Você está na página 1de 12

Guia dos

1 Passos
OS

do Professor
Alfabetizador
L
MA
N
O B
O que vem por aí...
Você está inscrita na Jornada do Professor e em forma de
agradecimento, estou te presenteando com um Guia dos
P C
Primeiros Passos do Professor Alfabetizador. Q D
R
Este Guia vai te ajudar a descobrir os 10 pontos mais
S E
importantes que um professor precisa saber para alfabetizar
A uma turma com sucesso.
T F
B U
Este material vai responder as maiores dúvidas que eu V G
C
D
recebo e que vai nortear o caminho de qualquer professor.
WH
Você vai descobrir se existe um método melhor que o outro X
no processo de Alfabetização. Vai saber como a hipótese de Y I
E
F
G
escrita e a consciência fonológica vão te ajudar a alfabetizar
Z J
melhor e mais rápido.
H
I Vai ver ainda como uma rotina de alfabetização pode ser
K
J
melhor aproveitada e até o que fazer quando os alunos
apresentam alguns problemas de aprendizagem
L
K M
L Trata-se de um material de introdução, mas muito rico para

M você já ir se familiarizando com tudo que teremos na nossa N


O
Jornada do Professor.
N
O
P
Te esperamos dia 08/08 (domingo) às 20h, para nossa
primeira aula da Jornada do Professor. Até lá! P
Q Q
R
S R
T S
1
L
MA
N
Existe um método de O B
alfabetização melhor P C
Q D
que outro?
R
S E
Não podemos dizer que exista um método melhor
A que o outro. Cada criança aprende de uma maneira
T F
B U
V G
diferente e conhecer diversos métodos
instrumentaliza o professor para que possa atender
C
D
seu aluno de maneira mais eficiente.
WH
X
Y I
E Faz-se importante conhecer a trajetória histórica

F dos métodos de alfabetização. Não há didáticas

G
totalmente inovadoras, mas novos olhares para Z J
uma mesma maneira de ensinar. É importante não
H
I
rotular as práticas pedagógicas, pois muitos fatores
influenciam na ação do professor e cabe a ele
K
J remodelar, recortar ou adaptar as estratégias que já
conhece para fazer com que seu aluno avance.
L
K M
L
M N
N O
O
P P
Q Q
R
S R
T S
2
L
MA
N
Como ensinar a ler com O B
P C
mais agilidade?
Q D
R
S E
A melhor maneira para aumentar a fluidez e
agilidade na leitura é estimular a memorização de

A textos, como: parlendas, trava-línguas, músicas e T F


B
poemas. A leitura em voz alta também contribui U
C
para isso.
V G
D WH
X
Y I
E
F
G Z J
H
I
K
J Algumas estratégias tornam esse trabalho mais
L
K fácil, como gravar áudios e vídeos para que a
M
L criança ouça a própria leitura, montar cadernos de

M
leitura ou montar um sussurrofone. Ao ouvir sua
própria voz a criança tem uma percepção melhor da
N
N cadência na leitura, facilitando a percepção do que O
O precisa ser melhorado.

P P
Q
Além disso, ler muito, ler sempre, ler diversos textos
Q de qualidade é fundamental.
R
S R
T S
3
L
MA
N
O B
Como eu ensino as P C
vogais? Q D
R
S E
Explore o som das vogais em palavras que sejam
A estáveis para a criança. Iniciar pelo nome é uma
T F
B U
V G
ótima opção.

C
D
Construa bons recursos personalizados
contribuam para a compreensão da criança. E
que
WH
X
Y I
E lembre-se que não devemos ensinar apenas o som

F das vogais abertas. O conjunto das vogais possui

G
mais que 5 sons. Nas palavras EMA e ÉGUA os sons Z J
da letra E são diferentes.
H
I
K
J L
K M
L
M N
N O
O
P P
Q Q
R
S R
T S
4
L
MA
N
Qual a melhor idade O B
para alfabetizar? P C
Q D
R
S E
Por volta dos 3 anos de idade a criança já pode ser
estimulada em consciência fonológica, começando

A com a exploração dos sons do ambiente com os jogos T F


B
de escuta. U
C E a partir desse trabalho, realizado com cuidado e
V G
D paciência, as habilidades de consciência fonológica WH
podem ser exploradas gradativamente e com graus X
Y I
E de complexidade diferentes.
F
G Por volta dos 5 anos intensifica-se a estimulação com
Z J
H
I
a habilidade da consciência
sistematizações para o processo.
fonêmica e as
K
J L
K M
L
M N
N O
O
P P
Q Q
R
S R
T S
5
L
MA
N
Em que as hipóteses de O B
escrita podem me P C
ajudar a alfabetizar? Q D
R
S E
As hipóteses de escrita auxiliarão no seu
A planejamento, mas não serão o único parâmetro de
T F
B U
V G
avaliação, principalmente porque num
planejamento nós devemos equilibrar situações
C
D
didáticas que contemplem os eixos de: leitura,
escrita e oralidade.
WH
X
Y I
E
F Limitar o mapeamento da turma às hipóteses de

G
escrita seria priorizar a escrita em sala de aula e Z J
esse não é objetivo numa turma de alfabetização.
H
I
K
J L
K M
L
M N
N O
O
P P
Q Q
R
S R
T S
6
L
MA
N
O B
P C
Como começar a
alfabetizar? Q D
R
S E
Estude, estude, estude. A teoria é o que vai conduzir
A a sua prática pedagógica e refinar seu olhar frente
T F
B U
V G
às diversidades da sua turma.

C
D
O primeiro passo é realizar a sondagem e a partir
daí, planejar. Conheça bem o conteúdo, elabore
WH
X
Y I
E bons materiais que lhe permitam ter segurança e

F conhecimento do processo.

G Z J
Invista na mediação constante.
H
I E o mais importante: empodere-se! Abandone a
K
J "pedagogia das folhinhas". L
K M
L
M N
N O
O
P P
Q Q
R
S R
T S
7
L
MA
N
O B
O que é consciência P C
fonológica? Q D
R
S E
A consciência fonológica é uma habilidade
A metalinguística de manipular de modo consciente os
T F
B sons da nossa língua falada. Não se trata de um U

C método. ⠀ V G
D Exploramos a CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA através da
WH
consciência silábica, consciência intrassilábica e X
Y I
E
F consciência fonêmica.

G Z J
Existe uma hierarquia de trabalho, sendo que a
H
I
consciência fonêmica será a última a ser desenvolvida
pela criança.
K
J L
K M
L
M N
N O
O
P P
Q Q
R
S R
T S
8
L
MA
N
Existe um melhor horário O
B
na aula para desenvolver P C
conteúdos importantes? Q D
R
S E
Sim! O horário inicial é o mais propício para
A desenvolver atividades que requeiram a
T F
B U
V G
concentração das crianças.

C
D
Evite explorar atividades que desviem a atenção da
criança nesse momento. E o professor alfabetizador
WH
X
Y I
E é quem, preferencialmente, deve assumir as

F primeiras aulas do dia.

G Z J
H
I
K
J L
K M
L
M N
N O
O
P P
Q Q
R
S R
T S
9
L
MA
N
O que fazer quando a
O B
criança já sabe todas as P C
letras, mas ainda não Q D
junta as sílabas? R
S E
A É preciso praticar a escrita com regularidade. Faça
T F
B U
V G
uso do alfabeto móvel e caderno de leitura. Faça

C cards de listas de palavras construídas

D
coletivamente, use o alfabeto móvel. WH
X
Y I
E Leia as palavras e experimente, de modo
F sistemático, a escrita e a reflexão dessas palavras. A

G análise desse processo deve ser adequadamente Z J


mediada.
H
I
K
J L
K M
L
M N
N O
O
P P
Q Q
R
S R
T S
10
L
MA
N
O B
O que deve ter num
ambiente P C
alfabetizador? Q D
R
S E
A Alfabeto como apoio e referência para a criança T F
B no momento da leitura e da escrita. U
C V G
WH
Cantinho da leitura com bons títulos de
D diferentes gêneros.
X
Y I
E
Listagens construídas coletivamente.
F
G Cantinho da matemática (calendário, quadro
Z J
H
I
numérico etc).
K
J L
K M
L
M N
N O
O
P P
Q Q
R
S R
T S

Você também pode gostar