN
mentação elétrica, alarme,
sinais
KSE KSE-D e KSE-U ou KSE Lógica
UCC Medição de cargaAlarme DigisensDA-DKF
abaixo da cabinaContato
do freio de segurança
KNE KNE
KTC KTC Porta
JHC2 JHC2 (segundo interruptor Se a cabina exceder 1125
pára cabina), segurança e kg
lógica - Não usado na ZLA Pontear se não for usada

40 K 612089_PT_03
Conector Descrição Observação
KCBS KCBS. Precisa ser ativado Contato de segurança do
ao trabalhar (do teto da ca- Dispositivo de bloqueio da
bina) no sistema de acio- cabina, interrompe o cir-
namento cuito de segurança
UET Ponteia os contatos de Circuito de segurança e ló-
porta SUET 3.Q gica
REC Botoeira de inspeção Lógica e circuito de segu-
rança DA-U
POWC Alimentação de 230 VAC Porta, iluminação da cabi-
da PCB SNGL 5.Q na, saída da tomada
MVEC Ventilação da cabina somente SDIC53
LC Para a iluminação de cabi-
na
PC Saída da tomada do teto 230 VAC
da cabinaLBSC-U (somen-
te AP)
POWT Alimentação de 230 VAC
para o(s) operador(es) de
porta VVVF-4

K 612089_PT_03 41
3.5 * Placa 1/11.Q PCB
Placa da interface Smart Asia Pacífco
• É necessário manejar as saídas auxiliares e ler as entradas auxilia-
res através da placa SDIC53. Pode se usar como interface para
renivelamento, a nova caixa de ascensorista requerida para o mer-
cado de AP, e também para a opção BR3 para Korea -Taiwan.

Função Incluída SIAP 1 SIAP 11


Interface da caixa de ascensorista Y Y
BR3 Y Y
Renivelamento (PHNR-U/D) Y Y
Relé de segurança RUENA + RUENA1 Y -
para ponte KNA
Ponte KUET/KUET1 com RUETFF Y -
+RUETFF1

20000508

SNGL2.Q

42 K 612089_PT_03
LEDs
LED Visualiza- Descripción
ción
normal
PHNR-U Aceso/ Aceso = A cabina está na zona de de reni-
Apagado velamento acima
PHNR-D Aceso/ Aceso = A cabina está na zona de de reni-
Apagado velamento abaixo

Relés
Botão de Descrição Observações
pressão
RUENA Controle ponteado KNA
RUENA1 Controle ponteado KAN
RUETFF Ponte contato KUET
RUETFF1 Ponte do contato KUET1

Atribuições dos plugues


Conector Descrição Observações
PHNR-U Renivelamento, óptico Sensores PHNR-U
PHNR-D Renivelamento, óptico Sensores PHNR-D
PHNR Renivelamento, óptico Sensores PHNR
SDIC Contato de segurança Conexão com a placa
SDIC
SUET KUET, KUET 1 Conexão com a placa
SUET
KCBS Contato de segurança KCBS, KCBS1
KNA Contato de segurança KNA
JNFF BR3_TW, BR3_KR JNFF, JNFF-S
ACS Serviço de ascensorista Conexão com a caixa do
ascensorista

K 612089_PT_03 43
3.6 * Placa de ligação em ponte da porta -
SUET3.Q
S Ueberbrückung Tür (Door overbridging)

PCB SUET3.Q

Atribuições dos plugues


Conector Descrição
XUET Controle para pontear os contatos da porta (SDIC)
XSIH Zona de porta (interruptor magnético KUET)
XSCUET UET circuito de segurança (SDIC)
XPHIO Conexão do controlador (SDIC)
(2)XPHUET Zona de porta (sensor óptico PHUET)
50002003

44 K 612089_PT_03
3.7 Placas COP5 - SCOPC/SCOPK/SCOPBM 5.Q
S Car Operating Panel Configurable/Keys/Button Mechanical
• Módulo principal da COP5
• Microprocessador, atualização de SW, entrada interruptores chave
• SCOPC: Teclado capacitivo auto-configurador (azul, vermelho)
• SCOPK: Teclado capacitivo de 10 dígitos
• SCOPBM: Teclado de botões mecânicos

LEDs
LED Visor Descrição
normal
WDG Piscando Intervalo de intermitência 2 s quando SW
OK
DOWNLO- Apagado/ Apagado = exibição normal
AD SW piscando Piscando = Durante o download de SW

Botão de pressão
Botão de Descrição Observação
pressão
RESET Reset PCB SCOP

K 612089_PT_03 45
Atribuições dos plugues
Conector Descrição
XBLUE Interface “Bluetooth" UART, não usada
XDIS1/2 SCOPD(C)
XANT Antena, Sistema de Acesso Schindler SAS
MMCARD Multi Media Card MMC, atualização de SW
XKEY1..4 Entradas de chave externa
XMONO8 Interface de depuração (somente desenvolvimento)
XBUT1..3 PCB SCOP5B.Q (somente SCOPBM5.Q)

3.8 PCB COP5 - SCOPB 5.Q


S Car Operating Panel Push buttons
• Usados junto com a SCOPBM5.Q

Lados dianteiro e traseiro da PCB

Atribuições dos plugues


Conector Descrição
XBUT1..3 PCB SCOPBM 5.Q de botoeira da cabina

LEDs
LED Visor Descrição
normal
Cinco LEDs Apagado Aceso = Alarme ativo

46 K 612089_PT_03
3.9 * Placa COP5 - SCOPM 51.Q
S Car Operating Panel Main Indicator

LEDs (iluminação de visores)


LED Visor Descrição
normal
Setas Aceso/ Indicador de sentido da manobra
Apagado SUBIR/DESCER
“Ajuda está che- Apagado Aceso = LARC
gando”
“Retornar ao pavi- Apagado Aceso = Viagem de resgate
mento”
“Sobrecarga” Apagado Aceso = indicação de sobrecarga
“Alarme” Apagado Aceso = Alarme ou LAGC

Atribuições dos plugues


Plugue Descrição Observação
XMIL Lâmpada de viagem de
resgate da cabina

K 612089_PT_03 47
Plugue Descrição Observação
XCOP2 Conexão à 2ª COP - Não
usada em ZLA
XGONG PCB GONG1.Q Opção
XCOP Conexão SDIC
XTELA Dispositivo de alarme GNT LARC, LAGC
XHFE Ligação terra
XHP Auto-falante externo Controlado pelo RE2 (relé)
controlado pelo barramen-
XVHP Auto-falante externo
to SPI
XMAIN1/2 SCOPD(C)
XLSENS Fototransistor Usado para iluminação de
emergência
XLOGO Luz traseira do logotipo

3.10 * Placa COP5 - SCOPD 5.Q/SCOPDC 5.Q


S Car Operating Panel Destination (and) Call Indicator
• SCOPD: Visor de 8 x 2 dígitos
• SCOPDC: Visor de 1 x 2 dígitos

Atribuções dos plugues


Conector Descrição
XMAIN1/2 SCOPM
XVCA Placa de unidade de anunciador de voz
XDIS1/2 SCOP C/PK/BM

48 K 612089_PT_03
3.11 Placa COP4 - SCOPBL4
S Car Operating Panel Button
• Placa principal SCOPBL4
• Microprocessador, atualização SW, alimentação elétrica, entrada
interruptores de chave
S C O P B L 4 .Q

Alarm Acknowledge
LAGC

LAEC

LARC
Automatic Evacuation
LL-X
Overload

Help is coming
XLSENS XREL

XVCA

XLO G O

XKEY4

XM O N08
XKEY3

XKEY2
XTELA
XKEY1

XCOP
WDOG
X D IS 1

XCO P2
XSER DW LD
50002016

LEDs (iluminação de visores e indicação)


LED Visor Descrição
normal
“Ajuda está che- Apagado Aceso = LARC
gando”
“Evac. Autom.” Apagado Aceso = viagem de resgate, LAEC
“Sobrecarga” Apagado Aceso = sobrecarga, LL-X
“Confirm.Alarme” Apagado Aceso = LAGC
WDOG Piscando Pisca quando SW está OK
DWLD Apagado/ Pisca durante download de SW
piscando

K 612089_PT_03 49
Atribuições dos plugues
Conector Descrição Observação
XLSENS Fototransistor Usado para iluminação de
emergência
XLOGO Luz traseira do logotipo
XDIS1 Visor externo SCPI4, Opção
XSER Conexão serial SCPI4, Opção
XKEY1..4 Entradas chave externa
XTELA Dispositivo de alarme GNT LARC, LAGC
XCOP Conexão SDIC
XCOP2 Conexão segunda COP - Opção
Não usado na ZLA
XHFE Ligação terra

Botão de pressão
Botão de Descrição Observação
pressão
Reset Reset PCB SCOP

50 K 612089_PT_03
3.12 PCB COP4 - SCPI4
S Car Position Indicator
• Opção, indicador de posição da cabina com COP4

LEDs (iluminação de visores)


LED Visor Descrição
normal
Subir/descer Aceso (Outro) Indicador de sentido da ma-
/Apagado nobra

Atribuições dos plugues


Conector Descrição Observação
XLSENS Fototransistor Usado para iluminação de
emergência
XGONG Gongo Opção
XDIS1 Conexão SCOPB4
XSER Conexão SCOPB4
XVCA Anúncio de voz Opção

K 612089_PT_03 51
3.13 * Placa de anúncio de voz - VCA 1/11.Q
Voice Announcement PCB
• Nome do pavimento, mensagens de serviço e alarme
• Conectado na COP

Observação
A VCA é fornecida pré-configurada de acordo com o pedido
original. Para alterações adicionais, veja o documento
J42102314 “Parametrização e regulagem VCA”. (Arquivo
X42102314)

Atribuições dos plugues


Conector Descrição Observação
X1 Auto-falantes ativos exter- Opção, impedância > 4.7
nos com entrada de ampli- kOhm
ficador
X2 Saída para o auto-falante Auto-falante 8 Ohm, 1 W
UART Interface UART Conexão SCOP

52 K 612089_PT_03
Conector Descrição Observação
MMCARD Multi Media Card com ar- MMC deverá permanecer
quivos de audio mp3. (tra- inserido (arquivos mp3
seira da PCB) não podem ser carregados
na placa)

LEDs
LED Visor Descrição
normal
DWNLD Apagado Pisca durante o download do SW (com MMC)
3V3 Aceso 24V, 5V, 3.3V disponível
A Apagado Aceso = Ajustar volume (Joystick +/-)
Pisca = Anúncio do auto-falante principal
B Apagado Aceso = Ajustar balanço (Joystick +/-)
Pisca = Anúncio do auto-falante secundário
C Apagado Aceso = Ajustar trêmulo (Joystick +/-)
D Piscando Aceso = Ajustar graves (Joystick +/-)
Pisca = VCA pronto (watchdog)

LED de status especial:


A→B→C→D→A→.... Inicialização VCA
AB Ajustar o auto-falante principal
AC Ajustar o auto-falante secundário
AD Ajuste geral

Joystick e botão de pressão


Joystick Descrição Observação
Ajustar Ativação do menu e“EN- Pressione o joystick para
TER” baixo
SU- Alterar função / menu Volume, baixos, ...
BIR/DES-
CER

K 612089_PT_03 53
Joystick Descrição Observação
+/- Aumentar / abaixar o valor Ajustar o volume, baixos,
...

Botão de Descrição Observação


pressão
RESET Reset Placa VCA

Ajuste do volume
1) Condição prévia: LED “3V3” = LIG, LED “D” = piscando
2) Pressione o joystick para baixo → VCA toca música, LED “A”
= Aceso
3) Use +/- para mudar o volume
4) Quando o volume estiver Ok, pare de alterar o valor e aguarde
até amúsica parar automaticamente. O sistema faz o reset au-
tomaticamente → LEDs piscando, LED “D” = piscando

MMC depende do idioma


O número de pedido para o MMC com um determinado idioma pode
ser encontrado no documento J 41322160.

54 K 612089_PT_03
3.14 * Placas LOP5 de botoeiras do pavimento
Landing Operating Panel

50002004
X2 X1

LOP 5
1 Logotipo novo Schindler
2 XBIO: 4 pinos J.S.T. (lado direito na Placa)
3 XCF: 2 pinos micro J.S.T.
4 → Reconhecido como botoeiras barramento BIO tipo 1 ou tipo
2, dependendo da configuração do sistema.
5 Configuração do interruptor de chave conectado à entrada
XBIO.4:
Depende da versão de SW SCIC. Ver capítulo 5.2.4.. 5.2.6.

K 612089_PT_03 55
3.15 * Placas LOP4 de botoeiras do pavimento
Landing Operating Panel for Schindler 3100

50002018
XCF X1

Atribuições dos plugues


Conector Descrição Observações
XBIO Barramento BIO Conexão do barramento BIO
XCF LIN / LCUX Conexão de LIN/LCUX

56 K 612089_PT_03
3.16 Placa de entrada e saída do pavimento -
SLCUX1.Q
S Landing Call Unit Extension
Função principal:
• Conexão de entradas e saídas adicionais na caixa

PCB SLCUX 1.Q

Conexões SLCUX1.Q

K 612089_PT_03 57
Atribuições dos plugues
Plugue Função Observações
XBIO BIO bus
XCF Sincronização Conexão à LCU(M) ou LOP
IO1..IO4 Entradas/saídas Entrada: Pino 3-4Saída: Pino 1-2 (P0,
no máx. 0.4 A)

LEDs na PCB SLCUX1.Q


LED Operação Descrição
normal
O1 .. O4 Aceso/ apa- Aceso = saída ativa (depende da configu-
gado ração BMK)
I1 .. I4 Aceso/ apa- Aceso = entrada ativa (contato fechado)
gado
5 Piscando Watchdog
6 apagado Aceso = sobrecarga de corrente na saída
7 Aceso P0, alimentação elétrica do barramento
BIO

Ajustes de interruptores DIP


DIP DIP Definição de nó e menu de configuração
1CFG 2CFG1
2
ON ON LCUX pré-definiu o endereço “Nó 1”. CF=87
ON OFF LCUX pré-definiu o endereço “Nó 2”. CF=88
OFF ON LCUX pré-definiu o endereço “Nó 3”. CF=89
OFF OFF Endereço LCUX não definido
Comentário 1: Se o LCUX estiver conectado a uma LOP em um pavi-
mento, o endereço fixo será substituído por um novo endereço duran-
te a configuração LOP. (independente do ajuste atual do interruptor
DIP.)

58 K 612089_P T_03
Comentário 2: Se um LCUX foi endereçado durante a configuração
LOP ele pode ser resetado para o endereço fixo com ajuda de
CF=94.
Comentário 3: O endereço fixo do LCUX ainda não foi lançado.

3.17 * Placa de resgate automático - SHCU1.Q


S Hoistway Control Unit
• A cabina se movimenta para o próximo pavimento e abre a porta
em caso de perda de energia
• Sentido da manobra dependente da relação da carga da cabina
(medida com ajuda do ACVF e codificador; célula de carga da cabi-
na não é usada)
• HCU é desabilitado enquanto o interruptor principal JH estiver
DESLIGADO

Atribuições dos plugues 50002012

Plugue Descrição
LDU-POW Rede elétrica do JH
VF-POW Conexão ao ACVF (230 VAC)
SNGL Conexão ao SNGL
DC-AC De/para inversor DC-AC
VF Conexão ao ACVF (sinais)
BATT Baterias HCU (2 x 12V = 24 VDC)
LDU Conexão a SMIC

K 612089_PT_03 59
Procedimento correto para conectar a bateria após a troca
1) Conectar o pólo positivo da bateria ao pólo positivo do inversor
2) Conectar o pólo negativo da bateria ao pólo negativo do inversor
(há possibilidade de pequenas faíscas)
3) Ligar o conector BATT à SHCU

3.18 Operador de porta compacto Fermator


VVVF4+

Ajuste do interruptor DIP (1)


Interruptor DIP Posição Descrição
normal
1 1 e 2 entradas OFF ON = 1 entrada (abrir/fechar)
OFF = 2 entradas
2 Tipo de porta de ON ON = porta automática
pavimento OFF = porta manual
3 Abertura da por- ON ou ON = Abertura na esquerda (TL)
ta OFF OFF = direita (TR) ou centro
4 Mestre e Escra- OFF ON= Mestre
vo OFF = Escravo

60 K 612089_PT_03
Comentário sobre a abertura da porta: O ajuste do interruptor DIP 3
varia dependendo da versão da caixa de controle Fermator VVVF4.
(Alguns esquemas antigos também podem estar errados).
→ Verifique na etiqueta da caixa de controle o ajuste correto!
Observação sobre interruptores DIP: a posição do interruptor DIP
pode ser difícil de ver. Os interruptores DIP da nova caixa de controle
são pretos. Verifique a posição, alternando ON/OFF os interruptores
DIP.

Procedimento de parametrização e regulagem


1 Certifique-se de que todos os plugues estão conectados corre-
tamente. A cabina e a porta de pavimento precisam estar aco-
plados.
2 LIGUE o operador de porta (do lado da caixa de controle do
Fermator VVVF4)
3 Pressione o botão de “Autoajuste” (2)
4 O botão de teste (3) pode ser usado para viagens de teste
5 Verifique o funcionamento da segurança do limitador de força.
Ajuste, se necessário, com o potenciômetro (6) para < 150N
6 Se necessário, ajuste a velocidade de abertura da porta (5) e a
velocidade de fechamento da porta (4)

Ajuste adaptado às necessidades do cliente


Em determinados casos pode ser necessário alterar os parâmetros
da porta. Para esse objetivo pode-se usar a caixa de interface de
ajuste (ID nº 59313521). A modificação de parâmetros exige conheci-
mentos especializados profundos.

K 612089_PT_03 61
3.19 * Peças de reposição
A tabela abaixo é um extrato da lista oficial de peças de reposição
que poderá ser encontrada na TK Manutenção, K609709.

Placa, Objeto Observações ID


Controle BIONIC 5
BAT Bateria para Emergência, 12V 3,2 Ah 432789
FIBS, FIL Interruptor Diferencial Bipolar 25 A 55504722
Disjuntor Tripolar Reg. 20-25A, 15KVA 55504724
JH
Disjuntor Tripolar Reg. 24-32A, 15KVA 55504725
Bloco aditivo para disjuntor com 2 conta- 258654
tos NA
NGL Fonte chaveada Tipo A 230VAC / 26VDC 55503909
6A
SIBS Mini Disjuntor Bipolar 10A 180116
SCIC5 Placa SCIC 52 594215
SMIC5 Placa SMICL 5.Q - TL/Central 591863
SMIC5 Placa SMICR 5.Q - TR 591864
SNGL2 Polaca SNGL 2.Q - Resgate Manual 594134
BAT Bateria p/ HCU600 12V 12Ah 432790
BAT Bateria p/ HCU800 12V 432791
DC-AC1 Fonte DC/AC 1000W, 24VDC-230VCA 55502265
SHCU22 Placa SHCU 22.Q - Resgate Manual 594119
SHCU24 Placa SHCU 24 - Resgate Manual 594120
CCU e Opcionais da Cabina
SDIC53 Placa da interface da cabina SDIC 53.Q 591886
SUET3 Placa SUET 3.Q 591811
Placa SREC, completa para P310K 51922789
SREC
Placa SREC, completa para P31K 51922791
SIAP Placa SIAP 11 BIONIC 5 55504516

62 K 612089_PT_03
Placa, Objeto Observações ID
HK1 Cabo de Comando Básico BIONIC 5 Rel. 55504045
2.0
HK2 Cabo de Comando opcional Bionic 5 Rel. 55504046
2.0
SLCUX1 Placa SLCUX - Entradas/ Saídas Opcio- 591806
nais
Acessórios da Cabina
CIP5 Painel de informações 55503481
COP5-1N LA Botoeira de Cabina, Sensitiva, Teclas - 51926553
3...8
COP5-10 LA Botoeira de Cabina, Sensitiva, 10 Teclas 51926554
COP5B-10 LA Botoeira de Cabina, Botões 0...7 51926555
COP4B LA Botoeira de Cabina, Botões 0...7 51925554
CPI 4 Indicador de posição p/ COP4B LA, Op- 55503990
cional
COP5K Unidade Suporte para Chaves JRVC / 55503483
JNFF, Opcional para COP5
JRVC Chave p/ COP5K - Serviço Reservação 51922782
JNFF Chave p/ COP5K - Serviço Bombeiro 51922783
Gong Conjunto Sinalização Sonora 55503535
SCOPB5 Placa SCOPB5.5Q 591820
SCOPBML5 Placa SCOPBML 5.Q (Botão pulsador) 594132
SCOPC5LA Placa SCOPC5LA 5.Q (sensitiva 3...8) 594130
SCOPD5 COP5 Controller PCB SCOPD 5.Q dis- 591819
play de registro de llamada
SCOPDC5 Placa SCOPDC 5.Q display de registro 591844
de chamada
SCOPKLA5 Placa SCOPKLA 5.Q (sensitiva, 10 Te- 594131
clas)
SCOPM51 Placa SCOPM 51.Q 594107

K 612089_PT_03 63
Placa, Objeto Observações ID
SCOPR5 Placa SCOPR 5.Q 594127
VCA11 Placa VCA 11.Q - Anunciador de voz 591838
SAS Placa SAS - Sistema de Acceso 55503543
SAS Cartão multimídia para SAS (Usuário) 432727
SAS Cartão multimídia para SAS (Configu- 432728
ração)
Acessórios do Pavimento e Opcionais
GA Elemento Sonoro LIN S001 / R3 59321646
LIN5H Indicador Horizontal de Pavimento 55503774
LOP5-1 LA Indicador de Pavimento, Sensitivo, 1 Te- 55504805
cla
LOPM5-1 LA Indicador de Pavimento, Sensitivo, 1 Te- 55504806
cla + Display
LOP5-2 LA Indicador de Pavimento, Sensitivo, 2 Te- 55504807
clas + Display
LOPM5-2 LA Indicador de Pavimento, Sensitivo, 2 Te- 55504808
clas + Display
LOP5B-1 LA Indicador de Pavimento, 1 Botão 55504809
LOPM5B-1 Indicador de Pavimento, 1 Botão + Dis- 55504810
LA play
LOP5B-2 LA Indicador de Pavimento, 2 Botões 55504811
LOPM5B-2 Indicador de Pavimento, 2 Botões+ Dis- 55504812
LA play
LOP4-1 LA Indicador de Pavimento, 1 Botão 51925375
LOP4-2 LA Indicador de Pavimento, 1 Botão 51925376
Lâmpadas
- Lâmpada Fluorescente,16W, color super 51913554
84
- Reator Eletrônico para Lâmpada Fluo- 51902387
rescente (20W) - 110/220 V

64 K 612089_PT_03
Placa, Objeto Observações ID
- Suporte para Lâmpada Fluorescente 51913555
- Suporte para Lâmpada Fluorescente 51903070
- Lâmpada p/ Luz de Emergência 12V - 51923978
2W

K 612089_PT_03 65
4 * Interfaces do usuário
4.1 * Pocket PC SPECI
SPECI (=Schindler Personal Elevator Communication Interface) pode
ser conectada em sistemas com versão de SW SCIC ŠV9.2.
Dependendo da data de fornecimento do sistema (dependendo do
cartão SIM) a SPECI será a única possibilidade de usar as funções
de serviço ampliadas ESF. (ESF: Veja o capítulo 1.5

A SPECI é uma aplicação que opera no PC de


bolso. (Por exemplo HP iPAQ). O download do
SW SPECI deve ser feito de um servidor es-
pecial. Cada país tem o seu próprio servidor.
A SPECI precisa ser atualizada regularmente
para permitir acesso aos diferentes controles
Schindler.
Para maiores informações, consulte o docu-
mento “Operação da ferramenta SPECI”
EJ604703 ou consulte o administrador local
SPECI.
Idéia atrás da SPECI
A grande vantagem da SPECI é o fato de possuir uma única interface
do usuário para todos os tipos de controle (Bionic, Miconic BX, MX-
GC, ....)

Conexão da SPECI ao Bionic 5


SPECI precisa ser conectada ao plugue RS232_2 da PCB SCIC52.Q.
O cabo de conexão depende do PC de bolso usado. Para HP Pocket
PC iPAQ (séries 1700, 1900, hx2000, 2200) existe um “USB/Serial
Autosync cable for iPAQs” na HP (FA122A#AC3).
Descrição da tela principal

66 K 612089_PT_03
Tela principal SPECI

Descrição e comentários
1 Barra de título
2 Barra de funções
3 Barra de entrada de menuClique na barra de entrada de
menu para retornar ao nível superior de menu (diretório de
árvore)
4 Área principal do visorClique no menu que você quer aces-
sar.
5 Barra de status do elevadorClique em “Elevador 1” ou
“Elevador 2” para mudar ao outro elevador do grupo
6 Barra de sistema

K 612089_PT_03 67
Descrição e comentários
7 Botão de saída. Clique para enviar SPECI para o segundo
plano
8 Lista de favoritos. Não disponível com o Bionic / Miconic
BX
9 Ajuda de contexto para diálogo ativo
10 Menu no nível superior. Não disponível com o Bionic / Mi-
conic BX
11 Fechar a janela de diálogo ativa
12 Mostra o status do menu
13 Status do acionamento

a) Acionamento em parada
b) Acionamento em aceleração
c) Acionamento em velocidade constante
d) Acionamento em desaceleração
e) Acionamento não disponível
f) Status do acionamento desconhecido
14 Status da cabina

a) Cabina parada
b) Cabina fora da zona de porta
c) Sentido da manobra da cabina PARA CIMA
d) Sentido da manobra da cabina PARA BAIXO
e) Status da cabina desconhecido

68 K 612089_PT_03
Descrição e comentários
15 Indica a posição atual da cabina
16 Status da porta Porta 1

a) Porta aberta
b) Porta fechando
c) Porta abrindo
d) Porta fechada
e) Porta travada
f) Porta parada
g) Status da porta desconhecido
17 Status da porta Porta 2
18 Clique para sair da aplicação SPECI
19 Clique para exibir a informação da versão da SPECI
20 Clique para acessar o diálogo de Ajustes Gerais
21 Status da bateria
22 Status de travamento da aplicação. Clique para travar SPE-
CI. Depois de travar, é exibida a tela de login.
23 Status de conexão do controle do elevador

K 612089_PT_03 69
4.2 * Interface do usuário IHM

ESC OK

Botão Função
ESC SUBIR um nível no menuSair do menu/item (sem sal-
var nada)
SU- Movimentar-se dentro do menu (alterar o menu)Alterar
BIR/DES- o valor
CER
OK (“En- Descer um nível no menuConfirmar o valor inserido
ter”) Observação: Enquanto o modo de manutenção estiver
ativado (interruptor DIP 7 em SCIC) o botão OK funcio-
na como botão “DFM-U/D” para enviar a cabina para
CIMA e para BAIXO.

Estrutura principal do menu

70 K 612089_PT_03
1)
nível atual

Função do menu Descrição


capítulo
10 Comandos especiais como reset, viagem de veja 6.8
aprendizagem, chamada de cabina, ....
20 Testes de aceitação automáticos (assistidos) veja a próxima
tabela neste
capítulo
30 Status, informação do sistema (precisa de SW ≥ veja 6.6
V9.21.x)
40 Configuração veja 5.1
50 Diagnóstico, histórico de erros veja 6.1
60 Estatística veja 6.6
70 Monitoramento do ACVF (Yaskawa L7C) veja 6.5

Testes de aceitação automáticos (assistidos)


Testes de aceitação automáticos (assistidos) fazem parte do teste de
aceitação completo e estão descritos no documento J 44907229
“Guia do Inspetor”.
Alguns dos testes podem ser usados durante a manutenção preventi-
va periódica. Esses testes estão descritos no Guia de Referência Rá-
pida K 609755 “Schindler S3100/300/5300LA, Manutenção
preventiva”.

20 Teste de aceitação automático (assistido)Descrição, SW


veja J 44907229 ≥
-- Viagem de teste
[__/__/14] Capacidade do freio na descida
[__/__/15] Capacidade do freio na subida
[__/__/26] Velocidade de abertura da porta
[__/__/32] Impacto da cabina no pára-choque 1)
[__/__/35] Freio de segurança da cabina

K 612089_PT_03 71
[__/__/37] Limite de tempo de operação
[__/__/42] Balanceamento do contrapeso
[__/__/44] Proteção contra velocidade excessiva ascen-
dente da cabina
[__/__/62] Impacto do contrapeso no pára-choque 1)
[__/__/64] Meio freio na descida
[__/__/65] Meio freio na subida
[__/__/75] Freio de segurança da cabina (cabina vazia) 9.21
[__/__/88] KNE superior 9.21
[__/__/89] KNE inferior 9.21
1) não disponível na versão atual do SW

72 K 612089_PT_03
4.3 * COP como interface do usuário
Visores e Operação
1) Exibição de status durante a configuração:
CF = Modo de configuração
PA = Parâmetro
1 UL- = Valor (valor inserido)
LE- = Nível (pavimento)
Cd = Contagem regressiva
LC = Contagem LOP
Ac- = Aceito (entrada confirmada)
2 Br = JAB detectado
Er- = Erro
FLr = Pavimento
LL = Carga de referência
dC = Carga (carga atual)
L = Calibragem
3
2) Valor do status ativo.Por exemplo para rL:
50002017

32 = 320 kg
4
3) Teclado (configuração também para
COP5)
4) “<>” = Tecla “Enter”
Com ajuda da seqüência de teclas “-”, “<>” o modo de configuração
pode ser DESLIGADO e LIGADO enquanto o interruptor DIP 6 está
ativado.

Observação
Também com a COP5 (dígitos azuis) o layout do teclado é
exatamente como exibido na imagem acima!

K 612089_PT_03 73
5 * Configuração
5.1 * Parâmetros de controle (menu 40)
5.1.1 Princípio básico
Configuração do controle do elevador com HMI

Estrutura do menu da interface do usuário IHM, Configuração

Para iniciar o modo de configuração


Interação do usuário Visor
IHM exibe o nível atual da cabina xy
1 Na IHM pressione “OK” 10 _ _ _ _
2 Altere para o menu 40 com o botão SUBIR/DESCER 40 _ _ _ _
3 Confirme pressionando “OK” 40 _ _ _ _0
4 Ative o modo de configuração alterando “0” para “1” 40 _ _ _ _1
com ajuda dos botões SUBIR/DESCER
5 Confirme pressionando “OK”, a cabina se deslocará CF _ _ 01
ao pavimento de configuração e abrirá a porta. O sis-
tema está pronto para a configuração.

74 K 612089_PT_03
Para alterar um parâmetro
Interação do usuário Visor
O sistema está pronto para a configuração. CF _ _ 01
6 Selecione o menu principal CF que deseja configurar PA _ _ 01
com ajuda dos botões SUBIR/DESCER. Confirme
sua escolha pressionando OK.
→ A IHM exibirá o primeiro submenu PA
7 Escolha o principal submenu PA que você quer con- VL _ x y z
figurar com ajuda dos botões SUBIR/DESCER. Con-
firme sua escolha pressionando OK.
→ A IHM exibirá o valor VL atualmente gravado
8 Pressione OK para alterar o primeiro dígito do valor. VL _ x y z
→ O dígito alterável está piscando.
9 Pressione OK para confirmar o dígito alterado e para PA _ _ x y
mudar o próximo dígito.Repita os passos 8 e 9 até
que o submenu PA seja exibido novamente.

Para sair do modo de configuração


Interação do usuário Visor
10 Pressione o botão ESC até a IHM exibir 40 _ _ _ 1 40 _ _ _1
12 Com o botão SUBIR/DESCER mude para 40 _ _ _ 0 40_ _ _ _
e confirme com “OK”.
→ O nível de menu mais alto é exibido novamente.
11 Com o botão SUBIR/DESCER mude para 40 _ _ _ 0 40_ _ _ _
e confirme com “OK”.
→ O nível de menu mais alto é exibido novamente.
13 Pressione o botão ESC. A IHM exibe novamente o ____xy
pavimento atual
Observação: também pode-se sair do modo de configuração pressio-
nando na COP a seqüência “-” , “DTO”.

K 612089_PT_03 75
5.1.2 * Lista de parâmetros de controle
Essa lista é válida para SW V9.23.05 (salvo indicação contrária)
Para os parâmetros mais atualizados verifique o “Manual do usuário”
J 237416.

Cuidado
Não altere os valores definidos, a não ser que você tenha
de fazê-lo!

Nota
Depois de ter concluído a configuração, aguarde 30s e de-
pois pressione o botão reset (SCIC). Algumas mudanças
serão ativadas somente após o reset.

Nota
A visibilidade dos arâmetros depende de: Versão de SW,
HW disponível e opções disponíveis no cartão SIM.

Visão geral dos parâmetros


CF Detalhes SW ≥
00 Configuração LOP (endereçamento e contagem)
01 Designação dos pavimentos
02 Piso principal e diversos pavimentos de manuten-
ção
03 Relés temporizadores da porta
04 Configuração Duplex (somente leitura)
05 Teclas COP5 (COP Smart e Bionic 5)
06 Definições COP
07 Definições LOP/LIN
08 Parâmetros da cabina (carga, etc.)
09 Discriminador de alarme

76 K 612089_PT_03
CF Detalhes SW ≥
10 ZB1 senha de identificação para chamada de cabi-
na protegida
11 Estatística (contador de viagens, horas em serviço)
12 Versões de SW
13 Versões de HW
14 Parâmetros NS21 (temporizadores ZNO e JNO) 1)
15 Configuração COP(5) B_N
16 Parâmetros de drive ACVF
17 Controle de visitas GS 1)
55 COP dual brand: Entrada/saída primeira COP (MX- 1)
B)
56 COP dual brand: Entrada/saída segunda COP (MX- 1)
B)
60 Configuração de entrada LOP (JDE, JAB) (barra-
mento BIO tipo 1)
61..80 I/O auxiliar SLCUX, entrada LOP (barramento BIO
tipo 2), pavimento 1 (CF61) .. pavimento 20 (CF80)
81 ZBC1 Bloqueio da chamada de cabina
82 ZBCE Bloqueio de pavimento
83 ZB3 Atribuição de nível
84 Mapeamento COPH I/O auxiliar ao 83 (ZB3) 1)
86 Nível básico de grupo assimétrico 1)
90 I/O auxiliar CAN placa 1 1)
91 I/O auxiliar CAN placa 2 1)
94 Eliminação do endereço do dispositivo Biobus 9.2
95 Peso atual da carga de cabina (somente leitura)
96 Valores de calibragem CLC (somente leitura)
97 Re-configuração CLC

K 612089_PT_03 77
CF Detalhes SW ≥
98 Calibragem da freqüência com carga de cabina
zero
99 Calibragem da freqüência com carga de cabina de
referência
1) = não usado com Schindler 3100/3300/5300 ou
não usado com Schindler 3100/3300/5300 versão ZLA.
Descrição detalhada dos parâmetros

CF Grupo de configuração (menu principal)


PA Parâmetro (submenu) (se PA = 1..n então o VL é definido por
pavimento, sendo PA1=Pavimento1, PA2=Pavimento2 ...,
PAn=pavimento mais alto disponível na viagem de aprendiza-
gem)
VL Valor (HMI exibe UL)
Significado das abreviações

CF Nome do grupo de parâmetros


PA Nome (padrão = valor)[VLmín.. VLmáx, step=uni-
dade] Descrição
Estrutura da tabela de parâmetros

CF PA VL: Valores e descrição SW


0 Configuração/endereçamento de LOP (veja explicação adicio-
nal no capítulo “Configuração especial”)
-- [LE - -]: Endereçamento de LOP. Configure cada -
LOP durante uma contagem regressiva de 12s pres-
sionando DE-U
00 [LE 00]: Contagem de LOP (Indicado por “LC” e pis- -
cando “- - - -”) Armazena endereços de todas as
LOPs na EEPROM SCIC.
1 Designação dos pavimentos (posição)

78 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
1..n Nome_Pavimento (padrão = pavimento 1=1, 2=2 ...)
[-9..99, 1] Designação exibida nos indicadores de po-
sição. Seleção de chamadas de cabina disponíveis
na COP5.
Ajuda de configuração: Atribuição incremental auto-
mática para pavimentos acima do PA1(nível 1) altera-
do.(veja explicação adicional no capítulo
“Configuração especial”)
2 Pisos principal e de serviço
1 Piso_Principal_BR (valor padrão = 1) SIM
[1..n, 1=1] piso principal usado para cada serviço BR.
O valor é fornecido pela configuração LOP na qual
JBF está conectado. Pode ser alterado se não hou-
ver serviço de BR. No caso de duplex, ambos eleva-
dores deverão ser configurados iguais. Para sistema
hidráulico sem dispositivo lingueta, o valor é definido
em pavimento 1.
2 Política_Piso_Principal (valor padrão = 1) SIM
[1..n, 1=1] Piso principal usado para controle coletivo.
Esse receberá o mesmo valor que o
Piso_Principal_BR, mas pode ser alterado.
3 Piso_Principal_Estacionamento (valor padrão = 1) SIM
[1..n, 1=1] Piso principal usado para ambas opções
“Retornar ao piso principal” (CF2, PA4 e PA5). Esse
receberá o mesmo valor que o "Piso_Principal_BR",
mas pode ser alterado.
4 Temporizador_Retornar_ao_Piso_Principal (valor SIM
padrão = 12↔120s)
[0..90, 1=10s] Relé temporizador para a opção (RL1)
“Retornar ao piso principal a partir de qualquer pavi-
mento” (”0” = desabilita RL1)

K 612089_PT_03 79
CF PA VL: Valores e descrição SW
5 Temporizador_Retornar_ao_Piso_Principal_Esta SIM
cionamento (valor padrão = 5)
[0..90, 1 = 1 s] Relé temporizador usado para a op-
ção (RL2) “Retornar a piso principal de qualquer pavi-
mento abaixo do piso principal ” quando RL1 e RL2
estiverem ativados: o tempo mais curto é aplicado.
(”0” = desabilita RL2)
6 Piso_Principal2_BR (valor padrão = 1) SIM
[1..n,1] 2º piso principal usado para cada serviço BR-
ALT LUX. Se não for usado, coloque o mesmo valor
que no CF2 PA1. No caso de duplex, ambos elevado-
res deverão ser configurados de forma idêntica.
7 Piso_Configuração (valor padrão = pavimento mais
alto) (HYD: valor padrão = pavimento mais baixo)
[1..n, 1] Nível do pavimento para o qual a cabina é
enviada quando o modo de configuração está ativa-
do.
8 Casa_de_Máquina_Disponível (valor padrão = 0)
[0..1, 1] Distingue entre elevadores MRL e MR. Se
definido para 1 para elevadores com MR, KFM não
abrirá a porta no pavimento mais alto.
9 Relé
temporizador_Manter_Aberta_Porta_Incêndio (va-
lor padrão = 0) [0..99,
1=1s] Tempo de porta aberta após o resgate em caso
de incêndio.
10 Não alterar este parâmetro! 2)
Relé_temporizador_NF1 (valor padrão = 60) SIM
[30..6000, 1=1s] Tempo para retornar ao modo nor-
mal após o resgate.
3 Controle de tempo da porta
1 Placa_Manter_Aberta (valor padrão = 40↔4s)
[10..255,1 = 0.1s] Tempo de porta aberta após uma
chamada de pavimento

80 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
2 Manter_Aberta_Saída (valor padrão = 30 ↔3s)
[10..255, 1 = 0.1 s] Tempo de manter a porta aberta
após uma chamada de cabina
3 Abertura_Mínima_Porta (valor padrão = 20↔2s)
[10..255,1 = 0.1s] Deverá ser definido igual a CF3
PA9
4 Tempo_Mínimo_DT–O (valor padrão = 10↔1s)
[10..255, 1 = 0.1s] Tempo de abertura da porta após
DT-O
5 Tempo_Extra_de_Abertura_Porta (valor padrão =
20↔2s)
[10..255, 1 = 0.1s] Chamada combinada (Coincidên-
cia de chamada de cabina e chamada de pavimento)
CF3, PA5 é adicionada ao CF3, PA1
6 Atraso_Pré-abertura_Porta (valor padrão = 0)[
0..99, 1 = 0.1s] Atraso entre a ativação do PHUET e
início da pré-abertura da porta
7 Tempo_Máximo_Bloqueio_Resgate (valor padrão
= 50↔500s)
[6..60, 1 = 10s] Tempo máximo de bloqueio da porta
durante uma viagem de resgate
8 Retardamento_partida (valor padrão = 3↔0.3s)
[1..30, 1 = 0.1s] Período que o controle aguarda após
bloquear a porta (SV ativo) antes de verificar o circui-
to de segurança (KV). Esse tempo de retardamento é
aplicado mesmo quando não há SV/KV presente
9 Manter_Aberta_Inversão (valor padrão = 20↔2s)
[0..255, 1 = 0.1s] Período de porta aberta após ativa-
ção de dispositivos de inversão (KSKB e RPHT). De-
verá ser definido igual a CF3 PA3.
10 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_KSKB (valor padrão = 20↔2s) 2)
[10..255, 1 = 0.1s] Período de porta aberta após in-
versão com KSKB (somente visível se CF3 PA9 = 0)

K 612089_PT_03 81
CF PA VL: Valores e descrição SW
11 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_RPHT (valor padrão = 20↔2s) 2)
[10..255, 1 = 0.1s] Período de porta aberta após in-
versão com fotocélula (somente visível se CF3 PA9 =
0)
12 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_Inversão (valor padrão = 20↔2s) [10..255, 2)
1 = 0.1s]: Define uma inversão especial.Não é usado
atualmente.
13 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_Bloqueio (valor padrão = 5↔0.5s) 2)
[10..255, 1 = 0.1s] O retardamento de tempo após
ativar KET-S para permitir que os contatos de cadeia
de segurança da porta (KTS e KTC) fechem. Decorri-
do esse tempo, o trinco da porta é ativado (SV). Veja
CF3 PA8 para espera KV.
14 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_Esgotado_Abertura_Porta (valor padrão = 2)
120↔12s)
[10..255, 1 = 0.1s] Se a porta não estiver completa-
mente aberta após esse tempo, o motor de porta é
DESLIGADO e uma mensagem de erro é emitida
15 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_Esgotado_Fechamento_Porta (valor padrão 2)
= 120↔12s)
[10..255, 1 = 0.1s] Se a porta não estiver completa-
mente fechada após esse tempo, o motor de porta é
DESLIGADO e uma mensagem de erro é emitida
16 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_Fechamento_Sem_KET-S (valor padrão = 2)
50↔5s)
[10..255, 1 = 0.1s] Em portas sem KET-S esse parâ-
metro define o tempo em que o motor de porta está
LIGADO, em direção fechada

82 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
17 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_Abertura_Sem_KET-O (valor padrão = 2)
40↔4s)
[10..255, 1 = 0.1s] Em portas sem KET-O esse parâ-
metro define o tempo em que o motor de porta está
LIGADO, em direção fechada
18 Não alterar este parâmetro! BX
Primeiro_Tempo_Abertura(valorpadrão=250↔25s) 2)
[10..255, 1 = 0.1s] Para portas nas quais o primeiro
movimento de abertura da porta após ligamento é um
movimento de aprendizagem lento
19 Não alterar este parâmetro! BX
Primeiro_Tempo_Fechamento (valor padrão = 2)
250↔25s)
[10..255, 1 = 0.1s] Para portas nas quais o primeiro
movimento de fechamento da porta após ligamento é
um movimento de aprendizagem lento
20 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_Min_Abertura (valor padrão = 10↔1s) 2)
[10..255,1 = 0.1s] Se o interruptor KET-O estiver
sempre ativado (defeituoso) e a porta precisa ser
aberta a partir da posição fechada, a porta se movi-
mentará na direção de abertura por esse tempo míni-
mo
21 Temporizador_final (valor padrão = 30↔30s) 1)
[0..100, 1=1s] Tempo que passa até a porta fechar SIM
em velocidade lenta e dispositivos de inversão desa- 2)
bilitados.
22 Não alterar este parâmetro! BX
Retardamento_Cmd_Porta_Após_Rts (valor padrão 2)
= 7↔0.7s)
[1..50, 1=0.1s] Após fechar RTS, tempo antes de ini-
ciar o trinco da porta (movimento de travamento).

K 612089_PT_03 83
CF PA VL: Valores e descrição SW
23 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_destravamento_porta (valor padrão = 0) 2)
[0..20, 1 = 0.1s] Tempo entre o comando de desblo-
quear (VSV) e comando de abertura_porta (VST-O).
24 Tempo_parada_estendido_deficientes (valor padrão 1)
= 10) BX
[0..120, 1 = 1s] Usado em todos os serviços BF 2)
25 Estacionamento tipo 6 (VCF) (valor padrão = 12 ↔ 2 1)
minutes)
[0..90, 1 = 10s] Esse parâmetro é usado para a fun-
ção de estacionamento tipo 6 (VCF = Distribuição de
cabinas livres)
4 Duplex (definido automaticamente, somente leitura)
1 Identificação Duplex (valor padrão = 1) SIM
[1..2, 1] Definido automaticamente baseado em nú-
mero conforme encomenda, 1 = Primeiro elevador, 2
= Segundo elevador Duplex assimétrico: Veja CF=86
5 Teclas de entrada COP5
1..4 Tecla1, Tecla2, Tecla3, Tecla4 (valor padrão =
0↔sem função)
[0..255, 1] Funções de entrada: BMK veja capítulo
“Códigos de função BMK”
6 Parâmetros COP
1 Tempo_Entre_Teclas (valor padrão = 20↔2s)
[1..50, 1 = 0.1s] Tempo máx. para inserir uma chama-
da de 2 dígitos
2 Tempo_Confirmação (valor padrão = 5↔0.5s)
[1..50, 1 = 0.1s] Tempo de exibição de confirmação
de chamada de cabina (para sistemas coletivos)
3 Tempo_para_Inserir_Código_chave (valor padrão
= 50↔5s)
[1..99, 1 = 0.1s] Tempo máximo para inserir uma cha-
mada protegida por código (COP5x com teclado de
10 dígitos).Com SAS: Tempo para inserir a chamada.

84 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
4 Sensibilidade_COP (valor padrão = 5)
[0..7, 1] Sensibilidade do teclado COP5x (capacitivo)
(0 = o menos sensível)
6 COP_Volume_Bipe (valor padrão =3)
[0..10, 1] 0 = mínimo...10 máximo
7 Código_Posição_COP (valor padrão = 1)
[1..2, 1] Para indicador de posição de terceiros:
1=Código Gray, 2=Código binário
8 Primeiro_idioma (valor padrão = 1) 1)
[0..99, 1] Código de idioma, veja tabela separada (0 =
Mensagem DESLIG)
9 Segundo_idioma (valor padrão = 1) 1)
[0..99, 1] Código de idioma, veja tabela separada (0 =
Mensagem DESLIG)
10 Volume_Primeiro_Idioma (valor padrão = 50) [0..99, 1)
1] Volume do primeiro idioma
11 Volume_Segundo_Idioma (valor padrão = 50) 1)
[0..99, 1] Volume do segundo idioma
12 Não alterar este parâmetro! 2)
Viagem_Iniciar_Ação_Ascensorista (LI) (valor padrão SIM
= 0)
[0..1, 1] 0 = DLI, 1 = DTS
13 Controle_Independente_Chamada_Múltipla (valor
padrão = 0) 1)SI
[0..1, 1] 0 = RV1, 1 = RV1(M) M
14 Não alterar este parâmetro! 2)
NF1 Tipo (valor padrão =1)
[1..2, 1] Tipo de serviço de emergência
15 Anúncio_Voz_Porta (valor padrão = 3) 1)
[0..3, 1] 0 = sem anúncio, 1 = fechamento da porta,2 SIM
= abertura da porta, 3 = fechamento e abertura da
porta

K 612089_PT_03 85
CF PA VL: Valores e descrição SW
16 Temporizador_Anúncio_Voz_Porta (valor padrão 1)
=0) SIM
[1..255, 1 = 0.1s] Tempo entre o anúncio de voz e o
início do movimento da porta.
7 LOP e LIN
1 Não alterar este parâmetro! Código_Posição_LOP 2)
(valor padrão = 1) [1..2, 1] Para indicador
de posição de terceiros: 1 = Código Gray, 2 = Código
binário
2 Sensibilidade_LOP (valor padrão = 4)
[1..7, 1] Sensibilidade das LOPs do Bionic 5 (botões
capacitivos) (7 = o menos sensível)
3 Volume_LOP (valor padrão = 3)
[0..5, 1] Ajuste de volume LOP5
4 Volume_LIN (valor padrão = 3)
[0..5, 1] Ajuste de volume LIN5
8 Elevador Contrapeso (valor padrão = 0)
[0..1, 1] Define essa cabina para o serviço preferenci-
al da cabina (contrapeso), 0 = não é elevador com
contrapeso, 1 = elevador com contrapeso
8 Parâmetros da cabina
1 Carga_Nominal (valor padrão = 32´320kg)
[20..113, 1 = 10kg]:
2 Tempo_Luz_Aut_cabina (valor padrão = 10 min) SIM
[1..40, 1 = 1min] Para opção “luz automática cabina”,
após esse período de inatividade, a iluminação da
cabina é DESLIGADA. Observação: 30 minutos é o
melhor. Um período muito curto reduz a vida útil da
lâmpada fluorescente.
3 Cabina_Reservada_para_Deficientes (BF) (valor 1)
padrão = 0)
[0..1, 1] 0 = cabina não atende chamadas BF; 1 = ca-
bina atende chamadas BF

86 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
4 Não alterar este parâmetro! 2)
Carga_Mínima (valor padrão = 3´30 kg)[0..59, 1 = 10
kg] Usado para função de carga mínima
5 Não alterar este parâmetro! 2)
Ativar_Carga_Mínima (valor padrão = 0 = Desati-
var)
[0..1, 1] 1 = Ativar (somente sistemas DE e PI.)
6 Não alterar este parâmetro! 2)
Tempo_Abertura_Porta_Carga_Mín (valor padrão
= 5´5 min)
[0..99, 1 = 1 min] O tempo que a porta permanece
aberta e o elevador ignora chamadas de pavimento
enquanto a carga mínima estiver ativada
7 Pré_Abertura_Porta (valor padrão =1 = Ativar)
[0..1, 1] Controle de SW da característica de pré-
abertura da porta com PCB SUET.
1 = Ativar,
0 = Desativar
8 Sensor_Carga_cabina (valor padrão = 0)
[0..1, 1] Controle de software do tipo de sensor de
carga de cabina.
0 = Digisens Tipo vermelha (versão “antiga” EU),
1 = Digisens Tipo branca (“nova” versão) e Sensor X
(Schindler)
9 Valor_Limite_Carga_Plena (valor padrão = 90%)
[50..90, 1%] Valor limite para ativação da carga plena
em percentual da carga nominal.
10 Cancelamento_Inversão_Porta_Chamada_cabina
(valor padrão = 1)
[0..1, 1] Comportamento quando a porta inverte:
1 = Chamada de cabina é cancelada,
0 = Chamada de cabina não é cancelada (somente
visível em sistemas DE e PI.)

K 612089_PT_03 87
CF PA VL: Valores e descrição SW
11 Luz da cabina Tipo JLC (valor padrão = 1)
[0..1, 1] Controle manual para a luz da cabina,
1 = tipo A (sempre ligada),
0 = tipo B (sempre desligada)
9 Parâmetros do alarme
1 Filtro_Alarme (valor padrão = 1)
[0..1, 1] Filtro de botão de alarme (enquanto a cabina
estiver em movimento ou a porta aberta no pavimen-
to). 0=Desativar, 1=Ativar Sistemas com SDIC5: De-
pende do interruptor JRA-A.
10 Senha de identificação COP5_10 para chamadas de cabina
protegidas (ZB1)
1..n PIN_code (valor padrão = 0000 = SEM SENHA DE SIM
IDENTIFICAÇÃO)
[0000..9999, 1] Uma senha de identificação de qua-
tro dígitos para acesso restrito desabilita o botão de
chamada de cabina normal nesse pavimento. Para
código de três dígitos use “-” como primeiro símbolo.
(por exemplo “-123”) “9999” bloqueia chamadas de
cabina para esse pavimento (uso somente com cha-
ve ou SAS), para ZB3 veja também CF83;“9998” blo-
queia chamada de cabina se JSPCG estiver ativado;
Duplex: ambos elevadores deverão ser configurados
de forma idêntica;
11 Estatística (somente leitura)
1 Contador_Viagens
[0..999999, 1 = 100] Exemplo: 26 = 2600 viagens
2 Tempo_Viagem
[0..9999, 1 = 1 hora] Total de horas de operação
12 Versão de SW (somente leitura)
1 Versão de SW SCIC (exemplo: 92 ↔ V.9.2)
2 Versão de SW SDIC (exemplo: 21 ↔ V.2.1)(Somente
indicado após viagem de aprendizagem)
3 Versão de SW ACVF (somente circuito fechado)

88 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
4 Versão de SW SEM (se disponível)
5 Versão de SW COP #1
6 Versão de SW COP #2 (se disponível) 2)
13 Versão de HW (somente leitura), Veja tabela no Manual do
usuário 237416
1 Versão de HW SCIC
2 Versão de HW SDIC (exemplo: 42↔SDIC41.QA)
3 Versão de HW ACVF (somente circuito fechado)
4 Versão de HW SEM (se disponível)
5 Versão de HW COP #1
6 Versão de HW COP #2 (se disponível) 2)
7 Versão de HW MCCxx 2)
BX
14 Parâmetros NS21 (NS21 presentes no cartão SIM)
1 Temporizador_ZNO (valor padrão = 0 ↔ 0s)
[0..99, 1 = 10s] Tempo entre a ativação RNO e o iní-
cio do resgate (Para iniciar o resgate é necessário o
sinal RFEF).
2 Tempo_Esgotado_JNO (valor padrão = 0 ↔ 0s)
[0..99, 10s] Tempo entre a ativação RNO e liberação
para serviço normal (0 = sem liberação dessa cabina)
deverá ser ajustada de tal forma que cada cabina te-
nha tempo para evacuar
3 Timer_Porta_Marinho_NS21 (valor padrão = 0) 2)
[0..99, 1 = 10 seg] Tempo durante o qual a porta é
mantida aberta no pavimento de resgate após o res-
gate
15 Configuração COP5B_N e COP4B

K 612089_PT_03 89
CF PA VL: Valores e descrição SW
1..n COP_Ensino
[-3..8, 1] O ensino da COP começa no pavimento
mais baixo. Veja informação adicional no capítulo 5.2
“Configuração especial”.COP5B_N: COP com botões
mecânicos precisa de atribuição de pavimento antes
de usar.
16 Parâmetros FC (Yaskawa L7 com barramento CAN) (para expli-
cações adicionais veja o documento J 42101238)Os valores pa-
drão dependem da especificação do sistema
01 Velocidade de nivelamento (valor padrão = 20↔0.20
m/s)
[5..30, 1 = 0.01 m/s]
02 Velocidade de inspeção (valor padrão = 25↔0.25
m/s)
[10..30, 1 = 0.01 m/s]
03 Velocidade baixa nominal (valor padrão = 50↔0.50
m/s)
[10..80, 1 = 0.01 m/s]
04 Velocidade de resgate (valor padrão = 10↔0.10 m/s)
[10..30, 1 = 0.01 m/s]
05 Limite de velocidade da caixa (valor padrão =
30↔0.30 m/s)
[0..30, 1 = 0.01 m/s]
06 Monitoramento do limite de velocidade (valor padrão
= 80↔0.80 m/s)
[0..80, 1 = 0.01 m/s]
07 Aceleração1 (valor padrão = 50↔0.50m/s2)
[10..90, 1 = 0.01 m/s2]
08 Desaceleração1 (valor padrão = 50↔0.50m/s2)
[10..90, 1 = 0.01 m/s2]
09 Distância de parada de resgate (valor padrão =
100mm)
[5..250, 1 mm]

90 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
10 Distância final (valor padrão = 120mm)
[5..250, 1 mm]
11 PosCorrectLim (valor padrão = 30mm)
[0..200, 1 mm]
12 Erro médio de pavimento (valor padrão = 0)
[-20..20, 1 mm]
13 Fator de balanceamento KG (valor padrão = 50%) SIM
[0..50, 1 %] (depende do cartão SIM)
14 Direção do codificador (valor padrão =1) [0..1, 1]
15 Seqüência de fase (valor padrão =1)
[0..1, 1] 0 = U-V-W, 1 = U-W-V
16 Torque superior (valor padrão = 0%)
[-50..50%] Não altere esse valor, ele foi calculado na
viagem de aprendizagem!
17 Torque inferior (valor padrão = 0%)
[-50..50%] Não altere esse valor, ele foi calculado na
viagem de aprendizagem!
18 Tempo Velocidade Caixa (valor padrão = 40↔0.40s)
[0..500, 1 = 0.01s]:
19 Tempo Serviço Caixa (valor padrão = 20↔0.20s)
[0..500, 1 = 0.01s]:
20 Limite Velocidade de Serviço Caixa (valor padrão =
8↔0.08 s)
[0..30, 1 = 0.01 m/s]
21 Monitoramento KB/KB1 (valor padrão = 1↔ativar) 1)
[0..1, 1]: 1 = ativar, 0 = desativarNÃO DESATIVE se
estiver no modo sem redutor ou parcialmente sem re-
dutor!
22 Identificação (curva U/f) e impedância do estator
[0..1, 1]: (veja parametrização e regulagem ACVF)
23 Identificação RPM [0..4, 1]: (veja parametrização e
regulagem ACVF)

K 612089_PT_03 91
CF PA VL: Valores e descrição SW
24 Tempo esgotado de fechamento do freio (valor pa- 1)
drão = 125↔1.25s)
[35..200, 1 = 0.01s]
25 Tempo esgotado de abertura do freio (valor padrão = 1)
9↔0.09s)
[5..18, 1 = 0.01s]
26 Tipo de termistor do motor (valor padrão = 1↔ativar) 1)
[0..1,1 ]: 1 = ativar, 0 = desativar
27 Renivelamento da distância final (valor padrão = 1)
15↔15mm)
[0..120, 1 = 1mm]
28 Distância máxima de renivelamento (valor padrão = 1)
40↔40mm)
[0..250, 1 = 1mm]
29 Pré-torque manual (valor padrão = ) [-1000..1000, 1] 1)
34 Rotação de pulso do codificador (valor padrão = SIM
4096) (*) [500..9999, 1]
35 Velocidade nominal (valor padrão = 100↔1m/s) SIM
[10..VKN, 1 = 0.01 m/s] VKN está relacionado a
PA37, 44, 45 e 47.
36 Tensão nominal do motor (valor padrão = 340V) SIM
[180..420, 1 V]
37 Freqüência nominal do motor (valor padrão = SIM
5000´50Hz) (*)[1000..7000, 1 = 0.01Hz]
38 Velocidade nominal do motor (valor padrão = SIM
1440rpm) (*)[100..3000, 1 rpm]
39 Corrente nominal do motor (valor padrão = 12↔1.2A) SIM
[12..330, 1=0.1 A] , gama depende do tipo de Vacon
40 Cos phi do motor (valor padrão = 85%) [70..90, SIM
1=1%]
41 Corrente de magnetização (valor padrão = 68↔6.8A) SIM
[3..300, 1=0.1 A] , gama depende de PA39

92 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
42 Potência Nominal do motor PMN (valor padrão = SIM
75´7.5kW)
[0..300, 1 = 0.1kW]:
43 Impedância do estator (valor padrão = 1000↔1 Ohm) SIM
[0..20000, 1 = 0.001 Ohm]
44 IW - Relação do redutor (valor padrão = 100↔1) (*) SIM
[100..4000, 1 = 0.01] Alteração ou validação desse
parâmetro pode mudar: PA26, 34, 21 e algum parâ-
metro de controle de velocidade.
45 Fator de suspensão KZU (valor padrão = 2´2:1) SIM
(*)[1..2, 1] : 1 = 1:1, 2 = 2:1
46 GQN - Carga útil nominal (valor padrão = 400kg), SIM
[0..1300, 1 kg]
47 Diâmetro da polia de tração DD (valor padrão = SIM
870↔87mm)
[600..30000, 1 = 0.1 mm] (*)
48 Limite de falha da temperatura do motor (valor pa- SIM
drão = 90°C)
[5..140, 1°C] Depende do tipo do motor
49 Parâmetro versão ACVF (somente leitura) SIM
50 Número e parametrização e regulagem ACVF (so- SIM
mente leitura)
95 Restabelecer (EEPROM → cartão SIM)
96 Cópia de segurança (cartão SIM →EEPROM)
97 Compare ACVF com cartão SIM exemplo:[34_ _ _ 0]
PA34 é o mesmo no ACVF e SIM[35_ _ _ 1] PA 35 é
diferente no SIM/ACVF.
98 Carregar parâmetros FC (ACVF → cartão SIM)
99 Download parâmetros FC (cartão SIM ↔ ACVF )
*) uma alteração desse parâmetro força uma viagem de aprendi-
zagem
17 Controle de visitas GS

K 612089_PT_03 93
CF PA VL: Valores e descrição SW
1..n Não alterar este parâmetro! SIM
Ativar_Visita (valor padrão = 0 = GS desativado)
[0..12, 1 = 10s]: Definee a duração da sinalização da
solicitação de visita e o tempo de ativação para o bo-
tão de permissão de acesso. Para GS estabelecido
em 3↔30s como valor padrão. GS está restrito ao
simplex com DE ou PI. Veja também capítulo 5.2
“Configuração especial”
26 Longa distância entre pavimentos (LIFD)
1..n Atribuição_Pavimento_Cego (valor padrão = 0), 1)
[0..1, 1] 0 = pavimento normal , 1 = pavimento cego SIM
(sem portas)
50 Entrada/saída auxiliar ECUMR ( PCB SAIO em ECUMR)
51 Entrada/saída auxiliar ADDUM ( PCB SAIO em ADDUM)
1..4 Não alterar este parâmetro! BX
SAIO_Entradas 2)
9..12 Não alterar este parâmetro! BX
SAIO_Saídas 2)
52 Porta nº 1, dispositivos de porta
53 Porta nº 2, dispositivos de porta
1..24 Não alterar este parâmetro! BX
Dispositivos de porta, disponíveis ou não-disponíveis 2)
54 Parâmetro de freio (MCCE)
3 Não alterar este parâmetro! BX
Tempo_de_Acompanhamento_MVE (valor padrão 2)
=0)
[0..99, 1=10s]
55 Entrada/saída auxiliar primeiro SCOPH(MH), SCOPMX-B
dual brand
56 Entrada/saída auxiliar segundo SCOPH(MH), SCOPMX-B
dual brand

94 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
1..6 Não alterar este parâmetro! 2)
COP_Entradas (valor padrão = 0´sem função)
[0..255, 1] BMK veja capítulo “Códigos de Função
BMK”.
PA1 = XIO1, ... PA6 = XIO6 (Pino 2 e 3)
7..12 Não alterar este parâmetro! 2)
COP_Saídas (valor padrão = 0=sem função) [0..255,
1] BMK veja capítulo “Códigos de Função BMK”.
PA7 = XIO1, ... PA12 = XIO6 (Pino 1 e 2)
60 Entrada no Pino 4 na LOP(barramento BIO tipo 1)
1..n LOP_Função_Entrada (valor padrão = 0 ↔ sem fun-
ção) [0..255, 1] Função de entrada normalmente
aberta (NO) (pino 4) na LOP/LCU(M).
Configuração de entrada LOP é realizada com
CF=60 ou com CF=61..80, PA=17. Para uma confi-
guração correta veja capítulo “Configuração es-
pecial” 5.2.6 e 5.2.7.
61 I/O auxiliar LCUX, LOP/LCU(M) no pavimento 1
62. I/O auxiliar LCUX, LOP/LCU(M) no pavimento 2..I/O auxiliar
.80 LCUX, LOP/LCU(M) no pavimento 20
1..4 Função_LCUX_Entrada (valor padrão = 0 ↔sem
função)
[0..255, 1] BMK veja capítulo “Códigos de Função
BMK”. PA1 = LCUX.I1, PA2 = LCUX.I2, ... (Pino 3-4);
Para Duplex: ambos LCUX deverão ser configurados
de modo idêntico.
9..12 Função_LCUX_Saída (def. = 0↔sem função)
[0..255, 1] BMK veja capítulo “Códigos de Função
BMK”. PA9 = LCUX.O1, PA10 =LCUX.O2,... (Pino 1-
2)
Para Duplex: ambos LCUX deverão ser configurados
de modo idêntico.

K 612089_PT_03 95
CF PA VL: Valores e descrição SW
17 LOP_Função_Entrada (Barramento BIO tipo 2)
[0..255, 1] Função de entrada normalmente aberta
(NO) (pino 4) na LOP/LCU(M).
Configuração de entrada LOP é realizada com
CF=60 ou com CF=61..80, PA=17. Para uma confi-
guração correta veja capítulo “Configuração es-
pecial” 5.2.6 e 5.2.7.
81 Bloqueio DESLIG de chamada de cabina (ZBC1 / ZBC2)
1..n Não alterar este parâmetro! SIM
ZBC1/2_Atribuição_Pavimento (valor padrão = 0) 2)
[0..1, 1] 1 = ativar = esse pavimento está bloqueado
para chamadas de cabina normais se ZBC1 (LCUX
entrada JSPC-G (179)) ou ZBC2 estiver ativo. O blo-
queio pode ser liberado com uma senha de identifica-
ção (ZB1), com chave JDC (ZB3) ou com SAS ativo.
No mínimo 1 pavimento deverá ser definido com “0”.
Não combine com GS ou ZBCE no mesmo pavimen-
to.
21..4 Não alterar este parâmetro! 2)
0 O SW 9.2x usa esses valores ao invés de CF82 SIM
PA1..PA20
82 Bloqueio DESLIG de pavimento (ZBCE)
1..n Não alterar este parâmetro! SIM
ZBCE_Atribuição_Pavimento (valor padrão = 0) 1)
[0..1, 1] 1 = ativar = esse pavimento está bloqueado 2)
para chamadas de cabina normais e chamadas de
pavimento normais se ZBCE (LCUX entrada JSPC-G
(264)) estiver ativa.(SW 9.2.x: veja CF=81, PA=21-
40)
83 Atribuição de nível Tecla COP 1-4 para ZB3

96 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
1..4 Pavimento (valor padrão = 0 = não há nível atribuí- SIM
do)
[0..n, 1] Atribuição de pavimento para a tecla ZB3.
COP5: CF05 + CF83 (+ CF10 ou CF17 ou CF81)CO-
PH, COPMXB: CF55 + CF84 + CF83 (+ CF17 ou
CF81)Veja exemplo no capítulo 5.2 “Configuração
especial”
84 COPH(xx) I/O auxiliar mapeamentoà tecla COP para ZB3
1..6 Não alterar este parâmetro! SIM
Número_tecla (valor padrão = 0 = não há tecla atri- 2)
buída)
[0..4, 1] COPH(xx) possui 6 entradas escolhem a atri-
buição do pavimento pelo CF 83 PA1 ao PA4.PA1
para 6: entradas COPH. (Para cada uma das 6 entra-
das COPH(xx) uma das 4 entradas virtuais pode ser
mapeada).Veja exemplo no capítulo 5.2 “Configura-
ção especial”
86 Grupo assimétrico Duplex, Nível inicial elevador B
1 Não alterar este parâmetro! 2)
Nível de base (valor padrão = 1) BX
[1.. nº total de níveis, 1] A quantidade total de níveis é
definida pela caixa combinada, começando pelo nível
mais baixo e terminando pelo nível mais alto existen-
te no prédio. O nível mais baixo do sistema duplex é
sempre “1”. O nível inicial (VL) do segundo elevador
precisa ser configurado com CF86, PA1.

K 612089_PT_03 97
CF PA VL: Valores e descrição SW
87 LCUX com endereço pré-definido 1 (CFG1=LI-
88 GA,CFG2=LIG)(somente se não houver configuração de endere-
ço (ensino
89
LCUX com endereço pré-definido 2 (CFG1=DESLIG,CFG2=LIG)
LCUX com endereço pré-definido 3 (CFG1=LIG,CFG2=DESLIG)
1..4 Função_LCUX_Entrada (valor padrão = 0!”sem fun- 1)
ção) 2)
[0..255, 1] BMK veja capítulo “Códigos de Função
BMK”. PA1 = LCUX.I1, PA2 = LCUX.I2, ... (Pino 3-4);
9..12 Função_LCUX_Saída (valor padrão = 0 sem função) 1)
[0..255, 1] BMK veja capítulo “Códigos de Função 2)
BMK”. PA9 = LCUX.O1, PA10 =LCUX.O2,... (Pino 1-
2)
90 Entrada/saída auxiliar CAN_IO, PCB 1Entrada/saída auxiliar
91 CAN_IO, PCB 2
1..5 Não alterar este parâmetro! BX
Entrada (valor padrão = 0 ↔ sem função) 2)
[0..255, 1] BMK veja capítulo “Códigos de função
BMK” PA1 = XIO1, PA2 = XIO2,... (Pinos 1-2)
9..13 Não alterar este parâmetro! BX
Saída (valor padrão = 0 ↔ sem função) 2)
[0..255, 1] BMK veja capítulo “Códigos de função
BMK” PA9 = XIO1, PA10 = XIO2,... (Pinos 1-2) NC,
Pinos 2-3: NO)
94 Apagar endereço de dispositivo de barramento Bio
0 Comando a todos os pavimentos (valor padrão = 0)
[0..1, 1] 1= comando para apagar (retorna o endere-
ço ao valor pré-definido)
1..n Comando a um pavimento específico (valor padrão =
0) [0..1, 1] 1= comando para apagar (retorna o ende-
reço ao valor pré-definido)
95 Carga atual da cabina [kg] (somente leitura)
- Peso atual (1 = 10kg)

98 K 612089_PT_03
CF PA VL: Valores e descrição SW
96 Valores CLC (somente leitura) (veja explicação adicional no ca-
pítulo 5.2 “Configuração especial”)
1 Freqüência_Carga de cabina_Zero (1 = 10 Hz)
2 Freqüência_Carga de cabina_Referência (1 = 10 Hz)
3 Peso_Carga de cabina_Referência (1 = 10 kg)
97 Configuração CLC(veja explicação adicional no capítulo 5.2.
“Configuração especial”)
1 Configuração_Freqüência_Carga de cabina_Zero,
[10000..18000 Hz, 10 Hz]
2 Configuração_Freqüência_Carga de
cabina_Referência, [12100..16100 Hz, 10 Hz]
3 Configuração_Peso_Carga de cabina_Referência,
[gama 10 kg]
98 Recalibragem da freqüência com carga de cabina zero
- Certifique-se de que a cabina permaneça vazia (car-
ga 0 kg) em um pavimento. Entre no modo de cali-
bragem 0kg CF=98 e pressione “OK”. (IHM exibe a
carga atual.) Pressione “OK” novamente para iniciar
uma recalibragem completamente automatizada.
(Uma contagem regressiva começa e depois são rea-
lizadas cinco medições). [CF 98] indica que a recali-
bragem está concluída.
99 Calibragem da medição de carga da cabina(veja explicação
adicional no capítulo 5.2. “Configuração especial”)
- -
• 1) = Não disponível no SW 9.21.x
• 2) = não usado com o Schindler 3100/3300/5300ou não usado na
versão ZLA
• SIM = opção de cartão SIM
• BX = Pode ser usado somente com modernização (Miconic BX)

K 612089_PT_03 99
5.1.3 *Códigos de função BMK
As opções destacadas em cinza não são aplicáveis para a versão
ZLA

Entradas - Códigos de função para CF 05, 60, 61-80


BMK Função de entrada Tipo Localiza- ≥
códi- ção SW
go
(VL)
02 JDC (interruptor de chave de chamada NO C5, Cxx 8.6
de cabina, usada para [ZB3])
03 JNFF (interruptor de serviço de bom- NO C5
beiros), usado com o antigo SW na
COP, novo BMK: 56
04 DFDC (“aceitar chamada de cabina”, NO 1)
usada para [GS])
07 DCW-U seleção de cabina [contra-pe- NO
so] (veja CF7 PA8)
08 DCW-D ou DCW [contrapeso] (veja NO
CF7 PA8)
JDE (interruptor de chamada pavimen- NO LOP
to, usado para SW < 9.2x). Para SW Š
9.21.x veja BMK 19 e 20.
10 JDNF-k (interruptor de serviço de NO LOP 1)
emergência [NF1])
11 KL-V (contato plena carga) NC C5, SE,
SA, Cxx
12 KL-X (contato sobrecarga) NC C5, SE,
SA, Cxx
13 KL-M (contato carga mínima) NO C5, SE,
SA, Cxx
17 DE-U (botão de pressão de chamada NO LOP
de pavimento para subir)

100 K 612089_PT_03
BMK Função de entrada Tipo Localiza- ≥
códi- ção SW
go
(VL)
18 DE-U (botão de pressão de chamada NO LOP
de pavimento para subir)
19 JDE-U (interruptor de chave de chama- NO LOP
da de pavimento para subir)JDE
20 JDE-D (interruptor de chave de chama- NO LOP
da de pavimento para descer)
22 KTTC (contato da porta de separação NO C5, SE,
da cabina) SA, Cxx
23 JBFFG (serviço de incêndio - bombei- NC C5, SE,
ros) SA, Cxx
26 JBFH1 (serviço de incêndio, primeiro NC
pavimento de inspeção)
27 JBFH2 (serviço de incêndio, segundo NC
pavimento de inspeção)
34 KL-H (contato meia carga) resgate NO C5, SE,
SA, Cxx
36 KKE (lado da porta 1 monitoramento NO
de bloqueio, usado para sistemas de
portas Hauhahn, veja também 256)
39 DDFLI (bypass de chamadas de pavi- NO 1)
mento, botão de pressão viagem direta
serviço de ascensorista [LI])
40 DLI (iniciar viagem, serviço de ascen- NO 1)
sorista [LI], veja CF06 PA12)
41 DLI-U (alterar sentido da manobra SU- NO 1)
BIR [LI])
42 DLI-D (alterar sentido da manobra NO 1)
DESCER [LI])
49 JAB/RAB interruptor/relé de fora de NO LOP
serviço [JAB]

K 612089_PT_03 101
BMK Função de entrada Tipo Localiza- ≥
códi- ção SW
go
(VL)
52 JKLBL (interruptor de bloqueio chama- NO 1)
da de cabina, leitor de cartão paralelo,
[ZBC2])
53 JLC (interruptor da lâmpada da cabina) NO
54 JLI (interruptor LIGA/DESLIGA serviço NO COP 1)
de ascensorista [LI])
56 JNFF (interruptor serviço de bombei- NC C5, Cxx,
ros)Comentário: No SW ≤ V8.7 JNFF LOP
foi tratado como SEM contato com o
código 56.
57 JNFF-S (interruptor de serviço de bom- NC
beiro iniciar viagem)
58 JNO (interruptor operação com força NO
de emergência. Libera a cabina para
viagem) [NS21]
59 JRVC (interruptor para serviço de re- NO C5, SA,
servação [RV1]) Cxx
61 JRVCP (interruptor reserva de estacio- NO
namento [RV2])
66 JVEC (interruptor ventilador na cabina) NO 1)
69 KGEB (contato contrapeso deslocado NC 1)
[EB])
77 RFEF (relé liberação viagem de resga- NO 1)
te) [NS21]
87 JCH1 (interruptor parada) NC 1)
91 DH (botão de pressão parada) NC C5, SA, 1)
Cxx
97 DEB-A (botão de pressão reset contra- NO 1)
peso terremoto)

102 K 612089_PT_03
BMK Função de entrada Tipo Localiza- ≥
códi- ção SW
go
(VL)
99 JBF (interruptor serviço de incêndio) NC LOP
100 JBF-A (interruptor serviço de incêndio NO
DESLIG)
106 JSDC (interruptor de chave bloqueio NO 1)
de chamada de cabina)
112 KBF (contato ativação do serviço de in- NC
cêndio)
113 KBFH1 (contato ativação do serviço de NC
incêndio, primeiro pavimento de inspe-
ção)
114 KBFH2 (contato ativação do serviço de NC
incêndio, segundo pavimento de inspe-
ção)
116 KEB (contato terremoto [EB]) NC 1)
120 RNO (relé de serviço de emergência) NC SE 1)
[NS21]
121 Relé/contato RSPE-k/KSPE [EBR1] NC
Entrada segura
122 Interruptor de alavanca para ventilação NO 1)
da cabina [DVEC]
179 JSPC_G (interruptor de chave bloqueio NO 1)
da chamada de cabina)[ZBC1], CF81
184 JHCC (parada de emergência, usada NO 1)
também para alimentar JHCC1, KR)
256 KKE2 (lado da porta 2 monitoramento NO 1)
de bloqueio, usado para sistemas de
portas Hauhahn, veja também 36)
257 JDE-E (interruptor de chave permissão NO
para chamada de pavimento)

K 612089_PT_03 103
BMK Função de entrada Tipo Localiza- ≥
códi- ção SW
go
(VL)
260 KUESG (contato de ligação em ponte NC 1)
dos contatos do poço - primeiro (feed-
back))
261 KUESG1 (contato de ligação em ponte NC 1)
dos contatos do poço - segundo (feed-
back))
263 KSG-A (contato dos contatos do poço NO 1)
DESLIG (feedback))
264 JSPS (interruptor de chave bloqueio de NO 1)
pavimento) [ZBCE], CF82
265 KTL (contato borda de segurança da NC
porta, [BR2/4-HK])
266 KSR (contato revisão de aspersor) NC 1)
Legenda: veja final da tabela “Saída - Códigos de função”

Saídas - Códigos de função (VL) para CF 61-80


Códi- Descrição Localiza- ≥
go ção SW
BMK
(VL)
Funções das saídas
17 LDE-U (lâmpada de chamada de pavimento
SUBIR)
18 LDE-D (lâmpada de chamada de pavimento
DESCER)
37 LUB (lâmpada de manutenção e erro, Coréia) 1)
38 LRV (lâmpada controle independente “Reser-
va”)
49 LAB (lâmpada fora de serviço) (Código anti- SE
go. Código novo: 131)

104 K 612089_PT_03
Códi- Descrição Localiza- ≥
go ção SW
BMK
(VL)
56 LFF (lâmpada combate a incêndio)
131 LAB (lâmpada fora de serviço) (código no-
vo)(LED de saída em LCUX está DESLIGA-
DO em caso de “Fora de serviço”)
134 LAB-E (lâmpada fora de serviço ativada, con- SE
firmação JAB)
136 LBFC (lâmpada serviço de incêndio ativada,
na cabina)
140 LHC (lâmpada de cabina no local) 1)
145 LEF (lâmpada de viagem de resgate [BR4- 1)
NZ])
146 LGEB (lâmpada contrapeso deslocado [EB]) 1)
147 LGS (lâmpada controle de visitas [GS])
151 LLI-U (lâmpada direção SUBIR, serviço de 1)
ascensorista [LI])
152 LLI-D (lâmpada direção DESCER, serviço de 1)
ascensorista [LI])
154 LNFC (lâmpada serviço de emergência na 1)
cabina [NF1])
156 LNOC (lâmpada serviço de força de emer- 1)
gência, na cabina [NS21])
157 LRC-U (lâmpada direção da cabina SUBIR)
158 LRC-D (lâmpada direção da cabina DES-
CER)
163 LW-U (lâmpada prosseguir viagem SUBIR)
164 LW-D (lâmpada prosseguir viagem DESCER)
167 LL-X (lâmpada sobrecarga) (se não funcionar SE, SA 1)
com SW atual, use BMK código 12)

K 612089_PT_03 105
Códi- Descrição Localiza- ≥
go ção SW
BMK
(VL)
170 RBF (serviço de incêndio ativado (JBF), na 1)
casa de máquinas)
172 RE-A (serviço de chamadas de pavimento 1)
suspenso) (por exemplo, reserva)
173 REFE1 (relé final da viagem de resgate) SE 1)
174 REFEH1 (relé final da viagem de resgate pa-
vimento de inspeção 1)
175 REFEH2 (relé final da viagem de resgate pa-
vimento de inspeção 2)
177 RIB (modo normal de elevador)
183 RSM (Erro fatal ou erro fatal persistente no
elevador)
186 SUMC (sinal sonoro na cabina)
190 GA-k (gongo de chegada) SA 1)
205 LBF (lâmpada de serviço de incêndio ativada
(KBF), no pavimento)
207 LEB (lâmpada de serviço de terremoto ativa- 1)
da [EB])
213 RFBE-k (relé iluminação do pavimento)
225 LL-V (lâmpada plena carga) 1)
251 GA-D-k (gongo de chegada DESCER) SA 1)
252 GA-D-k (gongo de chegada SUBIR) SA 1)
205 LBF (lâmpada de serviço de incêndio ativada,
no pavimento)
258 RUESG (relé de ligação em ponte contatos 1)
do poço - primeiro)
259 RUESG1 (relé de ligação em ponte contatos 1)
do poço - segundo)

106 K 612089_PT_03
Códi- Descrição Localiza- ≥
go ção SW
BMK
(VL)
262 RSG-A (relé do poço contatos DESLIG) 1)

Legenda: NO = normalmente aberto


NC = normalmente fechado
SE = SAIO no ECUMR (Miconic BX)
SA = SAIO no ADDUM (Miconic BX)
C5 = COP5x
Cxx = SCOPH(MH), SCOPMXB
1) = Não usado com o Schindler
S3100/3300/5300LA
Observações:
• LCUX e CAN-IO suportam todos os códigos BMK
• As opções destacadas em cinza não são aplicáveis para a versão
ZLA

K 612089_PT_03 107
5.2 * Configurações especiais
5.2.1 Configuração da LOP (CF=00) com COP5
Cada LOP precisa ser configurada (o controle do elevador precisa sa-
ber que LOP será encontrada em que pavimento). A configuração da
LOP consiste em dois passos:
- 1º passo: Endereçamento de LOP.
- 2º passo: Contagem de LOP:
1º passo: Endereçamento de LOP [LE - -]

_____
40_ _ _1 CF 01

70 _ _ _ x
CF 00 LE -- CF 00 _ _

40 _ _ _ x 40_ _ _ 0

20 _ _ _ x

_ _ _ _ xx 10_ _ _ x

Descrição e comentários
1) Insira o modo de configuração (menu 40) conforme descrito no
início deste capítulo “Configuração”
2) Escolha CF=00 e confirme com “OK”. IHM exibe [LE - -]
3) Pressione “OK” para inserir a configuração LOP. IHM exibe
[CF00 ] (com SW ≥ V9.21.x a HMI exibe [_ _ _ _ _ _ ])
4) Os seguintes passos são realizados na cabina ou nos pavi-
mentos.

Observação: O layout da COP5 (dígitos


azuis) é o mesmo que na COP10, apesar
de ser apresentado de forma diferente.

108 K 612089_PT_03
Descrição e comentários
5) Após ativar o endereçamento de LOP [LE - -] a COP exibe
“LE”. Você pode escolher agora o nível do pavimento que você
quer configurar. Pressione o respectivo botão na COP. (No
nosso exemplo escolhemos o nível do pavimento 5).
6) A COP exibe agora o nível que você quer configurar. Pressione
“DT-O” para confirmar sua escolha.
7) Dependendo da posição da cabina, a cabina se movimentará
até o pavimento no qual a LOP deverá ser configurada. (A
COP exibe o pavimento atual).
8) Após a porta ter aberta, a COP emite um bipe uma vez e exibe
“Cd” “12”. Isso indica que a contagem regressiva de 12 segun-
dos começou.
9) Durante esses 12 segundos pressione (fora da cabina) o botão
na LOP e mantenha-o pressionado até ouvir um bipe curto.
(Um bipe longo indicaria um erro “Er”. Nesse caso pressione
DT-O duas vezes para confirmar o erro e reiniciar a contagem
regressiva).

Nota
Em sistemas KS o botão SUBIR precisa ser pressionado.

K 612089_PT_03 109
Descrição e comentários
10) Aguarde até terminar a contagem regressiva. Isso é indicado
por outro bipe curto. A COP exibe “Ac”.
11) Pressione o DT-O para confirmar a configuração correta da
LOP recém-ensinada. O sistema responderá com um bipe cur-
to e a COP exibirá o nível “LE” do próximo pavimento.
Repita os passos 5) a 11) para todos os demais pavimentos
Existem várias possibilidades para deixar o modo de endereçamento
de LOP [LE - - ].
- Insira na COP a seqüência chave "0" , "DT-O" (ou a seqüência "-" ,
"DT-O")
- Na COP mantenha o DT-O pressionado por no mínimo 3 segun-
dos.
- Na IHM pressione ESC [CF 00], pressione ESC [40 1], altere para
[40 0], pressione OK, pressione ESC.
- Se nenhum desses procedimentos funcionar (talvez com SW ≥
V9.2x) será necessário realizar o reset no SCIC. Após inicialização
do sistema a contagem de LOP precisa ser iniciada manualmente

2º passo: Contagem de LOP [LC _ _ _ _ ]


O sistema deverá iniciar a contagem de LOP automaticamente após
deixar o modo de endereçamento de LOP [LE - - ]. (A contagem de
LOP armazenará os endereços na LOP na EEPROM). Isso será indi-
cado com [LC _ _ _ _ ] na IHM e “LC” na COP.
Se não começar automaticamente, deverá ser iniciado manualmente.
→ Iniciação manual da contagem de LOP: Veja capítulo 5.2.4 “Conta-
gem de LOP [LE 00]”

110 K 612089_PT_03
5.2.2 * Configuração LOP (CF=00) com COP4B
Cada LOP precisa ser configurada (o controle do elevador precisa sa-
ber que LOP será encontrada em que pavimento). A configuração da
LOP consiste em dois passos:
- 1º passo: Endereçamento de LOP.
- 2º passo: Contagem de LOP:
1º passo: Endereçamento de LOP [LE - -]

_____
40_ _ _1 CF 01

70 _ _ _ x
CF 00 LE -- CF 00 _ _

40 _ _ _ x 40_ _ _ 0

20 _ _ _ x

_ _ _ _ xx 10_ _ _ x

Descrição e comentários
1) Insira o modo de configuração (menu 40) conforme descrito no
início do capítulo “Configuração”
2) Escolha CF=00 e confirme com “OK”. IHM exibe [LE - -]
3) Pressione “OK” para inserir a configuração LOP. HMI exibe
[CF00 ] (com SW ≥V9.21.x a IHM exibe [_ _ _ _ _ _ ])
4) Os seguintes passos são realizados na cabina ou nos pavi-
mentos.

K 612089_PT_03 111
Nota: o endereçamento das LOPs começa automaticamente no nível
do pavimento mais alto.

Descrição e comentários
5) Após ativar o endereçamento de LOP [LE - -] a COP4B emite
um bipe. (CPI4 exibe “LE”.) O sistema está pronto para iniciar
o endereçamento da LOP no nível do pavimento mais alto.
6) Insira a cabina e pressione “DT-O”. Assim você confirma que
pretende configurar a LOP.
COP4B responde com um bipe.
7) Dependendo da posição da cabina, a cabina se movimentará
até o pavimento no qual a LOP deverá ser configurada. (CPI4
exibe o pavimento atual.)
8) Depois de abrir a portar a COP4B emite um bipe. Isso indica
que a contagem regressiva de 12 segundos começou. (CPI4
exibe “Cd”.)
9) Durante esses 12 segundos pressione (fora da cabina) a LOP
até você ouvir um breve bipe.
(Um bipe longo indicaria um erro. Nesse caso pressione DT-O
duas vezes para confirmar o erro e reiniciar a contagem re-
gressiva).
10) Aguarde até ouvir mais um bipe breve. Isso indica que a conta-
gem regressiva terminou. (O CPID Exibe “Ac”.)

112 K 612089_PT_03
Descrição e comentários
11) Pressione DT-O para confirmar a configuração correta do LOP
recém ensinado. O sistema responderá com dois bipes curtos.
(CPI4 exibe LE novamente.)
Repita os passos 6) a 11) para todos os demais pavimentos
Existem várias possibilidades para deixar o modo de endereçamento
de LOP [LE - - ].
- Na COP mantenha o DT-O pressionado por no mínimo 3 segun-
dos.
- Na IHM pressione ESC [CF 00], pressione ESC [40 1], altere para
[40 0], pressione OK, pressione ESC.
- Se nenhum desses procedimentos funcionar (talvez com SW ≥
V9.2x) será necessário realizar o reset no SCIC. Após inicialização
do sistema, a contagem de LOP precisa ser iniciada manualmente

2º passo: Contagem de LOP [LC _ _ _ _ ]


O sistema deverá iniciar a contagem de LOP automaticamente após
deixar o modo de endereçamento de LOP [LE - - ]. (A contagem de
LOP armazenará os endereços na LOP na EEPROM). Isso será indi-
cado com [LC _ _ _ _ ] na IHM e “LC” no CPI4.
Se não começar automaticamente, deverá ser iniciado manualmente.
→ Iniciação manual da contagem de LOP: Veja capítulo 5.2.3 “Conta-
gem de LOP [LE 00]”

K 612089_PT_03 113
5.2.3 * Contagem de LOP [LE 00]
- A contagem de LOP deve iniciar automaticamente após cada ende-
reçamento de LOP ou após algumas mudanças de configuração
em um nó de barramento BIO. Se não começar automaticamente,
deverá ser iniciada manualmente.
- Contagem de LOP manual também deverá ser realizada após
substituir a PCB SCIC.
A iniciação manual da “contagem de LOP” deverá ser iniciada com a
interface do usuário IHM.

70 _ _ _ x 40_ _ _1 CF 01 LE 00 LC _ _ _ _

40 _ _ _ x 40_ _ _ 0 CF 00 LE --

20 _ _ _ x

50002414
_ _ _ _ xx 10 _ _ _ x

Interação do usuário Visor


1 Insira o modo de configuração (menu 40) conforme
descrito no início do capítulo “Configuração”
2 Escolha CF=00 e confirme com “OK”. LE - -
3 Altere com o botão SUBIR/DESCER para [LE 00] e LE 00
inicie a contagem de LOP pressionando “OK”.
4 Contagem de LOP é indicada por [LC_ _ _ _] pis- LC _ _ _ _
cando. Isso poderá demorar alguns minutos.
5 Após terminada a contagem da LOP, saia do modo 40 1
de configuração pressionando “ESC” e desativan- 40 0
do o menu 40. 40
(Altere [40 1] para [40 0] e pressione “OK”)

114 K 612089_PT_03
5.2.4 * Interruptor de chave serviço de incêndio JBF
(BR)
Para JBF deverá ser usado um interruptor de chave normalmente fe-
chado (NC).
Condições prévias:
- JBF precisa ser conectado à LOP de acordo com o esquema entre
o XBIO.1 (fio vermelho) e o XBIO.4 (fio laranja).
- JBF está na posição normal (contato está fechado).
O JBF é detectado automaticamente e configurado pelo sistema du-
rante o endereçamento normal de LOP nesse pavimento específi-
co.Um reconhecimento correto do JBF é indicado com “Br” (ao invés
de “Ac”) durante o endereçamento de LOP. O
pavimento destinado para o serviço de incêndio se define automática-
mente ao pavimento onde a chave interruptora está conectada. Pode
ser mudado com CF=02, PA=01.

5.2.5 * Interruptor de chave de chamada de pavimento


JDE
Para JDE deverá ser usado um interruptor de chave normalmente
aberto (NO).
Condições prévias:
- JDE precisa ser conectado à LOP de acordo com o esquema entre
o XBIO.1 (fio vermelho) e o XBIO.4 (fio laranja).
- JDE está na posição normal (contato está aberto).
- O endereçamento de LOP foi realizado nesse pavimento específi-
co (enquanto JDE estava na posição normal (aberta)).
A configuração do JDE é diferente, dependendo dos dois pontos se-
guintes:

Sistema apenas com Sistemas com LOPs e


LOPs LINs
Veja o procedimento 1 Veja o procedimento 2
(CF=61..80, PA=17, (CF=60, PA=1..n, VL=019)
VL=019)

K 612089_PT_03 115
Procedimento 1 (Sistema apenas com LOPs)
JDE precisa ser configurado com ajuda de CF=61..80 (nivel de piso),
PA=17, JDE → VL=019
Após a configuração uma contagem de LOP deverá iniciar automati-
camente. Se LC não começar automaticamente, deverá ser iniciada
manualmente.
Procedimento 2 (Sistemas com LOPs e LINs)
JDE deverá ser configurado com ajuda do CF=60, PA=1..n (nivel de
piso), JDE-U→VL=19 (JDE-U:VL=19, JDE-D:VL=20)
Depois dessa configuração, o JDE será reconhecido durante o pri-
meiro uso do interruptor de chave e o botão da LOP será desativado.

5.2.6 * Interruptor de chave fora de serviço JAB


Para JAB deverá ser usado um interruptor de chave normalmente
aberto (NO).
Condições prévias:
- JAB precisa ser conectado à LOP de acordo com o esquema entre
o XBIO.1 (fio vermelho) e o XBIO.4 (fio laranja).
- JAB está na posição normal (contato está aberto).
- O endereçamento de LOP foi realizado nesse pavimento específico
(enquanto JAB estava na posição normal (aberta)).
A configuração do JAB é diferente, dependendo dos dois pontos se-
guintes:

Sistema apenas com Sistemas com LOPs e


LOPs LINs
Veja o procedimento 1 Veja o procedimiento 2
(CF=61..80, PA=17, (CF=60, PA=1..n, VL=049)
VL=049)
Procedimento 1 (Sistema apenas com LOPs)
JAB deverá ser configurado com ajuda de CF=61..80 (nivel de piso),
PA=17, JAB → VL=49
Após a configuração uma contagem de LOP deverá iniciar automati-
camente. Se LC não começar automaticamente, deverá ser iniciada
manualmente.

116 K 612089_PT_03
Procedimento 2 (Sistemas com LOPs e LINs)
JAB deverá ser configurado com ajuda de CF=60, PA=1..n, JDE-U
→VL=49
Após a configuração uma contagem de LOP deverá iniciar automati-
camente. Se LC não começar automaticamente, deverá ser iniciada
manualmente.

JAB, pavimento de estacionamento


O pavimento para o qual o elevador retorna enquanto JAB está ativo
pode ser configurado com CF=02, PA=03. (Independente do pavi-
mento no qual o JAB está montado.)

Nota
Com SW ≥ V9.2.x, todos os códigos de função BMK NO
(normalmente aberto) que forem suportados pelo software
podem ser atribuídos.

K 612089_PT_03 117
5.2.7 Ensino do teclado COP5B_N (CF=15)
O ensino das teclas COPB_N só é possível com a interface do usuá-
rio IHM

Eta- Descrição e comentários


pa
1 Insira o modo de configuração (menu 40) e selecione CF “15“
→ CPID exibe ’CF’ e ACID exibe ’15’
2 Pressione DT-O (ou a seta direita, ’Enter’, na IHM da LDU)
(Nota: A IHM da LDU exibirá [CF _ _ 15] e nada mais durante
todo o procedimento)
3 CPID exibe “FL“ para configuração da chave e ACID exibe a
designação do pavimento inferior
4 Agora a COP (5) B_N inicia um temporizador da contagem re-
gressiva de 1 minuto. Durante essa contagem regressiva o
pressionamento de uma tecla da COP pára o temporizador e a
tecla está configurada (atribui a tecla ao respectivo pavimen-
to).
(Nota 1: Se não for detectada interação com a tecla durante 1
minuto, o ensino é abortado; CPID exibe “CF“ e ACID “16“ em
caso de configuração DIP6. A IHM da LDU exibirá [CF _ _ _
15] e os indicadores COP serão obscurecidos se a configura-
ção for realizada a partir destes).
(Nota 2: Se alguma interação for constatada durante a conta-
gem regressiva, a configuração anterior do teclado é apagada!
O COP assumirá a configuração padrão "teclado numérico
dez“.)
5 A COP faz um bipe e CPID exibe “AC“ para confirmação.
(Nota : Se a COP emitir dois bipes e o CPID exibir “Er“ isso sig-
nifica que a tecla não está configurada corretamente. O ACID
exibe novamente a designação do pavimento inferior).

118 K 612089_PT_03
Eta- Descrição e comentários
pa
6 Quando se pressiona DT-O (após “AC” ou “Er”), a seqüência
reinicia com o próximo pavimento (em ordem crescente, de
baixo para cima). CPID mostra “FL“ para configuração da tecla
e ACID exibe a designação do próximo pavimento. Se a última
tecla for atribuída ao pavimento mais alto, o CPID exibe “CF“
pois o ACID exibe “16“ (o próximo menu de configuração)
(Nota : A IHM da LDU exibirá [CF _ _ 15])

K 612089_PT_03 119
5.2.8 Ensino do teclado COP4B (CF=15)
As teclas COP4B deverão ser atribuídas aos verdadeiros níveis de
pavimento. Isso precisa ser realizado com ajuda da interface do usuá-
rio IHM.
O ensino de COP4B é possível sem CPI4.
O ensino do teclado COP4B sempre começa com o nível do pavimen-
to inferior.

Preparação
Eta- Descrição IHM
pa
1 Insira o modo de configuração (menu 40) confor- CF 01
me descrito no início do capítulo “Configuração”
2 Selecione aprendizagem de teclado CF=15 CF 15
3 Pressione “OK” na IHM. O visor muda para [CF CF15 _ _
15 _ _]. A COP4B emite um bipe.

Ensino do teclado

120 K 612089_PT_03
Pas- Descrição e comentários
so
1) Após ativar CF=15 a COP4B emite um bipe. CPI4 mostra “FL”
durante 2 segundos. Todas as lâmpadas de confirmação de
chamada de cabina estão acesas.
2) Após 2 segundos, você terá 60 segundos para atribuir uma te-
cla ao nível do pavimento inferior.
CPI4 exibe o nível do pavimento inferior “1”.
O ensino da COP4B sempre começa com o nível do pavimen-
to inferior (1).
3) Pressione a tecla que você quer atribuir ao nível do pavimento
1. (Por exemplo, tecla “0”.
A COP4B responderá com 1 bipe. (=atribuição de tecla aceita)
4) A lâmpada de confirmação da tecla atribuída pisca.
CPI4 exibe “Ac”
5) Pressione o botão “DT-O” para confirmar a tecla recém ensina-
da.
A COP4B responderá com 3 bipes.
6) A lâmpada de confirmação da tecla ensinada é DESLIGADA.
O sistema continua automaticamente com o passo 1).
Repita o ensino da tecla para os níveis de pavimentos mais al-
tos.
Após cada ensino de tecla o sistema aumentará automatica-
mente o nível do pavimento que deverá ser ensinado (1 → 2 →
3 ......).
Quando tiver sido atribuída uma tecla para todos os níveis de
pavimento disponíveis:
- todas as lâmpadas de confirmação serão DESLIGADAS
- CPI4 não exibe nada
- HMI exibe novamente [CF 15]

K 612089_PT_03 121
Observação
Se houver um CPI4 instalado, você deverá checar se os bo-
tões da COP4B correspondem aos pavimentos exibidos
nos CPI4. Se eles forem diferentes, deve-se realizar a
“Configuração da designação dos pavimentos” CF=01.

5.2.9 * Designação dos pavimentos (CF=01)


Exemplo: O terceiro (3º) pavimento deverá ser denominado de “0”.
(CF=01, PA=03, VL=0)

A = nível do pavimento, B = designação do pavimento

Descrição HMI
1 Insira o modo de configuração (menu 40) conforme CF 01
descrito no início do capítulo “Configuração”
2 Selecione “Configuração da designação dos pavi- CF 01
mentos” CF=01
3 Pressione “OK” na IHM para confirmar a sua esco- PA 1
lha. O primeiro nível do pavimento é exibido.
4 Selecione o nível de pavimento que você quer de- PA 3
signar com ajuda dos botões SUBIR/DESCER. (Em
nosso exemplo nível do pavimento 3).
5 Pressione “OK” na IHM para confirmar a sua esco- VL 3
lha. A designação atual do pavimento é exibida.
6 Altere a designação dos pavimentos para o número VL 0
que você preferir. (Em nosso exemplo designação
de pavimento "0".)

122 K 612089_PT_03
Descrição HMI
7 Pressione “OK” na IHM para confirmar a sua altera- PA 4
ção. O próximo nível do pavimento é exibido.
8 Saia do menu de configuração atual com ajuda do
botão ESC.
9 Realize uma viagem de aprendizagem
Nota: As designações dos pavimentos acima do nível do pavimento
alterado, serão alteradas automaticamente da mesma forma.

K 612089_PT_03 123
5.2.10 * Calibragem da célula de carga da cabina
(CF=96..99)

A: Digisens vermelha KL250, B: Digisens branca KL66

Nota
- Como carga de referência recomendamos 75% da carga
nominal (carga nominal GQ).
- Qualquer sinalização de erro durante a calibragem per-
tence ao grupo de erros 11. (Exemplo: Er 4 = Error 1104)

Nota
Pré-requisitos:
- Contrapeso totalmente montado.
- Cabina totalmente montada, incluíndo a decoração,
guarda-corpo, etc.
- Digisens tem que estar livre de pré-tensão (afrouxar os
parafusos de ajuste (1) e apertá-los de novamente antes
de iniciar a calibragem).
- O cabo do sensor do Digisens vermelho (tipo A) não
deve tocar no tubo de plástico da mesmo.
- No Schindler 3100: No Digisens branco deve ser monta-
do a 45° sobre a polía (ver o documento K609754_04).
- Deve-se fazer uma viagem de aprendizagem con o Digi-
sens ativado.
A calibragem da célula de carga da cabina é realizada em 3 passos:

124 K 612089_PT_03
1) Preparação com valores relevantes do sistema (carga nominal, ...)
2) Calibragem de 0 kg (com a cabina vazia)
3) Calibragem com carga de referência

1 2 3

CF=98 xyz kg
CF=08 CF=08
PA=01 PA=08 CF=99
VL=? 0 kg

Exemplo: 450 kg carga nominal; peso de referência: 380 kg.

1º passo: Preparação

1 Configure a carga nominal da cabina GQ com ajuda de CF=08,


PA=01. (no nosso exemplo: Carga nominal 450 kg; VL=45)
2 Verifique o tipo do sensor com ajuda de CF=08, PA=08. VL=0:
Digisens tipo vermelho (versão “antiga” EU)
VL=1: Digisens tipo branco (versão “nova”) e X-sensor (Schin-
dler 6200)

2º passo: Calibragem do ponto 0 kg (cabina vazia)

3 Ativa o modo de configuração (menu 40) se ainda não tiver


sido feito.
4 Coloque o interruptor DIP 1 para OFF. (A célula de carga da
cabina é ativada).
5 Certifique-se de que a cabina esteja vazia. (0 kg carga)
6 Escolha CF=98 e confirme com “OK”.
→ IHM exibe a carga atual. [Ld xx]. Saia da cabina. Pressione
OK na IHM para iniciar a calibragem 0 kg.
→ Após uma contagem regressiva de 10 segundos foram reali-
zadas 5 medições.
(Ao invés da calibragem CF=98 também é possível estabele-
cer o ponto 0 kg com ajuda de uma viagem de aprendizagem).

K 612089_PT_03 125
3º passo: Calibragem com carga de referência
IHM
7 Coloque o interruptor DIP 1 em ON para desati-
var a célula de carga da cabina. Isso lhe permite
viajar com a cabina enquanto a célula de carga
da cabina ainda não estiver calibrada.
8 Carregue a cabina com a carga de referência.
(No mínimo 75% da carga nominal GQ. No nosso
exemplo 380 kg).
9 Ligue o modo de configuração [40 _ _ _ 1] e con- CF _ _ 0 0
firme com OK.
10 Coloque o interruptor DIP 1 em OFF para ativar a CF _ _ 0 0
célula de carga da cabina.
11 IHM: Selecione CF=99 CF _ _ 9 9
12 IHM: Pressione “OK” rL_xxx
→ O visor exibe a carga de referência [rL]
13 Insira a carga de referência que você tem no mo- r L _ _ 3 8
mento na cabina. (1=10 kg. No nosso exemplo
38=380 kg)
14 IHM: Pressione “OK” Ld _ x x x
→O visor exibe a carga atualmente medida da
cabina. Esse valor pode estar errado, porque a
medição de carga ainda não foi calibrada.
15 Confirme pressionando “OK” na IHM Cd _ _ 1 0
→Inicia-se uma contagem regressiva de 10 se- Cd _ _ _ 0
gundos.
16 Depois desses 10 segundos haverá 5 medições. C l _ _ _ 5
Cl___1
17 Após as 5 medições o sistema é calibrado e mos- Ld _ _ 3 8
tra a carga atual. (No nosso exemplo 380 kg)

126 K 612089_PT_03
IHM
18 Se o valor estiver correto (corresponder ao peso CF _ _ 9 9
na cabina) confirme a calibragem pressionando
“OK” na IHM. O visor retorna para CF=99
Se o valor exibido for errado ou se tiver ocorrido
um erro, reinicie com a etapa 7 ou refaça a cali-
bragem completa.
19 Saia do modo de configuração pressionando
“ESC” e mudando [40 1] para [40 0].

Nota
Após a calibragem, leia os valores calibrados com ajuda de
CF=96 e anote-os, por exemplo com uma caneta porosa no
interior da tampa LDU. (Veja o próximo capítulo).

5.2.11 * Reconfiguração da célula de carga da cabina


(CF=96..99)
Reconfiguração da CLC sem pesos
Esse procedimento pode ser usado, se a placa SCIC tiver que ser al-
terada.
1º passo:
Com a antiga placa SCIC inserida, leia os valores CLC:
1) Entre no modo de configuração 96
2) Leia e anote os dados atuais:

K 612089_PT_03 127
CF PA Significado VL (somente leitura) Valor atual
96 1 Freqüência da carga zero de cabina
deve ser:
16500 +/- 500 Hz para Digisens bran-
ca ou 14100 +/- 500 Hz para Digisens
vermelha. Se o valor está fora do
range, afrouxe e aperte os parafusos
de ajuste. Volte a realizar a calibragem
de carga zero.
2 Freqüência da carga de referência da
cabina
3 Peso da carga de referência da cabina

2º passo:
Desligue o sistema e troque a placa SCIC.
3º passo:
Com a nova placa SCIC inserida, configure o sistema com os valores
antigos:
1) Vá para CF = 08, PA = 01 e insira a carga nominal de cabina
2) Entre no modo de configuração 97
3) Insira os valores conforme anotados anteriormente

CF PA Significado VL (reconfiguração)
97 1 Freqüência da carga zero de cabina
2 Freqüência da carga de referência da cabina
3 Peso da carga de referência da cabina

Nota: Descrição de erros


Qualquer sinalização de erro durante a calibragem perten-
ce ao grupo de erros 11. Por exemplo Er 9 = Erro 1109.

128 K 612089_PT_03
5.2.12 ZB1, Chamadas de cabina protegidas por senhas
de identificação PIN (CF=10)
Somente COP5_10 e COP5B_10
(opção de cartão SIM, não junto com GS).
Determinados pavimentos podem ser protegidos usando-se um códi-
go de chamada de 3 ou 4 dígitos.
Exemplo: Acesso ao nível do pavimento 5 deverá ser protegido com a
senha de identificação PIN “123”.

Nota!
Códigos de 3 dígitos deverão ser iniciados com “–” durante
a configuração. Na operação, somente os três dígitos serão
necessários.

Descrição HMI
1 Insira o menu de configuração 40 conforme descrito CF 01
no início do capítulo “Configuração”
2 Altere a interface IHM para [CF 10] (ZB1) CF 10
3 Pressione “OK” para confirmar PA 1
4 Selecione com a HMI o nível do pavimento que você PA 5
quer proteger. (No nosso exemplo PA=05)
5 Pressione “OK” para confirmar UL0000
6 Insira o código (no nosso exemplo [UL-123]) e confir- PA 2
me cada dígito pressionando “OK”
7 Saia do menu de configuração atual com ajuda do
botão ESC.

Ajuste parâmetro CF = 06, PA = 03 em “99”.

Nota!
Para excluir um código, configure simplesmente código
“0000”.

K 612089_PT_03 129
5.2.13 * ZB3, Chamada de cabina com interruptor de cha-
ve (CF=83)
(opção com cartão SIM)
Exemplo: Nível do pavimento 4 deverá ser acessível somente com
um interruptor de chave. O interruptor de chave é conectado ao plu-
gue SCOP KEY3.
Versão COP5

1º passo: Definição da chave como JDC


1 Selecione “SCOP5 Definição do interruptor de chave”: CF=05
2 Selecione a entrada (plugue) que você quer configurar: No nos-
soexemplo plugue “KEY3”: PA=03
3 Atribua uma função JDC a essa entrada: VL=02)

2º passo: Atribuição de entrada de chave ao nível do pavi-


mento restrito
4 Selecione ZB3 atribuição de chave: CF=83
5 Defina a mesma entrada de chave (plugue) como foi usada no
passo 1.2. No nosso exemplo novamente PA=03
6 Atribua nível do pavimento com acesso restrito. No nosso exem-
plo nível 4: VL=04)

130 K 612089_PT_03
5.2.14 * SAS Schindler Access System
- Somente possível com COP5x (Schindler S3300/5300LA)
- Não é possível com COP5B-N
- Permite que o usuário faça, com ajuda do cartão de identificação,
– Chamadas de cabina para pavimentos não protegidos (chamada
direta sem botão de pressão)
– Chamadas de cabina ao pavimento protegido por senha de iden-
tificação pessoal PIN (chamada direta sem pressionar o botão e
sem inserir a senha de identificação)
– Chamada de cabina com o cartão do usuário programado com
acesso a múltiplos pavimentos (após colocar o cartão do usuário,
a COP exibe “FL”, depois o pavimento pode ser inserido).

Configuração de um cartão do usuário


Descrição
Para a configuração de um cartão de usuário é necessário usar
o cartão de configuração específico do elevador. (Para cada sis-
tema SAS foram entregues dois cartões de configuração, que
funcionam exclusivamente com essa COP específica).Mante-
nha o Cartão do Usuário disponível para ser programado.
1 Coloque o cartão de configuração perto do sinal do receptor
na COP.
→ COP emite um bipe e exibe “Cr” (cartão recebido)
2 → COP emite um bipe novamente e exibe “CF” (modo de confi-
guração)(para sair desse menu pressione DT-O por 3 segun-
dos).
3 Insira “1” na COP (1 = Ativação do cartão do usuário)
→ COP emite um bipe e exibe “FL” (pavimento)
4 Insira o nome do pavimento que deverá ser configurado. (COP
emite um bipe.) Pressione DT-O para confirmar o nível do pavi-
mento.
→ COP emite um bipe
4a Para ativar o cartão do usuário para pavimentos adicionais, repi-
ta o passo 4 em todos os pavimentos que deverão estar acessí-
veis com o cartão do usuário.

K 612089_PT_03 131
Descrição
5 Para ativar o cartão do usuário para esse(s) pavimentos pressi-
one DT-O durante 3 segundos.
→ COP emite um bipe e exibe “CA” (aguarde um cartão) (para
sair desse menu pressione DT-O por 3 segundos).
6 Coloque o cartão de usuário perto do sinal do receptor na
COP. →
COP emite um bipe e exibe “Cr” (cartão recebido) →
COP emite novamente um bipe e exibe “CA” (aguarde um car-
tão)
6a Para ativar cartões de usuários adicionais com os mesmos direi-
tos, repita o passo 6 para cada cartão de usuário.
7 Para sair desse menu pressione DT-O durante 3 segundos.
→ COP emite um bipe e exibe “CF” novamente (modo de confi-
guração) Para sair do modo de configuração pressione DT-O
por 3 segundos.

Antes de entregar os cartões de usuários ao cliente, anote os núme-


ros dos cartões de usuários. (Com ajuda desses números, os cartões
de usuários podem ser desativados se necessário).
Para a desativação de um cartão de usuário ou cartão de configura-
ção consulte o documento J 42103073 “SAS Descrição geral e guia
do usuário”.

132 K 612089_PT_03
6 * Resolução de falhas
Onde encontrar nessa referência rápida:

Pontos de teste simples


• Alimentação elétrica Ver capítulo 2.2
• Fusíveis Ver PCB SMIC e PCB
SNGL e Fermator
• Circuito de segurança Ver capítulo 2.3
• LEDs nas PCBs Ver PCBs capítulo 3Ver ca-
pítulo 2.2

Códigos de erro
• Controlador de códigos de erro Ver capítulo 6.1
• Yaskawa L7C Mensagens e er- Ver capítulo 6.2
ros
• Códigos de erro especiais Ver capítulo 6.3
• Diagnóstico de erro LED SCIC Ver capítulo 6.4

Detecção de falha
• Dados de operação Yaskawa Ver capítulo 6.5
L7C
• Comandos especiais Ver capítulo 6.8
• Comunicação do PC de serviço Ver capítulo 6.9

Eliminação de erros
• Reset controle Ver capítulo 6.7.1
• Forçar uma viagem de aprendi- Ver capítulo 6.7.3
zagem
• Reset ACVF Ver capítulo 6.7.4
• Repetir a configuração Ver capítulo 5
• Atualização de SW Ver capítulo 6.10

K 612089_PT_03 133
6.1 * Códigos de erro (Menu 50)
Nota
Códigos de erro são parte das ESF. Veja informação no ca-
pítulo 1.5.

_ _ _ _ xx 10 _ _ _ x

20 _ _ _ x

30 _ _ _ x

40 _ _ _ x

50_ _ _ x 50 _ _ _ 0

60_ _ _ x 50 _ _ _ 1 E0 _ _ _ _

50002015
70_ _ _ x E1 _ _ _ _

Menu de interface do usuário IHM


E0..E9 = último erro .. erro mais antigoE = Erro; F = Erro Fatal; P =
Erro Fatal Persistente Para limpar o histórico, pressione o botão “OK”
até que seja exibido “E-”.
Nota1 : “(3x=F)” na descrição significa: Se um problema recuperável
ocorrer três vezes em uma hora este será reclassificado como erro fa-
tal ou às vezes mesmo como erro fatal persistente (permanente).

134 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
00 02 E_ELEVATOR_SAFETY_CHAIN
O circuito de segurança foi aberto de forma inesperada ou
não foi fechado como esperado.
C1: O circuito de segurança foi aberto de forma inesperada
(p/ ex., enquanto a cabina estava em movimento)
A1: Verifique se há contatos abertos no circuito de
segurança. Verifique o fusível de 110V na placa SMIC.
C2: O circuito de segurança não foi fechado como estaba
esperado. Enquanto todas as portas estão fechadas, se
espera que o circuito de segurança esteja fechado também.
A2: Verifique os contatos do circuito de segurança na porta.
Verifique o parâmetro da porta "tempo de retardo entre o
fechamento da porta e o fechamento do circuito de
segurança" (CF03 PA13).
00 12 E_ELEVATOR_NOAUTHORIZATION_MODE
O elevador está parado porque não foi inserido o cartão
SIM (ou este não é válido) na placa de manobra principal
do elevador.
C1: Ausência do cartão SIM, cartão SIM não pertencente a
Schindler, Cartão SIM de outro elevador ou um cartão SIM
inválido está inserido.
A1: Verifique se o cartão SIM está presente ou se foi
inserido um cartão SIM inválido. Verifique o error log para
ver se existem erros no cartão SIM (#19xx). Pegue um
cartão SIM correto.
C2:
A2:
00 19 E_ELEVATOR_WATCHDOG_RESET
Indica que anteriormente houve um reset do watchdog
(iniciado por hardware ou software watchdog). A manobra
principal do elevador acaba de iniciar.

K 612089_PT_03 135
Código Descrição do erro
00 20 E_ELEVATOR_S_CHAIN_BRIDGE_PERMANENT
O circuito de segurança não abriu no momento que estava
previsto (p/ ex., durante a abertura da porta)
C1: O circuito de segurança está ponteado (p/ ex., na porta
de cabina ou de pavimento)
A1: Verifique se existem pontes no circuito de segurança
(p/ ex., conectores) e retire-os
00 22 E_ELEVATOR_CC_RELEVELING_FAIL
Erro de manobra da cabina durante o renivelamento
C1:
A1: Verifique: SUET
00 31 E_ELEVATOR_LEARNING_INTERRUPTED
A viagem de aprendizagem foi interrompida.
C1: Manipulação incorreta no elevador. P/ ex., manobra de
revisão ligada ou interruptor de parada pressionado
durante a viagem de aprendizagem.
A1: Libere os interruptores correspondentes. Refaça a
viagem de aprendizagem.
C2: Circuito de segurança aberto
A2: Verifique o motivo da abertura do circuito de segurança
e solucione o problema. Refaça a viagem de viaje de
aprendizagem.
C3:
A3:
C4:
A4:

136 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
03 01 E_DOOR_CLOSING
A porta não fecha com éxito dentro de um limite de tempo
determinado. Como uma resposta típica é iniciada uma
recuperação de porta (abertura e fechamentos repetitivos
da porta).
C1: O sinal de realimentação da posição de porta fechada é
falho.
A1: Verifique o contato de posição de porta fechada (p/ ex.,
KET-S, se está presente e não emulado, em função do tipo
de porta) para ver existe sujeira ou um ajuste mecânico
errado. Verifique o cabeamento geral do contato de
posicionamento de porta fechada.
C2: A porta não se move ou se move muito lentamente.
A2: Verifique se existem obstáculos ou sujeira nas folhas da
porta e nas soleiras. Verifique o mecanismo da porta puerta
(elemento de tração quebrado, acoplamento mecânico,
sujeira). Verifique a alimentação do motor da porta
(fusíveis).
C3: Parâmetro de fechamento da porta ajustado
incorretamente.
A3: Certifique-se que parâmetro de fechamento da porta
seja corrigido.
03 02 E_DOOR_OPENING
A porta não abre com éxito dentro de um limite de tempo
determinado. Como uma resposta típica é iniciada uma
recuperação de porta (abertura e fechamentos repetitivos
da porta).
C1: O sinal de realimentação da posição de porta aberta é
falho.
A1: Verifique o contato de posição de porta aberta (p/ ex.,
KET-O, se está presente e não emulado, em função do tipo
de porta) para ver existe sujeira ou um ajuste mecânico
errado. Verifique o cabeamento geral do contato de
posicionamento de porta aberta.

K 612089_PT_03 137
Código Descrição do erro
C2: A porta não se move ou se move muito lentamente.
A2: Verifique se existem obstáculos ou sujeira nas folhas da
porta e nas soleiras. Verifique o mecanismo da porta
(correia quebrada, acoplamento mecânico, sujeira).
Verifique a alimentação do motor da porta (fusíveis).
C3: Parâmetro de abertura da porta ajustado
incorretamente.
A3: Certifique-se que parâmetro de abertura da porta seja
corrigido.
03 03 E_DOOR_MAX_LOCK_TIME
A porta estava em posição travada durante um período de
tempo demasiadamente longo. Nota: monitorar o tempo que
a porta se encontra travada impede que o motor sofra
danos. Nota: este erro pode ocorrer enquanto a cabina se
move lentamente (p/ ex., durante uma viagem de
aprendizagem ou durante uma viagem de recall com
alimentação de emergência).
C1: O parâmetro "tempo máximo de porta travada" está
ajustado incorretamente.
A1: Verifique o parâmetro correspondente (CF03 PA07)
03 04 E_DOOR_KSKB
A porta não fecha corretamente devido a um bloqueio
mecânico. Este erro acontece uma vez que se a porta
tentou fechar mais de 50 vezes e o fechamento sempre foi
abortado devido ao limite de fechamento de porta ativado
(KSKB). O elevador é bloqueado se este erro aparece
demasiadamente dentro de um período de tempo
determinado (normalmente, 7 vezes em 3 horas = 350
tentativas / 3h).
C1: Obstruções/ barreiras na zona de porta ou na fenda/
folga.
A1: Elimine a obstáculo.

138 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C2: O sinal de realimentação do limitador de força de cierre
fechamento da porta KSKB é falho.
A2: Verifique se existe sujeira ou um ajuste mecânico
errado no contato KSKB. Verifique o cabeamento geral de
KSKB.
03 13 E_DOOR_SHAFT_ERROR
O subsistema da porta recebeu um comando de abertura
enquanto a cabina não está detectada pavimento. O
comando é rejeitado.
C1: Diferentes causas
A1: Verifique o registro de mensagens do elevador para ver
se existem mensagens anteriores e assim identificar a
causa principal do problema.
C2: Falha na detecção da zona de porta do sistema de
informação de poço.
A2: Verifique a detecção da zona de porta do sistema de
informação de poço (p/ ex., PHSx, ajuste mecânico, sensor
defeituoso, etc.)
03 14 E_DOOR_PRE_OPENING
Existe uma falha de ativação ou desactivação do dispositivo
de anulação do circuito de segurança da porta enquanto o
elevador pretende realizar uma abertura antecipada de
portas.
C1: Cabeamento do dispositivo de anulação do circuito de
segurança da porta está defeituoso.
A1: Verifique o cabeamento do dispositivo de anulação do
circuito de segurança da porta.
C2: Detecção de zona de portas defeituosa.
A2: Verifique os sinais e os sensores da zona de portas (p/
ex., PHSx, PHUETx). Verifique a posição dos indicadores
de zona de desbloqueio de portas no poço (p/ ex., monitore
no mesmo nível)

K 612089_PT_03 139
Código Descrição do erro
C3: Falha do dispositivo de anulação do circuito de
segurança da porta (KTS, KTC)
A3: Sustitua que contempla este mecanismo de anulação
(p/ ex., SUET)
03 15 E_DOOR_NOT_RECOVERABLE
O elevador não pode se recuperar de um erro de abertura
ou fechamento de porta (normalmente, depois de 20
tentativas repetidas de abertura e fechamento de porta). O
elevador está travado.
C1: A porta tem um problema que causa erros repetitivos
de "abertura de porta" ou "fechamento de porta".
A1: Verifique porque a porta não pode recuperar-se.
Verifique a causa dos erros 0301 e 0302 e as ações a
serem tomadas.
03 16 E_DOOR_HEARTBEAT_ERROR
A comunicação para o controlador de porta
respectivamente controlador de cabina quebrou.
C1: Controlador de porta ou controlador de cabina
desconectado.
A1: Reconectar o controlador.
C2: Alimentação defeituosa, ou inexistente, do controlador
de porta ou controlador de cabina.
A2: Verifique a alimentação do controlador.
C3: Transmissão de dados defeituosa.
A3: Verifique a conexão geral da linha de dados. Verifique a
terminação correta da linha de dados (se existente) de to-
dos os dispositivos conectados ao barramento de dados.
Verifique a blindagem da linha de datos (se existente). Veri-
fique a existência de interferências EMC.
C4: Controlador de porta ou controlador de cabina
defeituoso.
A4: Substitua o controlador correspondente.

140 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
03 18 E_DOOR_SDIC_HEARTBEAT
Perda de heartbeat entre SDIC e SCIC
C1: O SDIC não recebe sinal do SCIC e passa a estado de
erro. O SDIC envia esta mensagem.
A1: Verifique o cabo do barramento CAN e a terminação do
mesmo em todos os subsistemas (SCIC; SDIC; SEM; FC;
COP).
C2: Reset manual em SCIC / SCPU. Este erro acontece
cada vez que o técnico realiza com reset manual. (Durante
alguns segundos, o SDIC não recebe sinal do barramento
CAN.)
A2:
03 38 E_DOOR_SUET_ERROR1_OVERBRIDGING_ACTIVATIO
N_UNSUCCE
Não se pode ativar o ponteamento da porta
C1:
A1: Verifique: Placa SUET
03 39 E_DOOR_SUET_ERROR2_OVERBRIDGING_LOST
O elevador reconheceu uma desativação inesperada do
dispositivo de anulação do circuito de segurança da porta.
Nota: este dispositivo de anulação se ativa durante o
renivelamento ou durante a abertura avançada da porta
(abertura antecipada).
C1: Detecção de zona de portas defeituosa.
A1: Verifique os sinais e os sensores da zona de porta (p/
ex., PHSx, PHUETx).
C2: O sinal de retroalimentação do dispositivo de anulação
do circuito de segurança da porta (p/ ex., IUET, RFUET) é
falho.
A2: Verifique o cabeamento geral do dispositivo de
anulação do circuito de segurança da porta (p/ ex., SUET).

K 612089_PT_03 141
Código Descrição do erro
C3: O acidentalmente a cabina deixou a zona de porta
enquanto o circuito de segurança de porta era “bypassado”.
A3: Verifique por que a cabina deixou a zona de porta.
C4: Falha no dispositivo de anulação do circuito de
segurança da porta.
A4: Substitua o dispositivo correspondente. (p/ ex., SUET).
03 40 E_DOOR_SUET_ERROR3_OVERBRIDGING_DEACTIVA
TION_UNSUC
Não se pode desativar o ponteamento da porta.
C1:
A1: Verifique: Placa SUET

Código Descrição do erro


04 01 E_DRIVE_SAFETY_CHAIN_INTERRUPTED
Circuito de segurança aberto inesperadamente (p/ ex.,
durante uma viagem).
C1: Algum dispositivo de segurança disparou (circuito de
segurança aberto).
A1: Verifique o motivo da atuação e solucione o problema.
C2: Falha no cabeamento do circuito de segurança ou
contatos do circuito de segurança defeituosos ou mal
ajustados.
A2: Verifique o cabeamento do circuito de segurança e os
contatos do mesmo.
04 06 E_DRIVE_OVERTEMPERATURE
Detectada temperatura alta no drive.
C1: Temperatura alta no motor de tração, na bomba
hidráulica, no óleo hidráulico, ou poço, devido a un excesso
de viagens por unidade de tempo, ou devido a uma
temperatura ambiente demasiadamente quente (p/ ex., luz
direta do sol na abertura da caixa).
A1: Espere até a temperatura abaixar.

142 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C2: O sinal de temperatura alta na tração KTHMH/ KTHM é
falho.
A2: Verifique o funcionamento dos contatos térmicos
KTHMH/ KTHM. Verifique o cabeamento de KTHMH/
KTHM.
C3: A ventilação (ventilador integrado no inversor de
frequência ou ventilação do tipo forçada) não funciona.
A3: Verifique a alimentação e os elementos mecânicos do
ventilador.
C4:
A4:

Código Descrição do erro


11 01 E_CLC_NO_FREQUENCY
Ausência de frequência no dispositivo de medição de carga
de cabina.
C1: Sem conexão com o dispositivo de medição de carga
da cabina.
A1: Verifique as conexiões e o cabeamento geral do
dispositivo de medição de carga da cabina (p/ ex., CLC).
C2: Mal funcionamento do dispositivo de medição de carga
da cabina.
A2: Substitua o dispositivo de medição de carga da cabina
(p/ ex., CLC).
C3: Mal funcionamento da placa receptora de sinal de carga
da cabina.
A3: Substitua a placa correspondente (p/ ex., SDIC).
11 02 E_CLC_WRONG_VALUE
O sinal do dispositivo de medição de carga da cabina
existe, porém não é válido (p/ ex., sinal fora do range).

K 612089_PT_03 143
Código Descrição do erro
C1: O dispositivo de medição de carga da cabina está
mecânicamente mal ajustado.
A1: Verifique a fixação mecânica do dispositivo de medição
de carga da cabina.
C2: O sinal de medição de carga da cabina é falho.
A2: Verifique o cabeamento geral do dispositivo de medição
de carga da cabina. Verifique se existem interferências
EMC.
C3: Mal funcionamento do dispositivo de medição de carga
da cabina.
A3: Substitua o dispositivo de medição de carga da cabina
(p/ ex., CLC).
11 03 E_CLC_CALIBRATION_ERROR
Erro na calibragem do CLC
C1: Célula de carga da cabina: se ocorre um erro durante o
procedimento de calibração.
A1: Verifique: cabeamento da CLC: fixação correta da CLC
Verifique: parametrização da CLC. Torne a realizar:
calibração da CLC
Susbtitua: CLC
11 04 E_CLC_OVERBRIDGE
CLC ponteado
C1: Interruptor DIP 1 da placa SCIC na posição ON (célula
de carga da cabina desativada).
A1: Verifique: Desative o interruptor DIP 1 da placa SCIC.
Verifique: IHM (LDU), menú 407
11 08 E_CLC_OUT_OF_RANGE
O sinal do dispositivo de medição de carga da cabina
existe, porém não é válido (p/ ex., sinal fora do range).
C1: O dispositivo de medição de carga da cabina está
mecânicamente mal ajustado.
A1: Verifique a fixação mecânica do dispositivo de medição
de carga da cabina.

144 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C2: O sinal de medição de carga da cabina é falho.
A2: Verifique o cabeamento geral do dispositivo de medição
de carga da cabina. Verifique a blindagem (se existente).
Verifique a alimentação do dispositivo de medição de carga
da cabina.
C3: Mal funcionamento do dispositivo de medição de carga
da cabina.
A3: Substitua o dispositivo de medição de carga da cabina.
11 09 E_CLC_CALIBRATION_ZERO_LOAD_FREQUENCY_OU
T_OF_RANGE
A calibração de carga zero da cabina falhou devido a um
sinal inválido (frequência) do sistema de medição de carga
de cabina.
C1: O dispositivo de medição de carga da cabina está
mecânicamente mal ajustado.
A1: Verifique a fixação mecânica do dispositivo de medição
de carga da cabina.
C2: O sinal de medição de carga da cabina é falho.
A2: Verifique o cabeamento geral do dispositivo de medição
de carga da cabina. Verifique se existem interferências
EMC.
C3: Procedimento de trabalho incorreto ao calibrar o
dispositivo de medição de carga da cabina.
A3: Verifique que o procedimiento de trabalho está correto
(p/ ex., peso correto na cabina).
C4: Mal funcionamento do dispositivo de medição de carga
da cabina.
A4: Substitua o dispositivo de medição de carga da cabina.
11 10 E_CLC_CALIBRATION_REFERENCE_LOAD_FREQUEN
CY_OUT_OF
A calibração da carga de referência da cabina falhou devido
a um sinal inválido (frequência) do sistema de medição de
carga da cabina.

K 612089_PT_03 145
Código Descrição do erro
C1: O dispositivo de medição de carga da cabina está
mecânicamente mal ajustado.
A1: Verifique a fixação mecânica do dispositivo de medição
de carga da cabina.
C2: O sinal de medição de carga da cabina é falho.
A2: Verifique o cabeamento geral do dispositivo de medição
de carga da cabina. Verifique se existem interferências
EMC.
C3: Procedimento de trabalho incorreto ao calibrar o
dispositivo de medição de carga da cabina.
A3: Verifique que o procedimiento de trabalho está correto
(p/ ex., peso correto na cabina).
C4: Mal funcionamento do dispositivo de medição de carga
da cabina.
A4: Substitua o dispositivo de medição de carga da cabina.
11 11 E_CLC_CALIBRATION_REFERENCE_LOAD_WEIGHT_
OUT_OF_RAIN
C1:
A1: Verifique: Valor do peso da carga de referência. Torne
a realizar: Calibração / configuração da CLC.
11 12 E_CLC_CALIBRATION_SLOPE_OUT_OF_RANGE
C1:
A1: Torne a realizar: Calibração / configuração da CLC.
11 13 E_CLC_CALIBRATION_RATED_LOAD_WEIGHT_OUT_O
F_RANGE
C1:
A1: Verifique: Arquivo de configuração do peso da carga
nominal.

Código Descrição do erro


15 01 E_FC_OVERCURRENT
Foi ultrapassado o limite máximo de corrente em uma ou
mais fases de saída do inversor.

146 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C1: Curto-circuito nos cabos do motor ou no enrolamento
do motor.
A1: Verifique os cabos e conectores de corrente entre o
inversor e o motor de tração. Verifique se existem curto-
circuitos no enrolamento do motor.
C2: Parte mecânica da máquina de tração danificada ou
travada.
A2: Verifique se a parte mecânica da máquina de tração
está travada (p/ ex., engranagens da máquina com redutor,
com excesso de óleo). Verifique se o freio abre
corretamente.
C3: Grande aumento de carga repentinamente
A3: Verifique se existe uma carga inaceitável.
C4: Configuração dos parâmetros da máquina de tração.
A4: Verifique os parâmetros da máquina de tração e
compare-os com o tipo de motor e seus dados.
C5: Motor da máquina de tração inadequado.
A5: Verifique o correto dimensionamento do motor da
máquina de tração no sistema do elevador.
15 02 E_FC_OVERVOLTAGE
Detectada sobretensão no link interno DC do inversor.
C1: A desaceleração é demasiadamente alta.
A1: Ajuste a desaceleração (valor proposto: 0,5m/s2)
C2: Picos de sobretensão na rede elétrica.
A2: Verifique alterações e tolerâncias na tensão da rede.
C3: Falha na parte electrônica do inversor.
A3: Substitua o inversor.
15 03 E_FC_EARTH_FAULT
A soma das correntes de fase da saída do inversor para o
motor da máquina é diferente de zero.

K 612089_PT_03 147
Código Descrição do erro
C1: Falha de terra
A1: Verifique os cabos de alimentação (isolação) do motor.
Verifique se existem curto-circuitos no enrolamento do
motor.
C2: Corrente superficial.
A2: Verifique os cabos de alimentação (isolação) do motor.
Verifique se existem curto-circuitos no enrolamento do
motor.
15 09 E_FC_UNDERVOLTAGE
Detectada subtensão no link interno DC do inversor.
C1: Falha da alimentação principal
A1: Verifique alterações (derivações) e tolerâncias na
tensão de rede.
C2: O resgate automático estava em funcionamento.
A2: Nada, comportamiento normal
C3: Falha na parte electrônica do inversor.
A3: Substitua o inversor.
15 10 E_FC_INPUT_LINE_SUPERVISION
Falta pelo menos uma fase de alimentação da máquina de
tração ou é insuficiente.
C1: Falta de alimentação.
A1: Verifique o cabeamento geral (conexões). Verifique os
fusíveis.
C2: Alteração na corrente de alimentação.
A2: Verifique a existência de outros consumidores de
corrente (p/ ex., circuitos alimentados pela mesma línha)
que podem estar reduzindo a qualidade da alimentação da
máquina de tração.
15 11 E_FC_OUTPUT_LINE_SUPERVISION
Não foi detectada corrente em uma ou mais fases de saída
do inversor para o motor.

148 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C1: Conexão elétrica mal feita (ou ausente) entre o inversor
e o motor da máquina de tração.
A1: Verifique os cabos e conectores de corrente entre o
inversor e o motor da máquina de tração.
15 13 E_FC_CONVERTER_UNDER_TEMPERATURE
C1: A temperatura do dissipador de calor se encontra
abaixo de 10°C.
A1: nada
15 14 E_FC_CONVERTER_OVERTEMPERATURE
C1: A temperatura do dissipador de calor se encontra acima
de +75°C
A1: Verifique: Fluxo de ar de refrigeração. Verifique: se o
dissipador não está sujo. Verifique: a temperatura ambiente.
Verifique: que a frequência de comutação não seja
demasiadamente elevada se comparada a temperatura
ambiente e a carga do motor.
15 16 E_FC_MOTOR_OVERTEMPERATURE
C1: O padrão de temperatura do motor do inversor de
frequência Yaskawa detectou sobreaqueçimento - o motor
está com sobrecarga.
A1: Verifique: reduza a carga do motor. Verifique: Os
parâmetros do padrão de temperatura, se o motor não
apresenta sobreaqueçimento.
15 31 E_FC_ENCODER_PULSE_MISSING
Sinal inválido do encoder do motor da máquina de tração.
C1: O sinal do encoder é falho.
A1: Verifique o cabeamento geral do encoder.
C2: O sinal do encoder está com ruído.
A2: Verifique que os sinais do encoder tem uma terminação
correta (resistor terminal).

K 612089_PT_03 149
Código Descrição do erro
C3: Receptor de sinal do encoder está defeituoso.
A3: Substitua a parte eletrônica (p/ ex., placa opcional ou
até mesmo o inversor completo) do dispositivo
correspondente.
C4: Encoder defeituoso.
A4: Substituir o encoder.
C5: Conjunto de parâmetros do drive incorretos.
A5: Verifique os parâmetros do drive (p/ ex., frequência
nominal, relação de impulsos, etc.).
C6: O sentido de rotação indicado pelo encoder (entradas
diferenciais) é contrário a sequência de fases da
alimentação do motor da máquina de tração.
A6: Mude o parâmetro de direção do encoder (CF 16, PA
14)
15 32 E_FC_ENCODER_DIRECTION
Sinal do sentido de giro do encoder do motor da máquina
de tração está incorreto.
C1: O sentido de rotação indicado pelo encoder (entradas
diferenciais) é contrário a sequência de fases da
alimentação do motor da máquina de tração.
A1: Mude o parâmetro de direção do encoder (CF 16, PA
14)
15 33 E_FC_SPEED_SUPERVISION
Diferença demasiadamente alta entre a velocidade de
referência e a velocidade real do motor da máquina de
tração. A velocidade real é obtida da informação do
encoder incremental.

150 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C1: Partes mecânicas da máquina de tração inibidas ou até
mesmo travadas.
A1: Verifique se o freio abre corretamente. Verifique se a
terminação correta da linha de dados (pontes e
interruptores, se existentes) de todos os dispositivos
(placas) conectados ao barramento de dados. Verifique a
blindagem da linha de dados (se existente). Verifique a
existência de interferências EMC.
C2: Parâmetros do motor ou do encoder ajustados
incorretamente ou parâmetro de limite de velocidade
ajustado com um valor demasiadamente pequeno.
A2: Mude o parâmetro correspondente como for
necessário. Nota: em algumas máquinas de tração existem
vários limites específicos de diferentes velocidades como:
velocidade de inspeção, velocidade de evacuação, etc. (p/
ex., tempo/ limite de velocidade no poço, limite velocidade/
tempo de serviço no poço).
C3: Mal funcionamento do encoder de rotação do motor da
máquina de tração.
A3: Substituir o encoder.
15 42 E_FC_TOO_HIGH_OR_TOO_LOW_SPEED_AT_TARGET
_PHSx_RISI
Detectada uma velocidade demasiadamente alta ou
demasiadamente baixa quando a cabina está chegando a
um pavimento.
C1: Mal funcionamento da detecção de posição da cabina.
A1: Verifique o sistema de informação do poço (p/ ex.,
PHS).
C2: Desequilíbrio entre a cabina eo contrapeso.
A2: Verifique o equilíbrio de acordo com o manual de
instruções (TK).
C3: Deslizamento da tração demasiadamente alto.
A3: Verifique se os elementos de tração possuem fricção
suficiente.

K 612089_PT_03 151
Código Descrição do erro
C4: Desgaste dos elementos de tração.
A4: Verifique se existe desgaste dos elementos de tração.
15 48 E_FC_MOTOR_CURRENT_SUPERVISION
C1: Corrente do motor (em uma ou mais fases) inferior ao
valor esperado.
A1: Verifique: cabeamento entre o VF e os contatores de
saída, contatos principais. Verifique: contatores principais,
contatos principais. Verifique: cabeamento entre os
contatores de saída e o motor. Verifique: motor.
15 51 E_FC_SPEED_REFERENCE
C1: A tentativa de mudar a velocidade rapidamente não é
aceita pelo VF. FC inicia uma parada de emergência.
A1: Verifique: versão do software (erro lógico) do SCIC
(S00x)
C2: Erro lógico na manobra do elevador (EC). (Novo nível
de velocidade = ZERO, RESGATE ou DESCONHECIDO)
15 54 E_FC_BRAKING_RESISTOR_OVERTEMPERATURE
C1: Sobretemperatura da resistência do freio do VF
(circuito fechado).
A1: Verifique: temperatura da resistência do freio, o
cabeamento e/ou o próprio bimetálico.
15 55 E_FC_HEARTBEAT
O drive reconheceu uma perca de comunicação com o
comando principal do elevador. Nota: este erro acontece,
principalmente, em combinação com outros erros. Verifique
primeiro o registro de mensagens para ver outros erros
referidos.
C1: Drive desconectado (p/ ex., barramento CAN)
A1: Reconecte o drive.

152 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C2: Transmissão de dados é falha (p/ ex., barramento CAN)
A2: Verifique a conexão geral da linha de dados. Verifique a
terminação correta da linha de dados (pontes e
interruptores, se existentes) de todos os dispositivos
(placas) conectados ao barramento de dados. Verifique a
blindagem da linha de dados (se existente). Verifique a
existência de interferências EMC.
C3: Alimentação deficiente (ou inexistente) ao comando
principal do elevador.
A3: Verifique a alimentação elétrica.
C4: Comando principal do elevador defeituoso.
A4: Susbtitua o hardware correspondente.
15 56 E_FC_OUTPUT_CONTACTORS_SUPERVISOR_PERS
Um ou mais contatores principais do drive não funcionam
como estava previsto.
C1: O sinal de retroalimentação do contator é falho.
A1: Consulte no menu da interface de serviço (p/ ex., 723
ou 30623) o estado do sinal de retroalimentação do
contator. Verifique o cabeamento geral do sinal de
retroalimentação do contator (p/ ex., a DIN1 e DIN2 do
drive). Execute um procedimento de reset manual ou de
reset de erro fatal permanente para recolocar o elevador em
funcionamento.
C2: Um contator está defeituoso (p/ ex., contatos grudados)
A2: Substitua o contator defeituoso (p/ ex., SFx, SHx, SB).
Execute um procedimento de reset manual ou de reset de
erro fatal permanente para recolocar o elevador em
funcionamento.
C3: A parte eletrônica do comando do contator está
defeituosa.
A2: Substitua a parte eletrônica defeituosa (placa, p/ ex.,
MCCE). Execute um procedimento de reset manual ou de
reset de erro fatal permanente para recolocar o elevador em
funcionamento.

K 612089_PT_03 153
Código Descrição do erro
C4: Alguns tipos de drive não possuem uma entrada lógica
dedicada (HW) que reflete o estado do circuito de
segurança utilizado para determinar uma falha em um dos
contatores principais do drive. Estes drives são informados
mediante uma mensagem de dados (p/ ex., CAN) enviada
do comando principal do elevador a respeito do estado do
circuito de segurança. O circuito de segurança esta aberto,
mas a mensagem mencionada não se transferiu.
A4: Verifique a conexão geral da linha de dados. Verifique a
terminação correta da linha de dados (se existente) de
todos os dispositivos conectados ao barramento de dados.
Verifique a blindagem da linha de dados (se existente).
Execute um procedimento de reset manual ou de reset de
erro fatal permanente para recolocar o elevador em
funcionamento.
15 57 E_FC_OUTPUT_CONTACTORS_SUPERVISOR
Um ou mais contatores principais do drive não funcionam
como estava previsto. Nota: esta mensagem de erro pode-
ria registrar-se em determinados tipos de drives depois da
abertura do circuito de segurança. Neste caso, não existe
um erro real de contator a menos que seja confirmado pelo
registro de erro 1556 subsequente.
E_FC_OUTPUT_CONTACTORS_SUPERVISOR
C1: O circuito de segurança está aberto.
A1: Quando o circuito de segurança abre inesperadamente,
Verifique o registro de mensagens do elevador para ver se
existem mensagens anteriores e assim identificar a causa
principal do problema.
C2: O sinal de retroalimentação do contator é falho.
A2: Consulte no menu da interface de serviço (p/ ex., 723
ou 30623) o estado do sinal de retroalimentação do
contator. Verifique o cabeamento geral do sinal de
retroalimentação do contator (p/ ex., o DIN1 e DIN2 do
drive)

154 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C3: Um contator está defeituoso (p/ ex., contatos grudados)
A3: Substitua o contator defeituoso (p/ ex., SFx, SHx).
15 59 E_FC_POSITION_CORRECTION
C1: Erro de correção de posição demasiadamente alta
requerido por EC. O VF inicia uma parada.
A1: Verifique: o parâmetro 11.2 PosCorrectLim e os
parâmetros da curva s (jerk máx., aceleração máx.,
velocidade nominal).
C2: Jerk alto e/ou valores de aceleração também são
usados. (Par. 1.10, 1.11, 4.2, 4.3, 4.10...4.13).
A2: Verifique: na aplicação de circuito fechado, os valores
máx. dos parâmetros 1.10, 1.11, 4.2, 4.3, 4.10...4.13); esse
limite é imposto pela mecânica.
C3: Os elementos de tração da cabina deslizam sobre a
polia de tração.
A3: Verifique: parte mecânica do elevador (freio, elementos
de tração, polias, etc.).
C4: Imagem do poço EC.
A4:
15 64 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_KBKB1
Falha do freio, detectado no contato KB/ KB1.
C1: Os sinais de retroalimentação da posição do freio KB/
KB1 são falhos.
A1: Verifique se existe sujeira nos contatos KB/ KB1. Veri-
fique o cabeamento geral de KB/ KB1.
C2: O freio somente abre parcialmente.
A2: Verifique a tensão de alimentação do freio.
C3: O freio está mecânicamente mal ajustado.
A3: Substitua o freio.

K 612089_PT_03 155
Código Descrição do erro
15 67 E_FC_STANDSTILL
O inversor detectou um movimento do motor da máquina de
tração, quando o mesmo deveria estar parado (freio em
posição fechada).
C1: O freio da máquina de tração não fecha corretamente.
A1: Verifique o freio da máquina de tração (p/ ex.,
temperatura demasiamente alta)
C2: O sinal do encoder é falho.
A2: Verifique o cabeamento geral do encoder.
C3: Receptor de sinal do encoder está defeituoso.
A3: Substitua a parte eletrônica (p/ ex., placa opcional ou
até mesmo o inversor completo) do dispositivo
correspondente.
C4: Encoder defeituoso
A4: Substituir o encoder
15 68 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_PERS
Este erro ocorre se o drive informa uma falha em KB/ KB1 e
o circuito de segurança não se abre como consequência.
Esta é uma situação inconsistente e perigosa que permitiria
acionar a cabina com um freio defeituoso. O elevador está
travado.
C1: Foi instalado um software do inversor de frequência
(VF) inválido.
A1: Atualiza o software do inversor de frequência (VF) e o
software correspondente do comando principal do elevador
(SCIC).
15 70 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_KB
Falha do freio, detectada pelo contato KB.
C1: O sinal de retroalimentação da posição do freio KB é
falho.
A1: Verifique se existe sujeira no contato KB. Verifique o
cabeamento geral de KB.

156 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C2: O freio somente abre parcialmente.
A2: Verifique a tensão de alimentação do freio.
C3: O freio está mecânicamente mal ajustado.
A3: Substitua o freio.
15 71 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_KB1
Falha do freio, detectado no contato KB1.
C1: O sinal de retroalimentação da posição do freio KB1 é
falho.
A1: Verifique se existe sujeira no contato KB1. Verifique o
cabeamento geral de KB1.
C2: O freio somente abre parcialmente.
A2: Verifique a tensão de alimentação do freio.
C3: O freio está mecânicamente mal ajustado.
A3: Substitua o freio.
15 72 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_KBKB1_PERSISTENT_F
ATAL
Se estão ocorrendo muitas falhas no freio (KB e KB1)
dentro de um determinado limite de viagens (normalmente
> 3 falhas / 100 viagens). O elevador está travado.
C1: Ausência de alimentação no freio.
A1: Verifique o cabeamento geral do circuito de
alimentação do freio.
C2: Os sinais de retroalimentação da posição do freio KB e
KB1 são falhos.
A2: Consulte o menu da interface de serviço (p/ ex., 724 ou
30624) os estados dos sinais de retroalimentação da
posição do freio. Verifique se existe sujeira nos contatos do
freio KB e KB1. Verifique o cabeamento geral de KB e KB1.
C3: O freio somente abre parcialmente.
A3: Verifique a tensão de alimentação do freio.

K 612089_PT_03 157
Código Descrição do erro
C4: O freio está mecânicamente mal ajustado.
A4: Substitua o freio.
15 73 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_KB_PERSISTENT_FATAL
Se estão ocorrendo muitas falhas no freio (KB) dentro de
um determinado limite de viagens (normalmente > 3 falhas /
100 viagens). O elevador está travado.
C1: Os sinais de retroalimentação da posição do freio KB
são falhos.
A1: Consulte o menu da interface de serviço (p/ ex., 724 ou
30624) os estados dos sinais de retroalimentação da
posição do freio. Verifique se existe sujeira nos contatos do
freio KB. Verifique o cabeamento geral de KB.
C2: O freio somente abre parcialmente.
A2: Verifique a tensão de alimentação do freio.
C3: O freio está mecânicamente mal ajustado.
A3: Substitua o freio.
15 74 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_KB1_PERSISTENT_FATA
L
Se estão ocorrendo muitas falhas no freio (KB1) dentro de
um determinado limite de viagens (normalmente > 3 falhas /
100 viagens). O elevador está travado.
C1: Os sinais de retroalimentação da posição do freio KB1
são falhos.
A1: Consulte o menu da interface de serviço (p/ ex., 724 ou
30624) os estados dos sinais de retroalimentação da
posição do freio. Verifique se existe sujeira nos contatos do
freio KB1. Verifique o cabeamento geral de KB1.
C2: O freio somente abre parcialmente.
A2: Verifique a tensão de alimentação do freio.
C3: O freio está mecânicamente mal ajustado.
A3: Substitua o freio.

158 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
15 75 E_FC_WRONG_PHNRx_SEQUENCE
O inversor de frequência da máquina de tração
recebeu uma sequência de sinais inconsistentes da zona
de renivelamento a partir do sistema de informação de poço
(p/ ex., se recebe duas vezes de uma mesma extremidade
na subida partindo de PHNR_U ou PHNR_D).
C1: Desalinhamento dos sensores PHNR_U/ PHNR_D
A1: Verifique as posições dos sensores PHNR_U /
PHNR_D.
C2: Sujeira nas bandeiras
A2: Limpe as bandeiras no poço
C3: Sinais ruins por intermédio de fonte luminosa externa.
A3: Verifique a proteção própria frente a luz externa (janela
de poço)
C4: Problema de comunicação, EMC
A4: Verifique a comunicação do barramento CAN (SDIC,
SCIC)
15 76 E_FC_RELEVELING_DISTANCE_EXCEEDED
O inversor de frequência (VF) não pode nivelar a cabina no
piso porque se excedeu a distância máxima de
renivelamento.
C1: Parâmetro 'distância máx. de renivelamento' ajustado
incorretamente
A1: Verifique o parâmetro 'distância máx. de renivelamento'
no inversor de frequência. O valor deve ser 1,3 - 1,5 vezes
maior que o alongamento máximo permitido do cabo na
instalação específica.

K 612089_PT_03 159
Código Descrição do erro
C2: Desalinhamento/ posição dos sensores PHNR_U /
PHNR_D
A2: Verifique as posições dos sensores PHNR_U /
PHNR_D. verifique se o deslocamento dos sensores de
renivelamento (PHNR_U/ PHNR_D) está conforme o
esquema. Devem permanecer inativos quando a cabina se
encontra 15 mm abaixo ou acima do nível do pavimento.
C3:
A3:
15 89 E_FC_MISSING_SAFETY_CHAIN_SUPPLY
Durante uma viagem (enquanto os contatores do motor e
do freio estão ativados), o drive detectou um circuito de
segurança interrompido.
C1: O sinal do circuito de segurança é falho.
A1: Verifique o cabeamento do circuito de segurança entre
o comando do elevador e o drive.
C2: A viagem foi iniciada antes da porta ter terminado de
saltar depois de alcançar a posição fechada.
A2: Aumente o parâmetro de retardo de colocação em
marcha (menu CF 03).

Código Descrição do erro


19 05 E_CHIP_CARD_NO_OR_NO_SCHINDLER_CARD
Não foi inserido o cartão SIM (ou este não é válido) no
comando principal do elevador.
C1: Não foi inserido o cartão SIM.
A1: Providencie um cartão SIM adequado, insira-o e realize
um reset do comando principal do elevador.
C2: O cartão SIM não foi inserido corretamente.
A2: Retire o cartão SIM, insira-o corretamente e realize um
reset do comando principal do elevador.

160 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C3: Não foi inserido um cartão SIM da Schindler.
A3: Providencie um cartão SIM adequado, insira-o
corretamente e realize um reset do comando principal do
elevador.
19 08 E_CHIP_CARD_WRONG_FILE_SYSTEM_VERSION
Foi inserido o cartão SIM inválido no comando principal do
elevador.
C1: O cartão SIM tem uma versão incorreta do sistema de
arquivos ou um formato de dados incorreto. Isto significa
que o cartão SIM não contem os dados (p/ ex., parâmetros
de VF, estrutura de dados P-Care) que espera o comando
principal do elevador (SCIC).
A1: Providencie um cartão SIM adequado, insira-o
corretamente e realize um reset do comando principal do
elevador.

Código Descrição do erro


20 02 E_TRIP_LEARNING_LEVEL_MISSING
O número de níveis de pavimento contados durante a
viagem de aprendizagem na subida não coincide com o
número contado durante a comprovação na descida.
C1: Desalinhamento dos sensores de pavimento com os
imãs (KS) ou com as bandeiras PHS do poço.
A1: Verifique o alinhamento dos imãs (KS) ou das bandeiras
PHS. Verifique a posição do sensor de pavimento. Verifique
a distância entre o imãn e o sensor.
C2: Transmissão deficiente do sinal do sensor de
pavimento.
A2: Verifique o cabeamento geral do sinal do sensor de
pavimento (p/ ex., conexões em KS/ PHS, em SDIC, ..)
C3: Sensores de pavimento com defeito.
A3: Substitua os sensores de pavimento.

K 612089_PT_03 161
Código Descrição do erro
C4: Entrada defeituosa no circuito de interface (placa) do
sensor de pavimento.
A4: Substitua a placa de interface (SDIC)
20 03 E_TRIP_LEARNING_NUMBER_OF_LEVELS_VARY
C1: O número de níveis de pavimento contados durante a
viagem de aprendizagem na subida não coincide com o
número contado durante a comprovação na descida.
A1: Verifique os imãs / bandeiras PHS. Verifique KS /
sensores PHS / cabeamento.
20 04 E_TRIP_LEARNING_LEVEL_OUTSIDE_ARRAY_LIMITS
Indica que o número de pavimentos registrados não é válido
C1: O número de pavimentos registrados ultrapassa o
número máximo de pavimentos suportados pelo sistema do
elevador.
A1: Verifique o número de indicadores de zona de porta de
poço (p/ ex., imãs, bandeiras).
C2: O número de pavimentos registrados não corresponde
com os dados de comissionamento.
A2: Compare o número de indicadores de zona de porta no
poço (p/ ex., imãs, bandeiras) com o número de pavimentos
permitidos de acordo com os dados de comissionamento.
20 05 E_TRIP_POSITION_TARGET_NOT_REACHED
O elevador finalizou uma viagem, porém o sistema de
informação de poço indica que a cabina não se encontra na
zona de porta.
C1: Diferentes causas
A1: Verifique o registro de mensagens do elevador para ver
se existem mensagens anteriores e assim identificar a
causa principal do problema.
C2: O sinal de detecção de zona de portas é falho.
A2: Verifique os sensores da zona de porta (p/ ex., PHSx) e
o cabeamento.

162 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
20 07 E_TRIP_POSITION_MOVE_NOT_IN_DOOR_ZONE
O elevador pretendia iniciar uma viagem enquanto não foi
detectado que a cabina se encontrava no pavimento. Nota:
este erro só ocorre quando a viagem não é manual (p/ ex.,
inspeção).
C1: Diferentes causas.
A1: Consulte o registro de mensagens do elevador para ver
se existem mensagens anteriores.
C2: Falha na detecção de zona de porta do sistema de
informação do poço.
A2: Verifique a detecção de zona de porta do sistema de
informação de poço (p/ ex., PHSx, ajuste mecânico, sensor
defeituoso, etc.)
20 08 E_TRIP_SYNCHRO_ROUGH_POSITION_STATE_ERROR
C1: A sincronização ou (em determinadas circunstâncias) a
viagem de serviço recebeu uma informação incoerente de
KSE.
A1: Verifique os imãs KSE. verifique o interruptor magnético
KSE. Torne a realizar uma viagem de aprendizagem.
20 12 E_TRIP_RELEVELING_FATAL_ERROR
C1: Falha no renivelamento causada por uma abertura do
circuito de segurança.
A1: Verifique: Circuito de segurança; SUET
20 60 E_TRIP_LEARNING_MINIMAL_TRAVEL_DISTANCE
C1: A distância entre duas bandeiras (pavimentos) é menor
que a distância de viagem mínima permitida (300mm).
A1: Verifique a distância entre as bandeiras, posição de
PHS.
20 61 E_TRIP_LEARNING_INTOLERABLE_FLAG_LENGTH
Detectada uma zona de porta demasiadamente larga ou
demasiadamente curta. Nota: este erro é informado
habitualmente na viagem de aprendizagem.

K 612089_PT_03 163
Código Descrição do erro
C1: Fator tacômetro ou diâmetro da polia de tração inválida.
A1: Verifique se os valores do parâmetro correspondente
são corretos.
C2: O sinal de detecção da zona de portas é falho.
A2: Verifique os sensores da zona de porta (p/ ex., PHS)
C3: Comprimento de bandeira fora do range.
A3: Instale as bandeiras corretamente.
20 75 E_TRIP_POSITION_CORRECTION_TOO_BIG
O primeiro limite da correção da posição de cabina
(normalmente 30mm) durante uma viagem, excedeu. Nota:
esta advertência só é aplicada em drives de malha fechada.
A viagem que está sendo executada não se interrompe.
C1: Tração insuficiente.
A1: Verifique se existe um deslizamento excessivo do
elemento de tração.
C2: Problema mecânico com o tacômetro do motor.
A2: Verifique o tacômetro da máquina de tração.
C3: Alongamento excessivo dos elementos de tração
durante a viagem.
A3: Verifique (tipo e número de elementos).
C4: Problema com o sensor de pavimento (bandeira/
fotocélula)
A4: Verifique se a montagem/ funcionamento dos sensores
de pavimento no poço estão corretos.
C5: Transmissão retardada desde a placa de interface do
sensor de pavimento (SDIC) até o drive (VF).
A5: Verifique a comunicação no barramento CAN
(terminação)
C6: Entrada defeituosa na placa de interface do sensor de
pavimento.
A6: Substitua a placa de interface (SDIC).

164 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C7:
A7:
C8:
A8:
C9:
A9:
20 76 E_TRIP_LEARNING_AVERAGE_FLAG_LENGTH_EXCEE
DED
C1: O cálculo do comprimento médio das bandeiras,
efetuado depois do ajuste do parâmetro de tração FC
”PULLEY_DIAMETER”, tem como resultado um valor
superior ao limite permitido.
A1: Verifique a informação de poço. Verifique o
comprimento das bandeiras. Verifique o parâmetro FC 11.26
"Traction Pulley Diameter DD"; Torne a fazer uma viagem de
aprendizagem.
20 78 E_TRIP_FINAL_LEVEL_NOT_FOUND
A indicação de pavimento final (superior ou inferior) é falha.
C1: A distância entre a sinalização do extremo do poço e o
pavimento final correspondente (superior ou inferior) está
fora de range.
A1: Verifique a posição do sensor do pavimento final
(superior ou inferior, p/ ex., PHS); Verifique a posição do
sensor na extremidade do poço (p/ ex., KSEx).
C2: O sinal que indica a extremidade do poço é falha.
A2: Verifique os sensores de extremidade do poço (p/ ex.,
KSEx). Verifique o cabeamento geral deste sensor.
C3: O sinal que indica o pavimento final é falho.
A3: Verifique o sensor de pavimento (terminal) (p/ ex.,
PHS). Verifique o cabeamento geral deste sensor.

K 612089_PT_03 165
Código Descrição do erro
20 79 E_TRIP_PHSx_SIGNAL_PERSISTENTLY_BRIDGED
Durante uma viagem, os sinais PHS e/ou PHS1 da
informação de não mudam seu estado como estava
previsto. Eles permanecem ativos (p/ ex., poenteados para
teste).
C1: Ponte PHS/ PHS1 para teste ainda está montada.
A1: Retire a ponte. Execute um procedimento de reset
manual ou de reset de erro fatal permanente para recolocar
o elevador em funcionamento.
C2: Sensor PHS ó PHS1 defectuoso.
A2: Verifique o cabeamento de PHS/PHS1. Execute um
procedimento de reset manual ou de reset de erro fatal
permanente para recolocar o elevador em funcionamento.
C3: Sensor PHS ou PHS1 defeituoso.
A3: Substitua o sensor correspondente. Execute um
procedimento de reset manual ou de reset de erro fatal
permanente para recolocar o elevador em funcionamento.
20 80 E_TRIP_PHNR_SIGNAL_INCONSISTENT
Depois de cada parada da cabina em um pavimento, se
realiza uma comprovação de consistência de sinais de
informação de poço, PHNR_U e PHNR_D, para
renivelamento. Este erro ocorre se ambos os sinais estão
inativos nesse momento.
C1: Mal posicionamento dos sensores PHNR_U/PHNR_D.
A1: Verifique o alinhamento destes sensores.
C2: Os sinais PHNR_U/PHNR_D de informação de poço
são falhos.
A2: Verifique se existe sujeira ou defeitos nos sensores
PHNR_U/PHNR_D. Verifique o cabeamento geral de
PHNR_U/PHNR_D.
C3:
A3:

166 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
21 10 E_SHAFT_IMAGE_IN_ERROR_STATE
C1: O objeto de imagen do poço se encontra em um
estado de "error" devido a uma falha durante o início da
aplicação.
A1: O sistema de erros do sistema efetua automaticamente
uma "viagem de sincronização".
21 11 E_SHAFT_INVALID_ROUGH_POSITION
C1: Este erro pode ter sua origem em um sinal inválido ou
incompleto, procedente de mudanças no indicador KSE.
A1: Ver 2110.
21 12 E_SHAFT_INVALID_SHAFT_STAGE
C1: Este erro pode ter sua origem em um sinal inválido ou
incompleto das mudanças do indicador PHS ou KS.
A1: Ver 2110.
21 13 E_SHAFT_INVALID_CURRENT_LEVEL
C1: Este erro pode ter sua origem em um sinal inválido ou
incompleto das mudanças do indicador PHS ou KS.
A1: Ver 2110.
21 14 E_SHAFT_POSITION_LOST_WHILE_STATIONARY
O sistema de informação de poço indicou que a cabina está
fora da zona de porta (não se encontra no pavimento)
enquanto se espera a mesma parando no pavimento.
C1: Falha na detecção de zona de porta do sistema de
informação de poço.
A1: Verifique a detecção de zona de porta do sistema de
informação de poço (p/ ex., PHSx, ajuste mecãnico, sensor
defeituoso, etc.)
C2: A cabina deixou a zona de porta
A2: Verifique os meios de suspensão (p/ ex., excessivo
alongamento dos elementos de tração). Verifique o freio da
máquina de tração.

K 612089_PT_03 167
Código Descrição do erro
21 15 E_SHAFT_POSITION_LOST_WHILE_BOUNCING
C1: Indicou-se uma mudança em KSE ou em um indicador
de nível enquanto a cabina se encontra em processo de
estabilização. Este período de estabilização se define em 2
segundos.
A1: Ver 2110.
21 16 E_SHAFT_INCONSTANT_LEVEL_INDICATORS
C1: Este erro pode originar-se em um sinal inválido ou
incompleto de mudanças do indicador PHS ou KS.
A1: Ver 2110.
21 29 E_SHAFT_ROUGH_POSITION_MISMATCH
A1: Verifique: informação de poço, distância das bandeiras.
Realizar uma viagem de aprendizagem.
21 32 E_SHAFT_INCOSISTENT_KSE_D_U_STATE
O sinal que indica a extremidade do poço é inválido (p/ ex.,
inconsistente). Falha na informação do poço.
C1: Falta um indicador de posição da extremidade do poço
(p/ ex., KSE, KSE_U, KSE_D) ou não se encontra na
posição correta.
A1: Verifique a posição correta do indicador
correspondente (p/ ex., imã e sua polaridade, bandeira)
C2: Um sensor de posição de extremidade do poço está
defeituoso.
A2: Verifique a funcionalidade do sensor correspondente.
Substitua o sensor se necessário.
C3: O cabeamento do sensor de posição de extremidade
do poço está defeituoso.
A3: Verifique o cabeamento do sensor correspondente.
21 33 E_SHAFT_MIX_KSE_AND_KSE_D_U
O comando do elevador recebeu sinais do sistema de
informação de poço que não são do tipo esperado.

168 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C1: O cabeamento do sensor de posição da extremidade
do poço está defeituoso.
A1: Verifique o cabeamento e a conexão correta do sensor
correspondente (KSE, KSE_U, KSE_D).
21 36 E_SHAFT_ROUGH_POS_MISSMATCH_TOP
Falha na detecção da extremidade superior do poço.
C1: O cabeamento do sensor de posição de extremidade
do poço está defeituoso.
A1: Verifique o cabeamento do sensor correspondente.
C2: O cabeamento do sensor de posição da extremidade
superior do poço está defeituoso.
A2: Verifique a funcionalidade do sensor correspondente.
Substitua o sensor se necessário.
C3: Sensores de pavimento (KS/KS1) defeituosos.
A3: Substitua o sensor de pavimento correspondente.
C4: Entrada defeituosa na placa de interface do sensor de
pavimento.
A4: Substitua a placa de interface (SDIC).
C5: Uma ou mais imãs de indicação de pavimento do
sistema de informação de poço está / estão montado(s)
com o orientação magnética invertida.
A5: Certifique-se que a orientação magnética (N, S) dos
imãs seja corrigida em todo o poço.
21 61 E_SHAFT_INTOLERABLE_FLAG_LENGTH
C1: O início da aplicação (reset): Enquanto se configuram
os níveis na representação da caixa RAM, foi detectado um
comprimento de bandeira não permitido.
A1: Verifique: deslizamento do elemento de tração.
Verifique: encoder. Torne a realizar: viagem de
aprendizagem.
Advertência: não mude a carga durante a aprendizagem

K 612089_PT_03 169
Código Descrição do erro
23 64 FC_ALARM_MECHANICAL_BRAKE_KBKB1
C1: VF (circuito fechado) Problema no contator de freio
mecânico KB/KB1.
A1: Verifique o freio e seus contatos.
23 70 FC_ALARM_MECHANICAL_BRAKE_KB
C1: VF (circuito fechado) Problema no contator de freio
mecânico KB.
A1: Verifique o freio e seus contatos.
23 71 FC_ALARM_MECHANICAL_BRAKE_KB1
C1: VF (circuito fechado) Problema no contator de freio
mecânico KB1.
A1: Verifique o freio e seus contatos.

Código Descrição do erro


31 01 AAT_SGC_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
C1: Teste de freio de segurança da cabina: a cabina não se
encontra no pavimento da LDU.
A1:
31 02 AAT_SGC_CAR_NOT_AT_TOP_FLOOR
C1: Teste de freio de segurança da cabina: a cabina não se
encontra no último pavimento superior.
A1:
31 03 AAT_SGC_CANCELED
C1: Teste de freio de segurança da cabina: teste cancelado.
A1:
31 04 AAT_SGC_NOMINAL_SPEED_NOT_REACHED
C1: Teste de freio de segurança da cabina: velocidade
nominal não alcançada antes da fase de desaceleração.
A1:

170 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
31 05 AAT_SGC_ABORTED
C1: Teste de freio de segurança da cabina: teste abortado.
A1:
31 06 AAT_SGC_NOT_TRIGGERED
C1: Teste de freio de segurança da cabina: Sem disparador.
A1:
31 07 AAT_SGC_FAILED
C1: Teste de freio de segurança da cabina: teste falhou.
A1:
31 08 AAT_SGC_INSUFFICIENT_CAR_LOAD
C1: Teste de freio de segurança da cabina: A carga da
cabina não é suficiente.
A1:
31 09 AAT_SGC_MISSING_FC_CAR_LOAD_INFO
C1: Teste de freio de segurança da cabina: Está faltando a
informação FC da carga da cabina.
A1:
31 10 AAT_AOS_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
C1: Teste de sobrevelocidade: a cabina não se encontra no
pavimento da LDU.
A1:
31 11 AAT_AOS_CAR_NOT_AT_BOTTOM_FLOOR
C1: Teste de sobrevelocidade: a cabina não se encontra no
primeiro pavimento inferior.
A1:
31 12 AAT_AOS_CANCELED
C1: Teste de sobrevelocidade: teste cancelado.
A1:
31 13 AAT_AOS_NOMINAL_SPEED_NOT_REACHED

K 612089_PT_03 171
Código Descrição do erro
C1: Teste de sobrevelocidade: A cabina não alcançou a
velocidade nominal.
A1:
31 14 AAT_AOS_NOT_TRIGGERED
C1: Teste de freio de segurança da cabina: Sem disparador.
A1:
31 15 AAT_HBU_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
C1: Teste de meia capacidade de freio na subida: a cabina
não se encontra no pavimento da LDU.
A1:
31 16 AAT_HBU_CAR_NOT_AT_BOTTOM_FLOOR
C1: Teste de meia capacidade de freio na subida: a cabina
não se encontra no primeiro pavimento inferior.
A1:
31 17 AAT_HBU_CANCELED
C1: Teste de meia capacidade de freio na subida: Teste
cancelado.
A1:
31 18 AAT_HBU_NOMINAL_SPEED_NOT_REACHED
C1: Teste de meia capacidade de freio na subida: a cabina
não alcançou a velocidade nominal.
A1:
31 19 AAT_HBU_INSUFFIENT_BRAKE_ACTION
C1: Teste de meia capacidade de freio na subida: a ação do
freio não é suficiente.
A1:
31 20 AAT_HBD_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
C1: Teste de meia capacidade de freio na descida: a cabina
não se encontra no pavimento da LDU.
A1:

172 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
31 21 AAT_HBD_CAR_NOT_AT_TOP_FLOOR
C1: Teste de meia capacidade de freio na descida: a cabina
não se encontra no último pavimento superior.
A1:
31 22 AAT_HBD_CANCELED
C1: Teste de meia capacidade de freio na descida: teste
cancelado.
A1:
31 23 AAT_HBD_NOMINAL_SPEED_NPT_REACHED
C1: Teste de meia capacidade de freio na descida: a cabina
não alcançou a velocidade nominal.
A1:
31 24 AAT_HBD_INSUFFICIENT_BRAKE_ACTION
C1: Teste de meia capacidade de freio na descida: a ação
do freio não é suficiente.
A1:
31 25 AAT_RTL_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
C1: Teste de limite de tempo de viagem: a cabina não se
encontra no pavimento da LDU.
A1:
31 26 AAT_RTL_CAR_NOT_AT_TOP_FLOOR
C1: Teste de limite de tempo de viagem: a cabina não se
encontra no último pavimento superior.
A1:
31 27 AAT_RTL_CANCELED
C1: Teste de limite de tempo de viagem: teste cancelado.
A1:
31 28 AAT_RTL_FAILED

K 612089_PT_03 173
Código Descrição do erro
C1: Teste de limite de tempo de viagem: teste falhou.
A1:
31 29 AAT_FBU_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
C1: Teste de capacidade plena de freio na subida: a cabina
não se encontra no pavimento da LDU.
A1:
31 30 AAT_FBU_CAR_NOT_AT_BOTTOM_FLOOR
C1: Teste de capacidade plena de freio na subida: a cabina
não se encontra no primeiro pavimento inferior.
A1:
31 31 AAT_FBU_CANCELED
C1: Teste de capacidade plena de freio na subida: Teste
cancelado.
A1:
31 32 AAT_FBU_NOMINAL_SPEED_NOT_REACHED
C1: Teste de capacidade plena de freio na subida: a cabina
não alcançou a velocidade nominal.
A1:
31 33 AAT_FBU_INSUFFICIENT_BRAKE_ACTION
C1: Teste de capacidade plena de freio na subida: a ação
do freio não é suficiente.
A1:
31 34 AAT_FBD_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
C1: Teste de capacidade plena de freio na descida: a
cabina não se encontra no pavimento da LDU.
A1:
31 35 AAT_FBD_CAR_NOT_AT_TOP_FLOOR
C1: Teste de capacidade plena de freio na descida: a
cabina não se encontra no último pavimento superior.
A1:

174 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
31 36 AAT_FBD_CANCELED
C1: Teste de capacidade plena de freio na descida: Teste
cancelado.
A1:
31 37 AAT_FBD_NOMINAL_SPEED_NOT_REACHED
C1: Teste de capacidade plena de freio na descida: a
cabina não alcançou a velocidade nominal.
A1:
31 38 AAT_FBD_INSUFFICIENT_BRAKE_ACTION
C1: Teste de capacidade plena de freio na descida: a ação
do freio não é suficiente.
A1:
31 39 AAT_CWB_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
C1: Teste de balanceamento do contrapeso: a cabina não
se encontra no pavimento da LDU.
A1:
31 40 AAT_CWB_CAR_NOT_AT_BOTTOM_FLOOR
C1: Teste de balanceamento do contrapeso: a cabina não
se encontra no primeiro pavimento inferior.
A1:
31 41 AAT_CWB_CAR_NOT_AT_TOP_FLOOR
C1: Teste de balanceamento do contrapeso: a cabina não
se encontra no último pavimento superior.
A1:
31 42 AAT_CWB_CANCELED
C1: Teste de balanceamento do contrapeso: teste
cancelado.
A1:
31 43 AAT_CWB_FAILED

K 612089_PT_03 175
Código Descrição do erro
C1: Teste de balanceamento do contrapeso: test falhou.
A1:
31 44 AAT_CWB_NO_VALID_DRIVE_CURRENT
C1: Teste de balanceamento do contrapeso: o valor de
corrente do drive não está correto.
A1:
31 45 AAT_SMOD_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
C1: Teste de velocidade de abertura de porta: a cabina não
se encontra no pavimento da LDU.
A1:
31 46 AAT_SMDO_ABORTED
C1: Teste de velocidade de abertura de porta: Teste
abortado.
A1:
31 47 E_AAT_SGCE_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
O teste do “freio de segurança com a cabina vazia” tentou
ser iniciado pelo montador enquanto a cabina não estava
parada no pavimento esperado (pavimento LDU)
C1: A cabina não está parada pavimento LDU (p/ ex. por-
que outro teste de aceitação foi realizado anteriormente).
A1: Assegure-se de que aa cabina está parada no pavi-
mento LDU antes de começar o teste de aceitação.
31 48 E_AAT_SGCE_CAR_NOT_AT_TOP_FLOOR
O teste do “freio de segurança com a cabina vazia” tentou
ser iniciado pelo montador enquanto a cabina não estava
parada na posição e pavimentos adequados (pavimento su-
perior).

176 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C1: A preparação para este teste de aceitação falhou (com
a cabina parada no piso superior) devido a alguma falha no
sistema (p/ ex. falha no sistema de informação de poço).
A1: Revise os erros de sistema reportados anterior-
mente.
Elimine o problema correspondente.
C2: Problemas de software relacionados aos comandos do
elevador.
A2: Ative o modo de teste, reinicie o sistema e tente de no-
vo. Se não funcionar, atualize o software de comando
(SCIC).
31 49 E_AAT_SGCE_CANCELED
O teste do “freio de segurança com a cabina vazia” é can-
celado pelo montador com o botão (ESC).
C1: Nada
A1: Nada
31 50 E_AAT_SGCE_NOMINAL_SPEED_NOT_REACHED
O teste do “freio de segurança com a cabina vazia” falhou
porque a velocidade necessária da cabina não foi alcança-
da.
C1: O poço é muito curto para realizar o teste.
A1: Reduza a velocidade nominal do elevador. Repita o
teste.
C2: O software do inversor de frequência (FC) não é com-
patível com o software de comando do elevador (SCIC).
A2: Atualize o software do inversor de frequência (FC).
31 51 E_AAT_SGCE_Cancelado
O teste do “freio de segurança com a cabina vazia” não
pode começar ou foi interrompido devido a um problema in-
esperado no sistema.

K 612089_PT_03 177
Código Descrição do erro
C1: Pode ter ocorrido qualquer problema técnico no siste-
ma (p/ ex. um subsistema está inacessível).
A1: Revise os erros de sistema reportados anteriormente.
Elimine o problema correspondente antes de realizar o
teste novamente.
31 52 E_AAT_SGCE_NOT_TRIGGERED
O teste do “freio de segurança com a cabina vazia” falhou
porque o montador não ativou o circuito do freio de
segurança como se esperava durante o teste.
C1: O montador não acionou o botão DBV a tempo (antes
que a cabina inicia-se a desaceleração) ou pode até mes-
mo ter esquecido de acioná-lo.
A1: Repita o teste. Pressione o botão DBV após o sinal au-
ditivo.
31 53 E_AAT_SGCE_FAILED
O teste do “freio de segurança com a cabina vazia” falhou
porque o freio de segurança parece não ter travado depois
do início do teste (tempo: 2s depois de acionar o botão
DBV). Note que durante este teste de aceitação, o circuito
de segurança se fecha todo o tempo. Uma atuação bem
sucedida do freio de segurança é detectada pelo drive (FC)
que monitora a velocidade da cabina.
C1: Problemas mecânicos do freio de segurança.
A1: Inspecione a parte mecânica do freio de segurança.
Observe a parte mecânica do GBP incluindo a solenoíde.
C2: Falha na conexão elétrica do solenóide do GBP.
A2: Inspecione o cabeamento elétrico entre o solenóide do
GBP e a placa de controle do elevador (SMIC).
C3: Falha no funcionamento do circuito de interface (placa)
controlando o solenóide do GBP.
A3: Substitua a placa de interface (SMIC)

178 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
31 54 E_AAT_KNEU_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
O teste de aceitação “KNE_U” tentou ser iniciado pelo mon-
tador enquanto a cabina não estava parada no pavimento
esperado (pavimento LDU).
C1: A cabina não estava parada no pavimento LDU (p/ ex.
porque outro teste de aceitação foi realizado anteriormente)
A1: Asegure-se de que a cabina está parada no pavimento
LDU antes de começar o teste de aceitação.
31 55 E_AAT_KNEU_CAR_NOT_AT_TOP_FLOOR
O teste de aceitação “KNE_U” tentou ser iniciado pelo mon-
tador enquanto a cabina não estava parada na posição ini-
cial adequada (pavimento superior).
C1: A preparação para este teste de aceitação falhou (com
a cabina no piso superior) devido a alguma falha no sistema
(p/ ex. falha no sistema de informação de poço).
A1: Revise os erros de sistema reportados anteriormente.
Elimine o problema correspondente.
C2: Problemas com o software de comando do elevador.
A2: Coloque-o em modo de teste, reinicie o sistema e tente
outra vez. Se não obter éxito, atualize o software de coman-
do (SCIC).
31 56 E_AAT_KNEU_CANCELED
O montador cancela o teste de aceitação “KNE_U” acionan-
do o botão escape (ESC).
C1: Nada
A1: Nada
31 57 E_AAT_KNEU_FAILED
O teste de aceitação “KNE_U” falhou, porque o circuito de
segurança não abriu quando a cabina chegou no final do
poço.

K 612089_PT_03 179
Código Descrição do erro
C1: O interruptor do circuito de segurança KNE_U não está
instalado.
A1: Instale o interruptor do circuito de segurança KNE_U.
C2: O interruptor do circuito de segurança não realiza a co-
nexão KNE_U.
A2: Revise a posição do interruptor do circuito de seguran-
ça KNE_U e a distância caixa/cabina.
C3: Falha no cabeamento do circuito de segurança.
A3: Inspecione o cabeamento do circuito de segurança.
C4: O interruptor do circuito de segurança KNE_U está com
defeito.
A4: Substitua o interruptor do circuito de segurança KNE_U
31 58 E_AAT_KNED_CAR_NOT_AT_LDU_FLOOR
O teste de aceitação “KNE_D” tentou ser iniciado pelo mon-
tador enquanto a cabina não estava parada no pavimento
esperado (pavimento LDU).
C1: A cabina não estava parada no pavimento LDU (p/ ex.
porque outro teste de aceitação foi realizado anteriormente)
A1: Asegure-se de que a cabina está parada no pavimento
LDU antes de começar o teste de aceitação.
31 59 E_AAT_KNED_CAR_NOT_AT_BOTTOM_FLOOR
O teste de aceitação “KNE_D” tentou ser iniciado pelo mon-
tador enquanto a cabina não estava parada na posição ini-
cial adequada (primeiro pavimento inferior).
C1: A preparação para este teste falhou (pare a cabina no
pavimento inferior) devido a alguma falha no sistema (p/ ex.
falha no sistema de informação de poço).
A1: Revise os erros de sistema reportados anteriormente.
Elimine o problema correspondente.

180 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C2: Problemas com o software de comando do elevador.
A2: Coloque-o em modo de teste, reinicie o sistema e tente
novamente. Se não conseguir, atualize o software de co-
mando (SCIC).
31 60 E_AAT_KNED_CANCELED
O montador cancela o teste de aceitação “KNE_D” acionan-
do o botão escape (ESC).
C1: Nada
A1: Nada
31 61 E_AAT_KNED_FAILED
O teste de aceitação “KNE_D” falhou, porque o circuito de
segurança não abriu quando a cabina chegou no final do
poço.
C1: O interruptor do circuito de segurança KNE_D não está
instalado.
A1: Instale o interruptor do circuito de segurança KNE_D.
C2: O interruptor do circuito de segurança não realiza a co-
nexão KNE_D.
A2: Revise a posição do interruptor do circuito de
segurança KNE_D e a distância caixa/cabina.
C3: Falha no cabeamento do circuito de segurança.
A3: Inspecione o cabeamento do circuito de segurança.
C4: O interruptor do circuito de segurança KNE_D está com
defeito
A4: Substitua o interruptor do circuito de segurança KNE_D
31 62 E_AAT_CIB_TEST_CAR_NOT_AT_TOP_FLOOR
O teste de aceitação “Impacto da cabina no pára-choque”
tentou ser iniciado pelo montador enquanto a cabina não
estava parada na posição inicial adequada (último pavimen-
to superior).

K 612089_PT_03 181
Código Descrição do erro
C1: A preparação para este teste falhou (pare a cabina no
pavimento superior) devido a alguma falha no sistema (p/
ex. falha no sistema de informação de poço).
A1: Revise os erros de sistema reportados anteriormente.
Elimine o problema correspondente.
C2: Problemas com a placa de comando do elevador.
A2: Execute o modo de teste, reinicie o sistema e tente ou-
tra vez. Se não tiver éxito, atualize o software.
31 63 E_AAT_CIB_TEST_NOMINAL_SPEED_NOT_ REACHED
O teste de aceitação de impacto da cabina no pára-choque
(“Car impact on Buffer”) falhou, porque a velocidade nomi-
nal da cabina necessária não foi alcançada.
C1: O poço é muito curto para realizar o teste.
A1: Reduza a velocidade nominal do elevador e repita o
teste.
C2: O software do inversor de frequência (FC) não é com-
patível com o comando do elevador.
A2: Atualize o software do inversor de frequência (FC).
31 64 E_AAT_CIB_TEST_CANCELED
O teste de aceitação de impacto da cabina no pára-choque
(“Car impact on Buffer”) foi cancelado pelo montador acio-
nando o botão escape (ESC).
C1: Nada
A1: Nada
31 65 E_AAT_CIB_TEST_SAFETY_CHAIN_NOT_ OPENED
O teste de aceitação de impacto da cabina no pára-choque
(“Car impact on Buffer”) falhou porque o circuito de
segurança não se abriu quando a cabina tocou no pará-
choque.
C1: O interruptor do circuito de segurança KP não está ins-
talado.
A1: Instale o interruptor do circuito de segurança KP.

182 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C2: O interruptor do circuito de segurança KP não conse-
guiu conectar-se.
A2: Verifique se o interruptor do circuito de segurança KP
está posicionado corretamente.
C3: Falha no cabeamento do circuito de segurança.
A3: Inspecione o cabeamento do circuito de segurança.
C4: O interruptor do circuito de segurança KP está defeituo-
so.
A4: Substitua interruptor do circuito de segurança KP.
31 66 E_AAT_CWIB_TEST_CAR_NOT_AT_BOTTOM_FLOOR
O teste de aceitação “Impacto do contrapeso no pára-
choque” tentou ser iniciado pelo montador enquanto a cabi-
na não estava parada na posição inicial adequada (primeiro
pavimento inferior).
C1: A preparação para este teste falhou (pare a cabina no
pavimento superior) devido a alguma falha no sistema (p/
ex. falha no sistema de informação de poço).
A1: Revise os erros de sistema reportados anteriormente.
Elimine o problema correspondente.
C2: Problemas com o software de comando do elevador.
A2: Execute o modo de teste, reinicie o sistema e tente out-
ra vez. Se não tiver éxito, atualize o software.
31 67 E_AAT_CWIB_TEST_NOMINAL_SPEED_NOT_REACHE
D
O teste de aceitação “Impacto do contrapeso no pára-
choque” falhou, porque a velocidade nominal da cabina
necessária não foi alcançada.
C1: O poço é muito curto para realizar o teste.
A1: Reduza a velocidade nominal do elevador e repita o
teste

K 612089_PT_03 183
Código Descrição do erro
C2: O software do inversor de frequência (FC) não é com-
patível com o comando do elevador.
A2: Atualize o software do inversor de frequência (FC).
31 68 E_AAT_CWIB_TEST_CANCELED
O teste de aceitação “Impacto do contrapeso no pára-
choque” foi cancelado pelo montador acionando o botão es-
cape (ESC).
C1: Nada
A1: Nada
31 69 E_AAT_CWIB_TEST_SAFETY_CHAIN_NOT_OPENED
O teste de aceitação “Impacto do contrapeso no pára-
choque” falhou, porque o circuito de segurança não abriu
quando o contrapeso tocou no pára-choque.
C1: O interruptor do circuito de segurança KPG não está
instalado.
A1: Instale o interruptor do circuito de segurança KPG.
C2: O interruptor do circuito de segurança KPG não conse-
guiu conectar-se.
A2: Verifique se o interruptor do circuito de segurança KPG
está posicionado corretamente.
C3: Falha no cabeamento do circuito de segurança.
A3: Inspecione o cabeamento do circuito de segurança.
C4: O interruptor do circuito de segurança KPG está defei-
tuoso.
A4: Substitua interruptor do circuito de segurança KPG.
31 70 E_AAT_HALF_BRAKE_DOWN_INSUFFICIENT_SHAFT_
HEIGHT
O teste de aceitação “de eficiência de meia capacidade de
freio na descida” foi abortado porque a altura de poço
necessária para a realização deste teste é muito pequena.

184 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C1: O poço é muito curto para realizar o teste.
A1: Reduza a velocidade nominal do elevador e repita o
teste.
31 71 E_AAT_HALF_BRAKE_UP_INSUFFICIENT_SHAFT_HEI
GHT
O teste de aceitação “de eficiência de meia capacidade de
freio na subida” foi abortado porque a altura de poço
necessária para a realização deste teste é muito pequena.
C1: O poço é muito curto para realizar o teste.
A1: Reduza a velocidade nominal do elevador e repita o
teste.
31 72 E_AAT_SGC_TEST_UNEXPECTED_STOP
O teste de aceitação do “freio de segurança da cabina” foi
interrompido inesperadamente pelo usuário.
C1: Manipulação incorreta.
A1: Mantenha bem pressionado o botão recall (DRH) du-
rante o teste.
C2: O circuito de segurança foi aberto enquanto se realiza-
va o teste.
A2: Inspecione os contatos do circuito de segurança (p/ ex.
KSS)
31 73 E_AAT_SGCE_TEST_UNEXPECTED_STOP
O teste de aceitação do “freio de segurança da cabina va-
zia” foi interrompido inesperadamente pelo usuário.
C1: Manipulação incorreta.
A1: Mantenha bem pressionado o botão recall (DRH) du-
rante o teste.
C2: O circuito de segurança foi aberto enquanto se realiza-
va o teste.
A2: Inspecione os contatos do circuito de segurança (p/ ex.
KSS)

K 612089_PT_03 185
Código Descrição do erro
33 01 ELEVATOR_N_KNET_INNON_TSD
O elevador detectou uma mudança no sinal KNET (chave
triangular na porta de pavimento), que somente se usa em
combinação com o TSD (dispositivo de segurança
temporário), mas o TSD não é detectado como presente.
C1: O cabeamento do sinal KNET está defeituoso.
A1: Verifique o cabeamento geral.
33 02 ELEVATOR_JREC_IN_TSD
O elevador detectou uma mudança no sinal JREC (estado
do interruptor de inspeção localizado na botoeira de
inspeção no teto da cabina), que somente se usa em
combinação com uma botoeira de inspeção padrão, porém
não foi detectada a presença desta última. Em seu lugar foi
detectada a presença do TSD (dispositivo de segurança
temporário).
C1: O cabeamento do sinal JREC está defeituoso.
A1: Verifique o cabeamento geral.
C2: A placa de comando principal foi trocada por uma placa
de outro elevador.
A2: Realize uma viagem de aprendizagem. Se não
funcionar, sustitua a placa de comando principal do
elevador (p/ ex., SCIC, SCPU) por uma placa nova.
33 03 ELEVATOR_KSR_A_IN_NON_TSD
O elevador detectou uma mudança no sinal KSR_A (estado
da alavanca do TSD), que somente se usa em combinação
com o TSD (dispositivo de segurança temporário), mas o
TSD não é detectado como presente.
C1: O cabeamento do sinal KSR_A está defeituoso.
A1: Verifique o cabeamento geral.

186 K 612089_PT_03
Código Descrição do erro
C2: A placa de comando principal foi trocada por uma placa
de outro elevador.
A2: Realize uma viagem de aprendizagem. Se não
funcionar, sustitua a placa de comando principal do
elevador (p/ ex., SCIC, SCPU) por uma placa nova.

Código Descrição do erro


35 13 E_SAFETY_CHAIN_ERROR_NOT_RECOVERABLE
O elevador não recuperou-se de um erro de circuito de
segurança aberto (normalmente, depois de 20 tentativas
repetidas de fechamento de porta). O elevador está travado.
C1:
A1:

K 612089_PT_03 187
6.2 ACVF: Códigos de aviso e erro”
Erros ACVF também são indicados na interface do usuário IHM na
LDU. Use o menu 50. (Veja o capítulo 6.1.)
Nota1 : O “(3x=F)” deve ser interpretado como: Se um problema re-
cuperável ocorrer três vezes em uma hora este será reclassificado
como fatal ou às vezes mesmo como fatal persistente (=P).

HMI L7C Falha


1501 FC_ACIONAMENTO_SOBRECORRENTE (3x=F)

OC Veja no manual YASKAWA: falha OC

OL2 Veja no manual YASKAWA: falha OL 2


1502 FC_ACIONAMENTO_TENSÃO_EXCESSIVA (4x=F)
OV Veja no manual YASKAWA: falha OV
1503 FC_ACIONAMENTO_FALHA_TERRA (4x=F)
Observações: Possíveis causas e ações
- A falha pode ser uma corrente de fuga no motor
GF (problemas com isolamento do motor):
Verifique o isolamento e cabeamento do motor
- HW YASKAWA defeituoso, Medição da corrente do
motor defeituosa:
Substitua FC
Nota 1:
Essa falha também está mapeada no
FC_CONTATORES_SAÍDA_ELEVADOR (0002)
Nota 2: YASKA-
WA possui a "solução contator único". Falhas do fee-
dback da medição da corrente do motor devem ser
consideradas falhas do contator e levarão a um esta-
do de erro fatal persistente.
(FC_CONTATORES_SAÍDA_ELEVADOR_PERSIST
ENTE).
Veja também o capítulo 4.3"Falhas que levam a blo-
queio persistente."

188 K 612089_PT_03
HMI L7C Falha
1504 UV3 FC_SATURAÇÃO_ACIONAMENTO:
Veja no manual YASKAWA: falha UV3.

FC_MODEL_ SYSTEM_FAULT
CPF07 Veja no manual YASKAWA: falha CPF07.

CPF09 Veja no manual YASKAWA: falha CPF09.

CPF10 Veja no manual YASKAWA: falha CPF10.


1505 PUF FC_ACIONAMENTO_INTERRUPTOR_CARGA
(3x=F)
Comentários
- Veja no manual YASKAWA: falha PUF.
Possíveis motivos e ações
- Fusível barramento DC no FC queimado.
- Verifique se o motor e os cabos do motor apresen-
tam curto-circuitos ou falhas de isolamento (fase-a-
fase).
- Recoloque o inversor após correção.
1509 FC_ACIONAMENTO_SUBTENSÃO (20x=F)
UV1 Comentários
- Veja no manual YASKAWA: falhaUV1
Possíveis motivos e ações
- A voltagem do barramento DC está abaixo do nível
de detecção de subtensão
- Verifique a tensão de entrada

UV
- A tensão do barramento DC está abaixo do nível de
detecção de subtensão na imobilização.
- Controle da alimentação elétrica de subtensão.

K 612089_PT_03 189
HMI L7C Falha
1510 FC_ACIONAMENTO_MONITORAMENTO_LINHA_
PF ENTRADA (3x=F)
Comentários
- Veja no manual YASKAWA: falha PF.
- Comportamento similar que
FC_ACIONAMENTO_SUBTENSÃO, mas provavel-
mente somente problemas com a fase de uma linha.
1511 FC_ACIONAMENTO_MONITORAMENTO_LINHA_
SAÍDA (1x=F)
LF Veja no manual YASKAWA: falha LF.

SE1 Veja no manual YASKAWA: falha SE1.

SE2 Veja no manual YASKAWA: falha SE2.

1512 FC_ACIONAMENTO_MONITORAMENTO_CORTA_
PR CORRENTE_FREIO (3x=F)
Veja no manual YASKAWA: falha PR
1514 SOBRETEMPERATURA_CONVERSOR_ACIONAM
ENTO_FC
OH1 Veja no manual YASKAWA: falha OH1.

OH Veja no manual YASKAWA: falha OH.

1515 FC_ACIONAMENTO_MOTOR_COM_PERDA
(1x=F)
Foi detectada sobrecarga do motor ou inversor.
OL1
Veja no manual YASKAWA: falha OL1.
OL3
Veja no manual YASKAWA: falha OL3.
OL4
Veja no manual YASKAWA: falha OL4.

190 K 612089_PT_03
HMI L7C Falha
1516 FC_ACIONAMENTO_TEMPERATURA_MOTOR
OH3 Foi detectada sobretemperatura do motor

THM Abra o sensor do termistor

THM Sensor do termistor em curto-circuito


1519 FC_FALHA_FENDA_MODELO
CPF21 Veja no manual YASKAWA: CPF21
CPF23 Veja no manual YASKAWA: CPF23

PLACA
CPF22 OPCIONAL_MODELO_FC_DESCONHECIDA
Veja no manual YASKAWA: CPF22

1525 FC_WATCHDOG_MICROPROCESSADOR
CPF08 Veja no manual YASKAWA: CPF8
1531 PGO FC_ACIONAMENTO_FALHA_CODIFICADOR
(30x=F)
Veja no manual YASKAWA: PGO
1533 FC_VELOCIDADE_CAIXA_ELEVADOR
DEV Veja no manual YASKAWA: DEV
NE1 Veja no manual YASKAWA: NE1
OS Veja no manual YASKAWA: OS
1554 FC_ACIONAMENTO_SOBRETEMPERATURA_RE
RH SISTÊNCIA_FREIO
Veja no manual YASKAWA: RH

K 612089_PT_03 191
HMI L7C Falha
1555 F55 FC_ELEVATOR_HEART_BEAT (10x=F)
Possível causa:
- A comunicação entre o controle do elevador e o in-
versor de frequência através do barramento CAN não
está estabelecida. FC não recebe a mensagem pelo
barramento no tempo especificado (max. 500ms).
Diagnóstico:
- Verificar o cabo e o fusível CAN. Verificar se o ba-
rramento está correto nos dois lados (FC e COP). Ve-
rificar se COP está instalado. Verificar se EC está
ausente. Checar o tempo de pulso - 0,5 s.
1557 FC_CONTATORES_SAÍDA_ELEVADOR
NE2 Contator DESLIGADO quando deveria estar LIGADO
- SF no Yaskawa defeituoso
- Não há cabo de cadeia de segurança entre Bionic e
Yaskawa
Nota: Essa falha ocasionará um estado de erro fatal
persistente.
(FC_CONTATORES_SAÍDA_ELEVADOR_PERSIST
ENTE).
Veja também o capítulo 4.3 "Falhas que levam ao
bloqueio persistente".
2 Contator LIGADO enquanto deveria estar DESLI-
GADO

192 K 612089_PT_03
HMI L7C Falha
1557 FC_ELEVATOR_OUTPUT_CONTACTORS (30x=F)
- A falha pode ser devido a uma corrente de fuga no
motor (Problemas com o isolamento do motor):
GF Verifique o isolamento e cabeamento do motor -
HW YASKAWA defeituoso, Medição da corrente do
motor defeituosa
Nota1:Essa falha também está mapeada em
FC_DRIVE_EARTH_FAULT (4003)
Nota2: YASKAWA possui uma "solução de contator
único". Falhas do feedback da medição da corrente
do motor devem ser consideradas falhas do contator
e levarão a um estado de erro fatal persistente.
(FC_ELEVATOR_OUTPUT_CONTACTORS_PERSI
STENT). Veja também o capítulo 4.3"Falhas que le-
vam ao bloqueio persistente."

- Problemas com medição de corrente do motor


Nota:
YASKAWA possui uma "solução de contator único".
Falhas do feedback da medição da corrente do motor
devem ser consideradas falhas do contator e levarão
a um estado de erro fatal persistente.
NE4 (FC_ELEVATOR_OUTPUT_CONTACTORS_PERSI
STENT). Veja também o capítulo 4.3 "Falhas que le-
vam ao bloqueio persistente."
1571 F71/ FC_MECHANICAL_BRAKE_KB1 (3x=P)
A71
Possível causa:
- Erro no freio mecânico KB1.
Diagnósticos:
- Verificar o contato do freio com menu 724. Verificar
a limpeza dos contatos do freio. Trocar contato ou
freio.

K 612089_PT_03 193
HMI L7C Falha
1572 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_KBKB1_Persistent
_FATAL (1x=P)
Possível causa: -
Falha mecânica no contato KB/KB1 do freio mecâni-
co (muitas falhas em número limite de viagens. Ge-
ralmente > 3 falhas a cada 100 viagens).
Diagnóstico:
- Ajustar / trocar o contato KB/KB1 do freio mecânico
ou toda a unidade de freio.
1573 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_KB_Persistent_FA
TAL (1x=P)
Possível causa:
- Falha mecânica no contato KB do freio mecâni-
co.
Diagnóstico: Veja 1572.
Possível causa:
- Quebra mecânica no contato KB.
Diagnóstico: Veja 1572.
1574 E_FC_MECHANICAL_BRAKE_KB1_Persistent_F
ATAL (3x=P)
Possível causa:
- Falha mecânica no contato KB1 do freio mecâni-
co.
Diagnóstico: Veja 1572.
Possível causa:
- Quebra mecânica no contato KB1.
Diagnóstico: Véase 1572.
-- NE3 E_FC_ELEVATOR_MISSING_SAFETY_CHAIN_SU
PPLY:
Cadeia de segurança foi interrompida

194 K 612089_PT_03
HMI L7C Falha
t.b.d FC_PARAMETER_INC
Possível motivo
- CDI armazenou valores de parâmetros fora da faixa
de parâmetros Yaskawa
- Isso pode acontecer quando por exemplo uma pla-
ca CDI for usada com um inversor diferente do usado
anteriormente Diagnóstico com MMI (Terminal)
- Verifique se o sistema está exato (comando SY
MMI, deverá ser 5 para instalações)
- Verifique qual(quais) parâmetro(s) não foi (foram)
carregado(s) (comando MMI DISP ALL. Parâmetro
errado é confirmado com 0)
- Altere parâmetro(s) errados)
- Se a alteração de determinados parâmetros não
ajudar, faça o reset do CDI ao estado virgem e repita
a parametrização e regulagem
t.b.d E_FC_NTSD_TRIP:
Esse erro é enviado pelo inversor para controlar se
as condições para o Dispositivo Parada Normal Pavi-
mento de Parada (NTSD) foram cumpridas e se uma
viagem NTSD foi realizada.
t.b.d E_FC_ELEVADOR_ZONA_DESCONHECIDA_OU_
NTSD_INVÁLIDA:
For recebida uma mensagem de zona NSTD inexis-
tente ou inválida.
t.b.d FC_E_LIMITE_VIAGEM_ELEVADOR_EXCEDIDO:
A distância limite para uma viagem de teste foi exce-
dida
t.b.d E_FC_ELEVATOR_NTSD_INVALID_POSITION
O FC perdeu sua posição atual dentro da zona NTSD
(devido ao reset FC) e uma viagem em direção ao fim
da caixa foi realizada.
-- ERR Veja no manual YASKAWA: falha ERR(*)
-- CPF03 Veja no manual YASKAWA: falha CPF03(*)
-- CPF04 Veja no manual YASKAWA: falha CPF04(*)

K 612089_PT_03 195
HMI L7C Falha
-- CPF05 Veja no manual YASKAWA: falha CPF05(*)
-- SVE Veja no manual YASKAWA: SVE(*)

196 K 612089_PT_03
6.3 Erros especiais
Problemas com cartões SIM
Se um cartão SIM defeituoso, vazio ou incorreto for usado na placa
SCIC, o elevador operará durante cinco minutos, mas somente no
serviço mínimo, por exemplo, Simplex DE, sem controle para bombei-
ros, sem controle de estacionamento, etc.. Após cinco minutos a ca-
bina se movimenta até o primeiro piso e permanece bloqueada (DT-O
e a fotocélula permanecem ativos). Problemas de cartão SIM são in-
dicados mediante piscagem simultânea dos LEDs WDOG, PORTA,
ACION e ERR.

Indicação de Erro Especial na interface do usuário HMI


Indicação Significado
S00Ir3 - ACVF não pronto
- Na conexão do barramento CAN ao ACVF(Sem-
pre durante a inicialização. Deverá desaparecer
após alguns segundos). Ou a interface do barra-
mento CAN no ACVF está com defeito (após co-
nexão errada do codificador / barramento CAN)
- O barramento CAN está com interferência por
um SDIC ou SCOP defeituoso. Para verificar: No
SCIC desligue o barramento CAN até a cabina,
conecte o barramento CAN ACVF ao
SCIC.XCAN_cabina mude o interruptor de termi-
nação para NORM. Interruptor DIP 8 = ON. Tente
movimentar a cabina no modo de instalação com
a manobra de revisão. Se a cabina se mover, o
problema é causado pelo sistema eletrônico da
cabina (SDIC ou SCOP).
- Bloqueio durante o teste de aceitação automático
devido a balanço do KSS. Faça o reset com o co-
mando de programa de terminal:
AJUSTE_MODO_AAT:=0
- Dowonload de parâmetros do cartão SIM ao
ACVF falhou. Verifique a compatibilidade ACVF ´
cartão SIM

K 612089_PT_03 197
Indicação Significado
------ - O sistema está inicializando
- Viagem de sincronização ou viagem de aprendi-
zagem
- Viagem de inspeção ou viagem de manobra de
revisão
- Execução de serviço especial (como parada de
emergência). Verifique todos os botões de pres-
são e entradas possíveis ou use o comando do
programa de terminal “5”.
CF 16 Durante a inicialização: Parâmetros do cartão SIM
diferem dos parâmetros armazenados em ACVF.
Possibilidade 1: Após alguns segundos o sistema
começará com parâmetros armazenados em ACVF
e “CF 16” desaparecerá.Possibilidade 2: Pressione
“OK” na HMI para verificar quais parâmetros são di-
ferentes. Confirme ou altere os parâmetros.

198 K 612089_PT_03
6.4 LEDs de diagnóstico de erros SCIC
com ajuda dos LEDs na PCB SCIC. Usado como solução de backup
se uma indicação do código de erro na HMI não for possível. (LED
SCIC de diagnóstico de erros faz parte das ESF. Veja o capítulo 1.5.)
LED del circuito impreso SCIC
ERR TRIP2 TRIP1 DRIVE DOORWDOG SERV Cód. LEDGroup
Lento Lento Lento Lento Código 1 SIM card
Lento OFF Lento Código 2 Porta
Rápido 1x Código 3
Rápido 2x Código 4
Rápido 3x Código 5
Rápido 4x Código 6
Rápido 8x Código 7
Rápido Rápido Código 8
Lento Lento Lento Código 9 Drive
Rápido 1x Código 10
Rápido 2x Código 11
Rápido 3x Código 12 Drive
Rápido 4x Código 13
Rápido 5x Código 14
Rápido 6x Código 15
Rápido 7x Código 16
Rápido 8x Código 17
Rápido Rápido Código 18
Rápido OFF 1x Código 19 CLC
Rápido OFF 2x Código 20
Rápido OFF 3x Código 21
Rápido OFF 5x Código 22
Rápido OFF ON Código 23
Rápido 1x 1x Código 24
Rápido 2x 2x Código 25
Rápido 3x 3x Código 26
ON Código 27
ON Código 28
OFF / ON Código 29
ON Código 30 Fatal

• LIG = Permanente- • Piscando lentamente: o LED pisca em


mente LIGADO um período de dois segundos
• DESLIG=Permanente- • Piscando rapidamente: o LED pisca em
mente DESLIGADO um período de um segundo

K 612089_PT_03 199
• 1x 7x = o LED pisca de uma a sete vezes e permanece DESLIGA-
DO por alguns segundos

Código LED Possível causa


1 WDOG, POR- Foi inserido um cartão SIM defeituoso, vazio ou
TA, ACION, incorreto. O elevador operará por cinco minutos,
ERR lento mas somente com serviço mínimo. Após cinco
minutos a cabina vai até o primeiro piso e per-
manece bloqueada (DT-O e a fotocélula perma-
necem ativos).
2 PORTA lenta Porta não disponível
3 PORTA 1x O motor tentou fechar a porta três vezes por
mais de 10 s sem sinal KET-S
4 PORTA 2x O motor tentou abrir a porta três vezes por mais
de 10 s sem sinal KET-O
5 PORTA 3x A cabina não pode viajar mesmo que o sinal
KET-S esteja ativo. O sistema tenta fechar a
porta 10 vezes, mas o circuito de segurança não
fecha. A porta permanece bloqueada por mais
de três minutos, sem movimento da cabina.
6 PORTA 4x O limitador de força de fechamento KSKB é ati-
vado com muita freqüência.
7 PORTA 5x Erro de sinal Problema na comunicação do bar-
ramento CAN
8 PORTA rápida SDIC Erro de sinal: Problema na comunicação
CAN
9 WDOG, ACI- Status de controle especial (inspeção, instala-
ON, ERR lento ção, sincronização, viagem de revisão e de
aprendizagem)
10 ACION 1x Erro de circuito de segurança. O circuito de se-
gurança não fecha, mesmo que as portas este-
jam fechadas e intertravadas (KTS?)
11 ACION 2x Erro de feedback do contator. Informação erra-
da foi enviada ao controle do elevador pelos
contatos auxiliares do contator.

200 K 612089_PT_03
Código LED Possível causa
12 ACION 3x Sentido da manobra errado. O acionamento
opera na direção oposta à esperada. Conflito na
informação de caixa.
13 ACION 4x A informação dos interruptores magnéticos du-
rante uma viagem não é a mesma que a infor-
mação armazenada durante a viagem de
aprendizagem
14 ACION 5x A viagem demorou mais que o tempo máximo
de viagem gravado entre as últimas paradas du-
rante a viagem de aprendizagem
15 ACION 6x Somente para circuito fechado ACVF. Erro recu-
perável ACFC
16 ACION 7x A proteção térmica do motor THM ou o monito-
ramento de temperatura da caixa KTHM foi dis-
parado
17 ACION 8x Erro fatal ACVF
18 ACION rápido Erro fatal ACVF
19 VIAG1 1x CLC sem freqüência
20 VIAG1 2x CLC valor errado
21 VIAG1 3x Erro de calibragem CLC
22 VIAG1 5x CLC não calibrado
23 VIAG1 LIG Interruptor DIP 1 ON
24 VIAG1, Erro fatal
VIAG21x
25 VIAG1, Erro de cadeia de segurança
VIAG22x
26 VIAG1, Erro de sobrecarga
VIAG23x
27 VIAG2 LIG Interruptor DIP 7 ON
28 SERV LIG Interruptor DIP 8 ON

K 612089_PT_03 201
Código LED Possível causa
29 WDOG LIG ou Falha de software
DESLIG
30 ERR LIG Erro fatal.

6.5 * ACVF: Monitoramento de dados, menu 70


Nota
O menu 70 faz parte das Funções Ampliadas de Serviço
ESF (veja informação no capítulo 1.5).Com SPECI os da-
dos monitorados Yaskawa são listados no menu 306 “Infor-
mação de sistema”. (veja o capítulo 6.6)

HMI Índice Significado Unida-


des
701 1.16 Velocidade atual do elevador. mm/s
Valor calculado, baseado em parâmetros do
elevador e entrada do codificador

202 K 612089_PT_03
HMI Índice Significado Unida-
des
702 1.21 Velocidade linear nominal, calculada (não mm/s
usado)
703 1.17 Velocidade do codificador (não usado) rpm
704 1.18 Pulsos do codificador(no SW V8.x: Unidade é mHz
0.01Hz) (não usado)
705 1.3 Velocidade do motor rpm
706 1.4 Corrente do motor mArms
707 1.7 Tensão do motor (não usado) 0.1V
708 1.24 Temperatura do motor °C
Temperatura do motor medida baseada no
sensor térmico KTY84-130
709 1.1 Freqüência saída do ACVF mHz
710 1.2 Referência de freqüência mHz
Referência de freqüência FC para o controle
do motor
711 1.8 Tensão DC-link (não usado) 0.1VDC
712 1.10 Entrada de tensão AI1 0.1V
AI1 = Termostato da resistência de quebra
KTHBR (não usado)
713 1.11 Entrada de tensão AI2 0.1V
AI2 = Termistor do motor KTHMH (não usado)
714 1.9 Unidade de temperatura °C
Refere-se ao módulo de medição de tempera-
tura interno IGBT (não usado)
715 1.23 Corrente de teste Iq mA
Corrente Iq filtrada medida no meio da viagem
no modo de posicionamento durante 16 ms.
Iq = vetor de corrente de saída produzido por-
torque.
716 1.26 Corrente máxima do motor mA

K 612089_PT_03 203
HMI Índice Significado Unida-
des
717 1.28 Posição_mm mm
Posição relativa da cabina do início da via-
gem. (valor calculado após o início da via-
gem).
718 1.29 Solicitação de distância mm
Distância solicitada do controle para a próxi-
ma viagem. (Valor exibido após o início da vi-
agem.)
719 1.30 Distância Parada_mm mm
Mostra a distância de frenagem calculada em
cada viagem
720 1.35 PrimFlagCorr mm
Correção da posição interna ACVF quando a
cabina deixa a zona de porta (flag PHS)
721 1.36 ÚltFlagCorr mm
Correção da posição interna ACVF quando a
cabina chega à zona de porta (flag PHS)
722 1.31 ÚltFreqCresc mHz
Freqüência do codificador ACVF quando a
cabina chega ao limite crescente do flag PHS
(não usado)
723 1.12 Estados de entrada digital DIN1, DIN2, DIN3 0..7
→ veja tabela extra abaixo
724 1.13 Estados de entrada digital DIN4, DIN5, DIN6 0..7
→ veja tabela extra abaixo
725 1.14 Estados de saída digital D01, R01, R02, R03. 0..15
No momento são usados somente R01, R02 e
R03.
→ veja tabela extra abaixo

204 K 612089_PT_03
HMI Índice Significado Unida-
des
726 1.38 Informação CLC --
Se o parâmetro “Informação CLC” for definido
como valor padrão para “0”: Informação atual
CLC
Se o parâmetro “Informação CLC” for definido
para um valor <> “0”: Valor do parâmetro
Faixa CLC: -1000 significa cabina vazia e
+1000 significa plena carga (= parâmetro
“Carga útil GQN”)
727 1.44 Modo de potência. 0..2
0: Parada, 1: Motor, 2: Gerador
728 1.45 Temperatura de reset de falha do motor que C
deverá ser reduzida para ficar novamente dis-
ponível (não usado)

Explicação 723, 724, 725


723 Entradas DIN1..DIN3 Status
Va- DIN1SF DIN2SF1 DIN3 Modo de res-
lor (contato NC) (contato NC) gate
(0 = ativo) (0 = ativo) (da HCU) (1=ativo)
0 0 0 0 Viagem
normal
1 0 0 1
2 0 1 0
3 0 1 1
4 1 0 0
5 1 0 1
6 1 1 0 Stand-by
7 1 1 1

K 612089_PT_03 205
724 Entradas DIN4..DIN6 Status
Va- DIN4 “ca- DIN5KB DIN6KB1
lor bina no (contato (contato
pavimen- NC) NO)
to” (0 = ativo) (1 = ativo)
(1=ativo)
0 0 0 0 Falha de KB/KB1
1 0 0 1 Viagem normal cabina entre
pavimentos
2 0 1 0 Stand-by, cabina entre pavi-
mentos
3 0 1 1 Falha de KB/KB1
4 1 0 0 Falha de KB/KB1
5 1 0 1 Viagem normal, cabina no
pavimento
6 1 1 0 Stand-by, cabina no pavi-
mento
7 1 1 1 Falha de KB/KB1
Observação: O status na tabela 724 é válido para sistemas com HCU.
Para sistemas sem HCU o DIN4 é sempre 0.

725 Saídas R01..R03 Status


Va- R01SF/ R02MG R03MV
lor SF1 B E
0 0 0 0 Stand-by (sem MVE)
1 0 0 1 Stand-by (MVE em execução)
2 0 1 0
3 0 1 1
4 1 0 0 Início/Fim Viagem (sem MVE)
5 1 0 1 Início/Fim Viagem
(MVE em execução)
6 1 1 0 Viagem normal (sem MVE)

206 K 612089_PT_03
725 Saídas R01..R03 Status
7 1 1 1 Viagem normal (MVE em execu-
ção)

6.6 Informação e estatísticas do sistema (Menu


30, 60)
Informação do sistema (Menu 30)
Menu 30 somente disponível com SW ≥ V9.21.x

30 Informação do sistema
[30/1_/__] [30/11/__] SCIC SW versão
[30/12/__] SDIC
[30/13/__] FC
[30/14/__] SEM
[30/15/__] COP(1)
[30/16/__] COP(2)
[30/2_/__] [30/21/__] SCIC HW versão
[30/22/__] SDIC
[30/23/__] FC
[30/24/__] SEM
[30/25/__] COP(1)
[30/26/__] COP(2)
[30/27/__] MCCxx
[30/3_/__] Tipo de porta lado 1
[30/4_/__] Tipo de porta lado 2
[30/6_/__] Monitoramento ACVF A mesma estrutura do
menu como o menu 70 (701..728).
Descrição detalhada veja o capítulo 6.5.
[30/61/__] Velocidade atual do elevador
[30/62/__] Velocidade linear nomi-
nal[30/63/__] Velocidade do codificador
..
[30/62/7_] Modo de potência
[30/62/8_] Temperatura de reset de falha do
motor

K 612089_PT_03 207
Estatísticas (menu 60)
Menu 60 somente disponível com SW ≥ V9.21.x

60 Estatísticas
601 Contador de Viagens
602 Tempo de Viagem
603 Contador de ciclos de porta
604 Tempo de abertura de porta
605 Tempo de fechamento de porta

6.7 * Reset de Erros


6.7.1 Reset Normal do Controle do Elevador
Pressione o botão de pressão RESET na placa de microprocessador
SCIC uma vez. (na unidade de porta de pavimento LDU).
Um reset precisa ser executado quando o SW bloqueia ou após alte-
rar a configuração.

6.7.2 Viagem de sincronização


Uma viagem de sincronização será realizada automaticamente de-
pois das seguintes situações:
• Inicialização original
• após reset
• após viagem de inspeção
• quando ocorreu um erro de informação de caixa
• após o modo de viagem de instalação
O procedimento de viagem de sincronização será diferente depen-
dendo da posição atual da cabina. (A cabina começa com uma via-
gem para cima ou para baixo).
No final da viagem de sincronização a cabina permanecerá na parada
KS/PHS inferior.

208 K 612089_PT_03
6.7.3 * Viagem de aprendizagem
A viagem de aprendizagem permite ao controle do elevador a leitura
dainformação de caixa e a contagem do número de paradas. É dispa-
rada automaticamente (por exemplo, durante a parametrização e re-
gulagem) ou então pode ainda ser provocada.
Motivos, quando uma viagem de aprendizagem deverá ser provoca-
da:
• Para provocar uma releitura da informação de caixa
• para calibrar o sensor de medição de carga (com a cabina vazia)
• para eliminar erros
• após a substituição da PCB (especialmente após a substituição da
SCOP)
• após alterações especiais de configuração (COP, ACVF)

Desencadear uma viagem de aprendizagem usando a placa


SCIC:
1) Ligue o interruptor DIP 1 ON (para evitar a descalibragem da CLC)
2) Ligue o interruptor DIP 8 ON
3) Aguarde três segundos
4) Ligue o interruptor DIP 8 OFF
5) Pressione reset
6) Após a viagem de aprendizagem desligue o interruptor DIP 1 OFF

K 612089_PT_03 209
NOTA
Depois de uma viagem de aprendizagem deve-se verific-
ar novamente a configuração do sistema. Alguns parâme-
tros são modificados ou restaurados automaticamente
durante uma viagem de aprendizagem:
- A configuração da COP5B-N se reseta. CF=15 se realiza
de novo.
- A calibragem de 0kg do Digisens se realiza no final da vi-
agem de aprendizagem. (Se a cabina não estava vazia.
CF=98) (Ou desabilitar o Digisens durante a viagem de
aprendizagem com o menu 10 > 107 = 1 do IHM).
- A calibração do torque inicial do ACVF se realiza durante
a viagem de aprendizagem. (Se a cabina não estava va-
zia, esta calibragem, deverá ser realizada de novo com a
cabina vazia. IHM, menu 10 > 123 = 1. Ver o capítulo
6.11.10).
- Os “pisos-falsos” são novamente ativados. CF=26 tem de
ser realizado novamente. (Ver capítulo 5.4.19).

Seqüência da viagem de aprendizagem:


• Viagem de sincronização conforme descrita em “Viagem de Sincro-
nização” acima
• complete a viagem até a parada superior(com a leitura do número
de paradas e a informação de caixa completa)
• Checagem de pré-torque no topo (abrindo contatores)
• viagem completa até a primeira parada (checando a informação li-
da)
• Checagem de pré-torque em baixo (abrindo contatores)

Problemas durante a viagem de sincronização e viagem de


aprendizagem
Possíveis causas:
• Informação de caixa: SKA definido incorretamente
• velocidade nominal ajustada incorretamente
• velocidade de nivelamento errada (muito lenta)

210 K 612089_PT_03
6.7.4 * Erro fatal no comando e ACVF
Dependendo da causa do erro, o status de erro fatal do ACVF não
está indicado em lugar algum.
Procedimento de reset com interface do usuário IHM:
1) Entre no menu principal 10 na IHM
2) Selecione o submenu 101
3) Altere o valor no submenu 101 de “0” a “1” e pressione OK
4) Pressione reset (no SCIC)

Se um painel de interface do usuário Yaskawa (não faz parte do for-


necimento padrão) estiver disponível, o reset do ACVF Yaskawa
pode ser feito com ajuda do botão de reset.
Procedimento de reset do Erro Fatal Persistente com o progra-
made terminal:
Insira o comando “clr_persistent:=1” no terminal e confirme pressio-
nando Enter.

K 612089_PT_03 211
6.8 * Comandos e estados especiais

10 Comandos especiais
[10/1_/__] Reset do Erro Fatal ACVF (veja o capítulo
6.7.5)
[10/2_/__] Ativação do modo de circuito aberto ACVF
[10/3_/__] Modo reset GBP (exige um plugue de reset
GBP no SMIC.KBV)
[10/4_/__] Modo de manutenção - KFM (igual
SCIC.DIP 7)
[10/5_/__] Modo de instalação - KFM (igual SCIC.DIP
8)
[10/6_/__] Ativação XTELE (igual SCIC.DIP 3)
[10/7_/__] Desativação CLC (igual SCIC.DIP 1,LED
VIAG1)
[10/8_/__] Ativação JAB
[10/9_/__] Ativa a Função de Serviço Ampliada ESF
(possível somente uma vez)
[11/0_/__] Chamada de cabina
[11/1_/__] Chamada de pavimento
[11/2_/__] DT-O
[11/3_/__] DT-S
[11/4_/__] Desativação SAB
[11/5_/__] Desativação de “Terremoto” EB
[11/7_/__] Abilita/Desabilita monitoramento remoto
[12/3_/__] Calibragem pré-torque
[12/4_/__] Desativação SR ('revisão aspersor')
[12/5_/__] Reset remoto GBP
[12/6_/__] TM 4 "Próxima chamada"

212 K 612089_PT_03
6.8.1 * Modo de Viagem de Circuito Aberto (menu IHM
102)
Viagem no modo de circuito aberto ACVF poderá se tornar necessá-
ria se IG, KB ou KTHM estiverem defeituosos.
1) Controle de revisão ativo ou modo de viagem de inspeção
2) Entre no menu principal 10 na IHM
3) Selecione o submenu 102
4) Altere o valor no submenu 102 de “0” a “1” e pressione OK

Nota
Modo circuito aberto é desligado automaticamente assim
que o modo manobra de revisão ou viagem de inspeção for
DESLIGADO!
→ Não DESLIGUE revisão ou inspeção enquanto você
estiver viajando na caixa fora da zona de porta. Você
não pode alterar para circuito aberto novamente e você po-
derá ficar bloqueado no teto da cabina!

Procedimento 1: Viagem em modo circuito aberto em caso de


Encoder IG defeituoso ou contatos de freio KB defeituosos:

Procedimento 1
1 Conectar a botoeira de resgate ESE na placa SMIC da LDU.
2 Passar a botoeira de resgate para o modo de viagem “RECALL”
3 Na interface do usuário IHM, acione o modo de viagem em cir-
cuito aberto.
- Selecione no menu principal 10 e pressione OK.
- Selecione o submenu principal 102 e pressione OK
- Mude [102 0] para [102 1] e pressione OK
→ A IHM ostra [102 0] (“1” fica piscando)
4 Agora o sistema está em modo de viagem com circuito aberto
até a botoeira de resgate ser desligada ou até que o menu 102
se ajuste de novo para “0”.

K 612089_PT_03 213
Procedimento 1
5 Utilize a botoeira de resgate para deslocar a cabina até a LDU e
assim poder acessar o teto da mesma.
Observação: É aconselhavel posicionar a parte superior da ca-
bina um pouco acima do pavimento da LDU, no nível de KSE.
Deste modo pode-se acessar o teto da cabina alcançando a
máquina e o ACVF.
Os seguintes passos (6 a 9) são pertinentes somente se o técni-
co tiver que viajar no teto da cabina com a ajuda da manobra de
inspeção.
6 Abra a porta do pavimento e acione a manobra de inspeção no
teto da cabina.
→ Isto pode reinicializar o sistema em modo de viagem com cir-
cuito fechado (IHM, indicação [102 0]).
7 Passe a botoeira de resgate ESE para o modo de viagem
“NORMAL”.
8 Na interface do usuário IHM, acione de novo o modo de viagem
em circuito aberto.
- Mude de [102 0] para [102 1] e pressione OK.
→ A IHM mostra [102 1] (“1” fica piscando)
9 Agora é possível viajar em modo de circuito aberto para o topo
da caixa (nivel KSE) afim de verificar o componente com defei-
to.
Se for necessário, utilize o dispositivo de bloqueio de cabina an-
tes de realizar algum trabalho na máquina ou no ACVF.

Procedimento 2: Viagem em modo circuito aberto em caso de


contato térmico THMH defeituoso.

Procedimiento 2
Em caso de problemas com a supervisão térmica THMH, o
modo de viagem circuito aberto não pode ser ativado diretamen-
te.
1 Conectar a botoeira de resgate ESE na placa SMIC da LDU.
2 Passar a botoeira de resgate para o modo de viagem “RECALL”

214 K 612089_PT_03
Procedimiento 2
3 Na interface do usuário IHM, acione o modo de viagem em cir-
cuito aberto.
- Selecione no menu principal 10 e pressione OK.
- Selecione o submenu principal 102 e pressione OK
- Mude [102 0] para [102 1] e pressione OK
→ A IHM ostra [102 0] (“1” fica piscando)
4 Pressione o botão RESET do SCIC e espere até que o sistema
reinicialize.
5 Continue com a etapa 3 do procedimento 1 anterior. (Vol-
te a passar para o modo de viagem em circuito aberto [102 1].
Poderá ser usada a botoeira de resgate ESE).

6.8.2 * Reset de freio de segurança


1) Se o freio de segurança tiver sido acionado, libere a cabina do freio
de segurança com ajuda da botoeira de resgate ESE.
- Baixe a cabina pressionando DRH-D durante 1 segundo.
- Para liberar o freio, movimente a cabina para cima pressionando
DRH-U.
- Repita este procedimento 2 à 4 vezes.
2) Se a cabina não se mover, mude para o modo de circuito aberto
(IHM menu 101) para obter mais potência do motor. (Veja instrução
6.8.1. acima)
3) Com a manobra de revisão movimente a cabina para o primeiro pa-
vimento até você poder alcançar o contato KF abaixo da cabina a
partir do poço.
4) Faça o reset do contato KF.
5) Faça o reset do contato KBV conforme descrito no capítulo “Modo
de viagem Reset GBP (menu IHM 103, ver capítulo 6.8.3)”.
6) Verifique a célula de carga da cabina funciona corretamente
(CF=95). Verifique se os retentores dos elementos de tração foram
posicionados com segurança. Verifique se os elementos de tração
estão posicionadas corretamente na polia de suspensão. Verifique
as guias

K 612089_PT_03 215
6.8.3 Modo de viagem Reset GBP (menu IHM 103)
O modo de viagem de reset GBP é usado depois que o limitador de
velocidade foi liberado. Ele permite viajar no teto da cabina para o
topo da caixa para fazer o reset do KBV.
1) Desligue o SMIC.KBV e conecte um plugue especial de ponte “Re-
set GBP” ao SMIC.KBV
2) Entre no menu principal 10 da IHM e selecione o submenu 103
3) Altere o valor no submenu 103 de “0” a “1” e pressione OK
4) Ligue o controle de inspeção no teto da cabina. (A manobra de re-
visão precisa ser desligada).
O sistema agora está pronto para viajar no modo de viagem de inspe-
ção ao topo da caixa.

6.8.4 Modo de viagem de manutenção (menu HMI 104)


O modo de viagem de manutenção pode ser ativado com o menu
HMI 104 ou com o interruptor DIP 7 na PCB SCIC
O modo de viagem de manutenção é usado para enviar a cabina do
último pavimento ao pavimento mais baixo e novamente de volta.
(Teste a viagem em toda a caixa).
Ativação do modo de viagem de manutenção com a interface do usu-
ário HMI:
1) Entre no menu principal 10 na HMI
2) Selecione o submenu 104
3) Altere o valor no submenu 101 de “0” a “1” e pressione OK
Ativação do modo de viagem de manutenção com a PCB SCIC:
1) Ligue o interruptor DIP 7 ON na SCIC
Envie a cabina para BAIXO e para CIMA:Para iniciar a viagem de tes-
te pressione o botão “OK” na interface do usuário HMI.

6.8.5 Viagem de inspeção e revisão (ESE)


Viagem de inspeção
Os LEDs WDOG, ACION e ERR na PCB SCIC piscam simultanea-
mente (intervalo de intermitência: 2 segundos). O controle de inspe-
ção está ligado usando o interruptor JREC dabotoeira de inspeção no
teto da cabina. A cabina pode ser movimentada a uma velocidade
muito baixa. A distância de viagem será limitada pelo KSE.

216 K 612089_PT_03
ESE (manobra de revisão)
Os LEDs WDOG, ACION e ERR na PCB SCIC piscam simultanea-
mente (intervalo de intermitência: 2 segundos).A cabina pode ser mo-
vimentada a uma velocidade muito baixa usando a manobra de
revisão. O controle ESE está bloqueado quando a viagem de inspe-
ção está LIGADA.A distância de viagem não será limitada pelo KSE
ou KNE! A cabina pode viajar para baixo até o pára-choque!

6.8.6 * Posicionamento da cabina para acessar o teto


da cabina
O Schindler S3100/3300/5300LA oferece ao técnico de manutenção
um posicionamento automático da cabina para acessar o teto da ca-
bina. Esse procedimento deverá ser usado antes de realizar qualquer
manutenção no elevador, para desativar o sistema de monitoramento
Servitel TM4.
1) Na LDU, no SMIC, pressione o botão “RESET INSPECTION” por
no mínimo 3 segundos. (É emitido um bipe de confirmação).
2) A cabina vai até o pavimento LDU e abre a porta. Certifique-se de
que não há passageiros na cabina. Aguarde até a porta estar fe-
chada novamente.
3) Pressione novamente o botão “RESET INSPECTION”.
4) A cabina se movimenta lentamente para baixo, até que o teto da
cabina esteja no mesmo nível do pavimento LDU. Isso é indicado
com o bipe do alarme e o piscar dos LEDs LREC e LREC-A.)
5) Abra a porta com a chave triangular, pressione o botão de parada
no teto da cabina e ligue a inspeção. (Com DREC para “INSPE-
ÇÃO”.

K 612089_PT_03 217
6.8.7 * Acesso ao teto da cabina com viagem de insta-
lação
Se existir uma falha no sistema eletrônico do teto da cabina ou do
operador de porta, a cabina deixará de se deslocar em modo normal.
Podem ser usados os seguintes procedimentos para verificar se o
ACVF está funcionando.

Procedimento 1: Manobra de resgate ESE


Descrição
1 Conecte a botoeira de resgate ESE na placa SMIC da LDU.
(Com a manobra de resgate não se verificam os seguintes con-
tatos de segurança: KF, KF1, KNE, 2KNE, KFG e KBV. Também
se ignoram os elementos KSE-U, KSE-D e PHS/ PHUET)
2 Se a cabina não se deslocar, continue com o procedimento 2.

Procedimento 2: Manobra de resgate ESE com modo de viagem


de montagem

Descrição
1 A botoeira de resgate ESE continua conectada.
2 Ative o modo viagem de montagem
- Na placa SCIC, passe o interruptor DIP 8 para a posição ON.
3 Tente deslocar a cabina com a botoeira de resgate ESE.
(No modo viagem de montagem, os sinais da porta são ignora-
dos. O circuito de segurança deve estar fechado.)
4 Se a cabina não se move, continue com o procedimento 3.

Procedimento 3: Modo viagem de montagem sem o sistema


eletrônico da cabina

Descrição
1 A botoeira de resgate ESE continua conectada e o sistema se
encontra em modo de viagem de montagem.

218 K 612089_PT_03
Descrição
2 Desabilite a comunicação do barramento CAN com o sistema
eletrônico da cabina.
- Desconecte a alimentação.
- No SCIC, passe o interruptor de terminação do barramento
CAN para a posição NORM.
- Desplugue o barramento CAN da cabina (SCIC.XCAN-CAR).
- Desplugue o barramento CAN do ACVF (SCIC.XCAN-EXT) e
plugue este barramento CAN ACVF no conector XCAN-CAR.
3 Tente deslocar a cabina com a botoeira de resgate ESE.
Neste modo, a cabina pode ser deslocada com uma configura-
ção básica (LDU e ACVF somente). Se for possível deslocar a
cabina, fica claro que existe um problema com o sistema eletrõ-
nico da mesma (SDIC, SUET, SCOP, foto-célula ou operador de
porta)

Nota
Não esqueça que o sistema Rel. 2 iniciará uma viagem de
aprendizagem depois de sair do modo viagem de monta-
gem e depois de realizar um reset. Isto apagará algumas
configurações.
→ Consulte o capítulo 6.7.3 “Viagem de aprendizagem”
para obter informação sobre que configurações devem ser
repetidas posteriormente.

K 612089_PT_03 219
6.8.8 * Calibragem Manual Pré-torque (IHM menu 123)
É necessária uma correta calibragem do torque inicial para desfrutar
de uma alta qualidade no conforto (solavanco no início de cada via-
gem). A calibragem do torque inicial se realiza automaticamente du-
rante a viagem de aprendizagem. Se a cabina não estava vazia
durante a viagem de aprendizagem, deverá ser feita novamente a ca-
libragem do torque inicial.

Procedimiento
Descrição
1 Pré-condição: A cabina está totalmente montada (incluindo toda
a decoração) e o contrapeso está preenchido conforme normas.
2 Assegure-se de que a cabina está vazia (Carga de 0 kg).
3 Na interface do usuário IHM, ative a calibragem manual do tor-
que inicial.
- Selecione o menu principal 10 e pressione OK
- Selecione o submenu 123 e pressione OK
- Mude de [123 0] para [123 1] e pressione OK
4 → A cabina se desloca para o pavimento da LDU e abre a porta.
→ A IHM exibe [123nn 1] (“nn” indica o pavimento atual, “1” fica
piscando).
5 Verifique se a cabina está vazia.
Na IHM, pressione o botão “OK”.
→ A porta se fecha e se inicia a calibragem do torque inici-
al. -
A cabina se desloca para o último pavimento superior e realiza a
calibragem do torque inicial. -
A cabina se desloca para o primeiro pavimento inferior e realiza
a calibragem do torque inicial.
6 Depois da calibragem do torque inicial, a IHM mostra [123 1]
(“1” fica piscando)
7 Mude de [123 1] para [123 0] e pressione OK para sair do modo
calibragem de torque inicial.

220 K 612089_PT_03
6.9 * Comunicação com PC de Serviço
6.9.1 * Comunicação com controle Bionic 5

Nota
Comunicação com ajuda do PC de serviço pode ser parte
das funções de serviço ampliadas ESF (veja o capítulo
1.5). Nesse caso a comunicação só é possível com ajuda
da CADI-GC (≥V2.91).

Conexão de cabo à SCIC.RS232


Com SW < V9.2x: Qualquer programa de terminal normal pode ser
usado.Com SW ≥V9.2x: CADI-GC (CADI-BIONIC) ≥ V2.91 precisa
ser usado.

Nº de identificação para cabo de 5 metros: 59700078

PCDSUB serviço 9 pi- SCIC.RS232_2DSUB 9


nos fêmea pinos fêmea
2 ↔ 3
3 ↔ 2
5 ↔ 5

Ajustes do terminal para conexão a SCIC.RS232:


Data bits: 8 Flow Control/ Protocol: Xon/Xoff
Stop bits: 1 Parity Check: OFF
Parity Rate: Even Carrier Detection: OFF
Baud Rate: 9600

K 612089_PT_03 221
Conexão de cabo a SCIC.XTELE
XTELE pode ser usado com todas as versões de SW conhecidas até
hoje. XTELE funciona somente com os programas de terminal nor-
mais, não com o CADI-GC. (Não pode ser usado para download de
SW).Para usar XTELE, o interruptor DIP 3 no SCIC deverá ser li-
gado em ON.

Nº de identificação para cabo de 5 metros: 59700152

PC de serviço 9 pinos SCIC.XTELEJST


fêmea
2 ↔ 1
3 ↔ 2
5 ↔ 3

Definições do terminal para conexão a SCIC.XTELE:


Data bits: 8 Flow Control/ Protocol: None
Stop bits: 1 Parity Check: OFF
Parity Rate: None Carrier Detection: OFF
Baud Rate: 9600

Os principais comandos com o "Terminal.exe"


Comando Descrição ≥ SW
SYSTEM_INFO:=1 Lista todos os dados relevantes 5.0
do elevador
READ_SIM_CARD:=1 Lista os dados armazenados no Todas
cartão SIM
GC_SHOW_EE:=1 Lista os dados armazenados na Todas
EEPROM

222 K 612089_PT_03
Comando Descrição ≥ SW
CTRL_AVAILABILITY:=1 Exibe a disponibilidade dos sub- 5.0
sistemas do elevador
CTRL_SHOW_SERVICE Exibe o serviço atualmente ativo 5.0
S:=1
SEM_GET_STATUS:=0 Exibe o status SEM 5.0
READ_SHAFT_EE:=1 Exibe a representação da caixa 5.0
(em circuito fechado é mostrada
também a altura do pavimento)
SHOW_LAST_ERR:=1x Lista o histórico de erros 4.0
CTRL_IOSTATUS:=1 Exibe o status atual nas portas Todas
I/O SCIC
CAR_IOSTATUS_RQST:= Exibe o status nas portas I/O Todas
1 SDIC O modo de lista deve estar
ativado
CAR_IOSTATUS_RQST:= Exibe o status das portas I/O adi- 4.0
1 cionais SDIC3 O modo de lista
deve estar ativado
ENABLE_IO_NOTIFICAT Ativa a notificação dinâmica de 5.0
ION:=1 qualquer alteração de status I/O
CLC_RAM_FREQUENCY Exibe o parâmetro de calibragem Todas
:=1 da célula de carga armazenado
na RAM
CAR_LOAD_RQST:=1 Mostra a medição atual da célula Todas
(Hz) em Hex
LIST_MODE:=0 Pára o rolamento de mensagens Todas
LIST_MODE:=1 Rola as mensagens filtradas (mo- Todas
do um nesse caso)
SIM_FLOOR_CALL:=1-n Chamada do pavimento 1..n. O Todas
pavimento mais baixo é [1]
SYS_SIM_START:=11E Geração de tráfego aleatório Todas
"ZKH = 120 viagens/ hora"

K 612089_PT_03 223
Comando Descrição ≥ SW
SYS_SIM_START:=12D Geração de tráfego aleatório Todas
"ZKH = 90 viagens/ hora"
SYS_SIM_START:=0 Pára o tráfego aleatório Todas
TELE_TRIP_COUNTER Exibe o contador de viagens 5.0
TELE_CMD:=0 Estatística da porta (viagem de 5.0
aprendizagem não apaga os da-
dos estatísticos da porta)
CLR_PERSISTENT:=1 Eliminar o erro fatal persistente 5.0
CF_DUMP:=1 Ler a configuração completa 8.0
GC_ERASE_EE:=1 Atenção: Esse comando apaga a Todas
configuração completa e o con-
teúdo da EEPROM (inclusive a
medição de carga )!!
di Ler a informação da porta 8.0
SET_AAT_MODE:=0 Desativar o modo de teste de 8.0
aceitação automático se o SW
bloquear durante os testes de
aceitação (visor HMI S001r3)
5 Status do sistema (exibe os servi- 5.0
ços ativos em execução)
4 Exibe os últimos 10 erros 5.0

Salvar informação de terminal em um arquivo .txt


Isso é usado, por exemplo, para enviar informações do sistema para
a hotline de Locarno.
1) Selecione no menu “Transfer” => “Receber arquivo de texto...”
2) Insira um nome para o arquivo de texto .txt. (Somente 8 caracteres
são permitidos, por exemplo “com12345.txt”. Decida na janela à di-
reita, onde será armazenado o arquivo.
3) Todas as informações exibidas no terminal são agora transferidas
para o arquivo .txt, até pressionar “PARADA”

224 K 612089_PT_03
6.9.2 * Comunicação com ACVF
Programasnecessários para a comunicação com ACVF:
• Flash Write 2000: Programa para fazer um download / atualização
de SW.
• Esse programa pode ser carregado de http://crd.ebi.com.br.
FlashWrite2000 arquivo comprimido que inclui todos os arquivos
necessários para fazer um download e as instruções de uso. Ver os
documentos J/Q_41401011 para maiores detalhes.
Alterações de parâmetros também são possíveis no modo de confi-
guração CF=16.
Cabo de conexão:
Para a comunicação com o ACVF Yaskawa pode-se usar um cabo de
extensão normal de 9 pinos DSUB RS232 1:1combinado com um
cabo Ethernet Standard. Comprimento do cabo: 3 metros.

1 6 762
2 7
7 6
3 8 2
4
C o n n e c to r s e e n

50002011
5 9
f ro m c a b le s id e

PCDSUB serviço 9 pi- Cabo Plug


nos fêmea RJ45
2 Branco com lis- 7
tras marrons
3 Verde 6
5 Laranja 2

K 612089_PT_03 225
6.10 * Atualização de SW
6.10.1 * Atualização do SW de Controle (com MMC)
Multi Media Card MMC
Para a atualização do SW de controle precisa ser usado um MMC.
- quanto menor a capacidade, melhor
- formatado com o sistema de arquivo FAT12 ou FAT16
- MMCs testados podem ser encomendados em LOC. Nº de identifi-
cação 431537
Arquivos de SW no PDM
Os arquivos de SW (arquivos *.bin) para a atualização do SW de
controle podem ser carregados da Intranet Schindler (PDM).
O número de arquivo de SW relevante está listado no capítulo“Do-
cumentação e Software” no início do presente Guia de referência
rápida.

Conteúdo do Multi Media Card MMC


Arquivo Descrição / Comentários PDM
boardlst.dat Lista todas as placas com as quais o dos diferen-
SW é compatível. Se o SW de mais tes arquivos
de uma placa for armazenado no Q de cada
mesmo MMC, os diferentes arquivos placa
bordlst.dat precisam ser reunidos em
um único arquivo com todas as entra-
das.
SCC5_xxx.bin software para placa SCIC52.Q Q42107865
SDC5_xxx.bin software para placa SDIC53.Q Q42106260
É possível ter mais arquivos de software de outras placas no mesmo
MMC.
Observação: Não mude o nome dos arquivos!

226 K 612089_PT_03
Download de SW SCIC
1 DESLIGUE o elevador
2 Insira o MMC no suporte de cartão adequado da placa
3 LIGUE o elevador
4 O watchdog verde começa a piscar (primeiro lentamente e de-
pois muito rápido)
5 Após terminar o download, todos os LEDs verdes estão LIGA-
DOS (com exceção de SERVIÇO, que só está ligado em ON se
o interruptor DIP 8 estiverativado)
6 Desligue o elevador, remova o MMC e LIGUE o sistema nova-
mente

Download de SW SDIC e SCOP


1 DESLIGUE o elevador
2 Insira o MMC no suporte de cartão adequado da PCB
3 LIGUE o elevador
4 O LED amarelo de download começa a piscar
5 Após terminar o download, o LED amarelo de download DESLI-
GA e o LED do watchdog começa a piscar
6 Desligue o elevador, remova o MMC e LIGUE o sistema nova-
mente

K 612089_PT_03 227
Status do carregador de boot (download de SW SCIC)
LED SCIC Carre-
ERR KSE KS VIAG VIAG DRIVE DOOR WDOG SERV gador
2 1 de
boot
Códi-
go
DES LIG LIG Código
LIG 1
DES LIG LIG Código
LIG 2
DES LIG LIG Código
LIG 3
DES LIG LIG LIG Código
LIG 4
DES LIG LIG LIG LIG Código
LIG 5
DES LIG LIG LIG LIG LIG LIG LIG LIG Código
LIG 6
LIG Código
7

Carre- Descrição
gador
de boot
Código
1 Pronto para transferência
2 Transferência em execução
3 Conversão ou reprogramação em curso
4 Não foi encontrado contêiner SWU, terminais do carregador
de boot, o software do controlador será iniciado
5 O software no contêiner SWU é idêntico ao software na me-
mória principal. Não foi realizada atualização
6 Atualização do software com sucesso

228 K 612089_PT_03
Carre- Descrição
gador
de boot
Código
7 Download falhou. Veja nota abaixo.

Nota
Código 7: Se o LED de erro vermelho estiver LIGADO, o
download de SW falhou. Tente novo download de SW. Se o
download fracassar novamente, informe a hotline.

Nota
Após a atualização do software
• verifique as funções do sistema
• talvez você tenha que realizar a contagem de LOP
(CF=00, LE=00)

K 612089_PT_03 229
6.10.2 Atualização de SW do ACVF
Arquivos de SW no PDM
Os arquivos de SW para a atualização de SW ACVF podem ser carre-
gados da Intranet Schindler (PDM).
O número de arquivo de SW relevante está listado no capítulo“Do-
cumentação e Software” no início do presente Guia de referência
rápida.
Há dois softwares que podem ser atualizados no inversor Yaskawa:

Nota
Sobre o download / atualização corretos de SW e sobre a
compatibilidade de SW consulte por favor a documentação
mais recente.

- “Procedimento de download de SW”, DR07048 e


DR07047 para software CDI V1.02. Você pode encon-
trar esse software no site http://crd.ebi.schindler.com,
seu número é KA151266 ou com a respectiva identifica-
ção 59401003.

- “Procedimento de download de SW”, DR07049 e


DR07046 para o download do software Yaskawa L7.
Você pode encontrar esse software no site ht-
tp://crd.ebi.schindler.com, seu número é KA151237 ou
com a respectiva identificação 59401014.

230 K 612089_PT_03
Notas:

K 612089_PT_03 231
Schindler Management Ltd.
Corporate Learning and Development

Zugerstrasse 13
6030 Ebikon, Switzerland
Phone +41 41 445 32 32
Fax +41 41 445 39 33
trainingcenterebikon@ch.schindler.com
www.schindler.com

Você também pode gostar