Você está na página 1de 2

Psicologia Organizacional e Coaching

APRESENTAÇÃO

Com a pós-modernidade que vem modificando o tempo e o espaço, transformando


significativamente a vida social e cotidiana e, consequentemente, alterando as
formas de relações do ser humano com o mundo. Esse novo contexto que emerge
em decorrência de distintas crises nas esferas sociais, políticas, tecnológicas e
econômicas, comprometem as dimensões subjetivas, fazendo com que esse novo
mundo do trabalho evidencie características que perpassam todas as formas de
trabalho, onde emergem novas institucionalizações de trabalho e de carreiras,
consequentemente sucedendo novas exigências no mercado de trabalho. Se antes
apenas a graduação era necessária para se manter no mercado de trabalho, hoje
não há como negar que a realidade é outra, ou seja, só o diploma de graduação não
basta. As exigências do mercado de trabalho são outras e cada vez mais os
profissionais procuraram se especializar, para conseguir atender as demandas da
contemporaneidade.

A Psicologia e áreas afins como a administração e gestão de recursos humanos


estão vivendo uma nova realidade no Brasil decorrente do crescimento exponencial
do número de cursos de graduação nos últimos anos, que implica em um
contingente cada vez maior de profissionais se inserindo no mercado de trabalho.
No entanto, esta expansão ainda é incipiente em relação aos cursos de pós-
graduação lato sensu que garantam a continuidade da formação e
profissionalização, particularmente as especializações e que atendem de forma
ampla as exigências do mercado de trabalho.

De acordo com Botomé e Tosi (2003), a qualidade da formação tem impacto direto
no processo de desenvolvimento da prática profissional e do preparo científico,
onde a postura crítica é fator primordial para geração de conhecimento e para o
surgimento de novas perspectivas de atuação. Ainda segundo os autores, o campo
de atuação sofreu ampliações, portanto, requer uma formação qualificada, para que
os profissionais consigam articular ciência e exercício profissional.

Neste processo, as Instituições de Ensino Superior (IES), devem buscar meios para
possibilitar uma formação profissional que garanta ao egresso a prestação de
serviços de qualidade, a partir de uma preparação competente e comprometida
com a sua realidade social. Ao se reportar à qualidade da formação, ganha cada vez
mais relevância os estudos sistemáticos e continuados após a realização de um
Curso de Graduação.

A clientela do Curso será composta por psicólogos, administradores, tecnólogos em


gestão de recursos humanos administradores públicos, advogados, economistas,
contadores, pedagogos, assistentes sociais ou formandos desses cursos, ou seja,
essa especialização engloba também os cursos da área de ciências sociais.
Salientase que há uma parcela considerável de egressos de graduação na região,
abrangendo egressos da própria CESUSC e demais universidades e faculdades da
região da Grande Florianópolis. Somente o Curso de Psicologia da CESUSC que
neste ano completa 10 anos, já formou 300 psicólogos e a cada semestre o número
de formados no Curso de Psicologia envolve uma média de 30 ex-alunos, os quais
constituem a clientela que procuram cursos de especialização. Só pelo número de
egressos de psicologia observa-se a busca por especializações significativamente,
mas cabe destaque que se fosse mensurado o número de egressos dos cursos de
administração e Gestão de Recursos Humanos e demais cursos que não foram
apontados no momento. Esse número poderá provavelmente vir a quadruplicar.

Dentre estes cursos, o Curso de Psicologia das Organizações e Coaching se constitui


como um dos privilegiados, considerando o interesse de uma grande parcela de
egressos quanto à inserção em atividades relacionadas à Psicologia as Organizações
e como um diferencial contemporâneo o Coaching e suas segmentações, seja como
autônomos em atividades de consultoria ou vinculados às empresas da região.
Ressalta-se que a região da Grande Florianópolis e demais regiões vizinhas
possuem sua força econômica em micro, pequenas e médias empresas, já havendo
um contingente significativo de profissionais voltados aos processos
organizacionais, gestão do trabalho e coaching inseridos nestes contextos e que
necessitam de qualificação e atualização em sua formação.

COORDENAÇÃO

Ana Paula Balbueno Karkotli Graduação em Psicologia pela PUCRS, Especialização


Psicologia Organizacional - PUCRS; Marketing - UFRGS; Gestão Estratégica de
Empresas - UFSC, Formação em Psicologia Sistêmica. Mestre em Saúde e Gestão do
Trabalho pela UNIVALI (2005). Personal & Executive Coach, certificada pela
Sociedade Brasileira de Coaching - São Paulo (2014). Experiência em empresas de
grande porte, como psicóloga consultora e gestora no Grupo RBS e na SHV Energy.

Você também pode gostar