Você está na página 1de 1

Resultados de cada Nível

Nível I – Motor Individual , 4-5 anos

Nessa fase a criança de 4 a 5 anos de idade não possui ainda muio entendimento a cerca do
movimento motor e sua complexidade, a sua capacidade limita-se a apenas execução do movimento
pelo movimento, fazer por fazer sem maiores indagações.
Em entrevista a esse grupo, nota-se que as respostas obtidas são muito incoerentes umas das outras,
fugindo do contexto da pergunta,eram as mesmas para todas.

Nível II – Egocêntrico , 6-7 anos

Nesta faixa etária de 6 a 7 anos , cada criança acaba jogando o seu próprio jogo, onde se limita a
imitar ou reproduzir as ações motoras fundamentais de correr, chutar, agarrar. Muito se deve pelo
fato de que elas tenham observado um adulto realizar ou uma criança mais velha anteriormente.
As regras se tornam mais descrições do que se fazer do que propriamente de regulamentação do
jogo em si, pois para a perspectiva das crianças o gol é o resultado da ação motora mas no final
todos ganham. Já que ainda nesta fase , não se tem bem definida as noções de vencer e perder, mas
já começa a despertar a competitividade.

Nível III – Cooperação Nascente, 10-11 anos

Diferentemente do grupo anterior , as crianças desta faixa etária já assimilam a ideia de competição,
onde a sua ação de marcar gols o levará a vitória. E as regras do jogo já começam a ser melhor
entendida por todos, já possuindo intervenções durante a partida e retornando na sequencia quando
alguma das regras é infringida.
Ainda que muitas das infrações ocorridas é decorrente da inabilidade dos alunos do que por
tentativa de burlar a regra.
As respostas obtidas pelas crianças já fazem mais sentido e coerência umas com as outras,
mostrando que o grupo possui um maior entendimento e assimilação das regras.

Nivel IV – Codificação de Regra, 14-19anos

Nesta nível já fica claro que o entendimento das regras é quase por completo, diferencação entre
os tipos de jogadores existentes na partida e suas ações motoras.
Compreendem que se pode tirar proveito da regra para se beneficiar, mesmo que lhe resulte em
uma punição posterior. Já compreendem bem o jogo podendo inclusive utilizar táticas.

1° e 2° Fases

Pode -se notar claramente a evolução do cognitivo de uma fase para a outra, o que antes era apenas
prazer na execução do movimento, agora já é um pouco mais complexo as ações assim como a
assimilação de regras e o contexto do jogo.
As crianças da primeira fase por serem ainda muito novas não tem o o entendimento das regras do
jogo assim como noção do que estão realizando, para elas é muito prazeroso correr chutar e bola e
isso basta para que todos.
Já na segunda fase , as crianças adquirem um pouco mais de noções do jogo, reproduzem os
movimento visto em algum momento, seu cognitivo começa a compreender o jogo, de forma
ainda que muito simples, mas já é um esboço de conceito a ser estruturado com o passar do tempo.
Aquisição de novas ações motoras a cada partida feita, pois seu desenvolvimento é contínuo.