Você está na página 1de 19

FACULDADE DE ARQUITECTURA E PLANEAMENTO FÍSICO

Cadeira: Historia de Arquitectura II 2º semestre 2º ano

Docente:
Shabir Bhikha
ARQUITECTURA HIGH-TECH
Discentes: RENZO PIANO
Inocêncio Monteiro
Ivandro Matsinhe

Maputo, Dezembro de 2021


ESTRUTURA DO TRABALHO

INTRODUÇÃO
BIOGRAFIA E CARREIRA
DO RENZO PIANO
SURGIMENTO
CARACTERÍSTICAS DA
PERIODIZAÇÃO ARQUITECTURA

CARACTERÍSTICAS GERAIS PRINCIPAIS OBRAS

ARQUITECTURA High-Tech CONCLUSÃO

PRINCIPAIS PERCURSORES DO BIBLIOGRAFIA


MOVIMENTO
INTRODUÇÃO

O presente trabalho fala


sobre um estilo de
arquitectura produzida
nos anos 70, que consiste
no uso de materiais de
alta tecnologia para a
construção de grandes
obras e propõe algumas
mudanças referentes ao
que vinha sendo
praticado até então na
arquitectura moderna.
SURGIMENTO

Por volta dos anos 70, o mundo já havia se recuperado


economicamente dos impactos causados pela 2ª Guerra Mundial.
Enquanto os países da Europa e os EUA começavam sua expansão
tecnológica, alguns arquitectos começaram a enxergar a
necessidade tecnológica, de expressar esse momento em grandes
edifícios.
A partir daí, surgiu a arquitectura high-tech, que hoje é sinónimo de
devolução e sustentabilidade.
O termo High-Tech é a abreviatura de high technology. Essa
corrente da arquitectura surgiu a partir dos anos 70 e consiste no
uso de materiais de arquitectura de alta tecnologia para a
construção de grandes obras.
PERIODIZAÇÃO

Entre 1971 e 1977 – O primeiro


edifício da arquitectura High-Tech

CENTRAL GEORGES POMPIDOU


CARACTERÍSTICAS GERAIS

Uso de tecnologias para ajudar nas tarefas;

Sustentabilidade;

Materiais industriais;

Funcionalidade;

Complexidade.
ARQUITECTURA HIGH-TECH

A arquitectura High-Tech traz a visão ou faz referência máquina e de


como ela pode ajudar a vida a ser mais funcional. Ela se constituiu em
uma utilização de métodos, figuras, tecnologia e materiais da arquitectura
e engenharia industriais em programas comerciais e residenciais
urbanos. Caracteriza-se pela exposição dos sistemas técnicos (eléctricos,
hidráulicos, climatização, circulação), uso intenso de cores vivas e
acabamentos metálicos, vedações com painéis industrializados e vidro,
nunca com processos tradicionais de alvenaria, por exemplo, grandes
vãos e estruturas tencionadas. Esta exposição dos sistemas técnicos foi
chamada de poética do intestiníssimo. A arquitectura High-Tech propõe-
se a oferecer ao usuário, em vez de espaços tradicionais, possíveis de
receber conotações afectivas, espaços de máxima eficiência, jamais
perturbados por elementos estruturais ou blocos de circulação e serviços.
ARQUITECTURA HIGH-TECH

Escadas em cores vivas, metal


aparente e vidros: marcas do estilo
em grande presença.
PRINCIPAIS PERCURSORES DO MOVIMENTO

Os principais percursores desse movimento são os arquitectos Renzo


Piano, Norman Foster e Richard Rogers. Renzo Piano e Rogers foram os
primeiros a trazer essa proposta como primeiro monumento, por assim
dizer, da arquitectura Hight-Tech, o Centro Georges Pompidou. O
complexo na França traz o Museu Nacional de Arte Moderna, a Biblioteca
Pública e um centro para música e pesquisas no conjunto de alta
tecnologia.

RENZO PIANO NORMAN FOSTER RICHARD ROGERS


BIOGRAFIA E CARREIRA DO RENZO PIANO

(14 de Setembro de 1937 – 83anos)


Partidário da Arquitectura High-Tech, nasceu em Gênova, na
Itália. Sendo de uma família tradicional de construtores,
Renzo Piano optou pela arquitectura, indo estudar na Escola
de Arquitectura do Instituto Politécnico de Milão. Após a
graduação, em 1964, continuou estudando arquitectura por
meio de viagens pela Grã-Bretanha e América, até 1970,
quando fundou seu primeiro escritório de arquitectura, com
Richard Rogers, o “Piano & Rogers” seu sócio no projecto do
Centro Pompidou em Paris. Mais tarde, em 1977 iniciou uma
nova parceria com Peter Rice, o “Piano & Rice”, escritório no
qual permaneceu até a morte de Rice, em 1993.
BIOGRAFIA E CARREIRA DO RENZO PIANO

Em 1981, paralelamente a sua parceria com Rice, Piano fundou seu próprio
escritório, o Renzo Piano Building Workshop, onde desenvolve seu trabalho até hoje.
Várias das obras de Renzo Piano se tornaram realidade apartir deste escritório. Renzo
Piano recebeu vários prémios durante a sua vida: Bússola de Ouro (1981); Medalha
de ouro RIBA (1989); Prémio Kyoto(1990); Neutral Prize(1991); Good will
Ambassador(1994); Prêmio Imperial(1995); Prêmio Erasmus(1995); Prêmio
Pritzker(1998); Medalha de Ouro UIA(2002); Medalha de Ouro AIA(2008).
Actualmente, Renzo Piano é Senador Vitalício na Itália por nomeação Presidencial
desde 2013.
CARACTERÍSTICAS DA ARQUITECTURA

Segundo Renzo Piano, sua única constante é: “a ideia de fazer um edifício


voar – criando algo com a gravidade zero”. Ele não possui um diferencial
ou um traço característico em sua obra. Cada projecto possui
características únicas, inovadoras e surpreendentes. A sua oposição o
comum, e a busca por soluções estruturais inovadoras aliadas ao uso de
tecnologias existentes fazem parte do trabalho de Piano. É comum a
utilização de materiais como o vidro, iluminação, metal e traços retos –
inclusive apontados como obras de arquitectura high-tech. Entretanto,
também explora características conservadoras e esta condição faz dele
um exemplo de pluralidade. Apesar de algumas características peculiares,
pode-se dizer que Piano se manifesta mais por um não estilo do que por
um estilo pré-definido.
PRINCIPAIS OBRAS

Centro Georges Pompidou


(Paris, França) – Inaugurado
em 1977, marcou o início da
arquitectura High-Tech.
Caracteriza-se pela exposição
dos sistemas técnicos, uso
intenso de cores vivas e
acabamentos metálicos,
vedações com painéis
industrializados e vidro,
nunca com processos
tradicionais de alvenaria.
PRINCIPAIS OBRAS

Kansai International
airport (Osaka, Japão) –
Inaugurado em 1994, é o
principal aeroporto
internacional na área de
Grande Osaka com 1.7km
de comprimento e 42
portões de embarque,
projectado com estrutura
leve para albergar 100.000
passageiros por dia e para
aguentar os terremotos
que ocasionalmente
afectam a região.
PRINCIPAIS OBRAS

Shard London Bridge


(Londres, Reino Unido) –
Inaugurado em 2012 ,é um
arranha-céu neo-futurista em
forma de pirâmide com
310m de altura e 87 andares.
É o edifício mais alto da
Europa Ocidental.
PRINCIPAIS OBRAS

Centro Cultural Jean-Marie


Tjibaou (Nouméa, Nova
Caledônia) – Inaugurado em
1998, é considerada uma das
pioneiras da arquitectura
sustentável.
PRINCIPAIS OBRAS

Estádio San Nicola (Bari,


Itália) – Inaugurado em 1990,
é um estádio de futebol
conhecido por receber a Copa
Do Mundo de 1990 e
considerado 4 estrelas pela
UEFA. Tem capacidade para
58.720 torcedores e a sua
arquibancada superior é
dividida em 26 secções
independentes, com espaços
vazios entre elas, que
permitem isolar partes do
estádio facilmente.
CONCLUSÃO

A arquitectura High-Tech ela vem como um modernismo tardio, e comum


a visão diferente do modernismo convencional fazendo o uso da
“revolução tecnológica” para se expressar e trazendo a ideia do uso da
tecnologia como da industrialização na vida cotidiana do ser humano,
desde a urbanização ate na construção das próprias edificações, em
suma tirando o máximo partido das novas tecnologias.
BIBLIOGRAFIA

CONTENTOOLS, Douglas. Arquitectura High-Tech, archtrends, 2020. Disponível em:


https://www.google.com/amp/s/archtrends.com/blog/arquitetura-high-tech-o-que-
e-como-e-como-ela-altera-maneira-de-interagirmos-com-as-cidades/amp/

COLIN, Silvio. High-Tech um maneirismo do século X. Coisas de


arquitectura, 2013. Disponível em:
https://coisasdaarquitetura.wordpress.com/2013/02/23/high-tech/

Você também pode gostar