Você está na página 1de 32

Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2019 III SÉRIE —

­ Número 40

IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P. Governo do Distrito de Ile


Posto Administrativo de Ile-Sede
AVISO
A matéria a publicar no «Boletim da República» deve ser DESPACHO
remetida em cópia devidamente autenticada, uma por cada Um grupo de cidadãos da Associação Vahane Murima requereu ao
assunto, donde conste, além das indicações necessárias para Posto Administrativo de Ile-Sede, Distrito de Ile seu reconhecimento
esse efeito, o averbamento seguinte, assinado e autenticado: como pessoa jurídica, juntando ao pedido, os respectivos estatutos de
Para publicação no «Boletim da República». constituição.
Apreciados os documentos submetidos, verifica-se que se trata de
uma associação agro-pecuária que prossegue fins lícitos, não lucrativos,
SUMÁRIO determinados e legalmente possíveis e que o acto de constituição e os
estatutos da mesma cumprem o escopo e requisitos exigidos por lei nada
Governo do Distrito de Ile: obstando ao seu reconhecimento.
Posto Administrativo de Ile-Sede: Os órgãos sociais da referida associação, eleitos por um período
Despacho. de 5 (cinco) anos renováveis uma única vez, são os seguintes:
Instituto Nacional de Minas: i) Assembleia Geral;
Avisos. ii) Conselho de Direcção;
iii) Conselho Fiscal.
Anúncios Judiciais e Outros:
Associação Nari None 1. Nestes termos e no disposto no artigo 5, do Decreto-Lei n.º 2/2006,
Associação Ohaua. de 3 de Maio, vai reconhecida definitivamente como pessoa colectiva a
Associação Vahane Murima. Associação Agro-Pecuária de Muyeye.
Auto Edrik – Sociedade Unipessoal, Limitada. Governo do Distrito de Ile, 30 de Julho de 2018. — O Chefe do Posto
Lhakanane Serviços, Limitada. Administrativo, António Baptista António.
Nuvipar, Limitada.
International Risk Management Consultancy, Limitada.
SIT – Sociedade de Investimentos Técnicos, Limitada.
MSNJ – Sociedade de Advogados, Limitada.
Conrete Construções – Sociedade Unipessoal, Limitada.
Zitao Ye – Sociedade Unipessoal,Limitada. DESPACHO
Inhangombe, Limitada.
Next-Electricidade & Iluminação, Limitada. Um grupo de cidadãos da Associação Ohaua requereu ao Posto
Tebu – Sociedade Unipessoal, Limitada. Administrativo de Ile-Sede, distrito de Ile seu reconhecimento como
Editora Kingdom, Limitada. pessoa jurídica, juntando ao pedido, os respectivos estatutos de
Vida Holistica – Sociedade Unipessoal, Limitada. constituição.
Matendene Investimentos, Limitada. Apreciados os documentos submetidos, verifica-se que se trata de
Matalane Investimentos, Limitada. uma associação agro-pecuária que prossegue fins lícitos, não lucrativos,
HSK Agribusiness e Investimentos. determinados e legalmente possíveis e que o acto de constituição e os
J & D Serviços – Sociedade Unipessoal, Limitada. estatutos da mesma cumprem o escopo e requisitos exigidos por lei nada
Vabis Gráfica e Serviços – Sociedade Unipessoal, Limitada.
obstando ao seu reconhecimento.
Vage – Sociedade Unipessoal, Limitada.
Makarrape, Limitada. Os órgãos sociais da referida associação, eleitos por um período
NFC-Nutrition For Change, Limitada. de 5 (cinco) anos renováveis uma única vez, são os seguintes:
Hlambetweni – Sociedade Unipessoal, Limitada. i) Assembleia Geral;
Super Mercado Maravilha, Limitada. ii) Conselho de Direcção;
Adega do Bottle Store, Limitada. iii) Conselho Fiscal.
Idas – Sociedade Unipessoal, Limitada.
Nestes termos e no disposto no artigo 5, de Decreto-Lei n.º 2/2006,
Inovação Multiserviços, Limitada.
Rubra Serviços, Limitada. de 3 de Maio, vai reconhecida definitivamente como pessoa colectiva
S.C.J Investimentos, Limitada. a associação Agro-Pecuária de Comunidade de Maripiha.
XINAI, Limitada. Governo do Distrito de Ile, a 1 de Agosto de 2018. — O Chefe
Imperius, Limitada. do Posto Administrativo, António Baptista António.
1172 III SÉRIE — NÚMERO 40
DESPACHO que por despacho de S. Exa. Ministro dos Recursos Minerais e Energia
de 5 de Outubro de 2018, foi atribuída à favor de Southern Minerals,
Um grupo de cidadãos da Associação Nari None requereu ao
Limitada, a Concessão Mineira n.º 8565C, válida até 4 de Setembro de
Posto Administrativo de Ile-Sede, distrito de Ile seu reconhecimento
2043, para berilo, rubi, tantalite, turmalina, ouro e minerais associados,
como pessoa jurídica, juntando ao pedido, os respectivos estatutos de
no distrito de Alto-Molócuè, na província de Zambézia, com as seguintes
constituição.
coordenadas geográficas:
Apreciados os documentos submetidos, verifica-se que se trata de
uma associação agro-pecuária que prossegue fins lícitos, não lucrativos, Vértice Latitude Longitude
determinados e legalmente possíveis e que o acto de constituição e os
estatutos da mesma cumprem o escopo e requisitos exigidos por lei nada 1 -16º 02´ 30,00´´ 37º 55´ 0,00´´
obstando ao seu reconhecimento. 2 -15º 59´ 40,00´´ 37º 55´ 0,00´´
3 -15º 59´ 40,00´´ 37º 54´ 30,00´´
Os órgãos sociais da referida associação, eleitos por um período 4 -15º 56´ 40,00´´ 37º 54´ 30,00´´
de 5 (cinco) anos renováveis uma única vez, são os seguintes: 5 -15º 56´ 40,00´´ 37º 56´ 50,00´´
i) Assembleia Geral; 6 -15º 55´ 40,00´´ 37º 56´ 50,00´´
ii) Conselho de Direcção; 7 -15º 55´ 40,00´´ 37º 58´ 0,00´´
iii) Conselho Fiscal. 8 -15º 54´ 40,00´´ 37º 58´ 0,00´´
Nestes termos e no disposto no artigo 5, de Decreto-Lei n.º 2/2006, 9 -15º 54´ 40,00´´ 37º 55´ 40,00´´
de 3 de Maio, vai reconhecida definitivamente como pessoa colectiva 10 -15º 55´ 0,00´´ 37º 55´ 40,00´´
a Associação Agro-Pecuária de Inhanhane. 11 -15º 55´ 0,00´´ 37º 55´ 20,00´´
Governo do Distrito de Ile, 29 de Agosto de 2018. — O Chefe 12 -15º 52´ 30,00´´ 37º 55´ 20,00´´
do Posto Administrativo, António Baptista António. 13 -15º 52´ 30,00´´ 38º 00´ 0,00´´
14 -15º 58´ 0,00´´ 38º 00´ 0,00´´
15 -15º 58´ 0,00´´ 37º 59´ 0,00´´
16 -15º 59´ 10,00´´ 37º 59´ 0,00´´
17 -15º 59´ 10,00´´ 37º 57´ 50,00´´
18 -15º 58´ 40,00´´ 37º 57´ 50,00´´
Instituto Nacional de Minas 19 -15º 58´ 40,00´´ 37º 57´ 10,00´´
20 -15º 59´ 40,00´´ 37º 57´ 10,00´´
21 -15º 59´ 40,00´´ 37º 58´ 0,00´´
AVISO
22 -16º 02´ 30,00´´ 37º 58´ 0,00´´
Em cumprimento do disposto no artigo 26 do Regulamento da Lei de
Minas aprovado pelo Decreto n.º 31/2015, de 31 de Dezembro, publicado Instituto Nacional de Minas, em Maputo, 11 de Outubro de 2018. —
no Boletim da República, n.º 104, I.ª série, Suplemento, faz-se saber O Director-Geral, Adriano Silvestre Sênvano.

ANÚNCIOS JUDICIAIS E OUTROS

Associação Vahane Murima os recursos naturas existentes na comunidade, e) Gerir zonas de uso e de valor histó-
incluindo terras, florestas, fauna bravia, recursos rico-cultural identificadas pela
CAPÍTULO I hídricos, recursos mineiros, áreas turísticas comunidade;
entre outros. f) Identificar e propor à comunidade
Das disposições gerais Dois) Constituem objectivos específicos acções estratégicas para explora-
ARTIGO UM da associação: ção sustentável de recursos naturas
a) Representar a comunidade nos e terras comunitárias;
Denominação, natureza e sede
processos de consultas comuni- g) Organizar e operacionalizar meca-
Associação Vahane Murima, é uma pessoa tárias; nismos de prevenção e resolução de
colectiva de direito privado sem fins lucrativos b) Representar a comunidade na deli- conflitos de terras e recursos naturas,
com personalidade jurídica e autonomia mitação da terra da comunidade e outros conflitos comunitários;
administrativa, financeira e patrimonial, e das comunidades circunvizinhas; h) Colaborar com as entidades do
com sede no povoado de Muyeye, regulado c) Representar a comunidade nos proces-
governo no que diz respeito à
do Hamela, localidade de Nampevo, Posto sos de licenciamento das acti-
gestão de recursos naturais e terras
Administrativo de sede Errego, distrito de Ile, vidades de exploração de recursos
comunitárias, bem como ao desen-
província da Zambézia. naturais através de emissão de
volvimento comunitário geral;
pareceres, depois de ouvidos os
ARTIGO DOIS membros da comunidade; i) Propor à provação da comunidade a
d) Organizar e assegurar a colabora- planos comunitários de uso de terras
(Objectivos) e exploração dos recursos naturas;
ção da comunidade na fiscaliza-
Um) A associação tem como objectivo geral ção das actividades de exploração j) Apoiar a organização dos campo-
representar a comunidade na defesa dos seus de recursos naturais, incluindo neses e outros grupos económicos
interesses gerais, assim como na gestão de todos recursos florestais; comunitários, de modo a poderem
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1173
defender e melhorar os seus inte- ARTIGO CINCO Após as eleições, o líder comunitário deve
resses de produção e desenvolvi- apresentar à comunidade os membros eleitos
(Condições de adesão)
mento rural; para os órgãos sociais.
k) Promover o desenvolvimento comu- Um) A adesão à associação como membro
nitário através de acções de capa- efectivo é livre e dispensa formalidades, ARTIGO DEZ
citação, da introdução de novas bastando para o efeito que a pessoa interessada (Assembleia Geral)
tecnologias e do estabelecimento seja residente permanente da comunidade de
de parcerias estratégicas com Muyeye há pelo menos seis meses, e desde Um) Assembleia Geral é o órgão máximo da
entidades do governo, do sector que não indique, expressamente e por escrito, associação, fazendo parte dela todos membros
privado e da sociedade civil; o seu desinteresse em integrar a associação ou em pleno gozo dos seus direitos estatutários.
l) Fomentar o aumento da produção e em aceitar o disposto nos presentes estatutos. Dois) O cumprimento das deliberações da
produtividade por meio de sementes Dois) A admissão de membros honorários, Assembleia Geral tomadas em observância à
melhoradas, expandir o mercado que não sejam líderes da comunidade, é feita lei e aos estatutos é obrigatório para todos os
para colocação dos produtos da mediante proposta fundamentada da Direcção membros.
comunidade; Executiva, ou mediante proposta de pelo menos Três) Cada membro, incluindo os membros
m) Identificar e implementar as acções colectivos, tem direito a um voto.
15 (quinze) membros efectivos no pleno gozo
eficazes de prevenção e combate as
dos seus direitos.
queimadas descontroladas; ARTIGO ONZE
Quatro) A decisão final sobre o pedido de
n) Gerir os recursos financeiros e materiais
admissão de um membro honorário compete à (Competências da Assembleia Geral)
alocados pelo governo e outros
Assembleia Geral da associação.
parceiros para o desenvolvimento Compete à Assembleia Geral:
da comunidade. ARTIGO SEIS a) Aprovar a política geral o plano geral
ARTIGO TRÊS Intransmissibilidade da qualidade de actividades da associação;
de membro b) Eleger os membros da Mesa da
Duração
Assembleia Geral, do Conselho
A Associação Vahane Murima é constituída A qualidade de membro é pessoal e intrans- de Direcção e do Conselho Fiscal,
por tempo indeterminado contado a partir missível. ouvido o líder comunitário/régulo;
da data do respectivo registo. Em caso de ausência ou impedimento c) Aprovar o regulamento interno e outros
temporário, os membros podem fazer-se instrumentos de governação da
CAPÍTULO III representar na Assembleia Geral ou noutros associação;
eventos por outros membros, mediante d) Apreciar e aprovar o relatório anual de
Dos membros
declaração expressa e escrita nesse sentido actividades e de contas, bem como o
ARTIGO QUATRO apresentada à Direcção Executiva. plano de actividades e o orçamento
Nos casos em que o membro ausente não para o ano seguinte;
(Categorias de membros)
possa produzir um mandato de representação, e) Deliberar sobre questões que, em
Um) A associação integrará três categorias a respectiva declaração será produzida pela recurso, lhe forem apresentadas
de membros, nomeadamente: Direcção Executiva. pelos membros;
a) Membros fundadores – Os membros f) Deliberar sobre a admissão ou execução
indicados pela comunidade para ARTIGO SETE
dos membros;
representá-la no processo de lega- Direitos e deveres dos membros g) Deliberar sobre a alteração dos esta-
lização da associação;
CAPÍTULO IV tutos e dissolução da associação;
b) Membros honorários – São membros
h) Deliberar sobre o destino a dar os
honorários os líderes comunitários Dos órgãos bens da associação em caso de
e/ou régulos, e outras entidades
ARTIGO OITO dissolução;
singulares ou colectivas indicadas
pela comunidade que tenham i) Deliberar sobre o uso dos recursos da
(Órgãos sociais) associação;
contribuído de forma substancial
para o bem e desenvolvimento da A associação tem os seguintes órgãos j) Deliberar sobre de jóia, quotas e outras
comunidade; sociais: contribuições a serem prestadas
c) Membros efectivos – São todos os i) Assembleia Geral; pelos membros para o funcio-
membros da comunidade, singu- ii) Conselho de Direcção; namento da associação.
lares ou colectivos, residentes ou iii) Conselho Fiscal.
baseados na comunidade à data do ARTIGO DOZE
registo da associação, bem como ARTIGO NOVE Funcionamento da Assembleia Geral
os membros que venham a residir (Mandato dos titulares)
ou a basear-se na comunidade Um) A Assembleia Geral reúne-se ordi-
com o conhecimento e anuência Os titulares dos cargos dos órgãos sóc1ias nariamente uma vez por ano e extraordi-
das autoridades comunitárias nos serão eleitos para mandatos de cinco anos, nariamente sempre que seja necessário e nos
termos das regras costumeiras ou da podendo recandidatar-se uma única vez. termos estatutários.
demais legislação em vigor no país. A recandidatura e aceite pelos órgãos sociais Dois) A Assembleia Geral reúne-se em
Dois) Não são considerados membros da mediante desempenho do mandato anterior. primeira convocatória com a presença de
associação, as pessoas singulares ou colectivas No caso de necessidade de substituição pelo menos mais de metade dos membros
que pratiquem a actividade agrícola ou outras permanente do titular de um cargo dos órgãos fundadores e em segunda convocatória, meia
actividades na comunidade de Muyeye, não referido no artigo anterior, o substituto eleito hora depois, com qualquer número de membros
estejam baseados nem residam de forma desempenhará as suas funções até ao final do presente. Em ambos os casos a presença do líder
permanente na comunidade de Muyeye. mandato do membro substituído. é indispensável.
1174 III SÉRIE — NÚMERO 40
Três) As sessões extraordinárias são convo- f) Estabelecer acordos de cooperação e Integram o património da associação todos
cadas pelo Conselho Directivo ou a pedido de existência com outras organizações, os bens que forem adquiridos a título gratuito
pelo menos 15 membros efectivos e no pleno doadores e outras instituições; ou oneroso.
gozo dos seus direitos. g) Produzir o regulamento interno da as- As regras de utilização de fundos e bens do
Quatro) As deliberações da Assembleia Geral sociação para aprovação pela As- património da associação são definidas pela
são tomadas por via de votação, prevalecendo sembleia Geral, ouvido o Conselho Assembleia Geral.
o voto da maioria dos membros presentes, Fiscal.
expresso pessoalmente, ou através de mandato ARTIGO VINTE
ARTIGO DEZASSEIS
de representação. (Casos omissos)
(Conselho Fiscal)
ARTIGO TREZE As omissões dos presentes estatuto serão
O Conselho Fiscal é composto por três colmatadas ou detalhadas no regulamento
(Conselho de Direcção) membros dos quais um (a) Presidente, um (a)
interno da associação, pelas regras costumeiras
Um) Conselho de Direcção é o órgão vice-presidente e um (a) Secretário do Conselho
da comunidade aplicáveis ao caso, ou pela
executivo da associação, responsável pela Fiscal.
legislação vigente no país, o disposto no Código
implementação das deliberações da Assembleia ARTIGO DEZASSETE Civil e na demais legislação aplicável.
Geral e pela execução do Plano de actividades
por este aprovado. (Competências do Conselho)
Dois) O Conselho de Direcção é constituído Compete ao Conselho Fiscal:
por um (a) Presidente, um (a) vice-presidente,
a) Verificar o cumprimento dos estatutos,
um (a) secretário (a), e um (a) tesoureiro (a),
do regulamento interno e da legis-
e um vogal.
lação aplicável; Associação Ohaua
ARTIGO CATORZE b) Verificar o cumprimento das deli-
CAPÍTULO I
berações emanadas pela Assembleia
(Competências do Conselho de Direcção) Geral da associação; Das disposições gerais
c) Examinar os livros de registos e
Um) Ao Conselho de Direcção compete ARTIGO UM
toda documentação da associação
administrar todas as actividades e interesses
sempre para o efeito lhe for Denominação, natureza e sede
da associação, praticando todos os actos
solicitado bem como quando o
administrativos, financeiros e programáticos Associação Ohaua é uma pessoa colectiva
julgue conveniente;
necessários ao bom funcionamento da mesma de direito privado sem fins lucrativos com
d) Emitir parecer sobre o relatório anual
e para o cumprimento integral dos objectivos da de actividades e contas do Conselho personalidade jurídica e autonomia admi-
associação e do plano de actividades aprovado de Direcção, bem como sobre o nistrativa, financeira e patrimonial, com sede
pela Assembleia Geral. plano de actividade e o orçamento no povoado de Maripiha, Regulado do Motinea,
Dois) Compete também ao Conselho de para o ano seguinte; Localidade de Nampevo, Posto Administrativo
Direcção interagir com todas as entidades e) Acompanhar a realização dos trabalhos de sede Errego, distrito de Ile, província
relevantes em representação da associação, bem de auditoria às contas da associa- da Zambézia.
como a sua representação em juízo e fora dele. ção.
Três) O Conselho de Direcção reúne-se ARTIGO DOIS
ordinariamente uma vez por mês e extra- ARTIGO DEZOITO
(Objectivos)
ordinariamente sempre que lhe for convocado (Funcionamento do Conselho Fiscal)
pelo seu presidente ou pelo menos dos membros, Um) A associação tem como objectivo geral
as suas deliberações. O Conselho Fiscal reúne-se ordinariamente representar a comunidade na defesa dos seus
de 30 em 30 dias, e extraordinariamente, interesses gerais, assim como na gestão de todos
ARTIGO QUINZE sempre que se revele necessário ou quando os recursos naturas existentes na comunidade,
for convocado pelo Conselho de Direcção ou incluindo terras, florestas, fauna bravia, recursos
(Funções do Conselho de Direcção) pelos membros. hídricos, recursos mineiros, áreas turísticas
O Conselho de Direcção tem as seguintes entre outros.
CAPÍTULO V
funções: Dois) Constituem objectivos específicos
a) Superintender todos os actos correntes Das disposições finais da associação:
de gestão da associação assumindo ARTIGO DEZANOVE a) Representar a comunidade nos pro-
todos os poderes de representação, cessos de consultas comunitárias;
Dos fundos e património da associação
assinatura contrato e escrituras; b) Representar a comunidade na deli-
b) Zelar pelo comprimento das dispo- Constituem fundos próprios da associação mitação da terra da comunidade
sições legais, estatutárias, e das os seguintes: e das comunidades circunvizinhas;
deliberações; O valor da jóia e quota pagas pelos c) Representar a comunidade nos pro-
c) Elaborar e submeter a aprovação da membros; cessos de licenciamento das acti-
assembleia geral o relatório de Quaisquer subsídios, donativos, heranças, vidades de exploração de recursos
contas do seu mandato, bem como o legados de entidades privadas ou naturais através de emissão de
plano de actividades e o orçamento públicas, nacionais ou estrangeiras, pareceres, depois de ouvidos os
para o ano seguinte; bem como os que advierem da membros da comunidade;
d) Apreciar e aprovar a admissão de prestação de serviços a terceiros d) Organizar e assegurar a colaboração
novos membros; ou da aplicação ou investimento da comunidade na fiscalização
e) Suspender a qualidade de membros e de bens próprios visando a mate- das actividades de exploração
dar parecer sobre a sua exclusão nos rialização dos objectivos da as- de recursos naturais, incluindo
termos do presente estatuto; sociação. recursos florestais;
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1175
e) Gerir zonas de uso e de valor histó- b) Membros honorários – São membros ARTIGO SETE
rico-cultural identificadas pela honorários os líderes comunitários
Direitos e deveres dos membros
comunidade; e/ou régulos, e outras entidades
f) Identificar e propor à comunidade singulares ou colectivas indicadas CAPÍTULO IV
acções estratégicas para exploração pela comunidade que tenham Dos órgãos
sustentável de recursos naturas e contribuído de forma substancial
terras comunitárias; para o bem e desenvolvimento da ARTIGO OITO
g) Organizar e operacionalizar meca- comunidade; (Órgãos sociais)
nismos de prevenção e resolução de c) Membros efectivos – São todos os
conflitos de terras e recursos naturas, A associação tem os seguintes órgãos
membros da comunidade, singu-
e outros conflitos comunitários; sociais:
lares ou colectivos, residentes ou
h) Colaborar com as entidades do Assembleia Geral;
baseados na comunidade à data do
governo no que diz respeito à Conselho de Direcção; e
registo da associação, bem como
gestão de recursos naturais e Conselho Fiscal.
os membros que venham a residir
terras comunitárias, bem como
ou a basear-se na comunidade ARTIGO NOVE
ao desenvolvimento comunitário
com o conhecimento e anuência
geral; (Mandato dos titulares)
das autoridades comunitárias nos
i) Propor à provação da comunidade a
planos comunitários de uso de terras termos das regras costumeiras ou da Um) Os titulares dos cargos dos órgãos
e exploração dos recursos naturas; demais legislação em vigor no país. sóc1ias serão eleitos para mandatos de cinco
j) Apoiar a organização dos camponeses Dois) Não são considerados membros da anos, podendo recandidatar-se uma única vez.
e outros grupos económicos comu- associação, as pessoas singulares ou colectivas Dois) A recandidatura e aceite pelos órgãos
nitários, de modo a poderem que pratiquem a actividade agrícola ou outras sociais mediante desempenho do mandato
defender e melhorar os seus actividades na comunidade de Maripiha, não anterior.
interesses de produção e desenvol- Três) No caso de necessidade de substituição
estejam baseados nem residam de forma perma-
vimento rural; permanente do titular de um cargo dos órgãos
nente na comunidade de Maripiha.
k) Promover o desenvolvimento comu- referido no artigo anterior, o substituto eleito
nitário através de acções de capa- ARTIGO CINCO desempenhará as suas funções até ao final do
citação, da introdução de novas mandato do membro substituído.
(Condições de adesão) Quatro) Após as eleições, o líder comunitário
tecnologias e do estabelecimento
Um) A adesão à associação como membro deve apresentar à comunidade os membros
de parcerias estratégicas com
eleitos para os órgãos sociais.
entidades do governo, do sector efectivo é livre e dispensa formalidades,
privado e da sociedade civil; bastando para o efeito que a pessoa interessada ARTIGO DEZ
l) Fomentar o aumento da produção e seja residente permanente da comunidade de
produtividade por meio de sementes Maripiha há pelo menos seis meses, e desde (Assembleia Geral)
melhoradas, expandir o mercado que não indique, expressamente e por escrito, Um) Assembleia Geral é o órgão máximo da
para colocação dos produtos da o seu desinteresse em integrar a associação ou associação, fazendo parte dela todos membros
comunidade; em aceitar o disposto nos presentes estatutos. em pleno gozo dos seus direitos estatutários.
m) Identificar e implementar as acções Dois) A admissão de membros honorários, Dois) O cumprimento das deliberações da
eficazes de prevenção e combate as que não sejam líderes da comunidade, é feita Assembleia Geral tomadas em observância à
queimadas descontroladas; mediante proposta fundamentada da Direcção lei e aos estatutos é obrigatório para todos os
n) Gerir os recursos financeiros e materiais Executiva, ou mediante proposta de pelo menos membros.
alocados pelo governo e outros Três) Cada membro, incluindo os membros
15 (quinze) membros efectivos no pleno gozo
parceiros para o desenvolvimento colectivos, tem direito a um voto.
dos seus direitos.
da comunidade.
Cinco) A decisão final sobre o pedido de ARTIGO ONZE
ARTIGO TRÊS admissão de um membro honorário compete à
Assembleia Geral da associação. (Competências da Assembleia Geral)
Duração
Compete à Assembleia Geral:
ARTIGO SEIS
A Associação Ohaua é constituída por a) Aprovar a política geral o plano geral
tempo indeterminado contado a partir da data Intransmissibilidade da qualidade de actividades da associação;
do respectivo registo. de membro b) Eleger os membros da Mesa da As-
sembleia Geral, do Conselho de
CAPÍTULO III Um) A qualidade de membro é pessoal e
Direcção e do Conselho Fiscal,
intransmissível.
Dos membros ouvido o líder comunitário/régulo;
Dois) Em caso de ausência ou impedimento
c) Aprovar o regulamento interno e outros
ARTIGO QUATRO temporário, os membros podem fazer-se repre-
instrumentos de governação da
(Categorias de membros)
sentar na Assembleia Geral ou noutros eventos associação;
por outros membros, mediante declaração d) Apreciar e aprovar o relatório anual de
Um) A associação integrará três categorias expressa e escrita nesse sentido apresentada actividades e de contas, bem como o
de membros, nomeadamente: à Direcção Executiva. plano de actividades e o orçamento
a) Membros fundadores – Os membros Três) Nos casos em que o membro para o ano seguinte;
indicados pela comunidade para ausente não possa produzir um mandato de e) Deliberar sobre questões que, em
representá-la no processo de legali- representação, a respectiva declaração será recurso, lhe forem apresentadas
zação da associação; produzida pela Direcção Executiva. pelos membros;
1176 III SÉRIE — NÚMERO 40
f) Deliberar sobre a admissão ou execução O Conselho de Direcção reúne-se ordinaria- ARTIGO DEZOITO
dos membros; mente uma vez por mês e extraordinariamente
(Funcionamento do Conselho Fiscal)
g) Deliberar sobre a alteração dos esta- sempre que lhe for convocado pelo seu presi-
tutos e dissolução da associação; dente ou pelo menos dos membros, as suas O Conselho Fiscal reúne-se ordinariamente
h) Deliberar sobre o destino a dar os deliberações. de 30 em 30 dias, e extraordinariamente,
bens da associação em caso de sempre que se revele necessário ou quando
dissolução. ARTIGO QUINZE for convocado pelo Conselho de Direcção
i) Deliberar sobre o uso dos recursos da (Funções do Conselho de Direcção) ou pelos membros.
associação;
j) Deliberar sobre de jóia, quotas e outras O Conselho de Direcção tem as seguintes CAPÍTULO V
contribuições a serem prestadas funções:
Das disposições finais
pelos membros para o funciona- a) Superintender todos os actos correntes
mento da associação. de gestão da associação assumindo ARTIGO DEZANOVE
todos os poderes de representação,
ARTIGO DOZE Fundos e património da associação
assinatura contrato e escrituras;
Funcionamento da Assembleia Geral b) Zelar pelo comprimento das dispo- Constituem fundos próprios da associação
sições legais, estatutárias, e das os seguintes:
Um) A Assembleia Geral reúne-se ordina- deliberações; a) O valor da jóia e quota pagas pelos
riamente uma vez por ano e extraordina- c) Elaborar e submeter a aprovação da membros;
riamente sempre que seja necessário e nos assembleia geral o relatório de b) Quaisquer subsídios, donativos,
termos estatutários. contas do seu mandato, bem como o
Dois) A Assembleia Geral reúne-se em heranças, legados de entidades
plano de actividades e o orçamento privadas ou públicas, nacionais
primeira convocatória com a presença de pelo para o ano seguinte;
menos mais de metade dos membros fundadores ou estrangeiras, bem como os que
d) Apreciar e aprovar a admissão de
e em segunda convocatória, meia hora depois, advierem da pres-tação de serviços
novos membros;
com qualquer número de membros presente. a terceiros ou da aplicação ou
e) Suspender a qualidade de membros e
Em ambos os casos a presença do líder é investimento de bens próprios
dar parecer sobre a sua exclusão nos
indispensável. visando a materialização dos
termos do presente estatuto;
Três) As sessões extraordinárias são convo- objectivos da associação;
f) Estabelecer acordos de cooperação e
cadas pelo Conselho Directivo ou a pedido de c) Integram o património da associação
existência com outras organizações,
pelo menos 15 membros efectivos e no pleno todos os bens que forem adquiridos
doadores e outras instituições;
gozo dos seus direitos. a título gratuíto ou oneroso.
g) Produzir o regulamento interno da as-
Quatro) As deliberações da Assembleia Geral sociação para aprovação pela As- As regras de utilização de fundos e bens do
são tomadas por via de votação, prevalecendo sembleia Geral, ouvido o Conselho património da associação são definidas pela
o voto da maioria dos membros presentes, Fiscal. Assembleia Geral.
expresso pessoalmente, ou através de mandato
de representação. ARTIGO DEZASSEIS ARTIGO VINTE

(Conselho Fiscal) (Casos omisso)


ARTIGO TREZE
O Conselho Fiscal é composto por três As omissões dos presentes estatuto serão
(Conselho de Direcção)
membros dos quais um (a) Presidente, colmatadas ou detalhadas no regulamento
Um) Conselho de Direcção é o órgão um (a) vice-presidente e um (a) secretário (a) interno da associação, pelas regras costumeiras
executivo da associação, responsável pela do Conselho Fiscal. da comunidade aplicáveis ao caso, ou pela
implementação das deliberações da Assembleia legislação vigente no país, o disposto no código
Geral e pela execução do plano de actividades ARTIGO DEZASSETE civil e na demais legislação aplicável.
por este aprovado. (Competências do Conselho)
Dois) O Conselho de Direcção é constituído
por um (a) Presidente um (a), um (a) vice- Compete ao Conselho Fiscal:
presidente, um(a) secretaria e um (a) tesoureiro a) Verificar o cumprimento dos estatutos,
e um vogal. do regulamento interno e da legis-
lação aplicável;
Associação Nari None
ARTIGO CATORZE b) Verificar o cumprimento das delibe- CAPÍTULO I
(Competências do Conselho de Direcção) rações emanadas pela Assembleia
Geral da associação; Das disposições gerais
Ao Conselho de Direcção compete admi- c) Examinar os livros de registos e
nistrar todas as actividades e interesses da ARTIGO UM
toda documentação da associação
associação, praticando todos os actos admi- sempre para o efeito lhe for soli- Denominação, natureza e sede
nistrativos, financeiros e programáticos neces- citado bem como quando o julgue
sários ao bom funcionamento da mesma e Associação Nari None é uma pessoa
conveniente;
para o cumprimento integral dos objectivos da d) Emitir parecer sobre o relatório anual colectiva de direito privado sem fins lucrativos
associação e do plano de actividades aprovado de actividades e contas do Conselho com personalidade jurídica e autonomia
pela Assembleia Geral. de Direcção, bem como sobre o administrativa, financeira e patrimonial, com
Compete também ao Conselho de Direcção plano de actividade e o orçamento sede no povoado de Inhanhane, regulado
interagir com todas as entidades relevantes em para o ano seguinte; do Hamela, localidade de Nampevo, Posto
representação da associação, bem como a sua e) Acompanhar a realização dos trabalhos Administrativo de sede Errego, distrito de Ile,
representação em juízo e fora dele. de auditoria às contas da associação. província da Zambézia.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1177
ARTIGO DOIS m) Identificar e implementar as acções Dois) A admissão de membros honorários,
eficazes de prevenção e combate as que não sejam líderes da comunidade, é feita
(Objectivos)
queimadas descontroladas; mediante proposta fundamentada da Direcção
Um) A associação tem como objectivo geral n) Gerir os recursos financeiros e materiais Executiva, ou mediante proposta de pelo menos
representar a comunidade na defesa dos seus alocados pelo governo e outros 15 (quinze) membros efectivos no pleno gozo
interesses gerais, assim como na gestão de todos parceiros para o desenvolvimento dos seus direitos.
os recursos naturas existentes na comunidade, da comunidade. Três) A decisão final sobre o pedido de
incluindo terras, florestas, fauna bravia, recursos admissão de um membro honorário compete
hídricos, recursos mineiros, áreas turísticas ARTIGO TRÊS à Assembleia Geral da associação.
entre outros.
Duração ARTIGO SEIS
Dois) Constituem objectivos específicos da
associação: A Associação Nari None é constituída por Intransmissibilidade da qualidade
a) Representar a comunidade nos pro- tempo indeterminado contado a partir da data de membro
cessos de consultas comunitárias; do respectivo registo.
b) Representar a comunidade na deli- A qualidade de membro é pessoal e
mitação da terra da comunidade CAPÍTULO III intransmissível.
e das comunidades circunvizinhas; Em caso de ausência ou impedimento
Dos membros
c) Representar a comunidade nos proces- temporário, os membros podem fazer-se
sos de licenciamento das actividades ARTIGO QUATRO representar na Assembleia Geral ou noutros
de exploração de recursos naturais eventos por outros membros, mediante
(Categorias de membros)
através de emissão de pareceres, declaração expressa e escrita nesse sentido
depois de ouvidos os membros da Um) A associação integrará três categorias apresentada à Direcção Executiva.
comunidade; de membros, nomeadamente: Nos casos em que o membro ausente não
d) Organizar e assegurar a colaboração a) Membros fundadores – Os membros possa produzir um mandato de representação,
da comunidade na fiscalização a respectiva declaração será produzida pela
indicados pela comunidade para
das actividades de exploração Direcção Executiva.
representá-la no processo de lega-
de recursos naturais, incluindo
lização da associação; ARTIGO SETE
recursos florestais;
b) Membros honorários – São membros
e) Gerir zonas de uso e de valor histó- Direitos e deveres dos membros
honorários os líderes comunitários
rico-cultural identificadas pela
comunidade; e/ou régulos, e outras entidades CAPÍTULO IV
f) Identificar e propor à comunidade singulares ou colectivas indicadas
pela comunidade que tenham Dos órgãos
acções estratégicas para exploração
sustentável de recursos naturas contribuído de forma substancial ARTIGO OITO
e terras comunitárias; para o bem e desenvolvimento da
(Órgãos sociais)
g) Organizar e operacionalizar meca- comunidade;
nismos de prevenção e resolução de c) Membros efectivos – São todos os A associação tem os seguintes órgãos
conflitos de terras e recursos naturas, membros da comunidade, singu- sociais:
e outros conflitos comunitários; lares ou colectivos, residentes ou a) Assembleia Geral;
h) Colaborar com as entidades do baseados na comunidade à data do b) Conselho de Direcção; e
governo no que diz respeito à registo da associação, bem como c) Conselho Fiscal..
gestão de recursos naturais e os membros que venham a residir
terras comunitárias, bem como ou a basear-se na comunidade ARTIGO NOVE
ao desenvolvimento comunitário com o conhecimento e anuência (Mandato dos titulares)
geral; das autoridades comunitárias nos
i) Propor à provação da comunidade a Um) Os titulares dos cargos dos órgãos
termos das regras costumeiras ou da
planos comunitários de uso de terras sóc1ias serão eleitos para mandatos de cinco
demais legislação em vigor no país.
e exploração dos recursos naturas; anos, podendo recandidatar-se uma única vez.
j) Apoiar a organização dos campo- Dois) Não são considerados membros da Dois) A recandidatura e aceite pelos órgãos
neses e outros grupos económicos associação, as pessoas singulares ou colectivas sociais mediante desempenho do mandato
comunitários, de modo a pode- que pratiquem a actividade agrícola ou outras anterior.
rem defender e melhorar os seus actividades na comunidade de Inhanhane, Três) No caso de necessidade de substituição
interesses de produção e desen- não estejam baseados nem residam de forma permanente do titular de um cargo dos órgãos
volvimento rural; permanente na comunidade de Inhanhane. referido no artigo anterior, o substituto eleito
k) Promover o desenvolvimento comu- desempenhará as suas funções até ao final do
nitário através de acções de capaci- ARTIGO CINCO
mandato do membro substituído.
tação, da introdução de novas (Condições de adesão) Quatro) Após as eleições, o líder comunitário
tecnologias e do estabelecimento deve apresentar à comunidade os membros
de parcerias estratégicas com Um) A adesão à associação como membro eleitos para os órgãos sociais.
entidades do governo, do sector efectivo é livre e dispensa formalidades,
privado e da sociedade civil; bastando para o efeito que a pessoa interessada ARTIGO DEZ
l) Fomentar o aumento da produção e seja residente permanente da comunidade de
(Assembleia Geral)
produtividade por meio de sementes Inhanhane há pelo menos seis meses, e desde
melhoradas, expandir o mercado que não indique, expressamente e por escrito, Um) Assembleia Geral é o órgão máximo da
para colocação dos produtos da o seu desinteresse em integrar a associação ou associação, fazendo parte dela todos membros
comunidade; em aceitar o disposto nos presentes estatutos. em pleno gozo dos seus direitos estatutários.
1178 III SÉRIE — NÚMERO 40
Dois) O cumprimento das deliberações da ARTIGO TREZE ARTIGO DEZASSEIS
Assembleia Geral tomadas em observância
(Conselho de Direcção) (Conselho Fiscal)
à lei e aos estatutos é obrigatório para todos
os membros. O Conselho de Direcção é o órgão executivo. O Conselho Fiscal é composto por três
Três) Cada membro, incluindo os membros da associação, responsável pela implementação membros dos quais um (a) presidente, um
colectivos, tem direito a um voto. das deliberações da Assembleia Geral e pela (a) vice-presidente, e um (a) secretário (a)
execução do plano de actividades por este do Conselho Fiscal.
ARTIGO ONZE aprovado.
ARTIGO DEZASSETE
(Competências da Assembleia Geral) O Conselho de Direcção é constituído
por um (a) presidente, um (a), um (a) vice- (Competências do conselho)
Compete à Assembleia Geral: -presidente, um (a) secretária e um (a) tesou- Compete ao Conselho Fiscal:
a) Aprovar a política geral o plano geral reiro (a) e um vogal.
de actividades da associação; a) Verificar o cumprimento dos estatutos,
ARTIGO CATORZE do regulamento interno e da legis-
b) Eleger os membros da Mesa da
lação aplicável;
Assembleia Geral, do Conselho (Competências do Conselho de Direcção) b) Verificar o cumprimento das delibe-
de Direcção e do Conselho Fiscal,
Um) Ao Conselho de Direcção compete rações emanadas pela Assembleia
ouvido o líder comunitário/régulo;
administrar todas as actividades e interesses Geral da associação;
c) Aprovar o regulamento interno e outros
da associação, praticando todos os actos c) Examinar os livros de registos e
instrumentos de governação da toda documentação da associação
associação; administrativos, financeiros e programáticos
sempre para o efeito lhe for
d) Apreciar e aprovar o relatório anual de necessários ao bom funcionamento da mesma
solicitado bem como quando o
actividades e de contas, bem como o e para o cumprimento integral dos objectivos da
julgue conveniente;
plano de actividades e o orçamento associação e do plano de actividades aprovado
d) Emitir parecer sobre o relatório anual
para o ano seguinte; pela Assembleia Geral. de actividades e contas do Conselho
e) Deliberar sobre questões que, em Dois) Compete também ao Conselho de de Direcção, bem como sobre o
recurso, lhe forem apresentadas Direcção interagir com todas as entidades plano de actividade e o orçamento
pelos membros; relevantes em representação da associação, para o ano seguinte;
f) Deliberar sobre a admissão ou execução bem como a sua representação em juízo e fora e) Acompanhar a realização dos tra-
dos membros; dele. balhos de auditoria às contas
g) Deliberar sobre a alteração dos Três) O Conselho de Direcção reúne-se da associação.
estatutos e dissolução da associação; ordinariamente uma vez por mês e extra-
h) Deliberar sobre o destino a dar os ordinariamente sempre que lhe for convocado ARTIGO DEZOITO
bens da associação em caso de pelo seu presidente ou pelo menos dos membros, (Funcionamento do Conselho Fiscal)
dissolução; as suas deliberações.
O Conselho Fiscal reúne-se ordinariamente
i) Deliberar sobre o uso dos recursos da
ARTIGO QUINZE de 30 em 30 dias, e extraordinariamente,
associação;
sempre que se revele necessário ou quando
j) Deliberar sobre de jóia, quotas e outras (Funções do Conselho de Direcção)
for convocado pelo Conselho de Direcção ou
contribuições a serem prestadas
O Conselho de Direcção tem as seguintes pelos membros.
pelos membros para o funcio-
funções:
namento da associação. CAPÍTULO V
a) Superintender todos os actos correntes
ARTIGO DOZE de gestão da associação assumindo Das disposições finais
todos os poderes de representação, ARTIGO DEZANOVE
Funcionamento da Assembleia Geral
assinatura contrato e escrituras;
Um) A Assembleia Geral reúne-se ordina- Fundos e património da associação
b) Zelar pelo comprimento das dispo-
riamente uma vez por ano e extraordinaria- sições legais, estatutárias, e das Um) Constituem fundos próprios da associa-
mente sempre que seja necessário e nos termos deliberações; ção os seguintes:
estatutários. c) Elaborar e submeter a aprovação da a) O valor da jóia e quota pagas pelos
Dois) A Assembleia Geral reúne-se em Assembleia Geral o relatório de membros;
primeira convocatória com a presença de pelo contas do seu mandato, bem como o b) Quaisquer subsídios, donativos,
menos mais de metade dos membros fundadores plano de actividades e o orçamento heranças, legados de entidades
e em segunda convocatória, meia hora depois, para o ano seguinte; privadas ou públicas, nacionais
com qualquer número de membros presente. d) Apreciar e aprovar a admissão de ou estrangeiras, bem como os que
Em ambos os casos a presença do líder é novos membros; advierem da prestação de serviços a
indispensável. e) Suspender a qualidade de membros e terceiros ou da aplicação ou inves-
Três) As sessões extraordinárias são convo- dar parecer sobre a sua exclusão nos timento de bens próprios visando
cadas pelo Conselho Directivo ou a pedido termos do presente estatuto; a materialização dos objectivos
de pelo menos 15 membros efectivos e no pleno f) Estabelecer acordos de cooperação e da associação.
gozo dos seus direitos. existência com outras organizações, Dois) Integram o património da associação
Quatro) As deliberações da Assembleia Geral doadores e outras instituições; todos os bens que forem adquiridos a título
são tomadas por via de votação, prevalecendo g) Produzir o regulamento interno da gratuíto ou oneroso;
o voto da maioria dos membros presentes, associação para aprovação pela Três) As regras de utilização de fundos
expresso pessoalmente, ou através de mandato Assembleia Geral, ouvido o Con- e bens do património da associação são defi-
de representação. selho Fiscal. nidas pela Assembleia Geral.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1179
ARTIGO VINTE ARTIGO QUARTO ARTIGO OITAVO
(Casos omissos) (Capital social) (Balanço e prestação de contas)

As omissões dos presentes estatuto serão Um) O capital social, integralmente subscrito Um) O ano social coincide com o ano civil,
colmatadas ou detalhadas no regulamento é de 20.000,00MT (vinte mil meticais), perten- iniciando a um de janeiro e termina a trinta e
Interno da associação, pelas regras costumeiras cente ao seguinte sócio. um de Dezembro.
da comunidade aplicáveis ao caso, ou pela Dois) Nelson Pedro Chambula, com Dois) O balanço e contas de resultdos
legislação vigente no país, o disposto no código 20.000,00MT (vinte mil meticais), corres- fecham a 31 de Dezembro de cada ano, devendo
civil e na demais legislação aplicável. pondente a 100% do capital social. a administração da actividade organizar a
escritas anuais e elaborar o relatório respeitante
ARTIGO QUINTO ao exercício e uma resposta de aplicação de
resultados.
(Prestações suplementares)
ARTIGO NONO
Um) Poderão os exigir prestações suple-
Auto Edrik – Sociedade mentares de capital, sempre que for ncessário, (Dissolução e liquidação da sociedade)
Unipessoal, Limitada mediante a participação e aceitação de uma Um) A sociedade dissolve-se nos casos
maioria dos sócios. determinados na lei por deliberação de dois
Certifico, para efeitos de publicação, que por
escritura de trinta e um de Janeiro de dois mil Dois) O sócio poderá fazer prestações suple- terços de capital social.
e dezanove, lavrada de folhas oitenta e quatro mentares a sociedade até ao montante global Dois) Se a sociedade for liquidada, o patri-
a folhas oitenta e cinco do livro de notas para da sua quota. mónio restante será distribuido entre sócio
escrituras diversas número setenta e seis traço Três) Poderão exigir prestações suple- proporcionalmente ao valor das respectivas
E do Terceiro Cartório Notarial, perante Elvira mentares de capital, sempre que for julgado quotas.
Freitas Sumine Gonda, licenciada em Direito, necessário, mediante a participação e aceitação
conservadora e notária superior em exercício no ARTIGO DÉCIMO
de uma maioria dos sócios.
referido cartório, foi constituída uma sociedade (Morte, interdição ou inabilitação)
por quotas de responsabilidade limitada, que ARTIGO SEXTO
se regerá pelos artigos constantes dos artigos Em caso de morte interdição ou inabilitação
(Administração, gerência e sua do sócio, a sua quota será paga a quem tem
seguintes:
representação) direito pelo valor que o balanço apresentar a
ARTIGO PRIMEIRO data do óbito ou da certificação daquele estado,
Um) A administração da sociedade é exer-
A sociedade adopta a denominação de caso os herdeiros ou representantes legais
cida pelos sócios ou mais administradores,
Auto Edrik – Sociedade Unipessoal, Limitada, não se manisfestem no prazo de seis meses
podendo nomear o próprio sócio ou pessoas
constitui se sob forma de responsabilidade após a notificação da intenção de continuar na
estranhas sociedade, que ficarão dispensados
limitada e será regida pelos presentes estatutos sociedade.
de prestar caução.
e demais legislação aplicável na República de
Moçambique. Dois) O sócio, bem como os administradores ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
por este nomeados por ordem ou em autorizacão
(Casos omissos)
ARTIGO SEGUNDO deste, podem constituir um ou mais procuradores
nos termos e para efeitos da lei. Os casos omissos serão regulados pelas
(Sede e duração)
Três) Os mandatos podem ser gerais ou disposições legais vigentes em Moçambique.
Um) A sociedade tem a sua sede na Avenida especiais e tanto os sócios como os admi- O Técnico, Ilegível.
Quatro de Outubro, número quatrocentos oitenta nitradores poderão revogá-los a todo tempo,
e oito, nesta cidade de Maputo. estes e outros mesmo sem autorização prévia
Dois) Por simples deliberação da assembleia
dos sócios quando as circunstancias ou urgência
geral pode transferir a sua sede para outro
se justifiquem.
local, criar sucursais, delegações, agências
ou qualquer outra forma de representação Quatro) Compete a administração, a repre- Lhakanane Serviços,
sentação da sociedade em todos os seus actos,
em qualquer ponto de Moçambique e no
activa e passivamente, em juizo e fora dele, tanto
Limitada
estrangeiro.
Três) A sociedade é constituída por tempo na ordem juridica interna como a internacional, Certifico, para efeitos de publicação, que
indeterminado e tem o seu inicio a contar da dispondo de mais amplos poderes legalmente no dia 11 de Janeiro de 2019, foi matriculada
data da sua constituição. consentidos para a prossecução do objecto na Conservatória do Registo das Entidades
social, designadamente, quanto ao exercício da Legais sob NUEL 101093043, uma entidade
ARTIGO TERCEIRO
gestão corrente dos negócios sociais. denominada Lhakanane Serviços, Limitada,
(Objecto social) entre:
ARTIGO SÉTIMO Atanásio Pedro Chacanane, solteiro, natural
Um) A sociedade tem por objecto: venda
(Formas de obrigar a sociedade) de Inhassoro, residente no Município
de peças de viaturas e reboque e manutenção.
Dois) A sociedade poderá participar no da Matola, Bairro Bunhiça, quarteirão
Um) A sociedade fica obrigada pela assina- n.º 105, casa n.º 721, portadora do Bilhete de
capital de outras, adquirir e alienar participações,
tura do administrador ou de um procurador por Identidade n.º 110103990210B, emitido em
designadamente noutras sociedades ou outras de
representação ja existentes ou a constituir, seja este indicado e com poderes para o efeito. Maputo, aos 20 de Janeiro de 2015, titular
qual for o seu objecto, bem como participar Dois) Os actos de mero expediente poderão do NUIT 100864177;
directamente ou fazer-se representar nos respec- ser assinados pelo administrador ou por Abel Munir Ahmed Haider Mamade, casado,
tivos orgãos sociais e praticar todos os actos qualquer empregado por ele expressamente natural da cidade da Beira, residente no
necessários para tais fins. autorizado. município da Beira, rua Comandante Diogo
1180 III SÉRIE — NÚMERO 40
de Sá, n.º 288, portador do Bilhete de ARTIGO SEXTO Nuvipar, Limitada
Identidade n.º 070100137899P, emitido na
(Prestações suplementares)
cidade da Beira, aos 20 de Janeiro de 2017, Certifico, para efeitos de publicação, que
titular do NUIT 300181872; Não serão exigidas prestações suplemen- no dia 27 de Julho de 2018, foi matriculada
tares de capital, podendo, no entanto, os sócios na Conservatória do Registo das Entidades
É celebrado o presente contrato de socie- efectuarem suprimentos à sociedade de acordo Legais sob NUEL 100886081, uma entidade
dade, que se rege nas condições e nos termos com as condições que forem fixadas pela denominada Nuvipar, Limitada.
seguintes: assembleia geral.
É celebrado o presente contrato de sociedade,
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO SÉTIMO nos termos do artigo 90 do Código Comercial,
entre:
(Denominação) (Cessão de quotas)
Primeira. Virgínia Velma Macuiane, divor-
A sociedade adopta a denominação de Um) A cessão e divisão de quotas, assim ciada, residente na rua Kibiriti Diwane, n.º 308,
Lhakanane Serviços, Limitada, sendo uma como a sua oneração em garantia de quais- bairro da Sommerchield, cidade de Maputo,
sociedade por quotas, de responsabilidade quer obrigações dos sócios dependem do de nacionalidade moçambicana, portadora do
limitada. consentimento da sociedade, sendo nulos Bilhete de Identidade n.º 110100340347S,
quaisquer actos que contrariem o presente emitido a 12 de Agosto de 2015, válido até 12
ARTIGO SEGUNDO número. de Agosto de 2020;
Dois) A cessão e divisão de quotas a Segundo. Nuno Miguel Lourenço Dias,
(Duração)
estranhos depende do prévio consentimento da divorciado, residente na Rua Kibiriti Diwane
A sociedade é constituída por tempo inde- assembleia geral e só produzirão efeitos a partir
n.º 308, Bairro da Sommerchield, cidade
terminado e reger-se-á pelos presentes estatutos da data da respectiva escritura notarial.
de Maputo, de nacionalidade portuguesa,
e demais legislação aplicável. Três) À sociedade fica sempre reservado, em
portador do DIRE n.º 11PT00062736J, emitido
primeiro lugar, o direito de preferência no caso
aos 3 de Março de 2017, válido até 3 de Março
ARTIGO TERCEIRO de cessão de quotas e, não querendo, poderá o
mesmo direito de preferência ser exercido pelos 2018.
(Sede social) sócios individualmente. Pelo presente contrato de sociedade outor-
gam e constituem entre si uma sociedade por
Um) A sociedade tem a sua sede social na ARTIGO OITAVO quotas de responsabilidade limitada, que se
rua Dr. Kutumula, n.º 120, no município da
(Administração) regerá pelas cláusulas seguintes:
cidade da Matola.
Dois) A gerência poderá deslocar livremente Um) A representação da sociedade em CAPÍTULO I
a sede social dentro do país ou, quando juizo ou fora dele é feita de forma rotativa
pelos sócios, por um período de três anos, Da denominação, objecto, sede social
devidamente autorizada pelas autoridades
sendo nomeado desde já gerente o sócio Abel e duração
competentes, criar ou encerrar agências,
sucursais ou outras formas de representação Munir Ahmed Haider Mamade, com dispensa ARTIGO PRIMEIRO
em território nacional ou no estrangeiro, de caução.
Dois) A sociedade fica validamente obrigada (Denominação e sede)
em deliberação tomada para o efeito pela
pela assinatura individualizada do sócio- Um) A sociedade adopta a denominação de
assembleia geral.
gerente acima mencionado ou pela assinatura Nuvipar, Limitada, pessoa colectiva de direito
de um gestor a quem a assembleia geral tenha privado, sob forma de sociedade por quotas de
ARTIGO QUARTO
conferido uma delegação de poderes.
responsabilidade limitada.
(Objecto social)
ARTIGO NONO Dois) A sociedade tem a sua sede na cidade
A sociedade tem por objecto a compra e de Maputo, Rua Damião de Góis, n.º 438, bairro
(Quórum e deliberação) da Sommerchield, cidade de Maputo, podendo,
venda de produtos petrolíferos e seus derivados,
incluindo designadamente: Sem prejuízo dos casos em qua a lei exija mediante simples deliberação da assembleia
maior número de votos, considera-se que a geral, criar ou extinguir sucursais, agências ou
a) Exploração de postos de abastecimento
assembleia geral possui quórum suficiente para quaisquer outras formas de representação social,
de combustíveis diversos; onde e pelo tempo que julgar conveniente e, bem
deliberar validamente quando estejam presentes
b) Importação e exportação de produtos assim, transferir a sua sede social para qualquer
ou representados os votos correspondentes a
petrolíferos; cinquenta e um porcento do capital social. outro local no território nacional.
c) Prestação de serviços de transporte
de carga diversa. ARTIGO DÉCIMO ARTIGO SEGUNDO
(Dissolução) (Duração)
ARTIGO QUINTO
A sociedade só se dissolve nos casos deter- A sociedade é constituída por tempo inde-
(Capital social)
minados na lei e será então liquidada como terminado, contando-se o seu começo, para
O capital social, é inicialmente de os sócios determinarem. todos os efeitos legais, a partir da data da sua
100.000,00MT (cem mil meticais), inte- constituição.
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
gralmente realizado em dinheiro e dividido em
duas quotas, designadamente: (Disposições diversas) ARTIGO TERCEIRO

a) Uma quota no valor de 85,000,00MT, Todas as matérias omissas serão reguladas (Objecto)
correspondente a 85%, pertencente pelas disposições legais aplicáveis, em vigor na Um) O objecto social da sociedade compre-
ao sócio Atanásio Pedro Chacanane; República de Moçambique. ende:
b) Uma quota no valor de 15.000,00MT, Feito em dois exemplares de igual teor e a) Aquisição e gestão de participações
correspondente a 15%, perten- valor jurídico. sociais;
cente ao sócio Abel Munir Haider Maputo, 12 de Fevereiro de 2019. — O Téc- b) Prestação de serviços no âmbito
Mamade. nico, Ilegível. da sua actuação.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1181
Dois) Mediante a deliberação da assembleia parte ou a totalidade das quotas, sendo que só Quatro) A assembleia geral considera-se
geral, a sociedade poderá exercer actividades no caso do não exercício deste direito é que as regularmente constituída quando estejam
subsidiárias ou complementares da actividade acções entrarão para o patromónio de herança presentes a maioria dos sócios ou seus
principal bem como exercer actividades de do sócio falecido. representantes.
Cinco) O prazo para o exercício do direito ARTIGO SÉTIMO
comissões, consignações, agenciamento e
previsto no número três é de sessenta dias a
de representação comercial ou industrial de (Administração)
contar da data de recepção pelos sócios, de
entidades nacionais e estrangeiras, para servir documento escrito do sócio cedente, indicando Um) A administração e representação da
o seu objectivo social. a intenção de cedência da quota, o qual deverá sociedade, em juízo e fora dele, pertence a
conter, dentre outros elementos, o preço e a todos os sócios, sendo que a Direcção Executiva
CAPÍTULO II identificação do potencial cessionário. será nomeada na assembleia geral, ficando
Do capital social Seis) O prazo para o exercício do direito desde já nomeados como sócios gerentes, com
previsto no número quatro é de um ano a contar todos poderes de representação o sócio Nuno
ARTIGO QUARTO da data da morte de um dos sócios. Miguel Lourenço Dias e a sócia Virgínia Velma
Sete) Qualquer acto ou negócio jurídico Macuiane.
(Capital social) Dois) A sociedade pode constituir mandatário
tendente à transmissão, total ou parcial, de
Um) O capital social, é de 2.000.000,00MT quotas contrariando o disposto no presente mediante a outorga de procuração adequada
artigo é nulo e não produzirá nenhum efeito. para o efeito.
(dois milhões de meticais), integralmente
subscrito e realizado em dinheiro, distribuídos CAPÍTULO IV ARTIGO OITAVO
da seguinte forma:
Da assembleia geral, gestão (Formas de obrigar a sociedade)
a) Uma quota no valor nominal de e representação da sociedade
1.000.000,00MT (um milhão de Um) A sociedade fica obrigada:
meticais), correspondentes a 50% ARTIGO SEXTO a) Pela simples assinatura de qualquer
(cinquenta por cento) do capital dos sócios gerentes;
(Assembleia geral)
b) Pela assinatura de um procurador
social, pertencentes à sócia Virgínia
Um)A assembleia geral reunir-se-á ordinar- especialmente constituído, nos
Velma Macuiane; iamente, uma vez por ano, na sede da sociedade termos e limites dos respectivos
b) Uma quota no valor nominal de ou noutro lugar designado. mandatos.
1.000.000,00MT (um milhão de Dois) A assembleia geral tem como princi- Dois) Os actos de mero expediente poderão
meticais), correspondente a 50% pais competências: ser assinados por um director ou por qualquer
(cinquenta por cento) do capital a) Aprovar o relatório de gestão e as empregado devidamente autorizado.
social, pertencente ao sócio Nuno contas do exercício, incluindo
Miguel Lourenço Dias. o balanço e demonstração de CAPÍTULO V
resultados, bem como deliberar Do ano social e aplicação
Dois) O capital social poderá ser aumentado
sobre a aplicação dos resultados dos resultados
uma ou mais vezes, mediante deliberação
do exercício;
da assembleia geral e processar-se-á através b) Deliberar sobre quaisquer alterações ARTIGO NONO
de novas entradas em numerário, direitos ou aos estatutos da sociedade; (Ano social)
espécie ou por capitalização de toda ou parte dos c) Deliberar sobre o aumento, redução
lucros ou das reservas, nos termos da legislação ou reintegração do capital social, O ano social coincide com o civil, repor-
aplicável. bem como sobre a amortização de tando-se os balanços a 31 de Dezembro.
Três) A deliberação do aumento do capital acções;
ARTIGO DÉCIMO
indicará se são criadas novas quotas ou se é d) Deliberar sobre a aquisição, alienação,
oneração e disposição, por qualquer (Balanço e contas de resultados)
aumentado o valor nominal das existentes.
forma, de acções próprias;
Quatro) Em qualquer aumento do capital e) Deliberar sobre a emissão de acções de O balanço e a conta de resultados, efectuam-
social, é conferido aos sócios, o direito de prefe- diferentes categorias, modalidades se a 31 de Dezembro de cada ano, e carece de
rência, nos termos legais. aprovação da assembleia geral, a realizar-se até
ou espécies;
ao dia 31 de Março do ano seguinte.
f) Estabelecer alterações importantes na
CAPÍTULO III estrutura ou actividade da socie- CAPÍTULO IV
Da cessão e divisão de quotas dade;
g) Deliberar sobre a fusão, cisão, trans- Da dissolução da sociedade
ARTIGO QUINTO formação, dissolução ou liquidação ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
da sociedade.
(Cessão e divisão de quotas) (Dissolução da sociedade)
Dois) A assembleia geral poderá reunir-se,
Um) É livre a divisão e alienação das quotas extraordinariamente, sempre que for necessário, A sociedade dissolve-se nos casos estabe-
entre os sócios. podendo, nos casos em que a lei não determine lecidos na lei.
Dois) A cessão de quotas a terceiros carece formalidades especiais para a sua convocação,
ser convocada por qualquer um dos sócios, por ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
do consentimento dos sócios, mediante deli-
meio de telefone ou carta, com confirmação de
beração em assembleia geral. (Omissões)
envio, dirigidos ao sócio, com a antecedência
Três) Os sócios gozam do direito de prefe- mínima de trinta dias. Em tudo o que estiver omisso nestes esta-
rência na aquisição das quotas. Três) Os sócios far-se-ão representar pes- tutos, reger-se-á, pelo disposto no Código
Quatro) O direito de preferência estabelecido soalmente nas assembleias gerais ou, em caso Comercial e legislação aplicável na República
no número anterior é igualmente aplicado em de impedimento, por outras pessoas físicas que de Moçambique.
caso de morte de um dos sócios, podendo o para o efeito designarem mediante simples carta Maputo, 27 de Novembro de 2018. — O Téc-
sócio vivo exercer o direito de preferência sobre para este fim dirigida à assembleia geral. nico, Ilegível.
1182 III SÉRIE — NÚMERO 40

International Risk ARTIGO QUARTO e quinhentos mil meticais, dividido


Management Consultancy, (Capital social)
em três quotas desiguais:
Limitada O capital social, integralmente subscrito em
a) Uma quota no valor nominal de
novecentos e setenta e cinco
dinheiro, é de 20.000,00MT, dividido em duas
Certifico, para efeitos de publicação, que no mil meticais pertencente ao
partes iguais:
dia 13 de Fevereiro de 2019, foi matriculada sócio Jorge Santos dos Reis,
a) Uma quota no valor nominal de
na Conservatória do Registo das Entidades correspondente a 65% do capi-
10.000,00MT (dez mil meticais),
Legais sob NUEL 101107272, uma entidade correspondente a 50% do capital tal social;
denominada International Risk Management social, pertencente ao sócio Sifasse b) Uma quota no valor nominal de
Consultancy, Limitada, entre: Panguissa Simango; trezentos e setenta e cinco mil
b) Uma quota no valor nominal de meticais, pertencente ao sócio
Primeira. Sifasse Panguissa Simango,
10.000,00MT (dez mil meticais), Pedro Henrique Fernandes da
solteiro maior natural de Machava, de nacio-
correspondente a 50% do capital Silva, correspondente a 25%
nalidade moçambicana, portador do Bilhete social, pertencente ao sócio Joseph do capital social;
de Identidade n.º 110500330125J, emitido Makanhiwa. c) Uma quota no valor nominal de
aos 17 de Julho de 2018, residente no Bairro cento e cinquenta mil meticais,
ARTIGO QUINTO
de Inhagoia A Q. 30, casa n.º 58, Distrito pertencente ao sócio Paulo Jorge
Municipal 5, cidade de Maputo, à diante (Gestão e representação da sociedade)
Braga dos Reis, correspondente
designada primeiro contraente; Um) A gerência e representação da sociedade a 10% do capital social.
Segunda. Joseph Makanhiwa, solteiro pertencem ao sócio Sifasse Panguissa Simango, Maputo, 14 de Fevereiro de 2019. — O Téc-
maior natural de Bikita, de nacionalidade desde já nomeado Administrador.
nico, Ilegível.
zimbabweana, portador do Passaporte Dois) A sociedade pode constituir mandatário
mediante a outorga de procuração adequada
n.º CN194638, emitido aos 11 de Abril de
para o efeito.
2011, Residente no Bairro da Polana Caniço
A', Rua n.º 3561, quarteirão n.º 7, casa n.º 230, ARTIGO SEXTO
cidade de Maputo à diante designada Segundo (Casos omissos)
Contraente.
Em tudo que fica omisso será regulado pelo MSNJ – Sociedade
É, livremente e de boa fé, celebrado o pre- Código Comercial, Código Civil e restante de Advogados, Limitada
sente contrato de sociedade por quotas, que se legislação aplicável vigente na República
rege pelos artigos e disposições seguintes: de Moçambique. Certifico, para efeitos de publicação, que
Maputo, 14 de Fevereiro de 2019. — por acta de 15 de Janeiro de 2019, da sociedade
ARTIGO PRIMEIRO O Técnico, Ilegível. MSNJ – Sociedade de Advogados, Limitada,
matriculada na Conservatória do Registo de
(Denominação e sede) Entidades Legais, sob NUEL 100595532,
os sócios deliberaram a mudança de sede da
Um) A sociedade adopta a firma de
sociedade, e em consequência fica alterada
International Risk Management Consultancy,
a composição do artigo segundo.
Limitada, e tem a sua sede na Av/Rua
SIT – Sociedade ............................................................
Malhangalene, Bairro Malhangalene, n.º 899,
1.º andar R/C, Kampfumo, cidade de Maputo. de Investimentos Técnicos, ARTIGO SEGUNDO
Dois) Por deliberação da assembleia
Limitada
(Sede)
geral, a mesma poderá ser transferida para Certifico, para efeitos de publicação, que
qualquer outro local no território nacional, por acta datada de cinco de Novembro de Um) A sociedade tem a sua sede na rua
bem como estabelecer, manter ou encerrar dois mil e dezoito, pelas quinze horas e trinta dos Desportistas, edifício Jat V-3, n.º 833,
sucursais, filiais ou qualquer outra forma de minutos na sede da sociedade, por quotas 13.º andar, na cidade de Maputo.
de responsabilidade limitada denominada Dois) Mantém-se.
representação comercial em território naçional
SIT – Sociedade de Investimentos Técnicos, Maputo, 6 de Fevereiro de 2019. — O Téc-
ou no estrangeiro. Limitada, com sede nesta cidade, matriculada na nico, Ilegível.
Conservatória do Registo de Entidades Legais,
ARTIGO SEGUNDO
sob número sete mil e quinhentos e vinte e
(Duração) nove, com o capital social de 500.000,00MT
(quinhentos mil meticais), com todos os seus
A sociedade constitui-se por tempo indeter- sócios deliberaram o aumento do capital social
minado, com efeitos a partir da data do seu da sociedade com mais um milhão de meticais,
registo junto à conservatória competente. passando a ser de um milhão e quinhentos mil Concrete Construções
meticais e alteração parcial do pacto social.
– Sociedade Unipessoal
ARTIGO TERCEIRO Em consequência dessa alteração, é alterada
a redacção do artigo sexto dos estatutos, o qual Limitada
(Objecto) passa a ter a seguinte redacção:
Certifico, para efeitos de publicação, que por
Um) Consultoria para os negócios. ............................................................ acta de 11 de Fevereiro de 2019, a sociedade
Dois) A sociedade poderá ainda desenvolver Concrete Construções – Sociedade Unipessoal
ARTIGO SEXTO
outras actividades mediante deliberação da Limitada, com sede no bairro Malanga, rua
assembleia geral e uma vez obtidas as auto- (Capital social)
Comandante Moura Brás, n.º 505/6, matriculada
rizações e aprovação das respectivas entidades O capital social, inteiramente subscrito sob NUEL n.º 100214229, deliberou a alteração
competentes. e realizado em dinheiro, é de um milhão do capital social dos antigos 20.000,00MT para
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1183
os actuais 50.000,00MT e consequente alteração Dois) A sociedade poderá aplicar as suas ARTIGO OITAVO
do artigo quinto dos estatutos, os quais passam relações comerciais e sóciais com empresas
a ter a seguinte novo redacção. (Dissolução)
estranhas, desde que aludida ampliação não
............................................................ colida com os interesses gerais da sociedade Um) A sociedade só se disolve nos casos
constituinte. fixados na lei que será então liquidada como
ARTIGO QUINTO
ARTIGO QUARTO os sócios deliberarem.
(Capital)
(Capital social)
Dois) A sociedade não se dissolve por
O capital integralmente realizado em extinção, morte ou interdição de qualquer sócio,
dinheiro, é de cinquenta mil meticais O capital social, subscrito e integralmente continuando com os sucessores herdeiros ou
pertencentes ao sócio único Renato realizado em numerário, é de vinte mil meticais,
Sebastião Muiambo. representante do extinto, falecido ou interdito,
correspondente a 100%, pertencente à sócia
Maputo, 11 de Fevereiro de 2019. — Zintao Ye. os quais exercerão em comum os respeitivos
O Técnico, Ilegível. direitos enquanto a quota permanecer indivisa.
ARTIGO QUINTO
(Cessão de quotas)
ARTIGO NONO

Um) A cessão ou divisão de quotas e (Normas subsidiárias)


Zitao Ye – Sociedade livre entre os sócios, podendo um dos sócios, Em todos casos omissos regularão as dispo-
Unipessoal, Limitada vender primeiro ao outro sócio, dependendo do
sições do Código Comercial, lei das sociedades
consentimenro prévio expresso da sociedade,
Certifico, para efeitos de publicação, que quando se destina as entidades estranha a e restante legislação aplicável em vigor na
no dia 8 de Janeiro de 2018, foi matriculada sociedade. república de Moçambique.
na Conservatória do Registo das Entidades Dois) No caso de a sociedade não desejar Maputo, 14 de Fevereiro de 2019. —
Legais sob NUEL 1011027686, uma entidade
fazer uso do direito de preferência consagrado O Técnico, Ilegível.
denominada Zitao Ye – Sociedade Unipessoal,
no parágrafo anterior, entao o referido direito
Limitada.
pertencerá a qualquer dos sócios e querendo-o
É celebrado o presente contrato de socie- mais de uma porporçao das suas quotas.
dade, nos termos do artigo 90 do Código
Comercial, entre: ARTIGO SEXTO Inhangombe, Limitada
Único. Zitao Ye, solteira, natural da China,
(Gerência)
nacionalidade chinesa, residente na Avenida Certifico, para efeitos de publicação, que
Filipe Samuel Magaia n.º 143, cidade de Maputo, A administração e gerência da sociedade e a no dia 16 de Julho de 2010, foi matriculada
portador de DIRE n.º 11CN00101481A, emitido sua representaçao em juízo e fora dele, activa e na Conservatória do Registo das Entidades
em Maputo, aos 25 de Outubro de 2017. passivamente, serao exercidas polo sócio onde Legais sob NUEL 100162547, uma entidade
CAPÍTULO I o mesmo pode delegar os seus representantes denominada Inhangombe, Limitada.
ou gerentes em caso de ausênsia por via de uma
Da denominação sede, duração Racida Mahomed Ismail e Melo, casada, de
procuração.
e objecto social nacionalidade moçambicana, portadora do
Para obrigar a sociedade em assuntos da
Bilhete de Identidade n.º 110100606638I,
ARTIGO PRIMEIRO Administracao fica a cargo da sócia Zitao Ye.
emitido aos cinco de Novembro de dois mil
Qualquer alterações sujeitas e alheias ao seu
(Denominação) e dez, pela Direcção de Identificação Civil
objecto social, deve ser por via de acta assinada
de Maputo;
A sociedade adopta a denominação Zitao pelos todos sócios.
Dércio Joaquim Luís e Melo, casado, de nacio-
Ye – Sociedade Unipessoal, Limitada, sendo
uma sociedade por quota de responsabilidade ARTIGO SÉTIMO nalidade moçambicana, portador do Bilhete
limitada, e tem a sua sede social na cidade de de Identidade n.º 110100606637N; e
(Assembleia geral) Inman Carlos Ismail de Melo, solteiro, menor,
Maputo, sempre que se julgue conveniente,
a sociedade poderá provideciar abertura Um) A assembleia geral reunir-se-á ordina- de nacionalidade moçambicana, portador
de sucursais, filiais, agências, escritório ou riamente uma vez por ano, de preferência na sede do Bilhete de Identidade n.º 110100618912B,
qualquer forma de representação em território da sociedade, para apreciaçao e e modificaçao emitido aos quatro de Dezembro de dois mil
nacional quando autorizada pela entidades do balanço e contas de exercício e para deliberar e quinze pela Direcção de Identificação Civil
competentes. sobre quasquer outros assuntos para que tenha de Maputo.
ARTIGO SEGUNDO sido convocada e, extraordinariamente sempre Que pelo presente contrato, constituem uma
que for necessário. sociedade por quotas de responsabilidade limi-
(Duração da sociedade)
Dois) A assembleia geral será convocada por tada a reger-se, pelos seguintes artigos:
A duração da sociedade e por tempo inde- meio de cartas registadas com aviso de recepção
terminado, contando-se o seu inicio a partir da dirigida aos sócios, com antecendência mínima CAPÍTULO I
data da publicação da escritura publicada de de trinta dias que poderão ser reduzidas para Da denominação, sede e objecto
constituição. quinze dias, para as assembleias extraordinárias.
Três) A assembleia geral será presidida por ARTIGO PRIMEIRO
ARTIGO TERCEIRO
um dos sócios que a convocar.
(Denominação)
(Objecto social) Quatro) É dispensada a reunião da assembleia
Um) A sociedade tem por objecto a activi- geral, são dispensadas as formalidades da sua A sociedade denominada Inhangombe,
dade comercial a retalho de roupa, perfumes, convocação, quando todos os sócios concordem Limitada, é uma sociedade comercial e por
relógios, brinquedos, sapatos, pastas, compu- que por essa forma se delibera considerando-se quotas, de responsabilidade limitada, mantém-
tadores, sacolas e outras actividades congéneres válidas, nessas condições tomadas ainda que se por tempo indeterminado e rege-se pelos
sujeita a autorização prévia, com importação realizadas fora da sede, em qualquer ocasião e presentes estatutos e pelos preceitos legais
exportação. qualquer que seja o seu objectivo. aplicáveis.
1184 III SÉRIE — NÚMERO 40
ARTIGO SEGUNDO dependendo do consentimento expresso da Três) A assembleia geral poderá reunir
sociedade, que será sempre preferente quando validamente e deliberar sem dependência de
(Sede)
se destine a entidades estranhas à sociedade. prévia convocatória se todos os sócios estiverem
Um) A sociedade denominada Inhangombe, Dois) No caso da sociedade não desejar presentes ou representados e delibere sobr
Limitada, tem a sua sede na rua A, n.º 150, fazer uso do direito de preferência consagrado determinado assunto, salvo nos casos em que
do distrito urbano da Catembe, da cidade de no parágrafo anterior, então, o referido direito a lei proíbe.
Maputo. pertencerá a qualquer dos sócios e, querendo-o Quatro) Os sócios individuais poderão
Dois) Sempre que o desenvolvimento da mais de um, a quota será dividida pelos fazer-se representar nas assembleias gerais por
actividade o justifique e mediante deliberações interessados em proporção das suas quotas. outros sócios, mediante simples carta; os sócios
de conselho de gerência, a sociedade poderá criar Três) No caso de, nem a sociedade nem os pessoas colectivas far-se-ão representar pelo seu
delegações ou outras formas de representação outros sócios desejarem exercer o mencionado representante nomeado por carta mandadeira.
no país.
direito de preferência, então o sócio que deseje
ARTIGO OITAVO
ARTIGO TERCEIRO ceder a sua quota poderá fazê-lo livremente a
quem e como entender. (Competências)
(Objecto social)
Quatro) O consentimento da sociedade é
Dependem de deliberação da assembleia
Um) A sociedade tem por objecto social a pedido por escrito com indicação do cessionário
geral os seguintes actos, além de outros que a
promoção e gestão de investimentos imobiliários de todas as condições de cessão ou divisão.
lei indique:
e de serviços conexos, nomeadamente a gestão Cinco) O consentimento expresso é dado por
de patrimónios já existentes, arrendamentos, deliberação dos sócios. a) Amortização, aquisição e oneração
locação, compra e venda de imóveis e a gestão Seis) Se a sociedade não deliberar sobre o de quotas;
de serviços hoteleiros e turísticos, bem como pedido de consentimento nos sessenta dias após b) Chamada e restituição de prestações
a exploração de estabelecimentos comerciais. a sua recepção, a eficácia da cessõa ou divisão suplementares de capital;
Dois) A sociedade pode exercer outras c) Alteração do contrato de sociedade.
deixa de depender do consentimento.
actividades complementares ou afins à sua Sete) A transmissão da quota só se considera
actividade principal ou exercer outras activi- ARTIGO NONO
feita depois de efectuada a respectiva notificação
dades comerciais ou industriais, desde que (Quórum, representação e deliberação)
à sociedade, reconhecendo-se ao cessionário,
devidamente autorizadas.
apenas após esta formalidade, os direitos de Por cada duzentos e cinquenta meticais
CAPÍTULO II obrigação inerentes à quota. do capital corresponde um voto.
Oito) Em caso de morte de um dos sócios ou As deliberações da assembleia geral são
Do capital social, divisão, cessão tratando-se de uma pessoa colectiva, em caso da tomadas por maioria simples do capital.
e amortização de quotas sua dissolução e liquidação, salvo se o herdeiro São tomadas por maioria qualificada de
ARTIGO QUARTO ou sucessor for aceite como novo sócio pela setenta e cinco por cento do capital as deli-
sociedade, as respectivas serão de igual modo berações sobre a alteração ao contrato de
(Capital social)
amortizadas. sociedade, fusão, transformação e dissolução
Um) O capital social, integralmente subs- da sociedade.
ARTIGO SEXTO
crito e realizado, é de dez mil meticais, corres-
pondente à soma de três quotas seguintes: (Amortização de quota) ARTIGO DÉCIMO
a) Inman Carlos Ismail de Melo, trinta A sociedade poderá amortizar a quota (Gerência da sociedade)
e três vírgula três por cento, equi- de qualquer dos sócios, desde que a mesma
valente a três mil e trezentos e trinta Um) A Gerência da sociedade e a sua repre-
tenha sido arrolada, arrestada, penhorada ou sentação será composta por um ou mais gerentes
e três meticais;
sujeita a qualquer outro procedimento judicial a serem nomeados por assembleia geral.
b) Racida Mahomed Ismail e Melo,
ou administrativo ou, ainda, por acordo com Dois) A gerência terá todos os poderes
trinta e três vírgula três por cento,
o respectivo titular, nas condições a serem necessários à gestão dos negócios da sociedade,
equivalente a três mil e trezentos e
determinadas em assembleia geral. podendo designadamente abrir e movimentar
trinta e três meticais;
c) Dércio Joaquim Luís do Rêgo e Melo, contas bancárias, aceitar, sacar, endossar
CAPÍTULO III
trinta e três vírgula três por cento, letras e livranças e outros efeitos comerciais,
equivalente a três mil e trezentos e Da assembleia geral, gerência contratar e despedir pessoal, adquirir, onerar,
trinta e três meticais. e representação da sociedade e alienar bens móveis ou imóveis bem como
Dois) O capital social poderá ser aumentado, ceder de exploração e trespasse estabelecimento
ARTIGO SÉTIMO
devendo o montante do aumento do capital da sociedade, e ainda tomar de aluguer ou
ser rateado pelos sócios na proporção das (Convocação e reunião arrendamento de bens móveis e imóveis.
suas quotas, cabendo a assembleia geral fixar da assembleia geral) Três) Para obrigar a sociedade nos seus
as condições, as modalidades e prazo de actos e contratos é necessária assinatura ou
Um) A assembleia geral reunirá ordinaria- intervenção de dois gerentes, excepto no caso
pagamento.
mente, uma vez por ano para apreciação, de se nomear um gerente único.
Três) Os sócios poderão fazer suprimentos
aprovação ou modificação do balanço e contas Quatro) É vedado à gerência obrigar a
à sociedade, em condições a ser aprovadas pelo
do exercício, e extraordinariamente sempre sociedade em fianças, abonações, letras,
conselho de gerência.
que for necessário. depósitos e outros actos e contratos estranhos
ARTIGO QUINTO Dois) A assembleia geral é convocada ao objecto social.
pelo gerente ou por sócios representando pelo
(Divisão e cessão de quotas)
menos dez por cento do capital social, mediante ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
Um) Nos termos da legislação em vigor, simples carta registada, tlefax ou e-mail dirigido
(Exercício, contas e resultados)
obtidas às necessárias autorizações, é livre a aos sócios com a antecedência mínima de
cessão ou divisão de quotas entre os sócios, quinze dias. Um) O ano social coincide com o ano civil.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1185
Dois) Os lucros líquidos apurados, deduzidos Guerra popular, n.º 64, rés-do-chão, na cidade ARTIGO QUARTO
da parte destinada a reserva legal e a outras de Maputo, na República de Moçambique,
(Aumento do capital social)
reservas que a assembleia geral deliberar podendo mediante simples deliberação da
constituir serão distribuídos pelos sócios na administração, transferi-la, abrir, manter, O capital social poderá ser aumentado
proporção das suas quotas. ou encerrar sucursais, filiais, escritórios ou uma ou mais vezes, mediante entradas em
qualquer outra forma de representação onde numerário ou em espécie, pela incorporação
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO de suprimentos feitos à caixa pelos sócios, ou
e quando a administração assim o decidir.
(Dissolução e liquidação) A sociedade tem o seu início na data da cele- por capitalização de toda a parte dos lucros ou
bração do contrato de sociedade e a sua duração reservas, devendo se para tal efeito, observar-se
Um) A sociedade dissolve-se nos casos e nos
será por tempo indeterminado. as formalidades presentes na lei das sociedades
termos estabelecidos na lei.
por quotas. A assembleia geral poderá decidir
Dois) A liquidação será feita na forma apro- ARTIGO SEGUNDO sobre o aumento do capital social, definindo
vada por deliberação dos sócios.
as modalidades, termos e condições da sua
(Objecto social)
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO realização.
Um) A sociedade têm por objecto principal
(Casos omissos) ARTIGO QUINTO
o exercício de actividades de comércio
Os casos omissos serão regulados pelas geral a grosso e a retalho com importação e (Administração e gerência)
disposições pelo Código Comercial aprovado exportação, venda de material eléctrico e de
A administração da sociedade será exercida
pelo Decreto-Lei n.º 2/2005, de 27 de Dezembro iluminação, rádio, aparelhagem eléctrico de
pelos sócios Muhammad Zubair Nurmamade
e demais legislação aplicável na República uso doméstico e frigorífico de qualquer espécie,
que assume as funções de sócio administrador,
de Moçambique. lâmpadas e pilhas secas, candeeiros eléctricos e
e com a remuneração que vier a ser fixada.
decorativos, outras actividades de consultoria,
Compete ao administrador, a representação
científicas, técnicas e similares, actividades de
da sociedade em todos os actos, activa ou
limpeza geral em edifícios e em equipamentos
passivamente em juízo e fora dele, tanto
industriais, plantação e manutenção de jardins;
na ordem jurídica interna como na ordem
actividades de pintura de edifícios; elaboração de internacional, dispondo de mais amplos poderes
Next-Electricidade projectos e arquitectura; construção de edifícios, consentidos para a prossecução e a realização
& Iluminação, Limitada estradas e pontes, ferragens, equipamentos do objecto social, nomeadamente quanto ao
industrias, maquinas, baterias, equipamentos contratos públicos, contas bancárias, aberturas
Certifico, para efeitos de publicação, que no
de construção, Instalações eléctricos de baixa, e encerramentos, venda de quotas, concursos
dia 14 de Fevereiro de 2019, foi matriculada
média e alta tensão, sistemas de alarmes e de públicos, venda e compra de imobiliários,
na Conservatória do Registo das Entidades
segurança. contractos de arrendamentos, trespasse, venda
Legais sob NUEL 100892898, uma entidade
denominada Next-Electricidade & Iluminação, Dois) A sociedade poderá exercer outras e compra de equipamentos, hipotecas, garantias
Limitada. actividades subsidiárias ou complementares do bancárias, seguros, financiamento bancários,
seu objecto principal, desde que devidamente contratos internacionais, contratos de trabalhos
É celebrado nos termos do artigo 90
autorizadas. Mediante deliberação do concelho em exercício da gestão corrente dos negócios
do Código Comercial, o presente contrato
de constituição de sociedade por quota de administração, a sociedade poderá parti- sociais.
de responsabilidade limitada entre: cipar, directa ou indirectamente, em projectos Para obrigar a sociedade em actos e con-
de desenvolvimento que de alguma forma tratos, basta a assinatura do sócio administrador
Mohamad Hassam Nurmamade, solteiro maior,
concorram para o preenchimento do seu objecto Muhammad Zubair Nurmamade.
natural de Nampula, de nacionalidade
portuguesa, residente em Maputo, no bairro social, bem como aceitar concessões, adquirir
e gerir participações sociais no capital de ARTIGO SEXTO
Triunfo, na Rua 3 Avenidas, casa n.º 210, rés-
-do-chão, distrito Municipal Kamavota, quaisquer sociedades, independentemente do (Amortização de quotas)
portador do DIRE n.º 11PT00058045M, respectivo objecto social ou ainda participar
emitido em Maputo, aos 21 de Novembro em empresas, associações empresariais, A sociedade poderá amortizar as quotas dos
de 2013; agrupamentos de empresas ou outras formas sócios que não queiram continuar associados.
Muhammad Zubair Nurmamade, solteiro, de associação. As condições de amortização das quotas refe-
maior, natural de Maputo, de nacionalidade ridas no número anterior serão fixadas pela
moçambicana, residente na cidade da ARTIGO TERCEIRO assembleia geral.
Maputo, no bairro Triunfo, na rua da
(Capital social) ARTIGO SÉTIMO
Macumba, n.º 210, rés-do-chão, distrito
Municipal Kamavota, portador do Bilhete O capital social, inteiramente subscrito e (Assembleia geral)
de Identidade n.º 110100210218A, emitido realizado é de 1.500,000,00MT, representado
em Maputo, aos 10 de Julho de 2017. por duas quotas integralmente subscritas pelos A assembleia geral é representado pelo sócio
Que, pelo presente contrato, constitui uma sócios nas seguintes proporções: administrador com poderes de convocação dos
sociedade por quota de responsabilidade limi- sócios e deliberação da assembleia geral.
a) Uma quota no valor de 1.350.000,00MT,
tada, que reger-se-á pelos seguintes artigos: correspondente a 90% do capi- ARTIGO OITAVO
ARTIGO PRIMEIRO tal social pertencente ao sócio
(Ano social e balanços)
Muhammad Zubair Nurmamade;
(Denominação, sede e duração) b) Uma quota no valor de 150.000,00MT, O exercício social coincide com ano civil.
A sociedade adopta a denominação de correspondente a 10% do capi- O primeiro ano financeiro começará excep-
Next-Electricidade & Iluminação, Limitada, e tal social pertencente ao sócio cionalmente no momento do início das activi-
têm a sua sede no bairro Central, na Avenida Mohamad Hassam Nurmamade. dades da sociedade.
1186 III SÉRIE — NÚMERO 40
O balanço de contas de resultados fechar- b) Comércio de vestuários e calçados; ARTIGO NONO
-se-á em referência a 31 de Dezembro de cada c) Prestação de serviços e consultoria
Casos omissos
ano civil e será submetido à aprovação da nas áreas em que explora.
assembleia geral. Os casos omissos serão regulados pela
Dois) A sociedade poderá adquirir partici-
lei e em legislação aplicável na República
ARTIGO NONO pacões financeiras em sociedade a constituir ou
de Moçambique.
já constituídas, ainda que tenha como objecto
(Dissolução) Maputo, 14 Fevereiro de 2019. — O Téc-
social diferente do da sociedade.
A sociedade só se dissolve nos casos pre- Três) A sociedade poderá exercer quaisquer nico, Ilegível.
vistos na lei e por do sócio gerente. outras actividades, desde que para isso esteja
devidamente autorizada nos termos da legis-
ARTIGO DÉCIMO
lação em vigor.
(Casos omissos)
ARTIGO QUARTO Editora Kingdom, Limitada
Em todo caso omisso, a sociedade regular-
se-á nos termos da legislação aplicável na (Capital social)
República de Moçambique e dos regulamentos Certifico, para efeitos de publicação, que
internos que a assembleia geral vier a aprovar. O capital social, é fixado em vinte mil no dia 11 de Janeiro de 2018, foi matriculada
Maputo, 14 de Fevereiro de 2018. — meticais, representado por uma quota inte- na Conservatória do Registo das Entidades
O Técnico, Ilegível. gralmente subscrita e realizada em dinheiro Legais sob NUEL 101106373, uma entidade
e pertencente a Wenbin Wang, vinte mil meti- denominada Editora Kingdom, Limitada.
cais, correspondente a cem por cento do capital Onório Gabriel Cutane, casado, com Janifer
social. Chimwemwe da Graça Metambo Cutane,
naturais de Maputo, residentes no distrito
ARTIGO QUINTO
Tebu – Sociedade de Boane, bairro-1.
Unipessoal, Limitada (Gerência) Constituem entre si uma sociedade que se
A administração, gestão da sociedade regerá pelas seguintes cláusulas:
Certifico, para efeitos de publicação, que,
no dia 29 de Janeiro de 2019, foi matriculada e sua representacão em juízo e fora dela,
ARTIGO PRIMEIRO
na Conservatória do Registo das Entidades activa e passivamente, serão exercidas pelo
Legais, sob NUEL 101102378, uma entidade sócio gerente, o senhor Wenbin Wang, com (Denominação, sede e duração)
denominada Tebu – Sociedade Unipessoal, dispensa de caução, bastando a sua assinatura A sociedade adopta a denominação de
Limitada. para obrigar a sociedade. O (s) gerente (s) tem Editora Kingdom, Limitada, com sede no
Wenbin Wang, solteiro, de nacionalidade plenos poderes para nomear mandatário (s) distrito de Boane, Bairro-1, n.º 138, constituída
chinesa, natural de Zhejiang, residente à sociedade, conferindo os necessários poderes por tempo indeterminado.
acidentalmente nesta cidade, no bairro de representação.
do Alto-Maé, Avenida Irmãos Roby, ARTIGO SEGUNDO
n.º 287, Maputo, titular do Passaporte ARTIGO SEXTO
n.º ED7609465, emitido a trinta e um de (Objecto)
Agosto de dois mil e dezoito, pela Direcção (Assembleia geral)
de Migração da República Popular da China. A sociedade tem por objecto a edição de
Um) A assembleia geral reúne-se, ordinaria- livros, revistas e artigos, sua comercialização
ARTIGO PRIMEIRO mente, uma vez por ano para apreciação e a retalho e a grosso, importação e exportação,
aprovação do balanço e contas do exercício venda de material escolar e diversa, e impressão
(Denominação e sede)
finda e repartição. gráfica.
A sociedade adopta a denominação de Dois) A assembleia geral poderá reunir- Por uma simples deliberação, a sociedade
Tebu – Sociedade Unipessoal, Limitada, e tem -se, extraordinariamente, quantas vezes forem poderá exercer qualquer outra actividade e
a sua sede nesta cidade de Maputo, na Avenida participar em objecto de outras sociedades.
necessárias, desde que as circunstâncias assim
Comandante Moras Brás, n.º 26, rés-do-chão,
o exijam para deliberar sobre qualquer assunto
bairro Malanga, podendo, por deliberação da ARTIGO TERCEIRO
assembleia geral, abrir ou encerrar sucursais que diga respeito à sociedade.
dentro e fora do país quando for conveniente. (Capital)
ARTIGO SÉTIMO
O capital social, integralmente realizado
ARTIGO SEGUNDO
(Dissolução) em dinheiro, é de 50.000,00MT (cinquenta mil
(Duração) meticais) dividido em duas quotas, sendo uma
A sociedade so se dissolve nos termos fixa-
A sua duracão será por tempo indetermi- dos pela lei ou por comum acordo do sócio de trinta e cinco mil meticais, equivalente a
nado, contando-se o seu início a partir da data setenta por cento, pertencente ao sócio Onório
quando assim o entender.
da celebração do presente contrato da sua Gabriel Cutane, e outra de quinze mil meticais,
constituição. ARTIGO OITAVO equivalente a trinta por cento, pertencente a
sócia Janifer Chimwemwe da Graça Metambo
ARTIGO TERCEIRO (Herdeiros) Cutane.
(Objecto) Em caso de morte, interdição ou inabilitação ARTIGO QUARTO
Um) A sociedade tem por objecto: do sócio da sociedade, os seus herdeiros as-
sumem automaticamente o lugar na sociedade, (Administração e gerência)
a) Exercer actividades na área de comér-
cio a grosso, prestação de serviços com dispensa de caução, podendo este nomear A administração e gerência da sociedade
de importação e exportação de todo seu representante se assim o entender, desde activa e passivamente, a nível interno e inter-
o tipo de produtos; que obedeçam ao preceituado nos termos da lei. nacional será exercida por um dos sócios, que
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1187
desde já ficam nomeados sócios gerentes. Para ARTIGO SEGUNDO Matendene Investimentos,
obrigar a sociedade, abrir e movimentar contas
Duração
Limitada
bancárias será suficiente uma assinatura de um
dos dois sócios gerentes. A sua duração será por tempo indetermi- Certifico, para efeitos de publicação, que no
nado, contando-se o seu início a partir da data dia 14 de Fevereiro de 2019, foi matriculada
ARTIGO QUINTO na Conservatória do Registo das Entidades
da sua constituição.
(Lucros)
Legais sob NUEL 101108902, uma entidade
ARTIGO TERCEIRO denominada Matendene Investimentos,
Os lucros distribuíveis terão a aplicação Limitada, entre:
que for deliberada em assembleia geral por Objecto Carlos João Albano, solteiro, maior, de
maioria simples dos votos correspondentes ao nacionalidade moçambicana, residente
A sociedade tem por objecto:
capital social. na província de Maputo, localidade
ARTIGO SEXTO Tratamento em medicina alternativa; da Ponta do Ouro, portador de Bilhete
(Dissolução)
Venda de suplementos, vitaminas e outros de Identidade n.º 100600666277B, emitido
produtos naturais para cuidado de no dia 21 de Outubro de 2015, pelo Arquivo
Na hipótese de dissolução, a liquidação da saúde humana, massagem corporal, de Identificação Civil de Maputo;
sociedade será efectuada pelos gerentes à data Elídio Elias Chinda, solteiro, maior, de
aulas de pilates, youga e meditação.
da dissolução adjudicando-se o activo social nacionalidade moçambicana, residente
por licitação entre os sócios, depois de pagos A sociedade poderá adquirir participações
na província de Maputo, Localidade da
os credores. em outras empresas que desempenham as
Ponta do Ouro, portador de Bilhete de
mesmas actividades, assim como poderá exercer Identidade n.º 110201258516N, emitido
ARTIGO SÉTIMO outras actividades similares desde que para o aos 27 de Setembro de 2016, pelo Arquivo
(Normas dispositivas) efeito esteja devidamente autorizada nos termos de Identificação Civil da Matola; e
de legislação em vigor. Pascoal Caetano Maciel, solteiro, maior, de
As normas legais dispositivas poderão ser
nacionalidade moçambicana, residente na
derrogadas por deliberação dos sócios, salvo
ARTIGO QUARTO província de Maputo, localidade da Ponta do
nos casos em que se contrariarem os dispostos
Ouro, portador do Bilhete de Identificação
no contrato de sociedade. Capital social
n.º 110100630928P, emitido 5 de Abril de
Maputo,14 de Fevereiro de 2019. — O Téc- 2016, na cidade da Matola.
O capital social, integralmente subscrito
nico, Ilegivel.
e realizado em dinheiro, é de 200.000,00MT Pelo presente instrumento constituem entre
(duzentos mil meticais). Quota única pertecente si uma sociedade por quotas de responsabilidade
à socia Ines Cordelia Munguambe. limitada que reger-se-á pelos artigos seguintes:

ARTIGO QUINTO ARTIGO PRIMEIRO


Vida Holistica – Sociedade Gerência
Denominação e sede
Unipessoal, Limitada A sociedade adopta a denominação de
Um) A administração, gestão da sociedade e
Certifico, para efeitos de publicação, que no Matendene Investimentos, Limitada, e tem a
sua representação em juízo e fora dele, activa e sua sede nesta província de Maputo, distrito
dia 13 de Fevereiro de 2019, foi matriculada
passivamente, passa desde já a cargo da sócia de Matutuinena, localidade de Ponta do Ouro,
na Conservatória do Registo das Entidades
única Ines Cordelia Munguambe que é nomeada podendo por deliberação da assembleia geral
Legais sob NUEL 101107817, uma entidade
gerente. com plenos poderes para obrigar a abrir ou encerrar sucursais dentro e fora do país
denominada Vida Holistica – Sociedade
sociedade em todos seus actos e contractos, quando for conveniente.
Unipessoal, Limitada.
bastando a sua assinatura.
É celebrado o presente contrato de sociedade ARTIGO SEGUNDO
Dois) O gerente tem plenos poderes para
nos termos do artigo 90 do Código Comercial, Duração
nomear mandatários a sociedade, conferindo os
entre si:
necessários poderes de representação. A sua duração será por tempo indetermi-
Ines Cordelia Munguambe, viúva, natural de
nado, contando-se o seu início a partir da data
Brandenburg-Alemanha, de nacionalidade ARTIGO SEXTO da celebração do presente contrato da sua
moçambicana, portador de Bilhete de
Dissolução constituição.
Identidade n.º 110105693679B, residente
nesta Cidade de Maputo, Bairro Polana A sociedade só se dissolve nos termos ARTIGO TERCEIRO
Cimento A, Rua José Mateus, n.º 185, rés- fixados pela lei ou por decisão da sócia única, Objecto
-do-chão, direito. quando assim o entender.
A sociedade tem por objecto:
ARTIGO PRIMEIRO
ARTIGO SÉTIMO a) Desenvolvimento das actividades de
Denominação e sede turismo, nas áreas de acomodação,
Casos omissos
restaurante, hotelaria e similar
A sociedade adopta a denominação de Vida a indústria hoteleira, take away,
Os casos omissos, serão regulados pelo
Holistica – Sociedade Unipessoal, Limitada, e bar, importação e exportação
Código Comercial e demais legislação vigente
tem a sua sede no,bairro da Polana Cimento A, de materiais ligados a indústria
rua José Mateus, n.º 185, rés-do-chão, podendo, na República de Moçambique.
hoteleira, materiais de construção
abrir ou encerrar sucursais dentro ou fora Maputo, 14 de Fevereiro de 2019. — e outras actividades permitidas
dos pais quando for conveniente. O Técnico, Ilegível. por lei;
1188 III SÉRIE — NÚMERO 40
b) Aquisição de autorização de uso e ARTIGO OITAVO Dois) Por deliberação da assembleia geral,
aproveitamento de terras desde a sociedade poderá criar sucursais, filiais ou
Dissolução
que autorizadas pelas entidades outras formas de representação social em
competentes; A sociedade só se dissolve nos termos fixa- qualquer parte do território nacional.
c) Comércio geral a grosso e a retalho dos pela lei ou por comum acordo dos sócios
de produtos diverso. quando assim o entenderem. ARTIGO SEGUNDO

ARTIGO QUARTO (Objecto social)


ARTIGO NONO
Capital social A sociedade tem por objecto:
Herdeiros
a) Produção de ovos;
O capital social, é fixado em trinta mil Em caso de morte, interdição ou inabilitacão
meticais, representados por três quotas desi- b) Comércio geral;
de um dos sócios da sociedade os seus herdeiros c) Importação e exportação.
guais integralmente subscritas e realizadas em assumem automaticamente o lugar na sociedade
dinheiro. com dispensa de caução, podendo estes nomear ARTIGO TERCEIRO
a) Uma quota no valor nominal de seu representante se assim o entender desde
10.200,00MT dez mil e duzentos (Capital social)
que obedeçam o preceituado nos termos da lei.
meticais, correspondente a trinta e O capital social, inteiramente subscrito e
quatro por cento do capital social ARTIGO DÉCIMO realizado em dinheiro, é de 20.000,00MT (vinte
pertencente ao sócio Carlos João
Casos omissos mil meticais) e corresponde à soma de 2 (duas)
Albano;
quotas distribuídas da seguinte forma:
b) Uma quota no valor nominal de Os casos omissos, serão regulados pela
9.900,00MT nove mil e novecentos lei e em legislação aplicável na República a) Uma quota com o valor nominal
meticais, correspondente a trinta de Mocambique. de 5.000.00MT (cinco mil meti-
e três por cento do capital social, cais), pertencente ao sócio Pedro
Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. — O Téc-
pertencente ao sócio Elídio Elias Lourenço Pascoal Foquiço, corres-
nico, Ilegível.
Chinda; pondente a 25% (vinte e cinco por
c) Uma quota no valor nominal de cento) do capital social;
9.900,00MT nove mil e novecentos b) Uma quota com o valor nominal de
meticais, correspondente a trinta 15.000,00MT (quinze mil meticais),
e três por cento do capital social, pertencente à sócia Clotilde Sara
pertencente ao sócio Pascual Foquiço, correspondente a 75%
Caetano Maciel. Matalane Investimentos, (setenta e cinco por cento) do
Limitada capital social.
ARTIGO QUINTO
Divisão e cessão de quotas Certifico, para efeitos de publicação, que ARTIGO QUARTO
no dia 26 de Julho de 2018, foi matriculada
Sem prejuízo das disposicões legais em vigor (Cessão de quotas)
na Conservatória do Registo das Entidades
a cessacão ou alienacão de toda a parte de quotas Legais, sob NUEL 101025322, uma entidade Um) É livre a cessão total ou parcial de
deverá ser do concenso dos sócios gozando estes denominada Matalane Investimentos, Limitada, quotas entre sócios.
do direito de preferência. entre: Dois) A cessão de quotas a terceiros
Se nem a sociedade, nem os sócios mostrarem
interesse pela quota do cedente, este decidirá Pedro Lourenço Pascoal Foquiço, solteiro, carece do consentimento da sociedade, à qual
a sua alienação a quem e pelos preços que maior, natural de Maputo, de nacionalidade fica reservado o direito de preferência na
melhor entender, gozando o novo sócio dos moçambicana, residente em Maputo, titular sua aquisição. A sociedade decidirá sobre o
direitos correspondentes a sua participação do Bilhete de Identidade n.º 110100158546B, consentimento e o exercício do seu direito de
na sociedade. emitido em Maputo, na Direcção Nacional preferência por deliberação da assembleia geral.
de Identificação Civil, a 15 de Maio de Três) No caso de a sociedade não exercer o
ARTIGO SEXTO 2018; e direito de preferência, este passará a pertencer
Gerência
Clotilde Sara Foquiço, menor de idade, natural aos sócios não cedentes e, querendo exercê-lo
de Maputo, de nacionalidade moçambicana, mais do que um, a quota será dividida pelos
A administração, gestão da sociedade e sua residente em Maputo, titular do Bilhete de interessados, na proporção das respectivas
representação em juízo e fora dele, activa e Identidade n.º 110102275330J, emitido quotas.
passivamente, será exercida pela sociedade. em Maputo, na Direcção Nacional de
Os sócios têm plenos poderes para nomear Identificação Civil, a 29 de Março de 2018. ARTIGO QUINTO
mandatário/s à sociedade, conferindo, os neces-
sários poderes de representação. É, nos termos do artigo 1 do Decreto-Lei (Administração)
n.º 3/2006, de 23 de Agosto, constituída uma
Um) A administração, gestão e representação
ARTIGO SÉTIMO sociedade por quotas de responsabilidade
da sociedade competem a um administrador,
limitada, que se regerá pelas cláusulas do
Assembleia geral dispensado de caução e remunerado ou não,
presente contrato:
conforme deliberação da assembleia geral.
A assembleia geral reúne-se ordinariamente
ARTIGO PRIMEIRO Dois) O administrador é eleito pela
uma vez por ano para apreciação e aprovação do
balanço e contas do exercício finda e repartição. assembleia geral por um período de 2 (dois)
(Denominação e sede)
A assembleia geral poderá reunir-se extra- anos, sendo permitida a sua reeleição.
ordinariamente quantas vezes for necessária Um) A sociedade adopta a denominação Três) Cabe ao administrador representar
desde que as circunstâncias assim o exijam de Matalane Investimentos Limitada, e tem a a sociedade em juízo e fora dele, activa e
para deliberar sobre qualquer assunto que diga sua sede na cidade de Maputo, na Avenida 25 passivamente, assim como praticar todos os
respeito a sociedade. de Setembro, n.º 1509, 6.º andar. actos tendentes à realização do objecto social.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1189
Quatro) Ao administrador é vedado respon- ARTIGO SEGUNDO dade com dispensa de caução, podendo
sabilizar a sociedade em actos, documentos estes nomear seus representantes se assim o
(Duração)
e obrigações estranhos ao objecto da mesma, entenderem, desde que obedeçam ao preceituado
designadamente em letras de favor, fianças, A sua duração será por tempo indetermi- nos termos da lei.
abonações e actos semelhantes, salvo se com o nado, contando-se o seu início a partir da data
consentimento escrito dos sócios. da sua constituição. ARTIGO NONO
Cinco) Fica desde já nomeado o sócio Pedro (Casos omissos)
ARTIGO TERCEIRO
Lourenço Pascoal Foquiço, o representante legal
(Objecto)
Os casos omissos serão regulados pela
da empresa em virtude da menoridade da sócia
legislação vigente e aplicável na República
Clotilde Sara Foquiço. A sociedade tem por objecto a venda de de Moçambique.
insumos agrícolas, comercialização agrícola a
ARTIGO SEXTO Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. —
grosso e a retalho com importação, consultoria
(Dissolução)
O Técnico, Ilegível.
em agronegócio, aluguer e venda de imóveis e
móveis, fornecimento de bens e serviços.
Um) A sociedade apenas se dissolve nos
casos previstos na lei ou por deliberação dos ARTIGO QUARTO
sócios.
(Capital social)
Dois) A assembleia geral que deliberar sobre
a dissolução da sociedade determinará o prazo O capital social, integralmente subscrito e
para liquidação e nomeará os liquidatários, realizado em dinheiro, é de 20.000,00MT (vinte J & D Serviços – Sociedade
estabelecendo a sua remuneração e os seus mil meticais), dividido pelos sócios Hercílio Unipessoal, Limitada
poderes. Alberto Chinguvo, com o valor de 15.000,00MT
(quinze mil meticais), correspondente a 75% Certifico, para efeitos de publicação, que,
Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. — O Téc- no dia 8 de Fevereiro de 2019, foi matriculada
do capital social, e Saquina Paulino Abel
nico, Ilegível. na Conservatória do Registo das Entidades
Magaia, com o valor de 5.000,00MT (cinco
mil meticais), correspondente a 25% do capital Legais, sob NUEL 101105717, uma entidade
social. denominada J & D Serviços Sociedade
Unipessoal, Limitada.
ARTIGO QUINTO
Jet Law, casado, natural de Perak, de nacio-
(Divisão e cessão de quotas) nalidade malaia, portador do DIRE
HSK Agribusiness Um) Sem prejuízo das disposições legais em n.º 00442309, emitido em 20 de Abril
e Investimentos vigor a cessão ou alienação de toda a parte das de 2018, pelos Serviços de Migração de
quotas deverá ser do consentimento dos sócios, Manica, residente nesta cidade de Maputo,
Certifico, para efeitos de publicação, que, gozando estes do direito de preferência. constitui uma sociedade comercial do tipo
no dia 22 de Janeiro de 2019, foi matriculada Dois) Se nem a sociedade, nem os sócios por quotas, a qual se rege pelas cláusulas
na Conservatória do Registo das Entidades mostrarem interesse pela quota cedente, esta seguintes:
Legais, sob NUEL 101097536, uma entidade decidirá a sua alienação a quem e pelos preços
denominada HSK Agribusiness e Investimentos. que melhor entender, gozando o novo sócio ARTIGO PRIMEIRO
dos direitos correspondentes à sua participação
É celebrado o contrato de sociedade, nos (Denominação, sede e duração)
na sociedade.
termos do artigo 90 do Código Comercial, entre: A sociedade adopta a denominação J&D
Primeiro. Hercílio Alberto Chinguvo, ARTIGO SEXTO
Serviços – Sociedade Unipessoal, Limitada,
solteiro, maior, natural de Maputo, residente em (Administração) com sede social na avenida/rua Albert Lithuli,
Maputo, cidade de Maputo, portador do Bilhete bairro Central, n.º 15, andar, rés-do-chão,
Um) A administração e gestão da sociedade
de Identidade n.º 110500810595P, emitido no Kampfumu, Maputo-cidade, é criada uma
e sua representação em juízo e fora dele, activa e
dia 7 de Junho de 2016 em Nampula; passivamente passam desde já a cargo do sócio sociedade comercial do tipo por quotas com
Segundo. Saquina PaulinoAbel Hercílio Alberto Chinguvo, como sócio gerente duração indeterminada, podendo por decisão do
Magaia, solteira, maior, natural da cidade e com plenos poderes. sócio único ou assembleia geral mudar a sede,
de Quelimane, residente em Muatala, cidade de Dois) O administrador tem plenos poderes criar sucursais, filiais em qualquer parte do país.
Quelimane, portadora do Bilhete de Identidade para nomear mandatários à sociedade, confe-
rindo os necessários poderes de representação. ARTIGO SEGUNDO
n.º 040100647016J, emitido no dia 13 de Maio
de 2014, na cidade de Nampula. (Objecto social)
ARTIGO SÉTIMO
Pelo presente contrato de sociedade, outor- A sociedade tem por objecto social o
(Assembleia geral)
gam e constituem entre si uma sociedade por seguinte:
quotas de responsabilidade limitada, que se A assembleia geral reúne-se, ordinaria- a) A importação e exportação de bens;
mente, uma vez por ano para a apreciação e
regerá pelas cláusulas seguintes: b) Prestação de serviços de logística
aprovação do balanço e contas do exercício
e carga;
ARTIGO PRIMEIRO findo e repartição de lucros e perdas.
c) Manuseamento de cargas em trânsito;
(Denominação e sede) ARTIGO OITAVO e) Agenciamento de cargas e de navios;
f) Demais negócios e actividades comer-
A sociedade adopta a denominação de HSK (Herdeiros)
ciais não contrárias às leis vigentes
Agribusiness e Investimentos e tem a sua sede Em caso de morte, interdição ou inabili- e que venham a ser designados pelo
na Avenida Mohamed Siad Bare, n.º 1239, tação de um dos sócios, os seus herdeiros sócio único ou na assembleia geral
cidade de Maputo. assumem automaticamente o lugar na socie- do sócio.
1190 III SÉRIE — NÚMERO 40
ARTIGO TERCEIRO ARTIGO SEXTO de responsabilidade limitada, regendo-se
pelo presente contrato de sociedade e demais
(Capital social e quotas) (Reuniões de assembleia geral)
legislação em vigor e aplicável na Republica
Um) O capital social da sociedade, é de Um) As reuniões serão convocadas por carta de Moçambique.
1.000.000,00MT (um milhão de meticais), inte- registada dirigida aos sócios com mínimo de
gralmente realizado em dinheiro. trinta dias de antecedência. ARTIGO SEGUNDO
Dois) O capital social previsto no número Dois) As práticas de quaisquer actos da (Duração e sede)
anterior é integralmente subscrito, pertencente administração extraordinária, designadamente
ao sócio Jet Law, perfazendo assim 100% da sua os actos que importam alienação, oneração, A sociedade é constituída por tempo inde-
participação na quota desta sociedade, podendo, aquisição, aumento e diminuição dos activos e terminado, com sede na cidade de Maputo,
contudo, mediante a sua deliberação admitir passivos patrimoniais da sociedade carecem de bairro do Alto-Maé, n.º 2069, rés-do-chão,
a entrada de um ou mais sócios. uma aprovação prévia do sócio único. podendo os sócios alterar a sua localização
sempre que necessário, abrir filiais e outras
ARTIGO QUARTO ARTIGO SÉTIMO formas de representação a nível nacional
(Prestações suplementares) e no estrangeiro.
(Gerência)

Um) A gerência e administração da socie- Poderão ser feitas prestações suplementares ARTIGO TERCEIRO
dade ficam a cargo do sócio Jet Law, mediante de capital e o sócio único poderá fazer os
(Objecto)
a deliberação do sócio único, poderá confiar a suprimentos de que a sociedade carecer nos
gerência e administração da sociedade a uma ou termos e condições estabelecidos em assembleia Um) A sociedade tem por objecto o exer-
mais pessoas estranhas à sociedade. geral ou por sua deliberação. cício das seguintes actividades:
Dois) Entre outros, assiste ao gerente, ARTIGO OITAVO a) Prestação de serviços gráficos e
poderes bastantes para representar e vincular de serigrafia, indústria gráfica e
activa e passivamente a sociedade, em juízo (Morte) tipografia, marketing e publicidade,
ou fora dele, nos actos e negócios jurídicos, Em caso de morte do sócio único, os her- impressão digital e cópia;
nomeadamente nos contratos, prestações de deiros nomearão dentre eles um que a todos b) Comércio geral, de material gráfico,
serviços, no empréstimo, na abertura e movi- represente. escritório, material de segurança
mentação a crédito e a débito da conta bancária, e proteção;
podendo para tanto, entre outros, assinar e ARTIGO NONO c) Importação e exportação de produtos
endossar cheques, notas promissórias, letras de (Omissões) diversos.
câmbio, aceitar duplicatas, aplicar os recursos Dois) A sociedade poderá desenvolver
da sociedade e assinar qualquer documento Os casos omissos serão regulados por deli-
actividades subsidiárias ou conexas ao objecto
público ou privado que esteja dentro do objeto beração do sócio único ou em assembleia geral,
ou na falta daquele, por disposições legais principal, desde que seja feita por deliberação
social da sociedade, contrato social, enfim, em assembleia geral pelos sócios.
agir como representante legal da sociedade e aplicáveis.
de praticar todos os actos e negócios conexos e Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. — O Téc- ARTIGO QUARTO
inerentes à prossecução do fim e objecto social nico, Ilegível.
(Capital social)
desta sociedade.
Três) Entretanto, o gerente poderá praticar O capital social, é de 80.000,00MT (oitenta
os seguintes actos ou negócios jurídicos mil meticais), correspondente a cem por cento
mediante a prévia autorização do sócio único, da cota única, pertencente ao socio Valgy Abdul
designadamente: Ismael.
a) A compra e venda de imóveis, inclu- ARTIGO QUINTO
sive a constituição de ônus ou obri- Vabis Gráfica e Serviços
gações sobre o activo permanente – Sociedade Unipessoal, (Decisão do sócio único)
e imóveis da sociedade; Limitada
As decisões que por lei são da competência
b) A concessão de qualquer garantia deliberativa dos sócios são tomadas pes-
Certifico, para efeitos de publicação,
ou aval; soalmente pelo sócio único e lançadas num livro
que, no dia 15 de Fevereiro de 2019, foi
c) A contratação de empréstimo(s); destinado a esse fim, sendo por ele assinado.
matriculada na Conservatória do Registo das
d) Operações de fusão, cisão, aquisição
Entidades Legais, sob NUEL 101108899, uma
ou incorporação; e ARTIGO SEXTO
entidade denominada Vabis Gráfica e Serviços
e) Outras operações que importam alie-
nação, disposição e oneração do(s) – Sociedade Unipessoal, Limitada. (Administração)
activo (s) da sociedade. Valgy Abdul Ismael, solteiro, maior, de A administração e gestão da sociedade,
Quatro) Dentre as limitações previstas no nacionalidade moçambicana, natural de sua representação em juízo e fora dele, activa
número anterior não se inclue a conclusão Maputo, residente no bairro de Inhagoia A, e passivamente são feitas pelo sócio Valgy
de contratos de câmbios ou de transferências quarteirão 11, casa 1151, titular do Bilhete Abdul Ismael, podendo nomear mandatários,
cujos valores sejam destinados a investimento de Identidade n.º 110101529306S, emitido conferindo-lhes poderes necessários de repre-
de capital na sociedade ou para manutenção na cidade de Maputo, a 6 Março de 2014. sentação.
desta sociedade.
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO SÉTIMO
ARTIGO QUINTO (Denominação) (Contas da sociedade)
(Cessão de quotas) O exercício social coincide com o ano civil
A sociedade adopta a denominação Vabis
O sócio único poderá livremente fazer a Gráfica e Serviços – Sociedade Unipessoal, e o balanço de contas será feito até ao dia 31
cessão de quotas total ou parcial a terceiros. Limitada, sendo uma sociedade por quotas de Dezembro de cada ano.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1191
ARTIGO OITAVO ARTIGO TERCEIRO ou interdito, os quais nomearão entre si um
que a todos represente na sociedade, enquanto
(Dissolução e liquidação) (Objecto)
a quota permanecer indivisa.
A dissolução e liquidação serão feitas de Um) A sociedade tem por objecto principal Dois) Em tudo quanto for omisso nos
acordo com a legislação aplicável ou por decisão o comércio, importação, exportação de roupas presentes estatutos, aplicar-se-ão disposições
do sócio único. prontas a vestir e representação de marcas de do Código Comercial e demais legislações em
roupas. vigor na República de Moçambique.
ARTIGO NONO Dois) Por deliberação da assembleia geral, Três) Em todos os casos omissos, regularão
(Disposições finais)
a sociedade poderá exercer outras actividades as disposições do Código Comercial em vigor
directa ou indirectamente relacionadas com o na República de Moçambique.
Os casos omissos serão regulados pelo seu objecto principal ou participar no capital
Código Comercial e pelas demais legislações Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. — O Téc-
social de outras empresas, desde que legalmente
vigentes na República de Moçambique. permitidas pela legislação em vigor. nico, Ilegível.

Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. — O Téc-


ARTIGO QUARTO
nico, Ilegível.
(Capital social)

Um) O capital social, subscrito e integral-


mente realizado em dinheiro, é de cem mil Makarrape, Limitada
meticais, correspondente a uma quota do único
Certifico, para efeitos de publicação, que no
sócio Arlindo Manuel Moreno Turbulento,
Vage – Sociedade dia 15 de Fevereiro de 2019, foi matriculada
equivalente a cem por cento do capital social.
Unipessoal Limitada na Conservatória do Registo das Entidades
Dois) O sócio poderá efectuar prestações
suplementares de capital ou suprimentos à Legais, sob NUEL 101109046, uma entidade
Certifico, para efeitos de publicação, que, sociedade nas condições que forem estabelecidas denominada Makarrape, Limitada.
no dia 12 de Fevereiro de 2019, foi matriculada por lei. É celebrado o contrato de sociedade, nos
na Conservatória do Registo das Entidades termos do artigo noventa do Código Comercial,
Legais, sob NUEL 101107078, uma entidade ARTIGO QUINTO entre:
denominada Vage – Sociedade Unipessoal,
(Administração, representação Primeiro. Daniel Lucas Tivane, solteiro,
Limitada.
da sociedade) maior, natural e residente em Maputo, de
É celebrado o presente contrato de sociedade,
Um) A sociedade será administrada pelo nacionalidade moçambicana, portador do
no artigo noventa do Código Comercial, entre:
sócio Arlindo Manuel Moreno Turbulento. Bilhete de Identidade n.º 110100670175B,
Arlindo Manuel Moreno Turbulento, natural emitido aos 3 de Maio de 2017;
de Alfada, Portugal, de nacionalidade Dois) A sociedade pode, ainda, fazer-se
representar por um procurador especialmente Segundo. Abrão David Muchanga, solteiro,
portuguesa, portador do DIRE
designado pela administração nos limites maior, natural de Guija, residente nesta cidade,
n.º 11PT00046938A, emitido a 31 de Julho
específicos do respectivo mandato. de nacionalidade moçambicana, titular do
de 2018, pelos Serviços de Identificação de
Bilhete de Identidade, emitido aos 22 de Julho
Maputo, residente na cidade de Maputo, na
ARTIGO SEXTO de 2013;
Avenida Vlademir Lenine, n.º 3056, rés-do-
chão, flat 2. (Disposições gerais) Terceiro. Quintão José Serafim, solteiro,
maior, natural de Homoine, residente nesta
Pelo presente contrato escrito particular, Um) O exercício social coincide com o ano cidade, de nacionalidade moçambicana, titular
constitui uma sociedade por quotas unipessoal civil. do Bilhete de Identidade n.º 110502249444F,
limitada, que se regerá pelas cláusulas seguintes: Dois) O balanço e contas de resultados emitido aos 22 de Março de 2018;
fechar-se-ão com referência a trinta e um de
ARTIGO PRIMEIRO Quarto. José Manuel Sitoe, solteiro, maior,
dezembro de cada ano.
natural e residente em Maputo, titular do Bilhete
(Denominação e sede)
ARTIGO SÉTIMO de Identidade n.º 110101246532F, emitido aos
Um) A sociedade adopta a denominação 2 de Agosto de 2016;
Vage – Sociedade Unipessoal, Limitada, terá a (Lucros) Quinto. Januário Pascoal Xavier, solteiro,
sua sede na cidade de Maputo, bairro da Coop, Dos lucros apurados em cada exercício maior, natural de Morrumbene, residente em
Avenida Vlademir Lenine, n.º 3058, rés-do- deduzir-se-á, em primeiro lugar, a percentagem Maputo, portador do Bilhete de Identidade
-chão, flat 2. legalmente indicada para constituir a reserva n.º 110100668019J, emitido aos 22 de Outubro
Dois) A sociedade pode, por deliberação legal, enquanto não estiver realizada nos termos de 2015.
da assembleia geral, transferir a sua sede da lei ou sempre que seja necessária reintegrá-la. Pelo presente contrato de sociedade, outor-
para qualquer outro local dentro do território
ARTIGO OITAVO gam e constituem uma sociedade por quota,
nacional.
Três) Por deliberação da assembleia geral, que se regerá pelas cláusulas seguintes:
(Dissolução)
a sociedade pode abrir delegações, filiais,
ARTIGO PRIMEIRO
sucursais, agências ou outras formas de repre- A sociedade dissolve-se nos casos e nos
sentação no país. termos da lei. (Denominação e sede)

ARTIGO SEGUNDO ARTIGO NONO A sociedade adopta a denominação


Makarrape, Limitada, tem a sua sede no bairro
(Duração) (Disposições finais)
da Mafalala, casa n.º 950, quarteirão 54, cidade
A sociedade é constituída por tempo inde- Um) Em caso de morte ou interdição do de Maputo, por deliberação da assembleia geral,
terminado, contando-se o seu início a partir único sócio, a sociedade constituirá com os pode abrir ou encerrar sucursais dentro e fora
da data da constituição. seus herdeiros ou representantes do falecido do país, quando for conveniente.
1192 III SÉRIE — NÚMERO 40
ARTIGO SEGUNDO dade com dispensa de caução, podendo estes é uma sociedade por quotasde responsabilidade
nomear seus representantes se assim o entender, limitada, que se rege pelos presentes estatutos
(Duração)
desde que obedeçam o preceituado nos termos e pelos preceitos gerais aplicáveis.
A sua duração será por tempo indetermi- da lei.
nado, contando-se o seu início a partir da data ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO ARTIGO SEGUNDO
da celebração da escritura da sua constituição.
(Casos omissos) Sede
ARTIGO TERCEIRO
Os casos omissos serão regulados pelo Um) A sociedade tem a sua sede e negócio
(Objecto) Código Comercial e demais legislação vigentes principal em Maputo.
na República de Moçambique. Dois) Por deliberação da assembleia geral,
Um) A sociedade tem por objecto a prestação
de serviços na área de canalização, carpintaria, Maputo, 15 de Fevereiro de 2018. — O Téc- a sociedade poderá criar ou extinguir sucursais,
electricidade e outros serviços afins. nico, Ilegível. filiais, agências, delegações ou qualquer outra
Dois) A sociedade poderá exercer quaisquer forma de representação social em qualquer
outras actividades desde que para isso esteja ponto do país.
devidamente autorizada nos termos da legis-
lação em vigor. ARTIGO TERCEIRO

ARTIGO QUARTO NFC-Nutrition For Change, Duração


Limitada A sociedade é constituída por tempo inde-
(Capital social)
Certifico, para efeitos de publicação, que terminado, contando-se o seu início, para efeitos
O capital social, integralmente subscrito e
no dia 23 de Janeiro de 2019, foi matriculada legais, a partir da data do presente contrato.
realizado em bens, equipamentos e em dinheiro,
é de 5.000,00MT (cinco mil meticais), dividido na Conservatória do Registo de Entidades
ARTIGO QUARTO
em cinco quotas iguais: Legais, sob NUEL 101102483, uma entidade
denominada NFC-Nutrition For Change, Objecto social
a) Uma quota no valor de 1.000,00MT
pertencente ao sócio Daniel Lucas Limitada.
Um) A sociedade tem por objecto social
Tivane; É celebrado o presente contrato de socie- as seguintes actividades:
b) Uma quota no valor de 1.000,00MT dade nos termos do artigo noventa do Código
pertencente ao sócio Abrão David a) Prestação de serviços de consultoria nas
Comercial, entre:
Muchanga; áreas de saúde pública, segurança
c) Uma quota no valor de 1.000,00MT Edna Sultana Nurmahomed Germack Possolo, alimentar e nutrição;
pertencente ao sócio Quintão José casada com Eriberto Santos Nogueira, b) Implementação e gestão de projectos
Serafim; em regime de comunhão geral de bens, de nutrição, segurança alimentar
d) Uma quota no valor de 1.000,00MT moçambicana, portadora do Bilhete de e nutricional e de saúde pública;
pertencente ao sócio José Manuel Identidade n.º 110100326327S, válido até c) Produção de pesquisas e de análises
Sitoe; 4 de Abril de 2023, residente em Maputo, críticas nas áreas de nutrição, segu-
e) Uma quota no valor de 1.000,00MT quarteirão 600, n.º 25, bairro Laulane; rança alimentar e nutricional;
pertencente ao sócio Januário Melanie Varagilal Remane Picolo, casada com d) Produção de material informativo,
Pascoal Xavier. Luís Miguel da Silva Picolo, em regime de educativo e comunicativo nas áreas
....................................................................... comunhão geral de bens, moçambicana, de nutrição e segurança alimentar e
portador do Bilhete de Identidade nutricional;
ARTIGO SÉTIMO n.º 110100365084J, válido até 19 de Abril e) Elaboração e realização de cursos de
(Gerência) de 2023, residente em Maputo, Avenida curta duração para profissionais e
Vladimir Lenine, n.º 2236, 7.º andar, flat 2, estudantes das áreas de nutrição,
Um) A administração, gestão da sociedade bairro Coop;
e a sua representação, em juízo e fora dele, segurança alimentar e nutricional
Nádia Magid Pontes Osman, solteira, moçambi-
activa e passivamente, Quitão José Serafim, e saúde pública;
cana, portador do Bilhete de Identidade
passa desde já a cargo de sócio gerente com f) Prestação de serviços de edição
plenos poderes. n.º 110100111005A, válido até 9 de Outubro
e tradução de português para
Dois) O gerente tem plenos poderes para de 2022, residente em Maputo, rua Geração
inglês e inglês para português de
nomear mandatários a sociedade, conferindo 8 de Março, n.º 95, bairro Sommerschield.
documentos técnicos relacionados
os necessários poderes de representação. Pelo presente contrato de sociedade, outor- com nutrição, segurança alimentar
gam e constituem entre si, uma sociedade por e nutricional e de saúde pública;
ARTIGO NONO
quotas de responsabilidade limitada, que regerá g) Importação e exportação de pro-
(Dissolução) pelas cláusulas dos artigos seguintes: dutos/suplementos alimentares
A sociedade só se dissolve nos termos fixa- e nutricionais;
CAPÍTULO I
dos pela lei ou por comum acordo dos sócios h) Compra e venda de produtos/suple-
quando assim entenderem. Da denominação, sede, duração mentos alimentares e nutricionais.
e objectivo Dois) A sociedade poderá ainda exercer
ARTIGO DÉCIMO
ARTIGO PRIMEIRO quaisquer outras actividades ou participar em
(Herdeiros) outras sociedades ou empreendimentos directa
Denominação
Em caso da morte, interdição ou inabilitação ou indirectamente ligados à sua actividade
de um dos sócios da sociedade, os seus herdeiros NFC-Nutrition For Change, Limitada, principal, desde que devidamente outorgada e
assumem automaticamente o lugar na socie- adiante designada simplesmente por sociedade, as sócias assim o deliberarem.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1193
CAPÍTULO II do exercício anterior e para deliberar quaisquer Três) O membro do conselho de direcção
outros assuntos para que tenha sido convocada, impedido de comparecer poderá ser representado
Do capital social, quotas
e extraordinariamente, por convocação do por outra pessoa física que para o efeito designar,
e suprimentos mediante simples carta para esse efeito, dirigia
conselho de direcção.
ARTIGO QUINTO Dois) A assembleia geral será convocada ao presidente do conselho de direcção.
pelo conselho de direcção nos termos da lei.
Capital social Três) A assembleia geral reunir-se-á na sede ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
Um) O capital social, subscrito e realizado em da sociedade, podendo ter lugar noutro local Deliberações
dinheiro, é de trinta mil meticais, correspondente quando as circunstâncias o aconselharem.
Um) As deliberações da assembleia geral
à soma de três quotas, distribuídos da seguinte Quatro) As sócias poder-se-ão fazer repre-
serão tomadas por maioria simples dos votos
forma: sentar por pessoas físicas que para o efeito
presentes ou representados, excepto nos casos
a) Uma quota no valor de dez mil e designarem, mediante simples carta para esse
em que a lei ou os presentes estatutos exijam
duzentos meticais (10.200,00MT), fim dirigida ao presidente da mesa da assembleia
maioria qualificada.
correspondente a 34% pertencente geral.
Dois) São necessários setenta e cinco por-
Cinco) É dispensada a reunião da assembleia cento dos votos correspondentes a totalidade do
à sócia Edna Sultana Nurmohamed
geral quando as sócias concordarem na capital da sociedade para a tomada das seguintes
Germack Possolo;
deliberação, por escrito, cujo conteúdo deverá deliberações:
b) Uma quota no valor de nove mil e
ser devidamente pormenorizado.
novecentos meticais (9.900,00MT), a) Alteração do pacto social;
correspondente a 33% pertencente ARTIGO NONO b) Dissolução da sociedade;
à sócia Melanie Varagilal Remane c) Aumento do capital social;
Picolo; Conselho de direcção d) Divisão e cessão de quotas.
c) Uma quota no valor de nove mil e Um) A sociedade é gerida por um conselho de
ARTIGO DÉCIMO QUARTO
novecentos meticais (9.900,00MT), direcção, composto pelas sócias administradoras
correspondente a 33% pertencente à Edna Sultana Nurmahomed Germack Possolo, Formas de obrigar a sociedade
sócia Nádia Magid Pontes Osman. Melanie Varagilal Remane Picolo e Nádia Um) A sociedade fica obrigada pela as-
Dois) O capital social poderá ser aumentado Magid Pontes Osman. sinatura do director geral, no exercício das
ou reduzido, uma ou mais vezes, após aprovação Dois) O número de membros poderá vir a funções conferidas pelo conselho de direcção.
pela assembleia geral. ser alargado por decisão da assembleia geral. Dois) Os actos de mero expediente poderão
Três) Deliberados quaisquer aumentos ou Três) Os membros do conselho de direcção ser pelo director-geral, ou por qualquer empre-
reduções, serão os mesmos rateados pelas são designados por um período de dois anos, gado designado para o efeito por força das suas
podendo ser renováveis, salvo deliberação em funções.
sócias, na proporção de suas quotas.
contrário da assembleia geral.
CAPÍTULO IV
ARTIGO SEXTO
ARTIGO DÉCIMO Das disposições gerais
Divisão e cessão de quotas
Competências ARTIGO DÉCIMO QUINTO
Um) A divisão e cessão, total ou parcial, de
Compete ao conselho de direcção exercer Falecimento de sócios
quotas às sócias ou à terceiros, dependem de
os mais amplos poderes de administração,
deliberação prévia da assembleia geral. No caso de falecimento de um dos sócios,
representando a sociedade, em juízo e fora
Dois) A sócia que pretender alienar a sua os herdeiros exercerão em comum os direitos
dele, activa e passivamente, praticando todos os
quota prevenirá a sociedade em primeiro lugar, demais actos tendentes à realização do objecto do falecido, devendo escolher entre eles um que
e às sócias não cedentes, em segundo lugar, social que a lei ou os presentes estatutos não a todos represente na sociedade.
para que exerçam o direito de preferência de reservarem à assembleia geral.
aquisição da quota que se pretende alienar, com ARTIGO DÉCIMO SEXTO
a antecedência mínima de trinta dias, por carta, ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO Distribuição de lucros
indicando o preço e demais condições de cessão.
Director-geral Um) Os lucros da sociedade e as suas perdas
ARTIGO SÉTIMO serão divididos pelas sócias na proporção das
Um) A gestão diária da sociedade é confiada
suas quotas.
Suprimentos ao director-geral, a ser indicado pelo conselho
Dois) Antes de repartidos os lucros líquidos
de direcção.
apurados em cada exercício deduzir-se-á a
Não serão exigidas prestações suplemen- Dois) O conselho de direcção nomeará na
percentagem indicada para constituir um
tares do capital social, mas poderão as sócias sua primeira reunião o director-geral, deter-
fundo de reserva legal, estipulado por lei, e as
fazer à sociedade os suprimentos que acharem minando na mesma altura as suas funções reservas especialmente criadas, por decisão da
necessários, nas condições a serem determi- e competências. assembleia geral.
nadas por eles. Três) Os lucros líquidos serão distribuídos
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
CAPÍTULO III as sócias no prazo de seis meses, a contar da
Reuniões data da deliberação da assembleia geral que os
Da assembleia geral, gerência tiver aprovado.
e representação da sociedade Um) O conselho de direcção reunir-se
sempre que necessário para o interesse da socie- ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
ARTIGO OITAVO dade, e trimestralmente, para apresentação de
contas pelo director-geral. Dissolução da sociedade
Assembleia geral
Dois) O conselho de direcção reúne sempre Um) A sociedade dissolve-se nos casos
Um) A assembleia geral reunir-se-á ordina- que convocado por qualquer dos adminis- determinados na lei e por deliberação com
riamente uma vez por ano, para apreciação, tradores, devendo a convocatória incluir a aprovação de setenta e cinco porcento dos votos
aprovação ou modificação do balanço e contas ordem de trabalhos. correspondentes a totalidade do capital social.
1194 III SÉRIE — NÚMERO 40
Dois) Se a sociedade for liquidada, o patri- ARTIGO SEGUNDO ou mais procuradores, nos termos e para os
mónio restante, depois do pagamento das efeitos da lei. Os mandatos podem ser gerais
Sede
dívidas e passivos da sociedade e dos custos ou especiais e tanto a assembleia geral como
da liquidação, será distribuído entre as sócias A sociedade tem a sua sede na Avenida da os gerentes poderão revogá-los a todo o tempo,
proporcionalmente ao valor das respectivas Malhangalene, n.º 125, rés-do-chão, cidade de
estes últimos mesmo sem autorização prévia
quotas. Maputo, podendo no entanto, abrir delegações
da assembleia quando as circunstâncias ou a
ARTIGO DÉCIMO OITAVO ou quaisquer outras formas de representação
em qualquer ponto do território nacional urgência a justifiquem.
Exercício social e contas Três) Compete à gerência a representação
ou no estrangeiro.
Um) O exercício social coincide com o ano da sociedade em todos os seus actos, activa e
civil. ARTIGO TERCEIRO passivamente, em juízo e fora dele, tanto na
Dois) O balanço e contas de resultados Duração ordem jurídica interna como internacionalmente,
fechar-se-ão com referência a 31 de Dezembro dispondo dos mais amplos poderes legalmente
A duração da sociedade e por tempo inde-
de cada ano e submetidos à aprovação consentidos para a prossecução do objecto
terminado, contando o seu início para efeito
da assembleia geral. social, designadamente, quanto ao exercício da
legal a partir da data da sua constituição.
gestão corrente dos negócios sociais.
ARTIGO DÉCIMO NONO
ARTIGO QUARTO Quatro) Para que a sociedade fique vali-
Casos omissos damente obrigada nos seus actos e contratos
Objecto social
Os casos omissos serão regulados pelas é bastante a assinatura do sócio.
Um) A sociedade tem por objecto:
disposições do Decreto-Lei n.º 2/2005, de 27 Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. — O Téc-
de Dezembro, e demais legislação aplicável. a) Prestação de serviços, na área de
nico, Ilegível.
mestre-de-cerimónias, protocolo,
Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. —
som, luz, DJ;
O Técnico, Ilegível.
b) Organização de eventos, decoração,
ornamentação, consultoria fiscal
para negócios e gestão, estudos de
mercado e sondagens de opinião, Super Mercado Maravilha,
marketing; Limitada
c) Gráfica, indústria;
d) Fotocópia, encadernação, digitação, Certifico, para efeitos de publicação, que
Hlambetweni – Sociedade design e outras actividades afins; no dia 21 de Janeiro de 2019, foi matriculada
Unipessoal, Limitada e) Comércio a retalho e a grosso.
na Conservatória do Registo de Entidades
Legais, sob NUEL 101097420, uma entidade
Certifico, para efeitos de publicação, que Dois) A sociedade poderá igualmente denominada Super Mercado Maravilha,
no dia 9 de Janeiro de 2019, foi matriculada exercer actividades conexas, complementares Limitada, entre:
na Conservatória do Registo de Entidades ou subsidiárias do seu objecto, e outras legal-
Mohamed Ashraf Thottahil, solteiro, maior,
Legais, sob NUEL 101092038, uma entidade mente permitidas, desde que devidamente
natural de Kerala-Índia, residente na
denominada Hlambetweni – Sociedade autorizadas por entidade competente. cidade de Maputo, portador do DIRE
Unipessoal, Limitada. Três) No exercício do seu objecto a sociedade n.º 07IN00038454B, emitido aos dez de
poderá associar-se com outras, adquirindo Abril de dois mil e dezoito, pelos Serviços
Por contrato de sociedade, celebrado nos
quotas, acções ou partes, ou ainda constituir Nacionais de Migração;
termos do artigo noventa do Código Comercial,
com outros, novas sociedades, em conformidade Chakkayil Ilyas, solteiro, maior, natural
é constituída uma sociedade de unipessoal
com as deliberações da assembleia geral e de Kaladi Kerala-Índia, residente na
limitada de Jaime Mirandolino Mondlane
mediante as competentes autorizações, licenças cidade de Maputo, portador do DIRE
Khumbane, casado em regime de cumunhão
ou alvarás exigidos por lei. n.º 07IN00013984F, emitido aos dezanove
geral de bens com Nilza Henguicere Narciso
de Janeiro de dois mil e dezasseis, pelos
Khumbane, natural do Maputo, ele portador ARTIGO QUINTO Serviços Nacionais de Migração.
do Bilhete de Identidade n.º 10070108916M,
emitido pela Direcção Nacional de Identificação Capital social É celebrado o contrato de sociedade por
Civil, aos 12 de Janeiro de 2016, e ela portadora quotas, que se regerá pelas cláusulas seguintes:
O capital social, integralmente realizado
do Bilhete de Identidade n.º 11010077263911, em bens e dinheiro, é de 10.000,00MT (dez ARTIGO PRIMEIRO
emitido pela Direcçao Nacional de Identificação mil meticais) correspondente à soma de uma
Civil, aos 20 de Janeiro de 2016, ambos quota igual pertencente ao Jaime Mirandolino (Denominação social, sede e duração)
residentes no bairro Cumbeza, quarteirão 1, Mondlane Khumbane com uma quota no valor Um) A sociedade adopta a denominação
casa 91, célula B, distrito de Marracuene, e que de 10,000,00MT (dez mil meticais) equivalente social Super Mercado Maravilha, Limitada,
se rege pelas cláusulas constantes nos artigos a 100% (cem por cento) do capital social. e tem a sua sede na Avenida 24 de Julho,
seguintes: n.º 3512, rés-do-chão, na cidade de Maputo,
ARTIGO SEXTO podendo abrir ou fechar delegações sucursais,
ARTIGO PRIMEIRO ou outras formas de representação social em
Administração
Denominação qualquer parte do território nacional, ou no
Um) A administração e a gerência da estrangeiro, desde que a assembleia assim o
Hlambetweni – Sociedade Unipessoal, sociedade são exercidas pelo sócio Jaime decida e mediante a prévia autorização de quem
Limitada, é uma sociedade constituída por Mirandolino Mondlane Khumbane. é de direito.
uma única quota que se constitui por tempo Dois) A assembleia geral, bem como o Dois) A sua duração é por tempo indeter-
indeterminado e se rege pelos presentes gerente por esta nomeado, por ordem ou minado, contando-se o seu início a partir da data
estatutos e por demais legislação aplicável. com autorização desta, podem constituir um da celebração do presente contrato.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1195
ARTIGO SEGUNDO vação ou modificação do balanço e contas Segunda. Raquel Dulce Mahoque
do exercício e para deliberar sobre quaisquer Maguele, casado, em regime de comunhão
(Objecto) de bens adquiridos, nacionalidade moçambi-
outros assuntos para que tenha sido convocada e
A sociedade tem por objecto actividades extraordinariamente sempre que for necessário. cana, portadora do Bilhete de Identidade
na área: Dois) A assembleia geral será sempre n.º 110100098520I.

a) De comércio a retalho; convocada por meio de carta registada com


CAPÍTULO I
b) Supermercado. aviso de recepção dirigida aos sócios com a
antecedência mínima de 15 dias e presidida Da denominação, forma, sede, duração
Por deliberação da assembleia geral, a pelos representantes legais da sociedade. e objecto
sociedade poderá exercer outras actividades, Três) A gerência e administração da ARTIGO PRIMEIRO
subsidiárias ou complementares do seu objecto sociedade e a sua representação em juízo e
principal, bem como participar em outras Forma e denominação
fora dele, activa e passivamente, será exercida
sociedades, de acordo com as deliberações pelos senhores Mohamed Ashraf Thottahil e É constituída nos termos da lei e dos
dos sócios. Chakkayil Ilyas, nomeados sócios gerentes presentes estatutos uma sociedade, sob forma
com dispensa de caução, bastando uma das suas de sociedade uma sociedade, sob forma de
ARTIGO TERCEIRO
assinaturas para obrigar a sociedade nos actos, sociedade por quotas de responsabilidade
(Capital social) contratos e bancos, podendo estes nomearem limitada que adopta a denominação Adega
seu/s representante se assim o entenderem desde do Bottle Store, Limitada.
O capital social, subscrito e integralmente
que preceituado na lei. ARTIGO SEGUNDO
realizado em dinheiro, é de 20.000,00MT (vinte
Quatro) Os sócios não poderão delegar os
mil meticais), correspondente à soma de duas Duração
seus poderes em pessoas estranhas à sociedade
quotas iguais, de seguinte modo:
sem o consentimento de todos os sócios. A duração da sociedade é por tempo inde-
a) Uma quota no valor nominal de Cinco) Em caso algum os sócios ou seus terminado, contado a partir da data da sua
10.000,00MT (dez mil meticais), mandatários poderão obrigar a sociedade em constituição.
pertencentes ao sócio Mohamed actos e documentos estranhos aos negócios
ARTIGO TERCEIRO
Ashraf Thottahil, correspondente sociais designadamente em letras de favor,
a cinquenta por cento do capital fianças e abonações. Sede
social; A sociedade tem a sua sede na rua do Xitende
b) Uma quota no valor nominal de ARTIGO OITAVO
n.º 28, em Maputo, Moçambique.
10.000,00MT (dez mil meticais), (Balanço)
pertencentes ao sócio Chakkayil ARTIGO QUARTO
Ilyas, correspondente a cinquenta Um) O balanço sobre o fecho de contas a
Objectivo
por cento do capital social. 31 de Dezembro de cada ano será anualmente
apresentado aos sócios. A sociedade tem por objecto o exer-cício das
ARTIGO QUARTO Dois) Os lucros líquidos apurados em cada seguintes actividades:
balanço anual, deduzidos cinco por cento para a) Venda de bebidas alcoólicas em qual-
(Suprimentos)
o fundo de reserva legal e de quaisquer outras quer uma das suas componentes;
Não haverá prestações suplementares percentagens estabelecidas pela assembleia b) Comercialização, importação e expor-
podendo, porem, os sócios fazer a sociedade os geral, serão divididos pelos sócios na proporção tação de bebidas;
suprimentos de que ela carece ao juro e demais das suas quotas. c) Agenciamento, representação de
Três) A sociedade só se dissolve nos termos marcas e patentes de bebidas,
condições estipuladas pela assembleia geral.
fixados na lei e será então liquidada como a sem prejuízo do futuro exercício
ARTIGO QUINTO assembleia geral deliberar. de quaisquer outras actividades
complementares ou acessórias ao
(Capital social) Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. — O Téc- objecto principal.
nico, Ilegível. d) A sociedade poderá participar em
O capital social poderá ser aumentado
sociedades cujo objecto difere do
uma ou mais vezes, mediante deliberação da
seu, ou em sociedades reguladas
assembleia geral com ou sem entrada de novos por leis especiais, associar-se com
sócios. terceiros, em consórcios e joint
ventures, desde que cumpridas as
ARTIGO SEXTO Adega do Bottle Store, formalidades legais;
(Secação de quotas) Limitada e) A sociedade poderá ser representante
de outras sociedades, empresas
A cessão de quotas é livre entre os sócios, Certifico, para efeitos de publicação, que nacionais e estrangeiras;
mas a estranhos dependem do consentimento no dia 25 de Janeiro de 2019, foi matriculada f) A sociedade pode ainda dedicar-se
da sociedade que terá em primeiro lugar os na Conservatória do Registo de Entidades a outras actividades que sejam
sócios individualmente e em segundo o direito Legais, sob NUEL 101100006, uma entidade permitidas por lei.
de preferência. denominada Adega do Bottle Store, Limitada.
CAPÍTULO II
Contrato de constituição de sociedade por
ARTIGO SÉTIMO quotas de responsabilidade limitada, Do capital social
(Assembleia geral, gerência Celebrado entre: ARTIGO QUINTO
e representação da sociedade) Primeiro. Osvaldo Agostinho Maguele,
Capital social
casado em regime de comunhão de bens
Um) A assembleia geral reunir-se-á ordina- adquiridos, nacionalidade moçambi- O capital social da sociedade integralmente
riamente, uma vez por ano, de preferência na cana, portador do Bilhete de Identidade subscrito é de 20.000,00MT (vinte mil meticais)
sede da sociedade, para a apreciação, apro- n.º 110100098521J; correspondente à soma de duas quotas, uma
1196 III SÉRIE — NÚMERO 40
no valor nominal de 10.000,00MT (dez mil Idas – Sociedade Unipessoal ARTIGO QUARTO
meticais), correspondente a 50% (cinquenta por Limitada (Capital social)
cento) do capital social, pertencente ao senhor
Osvaldo Agostinho Maguele e a outra no valor Certifico, para efeitos de publicação, que no Um) O capital social, integralmente subscrito
dia 12 de Fevereiro de 2019, foi matriculada e realizado em dinheiro, é de 50.000,00MT
nominal de 10.000,00MT (dez mil meticais),
na Conservatória do Registo de Entidades (cinquenta mil meticais), correspondente a uma
correspondente a 50% (cinquenta por cento)
Legais, sob NUEL 101106608, uma entidade única quota correspondente a 100% (cem por
do capital social, pertencentes à senhora Raquel denominada Idas, Sociedade Unipessoal cento) do capital social, pertencente a única
Dulce Mahoque Maguele. Limitada. sócia Nuzihat Sarrafa Ali.
CAPÍTULO III Parágrafo único. Nuzihat Sarrafa Ali, Dois) O capital social poderá ser aumentado
solteira, maior, natural de Memba, de nacio- ou reduzido por decisão da sócia única, que
Dos órgãos sociais nalidade moçambicana, portadora do Bilhete goza do direito de preferência na subscrição dos
de Identidade n.º 110100278620P, emitido aumentos, cabendo a esta também decidir como
ARTIGO SEXTO
em Nampula, aos 7 de Agosto de 2015, titular e em que prazo deverá ser feito a sua realização.
Órgãos sociais do NUIT 101546616, residente na cidade de
Nampula. ARTIGO QUINTO
Um) Os órgãos da sociedade são:
É celebrado, aos 8 de Janeiro de 2019 e (Prestações suplementares)
a) Assembleia geral; ao abrigo do disposto nos artigos 90 e 328 e
b) Conselho de administração. seguintes do Código Comercial vigente em Não serão exigíveis prestações suplemen-
Moçambique, aprovado pelo Decreto-Lei tares do capital. A sócia poderá conceder
Dois) Extraordinariamente a assembleia
n.º 2/2005 de 27 de Dezembro, o presente à sociedade os suprimentos de que ela necessite,
geral reunirá sempre que necessário e mediante
contrato de sociedade que se rege pelas nos termos e condições que forem aprovados.
solicitação de um dos sócios.
cláusulas insertas nos artigos seguintes:
Três) Dependem de deliberação dos sócios ARTIGO SEXTO
que lei ou estatutos indiquem as seguintes ARTIGO PRIMEIRO
(Cessão e divisão de quotas)
deliberações: (Forma, denominação e sede)
Um) A cessão e divisão de quotas depende
a) A aquisição, divisão, alienação ou one-
Um) A sociedade adopta a forma jurídica de da decisão da sócia única.
ração de quotas próprias;
uma sociedade por quotas unipessoal, limitada Dois) A sociedade goza do direito de prefe-
b) A eleição, a remuneração e a destituição e a denominação Idas – Sociedade Unipessoal, rência na aquisição de quotas.
de administradores; Limitada, adiante designada abreviadamente Três) Caso a sociedade não exerça o seu
c) A aprovação do relatório da adminis- por Idas e terá a sua sede na cidade de Nampula, direito de preferência, este transfere-se auto-
tração e das contas do exercício, Avenida de Trabalho, n.º 1616. maticamente para a sócia.
incluindo o balanço e a demons- Dois) A sociedade poderá, mediante simples Quatro) No caso da sociedade ou a sócia não
tração de resultados; decisão do sócio único ou da administração, chegar ao acordo sobre o preço da quota a ceder
d) A atribuição dos lucros e o tratamento deslocar a respectiva sede para qualquer outro ou a dividir, o mesmo será determinado por
local dentro do território nacional, provisória
dos prejuízos; consultores independentes e o valor que vier a
ou definitivamente, bem como criar ou encerrar
e) A propositura e a desistência de ser determinado será vinculativo para as partes.
sucursais, filiais, agências ou qualquer outra
quaisquer acções contra os admi- forma de representação, onde e quando for ARTIGO SÉTIMO
nistradores; julgado conveniente para a prossecução dos
f) A alteração dos estatutos da sociedade; interesses sociais. (Amortização de quotas)
g) O aumento e a redução do capital Um) A sociedade poderá amortizar a quota
social; ARTIGO SEGUNDO
da sócia nos seguintes casos:
h) A fusão, cisão, transformação, dis- (Duração)
a) Por acordo com o seu titular;
solução e liquidação da sociedade. b) Por falecimento, interdição, inabili-
A sociedade é constituída por tempo inde-
Quatro) É nomeado administrador, o senhor terminado, contando-se o seu início a partir tação ou insolvência do seu titular;
Osvaldo Agostinho Maguele, podendo abrir e da data do reconhecimento das assinaturas c) Se, em caso de partilha judicial ou
encerrar contas bancárias, fazer movimentos constantes do contrato de sociedade, por um extrajudicial da quota, a mesma não
incluindo cheques, assinar contratos ou repre- notário público. for adjudicada a respectiva sócia;
sentar a sociedade em instituições públicas e d) Se a quota for objecto de penhora
ARTIGO TERCEIRO ou arresto, ou a sócia de qualquer
privadas.
Cinco) Os actos de mero expediente roti- (Objecto social) forma deixar de poder dispor
livremente da quota.
neiro bastam a assinatura de um ou mais Um) A sociedade tem por objecto, o exer-
colaboradores da sociedade devidamente cício da actividade de comércio de ferragens Dois) O preço da amortização será apurado
autorizado para o efeito. e outros acessórios e complementos a activi- com base no último balanço aprovado, acrescido
dade principal. da parte proporcional das reservas que não
Seis) O administrador responde pessoal-
Dois) Por deliberação da assembleia geral, a se destinem a cobrir prejuízos, reduzido ou
mente perante a sociedade, por actos ou omissões
sociedade pode associar-se a outras sociedades, acrescido da parte proporcional da diminuição
por ele praticados e que envolvam violação da
adquirir participações ou de qualquer outra ou aumento do valor contabilístico posterior
lei, do pacto social ou das deliberações sociais.
forma participar no capital social de outra ao referido balanço. O preço assim aprovado
Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. — O Téc- sociedade existente ou sociedades a serem será pago nos termos e condições aprovadas
nico, Ilegível. constituídas, se permitido por lei. em assembleia geral.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1197
ARTIGO OITAVO de Entidades Legais, sob NUEL 101047865, uma e fora dele, activa ou passivamente, passa desde
entidade denominada Inovação Multisserviços, já a cargo do sócio gerente Adérito Alfredo
(Administração, gerência e vinculação) Muhanzule nomeado com plenos poderes.
Limitada, entre:
A administração, gerência e vinculação da Adélio Alfredo Muhanzule, de nacionalidade ARTIGO SEXTO
sociedade será confiada a sócia única Nuzihat moçambicana, portador do Bilhete de Identi-
Sarrafa Ali que desde já é nomeada sócia dade n.º 110101902600P, emitido em 26 (Assinantes da conta)
gerente, ficando a sociedade obrigada com a de Outubro de 2013; Estão nomeados os sócios gerente da socie-
assinatura da sócia única ou de procurador Adérito Alfredo Muhanzule, de nacionalidade dade Maurício Joaquim Nhatave e Adérito
especialmente constituído pela gerência, nos moçambicana, portador do Bilhete de Alfredo Muhanzule, com plenos poderes para
termos e limites específicos do respectivo Identidade n.º 110102503741Q, emitido em nomear mandatários da sociedade conferindo
mandato. 15 de Janeiro 2018; e necessários poderes da representação bastando
Maurício Joaquim Nhatave, de nacionalidade uma só assinatura dos sócios.
ARTIGO NONO moçambicana, portador do Bilhete de
ARTIGO SÉTIMO
(Deliberações) Identidade n.º 110102007389S, emitido em
26 de Abril de 2016. (Balanço)
As decisões, incluindo aquelas que por lei
ARTIGO PRIMEIRO Um) Os exercícios sociais coincidem com
são da competência deliberativa dos sócios em
o ano civil.
assembleia geral, são tomadas pessoalmente (Denominação e sede) Dois) O balanço e contas fechar-se-ão em
pela sócia única. trinta e um de Dezembro de cada ano.
A sociedade adopta a denominação Inovação Três) Os casos omissos serão regulados
ARTIGO DÉCIMO Multisserviços, Limitada, tem a sua sede na pelas disposições da lei.
cidade de Maputo, bairro Malanga, Avenida
(Balanço e contas) Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. —
do Trabalho, n.º 154.
O Técnico, Ilegível.
Um) O período de tributação deverá coincidir
com o ano civil. ARTIGO SEGUNDO
Dois) O balanço e as contas anuais encerrar- (Duração)
se-ão com referência a 31 (trinta e um) de
A sociedade constitui-se por tempo inde-
Dezembro de cada ano e serão submetidos à
terminado.
apreciação da assembleia geral, a qual deverá Rubra Serviços – Sociedade
reunir-se para o efeito até ao dia 31 de Março ARTIGO TERCEIRO Unipessoal, Limitada
do ano seguinte.
(Objecto) Certifico, para efeitos de publicação, que
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO A sociedade tem por objecto a prestação por acta da assembleia geral, de divisão, cessão
de serviços nas seguintes áreas: parcial de quotas e entrada de novo sócio na
(Aplicação de resultados)
sociedade em epígrafe, realizada no dia doze
Construção civil, pintura e barramento, de Janeiro de dois mil e dezanove, pelas dez
Dos lucros apurados em cada exercício
estufaria, caixilharia em alumínio, horas, reuniu, na sua sede social, sociedade
deduzir-se-á, em primeiro lugar, a percentagem
venda de têxteis, venda de tintas e por quotas de responsabilidade limitada, com o
legalmente estabelecida para a constituição do
vernizes, montagem de tijoleiras e capital social de vinte mil meticais, matriculada
fundo de reserva legal, enquanto não estiver
parqués, canalização, montagem de nas entidades legais sob NUEL 101093662, na
realizado nos termos legais ou sempre que seja tecto falso. presença da sócia Tárcia Rubra João Mugema,
necessário reintegrá-lo.
A sociedade pode ainda exercer outras acti- detentora da totalidade de cem por cento do
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO vidades conexas ou subsidiárias da actividade capital social. Esteve como convidado o senhor
principal, conforme vier a ser deliberado pela Paulo Rui Belo da Silveira Baptista, solteiro,
(Dissolução e liquidação) assembleia e mediante a autorização prévia de nacionalidade portuguesa e residente em
da autoridade competente. Inhambane-Vilankulo, portador do DIRE
Um) A sociedade dissolve-se nos casos e
n.º 08PT00014233P, emitido pelo Arquivo de
nos termos estabelecidos por lei e pelo pelos Identificação Civil de Inhambane, aos dezassete
ARTIGO QUARTO
presentes estatutos. de Março de dois mil e catorze, que manifestou
Dois) No caso de dissolução por sentença, (Capital social) a intenção de adquirir as quotas.
proceder-se-á à liquidação, e os liquidatários, O capital social, integralmente realizado Iniciada sessão, o sócio deliberou por unani-
nomeados pela assembleia geral, terão os mais em dinheiro é de 50.000,00MT (cinquenta mil midade dividir ao meio a sua quota e ceder 50%
amplos poderes para o efeito. meticais), divididos em: (cinquenta por cento) do capital social à favor do
novo sócio Paulo Rui Belo da Silveira Baptista,
Maputo, 15 de Fevereiro de 2019. — a) 12.500,00MT igual a 25%, pertencente que entra na sociedade com todos os direitos e
O Técnico, Ilegível. ao sócio Adélio Alfredo Muhazule; todas as obrigações, reservando o remanescente
b) 12.500,00MT igual a 25%, perten- para si, deixando de ser sociedade unipessoal.
cente ao sócio Adérito Alfredo
Por conseguinte, fica alterado o pacto social
Muhanzule;
da sociedade, que passa a ter nova redação
c) 25.000,00MT igual a 50%, pertencente
seguinte:
ao sócio Maurício Joaquim Nhatave.
Inovação Multisserviços, ARTIGO PRIMEIRO
Limitada ARTIGO QUINTO
(Denominação e duração)
(Administração e gerência)
Certifico, para efeitos de publicação, Um) A sociedade adopta a denominação
que no dia 18 de Setembro de 2019, foi A administração e gerência da sociedade Rubra Serviços, Limitada, é uma sociedade
matriculada na Conservatória do Registo bem como a sua representação em juízo comercial por quotas, de responsabilidade
1198 III SÉRIE — NÚMERO 40
limitada, criada por tempo indeterminado e ARTIGO SÉTIMO S.C.J Investimentos,
que se rege pelos presentes estatutos e pelos Limitada
(Administração e representação
preceitos legais aplicáveis.
da sociedade)
Dois) A sua duração será por tempo inde- Certifico, para efeitos de publicação, que por
terminado, contando-se o seu início a partir da Um) A administração e gerência da sociedade contrato de sociedade celebrado nos termos do
data da celebração do presente contrato. compete aos sócios Tárcia Rubra João Mugema artigo 90 do Código Comercial, foi constituída
e Paulo Rui Belo da Silveira Baptista, bastando uma sociedade por quotas de responsabilidade
ARTIGO SEGUNDO a sua assinatura, para obrigar a sociedade em limitada entre Simão Cuamba Jossia, casado,
(Sede social) qualquer acto de gestão de empresa e contratos
de nacionalidade moçambicana, natural
sociais, podendo nomear um representante caso
A sociedade tem a sua sede na província de Gondola, residente no bairro da Liberdade,
seja necessário.
de Inhambane, distrito de Inhambane, Dois) A sócia ou pessoa indicada por ele cidade da Matola, portador do Bilhate de
bairro Balane 2, podendo abrir sucursais, pode representar a sociedade em todos os Identidade n.º 110102816588I, emitido aos
delegações, agências ou qualquer outra forma actos, activa e passivamente em juízo e fora quatro de Março de dois mil e treze, pela
de representação social onde e quando for se o Direcção de Identificação Civil da Cidade de
dele, dispondo dos mais amplos poderes para
sócio julgar conveniente. Maputo; Angélica Aldina Moisés Matavela,
a prossecução dos fins de sociedade, gestão
ARTIGO TERCEIRO corrente dos negócios e contratos sociais. casada em regime de comunhão geral de bens
com Simão Cuamba Jossia, de nacionalidade
(Objecto social) ARTIGO OITAVO moçambicana, natural de Maputo, residente no
Um) A sociedade tem como objecto: (Assembleia geral) bairro da Liberdade, cidade da Matola, portador
a) Consultoria jurídica; do Bilhate de Identidade n.º 110105742942S,
Um) A assembleia geral reunirá ordinaria-
b) Consultoria de designer e entrete- emitido aos quinze de Janeiro de dois mil e
mente uma vez por ano para apresentação,
nimento; aprovação ou modificação do balanço e contas dezasseis, pela Direcção de Identificação Civil
c) Fotocópias, impressão, encadernação do exercício, orçamentos dos anos ou períodos da Cidade de Maputo, Tânia Maria Simão,
e emplasta acção de documentos; subsequentes e para deliberar sobre quaisquer solteira, maior, de nacionalidade moçambicana,
d) Venda de material de escritório. outros assuntos para que tenha sido convocada e natural de Maputo, residente no bairro da
Dois) A sociedade poderá exercer outras extraordinariamente, sempre que for necessário. Liberdade, cidade da Matola, portador do
actividades conexas, complementares ou subsi- Dois) Mediante deliberação da assembleia Bilhate de Identidade n.º 110104024494S,
diárias do objecto social principal, participar no geral, a sociedade poderá participar directa ou emitido aos vinte e oito de Agosto de dois
capital social de outras sociedades ou associar- indirectamente em projectos de desenvolvimento mil e treze, pela Direcção de Identificação
-se a outras empresas, desde que obtenha a que concorram para o preenchimento do seu Civil da Cidade de Maputo e Carlos Simão
devida autorização. objecto social, aceitar concessões, adquirir Cuamba Jossias, solteiro, de nacionalidade
e gerir participações no capital de quaisquer moçambicana, natural de Maputo, residente
ARTIGO QUARTO sociedades empresariais, agrupamentos de
no bairro da Liberdade, cidade da Matola,
(Capital social) empresas e outras formas de associação.
portador do Bilhate de Identidade n.º 05644188,
O capital social, subscrito realizado em ARTIGO NONO emitido aos vinte e oito de Maio de dois mil e
dinheiro, é de 20.000,00MT (vinte mil meti- dezoito, pela Direcção de Identificação Civil da
cais), correspondente à soma de duas quotas (Exercício social)
Cidade da Matola, uma sociedade por quotas de
assim distribuídas: Um) O exercício social coincide com o ano responsabilidade limitada, denominada S.C.J
a) Uma quota com o valor nominal de civil. Investimentos Limitada, com sede na Avenida
10.000,00MT (dez mil meticais), Dois) O balanço e contas de resultados da África do Sul, bairro do Fomento, cidade da
correspondente a 50% do capital fechar-se-ão com referência a 31 de Dezembro Matola, com NUEL 101048276, que se regerá
social, pertencente à sócia Tárcia de cada ano e serão submetidos a aprovação da pelas cláusulas constantes nos artigos seguintes:
Rubra João Mugema; assembleia geral ordinária. Os lucros líquidos
b) Uma quota com o valor nominal de a apurar, cinco por cento a deduzir destinam-se ARTIGO PRIMEIRO
10.000,00MT (dez mil meticais), ao fundo da reserva legal, o remanescente será
correspondente a 50% do capital a sócia na proporção da sua quota. (Denominação e duração)
social, pertencente ao sócio Paulo
Um) A sociedade adopta a denominação de
Rui Belo da Silveira Baptista. ARTIGO DÉCIMO
S.C.J Investimentos, Limitada, e é representada
ARTIGO QUINTO (Dissolução) pelo sócio Simão Cuamba Jossia.
A sociedade dissolve-se nos termos previstos Dois) A duração da sociedade é por tempo
(Divisão ou cessão de quotas)
na lei ou por deliberação da assembleia geral que indeterminado, contando o seu início a partir
A divisão ou cessão de quotas é de livre nomeará uma comissão liquidatária. da data da sua constituição.
entre os sócios, e perante terceiros só pode
ter lugar mediante deliberação da assembleia ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO ARTIGO SEGUNDO
geral.
(Casos omissos) (Sede)
ARTIGO SEXTO
Em tudo o que for omisso nos presentes A sociedade tem a sua sede na Avenida
(Amortização das quotas) estatutos, regularão as disposições da legis- da África do Sul, bairro do Fomento, cidade
lação aplicável e em vigor na República da Matola, podendo abrir sucursais ou outras
A sociedade tem a faculdade de amortizar
de Moçambique. formas de representação social, em qualquer
as quotas por acordo com os respectivos
proprietários ou quando qualquer quota for Está conforme. parte do território nacional ou no estrangeiro
penhorada, arrestada ou por qualquer outro Inhambane, 21 de Janeiro de 2019. — desde que obtenha para tal as devidas autori-
meio apreendida judicialmente. A Conservadora, Ilegível. zações.
27 DE FEVEREIRO DE 2019 1199
ARTIGO TERCEIRO Três) Compete aos sócios constituir procu- ARTIGO SEGUNDO
rador para efeito de representação da socie-
(Objecto social) (Sede)
dade em juízo ou fora deste.
Um) A sociedade tem por objecto o proces- Um) A sociedade tem a sua sede na rua
samento, comercialização e exportação ARTIGO SÉTIMO dos Desportistas, edifício Jat V-3, n.º 833,
de amêndoa de cajú. (Obrigação da sociedade)
13.º andar, na cidade de Maputo.
Dois) A sociedade poderá exercer outras Dois) Mantém-se.
actividades conexas, complementares ou sub- A sociedade fica obrigada pela assinatura Maputo, 6 de Fevereiro de 2019. —
sidiárias ao objecto principal desde que para do sócio gerente ou do seu bastante procurador O Técnico, Ilegível.
tal delibere e obtenha as devidas autorizações. no limite do mandato expresso na devida
procuração.
ARTIGO QUARTO ARTIGO OITAVO
(Capital social e prestações suplementares) (Exercício, contas e resultados)

O capital social, integralmente subscrito e O ano comercial deve coincidir com o ano Imperius, Limitada
realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais civil ou com qualquer outro que for aprovado
(20.000,00MT), correspondente a quatro quotas nos termos da lei. Certifico, para efeitos de publicação, que no
assim distribuídas: dia quatro de Setembro de dois mil e dezoito,
ARTIGO NONO foi matriculada na Conservatória do Registo
a) Uma quota no valor nominal de
(Aplicação dos resultados)
de Entidades Legais de Maxixe, a sociedade
10.000,00MT (dez mil meticais), supra mencionada, sob NUEL 101041883,
equivalente a 50% (cinquenta por Dos lucros apurados, deduzir-se-á a parte constituída no dia oito de Agosto de dois mil e
cento), do capital social e perten- percentual que respeita ao fundo de reserva dezoito, entre António Jacinto Sitoie, solteiro,
cente ao sócio Simão Cuamba legal e o remanescente ficará sujeito a outras de nacionalidade moçambicana, natural de
Jossia; aplicações, conforme a decisão dos sócios. Panda, residente no bairro Mazambanine,
b) Uma quota no valor nominal de cidade de Maxixe, portador do Bilhete de
4.000,00MT (quatro mil meticais), ARTIGO DÉCIMO Identidade n.º 081004472736J, emitido pelos
equivalente a 20% (vinte por cento), (Dissolução e liquidação) Serviços Provinciais de Identificação Civil de
do capital social e pertencente Inhambane, aos catorze de Outubro de dois mil
à sócia Angélica Aldina Moisés Um) A dissolução da sociedade apenas pode e treze, titular do NUIT 122579328; Gregório
Matavela; ocorrer nos termos que a lei fixe.
Zacarias Vilanculo, solteiro, de nacionalidade
c) Uma quota o valor nominal de Dois) Feita a declaração da dissolução, os
moçambicana, natural de Vilankulo, residente
3.000,00MT (três mil meticais), liquidatários indicados pelos sócios gozarão
no bairro Chambone-quatro, cidade de
equivalente a 15% (quinze por dos direitos que lhes forem conferidos.
Maxixe, portador do Bilhete de Identidade
cento), do capital social e perten- n.º 080100052366C, emitido pelos Serviços
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
cente à sócia Tânia Maria Simão; Provinciais de Identificação Civil de Inhambane,
d) Uma quota o valor nominal de (Morte, interdição ou inabilitação) aos cinco de Maio de dois mil e quinze, titular
3.000,00MT (três mil meticais), Em caso de morte, interdição ou inabilitação do NUIT 118246527 e Alberto Henrique Zulo,
equivalente a 15% (quinze por do sócio, haverá lugar a sucessão de herdeiros solteiro, de nacionalidade moçambicana, natural
cento) do capital social e pertecente e na impossibilidade destes, serão chamados de Jangamo, residente no bairro Chambone-
ao sócio Carlos Simão Cuamba os representantes legais. quatro, cidade de Maxixe, portador do Bilhete
Jossias. de Identidade n.º 080101353451Q, emitido
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO pelos Serviços Provinciais de Identificação
ARTIGO QUINTO Civil de Inhambane, aos trinta e um de
(Disposição final)
(Aumento de capital social) Outubro de dois mil e dezasseis, titular do
Havendo pelo menos dois gestores, os NUIT 121428423, que se regerá entre outras,
Um) O capital social pode ser aumentado ou casos omissos serão apreciados em assem- pelas cláusulas seguintes:
reduzido mediante a decisão dos sócios. bleia, sem no entanto obscurecer a necessidade
Dois) Havendo decisão que suscite aumento de observância das normas comerciais. ARTIGO PRIMEIRO
do capital, este deve ser feito pelos sócios e cabe Está conforme. (Denominação e sede)
aos mesmos decidirem sobre a forma que o acto
Matola, 18 de Fevereiro de 2019. — A sociedade adopta a denominação
deve ocorrer, respeitando contudo aos estatutos
A Notária, Ilegível. Imperius, Limitada, tem a sua sede social no
e aos ditames legais impostos para tal.
bairro Rumbana, cidade de Maxixe, província
ARTIGO SEXTO de Inhambane, podendo abrir delegações ou
(Gestão)
quaisquer outras formas de representação
no país ou no estrangeiro.
Um) A gerência da sociedade bem como a Dois) Mediante deliberação da assembleia
sua representação em juízo e fora dele, activa ou geral, a sociedade poderá autorizar a mudança
passivamente, serão exercidos pelo sócio Simão
Xinai, Limitada da sede dentro do território nacional, cumprindo
Cuamba Jossia, porém, poderá delegar no todo Certifico, para efeitos de publicação, que os necessários requisitos legais.
ou em parte os seus poderes aos restantes sócios por acta de 15 de Janeiro de 2019, da sociedade
ou a pessoas estranhas ou não á sociedade, ARTIGO TERCEIRO
Xinai, Limitada, matriculada na Conser-
estabelecendo os limites dos seus poderes por vatória do Registo de Entidades Legais, sob (Objecto)
via de uma deliberação ou de procuração. NUEL 100322919, os sócios deliberaram
Dois) É reservado aos sócios o direito de a mudança de sede da sociedade, e em Um) A sociedade tem por objecto o exer-
dispensar um ou mais administradores a todo consequência fica alterada a composição cício das seguintes actividades:
tempo, no seu amplo poder estatutário. do artigo segundo. a) Construção civil;
1200 III SÉRIE — NÚMERO 40
b) Venda de material de escritório, ARTIGO QUARTO Dois) Não são exigíveis prestações suple-
consumíveis e equipamento infor- mentares mas o capital social poderá ser
(Capital social) aumentado uma ou mais vezes por deliberação
mático, mobiliário doméstico e de
de assembleia geral, que determinará os termos
escritório; Um) O capital social, subscrito e integralmente
e condições em que se efectuará o aumento.
c) Venda de produtos de higiene e realizado em dinheiro, é de 20.000,00MT (vinte
mil meticais), correspondendo à soma de três ARTIGO OITAVO
limpeza;
quotas desiguais, distribuídas nos seguintes (Administração e representação
d) Prestação de serviços de multimédia
termos: da sociedade)
e design;
a) Uma quota no valor nominal de Um) A administração da sociedade é
e) Prestação de serviços de gráfica;
9.500,00MT (nove mil e quinhentos exercida pelo sócio Alberto Henrique Zulo,
f) Fornecimento de géneros alimen- que desde já fica nomeado administ rador,
meticais), representativa de qua-
tícios e serviços de catering; com dispensa de caução, podendo nomear
renta e sete vírgula cinco por cento mandatários com poderes especiais para o
g) Fornecimento de serviços de transporte
do capital social, pertence ao sócio representar na gestão diária da sociedade.
de passageiros e cargas;
António Jacinto Sitoie; Dois) Compete ao administrador a repre-
h) Organização e ornamentação de sentação da sociedade em todos os actos, activa
b) Uma quota no valor nominal de
eventos; e passivamente em juízo e fora dele, como na
9.500,00MT (nove mil e quinhentos ordem jurídica interna, como internacional,
i) Prestação de serviços de formação
meticais), representativa de qua- dispondo dos mais amplos poderes legalmente
técnico-profissional.
renta e sete vírgula cinco por cento consentidos para a prossecução e realização
Dois) A sociedade poderá, mediante delibe- do capital social, pertence ao sócio do objecto social, nomeadamente quanto ao
ração da assembleia geral, exercer outras exercício da gestão corrente dos negócios
Gregório Zacarias Vilanculo;
sociais, bastando a sua assinatura para obrigar
actividades conexas ou complementares ao c) Uma quota no valor nominal de a sociedade em todos os actos e contratos.
seu objecto principal, agindo em nome próprio 1.000,00MT (mil meticais), repre- Está conforme.
ou em representação de terceiros, nacionais sentativa de cinco por cento do
Conservatória dos Registos de Maxixe,
ou estrangeiros, desde que para tal obtenha capital social, pertence ao sócio 6 de Setembro de 2018. — A Conservadora,
aprovação das entidades competentes. Alberto Henrique Zulo. Ilegível.
FAÇA OS SEUS TRABALHOS GRÁFICOS NA INM, E.P.: NOVOS EQUIPAMENTOS,
NOVOS SERVIÇOS e DESIGN GRÁFICO AO SEU DISPOR

NOSSOS SERVIÇOS: Preço da assinatura semestral:


— Maketização, Criação I Série ......................................................... 8.750,00MT
de Layouts e Logotipos;
II Série ......................................................... 4.375,00MT
— Impressão em Off-set
III Série .......................................................... 4.375,00MT
e Digital;
— Encadernação e Restauração Maputo — Rua da Imprensa n.º 283, Caixa postal 275,
de Livros;
Telef.: +258 21 42 70 25/2 – Fax: +258 21 32 48 58
— Pastas de despachos,
impressos e muito mais! Cel.: +258 82 3029 296,
e-mail: imprensanac@minjust.gov.mz
Preço das assinaturas do Boletim da República Web: www.imprensanac.gov.mz
para o território nacional (sem porte):
Delegações:
— As três séries por ano ......................... 35.000,00MT
Beira — Rua Correia de Brito, n.º 1903 – R/C
— As três séries por semestre .................. 17.500,00MT
Tel.: 23 320905 – Fax: 23 320908
Preço da assinatura anual: Quelimane — Av. 7 de Setembro, n.º 1254,
Tel.: 24 218410 – Fax: 24 218409
I Série ...................................................... 17.500,00MT
II Série ....................................................... 8.750,00MT Pemba — Rua Jerónimo Romeiro, Cidade Baixa, n.º 1004,
III Série ....................................................... 8.750,00MT Tel.: 27 220509 – Fax: 27 220510
Preço — 160,00 MT
IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P.

Você também pode gostar