Você está na página 1de 4

CIV 354 - CONCRETO ARMADO I – PER 3

Prof. Reginaldo Carneiro da Silva

Cap. 5 – Exemplo A: Flexão simples

Para a viga V8 (15 x h), definir a altura da mesma e dimensionar a armadura


longitudinal de flexão para o momento fletor máximo no meio do vão Mk = 50 kN.m

Dados: aço CA-50, fck = 25 MPa, d” = 4 cm, bw = 15 cm.

a) Momento fletor de cálculo:

Resistências de cálculo:

b) Equações de equilíbrio (no limite dos domínios 3 e 4)


Para um dimensionamento no limite entre os domínios 3 e 4, para o aço CA50,
tem-se:

Considera-se então o momento fletor solicitante como o momento resistente da


peça, tendo como incógnita a altura útil da peça, de acordo com a equação:

( ) [ ][ ] [ ]
[ ]

( )

( )
Considerando o equilíbrio da seção, temos:

[ ][ ][ ⁄ ] [ ][ ⁄ ]
Para d = 29 cm, ou seja, h = 33 cm, temos como incógnita a área de aço:

c) Em projetos, utiliza-se como altura da viga valores pelo menos múltiplos de 5


cm, para facilitar a execução, portanto, adota-se altura h = 40 cm e recalcula-se
a área de aço necessária para essa geometria.
Para h = 40 cm, temos:

( ) [ ][ ] [ ]
[ ]

( )

( )
( )

O βx1 = 2,1564 não é condizente para o valor de βx, que varia entre 0 e 1,
teoricamente. Portanto, βx = 0,3437.

Domínio 2 Domínio 3 Domínio 4


x
0
0,259 x lim 1,0

Calculamos então a deformação no aço para determinarmos o domínio em que


estamos dimensionando.

( )

( )

Para o aço CA-50, εyd = 2,07‰ (deformação de escoamento do aço). Como εsd >
εyd (aço já escoou, mas não atingiu o alongamento último), tem-se um dimensionamento
no domínio 3 (ssd = fyd).
d) Escolha das bitolas e quantidade de barras da armadura:
De acordo com a Tabela B.1 da NBR 7480:2007, tem-se:

Para As = 5,18 cm², temos como alternativas:

Soluções usuais apresentam de 2 a 5 barras, mas deve ser estudado em cada


caso, analisando o arranjo das barras na seção transversal a diferença entre a área de
armadura calculada e a área de armadura efetiva (existente ou adotada).

Você também pode gostar