Você está na página 1de 3

CONTRATO DE ARRENDAMENTO

Entre

Manuel Paulo Fernando, solteiro, filho de Paulo Chinosa Mucoronda e de Chone Maria
Matize, natural de Beira, província, de Sofala portador de recibo de BI Nº 78413900, emitido em
20/02/2018, residente nesta cidade da Beira, no Bairro da Manga rua 8, Q, 4.

Joel Armando Farias, solteiro, filho de Armando Farias e de Elidia Bongisse,natural de Guro
província, de Zambézia, portador do Bilhete de Identidade nº 0604019941276, emitido pelo
arquivo de identificação civil de Chimoio aos 08/07/2014 , residente nesta cidade da Beira, 7º
Bairro Matacuane. Adiante designado por segundo outorgante.

Celebram o presente contrato de arrendamento com cláusulas seguintes que entre si estipulam e
reciprocamente aceitam.

Clausula I

(Objetivo)

O primeiro outorgante cede a título de arrendamento ao segundo outorgante um Imóvel


(dependência) sita no 7º Bairro Matacuane.

Clausula II

(Renda)

Pela cedência do imóvel referido na cláusula anterior o objecto do presente contrato a senhor
Joel Armando Farias, pagara ao primeiro outorgante uma renda mensal de 3.000, 00Mt (Três
Mil Meticais), no espaço compreendido entre 01 a 05 de cada mês e tem inicia 28 de Janeiro de
2018.
Clausula III

(Duração)

O Aluguer tem como prazo de 2 Anos renovável assim que as partes desejarem.

Clausula IV

O segundo outorgante fica obrigado a manter o imóvel (dependência) e a entrega do mesmo


imóvel bem como conservado acto de entrega mesmo no fim do contrato.

Clausula V

(Obrigações do locatário)

a) Efectuar o pagamento das despesas e luz decorrentes do uso do imóvel.


b) O segundo outorgante fica responsável por todas as deteriorações ou prejuízos causados
no imóvel por inconsideração, negligencia ou milícia sua ou de pessoas consigo
relacionadas.
c) Fica negado de realizar quaisquer obras sem o consentimento do primeiro outorgante.

Cláusula VI

(Rescisão)

O contrato caduca ou pode rescindir-se nos seguintes modos:

a) Decorrido prazo;
b) Por falta de observância das normas contratuais;
c) Por mutuo acordo.
Cláusula VII

(Inicio)

Este contrato tem o seu início no dia que o segundo outorgante começar a residir.

Cláusula VIII

(Outras disposições)

a) Os conflitos emergentes e executados do presente contrato serão na medida do possível


resolvidos amigavelmente.
b) Não chegando ao consenso poderão as partes recorrer a decisão judicial, sendo
competente o Tribunal Judicial da Beira, com expresso renúncia a qualquer outro foro.
c) Para caso omisso aplicar-se-ão as leis vigentes na república de Moçambique.

Beira, aos 28 de Janeiro de 2018

O Primeiro Outorgante O Segundo Outorgante

____________________________ ____________________________

(Manuel Paulo Fernando) (Joel Armando Farias)

Você também pode gostar