Você está na página 1de 13

Manual Técnico

2
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Índice

ÍNDICE................................................................
................................................................................................
.............................................................. 2

INTRODUÇÃO ................................................................................................................................
................................ .................................................. 3

COMANDOS ................................................................................................................................
................................ ..................................................... 3

CENTRALINA SI200 – BOTÕES DE COMANDO ................................................................................................


................................................ 3

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ................................................................................................


................................ ............................................................ 4

CENTRALINA SI200 ................................................................................................................................


................................ .................................................. 4
CONJUNTO MOTOREDUTOR................................................................................................
................................ ........................................................................ 4

CENTRALINA SI200 – CARACTERÍSTICAS GERAIS................................................................


GERA ............................................................... 4

CENTRALINA SI200 – PROGRAMAÇÃO ................................................................................................


............................................. 5

CENTRALINA SI200 – FUNCIONAMENTO ................................................................................................


.......................................... 7

CENTRALINA SI200 – AUTO-TESTE


TESTE................................................................................................
.................................................... 8

CENTRALINA SI200 – TESTES: COMPORTAMENTO


COMPORTAMENT NORMAL E ANORMAL .......................................................10
................................

AUTO-TESTE MOTOREDUTOR: COMPORTAMENTO NORMAL ................................................................


........................................................... 10
AUTO-TESTE MOTOREDUTOR: COMPORTAMENTO ANORMAL ................................................................
......................................................... 11
AUTO-TESTE SENSOR DE VELOCIDADE: COMPORTAMENTO NORMAL................................................................
................................................. 12
AUTO-TESTE SENSOR DE VELOCIDADE: COMPORTAMENTO ANORMAL ................................................................
............................................... 12

SI200 – Controlador Computadorizado


3
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Introdução

Desenvolvido no final do ano de 2011, em parceria entre as empresas Setorial Irrigação e


Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos, o monitor computadorizado SI200,
daqui em diante denominado Centralina,, é um sistema automatizado para controle de carretéis de
irrigação, também conhecidos como Hidro Rolls.
O princípio de funcionamento dos hidro rolls é extremamente simples: o líquido bombeado
passa por uma turbina tipo Pelton interligada através de uma polia e correia a um redutor que, por
sua vez, aciona um sistema de engrenagens responsáveis pela tração da mangueira. O
desenrolamento da mangueira podepode ser feito por um trator de pequeno ou médio porte, devendo
acompanhar o sentido das linhas de plantio da cultura.
A função principal da centralina, produto alvo desse manual, é acionar uma válvula de desvio
que aumenta ou diminui a velocidade de recolhimento
recolhimento da mangueira, de acordo com a programação
dos parâmetros realizada pelo usuário,
usuário, permitindo assim o total controle sobre o equipamento. O
sistema completo é composto por:
1. Centralina SI200;
2. Conjunto motoredutor;
motoredutor
3. Conjunto sensor de velocidade;
4. Válvula reguladora;
reguladora

Centralina SI200 – Visão frontal


Comandos

Centralina SI200 – Botões de comando


Botão Descrição
Liga/Desliga Liga/Desliga a centralina
Função (F) Entra e navega através do menu de configuração
Aumenta Aumenta os valores das funções no menu de configuração
Diminui Diminui os valores das funções no menu de configuração
Iniciar (I) Inicia o ciclo, salvando dados programados
Zera Zera o conta-metro

SI200 – Controlador Computadorizado


4
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Características Técnicas

Centralina SI200
Item LCD
Alimentação 12V – Corrente Contínua
Consumo 0,05A/hora
IHM Display LCD 2x16 com backlight,, 6 botões do tipo Push-Button
Frontal Arte frontal em Policarbonato, resistente à intempéries

Conjunto motoredutor
Item LCD
Alimentação 12V – Corrente Contínua
Consumo 0,3A/hora

Centralina SI200 – Características gerais

Ao ligar a centralina através do botão Liga/Desliga, o sistema realizará uma verificação geral
dos circuitos e funções apresentando em ordem as seguintes telas no display:

Tela LCD Descrição

* SETORIAL *
Apresentação do equipamento: nome da empresa, nome do
A1
* SI 200 V1.0 * equipamento, versão do software e versão do hardware.

Se a tensão de bateria medida for menor que 10V, a centralina


BATERIA irá informar que a bateria está descarregada, e não irá executar
A2 mais nenhuma função, permanecendo nessa tela até que o
DESCARREGADA
equipamento seja desligado e a bateria carregada ou
substituída por uma nova.
Se a tensão de bateria medida for maior ou igual a 10V, a
BATERIA centralina irá informar que a bateria está carregada,
procedendo com o funcionamento normal do sistema.
A3 CARREGADA OBS: O consumo da centralina SI200 é estimado em 0,1 A/h,
portanto, uma bateria de 45 A/h tem duração mínima de 450
horas, aproximadamente 45 dias, trabalhando 10 horas/dia.

HORIMETRO Horímetro:: Informa a quantidade de horas que a centralina


permaneceu recolhendo a mangueira, ou seja, irrigando ou
A4
0000h aplicando a vinhaça. Após a apresentação do horímetro a
válvula bypass será totalmente aberta.
aberta
Menu principal: Ao finalizar a etapa de apresentação e
<F> para Funcoes verificação geral do circuito elétrico, A centralina SI200 irá
A5 apresentar a tela do menu principal, aguardando então a
<I> para Iniciar interferência do operador para a realização das funções.

SI200 – Controlador Computadorizado


5
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Observação 1: O funcionamento do backlight (iluminação) do display de cristal líquido será


realizado em duas fases:
• Durante toda a apresentação da Centralina SI200;
SI200
• Durante 4 segundos após o acionamento de qualquer uma das teclas.

Observação 2: Desligue a Centralina sempre que o equipamento não estiver funcionando,


mudança de faixa ou de posição para poupar a bateria do equipamento, exceto em bombeamento
interrupto – por exemplo, caminhão tanque.
Neste caso a centralina simulará a existência de um sensor de pressão (pressostato) via
software. Destaa forma, quando a Centralina SI200 estiver controlando o recolhimento, ou seja, já ter
alcançado a velocidade desejada e o bombeamento for interrompido, o seguinte procedimento será
realizado:

LCD Descrição

Velocidade Exemplo de velocidade. A central estava controlando o recolhimento do


carretel em 50 m/hora quando o bombeamento foi interrompido – por
??? m/hora exemplo: fim de um caminhão tanque.

Velocidade A central aguardará 3 minutos monitorando o sensor de velocidade sem


alterar a posição da válvula bypass.
??? m/hora

Velocidade Após 3 minutos a central mostrará velocidade 0 m/hora - carretel parado.


Não movimentará a válvula bypass ficando nesse estado até que o
??? m/hora movimento do carretel se reinicie através do retorno do bombeamento.

Velocidade Após a leitura de 2 pulsos do sensor de velocidade a central atualiza a


informação da velocidade no display, retomando o ciclo normal de
??? m/hora trabalho.

Dessa forma a centralina


entralina agrega a funcionalidade do pressostato, em bombeamentos
interruptos (Por
or exemplo, via caminhão tanque),
tanque , dispensando a instalação física do sensor de
pressão.

Centralina SI200 – Programação

A programação da centralina se inicia através do menu principal. A seguir são exibidas as


telas de configuração e as ações disponíveis ao usuário para realizar a programação da centralina:

SI200 – Controlador Computadorizado


6
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Tela LCD Tecla Ação correspondente

Entra no menu de funções programáveis,


Funções (F)
avançando imediatamente para a próxima tela.
<F> para Funcoes
B1
<I> para Iniciar Inicia um ciclo de operações utilizando os dados
Iniciar (I) programados ou armazenados na memória do
sistema, referente ao último ciclo realizado.

HORIMETRO
Avança para a próxima tela (Essa tela é somente
B2 Funções (F)
000 informativa).

Ajuste manual para fechar a válvula bypass,


Aumenta
AJUSTE MANUAL AUMENTANDO a velocidade de recolhimento.

<A> ??? <D> Ajuste manual para abrir a válvula bypass,


B3 Diminui
DIMINUINDO a velocidade de recolhimento.
(Ver Observações B3 sobre
essa tela logo abaixo).
Funções (F) Avança para a próxima tela.

Funções (F) Avança para a próxima tela.


PAUSA INICIAL

??? min. Aumenta em uma unidade o valor da pausa inicial,


B4 Aumenta
com o limite máximo de 200 minutos.
(Ver Observações B4 sobre
essa tela logo abaixo). Diminui em uma unidade o valor da pausa inicial,
Diminui
com o limite mínimo de 0 minutos (Sem pausa).

Aumenta a velocidade exibida no display (“???”) até


Aumenta
Velocidade o limite de 999 m/hora.

Diminui a velocidade exibida no display (“???”) até


??? m/hora
hora Diminui
B5 o limite de 5 m/hora.
(Ver Observações B5 sobre Essa é a última tela de configuração. Pressionando a
essa tela logo abaixo). tecla Funções,, o sistema irá retornar para a tela B1,
Funções (F)
onde o usuário poderá iniciar o ciclo de operações
ou configurar a centralina novamente.

Distancia atual
Exibe a distância atual em relação ao aspersor.
B6 Funções (F)
??? m Retorna para a tela B1.

Observações B3: No ajuste manual, o operador consegue fechar ou abrir a válvula bypass
manualmente. Com esta função o operador consegue levar o carretel a uma velocidade de
recolhimento próxima a desejada de forma mais rápida, ou seja, o tempo de ajuste é menor. Durante

SI200 – Controlador Computadorizado


7
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

o tempo que o equipamento permanecer nesta tela, as “???” serão substituídas pela velocidade de
recolhimento lida a partir do número de pulsos do sensor de velocidade. Na função de ajuste manual
a centralina deixa de controlar o recolhimento da mangueira,
mangueira que passa a ser realizado pelo
operador do equipamento.
Observações B4: Pausa inicial corresponde ao tempo em que a válvula permanecerá aberta
antes de iniciar o recolhimento da mangueira.
Observações B5: Programa a velocidade de recolhimento da mangueira, podendo ser
programada de 0 a 999 m/h. Outras velocidades es somente serão conseguidas com alterações no
redutor e na turbina.

Centralina SI200 – Funcionamento

Para o exemplo de funcionamento demonstrado nesse manual, utilizaremos como dados


programados:
• Velocidade
elocidade de recolhimento: 30 m/hora
• Distância: 10m
Ao ser iniciado o ciclo, a válvula será posicionada no centro de seu curso, controlando a
velocidade até que ela seja estabilizada. Velocidade de recolhimento: Inicia o ajuste da válvula
bypass monitorando o a velocidade a cada 20 cm de mangueira recolhida, até que a velocidade
programada seja atingida. Estando a velocidade estabilizada, o monitoramento é feito a cada 20 cm.
Esta fase leva cerca de três (3) minutos para ser realizada.
Após a velocidade de recolhimento
recolhimento ter sido atingida, a tela estará apresentado
apre a velocidade
programada, bem como o total de mangueira que ainda precisa ser recolhida (Distância até o
aspersor):

Vel: 030 m/hora

Dist: 10m
Tela C1 – Velocidade de recolhimento sendo exibida

Caso o operador deseje zerar a distância, basta acionar a tecla Zera/Reset:


Zera/Reset

Vel: 030 m/hora

Dist: 0m

Tela C1 – Após a tecla Zera/Reset ter sido apertada, a distância é zerada

Caso o operador necessite alterar (aumentar ou diminuir) a velocidade de recolhimento:


Somente realizada no ciclo corrente caso a sua execução esteja em curso. Para alterar o valor, a tecla
Função (F) deverá ser pressionada.
pressionada A partir daí as seguintes telas são exibidas:

SI200 – Controlador Computadorizado


8
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Tela LCD Tecla Ação correspondente

HORIMETRO
Avança para a próxima tela (Essa tela é somente
B2 Funções (F)
000 informativa).

Ajuste manual para fechar a válvula bypass,


AJUSTE MANUAL Aumenta
AUMENTANDO a velocidade de recolhimento.
B3 <A> ??? <D> Ajuste manual para abrir a válvula bypass,
Diminui
DIMINUINDO a velocidade de recolhimento.
Funções (F) Avança para a próxima tela.

Funções (F) Avança para a próxima tela.


PAUSA INICIAL

B4 P ??? min. Aumenta em uma unidade o valor da pausa inicial,


Aumenta
com o limite máximo de 200 minutos.
A letra P indica que o valor
pode ser Programado.
Diminui em uma unidade o valor da pausa inicial,
Diminui
com o limite mínimo de 0 minutos (Sem pausa).

Aumenta a velocidade exibida no display (“???”) até


Aumenta
o limite de 999 m/hora.
Velocidade
Diminui a velocidade exibida no display (“???”) até
Diminui
B5 P ??? m/hora o limite de 0 m/hora.

A letra P indica que o valor Essa é a última tela de configuração. Pressionando a


pode ser Programado. tecla Funções,, o sistema irá retornar para a tela B1,
Funções (F)
onde o usuário poderá iniciar o ciclo de operações
ou configurar a centralina novamente.
Distancia atual
Exibe a distância atual em relação ao aspersor.
B6 Funções (F)
??? m Retorna para a tela principal de execução (Tela C1).

Centralina SI200 – Auto-teste


Auto

Com a centralina desligada, mantenha a tecla Iniciar (I) pressionada e pressione a tecla
Liga/Desliga. Quando a centralina ligar, ela irá informar que está no modo de Auto-Teste,
Auto
apresentando inicialmente a seguinte tela:

Auto

Teste
Centralina informa que está executando o Auto-Teste
Auto Teste

SI200 – Controlador Computadorizado


9
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Posteriormente, as telas a seguir já mostradas na seção “Características Gerais” serão


exibidas:

Tela LCD Descrição

* SETORIAL * Apresentação do equipamento: nome da empresa, nome do


A1
equipamento, versão do software e versão do hardware.
* SI 200 V1.0 *

Se a tensão de bateria medida for menor que 10V, a centralina


BATERIA irá informar que a bateria está descarregada, e não irá executar
A2 mais nenhuma função, permanecendo nessa tela até que o
DESCARREGADA equipamento seja desligado e a bateria carregada ou
substituída por uma nova.
Se a tensão de bateria medida for maior ou igual a 10V, a
BATERIA centralina irá informar que a bateria está carregada,
procedendo com o funcionamento normal do sistema.
A3
CARREGADA OBS: O consumo da centralina SI200 é estimado em 0,1 A/h,
portanto, uma bateria de 45 A/h tem duração mínima de 450
horas, aproximadamente 45 dias, trabalhando 10 horas/dia.

Depois das telas A2 ou A3, serão fornecidas ao usuário algumas opções de testes que
qu podem
ou não ser executados:

Tela LCD Tecla Ação correspondente

Executar o auto-teste
teste do motoredutor juntamente
Iniciar (I)
motoredutor? com a válvula bypass.
D1
<F> <I>
Funções (F) Vai para a próxima tela.

Sen. Velocidade? Iniciar (I) Executar o auto-teste


teste do sensor de velocidade.

E1 <F> <I>
Funções (F) Volta para a tela D1.

SI200 – Controlador Computadorizado


10
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Centralina SI200 – Testes: Comportamento normal e anormal

A seguir serão exibidos os comportamentos normais e anormais do auto-teste.


auto Para os
comportamentos anormais, possíveis
possíveis soluções para cada problema também serão exibidas.

Auto-teste Motoredutor:
Motoredutor Comportamento normal

Tela LCD Tecla Ação correspondente


Executar o auto-teste
teste do motoredutor juntamente
Iniciar (I) com a válvula bypass.. Válvula será totalmente
motoredutor? aberta.
D1
<F> <I> Vai para a próxima tela (Próximo teste,
teste sensor de
Funções (F)
velocidade, tela E1).

Tecle <AUMENTA>
D2 Aumenta Inicia o fechamento da válvula.
uma unica vez.

Observar giro do
Observe o giro do eixo da válvula. Aguarda o
D3 (Sem ação)
Eixo da valvula. fechamento total para ir para a próxima tela.

Valvula Informa ao usuário que a válvula está totalmente


D4 (Sem ação)
fechada. Vai para a próxima tela.
Fechada

Tecle <DIMINUI>
D5 Diminui Inicia a abertura da válvula.
uma unica vez.

Observar giro do
Observe o giro do eixo da válvula. Aguarda a
D6 (Sem ação)
eixo da valvula. abertura total para ir para a próxima tela.

Valvula
Informa ao usuário que a válvula está totalmente
D7 (Sem ação)
Aberta aberta. Vai para a próxima tela.

Motoredutor Informa ao usuário que o motoredutor foi


aprovado, concluindo o teste do motoredutor. Após
D8 (Sem ação)
* APROVADO * essa tela, irá para o próximo teste (Sensor de
velocidade, tela E1).

SI200 – Controlador Computadorizado


11
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Auto-teste Motoredutor:
Motoredutor Comportamento anormal

Motoredutor

Erro: 1,2,3,4

A centralina SI200 tentou fechar a válvula a partir do acionamento do motoredutor e esse


não respondeu corretamente ao comando da central, ou o tempo de 40 segundos foi excedido e o
fim de curso não foi acionado.
Procedimento para correção:
• Desligue a centralina SI200;
• Verifique a tabela a seguir de possíveis causas – soluções;

Erro Possíveis causas Possíveis soluções

Conectores desconectados ou fios Verifique a conexão entre o chicote e o


Erro 1
rompidos. motoredutor.

Verifique a oxidação nos conectores do


Erro 2 Oxidação nos terminais dos conectores.
motoredutor, eliminando caso exista.

Conectores ou terminais em curto-


curto Limpe os conectores e/ou terminais, tanto no
Erro 3
circuito, causado pela vinhaça. chicote quanto no motoredutor.

Engrenagem do motoredutor quebrada,


motor girando em falso. Observar o eixo
Erro 4 Substitua o motoredutor.
da válvula, pois o mesmo não estará
girando.

• Conecte novamente todos os pontos, ligue a centralina e realize novamente o Auto-Teste.


Auto
• centralina, substitua o motoredutor e realize
Caso a mesma mensagem de erro apareça na centralina,
novamente o Auto-Teste.
Teste.
• centralina, substitua a Centralina SI200 e
Caso a mesma mensagem de erro apareça na centralina,
realize novamente o Auto-Teste.
Auto
• Caso a mesma mensagem de erro apareça na centralina, substitua o chicote da Centralina
SI200 e realize novamente
vamente o Auto-Teste.
Auto

Ao identificar o problema, recoloque os itens que não foram os causadores do problema.


problema

SI200 – Controlador Computadorizado


12
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Auto-teste
teste Sensor de velocidade: Comportamento normal

Tela LCD Tecla Ação correspondente

Executar o auto-teste
teste do sensor de velocidade.
Sen. Velocidade? Iniciar (I)
Válvula será totalmente aberta.
E1
<F> <I>
Funções (F) Vai para a próxima tela.

Movimente o Após o primeiro pulso do sensor de velocidade e de


E2 (Sem ação) acordo com a posição do ímã em relação ao rolo
rolo medidor. sensor, vai para a tela E3 ou E4.

Sens. Velocidade
Mostra a mensagem na tela durante o tempo em
E3 (Sem ação)
ABERTO que o sensor permanecer fechado.

Sens. Velocidade
Mostra a mensagem na tela durante o tempo em
E4 (Sem ação)
FECHADO que o sensor permanecer aberto.

Sens. Velocidade
Após 10 pulsos recebidos pela central, finaliza o
E5 * APROVADO * (Sem ação) auto-teste
teste do sensor de velocidade com essa
mensagem. Vai para o próximo item do auto-teste.
auto

Auto-teste Sensor de velocidade: Comportamento anormal

Sens. Velocidade

Erro:1,2,3,5,6,7
A centralina SI200 ficou aguardando 30 segundos para a chegada de um pulso e o mesmo
não ocorreu.
Procedimento para correção:
• Desligue a centralina SI200;
• Verifique a tabela a seguir de possíveis causas – soluções;

Erro Possíveis causas Possíveis soluções

Conectores desconectados ou fios Verifique a conexão entre o chicote e o


Erro 1
rompidos. motoredutor.

SI200 – Controlador Computadorizado


13
Marchi Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA

Verifique a oxidação nos conectores do


Erro 2 Oxidação nos terminais dos conectores.
motoredutor, eliminando caso exista.

Conectores ou terminais em curto-


curto Limpe os conectores e/ou terminais, tanto no
Erro 3
circuito, causado pela vinhaça. chicote quanto no motoredutor.

Erro 5 Rolo medidor travado/preso. Destrave o rolo medidor.

Rolo medidor desalinhado/longe dos


Erro 6 Alinhe o rolo medidor, aproximando-o
aproximando dos ímãs.
ímãs.

Erro 7 Ímãs com defeito. Substitua os ímãs.

• Conecte novamente todos os pontos, ligue a centralina e realize novamente o Auto-Teste.


Auto
• centralina, substitua o sensor de velocidade e
Caso a mesma mensagem de erro apareça na centralina,
realize novamente o Auto-Teste.
Auto
• centralina, substitua rolo medidor e realize
Caso a mesma mensagem de erro apareça na centralina,
novamente o Auto-Teste.
Teste.
• Caso a mesma mensagem de erro apareça na n centralina,, substitua a Centralina SI200 e
realize novamente o Auto-Teste.
Auto
• Caso a mesma mensagem de erro apareça na centralina, substitua o chicote da Centralina
SI200 e realize novamente o Auto-Teste.
Auto

Ao identificar o problema, recoloque os itens que não


não foram os causadores do problema.

SI200 – Controlador Computadorizado

Você também pode gostar