Você está na página 1de 209

MU 9020.

ai 05/06/2008 10:38:45

n
the team to trust manual do utilizador

a it o
o r m
f
C

ni
M

CM

MJ

r
CJ

CMJ

A35255-B
France
F o
9, rue Gaspard Monge B.P. 110
26501 Bourg-lès-Valence Cedex

Tél. : +33 (0) 4 75 75 55 00


Fax : +33 (0) 4 75 82 98 10

150 Congress Street


Keene, NH 03431
United States of America
Tel.: +1 800-258-5356
www.markem-imaje.com Fax: +1 603-357-1835
Índice

Geral 11
■ Introdução 13
■ Actualização 13
■ Utilização do manual 13
■ Certificação e homologações 13

n
■ Contactos

it o
14
Responsabilidade 15
Saúde / Higiene 15

a
Prevenção contra incêndios 15
Meio-ambiente 16

m
Instalação 16

r
Utilização 16

o
Conservação 16

f
Manutenção - Reparação 16

in
■ Reciclagem 17

o r
Apresentação da impressora 19

F
■ Apresentação do conjunto 21
■ Apresentação detalhada 22
Compartimento electrónico e conexões das ligações externas 23
■ O módulo de impressão 23
■ O módulo de impressão 24
■ Kit de pressurização da cabeça e kit de filtragem do ar 26

A35255-B.doc
3/212
Índice

Descrição da interface do operador 27


■ Descrição da interface do operador 29
Teclado 29
Indicadores luminosos 33
Ecrã 34
■ Navegar nos menus 36

n
Utilizar o centro de ícones 36

it o
Utilizar os menus 38
Ajuda de navegação 39

a
Apresentação do conjunto de menus 41
Descrição dos principais menus 42

r m
Utilização da impressora 45

f o
■ Arranque da impressora 47

in
Arranque quotidiano 47
Arranque após uma paragem longa 48

r
■ Paragem da impressora 49

o
Paragem quotidiana 49

F
Paragem compreendida entre 10 dias a 3 semanas 50
Paragem longa 50
■ Accionar/Parar o(s) jacto(s) 51
Accionar o(s) jacto(s) 51
Parar o(s) jacto(s) 51
■ Inicializar/Configurar a impressora 52
Seleccionar o idioma de diálogo 52
Inicializar a data e a hora 52
Configurar os parâmetros da tinta 54
Configurar os parâmetros da cabeça de impressão 55
Configurar a ligação de comunicação em série 56
Bloquear o acesso 57
■ Visualizar os parâmetros da impressora 58
Visualizar os parâmetros de funcionamento 58
Visualizar os parâmetros de programação 61

A35255-B.doc
4/212
Índice

■ Troca de dados 63
Ligar a placa PCMCIA/Compact Flash 63
Formatar a placa PCMCIA/Compact Flash 64
Troca de mensagens 64
Troca das fontes 65
Carregar um grupo de línguas 66

Edição de uma mensagem 67

it o n
■ Seleccionar uma mensagem 69
Seleccionar uma mensagem na biblioteca 69

a
Definir o modo de selecção das mensagens 70
■ Criar uma mensagem 71

m
■ Modificar uma mensagem 72

o r
Modificar a mensagem em produção 72

f
Modificar uma mensagem 72

in
■ Imprimir uma mensagem 73
Fazer um teste de impressão 73

r
■ Gerir mensagens 74

o
Guardar uma mensagem 74

F
Fechar uma mensagem 74
Transferir uma mensagem para impressão 75
Apagar uma mensagem 75
■ Definir os parâmetros de impressão 76
Definir os parâmetros de uma mensagem 76
Definir a resolução de impressão 80
■ Definir as características dos caracteres 81
Seleccionar uma fonte 81
Utilizar a tabulação 82
Dilatar um carácter 84
■ Utilizar a data e a hora 85
Parametrizar a data e a hora 85
Compor e inserir a data 86
Compor e inserir a hora 87

A35255-B.doc
5/212
Índice

■ Utilizar um contador 88
Parametrizar um contador 88
Inserir um contador 91
Visualizar e inicializar os contadores 92
■ Utilizar a caducidade 93
Parametrizar uma caducidade 93
Compor e inserir uma caducidade 95
■ Utilizar um turno de trabalho

n
96

it o
Definir os parâmetros de um turno de trabalho 96
Inserir um turno de trabalho 98
■ Utilizar a tabela de data automática 99

a
Parametrizar um elemento de data automática 99

m
Compor e inserir um elemento de data automática 101

r
■ Utilizar as variáveis externas 102

o
■ Utilizar um código de barras 103

f
Definir os parâmetros do código de barras 103

in
Compor e inserir o código de barras 106
Características dos códigos de barras 107

r
■ Utilizar os símbolos 112

o
Seleccionar um símbolo 112

F
Criar um símbolo 113
Guardar um símbolo 118
Fechar uma fonte 118
Apagar um símbolo ou uma fonte 118
Modificar um símbolo 119
Editar símbolos chineses 121
■ Exemplo de programação de mensagens 123

A35255-B.doc
6/212
Índice

Manutenção preventiva 131


■ Limpeza da cabeça 133
Limpeza da goteira 135
■ Trocar um cartucho de consumíveis 136
■ Accionar correctamente os jactos 138

it o n
Manutenção 141
■ Gerir a manutenção

a
143
Visualizar os dados de manutenção 143

m
Registar uma operação de manutenção 146

r
Parametrizar a manutenção preventiva 147

o
Exportar os dados de manutenção 147

f
■ Inibir os defeitos da tampa e de recuperação 148

in
■ Ajustar o(s) jacto(s) 149

r
Operação preliminar 149
Alinhar os jactos 149

o
Regular o ponto de fragmentação 150

F
■ Esvaziar/Lavar a impressora 152
Esvaziar parcialmente a impressora 152
Esvaziar totalmente a impressora 152
Lavar a impressora 153
■ Substituir os filtros 154
Substituir o filtro de entrada de ar 154
Substituir o filtro de saída de ar 156
■ Substituição do filtro de ar de pressurização 158
■ Testar as electroválvulas 159

A35255-B.doc
7/212
Índice

Alarmes e defeitos 161


■ Visualizar um defeito ou um alarme 163
Visualizar a lista de defeitos 164
Tabela recapitulativa dos defeitos e alarmes 165
■ Verificações preliminares 167

n
Aspecto exterior 167
Verificar os parâmetros de funcionamento 167

it o
■ Ajuda ao diagnóstico 168
Introdução 168

a
Exemplo de diagnóstico 168
Aquando da colocação da impressora em funcionamento 169

m
Durante o funcionamento da impressora 170

f o r
Especificações técnicas 175

in
Descrição física 177
Parâmetros de desempenho 177

r
As várias funções 178

o
Fontes de alimentação 178
Tintas 178

F
Índices de protecção 178
Limites de utilização 179
Condições de instalação 179
Cumprimento das normas 179
Acessórios usuais 180
Características 181
Lista de fontes 183
Lista de algoritmos 185
Dimensões totais 186

A35255-B.doc
8/212
Índice

Betriebsmittel 189
■ Definição 191
Etiquetagem 192
■ Os consumíveis e a aplicação 192
■ Os consumíveis e a impressora 193

n
Especificações de utilização de uma determinada tinta 193

it o
Consumos 193
■ Os consumíveis e a segurança 193

a
■ Os consumíveis, a garantia e a responsabilidade civil 194

r m
Ligações Entradas/Saídas 195

f o
■ Generalidades 197

in
■ Ligação 197
Localização das tomadas 198

r
Localização dos terminais da placa de interface industrial 199

o
■ Entradas 202

F
Entradas de sincronização e de controlo 202
Entradas de selecção de mensagem 204
Entradas de ligações de série 204
■ Saídas 205
Saídas de alarmes e defeitos 205
SYNCMESS: saída de sincronização da mensagem 208
ETAT: saída do estado de impressão 208
Saídas de ligações de série 208

A35255-B.doc
9/212
it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
10/212
Geral
it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
11/212
Geral

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
12/212
Geral

■ Introdução
Obrigado por ter optado por um produto Markem-Imaje para dar resposta às suas
necessidades de marcação e codificação.
Graças à sua arquitectura, esta impressora pode cobrir inúmeras configurações. Uma
concepção optimizada, um elevado desempenho dos arranques/paragens e uma
manutenção simplificada fazem com que esta impressora seja muito fácil de instalar,
utilizar e manter.

■ Actualização

n
As informações fornecidas neste documento podem não ser contratuais. A Markem-Imaje

it o
reserva-se o direito de modificar, sem aviso prévio, as características indicadas neste
documento, incluindo texto e ilustrações. O conteúdo deste documento não deve ser
copiado, na íntegra ou parcialmente, sem a autorização da Markem-Imaje.

a
■ Utilização do manual

r m
O caminho de acesso a uma função ou comando na estrutura dos menus, é representado

o
de acordo com o exemplo seguinte:

f
Para aceder à função Seleccionar mensagem:

in
■ A partir do menu principal
Edição Mensagem/Fonte/Tabulação

r
■ A partir do centro de ícones

F o (Acesso directo: activação do ícone F1 premindo a tecla

■ Certificação e homologações
)

O nosso empenho em satisfazer da melhor maneira as suas exigências traduz-se na


busca constante de qualidade. A certificação ISO 9001 versão 2000 relativa ao nosso
sistema de gestão das nossas instalações de fabrico em Bourg-lès-Valence, bem como
da maior parte das nossas filiais comerciais, demonstra claramente esse nosso
compromisso. Preocupada com o ambiente, a nossa empresa foi a primeira do ramo a
obter a certificação ISO 14001.

A35255-B.doc
13/212
Geral

Veja a placa de identificação da sua máquina e o certificado de conformidade fornecido


com a mesma. Na imagem que se segue, a placa é fornecida a título de exemplo e não
corresponde a uma máquina em particular.

it o n
r m a
■ Contactos

in f o
r
Para que possamos analisar as suas necessidades, queira contactar o seu representante

o
Markem-Imaje mais próximo.

F
Centro Empresarial Sintra / Estoril VI - Letra E
Estrada de ALBARRAQUE – 2710-090 Sintra - Portugal
Tel: 219 106 410 Fax: 219 106 420
Linha de Serviço e de apoio Cliente: 219 106 429
http://www.markem-imaje.pt

A35255-B.doc
14/212
Geral

Antes de qualquer intervenção, ler estas instruções e a ficha de dados de segurança (MSDS) dos consumíveis
pt utilizados.

Desligar a impressora na tomada antes de qualquer intervenção que exija a desmontagem ou a substituição de um
componente.

Responsabilidade

A Markem-Imaje não se responsabilizará em caso de desrespeito pelas instruções de segurança e, de um modo


geral, de desrespeito pelas regras de segurança elementares relativas à utilização e manutenção dos seus

n
materiais.

it o
Este equipamento encontra-se em conformidade com os regulamentos e normas de fabricação na data do seu fabrico.
Qualquer alteração ou intervenção implica a responsabilidade do seu autor relativamente às possíveis consequências.
Bem como qualquer utilização não conforme com as especificações da Markem-Imaje.

a
As impressoras Markem-Imaje obtiveram etiquetas de segurança que respondem às normas de segurança para uma
utilização em conformidade com as recomendações da Markem-Imaje.

m
Qualquer modificação realizada poderá pôr em causa a conformidade das impressoras com estas normas de segurança.

r
Consequentemente, a Markem-Imaje não poderá ser responsabilizada em caso de uma avaria ou danos que surjam como
consequência de uma alteração da utilização recomendada pela Markem-Imaje ou no caso de incidentes que ocorram como

o
consequência da utilização da impressora para outros fins que não aqueles para os quais foi concebida. Cabe unicamente
ao utilizador a responsabilidade de tomar as precauções necessárias associadas à utilização que dá à impressora.

in f
Saúde / Higiene

r
Ler atentamente a ficha dos dados de segurança (MSDS) dos consumíveis utilizados.

o
Para determinados consumíveis:
□ A utilização de lentes de contacto durante a manipulação destes consumíveis é formalmente interdita

F
□ Recomenda-se a utilização de luvas resistentes a tinta e óculos de protecção durante as operações de enchimento e
de limpeza.
Nível máximo da pressão acústica < a 60 dB A.

Prevenção contra incêndios

Respeitar rigorosamente as instruções da ficha dos dados de segurança (MSDS) dos consumíveis utilizados.
Para assegurar uma protecção permanente contra eventuais riscos de incêndio, utilize apenas as seguintes misturas de
tinta/solvente: ACETONA/ÁLCOOL/ÁGUA/ÉSTER.

Se a sua impressora utiliza tinta ou aditivo inflamáveis:

□ Nunca deixar recipientes com tinta, aditivo ou produtos utilizados para a limpeza da impressora nem panos
impregnados com tinta (mesmo que secos) perto da impressora.

□ Colocar um extintor de espuma, de CO2 ou de pó nas proximidades da impressora (distância máxima de 10 metros).
□ Nunca fumar junto da impressora. Colocar junto da mesma um aviso com a indicação "PROIBIDO FUMAR, TINTA
INFLAMÁVEL".

□ Certificar-se de que a impressora se mantém devidamente limpa uma vez que os sedimentos de tinta seca continuam
a ser extremamente inflamáveis.

□ Os recipientes de tinta, de aditivo e de solução de limpeza devem ser fechados e armazenados num local ventilado.

A35255-B.doc
15/212
Geral

Meio-ambiente

Temperatura de funcionamento: Nas séries S7 e S8: +5°C a +45°C (+41°F a +113°F)


Nas impressoras 9020-9030: +5°C a +40°C (+41°F a +104°F).
Humidade: 0 a 90 % HR sem condensação. A utilização de certas tintas pode limitar a variação da temperatura e da
humidade (ver a ficha de especificações de utilização da tinta).
Está proibida a utilização da impressora em atmosferas explosivas.

Instalação

n
A impressora deve ser instalada num local ventilado e afastado de fontes de calor, chamas ou faíscas.

it o
A impressora e as cabeças de impressão devem ser fixadas por dispositivos de fixação que garantam uma estabilidade perfeita
das mesmas.
A instalação da impressora na cadeia de produção não deve originar riscos para o pessoal.
O posto de trabalho do operador deve situar-se em frente à impressora.

a
A ligação da rede eléctrica monofásica com terra deve ser feita através do cabo fornecido com a impressora. A tomada
normalizada que abastece esse cabo deve estar facilmente acessível.

m
As instalações eléctrica e pneumática a montante da impressora, devem estar em conformidade com as normas em vigor.

r
Características eléctricas da impressora: consultar a placa sinalética da impressora, que se encontra junto da tomada da rede
eléctrica para as séries S7 e S8 ou no interior da porta, do lado dos consumíveis, para as impressoras 9020-9030.

o
Quando a impressora ou uma parte dela está fixa num suporte, este deve estar ligado à terra.

f
Ligar à terra as peças condutoras não referenciadas a um potencial e que estejam relacionadas com a impressora ou nas

in
imediações desta (armações metálicas, cárteres de protecção, etc. …).
Para a fixação dos acessórios Markem-Imaje, consulte as instruções de montagem do acessório fornecidas junto com o
mesmo.

r
Utilização

F o
A impressora foi concebida para marcar, sem contacto, por projecção de tinta. Qualquer outra utilização da impressora está
proibida e as eventuais consequências dessa utilização são da responsabilidade do seu autor.
Qualquer utilização de consumíveis (tinta, aditivo, produto de limpeza ou produto de manutenção) para além dos
consumíveis Markem-Imaje está proibida, e as eventuais consequências da sua utilização são da responsabilidade do seu
autor.
A utilização de um outro tipo de consumível Markem-Imaje, sem o acordo escrito da Markem-Imaje, está proibida, e as
eventuais consequências da sua utilização são da responsabilidade do seu autor.

Conservação

Quando a impressora contém consumíveis, não pode ser invertida e só pode ser deslocada verticalmente.
Esvaziar totalmente a impressora antes de a deslocar numa posição não vertical.

Manutenção - Reparação

Desligar a impressora da rede eléctrica antes de qualquer intervenção que necessite da remoção ou substituição de
componentes.
Utilizar as ferramentas próprias para qualquer intervenção nos circuitos eléctrico e hidráulico.
Após todas as intervenções de manutenção, esvaziar e limpar os recipientes utilizados e não deixar panos embebidos em
consumíveis na proximidade da impressora.

Recomenda-se que as intervenções sejam realizadas por pessoas que tenham feito a formação técnica
proposta pela Markem-Imaje.

A35255-B.doc
16/212
Geral

■ Reciclagem
O equipamento descrito de seguida é um equipamento industrial.
Como tal, o equipamento não pode ser reciclado nem revalorizado em pontos de
tratamento de resíduos domésticos, mas sim em pontos de tratamento especializados,
como indica a imagem que se segue.

it o n
a
Os pontos de tratamento citados a seguir permitem ter uma visão simples da
revalorização da máquina no fim da respectiva vida útil. Os pontos são fornecidos a título

m
indicativo.

r
Nos casos em que a desmontagem não seja realizada no local, estas informações devem
ser transmitidas ao prestador de serviços responsável por esta operação.

in f o
F o r

A35255-B.doc
17/212
Geral

Elementos reciclados Ponto de tratamento


1 Caixa em aço inox
Material 100% reciclável em todos os
pontos de tratamento metalúrgicos.

it o n
2 Recipientes dos consumíveis e circuitos de tintas
Este conjunto contém materiais plásticos,
metálicos, compostos impregnados com,

a
ou que contêm tinta.
Ponto de tratamento recomendado:

m
□ revalorização energética

r
3 Tubo de condução e cabeça de impressão

o
□ revalorização energética,

f
□ recuperação de material eléctrico,

in
□ recuperação de metais.
ATENÇÃO:
presença de uma placa electrónica (Cf. 4).

F o r
Placas electrónicas, ecrã e cabos eléctricos
□ recuperação e tratamento dos resíduos
electrónicos (computador, televisão,
etc.)

Os acumuladores e pilhas presentes no equipamento não contêm mercúrio, chumbo,


cádmio nem crómio VI. Quando estiverem gastos, devem ser tratados em pontos de
tratamento especializados.

Para obter mais informações, não hesite em contactar o seu representante Markem-
Imaje.

A35255-B.doc
18/212
Apresentação da
impressora it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
19/212
Apresentação da impressora

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
20/212
Apresentação da impressora

■ Apresentação do conjunto
Há dois tipos de impressora:
□ 9020, impressora com cabeça de impressão monojacto. Esta está equipada com um
canhão que permite a impressão de caracteres standard (cabeça G) (resolução de 2,8
pts/mm);
□ 9030, impressora com cabeça de impressão monojacto ou de dois jactos. Esta pode
estar equipada com canhões que permitam a impressão de caracteres standard
(cabeça G) (resolução de 2,8pts/mm) ou finos (cabeça M) (resolução de 4,5 pts/mm).
Os esquemas abaixo são uma apresentação do conjunto das impressoras para que seja

n
possível identificar os principais elementos, assim como o modo de fixação standard.

a it o
o r m
in f
1

F o r 2 6
5

4 3

1 Caixa
2 Interface do operador
3 Tubo de condução
4 Cabeça de impressão
5 Suporte de parede
6 Pontos de engate da caixa

A35255-B.doc
21/212
Apresentação da impressora

■ Apresentação detalhada

it o n
a
2b
2a

m
2

r
5a
5

o
5b

in f
F o r
4 3

1 Compartimento electrónico
2 Compartimento hidráulico (consumíveis)
2a Cartucho de tinta
2b Cartucho de aditivo
3 Interface do operador
4 Conexões das ligações externas
5 Módulo de impressão
5a Tubo de condução
5b Cabeça de impressão

A35255-B.doc
22/212
Apresentação da impressora

Compartimento electrónico e conexões das ligações externas

1 2

Compartimento electrónico

n
3

a it o
4

o r m
f
6
5

o r in
F
1 Placa de alimentação
2 Bloco da rede de alta tensão
3 Placa de interface industrial 7
4 12 15
Placa CPU
13 9 8
5 Placa de interface industrial 14 5 11 10
6 Filtro de alimentação
7 Ligação de ar da rede (azul)
8 condensador de solvente (amarelo)
9 Filtro de saída de ar
Conexões das ligações externas
10 Saída do tubo de condução
11 Saída do cabo de alimentação - Fusível
12 Ligação do tacómetro (codificador)( azul)
13 Ligação da célula (preto)
14 Ligação do alarme (amarelo)
15 Condensador de ar (preto)

A35255-B.doc
23/212
Apresentação da impressora

■ O módulo de impressão
O módulo de impressão é composto pelo tubo de condução e pela cabeça de impressão.
De acordo com o tipo de impressora, há várias cabeças de impressão disponíveis:
□ Cabeça mono jacto ou de dois jactos de tipo G (caracteres standard: 2,8 pts/mm).
□ Cabeça mono jacto ou de dois jactos de tipo M (caracteres finos: 4,5 pts/mm).
Isto permite a impressão de 1 a 8 linhas de caracteres de acordo com a cabeça e as
fontes utilizadas.
O tubo de condução está disponível com um comprimento de 3 metros. Existe a

n
possibilidade de três saídas:

it o
Tubo de
condução axial

a
Tubo de

m
condução

r
lateral Tubo de
esquerdo condução

o
lateral direito

in f
F o r
Independentemente da
saída proposta, o tubo de
condução pode ser
dobrado conforme se
demonstra na figura ao
lado.

A35255-B.doc
24/212
Apresentação da impressora

Independentemente do tipo de cabeça, a abertura e o fecho da tampa amovível devem


ser efectuados conforme indicado na figura abaixo.

Abertura e fecho da tampa da cabeça

Abertura Fecho da
da tampa tampa da

n
da cabeça cabeça

a it o
1

m
1 2

f o r
Cabeça com tampas retiradas

in
4

F o r 5

3
1 Tampa da cabeça
2
2 Tampa de protecção
3 Conjunto de modulação

1 4 Tubo de condução
5 Tampa traseira
6 Encaixe
6 7 Eléctrodo de carga
7 8 Eléctrodo de detecção
8 9 Colector de recuperação
9 10 Placas de deflexão
11 Goteira de recuperação
10

11

A35255-B.doc
25/212
Apresentação da impressora

■ Kit de pressurização da cabeça e kit de filtragem do ar


A impressora é sempre acompanhada pelo kit de pressurização para o modelo 9030 IP65
ou quando a tinta utilizada é de secagem lenta ou média.
É recomendável quando a impressora é utilizada em meios poeirentos ou húmidos.
A cota de ar seco conserva uma hidrometria constante na cabeça, a qual garante o bom
funcionamento da impressora e uma óptima qualidade de impressão.
É também utilizado um filtro para o ar ambiente, que permite o arrefecimento da máquina,
mas só na versão IP54.

it o n
r m a
in f o
o r
2 1

F
1 Kit de pressurização da cabeça
2 Filtro de ar

A35255-B.doc
26/212
Descrição da
interface do it o n
r m a
in f o
operador

F o r

A35255-B.doc
27/212
Descrição da interface do operador

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
28/212
Descrição da interface do operador

■ Descrição da interface do operador


Esta interface inclui um teclado, um ecrã e indicadores luminosos.

n
Y

a it o
Z

o r m
in f
Teclado

F o r
O teclado é constituído por teclas repartidas por várias zonas:
□ X: utilização
□ Y: navegação
□ Z: função e edição

Certas teclas facultam o acesso a vários caracteres: .

A35255-B.doc
29/212
Descrição da interface do operador

■ Teclas de utilização

Arranque/Paragem

Premindo esta tecla é possível fazer um ou vários teste(s) de


impressão.

n
Esta tecla permite visualizar os parâmetros da impressora.

it o
Permite ainda visualizar e confirmar os defeitos ou alarmes
assinalados pela impressora.

a
■ Teclas de navegação

o r m
Esta tecla permite validar uma opção, um menu e registar as

f
operações em curso.

in
Esta tecla permite:

r
□ voltar ao menu anterior;

o
□ a partir do menu principal, passar para o centro de ícones e
vice-versa;

F
□ sair da introdução de um valor ou da modificação dos
parâmetros, sem considerar os valores alterados.

Em Edição Mensagem, esta tecla permite inserir tabulações e


passar do modo carácter para o modo trama e vice-versa.
Esta tecla serve também para seleccionar ou para fazer
opções nas diferentes caixas de diálogo.

Estas setas de navegação são utilizadas para deslocação


numa caixa de diálogo e para deslocar o cursor.

A35255-B.doc
30/212
Descrição da interface do operador

■ Teclas de funções

As funções de F1 a F8 associadas às teclas de a só estão activas quando o


utilizador estiver no centro de ícones.
Ao premir estas teclas é possível aceder rapidamente a certas funções da impressora.
Para obter informações mais detalhadas, consulte o capítulo "Navegar nos menus".

■ Teclas de edição
Estas teclas incluem o alfabeto latino e a pontuação, caracteres especiais, os algarismos

n
e as seguintes teclas:

it o
Esta tecla permite eliminar o elemento (carácter, tabulação ou
variável) apontado pelo cursor em modo de eliminação.

a
Em modo de inserção, é o elemento à direita do cursor que é
eliminado.

m
Esta tecla permite validar uma opção, um menu e registar as

r
operações em curso.

in f o
r
Esta tecla permite escolher entre maiúsculas e minúsculas do

o
alfabeto latino. Em maiúscula, surge um pictograma na parte
inferior direita do ecrã: ⇑.

F
Esta tecla permite:
□ na edição da mensagem, voltar ao início da mensagem a
partir de qualquer posição;
□ obter o primeiro elemento de uma lista (exemplo: biblioteca,
fonte, etc.);
□ obter o primeiro campo de uma caixa de diálogo.

Premir estas teclas em simultâneo permite:


□ na edição da mensagem, ir para o fim da mensagem a partir
+ de qualquer posição.
□ obter o último elemento de uma lista (exemplo: biblioteca,
fonte, etc.);
□ obter o último campo de uma caixa de diálogo.

A35255-B.doc
31/212
Descrição da interface do operador

Em Edição Mensagem, esta tecla permite escolher o modo:


□ Inserção: o cursor fica na vertical e inserem-se
modificações na mensagem sem apagar o conteúdo.
Ex.: TE│ST
□ Eliminação: o cursor fica na horizontal e modifica-se o
conteúdo da mensagem, apagando os caracteres assinalados
pelo cursor.
Ex.: TEST

n
Premir esta tecla em simultâneo com uma que possua vários
caracteres, permite a inserção do carácter violeta da parte

it o
superior na mensagem.

Exemplo: + =ķ

m a
Estas teclas permitem a regulação do contraste do visor.

o r
+

in f
+

r
Esta tecla serve para inserir um espaço em branco na fonte

o
escolhida no modo Edição Mensagem.

F
Esta tecla serve também para validar/cancelar selecções ou
(barra de espaço)
opções nas várias caixas de diálogo que encontra durante a
utilização da impressora.

Premir esta tecla em simultâneo com uma que possua vários


caracteres, permite aceder ao carácter branco da parte
inferior.

Exemplo: + =ö

Esta tecla é utilizada em casos específicos, em simultâneo


com outras teclas.

A35255-B.doc
32/212
Descrição da interface do operador

Premir estas teclas em simultâneo permite a deslocação


página a página até ao fim da lista da biblioteca de
+ mensagens.

Premir estas teclas em simultâneo permite a deslocação


página a página até ao início da lista da biblioteca de
+ mensagens.

Premir continuamente esta tecla durante a edição em

n
minúsculas, permite escrever em maiúsculas e vice-versa.

it o
Indicadores luminosos

m a
Este indicador luminoso verde acende logo que a impressora seja

r
ligada.

in f o
Este indicador luminoso permite saber o estado do jacto:
□ indicador luminoso verde intermitente : jacto em funcionamento
não pronto ou com defeito;

r
□ indicador luminoso verde fixo : jacto pronto para

o
impressão;

F
□ indicador luminoso cor-de-laranja : jacto em impressão;
□ indicador luminoso apagado.

Este indicador luminoso vermelho:


□ fica intermitente para assinalar um alarme;
□ fica continuamente aceso para assinalar um defeito.

A35255-B.doc
33/212
Descrição da interface do operador

Ecrã

Apresenta-se sob a forma de um ecrã WYSIWYG gráfico de 240 X 128 pixels.


Este abrange diversas zonas:

■ Menus principais
Número da
mensagem

Título da
Nome do mensagem
menu

n
Estado do Zona de título

it o
circuito de tinta

Submenu

a
Zona de edição

m
Funções ou
comandos

o r
Zona de

f
descrição
Zona de ajuda

o r
■ Centro de ícones

in
F
Hora
Data

Zona de visualização
de ícones

A35255-B.doc
34/212
Descrição da interface do operador

 Zona de títulos
Nesta zona exibe-se:
□ O estado do circuito de tinta: ON, OFF, MAIN (manutenção), H/S (fora de serviço) ou,
por vezes, aquando de certas operações, a sucessão de sequências (ex.: n/15 para
uma inicialização).
□ O nome do menu onde se encontra (excepto para os idiomas ideográficos).
□ O título e o número da mensagem:
. em produção no menu Produção ou no centro de ícones;
. em edição no menu Edição Mensagem.

n
□ A data e a hora (apenas no centro de ícones).

it o
 Zona de edição (ou zona de trabalho)
Na parte superior desta zona, uma barra faz aparecer todos os sub menus disponíveis no

a
menu seleccionado. Esta barra está sempre visível. Aparece uma caixa de funções ou
comandos sob cada sub menu, assim que este é validado.

m
A opção e a validação de uma função ou comando são agora possíveis e a caixa

r
desaparece do ecrã a fim de deixar a zona de trabalho.

f o
NOTA - Quando aparecem em ponteado, os sub menus e as funções

in
não estão acessíveis.
- O sub menu e a função seleccionados aparecem a branco
em fundo azul.

o r
 Zona de descrição

F
Esta zona descreve a função ou comando assinalados. Não existe para os idiomas
ideográficos.

 Zona de ajuda
Esta zona descreve as operações a realizar.
Descreve também os elementos que compõem uma mensagem no menu Edição
Mensagem: Fonte, Data automática, Código de barras, tabulação, etc..
Exibe os pictogramas:

: maiúscula para o alfabeto latino.

: modo tabulação.

 Zona de visualização de ícones


Apenas para o centro de ícones.

A35255-B.doc
35/212
Descrição da interface do operador

■ Navegar nos menus


Utilizar o centro de ícones

O centro de ícones permite aceder rapidamente a certas funções da impressora. É

directamente acessível aquando do arranque da impressora ou premindo a tecla no


menu principal.

it o n
r m a
■ Activar um ícone

in f o
É possível activar um ícone através de um dos processos que se seguem:

r
□ premindo a tecla de função "F" correspondente ao número inscrito ao lado do

o
ícone

F
Exemplo: a activação do ícone efectua-se premindo a tecla F4: ;

□ posicionando-se sobre o ícone através das setas de navegação e validando

depois com a tecla .

Os ícones F6 e F7 podem diferir de aspecto em função do estado da impressora:


□ presença de um alarme ou de um defeito do consumível: ícone intermitente;
□ alteração do aspecto em função do nível dos cartuchos.

OBSERVAÇÃO Aquando do arranque, o ícone está seleccionado por


defeito.

A35255-B.doc
36/212
Descrição da interface do operador

■ Descrição dos ícones

Selecção de uma mensagem.


É um atalho para a função Produção/Mensagem/Selecção
mensagem.

Criação de uma nova mensagem.


É um atalho para a função
Edição Mensagem/Mensagem/Novo.

it o n
Modificação da mensagem em produção.

a
Acesso aos parâmetros da mensagem em produção.

r m
Visualização e inicialização dos contadores

f o
É um atalho para a
funçãoProdução/Mensagem/Display/inic contadores.

in
Indicador do nível do cartucho de tinta e apresentação da

r
referência da tinta. O aspecto do ícone muda em função do
nível (6 estados).

F o
Indicador do nível do cartucho de aditivo e apresentação da
referência do aditivo. O aspecto do ícone muda em função do
nível (6 estados).

Acesso às funções de manutenção da cabeça.


É um atalho para a funçãoProdução/Manut./Manutenção
jacto.

A35255-B.doc
37/212
Descrição da interface do operador

Utilizar os menus

it o n
a
O menu principal é o nível superior da estrutura. Está dividido em quatro menus
principais:

m
□ Produção

r
□ Edição da mensagem

o
□ Preparação impressora

f
□ Edição de símbolo

in
O menu fica acessível premindo a tecla a partir do centro de ícones. Se premir

r
novamente esta tecla poderá voltar ao centro de ícones.

F o

A35255-B.doc
38/212
Descrição da interface do operador

Ajuda de navegação

■ Passagem do centro de ícones para o menu

it o n
m a
■ Navegar nos menus

o r
Para seleccionar Para sair

in f (Centro de ícones)

F o r
■ Navegar nos sub menus

Para seleccionar Para sair

; Selecção de menus

A35255-B.doc
39/212
Descrição da interface do operador

■ Modificar um campo
Para seleccionar Para sair

; Selecção de
sub menus

X2

Para alterar

it o n
r m a
o
; ; ou

f
*

o r in
F
* Quando se trata de uma opção a assinalar, se premir a tecla o estado da opção é
alterado.

■ Navegar nas funções


Para seleccionar Para sair

A35255-B.doc
40/212
Descrição da interface do operador

Apresentação do conjunto de menus

Produção
Impressora Mensagem Estado Manut.
Arranque impr. Selecção mensagem (F1) Manutenção jacto (F8)
Paragem impr. Display/inic contadores Manutenção do CH
(F5)
Arranque jacto Teste das válvulas
Paragem jacto Manutenção Geral
Impressão manual Inibição de defeitos

n
Edição Mensagem

it o
Mensagem Fonte Variáveis Parâmetros
Novo (F2) Selec. fonte Contador Mensagem
Abrir Selec. símbolos Hora Contador

a
Guardar Dilatação Data Caducidade
Guardar como Tabulação Tabela data autom. Código de barras

m
Transf.p/impr. Código de barras Caducidade

r
Apagar Selecção PinYin Turno de trabalho

o
Fechar Externo

f
Preparação impressora

in
Inicialização Opções Códigos acesso

r
Mensagem Opções impressora
Impressora Totaliz.tempo operaç

o
Transferência da Pcmcia

F
Visualização
Alinham. jacto

Construção de símbolos
Símbolo Tamanho
Novo Tamanho dum símbolo
Abrir
Guardar
Guardar como
Apagar
Fechar

(Fn): estas funções são de acesso rápido a partir do centro de ícones.

NOTA As letras maiúsculas dos menus, sub menus e comandos


permitem um acesso directo. Por exemplo, "A" para Abrir.

A35255-B.doc
41/212
Descrição da interface do operador

Descrição dos principais menus

Produção: este menu contém todas as funções necessárias à utilização diária e à


manutenção da impressora.

Impressora: permite o arranque ou a paragem da impressora, bem como o


arranque ou paragem dos jactos. Permite também fazer um teste de impressão.
Mensagem: permite seleccionar mensagens, visualizar e inicializar os contadores
de mensagens.

n
Estado: serve para visualizar o estado da impressora e os respectivos parâmetros
de funcionamento em tempo real.

it o
Manut.: possui todas as funções para a manutenção da impressora.
Permite também obter informações sobre o histórico dos defeitos e das alterações
dos módulos e ainda sobre as versões de software.

r m a
Edição Mensagem: este menu contém todas as funções úteis para a criação, a

o
modificação e a parametrização das mensagens.

in f
Mensagem: faculta o acesso às funções de gestão da mensagem.
Fonte: contém todas as funções que permitem definir a forma e o tipo de

r
caracteres.

o
Variáveis: permite inserir elementos variáveis na mensagem.

F
Parâmetros: permite programar os parâmetros das variáveis e os parâmetros da
mensagem que adaptam a impressora à instalação no local de produção.

Preparação impressora: este menu contém todas as funções úteis para a inicialização
da impressora desde que é colocada em funcionamento pela primeira vez. Permite
visualizar certos parâmetros da impressora e programar códigos de acesso.

Inicialização: este sub menu permite configurar a impressora, desde os parâmetros


das mensagens, o idioma, a marcação de data e hora até o tipo de tinta. Permite
também a troca de dados graças à placa PCMCIA ou Compact Flash.
Opções: permite visualizar as funções disponíveis e a versão de software.
Códigos acesso: permite programar códigos de acesso para proteger o acesso a
alguns menus.

A35255-B.doc
42/212
Descrição da interface do operador

Construção de símbolos: este menu contém todas as funções e comandos úteis para a
criação e a modificação de símbolos, logótipos e desenhos.

Símbolo: faculta o acesso às funções de gestão dos símbolos.


Tamanho: faculta o acesso à função de modificação do tamanho dos símbolos.

n
OBSERVAÇÃO: o acesso a alguns menus pode estar protegido por um código

it o
de acesso. Para obter informações mais detalhadas, consulte
o capítulo "Inicializar/Configurar a impressora"

r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
43/212
it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
44/212
Utilização da
impressora it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
45/212
Utilização da impressora

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
46/212
Utilização da impressora

■ Arranque da impressora
Arranque quotidiano

A impressora está sob tensão, o indicador luminoso acende-se. O circuito de


tinta é parado mas o acesso aos menus permite realizar todas as operações de
programação. A impressora apresenta o centro de ícones.

Para arrancar, premir a tecla .

n
(ou seleccionar o comandoProdução/Impressora/Arranque impr.)

it o
Após a confirmação, a impressora arranca.
Aguardar cerca de 2 min. e 30 seg.. O estado da sequência de arranque é apresentado

a
na parte superior esquerda do ecrã (n/15).

o r m
in f
F o r
Quando a máquina está pronta, o indicador luminoso do jacto
fixo. ON surge na zona superior esquerda do ecrã

Para aceder ao menu principal, prima :


acende-se e fica

A35255-B.doc
47/212
Utilização da impressora

■ Arranque automático
O arranque pode efectuar-se automaticamente, assim que a impressora é colocada sob

tensão e sem que seja necessário premir a tecla , através do comando


Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/Inicialização automática

Arranque após uma paragem longa

Se a impressora tiver estado parada durante mais de três semanas, efectue os

n
procedimentos que se seguem.

it o
1. Retirar os tampões dos suportes dos tubos. Para obter informações mais detalhadas,
consulte o procedimento "Paragem longa".

a
2. Volte a colocar um cartucho de tinta e um cartucho de aditivo.

m
3. Se necessário, ligar o cabo de alimentação.

o r
4. Premindo , a impressora começa a funcionar.

in f
Após uma paragem longa, a fase de arranque demora cerca de 8 minutos.

F o r

A35255-B.doc
48/212
Utilização da impressora

■ Paragem da impressora
Paragem quotidiana

Premir a tecla e confirmar.


A paragem também se pode efectuar através da selecção e validação da função
Produção/Impressora/Paragem impr.
O estado da sequência de paragem é apresentado na parte superior esquerda do ecrã

n
(n/4).

it o
Após 2 minutos e 30 segundos, a impressora pára e a indicação OFF surge na zona
superior esquerda do ecrã

r m a
in f o
o r
A impressora permanece sob tensão, o circuito de tinta é parado mas o acesso aos
menus permite realizar todas as operações de programação.

A35255-B.doc
49/212
Utilização da impressora

Paragem compreendida entre 10 dias a 3 semanas

Limpar a goteira antes de desligar. Para informações mais detalhadas consultar o capitulo
"limpeza do cabeçal-limpar goteira"

Paragem longa

■ Paragem superior a 3 semanas.

it o n
1. Posicionar a cabeça no respectivo suporte de manutenção.
2. Efectuar uma limpeza da impressora:
Produção/Manut./Manutenção do CH/Limpeza do circuito hidráulico

a
O procedimento de limpeza é descrito no capítulo "Esvaziar/Limpar a impressora" da

m
secção Manutenção.

o r
3. Premir a tecla .

f
4. Aguardar a paragem da impressora e desligar a respectiva alimentação, retirando a

in
ficha.
5. Retirar os cartuchos de tinta e de aditivo.

r
6. Colocar os tampões (1) nos suportes dos tubos (2).

2 F o 1

ATENÇÃO Aquando de uma paragem de longa duração, efectuar uma


limpeza completa de dois em dois meses.

A35255-B.doc
50/212
Utilização da impressora

■ Accionar/Parar o(s) jacto(s)


Accionar o(s) jacto(s)

Produção/Impressora/Arranque jacto

/Arranque jacto (Produção/Manut./Manutenção jacto/Arranque jacto).

n
A selecção desta função permite o arranque dos jactos.

it o
Durante o arranque o indicador luminoso fica verde intermitente. Logo que os
jactos estejam a postos o indicador fica continuamente aceso.

a
LEMBRETE Durante o arranque da impressora os jactos arrancam
automaticamente.

o r m
f
Parar o(s) jacto(s)

in
Produção/Impressora/Paragem jacto

o r
/Paragem jacto (Produção/Manut./Manutenção jacto/Paragem jacto).

F
A selecção desta função permite parar os jactos.

Logo que os jactos estejam parados o indicador luminoso apaga-se.

A35255-B.doc
51/212
■ Inicializar/Configurar a impressora
Todas estas funções permitem inicializar a impressora aquando da primeira utilização ou
modificar a configuração durante a sua utilização.

Seleccionar o idioma de diálogo

Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Idioma
Uma caixa de diálogo permite seleccionar o idioma de utilização da Interface do

n
Operador.

it o
Inicializar a data e a hora

a
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Data hora

o r m
in f
F o r
Esta caixa de diálogo permite acertar a hora e a data da impressora.
□ Modo: trata-se do modo de visualização da hora – AM, PM ou 24.
□ Alteração: a hora de alteração da data comum a todas as caducidades pode ser
modificada ± 23 H 59 min.
A alteração aplica-se igualmente ao campo "Dia do ano" da função Edição
Mensagem/Variáveis/Data.
□ Calendário hijri: esta linha é válida quando a impressora está em
modo de calendário hijri.

NOTA Para obter informações mais detalhadas relativamente aos


elementos da data e da hora, consulte o capítulo "Utilizar a
data e a hora" da secção "Edição de uma mensagem"

A35255-B.doc
52/212
■ Utilizar o calendário hijri
Parametrização do calendário
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Ano & calendário hijri

it o n
Premir a tecla

r m a
e seleccionar o ano hijri. Premir a tecla para aceder ao ecrã de

o
parametrização:

in f
F o r
Com a ajuda das setas de navegação e da tecla , seleccionar os valores da data
para cada mês dos anos n e n+1 e, por fim, validar.

ATENÇÃO A data corrente deve estar, obrigatoriamente, compreendida


entre a data 01 do ano e a data 12 do ano n+1.

A35255-B.doc
53/212
Selecção do calendário
Edição Mensagem/Parâmetros/Mensagem/Calendário hijri
Assinalar esta função ⌧ para passar ao modo de calendário hijri. As datas e as
caducidades serão visualizadas e impressas segundo o calendário hijri. Caso contrário, a
impressora encontra-se em modo de calendário juliano.

Configurar os parâmetros da tinta

n
■ Tipo de tintas

it o
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Tipo de tintas

r m a
in f o
o r
Estes parâmetros são seleccionados aquando da instalação da impressora ou de
intervenções efectuadas por um técnico Markem-Imaje.

F
ATENÇÃO Não modificar os parâmetros, pois arrisca perturbar o bom
funcionamento da impressora.

■ Autocalibração
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Autocalibração
Uma vez que a impressora pode funcionar com diferentes tintas, em diferentes posições
ou locais, é necessário introduzir determinados parâmetros (tinta, desnível da cabeça,
etc.). Esta função "autocalibração" permite a validação desses parâmetros.

ATENÇÃO Esta função é utilizada unicamente pelo técnico da Markem-


Imaje aquando da instalação da impressora ou da intervenção
do serviço pós-venda.

A35255-B.doc
54/212
Configurar os parâmetros da cabeça de impressão

■ Desnível
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Desnível cabeçal
A caixa de diálogo permite programar o desnível real entre a cabeça (eixo da cabeça) e o
circuito de tinta (fundo da consola) no local de produção.
Este valor varia entre –1,5 m e 2 m, por incrementos de 0,5 m. O valor é negativo se a
cabeça estiver mais baixa do que a impressora e positivo se a cabeça estiver mais alta.

n
ATENÇÃO Considerar alterar o valor do desnível, se necessário, quando

it o
a cabeça estiver deslocada da respectiva posição de
funcionamento durante muito tempo.

m a
■ Distância cabeça/objecto

r
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Outros/Distância cab./obj

f o
A distância entre a cabeça/objecto (d) é de 10 ou 30 mm para uma cabeça G e 8 ou 20
mm para uma cabeça M.

in
Esta distância depende do tipo de cabeça e da velocidade máxima de impressão
(algoritmos). Pode consultar a lista de algoritmos na secção "Especificações técnicas".

F o r d

NOTA A distância física entre a cabeça/objecto deverá ser ajustada


em função da tinta utilizada em conformidade com as
indicações da ficha técnica da tinta.

A35255-B.doc
55/212
■ Especificidade cabeça M
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/Nível P.D.E (Cabeçal M)
Esta opção deve ser obrigatoriamente assinalada quando a impressora estiver equipada
com uma cabeça M com eléctrodo de detecção de fase plano.

Configurar a ligação de comunicação em série

Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Comunicação

it o n
r m a
in f o
r
Esta caixa de diálogo permite configurar os parâmetros da ligação de comunicação em
série:

o
□ Formato: 8 sem paridade 1 stop, 8 sem paridade 2 stops ou 8 paridade par 1 stop.

F
□ Velocidade: 150, 300, 600, 1200, 1800, 2400, 3600, 4800, 7200, 9600, 19200, 38400
bauds.

A35255-B.doc
56/212
Bloquear o acesso

Preparação impressora/Códigos acesso

it o n
m a
Esta função permite programar um código de acesso para proteger o acesso aos menus.

o r
Premir a tecla para entrar no campo Códigos acesso. Introduzir um código de 1 a 3

f
caracteres e validar. Assinalar os menus que pretende proteger.

in
Para eliminar um código, introduza três "espaços" em vez do código. Quando não é
introduzido um código, os menus correspondentes a essa janela aparecem a ponteado.

r
Quando é introduzido um código, o menu Preparação é assinalado automaticamente pela
impressora e aparece a ponteado.

F o

A35255-B.doc
57/212
■ Visualizar os parâmetros da impressora
Há várias funções que permitem obter informações sobre os diferentes parâmetros da
impressora.

Visualizar os parâmetros de funcionamento

■ Visualizar os parâmetros do circuito de tinta

n
Produção/Estado

it o
Em alternativa, para um acesso rápido, premir a tecla .

r m a
in f o
F o r
Este sub menu serve para visualizar o estado da impressora e os respectivos parâmetros
de funcionamento em tempo real:
□ Estado M. Tint
indica se o circuito de tinta está ou não em funcionamento.
□ Estado jacto
indica se o jacto está em funcionamento ou não para imprimir.
□ RefP
indica a pressão recomendada do circuito de tinta.
□ AccP
indica a pressão real do circuito de tinta.
□ TampP
indica a depressão ao nível da goteira de aspiração.
□ T°C
indica a temperatura de funcionamento da impressora.
□ Velocidade jacto 1
indica a velocidade do jacto número 1. (Para uma impressora de dois jactos, é
exibido o parâmetro velocidade do jacto 2).
Logo que o funcionamento esteja correcto, é exibida a mensagem "Sem faltas".

A35255-B.doc
58/212
■ Visualizar o nível dos consumíveis

No centro de ícones, os ícones (tinta) e (aditivo) permitem visualizar


directamente o nível de enchimento de cada cartucho.
Com efeito, cada ícone pode ter 6 aspectos diferentes de acordo com o estado do
cartucho:

100% 75% 50% 25% Nível Cartucho

n
baixo vazio

it o
(Alarme) (Alarme)

r
A activação dos ícones permite visualizar:

m a
o
□ o nível de tinta ou de aditivo restante no cartucho com mais precisão;

f
□ as referências da tinta ou do aditivo utilizados.

o r in
F
Quando aparecer um alarme de nível baixo ou de cartucho vazio, o ícone correspondente
fica intermitente.

ATENÇÃO As informações visualizadas através destes ícones só são


válidas se a substituição dos cartuchos for efectuada de forma
correcta.
Isto significa que qualquer cartucho vazio (assinalado como tal
pela impressora) deve ser substituído por um cartucho cheio.
Aquando da substituição, se apesar de tudo o nível

apresentado estiver errado, premir a tecla para


actualizar a apresentação.

A35255-B.doc
59/212
■ Visualizar o número de impressões
Preparação impressora/Opções/Totalizador

it o n
a
Este comando permite visualizar um contador que apresenta o número total de

m
impressões realizadas pela impressora desde que foi colocada em funcionamento pela

r
primeira vez.

o
Este contador aumenta uma unidade por cada mensagem impressa, qualquer que seja o

f
modo de disparo utilizado.
Quando for atingido o valor final (999999999), o contador volta automaticamente a 0.

in
Mas, não pode ser reposto a 0 em nenhuma situação.

F o r

A35255-B.doc
60/212
Visualizar os parâmetros de programação

■ Visualizar as versões do software


Produção/Manut./Manutenção Geral/Versões de software

it o n
r m a
Esta função serve para obter informações sobre as versões de software CPU e IMP

o
(impressão) da placa principal e sobre o número de série da impressora.

f
■ Visualiser les algorithmes disponibles

in
Preparação impressora/Inicialização/Visualização

F o r
Esta caixa de diálogo apresenta a lista dos diferentes algoritmos disponíveis, assim como
as respectivas características:
□ Nº: número do algoritmo
□ Pont: altura da fonte (em número de gotas)
□ Veloc: velocidade máxima de impressão
□ Dist: distância cabeça/objecto
□ Nome: nome do algoritmo
O algarismo no canto superior direito do ecrã indica o número de páginas de visualização
da lista.

A35255-B.doc
61/212
■ Visualizar as opções da máquina
Preparação impressora/Opções/Opções impressora

it o n
m a
Esta caixa de diálogo permite conhecer a configuração material e as principais funções de

r
software da impressora.

o
Tipo: indica a configuração da impressora:

9020 ou 9030

in fIP54 ou IP65
1.1G ou 1.1M
ELV ou CLP

r
ou 1.2G ou 1.2M
Circuito de tinta com

o
Exemplo: 1.2G:
Nome da impressora Índice de protecção electroválvulas ou
1 cabeça-2 jactos tipo G

F
válvulas

OBSERVAÇÃO O número de mensagens ou de logótipos indicado


corresponde ao valor máximo. O número real é variável.
Depende do tamanho, em octetos, das mensagens ou dos
logótipos.

A35255-B.doc
62/212
■ Troca de dados
Estas funções permitem:
□ trocar mensagens e fontes entre a impressora e uma placa PCMCIA ou Compact
Flash;
□ transferir idiomas para a impressora a partir de uma placa PCMCIA ou Compact
Flash.

Ligar a placa PCMCIA/Compact Flash

it o n
Para aceder ao leitor da placa, abrir a porta direita da impressora. O leitor encontra-se à
esquerda, junto do suporte do cartucho de tinta (1).

r m a
in f o
r
1

F o
Abrir a aba de protecção e inserir a placa respeitando o sentido de introdução.

A35255-B.doc
63/212
Formatar a placa PCMCIA/Compact Flash

Preparação impressora/Inicialização/Transferência da Pcmcia/Formatar Pcmcia


Esta função permite, após confirmação, apagar e formatar a placa.

ATENÇÃO Todos os dados existentes na placa serão perdidos.

Troca de mensagens

it o n
■ Guardar mensagens
Preparação impressora/Inicialização/Transferência da Pcmcia/Salvar msgs->PCMCIA

a
Esta função permite guardar a biblioteca de mensagens da impressora numa placa
PCMCIA ou Compact Flash. As mensagens são guardadas num directório e, de seguida,

m
são transferidas.

r
Introduzir o nome do directório (8 caracteres no máximo) e depois validar.

f o
■ Carregar mensagens

in
Preparação impressora/Inicialização/Transferência da Pcmcia/Msgs da PCMCIA -
>Imprim

r
Esta função permite copiar uma biblioteca de mensagens de uma placa PCMCIA ou

o
Compact Flash para a impressora.

F
Seleccionar o directório da biblioteca a copiar e, de seguida, validar.

ATENÇÃO A biblioteca da impressora será eliminada.

A35255-B.doc
64/212
Troca das fontes

■ Carregar fontes
Preparação impressora/Inicialização/Transferência da Pcmcia/Carregando
fonte →impre.

MinhasFontes1.HEM
MinhasFontes2.HEM
MinhasFontes3.HEM

n
MinhasFontes4.HEM

a it o
Este comando permite seleccionar um ficheiro com a extensão *.HEM existente na placa
e carregá-lo na impressora. O ficheiro contém uma ou mais fontes, bem como os

m
algoritmos associados.

r
O carregamento de um ficheiro *.HEM elimina e substitui as fontes presentes na máquina.

o
Estes ficheiros são produzidos por editores de fonte do tipo Graphic Center.

in f
OBSERVAÇÃO As únicas fontes que não são eliminadas são as fontes
standard da Markem-Imaje.

F o r
■ Guardar fontes
Preparação impressora/Inicialização/Transferência da Pcmcia/Salvar fontes->PCMCIA
Esta função permite guardar fontes da impressora numa placa PCMCIA ou Compact
Flash. As fontes são guardadas num directório e, de seguida, são transferidas.
Introduzir o nome do directório (8 caracteres no máximo) e validar.

A35255-B.doc
65/212
Carregar um grupo de línguas

Preparação impressora/Inicialização/Transferência da Pcmcia/Carregando


línguas →impre.

MinhasLínguas1.LGS
MinhasLínguas2.LGS
MinhasLínguas3.LGS

it o n
Este comando permite visualizar e seleccionar um ficheiro com a extensão *.LGS
existente na placa. Um ficheiro *.LGS contém um grupo de línguas.

a
O carregamento de um ficheiro *. LGS elimina e substitui as línguas existentes na

m
máquina.

o r
ATENÇÃO O carregamento só é possível se o circuito de tinta for parado.

in f
F o r

A35255-B.doc
66/212
Edição de uma
mensagem it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
67/212
Edição de uma mensagem

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
68/212
Edição de uma mensagem

■ Seleccionar uma mensagem


Seleccionar uma mensagem na biblioteca

Produção/Mensagem/Seleccionar mensagem

it o n
r m a
f o
Ilustração 1

in
Surge uma caixa de diálogo que lhe apresenta a lista de todas as mensagens na memória

r
da impressora.

o
É possível seleccionar uma mensagem pelo respectivo número - modo "Número-Nome" -

F
ou pelo respectivo nome - modo "Nome-Número".
As instruções na parte inferior do ecrã permitem aceder aos modos, à escolha da
mensagem e indicam as diferentes teclas para consultar a biblioteca.
Através do modo de selecção "Nome-Número", é possível pesquisar uma mensagem
apenas com algumas letras contíguas. Neste ponto, a impressora apresenta uma lista a
partir desses caracteres com uma triagem por ordem alfanumérica.
Através do modo de selecção "Número-Nome", é possível posicionar-se na biblioteca ou
escolher uma mensagem introduzindo um número de três algarismos em "seleccionar".
Seleccione a mensagem que pretende imprimir através das setas de navegação e da

tecla . A mensagem é transferida automaticamente para a produção.

OBSERVAÇÃO Se pretender utilizar uma mensagem externa, deve começar


por transferi-la da placa PCMCIA ou Compact Flash para a
impressora. Para obter mais informações, consulte o capítulo
"Troca de dados".

A35255-B.doc
69/212
Edição de uma mensagem

Definir o modo de selecção das mensagens

Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/outros/Funcionamento
□ Mensagem standard: é a selecção da mensagem a imprimir pelo Interface do
Operador.
□ Selecção nº mensagem: é a selecção da mensagem através da função "interface
paralela".
□ Biblioteca: é a selecção da mensagem através da função "incremento do número da
mensagem".
□ S7: trata-se do funcionamento com a estrutura da mensagem da impressora da

n
série 7.

it o
Para obter mais informações acerca dos modos de selecção respectivamente Selecção
nº mensagem e Biblioteca, consulte a secção "Ligações Entradas/Saídas".

r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
70/212
Edição de uma mensagem

■ Criar uma mensagem


Edição Mensagem/Mensagem/Novo

it o n
r m a
o
Este comando permite-lhe criar uma nova mensagem. Dar um nome à sua mensagem. O

f
nome pode ser constituído por oito caracteres alfanuméricos maiúsculos.

in
Após a validação, surge um cursor na parte inferior esquerda da zona de trabalho na linha
inferior da sua mensagem. Os sub menus Fonte, Variáveis, Parâmetros passam a estar

r
acessíveis.

F o
Parametrizar e compor a sua mensagem utilizando todas as funções do menu Edição
Mensagem.
Quando a mensagem tiver sido criada, é necessário guardá-la e fechá-la para a poder
imprimir. Para obter informações mais detalhadas, consulte o capítulo "Gerir mensagens".
No capítulo "Exemplo de programação de mensagens" pode encontrar-se um
exemplo completo de criação de mensagens.

A35255-B.doc
71/212
Edição de uma mensagem

■ Modificar uma mensagem


Modificar a mensagem em produção

No centro de ícones, a activação do ícone permite modificar a mensagem em


produção.
Assim, acede directamente ao menu Edição Mensagem e o cursor aparece na
mensagem.

it o n
r m a
in f o
Pode utilizar todas as funções do menu Edição mensagem para fazer as alterações.

r
Logo que a mensagem seja guardada, fica disponível para ser impressa.

F o
Modificar uma mensagem

Edição Mensagem/Mensagem/Abrir
Este comando permite modificar uma mensagem da biblioteca depois desta ser
seleccionada.

LEMBRETE Para que sejam consideradas, as alterações têm de ser


guardadas.

A35255-B.doc
72/212
Edição de uma mensagem

■ Imprimir uma mensagem


Para imprimir uma mensagem é necessário que:

□ o(s) jacto(s) esteja(m) pronto(s): o indicador luminoso esteja verde e


continuamente aceso;
□ a mensagem esteja em produção.
Quando estiverem reunidas estas 2 condições, uma informação da medida de velocidade
proveniente da(s) célula(s) (entrada TOP1/TOP2) ou do tacómetro (entrada tacómetro)

n
acciona a impressão da mensagem.

it o
Durante a impressão, o indicador luminoso fica cor-de-laranja.

Fazer um teste de impressão

m a
Premindo a tecla ou seleccionando a função

r
Produção/Impressora/Impressão manual

o
permite accionar:

f
□ uma impressão de teste em modo de disparo Objecto;

in
□ impressões até que seja premida novamente a tecla em modo de disparo Repetitivo

o r
NOTA Para obter mais informações acerca dos parâmetros Modo de
disparo e Medida da velocidade, consulte o capítulo "Definir

F
os parâmetros de impressão".

A35255-B.doc
73/212
Edição de uma mensagem

■ Gerir mensagens
Guardar uma mensagem

Edição Mensagem/Mensagem/Guardar
Quando tiver acabado de criar uma mensagem com todos os parâmetros e variáveis, é
necessário guardá-la na memória para a poder imprimir mais tarde, se necessário, é essa
a função do comando Guardar. Depois de ter sido guardada, a sua mensagem
permanecerá aberta e presente no ecrã, será necessário fechá-la através do comando
Fechar.

it o n
Edição Mensagem/Mensagem/Guardar como
O comando Guardar como permite guardar uma nova versão de uma mensagem existente
depois de efectuar alguma alteração (conteúdo, fonte, variáveis ou parâmetros):

a
□ seleccionar a mensagem de partida através de Abrir;

m
□ modificar a mensagem;

r
□ seleccionar Guardar como;

o
□ surge uma caixa de diálogo com o nome da mensagem;

f
□ atribuir um novo nome à mensagem alterada (unicamente em modo de alfabeto

in
latino maiúsculo); o novo título com o novo número de mensagem aparece na parte
superior direita do ecrã;
□ RESULTADO: a mensagem antiga permanece na memória da impressora, assim

r
como a nova mensagem que se acabou de criar.

F o
OBSERVAÇÃO O número seleccionado é o primeiro disponível na ordem
cronológica do conteúdo da biblioteca.

Fechar uma mensagem

Edição Mensagem/Mensagem/Fechar
Quando tiver acabado de criar ou alterar uma mensagem, poderá fechá-la para voltar ao
menu principal ou para efectuar qualquer outra acção.
Não será possível sair do menu Edição Mensagem se uma mensagem permanecer
aberta, terá de utilizar o comando Fechar. Se não tiver guardado a mensagem
anteriormente, surgirá uma caixa de diálogo a perguntar se pretende guardá-la.

A35255-B.doc
74/212
Edição de uma mensagem

Transferir uma mensagem para impressão

Edição Mensagem/Mensagem/Transf.p/impr.
Este comando permite transferir uma mensagem em edição para a impressora, para
efectuar um teste de impressão, por exemplo. A impressão corresponde à edição da
mensagem aquando da transferência. O título da mensagem activa no ecrã do Interface
do Operador passa a ser *******.

NOTA A mensagem não é guardada neste caso específico, se a


fechar sem a guardar, esta perder-se-á.

n
Este comando permite efectuar testes de impressão aquando da edição da mensagem,

it o
mas, em caso algum, substitui a função Seleccionar mensagem.

a
Apagar uma mensagem

r m
Edição Mensagem/Mensagem/Apagar

o
Este comando permite-lhe apagar uma mensagem da memória da impressora.

f
ATENÇÃO A eliminação de uma mensagem é irreversível. A selecção da

in
mensagem a apagar é efectuada a partir de uma caixa de
diálogo, na biblioteca. Para evitar o risco de erro, é-lhe

r
solicitado que confirme se pretende apagar a mensagem

o
seleccionada.

A35255-B.doc
75/212
Edição de uma mensagem

■ Definir os parâmetros de impressão


Definir os parâmetros de uma mensagem

Edição Mensagem/Parâmetros/Mensagem

it o n
r m a
Nesta caixa de diálogo, são apresentados todos os dados que adaptarão a mensagem ao

o
local de produção. A caixa de diálogo permite configurar características de impressão

f
específicas da mensagem.

in
A activação do ícone permite modificar os parâmetros da mensagem em

r
produção. Depois de gravada a modificação, a mensagem modificada fica disponível

o
para impressão.

F
■ Sent. cabeçal
A programação deste parâmetro depende da instalação da impressora na cadeia de
produção e do resultado que pretende obter na leitura.
A impressora propõe-lhe escolher a configuração, de entre quatro opções possíveis, que
corresponde à sua aplicação.

OBSERVAÇÃO Em cada caso, para obter uma mensagem legível por


transparência, inverta o sentido de deslocação do objecto.

A35255-B.doc
76/212
Edição de uma mensagem

■ Medida da velocidade
Esta função permite definir se a medida da velocidade se efectua com um codificador
(tacómetro) ou com 2 células:
□ Velocidade cons.
Ausência de medida da velocidade, a velocidade é considerada constante.
□ Tacky
Seleccione este campo se pretender utilizar um detector de velocidade, também
denominado tacómetro ou codificador, que fornece a informação da velocidade do produto

n
à impressora.
Neste caso, também deverá definir o campo que se segue: Divisão tacómetro.

it o
Outras funções ligadas ao tacómetro:
. Compensação do tempo de voo

a
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/A contar/Temp voo ofst
Esta função permite, no modo de tacómetro, corrigir automaticamente o tempo de

m
"voo" das gotas quando a velocidade do objecto a imprimir varia. Isto permite garantir o

r
posicionamento correcto da mensagem no objecto.

o
A velocidade de impressão deve estar compreendida entre 500 e 5500 mm/s.

in f
. Contagem dos impulsos do tacómetro
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/A contar/Tac impuls nb

r
Esta função permite gerar um impulso na saída ETAT da placa de interface industrial
após um determinado número de impulsos do tacómetro.

o
Este valor deve ser parametrizado em

F
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/Valor cont

□ Célula
Deve seleccionar este campo se pretender medir a velocidade com 2 células. Neste
caso, também deve definir o campo que se segue: Distância células (mm).
Para obter mais informações relativamente às ligações das células e do tacómetro,
consulte a secção "Ligações entradas/saídas".

■ Divisão tacómetro ou Distância células (mm)


Quando o campo Tacky está seleccionado na função Medida da velocidade, o campo
Divisão tacómetro deve estar definido. É necessário introduzir um número para obter a
largura dos caracteres que se pretende utilizar na impressão.
Quando o campo Célula está seleccionado na função Medida da velocidade, o campo
Distância células deve estar definido. É necessário introduzir um número correspondente
à distância entre as 2 células: de 10 a 9999 mm.

A35255-B.doc
77/212
Edição de uma mensagem

■ Velocidade objecto
No caso da passagem de produtos a velocidade constante, introduza o valor da
velocidade em milímetros por segundo.
Se utilizar o modo do tacómetro, deve introduzir o valor da velocidade máxima de
passagem do produto.
□ Inibição do defeito velocidade
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/Defeito velocidade
Esta função permite autorizar (Autorizar) ou inibir (Inibir) o alarme n.º 40 "Velocidade de
impressão fora das especif." ou frequência trama.

it o n
■ Modo de disparo
Esta função permite optar entre o modo objecto, o modo repetitivo e o modo multitop:

a
□ Objecto

m
Este modo corresponde à impressão de uma só mensagem por objecto.

r
Opções do modo Objecto

o
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Outros/Modo objecto

f
Continuar ou Parar:

in
Se o modo objecto estiver definido para Parar, a impressão pára se a informação Top
não estiver presente (mesmo que a mensagem não tenha sido totalmente impressa).
Com o modo objecto definido para Continuar, a impressão da mensagem é finalizada,

r
mesmo que a informação Top desapareça.

o
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/Filtro dtop(μS)

F
Valor de 200 μs a 9999 μs. Este filtro corresponde ao tempo mínimo que o sinal de
detecção de objectos "TOP" deve aguardar para ser considerado pela impressora.
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Outros/Dtop activo niv
Subida ou Descida: seleccionar se o sinal Dtop fica activo na frente de subida ou de
descida.

□ Repetitivo
Este modo corresponde à impressão contínua desde que o detector do objecto esteja
activado.

□ Multitop
Este modo corresponde à impressão contínua de um número definido de mensagens,
para um top objecto. A parametrização deste número efectua-se na função
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/Multitop nbr

A35255-B.doc
78/212
Edição de uma mensagem

■ Unidade
Esta função permite escolher a unidade, milímetro ou trama para a programação das
funções Margem de ida, Margem de volta e Intervalo repetitivo.

■ Margem de ida
Este parâmetro representa o espaço entre o ponto de detecção do objecto e o início da
impressão (no sentido da mensagem normal). Valor: de 3 a 4095.

■ Margem de volta

n
Este parâmetro representa o espaço entre o ponto de detecção do objecto e o início da
impressão (no sentido da mensagem inverso). Valor: de 3 a 4095.

it o
■ Intervalo repetitivo
Este parâmetro representa o espaço entre duas impressões em modo de disparo

a
Repetitivo e Multitop.

m
IMPORTANTE - O valor mínimo do intervalo é de 9 mm.

r
- O valor máximo do intervalo é de 1400 mm na cabeça G e

o
de 910 mm na cabeça M.

in f
■ Número algoritmo
Esta função é utilizada para seleccionar um número de algoritmo ou as fontes CurvePrint

r
(CRV).

o
□ Número algoritmo.

F
Seleccionar um número de algoritmo da lista e validar. Quando é seleccionado o número
000, a impressora escolhe automaticamente o algoritmo adequado.
Algoritmos predefinidos
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Outros/Algo 1 a 4
Estes campos permitem introduzir 4 números de algoritmos que serão utilizados de
forma predefinida.
Pode consultar a lista de algoritmos na secção "Especificações técnicas".

□ Fontes CurvePrint (CRV).


A selecção da linha CRV permite dispor de fontes CurvePrint no submenu Selec. fonte.
Para obter mais informações, consulte o capítulo "Seleccionar uma fonte" nesta secção.

A35255-B.doc
79/212
Edição de uma mensagem

■ Hijri calendar
Este campo permite activar o calendário hijri. Para obter mais informações, consulte o
capítulo "Inicializar/Configurar a impressora" desta secção.

■ Parâmetros da mensagem predefinidos


Os parâmetros da mensagem predefinidos, comuns a todas as mensagens, são
configurados em
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Parâmetros gerais

n
A caixa de diálogo é idêntica.

it o
Definir a resolução de impressão

m a
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Outros/Resolução

r
horiz(1/10)/Resolução vertic(1/10)

o
permite propor a resolução da impressão e assim poder programar a velocidade real de

f
passagem do suporte.

in
Resolução para uma cabeça G: 2,8 pts/mm.
Resolução para uma cabeça M: 4,5 pts/mm.

F o r

A35255-B.doc
80/212
Edição de uma mensagem

■ Definir as características dos caracteres


Estas funções permitem-lhe escolher o tipo, o estilo e o tamanho dos caracteres ou dos
símbolos de escrita.

Seleccionar uma fonte

Edição Mensagem/Fonte/Selec. fonte

it o n
r m a
in f o
Após a validação de uma fonte, o cursor ficará da altura da fonte seleccionada.
As fontes correspondem aos caracteres do teclado para o cirílico, o árabe, o hebraico e os

r
idiomas que utilizam o alfabeto latino. Para os outros idiomas (tailandês, coreano,...), as

o
fontes correspondem aos caracteres seleccionados na função

F
Edição Mensagem/Fonte/Selec. símbolos
Para saber quais são as fontes disponíveis na sua impressora, consulte a secção
"Especificações técnicas".

ATENÇÃO Os caracteres de largura superior a 80 tramas não podem ser


apresentados na janela de visualização.

OBSERVAÇÃO Se pretender utilizar uma fonte (ou um logótipo) externa, deve,


antes de mais, carregá-la para a impressora a partir da placa
PCMCIA ou Compact Flash. Para obter mais informações,
consulte o capítulo "Troca de dados".

A35255-B.doc
81/212
Edição de uma mensagem

■ Fontes curvilíneas
Para dispor de fontes CurvePrint neste menu, é necessário seleccionar a linha CRV na
funçãoEdição Mensagem/Parâmetros/Mensagem/Número algoritmo.
Quando as fontes CurvePrint são seleccionadas, as outras fontes ficam inacessíveis.
Para passar do modo standard para o modo curvilíneo (e vice-versa), a mensagem deve
estar vazia.
Estão disponíveis três tipos de fontes CurvePrint: 1x8, 2x8 e 16 pontos, disponibilizando
as alturas de 7, 8, 11 e 16 pontos.
Os códigos de barras só são autorizados para as alturas de 7, 11 e 16 pontos.

Utilizar a tabulação

it o n
a
Edição Mensagem/Fonte/Tabulação

o r m
in f
F o r
Esta função permite definir uma zona em branco entre dois caracteres ou símbolos
diferente do espaço normal da fonte utilizada.
De um modo geral, o espaço tem a mesma largura que um carácter normal, podendo a
respectiva largura ser determinada (1 a 255 pontos) com este comando.
A inserção de uma tabulação verifica-se em modo de edição de trama.

■ Escolha do modo de edição


Em Edição Mensagem, a passagem do modo de trama para o modo de caracteres, e

vice-versa, efectua-se premindo a tecla .

Em modo de trama, surge um pictograma na parte inferior direita .

A35255-B.doc
82/212
Edição de uma mensagem

■ Modo de trama

Ao premir a tecla (espaço) são inseridas tabulações.


Estas tabulações são compostas por várias tramas programadas nesta função.

Ao posicionar o cursor à frente de uma tabulação, a zona de ajuda indica-lhe "tabulação


x", sendo que x representa o número de tramas dessa tabulação.
Ao premir a tecla poderá inserir tramas uma a uma e ao premir a tecla poderá
eliminá-las.

n
Por cada pressão na tecla poderá deslocar o cursor um ponto para a parte superior da

it o
mensagem, sendo que o inverso se efectua com a tecla . Portanto, as linhas da
mensagem não têm uma posição fixa, como demonstra o exemplo que se segue.

a
LINHAS PONTO A
POSICIONAMENTO DAS PONTO

r m
O modo de trama não é utilizável com os algoritmos de várias linhas rápidos.

■ Em modo de caracteres

in f o
r
Trata-se do modo de edição normal.

F o
Ao premir a tecla (espaço) são inseridos espaços. Ao premir as
teclas das setas, o cursor é deslocado de carácter para carácter e de linha para linha.

A35255-B.doc
83/212
Edição de uma mensagem

Dilatar um carácter

Edição Mensagem/Fonte/Dilatação
Esta função permite imprimir a negrito os caracteres que se pretende realçar na
mensagem, sem alterar a respectiva altura.
É-lhe proposta uma caixa de diálogo onde poderá programar o coeficiente de dilatação
necessário de 1 a 9, sendo que 9 é o nível de dilatação máximo (a predefinição do
coeficiente é 1). A partir desse momento, todos os símbolos seleccionados são escritos
no ecrã de acordo com a dilatação programada (o que se vê no ecrã é o que se obtém na
impressão).

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
84/212
Edição de uma mensagem

■ Utilizar a data e a hora


Para imprimir a data e a hora numa mensagem, é necessário, antes de mais, parametrizá-
las, compô-las e, por fim, inseri-las numa mensagem.

Parametrizar a data e a hora

■ Introduzir a data e a hora


Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Data hora

n
De um modo geral, o acerto da hora e da data da impressora é efectuado aquando da

it o
respectiva instalação.
Para obter mais informações, consulte o capítulo "Inicializar/Configurar a impressora"

a
■ Configurar outros parâmetros de data automática

r m
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Outros

o
Idioma do mês 1 e 2: permite seleccionar o idioma de impressão de "Mês do ano (Let)"

f
para a data e a caducidade 1. É possível assim imprimir esse mês em dois idiomas
diferentes na mesma mensagem.

in
Primeiro dia semana: permite seleccionar o primeiro dia da semana.

r
Predefinição: o dia 1 corresponde a Domingo.

F o

A35255-B.doc
85/212
Edição de uma mensagem

Compor e inserir a data

Edição Mensagem/Variáveis/Data
Este menu permite-lhe inserir elementos do calendário na sua mensagem. Uma caixa de
diálogo propõe-lhe compor a sua variável "Data" utilizando os seguintes elementos:

it o n
m a
A linha Seleccionada apresenta os elementos da data à medida que os mesmos são

o r
programados. Quando terminar de compor a data, basta premir para a inserir na

f
mensagem na posição do cursor.

o r in
F

A35255-B.doc
86/212
Edição de uma mensagem

Compor e inserir a hora

Edição Mensagem/Variáveis/Hora
Este menu permite-lhe inserir elementos do relógio na sua mensagem.
Uma caixa de diálogo propõe-lhe compor a sua variável de "data automática" utilizando os
campos de Horas, Minutos, Segundos e Separador (:/. ), na ordem que pretender.
O campo Modo permite apresentar AM, PM ou um espaço em branco no modo 24.

it o n
r m a
in f o
A linha Seleccionada apresenta os elementos da hora à medida que os mesmos são
programados.

r
Quando terminar de compor a hora, basta premir para a inserir na mensagem na

o
posição do cursor.

A35255-B.doc
87/212
Edição de uma mensagem

■ Utilizar um contador
Para imprimir um contador, é necessário parametrizá-lo e inseri-lo na mensagem.
Também é possível visualizá-lo e voltar a colocá-lo no respectivo valor inicial.
Pode inserir até 15 contadores diferentes por mensagem.
Os contadores de 3 a 15 só estão disponíveis para a impressora 9030.

Parametrizar um contador

n
Edição Mensagem/Parâmetros/Contador

a it o
o r m
in f
r
A caixa de diálogo propõe-lhe seleccionar um contador. Após a selecção, é possível

o
aceder aos parâmetros do contador para, eventualmente, os modificar:

F
■ Contador
Indica o número do contador seleccionado.

A35255-B.doc
88/212
Edição de uma mensagem

■ Base
Permite seleccionar a base de numeração do contador. Quando a base é determinada, o
Valor inicial e o Valor final do contador são repostos nos valores autorizados pela base.

it o n
m a
□ 10 (0-9): numeração standard. Evolução de 0 a 9.

r
□ 26 (A-Z): alfabético. Evolução de A a Z.

o
□ 36 (0-Z): alfanumérico. Evolução de 0 a 9 e de A a Z.

f
□ 16 (0-F): hexadécimal. Evolução de 0 a 9 e de A a F.

in
□ Outro: A selecção desta linha valida os campos Primeiro dígito e Último dígito. Isto
permite definir uma base à escolha, introduzindo um primeiro e um último dígito de

r
numeração.
Exemplo: Para os valores Primeiro dígito: 4 e Último dígito: J, o valor inicial do contador

o
será 444444444, o valor final JJJJJJJJJ e a base 16.

F
■ Primeiro digit.
Este campo é válido quando a linha Outro é seleccionada no campo Base. Introduzir o
primeiro dígito de numeração.

■ Último digit.
Este campo é válido quando a linha Outro é seleccionada no campo Base. Introduzir o
último dígito de numeração.

■ Valor inicial
Depende da selecção efectuada no campo Base.

A35255-B.doc
89/212
Edição de uma mensagem

■ Valor final
Depende da selecção efectuada no campo Base – após a impressão deste valor final, o
contador volta ao valor inicial.

OBSERVAÇÃO Para fazer diminuir um contador, o valor inicial deve ser


superior ao valor final.

■ Passo contador
00 a 99 – trata-se do valor de aumento do contador.

n
■ Contador lote

it o
0000 a 9999 – trata-se do número de objecto no lote. O contador aumenta quando o valor
de lote é atingido.

a
■ Modo de incremento

r m
Inactivo contador fixo

o
Entrada o contador aumenta de acordo com as informações das entradas

f
A/Entrada B INCCPT 1/INCCPT 2 da interface industrial (apenas com a
impressora 9030)

in
o contador aumenta de acordo com as informações da entrada
Objecto
objecto

r
Mensagem o contador aumenta quando a impressora imprime uma mensagem
Encadeado o contador aumenta no seguimento da expansão do anterior.

F o
■ Reset externo
Predefinição: Entr. A ou B. Consultar a secção "Ligações de Entradas/Saídas".
Nenhuma
Entrada A
Entrada B
sem reposição do valor inicial por uma entrada
reposição do valor inicial pela entrada RAZCPT 1
reposição do valor inicial pela entrada RAZCPT 2
Entr. A ou B reposição do valor inicial pela entrada RAZCPT 1 ou RAZCPT 2.
Função apenas disponível na impressora 9030.

A35255-B.doc
90/212
Edição de uma mensagem

■ Activar Saída
⌧ (sim) ou (não), permite validar a saída da interface industrial ETATIMP que muda de
estado quando o contador atinge o valor final.

ATENÇÃO A função A contar não deve ser parametrizada em Tac


impuls nb. Ver a saída ETATIMP na secção "Ligações de
Entradas/Saídas".

■ Zeros antes número

n
⌧ (sim) ou (não).

it o
Exemplo: 00000123 com zero antes do número,
123 sem zero antes do número

a
■ Reiniciar contagem
⌧ (sim) ou

m
(não) – em modo repetitivo, o contador é reposto no respectivo valor inicial
a cada nova informação na entrada "Dtop objecto".

r
■ Reset automático

f o
⌧ Reposição do valor inicial do contador quando a mensagem ficar inactiva.

in
O contador mantém o último valor impresso quando a mensagem fica inactiva.
A reposição do valor inicial é possível graças à Interface do Operador.

r
■ Parâmetros predefinidos

o
Os parâmetros predefinidos, comuns a todas as mensagens, são configurados em

F
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Contador
A caixa de diálogo é idêntica.

Inserir um contador

Edição Mensagem/Variáveis/Contador
Este menu permite-lhe inserir até 15 contadores na sua mensagem, uma ou mais vezes
cada um, com possibilidade de os encadear. O contador aparece na mensagem sob a
forma do respectivo valor inicial.

A35255-B.doc
91/212
Edição de uma mensagem

Visualizar e inicializar os contadores

Produção/Mensagem/Display/inic contadores

 .
Este comando permite-lhe visualizar o valor dos contadores e repô-los no respectivo valor
inicial quando for necessário.

it o n
r m a
in f o
Seleccionar o número do contador nos grupos propostos e validar.

F o r
Surge o valor do contador. Pode colocá-lo no respectivo valor inicial seleccionando a

quadrícula correspondente através da tecla e efectuando a validação.

A35255-B.doc
92/212
Edição de uma mensagem

■ Utilizar a caducidade
A caducidade é uma data posterior à data corrente.
Antes de imprimir uma caducidade é necessário definir os respectivos parâmetros e
composição e, por fim, inseri-la na mensagem.
Pode inserir até 6 caducidades diferentes por mensagem.
As caducidades de 3 a 6 só estão disponíveis para a impressora 9030.

Parametrizar uma caducidade

it o n
Edição Mensagem/Parâmetros/Caducidade

r m a
in f o
o r
A caixa de diálogo propõe-lhe a introdução, para cada caducidade, do valor de

F
□ Duração: de 0 a 9999.
□ Unidade: dia, semana ou mês.
A hora de alteração da data comum a todas as caducidades pode ser modificada em
Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Data hora

A35255-B.doc
93/212
Edição de uma mensagem

■ Módulo
Este parâmetro permite codificar a caducidade: Caducidade = Data + R
com R = Duração (em dias) – (n x Módulo)

Exemplo: se a 01 de Janeiro de 2006, um operador introduzir uma duração de caducidade


de 1 000 dias, o valor da caducidade vai variar em função do módulo escolhido:

Módulo R Caducidade

n
365 1000 – (2 x 365) = 270 27/09/06

it o
600 1000 – (1 x 600) = 400 04/02/07
1000 * 1000 – (1 x 1000) = 0 01/01/06

a
* O valor do módulo não deve ultrapassar o valor da duração.

r m
Este parâmetro é utilizado para as caducidades superiores a 365 dias, só afectando

o
Caducidade dia ano programável da caducidade1 ou Caducidade do dia do ano

f
programável para as caducidades de 2 a 6.

in
O valor do Módulo só é modificável em
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Caducidade

r
O valor predefinido do módulo é de 365 para a caducidade 1 e de 1 000 para as

o
caducidades de 2 a 6.

F
■ Parâmetros predefinidos
Os parâmetros predefinidos, comuns a todas as mensagens, são configurados em
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Caducidade
A caixa de diálogo é idêntica.

A35255-B.doc
94/212
Edição de uma mensagem

Compor e inserir uma caducidade

Edição Mensagem/Variáveis/Caducidades/Formato Caducidade


Este menu permite-lhe inserir os elementos da caducidade na mensagem.
Aparece uma caixa de diálogo para compor a variável "Caducidade" com a ajuda dos
elementos seguintes:

■ Caducidade 1

it o n
r m a
in f o
O algarismo indica o número da caducidade.
Exemplo: D1 representa o dia do mês de caducidade da caducidade 1.

o r
■ Caducidade 2 a 6

F
Após a composição da caducidade, premir a tecla permite inseri-la na mensagem na
posição do cursor.
.

A35255-B.doc
95/212
Edição de uma mensagem

■ Utilizar um turno de trabalho


Um turno de trabalho permite a impressão de um conjunto de valores contidos numa lista
circular de acordo com um período de substituição de um valor fornecido. O turno é
definido a partir de uma hora e de um dia fornecidos e é comum a todas as mensagens.
Para imprimir um turno de trabalho, antes de mais é necessário definir os parâmetros
deste, inserindo-o de seguida na mensagem.
É possível inserir até 3 turnos de trabalho de tipos diferentes por mensagem.
Os turnos de trabalho 2 e 3 só estão disponíveis para a impressora 9030.

it o n
Definir os parâmetros de um turno de trabalho

Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Turno de trabalho

a
Esta função permite introduzir os valores dos parâmetros dos turnos de trabalho comuns
a todas as mensagens. Este valor não é ajustável para cada mensagem.

r m
Seleccionar um tipo de turno de trabalho de entre os 3 propostos e depois validá-lo.

o
■ Turno de trabalho 1

f
Permite imprimir as informações dos ciclos relativos a um período de um dia.

o r in
F
□ Hora de início - 00:00 – trata-se da hora de início de uma equipa.
□ Intervalo - 08:00 – trata-se do período de uma equipa.
□ Modo - AM ou PM ou 24 – trata-se do modo de visualização da hora.

A35255-B.doc
96/212
Edição de uma mensagem

■ Turno de trabalho 2
Permite a impressão das informações dos ciclos relativos a um período superior a um dia.

it o n
a
■ Turno de trabalho 3

r m
Permite programar a hora de início (em modo AM, PM ou 24) e o intervalo, para cada dia

o
da semana.

f
Uma função de cópia permite aplicar a todos os dias da semana os parâmetros

in
programados para um dia.

F o r

A35255-B.doc
97/212
Edição de uma mensagem

Inserir um turno de trabalho

Edição Mensagem/Variável/Turno de trabalho


Seleccionar um turno de trabalho de entre os 3 propostos e depois validá-lo.

■ Turno de trabalho 1
Uma caixa de diálogo propõe-lhe a escolha entre três visualizações possíveis dos turnos
de trabalho:

it o n
r m a
in f o
Letra(-I-O): As letras I e O não serão utilizadas para a visualização do turno de trabalho.
Depois de validada a sua escolha, surge um caractere (alfabético ou numérico) na sua

r
mensagem, na posição do cursor.

F o
■ Turno de trabalho 2 e 3
Os caracteres utilizados para a impressão dos turnos de trabalho 2 e 3 são para introduzir
na tabela de data automática na função
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Tabela data autom.
Consulte o capítulo "Utilizar a tabela de data automática".

A35255-B.doc
98/212
Edição de uma mensagem

■ Utilizar a tabela de data automática


Esta função permite inserir todas as variáveis da hora e da data codificadas com a ajuda
da tabela de data automática.
Para imprimir um elemento de data automática, antes de mais, é necessário parametrizá-
lo, e, de seguida, inseri-lo na mensagem.

Parametrizar um elemento de data automática

n
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Tabela data autom.

it o
Esta função permite codificar as informações de hora e de data sob a forma de código de
1 a 3 caracteres alfanuméricos.

r m a
in f o
F
NOTA

o r Nesta tabela de data automática poderá também codificar os


turnos de trabalho 2 e 3.

A35255-B.doc
99/212
Edição de uma mensagem

Exemplo: codificação da hora

it o n
□ Campo: 1/24 indica que introduza o código correspondente à primeira hora. A

a
codificação efectua-se em 24 campos que correspondem às 24 horas de um dia.
□ Valor: é o campo introduzido actualmente. Neste caso, é o primeiro (valor predefinido

m
000).

r
□ ctrl R: recopiar: permite atribuir o valor de um campo a todos os outros campos de

f o
uma tabela. Para isso, depois de ter introduzido o valor de um campo, premir +

in
.

o r
OBSERVAÇÃO - As funções de visualização e de edição das tabelas de data

F
automática são independentes.
Quando seleccionar uma tabela, pode visualizar os valores
dos diferentes campos utilizando as setas de navegação
.

Para modificar esses valores, utilize a tecla .


- Se as dimensões dos campos de uma tabela não forem
uniformes (1 a 3 caracteres), o código impresso terá as
dimensões do campo maior.

A35255-B.doc
100/212
Edição de uma mensagem

Compor e inserir um elemento de data automática

Edição Mensagem/Variáveis/Tabela data autom.


Este menu permite-lhe inserir elementos de data automática codificados na sua
mensagem. Uma caixa de diálogo propõe-lhe compor a sua variável "Tabela de data
automática" utilizando os seguintes elementos:

it o n
r m a
f o
Basta premir para inserir a variável na mensagem na posição do cursor.

o r in
F

A35255-B.doc
101/212
Edição de uma mensagem

■ Utilizar as variáveis externas


Edição Mensagem/Variáveis/Externo
Esta função permite reservar no interior de uma mensagem espaços para informações
variáveis que serão enviadas por ligação externa RS232/V24 ou RS422 (exemplo: o peso
proveniente de uma balança ou a informação proveniente de um autómato ou de um leitor
de códigos de barras).
Se não for enviada nenhuma informação, esses espaços reservados serão representados
na impressão por um símbolo seleccionado e visível no ecrã.

n
A caixa de diálogo permite-lhe determinar o número de espaços a reservar e o símbolo a
exibir.

a it o
o r m
in f
F o r

A35255-B.doc
102/212
Edição de uma mensagem

■ Utilizar um código de barras


Antes de editar um código de barras é necessário definir os respectivos parâmetros e
composição e, por fim, inseri-lo na mensagem.
É possível inserir até 3 códigos de barras diferentes por mensagem.

Definir os parâmetros do código de barras

Edição Mensagem/Parâmetros/Código de barras

n
Uma caixa de diálogo propõe-lhe uma selecção entre 3 códigos no máximo (código de
barras ou código Datamatrix). O código 2/5 entrelaçado é proposto por predefinição. Para

it o
aceder à selecção do tipo e aos parâmetros, seleccionar um código que ainda não tenha
sido inserido na mensagem, e, por fim, validar.

r m a
in f o
F o r
Modificar os parâmetros através das setas de navegação e da tecla

assim o acesso aos parâmetros modificáveis.


Os outros parâmetros aparecem a ponteado.

■ Tipo
, se necessário.
Para cada tipo de código, é-lhe apresentada uma caixa de diálogo específica, limitando

Industrial: 2/5 entrelaçado, código 39.


Distribuição: EAN 13, EAN 8, UPCA, UPCE, EAN 128, código 128, HIBC, HIBC LIC
Código 128, HIBC LIC Code 39.
Bidimensional: Datamatrix.
Para obter informações mais detalhadas relativamente a estes códigos, consultar o
capítulo "Características dos códigos de barras".

A35255-B.doc
103/212
Edição de uma mensagem

■ Plano texto

it o n
a
Apenas para os códigos de distribuições - permite seleccionar a presença ou a ausência
da tradução numérica e a respectiva posição:

r m
Nenhum Para cima Para

o
baixo

f
1114444ùùù444444111

in
44kkkkkkkkkkkk444

o r
■ Altura

F
Código de barras
De 5 a 28 pontos - limitado pela altura das fontes presentes.
Código Datamatrix
9, 11, 16 ou 24 pontos. Selecção mediante as alturas disponíveis. Se a altura for ímpar, a
linha de cima encontra-se vazia.

■ Dilatação
Códigos de barras
Permite modificar a espessura das barras.
Códigos de distribuições: de 1 a 9 (trama).
Códigos industriais: valor predefinido 1.
Código Datamatrix
Tamanho das células: 1 ou 2. Se o valor 2 for seleccionado, a altura do código não pode
ser inferior a 16 pontos.

A35255-B.doc
104/212
Edição de uma mensagem

■ Barra estreita
De 1 a 4 (trama) - valor predefinido 1 para os códigos de distribuições.

■ Espaço estreito
De 1 a 4 (trama) - valor predefinido 1 para os códigos de distribuições.

■ Barra larga
De 2 a 9 (trama) - valor predefinido 2 para os códigos de distribuições.

■ Espaço largo

it o n
De 2 a 9 (trama) - valor predefinido 2 para os códigos de distribuições.

■ Impressão inversa
Permite a impressão em vídeo inverso - sim ⌧ ou não

a
. (Excepto Datamatrix).

■ Dígito de controlo

r m
Pode estar presente ⌧ ou não . Em caso afirmativo, a própria impressora adiciona o
octeto (dígito) de controlo no fim do código de barras – apenas para os códigos

o
industriais.

f
■ Optimização

in
Permite uma selecção automática dos códigos pela máquina para obter um tamanho de

r
código de barras o mais condensado possível – apenas para o código 128

o
■ Parâmetros predefinidos

F
Os parâmetros predefinidos, comuns a todas as mensagens, são configurados em
Preparação impressora/Inicialização/Mensagem/Código de barras
A caixa de diálogo é idêntica.

A35255-B.doc
105/212
Edição de uma mensagem

Compor e inserir o código de barras

Edição Mensagem/Fonte/Código de barras


Com este comando, é possível inserir até 3 códigos (códigos de barras ou código
Datamatrix) de tipos diferentes na sua mensagem.
Uma caixa de diálogo propõe-lhe uma selecção entre 3 códigos identificados pelo
respectivo tipo. Seleccionar o código de barras pretendido e validar.
Surge uma caixa de composição do código:

it o n
r m a
in f o
Compor o código inserindo elementos fixos ou variáveis:
□ Os elementos fixos autorizados (algarismos ou letras) podem ser introduzidos
directamente.

r
□ Os elementos variáveis inserem-se como na mensagem. As caixas de diálogo são

o
idênticas.

F
□ "Element. exter" permite reservar no interior de um código, espaços para caracteres
variáveis que serão enviados por ligação externa RS232/V24 ou RS422.

Quando terminar de compor o código, basta premir para o inserir na mensagem na


posição do cursor.

OBSERVAÇÃO - Quando o cursor é colocado à frente de um código (já

introduzido ou em criação), as teclas + , utilizadas


simultaneamente, permitem visualizar a composição deste
código.
- Aquando da edição de um código de barras com plano de
texto, contendo zonas de variáveis externas, é obrigatório
separar essas zonas por elementos fixos.

A35255-B.doc
106/212
Edição de uma mensagem

Características dos códigos de barras

■ Códigos industriais
2/5 entrelaçado
□ Permite transcrever em código de barras apenas caracteres numéricos.
□ Esses caracteres podem ser variáveis (contador, data, etc.).
□ 32 caracteres no máximo.

n
A caixa de diálogo é a seguinte:

a it o
o r m
in f
Se possuir dígito
de controlo

r
OBSERVAÇÕES 1 - Sem dígito de controlo ( ), o número de caracteres

o
introduzidos deve ser par.

F
- Com dígito de controlo (⌧), o número de caracteres
introduzidos deve ser ímpar.
2 – Se pretender introduzir o turno de trabalho no código de
barras 2/5 entrelaçado, apenas é possível a representação
numérica.
3 - Se pretender introduzir elementos da data e/ou caducidade
no código de barras 2/5 entrelaçado, apenas é possível a
representação numérica do mês.

Código 39
□ Permite transcrever em código de barras os caracteres alfabéticos, os números e os
símbolos que se seguem: = . , espaço $ / + %.
□ Esses caracteres podem ser variáveis (contador, data, etc.).
□ 32 caracteres no máximo.
□ O dígito de controlo é facultativo.
A caixa de diálogo é idêntica à do 2/5 entrelaçado.

A35255-B.doc
107/212
Edição de uma mensagem

■ Códigos de distribuições 42222222222

O cursor assinala a parte debaixo do conjunto do código de barras (barras + tradução


numérica) independentemente da posição da tradução.
É possível imprimir as barras e o plano de texto no mesmo jacto. Atenção à altura das
barras e do plano de texto.
O tamanho da tradução numérica é variável, correspondendo ao da fonte actual.
É possível definir os parâmetros da altura das barras. A tradução pode situar-se em cima
ou em baixo. A modificação destes três parâmetros oferece-lhe um elevado número de
possibilidades de posicionamento dos códigos de barras na mensagem.

it o n
EAN 13, EAN 8, UPCA, UPCE
□ Permitem transcrever em código de barras apenas caracteres numéricos.
□ Esses caracteres podem ser variáveis (contador, data, etc.).

a
□ 13 caracteres para EAN 13.
□ 8 caracteres para EAN 8.

r m
□ 13 caracteres para UPCA, o primeiro algarismo é sempre igual a 0.
□ 8 caracteres para UPCE, o primeiro algarismo é sempre igual a 0.

f o
A caixa de diálogo é idêntica à do 2/5 entrelaçado.

in
ATENÇÃO O último carácter introduzido é sempre considerado como

r
dígito de controlo. Se este algarismo não for o correcto, a

o
impressora assinala esse facto e substitui-o automaticamente

F
pelo valor correcto.

A35255-B.doc
108/212
Edição de uma mensagem

EAN 128 e código 128


A caixa de diálogo é a seguinte:

it o n
a
□ 47 caracteres no máximo.

r m
□ O conjunto de caracteres é dividido em 4 menus que se encontram em Modo 128
(Código A, Código B, Código C) e Caract. aux.:

f o
Código A: inclui todos os caracteres alfanuméricos maiúsculos standards, os
caracteres de comandos e os caracteres especiais. Trata-se do modo predefinido.

in
Código B: inclui todos os caracteres alfanuméricos maiúsculos e minúsculos

r
standards, os caracteres numéricos e os caracteres especiais.

F o
Código C: inclui o conjunto dos 100 pares de números de 00 a 99 e os caracteres
especiais (a introdução dos caracteres efectua-se dois a dois).

Caract. aux.: inclui os caracteres de comandos (NUL, SOH, etc.) e os caracteres


especiais (FNC1, SHIFT, AI, etc.). O conteúdo da caixa de diálogo depende da
selecção do Modo 128. Estes caracteres podem ser variáveis (contador, data, etc.).
Dois caracteres AI (identificadores), quando enquadram um campo de dados de
qualquer comprimento, permitem fazer aparecer o conteúdo entre parênteses no
plano de texto sem que os parênteses sejam codificados.

ATENÇÃO - Os caracteres em vídeo inverso A, B, C aparecem na


composição correspondente aos códigos A, B, C.
- Apenas o modo B é autorizado se a opção Optimização
estiver seleccionada nos parâmetros do código de barras.
- O último carácter introduzido é sempre considerado como
dígito de controlo. Se este algarismo não for o correcto, a
impressora assinala esse facto e substitui-o automaticamente
pelo valor correcto.

A35255-B.doc
109/212
Edição de uma mensagem

HIBC
Este código tem as mesmas características que o código 128 Modo C.
□ O parâmetro Optimização não é válido.
□ Não existe Modo predefinido.
□ Os dois primeiros caracteres estão entre parênteses.
A caixa de diálogo é idêntica à de EAN 128/código 128.

HIBC LIC

n
O dado de base deve ser simbolizado no Código 128 ou no Código 39.

it o
□ Se o código 128 for seleccionado, o carácter FNC1 não é utilizado.
□ Se o código 39 for utilizado, a razão largo/estreito deve ser de 3:1 e o espaço entre
caracteres deve ser igual à espessura do elemento mais estreito.

r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
110/212
Edição de uma mensagem

■ Código Datamatrix
□ O código utilizado é do tipo ECC200 com um cálculo de formato automático
(quadrado ou rectângulo).
□ A altura do código pode variar entre 8 a 24 pontos.
□ O tamanho das células (dilatação) é programável: 1 ou 2 gotas.
□ O código permite a impressão de todos os tipos de variáveis.
□ Capacidade máxima de codificação:

it o n
Dilatação Célula 1 gota Célula 2 gotas

Altura do código (pontos) 9 11 16 24 16 24

a
Tamanho da matriz 8 x 18 8 x 32 10 x 10 16 x 48 24 x 24 8 x 18 8 x 26 12 x 36

r m
Número de caracteres
10 20 6 98 72 10 20 44

o
numéricos codificados

f
Número de caracteres
6 13 3 72 52 6 11 31
alfanuméricos codificados

in
Número de caracteres 8 bits
3 8 1 47 34 3 13 20
ASCII codificados

o r
A caixa de diálogo é idêntica à do código de barras 2/5 entrelaçado.

F
ATENÇÃO - A resolução da mensagem será atribuída pela do código
datamatrix.
- Em determinados casos, pode ser necessário aumentar a
distância entre a cabeça e o objecto para evitar a
sobreposição das gotas.
Esta operação permitirá a leitura do código.

A35255-B.doc
111/212
Edição de uma mensagem

■ Utilizar os símbolos
Um símbolo pode ser um carácter alfabético, um número, um símbolo especial ou uma
forma especial (logótipo). Um conjunto de símbolos do mesmo tamanho constitui uma
fonte.
A edição dos símbolos chineses faz-se através de um editor de texto Pin Yin.

Seleccionar um símbolo

n
Edição Mensagem/Fonte/Selec. símbolos

a it o
o r m
in f
r
Esta caixa de diálogo permite-lhe visualizar todos os símbolos ou caracteres da fonte
anteriormente seleccionada na função

o
Edição Mensagem/Fonte/Selec. fonte.

F
Algumas fontes não podem aparecer na totalidade. Utilizando as setas direita e esquerda
é possível visualizar todos os caracteres.
Está disponível uma janela sob a fonte para efectuar a composição de símbolos. Essa
composição fica depois posicionada na mensagem, na posição do cursor.
Esta função é bastante prática caso utilize fontes especiais com caracteres que não
existem no teclado (exemplo: logótipos, sinais especiais, etc.).
Ela será, portanto, utilizada para a edição de mensagens em coreano, tailandês, etc..

A35255-B.doc
112/212
Edição de uma mensagem

Criar um símbolo

■ Regra geral
Criar a fonte:
□ atribuir um nome à fonte (8 caracteres);
□ atribuir um número à fonte (de 201 a 255);
□ atribuir um número ao símbolo da fonte (de 001 a 224).
Definir o tamanho dos símbolos:

n
□ atribuir uma altura aos símbolos (de 5 a 48 pontos no máx.)

it o
(em função dos algoritmos que a impressora possui);
□ atribuir uma largura aos símbolos (de 1 a 127 pontos).

a
Criar um símbolo:
□ desenhar o símbolo;

m
□ guardar o símbolo.

r
Fechar a fonte:

o
□ a fonte fica guardada.

OBSERVAÇÃO

in f
Aconselha-se a não utilização do primeiro número de símbolo

r
da fonte (001). Este está reservado para o símbolo "espaço".

o
■ Criar um novo símbolo

F
□ Abrir a fonte (pelo nome ou pelo número).
□ Atribuir um número ao novo símbolo.
□ Desenhar o símbolo.
□ Guardar.

A35255-B.doc
113/212
Edição de uma mensagem

■ Criar uma fonte e definir o tamanho dos símbolos


Construção de símbolos/Símbolo/Novo
Este comando permite-lhe criar um símbolo novo que será colocado numa fonte. A caixa
de diálogo solicita a introdução de:
□ um título para a fonte (8 caracteres no máx.);
□ um número para a fonte (de 201 a 255);
□ um número para o símbolo (de 001 a 224).

LEMBRETE Uma fonte é um conjunto de símbolos do mesmo tamanho.

it o n
Uma segunda caixa de diálogo pede-lhe que defina o tamanho único dos símbolos da
fonte:
□ altura de 5 a 48 pontos no máx. (em função dos algoritmos existentes na máquina);

a
□ largura de 1 a 127 pontos.

r m
ATENÇÃO A altura de um símbolo é definida no momento da sua criação.

f o
Para o imprimir, a impressora deve ter uma fonte Markem-
Imaje mais ou menos da mesma altura.

o r in
F

A35255-B.doc
114/212
Edição de uma mensagem

■ Criar o símbolo
Ecrã
Depois de definido o nome e o número da fonte, o número e o tamanho do símbolo, a
impressora apresenta o ecrã seguinte.

Número de símbolos
existentes na fonte
Número do símbolo

n
Número da fonte

it o
Nome da fonte

r m a
in f o
o r
Coordenadas do
cursor na grelha

F
Modo de desenho
>> : ponto a ponto
- : linha
: zona

(Alteração pela tecla )

Cor do ponto
: preto : branco

(Alteração pela tecla ou )

Vídeo inverso

(Tecla )

Zoom

(As teclas e ou e em simultâneo)

A35255-B.doc
115/212
Edição de uma mensagem

Utilização das teclas

Em modo: ponto a ponto >>

n
Permite deslocar o cursor na grelha de

it o
desenho, no sentido das setas.

r m a
o
Permite alterar a cor do ponto em que

f
se encontra o cursor.
ou

in
Em modo: linha -

o r
Permite escolher a cor da linha
(branco ou preto).

F
ou

Permite desenhar linhas no sentido


das setas.

En modo: zona

A35255-B.doc
116/212
Edição de uma mensagem

Permite escolher a cor da zona


(branco ou preto).

n
Premindo sucessivamente 2

it o
teclas permite definir uma zona.

r m a
in f o
OBSERVAÇÃO: As setas de navegação podem também ser utilizadas em

substituição das teclas , , , .

F o r
Outras teclas, outras funções
Visualização do símbolo à escala 1

Tecla .
O símbolo é exibido no ecrã, numa janela no canto superior direito.

Função Home

Prima para posicionar o cursor na parte inferior esquerda do ecrã.

Prima + para posicionar o cursor na parte superior direita do ecrã.

A35255-B.doc
117/212
Edição de uma mensagem

Zoom
Esta função é válida quando o cursor se encontra na parte inferior esquerda do ecrã
(coordenada 001 x 001).

Utilizar as teclas ou para aumentar ou reduzir a grelha.

Apagar símbolo

Tecla com pedido de confirmação.

n
Guardar um símbolo

it o
Construção de símbolos/Símbolo/Guardar

a
Este comando permite guardar o símbolo que acabou de criar ou de alterar.
Construção de símbolos/Símbolo/Guardar como

m
Este comando permite guardar uma versão modificada de um símbolo existente, sem

r
perder o original.

o
Estes comandos só ficam acessíveis depois dos comandos Novo ou Abrir.

in f
Fechar uma fonte

r
Construção de símbolos/Símbolo/Fechar

o
O comando Fechar permite sair de uma fonte na qual acabou de criar ou alterar um

F
símbolo.
Quando utiliza o comando Fechar, o conteúdo da fonte na qual acabou de trabalhar é
guardado.

Apagar um símbolo ou uma fonte

Construção de símbolos/Símbolo/Apagar
Este comando exibe a opção de eliminação do Símbolo ou Símbolo da fonte.
Seleccione Símbolo se pretender eliminar um único símbolo.
Seleccione Símbolo da fonte se pretender eliminar uma fonte completa de símbolos.

A35255-B.doc
118/212
Edição de uma mensagem

Modificar um símbolo

■ Modificar um símbolo
Construção de símbolos/Símbolo/Abrir
Este comando permite modificar um símbolo existente depois deste ser seleccionado.
Logo que selecciona Abrir, uma caixa de diálogo exibe a lista de símbolos da fonte
existentes. Nesse momento, pode percorrer os títulos e escolher o que lhe interessa ou

pode fazer aparecer o cursor através da tecla e introduzir o título da fonte procurada,

n
validando-a de seguida.

it o
Se inserir o número do símbolo e o validar, é apresentado o ecrã seguinte:

r m a
in f o
o r
Este ecrã permite visualizar e seleccionar o símbolo de uma fonte existente a fim de

F
modificar o respectivo desenho, tamanho ou número.
format = formato do símbolo: altura*largura.
num = número do símbolo na fonte/número de símbolos na fonte.
ref = referência do símbolo em decimais (a ref. começa em 32 ($20)).

Selecção de um símbolo
Tecla para visualização do símbolo seguinte.
Tecla para visualização do símbolo anterior.

Iniciar edição

Tecla

A35255-B.doc
119/212
Edição de uma mensagem

■ Modificar o tamanho de um símbolo


Construção de símbolos/Tamanho/Tamanho dum símbolo

Esta função permite modificar a altura e a largura dos símbolos definidos numa fonte.

ATENÇÃO - Se diminuir o tamanho, os símbolos já desenhados ficarão


truncados.
- Se aumentar o tamanho, os símbolos já desenhados ficarão
imobilizados na parte inferior esquerda da grelha de definição.

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
120/212
Edição de uma mensagem

Editar símbolos chineses

A edição dos símbolos chineses é feita através do método Pin Yin.


Acede-se ao editor de texto Pin Yin seleccionando uma fonte do tipo PY01_XX na função
Edição Mensagem/Fonte/Selec. fonte.
A função Edição Mensagem/Fonte/Selecção PinYin está agora activa. A selecção
desta permite aceder à seguinte caixa de diálogo:

Zona de fonema

it o n
Zona de lista

Zona de composição

r m a
f o
Com a ajuda dos caracteres latinos, introduzir a pronunciação fonética de um carácter

in
chinês simplificado na zona fonema. Os ideogramas são exibidos em grupos de 8 na zona
lista. A introdução é incremental, por exemplo:

r
B propõe 20 ideogramas que começam pelo som [b]

o
BE propõe 10 ideogramas que começam pelo som [be]

F
BEN propõe 5 ideogramas que começam pelo som [ben]

A tecla permite eliminar o último carácter latino. A tecla permite apagar toda a
linha.

A35255-B.doc
121/212
Edição de uma mensagem

As teclas e permitem a deslocação na lista apresentada.

As teclas de a permitem seleccionar o ideograma em causa. Este aparece então


na zona de composição:

it o n
r m a
o
As teclas + permitem apagar o último ideograma, a combinação +

f
apaga toda a zona.

in
Depois de concluída a composição, pode inserir os ideogramas na mensagem, na posição

r
do cursor, premindo a tecla :

F o

A35255-B.doc
122/212
Edição de uma mensagem

■ Exemplo de programação de mensagens


■ Criação de uma mensagem

Fonte de 7 pts

PARIS :
0 4 2 12:01:05
Fonte de 7 pts Fonte de 16 pts

n
Dilatação 2 Caducidade

it o
PASSO A SEGUIR PARA TRATAR O
ASPECTOS A RECORDAR
EXEMPLO QUE SE SEGUE

a
Todas as funções necessárias para a
criação de uma mensagem são agrupadas

m
no menu Edição da mensagem.

f o r
o r in
Seleccionar o menu Edição da

F
mensagem:

e .
Neste nível, apenas está acessível
Mensagem.

para validar o sub menu


Mensagem.

A35255-B.doc
123/212
Edição de uma mensagem
Novo é utilizado para criar uma nova
mensagem.

it o n
para validar a etapa Novo.

Identificar a mensagem atribuindo-lhe um

a
título de 8 caracteres alfanuméricos
maiúsculos, no máximo.

m
Um acesso directo a partir do centro de

r
ícones permite aceder a este ecrã. Para

f o
Para isso, premir a tecla .

o r in
Atribuir um título "FRANCE" e validar

F
através da tecla .

O cursor aparece em baixo, à esquerda. Os


comandos Fonte, Variáveis, Parâmetros
passam a estar acessíveis.
O cursor pode ser deslocado utilizando as

setas .
O estilo de caracteres que aparece no ecrã
é o mesmo que será impresso (WYSIWYG).
Premir para editar a linha de cima e A fonte utilizada aqui é uma fonte
a mensagem "PARIS:". "predefinida", sendo nomeada na zona de
ajuda na parte inferior do ecrã.
Premir e inserir o número.

A35255-B.doc
124/212
Edição de uma mensagem

Atribuir uma dilatação para fazer


aparecer os caracteres "042" a negrito.

e e .

A função Dilatação encontra-se no sub


menu Fonte.
Uma dilatação pode ser atribuída a qualquer
carácter e símbolo de qualquer fonte.

it o n
a
Seleccionar Dilatação através de (X

r m
2) e .

f o
A dilatação é um valor entre 1 e 9. Quanto

in
maior for este valor, mais grosso será o
carácter impresso.

F o r
Introduzir 2 e validar através de .

O que é exibido no ecrã é o que é obtido na


impressão.

Inserir 042.

A35255-B.doc
125/212
Edição de uma mensagem

Antes de inserir a caducidade na


mensagem, inserir o valor dessa
caducidade.

e (X 2) e em seguida .

Para todas as variáveis, é preferível em


primeiro lugar introduzir os parâmetros
destas, antes de as inserir na mensagem.

it o n
m a
Premir (X 2) para seleccionar a linha

o r
Caducidade e de seguida . Para a

f
impressora 9030, seleccionar uma

in
caducidade de entre 6 e de seguida

o r
De uma maneira geral premindo ou

F
(espaço) o cursor
permite seleccionar ou inserir parâmetros.

Premir , introduzir os elementos


que compõem a caducidade, e depois

A35255-B.doc
126/212
Edição de uma mensagem

Escolher uma fonte de 16 pontos e uma


dilatação de 1 para introduzir a
caducidade em caracteres grandes
relativamente ao resto da mensagem.

de seguida ou (X 2) e .

it o n
.

r m a
f o
As várias fontes disponíveis na impressora

in
são exibidas numa caixa de diálogo. Depois
de seleccionada uma fonte, um carácter que
permite uma pré-visualização, é exibido no

r
ecrã.

o
ATENÇÃO

F
A dilatação está a 2.
É necessário colocá-la a 1.

Seleccionar a fonte Latino Industrial 16,

e premir .

Se deslocar o cursor numa zona já


programada, ele volta a ter o tamanho dos
caracteres que aparecem nesta zona.

Cursor do tamanho da fonte seleccionada.

A35255-B.doc
127/212
Edição de uma mensagem

Introdução da caducidade

, de seguida , e (X4).

it o n
. Seleccionar a caducidade 1 e premir

a
.
Em todas as caixas de diálogo, as pré-

m
selecções são efectuadas através das setas

r
de navegação e a selecção através da tecla

f o
.

in
Se premir a tecla poderá guardar as
novas selecções e fechar a caixa de diálogo.

F o
premir
rpara validar Dia do mês caducidade,

e
separadores.
para visualizar os

Todas as variáveis de marcação da data e da


hora encontram-se neste modelo na linha
Composição.

Seleccionar o separador: e até


concluir a composição: D1/M1/Y1. Premir

para inserir a caducidade na


mensagem.

A35255-B.doc
128/212
Edição de uma mensagem

A mensagem está criada. O que é exibido no


ecrã é o que se obtém na impressão
(WYSIWYG).
Para imprimir a mensagem, é necessário que
os parâmetros de impressão correspondam à
instalação da impressora no local de
produção.

n
e e .

a it o
o r m
in f
.

o r
As predefinições dos parâmetros
correspondem aos valores inseridos aquando

F
da instalação da impressora pelo técnico da
Markem-Imaje no menu Preparação
impressora.

Seguir as instruções na parte inferior do


ecrã para ajustar os valores dos
parâmetros.

A35255-B.doc
129/212
Edição de uma mensagem

Gravação da mensagem

, e .
Neste sub menu, é possível transferir para a
impressora a mensagem no ecrã, para
realizar um teste de impressão (através da

tecla da interface do operador, por


exemplo).
Esta função é utilizada aquando do ajuste

n
dos parâmetros da mensagem e da

it o
elaboração da mensagem.

r m a
in f o
F o r
para fechar a mensagem.
Siga as instruções apresentadas no ecrã
para guardar e fechar a mensagem.
A mensagem FRANCE N: 006 está na
memória, pode imprimi-la quando precisar.
Basta seleccioná-la na impressão.

para guardar.

A35255-B.doc
130/212
Manutenção
preventiva it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
131/212
Manutenção preventiva

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
132/212
Manutenção preventiva

■ Limpeza da cabeça
Ferramentas específicas
□ Recipiente de recuperação
□ Frasco de lavagem, pêra (ou kit de secagem)

1. Parar o(s) jacto(s) activando o ícone e seleccionando e validando a função


Paragem jacto.

n
2. Posicionar a cabeça no respectivo suporte de manutenção.

a it o
o r m
in f
F o r
3. Abrir a tampa da cabeça.

A35255-B.doc
133/212
Manutenção preventiva
4. Limpar os eléctrodos e o(s) canhão(ões) com o líquido de limpeza.

it o n
a
5. Secar cuidadosamente.

m
Com a pêra ou o kit de secagem, se especificado na ficha técnica da tinta.

f o r
o r in
F
6. Voltar a colocar o(s) jacto(s) em funcionamento seleccionando e validando Arranque
jacto

7. Voltar a fechar a tampa da cabeça e confirmar o defeito da tampa premindo ou

.
Voltar a colocar a cabeça no respectivo suporte de utilização.

A35255-B.doc
134/212
Manutenção preventiva

Limpeza da goteira

Produção/Manut./Manutenção jacto/Lavagem da goteira

/Lavagem da goteira.
Este comando permite forçar a abertura da electroválvula de recuperação para proceder à
limpeza da goteira. Os jactos estão parados e o circuito de tinta em funcionamento.

Borrifar a goteira com solvente durante alguns segundos.

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
135/212
Manutenção preventiva

■ Trocar um cartucho de consumíveis


Esta operação efectua-se quando a impressora assinala a presença de um cartucho
vazio.

O indicador luminoso acende-se e fica fixo e o ícone ou fica


intermitente.

OBSERVAÇÃO Os cartuchos distinguem-se graças à posição do tubo, à

n
esquerda para a tinta e à direita para o aditivo.

it o
1. Abrir a porta direita da impressora.

r m a
in f o
A-B
C-D

F o r
2. Retirar o suporte do cartucho correspondente:
Remoção do suporte do cartucho
Colocação do suporte do cartucho

C B

A35255-B.doc
136/212
Manutenção preventiva

3. Colocar a alavanca de bloqueio na posição central (se necessário).

it o n
4. Retirar o cartucho:
A-C Remoção do cartucho

a
B-D Colocação do cartucho

r m
B C

in f o
r
A

F o
D

5. Colocar um cartucho cheio na respectiva posição, de acordo com o procedimento


indicado no ponto 4. É necessário ter o cuidado de posicionar correctamente a
extremidade do tubo para o exterior.

ATENÇÃO Certificar-se de que o tipo de tinta ou de aditivo do novo


cartucho é idêntico ao do anterior

6. Voltar a colocar o suporte do cartucho na respectiva posição de acordo com o


procedimento indicado no ponto 2.

7. Tornar a fechar a porta e silenciar o alarme premindo ou .

A35255-B.doc
137/212
Manutenção preventiva

■ Accionar correctamente os jactos

Se o jacto não é accionado correctamente (ausência de jacto ou jacto desviado), várias


funções permitem realizar o recondicionamento completo do jacto.

n
Produção/Manut./Manutenção jacto

it o
.

r m a
in f o
F o r
Para as três funções, siga as instruções do ecrã.

1. A cabeça está sobre o seu suporte de manutenção e a


tampa está retirada.
Seleccionar a função: Desbloquear canhão
Se o jacto estiver na goteira, passar para o ponto 3.
Senão, passar ao ponto 2.

2. Validar a função seguinte: Introd. líquido limpeza


Fazer correr o líquido de limpeza pelo canhão durante
cerca de 20 segundos.

A35255-B.doc
138/212
Manutenção preventiva

3. Validar a função: Verif. estabilidade jacto


Depois de o jacto estar estável, parar o controlo de
estabilidade.
Limpar a cabeça.

4. Depois de terminada esta fase, accionar novamente o


jacto validando a função: Arranque jacto

n
Verificar visualmente se o jacto está na goteira.

it o
Voltar a fechar a tampa da cabeça e premir para
confirmar os defeitos.

m a
OBSERVAÇÃO Em certos casos, as três funções também podem ser

r
utilizadas individualmen.

in f o
F o r

A35255-B.doc
139/212
it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
140/212
Manutenção
it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
141/212
Manutenção

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
142/212
Manutenção

■ Gerir a manutenção
Produção/Manut./Manutenção Geral

it o n
m a
A gestão da manutenção é feita com a ajuda de várias funções incluídas neste menu.

r
Este constitui um registo de manutenção que pode ser consultado ou preenchido aquando
de certas operações de manutenção preventiva (substituição de peças, etc.).

f o
Visualizar os dados de manutenção

in
■ Consultar o registo de manutenção

r
Produção/Manut./Manutenção Geral/Histórico da Manut.

F o
Este ecrã permite visualizar todas as operações de manutenção efectuadas na
impressora.
Para cada operação, o ecrã indica a data, a hora, a operação efectuada, o código do
elemento sobre o qual a operação teve lugar, bem como um comentário.
Um contador na parte superior direita do ecrã indica o número de operações. Se a
informação estiver repartida em várias páginas, ao premir as setas , poderá aceder
às outras páginas.

A35255-B.doc
143/212
Manutenção

■ Visualizar os parâmetros de manutenção


Produção/Manut./Manutenção Geral/Visualização config.

n
Zona reservada
à manutenção

it o
preventiva

a
Esta função permite visualizar 3 tipos de informações:

r m
Configuração da impressora:

f o
□ Tipo: indica a configuração da impressora:

in
1.1G ou 1.1M
9020 ou 9030 IP54 ou IP65 ELV ou CLP
ou 1.2G ou 1.2M

r
Circuito de tinta com
Exemplo: 1.2G:

o
Nome da impressora Índice de protecção electroválvulas ou
1 cabeça-2 jactos tipo G
válvulas

F
□ NS: indica o número de série.
□ Msg na Bib: indica o número máximo de mensagens na biblioteca. O número real é
variável. Depende do tamanho das mensagens, em octetos.

Valor dos diferentes contadores de funcionamento da impressora:


□ Total de horas: indica o número de horas em que a impressora esteve em tensão.
□ Horas activas: indica o número de horas em que o circuito de tinta esteve em
funcionamento.
□ Total de impressões: indica o número total de impressões.

A35255-B.doc
144/212
Manutenção

Manutenção preventiva:

As informações de manutenção preventiva só são apresentadas caso se realize um


contrato de manutenção com a Markem-Imaje.
Determinados elementos da impressora estão repartidos por 3 grupos de manutenção
preventiva.
Cada grupo é ligado a um contador de período programado por certo período.
Quando o fim do prazo de um elemento de um grupo é atingido, a impressora emite um
alarme.

n
Para visualizar o alarme, premir :

it o
55 A Prevenção : Mudar filtros Apreventiva : Mudar filtros ar
56 A Prevenção : Mudar CH Apreventiva : Mudar CH

a
57 A Prevenção : Mudar filtro press Apreventiva : Mudar filtro perss

o r m
f
É possível eliminar o alarme premindo a tecla ou se:
□ o elemento tiver sido substituído;

in
□ a operação tiver sido confirmada aquando da respectiva memorização na função
Registo de operação. Ver a página seguinte.

o r
Se as duas condições não forem cumpridas em 24 horas, o alarme reaparece.

A35255-B.doc
145/212
Manutenção

Registar uma operação de manutenção

Produção/Manut./Manutenção Geral/Registo de operação

it o n
a
Este menu permite efectuar o registo e confirmar as operações de manutenção.

r m
Premir a tecla para abrir o campo Operação:

in f o
F o r
■ Registar uma operação
Seleccionar o campo correspondente à operação e validar.
Depois, é necessário inserir o código do elemento no campo Código e, eventualmente,
um comentário no campo Comentário.

Premir para validar. A data e a hora são adicionadas automaticamente e o registo


aparece na zona "Últimos registos" na parte inferior do ecrã.

A35255-B.doc
146/212
Manutenção

■ Manutenção preventiva
Os campos Mudança filtros ar, Mudança filtro pressur., Mudança circ. tinta
constituem os 3 grupos de manutenção preventiva:
□ Mudança filtros ar: mudança dos filtros de entrada e saída de ar.
□ Mudança filtro pressur.: mudança do filtro de pressurização do kit de pressurização
da cabeça.
□ Mudança circ. tinta: mudança do circuito de tinta.
O registo destas operações também permite a respectiva confirmação. O contador de
períodos do grupo é inicializado.

n
■ Substituição de peças

it o
O campo Substituição peça permite guardar a substituição de elementos que não estão
abrangidos pela manutenção preventiva.

a
■ Outras operações

m
O campo Outro permite guardar outras operações de manutenção, caso seja necessário

r
(regulação, etc.).

in f o
Parametrizar a manutenção preventiva

r
Produção/Manut./Manutenção Geral/Config. Manut. Prevent.

o
Este menu permite configurar diferentes parâmetros dos elementos da impressora
abrangidos pela manutenção preventiva (vida útil de um filtro, etc.).

F
Esta função só é utilizada pelo técnico da Markem-Imaje aquando da instalação da
impressora ou da intervenção do serviço pós-venda.

Exportar os dados de manutenção

Produção/Manut./Manutenção Geral/Exportar Histórico


Esta função só aparece no ecrã quando está inserida uma placa Compact Flash ou
PCMCIA na impressora.
Esta função permite transferir diversas informações de manutenção para uma placa
PCMCIA ou Compact Flash.
Esta função só é utilizada pelo técnico da Markem-Imaje aquando da intervenção do
serviço pós-venda.

A35255-B.doc
147/212
Manutenção

■ Inibir os defeitos da tampa e de recuperação


Produção/Manut./Inibição de defeitos

it o n
m a
Aquando das operações de assistência ou manutenção pode ser conveniente suprimir o

r
controlo do defeito da tampa aberta e do defeito de recuperação. Esta função permite
inibir estes defeitos, ou seja, estes não voltam a ser gerados. Em cada paragem da

o
impressora, esta função volta ao valor inicial.

in f
OBSERVAÇÃO Esta função só deve ser utilizada para as operações de
manutenção e em casos excepcionais.

F o r

A35255-B.doc
148/212
Manutenção

■ Ajustar o(s) jacto(s)


Operação preliminar

Produção/Manut./Manutenção jacto/Ajuste do jacto

/ Ajuste do jacto.
Validando esta função, o(s) jacto(s) é(são) colocado(s) em funcionamento, e os defeitos
ligados ao jacto deixam de ser gerados. Pode, portanto, efectuar um ajuste sem ser

n
bloqueado pela exibição de um defeito.

it o
Alinhar os jactos

a
Preparação impressora/Inicialização/Alinham. jacto

r m
Esta função só está disponível para as impressoras de duplo jacto.

f o
Ela permite alinhar as impressões do jacto, uma relativamente à outra.

in
Surge esta janela no ecrã:

o r
+ -

F
Premindo as teclas

1
A
2
B
ou

3
C
, alinhe os jactos observando o resultado na impressão.

+/-
A
1
B
2
C
3
(Jacto
1)
(Jacto
2)
(Antes) (Depois)

ATENÇÃO Esta função não está activa no modo CurvePrint.

A35255-B.doc
149/212
Manutenção

Regular o ponto de fragmentação

Ferramentas específicas:
□ lupa (monóculo);
□ chave sextavada de 2,5 mm.

■ Operações prévias
1. Colocar a cabeça no suporte de manutenção.

n
2. Colocar o(s) jacto(s) em serviço e deixá-lo(s) em funcionamento mais ou menos 1/2
hora.

it o
3. Retirar a tampa da cabeça.

a
■ Procedimentos

m
4. O ajuste a seguir é efectuado observando o jacto em frente ao eléctrodo de carga (LED

r
estroboscópico) com a ajuda do monóculo (ver figura 1):

o
□ Iniciar a operação rodando o parafuso de regulação no sentido contrário aos

f
ponteiros do relógio até ao fim do curso. O jacto é neste momento contínuo.

in
No caso de uma cabeça multijacto, cada jacto tem o seu próprio parafuso de regulação
(jacto da direita – parafuso de regulação da direita, etc.).
□ Rodar lentamente o parafuso de regulação no sentido dos ponteiros do relógio para

r
observar a fragmentação do jacto no centro do eléctrodo de carga. A fragmentação

o
está correcta no momento em que se obtém 3 gotas cheias a partir da base do

F
eléctrodo.

1
Ponto de
fragmentação

2 Base do
4
3 eléctrodo

1 Parafuso de regulação
2 Lupa (monóculo)
3 Chave sextavada Figura 1
4 Eléctrodo de carga

A35255-B.doc
150/212
Manutenção

□ O ajuste correcto só é distinguível pela forma das gotas situadas imediatamente


sob o ponto de fragmentação:

Mau A evitar Bom

n
Figura 2

a it o
Durante o ajuste, rodar o parafuso de regulação com atenção para não o danificar.

■ Operações finais

o r m
in f
5. Fechar a tampa da cabeça. Confirmar o(s) eventual(is) defeito(s) premindo .
6. Realizar testes de impressão e, caso necessário, corrigir o ajuste.

F o r

A35255-B.doc
151/212
Manutenção

■ Esvaziar/Lavar a impressora

Esvaziar parcialmente a impressora

Produção/Manut./Manutenção do CH/Vazamento parcial

it o n
Esta função permite fazer o vazamento do reservatório de compensação. Este vazamento
parcial está ligado a operações de manutenção específica.
Siga as instruções do ecrã.

m a
Esvaziar totalmente a impressora

o r
Produção/Manut./Manutenção do CH/Vazamento total

in f
A validação desta função origina o vazamento total da tinta da impressora.
Siga as instruções do ecrã.

F o r

A35255-B.doc
152/212
Manutenção

Lavar a impressora

Produção/Manut./Manutenção do CH/Limpeza do circuito hidráulico


A validação desta função origina o vazamento total da impressora e, de seguida, a
limpeza automática do circuito de tinta com aditivo. São necessários dois cartuchos vazios
espalmados.
Siga as instruções do ecrã.

Produção/Manut./Manutenção do
CH/Limpeza do circuito

n
hidráulico A máquina está em funcionamento e pronta a

it o
Posicionar a cabeça no respectivo suporte de
VALIDAR
manutenção.
NAO SIM

r m a
f o
Inserir cartucho vazio Colocar um cartucho espalmado no local do

in
cartucho de tinta.
VALIDAR 1/7

F o r Em trabalho…
Seguir as indicações que possam surgir no ecrã.
Ex.: recolocar cartucho vazio VALIDAR n/7

Inserir cartucho de aditivo Inserir um novo cartucho de aditivo, se


necessário.
VALIDAR 1/n

Parada

A35255-B.doc
153/212
Manutenção

■ Substituir os filtros
No sentido de elaborar um registo de manutenção, estas operações devem ser registadas
na função Manutenção Geral. Para obter informações mais detalhadas, consulte o
capítulo "Gerir a manutenção".

Substituir o filtro de entrada de ar

Ferramentas específicas

n
□ BTR 4
□ BTR 2,5

it o
■ Operação previa

a
1. Parar a impressora e desligar a alimentação eléctrica.

■ Procedimentos

r m
2. Abrir a porta esquerda da impressora desapertando os 2 parafusos (1) situados na
porta.

in f o
r
1

F o
3. Desapertar o parafuso de fixação do filtro.

A35255-B.doc
154/212
Manutenção

4. Retirar o filtro, puxando-o para cima

it o n
a
5. Abrir o filtro e retirar a espuma usada. Colocar a espuma nova, tendo cuidado para a

m
posicionar correctamente no filtro (face com pêlo virada para dentro).

f o r
o r in
F
6. Para proceder à montagem, repetir as operações anteriores em sentido inverso.

■ Operação final
7. Ligar a impressora à alimentação eléctrica e, de seguida, efectuar o arranque.

A35255-B.doc
155/212
Manutenção

Substituir o filtro de saída de ar

Ferramentas específicas
□ Chave de fendas plana

O filtro encontra-se debaixo da impressora (1) em frente ao ventilador.


1. Desapertar o parafuso da cobertura

it o n
r m a
o
■ Procedimentos

in f
2. Retirar a cobertura (2) puxando-a para baixo

F o r
2

A35255-B.doc
156/212
Manutenção

3. Retirar a espuma usada (3) e colocar a nova tendo cuidado para a posicionar
correctamente na cobertura.

it o n
m a
4. Voltar a colocar a cobertura na respectiva posição.

f o r
o r in
F

A35255-B.doc
157/212
Manutenção

■ Substituição do filtro de ar de pressurização


1. Parar a impressora e desligá-la da rede eléctrica.
2. Desligar a entrada de ar ou fechar a válvula.
3. Desaparafusar a caixa do filtro de ar e depois retirá-la para baixo.
4. Desaparafusar o filtro.
5. Limpar a grelha.

n
6. Substituir o cartucho filtrante e a junta.

it o
7. Voltar a montar a unidade.

r m a
in f o
2

F o r
4

Figura 1 : Unidade de tratamento do ar


1 Junta
2 Grelha
3 Cartucho filtrante
4 Manutenção do filtro
5 Caixa

A35255-B.doc
158/212
Manutenção

■ Testar as electroválvulas
Produção/Manut./Teste das válvulas

it o n
m a
Este teste permite a pilotagem das 9 válvulas do circuito de tinta (Un) e das
5 electroválvulas da cabeça (A a E). O circuito de tinta está em posição de espera.

r
Logo que este ecrã seja exibido, são fechadas todas as electroválvulas. É possível pilotar

o
as electroválvulas individualmente em estado aberto (⌧) ou fechado ( ) premindo a

in f
tecla .

r
Mantendo a tecla premida, permite a alternância cíclica (aberto/fechado).

F o

A35255-B.doc
159/212
Manutenção

Motor

Aditivo

Tinta

it o n
r m a
o
Bomba de tinta

in f
Kit de pressur. da

r
cabeça

F o
Entrada de ar de
pressur. da cabeça.
Aspiração do ar de
refrigeração da consola.

A C

A35255-B.doc
160/212
Alarmes e
defeitos it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
161/212
Alarmes e defeitos

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
162/212
Alarmes e defeitos

■ Visualizar um defeito ou um alarme

Quando surge um ou mais defeitos/alarmes, o indicador luminoso :


□ fica intermitente para assinalar um alarme (sem bloqueio);
□ fica ligado continuamente para assinalar um defeito (com bloqueio).
Quando surge um defeito/alarme de tinta ou aditivo, o ícone correspondente (F6 ou F7)
também fica intermitente.

n
Premindo a tecla pode aceder directamente ao menu

it o
Produção/Estado.
Os defeitos ou alarmes são exibidos a claro numa caixa de diálogo:

r m a
in f o
F o r
Linha 1: indica se é um defeito ou um alarme, o respectivo número (ex.: 84) e o número

de defeitos ou alarmes indicados na impressora (ex.: 01/01). Quando houver muitos


defeitos ou alarmes, utilize as setas para os percorrer.

Linha 2: exibe o título do defeito ou do alarme


Linha 3: exibe uma recomendação para ajudar a corrigir o defeito.
Linha 4: descreve as operações a realizar.

Logo que o defeito esteja corrigido, prima em ou para sair.

A35255-B.doc
163/212
Alarmes e defeitos

Visualizar a lista de defeitos

Produção/Manut./Manutenção Geral/Listagem de defeitos


Validando esta função, aparece numa caixa de diálogo a lista dos últimos trinta defeitos e
alarmes da impressora pela ordem em que apareceram.

Se a informação estiver repartida em várias páginas, ao premir as setas , poderá


aceder às outras páginas.

Para cada defeito ou alarme é possível visualizar as últimas dez medidas de parâmetros

n
de funcionamento da impressora que precederam o defeito ou o alarme.

a it o
o r m
in f
F o r

A35255-B.doc
164/212
Alarmes e defeitos

Tabela recapitulativa dos defeitos e alarmes

A: Alarme D: Defeito

N° A/D Mensagem exibida Recomendação


CRC EEPROM do circuito de tinta
02 D
incorrecta Dados do circuito de tinta perdidos
03 D CRC EEPROM da CPU incorrecta Verificar e reprogramar parâmetros
04 D CRC Erro memória flash impressão Recarregar software
08 D CRC Erro memória flash algoritmo Recarregar software

n
Tempo de espera excedido na
10 A
comunicação externa Verificar a técnica da ligação externa

it o
Tempo de espera excedido na
11 D
comunicação interna Reinicializar a impressora
Verificar códigos de identificação e dígito de
14 D Dados externos recebidos incorrectos

a
controlo
Valor final do totalizador do tempo de Contactar a Markem-Imaje para inic.
16 D
operação atingido contador

m
17 D CRC memória Ram algo. incorrecta Recarregar ficheiros *.HEM

r
Número de fonte da mensagem não
18 D

o
disponível Adaptar fontes da mensagem e impressora

f
CRC memória Ram das fontes
19 D
incorrecta Recarregar os ficheiros *.HEM

in
21 A Impressão dupla não autorizada Verif. envio mensagem e TOP imp.
CRC Memória mensagem perdida Contactar a Markem-Imaje. Pilha CPU
22 D
(RAM) defeituosa

r
25 D Circuito FPGA impossível de programar Contactar a Markem-Imaje. CPU defeituosa

o
26 D CRC memória biblioteca incorrecta Reprogramar as mensagens
Tempo de espera excedido medida

F
27 A
velocidade objecto (20s) Verif. ligação e funcion. das células
28 D Ausência sinal de medida velocidade Verif. ligação e funcion. das células
Contacter a Markem-Imaje. Pilha ou CPU
30 D CRC Ram tinta incorrecta
com defeito.
Contacter a Markem-Imaje. Pilha ou CPU
31 D CRC Ram imp. incorrecta
com defeito.
Dados do marcador data e hora
32 D
incoerentes Verif. entradas Hirji & envio de dados
Reinici. impressora. Contactar a Markem-
33 A Versões de software incompatíveis
Imaje
34 D Ar comprimido ausente ou insuficiente Verificar: mínimo 5 bar (72,5 psi)
35 D Defeito ventilador Verificar a rotação do ventilador
Contactar a Markem-Imaje. Substituir
38 A Leit. escrita EEPROM circuito de tinta
circuito de tinta
39 A Leitura escrita EEPROM CPU Contactar a Markem-Imaje. Substituir CPU
Velocidade de impressão fora da
40 A
especif. Ajust. divis. tacómetro/escolher outro algo
45 A Mensagem com opção inválida Contactar a Markem-Imaje para dispon.
46 D CRC memória flash fonte incorrecta Recarregar software
48 D Algoritmo não disponível Verificar algoritmo na mensagem enviada
50 A Nível de tinta baixo. Prep. cartucho Aguardar alarme de vazio para substituir

A35255-B.doc
165/212
Alarmes e defeitos

A: Alarme D: Defeito
N° A/D Mensagem exibida Recomendação
51 A Nível de aditivo baixo. Prep. cartucho Aguardar alarme de vazio para substituir
52 A Nível de tinta vazio Substituir o cartucho de tinta
53 A Nível de aditivo vazio Substituir o cartucho de aditivo
54 D Cartucho cheio em vazamento Substituir por cartucho pressionado
55 A Prevenção : Mudar filtros Apreventiva : Mudar filtros ar
56 A Prevenção : Mudar CH Apreventiva : Mudar CH
57 A Prevenção : Mudar filtro press Apreventiva : Mudar filtro perss

n
60 A Electroválvula tinta defeituosa Testar ELV U0 no menu manutenção

it o
61 A Electroválvula aditivo defeituosa Testar ELV U1 no menu manutenção
62 A Electroválvula tampão defeituosa Testar ELV U2 no menu manutenção
63 A Electroválvula acumul. defeituosa Testar ELV U3 no menu manutenção
64 A Electroválvula condens. defeituosa Testar ELV U4 no menu manutenção

a
70 A Concentração incorrecta Verificar parâmetros de tinta e aditivo
71 D Medida de pressão atmosférica Desligar e reinicializar a impressora

m
72 D Regulação do motor incorrecta Desligar e reinicializar a impressora

r
Tempo de espera excedido
73 D
transferência de tinta Verif. saída vapor. Reinicializar

o
Tempo de espera excedido para

f
74 D
insuflação Testar ELV U4 : condensador

in
75 A Controlo da bolsa de ar defeituoso Parar e reinicializar a impressora
Tempo de espera excedido para
76 A
recirculação do jacto Testar as electroválvulas A e B

r
77 A Taxa de compressão da bomba de tinta Testar as ELV no menu manutenção
78 D Máquina vazia. Mais tinta Colocar um cartucho de tinta novo

o
79 D Capacidade do condensador excedida Contactar a Markem-Imaje

F
81 D Detecção de gota jacto 1 (esquerda) Limpar e secar cabeça e tampa
82 D Detecção de gota jacto 2 (direita) Limpar e secar cabeça e tampa
83 D Concentração de tinta fora do limite Verif. parâmetros de tinta e lavagem imp.
84 D Tampa da cabeça ausente Verificar presença do íman na tampa
85 D Jacto fora da goteira ou não detectado Verif. estabilidade do jacto e recup.
Contactar a Markem-Imaje (Bloco rede alta
86 D Alimentação rede alta tensão defeituosa
tensão, CPU)
87 D Isolamento rede alta tensão defeituoso Limpar e secar cabeça e tampa
Tempo de espera excedido medição de
88 D
velocidade do jacto Verificar ponto de fragmentação
90 A Temperatura fora do limite Variação da temperatura 0-45°C (32-113°F)
91 D T° interna da consola > 60°C-140°F Ventilar a impressora
92 D Controlo da pressão Testar ELV U4: condensador

A35255-B.doc
166/212
Alarmes e defeitos

■ Verificações preliminares
A procura de elementos com defeito deve começar por verificações preliminares.
Estas verificações permitem detectar, a olho nu, problemas de sujidade nos elementos,
fugas de tinta ou irregularidades nas ligações eléctricas.

Aspecto exterior

n
Subconjuntos a controlar Tipo de anomalias procuradas

it o
Módulo de impressão . Sujidade nos eléctrodos
. Fuga de tinta

a
OBSERVAÇÃO Numa cabeça de dois jactos,
o jacto da esquerda é o jacto

m
número 1 (cabeça vista de

r
frente).

f o
Suporte de cartuchos e cartuchos . Fuga

in
. Cartucho deteriorado
. Data de validade ultrapassada (ver etiqueta no

r
cartucho)

o
Placa de interface industrial . Ligação deficiente dos acessórios exteriores
Tomadas

F
Alimentação/Energias . Ligação deficiente do cabo de alimentação
. Ligação deficiente da rede de ar

Filtros de ar . Filtros sujos ou obstruídos

Verificar os parâmetros de funcionamento

Produção/Estado ou premir
Uma caixa de diálogo permite verificar os estados da máquina, os parâmetros de
funcionamento:
Para obter mais informações, consulte o capítulo "Visualizar os parâmetros da
impressora"

A35255-B.doc
167/212
Alarmes e defeitos

■ Ajuda ao diagnóstico
Introdução

As tabelas apresentadas neste capítulo são compostas pelas 2 colunas que se seguem:
□ Anomalias
□ Soluções
Cada anomalia é identificada na tabela por um número a negrito.
Cada uma das anomalias pode ser resolvida por meio de várias "Soluções".

Exemplo de diagnóstico

it o n
a
Anomalias Acções e soluções

m
1- Ecrã apagado 1a- Verificar a alimentação eléctrica.

r
1b- Verificar o cabo de alimentação e a respectiva

o
ligação.

f
1c- Mudar o fusível 1,25 A Temporizado.

in
A primeira tarefa do operador consiste em realizar as verificações preliminares.

r
Para cada anomalia (exemplo acima: 1), o operador deve efectuar as acções que se
seguem.

o
□ Aplicar a primeira solução (exemplo acima: 1a).

F
□ Se o problema persistir, a segunda solução (exemplo acima: 1b) deve ser aplicada.
□ Etc..

Depois de corrigido o incidente, confirmar o defeito premindo a tecla ou .

A35255-B.doc
168/212
Alarmes e defeitos

Aquando da colocação da impressora em funcionamento

Anomalias Acções e soluções


1- Ecrã apagado 1a- Verificar a alimentação eléctrica.
1b- Verificar o cabo de alimentação e a respectiva
ligação.
1c- Mudar o fusível 1,25 A Temporizado.

2- Indicador luminoso vermelho de 2a- Efectuar um auto-diagnóstico premindo a


alarme/defeito aceso/intermitente.

n
tecla da Interface do Operador.

it o
Se na parte superior do ecrã aparecer um número
superior a 01, verificar os outros defeitos com as
setas.

a
3- Memória atribuída 3a- Parar a impressora e efectuar um novo
arranque.

m
3b- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.

o r
4- Dados incorrectos 4a- Desligar a alimentação da impressora e efectuar

f
um novo arranque.

in
4b- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.

F o r

A35255-B.doc
169/212
Alarmes e defeitos

Durante o funcionamento da impressora

Anomalias Acções e soluções


1- Nível de tinta baixo. Prep. 1a- Preparar um novo cartucho de tinta.
cartucho: 50

2- Nível de aditivo baixo. Prep. 2a- Preparar um novo cartucho de aditivo.


cartucho: 51

3- Nível de tinta vazio: 52 3a- Substituir o cartucho de tinta.


ou

n
Cartucho de lavagem ausente.

it o
4- Nível de aditivo vazio: 53 4a- Substituir o cartucho de aditivo.

a
5- Cartucho cheio em lavagem: 5a- Em fase de lavagem ou limpeza, colocar um novo

m
54 cartucho compactado.

o r
6- Temperatura acima do limite: 6a- A temperatura ambiente do local onde a

f
90 impressora está instalada é demasiado elevada, o

in
que dá origem a uma temperatura superior a 70°C no
interior da impressora. Modificar a instalação.

r
6b- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.

F o
7- T° interna consola > 60°C- 7a- A temperatura interna da consola é demasiado
140°F elevada. Ventilar a impressora

7b- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.

8- Tampa da cabeça ausente: 84 8a- Fechar ou verificar o fecho da tampa da cabeça.

8b- Verificar a presença do íman detector na tampa.

8c- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.

A35255-B.doc
170/212
Alarmes e defeitos

Anomalias Acções e soluções


9- Alimentação deficiente da rede 9a- Limpar e secar cuidadosamente os eléctrodos da
de alta tensão: 86 cabeça e a tampa.
Isolamento deficiente da rede de
alta tensão: 87 9b- Certifique-se de que as condições ambientais
(humidade, temperatura) estão em conformidade com
as especificações indicadas na ficha técnica da tinta.
Caso contrário, contactar a Assistência Técnica
Markem-Imaje para adaptar acessórios de
sobrepressão da cabeça em ar seco.

n
9c- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.

it o
10- Jacto afastado da goteira ou 10a- Efectuar um novo arranque dos jactos e

a
não detectado: 85 observá-los.
Se um dos jactos estiver instável, desviado (afastado

m
da goteira) ou ausente:

r
Se necessário, validar as funções Desbloquear
canhão, Introd. líquido limpeza, Verif. estabilidade

o
jacto.

in f
10b- Se os jactos estiverem bem direccionados para
a goteira mas não forem aspirados, efectuar uma
Lavagem da goteira.

r
10c- Verificar os parâmetros da máquina e contactar

o
a Assistência Técnica Markem-Imaje.

F
11- Detecção de gota jacto 1 11a- Limpar e secar os eléctrodos da cabeça e a
(esquerda): 81 tampa. Efectuar um novo arranque dos jactos.
Detecção de gota jacto 2
(direita): 82 11b- Verificar a validade da tinta utilizada na
impressora: data de validade (consultar as indicações
no cartucho). Se a data tiver sido ultrapassada, lavar
a impressora e utilizar um cartucho de tinta mais
recente.

11c- Verificar os parâmetros gerais de funcionamento


da impressora.

11d- Verificar o ponto de fragmentação (ver


procedimento: regular o ponto de fragmentação.

11e- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.

A35255-B.doc
171/212
Alarmes e defeitos

Anomalias Acções e soluções


12- Velocidade de impressão 12a- Restaurar na impressora a definição do
diferente da especif.: 40 parâmetro "Divisão tacómetro".

12b- Seleccionar outro algoritmo.

12c- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.


13- Algoritmo indisponível: 48 13a- A velocidade de impressão programada é
demasiado elevada em função do conteúdo da
mensagem.

n
13b- Verificar o algoritmo na mensagem enviada

it o
14- Concentração incorrecta: 70 14a- Verificar o cartucho de aditivo.

a
14b- Verificar os parâmetros da tinta e do aditivo

m
14c- Limpar os eléctrodos da cabeça. Deixar a

r
impressora recuperar este incidente
automaticamente.

f o
Concentração de tinta fora do 14d- Se o alarme persistir, o defeito 83 aparece.
limite: 83 Efectuar uma lavagem completa da impressora.

in
14e- Verificar os parâmetros da tinta e contactar a

r
Assistência Técnica Markem-Imaje.

o
15- Alarmes/defeitos "Circuito de 15a- Parar, desligar da alimentação e efectuar um

F
tinta": 71 a 77 novo arranque da impressora.

15b- Verificar os parâmetros da impressora e


contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.
16- Máquina vazia. Mais tinta: 78 16a- Mudar o cartucho de tinta.

16b- Verificar os parâmetros da impressora e


contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.
17- Electroválvula "X" deficiente: 17a- Testar manualmente a electroválvula
60 a 64 correspondente no menu
Produção/Manut./Ensaio Electroválvulas

17b- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.


18- Capacidade do condensador 18a- Parar, desligar da alimentação e efectuar um
excedida -79- novo arranque da impressora.

18b- Contactar a Assistência Técnica Markem-Imaje.

A35255-B.doc
172/212
Alarmes e defeitos

Anomalias Acções e soluções


19- Falha de impressão nos 19a- Verificar o conteúdo da mensagem seleccionada
objectos sem sinalização de em impressão.
defeitos.
19b- Verificar os parâmetros de impressão "Modo de
disparo", "Margem", "Velocidade objecto",
"Medida da velocidade & Divisão tacómetro".

19c- Teste de impressão com a tecla .


Verificar a ligação e o funcionamento da(s) célula(s) e

n
do tacómetro.

it o
20- Má qualidade de impressão 20a- Limpar a cabeça de impressão (incluindo a
Exemplo 1: tampa) e garantir que não se encontra qualquer
objecto na trajectória do jacto.

a
20b- Verificar a estabilidade do suporte das cabeças

m
(ausência de vibrações).

r
20c- Verificar a distância entre a cabeça e o objecto

o
Exemplo 2:

f
(exemplos 1 e 2).

in
20d- Controlar a centragem dos jactos nas goteiras
de recuperação (exemplos 3 e 4).
Exemplo 3:

r
20e- É necessário efectuar uma regulação mecânica

o
e/ou electrónica da cabeça. Contactar a Assistência

F
Técnica Markem-Imaje.

Exemplo 4:

A35255-B.doc
173/212
it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
174/212
°C

Especificações
técnicas it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
175/212
°C
Especificações técnicas

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
176/212
°C
Especificações técnicas

Descrição física

Dimensões (mm) □ Corpo da impressora ................ 400 x 355 x 215


□ Cabeça de impressão (direita).. 182 x 36 x 43
□ Cartucho de consumíveis ......... 250 x 55 x 55

Peso (kg) □ Máquina completa .................... menos de 16,5 kg

□ Cartucho ................................... menos de 0,8 kg

Parâmetros de desempenho

it o n
a
Impressão □ Em todos os suportes, em todas as posições.
□ Até 4000 caracteres por mensagem.

m
□ De 1 a 4 linhas de informações variáveis por jacto, 1 a 2 jactos

r
por cabeça.
□ Altura de 1,2 a 20 mm (segundo a fonte e a cabeça).

o
□ Selecção de matrizes com 5/7/9/11/16/24/48 pontos de altura.

f
□ Escolha de numerosas fontes (latino ind., chaminé, CurvePrint,

in
etc.).
□ Possibilidade de impressão de caracteres e grafismos de
qualquer tipo (códigos de barras, código bidimensional,...).

r
□ Possibilidade de criação de símbolos.

F o
Velocidade máx. □ Cabeça G de 2,8 pontos/mm - 5,5 m/s máx.
(em função do tipo de
cabeça e de impressora) □ Cabeça M de 4,5 pts/mm - 3,7 m/s máx.

A35255-B.doc
177/212
°C
Especificações técnicas

As várias funções

□ Pilotagem através da interface do operador, em todos os


sistemas munidos de uma interface de série assíncrona
V24/RS232C ou de uma interface de série síncrona RS422 ou de
uma interface paralela. Consultar as "Instruções das ligações de
série e paralelas".

Modo de funcionamento □ Preparação automática.


possível □ Ajuste automático da qualidade da tinta.
Características de □ Procedimento de desobstrução automática do canhão.

n
funcionamento □ Auto diagnóstico dos estados da impressora.

it o
Procedimentos de esvaziamento e lavagem automática.

Fontes de alimentação

m a
□ 100 -120 V 0,5 A alterna (comutação automática).

r
200 - 240 V 0,3 A alterna (comutação automática).
Frequência de 50 ou 60 Hz, 60 VA.

o
Fusível de alimentação 1,25 AT

f
□ Ar comprimido (para a impressora 9030 IP65)

Tintas

o r in
F
□ De secagem rápida, média e lenta.
□ Consumo médio:
45,7 milhões de caracteres/cartucho (cabeça G).
104 milhões de caracteres/cartucho (cabeça M).

Índices de protecção

□ Impressora 9020: IP54.


□ Impressora 9030: IP54 ou IP65.

A35255-B.doc
178/212
°C
Especificações técnicas

Limites de utilização

Temperatura de □ + 0°C a + 40°C.


funcionamento (A utilização de certas tintas pode limitar a variação da
temperatura, pelo que deve consultar as fichas técnicas das
tintas).
Humidade □ 10 a 90% sem condensação.

Altitude □ 2 000 m no máximo.

it o n
Condições de instalação

a
Posição de trabalho da
□ Vertical.
impressora

r m
Desnível máximo entre a □ Programável, entre –1,5 m/+ 2 m.

o
cabeça e a mesa de
□ Comprimento do tubo de condução: 3 m.

f
comando

in
Cumprimento das normas

r
De segurança □ Conformidade (auto certificação): marca CE de conformidade

o
com a directiva relativa às máquinas, com a directiva sobre
compatibilidade electromagnética

F
e com a directiva relativa à baixa tensão: CEI 60950 (UL 60950,
EN60950), CEI 60204-1 (EN60204-1).
□ Homologações (outros organismos): etiqueta UL em
conformidade com a UL 60950, etiqueta CSA em conformidade
com a CSA C.22.2.950, etiqueta GS em conformidade com a EN
60204-1 e ZH 1/10* EX-RL/03.85.
Protecção □ EN60529
Mecânicas □ Vibrações NF EN 22247
NF EN 60068-2-29
□ Choques quedas/choques NF EN22248
(produto nu)
NFH00 -60
NFH00-41, 47, 58, 59
Compatibilidade □ Em emissão EN 61000-6-4
electromagnética
□ Em
imunidade EN 61000-6-2

A35255-B.doc
179/212
°C
Especificações técnicas

Acessórios usuais

□ Suporte da cabeça e pé de suporte da impressora.

□ Detector (es) de passagem de objecto.

□ Detector de velocidade (tacómetro).

□ Alarme exterior (visual ou sonoro).

n
□ Deslocação da cabeça.

it o
□ Kit de pressurização da cabeça (de série nas impressoras com
tinta de secagem média ou lenta).

a
□ Kit de secagem da cabeça (de série nas impressoras com tinta
de secagem média ou lenta).

r m
□ Placa PCMCIA ou Compact Flash.

f o
□ Opção Ethernet.

o r in
F

A35255-B.doc
180/212
°C
Especificações técnicas

Características

Fontes □ Latin ind.


□ Idiomas editados pela impressora.
□ Chimney, etc.
□ CurvePrint.
Para obter mais informações, consulte as páginas seguintes.

Data automática □ Hora, minuto, segundo.

n
□ Dia, mês, ano, dia juliano, dia da semana, último algarismo do ano,

it o
até 3 turnos de trabalho, até 6 caducidades, tabela de data
automática.
□ Calendário hijri.

m a
Contadores □ Até 15 contadores diferentes por mensagem (possibilidade de os

r
encadear).

f o
Entradas/Saídas □ 1 entrada TOP objecto.

in
1 entrada para o gerador tacométrico.
1 entrada para a célula de medida da velocidade do objecto.

o r
□ Saídas Alarmes/Defeitos exteriores

F
Criação de símbolos □ Altura: de 5 a 48 pontos.
□ Largura: de 1 a 127 pontos.

Visualização □ Qualidade, 30 mm (distância cabeça/objecto) para a cabeça G,


20 mm para a cabeça M.
□ De várias linhas rápida, 10 mm para a cabeça G e 8 mm para a
cabeça M.

Códigos de barras □ 2/5 entrelaçado, Código 39.


EAN 13, EAN 8, UPCA, UPCE, EAN 128, Código 128 com ou sem
plano de texto, HIBC, HIBC LIC Código 128, HIBC LIC Código 39.

Código bidimensional □ Datamatrix (ECC 200).

A35255-B.doc
181/212
°C
Especificações técnicas

Biblioteca alargada □ até 880 mensagens.


□ até 30 logótipos.

Ligação de série □ RS232C/V24 com capacidade de funcionamento em circuito de


+ corrente.
□ RS422
Impressão não □ Uma mensagem não pode ser impressa duas vezes seguidas
duplicada (necessária para a expedição de encomendas, por exemplo).

n
Interface paralela □ Selecção de mensagens através da interface paralela ou do
aumento da mensagem.

it o
Entrada/Saída de □ A entrada SENSBIB superior permite seleccionar a mensagem
aumento do número de seguinte na biblioteca.

a
mensagem. □ A entrada SENSBIB inferior permite seleccionar a mensagem
anterior na biblioteca.

r m
□ Saída programável de acordo com o valor final de um contador ou

o
Saída programável

f
com o número de impulsos do tacómetro programado.

in
Entrada de aumento dos □ O aumento dos contadores pode efectuar-se através desta entrada
contadores em vez do top-objecto.

o r
Entrada de inicialização □ Reposição do valor inicial dos contadores através de acção nesta

F
dos contadores entrada.

A35255-B.doc
182/212
°C
Especificações técnicas

Lista de fontes

Gerador de
Idiomas Número 9020 9030 Formato
caracteres
Latinos Latin Ind. 5 81 X X 5x6
Latin Ind. 7 13 X X 7x6
Latin Ind. 9 96 X X 9x6
Latin Ind. 11 39 X X 11 x 8
Latin Ind. 16 18 X X 16 x 12
Latin Ind. 24 20 X X 24 x 21
Latin Ind. 48 168 X 48 x 37

n
Latin Ind. 48C 169 X 48 x 39
Chimney 5 21 X X 5x6

it o
Chimney 7 23 X X 7x8
Chimney 11 85 X X 7 x 11
Chimney 16 87 X X 11 x 18
Árabe Arabic 7 199 X X 7x6

a
Arabic 7 198 X X 7x6
Arabic 16 189 X X 16 x 12
Arabic 16 188 X X 16 x 12

m
Arabic 24 184 X X 24 x 20
Russo -

r
Cyrillic 7 35 X X 7x7
Búlgaro
Cyrillic 16 37 X X 16 x 13

o
Cyrillic 24 38 X X 24 x 18

f
Grego Greek 7 88 X X 7x6
Greek 16 90 X X 16 x 12

in
Greek 24 91 X X 24 x 21
Hebraico Hebrew 5 97 X X 5x6
Hebrew 7 183 X X 7x6

r
Hebrew 7 182 X X 7x6

o
Hebrew 16 181 X X 16 x 12
Hebrew 16 180 X X 16 x 12

F
Hebrew 24 95 X X 24 x 20
Japonês Japanese 7 187 X X 7 x 19
Japanese 11 186 X X 11 x 27
Japanese 24 185 X X 24 x 50
Coreano Korean 7 192 X X 7x8
Korean 9 191 X X 9x7
Korean 11 190 X X 11 x 8
Tailandês Thai mono 49 X X 7x6
Thai bij 48 X X 7x6
Chinês Chinese 11 195 X X 11 x 11
Chinese 16 194 X X 16 x 16
Chinese 24 193 X X 24 x 22
py01_12 40 X X
py02_12 41 X X
py03_12 42 X X
py04_12 43 X X
py05_12 44 X X
py06_12 45 X X
py07_12 50 X X
py08_12 51 X X
py09_12 52 X X

A35255-B.doc
183/212
°C
Especificações técnicas

Gerador de
Idiomas Número 9020 9030 Formato
caracteres
py10_12 53 X X
py11_12 54 X X
py12_12 55 X X
py13_12 56 X X
py14_12 57 X X
py15_12 58 X X
py16_12 59 X X
py17_12 60 X X
py18_12 61 X X
py19_12 62 X X

n
py20_12 63 X X
py21_12 64 X X

it o
py22_12 65 X X
py23_12 66 X X
py24_12 67 X X
py25_12 68 X X

a
py26_12 69 X X
py27_12 70 X X
py28_12 71 X X

m
py29_12 72 X X

r
py30_12 73 X X
py31_12 74 X X

o
py01_16 76 X X

f
py02_16 78 X X
py03_16 79 X X

in
py04_16 80 X X
py05_16 82 X X
py06_16 83 X X

r
py07_16 84 X X
py08_16 86 X X

o
py09_16 89 X X
py10_16 93 X X

F
py12_16 99 X X
py13_16 100 X X
py14_16 101 X X
py15_16 102 X X
py16_16 103 X X
py17_16 104 X X
py18_16 105 X X
py19_16 106 X X
py20_16 107 X X
py21_16 108 X X
py22_16 109 X X
py23_16 110 X X
py24_16 111 X X
py25_16 112 X X
py26_16 113 X X
py27_16 114 X X
py28_16 115 X X
py29_16 116 X X
py30_16 117 X X
py31_16 118 X X
py11_16 119 X X

A35255-B.doc
184/212
°C
Especificações técnicas

■ Fontes CurvePrint

Gerador de
Idiomas Número 9020 9030 Formato
caracteres
Latinos CurvePrint 7 128 / G X 7x6
CurvePrint 1 x 8 121 / G X 8x6
CurvePrint 2 x 8 120 / G X 8x6
CurvePrint 11 125 / G X 11 x 8
CurvePrint 16 124 / G X 16 x 12
CurvePrint 7 144 / M X 7x6
CurvePrint 1 x 8 137 / M X 8x6

n
CurvePrint 2 x 8 136 / M X 8x6
CurvePrint 11 141 / M X 11 x 8

it o
CurvePrint 16 140 / M X 16 x 12
CurvePrint 7 143 X 7x6

a
Lista de algoritmos

r m
Cabeça G Cabeça M

f o
001G10_05_01_28_05 006M08_05_01_45_06
002G10_07_01_28_07 007M08_07_01_45_08

in
003G10_16_01_28_17 008M08_07_01_45_26
004G10_07_01_28_18 009M08_16_01_45_53
005G10_16_01_28_40 010M08_16_01_45_19
011G10_11_01_28_12 015M08_11_01_45_16

r
012G10_24_01_28_60 016M08_24_01_45_78
013G30_07_01_28_23 017M20_07_01_45_32

o
014G30_16_01_28_57 018M20_11_01_45_48

F
019G10_09_01_28_22 022M08_11_01_45_37
020G10_11_01_28_26 033M08_07_01_45_07
030G10_3x5_1_28_16 035M08_3x5_1_45_20
031G10_07_01_28_06 036M08_3x7_1_45_26
032G10_05_01_28_04 037M08_4x5_1_45_26
040G10_3x7_1_28_22 038M08_24_01_45_31
041G10_4x5_1_28_24 042M08_05_01_45_05
043G10_24_01_28_28 044M08_07_01_28_08
047G10_2x7_1_28_15 045M08_05_01_28_05
048G10_2x5_1_28_11 049M08_2x5_1_28_13
050G10 4x7 1 28 37 * 996M_SP_EAN_24
999G_SP_EAN
* Apenas monojacto

A35255-B.doc
185/212
°C
Especificações técnicas

Dimensões totais

■ Consola

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
186/212
°C
Especificações técnicas

■ Cabeça

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
187/212
°C
Especificações técnicas

■ Apoio impressora

mm
,5 )
86 406in
,
(3 1
( 7 80 m
,08 m
7in
)

n
200 mm
( 7,874in)

it o
(11,811in)
300 mm
m a
( 2,165in)

r
55mm

f o
1
( 6 56 m

in
,14 m
2in
)

6,2 mm

r
4 x Ø ( 0,244in)

F o

A35255-B.doc
188/212
Betriebsmittel
it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
189/212
Betriebsmittel

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
190/212
Betriebsmittel

■ Definição
Entende-se por consumíveis, os produtos consumidos durante a impressão ou utilizados
para assegurar o bom funcionamento da impressora. Estes englobam:

■ A tinta
Utilizada para a marcação.
A fórmula da tinta possui todos os elementos necessários para:
□ a sua estabilidade o cartucho (data de validade) e na impressora;

n
□ as prestações de marcação (aderência nos suportes identificados e resistência às

it o
tensões específicas identificadas).
A tinta apresenta-se pronta a utilizar.

a
■ O aditivo

m
Utilizado para corrigir a viscosidade da tinta.

r
A composição deste obedece rigorosamente às necessidades da tinta a utilizar.

f o
■ O líquido de limpeza

in
Utilizado para a manutenção da impressora (limpeza da cabeça, etc.).

r
A sua composição é compatível com a tinta e o aditivo utilizados.

F o
■ O líquido de lavagem
Destinado a configurações específicas.
A sua composição permite a realização de diversos trabalhos de manutenção.

■ O líquido anti-bloqueio
Destinado a configurações específicas.

A35255-B.doc
191/212
Betriebsmittel

Etiquetagem

9175
3

it o n
a
Tem três objectivos:

m
□ Identificar o fornecedor indicando o respectivo endereço e contactos (1).

r
□ Informar o utilizador sobre o próprio produto (2):

o
. referência do artigo;

f
. n° do lote de fabrico: este deve ser mencionado quando contactar a nossa

in
Assistência Técnica;
. utilizar antes de: data limite de garantia da qualidade original do produto.

r
□ Informar o utilizador dos riscos inerentes à tinta, definidos nos termos da Directiva

o
91/155/CEE alterada e da Norma Internacional ISO 11014-1 (3).

F
■ Os consumíveis e a aplicação
A qualificação da aplicação considerada é da inteira responsabilidade do cliente. De modo
a ajudar o cliente nesta qualificação (a qual engloba a tinta, o material de jacto de tinta,
natureza dos suportes, processo de fabrico, caderno de encargos da marcação, etc.), a
Markem-Imaje disponibiliza aos seus potenciais e actuais clientes uma vasta gama de
impressoras e tintas para a realização de amostras de marcação.

A35255-B.doc
192/212
Betriebsmittel

■ Os consumíveis e a impressora

Especificações de utilização de uma determinada tinta

São essenciais e estão disponíveis mediante um simples pedido aos nossos


revendedores.
Esta ficha informa o utilizador sobre os parâmetros de funcionamento (viscosidade,
velocidade do jacto, etc.), sobre as características específicas da impressão (velocidade
de impressão, distância cabeça/objecto, etc.) em função da configuração da impressora

n
(tamanho do bocal, número de bocais, etc.) e da tinta escolhida, bem como sobre as

it o
condições ambientais de armazenamento e de utilização da tinta.

Consumos

a
De salientar que o consumo de tinta durante um determinado período é o resultado do

m
número de caracteres impressos por objecto, do número de objectos a marcar durante

r
esse período, da fonte (matriz, dilatação) e do diâmetro do bocal.

o
Quanto ao consumo de aditivo, para além da configuração da cabeça de impressão, este

f
depende essencialmente do tempo de funcionamento da impressora e da temperatura

in
ambiente.

o r
■ Os consumíveis e a segurança

F
A utilização dos nossos consumíveis implica o conhecimento de algumas características
físico-químicas conexas, assim como das normas de segurança a ter em conta para o
armazenamento, a manutenção e a exploração destes produtos.
Todas estas informações estão reunidas numa ficha de dados de segurança que pode ser
disponibilizada mediante um simples pedido aos nossos revendedores.
Informe-se acerca destas fichas antes da preparação da aplicação.
Preâmbulo:
A apresentação e as regras de redacção das Fichas de Dados de Segurança estão em
conformidade com a Directiva 91/155/CEE alterada e com a norma internacional ISO
11014-1.

A35255-B.doc
193/212
Betriebsmittel

■ Nestas fichas poderá encontrar todas as informações relacionadas


com:
□ a identificação da preparação e do fabricante;
□ a composição/as informações sobre os componentes que representam perigo;
□ a identificação dos perigos;
□ os primeiros socorros;
□ as medidas de combate ao incêndio;
□ as medidas a tomar em caso de derrame acidental;

n
□ o manuseamento e o armazenamento;

it o
□ o controlo da exposição/a protecção pessoal;
□ as propriedades físicas e químicas;
□ a estabilidade e a reactividade;

a
□ as informações toxicológicas;

m
□ as informações ecológicas;

r
□ as considerações relativas à eliminação;

o
□ as informações relativas ao transporte;

f
□ as informações regulamentares;

in
□ outras informações.

■ Para:

r
□ operadores, técnicos, empregados de armazém;

o
□ Comité para a Higiene, a Segurança e as Condições de Trabalho do Cliente;

F
□ Medicina do Trabalho;
□ bombeiros;
□ transportadoras e alfândegas.

■ Os consumíveis, a garantia e a responsabilidade civil


Os nossos consumíveis foram concebidos especialmente para utilização com as
impressoras Markem-Imaje e para proporcionarem os melhores resultados em termos de
conforto de utilização e consumo.
A utilização de consumíveis que não os propostos pela Sociedade Markem-Imaje, conduz
à anulação da garantia do material e à recusa de qualquer reclamação relativa à
diminuição das prestações que possa originar paragens na produção.

A35255-B.doc
194/212
Ligações
Entradas/Saídas it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
195/212
Ligações Entradas/Saídas

it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
196/212
Ligações Entradas/Saídas

■ Generalidades
As ligações com o ambiente exterior efectuam-se através da interface industrial, composta
por uma placa de interface industrial e por portas dedicadas.
Os sinais utilizados podem ser dos tipos que se seguem.
□ Sinais de Entradas/Saídas de sincronização com a linha (TOP, TACHY, INVMES,
etc.).
□ Ligações de série de controlo da impressora (interface RS232/RS422).
□ Saídas alarme/defeito (relé de controlo seco).

n
□ Entrada do alarme sonoro.

it o
A impressora 9030 possui também as funções que se seguem
□ Sinais de selecção de mensagens em interface paralela.
□ Sinais diversos de Entradas/Saídas de controlo (raz cont., aum. cont., etc.).

a
□ Entrada da célula de detecção suplementar.

m
□ Entrada de aumento e inicialização dos contadores.

r
□ Entrada de aumento do número da mensagem.

o
□ Saída programável e de sincronização.

in f
■ Ligação

o r
A ligação destes sinais pode efectuar-se através dos elementos que se seguem.
□ Em terminais da placa de interface industrial (1) com entrada de cabos por

F
empanque estanque IP65 (2).
□ Para determinados sinais, em tomadas estanques IP65 (3).
Os empanques e as tomadas estão localizados por debaixo da impressora, no corpo da
impressora e na placa de empanque.

1
2

A35255-B.doc
197/212
Ligações Entradas/Saídas

ATENÇÃO: a placa de interface industrial é de série para a impressora


9030 mas é opcional para a impressora 9020.

Localização das tomadas

it o n
1 3

r m a
in f o
o r
1 Tomada do tacómetro(azul)

F
2 Tomada do célula(preto)
3 Tomada do alarme luminoso (amarelo)
4 Empanques

OBSERVAÇÃO: os empanques são substituídos por tampões no caso de uma


impressora 9020 que não possua a opção de "interface
industrial".

A35255-B.doc
198/212
Ligações Entradas/Saídas

Localização dos terminais da placa de interface industrial

J2 J5 J1
GND +24VP
D0 GND
D1 ALDEF C
D2 ALDEF T
D3 ALDEF R

n
D4 OUT 1+
D5 OUT 1-

it o
D6 INCMES-
D7 INCMES+
COMPARA INVMES-

a
GND INVMES+
ETATIMP+ SENSBIB-

m
ETATIMP- SENSBIB+

r
SYNCMESS+ TACHY-

o
SYNCMESS- TACHY+

f
+24VP GND

in
GND +24VP

r
TOP1+ A/M-
TOP1- A/M+

o
TOP2+ IN1-

F
TOP2- IN1+
RAZCPT1+ TXDI
RAZCPT1- RXDI
RAZCPT2+ TXDI+
RAZCPT2- RXDI+
INCCPT1+ TXDI-
INCCPT1- RXDI-
INCCPT2+ GND
INCCPT2- ALCONS R
INHTOP+ ALCONS C
INHTOP- ALCONS T
+24VP GND

J3 J4

A35255-B.doc
199/212
Ligações Entradas/Saídas

As funções a negrito só estão disponíveis para a impressora 9030.

■ Entradas

TOP1 + Início da impressão 1


TOP1 -
INHTOP + Inibição TOP objecto
INHTOP -
TACHY + Tacómetro
TACHY -
INVMES + Inversão do sentido da mensagem

n
INVMES -

it o
Entradas de A/M+ Paragem/arranque da impressora
sincronização e A/M-
controlo TOP2 + Início da impressão 2

a
TOP2 -
RAZCPT 1 + Reposição do valor inicial do

m
RAZCPT 1 - contador

r
RAZCPT 2 + Reposição do valor inicial do
RAZCPT 2 - contador

o
INCCPT 1 + Aumento de um contador

f
INCCPT 1 - parametrizado com esta entrada

in
INCCPT 2 + Aumento de um contador
INCCPT 2 - parametrizado com esta entrada

r
D0 a D7 Dados da interface paralela

o
COM

F
Entradas de SENSBIB + Sentido de aumento ou diminuição do
selecção de SENSBIB - numero da mensagem
mensagem INCMES + Acciona a impressão da mensagem
INCMES - seleccionada
COMPARA Porta comum

Entradas de RXDI Dados V24/RS232C


ligações de série RXDI+ Dados RS 422
RXDI-

A35255-B.doc
200/212
Ligações Entradas/Saídas

■ Saídas

Saídas de ALCONS R Consumíveis


alarmes e ALCONS T (R = Repouso, T = Trabalho, C = Comum)
defeitos ALCONS C
ALDEF R Defeito
ALDEF T (R = Repouso, T = Trabalho, C = Comum)
ALDEF C

ETATIMP + Estado

n
ETATIMP -

it o
SYNCMESS + Sincronização da mensagem
SYNCMESS -

Saídas das TXDI Dados V24/RS232C

a
ligações de TXDI+ Dados RS 422
série TXDI-

r m
■ Alimentação

in f o
GND (X7) Terra
+ 24 VP (X4) Alimentação de segurança do utilizador

F o r

A35255-B.doc
201/212
Ligações Entradas/Saídas

■ Entradas
Entradas de sincronização e de controlo

■ Características de entrada:
Os circuitos de entrada possuem as propriedades de um isolador optoeléctrico de alta
velocidade cuja tensão de isolamento é de 3 KW. Os circuitos possuem protecção
relativamente à corrente e às inversões de polaridade.
□ Tensão de utilização de 5 a 35 V.

n
□ Corrente de entrada regulada no intervalo de tensão de utilização.

it o
□ Consumo de corrente de 5/6 mA (Tacómetro 12/13 mA).
□ Frequência máxima de funcionamento: 6,25 kHz, 200 kHz para a entrada
tacométrica.

m a
■ TOP: célula(s) de detecção de objectos

r
Função:

f o
O detector do objecto liga-se à tomada da célula ou aos terminais TOP1 + e TOP1 - da
placa de interface industrial. Assim que é activado pela passagem de um objecto, o

in
detector envia um sinal à impressora que inicia a impressão. De modo a evitar os
parasitas, a entrada TOP é filtrada a 200 μs.

r
Os terminais TOP2 + e TOP 2- possibilitam a ligação de uma segunda célula, no sentido

o
de determinar a velocidade de um transportador. Esta função só está disponível para a
impressora 9030.

F
■ INHTOP: inibição do detector de objectos
Função:
os terminais INHTOP + e INHTOP - da placa de interface industrial possibilitam a inibição
do sinal de detecção TOP1.

A35255-B.doc
202/212
Ligações Entradas/Saídas

Funcionamento:

INHTOP

TOP1

IMPRESSÃO 30 μs 30 μs
Impressão Impressão Impressão da
inibida inibida mensagem activa

n
■ TACHY: gerador tacométrico

it o
Função:
Quando a velocidade do transportador é variável, as entradas TACHY + e TACHY -

a
permitem a ligação de um gerador tacométrico que tem por função atribuir uma sequência
à impressão.

m
A ligação efectua-se na tomada do tacómetro da impressora.

f o r
■ INVMES: inversão do sentido da mensagem

in
Uma informação entre os terminais INVMES + e INVMES - permite inverter o sentido da
mensagem impressa (funcionamento da impressão em ida e volta).

o r
■ Paragem/arranque da impressora

F
Uma informação entre os terminais A/M + e A/M - possibilita a paragem ou o arranque da
impressora.

■ RAZCPT1, RAZCPT2: inicialização do contador


O contador deve estar configurado para ser reposto no respectivo valor inicial através da
entrada RAZCPT1 ou RAZCPT2. Um impulso na entrada correspondente repõe o valor
inicial do contador em questão.

■ INCCPT1, INCCPT2: aumento do contador


O contador deve estar configurado para ser aumentado através da entrada INCCPT1 ou
INCCPT2. Um impulso na entrada correspondente aumenta o valor do contador em
questão de acordo com o passo do contador.

A35255-B.doc
203/212
Ligações Entradas/Saídas

Entradas de selecção de mensagem

■ Aumento de mensagem
A selecção de mensagem efectua-se com a ajuda das entradas SENSBIB e INCMES.
A entrada SENSBIB superior permite aumentar.
A entrada SENSBIB inferior permite diminuir.

De acordo com o nível da entrada SENSBIB, cada impulso na entrada INCMES faz

n
avançar o número da mensagem activa da impressão. A entrada TOP acciona a
impressão.

it o
■ Interface paralela

a
Os terminais D0, D1, D2, D3, D4, D5, D6, D7 permitem seleccionar o número da
mensagem para impressão.

r m
O sinal INCMES acciona a impressão da mensagem seleccionada.

o
A saída SYNCMESS fica activa durante a impressão da mensagem.

in f
NOTA A impressora deve estar configurada nos respectivos modos
de selecção de mensagem. Consultar o capítulo "Seleccionar

r
mensagem".

F o
Entradas de ligações de série

As informações relativas às entradas de ligações de série V24/RS232C (RXDI) e RS422


(RXDI+, RXDI-), bem como o protocolo, encontram-se nas instruções das ligações de
série e paralelas.

A35255-B.doc
204/212
Ligações Entradas/Saídas

■ Saídas
Saídas de alarmes e defeitos

■ Configurar as saídas de alarmes e defeitos


Preparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/Relé alarme/defeito
Estas funções permitem configurar o modo de funcionamento das 2 saídas do relé alarme
e do relé defeito.

it o n
Relé alarme

ESTADO DA MÁQUINA

a
Impressora
Modo de Fase de Alarme Fase de
Sem tensão pronta a Alarme

m
espera inicialização consumível paragem
imprimir

r
Modo 1 Desactivado Desactivado Desactivado Desactivado Activado Activado Desactivado

o
Modo 2 Desactivado Desactivado Activado Desactivado Activado Activado Activado

f
Modo 3 Desactivado Desactivado Desactivado Desactivado Desactivado Activado Desactivado

in
Relé defeito:

o r
ESTADO DA MÁQUINA

F
Impressora
Modo de Fase de Fase de
Sem tensão pronta a Defeito
espera inicialização desligada
imprimir

Modo 1 Desactivado Desactivado Desactivado Desactivado Activado Desactivado

Modo 2 Desactivado Desactivado Activado Desactivado Activado Activado

Modo 3 Desactivado Desactivado Desactivado Activado Desactivado Desactivado

A35255-B.doc
205/212
Ligações Entradas/Saídas

■ ALC: saída do alarme


Esta saída permite assinalar uma avaria da impressora que não bloqueie a impressão.
Este alarme é gerado para chamar a atenção do operador, que, por sua vez, deve
eliminar a causa da anomalia.
Esta saída dispõe de 2 tipos de contacto seco:
□ Repouso (normalmente fechado).
□ Trabalho (normalmente aberto).

Contacto

n
ALCO Utilização do contacto Trabalho,

it o
ALCONS O Comum o circuito fecha-se em caso de alarme
ALCONS C ALCC

a
Utilização do contacto
ALCONS F Contacto repouso Repouso,
ALCF

o r m
Características eléctricas das saídas Alarme:

f
□ Tensão máxima: 24 V.

in
□ Corrente máxima: 1 A CC ou 1A CA.

r
Trata-se de contactos secos sem potência. O contacto faz a comutação dos sistemas de

o
alarme ou das montagens eléctricas directamente com a rede.

F
Os contactos eléctricos estão protegidos por células R.C. do tipo RIFA
(0,1 µF/+ 47 Ω).

A35255-B.doc
206/212
Ligações Entradas/Saídas

■ ALDEF: saída do defeito


Esta saída permite assinalar uma avaria da impressora que impede a impressão.
A saída também pode ser gerada aquando da inicialização, se a impressora não estiver
preparada.
Esta saída pode ser ligada a um alarme luminoso ou sonoro, bem como à alimentação do
transportador para parar a cadeia de produção.
Esta saída dispõe de 2 tipos de contacto: um contacto seco de repouso (normalmente
fechado) e um contacto seco de trabalho (normalmente aberto).

n
Contacto

it o
ALCO Utilização do contacto Trabalho,
ALDEF O o circuito fecha-se em caso de alarme
Comum
ALCC

a
ALDEF C
Utilização do contacto
ALDEF F Contacto repouso

m
Repouso,
ALCF

f o r
As características eléctricas da saída Defeito são idênticas às da saída Alarme (consultar
subcapítulo anterior).

o r in
F

A35255-B.doc
207/212
Ligações Entradas/Saídas

SYNCMESS: saída de sincronização da mensagem

Os terminais SYNCMESS + e SYNCMESS - da placa de interface industrial permitem


dispor de um impulso calibrado durante a impressão de uma mensagem.
Esta saída de sincronização da mensagem utiliza as características de saída de um
isolador optoeléctrico rápido com fototransístor de colector aberto.

Características de funcionamento:
□ Corrente mínima da saída Is: 10 mA.

n
□ Tensão máxima de utilização: 50 V.

it o
ETAT: saída do estado de impressão

a
Esta saída só pode ser utilizada se estiver configurada na impressora:

m
□ (1) emPreparação impressora/Inicialização/Impressora/Outros/A contar

r
parametrizado em Tac impuls nb.
□ OU (2) emEdição Mensagem/Parâmetros/Contador/Activar Saída ⌧.

f o
A saída muda de estado de acordo com a configuração da impressora, quando for

in
atingido um número de impulsos do tacómetro (1) OU quando o contador chegar ao valor
final (2).
As características de funcionamento são idênticas às da saída SYNCMESS.

o r
Saídas de ligações de série

F
As informações relativas às saídas de ligações de série V24/RS232C (TXDI) e RS422
(TXDI+, TXDI-), bem como o protocolo, encontram-se nas instruções das ligações de
série e paralelas.

A35255-B.doc
208/212
12/ 2003
05/ 2005
Revisão 11/
03/
2006
2007
05/ 2008

■ Manual do Utilizador 9020 - 9030


Actualização das instruções
. O índice de revisão A corresponde à primeira edição deste manual.
. O índice de revisão é alterado a cada actualização.

Data de edição Índice de revisão da documentação Índice do software


05/ 2005 A C10

n
06/ 2008 B C16

a it o
o r m
in f
F o r
Este documento foi redigido originalmente em Francês. Apenas o texto em Francês é considerado autêntico e faz fé em caso de litígio.
A Markem-Imaje reserva-se o direito de modificar as características técnicas dos produtos sem aviso prévio.
É proibida a reprodução deste documento, ainda que parcial.
Fotografias e ilustrações não contratuais.
Edition portugaise

A35255-B.doc
209/212
it o n
r m a
in f o
F o r

A35255-B.doc
210/212

Você também pode gostar