Você está na página 1de 34

Instrumentos

de Gestão
Proposta de Intervenção
Pedagógica

Ândrea Neves
Maio 2011
ÍNDICE

INTRODUÇÃO.................................................................................................3

PLANIFICAÇÃO DA FORMAÇÃO.......................................................................4

1) Designação Temática do Curso................................................................4

2) Local da Formação e Língua....................................................................4

3) Enquadramento Teórico do Tema............................................................4

4) Público-Alvo do Curso e Pré-Requisitos....................................................5

5) Perfil de Saída dos Formandos.................................................................5

6) Condições de Realização.........................................................................5

7) Duração do Curso....................................................................................5

8) Conteúdos Programáticos e Carga Horária..............................................6

9) Objectivos Gerais e Específicos...............................................................9

10) Métodos e Técnicas Pedagógicas.........................................................9

11) Recursos Didácticos..............................................................................9

12) Avaliação da Aprendizagem...............................................................10

13) Normas de Assiduidade......................................................................11

14) Certificação da Formação...................................................................11

15) Preçário e Modalidades de Pagamento...............................................11

ANEXOS........................................................................................................12

1) Cronograma..............................................................................................I

2) Grelhas de avaliação................................................................................II

3) Certificado de Formação.........................................................................IV

4) Questionário de Avaliação da Acção de Formação e do Formador..........V

5) Folha de presença/Sumário...................................................................VII

6) Ficha de Inscrição no Curso..................................................................VIII

7) Folha de requisição de material..............................................................IX

8) Bibliografia...............................................................................................X
9) Planos de Sessão.....................................................................................X
Planos de Sessão

INTRODUÇÃO

Esta Proposta de Intervenção Pedagógica realiza-se no âmbito do Curso de


Formação Pedagógica Inicial de Formadores. Pretende-se assim, que o ainda
formando seja capaz de planificar um Projecto de Intervenção Pedagógico sobre um
determinado tema, aplicando todos os conhecimentos adquiridos durante a respectiva
formação de formadores.

Neste sentido esta é uma proposta de intervenção pedagógica totalmente


fictícia, que se destina a ser avaliada e prova de obtenção dos conhecimentos
mínimos relativos à realização de uma Proposta de Intervenção Pedagógica.

A entidade visada será a Neves Consulting Group, fictícia, tal como todos os
factos apresentados.
PLANIFICAÇÃO DA FORMAÇÃO

1. Designação Temática do Curso


O curso será constituído por nove sessões que desenvolverão instrumentos de
Gestão, Marketing e Inovação. A designação comercial do curso será a de
“Instrumentos de Gestão”.

2. Local da Formação e Língua


A formação decorrerá nas instalações da Neves Consulting Group, em Pombal, ou em
local a definir em caso de impossibilidade da ocorrência na sua sede.
A formação será efectuada em Português.

3. Enquadramento Teórico do Tema


A administração, também chamada de gestão de empresas, supõe a existência de
uma instituição a ser administrada ou gerida, ou seja, um agrupamento de pessoas
que se relacionem num determinado ambiente, físico ou não, orientadas para um
objectivo comum que é a empresa. Empresa, aqui significa o empreendimento, os
esforços humanos organizados, feitos em comum, com um fim específico, um
objectivo. As instituições/empresas podem ser públicas ou privadas, com ou sem fins
lucrativos.
As necessidades das empresas nascidas da revolução industrial levou os profissionais
a procurarem novas formas de organização do trabalho e dos recursos. Assim a
pesquisa de métodos especiais para administrar estes empreendimentos deu origem à
ciência da administração/gestão.
A importância da gestão nos nossos dias é evidente, sendo que o domínio dos
instrumentos de gestão é uma competência bastante valorizada pelas empresas.
É então de vital importância que os alunos das áreas de gestão possuam estes
referenciais e que acima de tudo os consigam aplicar na vida prática profissional.
Também os profissionais com competências nas áreas de gestão, marketing, etc. têm
solicitado a criação de uma formação em instrumentos de gestão à Neves Consulting
Group, pelo que após esta procura o centro decidiu oferecer este curso de forma a
colmatar uma necessidade do mercado.
O curso terá uma componente prática de cerca de 25% das horas totais de formação,
pelo que será uma boa aposta para todos aqueles que desejam aliar o saber-saber ao
saber-fazer.

4. Público-Alvo do Curso e Pré-Requisitos


O curso destina-se a alunos a frequentar ou que tenham frequentado a licenciatura de
Gestão/Economia/Marketing e/ou profissionais que trabalhem nestas mesmas áreas
ou que tenham trabalhado e neste momento estejam desempregados.

5. Perfil de Saída dos Formandos


Após a frequência e obtenção de aproveitamento no curso, os formandos ficarão
habilitados a realizar uma análise estratégica de uma empresa aplicando as
ferramentas que lhe foram transmitidas na formação e que constituem alguns dos
instrumentos com melhores resultados na gestão de organizações.

6. Condições de Realização
A realização do curso está dependente de um limite mínimo de 15 formandos, sendo o
máximo de 20, reservando-nos o direito de não iniciar a formação sem o mínimo de
formandos exigido.

7. Duração do Curso
O curso tem a duração de 36 horas e decorrerá entre 6 de Maio de 2011 e 3 de Junho
de 2011, em horário pós laboral, realizando-se às sextas-feiras e sábados de manhã,
em 9 sessões de 4 horas cada. Funcionará com uma vertente prática de cerca de
25%. (Vide cronograma do curso em anexo).
A duração de 36 horas não inclui a necessidade de recorrer a horário extra formação
para a realização de trabalhos, nomeadamente o trabalho final.
8. Conteúdos Programáticos e Carga Horária

MÓDULO DESIGNAÇÃO CARGA HORÁRIA

MÓDULO I Estratégia ao serviço da Gestão 20 horas

MÓDULO II Técnicas de Marketing 8 horas

MÓDULO III Inovação 4 horas

MÓDULO IV Apresentação de casos 4 horas

TOTAL: 36 horas

Identificados os módulos, os conteúdos programáticos abordados serão:

• MÓDULO I:
Importância da identidade organizacional (4 horas)
O Conjunto formado pela Missão, Visão e Valores representa a identidade
Organizacional. Qual a sua importância e como a construir?

Modelo das 5 forças de Porter (4 horas)


Segundo este autor, a intensidade concorrencial de um sector depende de cinco
forças básicas:
-O número de concorrentes e a sua rivalidade em determinado momento
-A entrada de novos concorrentes
-O poder de negociação dos clientes
-O poder de negociação dos fornecedores
-O aparecimento de produtos substitutos
É a partir da conjugação do impacto relativo de cada uma destas forças que é
determinada a rentabilidade potencial do sector.
Análise BCG (4 horas)
A Matriz BCG é um modelo utilizado para análise de portfólio de produtos ou de
unidades de negócio baseado no conceito de ciclo de vida do produto. Para garantir a
criação de valor a longo prazo, a empresa deve ter um portfólio de produtos que
contenha tanto mercadorias com altas taxas de crescimento (que precisam de
investimentos) e mercadorias com baixo crescimento (que geram receita).

Balanced Scorecard (4 horas)


O Balanced Scorecard materializa a visão e a estratégia da empresa por meio de um
mapa com objectivos e indicadores de desempenho, organizados segundo quatro
perspectivas diferentes: financeira; clientes, processos internos e aprendizagem e
crescimento. Estes indicadores devem ser interligados para comunicar um pequeno
número de temas estratégicos amplos, como o crescimento da empresa, a redução de
riscos ou o aumento da produtividade.

Análise SWOT (2 horas)+Aplicação prática de todas as matérias(2 horas)


A análise SWOT é uma poderosa ferramenta de planeamento estratégico. A sigla
SWOT vem das iniciais das palavras inglesas Strenghts (forças), Weaknesses
(fraquezas), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças), pontos estes que
serão avaliados nesta análise.

• MÓDULO II:
Plano de Marketing (4 horas)
O Plano de Marketing é um instrumento de comunicação e de controlo muito útil que
permite dar a conhecer aos colaboradores o que é esperado alcançar, estabelecer as
acções necessárias para lá chegar e os objectivos parciais que podem e devem ser
periodicamente controlados.
A coerência e articulação das diferentes políticas da empresa ou produto(s) é
responsável em grande parte pelo seu sucesso ou insucesso. O plano de marketing
assume um papel preponderante nas empresas, visando a antecipação, formalização
e a articulação das principais decisões a serem tomadas.
Matriz Ansoff (2 horas)+Aplicação prática de todas as matérias(2 horas)
Possuindo uma perspectiva global do mercado conseguida através da construção e
análise da matriz de produtos e mercado, a organização fica em condições de tomar
as suas opções estratégicas. As opções da organização relativamente à estratégica
de desenvolvimento de produtos e mercados podem assumir dois tipos,
nomeadamente:
-A expansão ou redução do número de produtos ou serviços oferecidos pela
organização;
-A expansão ou redução do número de segmentos de mercado servidos pela
organização.
Estas duas opções estratégicas podem ser sintetizadas na matriz desenvolvida por
Igor Ansoff, segundo qual a organização pode optar entre:
-Penetração no Mercado
-Extenção do Produto
-Extenção do Mercado
-Diversificação

• MÓDULO III:
Innovation Scoring (4 horas)
É um instrumento de apoio às organizações nacionais que visa estimular as empresas
a desenvolverem inovação de uma forma mais sistemática, eficiente e eficaz. A
aplicação desta ferramenta visa contribuir para a reflexão estratégica das empresas,
sobre os seus processos de inovação, permitindo conhecer de forma mais
aprofundada as diferentes dimensões que sustentam os seus processos e identificar
áreas de potencial melhoria de forma a diagnosticar, medir e questionar de uma forma
mais adequada o seu desempenho e o seu potencial de inovação.

• MÓDULO IV:
Apresentação dos casos (4 horas)
Este módulo consistirá numa sessão totalmente prática em que os grupos
apresentarão os trabalhos finais realizados. O objectivo será o de chegar à melhor
estratégia possível através das várias análises dos 3 ou 4 grupos de trabalho.
1. Objectivos Gerais e Específicos
A acção terá como objectivos os seguidamente elencados:

Objectivo Geral:
Pretende-se com esta acção que os formandos desenvolvam competências em gestão
através do conhecimento de alguns instrumentos de gestão bastante úteis.

Objectivos Específicos:
No final da acção, os formandos deverão ser capazes de:
-Identificar os diversos instrumentos de gestão, abordados em formação;
-Determinar que instrumento se adequa melhor a cada uma das problemáticas
simuladas;
-Realizar um case study, em grupo, em que serão aplicados 3 instrumentos de gestão,
à escolha do formando, com a devida justificação do porquê do seu uso.

2. Métodos e Técnicas Pedagógicas


Nesta formação será usado maioritariamente o método expositivo, em que se fará a
exposição e explicação dos conceitos. Serão também usados outros métodos, como o
método interrogativo, através da técnica de perguntas e que dará continuidade ao
método expositivo, auxiliando-o para a avaliação e motivação do formando; o método
demonstrativo através da apresentação de case studies pelo formador; e o método
activo, onde se irá privilegiar o brainstorming, os estudos de caso e a simulação de
uma análise final, valorizando a dinâmica de grupo e enriquecendo a sessão e
colocando o formador e o formando numa posição de partilha.

3. Recursos Didácticos
Durante o curso serão usados diversos recursos didácticos de forma a facilitar a
aprendizagem dos formandos e de introduzir alguma dinâmica nas sessões.
A formação fará uso do computador com vídeo projector, quadro branco, quadro
interactivo, assim como de materiais como textos, gráficos, notícias e casos práticos
distribuídos em papel.
No primeiro dia de formação serão distribuídos aos formandos o dossier do formando
com a documentação da primeira sessão. Todo o material distribuído e apresentado
pelo formador, em sala, será facilitado aos formandos no dia correspondente a cada
sessão de formação.
4. Avaliação da Aprendizagem
A avaliação formativa será contínua culminando numa avaliação final em que serão
apresentados os trabalhos de grupo.
Na avaliação contínua serão tidos em conta critérios como a participação do formando
e natureza das suas intervenções; pontualidade; assiduidade; capacidade de
relacionamento e de assumir responsabilidades e o desempenho no trabalho de
equipa. Esta avaliação fará recurso da observação directa e do método de perguntas.
Entre o módulo I e II existirá uma actividade prática, a realizar em aula, o mesmo
ocorrendo entre o módulo II e III. Estas constituirão a forma de avaliação intermédia.
Será avaliado o grau de participação nos debates pós actividades e a qualidade dos
comentários realizados.
Após o último módulo, os formandos serão capazes de realizar uma análise
estratégica de um caso previamente distribuído, pelo que na última sessão serão
apresentados todos os trabalhos de grupo e se irá efectuar a avaliação da
apresentação realizada pelos formandos.
Os critérios de avaliação com a sua ponderação encontram-se na tabela abaixo:

QUOTA DE
TIPO DE AVALIAÇÃO CONTEÚDO AVALIADO
AVALIAÇÃO

Participação do formando.
Natureza das intervenções.
Pontualidade.
Avaliação continua 20%
Assiduidade.
Capacidade de relacionamento.
Capacidade em assumir responsabilidades.
Desempenho no trabalho de equipa.

Avaliações dos Trabalhos


Participação nas discussões de grupo e 30%
Intermédios
qualidade dos comentários produzidos

Apresentação do
30% para a apresentação em sala 50%
Trabalho Final
20% para o documento escrito
A avaliação final será exprimida de forma qualitativa, de acordo com a seguinte
ordenação:

0 - 9,9 valores Insuficiente


10-13,9 valores Suficiente
14-16,9 valores Bom
17-20 valores Muito Bom

5. Normas de Assiduidade
No final de cada uma das sessões de formação, será passada uma folha de
presenças para que os formandos assinem.
A obtenção de certificado está condicionada além do aproveitamento exposto no ponto
Avaliação da Aprendizagem, a uma participação mínima de 75% das horas destinadas
à formação. (Vide modelo de folha de presenças em anexo)

6. Certificação da Formação
Os formandos recebem um certificado de aprovação no curso, com a nota respectiva,
caso cumpram os critérios de avaliação, e obtenham classificação superior a 9,5
valores. Senão cumprirem os critérios, apenas obterão uma declaração onde constam
as horas e os respectivos módulos que participaram. (Vide modelo de certificado em
anexo)

7. Preçário e Modalidades de Pagamento


A formação designada de Instrumentos de Gestão terá um custo de 270€ por
participante, sendo que existirá uma modalidade de facilidade de pagamento para
desempregados. Por favor informe-se na nossa recepção sobre esta modalidade ou
pelo nosso número de telefone de contacto.
No caso de inscrição via empresa, a Neves Consulting Group concede um desconto
de 15% caso a empresas que inscrevam mais que um colaborador.
ANEXOS
1. Cronograma

Carga
Formadora Datas Horário
horária
Módulos
Estratégia ao serviço da Gestão
-Visão, Missão, Valores 4 H 06-Mai-11 19h-23h
-Modelo das 5 forças de Porter 4 H 07-Mai-11 9h-13h
5 sessões -Análise BCG 4 H 13-Mai-11 19h-23h
Ândrea Neves
20H -Balanced Scorecard 4 H 14-Mai-11 9h-13h
-Análise SWOT 2H
20-Mai-11 19h-23h
-Aplicação prática dos instrumentos abordados emformação 2H
Técnicas de Marketing
-Plano de Marketing 4 H 21-Mai-11 9h-13h
2 sessões -Matriz de Ansoff Ândrea Neves 2H
27-Mai-11 19h-23h
8H -Elaboração de umplano de Marketing e uma análise de Ansoff 2H
Inovação
1 sessão -Innovation Scoring Ândrea Neves 4 H 28-Mai-11 9h-13h
Apresentação de casos
1 sessão -Apresentação emsala Ândrea Neves 4 H 03-Jun-11 19h-23h
9 sessões 36 H
1. Grelhas de avaliação
Curso Instrumentos de Gestão

Módulos

Num Aluno 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Total (1-9) Aval. cont. Nota Final Faltas (horas) Assist.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20

COD ITEM
1 -Visão, Missão, Valores 1
2 -Modelo das 5 forças de Porter 2
3 -Análise BCG 3
4 -Balanced Scorecard 4
5 -Análise SWOT 5
6 -Plano de Marketing 6
7 -Matriz de Ansoff 7
8 -Innovation Scoring 8
9 -Apresentação emsala 9
GRELHA DE A

No m e d o F orm and o
pação Oral
director geral
COORDENADOR

CERTIFICA QUE

Nome
COMPLETOU COM SUCESSO O CURSO DE 36 HORAS DE

INSTRUMENTOS DE GESTÃO
Com aproveitamento de ___________

AOS ____ DIAS DE _____________________ DE 2011


3. Questionário de Avaliação da Acção de Formação e do Formador

Designação do curso:
__________________________________________________________________
Designação dos módulos:
__________________________________________________________________
__________________________________________________________________
Formador dos módulos: Ândrea Neves

Data:
_____________

A sua opinião sobre a acção de formação é extremamente importante para que


possamos aferir em que medida satisfazemos as suas expectativas e melhorar o nosso
desempenho em futuras acções de formação.

Desde já agradecemos a sua colaboração.

FUNCIONAMENTO GERAL DOS MÓDULOS

SUFICIENTE MUITO
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO MUITO MAU INSUFICIENTE BOM
BOM
OBJECTIVO DOS MÓDULOS

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

DISTRIBUIÇÃO TEÓRICO-
PRÁTICA
UTILIDADE PROFISSIONAL DOS
CONTEÚDOS
MOTIVAÇÃO E PARTICIPAÇÃO
INDIVIDUAL E DO GRUPO
ADEQUAÇÃO DOS MÉTODOS
PEDAGÓGICOS E DAS
ACTIVIDADES
RELACIONAMENTO ENTRE
PARTICIPANTES
INSTALAÇÕES E
EQUIPAMENTOS
DOCUMENTAÇÃO
DISPONIBILIZADA
APOIO DO COORDENADOR E
LOGÍSTICO

COMENTÁRIOS SOBRE OS MÓDULOS:


____________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
AVALIAÇÃO FORMADOR

Tendo em conta os parâmetros de avaliação apresentados, avalie o desempenho do


formador(a), utilizando a seguinte escala:

MUITO INSUFICIENTE MUITO


CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO SUFICIENTE BOM
MAU BOM
DEFINIÇÃO DOS OBJECTIVOS

APRESENTAÇÃO DE CONTEÚDO
PROGRAMÁTICO

CLAREZA DE EXPOSIÇÃO

DOMÍNIO DOS TEMAS

VERIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS
DOS FORMANDOS

CASOS PRÁTICOS

RELAÇÃO COM O GRUPO

ESCLARECIMENTO DE DÚVIDAS

CONTROLO DO GRUPO

DOCUMENTAÇÃO

COMENTÁRIOS ACERCA DO FORMADOR


__________________________________________________________________________

AVALIAÇÃO GERAL

MUITO MUITO
GRAU DE SATISFAÇÃO INSATISFEITO SATISFEITO
INSATISFEITO SATISFEITO
COM OS MÓDILOS

COM O FORMADOR

Agradecemos a vossa colaboração!

NOME ___________________________________(FACULTATIVO) DATA: _________________


4. Folha de presença/Sumário
Curso Instrumentos de Gestão Date:

Formadora: Ândrea Neves Local: Pombal

Módulo/
Sumário

Name 1ª HORA 2ª HORA 3ª HORA 4ª HORA


5. Ficha de Inscrição no Curso

FICHA DE INSCRIÇÃO

Nom e:

Data de Nascimento: BI: Telefone:

Morada:

Localidade Código Postal:

E-m ail. Nacionalidade:

INFORMAÇÃO PROFISSIONAL

Entidade Empregadora:

Posição:

Nom epara emissão do recibo:

Nº de contribuinte

CONTACTO EMCASO DE EMERGÊNCIA

Nome e contacto:

Autorizo a que os meus dados sejam tratados para efeito de participação no curso.

Assinatura do Formando Data:


6. Folha de requisição de material

FOLHA

Nom e:

M aterial a requisitar
7. Bibliografia
A bibliografia está indicada para cada uma das sessões. (Vide planos de Sessão)
Alternativamente poderão ser apresentados conteúdos mais actuais e que se tornem
pertinentes, que não estejam ainda contemplados nos planos de sessão.

8. Planos de Sessão
 Sessão 1

 Sessão 2

 Sessão 3

 Sessão 4

 Sessão 5

 Sessão 6

 Sessão 7

 Sessão 8

 Sessão 9
Plano de Sessão
Formador: Ândrea Neves
Data: 6 de Maio de 2011 (a partir das 19H
Local: Neves C onsulting G roup( Sala a de
Duração da Formaç ão: 4 H
Tema: Missão, Visão e Valores de uma org
Público-Alvo: Alunos de Licenciatura em G

Objectivos gerais: Os formandos ficarão

Observações: O Plano de Sessão pode sofrer eventuais alterações consoante as capacidades/expectativas dos formandos.
Formadora: Ândrea Neves SESSÃO1

Objectivos específicos: Os formandos de


Plano de Sessão

Formador: Ândrea Neves


Data: 7 de Maio de 2011 (a partir das 9H0
Local: Neves C onsulting G roup (Sala a de
Duração da Formaç ão: 4 H
Tema: O modelo das 5 forças de Porter
Público-Alvo: Alunos de Licenciatura em G

Objectivos gerais: Transmitir o conhecim

Observações: O Plano de Sessão pode sofrer eventuais alterações consoante as capacidades/expectativas dos formandos.
Formadora: Ândrea Neves SESSÃO2

Objectivos específicos: No final da forma


Plano de Sessão

Formador: Ândrea Neves


Data: 13 de Maio de 2011 (a partir das 19H
Local: Neves C onsulting G roup (Sala a de
Duração da Formaç ão: 4 H
Tema: Análise BC G
Público-Alvo: Alunos de Licenciatura em G

Objectivos gerais: Dotar os formandos do

Observações: O Plano de Sessão pode sofrer eventuais alterações consoante as capacidades/expectativas dos formandos.
Formadora: Ândrea Neves SESSÃO3

Objectivos específicos: O s formandos es


Plano de Sessão 4
Plano de Sessão
Formador: Ândrea Neves
Da ta : 14 de Maio de 2011 (a pa rtir da s 9H00)
Loc al: Neves C onsulting Group (Sala a definir)
Duraç ão da Formaç ão: 4 H
Tema: Balanc ed Sc orec ard
Públic o-Alvo: Alunos de Lic enc iatura em Gestão/ Profissionais da área empregados ou desemprega dos

Objec
Objec tivos gerais: Dotar os formandos do c onhec imento tivos
nec espec
essário ífic os:
para a elaboraç ão de um balanc ed sc orec ard.

Objec tivos espec ífic os: Os formandos deverão estar aptos a elaborar e interpretar um balanc ed sc orec ard na aula
prátic a destinada ao efeito.

Momento Conteúdos Métodos/ Técnicas Recursos Avaliação/ Técnicas Tempo Bibliografia


Didácticos
Introdução O que é? Pa ra Vídeo Aproximadamente
Expositivo Observaç ão direc ta
que serve? projec tor 30 minutos
Aspec tos “Balanc ed
Financ eiros; Sc orec ard- A
Desenvolvimento C lientes; Proc essos Vídeo Aproximadamente Estratégia em
Expositivo Observaç ão direc ta
internos; projec tor 2H30
Ac ç ão” by
Melhoramento
C ontínuo; David Norton
e Robert
Vídeo Kapla n
Conclusão Apresentaç ão de projec tor Observaç ão direc ta/ Aproximadamente
Expositivo/ Ac tivo
um c ase study Fotoc ópias C ase study/ Brainstorm 1H
c aso

Observaç ões: O
Observações: O Plano
Plano de
de Sessão
Sessãopode
podesofrer
sofrereventuais alteraç
eventuais ões c onsoante
alterações as c apac
consoante idades/ expec tativas dos formandos.
as capacidades/expectativas dos formandos.
Formadora: Ândrea Neves SESSÃO4
Formadora: Ândrea Neves Pá gina 1
Plano de Sessão

Formador: Ândrea Neves


Data: 20 de Maio de 2011 (a partir das 19H
Local: Neves C onsulting G roup (Sala a de
Duração da Formaç ão: 4 H
Tema: Análise SWOT/ Sessão de prática
Público-Alvo: Alunos de Licenciatura em G

Objectivos gerais: No final da formação,

Observações: O Plano de Sessão pode sofrer eventuais alterações consoante as capacidades/expectativas dos formandos.
Formadora: Ândrea Neves SESSÃO5

Objectivos específicos: Os formandos de


Plano de Sessão

Formador: Ândrea Neves


Data: 21 de Maio de 2011 (a partir das 9H
Local: Neves C onsulting G roup (Sala a de
Duração da Formaç ão: 4 H
Tema: Plano de Marketing
Público-Alvo: Alunos de Licenciatura em G

Objectivos gerais: Dotar o formando do

Observações: O Plano de Sessão pode sofrer eventuais alterações consoante as capacidades/expectativas dos formandos.
Formadora: Ândrea Neves SESSÃO6

Objectivos específicos: Os formandos se


Plano de Sessão

Formador: Ândrea Neves


Data: 27 de Maio de 2011 (a partir das 19H
Local: Neves C onsulting G roup (Sala a de
Duração da Formaç ão: 4 H
Tema: Matriz de Ansoff/ Sessão de prática
Público-Alvo: Alunos de Licenciatura em G

Objectivos gerais: Dotar os formandos do

Observações: O Plano de Sessão pode sofrer eventuais alterações consoante as capacidades/expectativas dos formandos.
Formadora: Ândrea Neves SESSÃO7

Objectivos específicos: Nesta sessão os f


Plano de Sessão

Formador: Ândrea Neves


Data: 03 de J unho de 2011 (a partir das 19
Loc al: Neves C onsulting G roup (Sala a def
Duraç ão da Formaç ão:4 H
Tema: Apresentaç ão dos trabalhos finais
Públic o-Alvo: Alunos de Licenc iatura em G

Objec tivos gerais: Os formandos apresen

Observações: O Plano de Sessão pode sofrer eventuais alterações consoante as capacidades/expectativas dos formandos.
Formadora: Ândrea Neves SESSÃO8

Objec tivos específic os:Os formandos dever