Você está na página 1de 1

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL

ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS


Curso: GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
______________________________________________________________

Disciplina: INOVAÇÃO e MUDANÇA ORGANIZACIONAL

CASO PRÁTICO N.º 3

A METALEX, SA. é uma empresa do sector da metalomecânica sedeada em Vendas Novas.


Fundada em 1978, pelo Eng. Silva Gomes, a METALEX, SA. atingiu a liderança no sector em
meados da década de 80 quando lançou no mercado o SECALEX, um secador de roupa
industrial.

Desde então, a METALEX, SA. tem vindo a reforçar a coesão do grupo de trabalho e a sua
cultura elitista, patente na missão criada pelo Eng. Silva Gomes “Para a METALEX, SA. o mínimo
é ser o melhor dos melhores”. Para o efeito, a METALEX, SA. apostou forte na investigação e
desenvolvimento de um novo produto tão inovador como o SECALEX e no recrutamento e
selecção de uma equipa competente.

A empresa só recruta e selecciona os melhores profissionais do mercado. Estabeleceu como


nível mínimo de admissão para operadores o 11º ano (preferencialmente das escolas
profissionais) e reforçou a contratação de técnicos especializados (cerca de 20% dos
trabalhadores da METALEX, SA. possui formação de nível superior).

A empresa possui uma estrutura matricial, com organização do trabalho em equipas semi-
autonómas, que são responsáveis pela concepção e execução do trabalho. Estas equipas estão
também envolvidas na investigação e desenvolvimento de projectos piloto.

Na década de 90, a empresa começou a perder quota de mercado face à concorrência das
multinacionais que conseguem lançar no mercado produtos a preços inferiores e cumprir os
prazos de entrega. Aliás, este último tem sido um dos problemas da empresa, apesar das
competências dos seus 300 trabalhadores.

Na empresa existe a consciência de que alguma coisa tem que mudar. E, para o efeito, a
empresa contratou uma conceituada empresa de consultoria para implementar um processo de
mudança que aumente o dinamismo e o envolvimento dos seus trabalhadores.

Imaginando que são um grupo de consultores, façam um diagnóstico da empresa e proponham


um plano de mudança.