Você está na página 1de 47
D-Link DVG-2001S Adaptador de Terminal VoIP Manual Ver 1.00 651US2001S15

D-Link

DVG-2001S

Adaptador de Terminal VoIP

Manual

Ver 1.00

651US2001S15

D-Link DVG-2001S Adaptador de Terminal VoIP Manual Ver 1.00 651US2001S15
Índice Conteúdo do Pacote 1 Introdução 2 Conexões 3 LEDs frontais 4 Recursos 5

Índice

Conteúdo do Pacote

1

Introdução

2

Conexões

3

LEDs frontais

4

Recursos

5

Usando o Assistente de Configuração (Wizard)

6

Home > WAN > Dynamic IP Address

7

Home > WAN > Static IP Address

8

Home > WAN > PPPoE

9

Advanced > VOIP > Server Configuration

12

Advanced > VOIP > Provisioning

15

Advanced > VOIP > STUN Configuration

16

Advanced > VOIP > User Agent

17

Advanced > VOIP > Peer to Peer

19

Advanced > VOIP > Telephony

20

Advanced > Misc

21

Tools > Admin

22

Tools > System

23

Tools > Config

25

Tools > Config 25 Tools > Save & Reboot 25 Status > Device Info 26 Status

Tools > Save & Reboot

25

Status > Device Info

26

Status > Stats

26

Status > Cable Tester

28

Help

29

Especificações Técnicas

30

Perguntas Frequentes

32

∑ D-Link DVG-2001S Adaptador de Terminal VoIP ∑ Adaptador de energia - DC 12V, 1.2A
∑ D-Link DVG-2001S Adaptador de Terminal VoIP ∑ Adaptador de energia - DC 12V, 1.2A

D-Link DVG-2001S Adaptador de Terminal VoIP

Adaptador de energia - DC 12V, 1.2A

Manual do usuário e Garantia no CD

Guia de Instalação Rápida

Cabo Ethernet (a porta Ethernet do DVG-2001S é Auto-MDIX)

Se qualquer um dos itens acima estiver faltando, por favor entre em contato com o revendedor.

Observação: utilizando uma fonte de alimentação com uma tensão diferente do que a inclusa no DVG-2001S, irá causar danos e anulará a garantia desse produto.

1

Introdução O D-Link DVG-2001S Adaptador de Terminal VoIP conecta redes tradicionais de telefone a redes

Introdução

O D-Link DVG-2001S Adaptador de Terminal VoIP conecta redes tradicionais de telefone a redes IP com dispositivos de telefone convencionais, como telefones analógicos ou fax. Ele pode reduzir as tarifas de chamadas de telefone de longa distância e proporciona qualidade máxima de comunicação através da rede IP. Esse equipamento fornece uma porta FXS (Foreign Exchange Subscriber) e uma porta Ethernet.

2

Conexões 3

Conexões

Conexões 3

3

LED's frontais 4

LED's frontais

LED's frontais 4

4

Recursos ● Uma porta Foreign Exchange Subscriber (FXS, RJ-11) ● Uma porta NWay 10/100BASE-TX Fast

Recursos

Uma porta Foreign Exchange Subscriber (FXS, RJ-11)

Uma porta NWay 10/100BASE-TX Fast Ethernet para conexão de LAN

Voice Activity Detection (VAD)/Comfort Noise Generation (CNG)

Supressão de silêncio para reduzir o consumo de banda

Jitter Buffer adaptável para uma boa recepção de voz

Capacidade de recuperação de pacotes perdidos para melhorar a qualidade de voz

Suporte a QoS (Quality of Service) para garantir a qualidade de voz

Função PPPoEpara apoio à conexão dial-up para banda larga

Endereço IP usando DHCP ou configuração estática

Função de Identificador de chamadas

Configuração e gestão remota através da Internet utilizando navegadores

5

Usando o Assistente de Configuração Sempre que você desejar configurar sua rede ou seu DVG-2001S,

Usando o Assistente de Configuração

Usando o Assistente de Configuração Sempre que você desejar configurar sua rede ou seu DVG-2001S, você
Usando o Assistente de Configuração Sempre que você desejar configurar sua rede ou seu DVG-2001S, você

Sempre que você desejar configurar sua rede ou seu DVG-2001S, você pode acessar o menu de configuração abrindo o navegador de Internet e digitando o endereço IP do DVG-2001S. O endereço IP padrão do equipamento está sendo mostrado na figura ao lado, siga os passos abaixo:

Abra o navegador de Internet

Digite o endereço IP do ATA (http://10.1.1.1)

Digite admin no campo User name

Digite admin no campo Password

Clique em OK

A tela de Home > Wizard irá aparecer. Por favor, consulte o Guia de Instalação Rápida para obter mais informações sobre o Setup Wizard (Assistente de Confguração).

Estes botões aparecem na maioria das telas de configuração. Por favor clique no botão apropriado na parte inferior da tela após ter feito alguma configuração. Observação: se você tiver alterado o IP atribuido ao DVG-2001S, certifique-se de digitar o endereço IP correto.

6

Home > WAN > Dinamic IP address Dynamic Escolha Dynamic IP address para obter endereço

Home > WAN > Dinamic IP address

Home > WAN > Dinamic IP address Dynamic Escolha Dynamic IP address para obter endereço IP

Dynamic

Escolha Dynamic IP address para obter endereço IP automaticamente de seu provedor de Internet de banda larga. Esta opção deve ser selecionada se seu provedor de Internet não tiver fornecido um endereço IP. Esta opção é normalmente utilizada para serviços que utilizam Cable Modem.

Host Name

Esta função é opcional,mas pode ser exigido por alguns provedores. O nome do host padrão é o nome do dispositivo do ATA e pode ser mudado.

7

MAC address Primary/Secondary DNS Address O MAC address padrão está definido na interface física do

MAC address

Primary/Secondary DNS Address

O MAC address padrão está definido na interface física do ATA. Não é recomendado que você mude a numeração, a menos que seja requisitado pelo seu provedor de Internet.

Digite o endereço de DNS se você não quiser usar o endereço fornecido pelo provedor de Internet.

Home > WAN > Static IP Address

provedor de Internet. Home > WAN > Static IP Address Static IP address Escolha esta opção

Static IP address

Escolha esta opção caso o provedor de Internet passar todas as informações necessárias. Será necessário digitar o endereço IP, a máscara de sub-rede, o gateway e o DNS primário e secundário. O endereço IP tem que ser digitado da maneira correta, que são quatro octetos separados por ponto (ex.: 10.1.1.1). O ATA não irá aceitar o endereço IP se não for digitado neste formato.

8

IP address Subnet Mask Default Gateway Primary DNS address Secondary DNS address Digite o endereço

IP address

Subnet Mask

Default Gateway

Primary DNS address

Secondary DNS address

Digite o endereço IP fornecido pelo seu provedor de Internet.

Digite a máscara de sub-rede (todos os dispositivos de rede devem ter a mesma máscara).

Digite o endereço IP público do provedor de Internet ao qual está se conectando.

Digite o endereço de DNS primário se você não quiser usar o endereço fornecido pelo provedor de Internet.

Digite o endereço de DNS secondary se você não quiser usar o endereço fornecido pelo provedor de Internet.

Home > WAN > PPPoE

Escolha PPPoE (Point to Point Protocol over Ethernet) se o seu provedor de Internet utiliza uma conexão PPPoE. Seu provedor de Internet lhe fornecerá um nome de usuário (user name) e uma senha (password). Essa opção é normalmente utilizada para serviços DSL. Selecione Dynamic PPPoE para obter um endereço IP automaticamente para sua conexão PPPoE. Selecione Static PPPoE para usar um endereço de IP estático para sua conexão PPPoE.

para sua conexão PPPoE. Selecione Static PPPoE para usar um endereço de IP estático para sua

9

PPPoE Escolha esta opção caso sua conexão utilize nome de usuário e senha do provedor
PPPoE Escolha esta opção caso sua conexão utilize nome de usuário e senha do provedor

PPPoE

Escolha esta opção caso sua conexão utilize nome de usuário e senha do provedor para se conectar.

User name

Digite o nome de usuário do seu provedor de Internet.

Password

Digite a senha do seu provedor de Internet.

Retype Password

Digite a mesma senha do campo anterior.

Service Name

Digite o nome do seu provedor de Internet (opcional).

10

IP address MAC address Primary DNS address Secondary DNS address Esta função somente está disponível

IP address

MAC address

Primary DNS address

Secondary DNS address

Esta função somente está disponível para Static PPPoE. Digite o endereço IP estático.

O MAC address padrão está definido na interface física do roteador. Não é recomendado que você mude a numeração a menos que seja requerido pelo seu provedor de Internet.

Digite o DNS primário do seu provedor de Internet.

Digite o DNS Secondário do seu provedor de Internet.

Clique em Apply para confirmar qualquer mudança feita na memória do ATA.

Clique em Connect para iniciar a conexão PPPoE.

Clique em Disconnect para finalizar a conexão PPPoE.

11

Advanced > VOIP > Server Configuration O ATA pode ser configurado para processar sinais de

Advanced > VOIP > Server Configuration

O ATA pode ser configurado para processar sinais de voz sobre Protocolo de Internet (Voicer over IP- VoIP). O menu mostrado ao lado, juntamente com as outras opções mostradas nas páginas seguintes são usadas para configurar o ATA para se comunicar com os dispositivos que irá enviar e receber chamadas telefônicas através da Internet.

enviar e receber chamadas telefônicas através da Internet. Server FQDN Use este menu para ativar (Enabled)

Server FQDN

Use este menu para ativar (Enabled) ou desativar (Disabled) a função Fully Qualified Domain Name (FQDN). É desativado quando o nome de domínio SIP URL é diferente do nome do domínio do servidor proxy SIP. O telefone irá usar o nome do domínio no campo Domain Name como parte da URL, mas enviará e receberá mensagens através do servidor proxy definido no campo Service Domain.

IP Address

Digite o endereço IP do seu SIP Server neste campo.

Domain

Name

Digite neste campo o nome de domínio correspondente ao endereço IP acima.

12

Port Digite o servidor SIP da porta de escuta para o SIP neste domínio. Deixe

Port

Digite o servidor SIP da porta de escuta para o SIP neste domínio. Deixe este campo sem preencher se o seu fonecedor de serviços VoIP não lhe der um número de porta para o servidor SIP.

Secondary SIP As características de Secondary (FQDN, o endereço IP, Server nome de domínio e porta), agem como backup para a primeira configuração. No caso em que a conexão com o servidor SIP se perder, as configurações de backup serão utilizadas.

Outbound

Proxy

O

Outbound

Proxy

é

um

SIP

proxy

normal.

Caso

receba instruções do seu provedor para configurar, habilite essa função e digite o seu endereço IP, nome de domínio e o número da porta nos campos apropriados.

Service Domain

URL Format

User Parameter Phone

Caller ID Delivery

Display CID

Timer T2

Digite o nome de domínio do SIP server.

Selecione SIP-URL para incluir o roteador o nome de domínio com o número SIP em mensagens SIP de envio. Selecione TEL-URL para que o ATA use o número SIP, em um nome de domínio na mensagem SIP de envio.

Você pode escolher entre Enabled ou Disabled. Isso determina se o número de telefone não irá junto com as informações transmitidas para o seu servidor SIP. Seu fornecedor de serviços VoIP que irá instruí-lo para qual configuração usar.

Selecione Yes para iniciar a identificação de chamadas ou No para não iniciar.

Ative (Enabled) ou desative (Disabled) o identificador de chamadas.

Selecione o tempo desejado.

13

Initial Unregister Ative (Enabled) ou desative (Disabled). Register Utilize este campo para definir quanto tempo

Initial Unregister

Ative (Enabled) ou desative (Disabled).

Register

Utilize este campo para definir quanto tempo o ATA

Expiration

irá esperar antes de enviar um pedido se a tentativa de registro falhar ou se não houver nenhuma resposta do servidor de registro.

Session Expires

Este campo seleciona qual o maior tempo que o ATA irá permitir que uma sessão SIP fiquei ociosa antes de cancelá- la.

Min-SE

Quando dois dispositivos SIP negocirarem uma sessão SIP, eles precisam acertar um tempo de expiração comum para sessões SIP ociosas. Este campo configura o tempo mínimo de expiração que o ATA aceitará. O ATA checa os valores de expiração mínimos do recebimento de SIP INVITE e os valores minimos de expiração das sessões que são colocados aqui. Se o valor de expiração da seção de recebimento INVITE é menor que esse valor, o ATA negocia com o outro dispositivo SIP para aumentar o valor de expiração da seção para estar de acordo com o valor mínimo de expiração.

Session Expires Refresher

Este campo determina qual dos lados de uma sessão expirada de chamada vai iniciar a atualização da sessão. uac - especifica que o lado que efetuou a chamada vai inicar a atualização da sessão. uas – especifica que o lado que recebeu a chamada vai iniciar a atualização da sessão.

14

Advanced > VOIP > Provisioning Provisioning é uma função que automaticamente atualiza a configuração do

Advanced > VOIP > Provisioning

Provisioning é uma função que automaticamente atualiza a configuração do seu DVG-1402S usando um servidor TFTP localizado na Internet. Se você tem acesso a esse serviço, você precisará saber a URL e endereços proxy do Provisioning Server.

saber a URL e endereços proxy do Provisioning Server. Provisioning Use esse menu para ativar (Enabled)

Provisioning

Use

esse

menu

para

ativar

(Enabled)

ou

desativar

Function

(Disabled) a função.

Server URL

Digite a URL do Provisioning Server neste campo.

Proxy Address

Digite o endereço IP do servidor proxy neste campo.

Proxy Port

Digite o número da porta que o servidor proxy irá usar

Number

para fazer a conexão neste domínio.

15

Advanced > VOIP > STUN Configuration Simple Traversal of UDP over NAT (STUN) – é

Advanced > VOIP > STUN Configuration

Simple Traversal of UDP over NAT (STUN) – é um protocolo que ativa um dispositivo VoIP, como um router ou um telefone IP, a fim de detectar a presença e qual tipo de NAT há por trás do local onde o telefone está instalado. Este roteador suporta STUN e pode modificar o endereço IP privado e porta na sua mensagem SIP/SDP usando o mapeamento de endereço IP público NAT e porta através de uma série de consultas STUN em um servidor STUN localizado na Internet. Isto permitirá sinalização SIP e mídia RTP para atravessar com sucesso uma NAT sem exigir quaisquer alterações na configuração da NAT.

sem exigir quaisquer alterações na configuração da NAT. A função de STUN é útil se você

A função de STUN é útil se você precisa usar o DVG-1402S com um roteador ou modem que forneça a ligação com o seu provedor de Internet e não suporte NAT simétrica. Você precisará acessar um servidor STUN na Internet e seu endereço IP para usar a função STUN no DVG-1402S.

STUN State

STUN Server IP Address

STUN Server Port

Escolha entre ativar (Enabled) ou desativar (Disabled) a função STUN.

Digite o endereço IP do servidor STUN neste campo.

Digite o número da porta do servidor STUN neste campo. Se você não tiver nenhuma informação sobre o número de porta, deixe este campo com o número padrão.

16

STUN Determina a quantidade de tempo, em segundos, entre os ReqInterval pedidos STUN. Se você

STUN

Determina a quantidade de tempo, em segundos, entre os

ReqInterval

pedidos STUN. Se você não dispõe de qualquer informação quanto a um bom intervalo, deixe a configuração padrão.

STUN NAT

Mostra o resultado da verificação do STUN na NAT.

Type

Advanced > VOIP > User Agent

O ATA pode ser configurado para processar sinais de voz sobre o protocolo de Internet (Voice Over IP - VoIP).

de voz sobre o protocolo de Internet (Voice Over IP - VoIP). Same Phone Number Index

Same Phone Number

Index

Utilize este campo para ativar ou desativar o uso do mesmo número de telefone para o User Agent como para o Server Agent.

Use esse campo para atribuir os conectores do telefone (na parte de trás do ATA) para as informações inscritas no User Agent.

17

Phone Number Domain Name User Agent Port Authentication Digite o número de telefone atribuído ao

Phone Number

Domain Name

User Agent Port

Authentication

Digite o número de telefone atribuído ao User Agent.

Digite o nome que será apresentado o User Agent que estiver em uso.

Digite o número da porta que o ATA irá usar quando as chamadas estão sendo feitas.

Digite

o

nome

de

usuário

usado

para

acessar

o

Name

seu servidor SIP e seu provedor de serviço VoIP.

Password

Digite a senha usada para acessar o seu servidor SIP e seu provedor de serviço VoIP.

Retype

Digite novamente a senha para confirmar.

Password

18

Advanced > VOIP > Peer to Peer O configurado para ATA pode ser processar sinais

Advanced > VOIP > Peer to Peer

O

configurado para

ATA

pode

ser

processar

sinais

de

voz

sobre

o

protocolo

de

Internet

(Voice Over IP – VoIP).

o protocolo de Internet (Voice Over IP – VoIP). Index Phone Number User IP Address Port

Index

Phone Number

User IP Address

Port

Use esse campo para atribuir os conectores do telefone (na parte de trás do ATA) para as informações inscritas no User Agent.

Digite o número do telefone atribuído a esta entrada.

Digite o endereço IP do ponto remoto neste campo.

Digite o número da porta UDP do ponto remoto que irá usar para fazer a conexão neste domínio. Se você não tiver as informações necessárias para efetuar a configuração, deixe a configuração padrão.

19

Advanced > VOIP > Telephony O ATA pode ser configurado para processar sinais de voz

Advanced > VOIP > Telephony

O ATA pode ser configurado para processar sinais de voz sobre o protocolo de Internet (Voice Over IP – VoIP).

voz sobre o protocolo de Internet (Voice Over IP – VoIP). DTMF Method Out-of band Dual

DTMF Method

Out-of band Dual Tone Multi-frequency – O Dual Tone Multi-frequency (DTMF), é o modo de como o ATA irá tratar os tons do teclado que o telefone faz quando você digitar. É recomendado que você use o mesmo modo que o seu fornecedor de serviços VoIP utiliza. Selecione RFC 2833 para enviar os tons DTMF para os pacotes RTP. Selecione G.711 para incluir os tons DTMF no voice data stream. Este método funciona melhor quando você estiver usando um codec que não usa compressão (como o G.711). Escolha INFO para transmitir tons DTMF fora de banda.

Payload Type

VAD

Este campo identifica o formato de RTP e determina sua Interpretação pela aplicação que está sendo recebida.

Voice Activity Detection (VAD) – detecta se há fala ou não. Isto reduz a largura de banda que utiliza uma chamada por não transmitir “pacotes de silêncio” quando você não estiver falando.

20

Advanced > Misc. Signaling ToS RTP ToS Receive Gain Transmission Gain Este campo vale para

Advanced > Misc.

Advanced > Misc. Signaling ToS RTP ToS Receive Gain Transmission Gain Este campo vale para pacotes

Signaling ToS

RTP ToS

Receive Gain

Transmission

Gain

Este campo vale para pacotes UDP IP que carregam uma mensagem SIP.

Este campo vale para pacotes UDP IP que carregam um dado RTP.

Utilizado para aumentar ou diminuir a quantidade de sinais recebidos do IP e são mandados para interface trunk-side. O nível de Rx Gain dB pode ser configurado de -20dBm até 20 dBm.

Utilizado para aumentar ou diminuir a quantidade de sinais que saem em direção ao IP que vem da interface trunk-side. O nível Tx Gain db pode ser configurado de -20dBm até 20 dBm.

21

Tools > Admin Mudando a senha do sistema Para mudar a senha utilizada para acessar

Tools > Admin

Mudando a senha do sistema

Para mudar a senha utilizada para acessar a página de configuração do ATA, digite no campo New Password a nova senha e em seguida digite novamente em Confirm Password Para ter certeza de que você digitou corretamente. Clique em Apply para ativar a nova senha. O nome de usuário do sistema permanece sendo “admin”, ele não pode ser alterado. Certifique-se de salvar as alterações.

pode ser alterado. Certifique-se de salvar as alterações. Administrator admin é o nome de usuário do

Administrator

admin é o nome de usuário do Administrador para ter acesso à página.

Password

Digite a senha neste campo e a mesma senha no campo Confirm Password. Esta será a senha que o administrador irá usar para entrar na página de configuração do equipamento. A senha de fábrica é “admin”.

User

user é o nome de usuário de um outro usuário para ter acesso à página.

Password

Digite a senha neste campo e a mesma senha no campo Confirm Password. Esta será a senha que o administrador irá usar para entrar na página de configuração do equipamento. Outros usuários terão privilégios limitados na configuração do equipamento. A senha de fábrica é “admin”.

22

Remote Management Web Port Number Acesso remoto permite que o ATA seja configurado pelo navegador

Remote Management

Web Port Number

Acesso remoto permite que o ATA seja configurado pelo navegador de Internet. Um nome de usuário e senha ainda são requisitados para acessar a página de configuração. Geralmente, apenas um membro de sua rede mexer na tela de configuração e executar tarefas como usuário Administrador. Este recurso perimite executar tarefas como Administrador de um acesso remoto (Internet).

Digite neste campo o número da porta utilizada para acessar o ATA. A porta de fábrica para o acesso remoto é a 80.

Tools > System

de fábrica para o acesso remoto é a 80. Tools > System Reset to Factory Default

Reset to Factory Default

Clique em Reset to Factory Default para voltar às configurações de fábrica

23

Tools > Firmware Você pode atualizar/corrigir a firmware do ATA. Acesse o site da D-Link

Tools > Firmware

Tools > Firmware Você pode atualizar/corrigir a firmware do ATA. Acesse o site da D-Link www.dlink.com.br/suporte

Você pode atualizar/corrigir a firmware do ATA. Acesse o site da D-Link www.dlink.com.br/suporte e verifique as novas versões de firmware disponíveis.

Firmware Update

File Name

Clique neste link desta tela para verificar se existe uma versão mais recente de sua firmware. Se sim, faço o download da nova firmware pare seu disco rígido.

Digite o nome do arquivo da firmware e o caminho do DOS neste campo. Por exemplo, C:\firmware.had .

Clique em Apply para completar o upgrade da firmware.

24

Tools > Config Esta tela lhe permite fazer o backup e restaurar arquivos de configuração.

Tools > Config

Esta tela lhe permite fazer o backup e restaurar arquivos de configuração. Clique em Backup para salvar um arquivo de configuração. Clique em Upload para iniciar o uploas do arquivo de configuração que você localizou utilizando o botão Browse

que você localizou utilizando o botão Browse Tools > Save & Reboot Esta tela lhe permite

Tools > Save & Reboot

Esta tela lhe permite que você salve e reset o ATA. Clique em Reboot

o botão Browse Tools > Save & Reboot Esta tela lhe permite que você salve e

25

Status > Device Info Esta página mostra a informação atual do DVG-2001S. WAN MAC Address

Status > Device Info

Esta página mostra a informação atual do DVG-2001S.

Info Esta página mostra a informação atual do DVG-2001S. WAN MAC Address : MAC address do

WAN

MAC Address: MAC address do DVG-2001S

IP Address: WAN/Public IP Address

Subnet Mask: WAN/Public Subnet Mask

Default Gateway: WAN/Public Gateway IP Address

Status > Stats

O ATA mantém um relatório constante dos eventos e atividades que estão ocorrendo no dispositivo. Se ele for resetado, os relatórios são automaticamente apagados. Você pode salvar esses arquivos abaixo em Log Settings.

26

A tela acima mostra as estatísticas de trafego. Aqui você pode vizualizar a quantidade de
A tela acima mostra as estatísticas de trafego. Aqui você pode vizualizar a quantidade de

A tela acima mostra as estatísticas de trafego. Aqui você pode vizualizar a quantidade de pacotes que passam pelo DVG-2001S na porta WAN. O contador de tráfego irá resetar se o dispositivo for resetado, ou pode ser resetado clicando em Reset. Para atualizar com estatísticas recentes clique em Refresh.

27

Status > Cable Tester O ATA lhe possibilita realiz um teste de Ping ao digitar

Status > Cable Tester

Status > Cable Tester O ATA lhe possibilita realiz um teste de Ping ao digitar o

O ATA lhe possibilita realiz um teste de Ping ao digitar o endereço IP no campo acima e clicando no botão de teste.

28

Help A aba Help lhe fornecerá a informação básica referente às várias telas do ATA.

Help

Help A aba Help lhe fornecerá a informação básica referente às várias telas do ATA. Para

A aba Help lhe fornecerá a informação básica referente às várias telas do ATA. Para ver uma seção específica, clique no hiperlink correspondente. Uma nova janela aparecerá.

29

Especificações Técnicas Normas l IEEE 802.3 l IEEE 802.3u Dispositivo de gerenciamento ● Baseado na

Especificações Técnicas

Normas

l

IEEE 802.3

l

IEEE 802.3u

Dispositivo de gerenciamento

Baseado na Web, pode usar Internet Explorer versão 6 ou superior, Netscape Navigator versão 6 ou superior, ou navegadores baseados em Java.

Cliente DHCP

Auto-provisioning

Telnet

Cliente TFTP

Performance monitorando o uso de estatísticas DSP/Ethernet

Temperatura de Operação

l 0ºC a 55ºC

Umidade

l máximo de 95% (sem condensação)

Segurança e emissões

FCC part15

LEDs

Power

LAN

Phone

Entrada de energia

l

Fonte de alimentação 12V, 1.25A

l

Peso: 0.3kg

30

Dimensões Físicas ● L = 82.46 mm ● W = 90 mm ● A =

Dimensões Físicas

L = 82.46 mm

W = 90 mm

A = 31 mm

Segurança

Administração da Autenticação do Usuário – Controle do nome de usuário e senha (Username/Password) para Telnet e configuração da Web

Autenticação SIP

Segurança usando autenticação e criptografia HTTPS e SSL/TLS

VoIP NAT Traversal – SIP/STUN

Miscellaneous

PPPoE (RFC 2516)

Entrada de Energia Fonte de Alimentação DC 12V, 1.2A

Peso

0.1225kg

Garantia

Um ano

Capacidade da telefonia

Call Control Protocol – SIP (RFC 3261)

CODEC – G.711 (A-law and U-law), G.723.1, G.726, and G.729A Echo Cancellation – G.168

DTMF Relay – G.711 (in band)

Capacidade para FAX

31

Perguntas Frequentes Quando você digita o endereço de IP do DVG-2001S (10.1.1.1), você não está

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Quando você digita o endereço de IP do DVG-2001S (10.1.1.1), você não está se

Quando você digita o endereço de IP do DVG-2001S (10.1.1.1), você não está se conectando à Internet ou precisa estar conectado. O dispositivo possui essa utilidade embutida em um chip ROM nele mesmo. No entanto, seu computador precisa estar no mesma subrede de IP para acessar a página.

Para solucionar dificuldades ao acessar a página de configuração, siga os passos abaixo:

Passo 1 Verifique a conexão física olhando se o aparelho está com a luz link fixa. Se você não ve uma luz fixa, tente usar um cabo diferente ou conecte a uma outra porta do dispositivo se possível. Se o computador está desligado, a luz link talvez não esteja acesa.

Que tipo de cabo eu devo usar?

As conexões abaixo necessitão de um cabo Crossover:

Computador - Computador Computador - Porta Uplink Computador - Access Point Computador - Print Server Computador/XBOX/PS2 - DWL-810 Computador/XBOX/PS2 - DWL-900AP+ Porta Uplink - Porta Uplink (hub/switch) Porta Normal - Porta Normal (hub/switch)

32

As conexões abaixo necessitam de um cabo Direto: Computador - Gateway/Router Residencial Computador - Porta

As conexões abaixo necessitam de um cabo Direto:

Computador - Gateway/Router Residencial Computador - Porta Normal (hub/switch) Access Point - Porta Normal (hub/switch) Print Server - Porta Normal (hub/switch) Uplink Port - Porta Normal (hub/switch)

Se houver uma luz link o cabo está correto.

Qual a diferença entre um cabo Direto e um cabo Crossover?

A fiação do cabo Direto e do cabo Crossover é diferente. Ambos tem diferentes propósitos para diferentes configurações de LAN. EIA/TIA 568A/568B define a fiação padrão e permite dois códigos de cores diferentes como mostrado na figura ao lado. * Os fios com fundo colorido podem ter listras brancas podem ser demonstrados dessa maneira em outras figuras.

podem ser demonstrados dessa maneira em outras figuras. Como distinguir um cabo Direto de um cabo

Como distinguir um cabo Direto de um cabo Crossover:

A principal forma de distinguir os ambos cabos é comparando a ordem dos fios no final do cabo. Se a fiação for a mesma nos dois lados é um cabo Direto. Se um lado tiver a fiação oposta, é um cabo Crossover

Tudo o que você precisa lembrar para configurar corretamente os cabos é a ordem do final dos dois cabos e a seguinte regra: Um cabo Direto tem final identico, o cabo Crossvover tem final diferente,

Não faz diferença qual padrão você segue para os finais de cabos Diretos, contanto que os dois finais sejam os mesmo. Um cabo Crossover pode começar com qualquer um dos padrões acima, contando que o outro lado seja da outra forma. Não faz diferença qual dos lados. A ordem que você coloca os cabos é importante. Usar um padrão diferente do que é especificado na figura acima pode levar a problemas de conexão.

33

Quando utilizar um cabo Crossover ou um cabo Direto : Computador com Computador - Crossover

Quando utilizar um cabo Crossover ou um cabo Direto:

Computador com Computador - Crossover Computador com uma porta normal em um Hub/Switch – Direto Computador com uma porta uplink em um Hub/Switch – Crossover Porta uplink de um Hub/Switch com outra Porta uplink de um Hub/Switch – Crossover

Passo 2 Desabilite qualquer software de segurança da Internet. Software de Firewalls como Zone Alarm, Black Ice, Sygate, Norton Personal Firewall, etc. talvez bloqueiem o acesso à página de configuração. Cheque os arquivos de ajuda incluidos no seu software de Firewall para mais informações de como desbilitá-lo ou configurá-lo.

Passo 3 Configure suas configurações de Internet. Clique em Iniciar>Configurações>Painel de Controle. Clique duplo no íncone de Opções de Internet. Da aba de Securança, clique em no botão para voltar às configurações iniciais.

Clique na aba Conexões e selecione a opção de Nunca Discar uma Conexão. Clique em LAN Settings.

de Nunca Discar uma Conexão. Clique em LAN Settings. Nada deve estar ticado. Clique em OK.

Nada deve estar ticado. Clique em OK.

Vá para a aba Avançado e clique no botão para voltar às configurações iniciais.

Clique em OK. Vá para seu desktop e feche qualquer janela que esteja aberta.

34

Passo 4 Confira seu endereço IP. Seu computador precisa ter um endereço IP no mesmo

Passo 4 Confira seu endereço IP. Seu computador precisa ter um endereço IP no mesmo range do dispositvo que voce está tentando configurar. A maioria dos equipamentos D-Link utilizam ou o range 10.0.0.1 ou 192.168.0.X.

Como posso encontrar meu endereço IP no Windows 95, 98, or ME?

Passo1

Clique em Iniciar e então em Executar.

Passo 2 Uma nova janela para escrever o que executar irá aparecer. Digite winipcfg nessa janela e clique em OK.

irá aparecer. Digite winipcfg nessa janela e clique em OK. Passo 3 TA janela de configuração

Passo 3 TA janela de configuração de IP irá aparecer, mostrando informações do seu adaptador de Ethernet.

Selecione seu aptador no menu.

Se você não consegue vizualizar seu adaptador no menu, seu adaptador não está propriamente instalado.

no menu. ● Se você não consegue vizualizar seu adaptador no menu, seu adaptador não está

35

Passo 4 Depois de selecionar seu adaptador, irá aparecer seu endereço de IP, máscara de

Passo 4 Depois de selecionar seu adaptador, irá aparecer seu endereço de IP, máscara de subrede e default gateway.

Passo 5 Clique em OK para fechar a janela de Configuração de IP.

Clique em OK para fechar a janela de Configuração de IP. Como posso encontrar meu endereço

Como posso encontrar meu endereço IP no Windows 2000/XP?

Passo 1 Clique em Iniciar e em seguida em executar.

Passo 2 Digite “cmd” e clique em OK.

IP no Windows 2000/XP? Passo 1 Clique em Iniciar e em seguida em executar. Passo 2

36

Passo 3 No Prompt de Comando digite “ipconfig”. Irá aparecer seu endereço de IP, máscara

Passo 3 No Prompt de Comando digite “ipconfig”. Irá aparecer seu endereço de IP, máscara de subrede e default gateway

Passo 4 Digite “exit” para fechar o Prompt de Comando.

Passo 4 (continuação) Confira seu endereço IP. Seu computador precisa ter um endereço IP no mesmo range do dispositvo que voce está tentando configurar. A maioria dos equipamentos D-Link utilizam ou o range 10.0.0.1 ou 192.168.0.X. Certifique-se de anotar seu Gateway IP address inicial. O Gateway Default é o endereço de IP de seu ATA. De fárica inicialmente é 10.1.1.1.

Como atribuir um endereço de IP estático no Windows XP?

Passo 1 Clique em Iniciar > Painel de Controle > Conexões de Rede e Internet > Conexões de Rede.

Passo 2 Veja o Passo 2 para Windows 2000 e continue a partir de lá.

Como atribuir um endereço de IP estático

no Windows 2000?

Passo 1 Clique com o botão direto do mouse em Meus Locais de Rede e clique em Propriedades.

Passo 2

Clique

com

o

botão

direito

em

Conexão

Local

e

clique

em

Propriedades

Selecione a opção Internet Protocol (TCP/ IP) e clique em Propriedades.

37

Local e clique em Propriedades Selecione a opção Internet Protocol (TCP/ IP) e clique em Propriedades.
Clique em “Usar o seguinte endereço IP” e digite o endereço IP que esteja na

Clique em “Usar o seguinte endereço IP” e digite o endereço IP que esteja na mesma sub-rede que o IP de LAN de seu ATA. Exemplo: Se o endereço de IP de LAN do ATA é 10.1.1.1, coloque seu endereço de IP como 10.X.X.X onde X=2-254. Certifique-se de que o número que voce escolher não está sendo usado na rede.

o número que voce escolher não está sendo usado na rede. Defina o Default Gateway para

Defina o Default Gateway para ser o mesmo endereço de IP de LAN de seu ATA (10.1.1.1).

Defina que o DNS primário seja o mesmo que o endereço de IP de LAN de seu ATA (10.1.1.1).

O DNS Secundário

necessário, ou digite um DNS de seu provedor de Internet. Clique duas vezes em OK. Você pode ser questionado se quer reiniciar seu

computador. Clique em Sim.

é

não

Internet. Clique duas vezes em OK. Você pode ser questionado se quer reiniciar seu computador. Clique

38

Como atribuir um endereço de IP estático no Windows 98/Me? Passo 1 FA partir de

Como atribuir um endereço de IP estático no Windows 98/Me?

Passo 1 FA partir de seu desktop, clique com o botão direito no icone Networ Neighborhood (Win ME -Meus Locais de Rede) e clique em Propriedades. Selecione TCP/IP e clique em Propriedades. Se você possui mais de um adaptador, então haverá um TCP/IP para cada adaptador. Selecione TCP/IP > (seu adaptador de rede) e clique em Propriedades.

Passo 2 Clique em Especificar um endereço IP. Digite o endereço IP que esteja na mesma sub- rede que o IP de LAN de seu ATA. Exemplo: Se o endereço de IP de LAN do ATA é 10.1.1.1, coloque seu endereço de IP como 10.X.X.X onde X=2-254. Certifique-se de que o número que voce escolher não está sendo usado na rede.

Passo 3 Clique na aba Gateway. Sigite o endereço IP de LAN de seu ATA

(10.1.1.1).

Clique em Add.

Passo 4 Clique na aba de Configuração do DNS. Clique em Enable DNS. Digite um Host (pode ser qualquer palavra). Embaixo de DNS server search order, digite o endereço IP de LAN do ATA (10.1.1.1). Clique em Add.

Passo 5 Clique em OK duas vezes. Quando for pedido para reiniciar seu computador clique em Yes. Depois de reiniciar seu computador, ele terá um novo endereço de IP privado e estático.

39

computador clique em Yes. Depois de reiniciar seu computador, ele terá um novo endereço de IP

Passo 5

Passo 5 Acesse a página de configuração. Abra seu navegador de Interner e digite o endereço

Acesse a página de configuração. Abra seu navegador de Interner e digite o endereço IP do seu equipamento D-Link na barra de endereços. Isso deve abrir a página para colocar usuário e senha. Siga as intruções para fazer o login e complete a configuração.

intruções para fazer o login e complete a configuração. Passo 1 Ciclo de energia do Cable

Passo 1 Ciclo de energia do Cable Modem e do ATA:

Primeiramente desligue o Cable Modem. Desligue o ATA, deixando-o desligado por dois minutos. Ligue antes o Cable Modem. Espere a luz do Cable Modem ficarem fixas. Ligue o ATA. Espere 30 segundos. Obs.: Se você possui um modem Motorola (Surf Board), deixo desligado por pelo menos 5 minutos.

Passo 2 Siga o passo 1 novamente e entre na página de configuração do equipamento. Clique na aba Status e clique em Device Info.

Static Cable Connection

Passo 3 Entre na página de configuração do ATA digitando o endereço IP do mesmo (incial:10.1.1.1) no seu navegador de Internet. O nome de usuário (username) é “admin” (letras minúsculas) e a senha (password) é “admin” (letras minúsculas).

40

Passo 4 Clique na aba Home e clique em WAN. Selecione Static IP Address e

Passo 4 Clique na aba Home

e clique em WAN.

Selecione Static IP Address e digite suas configurações estáticas obtidas do seu provedor de Internet nos devidos campos. Se você não sabe essas configurações,

contate seu provedor

de Internet.

Passo 5 Clique em Apply e então clique em

Continue para salvar

as alterações.

Passo 6

clique em Continue para salvar as alterações. Passo 6 Clique na aba Status e clique em

Clique na aba Status e clique em Device Info. Sua informação de endereço

IP aparecerá embaixo de WAN.

41

Certifique-se que voce desabilitou ou desinstalou qualquer software de PPPoE como WinPoet ou Enternet 300
Certifique-se que voce desabilitou ou desinstalou qualquer software de PPPoE como WinPoet ou Enternet 300

Certifique-se que voce desabilitou ou desinstalou qualquer software de PPPoE como WinPoet ou Enternet 300 de seu computador ou você não conseguirá se conectar à Internet.

Passo 1 Faça o upgrade de Firmware se necessário. (Por favor entre no site de suporte técnico da D-Link para fazer o upgrade da Firmware mais recente: www.dlink.com.br/suporte)

Passo 2 Pegue um palito de dente ou clips e faça o reset físico do equipamento. Com o ATA ligado, pressione o botão de reset que se localiza atrás do equipamento por 10 segundos. Solte-o e o ATA irá ficar com as luzes piscando e depois se estabilizarão.

Passo 3 Depois que o ATA se estabilizar, abra o navegador de Internet e digite 10.1.1.1 na barra de endereços e digite Enter. Quando aparecer a tela de identificação, digite o nome de usuário (username) “admin” e deixe o campo “password” em branco. Clique em OK. Se a tela de identificação não aparecer, execute o Passo 2 novamente.

Nota: Não iniciar o assitente de configuração (Wizard).

Passo 4 Clique em WAN ao lado esquerdo da tela Home WAN screen. Selecione PPPoE.

42

Passo 5 No nome de usuário (username) digite o email de seu provedor de Internet.

Passo 5 No nome de usuário (username) digite o email de seu provedor de Internet. Abaixo digite sua senha.

Nota: Se você estiver com problemas para acessar certos websites, por favor configure a opção MTU para um número mais baixo, como 1472, 1452, etc. Contate seu provedor de Internet para mais informações e para a MTU apropriada para sua conexão.

Passo 6 Clique em Apply. Quando abrir uma nova janela, clique em Continue. Assim que a tela se atualizar, retire o ATA da alimentação elétrica.

Passo 7 Desligue seu modem DSL por 2 a 3 minutos. Ligue-o de volta. Quando o modem tiver estabelecido uma conexão com seu provedor de Internet, ligue-o de volta ao ATA. Espere por volta de 30 segundos e entre novamente na página de configuração de seu ATA.

Passo 8 Clique na aba Status de sua página de configuração onde voce pode ver as informações do dispositivo. Você deve ver agora que nas informações do dispositivo aparece um endereço IP, verificando que o dispositivo se conectou a um servidor e foi atribuido um endereço IP.

43

*Para confi g urações específicas, acesse também o site http://www.dlink.com.br/suporte ou entre em contato

*Para configurações específicas, acesse também o site http://www.dlink.com.br/suporte ou entre em contato conosco pelo nosso Chat.

ou entre em contato conosco pelo nosso Chat. Clique aqui e fale agora com um de

Suporte via E-mail: suporte@dlink.com.br

Horário de atendimento:

De Segunda à Sexta-feria, das 9:00 às 21:00h, e aos Sábados, das 09:00 às 15:00h.

São Paulo: (11) 2755-6950

44