Você está na página 1de 13

BANCO DO BRASIL S.A.

Concurso Público para provimento de vagas de


Escriturário
Seleção Externa 2006/001 - Distrito Federal

____________________________________________________ Nº de Inscrição
Caderno de Prova, Cargo A01 , Tipo 001 MODELO
0000000000000000
00001−001−001

PROVA
Conhecimentos Gerais
Conhecimentos Específicos

INSTRUÇÕES
- Verifique se este caderno:
- contém 80 questões, numeradas de 1 a 80.
Caso contrário, reclame ao fiscal da sala um outro caderno.
Não serão aceitas reclamações posteriores.
- Para cada questão existe apenas UMAresposta certa.
- Você deve ler cuidadosamente cada uma das questões e escolher a resposta certa.
- Essa resposta deve ser marcada na FOLHADE RESPOSTAS que você recebeu.

VOCÊ DEVE:
- procurar, na FOLHADE RESPOSTAS, o número da questão que você está respondendo.
- verificar no caderno de prova qual a letra (A,B,C,D,E) da resposta que você escolheu.
- marcar essa letra na FOLHADE RESPOSTAS, conforme o exemplo: A C D E

ATENÇÃO
- Marque as respostas primeiro a lápis e depois cubra com caneta esferográfica de tinta preta.
- Marque apenas uma letra para cada questão, mais de uma letra assinalada implicará anulação dessa questão.
- Responda a todas as questões.
- Não será permitida qualquer espécie de consulta, nem o uso de máquina calculadora.
- Você terá 4 horas para responder a todas as questões e preencher a Folha de Respostas.
- Devolva este caderno de prova ao aplicador, juntamente com sua Folha de Respostas.
- Proibida a divulgação ou impressão parcial ou total da presente prova. Direitos Reservados.

FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS


Abril/2006

www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , Tipo 001 23/03/06 - 14:35
2. No texto,
CONHECIMENTOS GERAIS
(A)) (linhas 15 a 17) a finalidade do folhetim é citada em
Atenção: As questões de números 1 a 8 referem-se ao texto associação com o lugar que lhe era destinado no
abaixo. jornal.
(B) (linha 13) a expressão ou seja foi empregada para
“O folhetim é frutinha de nosso tempo”, disse Machado introduzir uma retificação: em busca da precisão,
de Assis numa de suas deliciosas crônicas. E volta ao assunto anula-se o valor da expressão anteriormente utili-
zada (De início).
na crônica seguinte.
(C) (linha 14) os dois-pontos justapostos à palavra jornal
“O folhetinista é originário da França [...] De lá espalhou- introduzem a citação de distintos espaços asso-
se pelo mundo, ou pelo menos por onde maiores proporções ciados ao folhetim.

tomava o grande veículo do espírito moderno; falo do jornal.” E (D) (linha 10) o emprego da expressão na verdade
denota a concordância plena do autor com as
Machado tenta “definir a nova entidade literária”, procura informações obtidas nas crônicas, de que cita
esmiuçar a “organização do novo animal”. Mas dessa nova passagens para provar que o cronista se concentrou
nos significados da palavra folhetim.
entidade só vai circunscrever a variedade que se aproxima do
(E) (linhas 22 a 24) a transcrição das palavras de
que hoje chamaríamos crônica. E como na verdade a palavra Napoleão constitui recurso para sugerir que o
folhetim designa muitas coisas, e, efetivamente, nasceu na imperador era tema constante dos folhetins.
_________________________________________________________
França, há que ir ver o que o termo recobre lá na matriz.
Atenção: As questões 3 e 4 referem-se ao fragmento que
De início, ou seja, começos do século XIX, “le feuilleton” segue.
designa um lugar preciso do jornal: “o rez-de-chaussée” − rés-
E pode-se já antecipar, dizendo que tudo o que haverá
do-chão, rodapé −, geralmente o da primeira página. Tinha uma de constituir a matéria e o modo da crônica à brasileira já é,
finalidade precisa: era um espaço vazio destinado ao desde a origem, a vocação primeira desse espaço geográfico
entretenimento. E pode-se já antecipar, dizendo que tudo o que do jornal, deliberadamente frívolo, oferecido como chamariz aos
leitores afugentados pela modorra cinza a que obrigava a forte
haverá de constituir a matéria e o modo da crônica à brasileira
censura napoleônica.
já é, desde a origem, a vocação primeira desse espaço
geográfico do jornal, deliberadamente frívolo, oferecido como 3. Considerado o contexto, é correto afirmar que, no
chamariz aos leitores afugentados pela modorra cinza a que fragmento acima,

obrigava a forte censura napoleônica. (“Se eu soltasse as (A) o advérbio já (em pode-se já) indica um grau
rédeas da imprensa”, explicava Napoleão ao célebre Fouché, relativo, tal como se nota em “Se resolver umas
duas das várias pendências, já me dou por
seu chefe de polícia, “não ficaria três meses no poder.”) satisfeito”.

(MEYER, Marlyse, Folhetim: uma história. 2 ed. São Paulo:


(B)) o emprego da expressão haverá de constituir é
Companhia das Letras, 2005, p. 57) revelador de que a ocorrência referida já é de pleno
conhecimento da autora.
(C) o pronome o (em tudo o que) é do mesmo tipo do
1. No fragmento acima, encontrado na frase “Procurei o livro o dia todo, mas
não o encontrei”.
(A) nota-se que o autor, reconhecendo a autoridade de (D) a forma verbal dizendo equivale a “caso se possa
Machado de Assis, acata sua observação explícita dizer”.
de que os fundamentos do folhetim devem ser
pesquisados na própria cultura francesa. (E) o emprego do verbo “ser” no singular justifica-se
porque o sujeito da frase é a crônica.
(B) fica evidente que Machado de Assis, nas crônicas _________________________________________________________
citadas, trata de assunto relevante − o jornal de sua 4. Considerado o contexto, é correto afirmar que, no
época −, comparando sua organização à estrutura fragmento,
original do grande veículo de comunicação de
massa francês. (A) a expressão do jornal (espaço geográfico do jornal)
pode ser substituída por “jornalístico”, sem prejuízo
(C) Machado de Assis é citado porque as crônicas do sentido original.
desse escritor brasileiro constituem o tema central
do texto, especialmente o caráter recorrente de seus (B) trocando obrigava por “impunha”, o novo segmento
assuntos. “pela modorra cinza a que impunha a forte censura”
continuaria adequado à norma padrão escrita.
(D)) o autor vale-se das palavras de Machado de Assis (C) a expressão pela modorra cinza exerce a mesma
para introduzir o assunto que pretende desenvolver, função sintática exercida pelo segmento assinalado
ressaltando a necessidade de ampliar a perspectiva em “Corriam pela estrada solitária”.
assumida pelo cronista no texto citado.
(D) a expressão a forte censura napoleônica constitui o
objeto direto do verbo obrigava.
(E) está claro que Machado de Assis revela entusiasmo
pelo jornal e procura definir o que seria “o artigo de (E)) a forma verbal obrigava denota que o fato ocorrido
fundo” do novo meio de comunicação de seu tempo. no passado era habitual.

2 BBRASIL-Escriturário-DF
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , 23/03/06
Tipo - 001
14:35
5. O único fragmento do texto que apresenta todas as pa- Atenção: As questões de números 9 a 14 referem-se ao texto
lavras empregadas em sentido denotativo é: abaixo.

(A) O folhetim é frutinha de nosso tempo.


Em todo o continente americano, a colonização européia
(B) ... procura esmiuçar a “organização do novo animal”.
teve efeito devastador. Atingidos pelas armas, e mais ainda
(C)) ... a que obrigava a forte censura napoleônica.
pelas epidemias e por políticas de sujeição e transformação que
(D) ... oferecido como chamariz aos leitores afugentados
pela modorra cinza. afetavam os mínimos aspectos de suas vidas, os povos
(E) Se eu soltasse as rédeas da imprensa... indígenas trataram de criar sentido em meio à devastação. Nas
_________________________________________________________
primeiras décadas do século XVII, índios norte-americanos
6. Considerado o contexto, a expressão que está correta-
mente traduzida é: comparavam a uma demolição aquilo que os missionários

(A) procura esmiuçar = tenta desacreditar. jesuítas viam como “transformação de suas vidas pagãs e

(B) só vai circunscrever a variedade = reconhecerá bárbaras em uma vida civilizada e cristã.” (Relações dos
como válida unicamente uma das variantes.
jesuítas da Nova França, 1636). No México, os índios
(C)) o que o termo recobre lá na matriz = o significado
original da palavra. comparavam seu mundo revirado a uma rede esgarçada pela

(D) é, desde a origem, a vocação primeira = revela sua invasão espanhola. A denúncia da violência da colonização,
tendência mais elevada.
sabemos, é contemporânea da destruição, e tem em Las Casas
(E) deliberadamente frívolo = propositalmente
anárquico. seu representante mais famoso.
_________________________________________________________
Posterior, e mais recente, foi a tentativa, por parte de
7. E como na verdade a palavra folhetim designa muitas
alguns historiadores, de abandonar uma visão eurocêntrica da
coisas, e, efetivamente, nasceu na França, há que ir ver o
que o termo recobre lá na matriz. “conquista” da América, dedicando-se a retraçá-la a partir do
ponto de vista dos “vencidos”, enquanto outros continuaram a
Substituindo a palavra folhetim, na frase acima, por “as
palavras”, estará em conformidade com a norma padrão reconstituir histórias da instalação de sociedades européias em
culta a seguinte redação do segmento sublinhado:
solo americano. Antropólogos, por sua vez, buscaram nos
(A) há que irem ver o que o termo recobre lá na matriz.
documentos produzidos no período colonial informações sobre
(B) há que ir verem o que o termo recobre lá na matriz.
os mundos indígenas demolidos pela colonização.
(C) hão que ir ver o que os termos recobrem lá na
matriz. A colonização do imaginário não busca nem uma coisa
(D) há que irem verem o que os termos recobre lá na nem outra.
matriz.
(E)) há que ir ver o que os termos recobrem lá na matriz. (Adaptado de PERRONE-MOISÉS, Beatriz, Prefácio à
_________________________________________________________ edição brasileira de GRUZINSKI, Serge, A colonização do
imaginário: sociedades indígenas e ocidentalização no
8. De lá [o folhetinista] espalhou-se pelo mundo, ou pelo México espanhol (séculos XVI-XVIII)).
menos por onde maiores proporções tomava o grande
veículo do espírito moderno. 9. A autora cita as comparações feitas pelos indígenas norte-
americanos e mexicanos
Uma nova redação para a frase acima, que não prejudica
o sentido original e está em conformidade com o padrão
(A) como recurso para comprovar que a ruína dos povos
culto, é:
indígenas tinha sido provocada pela ação das armas
(A) Sendo espalhado [o folhetinista] de lá para o mundo, dos colonizadores espanhóis.
ou a considerar minimamente onde o grande veículo
do espírito moderno tomava maiores proporções. (B) para beneficiar-se, na argumentação, de pontos de
vista divergentes sobre o mesmo processo de
(B) O grande veículo do espírito moderno ganhava boa
colonização.
importância pelo mundo e de lá [o folhetinista]
estava se espalhando, pelo menos por esses certos
lugares. (C) como recurso para mostrar como a colonização
européia agiu de forma distinta em relação a povos
(C)) [O folhetinista] Espalhou-se, de lá, pelo mundo todo, distintos.
ou, quando menos, pelos lugares onde o grande
veículo do espírito moderno adquiria mais força.
(D)) como exemplificação da tentativa dos indígenas de
(D) Salvo os lugares que o grande veículo do espírito compreender o que lhes acontecera pela presença
moderno ganhou terreno, [o folhetinista] chegou a se dos colonizadores.
espalhar, de lá, pelo mundo.
(E) De lá não para o mundo todo, talvez, mas os (E) para evidenciar que, em épocas distintas, os nativos
espaços cobertos pelo grande veículo do espírito só poderiam conceber de modo diverso as aproxi-
moderno, nestes [o folhetinista] se espalhou. mações entre a sua cultura e a do colonizador.

BBRASIL-Escriturário-DF 3
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , Tipo 001 23/03/06 - 14:35
o
10. Considerado corretamente o 2 parágrafo, o segmento 13. Considere mais especificamente o segmento em que são
grifado em A colonização do imaginário não busca nem citadas as comparações estabelecidas pelos dois grupos
uma coisa nem outra deve ser assim entendido: indígenas e analise as afirmações que seguem.

(A) não tenta investigar nem o eurocentrismo, como o I. As expressões que estabelecem o paralelismo efe-
faria um historiador, nem a presença das sociedades tuado pelos índios norte-americanos são “uma
européias em solo americano, como o faria um demolição” e “aquilo”, que remete ao que acon-
antropólogo. teceu à população indígena no processo de acul-
turação a que foram submetidos.
(B) não quer reconstituir nada do que ocorreu em solo
americano, visto que recentemente certos
historiadores, ao contrário de outros, tentam contar a
história do descobrimento da América do modo
II. A expressão “uma rede esgarçada” é imagem
como foi visto pelos nativos. adotada pelos índios mexicanos para expressar os
vazios de seu tecido social, do qual se retiraram
(C) não pretende retraçar nenhum perfil − dos vencidos traços significativos.
ou dos vencedores − nem a trajetória dos europeus
na conquista da América.
III. “demolição” e “transformação de suas vidas pagãs
(D) não busca continuar a tradição de pesquisar a e bárbaras em uma vida civilizada e cristã”
estrutura dos mundos indígenas e do mundo expressam o mesmo efeito que o processo de
europeu, nem mesmo o universo dos colonizadores colonização traz para diferentes povos.
da América.
É correto o que se afirma APENAS em
(E)) não se concentra nem na construção de uma
sociedade européia na colônia − quer observada do (A) I.
ponto de vista do colonizador, quer do ponto de vista
dos nativos −, nem no resgate dos mundos
indígenas.
_________________________________________________________
(B) II.
11. É correto afirmar sobre o que está destacado (linhas 8 a
18):

(A)) em seu representante mais famoso, o pronome (C)) I e II.


refere-se a “a denúncia da violência da colonização”.

(B) em retraçá-la, o pronome refere-se a “América”.

(C) as aspas (linhas 8 e 9) foram utilizadas para indicar (D) II e III.


que a autora está citando as próprias palavras dos
indígenas ao se referirem à visão dos jesuítas.

(D) o emprego de sabemos denota que a autora dá


(E) I e III.
uma informação que entende ser restrita a ela e ao
_________________________________________________________
escritor da obra apresentada.
14. Verbos do texto foram empregados em novas frases. A
(E) a conjunção enquanto denota que o fato referido na
que se apresenta totalmente em conformidade com a
oração se dá na seqüência do fato referido na
norma padrão escrita é:
oração anterior.
_________________________________________________________
(A) Com a invasão do europeu, afetou-se, de maneira
12. A autora do fragmento transcrito
evidente, muitas práticas tradicionais dos povos
indígenas.
(A) vale-se de estrutura narrativa para apresentar a obra
que considera polêmica porque seu autor se afasta
dos procedimentos de análise consagrados.
(B)) Trata-se de relações complexas, essas que são
(B) utiliza-se de linguagem didática para esclarecer estabelecidas entre povos de culturas distintas.
certos fatos históricos que serão, na obra que ela
mostra ao público, negados pelo autor.

(C) descreve o embate entre distintas culturas para (C) Se você ver a colonização da América com o
introduzir o tema da obra que ela divulga como distanciamento que uma análise objetiva exige,
tendo sido produzida por enfoque impreciso, embora muitos aspectos obscuros se esclarecerão.
legítimo.

(D)) expõe uma série de idéias que lhe permitem chamar (D) Seria uma grande conquista se conseguíssemos que
a atenção para a originalidade da perspectiva fosse reconstituído, pela ação dos antropólogos, os
adotada pelo autor na obra que ela apresenta. mais relevantes aspectos da cultura soterrada.

(E) elabora uma argumentação consistente, construída


de passagens descritivas pontuadas de exemplos
extraídos da obra apresentada, para atestar sua (E) Eles evitaram inúmeras vezes abandonarem o sítio
familiaridade com o texto. arqueológico, mas acabaram por fazê-lo.
4 BBRASIL-Escriturário-DF
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , 23/03/06
Tipo - 001
14:35
Atenção: As questões de números 15 a 20 referem-se ao 17. A única substituição que não prejudica o sentido original é
texto que segue. a de

O exercício da memória, seu exercício mais intenso e (A) dedicam-se os velhos por “esforçam-se os velhos”.
mais contundente, é indissociável da presença dos velhos entre
nós. Quando ainda não contidos pelo estigma de improdutivos, (B)) cuidados geriátricos impessoais por “cuidados
geriátricos desprovidos de calor humano”.
quando por isso ainda não constrangidos pela impaciência,
pelos sorrisos incolores, pela cortesia inautêntica, pelos (C) cheios de espontaneidade por “espontaneamente”.
cuidados geriátricos impessoais, pelo isolamento, quando então
ainda não-calados, dedicam-se os velhos, cheios de (D) do que mais impressionou suas retinas por “de tudo
o que se esvaiu das suas retinas”.
espontaneidade, à cerimônia da evocação, evocação solene do
que mais impressionou suas retinas tão fatigadas, enquanto (E) suas retinas tão fatigadas por “suas retinas já
seus interesses e suas mãos laborosas participavam da norma comprometidas”.
_________________________________________________________
e também do mistério de uma cultura.
18. No texto, a expressão Quando (linha 3) equivale a
(GONÇALVES FILHO, José Moura, “Olhar e memória”. IN:
O olhar. NOVAES, Adauto (org.). 10a reimpressão. São
Paulo: Companhia das Letras, 2003, p. 97) (A)) enquanto.

15. No fragmento acima, o autor considera que (B) apesar de que.

(A) a memória é exercício restrito aos velhos, cuja


(C) embora.
presença entre os mais jovens é bastante intensa.
(B) improdutivos é termo que, denotando “o que já (D) como.
produziu”, expressa o reconhecimento do valor dos
que concluíram sua fecunda ação na sociedade.
(E) como se.
(C) a impaciência e a descortesia são atributos legítimos _________________________________________________________
dos mais velhos, que já participaram da construção
da cultura de seu país. 19. É correto afirmar que

(D) o silêncio dos velhos é uma marca salutar dos que (A) o pronome seu refere-se aos velhos.
espontaneamente resolveram dedicar-se ao culto do
passado.
(B) os prefixos das palavras intenso e indissociável
(E)) o resgate a que se consagram os velhos das expressam sentido de negação.
experiências que mais os comoveram no passado é
uma verdadeira celebração. (C) então está empregado com o mesmo sentido
_________________________________________________________ encontrado na frase “Então, vamos lá, diga a que
16. ... evocação solene do que mais impressionou suas veio”.
retinas tão fatigadas, enquanto seus interesses e suas
mãos laborosas participavam da norma e também do (D)) o autor, ao empregar ainda, demonstra julgar
mistério de uma cultura. inevitável que os velhos, em dado momento,
cheguem a se sentir “contidos”, “constrangidos” e
A mudança efetuada na pontuação da frase acima “calados”.
manteve o segmento em conformidade com a norma
padrão em (E) a substituição do segmento grifado em dedicam-se
os velhos (...) à cerimônia da evocação por
(A)) ... evocação solene do que mais impressionou suas “relembrar”, exigiria a manutenção do acento
retinas tão fatigadas, enquanto seus interesses, e indicativo da crase, em respeito ao padrão escrito
suas mãos laborosas, participavam da norma e, culto.
também, do mistério de uma cultura. _________________________________________________________
(B) ... evocação solene do que mais impressionou suas 20. Observe atentamente os segmentos ainda não contidos
retinas tão fatigadas, enquanto seus interesses, e pelo estigma de improdutivos e ainda não constrangidos
suas mãos laborosas participavam da norma e, pela impaciência. No contexto, eles
também do mistério de uma cultura.
(C) ... evocação solene, do que mais impressionou suas (A) expressam idéias que estão unicamente justapostas,
retinas tão fatigadas; enquanto seus interesses e sem nenhuma outra relação entre elas.
suas mãos laborosas participavam da norma e
também, do mistério de uma cultura. (B)) expressam, respectivamente, uma causa e uma
(D) ... evocação solene do que mais impressionou suas conseqüência.
retinas tão fatigadas, enquanto seus interesses e
suas mãos laborosas, participavam da norma e (C) estão em relação de alternância.
também do mistério de uma cultura.
(E) ... evocação solene do que mais impressionou suas (D) expressam dois desejos, por isso estão associados
retinas tão fatigadas, enquanto seus interesses e como se estivessem unidos pela conjunção e.
suas mãos laborosas participavam, da norma e
também do mistério, de uma cultura. (E) expressam comparação entre dois fatos.
BBRASIL-Escriturário-DF 5
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , Tipo 001 23/03/06 - 14:35
21. Três pessoas formaram, na data de hoje, uma sociedade 24. Uma empresa desconta em um banco um título com
com a soma dos capitais investidos igual a R$ 100 000,00. vencimento daqui a 4 meses, recebendo no ato o valor de
Após um ano, o lucro auferido de R$ 7 500,00 é dividido R$ 19 800,00. Sabe-se que a operação utilizada foi a de
entre os sócios em partes diretamente proporcionais aos desconto comercial simples. Caso tivesse sido aplicada a
capitais iniciais investidos. Sabendo-se que o valor da de desconto racional simples, com a mesma taxa de
parte do lucro que coube ao sócio que recebeu o menor desconto anterior i (i > 0), o valor que a empresa receberia
valor é igual ao módulo da diferença entre os valores que seria de R$ 20 000,00. O valor nominal deste título é de
receberam os outros dois, tem-se que o valor do capital
inicial do sócio que entrou com maior valor é (A) R$ 21 800,00

(A) R$ 75 000,00 (B)) R$ 22 000,00


(B) R$ 60 000,00 (C) R$ 22 400,00
(C)) R$ 50 000,00
(D) R$ 22 800,00
(D) R$ 40 000,00
(E) R$ 37 500,00 (E) R$ 24 000,00
_________________________________________________________
_________________________________________________________
22. Depois de várias observações, um agricultor deduziu que
a função que melhor descreve a produção (y) de um bem 25. A taxa efetiva trimestral referente a uma aplicação foi igual
é uma função do segundo grau y = ax + bx + c, em que x
2 a 12%. A correspondente taxa de juros nominal (i) ao ano,
corresponde à quantidade de adubo utilizada. O gráfico com capitalização mensal, poderá ser encontrada calcu-
correspondente é dado pela figura abaixo. lando:

y (A) i = 4 ⋅ [(1,12 )1/3 − 1]


v
675
(B) i = 12 ⋅ [(1,12)1/4 − 1]

(C)) i = 12 ⋅ [(1,12)1/3 − 1]
v = vértice
(D) i = (1,04 )12 − 1

(E) i = 12 ⋅ [(0,04) ÷ 3]
_________________________________________________________

0 10 25 x 26. Um investidor realiza depósitos no início de cada mês, du-


rante 8 meses, em um banco que remunera os depósitos
Tem-se, então, que: de seus clientes a uma taxa de juros nominal de 24% ao
(A)) a = −3, b = 60 e c = 375 ano, com capitalização mensal. Os valores dos 4 primeiros
depósitos foram de R$ 1 000,00 cada um e dos 4 últimos
(B) a = −3, b = 75 e c = 300
R$ 1 250,00 cada um. No momento em que ele efetua o
(C) a = −4, b = 90 e c = 240 oitavo depósito, verifica que o montante que possui no
(D) a = −4, b = 105 e c = 180 banco é M, em reais.
(E) a = −6, b = 120 e c = 150
_________________________________________________________
23. O histograma de freqüências absolutas abaixo demonstra Fator de Acumulação de Capital
o comportamento dos salários dos 160 empregados de
uma empresa em dezembro de 2005: (taxa de juros compostos de 2% ao período)
Série de
50 Número de Pagamento
pagamentos
períodos único
iguais
40
Frequências

1 1,02 1,00
30
2 1,04 2,02
20
3 1,06 3,06
10 10 4 1,08 4,12
5 1,10 5,20
0 0,5 1,0 1,5 2,0 2,5 3,0 3,5 Salários (R$ 1 000,00) 6 1,13 6,31

Utilizando as informações nele contidas, calculou-se a 7 1,15 7,43


média aritmética dos valores dos salários destes 8 1,17 8,58
empregados, considerando que todos os valores incluídos 9 1,20 9,76
num certo intervalo de classe são coincidentes com o
ponto médio deste intervalo. Escolhendo aleatoriamente
um empregado da empresa, a probabilidade dele Utilizando os dados da tabela acima, tem-se, então, que
pertencer ao mesmo intervalo de classe do histograma ao
qual pertence a média aritmética calculada é (A) 10 300 < M
(B) 10 100 < M ≤ 10 300
(A) 6,25%
(B) 12,50% (C) 9 900 < M ≤ 10 100
(C) 18,75% (D) 9 700 < M ≤ 9 900
(D)) 31,25%
(E)) 9 500 < M ≤ 9 700
(E) 32,00%

6 BBRASIL-Escriturário-DF
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , 23/03/06
Tipo - 001
14:35
27. Uma pessoa assume, hoje, o compromisso de devolver 31. Os ícones desenvolvidos pelos internautas, na forma de
um empréstimo no valor de R$ 15 000,00 em 10 presta- "carinhas" feitas de caracteres comuns, para demonstrar
ções mensais iguais, vencendo a primeira daqui a um "estados de espírito" como tristeza, loucura ou felicidade,
mês, à taxa de juros nominal de 24% ao ano, com são denominados
capitalização mensal. Sabe-se que foi utilizado o Sistema
Francês de Amortização (Sistema Price) e que, para a (A) emoticons, apenas.
taxa de juros compostos de 2% ao período, o Fator de
(B) smileys, apenas.
Recuperação de Capital (10 períodos) é igual a 0,111. O
respectivo valor dos juros incluídos no pagamento da (C)) emoticons ou smileys, apenas.
segunda prestação é (D) emoticons ou flames, apenas.
(A) R$ 273,30 (E) emoticons, smileys ou flames.
(B)) R$ 272,70 _________________________________________________________
(C) R$ 270,00
32. Dadas as seguintes declarações:
(D) R$ 266,70
(E) R$ 256,60 I. Uma conta de webmail pode ser acessada de qual-
_________________________________________________________ quer computador que esteja ligado à Internet.
28. Um financiamento foi contratado, em uma determinada da-
II. Com uma conta de webmail, as mensagens resi-
ta, consistindo de pagamentos a uma taxa de juros posi-
dirão no servidor e não no computador pessoal.
tiva e ainda corrigidos pela taxa de inflação desde a data
da realização do compromisso. O custo efetivo desta ope-
ração foi de 44% e o custo real efetivo de 12,5%. Tem-se, III. O uso do computador pessoal, mesmo que compar-
então, que a taxa de inflação acumulada no período foi de tilhado, possibilitará maior privacidade.

(A) 16% IV. O acesso às mensagens pelo programa de e-mail


(B) 20% exige configurações específicas, nem sempre
(C) 24% disponíveis, quando acessado em outro compu-
(D)) 28% tador diferente do pessoal.
(E) 30%
É correto o que consta APENAS em
_________________________________________________________

29. Uma empresa deverá escolher um entre dois projetos X e (A) I e II.
Y, mutuamente excludentes, que apresentam os seguintes (B) II e III.
fluxos de caixa:
(C) III e IV.
Projeto X Projeto Y
Ano (D) I, II e III.
R$ R$
(E)) I, II e IV.
0 −D −40 000,00 _________________________________________________________
1 10 800,00 16 200,00
33. Uma mensagem enviada de X para Y é criptografada e
2 11 664,00 17 496,00 decriptografada, respectivamente, pelas chaves
A taxa mínima de atratividade é de 8% ao ano (A)) pública de Y (que X conhece) e privada de Y.
(capitalização anual) e verifica-se que os valores atuais
líquidos referentes aos dois projetos são iguais. Então, o (B) pública de Y (que X conhece) e privada de X.
desembolso D referente ao projeto X é igual a (C) privada de X (que Y conhece) e privada de Y.
(A)) R$ 30 000,00 (D) privada de X (que Y conhece) e pública de X.
(B) R$ 40 000,00 (E) privada de Y (que X conhece) e pública de X.
_________________________________________________________
(C) R$ 45 000,00
(D) R$ 50 000,00 34. Uma interface padrão utilizada para acessar SGBD, Siste-
mas de Gerenciamento de Banco de Dados, desenvolvida
(E) R$ 60 000,00 pela Microsoft, é denominada
_________________________________________________________

30. Considere o seguinte fluxo de caixa cuja taxa interna de (A) RAID.
retorno é igual a 10% ao ano: (B) NTFS.
Fluxo de Caixa (C) FAT32.
Ano
R$ (D)) ODBC.
0 −25 000,00
1 0,00 (E) CLUSTER.
_________________________________________________________
2 X
35. As tabelas inseridas num documento por editores de texto
3 17 303,00
normalmente possuem bordas, linhas de grade e marcas
O valor de X é igual a de fim que são, respectivamente:

(A) R$ 11 000,00 (A) imprimíveis, imprimíveis e imprimíveis.


(B) R$ 11 550,00 (B)) imprimíveis, não imprimíveis e não imprimíveis.
(C) R$ 13 310,00 (C) imprimíveis, imprimíveis e não imprimíveis.
(D) R$ 13 915,00
(D) não imprimíveis, não imprimíveis e não imprimíveis.
(E)) R$ 14 520,00
(E) não imprimíveis, imprimíveis e não imprimíveis.
BBRASIL-Escriturário-DF 7
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , Tipo 001 23/03/06 - 14:35
36. Observa-se, nos nossos dias, um confronto entre os 39. O mercado acionário brasileiro começou o ano de 2006
valores culturais do Ocidente e do Oriente, que gerou com grande energia. A Bolsa de Valores de São Paulo
graves incidentes no Oriente Médio. O fato diz respeito à (BOVESPA) vem batendo recordes patrocinados, princi-
palmente, pelo forte fluxo de capital externo. Dentre as
(A) ameaça de expulsão de imigrantes árabes muçul- causas desse movimento, é correto citar
manos, responsáveis por distúrbios violentos na
França, para o Magreb, no Norte da África. (A) o impedimento da participação de pequenos inves-
(B) divulgação, por um jornal italiano, de imagens mos- tidores nos negócios.
trando torturas de presos iranianos por soldados (B) a existência de grande número de ações de em-
norte-americanos. presas produtoras de bens de consumo não
(C) apresentação de notícias sobre uma intervenção das duráveis.
tropas de segurança da ONU no Irã, que insiste na (C) a consistência da economia brasileira, que tem se
instalação de um programa nuclear. destacado positivamente entre os países emergen-
(D)) onda de protestos contra caricaturas do profeta tes.
Maomé publicadas por um jornal dinamarquês e
(D) a redução das tensões geopolíticas, sobretudo
reproduzidas em diários europeus.
aquelas que envolvem o Oriente Médio.
(E) caça e morte de terroristas árabes por israelenses
em decorrência do atentado de Munique, nas (E)) a crença de que os juros internacionais subam
Olimpíadas. pouco durante o ano.
__________________________________________________________________________________________________________________

37. Instalou-se, recentemente, no Brasil e no mundo, intensa 40. A respeito de Comissão Parlamentar de Inquérito − CPI −,
polêmica sobre o uso de sementes transgênicas. Uma das no contexto institucional brasileiro, é correto afirmar que
restrições para o seu uso refere-se
(A)) pode ser instaurada por qualquer Senador ou
(A) ao fato de que, em termos econômicos, a prefe- Deputado Federal, desde que recolha antes 1/3 das
rência por produtos transgênicos afeta a produ- assinaturas do Senado ou da Câmara de Deputa-
tividade das lavouras em curto e médio prazos. dos.

(B) à questão econômica, pois discute-se que os (B) é instaurada a pedido do Ministério Público da União
transgênicos demandam grande quantidade de mão- que, por força da Lei, não pode julgar os
de-obra, o que onera o custo final do produto no representantes do Poder Legislativo.
mercado internacional.
(C) se constitui em medida legal aplicada pelo Poder
(C)) ao seu aspecto ambiental, pois argumenta-se que a Executivo que é, também, responsável pela
transferência de genes de uma espécie para outra formação da Comissão de Ética do Congresso.
pode provocar a contaminação dos ecossistemas e
reduzir a biodiversidade. (D) é aberta e deverá ser concluída durante o ano civil,
perdendo sua competência legal após o recesso de
(D) à circunstância de que, ecologicamente, o plantio de final de ano do Congresso.
transgênicos provoca aumento de problemas no
solo, tais como erosão pronunciada e diminuição do (E) demonstra a independência entre o Senado e a
lençol freático. Câmara dos Deputados, uma vez que só pode ser
instaurado por uma das Casas.
(E) à que criaria problemas para as multinacionais, pois _________________________________________________________
os países pobres não têm domínio dessa tecnologia.
_________________________________________________________ CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
38. No primeiro trimestre de 2006, no Brasil, o aumento do
litro do álcool na bomba dos postos de combustíveis tem 41. O Conselho Monetário Nacional constitui a autoridade
sido motivo de fortes preocupações para todos os maior na estrutura do sistema financeiro nacional. Dentre
proprietários de veículos movidos a álcool ou as suas competências, é correto afirmar que
bicombustível. Sobre a atual situação brasileira, em
relação ao álcool, pode-se dizer que: (A) concede autorização às instituições financeiras, a
fim de que possam funcionar no país.
I. A produção alcooleira no Brasil é reconhecida
(B) efetua o controle dos capitais estrangeiros.
internacionalmente como programa alternativo de
fabricação em larga escala de um combustível (C)) regula a constituição, o funcionamento e a fisca-
limpo. lização das instituições financeiras.
II. A redução do percentual de álcool na gasolina (D) fiscaliza o mercado cambial.
acarretará o aumento da poluição atmosférica.
(E) recebe os recolhimentos compulsórios das insti-
III. A ausência de subsídios aos produtores de álcool e tuições financeiras.
aos usineiros tem sido apontada como a principal _________________________________________________________
causa da quebra da produção.
42. NÃO se refere a uma competência do Banco Central do
É correto o que consta APENAS em Brasil:

(A) I. (A) exercer a fiscalização das instituições financeiras.


(B)) I e II. (B) executar os serviços do meio circulante.
(C) I e III. (C) emitir moeda-papel e moeda metálica.
(D) II. (D) receber os recolhimentos compulsórios.
(E) II e III. (E)) fixar as diretrizes e normas da política cambial.

8 BBRASIL-Escriturário-DF
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , 23/03/06
Tipo - 001
14:35
43. O mercado de capitais pode atuar positivamente para o 47. Dentre os valores mobiliários negociados no Brasil encon-
crescimento econômico. Para que esse mercado cumpra tram-se as debêntures, que são títulos
seu papel, dentre as condições necessárias, é correto
mencionar: (A) representativos do capital social da empresa emi-
tente.
(A)) assegurar a observância de práticas comerciais
eqüitativas no mercado de valores mobiliários, o que (B)) cujos direitos, garantias e demais cláusulas e con-
constitui uma função da Comissão de Valores dições da emissão estão contidos na escritura de
Mobiliários. emissão.
(B) fiscalizar e inspecionar as companhias abertas, o
que constitui uma função do Banco Central do Brasil. (C) cujo prazo limite é de cinco anos.
(C) fiscalizar permanentemente as atividades e os ser- (D) que não se submetem ao processo de underwriting.
viços do mercado de valores mobiliários, o que
constitui uma função da Superintendência de Segu- (E) que podem ter garantia real disponível para negocia-
ros Privados. ção.
(D) apurar e punir condutas fraudulentas no mercado de _________________________________________________________
valores mobiliários, o que constitui uma função do
48. A companhia aberta desempenha um papel estratégico no
Tesouro Nacional.
mercado de capitais. No Brasil, ela se caracteriza como
(E) prevenir ou corrigir situações anormais do mercado, aquela companhia
inclusive com a suspensão da negociação de de-
terminado valor mobiliário, o que constitui função do (A) com capital social representado por ações negociá-
Conselho Monetário Nacional. veis apenas fora das bolsas e do mercado de bal-
_________________________________________________________ cão.
44. Em sua existência, o Sistema Especial de Liquidação e de
Custódia – SELIC consolidou sua função de registro, cus- (B) cuja emissão de valores mobiliários é sujeita à pré-
tódia e liquidação de títulos. Como uma de suas principais via autorização do Banco Central do Brasil.
características, é correto afirmar que
(C)) cujos valores mobiliários são admitidos à negociação
(A) as operações nele registradas são liquidadas em
na bolsa ou no mercado de balcão.
bloco, ao final de cada dia.
(B)) é o depositário central dos títulos da dívida pública (D) cujos lucros não são distribuídos aos proprietários.
federal interna emitidos pelo Tesouro Nacional e
Banco Central. (E) cujos ativos são representados por valores mobi-
liários.
(C) os títulos depositados no Sistema não podem ser _________________________________________________________
escriturais, ou seja, emitidos sob a forma eletrônica.
49. Analise:
(D) é gerido pela Associação Nacional das Instituições
do Mercado Financeiro − ANDIMA e é operado
I. O underwriting firme prescinde de registro na Co-
exclusivamente pelo Banco Central.
missão de Valores Mobiliários.
(E) é um sistema informatizado que se destina apenas
ao registro e à custódia de títulos escriturais de II. No underwriting stand-by a empresa emitente rece-
emissão do Banco Central do Brasil, bem como à be imediatamente os recursos dos valores mobi-
liquidação de operações com os referidos títulos. liários colocados à negociação.
_________________________________________________________
45. Os depósitos interfinanceiros (DI) constituem um mecanis- III. Em um underwriting, há instituições financeiras que
mo ágil de transferência de recursos entre instituições atuam como agentes da companhia emissora.
financeiras. As operações para liquidação no dia seguinte
ao da negociação são registradas É correto o que consta em
(A) na Bolsa de Mercadorias & Futuros.
(A)) III, apenas.
(B) no Sistema Especial de Liquidação e de Custó-
dia − SELIC. (B) II e III, apenas.
(C) na Companhia Brasileira de Liquidação e Custó-
(C) II, apenas.
dia – CBLC.
(D)) na Câmara de Custódia e Liquidação − CETIP. (D) I, apenas.
(E) na Câmara Interbancária de Pagamentos − CIP. (E) I, II e III.
_________________________________________________________
_________________________________________________________
46. No mercado acionário pode-se identificar as ações prefe-
renciais e as ações ordinárias. As preferenciais se dife- 50. No mercado acionário, uma negociação à vista requer que
renciam por as ações sejam entregues pelo vendedor
(A) não serem adquiridas por pessoas físicas.
(A) até o segundo dia após a negociação – D+2.
(B) concederem àqueles que as possuem o poder de
voto nas assembléias deliberativas da companhia. (B) no dia da negociação – D zero.
(C) não permitirem o recebimento de dividendos.
(C) até o primeiro dia após a negociação – D+1.
(D) terem sua negociação vedada em bolsas de valores.
(E)) oferecerem preferência na distribuição de resultados (D)) até o terceiro dia após a negociação – D+3.
ou no reembolso do capital em caso de liquidação
da companhia. (E) até o quarto dia após a negociação – D+4.
BBRASIL-Escriturário-DF 9
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , Tipo 001 23/03/06 - 14:35
51. Compete, privativamente, ao Conselho Nacional de Segu- 54. Em relação às entidades de previdência privada abertas, é
ros Privados, em relação às entidades de previdência pri- correto afirmar:
vada,
(A) O balanço e os balancetes deverão ser enviados ao
(A) processar os pedidos de autorização para fins de Banco Central para exame técnico das reservas e
constituição, funcionamento, fusão, incorporação, provisões constituídas.
grupamento, transferência de controle e reforma dos (B) É permitida a realização de operações comerciais e
estatutos das entidades abertas. financeiras com seus diretores e membros dos con-
selhos consultivos, administrativos, fiscais ou as-
(B)) estabelecer as normas gerais de contabilidade, atuá- semelhados, desde que as operações sejam apro-
ria e estatística a serem observadas por essas enti- vadas pela assembléia geral.
dades. (C)) Os bens garantidores das reservas técnicas, fundos
e provisões serão registrados na SUSEP e não
(C) proceder à liquidação das entidades abertas que ti- poderão ser alienados, prometidos alienar ou de
verem cassada a autorização para funcionar no País. qualquer forma gravados sem sua prévia e expressa
autorização.

(D) autorizar a movimentação e a liberação de bens e (D) Os estatutos das entidades sem fins lucrativos não
valores obrigatoriamente inscritos em garantia do poderão estabelecer distinção entre associados
capital, das reservas técnicas e dos fundos especiais controladores e simples participantes dos planos de
das entidades abertas de previdência privada. benefícios.
(E) Nas entidades sem fins lucrativos, as despesas ad-
ministrativas não poderão exceder os limites fixados
(E) proceder à inscrição dos corretores de planos previ-
anualmente pela Comissão de Valores Mobiliários.
denciários, de entidades abertas de previdência
_________________________________________________________
privada; fiscalizar suas atividades e aplicar as penas
cabíveis. 55. Os corretores de seguros
_________________________________________________________
(A)) têm de responder civilmente pelos prejuízos que
52. As sociedades seguradoras causarem por omissão, imperícia ou negligência no
exercício da profissão.
(A) devem ter patrimônio líquido inferior ao valor do seu
passivo não operacional. (B) devem habilitar seu registro perante a Fundação
Nacional de Seguros-FUNENSEG por meio de prova
de capacitação promovida pela Superintendência de
(B) são autorizadas a funcionar através de Portaria do Seguros Privados-SUSEP.
Ministro da Fazenda.
(C) recebem comissão sobre seus serviços, cuja percen-
tagem independe do ramo do seguro e da com-
(C) têm autonomia completa para decidir ou não aceitar panhia seguradora.
resseguros.
(D) são profissionais de vendas vinculados às compa-
nhias seguradoras para comercializar exclusivamen-
(D)) estão impedidas de explorar qualquer outro ramo de te os produtos da empresa contratante.
comércio ou indústria. (E) são simples intermediários entre as seguradoras e
os segurados, não sendo sua responsabilidade
(E) têm autonomia para distribuir lucros ou quaisquer esclarecer dúvidas sobre carências, coberturas ou
fundos correspondentes às suas reservas patrimo- validade do contrato.
niais. _________________________________________________________
_________________________________________________________ 56. É agente econômico que demanda divisa estrangeira no
mercado de câmbio brasileiro
53. As sociedades de capitalização
(A) a empresa brasileira que recebe empréstimo do ex-
(A) não podem prever, nas condições gerais dos títulos, terior.
participação dos titulares nos lucros da empresa.
(B) o exportador.
(B) estão impedidas de utilizar os resultados de loterias (C) a empresa estrangeira que está abrindo filial no
oficiais para a geração dos seus números sor- Brasil.
teados, sendo obrigadas a realizar sorteios próprios
com ampla e prévia divulgação aos titulares. (D) o investidor estrangeiro que quer adquirir ações na
Bolsa de Valores de São Paulo.

(C) poderão apropriar-se da provisão matemática dos (E)) a filial de empresa estrangeira que deseja remeter
títulos suspensos ou caducos por inadimplência dos lucros para a matriz.
_________________________________________________________
pagamentos.
57. É uma instituição financeira que está impedida de atuar no
(D) somente podem colocar títulos com uma única taxa mercado de câmbio no Brasil:
de juros ao longo de sua vigência.
(A) banco comercial.
(B) agência de turismo.
(E)) podem estabelecer um percentual de desconto (pe-
(C)) sociedade de capitalização.
nalidade), não superior a 10%, nos casos em que o
resgate for solicitado pelo titular antes de concluído (D) banco de investimentos.
o período de vigência. (E) banco múltiplo.

10 BBRASIL-Escriturário-DF
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , 23/03/06
Tipo - 001
14:35
58. A operação de arbitragem de câmbio tem como objetivo 62. Sobre cartões de crédito, analise:

(A)) buscar vantagens em função de diferenças de pre-


I. Permitem compatibilizar as necessidades de con-
ços nos diversos mercados.
sumo dos titulares às suas disponibilidades de cai-
(B) uniformizar as diferentes taxas de câmbio entre os xa, à medida em que a data de vencimento da
diversos países. fatura coincida com o crédito dos seus salários.
(C) comprar moeda estrangeira para financiar operações
de importação de mercadorias. II. Oferecem aos titulares a possibilidade de parcelar o
pagamento de suas compras, concedendo-lhes um
(D) vender moeda estrangeira para assegurar a liquidez limite de crédito rotativo.
das exportações.
(E) comprar moeda no mercado cujo preço está alto e III. Podem proporcionar benefícios adicionais aos titu-
vender a mesma moeda no mercado cujo preço está lares, à medida em que realizem parcerias com
baixo. empresas reconhecidas no mercado (cartões co-
_________________________________________________________ branded).
59. A contratação do câmbio de exportação
É correto o que consta em
(A) deve ser feita obrigatoriamente após o embarque da
mercadoria para o exterior.
(A) I, apenas.
(B)) fixa o valor da taxa de câmbio para esse contrato.
(C) pode ser feita antes do embarque da mercadoria (B) II, apenas.
para o exterior, mas somente de forma parcial.
(D) deve ser feita obrigatoriamente antes do embarque (C) III, apenas.
da mercadoria para o exterior, de forma a possibilitar
ao exportador obter financiamento com base no (D) II e III, apenas.
contrato.
(E) equivale a uma compra e venda mercantil efetuada (E)) I, II e III.
entre o banco e a empresa exportadora. _________________________________________________________
_________________________________________________________

60. Os custos de operação do Sistema Integrado de Comércio 63. Um cliente tem interesse em aplicar recursos por 30 dias
Exterior (SISCOMEX) são financiados por em CDB e quer que a sua rentabilidade acompanhe a
evolução diária da taxa de juros. Nesse caso, o indexador
(A) uma parcela da arrecadação do Imposto de Impor- mais indicado para a operação é
tação.
(B) um fundo constituído pela cobrança de selos nos (A) a TBF.
cigarros produzidos no Brasil.
(B) uma taxa pré-fixada.
(C) recursos angariados pelo leilão de mercadorias
sujeitas à pena de perdimento.
(C) o IGP-M.
(D)) uma taxa de utilização do sistema, que é admi-
nistrada pela Secretaria da Receita Federal. (D)) o CDI.
(E) recursos provenientes da arrecadação do Imposto
sobre Operações Financeiras. (E) o IPCA.
__________________________________________________________________________________________________________________

61. Analise:
64. Analise:
I. Uma operação de factoring consiste na aquisição
de direitos creditórios resultantes de vendas I
Em uma operação de cobrança, o K K registra os títulos
mercantis a prazo.
II
II. Os títulos de crédito descontados por meio do no K K , que por sua vez encarrega-se de receber o
factoring servem como garantia da operação, caso
o sacador não realize o pagamento da dívida no III
pagamento do K K conforme as condições combinadas.
prazo e na forma combinados.
III. O risco de crédito dos títulos que são objeto das Preenchem correta e respectivamente as lacunas I, II e
operações de factoring é de responsabilidade da III acima:
empresa vendedora.
IV. Há incidência de IOF sobre os juros pagos em uma I II III
operação de factoring.
(A) sacado cedente titular
É correto o que consta em
(B)) cedente banco sacado
(A)) I, apenas.
(B) I, II e III, apenas. (C) titular sacado banco
(C) III e IV, apenas. (D) emissor banco titular
(D) II, III e IV, apenas.
(E) I, II, III e IV. (E) sacado banco beneficiário

BBRASIL-Escriturário-DF 11
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , Tipo 001 23/03/06 - 14:35
65. Em relação aos commercial papers, analise: 69. No caso de investimentos feitos por pessoas físicas em
cadernetas de poupança é correto afirmar que seus
I. São títulos de curto prazo emitidos por instituições rendimentos são creditados
financeiras e negociáveis em mercado secundário.
(A) trimestralmente, conforme a data de aniversário da
aplicação, e são isentos de tributação.
II. A colocação desse título deve ser feita por uma
instituição integrante do sistema de distribuição de (B) a cada 30 dias, estando sujeitos ao recolhimento de
valores mobiliários. Imposto de Renda à alíquota de 20%.
(C)) mensalmente, conforme a data de aniversário da
III. O investidor que compra um commercial paper aplicação, e são isentos de tributação.
pode vendê-lo antes do vencimento, transferindo a
sua titularidade. (D) mensalmente, conforme a data de aniversário da
aplicação, estando sujeitos ao recolhimento de
IV. Trata-se de uma operação que permite a obtenção Imposto de Renda à alíquota de 20%.
de recursos sem o pagamento de IOF. (E) trimestralmente, conforme a data de aniversário da
aplicação, estando sujeitos ao recolhimento de
É correto o que consta APENAS em Imposto de Renda à alíquota de 20%.
_________________________________________________________
(A) I, II e III. 70. Uma pessoa gosta de participar de sorteios, mas ao mes-
(B) I e III. mo tempo sente a necessidade de começar a economizar
um pouco de dinheiro, uma vez que dentro de alguns anos
(C)) II, III e IV.
pretende aposentar-se. Dentre as opções abaixo, o pro-
(D) III e IV. duto que melhor atende às necessidades e expectativas
(E) I, II e IV. dessa pessoa é
_________________________________________________________
(A) o CDB.
66. O hot-money é uma modalidade de empréstimo que tem a (B) a Caderneta de Poupança.
finalidade de (C) o Fundo de Renda Fixa.
(D)) o Título de Capitalização.
(A) financiar a aquisição de bens e serviços por pessoas (E) a Letra Hipotecária.
_________________________________________________________
físicas.
71. O contrato a termo é
(B)) atender às necessidades imediatas de caixa das
(A) um acordo entre as partes, por meio do qual elas se
empresas.
obrigam a trocar, em data certa, fluxos de caixa futu-
(C) financiar a aquisição de bens de capital por parte ros atrelados a indicadores econômicos predefinidos.
das empresas. (B)) um acordo entre as partes, por meio do qual, em
uma data definida, uma delas se obriga a entregar
(D) financiar as vendas a prazo das empresas. certa quantidade de determinado produto e a outra
(E) refinanciar dívidas já existentes de pessoas físicas. se compromete a pagar um preço previamente
_________________________________________________________ acordado entre as partes.
(C) uma aplicação financeira de renda fixa, destinada a
67. Dentre as modalidades de investimento abaixo, aquela
grandes investidores, pessoa física ou jurídica, am-
que permite a dedução dos valores investidos na Decla-
bos com interesses no mercado agrícola.
ração de Ajuste Anual do Imposto de Renda, até o limite
de 12% da renda bruta do contribuinte, é (D) um acordo entre as partes, por meio do qual elas
adquirem o direito de trocar, em data certa, fluxos de
(A) o CDB. caixa futuros atrelados a indicadores econômicos
(B) o VGBL. predefinidos.
(C) o Fundo de Investimento Referenciado DI. (E) um acordo entre as partes, por meio do qual, em
(D) a Caderneta de Poupança. uma data definida, uma delas adquire o direito de
(E)) o PGBL. entregar certa quantidade de determinado produto e,
_________________________________________________________ caso esse direito seja exercido, a outra se compro-
mete a pagar um preço predeterminado.
68. Analise: _________________________________________________________
72. No que diz respeito aos derivativos denominados opções,
O princípio básico do KIK é o de que o lucro vem da é correto afirmar que

II III (A) o lançador de uma call e o titular de uma put as-


K K de um bem e não da sua K K . sumem os mesmos compromissos em relação às
suas contrapartes.
Preenchem correta e respectivamente as lacunas I, II e
(B) tanto opções européias quanto opções americanas
III acima: só podem ser exercidas em uma data predeter-
minada.
I II III
(C) preço de exercício é o valor pago pelo comprador de
(A)) leasing utilização propriedade uma opção de venda para obter o direito de comprar
(B) vendor fabricação venda o ativo objeto da opção.

crédito direto ao (D) a expressão call, no mercado, refere-se a uma


(C) utilização compra opção de venda, e a expressão put refere-se a uma
consumidor
opção de compra.
(D) cheque especial aquisição fabricação
(E)) prêmio é o valor recebido pelo vendedor da opção
(E) compror utilização compra como contrapartida à sua exposição ao risco.

12 BBRASIL-Escriturário-DF
www.pciconcursos.com.br
MODELO − Caderno de Prova, Cargo A01 , 23/03/06
Tipo - 001
14:35
73. Analise: 77. O proprietário do restaurante Kilu’s Cazeiro M.E. pretende
oferecer mais conforto aos seus clientes com a instalação
Um importador de produtos eletrônicos, temendo KIK do de um aparelho de ar condicionado. Para tanto, dirigiu-se
a um banco e solicitou um financiamento em nome de sua
empresa. O gerente do banco condicionou a concessão
II
real, deve K K contratos futuros de dólar na BM&F, do financiamento à assinatura de um contrato, em que o
restaurante transferiria a posse de seu mobiliário para o
III
assumindo uma posição K K no mercado futuro. banco, tornando-se depositário dos bens dados em
garantia do financiamento. Essa condição de depositário
Preenchem correta e respectivamente as lacunas I, II e seria revertida após a quitação do financiamento, ou o
III acima: banco teria a posse definitiva dos bens empenhados no
caso de inadimplência. Nesta operação, a garantia exigida
I II III pelo banco para conceder o financiamento é denominada
(A) valorização vender long (A) aval.
(B) valorização comprar short (B)) penhor mercantil.
(C) desvalorização vender short (C) fiança.
(D)) desvalorização comprar long (D) hipoteca.
(E) caução.
(E) desvalorização vender long
_________________________________________________________
_________________________________________________________
78. Em relação à alienação fiduciária, é correto afirmar que
74. As empresas ABC e XYZ negociaram um contrato de
swap e pactuaram as seguintes condições: (A) o devedor não pode utilizar o bem dado em garantia
às suas expensas e risco, sendo, ainda, obrigado a
I. Valor de principal: R$ 1 000 000,00. zelar por sua conservação.
II. A empresa ABC ficou passiva na taxa de variação (B) a propriedade do bem dado em garantia é transferida
cambial, acrescida de juros de 0,5% a.m., sob o ao devedor, preservando-se a posse com o credor.
regime de capitalização simples. (C)) o contrato conterá a descrição da coisa objeto da
III. A empresa XYZ ficou passiva na taxa acumulada transferência, com os elementos indispensáveis à
de Depósitos Interbancários − DI. sua identificação.
IV. O contrato tem vencimento em 1 ano. (D) a dívida será considerada quitada, mesmo que o
produto da venda do bem dado em garantia seja
Sabe-se que, no período, a taxa de câmbio desvalorizou inferior ao valor emprestado.
10%, a taxa acumulada dos Depósitos Interbancários foi (E) deve ser celebrada por instrumento público ou par-
de 18,6% e que nesta operação incide imposto de renda à ticular a ser registrado no Cartório de Títulos e Do-
alíquota de 20%. É correto afirmar que a empresa cumentos do domicílio do credor.
_________________________________________________________
(A)) ABC terá um ganho líquido de R$ 16 000,00.
79. Analise o texto que o Professor João escreveu:
(B) XYZ terá um ganho líquido de R$ 16 000,00.
(C) ABC terá um ganho líquido de R$ 20 000,00. Um imóvel pode ser hipotecado para garantir uma dívida
(D) XYZ terá um ganho líquido de R$ 20 000,00. futura ou condicionada, desde que determinado o valor
(E) XYZ terá um ganho bruto de R$ 20 000,00. máximo do crédito a ser garantido. Essa hipoteca abran-
_________________________________________________________
gerá todos os melhoramentos e construções realizadas no
75. No que diz respeito à nota promissória, é correto afirmar imóvel. O dono do imóvel hipotecado pode ainda constituir
que outra hipoteca sobre ele, mediante novo título, em favor do
(A) a prestação do aval não pode ser dada na própria mesmo ou de outro credor. É vedado ao proprietário, no
nota promissória. entanto, alienar o imóvel hipotecado.
(B) o avalista será responsável pelo pagamento O texto de João está INCORRETO porque
somente em caso de falecimento do emitente. (A)) é nula a cláusula que proíbe ao proprietário alienar
(C)) pessoas físicas casadas em regime de comunhão de imóvel hipotecado.
bens só poderão dar aval com autorização de seu (B) imóveis não podem ser hipotecados para garantir dí-
cônjuge. vidas futuras.
(D) o avalista poderá ser chamado a cumprir as obrigações (C) a hipoteca não abrange melhoramentos e constru-
da nota promissória antes de seu vencimento. ções feitas no imóvel.
(E) não pode ser garantida somente por aval, sendo (D) imóveis hipotecados não podem ser objeto de outra
necessárias outras garantias complementares. hipoteca.
_________________________________________________________
76. Uma determinada dívida é garantida por três fiadores. (E) se um imóvel for objeto de uma segunda hipoteca,
Caso ela não seja paga, cada fiador ficará responsável esta não poderá ser em favor do mesmo credor.
_________________________________________________________
pelo pagamento
80. NÃO contém apenas créditos cobertos pela garantia do
(A) da dívida, na proporção de sua renda mensal em FGC:
relação ao total da renda mensal de todos os
(A) depósitos de poupança, letras hipotecárias e letras
fiadores.
de crédito imobiliário.
(B) de 1/3 da dívida, independentemente do que dispu- (B) letras de câmbio, letras hipotecárias e letras imobi-
ser o contrato de fiança. liárias.
(C) do total da dívida, independentemente do que dis- (C) depósitos em conta investimento, depósitos de pou-
puser o contrato de fiança. pança e letras hipotecárias.
(D)) da dívida, na proporção que estiver fixada no con- (D) depósitos à vista, letras de câmbio e depósitos em
trato de fiança. conta investimento.
(E) da dívida, na proporção de seu patrimônio em re- (E)) depósitos à vista, depósitos judiciais e depósitos de
lação ao total do patrimônio de todos os fiadores. poupança.
BBRASIL-Escriturário-DF 13
www.pciconcursos.com.br