Você está na página 1de 2

Escola Básica Castro Matoso

Ano lectivo 2010/2011


Assembleia Jovem Municipal – 2ºsessão - dia 13 Maio
TEMA: Aveiro, Cultura e Património (arquitectónico e
natural)
A Escola Básica Castro Matoso, vem apresentar algumas ideias para tornar a cidade de
Aveiro mais rica a nível de cultura e património. Gostaríamos de fazer uma pequena
introdução referindo que Aveiro tem um abundante património natural, em que se destaca a
Ria de Aveiro, um património arquitectónico em que se realça o Museu de Santa Joana e a
Arte Nova, e no que diz respeito à cultura gastronómica todos conhecemos os famosos
ovos-moles. Estes são motivos suficientes para impulsionar o turismo na nossa cidade, no
entanto, podemos propor medidas mais específicas, que permitam à cidade de Aveiro
prosperar.
Desta forma consideramos fundamental:
1. Constituir equipas de voluntariado para realizar a limpeza e manutenção da Ria de
Aveiro. Deste modo melhorar-se-ia a qualidade da água e beleza da área envolvente à ria,
promovendo desta forma o turismo ao longo do seu percurso. Trabalhar-se-ia, em
simultâneo, também em regime de voluntariado, na conservação dos moliceiros, de modo
a que estes se encontrem sempre atractivos para que os turistas se sintam motivados aos
passeios na ria. Este plano de utilização do voluntariado vem de encontro às ideias
abordadas na primeira sessão desta Assembleia.
2. Em consonância com o supracitado, no intuito de fomentar o turismo na cidade,
propomos um processo de requalificação das principais habitações da Avenida
Lourenço Peixinho, estabelecendo parcerias de ajuda com os proprietários das casas. Esta,
sendo cartão-de-visita e principal artéria da cidade, deve constituir um local agradável e
aprazível. Seria importante considerar o desenvolvimento de um comércio de primeira
qualidade na avenida. Proceder ainda, ao restauro dos edifícios de Arte Nova que se
encontrem degradados e cuidar de melhorar os parques públicos, que possibilitam
passeios ao ar livre e momentos de lazer diversos. Sugerimos que o Museu de Santa Joana
recorra ao marketing, publicitando as suas mais-valias de modo a receber mais visitantes.

3. . Organizar feiras gastronómicas com cozinhados feitos na altura dos nossos avós (por
exemplo), com o objectivo de mostrar as diferenças entre o que se comia e era tradição
antigamente e o que se come na actualidade. Estas feiras, promovidas pela Câmara, teriam
cobrança de entrada, que permitiriam realizar dividendos para coadjuvar as medidas
propostas nos pontos anteriores.

Deputados: Daniela Pires (Porta –voz); Adriana Félix; Simão Lopes


Adriana(efectiva)- Começo primeiro por sublinhar as propostas apresentadas pela
minha escola, Mas devo acrescentar que outras propostas não deverão ser tão bem
sucedidas devido aos seus gastos monetários. Como todos presentes sabemos
Portugal, como, outros países está a passar por uma crise económica, por isso,
sugiro o voluntariado como base de qualquer restauração ou criação. Se a mão-de-
obra for voluntariada maior será o lucro e é nisso que devemos insistir: enriquecer
a Aveiro e depois cuidar a cidade. Utilizar técnicas de marketing, como foi dito
pela minha colega, é importantíssimo, especialmente na gastronomia conventual.
Estes doces são conhecidos por todo o país e uma boa ideia seria criar sites na
internet que espalhassem por todo o mundo a delícias desta cidade e assim
aumentar o turismo, a custo zero.

Interesses relacionados