Você está na página 1de 420

Ministério da Educação

Departamento de Avaliacão Prospectiva e Planeamento

PROJECTOS DE ESCOLA
NO ÂMBITO DO PROGRAMA NÓNIO 1997-2000
FICHAS SÍNTESE

Ministério da Educaçao

1
Projectos de Escola no âmbito do Programa Nónio 1997-2000
Fichas Síntese

Colecção: Tecnologias da Informação e Comunicação


Estudo realizado pelo Programa Nónio-Século XXI

© Programa Nónio-Século XXI /Ministério da Educação


Lisboa, Novembro de 2002

Infografismo:Agostinho Lima

PORTUGAL

2
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ................................................................................................................................ 5

PROJECTOS DE ESCOLA NO ÂMBITO DO PROGRAMA NÓNIO (mapa ) ............................ 7

PROJECTOS DE ESCCOLA DO DISTRITO DE:


AVEIRO .............................................................................................................................. 9

BEJA ................................................................................................................................ 41

BRAGA ............................................................................................................................. 47

BRAGANÇA ..................................................................................................................... 91

CASTELO BRANCO ....................................................................................................... 95


COIMBRA ........................................................................................................................ 99

ÉVORA ...........................................................................................................................107

FARO ..............................................................................................................................131

GUARDA ........................................................................................................................139

LEIRIA ............................................................................................................................143
LISBOA ..........................................................................................................................149

PORTALEGRE ...............................................................................................................209

PORTO ...........................................................................................................................219

SANTARÉM ...................................................................................................................257

SETÚBAL .......................................................................................................................285
VILA REAL .....................................................................................................................391

VISEU .............................................................................................................................397

LISTAGEM DE PROJECTOS DE ESCOLA NÃO ENVIADOS PARA PUBLICAÇÃO .........413

3
4
Sumário

INTRODUÇÃO

A síntese, presente neste documento, dos Projectos de Escola (220) que foram apoiados
no âmbito do I Concurso Nacional de Projectos de Aplicação das TIC em Educação,
apresenta-se em formato de ficha, uma vez que a informação considerada mais relevante
sobre o respectivo projecto foi registada a partir de uma matriz organizada segundo três
blocos - Identificação do Projecto, Descrição do Projecto e Balanço/Efeitos do Projecto.

As fichas encontram-se ordenadas por Distrito segundo a tipologia da Escola sede do


projecto.

Deste documento apenas constam 185 fichas em virtude das restantes (35) não terem
sido enviadas para publicação. No entanto, estes Projectos de Escola encontram-se
listados em anexo para que nesta publicação não deixasse de constar a totalidade dos
Projectos de Escola desenvolvidos no âmbito do Programa Nónio entre 1997/98 e
1999/00.

5
6
Sumário

7
8
Sumário

AVEIRO

Escolas sede com ficha síntese do projecto


CERCIAG
CERCIAV
EB 1 de Combatentes
EB 1 de Palmaz
EB 1 de Mato
EB 1 n.º 1 de Oliveira de Azeméis
EB 1 n.º 4 de Oliveira de Azeméis
EBI com JI de Pardilhó
EB 2/3 de Gafanha da Nazaré
EB 2/3 de Sá Couto
ES com 3.º ciclo de Gafanha da Nazaré
ES com 3.º ciclo do Dr. João Carlos Celestino Gomes
ES com 3.º ciclo Dr. Jaime Magalhães Lima
ES com 3.º ciclo Dr. Manuel Gomes de Almeida
ES com 3.º ciclo Dr. Manuel Laranjeira

9
10
Projecto: “JOGOS DOS SABERES”
Contactos da Escola sede
Endereço: CERCIAG
Raso de Paredes
3750-316 ÁGUEDA
Tel: 234 612 020 Fax: 234 612 022
Email: cerciag@mail.telepac.pt

www.terravista.pt/meiapraia/1636/

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
Contexto:

CERCIAG
Este projecto desenvolve-se no Centro de Apoio Socio-Educativo da
CERCIAG, constituindo uma fonte de recursos importantíssima para o
desenvolvimento de actividades facilitadoras de todo o processo ensino/
aprendizagem.
A CERCIAG, através do Projecto Nora, propôs-se constituir um recur-
so da comunidade escolar, recebendo alunos das escolas regulares em
currículos alternativos, proporcionando-lhes a oportunidade de desen-
volverem actividades de complemento curricular e no âmbito do despiste
vocacional. Estes alunos beneficiam também da utilização das TIC,
vivenciando experiências novas ou dando continuidade, nalguns casos,
ao que já vão fazendo na escola de origem.

Objectivos:
– Proporcionar aos alunos o contacto com as Novas Tecnologias de
Informação e Comunicação, num espírito de promoção do interes-
se activo e motivação pelas tarefas escolares;
– Criar novos espaços e ambientes de aprendizagem que possibili-
tem o desenvolvimento da capacidade de aprender a pensar, por
parte do aluno;
– Permitir aos actores educativos envolvidos construir e dinamizar o
seu projecto pessoal e que, através do recurso às novas
tecnologias, possam desenvolver novos ambientes de aprendiza-
gem.

Actividades:
– Exploração de software educativo e utilização de materiais diversi-
ficados para a concretização dos exercícios;
– Criação de ambientes de aprendizagem que promovam o sucesso
dos alunos;

11
– Preparação de actividades escolares como exposições, concursos ou festas com recur-
so às TIC (cartazes, convocatórias, convites...);
– Treino e sistematização da leitura, escrita e cálculo através da utilização das TIC;
– Utilização da Internet como fonte de informação e valorização pessoal;
– Comunicação inter-escolas através de correio electrónico;
– Dinamização de actividades com turmas de escolas do 1.º ciclo do ensino regular.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, de avaliação e estímulo de acti-
vidades pedagógicas e culturais
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto
– Dinamização de actividades com turmas de escolas do 1º ciclo do ensino regular
– Participação nas actividades Netd@ys

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Desenvolvimento de Software Educativo e recursos complementares.

Seminários
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial - Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial - Dos projectos à prática. Resulta-
dos (1999)

Materiais produzidos
– Publicações Escolares: cartazes, fichas pedagógicas, desdobráveis informativos, tex-
tos e expressão plástica;
– Internet: criação de Homepage;
– Fotografias e videos que registam momentos significativos da realização de actividades
associadas ao desenvolvimento do projecto;
– Pequenas aplicações para aquisições básicas – forma, cor e dimensão e relação cau-
sa-efeito.

12
Projecto: “ESPAÇOS DE INTERACÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: CERCIAV - Esc. Ed. Especial
Av. Artur Ravara 34
3810-096 AVEIRO
Tel: 234 423 251 Fax: 234 382 202

www.fenacerci.pt/cercis/12.htm

Associada ao Centro de Competência Nónio: : Universidade de Aveiro


Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc.

Aveiro
Descrição do projecto
Este projecto surgiu inserido no Projecto de Estabelecimento da

CERCIAV
valência Escola de Educação Especial, mais exactamente no que diz res-
peito a constituição da CERCIAV como um recurso para a comunidade
escolar, com especial ênfase nos alunos com Necessidades Educativas
Especiais, que frequentavam as escolas de 1º C.E.B. do regular. O pro-
jecto permitiria desenvolver a área das Tecnologias da Informação e Co-
municação como forma de motivar para determinadas aprendizagens, os
alunos com insucesso escolar.

A proposta de projecto elaborada pela CERCIAV implicava uma série


de objectivos ambiciosos, a por em prática durante os três anos de exe-
cução do projecto, alguns dos quais não se viriam a concretizar por falta
de verbas orçamentais e em alguns casos também, por limitações a nível
dos recursos humanos, implicitamente necessários para a concretização
prática do projecto. Assim, durante os três anos de duração do projecto,
foram sendo realizadas algumas alterações inerentes à sua adequação
em virtude dos entraves surgidos.

É de referir que no 2.º ano de execução houve uma alteração em


termos da filosofia do projecto. Se no 1.º ano os alunos beneficiariam do
acesso aos recursos tecnológicos nas instalações da CERCIAV, no ano
seguinte, e de acordo com a filosofia da “Escola Inclusiva”, determinou-
se que essa resposta serias mais valida e melhor aproveitada se os alu-
nos a pudessem ter no contexto da sua própria escola. Desta forma, do-
tou-se cada uma das escolas parceiras, que vieram a ser Vilarinho e Quinta
do Simão, com algum equipamento, o que se veio a revelar produtivo e
benéfico para estes alunos.

O 3.º ano de aplicação implicava por em funcionamento o Mediacarro,


que não se veio a concretizar porque teve que ser feita uma reestruturação
em termos de orçamento.

13
A avaliação final do projecto teve um balanço positivo, sendo no entanto de referir que não
foi um processo fácil e isento de mudanças. É de salientar o importante papel de acompanha-
mento que as pessoas ligadas ao Centro de Competência nos fizeram, tanto em termos de
formação como de resolução de problemas técnicos.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Foram colocados dois computadores (um em cada escola associada) e ainda, apetrechou-
se a E.E.E. com equipamento diverso. No 3º ano de execução colocamos mais um computador
na EB 1 da Quinta do Simão, dadas as necessidades da escola. Efectuamos trocas de experi-
ências tanto em actividades programadas em conjunto e realizadas na sala de informática,
como no âmbito do netd@ys.
Os computadores colocados permitiram o uso de várias ferramentas para o enriquecimento
das actividades de aprendizagem a nível das diversas disciplinas bem como, a abertura de um
espaço de lazer diferente para as crianças com N.E.E.’s.
Na E.E.E. organizaram-se grupos semanais para exploração do diverso material existente
na sala de informática, o que se revelou (e ainda revela) proveitoso em termos de aquisição de
regras e conhecimentos.

Formação
No 1.º ano de funcionamento, a Universidade de Aveiro assegurou a formação inicial dos
professores das escolas parceiras envolvidas no projecto, nomeadamente, proporcionando
uma introdução à informática e aos programas mais utilizados no Windows (Word, Paint, Power
Point, Excel...).
No 2º ano de execução tanto a Coordenadora do Projecto, como uma das responsáveis
pela orientação gráfica da página da CERCIAV na Internet, beneficiaram de formação no âm-
bito da Internet, Correio Electrónico e IRC, nas instalações da CERCIAV.
Finalmente, no 3º ano, é importante referir, que uma das actuais professoras desta valência,
participou numa sessão de informação relacionada com o Power Point. A coordenadora do
projecto, participou numa acção de formação promovida pelo programa FOCO, “Concepção e
Produção de Software Educativo - Iniciação ao Toolbook” que permitiu colocar ao nosso alcan-
ce o desenvolvimento de pequenas aplicações, onde cada um, tendo em conta a população
com que trabalha, pode explorar diversas aprendizagens.
Não querendo descuidar a formação interna, a Coordenadora de Informática organizou
uma pequena acção de sensibilização, para os trabalhadores da escola (Professores, Vigilan-
te, Técnica de Serviço Social e Auxiliares).

Materiais produzidos
– Construção da página da CERCIAV (que ainda não está disponível on-line).
– Produção de diversos materiais, tais como, posters, convites, artigos para o jornal, textos
para participação em concursos, desenhos, imagens, digitalizações e relatórios (alguns
destes trabalhos fazem parte de um dossier). Também as escolas parceiras se empe-
nharam na produção deste tipo de materiais, tendo inclusive, a E.B. 1 da Quinta do Simão,
feito um livro (a nosso pedido) com um conjunto dos trabalhos produzidos pelos alunos
bem como as suas opiniões acerca d o mesmo.

14
Projecto: “JANELA PARA O FUTURO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Combatentes
Largo dos Combatentes
3880-013 OVAR
Tel: 256 586 760
Email: info@eb1-ovar-n1.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Aveiro


Financiamento atribuído: 2 700 000 Esc

Aveiro
Descrição do Projecto
O Projecto teve como objectivos:

EB 1 de Combatentes
– Promover a utilização do computador e das novas tecnologias
como auxiliares interactivos da aprendizagem;
– Criação de um espaço onde se promova o desenvolvimento e o
enriquecimento da actividade escolar em geral;
– Promover a implementação de novas estratégias educativas;
– Valorização de conteúdos menos aceites pelos alunos;
– Perspectivar uma maior facilidade na reapreciação e refinamento
das ideias;
– Promover a criatividade.
Na fase inicial, instalaram-se dois computadores e impressora numa
sala, a ser utilizados por todos os alunos do primeiro ciclo e um outro, na
sala do pré escolar.
Numa segunda fase com a aquisição de mais computadores e o apoio
da Câmara Municipal de Ovar, instalou-se um computador em cada das
seis salas existentes no 1.º Ciclo com ligação em rede.
Actualmente e já tendo dado como concluído o projecto, temos equi-
pada uma sala (para trabalhos de professores e apoio pedagógico a alu-
nos com necessidades educativas especiais) com acesso à Internet, uti-
lizada pelos alunos com orientação do professor, um computador por
sala de aula e uma mediateca com três computadores, scanner e im-
pressora, onde uma técnica colocada ao abrigo do protocolo entre o Mi-
nistério da Educação e o M. Q. E. dinamiza a utilização do material
informático, ocupação dos tempos livres e dinamização do recreio.

15
Bala nço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Actividades de gestão e direcção da Escola;
– Base de dados informatizada;
– O registo de informações;
– Edição do Jornal da Escola;
– Utilização do Computador como ferramenta para a produção de documentos nas diver-
sas disciplinas e outras actividades escolares pelos alunos e professores.

Formação
Ao nível dos professores
– Frequência de professores em acções de formação sobre Internet e produção do mate-
rial didáctico;
– Produção de testes e fichas de trabalho;
– Produção de documentos diversos para a planificação.
Ao nível de alunos
– Iniciação à informática;
– O Clube de Jornalismo;
– Clube do Ambiente/trabalho de projecto;
– Correspondência escolar.

Materiais produzidos
– Produção de jornal escolar “ABC”;
– Produção de folhetos para o Clube de Ambiente;
– Produção de panfletos vários, distribuídos à população e comunidade escolar e relaci-
onados com os diversos projectos da Escola.

16
Projecto: “APRENDER BRINCANDO - A COMUNICAÇÃO SOCIAL EM COMPUTADORES”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Palmaz
Lugar da Igreja
3720-425 PALMAZ
Tel: 256 991 069

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Aveiro


Financiamento atribuído: 2 648 400 Esc.

Aveiro
Descrição do projecto
Além do óbvio enriquecimento de saberes, o interesse deste Projecto

EB 1 de Palmaz
é que funcione como centro de interesses, levando à exploração de dife-
rentes programas, aproximando e interrelacionando as disciplinas tradici-
onais. Visa-se ainda a estimulação sensorial, o desenvolvimento da
psicomotricidade, bem como das actividades manuais e ocupação de tem-
pos livres.
O computador será utilizado nas mais diversas disciplinas como um
pequeno laboratório de experiências, permitindo um acto educativo total-
mente novo em que a aprendizagem é feita essencialmente à custa do
processo de reformulação de hipóteses e dos erros efectuados, prepa-
rando os alunos para a integração numa sociedade tecnológica cada vez
mais exigente.
O projecto tem como principais objectivos:
– Familiarizar os alunos na utilização dos computadores;
– Mobilizar actividades exploratórias;
– Vivenciar situações estimulantes de trabalho escolar;
– Descobrir novos percursos e outros saberes na Área de Língua
Portuguesa, utilizando os computadores;
– Desenvolver a expressão oral e escrita nas crianças;
– Desenvolver capacidades criativas;
– Recorrer aos equipamentos informáticos para produzir o Jornal da
Escola;
– Utilizar a Internet como fonte de informação para os trabalhos de-
senvolvidos na escola;
– Preparar uma página da Escola para a Internet;

17
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
No âmbito do projecto, a nossa escola tem vindo a desenvolver desde o início, actividades
variadas tais como:
– Jornal escolar “O Despertar”, elaborado trimestralmente pelos alunos da escola;
– Participação no Concurso “Vida na estrada” no ano lectivo 1998/99;
– Realização de visitas de estudos a jornais regionais e nacionais nos três primeiros anos
em que o Projecto Nónio se desenvolveu e havia verbas para essas actividades;
– Participação do concurso “Vida na Estrada” utilizando o programa “PowerPoint foi pro-
duzido a apresentação “Sininho & Companhia”;
– Criação de imagens animadas com alunos do Ensino Especial (este trabalho foi apre-
sentado num concurso distrital, tendo obtido o 3.º lugar);
– Realização de visitas de estudo nos três primeiros anos em que o Projecto Nónio se
desenvolveu e havia verbas para essas actividades.

Formação
– Participação dos professores da escola em acções de formação de iniciação e
aprofundamento;
– Participação de todos os alunos na acção de sensibilização “Navegar na Internet”;
– Formação dos alunos em processamento de texto, criação e tratamento de imagens.

Materiais produzidos
– Concurso PowerPoint;
– Jornal Escolar;
– Panfletos;
– Apresentações electrónicas;
– Documentos vários, onde se conjugavam textos com imagens, quer feitas directamente
no computador, quer elaboradas primeiro em papel e posteriormente digitalizadas.

18
Projecto: “O APRENDER INTERACTIVO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Mato
3860 AVANCA
Tel: 234 884 515

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Aveiro


Financiamento atribuído: 7 872 000 Esc.

Aveiro
Descrição do projecto
O projecto nasceu do interesse manifestado pelos alunos da escola

EB 1 de Mato
após um primeiro contacto com esta tecnologia numa demonstração feita
pelo Clube de Informática de Avanca.
Por considerar de relevante importância o uso do computador na soci-
edade actual e ainda mais no futuro, quer para as crianças, quer para os
professores e porque acreditamos ser um meio de incentivar os alunos
com algumas dificuldades de aprendizagem, lançamos este projecto de
acordo com o nosso Projecto Educativo baseado nos seguintes princípios
pedagógicos:
– Construção da própria aprendizagem;
– Autonomia, autoconfiança e criatividade;
– Enriquecimento sócio-cultural;
– Vivência e partilha das aprendizagens;
– Aceitação e respeito pelo ritmo próprio de cada indivíduo.
Pretendeu-se com este projecto:
– Adquirir formação inicial e específica para trabalhar e orientar os
alunos;
– Dar uma formação inicial básica aos alunos sobre o hardware e
software,
– Criar um centro de recursos na escola;
– Elaborar trabalhos relacionados com o meio onde se insere a esco-
la, tendo como tema integrador “A Escola pluridimensional no ambi-
ente que a envolve”;
– Disponibilizar os trabalhos realizados na escola a todas as escolas
envolvidas no programa, através da ligação em rede interna ou liga-
ção à Internet;
– Consultar e explorar informação produzida pelas outras escolas ou
através do software existente na escola;
– Elaborar o jornal da Escola.

19
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Os alunos adquiriram competências para trabalhar com o computador de forma a conse-
guirem produzir pequenos trabalhos como sejam: a edição e tratamento de textos, o desenho
directo no computador, digitalização de imagens fotográficas ou desenhos em papel;
Foi também explorado nas aulas algum do software comercial editado para este nível de
escolaridade.

Formação
– Foi realizada formação inicial, na própria escola e orientada pelo Centro de Competên-
cia, sobre a exploração das potencialidades do tratamento de texto, imagem, folha de
cálculo e utilização dos equipamentos em rede para os professores.
– No espaço aula, cada professor orientou os seus alunos no trabalho de texto e imagem
no computador.

Materiais produzidos
– Jornal escolar;
– Fichas de trabalho;
– Textos ilustrados sobre os diversos temas tratados nas aulas;
– Desdobráveis e cartazes.

20
Projecto: “AS TIC NA NOSSA ESCOLA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 n.º 1 de Oliveira de Azeméis
R. Prof. Arnaldo Costeira
3720-274 OLIVEIRA DE AZEMÉIS
Tel: 256 686 170

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Aveiro


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
Os principais objectivos do projecto foram:

EB 1 n.º 1 de Oliveira de Azeméis


– Utilizar o computador como meio de comunicação escrita;
– Incutir o gosto pela pesquisa e descoberta do meio;
– Desenvolver a competência linguística e melhorar as capacidades
de leitura e compreensão de textos;
– Desenvolver o raciocínio de causa-efeito.

Para responder a estes objectivos perspectivaram-se as seguintes


actividades:
– Manipulação, experimentação e exploração do software disponí-
vel;
– Pesquisa e recolha de dados; elaboração de frases/textos; criação
e organização de ficheiros; registar e organizar dados;
– Elaboração de textos com intenções comunicativas diversificadas
(notícias, visitas de estudo, jornal da escola, cartazes,....);
– Exploração de software educativo.

Os efeitos esperados foram:


– Utilizar a leitura/escrita como meio de comunicação e fonte de apren-
dizagem;
– Descrever situações vivenciadas;
– Desenvolver agilidade de raciocínio.

21
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Tendo em conta os anos de escolaridade, os alunos são capazes de:
– Elaborar trabalhos resultantes de investigação sobre temas em estudo;
– Produção de notícias sobre diferentes acontecimentos escolares (visitas de estudo,
festas, comemorações...) com objectivos diversos, tal como o jornal escolar, divulga-
ção, intercâmbio;
– Descrever situações vivenciadas, contar histórias, desenhar, jogar (individualmente ou
em grupo);
– Realizar e imprimir trabalhos;
– Utilizar o software educativo existente.

Formação
Os professores receberam formação em:
– Processamento de texto - iniciação (8 professores);
– Internet – iniciação e aprofundamento (10 professores);
– Tratamento de imagem – iniciação (3 professores).

Materiais produzidos
Jornal da escola (embora o jornal não seja impresso na escola, as notícias são elaboradas
pelos alunos, gravadas em disquete e depois enviadas à tipografia onde imprimem o jornal).
Com o envolvimento de todas as turmas foram elaborados:
– Um livro de culinária (receitas de saladas e compotas);
– Um livro sobre o ambiente;
– Um calendário com desenhos feitos pelos alunos.

22
Projecto: “ESCOLA, ESPAÇO EM TRANSFORMAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 n.º 4 de Oliveira de Azeméis
Rua Imprensa Oliveirense
3720-213 OLIVEIRA DE AZEMÉIS
Tel: 256 687 330

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Aveiro


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
Objectivos:

EB 1 n.º 4 de Oliveira de Azeméis


– Promover a formação de professores e apetrechamento informático
da escola;
– Conseguir que todas as crianças tenham acesso ao uso do computa-
dor, como meio auxiliar de aprendizagem.
– Proporcionar a aquisição de atitudes autónomas, visando a formação
de cidadãos responsáveis e intervenientes;
– Fomentar o gosto por uma constante actualização de conhecimentos;
– Criar condições para um intercâmbio entre as escolas;
– Participar no processo de informação e orientação educacionais.

23
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Proceder à elaboração e digitação de textos a partir das pesquisas e vivências efectuadas
no âmbito do projecto da área-escola;
– Praticar a escrita como meio de desenvolver a compreensão da leitura, estimular a
criatividade e a imaginação;
– Produzir textos livremente ou através de temas propostos, bem como a sua ilustração
através de importação de imagens ou digitalização de imagens produzidas pelos alu-
nos;
– Criar ficheiros, organizar e classificar informação obtida;
– Explorar Software educativo e lúdico.

Formação
Professores:
– Formação inicial, para os professores participantes no Projecto;
– Formação de aprofundamento, em programas específicos.

Alunos:
– Orientação dos alunos na utilização dos computadores, respeitando o nível de desen-
volvimento da turma;

Materiais produzidos
– Jornal escolar;
– Panfletos;
– Cartazes;
– Livros temáticos e de curso.

24
Projecto: “O PROJECTO 1, 2, 3 / JI”
Contactos da Escola sede
Endereço: EBI com JI de Pardilhó
Rua Padre Garrido
Pardilhó
3860 ESTARREJA
Tel: 234 850 150 Fax: 234 855 237
Email: eb123pardi @mail.prof2000.pt

www.prof2000.pt/users/ eb123pardi

Associada ao Centro de Competência Nónio: Associação dos C.F. da Área do CAE de Aveiro
Financiamento atribuído: 8 000 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
Este projecto pretendeu potenciar todos os recursos existentes na

EBI com JI de Pardilhó


escola, principalmente as áreas ligadas aos apoios, complementos
educativos e curriculares. Pretendeu também ser um pólo agregador e
consubstanciador dos três ciclos e Jardim de Infância que a constituem.
Paralelamente pretendeu garantir aprendizagens curriculares míni-
mas através da Sala de Estudo, ATL, Apoios e Complementos Educativos
e Curriculares e também despertar e promover uma cultura informática
na escola que permitisse a descoberta e o desenvolvimento de capaci-
dades.
Desta forma criou-se uma rede informática na escola com vários es-
paços ligados em rede e todos com ligação à Internet. Os espaços cria-
dos foram:
– Sala de Professores;
– Sala de Directores de Turma;
– Conselho Executivo;
– Serviço de Psicologia e Orientação;
– Grupo Coordenador dos Apoios e Complementos Educativos;
– Serviços Administrativos;
– Sala de Informática/Centro de Recursos;
– Biblioteca.
Os espaços dedicados a trabalho de professores, professores e alu-
nos, estavam equipados com computadores, impressoras, scanner e no
caso da Sala de Informática/Centro de Recursos com projector de da-
dos.

25
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Este projecto promoveu a igualdade de oportunidades entre alunos e professores e a
criação de uma cultura informática que teve nos alunos e professores os seus principais
agentes aglutinadores e difusores.
– Por outro lado facultou-se o acesso à utilização das T.I.C. a toda a comunidade educativa,
contribuindo desta forma para uma maior e melhor aprendizagem e aquisições míni-
mas, consideradas essenciais aos alunos.
– Contribuiu ainda este projecto para permitir a alunos que não possuindo estes recursos
em casa, pudessem ter o seu email, pudessem “viajar” pela Internet e se sentissem
parte integrante da actual Sociedade de Informação.
– Permitiu ainda diversificar estratégias e tornar as aprendizagens mais apelativas e ob-
jectivas, enriquecendo assim o processo de ensino-aprendizagem.

Formação
O grupo coordenador deste projecto recebeu ao longo dos 3 anos vários tipos de formação,
sempre orientada e vocacionada para a utilização das TIC. Destacaria as acções levadas a
cabo pelo Centro de Competência e de Formação a que este projecto esteve associado:
– “Introdução à Internet”;
– “Produção de Páginas em HTML”;
– “Percursos Multimédia”;
– Formação de curta duração em ferramentas informáticas.
No âmbito deste Projecto e por forma a dar resposta às várias solicitações dos professores
da escola e também para optimizar ainda mais os recursos humanos e materiais existentes
foram nesta escola dinamizadas acções de formação creditadas na modalidade de Projecto
para professores.

Materiais produzidos
– Página da escola em html;
– Participação em actividades do Netd@ys;
– Participação em Fóruns/Encontros de vários projectos Nónio;
– Participação em actividades de Videoconferência com outras escolas.

26
Projecto: “DE PORTUGAL AO BRASIL – 500 ANOS DEPOIS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Gafanha da Nazaré
Alameda Prior Sardo
3830 GAFANHA DA NAZARÉ
Tel: 234 366 554 Fax: 234 364 742
Email: eb23gaf@mail.prof2000.pt

www.prof2000.pt/users/eb23gaf

Associada ao Centro de Competência Nónio: Associação dos C.F. da Área do CAE de Aveiro
Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
O Projecto subordinou-se ao tema “De volta ao Brasil 500 anos de-

EB 2/3 de Gafanha da Nazaré


pois”. Considerou-se pertinente a aproximação cultural entre Portugal e
o Brasil em várias vertentes, da história à literatura e à arte, passando
pelos aspectos etnográficos, ecológicos e um sem número de temáticas
passíveis de tratamento em parceria, unidas por um elo fundamental que
é a Língua Portuguesa.
Foi criado o Clube Nónio, com duas secções, Oficina e Observatório.
Oficina: deu formação aos alunos em aplicações informáticas com
utilidade didáctica (processamento de texto e manipulação de imagem)
HTML (para criar documentos WWW para publicação na Internet), E-
mail (para troca de correspondência electrónica) e IRC (para estabelecer
diálogos e debates em tempo real) e encarregou-se de pesquisar e vali-
dar software educativo, bem como sites de interesse pedagógico, por
forma a construir uma base de dados para consulta permanente pela
comunidade educativa. Como actividades de formação, foi proposto aos
alunos a elaboração de uma página de turma em HTML que integrará o
Anuário da Escola (para publicação na homepage da escola), documen-
tos elaborados em processadores de texto, resultantes de trabalhos de
pesquisa feitos no âmbito disciplinar, da área-escola, jornal escolar e
outros.
Observatório: com base no tema aglutinador explicitado anteriormente,
propusemo-nos colaborar com escolas brasileiras e portuguesas, reali-
zando projectos em parceria utilizando, para tal, os meios disponíveis na
Internet. Na homepage da escola criou-se uma área de arquivo, com
informação e divulgação de materiais resultantes desses projectos co-
muns que se constituiu como uma Feira Virtual permanente, com “stands”
temáticos constantemente actualizados. Cada um destes “stands”
temáticos abrangeu subprojectos de pesquisa e de intercâmbio nas se-

27
guintes áreas: Língua Portuguesa, História, Literatura, Etnografia, Arte... E ainda na Feira
Virtual um espaço que denominámos “Esplanada Virtual” e que teve um carácter lúdico, com
actividades como: torneios de xadrez por correspondência (e-mail), “tertúlias virtuais” por
IRC, concursos jornal de parede...

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
O Projecto Nónio permitiu em primeiro lugar, equipar com algum material informático, uma
Escola que possuía apenas um computador para utilização dos professores e nenhum para
utilização dos alunos.

Em segundo lugar, com este projecto foi dada a possibilidade de largas centenas de alu-
nos tomarem contacto com as novas tecnologias da Informação e Comunicação, o que não
teria sido possível para a grande maioria dos alunos por outra via.

Hoje, a Escola possui uma rede informática funcional que permite a sua utilização por
todos os elementos da comunidade educativa.

Formação
Todos os professores que constituíram a equipa frequentaram uma acção de formação no
Centro de Formação de Professores sobre produção de páginas em HTML. Esta formação
teve como objectivo possibilitar a futura formação dos alunos neste domínio com vista à publi-
cação dos seus trabalhos. Frequentaram também formação de gestão de redes em Windows
NT4 Server.

Foi ministrada pelos professores da equipa, formação básica aos alunos em tratamento
de texto e processamento de imagem.

Materiais produzidos
Foram produzidos trabalhos, nomeadamente “Arte Nova”, “Auto de Barca do Inferno”, “25
de Abril”, “Poemas”... oportunamente publicados na página da Escola, alguns elaborados
exclusivamente no âmbito do Clube Nónio e outros em colaboração com as várias disciplinas.

28
Projecto: “ESPAÇO MULTIMÉDIA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Sá Couto
Rua nº 34
4500-854 ESPINHO
Tel: 227 330 150 Fax: 227 344 838
Email: info@eb23.sa-couto.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Aveiro


Financiamento atribuído: 2 500 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
Este projecto visa dar continuidade ao trabalho desenvolvido nesta

EB 2/3 de Sá Couto
escola desde os tempos do Projecto Minerva. De facto já existe algum
trabalho feito na utilização no quotidiano das T.I.C., mas devido à grande
mobilidade do corpo docente, é ainda necessário investir na formação
nesta área assim como na experimentação em sala de aula.
Os principais objectivos deste projecto:
– Estimular a interdiscplinaridade e multidisciplinaridade;
– Favorecer uma maior motivação dos alunos e docentes no proces-
so de ensino e aprendizagem;
– Incrementar o espírito de experimentação e de pesquisa perma-
nente;
– Permitir uma maior abertura da Escola à “Aldeia Global” em que
estamos inseridos;
– Permitir a crescente preparação dos alunos para a “vida activa”,
onde as tecnologias da Informação e comunicação estão
omnipresentes.

29
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
O projecto funcionou sobretudo no contexto disciplinar, de apoio pedagógico acrescido e
permitiu-se livre acesso da comunidade educativa aos equipamentos, das diversas activida-
des destacamos as seguintes:
– Utilização do software “Sonografe” na resolução de problemas de aprendizagem da
Língua Portuguesa;
– Autoformação e aprendizagem com outros colegas na Utilização da aplicação
“ToolBook”;
– Apoio à edição periódica do Jornal da Escola;
– Colaboração com os alunos do 9.º ano de escolaridade no tratamento de dados esta-
tísticos e realização de gráficos para a publicitação de resultados e conclusões;
– Apoio à aprendizagem e utilização, por parte dos alunos , das Tecnologias da Informa-
ção e Comunicação, nomeadamente:
- Acesso à navegação na Internet;
- Criação e utilização do correio electrónico pessoal;
- Edição de trabalhos para as diversas disciplinas.

Formação
Realizou-se formação e autoformação na exploração/trabalho com:
– Internet;
– Toolbook;
– “Sonografe”;
– Correio electrónico;
– Iniciação e aprofundamento nas aplicações base: processamento de texto, imagem e
folha de cálculo;
– Apresentação electrónica Power-Point.

Materiais produzidos
– Trabalhos de divulgação de eventos: Cartazes, Panfletos...;
– Documentos no âmbito disciplinar;
– Algumas aplicações multimédia;
– Jornal Escolar.

30
Projecto: “IN-FOR-MAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3.º ciclo da Gafanha da Nazaré
Rua Dr. Joaquim António Vilão
3830-686 GAFANHA DA NAZARÉ
Tel: 234 390 890 Fax: 234 390 891
Email: esgafnaz@mail.prof2000.pt

www.prof2000.pt/users/esgafnaz

Associada ao Centro de Competência Nónio: Associação dos C.F. da Área do CAE de Aveiro
Financiamento atribuído: 6 700 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
– Desenvolver e aprofundar o interesse dos alunos pelo trabalho

ES com 3.º ciclo de


Gafanha da Nazaré
Interdisciplinar como forma de ocupação dos tempos livres e com-
plemento das actividades lectivas;
– Integrar a utilização das novas tecnologias na aprendizagem das
várias disciplinas;
– Favorecer a emergência de novas práticas pedagógicas de grupo,
tanto ao nível dos alunos como dos professores das diferentes dis-
ciplinas;
– Desenvolver nos alunos a capacidade de compreender a tecnologia
actual e a sua aplicação nas diferentes áreas do saber;
– Sensibilizar e formar para a utilização de computadores no proces-
so de ensino/aprendizagem como meio privilegiado de apoio à ex-
perimentação, aquisição, e tratamento de dados;
– Mostrar que o conhecimento está em permanente evolução através
do meio de comunicação do presente e do futuro, a Internet;
– Promover o desenvolvimento de estratégias de auto-aprendizagem,
com recurso às novas tecnologias utilizando software educativo;
– Iniciar os alunos no tratamento da informação, através do tratamen-
to de publicações periódicas em língua portuguesa ou estrangeira;
– Aperfeiçoar técnicas de redacção e de tradução de textos escritos;
– Motivar os alunos para o estudo das ligações entre as línguas e
culturas portuguesa e estrangeiras;
– Fomentar o intercâmbio entre alunos portugueses e/ou estrangei-
ros utilizando correio electrónico;
– Criar um observatório meteorológico computorizado;
– Despertar a curiosidade para a verdade cientifica fomentando a pro-
cura na Internet;
– Disponibilizar os meios informáticos necessários à modelação e à
simulação de situações problemáticas, com vista à sua resolução;

31
– Realizar trabalho experimental tendo por base a utilização do sistema de aquisição de
dados (sensores, interface e computador dispondo de software apropriado);
– Divulgar os trabalhos efectuados no âmbito do projecto In-for-mar através da Internet. (os
alunos farão a sua iniciação ao hipertexto e as diversas actividades dos diferentes clubes
que integram o projecto serão reunidas numa homepage cuja concepção, elaboração e
actualização será feita pelos alunos com a supervisão dos professores responsáveis).

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Os objectivos, tal como foram concebidos, nem sempre foram alcançados. Como se
tratou, efectivamente, de um projecto, foi sofrendo, ao longo do tempo, as devidas ava-
liações e os devidos acertos quer em termos de objectivos quer em termos de estraté-
gias e de metodologias.
– Entendemos que a Escola não mais voltará a ser a mesma. Os estudantes
aprenderam a utilizar as TIC para a realização dos seus pequenos e/ou grandes
trabalhos escolares, para a pesquisa e consulta de informação disponível, que na Net
quer no software existente, e para a divulgação dos seus trabalhos e dos seus
interesses.
– A maior parte dos alunos aprendeu a fazer a edição e tratamento de texto e de imagem
e a serem utilizadores hábeis da Net.
– O software educativo adquirido no âmbito do projecto e/ou cedido pelo Centro de For-
mação das Escolas do Concelho de Ílhavo foi bastante utilizado e explorado por todos
os alunos e por alguns com necessidades educativas especiais.
– O objectivo menos conseguido pelos estudantes foi a criação de páginas para a Net, o
que a esta distância se compreende. É natural que, antes de começar a escrever haja
uma sede de leitura e de consulta em tão vasta “ Biblioteca “. No princípio qualquer
página sobre qualquer assunto tem interesse quanto à informação, ao grafismo e à
apresentação. O desejo da criação só nasce mais tarde e, na maior parte dos casos
não tivemos tempo para isso.

Formação
Os professores intervenientes no projecto receberam bastante formação dinamizada pelo
Centro de Formação das Escolas do Concelho de Ílhavo e pelo Centro de Competências dos
Centros de Formação da Área do C.A.E. de Aveiro. As principais acções de formação foram:
– Produção de páginas em HTML e utilização de correio electrónico;
– As bases de dados como ferramenta pedagógica;
– Actualização de conhecimentos sobre processamento de texto;
Para além desta formação todos os professores fizeram muita auto-formação individual e
em grupo.

Materiais produzidos
O projecto permitiu a realização de melhores trabalhos pessoais e de melhores trabalhos
da Área Escola quer ao nível dos conteúdos quer ao nível da apresentação. Embora não haja
um trabalho final há muitas vitórias pessoais de muitos alunos e de alguns professores.

32
Projecto: “HTTP: ENSINO TOTAL”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3.º ciclo do Dr. João Carlos
Celestino Gomes
Rua da Escola Secundária
3830-135 ÍLHAVO
Tel: 234 325 963 Fax: 234 323 406
Email: antonioneves@hotmail.com
Escolas associadas: EB 1 nº 1 de Ílhavo

www.prof2000.pt/users/esdjccg
Associada ao Centro de Competência Nónio: Associação dos C.F. da Área do CAE de Aveiro
Financiamento atribuído: 6 700 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
A Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes e a Escola

Dr. João Carlos Celestino Gomes


ES com 3.º ciclo do
Primária n.º 1 de Ílhavo – uma comunidade escolar de cerca de 1350
alunos – apresentaram um projecto trienal ao Programa Nónio HTPP:
Ensino Total.
Na presente situação, é prática pedagógica corrente atribuir um peso
maior à dimensão cognitiva do que à dimensão pessoal e social em todo
o processo de ensino/aprendizagem (o importante é a matéria, os con-
teúdos, o programa...). As próprias Tecnologias de Informação e Comu-
nicação têm sido utilizadas no sentido de reforçar essa dimensão. Não
só este modelo de ensino é incompleto, como ao subvalorizar uma com-
ponente, prejudica o desenvolvimento da outra.
Alcançar o ensino total foi o objectivo que nos propusemos – equili-
brar as duas componentes para conseguir um ensino eficaz e completo.
Como estratégia promovemos a utilização das Tecnologias da Informa-
ção e Comunicação em áreas extracurriculares agindo directamente so-
bre a dimensão pessoal/social e, indirectamente, sobre a dimensão
cognitiva. Os alunos, individualmente ou em grupo, têm livre acesso a
um conjunto de computadores – com ligação à Internet e possibilidade
de interfaces gráficos. Se bem que supervisionados por um professor da
equipa, serão eles que, dentro de uma matriz global, escolhem as tare-
fas que desejam realizar.
As tipologias das actividades foram concebidas tendo em conta a
heterogeneidade do universo de alunos. Existem três tipos, a que cha-
mámos iniciação, informação e investigação. Estes conjuntos de acções,
articuladas sequencialmente, correspondem a três estádios de utiliza-
ção do media informático, desde a manipulação básica até à utilização
do computador como ferramenta de percepção e intervenção no mundo.

33
Este projecto produziu resultados a dois grandes níveis. Em primeiro lugar ao nível da
valorização dos recursos humanos, traduzida na capacidade de manuseamento de hardware
e software por parte de professores e alunos. Em segundo lugar na produção de trabalhos e
outros materiais de divulgação junto da comunidade escolar. Estes elementos contribuirão
para reforçar as componentes regionais e individuais dos curricula.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Os resultados de três anos de projecto são bem visíveis. Neste momento existe uma
rede de computadores de acesso universal e a sua livre utilização por qualquer membro da
comunidade escolar é já habitual. Uma funcionária atribui contas (logins) a professores e
alunos, sendo raro aquele que, neste momento, não possua rudimentos de utilização. Um
professor vai fazendo a administração do sistema. Esta autonomia é o resultado mais
visível do projecto e satisfaz-nos plenamente. Será talvez isto a informatização? Há mais de
300 contas de utilizadores regulares, entre professores e alunos. A nossa escola possui
cerca de 100 professores e cerca de 620 alunos.

Formação
A equipa do projecto (re)formou-se a valer! Ao longo dos anos em que decorreu o projecto,
os docentes envolvidos no projecto frequentaram uma acção de correio electrónico e de pro-
dução de página em html (50 horas), a acção de “multimedia e a prática docente (25 horas),
outra de bases de dados (50 horas) bem como a acção de Windows NT4 (50 horas). A nossa
querida funcionária frequentou diversas acções sobre informática!
Mas também demos formação. Mais de duzentos alunos foram minimamente iniciados
nos mistérios da informática do ponto de vista do utilizador – tantos quantos os cartões atribu-
ídos!

Materiais produzidos
Fizemos e ajudámos a fazer: cartões magníficos para os utilizadores – tutoriais sobre
vários temas (nível 0 – básico, nível 1 – ambiente Windows, nível 2 – visualização de cd-roms,
nível 3 – impressão, nível 4 – navegação na Internet, nível 5 – edição de texto, nível 6 – folha
de cálculo, nível 7 – processamento de imagem, nível 8 – digitalização, nível 9 – outros conhe-
cimentos) – a página de Internet da escola – um concurso de “Webquest”; – um pequeno guia
da internet; – base de dados para a biblioteca – diversos trabalhos em quase todas as áreas
curriculares.

34
Projecto: “DINÂMICAS DE ESCOLA COM RECURSO ÀS TIC”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3.º ciclo Dr. Jaime M. Lima
Rua das Cardadeiras – Esgueira
3800 AVEIRO
Tel: 234 311 871 Fax: 234 311 567
Email: ese@telepac.pt

www.prof2000.pt/users/esjmlima

Associada ao Centro de Competência Nónio:Associação dos C.F.da Área do CAE de Aveiro


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
Dar mais valias e ao mesmo tempo potenciar o funcionamento dos

ES com 3.º ciclo


Dr. Jaime Magalhães Lima
clubes, sala de estudo, biblioteca, área escola, laboratórios, polivalente,
associação de estudantes, montar um centro de recursos, quiosque
multimédia, elaborar a página da escola, criar bases de dados nos labo-
ratórios e intercâmbios com escolas nacionais e estrangeiras.
O maior êxito deste projecto foi o Centro de Recursos que prestou um
grande serviço , em várias vertentes, a um número muito significativo de
elementos da comunidade escolar.
O Projecto pretendeu contribuir, de modo decisivo, para fomentar a
maior participação dos alunos nas actividades propostas pelos clubes e
pela Área-Escola, interligando ambos, divulgando amplamente as suas
iniciativas e realizações, capazes de abrir novas perspectivas de traba-
lho e pesquisa, num ambiente multidisciplinar.
De um modo global o projecto apresentou-se nas suas várias verten-
tes:
– Quiosque multimédia – Dinamizando a homepage da escola, in-
centivando o cyberconvívio entre os alunos e o acesso à Internet;
– Sala de estudo, biblioteca e centro de recursos – Constituindo um
lugar de troca de ideias, de utilização de software didáctico e das
novas tecnologias de informação;
– Viva a escola/clubes – Construção e actualização da página da
Internet do Clube;
– Laboratórios de tecnologias de informação;
– Laboratórios de química;
– Laboratórios de matemática.

35
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Saliente-se as actividades de Área-Escola, o projecto Sócrates Comenius (parceria com
três escolas, finlandesa, italiana e checa) e as actividades docentes com o enriquecimento de
meios audio-visuais.
Dinamizaram-se no segundo e terceiro anos do projecto acções de divulgação e aprendi-
zagem das TIC, envolvendo cerca de 70 elementos da comunidade escolar.
Os alunos participaram na criação de uma dinâmica de clube/área-escola, na criação,
animação e actualização das homepages dos clubes a funcionar na escola, num processo de
trabalho interdisciplinar:
– Utilização das TIC na edição do jornal;
– Aplicação das TIC no manuseamento de imagens;
– Produção gráfica de imagens e composição;
– Preparação de visitas de estudo;
– Intercâmbio de trabalhos com escolas parceiras do projecto Socrates/Comenius.

Formação
Participação em acções de formação a distância no âmbito do projecto Prof2000, e junto
dos Centros de Formação associados ao Centro de Competência Nónio.
Os docentes envolvidos no projecto frequentaram formação creditada e não creditada de
curta duração potenciando a utilização das TIC no ensino das línguas e no reforço a alunos
em situação de apoio pedagógico acrescido.

Materiais produzidos
– Construção de Páginas Web e realização das respectivas actualizações.
– Elaboração de materiais de suporte e apoio a diferentes actividades dos clubes e materi-
ais de intercâmbio com escolas parceiras.

36
Projecto: “ESPAÇO DE INTERACÇÃO COMUNICATIVA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES Dr. Manuel Gomes de Almeida
Rua 35
4500 ESPINHO
Tel: 227 340 580 Fax: 227 346 804
Email: esmga@mail.telepac.pt

www.rede-nonio.min-edu.pt/es/almeida/

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Aveiro


Financiamento atribuído: 5 800 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto
Pretende-se com este projecto, a formação integral do aluno, isto é,

Dr. Manuel Gomes de Almeida


ES com 3.º ciclo
o seu desenvolvimento pessoal e social. Assim, deve ser preocupação
prioritária da Escola ir ao encontro desde princípio, olhando para o
aluno como um indivíduo, fomentando o seu gosto critico e a criatividade,
permitindo que se assuma como interveniente activo no seu processo
de aprendizagem, habilitando-o para uma formação autónoma e cons-
ciente.
Esta necessidade também é sentida de modo muito particular no
nosso Projecto Educativo de Escola, onde é defendido que a Escola
deve ser um espaço educativo, um espaço de desenvolvimento global
onde nasça o gosto por aprender, o respeito pelo trabalho, autonomia
e o respeito por valores de solidariedade, tolerância, respeito e coope-
ração.
A criação de Clubes ou Núcleos, vem responder à necessidade de
ocupação dos tempos livres dos alunos e a sua permanência na Esco-
la, vem animar o processo de aprendizagem, atribuindo aos conheci-
mentos pertinência e valor, articulando os conteúdos programáticos
com a experiência concreta e indo ao encontro dos interesses, motiva-
ções e expectativas dos alunos.
A participação nestas actividade habilita-os para uma formação cada
vez mais autónoma, tomando-os capazes de uma auto-formação con-
tinuada.
Tendo em conta as competências exigidas pela evolução técnica e
científica, principalmente a importância das Tecnologias de Informa-
ção e Comunicação na sociedade actual, e considerando que a escola
não se pode alhear dessa realidade, devendo antes, facultar aos alu-
nos o acesso a instrumentos que lhes permitam construir o seu pró-
prio saber, os autores deste projecto propõem a criação de um Espaço
de Interacção Comunicativa, que estará aberta ao intercâmbio de infor-
mação e trabalhos com todos os que com ele queiram participar.

37
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Consulta e pesquisas de dados;
– Selecção e análise;
– Organização e gestão da informação;
– Produção e edição de informação (criação de textos e páginas da web);
– Animação e ocupação dos tempos livres;
– Intercâmbio com outras escolas ou instituições;

Formação
– Processador de texto;
– Folha de calculo;
– Produção de páginas Web;
– Apresentação electrónica: PowerPoint;
– Internet – navegação e correio electrónico;

Formação dos professores responsáveis pelo projecto Nónio:


– Iniciação: “ToolBook” e “PowerPoint” .

Formação de professores da escola em:


– Processador de texto - Winword – Iniciação;
– Processador de texto - Winword - Aprofundamento;
– Folha de Calculo - Excel – Iniciação;
– Apresentações Electrónicas - PowerPoint – Iniciação;
– Criação de páginas da web - FrontPage 98 – Iniciação.

Materiais produzidos
– Páginas Web;
– Apresentações electrónicas;
– Panfletos;
– Materiais para multimédia (fotos para páginas e outros);
– Software educativo em ToolBook (pequenas aplicações);

38
Projecto: “REVISTA WEB SOBRE ADOLESCÊNCIA, SAÚDE E ESCOLA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3.º ciclo Dr. Manuel Laranjeira
Praceta Dr. Manuel Laranjeira
4502 ESPINHO
Tel: 227 330 830 Fax: 227 344191
Email: laranjeira@poboxes.com

www.nca.pt/laranjeira
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Aveiro
Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Aveiro
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo


Dr. Manuel Laranjeira
O projecto materializa-se na criação de um lugar virtual – a Revista
Web – que permita expandir o uso das novas tecnologias na escola, pre-
tende-se induzir a apropriação e uso mais amplo das novas tecnologias,
nomeadamente na sala de aula, e prática de conteúdos curriculares, para
além da realização de actividades de Apoio Educativo Acrescido e das
realizadas nos Clubes, onde o seu uso se encontra mais implementado.
O recurso às novas tecnologias far-se-á no domínio da pesquisa, discus-
são, execução e avaliação das acções: o desenvolvimento das activida-
des será baseado no uso efectivo das tecnologias emergentes, integran-
do as já amplamente divulgadas e relacionadas com as tecnologias da
educação (vídeo, cinema, TV, etc.) e convencionais (texto, imagem).
Pretende-se realizar experiências em tempo real (através de acções
de participação virtual na Internet) de transmissão, pesquisa, ensino e
participação em debates e divulgação.
A Revista tem como tema “Adolescência, Escola e Saúde” e será um
espaço de reflexão e discussão sobre a adolescência e pretende a pro-
moção da Saúde integral do adolescente, no sentido amplo daquela. Pre-
tende contribuir para reflectir e aprofundar o conhecimento de si mesmo
e do outro e de manter a saúde física e psicológica, conhecer melhor e
preservar o meio ambiente, revalorizar a componente ética e cultural da
Educação.
Para a concretização da Revista tWeb traçou-se um quadro de activi-
dades a desenvolver pelos alunos, fazendo-se da articulação e coopera-
ção a base da interdisciplinaridade. As actividades desenvolvem-se na
área de Projecto, do anteprojecto à pós-produção e divulgação; da pes-
quisa; da produção de textos, fotografia e ilustração; passando pela rea-
lização de uma entrevista, de um dicionário de termos na área da saúde,
no âmbito de cuidados primários e prevenção; pela tradução; e pela rea-

39
lização de uma colecção de t-shirts e cartazes para a realização de uma exposição virtual, e
ainda pela recolha e produção de informação sobre tempos livres e realização de cursos de
iniciado a navegação na Web e a linguagem HTML.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Foi feita a formação base aos professores e alunos que permitiu a utilização dos equipa-
mentos informáticos nas várias vertentes do projecto: utilização em sala de aula; produção da
Revista WEB; utilização dos recursos da Internet quer em contexto de aula, quer no das
actividades extracurriculares.
A Revista Web “E-Zine NÓS”, recebeu o contributo entusiástico dos diversos alunos pois
encontraram aqui uma forma de expressar as suas ideias, aproveitando o “encanto” que as
tecnologias emprestam a estes projectos de comunicação... Em papel não é a mesma coisa!

Formação
– Iniciação e aprofundamento nas aplicações base: processamento de texto, imagem e
folha de cálculo;
– Oficina de HTML;
– Comunicação na Internet;
– Apresentação electrónica Power-Point.

Materiais produzidos
– Revista Web “E-Zine NÓS”, que se encontra on-line;
– Trabalhos de divulgação de eventos: Cartazes, Panfletos...;
– Páginas dos alunos para a Internet;
– Documentos no âmbito disciplinar.

40
Sumário

BEJA

Escolas sede com ficha síntese do projecto


EB 2/3 com Sec. de S. Sebastião
ES com 3.º ciclo de Castro Verde

41
42
Projecto: “A TELEMÁTICA NA DEFESA E PROMOÇÃO DO MEIO AMBIENTE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 c/ Sec. de S. Sebastião
de Mértola
Achada de S. Sebastião
7750 Mértola
Tel: 286 612 803 Fax: 286 612 805
Email: escolaebmertola@mail.telepac.pt
Escolas associadas: EB1 de Via Glória; EB 1
de Mértola e EB 1 de Penedos
www.eb23-s-sebastiao mertola.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 5 258 000 Esc.

Beja
Descrição do Projecto
Este projecto teve como linha de força a ligação comunicacional en-

EB 2/3 com Sec. de S. Sebastião


tre as escolas EB 2/3 c/ Sec. de Mértola, coordenadora do projecto, 3
escolas do 1º Ciclo (Mértola, Penedos e Via Glória) e a EBM de Penedos.
Por outro lado, o trabalho a realizar pelos alunos e professores das 4
escolas foi desenvolvido no âmbito da área-escola e os temas abordados
foram relacionados com a defesa e património do concelho. Por último,
os produtos resultantes da área-escola (CD-ROM, brochura sobre
espécies em extinção, textos de apoio a visitas de estudo ao centro
histórico da vila de Mértola e roteiro de apoio a visitas de barco ao vale do
Guadiana), foram reproduzidos para promoverem a vinda de alunos de
outras escolas ao concelho.

43
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Integrar o trabalho das várias disciplinas de forma a poderem beneficiar do uso das
novas tecnologias de informação e comunicação;
– Criar uma rede telemática para intercâmbio de experiências/informações entre as esco-
las do 1º Ciclo (Penedos, Via Glória e Mértola) e a C+S de Mértola;
– Cooperar com as instituições locais nomeadamente, A.D.P.M, Parque Natural do Vale
do Guadiana e Campo Arqueológico, em acções relacionadas com a defesa e protec-
ção do património do concelho;
– Introduzir recursos educativos modernos e inovadores nas escolas do concelho, como
forma de motivação de alunos e professores para a temática ambiental;
– Potenciar os recursos materiais e humanos existentes na C+S de Mértola para propiciar
aos alunos e professores do 1º Ciclo estratégias de combate ao isolamento;
– Contribuir para a inserção dos jovens no mundo das TIC;
– Estimular aptidões e atitudes diversas, contribuindo para o desenvolvimento global dos
alunos através da utilização das tecnologias de informação e comunicação;
– Contribuir para a inserção dos alunos na realidade social e cultural que os envolve;
– Perspectivar as novas tecnologias como instrumentos para induzir mudanças no pro-
cesso de aprendizagem;
– Organizar materiais de informação para a promoção de turismo educativo junto de ou-
tras escolas do país.

Formação
– Realização de acções de formação destinadas a professores sobre a exploração didác-
tica da Internet e edição electrónica.
– Elaboração de um manual de acesso, criação e manipulação de publicações na Internet.
– Formação para a criação de materiais multimédia e vídeo digital.
Esta formação foi realizada pela Centro de Competência Nónio.

Materiais produzidos
– Elaboração de software educativo alusivo ao património cultural e ambiental da região,
no âmbito da área-escola;
– Criação de um jornal colaborativo entre as escolas do 1º ciclo e a E.B.M de Penedos.
– Produção de roteiros de apoio a visitas de estudo ao centro histórico da vila de Mértola,
para promoção de turismo educativo;
– Produção de material educativo publicado na web (www.minerva.uevora.pt/mertola/lontra)

44
Projecto: “2000/2001 Odisseia na Escola”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3.º ciclo de Castro Verde
Rua José Gomes Ferreira
7780 CASTRO VERDE
Tel: 286 320 070 Fax: 286 322 115
Email: sec.castroverde@mail.telepac.pt
info@esec-castro-verde.rcts.pt

www.esec-castro-verde.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora
Financiamento atribuído: 2 815 000 Esc.
Beja
Descrição do Projecto
Ao longo destes três anos foram delineadas estratégias e lavrados

ES com 3.º ciclo de Castro Verde


caminhos susceptíveis de cativar os alunos para a Escola, tendo em con-
ta que as principais problemáticas continuam a ser a indisciplina e
desmotivação que os jovens demonstram pela instituição escolar.
O projecto apresentava três vertentes:
Dinamização das actividades do Clube de Informática , Rádio
Escolar, Canal TV e Clube das Ciências em que os produtos finais
serão:
– Edição dos Jornais “Snoop” e “Espojinho” como agentes de divul-
gação à comunidade escolar e local de trabalhos de investiga-
ção, reflexões, passatempos e concursos;
– Produção de material vídeo de natureza pedagógica como supor-
te do processo ensino-aprendizagem.
Internet e Intranet, para o desenvolvimento de diversas actividades:
– Construção de páginas Web da Escola;
– Jornais “Snoop” e “Espojinho” na Internet como meio de divulga-
ção a um nível mais alargado;
– Base de dados da Escola - criação e manutenção.
Alunos com necessidades educativas especiais - As TIC como meio
de comunicação alternativa.
– Sala de aula interactiva

45
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Edição dos jornais escolares Snoop e Espojinho
– Produção de material vídeo de natureza pedagógica
– Montagem de uma mini estação meteorológica
– Emissões na Rádio Escolar
– Construção de páginas web
– Criação e manutenção de uma base de dados da Escola

Formação
No Centro de Competência da Universidade de Évora: “O que os professores e alunos
podem fazer usando o Office97”; Internet; Construção de páginas www; Produzir Vídeo; e
Publicações Escolares.
Autoformação

Materiais produzidos
Filme REGINA - Situações, vivências, conflitos, encontros e
desencontros sucedem-se. Da sessão de espiritismo à queda
na piscina; da discussão com o seu melhor amigo às saídas
nocturnas sem autorização da mãe; das paixões aos desenga-
nos, Regina procura e procura-se no meio de um conjunto d e
adolescentes que, como ela, traçam o seu futuro: Duração:
1.20h.

RILPH BIRD -
Uma curta história de policias e ladrões na América
dos anos 30.
Duração:7m

EM BUSCA DA MEMÓRIA
Pelas palavras e pelas imagens viajamos pelo Alentejo deixando des-
cobrir, por entre o ondulado das searas e a brancura do casario,
rastos da sua memória. Gentes de hoje, mestres em artes ances-
trais, mostram com o seu exemplo e singularidade que a identidade
se preserva buscando e reinventando a tradição das artes e dos
ofícios. 6 Vídeos de 5 m cada

O POLIEDRO NA ESCOLA
Como se constrói um Poliedro?Os alunos do 9º ano mos-
tram-nos como se constrói um poliedro em tamanho gi-
gante para colocar no pátio da escola. Duração:7m

46
Sumário

BRAGA

Escolas sede com ficha síntese do projecto


CERCIFAF
EB 1 de Adonela
EB 1 de Assento n.º 2
EB 1 de Cabeceiras de Basto
EB 1 de Celorico de Basto
EB 1 de Fermil de Basto
EB 1 de Igreja (Cepães)
EB 1 de Outeiro
EB 1 de Paredes (Rio Caldo)
EB 1 de Póvoa de Lanhoso
EB 1 de Salgueiros
EB 1 de Toural
EB 1 de Vilar (Travassós)
EB 1 n.º 1 de Estalagem
EB 1 n.º 2 de Cortinhas
EB 1 n.º 2 de Cumieira
EB 1 nº 29 de Braga (Enguardas)
EB 2/3 de Montelongo
EB 2/3 Prof. Carlos Teixeira
EB 2/3 com Sec. Padre Martins Capela
ES com 3.º ciclo Póvoa de Lanhoso

Escolas sede sem ficha síntese do projecto (por não ter sido enviada)
EB 2/3 Frei Caetano Brandão

47
48
Projecto: “PROCER”
Contactos da Escola sede
Endereço: CERCIFAF
Rua 9 de Dezembro, 99
4820-161 FAFE
Tel: 253 490 830 Fax: 253 490 839
Email: cercifaf.edu@mail.telepac.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 4 300 000 Esc

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

CERCIFAF
Este projecto desenvolve-se no Centro de Educação e Reabilitação da
CERCIFAF, que tem constituído um departamento institucional privilegia-
do e um campo experimental valioso para a investigação e aplicação do
trabalho que tem vindo a ser realizado no âmbito das TIC.
Face à motivação dos alunos pelas TIC e Robótica, e aos resultados
obtidos em anos anteriores estamos a dar continuidade ao projecto
PROCER, com objectivo de contribuir para o gradual sucesso educativo e
aprendizagem de todos os alunos da unidade CER.

Objectivos:
– Potenciar o desenvolvimento de capacidades cognitivas ao nível da
percepção, atenção, memória e raciocínio;
– Promover as aquisições de base ao nível da leitura, escrita, cálculo,
autonomia e estudo do meio;
– Consolidar um projecto educativo experimental em sintonia com o
Centro de Competência;
– Utilizar a telemática educativa e a Internet como fonte de informa-
ção e de recursos.

Actividades:
– Elaboração de jogos de personificações: jogos em equipas labirin-
tos, itinerários, maquetes, utilizando sistematicamente o apoio da
Robótica e do computador;
– Criação de ambientes de aprendizagens com recurso às TIC;
– Utilização de materiais diversificados (didácticos, desperdícios, ob-
jectos concretos, software educativo e acessórios) para a
concretização de exercícios;

49
– Utilização de sensores de luzes, de som, de tacto, caixa de controle, na Roamer,
para uma maior diversificação das estratégias e reforço positivo da aprendizagem;
– Comunicação inter-escolas.

Balanço Efeitos do Projecto


Actividades
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjunto
de software educacional adquirido no âmbito do projecto.
– Intervenções específicas de terapias e de desenvolvimento cognitivo
– Desenvolvimento de acções para a educação ambiental
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas.
– Participação nas actividades NETD@YS

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC
– Aprendizagem com recurso às TIC
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC
– Desenvolvimento de Software Educativo e recursos complementares

Seminários:
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração.
Recursos e metodologias (1998).

– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à pratica. Resultados


(1999).

Materiais produzidos
– Fotografias e videos que registam momentos significativos da realização de actividades
associadas ao desenvolvimento do projecto.
– Pequenas aplicações para aquisições básicas – forma, cor e dimensão e relação causa-
-efeito.
– Aperfeiçoamento de metodologias de intervenção pedagógica junto de crianças com
necessidades educativas especiais.

50
Título do Projecto: “ANDOMATICA”

www.rede-nonio.min-edu.pt/1cic/adonela
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Adonela-Fafe
Adonela
4820-005 ANTIME
Tel: 253 595 177 Fax: 253 595 966
Email: info@eb1-adonela.rcts.pt
Escolas associadas: EB 1 do Bairro e EB 1 de Docim

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 4 600 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 1 de Adonela
Este projecto desenvolveu-se no âmbito da associação de três esco-
las: Adonela, Bairro e Docim. A sua apresentação fundamentou-se na
necessidade de obter mais recursos e de enriquecer o trabalho pedagó-
gico com a utilização das tecnologias da informação e da comunicação.

Objectivos:
– Fomentar o gosto pelo conhecimento;
– Desenvolver um processo de ensino-aprendizagem com novos re-
cursos e equilibrado relativamente às componentes do saber, do
saber-fazer e dos valores;
– Criar situações pedagógicas que permitam esclarecer e perspectivar
um projecto de vida e de cidadania para o futuro;
– Utilizar a Internet para proporcionar aprendizagens inter-culturais.

Actividades:
– Formação de grupos de trabalho para recolha de informação em
fontes diversificadas e organização de colóquios, debates e reuni-
ões;
– Áreas temáticas – Meios de Comunicação, Património Desportivo
e Cultural e Educação Ambiental – A Água;
– Elaboração do Jornal Escolar;
– Troca de experiências e de materiais com outras escolas através
da Internet;
– Semana do Netd@ys.

51
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, de avaliação e estimulo de acti-
vidades pedagógicas e culturais;
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto;
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar em sinergia com o projecto, nome-
adamente na aquisição de alguma bibliografia para professores no âmbito da utilização
das TIC;
– Participação nas actividades NETD@YS.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Telemática Educativa/Internet;
– Concepção e realização de publicações escolares.

Seminários
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias (1998 ).

– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à pratica. Resultados


(1999 ).

Materiais produzidos
– Publicações Escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas, desdobráveis in-
formativos e compilação de Provérbios;
– Internet: criação de homepage;
– Fotografias e videos que registam momentos significativos da realização de actividades
associadas ao desenvolvimento do projecto.

52
Projecto: “O BASTINHAS JÚNIOR”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Assento n.º 2
Mota - Fervença
4890-314 FERVENÇA
Tel: 255 489 897 Fax: 255 489 899
Escolas associadas: EB1 de Assento n.º 1
e EB1 de Portela

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 3 900 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 1 de Assento n.º 2
Este projecto integra três escolas situadas numa das regiões rurais
mais pobres do distrito de Braga e frequentadas por crianças pouco
motivadas e oriundas de meios familiares económica e culturalmente
desfavorecidos. A apresentação deste projecto prende-se com a
necessidade de dotar a escola com os meios logísticos capazes de a
transformar num centro de formação que motive os alunos e atraia a
comunidade.

Objectivos:
– Estruturar o conhecimento de si próprio, desenvolvendo atitudes
de auto-estima e de auto-confiança e valorizando a sua identidade
e raízes;
– Identificar os principais elementos do Meio Social envolvente
(família, escola, comunidade e suas formas de organização e
actividades humanas) comparando e relacionando as suas
principais características;
– Utilizar alguns processos simples de conhecimento da realidade
envolvente (observar, descrever, formular questões e problemas,
avançar possíveis respostas, ensaiar, verificar), assumindo uma
atitude de permanente pesquisa e experimentação;
– Seleccionar diferentes fontes de informação (orais, escritas,
observação...etc.) e utilizar diversas formas de recolha e de
tratamento de dados simples (entrevistas, inquéritos, cartazes,
gráficos, tabelas);
– Utilizar diferentes modalidades para comunicar a Informação
recolhida.

53
Actividades:
– Edição de um jornal escolar, em suporte papel, para a comunidade local , e virtual para
a "Internet", que reflicta as actividades pedagógicas desenvolvidas para a realização
das aprendizagens no âmbito da Língua Materna, Matemática, Áreas de Expressão e
do Meio Físico;
– Desenvolvimento de um projecto de levantamento do meio local, sua história
(economia, localização, tradições populares, festas, locais de interesse turístico, etc)
a efectuar pelos alunos;
– Ligar as escolas isoladas via internet, permitindo aos alunos confrontarem-se com
outras realidades, fazendo aprendizagens interculturais;
– Ligar as escolas isoladas via internet, permitindo "Fóruns de Discussão”, sobre a
Educação.

Balanço Efeitos do Projecto


Actividades
Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo melhorias
no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como elemento
dinamizador de aprendizagens. A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização
do Correio Electrónico como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de
estabelecer pontes de comunicação com outras escolas. Utilização das TIC e criação de
ambientes de aprendizagem suportados por um conjunto de software educacional adquirido
no âmbito do projecto.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Telemática Educativa / Internet;
– Concepção e realização de publicações escolares;

Seminários:
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recursos
e metodologias (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à prática. Resultados
(1999)

Materiais produzidos
– Publicações Escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas, desdobráveis
informativos e compilação de trabalhos dos alunos;
– Fotografias e videos que registam momentos significativos da realização de actividades
associadas ao desenvolvimento do projecto.

54
Título do Projecto: “RUMO AO FUTURO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Cabeceiras de Basto
Bairro João Paulo II - Cerca dos Frades
4860-360 CABECEIRAS DE BASTO
Tel: 253 661 260

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Braga
Descrição do projecto
Contexto:

EB 1 de Cabeceiras de Basto
Este projecto desenvolveu-se na escola sede do concelho.
A sua apresentação fundamentou-se na necessidade de obter mais
recursos e de enriquecer o trabalho pedagógico com a utilização das
tecnologias da informação e da comunicação.

Objectivos:
– Promover a introdução das TIC no processo ensino/aprendiza-
gem;
– Capacitar os alunos para os desafios da modernidade;
– Sensibilizar e formar os professores para a utilização das TIC;
– Contribuir para a melhoria da qualidade de ensino e para o suces-
so educativo através de novas estratégias enquadradas num pro-
jecto global de escola;
– Proporcionar o contacto e a troca de experiências com outras es-
colas e outros centros;
– Estimular a criatividade;
– Estimular a exploração de problemas e testar soluções;
– Aplicar os conhecimentos em diferentes situações;
– Valorizar pessoalmente os intervenientes;
– Valorizar a socialização dos intervenientes;
– Promover a responsabilização e a autonomia dos alunos.

Actividades:
– Leitura e interpretação de mensagens;
– Escrita e digitalização de textos;
– Pesquisa de informação;
– Processamento de imagem;
– Realização de cálculos;
– Operacionalização de formas de comunicação;

55
– Edição de textos, imagens e sons;
– Consultas em suportes electrónicos;
– Jogos e programas didácticos;
– Publicação de materiais escolares e edição de jornal escolar.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens.
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas.
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto.
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar em sinergia com o projecto.
– Participação nas actividades Netd@ys.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC
– Aprendizagem com recurso às TIC
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC
– Telemática Educativa / Internet
– Concepção e realização de publicações escolares

Seminários:
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à pratica. Resulta-
dos. (1999)

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal Escolar “ O Zé Calcinhas”, cartazes, fichas pedagógicas,
desdobráveis informativos e compilação de provérbios.

– Fotografias e trabalhos que registam momentos significativos da realização de activida-


des associadas ao desenvolvimento do projecto.

56
Projecto: “TIC NA EDUCAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Celorico de Basto
Vila – Britelo
4890 CELORICO DE BASTO
Tel: 255 323 955

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 3 500 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto

EB 1 de Celorico de Basto
A Escola do 1º Ciclo do Ensino Básico de Celorico de Basto é a esco-
la sede de um concelho rural, um dos mais pobres do país, com uma
elevada percentagem de alunos com Necessidades Educativas Especi-
ais.
Este projecto orienta-se no sentido de:
– Apoiar, recorrendo às TIC, o elevado número de alunos com Ne-
cessidades Educativas Especiais que frequentam a escola;
– Apoiar toda a comunidade escolar, no domínio das Aquisições Es-
colares e no domínio da Estimulação Cognitiva, recorrendo à utili-
zação de software educacional especificamente elaborados para
os domínios da Leitura, Escrita, Cálculo, Matemática, Estudo do
Meio e Expressão;
– Envolver toda a comunidade escolar na produção e edição de ma-
teriais informação, nomeadamente a criação de um jornal trimes-
tral.
Para além dos objectivos propostos para o 1.º Ciclo do Ensino Básico
nas diferentes áreas, pretende-se com este projecto:
– Explorar as tecnologias de informação/comunicação, tendo em vista
o desenvolvimento de aspectos criativos;
– Facilitar a utilização de instrumentos de trabalho individualmente
ou em grupo, valorizando experiências que favoreçam a maturida-
de, criando atitudes e hábitos de relação e cooperação;
– Manusear e produzir informação, promovendo a pesquisa, reco-
lha, selecção, análise e interpretação de dados.

57
Balanço Efeitos do Projecto
Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC
– Aprendizagem com recurso às TIC
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC
– Concepção e realização de publicações escolares

Seminários:
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Re-
cursos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à pratica. Resulta-
dos. (1999)

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal Escolar ”O Basófias”, cartazes, fichas pedagógicas e
desdobráveis informativos;
– Fotografias que registam momentos significativos da realização de actividades associ-
adas ao desenvolvimento do projecto.

58
Projecto: “CRESCER COM O COMPUTADOR”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Fermil
Fermil
4890-416 MOLARES
Tel: 255 361 049 Fax: 255 323 037

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 1 722 660 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 1 de Fermil de Basto
Este projecto desenvolveu-se numa escola rural.
A sua apresentação fundamentou-se na necessidade de obter mais
recursos e de enriquecer o trabalho pedagógico com a utilização das
tecnologias da informação e da comunicação.

Objectivos:
– Enriquecer e aprofundar a aprendizagem ao longo do Currículo,
usando as TIC como suporte no trabalho de grupo, individual e no
reforço da aprendizagem dos alunos;
– Adquirir confiança e prazer no uso das TIC;
– Encorajar a flexibilidade e a abertura necessárias para aproveitar e
tirar partido das novas tecnologias, fomentando uma nova aborda-
gem pedagógica do ensino-aprendizagem;
– Apoiar as actividades curriculares numa perspectiva multidisciptinar
e transdisciplinar;
– Proporcionar actividades lúdicas que valorizem os centros de inte-
resse;
– Criar nos alunos autonomia e responsabilidade pela própria apren-
dizagem, tornando-os mais auto-confiantes e criativos;
– Apoiar os alunos, de modo especial os alunos com NEE (necessi-
dades educativas especiais), para criarem aptidões e desenvolve-
rem novos interesses.

Actividades:
– Desenhar e pintar criando imagens;
– Recolher e armazenar informações ligadas às actividades econó-
micas, culturais e sociais do meio;

59
– Recolher imagens;
– Elaborar o jornal escolar e os álbuns temáticos;
– Aplicar em diversas actividades os programas de carácter lúdico e educativo que este-
jam de acordo com as suas necessidades.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um con-
junto de software educacional adquirido no âmbito do projecto;
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar em sinergia com o projecto,
nomeadamente na aquisição de alguma bibliografia para professores no âmbito da
utilização das TIC.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Concepção e realização de publicações escolares.

Seminários
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à pratica. Resulta-
dos. (1999)

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal Escolar “O Reguila”, cartazes, fichas pedagógicas,
desdobráveis informativos e compilação de trabalhos dos alunos;
– Fotografias que registam momentos significativos da realização de actividades asso-
ciadas ao desenvolvimento do projecto.

60
Projecto: “APRENDIZAGEM COM AS TIC”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Igreja
Igreja
4820-025 CEPÃES
Tel: 253 598 020
Email: info@eb1-igreja-cepaes.rcts.pt

www.rede-nonio.min-edu.pt/1cic/igreja/
Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF
Financiamento atribuído: 3 170 330 Esc.

Braga
Descrição do projecto
Contexto:

EB 1 de Igreja (Cepães)
Grande percentagem de alunos manifesta dificuldades de aprendi-
zagem pelo que se revela de capital importância a introdução de novas
tecnologias, na busca de um maior sucesso escolar.
Objectivos:
– Assegurar uma formação geral, garantindo a descoberta e de-
senvolvimento dos interesses e aptidões dos alunos;
– Proporcionar a aquisição de atitudes autónomas e de conheci-
mentos basilares que permitam o prosseguimento de estudos e/
ou facilitar a aquisição e o desenvolvimento de métodos e instru-
mentos de trabalho;
– Permitir às crianças com necessidades educativas especiais con-
dições adequadas ao seu desenvolvimento e melhor aproveita-
mento das suas capacidades;
– Fomentar o gosto por uma constante actualização de conheci-
mentos e criar condições para um maior sucesso escolar e
educativo a todos os alunos.
Actividades:
– Este projecto contemplará três áreas de intervenção todas elas
convergentes com o projecto de desenvolvimento do centro de
Competência CERCIFAF;
– Aprendizagem com recurso às TIC – Actividades para aquisição
de conhecimentos – leitura, escrita, aritmética, cálculo..., progra-
mas de Aquisição de Base destinados a alunos com dificuldades
específicas.
– Internet enquanto fonte de informação e recursos – Actividades de
pesquisa como pretexto para diversas abordagens temáticas
curriculares.
– Concepção e realização de publicações escolares – Actividades
de desenvolvimento e aperfeiçoamento de projectos de imprensa
escolar com recurso a técnicas diversificadas.

61
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, de avaliação e estimulo de
actividades pedagógicas e culturais;
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto;
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar e de Recursos Educativos em
sinergia com o projecto;
– Participação nas actividades Netd@ys.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Telemática Educativa/Internet;
– Concepção e realização de publicações escolares.

Seminários
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à pratica. Resulta-
dos. (1998)

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas e desdobráveis
informativos;
– Internet: criação de homepage;
– Fotografias e vídeos que registam momentos significativos da realização de actividades
associadas ao desenvolvimento do projecto.

62
Projecto: “TIC, JORNAL ESCOLAR, COMPETÊNCIAS LINGUÍSTICAS E SOCIAIS: APREN-
DER, FAZENDO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Outeiro
Rua de S. Miguel
491- 4810 SERZEDO
Tel: 253 542 129 Fax: 253 542 129

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
O projecto acima citado teve como objectivo principal a elaboração

EB 1 de Outeiro
do jornal escolar “Nascente”, utilizando um programa de Edição Electró-
nica. O processo inerente à elaboração do jornal escolar pressupôs uma
infinidade de actividades, por parte do pessoal docente e discente, na
utilização das T.I.C. e da imprensa, tendo sido necessário recorrer à
formação específica nestas áreas.
Houve, ainda, a necessidade do desenvolvimento de uma dinâmica
própria na produção do jornal escolar que envolvesse toda a comunidade
educativa.

63
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Utilização dos computadores nos programas de processamento de texto, de desenho e
pintura, Publisher 98 e Excel;
– Utilização de cd’s educativos;
– Digitalização de imagens;
– Utilização das máquinas de fotografias analógica e digital;
– Utilização de mini-gravadores;
– Estudo dos jornais;
– Pesquisa na Internet, em livros, revistas;
– Trabalhos de grupo;
– Responsabilização dos alunos pelas diferentes páginas;
– Utilização do jornal escolar “nascente” como objecto de estudo na sala de aula.

Formação
– Formação específica na área dos computadores disponibilizadas pelos Centro de
Formação Martins Sarmento e Francisco de Holanda;
– Formação disponibilizada pelo Centro de Competência Nónio Século XXI - Universi-
dade do Minho;
– Auto-formação.

Materiais produzidos
– Jornal escolar “Nascente”;
– Programas das festas de Natal e Fim de Ano;
– Convites;
– Pequenos dossiers de histórias ouvidas e recontadas por escrito.

Consideramos que o material produzido não foi em grande quantidade. No entanto,


fica-nos a certeza de que o trabalho desenvolvido ao longo destes três anos foi muito
positivo em qualidade. As crianças desta escola tiveram, e têm a possibilidade de utilizar
e desenvolver saberes na área das novas tecnologias.

64
Projecto: “REDES TELEMÁTICAS EM ESC. RURAIS: NOVOS RUMOS À ALDEIA GLOBAL”
Contactos da Escola sede

www.iec.uminho.pt/nonio/lethes
Endereço: EB 1 de Paredes
4845-024 RIO CALDO
Tel: 253 391 051
Email: es-paredes@nonio.uminho.pt
Escolas associadas: EB1 de Seara; EB1 de Sobredo;
EB1 de Freitas; EB1 de Lourido; EB1 de Igreja-Britelo;
EB1 de Igreja - Entre-Ambos-os- Rios; EB1 de Campo;
EB1 de Paradamonte; EB1 Ademeus; EB1 de Parada;
EB1 de Pereiró; EB1 de Cidadelhe; EB 1 de Paredes do
Rio; EB1 de Ermida; EB1 de Castelo; EB1 de Gerês; EB 1 de Eira do Penedo; EB1 de Igrejas -
Lamas de Mouro; EB1 de Cunhas; EB1 de Tourém; EB 1 de Rouças; EB1 de Pitões; EB1 de
Outeiro; EB 1 Germil de Cima; EB 1 de Covelães e EB 1 de Azevedo.
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho
Financiamento atribuído: 30 000 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto

EB 1 de Paredes (Rio Caldo)


Trata-se de criar uma Rede Telemática (acesso ao correio electrónico
e ligação à Internet) entre todas as escolas e Jardins de Infância envolvi-
dos, como forma de combater o seu isolamento e de potenciar a sua
situação numa área protegida (Parque Nacional da Peneda-Gerês).
Os principais objectivos eram:
– Quebrar o isolamento, incentivando a fixação de professores e a
recuperação da relação entre alunos/professores/comunidades;
– Promover o desenvolvimento de actividades com base nas redes
de comunicação;
– Aumentar os recursos educativos das escolas.

65
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Utilização educativa e multidisciplinar das TIC;
– Educação Ambiental e comunitária;
– Formação e “reciclagem” de professores;
– Fixação de professores;
– Estratégias de ensino/aprendizagem à distância e com intercâmbio entre escolas;
– Investigação-acção.

Formação
– Utilização educativa das TIC;
– Utilização pedagógica de métodos e recursos educativos, dinâmicos e interactivos;
– Formação em grupo e auto-formação;
– Investigação-acção (como um processo de desenvolvimento pessoal e profissional que
contribua para reformular sistematicamente a maneira de sentir, estar, sentir e agir dos
profissionais de educação – Rodrigues, 1994:31).

Materiais produzidos
– Jornais Escolares;
– Folhetos/Brochuras/materiais de apoio e/ou de divulgação de actividades;
– Exposição de divulgação de actividades;
– Brochura sobre o projecto e sobre algumas actividades telemáticas;
– CD’s com recolha de trabalhos;
– Páginas Web (do projecto conjunto e de algumas escolas individualmente).

66
Projecto: “ESCOLA MULTIMÉDIA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 da Sede - Póvoa de Lanhoso
Largo António Ferreira Lopes
4830-516 PÓVOA DE LANHOSO
Tel: 253 634 800 Fax: 253 634 800
Email: info@eb1-sra-amparo.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 5 840 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 1 de Póvoa de Lanhoso
Este projecto desenvolveu-se numa escola rural.
A sua apresentação fundamentou-se na necessidade de obter mais
recursos e de enriquecer o trabalho pedagógico com a utilização das
tecnologias da informação e da comunicação que, não sendo só por si
suficientes para garantirem o sucesso escolar de todos os alunos, vão
certamente proporcionar uma mais valia na aquisição de novos sabe-
res, numa escola onde os alunos tem graves problemas de aprendiza-
gem (cerca de 25% dos alunos não completa o Ciclo em quatro anos).

Objectivos:
– Promover o sucesso escolar de todos os alunos;
– Diversificar as estratégias de ensino/aprendizagem;
– Permitir o acesso às TIC;
– Promover métodos de trabalho pessoal e em grupo;
– Potenciar a aquisição de atitudes autónomas;
– Proporcionar a aquisição de conhecimentos básicos;
– Fomentar o gosto pela actualização de conhecimentos;
– Assegurar às crianças com NEE as condições ideais para o seu
desenvolvimento e pleno aproveitamento das suas capacidades;
– Desenvolver as competências técnico-pedagógicas dos profes-
sores.

Actividades:
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Concepção e realização de publicações escolares;
– Inventariação e catalogação da biblioteca escolar;
– Elaboração de instrumentos de trabalho.

67
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um con-
junto de software educacional adquirido no âmbito do projecto;
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar em sinergia com o projecto.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Concepção e realização de publicações escolares;

Seminários:
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à prática. Resulta-
dos. (1999)

Materiais produzidos
– Publicações Escolares: Jornal escolar “ Os Pilarzinhos”, cartazes, fichas pedagógicas
e desdobráveis informativos;
– Fotografias e trabalhos que registam momentos significativos da realização de activi-
dades associadas ao desenvolvimento do projecto.

68
Projecto: “SEM COMPUTADOR, QUE FUTURO?”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Salgueiros
Salgueiros
4830-294 GARFE
Tel: 252 943 466
Escolas associadas: EB1 de Monte e EB1
de Quintela

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 1 de Salgueiros
Este projecto desenvolveu-se numa escola rural.
A sua apresentação fundamentou-se na necessidade de obter mais
recursos e de enriquecer o trabalho pedagógico com a utilização das
tecnologias da informação e da comunicação.

Objectivos:
– Buscar o melhor caminho para adequar o ensino às necessidades
e especificidades de cada um;
– Fomentar a pesquisa, a experimentação, a descoberta e o gosto
por uma constante actualização de conhecimentos;
– Assegurar uma formação geral, que lhes garanta o desenvolvimento
dos seus interesses e aptidões, capacidade de raciocínio, memó-
ria, espírito crítico e criatividade;
– Assegurar, às crianças com necessidades educativas específicas
condições adequadas ao seu desenvolvimento e pleno aproveita-
mento das suas capacidades;
– Facilitar o aprender a aprender.
Actividades:
– Elaboração de textos e histórias inventadas e intercâmbio dos mes-
mos inter-turmas e inter-escolas envolvidas no projecto, ligadas ao
Centro de Competência da CERCIFAF;
– Elaboração de questionários e de guiões de visitas, convites, pan-
fletos informativos, cartazes informativos e de sensibilização para
questões sociais e ambientais;
– Pesquisas de tradições, lenga-lengas, adivinhas, provérbios, re-
ceitas, usos e costumes;
– Elaboração do jornal da Escola e envio do mesmo a todas as Esco-
las do Concelho;

69
– Exploração do Software Educativo existente na CERCIFAF e no mercado;
– Desenhar, pintar, ilustrar textos, criar através do processador de Imagem;
– Concursos a nível das 3 escolas envolvidas e a nível do Concelho;
– Visitas a escolas envolvidas no projecto;
– Apresentação de trabalhos, efectuados a todos os níveis, aos Encarregados de Edu-
cação e à população em geral;
– Visitas de estudo às instalações da CERCIFAF para que as crianças se habituem a
respeitar e conviver com a diferença.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Edição electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes
de comunicação com outras escolas;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um con-
junto de software educacional adquirido no âmbito do projecto;
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar em sinergia com o projecto.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Concepção e realização de publicações escolares;

Seminários:
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Re-
cursos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à pratica. Resulta-
dos . (1999)

Materiais produzidos
– Publicações Escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas, desdobráveis
informativos e compilação de trabalhos dos alunos;
– Fotografias e trabalhos que registam momentos significativos da realização de activi-
dades associadas ao desenvolvimento do projecto.

70
Projecto: “ESCOLA VIVA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Toural
Toural
4820-770 SERAFÃO
Tel: 253 943 372
Email: info@eb1-toural.rcts.pt
Escolas associadas: J.I. de Toural

www.rede-nonio.min-edu.pt/1cic/toural

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 1 963 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 1 de Toural
Sendo uma escola rural tem condições para desenvolvimento dum
projecto de TIC na Educação e professores dispostos a criar actividades
e novos ambientes de trabalho.

Objectivos:
– Promover o sucesso escolar;
– Valorizar a auto-estima;
– Desenvolver aspectos cognitivos;
– Contribuir para a integração escolar e social;
– Permitir a igualdade de oportunidades;
– Facultar a utilização das TIC;
– Despertar a curiosidade pela investigação;
– Utilizar a Internet como meio de pesquisa e valorização pessoal.

Actividades:
As actividades desenvolvidas enquadram-se em diferentes linhas de
acção:
– Cumprir de forma inovadora os objectivos gerais e específicos do
programa;
– Levar os alunos à produção de textos, cartazes e cartas que po-
derão ser usadas como intercâmbio entre as turmas e escolas
incluindo a CERCIFAF;
– Usar o processamento de imagem para pinturas, criações e ilus-
trações de textos;
– Para alunos com dificuldades de aprendizagem poderão ser de-
senvolvidos Programas de Aquisição de Base (PAB), uma
metodologia orientada para conteúdos específicos e suportada por
conjuntos coerentes de exercícios.

71
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, de avaliação e estímulo de acti-
vidades pedagógicas e culturais;
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto;
– Dinamização de actividades de educação ambiental;
– Participação nas actividades NETD@YS.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Telemática Educativa/Internet;
– Concepção e realização de publicações escolares.

Seminários
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias. (1998 )
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial - Dos projectos à pratica. Resultados.
(1999)

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas e desdobráveis
informativos;
– Internet: criação de homepage;
– Fotografias que registam momentos significativos da realização de actividades associ-
adas ao desenvolvimento do projecto.

72
Projecto: “OFICINA DE IDEIAS, ARTES E LETRAS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Vilar
Vilar
4820-811 TRAVASSÓS
Tel: 253 506 789 Fax: 253 506 789
Email: info@eb1-vilar-travassos.rcts.pt

www.rede-nonio.min-edu.pt/1cic/travassos

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 4 838 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 1 de Vilar (Travassós)
Desenvolvendo-se este projecto numa escola localizada num meio ru-
ral, com um grande défice sócio económico e cultural, considerada de
“Intervenção Prioritária”, pretende-se alcançar duas finalidades com-
plementares:
– Desenvolver um conjunto de actividades direccionadas para os
alunos com NEE;
– Aproveitar os novos recursos, criando condições que facilitem as
aprendizagens, em novos contextos educacionais, bem como a auto-
estima dos alunos envolvidos no projecto.

Objectivos:
– Diversificar os meios e instrumentos de ensino, com a introdução
de equipamentos e de estratégias que estimulem a observação, a
curiosidade, a pesquisa e a descoberta de novas situações;
– Explorar temas mais gerais ou complexos a partir de questões/te-
mas do conhecimento dos alunos, em articulação com o Plano
Educativo da Escola e as actividades da Área-Escola;
– Ocupar os tempos livres dos alunos (nas férias), em ambientes
lúdico/recreativos, com actividades relacionadas com as TIC;
– Envolver a comunidade local na gestão das actividades, espaços e
equipamentos, até aqui apenas geridos pelos professores.

Actividades:
Formação de grupos de trabalho para recolha de informação em fon-
tes diversificadas e organização de colóquios, debates e reuniões;
Áreas temáticas:
– Travassós e a sua Gente;
– Gastronomia da minha região;

73
– Educar para a Cidadania – O Ambiente;
– Elaboração do Jornal escolar e dinamização da imprensa escolar (cartazes,
desdobráveis, autocolantes, pequenas brochuras, etc.);
– Troca de experiências e de materiais com outras Escolas através da Internet;
– Semana do Netd@ys.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Edição electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, de avaliação e estímulo de acti-
vidades pedagógicas e culturais;
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto;
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar em sinergia com o projecto, nome-
adamente na aquisição de alguma bibliografia para professores no âmbito da utilização
das TIC;
– Utilização dos recursos adquiridos como factor primordial para a participação em dife-
rentes projectos;
– Participação nas actividades NETD@YS;
– Participação em projectos para a ocupação de tempos livres dos alunos (férias gran-
des).

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Telemática Educativa/Internet;
– Concepção e realização de publicações escolares.

Seminários
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias. (1998 )
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à pratica. Resulta-
dos. (1999)

Materiais produzidos
C Publicações Escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas e desdobráveis
informativos;
– Internet: criação de homepage;
– Fotografias e vídeos que registam momentos significativos da realização de actividades
associadas ao desenvolvimento do projecto.

74
Projecto: “QUEM CONTA UM CONTO ... ACRESCENTA UM PONTO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 nº 1 de Estalagem
Vermoím - Lugar de Estalagem
4770-758 VERMOÍM VNF
Tel: 252 993 466

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
O projecto procura imprimir um espirito de entre-ajuda e dinâmica

EB 1 n.º 1 de Estalagem
necessária ao desenvolvimento de actividades em torno das TIC. Este
projecto, em volta de uma personagem engraçada que vive várias situa-
ções, constitui-se como um eixo gerador de todas as actividades
curriculares.

Este projecto, visa deste modo, desenvolver os seguintes objectivos


gerais:
– Contribuir para uma participação activa e crítica na sociedade.
– Proporcionar a aquisição de conhecimentos do meio onde cada
aluno está inserido de forma a aperceber-se da sua realidade.
– Utilizar redes de comunicação para intercâmbio entre alunos de
diferentes escolas.

75
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Processamento de texto e imagem sobre as festas e actividades da escola;
– Exploração de vários Cd-Rom;
– Pesquisa na Internet e em enciclopédias digitais;
– Utilização do e-mail entre alunos da escola e alunos de outras escolas;
– Produção do jornal escolar;
– Produção de histórias infantispelos alunos;
– Comemoração da semana Netd@ys;
– Digitalização de imagens.

Formação
– Formação realizada no âmbito do Programa FOCO ;
– Formação promovida pelo Centro de Competência da Universidade do Minho;
– Auto-formação.

Materiais produzidos
– Jornal Escolar;
– Histórias Infantis;
– Textos diversificados sobre as actividades e festas da escola;
– Apresentações em Power Point, sobre temas curriculares.

76
Projecto: “PLUS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 n.º 2 de Cortinhas
Lugar Novo
4820-612 REGADAS
Tel: 253 451 116
Email: info@eb1-cortinhas.rcts.pt

www.rede-nonio.min-edu.pt/1cic/cortinhas
Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF
Financiamento atribuído: 2 250 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 1 n.º 2 de Cortinhas
Este projecto desenvolveu-se numa pequena escola rural e a sua
intervenção realizou-se nos quatro anos de escolaridade do 1.º Ciclo do
Ensino Básico, incidindo sobre a diversidade dos conteúdos curriculares
e abrangendo todos os alunos, onde se incluem crianças com necessi-
dades educativas especiais. Fundamenta-se na convicção que as TIC
constituem um factor aumentativo para as crianças com necessidades
educativas especiais e que, no âmbito do processo de ensino-aprendi-
zagem, induzem uma reflexão pedagógica e tem implicações na organi-
zação desse processo, sendo também um recurso poderoso e um ele-
mento dinamizador das actividades educativas.

Objectivos:
– Promover a aquisição de conhecimentos e de competências, por
um método operatório com recurso às TIC;
– Desenvolver factores aumentativos da comunicação e do desen-
volvimento cognitivo, pela criação de ambientes de aprendizagens
facilitadores e estimulantes;
– Criar ambientes favoráveis ao desenvolvimento pessoal e social;
– Compreender e fundamentar perspectivas metodológicas da utili-
zação das TIC.

Actividades:
A tipologia das actividades desenvolvidas é:
– Ensino-Aprendizagem e Desenvolvimento Cognitivo;
– Aumentativas e Desenvolvimento Pessoal;
– Formação e Avaliação.

77
Actividades transdisciplinares e produção de publicações escolares, que neste projecto
são um elemento dinamizador de aprendizagens transdiscisplinares que favoreçem e de-
sencadeiam o processo de leitura e de escrita e o prazer na sua realização e simultanea-
mente abordam os temas orientadores de cada ano lectivo:
– Informação (1997/98);
– Educação Ambiental (1998/99);
– Educação para o Consumo (1999/2000);
– Criação e dinamização de um Centro de Recursos.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, de avaliação e estímulo de acti-
vidades pedagógicas e culturais;
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto;
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar e de Recursos Educativos em
sinergia com o projecto;
– Participação nas actividades Netd@ys.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Telemática Educativa/Internet;
– Concepção e realização de publicações escolares.

Seminários:
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias. (1998 )
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à pratica. Resulta-
dos. (1999 )

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas, desdobráveis in-
formativos e edição de uma monografia ilustrada de trabalhos realizados pelos alunos;
– Internet: criação de Homepage;
– Fotografias que registam momentos significativos da realização de actividades associ-
adas ao desenvolvimento do Projecto.

78
Projecto: “APRENDER A COMUNICAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 n.º 2 de Cumieira
Gondarém - S. Nicolau
4860-137 CABECEIRAS DE BASTO
Tel: 253 664 726 Fax: 253 664 860
Email: escola.gondarem@mail.telepac.pt
Escolas associadas: EB1 n.º1 de Cumieira; EB1 de
Celeirô; EB1 de Bucos e EB1 de Carrazedo

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 3 600 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 1 n.º 2 de Cumieira
Este projecto desenvolveu-se numa escola rural.
A sua apresentação fundamentou-se na necessidade de obter
mais recursos e de enriquecer o trabalho pedagógico com a utiliza-
ção das tecnologias da informação e da comunicação.

Objectivos:
– Motivar a comunidade escolar para a acção formativa e
educativa da Escola;
– Desenvolver as aprendizagens dos alunos;
– Permitir o acesso a fontes diversas de informação;
– Estimular a criatividade;
– Estimular a exploração de problemas e testar soluções;
– Aplicar os conhecimentos em diferentes situações;
– Promover a responsabilização e a autonomia dos alunos.

Actividades:
– Leitura e interpretação de mensagens;
– Escrita e digitalização de textos e imagens;
– Pesquisa de informação;
– Tratamento de dados e informações;
– Operacionalização de formas de comunicação;
– Edição de textos, imagens e sons;
– Consultas em suportes electrónicos;
– Jogos didácticos;
– Publicação de materiais escolares;
– Edição de jornal escolar.

79
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Edição electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, avaliação e estímulo de activi-
dades pedagógicas e culturais;
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto.

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC
– Aprendizagem com recurso às TIC
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC
– Telemática Educativa / Internet
– Concepção e realização de publicações escolares

Seminários
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial - Perspectivas de integração. Re-
cursos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial - Dos projectos à prática. Resulta-
dos. (1999)

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal escolar “ Saberes da Serra”, cartazes, fichas peda-
gógicas e desdobráveis informativos;
– Internet: criação de homepage;
– Fotografias que registam momentos significativos da realização de actividades
associadas ao desenvolvimento do projecto.

80
Projecto: “BIBLIOTECA VIVA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 nº 29 - Enguardas
Rua Dr. José Sousa Machado
4710-383 BRAGA
Tel: 253 263 665 Fax: 253 263 665
Email: es-enguardas@nonio.uminho.pt
Escolas associadas: EB1 n.º 28 de Braga

www.eb1-n29-braga.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
O Projecto Educativo “Biblioteca Viva”, suportado financeiramente pelo

EB 1 nº 29 de Braga (Enguardas)
Programa Nónio, através de candidatura e aprovação em sede própria foi
implementado ao longo dos anos lectivos de 97/98; 98/99 e 99/2000. Vi-
sou a implementação das TIC no contexto escolar e teve como principais
objectivos:
– Criar condições para um pleno e harmonioso desenvolvimento dos
alunos;
– Motivar alunos com insucesso escolar repetido e ou em vias de
abandono;
– Permitir a utilização das TIC;
– Fomentar o gosto pela leitura e escrita;
– Proporcionar aprendizagens significativas para dar cumprimento a
estes objectivos desenvolveram actividades diferenciadas.

81
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Leitura de histórias feita pelos alunos ou professores;
– Criação e ilustração de textos e histórias com finais diversificados;
– Elaboração de guiões, encenação e dramatização das histórias criadas;
– Representação das histórias e sua apresentação à comunidade nas festas de Natal e
Fim de Ano;
– Divulgação de obras de autores infantis e realização de debates com alguns desses
autores;
– Reciclagem de papel e construção de livros.

Formação
– Formação na área das TIC promovida pelo Centro de Competência;
– Formação, na mesma área, no Centro de Formação de professores;
– Formação pela partilha de saberes entre professores da escola.

Materiais produzidos
– Edição de dois livros com histórias criadas pelos alunos;
– Vários livros construídos manualmente;
– Informatização do jornal escolar;
– Informatização da biblioteca;
– Informatização da organização da sala;
– Representações teatrais (várias).

82
Projecto: “NEON”
Contactos da Escola sede

http://www.eb23-montelongo.rcts.pt
Endereço: EB 2/3 Montelongo
Parque da Cidade, Apartado 324
4824-909 FAFE
Tel: 253 490 220 Fax: 253 494 360
Email: info@eb23-montelongo.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 3 843 500 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 2/3 de Montelongo
A entrada de alunos com necessidades de apoios educativos na
nossa Escola é uma realidade recente que tenderá a generalizar-se.
Importa pois organizá-la por forma a que possa responder com eficácia
a esta simples questão: “Qual a melhor forma de ajudar uma criança a
aprender, tendo em consideração as suas características e necessida-
des educativas?”.
Abrangendo todos os alunos que frequentam o 2.º e 3.º ciclos, o
NEON, enquanto projecto, incidirá particularmente sobre esta popula-
ção alvo. Procurará, no entanto, estabelecer sinergias com os diversos
tipos de currículos existentes ou a criar, bem como irá procurar articular
com o Projecto Educativo da Escola.
Naturalmente que os objectivos a estabelecer para cada um dos
alunos terão em consideração a sua realidade concreta, o ano de esco-
laridade em que se encontram, o currículo a que está sujeito e os seus
interesses, capacidades e motivações.
Objectivos:
– Promover aquisições escolares e desenvolvimento cognitivo: In-
tegrar as TIC como recurso do processo de ensino-aprendiza-
gem; Reflectir pedagogicamente sobre a utilização das TIC; De-
senvolver metodologias adequadas a um novo ambiente de apren-
dizagem;
– Promover ambientes favoráveis de integração: Aumentar a partici-
pação e a motivação; Desenvolver o sentimento de auto-estima;
Realizar aprendizagens partilhadas e socializadas; Desenvolver
uma cultura de escolaridade prolongada e qualificante.
– Promover a formação pessoal: Fomentar a aprendizagem inter-
cultural; Promover a educação ambiental; Desenvolver as rela-
ções interpessoais.

83
Actividades:
Aprendizagens com recurso às TIC; Actividades diversas que potenciem as aprendiza-
gens e utilização de programas informáticos específicos para os alunos com NEE; De-
senvolvimento cognitivo com recurso às TIC; Execução de exercícios diversos, orientados
para a estimulação e desenvolvimento das capacidades cognitivas; Internet como fonte
de informação, recursos e desenvolvimento de projectos; Desenvolvimento de projectos
telemáticos nas áreas da cultura, ambiente e línguas; Concepção e realização de publica-
ções escolares; Criação e desenvolvimento da imprensa escolar, como factor motivador
de novas aprendizagens; Dinamização da Área-Escola.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização
como elemento dinamizador de aprendizagens.
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, de avaliação e estímulo de
actividades pedagógicas e culturais.
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electró-
nico como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer
pontes de comunicação com outras escolas.
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um
conjunto de software educacional adquirido no âmbito do projecto.
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar e dos recursos associados
às TIC.
– Dinamização de actividades de educação ambiental.
– Participação nas actividades Netd@ys

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Telemática Educativa/Internet;
– Concepção e realização de publicações escolares.

Seminários
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração.
Recursos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à prática. Resul-
tados. (1999)

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas e desdobráveis
informativos.
– Criação de Centro de Recursos.
– Fotografias e vídeos que registam momentos significativos da realização de activi-
dades associadas ao desenvolvimento do projecto.

84
Projecto: “INTERVENÇÃO DE RISCO – UM CLUBE DIFERENTE PARA IGUAIS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Prof. Carlos Teixeira
Av. da Liberdade
4820-118 FAFE
Tel: 253 598 741
Email: escarteixeira@mail.telepac.pt

www.rede-nonio.min-edu.pt/e23/fafe
Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF
Financiamento atribuído: 3 214 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
Contexto:

EB 2/3 Prof. Carlos Teixeira


Numa escola da cidade, que serve uma população numerosa e
diversificada, o “Clube Nónio” afirma-se como uma importante estrutu-
ra de apoio pedagógico à escola, pelos recursos materiais que encerra
e pela disponibilidade de uma equipa motivada, ao ponto de já ter entra-
do no quotidiano de trabalho de numerosos professores e alunos. En-
volvendo alunos do 5.º ao 9.º anos de escolaridade, o Clube desenvolve
actividades de apoio aos seus trabalhos, nas diferentes disciplinas,
com ênfase para o processamento de texto e imagem, conferindo a
estes utilizadores competências que lhes permitem manipular, com
autonomia, aquele tipo de utilitários. Para tal muito tem contribuído a
equipa de três monitoras, colocadas no Clube no âmbito do Programa
Jovens Voluntários para a Solidariedade, do Instituto da Juventude. O
Clube acolhe, com regularidade grupos de alunos que, orientados pe-
los respectivos professores, desenvolvem actividades de apoio e
remediação curricular. Outros grupos da escola aqui procuram um es-
paço e um tempo para desenvolver actividades ligadas à utilização das
TIC. É o caso dos Clubes de Matemática, Arte e Informática que dis-
põem de algumas horas semanais para ocupação das instalações. De
salientar, também, o facto do Clube ser procurado regularmente por um
conjunto muito significativo de docentes da escola que aqui realizam os
seus trabalhos.

Objectivos:
– Contribuir para o sucesso escolar de alunos com dificuldades de
aprendizagem e de integração, pela utilização das TIC;
– Contribuir para atenuar as assimetrias no acesso e utilização
das TIC pelos alunos;

85
– Potenciar a melhoria qualitativa das práticas técnico-pedagógicas dos docentes en-
volvidos;
– Sensibilizar a comunidade escolar para a necessidade de abertura de espírito em
relação à inovação técnico-pedagógica;
– Criar as condições para uma utilização autónoma, racional e coerente dos recursos
TIC por toda a comunidade escolar.
As actividades desenvolvidas enquadram-se em diferentes linhas de acção:
– Remediação escolar de alunos, sobretudo nas Ciências da Natureza, pela diversifi-
cação de contextos de aprendizagem;
– Desenvolvimento de competências pessoais para a utilização autónoma das TIC,
sobretudo processamento de texto, processamento de imagem e Internet;
– Assistência ao desenvolvimento de trabalhos de alunos e professores;
– Sistematização de recursos.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens;
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, de avaliação e estímulo de
actividades pedagógicas e culturais;
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electróni-
co como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer
pontes de comunicação com outras escolas;
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um con-
junto de software educacional adquirido no âmbito do projecto;
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar e dos recursos associados às
TIC;
– Participação nas actividades Netd@ys

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Telemática Educativa/Internet;
– Concepção e realização de publicações escolares;
– Desenvolvimento de Software Educativo e recursos complementares.
Seminários
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial - Perspectivas de integração. Re-
cursos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial - Dos projectos à prática. Resulta-
dos. (1999)

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas, desdobráveis
informativos e compilação de provérbios;
– Internet: criação de homepage;
– Fotografias e videos que registam momentos significativos da realização de activida-
des associadas ao desenvolvimento do projecto.

86
Projecto: “ABRIR NOVOS MUNDOS AO MUNDO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 c/Sec. Padre Martins Capela
Moimenta
4840-100 TERRAS DE BOURO
Tel: 253 351 364 Fax: 253 351 075
Email:escola.buria@telepac.pt

www.Infob23-pde-m-capela.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho
Financiamento atribuído: 4 600 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto

EB 2/3 com Sec.


Padre Martins Capela
Atendendo a que a Escola se insere num meio fortemente rural,
marcado por diversos tipos de carências, mesmo as mais elementa-
res, a forma de estes alunos poderem iniciar e acompanhar o desenvol-
vimento das novas tecnologias da informação e comunicação seria
indubitavelmente a escola.
Da necessidade sentida em dar resposta às actividades de ensino/
aprendizagem desenvolvidas no âmbito disciplinar e não-disciplinar,
configurou-se este projecto orientado por três objectivos fundamentais,
que eram: desenvolver actividades que pudessem contribuir para a cri-
ação do saber-fazer nas diversas vertentes da aprendizagem humana;
poder consubstanciar o resultado dessas actividades desenvolvidas,
ao longo do ano, num produto a exibir na Feira-Pedagógica, cujo tema
aglutinador era a EXPO 98; aproveitar para introduzir na Escola o equi-
pamento necessário e suficiente que servisse de suporte à realização
dos trabalhos e simultaneamente fosse o incentivo ao uso das novas
tecnologias.
Todos os professores estavam envolvidos no projecto tal como os
alunos do 7º ano de escolaridade até ao 12 ano.
Neste sentido o projecto desenvolvia-se por três fases:
– 1º Fase: aquisição do equipamento, e consequente formação a
professores, alunos e auxiliares de acção educativa.
– 2ª Fase: recolha, selecção e registos de informação relativa aos
trabalhos de projecto desenvolvidos para as Feiras Pedagógi-
cas.
– 3ª Fase: divulgação através de correio electrónico, criação de
páginas em HTML ou CDR.
Pretendia-se ainda estabelecer um espaço de diálogo e partilha de
experiências com outras escolas envolvidas no Programa Nónio.
O suporte técnico/científico era garantido com o apoio do Centro de
Competência da Universidade do Minho.

87
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Aspectos positivos:
- A introdução e incentivo ao uso das novas tecnologias num meio escolar altamente
carenciado.
- A aquisição de material informático.
- A articulação das actividades deste projecto com os conteúdos programáticos.
- A formação dada, nesta matéria, aos diversos elementos da comunidade escolar.
- A constante actualização a nível de software.
- O apoio científico e técnico dado pelo Centro de Competência.
- Ligação da Escola à Internet, apesar da extrema lentidão.
- Alunos extremamente motivados e empenhados.
- Importante apoio deste projecto nas áreas interdisciplinares, clubes, Centro de Apoi-
os Educativos, bem como no regime de livre acesso.
- Destaque-se ainda a importante papel que tem desempenhado este projecto no que
toca à Gestão Flexível do Currículo, no âmbito da nova reforma curricular.
Aspectos negativos:
- Quantidade insuficiente de material informático, se atendermos que o ratio computa-
dor/aluno é à volta de 23 alunos por computador, apenas existe um gavador de CD’s,
um scanner e uma impressora A3.
- O software é insuficiente, sendo grande parte desse material ultrapassado.
- Computadores com performances muito reduzidas no campo de tratamento de ima-
gem.
- Formação insuficiente, apesar do sempre disponível e solícito apoio do Centro de
Competências da Universidade do Minho.
- A Internet com muitas falhas quer por razões internas à escola (servidor de fraca
capacidade) quer por razões externas (linha telefónica frequentemente avariada).
- Empenho do pessoal docente pouco satisfatório.
- Pouca iniciativa da parte do pessoal docente em avançar para projectos no âmbito das
novas tecnologias, poder-se-á mesmo dizer que alguns professores sofrem de
tecnofobia profunda.
- Falta de articulação com o Projecto Educativo da Escola, com o Plano Global das
Actividades.
No entanto, poder-se-á avaliar a realização deste projecto como satisfatória, quanto à
forma como cumpriu os objectivos propostos.

Formação:
Para a implementação do projecto foi dada seguinte formação: Word, Excel, Publisher,
Pagemaker, CorelDraw, Photoplus4.

Materiais produzidos:
– Página da Escola na Internet
– CDRom alusivo aos 500 anos da Descoberta do Brasil
– CDRom sobre o Agrupamento de Escolas do Vale do Homem para Mostra Pedagógica
– Foram produzidos diversos cartazes, para as várias actividades realizadas no decurso
do ano lectivo, utilizando a composição gráfica assistida por computador

88
Projecto: “CENTRO EDUCATIVO MULTIMÉDIA...”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3º ciclo Póvoa de Lanhoso
Rua da Misericórdia
4830-503 PÓVOA DE LANHOSO
Tel: 253 633 342 Fax: 253 633 838
Email: es.planhoso@mail.telepac.pt

www.esec-povoa-lanhoso.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho
Financiamento atribuído: 4 700 000 Esc.

Braga
Descrição do Projecto
O projecto teve em atenção o espírito e filosofia, subjacentes ao

ES com 3.º ciclo


Póvoa de Lanhoso
Projecto Educativo da Escola, nomeadamente no que diz respeito aos
seguintes princípios orientadores: criação na escola de espaços atraentes
e motivadores de aprendizagens individuais e de grupo; integração da
escola no contexto da Sociedade de Informação; promoção da realização
pessoal e profissional de toda a comunidade escolar e apoio a projectos
educativos inovadores.
Alguns aspectos a realçar no projecto:
- Permitiu criar a sala Nónio, espaço multimédia que integra o novo
centro multifuncional da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos
Educativos;
- Constitui-se como um pólo dinamizador da partilha de know how
sobre a utilização das TIC entre professores e alunos;
- Proporcionou momentos de formação sobre a utilização e integração
das TIC para os professores da escola;
- Foi palco de experiências educativas no âmbito da utilização das
TIC (nomeadamente ao nível da sala de aula, de projectos da área
escola, de actividades extra-lectivas...);
- Tem constituído um pólo de atracção e de abertura da escola à
comunidade local ao abrir as portas da sala Nónio a outros
utilizadores da comunidade educativa, nomeadamente ex-alunos
da escola;
- Tem sido um pólo dinamizador de actividades e projectos na escola
ao proporcionar a utilização de novos recursos no campo das
Tecnologias da Informação e Comunicação;
- Tem ido ao encontro dos objectivos e prioridades do Projecto
Educativo da Escola (aspecto que se tem revelado fundamental na
sua concretização).

89
Em conclusão, podemos afirmar que foram criadas algumas condições materiais e huma-
nas necessárias a uma utilização cada vez maior das TIC na escola. Pelo menos, a não
integração das tecnologias de informação nas actividades educativas não poderá ser atribu-
ída apenas à falta de meios ou recursos. A experiência adquirida até ao momento permite-nos
concluir que estamos a caminhar na direcção certa e a contribuir para a construção da emer-
gente Sociedade de Informação, para a melhoria das condições de funcionamento da escola
e, consequentemente, para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Recursos disponíveis de apoio à utilização das TIC na escola:
- Página da escola na Internet (www.esec-povoa-lanhoso.rcts.pt) que constitui (ou se
pretende que constitua) um bom apontador para alguns recursos da Internet com inte-
resse educativo, uma “memória” de muitas das actividades e projectos da escola e um
espelho do que a escola é e faz (claro, a exigir uma actualização contínua);
- Um espaço multimédia aberto à comunidade com condições materiais para uma explo-
ração pedagógica das TIC (rede de 12 computadores multimédia com ligação à Internet,
dois scanners, uma webcam ...);
- Condições materiais para utilizar as TIC a nível de sala de aula (sala Nónio, projector
de vídeo, computador portátil, máquina digital...);
- Know how de muitos professores e alunos no âmbito da utilização das Tecnologias da
Informação e Comunicação, adquirido ao longo dos três anos de projecto Nónio;
- Um grupo de professores “facilitadores” prontos a colaborar e a ajudar em qualquer
iniciativa no âmbito da utilização/integração das TIC;
- Registo de alguns exemplos de “boas-práticas” ao nível da utilização e integração das
TIC em contexto educativo que alguns professores “pioneiros” neste âmbito foram fa-
zendo ao nível da sua prática pedagógica.

Formação
A formação realizada, a pretexto do projecto ou na sequência de necessidades identificadas
durante o processo, atingiu alunos e professores. A escola teve a preocupação de envolver o
máximo número de professores e de alunos em acções, formais e/ou informais, relacionadas
com as TIC. No âmbito de acções creditadas e financiadas pelo PRODEP e leccionadas no
Centro de Formação da Póvoa de Lanhoso, passaram dezenas de professores por acções de
formação com temáticas tão diversas como a criação e publicação de recursos na Internet,
criação de publicações escolares, o vídeo educativo... A par destas acções mais formais, no
Centro de Formação, a escola organizou mini-acções internas tendo em vista responder rapi-
damente a necessidades específicas da população escolar, nomeadamente ao nível da Internet
(correio electrónico, criação de páginas web, pesquisa de informação na web, exploração de
CD-Roms...). Uma iniciativa com bastante impacto junto dos alunos, foi a organização de
cursos de Verão no âmbito das TIC (Internet, digitalização de texto e imagem...), para alunos
da escola, principalmente do básico.

Materiais produzidos
Os materiais produzidos estã o relacionados essencialmente com a formação que foi
dada ao longo do projecto, nomeadamente materiais de apoio à formação que foram forne-
cidos aos intervenientes, ou materiais por estes desenvolvidos durante as acções de for-
mação (página da escola, jornal da escola informatizado e on-line, aplicações didácticas
desenvolvidas em programas de apresentação...)

90
Sumário

BRAGANÇA

Escolas sede com ficha síntese do projecto


EB 1 de Pereira

91
92
Projecto: “SE PARTO, NÃO CHEGO...”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Pereira
Largo da Escola
5370-610 PEREIRA-MDL
Tel: 278 969 174
Email: eb1.pereira@mail.telepac.pt

www.rede-nonio.min-edu.pt/1cic/pereira

Associada ao Centro de Competência Nónio: CERCIFAF


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Bragança
Descrição do Projecto
Contexto:
Esta escola situa-se numa pequena aldeia de Mirandela que dista

EB 1 de Pereira
vinte quilómetros da sede do concelho e é frequentada por crianças
provenientes de um meio socio-económico desfavorecido.
Objectivos:
– Assegurar uma formação geral, garantindo a descoberta e de-
senvolvimento dos interesses e aptidões dos alunos;
– Proporcionar a aquisição de atitudes autónomas e de conheci-
mentos basilares que permitam o prosseguimento de estudos e/
ou facilitar a aquisição e o desenvolvimento de métodos e instru-
mentos de trabalho;
– Permitir às crianças com necessidades educativas especiais con-
dições adequadas ao seu desenvolvimento e melhor aproveita-
mento das suas capacidades;
– Fomentar o gosto por uma constante actualização de conheci-
mentos e criar condições para um maior sucesso escolar e
educativo a todos os alunos.
Actividades
Este projecto contempla três áreas de intervenção todas elas conver-
gentes com o projecto de desenvolvimento do Centro de Competência
Nónio:
– Aprendizagem com recurso às TIC – actividades para aquisição
de conhecimentos – leitura, escrita, aritmética, cálculo..., progra-
mas de aquisição de base destinados a alunos com dificuldades
específicas.
– Internet enquanto fonte de informação e recursos – actividades de
pesquisa como pretexto para diversas abordagens temáticas
curriculares.
– Concepção e realização de publicações escolares – actividades
de desenvolvimento e aperfeiçoamento de projectos de imprensa
escolar com recurso a técnicas diversificadas.

93
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Edição Electrónica do Jornal Escolar e outras publicações escolares, introduzindo
melhorias no resultado final e aprofundamento da perspectiva da sua utilização como
elemento dinamizador de aprendizagens.
– Criação de Homepage, como elemento de divulgação, de avaliação e estímulo de
actividades pedagógicas e culturais.
– A Internet como fonte de informação e de recursos e a utilização do Correio Electrónico
como meio facilitador desta escola materializar a sua vontade de estabelecer pontes de
comunicação com outras escolas.
– Utilização das TIC e criação de ambientes de aprendizagem suportados por um conjun-
to de software educacional adquirido no âmbito do projecto.
– Dinamização e enriquecimento da Biblioteca escolar e de Recursos Educativos em
sinergia com o projecto
– Participação nas actividades NETD@YS

Formação
– Introdução à utilização educativa das TIC;
– Aprendizagem com recurso às TIC;
– Desenvolvimento cognitivo com recurso às TIC;
– Telemática Educativa/Internet;
– Concepção e realização de publicações escolares.
Seminários:
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Perspectivas de integração. Recur-
sos e metodologias. (1998)
– As TIC no Ensino Básico e na Educação Especial – Dos projectos à prática. Resulta-
dos. (1999 )

Materiais produzidos
– Publicações escolares: Jornal escolar, cartazes, fichas pedagógicas e desdobráveis
informativos
– Internet: criação de homepage
– Fotografias e vídeos que registam momentos significativos da realização de activida-
des associadas ao desenvolvimento do projecto

94
Sumário

CASTELO BRANCO

Escolas sede com ficha síntese do projecto


EB 2/3 com Sec. de José Silvestre Ribeiro

Escolas sede sem ficha síntese do projecto (por não ter sido enviada)
ES com 3º ciclo do Fundão

95
96
Projecto: “TEIP IDANHA-A-NOVA: AS TIC NA PROMOÇÃO DO SUCESSO EDUCATIVO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 c/ Sec. José Silvestre Ribeiro
Zona Nova de Expansão
6060-101 IDANHA-A-NOVA
Tel: 277 200 260 Fax: 277 202 400
E-mail: info@eps-j-silvestre-ribeiro.rcts.pt
Escolas associadas: JI de Idanha-a-Nova; EB 1 de
Ladoeiro e EB1 de Zebreira www.eps-j-silvestre-ribeiro.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Castelo
Branco
Descrição do Projecto
Os estabelecimentos que integram o projecto estão envolvidos no

José Silvestre Ribeiro


EB 2/3 com Sec. de
TEIP de Idanha-a-Nova, um concelho essencialmente rural, com uma vasta
área e pouca população, o que acentua o isolamento das crianças e das
escolas.
Apesar do abandono escolar já ser preocupante, são as taxas de
insucesso escola o principal motivo de atenção dos projectos educativos.
O estudo orientado, a par com as actividades de complemento
curricular, são algumas das estratégias consideradas fundamentais. A
motivação dos alunos e a rentabilização do processo ensino-aprendiza-
gem estão relacionados com a inovação pedagógica, particularmente com
o uso das TIC.
A formação de pessoal docente e não docente é uma das vertentes
de suporte à concretização do projecto.
A utilização dos equipamentos e software informáticos numa perspec-
tiva lúdico-didáctica tornou-se uma realidade na generalidade das esco-
las envolvidas no projecto, particularmente nas seguintes vertentes:
– recurso às TIC em contexto lectivo e utilizando software articulado
com os conteúdos curriculares;
– utilização autónoma das TIC pelos alunos como apoio às suas
tarefas escolares e numa perspectiva lúdica.
A implementação do projecto, com as necessárias diferenciações por
níveis etários e escolares, implicou o uso do computador nos seguintes
domínios:
– Informação - de carácter científico e geral com exploração da Internet
e de software específico;

97
– Recolha: selecção de texto, imagem/elementos gráficos e sons;
– Produção: textos, imagens, jornais e pequenas apresentações multimédia no âmbito do
processo de ensino-aprendizagem (curricular e/ou extracurricular).

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Exploração de software multimédia adequado aos vários níveis de ensino;
– Produção de materiais com recurso a processador de texto e ferramentas de desenho e
imagem;
– Organização das actividades lectivas e de apoio a alunos com necessidades educativas
a partir de materiais informáticos;
– Organização de espaços com equipamento informático e software educativo, para utili-
zação dos alunos em tempo lectivo, em situação de ausência do professor e nos perío-
dos de lazer;
– Utilização da Internet na pesquisa de informação e no contacto entre escolas do mes-
mo nível de ensino e de níveis sequenciais.

Formação
Para além da formação prestada pelo Centro de Competência, existiu articulação com o
Centro de Formação da área do projecto para dinamizar as seguintes acções de formação:
– Iniciação à informática;
– Processamento de texto;
– Folha de cálculo;
– Apresentações pedagógicas multimédia.

Materiais produzidos
– Jornais escolares (de escolas do 1º ciclo e da Escola sede);
– Trabalhos diversos produzidos pelos alunos no âmbito disciplinar e na área-escola;
– Geografia 9 - Um Mundo de Contrastes (apresentação multimédia para o 9º ano);
– História da Gota D’Água (apresentação multimédia para o pré-escolar e 1º ciclo);
– Homepage da Escola sede;
– Homepage do Jardim de Infância de Idanha-a-Nova.

98
Sumário

COIMBRA

Escolas sede com ficha síntese do projecto


EB 1 de Febres
EB 2/3 de S. Silvestre
ES Infanta D. Maria

Escolas sede sem ficha síntese do projecto (por não ter sido enviada)
EB 2/3 de Condeixa-a-Nova n.º 2

99
100
Projecto: “CRESCER COMUNICANDO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Febres
R. Cons. Costa Soares
3060-318 FEBRES
Tel: 231 460 932
Email: Info@eb1-febres.rcts.pt

www.prof2000.pt/users/escolafebr
Associada ao Centro de Competência Nónio: Associação dos CF da Área do CAE de Aveiro
Financiamento atribuído: 2 500 000 Esc.

Coimbra
Descrição do projecto
No seguimento da estratégia pedagógica assumida pela escola como

EB 1 de Febres
resposta às solicitações próprias do meio, ao próprio envolvimento da
comunidade e ao dinamismo do corpo docente, foi entender seu que a
introdução das novas tecnologias da informação/comunicação no pro-
jecto educativo, seria uma mais valia valorativa das acções então em
curso.
A certeza do valor pedagógico da introdução das TIC na escola, os
seus efeitos na motivação dos alunos com o consequente sucesso es-
colar, a valorização humana e social provocadas pelo contacto directo
com escolas e pessoas singulares, familiares e amigos emigrados, ci-
mentam a ideia do sucesso com a introdução dum trabalho desta natu-
reza. O Projecto assenta nos pressupostos atinentes a três grandes pre-
ocupações: o sucesso educativo, a interdisciplinaridade e a comunica-
ção intercultural.
A primeira tem como objectivo o estímulo permanente aos alunos
suscitado por propostas dinâmicas e inovadoras e sua correlação com a
evolução técnica e social do seu mundo, mobilizando capacidades no
âmbito da criatividade comunicativa.
A segunda, de carácter interdisciplinar, visa a valorização da acção
pedagógica nas diferentes áreas do conhecimento, enriquece a compre-
ensão favorecendo a lógica da descoberta do meio num reencontro con-
sigo próprio e permite o reforço da identidade .
A última é a promotora de aprendizagens socializadoras, do desen-
volvimento, da compreensão mútua, do respeito pela diversidade, inter-
pretação de opinião e culturas, promotora da cooperação como forma de
combate ao racismo, ao individualismo e à xenofobia.

101
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
A candidatura ao Programa Nónio-Século XXI veio permitir à escola o reforço dos objec-
tivos em vista. A interligação com outros já existentes: ”Do Longe Fazer Perto”, “COMENIUS”;
“Crescer Para a Vida”, simplificou o âmbito da nossa acção ao permitir o intercâmbio cultural
com diversas escolas nacionais, duas francesas, duas irlandesas e uma finlandesa. Per-
mitiu o encontro nacional de alunos de algumas das escolas envolvidas e reforçou a prepa-
ração de encontros de professores em todos os países parceiros.
As trocas culturais sucederam-se a um rítmo extraordinário facilitado pela simplificação
na preparação e encaminhamento de materiais: vídeos, jornais, boletins informativos, expo-
sições itinerantes, conferências.
Dos trabalhos produzidos em contexto curricular foi feita intensa divulgação entre as
escolas parceiras. Prestámos um efectivo apoio à Area Escola e aos alunos em dificuldade
, colaborámos com instituições culturais locais na difusão de informação.
O nosso trabalho que no seu início visava fundamentalmente o 4.º ano de escolaridade,
brevemente passaria a envolver toda a escola. O carácter lúdico imprimido em todas as
actividades assim como o processo de monitorização, fez com que a aquisição de conheci-
mentos no âmbito das novas tecnologias da informação fosse um facto.
As salas de aula encontram-se equipadas com todo o material ligado internamente e à
Internet. A escola conta com um centro de Recursos devidamente equipado reforçando e
apoiando as suas actividades gerais: ATL, apoio a alunos em dificuldade, cursos nocturnos
gratuitos para jovens e adultos, apoio a alunos de outras escolas, formação e apoio ao
corpo docente.

Formação
No início do Projecto os recursos humanos da escola eram francamente diminutos,
contávamos apenas com dois professores com alguns conhecimentos adquiridos no de-
curso do Projecto Minerva e reforçados posteriormente com formação no Instituto Superior
de Engenharia de Coimbra. O seu voluntariado permitiu sensibilizar todo o corpo docente
cativando o seu interesse pela abordagem ao uso das novas tecnologias da informação. A
pouco e pouco foi conseguida a formação necessária a todo o corpo docente.
Foi prestimosa a colaboração permanente prestada pelo Centro de Competência que,
para além do permanente apoio directo ao nosso Projecto, promoveu, através do Centro de
Formação de Professores, diversas acções de formação em que participaram alguns do-
centes da Escola.

Materiais produzidos
– Jornais (suporte papel e electrónico), boletins informativos, vídeos, material pedagógico
diverso, sínteses de trabalhos, etc;
– Participação na EXPOFACIC (Feira Agrícola Comercial e Industrial do Concelho de
Catanhede) onde, em permanência, a escola tinha o seu “Workshop”;
– Participação no Simposium ”Internet Na Escola”, promovido pela ESE de Viseu;
– Apresentação do trabalho desenvolvido, na Casa da Cultura em Cantanhede;
– Participação no Encontro de apresentação de trabalhos desenvolvidos pelas escolas
apoiadas pelo Centro de Competência;
– Participação em exposições em diversas Escolas e na SCHOOLNET.

102
Projecto:“PROTICS-PROJ. INTEGRADO DE DESENVOLVIMENTO DAS TIC NA ESC. DE S. SILVESTRE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de S. Silvestre
B.º Barreiros
3020-698 S. SILVESTRE
Tel: 239 963 450 Fax: 239 963 444
Email: info@eb23.s.silvestre.rcts.pt

www.eb23-s-silvestre.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências e Tec. da Univ. de Coimbra


Financiamento atribuído: 8 500 000 Esc.

Coimbra
Descrição do Projecto
Objectivos gerais:

EB 2/3 de S. Silvestre
– Contribuir para a formação geral do Aluno;
– Promover o sucesso escolar do Aluno;
– Proporcionar a criação de uma Escola a tempo inteiro, que esti-
mule a criatividade de professores e alunos, e lhes proporcione
condições de realização em domínios não abrangidos pela di-
mensão curricular;
– Contribuir para que os jovens aumentem a sua autoestima,
autoconfiança, sentido crítico e de interajuda.
Objectivos específicos:
– Proporcionar a professores e alunos o contacto com as TIC;
– Utilizar programas educativos e a Internet como ferramentas de
apoio pedagógico no dia-a-dia das disciplinas curriculares e em
áreas multidisciplinares e transdisciplinares e no apoio aos alu-
nos com necessidades educativas especiais;
– Utilizar ferramentas informáticas de uso comum (processamento
de texto, folha de cálculo, tratamento gráfico, apresentação, elec-
trónica,...) na actividade diária dos alunos, professores e funcio-
nários;
– Desenvolver um programa educativo multimédia no âmbito do
Projecto Educativo da Escola (aspectos da História, Geografia,
Cultura e Biologia do Baixo Mondego);
– Produzir conteúdos para a divulgação da Escola na Internet, as-
sim como da comunidade em que ela se integra (página da esco-
la, página da localidade, páginas das turmas, páginas pessoais,
jornais electrónicos, projectos área-escola, divulgação de resul-
tados de projecto, etc.);
– Criar um Clube de Informática com o objectivo da realização de
actividades no âmbito deste projecto e de actividades genéricas
em torno das TIC.

103
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
As actividades decorreram em quatro fases.
Preparação:
– Instalação do Clube de Informática; aquisição, instalação e configuração dos equipa-
mentos e da rede local na Escola; formação de professores (a realizar no âmbito do FOCO);
formação aos alunos do Clube (a realizar pelos professores); estabelecimento de contactos
com outras escolas e instituições.
Planeamento:
– Levantamento do software educativo disponível para apoio às disciplinas,
interdisciplinar e transdisciplinar; análise das possibilidades de utilização da Internet no
apoio às disciplinas, interdisciplinar e transdisciplinar; levantamento do software educativo
e da utilização da Internet no apoio a alunos com necessidades educativas especiais;
elaboração de um plano geral de utilização de software educativo e da Internet nas activida-
des de ensino/aprendizagem; especificação do programa educativo a desenvolver;
especificação do conteúdos a disponibilizar na Web.
Execução:
– Utilização de software educativo e da Internet no apoio às disciplinas; realização e
colocação on-line dos conteúdos Web; utilização de programas educativos e Internet no
apoio a alunos com necessidades educativas especiais; realização de acções de formação
para professores, alunos e funcionários no âmbito da actividade do Clube de Informática;
implementação do programa educativo; troca de informações e experiências com outras
escolas.
Avaliação:
– Avaliação dos resultados do projecto em cada uma das suas vertentes; identificação
das necessidades para continuação das actividades; introdução de correcções aos planos
para continuação das actividades; divulgação dos resultados do projecto.

Formação
Os professores envolvidos no projecto aprofundaram a sua formação na área das TICs,
quer em acções de formação no âmbito do programo FOCO quer pelo empenhamento pesso-
al na procura de informação.
Os restantes professores da escola receberam formação e ajuda dos professores envolvi-
dos no Projecto.
Receberam, ainda, formação todos os alunos que se inscreveram no Clube de Informática
que este projecto implementou na escola, tendo duas horas semanais de informática básica.

Materiais produzidos
Além de muitos trabalhos realizados pelos alunos, tanto de apoio às disciplinas como das
actividades extracurriculares, o Clube de Informática produziu um CD-ROM intitulado “S. Sil-
vestre e o Baixo Mondego – À descoberta da Região”. Este CD-ROM foi já reeditado pelo
Departamento de Avaliação Prospectiva e Planeamento, do Ministério da Educação, na
Colecção “CD–ROM’S de Escolas Nónio”.

104
Projecto: “ESCOLA MULTIMÉDIA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES Infanta D. Maria
Rua Infanta D. Maria
3030-330 COIMBRA
Tel: 239 701 838 Fax: 239 405 453
Email: infanta.dmaria@mail.teleapc.pt

www.esec-infanta-d-maria.rcts.pt
ou www.go.to/infanta

Associada ao Centro de Competência Nónio: SOFTCIÊNCIAS


Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc.

Coimbra
Descrição do projecto
O projecto Escola Multimédia teve como objectivo principal dotar a

ES Infanta D. Maria
escola de infra-estruturas e equipamentos que permitissem a dissemi-
nação de boas práticas no uso das Novas Tecnologias da Informação e
Comunicação (NTIC) no ensino.
Daí que se tenha optado por um projecto multifacetado e polivalente,
com a participação de várias disciplinas: Física e Química, História, Ge-
ografia, Curso Tecnológico de Comunicação, etc. O projecto deveria não
apenas realizar-se no período dos três anos, mas os seus resultados
deveriam continuar a verificar-se nos anos seguintes, como veio a acon-
tecer – desde o início do projecto, os recursos por ele suportados têm
vindo a ser utilizados quer na prática lectiva, quer em novos projectos em
que a escola se tem envolvido.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Formação para os alunos do Curso Tecnológico de Comunicação
sobre: técnicas de filmagem com câmara de vídeo; diferenças entre
vídeo digital e vídeo analógico; digitalização de vídeo; edição e monta-
gem de vídeo; edição de som; exportação de vídeo digital para cassetes
VHS; realização de um vídeo para o projecto Sócrates/Comenius, sobre
Coimbra; cobertura vídeo de actividades realizadas na escola: conferên-
cias, peças de teatro, visitas de estudo, Semana dos Media na Escola;
realização de um telejornal escolar, apresentado em ecrã gigante duran-
te a Semana dos Media na Escola; integração de vídeo digital em traba-
lhos multimedia na disciplina de Trabalhos de Aplicação do Tecnológico
de Comunicação; produção e digitalização de vídeo para

105
integrar no CD-Rom “A Viagem de António” produzido no âmbito do Projecto Comenius
“Uma questão de identificação cultural”; experiências na rede informática da escola para
difusão de vídeo “streaming”.
Integração nos conteúdos de algumas disciplinas das técnicas de produção de páginas
web, de apresentações multimédia, criação de CD-Roms interactivos; de iniciação à Internet
e ao correio electrónico para professores; sessões de iniciação à Internet para alunos, no
âmbito da Semana dos Media na Escola e dos Netd@ys 99; produção pelos alunos da página
da Escola na Internet.
Participação em actividades através da Internet no NetRail, uma iniciativa integrada nos
Netd@ys 99; no concurso promovido pela União Europeia “Uma divisa para a Europa”, em
que participámos na fase final.
Videoconferências: alargamento do acesso à Internet e ao e-mail a uma base instalada de
35 computadores; na área das ciências experimentais, os recursos do projecto são diaria-
mente utilizados, enriquecendo as experiências realizadas em aula com equipamentos que,
de outras forma, não existiriam, ou pelo menos, seriam em menor número.
O principal efeito deste projecto foi o lançamento da rede informática e o consequente
alargamento do número de computadores com acesso à Internet de 1 para 35 (até 2000).
Com este alargamento e com a formação ministrada na utilização da internet e do correio
electrónico, estima-se que cerca de 900 alunos do ensino diurno passaram a ser utilizadores
regulares destes recursos.
A aquisição do projector multimédia foi outra das iniciativas do projecto que mais efeitos
visíveis teve: aumentou o número de professores que utilizam as novas tecnologias na sala
de aula, fazendo apresentações (maioritariamente em PowerPoint) com conteúdos
programáticos ou em outros projectos da escola (como o Programa de Promoção para a
Saúde); aumentou a projecção de vídeos (na sala de aula ou em ciclos de cinema temáticos)
e de outros tipos de actividade (jogos, concursos de karaoke, videoconferências, etc,...).
Professores e alunos iniciaram-se na feitura de produtos digitais: vídeos, tratamento de
fotografia, CD-Rom’s. Muitos dos projectos nacionais e internacionais (Expo’98, Socrates/
Comenius, Ciência Viva, PPES, Netd@ys, etc.) foram beneficiados quer pelos equipamen-
tos e recursos proporcionados pelo Programa Nónio, quer pelos produtos multimédia rea-
lizados no âmbito do projecto.

Formação
– Em edição de vídeo digital para os alunos do Curso Tecn. de Comunicação;
– Em utilização da Internet e do correio electrónico para professores e alunos no âmbito da
Semana dos Media na Escola e do Netd@ys;
– Na utilização de sensores PASCO, dada pelo Centro de Formação de apoio.

Materiais produzidos
– Vídeo “Welcome to Coimbra”;
– CD-Rom Interactivo “A Viagem de António/António’s Trip”;
– Página da Escola na Internet produzida em 1999, refeita em 2000;
– Apresentações diversas para várias disciplinas.

106
Sumário

ÉVORA

Escolas sede com ficha síntese do projecto


CERCIESTREMOZ
EB 1 da Avenida Heróis do Ultramar
EB 2/3 Conde Vilalva
EB 2/3 de André de Resende
EB 2/3 de D. João IV
EB 2/3 de Santa Clara
EB 2/3 com Sec. de Cunha Rivara
EB 2/3 com Sec. Dr. Isidoro de Sousa
ES com 3.º ciclo de Severim de Faria
ES com 3.º ciclo Públia Hortênsia de Castro
ES de Gabriel Pereira

107
108
Projecto: “As TIC NUMA INTERVENÇÃO TRANSDISCIPLINAR COMO AGENTE PROMOTOR
DE COMPETÊNCIAS”
Contactos da Escola sede
Endereço: Cerciestremoz
Quinta de Sto. Antão
Apartado 108
7104-909 ESTREMOZ
Tel: 268 339 750 Fax: 268 339 751

FOTO
Associada ao Centro de Competência Nónio: FENACERCI
Financiamento atribuído:1 590 000 Esc.

Évora
Descrição do Projecto
A utilização do computador por pessoas portadoras de deficiência,

CERCIESTREMOZ
de modo a criar situações educativas e pedagógicas, através de progra-
mas adequados às suas capacidades.
O professor ao utilizar com os seus alunos, as TIC, permitirá uma
aprendizagem de grande valor formativo e informativo e uma melhor
preparação para a autonomia desejada ao longo da vida, num processo
de aquisição de conhecimentos.
A parceria com a Escola Secundária permitirá diminuir as distâncias
e incrementar uma melhor educação para a cidadania.

109
Balanço - Efeitos do Projeto
Actividades
Calendarização das Actividades

Cerciestremoz Escola Secundária

1º Período 1º Período

– Aquisição do material e formação dos – Informação e aconselhamento


docentes (Outubro) – Mediateca
– Iniciação à linguagem Computacional – Troca de materiais e documentação
(Novembro e Dezembro) – Desporto Escolar
– Familiarização com jogos educativos e
utilização de outros programas
(processador de texto, folhas de ideias,
desenho...)
– Participação em actividades desportivas

2º Período 2º Período

– Utilização so Software adequado aos – Sensibilização e envolvimento de alunos


domínios da leitura, escrita e cálculo, da secundária nos treinos de habilidades
estudo do meio, expressão plástica e sociais e modelagem de situações
autonomias autonómicas
– Treino de habilidades sociais e – Participação do Clube de Leitura e do
autonomias do grupo B Clube de Teatro
– Participação nos Clubes de Leitura e
Teatro

3º Período 3º Período

– Continuação do desenvolvimento dos – Inclusão dos trabalhos desenvolvidos na


perfis de competências nos domínios semana Cultural da Escola Secundária e
académico e autonómico Briancamoz
– Participação em eventos culturais
– Organização e exposição de trabalhos

Formação
A Escola Secundária colaborou na formação dos professores de Ensino Básico que
trabalham directamente com os alunos portadores de deficiência.

Materiais produzidos
Não havia a pretensão de produzir qualquer material. O único objectivo era tonar as TIC
num instrumento comum e familiar nos Planos Educativos Especiais dos alunos portadores
de deficiência.

110
Projecto: “COMUNICAR, APRENDER E DIVERTIR 2000”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 da Av. Heróis do Ultramar
7000-720 ÉVORA
Tel: 266 708 624 Fax: 266 708 624
Email: info@eb1-n7-evora.rcts.pt

www.minerva.uevora.pt/eb1n7

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 1 379 429 Esc.

Évora
Descrição do Projecto

EB 1 da Avenida Heróis do Ultramar


O Projecto CAD 2000 (Comunicar, Aprender, Divertir até ao ano 2000)
teve como finalidades:
– Contribuir para uma Escola de Sucesso despertando as crianças
para uma forma agradável de comunicar e aprender.
– Promover a integração das TIC no Ensino Básico
– Apoio no desenvolvimento do Projecto de Escola
– Promover a formação dos professores no domínio da utilização
das TIC em contextos Educativos

111
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Criação de Centro de Recursos motivador e diversificador das actividades
– Actividades exploratórias de Software diverso
– Pesquisa e recolha de informação
– Comunicação de partilhas de experiências e saberes entre os alunos de diferentes
escolas através da Internet – Histórias Colaborativas no âmbito do Netd@ys
– Participação nas actividades das semanas Netd@ys e eSchola do Centro de Competên-
cia Nónio da Universidade de Évora.

Formação
– Sistema de produção multimédia
– Jornal Escolar
– Publicar para partilhar: a construção de páginas Web em contexto educativo
– Redes electrónicas de aprendizagem e trabalho colaborativo.

Materiais produzidos
– Jornal Escolar
– Livros:
- “Se eu fosse...”
- “Raízes da memória”
- “Para mais tarde recordar”
- “As nossas comunicações”
– Livros de histórias
– Página Web da escola
– Recursos educativos produzidos no âmbito de acções de formação do Centro de Com-
petências e publicadas na web:
www.minerva.uevora.pt/aventuras/evora/evora.htm
www.minerva.uevora.pt/publicar/seguranca
www.minerva.uevora.pt/publicar/3r

112
Projecto: “NAVEGAR SEM MAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Évora
Av. António Barata, Bº das Pites
7000 ÉVORA
Tel: 266 735 750 Fax: 266 735 864
Email: info@eb23.evora.rcts.pt

www.minerva.uevora.pt/eb23evora

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 3 500 000 Esc.

Évora
Descrição do Projecto
Projecto inteiramente baseado na existência de clubes, numa

EB 2/3 Conde Vilalva


interligação estreita entre si e aberto à colaboração de outras activida-
des, nomeadamente as de âmbito curricular. Pretendia-se que o nú-
cleo central fossem os clubes de informática, telemática e jornalismo.
No clube de informática os alunos adquiririam as noções básicas de
alguns programas e aprenderam a utilizar as ferramentas adequadas
a esses programas. Os conhecimentos aí adquiridos permitiram cola-
borar com o clube de jornalismo na concepção gráfica do jornal escolar.
No clube de jornalismo os alunos dedicar-se-iam aos eventos
jornalísticos, podendo eventualmente utilizar a informática. O clube de
telemática encarregar-se-ia do jornal em formato electrónico ou do de-
senvolvimento de projectos.

113
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
O projecto veio despoletar na comunidade escolar um gosto crescente pela utilização
das TIC e levou a que várias vertentes pedagógicas se servissem dos meios ao seu dispôr.
Por exemplo, o apoio pedagógico acrescido utilizou a Internet e CD-Roms educativos. A Área
Escola utilizou o computador para a elaboração dos projectos. As aulas curriculares usaram
vários programas, tais como: Excel, Word, Publisher e ainda a Internet.

Formação
No âmbito do projecto o Centro de Competência Nónio ofereceu variada formação e de
boa qualidade, que permitiu a muitos professores envolvidos no projecto e não só, actuali-
zarem os seus conhecimentos e adquirirem novas competências.

Materiais produzidos
Produziu-se um Jornal escolar em formato electrónico, que foi premiado com o primeiro
lugar num concurso realizado pelo Jornal de Notícias e uma página de abertura do jornal
Expresso, que também ganhou o primeiro prémio. Produziu-se ainda o Jornal escolar em
formato papel.

Foi também construída a página web da escola (www.minerva.uevora.pt/eb23evora).

114
Projecto: “AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO AO SERVIÇO DO SU-
CESSO EDUCATIVO DOS ALUNOS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 André de Resende
Av. Gago Coutinho
7727 ÉVORA
Tel: 266 739 560 Fax: 266 739 569
Email: info@eb23-andre-resende.rcts.pt

www.eb23-andre-resende.rcts.pt
www.minerva.uevora.pt/partilham.htm
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora
Financiamento atribuído: 2 450 000 Esc.

Évora
Descrição do Projecto
Este projecto é pensado pelo conjunto de professores de um conse-

EB 2/3 de André de Resende


lho de turma que, nos anos lectivos de 1997/98 e 1998/99, trabalhou
com alunos de 2º ciclo com as seguintes características:
– Insucesso escolar repetido.
– Abandono escolar e dificuldades de integração na comunidade.

A preocupação e o trabalho desta Escola (e do seu corpo docente)


em relação a alunos com necessidades educativas especiais ou a alunos
que, pela sua história escolar e sócio-famíliar se encontram em risco de
abandono escolar, está já institucionalizada no Projecto Educativo do
Território Educativo de Intervenção Prioritária de que é Escola sede. As-
sim, o presente projecto insere-se na linha de actuação dos professores
desta Escola e da sua Direcção Pedagógica e deve ser considerado ape-
nas como mais uma frente de trabalho no combate ao Insucesso e ao
Abandono Escolar. Mas ele é também o reconhecimento de que a Escola
não está ainda preparada para responder aos desafios do futuro, em ter-
mos da formação das camadas mais jovens, e por isso este é um projecto
de aplicação sistemática das Tecnologias de Informação e Comunicação
à aprendizagem dos alunos.

115
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Para alunos com as características já referidas, pensou-se num projecto de intervenção
que:
– apresentasse metodologias activas e recursos que ainda não tivessem sido ( pelo
menos sistematicamente) utilizadas na sua aprendizagem. Desta forma, as TIC apa-
recem como elementos motivadores da aprendizagem. Na verdade, a experiência
que esta escola já tem neste domínio permite inferir o grau de adesão dos alunos a
este tipo de recursos;
– dotasse os alunos de procedimentos básicos para a abordagem da realidade
(entendendo-se aqui como procedimento os mecanismos mentais que, uma vez
interiorizados pelo aluno, lhe permitam organizar-se perante a informação, e dela o
essencial de forma a estabelecer novas relações) e do “ saber- fazer” (entendendo-se
este procedimento como o domínio das técnicas facilitadoras e organizadoras da apren-
dizagem) essencial para a sua inserção sócio-profissional. 0 “saber-fazer” ao nível
informático é considerado, por este grupo de trabalho, como fundamental na formação
dos jovens de hoje.
– e que, de forma transversal , considerasse como fulcral em todo o processo de ensino
e de aprendizagem, o delinear de estratégias eficazes tendo em vista quer a progres-
siva autonomia do aluno face à sua aprendizagem quer a sua integração na comuni-
dade “aprendendo a ser” solidário e responsável.
Para a concretização deste projecto concorrem todas as disciplinas do currículo destes
alunos, articulando-se de forma a criar espaços de interdisciplinaridade e a facilitar a aprendi-
zagem. Será privilegiado o trabalho dentro da sala de aula.
Disciplinas intervenientes: Língua Portuguesa, Inglês, Matemática, Expressão Plástica, Ex-
pressão Musical, Informática e o Homem e o Ambiente

Formação
A formação foi realizada pelos professores do grupo e pelo Centro de Competência Nónio
da Universidade de Évora.

Materiais produzidos
– Ao nível do produto final : Construção de uma página na Internet; edição de uma revista;
elaboração de um roteiro turístico.
– Ao nível do insucesso : Conseguir a motivação, empenho e o sucesso dos alunos; atingir os
objectivos estabelecidos.

116
Projecto: “O COMPUTADOR NA ESCOLA”

www.minerva.uevora.pt/eb23vvicosa/
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 D. de João IV
Tapada do Reguengo
7160 VILA VIÇOSA
Tel: 268 980 145 Fax: 268 989 435
Email: info@eprep-d-joao-iv.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 866 367 Esc.

Évora
Descrição do Projecto
O eixo central do projecto passou pela criação do Centro de Informática,

EB 2/3 de D. João IV
através da utilização regular e organizada dos meios informáticos na
educação, que privilegiou as seguintes áreas de actuação: exploração de
diferentes linguagens de programação, numa lógica de promoção da
criação de ambientes de aprendizagem e do recurso a programas
específicos para aplicação pedagógica, actividades de ocupação de tem-
pos livres dos alunos; elaboração do jornal “A Garotada”, com o recurso a
meios informáticos; criação da “Página da Escola”; apoio a projectos
educativos promovidos pela Escola, numa perspectiva pluridisciplinar e
disciplinar.

Em simultâneo, funcionou o Clube de Informática, que de forma


estruturada dinamizou o uso regular dos computadores entre a população
docente e discente da Escola, para fins diversos, sob a orientação do
responsável pelo projecto, sendo o seu funcionamento ao longo do ano
lectivo regulado através de horários elaborados para o efeito.

117
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Os efeitos do projecto tiveram incidência positiva a vários níveis.
– Em primeiro lugar, contribuíram de forma notória para a sensibilização da comunidade
escolar para a utilização do computador.
– Em segundo lugar, permitiu aumentar e diversificar os recurso e as estratégias
pedagógicas, susceptíveis de criarem situações de ensino-aprendizagem adequadas
aos interesses e ritmos de aprendizagem dos alunos, assim como proporcionar aos
alunos com dificuldades de aprendizagem um acompanhamento individual e
especializado.
– Em terceiro lugar, as actividades realizadas no âmbito do projecto permitiram não só
melhorar a formação e a aprendizagem dos alunos em geral e, em especial, no que se
refere às aptidões para usar meios informáticos, mas também motivar os alunos para o
estudo de determinadas disciplinas, através da utilização de “software” educativo com
aplicações didáctico-pedagógicas.
– Finalmente, o projecto permitiu apetrechar e modernizar a escola com novo equipamento
informático.

Formação
Numa época marcada pela crescente explosão de informação, profunda dinâmica de
mudança e pelo aumento da complexidade dos problemas a resolver, das soluções a adoptar
e das interacções entre indivíduos, comunidades e processos tecnológicos, adquire particular
relevância o papel dos meios informáticos e a necessidade de adquirir aptidões para usar as
tecnologias de informação e comunicação. Conscientes da importância desta problemática, a
formação incidiu sobre edição electrónica – Microsoft Publisher e a utilização da Internet em
contextos educativos e para a publicação, para permitir a criação da Homepage da Escola.

Materiais produzidos
– Elaboração regular do jornal escolar “A Garotada”;
– Criação da “Página da Escola”;
– Edição de manuais de utilização dos computadores, fornecidos aos alunos do Clube de
Informática;
– Diversos materiais para exposições e projectos educativos, solicitados pela comunidade
escolar.

118
Projecto: “VIVER A ESCOLA ... ESCOBRIR UM MUNDO ...”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Santa Clara
Rua de Santa Clara, nº 2
7000-517 ÉVORA
Tel: 266 707 329 Fax: 266 743 303
Email: stclara@telepac.pt

www.minerva.uevora.pt/stclara

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 2 500 000 Esc.

Évora
Descrição do Projecto
Tendo por base o Projecto Educativo da Escola, pretendeu-se que

EB 2/3 de Santa Clara


este projecto funcionasse como factor integrante e integrador das activi-
dades a desenvolver. Assim, para além de se desenvolverem as previs-
tas, procurou-se complementar e optimizar outras iniciativas já em curso.
Por outro lado, e conforme estava previsto, procurou-se articular o projec-
to com as mudanças inerentes ao natural desenvolvimento da Escola,
nomeadamente na articulação com novos projectos/iniciativas, o que obri-
gou a uma renovação do projecto inicial.
O projecto englobava duas vertentes: uma curricular e outra extra-
curricular, nas quais estiveram integradas seis actividades desenvolvidas
ao longo de três anos.
A nível curricular, embora à partida, se encontrasse apenas previsto o
desenvolvimento do sub-projecto “Promoção do Consumo de uma
Alimentação Racional no Refeitório”, desenvolveram-se outras actividades
a nível da área das Ciências.
A nível extracurricular, as actividades desenvolveram-se sobretudo com
a contribuição do Clube Net, Clube de Informática, Clube de Meteorologia
e Clube Europeu.

119
Balanço - Efeitos do Projeto
Actividades
– Construção de páginas Web
– Elaboração do Jornal da Escola
– Desenvolvimento de actividades inerentes aos Clubes
– Projecto “A Escola adopta um Monumento”
– Projecto “Promoção do Consumo de uma Alimentação Racional no Refeitório”
– Complemento Curricular
– Pesquisa de informação na Internet
– Produção de trabalhos individuais e em grupo

Formação
A equipa de professores obteve formação em:
– utilização da Internet e suas funcionalidades
– construção de páginas Web (Front Page) em contexto educativo
– produção de vídeo digital
– criação de aventuras na Web

Materiais produzidos
– Jornal “Intrometido”
– Homepage da escola
– Trabalhos individuais e em grupo
– Animações multimédia

120
Projecto: “ARRAIOLOS 2000”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 c/ Sec. de Cunha Rivara
R. 5 DE OUTUBRO
7040 ARRAIOLOS
Tel: 266 490 400 Fax: 266 490 401
Email: info@eps-cunha-rivara.rcts.pt

www.eps-cunha-rivara.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 2 422 480 Esc.

Évora
Descrição do Projecto
A novidade que as novas tecnologias representam para os jovens e

EB 2/3 com Sec. de Cunha Rivara


para a comunidade em geral constitui um dos principais trunfos do
projecto ARRAIOLOS 2000, na consecução destas metas. A comunida-
de escolar envolvente terá mais um espaço para conhecer não só as
dificuldades como as potencialidades do sistema Escola /Meio de uma
forma inovadora e também motivante, funcionando como elo de
integração a vários níveis.
O projecto, a decorrer num período de três anos, visa:
– Divulgar as TIC’s como novo meio de aprendizagem.
– Promover a troca de informação e experiências entre os elemen-
tos da comunidade escolar utilizando as novas TIC’s.
– Promover as TIC’s como elo de ligação entre a escola e a comu-
nidade em geral.

Actividades:
– De senvolver acções de divulgação/sensibilização no
manuseamento das TIC’s (por parte dos professores responsá-
veis) aplicadas a professores, a lunos e outros elementos da co-
munidade escolar.
– Criação de uma base de registos de fácil manuseamento, visan-
do a operacionalização da Biblioteca, em termos de procura de
títulos.
– Planificação, criação e colocação de uma homepage da Escola /
Concelho na Internet (a possibilidade de um espaço capaz e
dignificante de exposição e divulgação de actividades servirá de
incentivo para que todos os intervenientes dêem o seu melhor na
elaboração conjunta de um trabalho que enriqueça as vivências
de todos).

121
– Planificação, criação e lançamento de um CD-ROM (o CD-ROM será o culminar de
um processo de pesquisa e recolha de documentos, vídeos, diapositivos, relatos da
população local, etc, que possibilitem uma caracterização histórica, económica e
ambiental da escola e da região em que se insere).

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
No primeiro ano do projecto procedeu-se à recolha e elaboração de material para publica-
ção na web e criou-se a homepage. Este processo contou com a colaboração de professores
e alunos.
Para além das actividades previstas envolvemo-nos também no Concurso Road Ahead
(pelo Clube Ambiente Radical) e no concurso Visita à EXPO (desenvolvido por uma turma de
12º ano). Estes concursos incrementaram significativamente a dinâmica do projecto.
No segundo ano procedemos a actualizações periódicas da homepage e iniciámos a reco-
lha de informação para integrar o CD-ROM final. Contámos essencialmente com a participa-
ção dos alunos e professores de 5º, 7º e 9º anos.
Os alunos do 11º ano preparam uma base de dados em ACESS para a informatização da
Biblioteca.
No terceiro ano procedeu-se à produção de textos e à montagem de clips para integrar o
CD-ROM. O CD não foi concluído neste terceiro ano por falta de meios técnicos e humanos.
Ainda neste ano registaram-se os materiais disponíveis na Biblioteca em novo software
apropriado, tendo como base os dados lançados na base de dados produzida pelos alunos no
ano anterior.
Toda a rede administrativa, incluindo o trabalho dos Directores de turma, ficou a funcionar
em pleno neste ano, gerindo-se informaticamente toda a informação.

Formação
Nos dois primeiros anos a equipa do projecto desenvolveu acções de formação de curta
duração em Word, Excel e Internet Explorer. Ainda no segundo ano e também no terceiro
desenvolveu-se uma outra acção (creditada) – “A Informática em Contexto Educativo” que
tocava as várias ferramentas base e a sua aplicação em termos escolares.
A equipa do projecto recebeu do Centro de Competência formação em construção de
Páginas Web, Produção Multimédia, Vídeo Digital.

Materiais produzidos
– Homepage da Escola.
– Base de dados para a biblioteca.
– Gestão informática actualizada de procedimentos administrativos.
– CD-ROM em fase de conclusão (aguarda-se material a ser fornecido pelo Programa Nónio)

122
Projecto: “PARA EDUCAR UMA CRIANÇA É NECESSÁRIO A ALDEIA TODA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 c/ Sec. Dr. Isidoro de Sousa
Estrada da Quinta de Santa Maria
7090 VIANA DO ALENTEJO
Tel: 266 953 495 Fax: 266 953 479
Email: info@eps-viana-alentejo.rcts.pt

www.minerva.uevora.pt/vianalentejo

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Évora
Descrição do Projecto
O projecto pretendia alcançar dois objectivos fundamentais:

Dr. Isidoro de Sousa


EB 2/3 com Sec.
– Viabilizar o desenvolvimento e implementação do Projecto
Educativo da Escola através da canalização de sinergias que
permitiam um envolvimento de toda a Comunidade Educativa.
– Melhorar as condições de aprendizagem tendo por base a utili-
zação de suportes informáticos na Pedagogia Diferenciada.

Para viabilizar estes objectivos e no sentido de contribuir para o


desenvolvimento e implementação do Projecto Educativo da Escola,
foram desenvolvidas as seguintes actividades: criação de uma
homepage; publicação de um boletim informativo sobre as actividades
da escola; desenvolvimento de actividades de âmbito disciplinar e
transdisciplinar (Área Escola).
Com o objectivo de envolver o maior número de pessoas da comu-
nidade escolar na construção do Projecto Educativo de Escola, teve
que as ligar em rede, de forma a que todos pudessem, por um lado, ter
acesso às informações publicadas na referida homepage, por outro,
contribuir para a sua actualização. Assim, pretendia-se que o Projecto
Educativo da Escola fosse dinâmico, proporcionando um enriqueci-
mento desta, transformando-a num local mais aprazível. Ficaram inte-
gradas nesta rede as salas de informática, gabinete do Ensino Espe-
cial, Biblioteca, Laboratórios de Física e Química e uma Sala de aces-
so livre .
A aproximação da comunidade à escola foi outra vertente funda-
mental para a viabilização do Projecto Educativo da Escola. A homepage
e o boletim informativo divulgaram as actividades, projectos, realiza-
ções, enfim, toda a vida escolar junto à comunidade.
Em geral, este foi um contributo fundamental para a sensibilização
de entidades socialmente relevantes: o seu empenhamento na con-

123
secução do processo educativo dos jovens dinamizou sinergias junto da comunidade em
geral, promoveu a sua aproximação da escola, contribuiu, assim, para a concretização do
Projecto Educativo da Escola.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades:
Ao longo dos anos de duração do projecto, foi possível a ligação da totalidade das
salas de aula á Biblioteca e aos serviços Administrativos.
Realizaram-se imensas actividades quer no âmbito disciplinar, em situação de aula
quer fora de aula, criou-se um novo espaço na Escola, uma sala Multimédia, anexa à
Biblioteca, que serve de apoio à mesma permitindo a exploração de material multimédia,
e um local de trabalho, para a comunidade escolar. Tornou-se também possível com a
ajuda do material adquirido, a dotação de um espaço de trabalho para o ensino especi-
al.
Neste momento o projecto continua em fase de não conclusão, pelo facto de até ao
momento, não nos ter sido enviado o material solicitado há um ano atrás, e que nos
permitiria dotar todas as zonas da escola, ao nível de salas de aula de acesso às várias
mini redes criadas . Com a ajuda do projecto em questão tornou-se possível o acesso
de vários computadores em simultâneo à Internet, utilizando a linha RDIS implementada
pelo Ministério da Ciência e Tecnologia.
Foi possível a participação num intercâmbio com uma escola Brasileira no âmbito
das comemorações dos 500 anos dos descobrimentos “Portugal-Brasil: as escolas e
os descobrimentos 500 anos depois” além da participação num projecto envolvendo a
disciplina de Geografia e que tinha por tema“A nossa Escola vista do Céu”. Tornou-se
também possível com a existência de locais de trabalho mais diversificados a utilização
mais massiva de meios informáticos por parte dos alunos. Não foi possível ir mais além
pelo facto de não existir na escola pessoal suficiente a nível de funcionários para apoio
na sala multimédia, o que tornou por vezes um pouco mais complicado o acesso à
mesma.

Formação:
Com a entrada de material informático na escola em maior quantidade e qualidade,
foi possível a realização de algumas acções de formação para pessoal docente e não
docente, quer da escola sede, quer das escolas constituintes do agrupamento criado
durante o período de execução do projecto. Também o Centro de Competência proporci-
onou alguma formação.

Materiais produzidos:
Foi possível criação de cartazes que permitiam uma maior divulgação das activida-
des a desenvolver na escola, tornou-se possível a criação de uma página Web da esco-
la, a participação e compilação de uma revista de nome “Cores”, além de material
produzido no âmbito do ensino especial, contribuindo deste modo para uma maior
motivação dos mesmos alunos.

124
Projecto: “INFORMAÇÃO, COMUNICAÇÃO E DIVULGAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3.º ciclo de Severim de Faria
Estrada das Alcáçovas
7000 ÉVORA
Tel: 266 706 205 Fax: 266 742 495
Email: severimdefaria@mail.telepac.pt

www.esec-severim-faria.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 3 883 000 Esc.

Évora
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de


Foram desenvolvidos os sub-projectos:

Severim de Faria
– Produção e Publicação de um Caderno de Exercícios Gramaticais
“Os Verbos” em que a sua concepção gráfica foi feita em sala de aula
na disciplina de ITI contando com a participação dos professores de
Língua Portuguesa na organização e concepção gráfica do docu-
mento. Foi feita a divulgação do caderno através da página Web da
Escola;
– Rentabilização dos Espaços Informáticos de modo a servir a comu-
nidade escolar, na sua utilização disciplinar e multidisciplinar por
parte de alunos e professores, na produção de material didáctico,
trabalho individual ou em pequeno grupo, apoiar o desenvolvimento
de projectos (intercâmbios , clubes..), alunos com dificuldades de
aprendizagem.....
– Projecto de Construção e Divulgação da Página da Escola em que
se pretendeu envolver toda a comunidade de modo a que a página
traduza a Escola na sua identidade própria, e que funciona como
espaço agregador de todos os subprojectos da Escola.
Com este projecto espera-se: tornar dinâmico o espaço destinado às
Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, rentabilizando-o a
favor da comunidade educativa; contribuir para que a Escola se co-
nheça e se dê a conhecer; reflectir sobre a importância das Tecnologias
de Informação e Comunicação e a transformação social daí decorren-
te; disponibilizar um conjunto de materiais para a aprendizagem e
aprofundamento da Língua Portuguesa.

125
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Os efeitos produzidos pelo desenvolvimento das actividades levou a uma maior utiliza-
ção das TIC em contexto educativo nomeadamente na sala de aula, pesquisa de informa-
ção e utilização de correio electrónico, solicitações para divulgação, na página da escola, de
projectos e outras actividades do plano.

Na dinamização dos espaços houve necessidade de alargamento dos mesmos dada a


procura crescente para a utilização das TIC.

Formação
Além da formação disponibilizada no âmbito do projecto, pelo Centro de Competência
Nónio da Universidade de Évora para os elementos da equipa e outros professores da
escola , houve procura da parte de outros que a efectuaram noutros Centros de Formação
(FEVIP).
Tal formação reflectiu-se numa crescente procura dos recursos disponibilizados pelas
TIC.

Materiais produzidos
Foram produzidos como grandes produtos a página da Escola e os Cadernos gra-
maticais (previstos no projecto).
Foram ainda produzidos vários trabalhos desenvolvidos no âmbito de outros projectos/
actividades.

126
Projecto: “O CÁBULA E AS NTI”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3.º ciclo Públia Hortênsia
de Castro
Tapada do Reguengo
7160 VILA VIÇOSA
Tel: 268 889 140 Fax: 268 889 142
Email: info@esec.vilavicosa.rcts.pt

www.esec-vila-vicosa.rcts.pt
www.minerva.uevora.pt/secvvicosa/cabula/abr99

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 3 500 000 Esc.

Évora
Descrição do Projecto
Tal como o nome indica - “O Cábula e as NTI” - este projecto teve

ES com 3.º ciclo


Públia Hortênsia de Castro
como ponto de partida o desenvolvimento de um jornal escolar que,
cada vez mais, fosse um reflexo das novas tecnologias de Informação e,
ao mesmo tempo, fomentasse a utilização das mesmas por parte da
comunidade escolar, especialmente pelos alunos que teriam a seu cargo
a sua elaboração. Sendo um meio de dinamização da comunidade,
este projecto tornar-se-ia facilitador de aprendizagens interdisciplinares
e contactos interpessoais. Deste modo, concorreria para a valorização e
concretização das finalidades do Projecto Educativo da Escola.
O projecto envolveu alunos que frequentaram o 3º ciclo do ensino
básico e o ensino secundário da nossa escola, durante três anos. Estes
alunos eram responsáveis pela elaboração do jornal escolar, juntamente
com a equipa de quatro professores, nomeadamente pela recolha e
selecção da informação, fotografia, digitalização, redacção de textos,
paginação, impressão e expedição, sendo que para cada um dos passos
referidos existia uma equipa destacada. Os temas tratados foram os
mais variados, tendo em conta os interesses dos alunos,
nomeadamente as novas tecnologias, e os artigos foram elaborados
dentro e fora das aulas, dependendo se eram ou não de carácter cur-
ricular, caso contrário eram elaborados na sala do jornal. Esta sala
pretendeu ser um espaço aberto a alunos e professores que quisessem
elaborar artigos, tendo ao seu dispor todos os mecanismos fornecidos
pelas TIC.
Assim, foram objectivos gerais deste projecto os seguintes: promover
a formação pessoal e social dos alunos na perspectiva da educação
para o desenvolvimento individual e colectivo ao nível comunicacional;
desenvolver espaços de formação/informação na comunidade e
fomentar na comunidade escolar uma dinâmica que permitisse a
generalização das tecnologias da informação e comunicação.

127
Como objectivos específicos tínhamos os seguintes: realização de actividades que
promovessem a comunicação interpessoal e a responsabilização dos intervenientes num
projecto comum; criação de condições para contactos com as novas tecnologias da
informação (Internet); tratamento multidisciplinar da informação recolhida através das no-
vas tecnologias da informação; divulgação, no jornal escolar, da informação recolhida nestas
novas tecnologias; aplicação, neste projecto, de conhecimentos adquiridos anteriormente
pelos alunos em ambiente curricular e extra curricular; aquisição de conhecimentos
(processamento de texto, imagem, selecção de cores e acesso à Internet) não incluídos em
planos curriculares; aplicação da informação recolhida/adquirida neste projecto com os
planos curriculares e extra curriculares.
Para a concretização de todos estes objectivos, o projecto teve de incluir a formação de
alunos e professores que integravam a equipa para, no final de cada ano lectivo, se conse-
guir a edição de cinco números de “O Cábula” – o jornal escolar.
Preocupações permanentes foi o fomentar o envolvimento da comunidade no projecto
bem como a sua adesão às novas tecnologias da informação e da comunicação.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades:
– Edição de cinco números de “O Cábula” por cada ano lectivo;
– Formação de equipas de trabalho ( repórteres, fotógrafos, .... destacados para a realização
de cada rubrica do jornal escolar )
– Formação de alunos pelos professores responsáveis pelo projecto;
– Formação, pelo Centro de Competência, dos professores envolvidos no projecto;
– Recolhas de informação sobre os maiores campos de interesse dos alunos;
– Reuniões de sensibilização organizadas e dirigidas pelos alunos que constituíam a equipa
do jornal;
– Visita de estudo às instalações de um jornal regional com grande tradição no zona;
– Envolvimento da comunidade escolar, através da produção de textos de temática e interes-
se variados;

Formação:
– Processador de texto;
– Folha de cálculo;
– Internet (www, email, IRC...);
– Internet (produção de actividades educativas e páginas para a web);
– Integração curricular das TIC;
– Windows/ Power Point.

Toda a formação atrás referida foi prestada pelo Centro de Competência.

Materiais produzidos:
– Cinco números do jornal escolar “O Cábula” por ano lectivo.
– Página na Internet

128
Projecto: “GESTÃO E ANIMAÇÃO DA MEDIATECA ESCOLAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES de Gabriel Pereira
Rua Dr. Domingos Rosado
7000-887 ÉVORA
Tel: 266 745 600 Fax: 266 729 898
Email: esgpev@mail.telepac.pt e
info@esec-gabriel-pereira.rcts.pt

www.esec-gabriel-pereira.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora
Financiamento atribuído: 3 750 000Esc.

Évora
Descrição do Projecto
Síntese de objectivos:
– Fomentar a auto-aprendizagem e a partilha de saberes e de mé-

ES de Gabriel Pereira
todos de estudo;
– Implementar experiências que favoreçam a maturidade cívica dos
alunos;
– Desenvolver o espírito crítico, a capacidade de reflexão, a sensibi-
lidade estética e artística;
– Disponibilizar à população escolar recursos educativos na área
das TIC;
– Potenciar o ensino-aprendizagem com recurso a software
educativo disponível;
– Aproveitar e potenciar o uso de material multimédia no âmbito
curricular;
– Implementar uma “Rede Estruturada” com o equipamento exis-
tente na escola;
– Fomentar a multidisciplinaridade e reduzir a “info-exclusão”;
– Fomentar e apoiar de projectos de comunicação e partilha entre
escolas baseados na Internet;
– Motivar a participação e reflexão dos diversos intervenientes no
“Projecto Educativo de Escola”.

Público alvo:
– De uma maneira geral, pretende-se que o projecto atinja
idealmente toda a população escolar.

129
Efeitos esperados:
– Melhoria do sucesso escolar e educativo;
– Melhoria do processo ensino-aprendizagem;
– Formação de cidadãos intervenientes e em actualização constante;
– Alargamento dos horizontes, suscitado pelo intercâmbio de experiências;
– Criação e dinamização de salas específicas, nomeadamente, ateliers, laboratórios,
clubes;

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades realizadas
– Implementação da ligação em rede dos diversos sectores da escola, nomeadamente:
– Salas de informática
– Laboratórios
– Departamentos curriculares
– Biblioteca/Mediateca
– Sala de corpo Docente

– Apoio técnico e pedagógico aos utlizadores das TIC, designadamente, no espaço da


Mediateca Escolar
– Apoio ao desenvolvimento de outros projectos extra curriculares; Criação de cartazes e
material gráfico com recurso às TIC; apoio a departamentos

– Construção de páginas para a Web e Intranet

Formação
– Investigação pessoal e de equipa em áreas/temas necessários na gestão e apoio ao fun-
cionamento do espaço da Mediateca.
Toda a formação dos membros da equipa resultou, quer de auto-formação , quer da
frequência de acções de formação contínua de professores, designadamente na área da
criação de conteúdos multimédia e para a Web.

Materiais produzidos
– Conteúdos web – Homepage da Escola, Página da Intranet
– Imagens gráficas diversas, designadamente, logotipos para projectos extra-curriculares
– Publicações várias, designadamente, para o Museu da Escola

130
Sumário

FARO

Escolas sede com ficha síntese do projecto


ES com 3.º ciclo de Vila Real de Santo António
ES José Belchior Viegas
ES Poeta António Aleixo

131
132
Projecto: “GABINETE NÓNIO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3.º ciclo de V. R. de S.to António
Rua Dr. José Campos Coroa
8900-210 V. REAL DE SANTO ANTÓNIO
Tel: 281 51 1563 Fax: 281 512 899
Email:info@esec-v-real-sto-antonio.rcts.pt

www.esec-v-real-sto-antonio.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora
Financiamento atribuído: 3 400 000 Esc.

Faro
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de Vila Real de


Santo António
O projecto centrou-se no apoio às actividades da Escola , no desen-
volvimento da concepção de material e na formação de professores e
alunos na área das TIC.
As actividades tiveram lugar numa sala criada para esse efeito e
desenvolveram-se em três componentes:
– Preparação, elaboração e desenvolvimento de trabalhos práti-
cos nas TIC;
– Apoio aos projectos de Escola;
– Formação em Tic para docentes e discentes.
Os trabalhos produzidos no Gabinete foram apresentados em expo-
sições, através de equipamento colocado no átrio da Escola e via Internet.

133
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Preparação, elaboração e desenvolvimento de trabalhos práticos com as TIC:
– Elaboração de trabalhos multimédia
– Apresentação de vídeo conferência no pavilhão da Bélgica na Expo98
– Elaboração de CD com trabalhos multimédia desenvolvidos
– Concepção e elaboração de página de Internet da Escola
– Apoio aos projectos e outras actividades de Escola
– Cursos de Educação e Formação Profissional Inicial
– Projecto “Pólo 28 de Setembro”
– Cursos Tecnológicos
– Clube de Fotografia
– Jornadas de Informática
– Formação em Tic para docentes e discentes
– Formação em ToolBook
– Formação em HTML e Ms-FrontPage
– Formação em Word e Excel
– Formação para professores de programas específicos nomeadamente sobre ges-
tão e avaliação – “ProfGest” da Porto Editora

Formação
– ToolBook
– HTML e Ms-FrontPage
– Word e Excel
– Programas específicos nomeadamente sobre gestão e avaliação – “ProfGest” da Porto
Editora

Materiais produzidos
– Trabalhos multimédia sobre a Região
– Trabalhos multimédia gerais
– Página de Internet
– Elaboração de CD-Rom

134
Projecto: “POR MARES NUNCA ANTES NAVEGADOS”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES José Belchior Viegas
8150 S. BRÁS DE ALPORTEL
Tel: 289 845 545 Fax: 289 845 545
Email: por-mares@clix.pt
Escolas associadas: ES de Tavira e ES c/
3.º ciclo Padre António Martins de Oliveira

Associada ao Centro de Competência Nónio: EDUCOM


Financiamento atribuído: 3 450 000 Esc.

Faro
Descrição do Projecto

ES José Belchior Viegas


“Por Mares Nunca Dantes Navegados” é um projecto de telemática
educativa que visa envolver numa rede de escolas, professores e alunos
de todo o mundo lusófono numa perspectiva multicultural. A Internet, ao
esbater as barreiras geográficas, pode servir para aproximar jovens, pro-
fessores, escolas e culturas de língua portuguesa na realização de um
trabalho em conjunto que, pela sua natureza intrínseca, contribui decerto
para a melhoria das aprendizagens, dos conhecimentos e competências.
O projecto navega por Rotas Literárias, Históricas, Filosóficas, Artísti-
cas e das Ciências, para além de Rotas Abertas e Debates. Tem uma
dimensão interdisciplinar, envolvendo alunos de todos os níveis de ensino
em escolas no Algarve e também no Brasil. É nossa intenção disseminá-lo
e criar raízes noutras escolas e regiões do país.
Os nossos objectivos são:
– Divulgar na Internet Os Lusíadas, a Portugalidade e a Lusofonia;
– Abordar as temáticas suscitadas pela epopeia camoniana numa
perspectiva interdisciplinar;
– Facilitar a produção e edição de trabalhos elaborados pelos alu-
nos, sob orientação do professor, de modo a desenvolver o gosto
pela pesquisa e investigação e o cuidado na elaboração e redac-
ção dos textos;
– Mobilizar criticamente os saberes e competências construídos no
contexto sala de aula/disciplina específica e sua interacção com os
outros numa perspectiva de cultura pessoal integradora;
– Agir em cooperação activa manifestando respeito, abertura e capa-
cidade de diálogo face a outras perspectivas e valores;
– Experimentar e intervir com as Tecnologias de Informação e Comu-
nicação;
– Fomentar o gosto por descobrir;

135
– Proporcionar condições para que a interdisciplinaridade aconteça;
– Fomentar a cooperação inter-escolas;
– Utilizar as competências comunicativas em língua portuguesa.

Balanço - Efeitos do projecto


Actividades
O projecto concretiza-se em actividades distintas, mas complementares:
– Publicação de trabalhos realizados por alunos no site na Internet. Estes são produzi-
dos em diversas escolas participantes no projecto, orientados e seleccionados pelos
professores. A estruturação do site em rotas de navegação proporciona uma aborda-
gem interdisciplinar de temáticas que se cruzam.
– Esta plataforma na Internet, visível em todas as escolas, é a base para a realização de
um processo de comunicação interactiva entre os participantes que se realiza através
de: Correio electrónico; lista de discussão Por-Mares; fórum Por-Mares no próprio site;
– Organização periódica de encontros em tempo real (Internet Relay Chat – IRC). Estes
debates são planificados com antecedência, seleccionando-se os temas de acordo
com o desenvolvimento do projecto e o interesse dos participantes. Reúnem num
mesmo momento alunos, professores e investigadores convidados, situados em
diferentes locais e escolas. São espaços virtuais de reflexão que, por si só, geram
dinâmicas de comunicação concretizadas através dos meios referidos.

Formação
Os professores são um elemento essencial no processo educativo, na própria inovação.
Conscientes dessa realidade, o Centro de Competência desenhou e levou a efeito uma
oficina de formação denominada de «Desenvolvimento de Projectos e Redes Telemáticas»,
aberta também a professores não envolvidos directamente no projecto. Esta oficina teve por
objectivo não só dar resposta às necessidades de formação dos professores envolvidos no
projecto, mas também dá-lo a conhecer a outros professores, outras escolas e indirecta-
mente a outros alunos, proporcionando assim a possibilidade de o virem a integrar. Sucin-
tamente, pretendemos que os professores tenham contacto com alguns saberes a adquirir
no âmbito da telemática: realização de pesquisa na Internet, participação em sessões de
conversa em tempo real (IRC – Internet Relay Chat), troca de correspondência por correio
electrónico, com e sem anexos, e elaboração de páginas HTML. A aquisição destes saberes
facilitará a realização de trabalhos com os alunos com recurso às TIC. Até hoje, já realizá-
mos três oficinas de formação de 50 horas cada uma: em Albufeira, em S. Brás de Alportel
e em Tavira. Estas revelaram-se fundamentais na disseminação e implementação do pro-
jecto nestas cidades e um Seminário de reflexão das actividades desenvolvidas e planifica-
ção de actividades a desenvolver, bem como de aprofundamento de conhecimentos técni-
cos.
Para além da formação formal creditada, temos realizado reuniões periódicas em que
têm estado presentes os elementos da equipa coordenadora: um coordenador de rota e por
escola integrada.

Materiais produzidos
– CD-ROM Por Mares, editado pelo I.I.E.;
– Site Por-Mares na Internet em http://educom.fct.unl.pt/proj/por-mares.

136
Projecto: “O COMPUTADOR NO LABORATÓRIO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES Poeta António Aleixo
Av. 25 de Abril
8500 PORTIMÃO
Tel.: 282 470 140 Fax: 282 423 803
Email: Espaa@mail.telepac.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 5 400 000 Esc.

Faro
Descrição do Projecto

ES Poeta António Aleixo


O Projecto incidiu na área das Ciências e teve como objectivos:

– Motivar os alunos para a área das Ciências através da divulgação


das TIC.
– Realizar experiências laboratoriais com recolha e tratamento de
dados por computador.
– Utilizar software educativo como auxiliar da aprendizagem das Ci-
ências.
– Valorizar o processo de ensino-aprendizagem, com a integração
das TIC, nas actividades curriculares e extracurriculares.
– Diversificar estratégias de aprendizagem de conteúdos científicos
de âmbito curricular.
– Sensibilizar os alunos para a prática investigativa.
– Proporcionar aos alunos a aquisição de conhecimentos básicos
que os tornem capazes de melhor compreender problemas cientí-
ficos e tecnológicos importantes para o indivíduo e para a socieda-
de em geral.

137
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades

– Actividades experimentais no âmbito dos programas curriculares do Ensino Secundário


de Ciências da Terra e da Vida, Ciências Físico-Químicas, e em Técnicas Laboratoriais de
Biologia e de Química com utilização de sistemas de aquisição de dados por meios
informáticos, envolvendo o uso de sensores e software educativo específico nos Labora-
tórios de Ciências Experimentais.
– Utilização do computador como instrumento de cálculo, modelação e simulação com base
em software educativo específico (Modellus) e CDs (Descobrir a Célula...).
– Realização de experiências laboratoriais em espaço adequado – Ciberlab – com recurso
ao computador, em projectos autónomos dos alunos ou com base em protocolos forneci-
dos.
– Exploração de software educativo na aprendizagem de alguns conteúdos científicos.
– Instalação de uma rede que permite aceder à Internet em qualquer dos computadores
para exploração, construção e experimentação de recursos educativos.
– Acesso a outras Instituições locais para experimentação de algumas das actividades rea-
lizadas no Ciberlab.
– Construção da Homepage da Escola.
– Divulgação do trabalho desenvolvido na Homepage da Escola.
– Realização de videoconferências nas quais participaram a Escola Secundária Poeta António
Aleixo (professores e alunos), a Escola Secundária da Baixa da Banheira, a Escola Se-
cundária Sebastião da Gama, a Escola Secundária da Bela Vista e o Centro de Compe-
tência Nónio da ESE de Setúbal, para troca de impressões acerca dos materiais relacio-
nados com a utilização de sensores nas aulas de Biologia, e partilha de uma experiência
de aquisição e tratamento de dados.
– Actividades extracurriculares, das quais se destacam: Mostra da Realidade Escolar, Acti-
vidades do Clube de Ciência (envolvendo o intercâmbio com escolas dos 1º, 2º e 3º Ciclos
do ensino básico), visitas de estudo, Demonstrações a escolas do 1º Ciclo do Ensino
Básico das actividades desenvolvidas.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto participaram nos Encontros e Seminários organizados
pelo Centro de Competência Nónio. Um dos docentes recebeu formação por parte do Centro
de Competência numa sessão de trabalho. Foram, depois, envolvidos 22 professores da
escola na formação relacionada com esta área específica no próprio Laboratório de Ciências
da Escola.

Materiais produzidos
– Publicação “O Computador no Laboratório de Ciências Naturais” realizada pela Coorde-
nadora do Projecto Nónio e editada pelo Centro de Competência
– Homepage da Escola

138
Sumário

GUARDA

Escolas sede com ficha síntese do projecto


EB 2/3 de S. Miguel

139
140
Projecto: “AS TIC’s NA EDUCAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de S. MIGUEL
Av. Cidade de Salamanca
6300-538 GUARDA
Tel.: 271 238 311 Fax: 271 238 229
Email: c.saomiguel@mail.telepac.pt

www.rede-nonio.min-edu.pt/prep/cssmig
Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Viseu
Financiamento atribuído: 4 600 000 Esc.

Guarda
Descrição do Projecto
Pretendeu-se com o projecto contribuir para uma realidade educaci-

EB 2/3 de S. Miguel
onal alternativa no espaço escolar português, contribuindo para a qua-
lificação do ensino ao introduzir as TIC’s em contexto de aprendizagem
escolar.
A Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de São Miguel, desenvolveu as
seguintes áreas de especialidade:
– Área Temática “A Internet na Educação”
– Área Temática “Utilização de Software Educativo”
Objectivos fundamentais preconizados :
– Identificar e compreender a situação actual da Escola em rela-
ção às TIC: - detectar problemas de organização de recursos
humanos e materiais; detectar lacunas de diversas origens nos
sistemas informáticos; determinar o grau de sensibilização e
formação de professores e restantes elementos da Comunida-
de Escolar.
– Identificar, formular e implementar projectos educativos de utili-
zação das TIC na Educação.

Implementámos uma série de projectos com bastante incidência


junto da comunidade escolar.
Os projectos revelaram-se exequíveis, atractivos e motivadores para
alunos e professores, funcionando como um motor importante para
uma introdução e generalização das TICs.
Projectos desenvolvidos :
“Jornal Electrónico Escolar”
“As TICs e a aprendizagem de Línguas”
“Museu Virtual”
“As TICs e a Área Escola”
“O aluno desenvolve software para a Escola ou para a
Comunidade”
“Rentabilização de Equipamentos Informáticos”

141
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Criação do Centro de Recursos / Sala de Informática.
– Elaboração de um regulamento específico de utilização do espaço.
– Organização das 1 as Jornadas da Escola Informada da Guarda
– Utilização e exploração de software educativo como forma de superar dificuldades de
aprendizagem dos alunos com Apoio Pedagógico Acrescido.
– Formação aos Alunos com Necessidades Educativas Especiais (currículos escolares
próprios, currículos alternativos, deficiência auditiva, dificuldades motoras e adaptações
curriculares) no âmbito da aprendizagem de conceitos básicos de funcionamento do PC,
processamento de texto e de programas simples de edição gráfica.
– Criação do Clube de Informática.
– Divulgação on-line das actividades do Clube de Informática.
– Participação nos Netd@ys
– Participação na Festa da Internet – actividades de sessão aberta à comunidade educativa
com a divulgação do trabalho dos alunos do Atelier / Clube de Informática
– Visitas de Estudo.
– Publicação on-line do Jornal “Porta-Aberta”.
– Torneio de jogos educativos - “As aventuras do Hugo”, integrado no Programa da Sema-
na Cultural da Escola
– Divulgação das actividades dos Clube de Ocupação de Tempos Livres da Escola e
projectos desenvolvidos no âmbito do projecto Área-Escola, através da sua publicação
on-line.
– Elaboração de Certificados de participação de várias actividades realizadas na Escola.
– Edição de diversos panfletos, desdobráveis e brochuras alusivas a diferentes
comemorações incluídas no Plano Anual de Actividades, Projecto Educativo e/ou outras
efemérides.
– Troca de correspondência electrónica e recurso ao IRC.
– Pesquisa de sites na Internet com interesse pedagógico.
– Análise e exploração de software educativo.
– Produção e montagem de pequenos vídeos.
– Utilização do Centro de Recursos para a leccionação de disciplinas com recurso às
TIC’s nomeadamente através da exploração didáctica de diferentes títulos multimédia e
pesquisa de informação na Net.

Formação
– Formação “interna” aos alunos do Atelier / Clube de Informática :
– Sistema Operativo - Microsoft Windows 98
– Aplicações informáticas - Microsoft Office 97/2000.
– Formação em utilização da Telemática e da Internet.
– Troca de correspondência electrónica e recurso ao IRC.

Materiais produzidos
– Homepage da EB 2/3 de S. Miguel. (www.rede-nonio.min-edu.pt/prep/cssmig).
– Homepage do Clube de Informática (www.terravista.pt/PortoSanto/7192).
– Homepage do Projecto “À Descoberta da Guarda” (atelier.hannover2000.mct.pt/pr253).
– Desdobráveis, panfletos, brochuras e certificados.
– Edição de CD-ROM com as actividades realizadas na Escola
– Edição de CD-ROM – “À Descoberta da Serra da Estrela”, em colaboração com o
Centro de Formação de Professores dos Concelhos de Belmonte e Manteigas.

142
Sumário

LEIRIA

Escolas sede com ficha síntese do projecto


ES de Domingos Sequeira
ES Eng.º Acácio Calazans Duarte

Escolas sede sem ficha síntese do projecto (por não ter sido enviada)
EB 2/3 Rainha Santa Isabel – Carreira – Monte Real

143
144
Projecto: “CIENTIC – APLICAÇÃO DAS TIC EM MATEMÁTICA, FÍSICA E QUÍMICA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES de Domingos Sequeira
Largo Dr. Serafim Lopes Pereira
2410-250 LEIRIA
Tel: 244 811 951 Fax:244 828 194
Email: cd.esds@mail.telepac.pt

www.esec-domingos-sequeira.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Sofciências


Financiamento atribuído: 10 000 000 Esc.

Leiria
Descrição do Projecto
Principais objectivos:
– Desenvolver o gosto pela aprendizagem da Matemática, Física e

ES de Domingos Sequeira
Química.
– Tornar o ensino da Matemática, Física e Química activo, motivador
e actualizado.
– Desenvolver actividades experimentais no âmbito da Física e da
Química com recurso as modernas tecnologias de informação.
– Apoiar a divulgação da Matemática e da Física através dos res-
pectivos clubes.
– Promover a formação interna, em contexto de trabalho, dos pro-
fessores dos1º grupo (Matemática), 4º grupos A e B (Física e Quí-
mica) no domínio da experimentação com recurso às tecnologias
de informação.
– Promover a interdisciplinaridade especialmente nas disciplinas
de Física, Química, Matemática, Electrónica/Electrotecnia, Intro-
dução às Tecnologias de Informação e Inglês.

Efeitos esperados
– Motivação das aprendizagens curriculares da Matemática, Física
e Química, com o aumento do nível de sucesso nestas discipli-
nas. (Saliente-se que é nestas disciplinas que se verifica o maior
nível de insucesso).
– Formação interna do corpo docente em contexto de trabalho, com
actualização das práticas pedagógicas no domínio da Matemáti-
ca, Física e Química. Refira-se que esta formação é, no nosso
ponto de vista, absolutamente necessária tendo em considera-
ção as recentes actualizações curriculares que se verificaram no
âmbito destas disciplinas.

145
– Desenvolvimento de actividades extracurriculares de ocupação de tempos livres com
a implementação de projectos aliciantes no domínio da consolidação e investigação
de conhecimentos.
– Promoção efectiva da interdisciplinaridade.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Actividades experimentais nos domínios de Física e Química com a utilização de
computadores, sensores e interfaces que permitem a realização de uma vasta gama
de experiências.
– Actividades no domínio da Matemática com utilização das TIC (computadores,
sensores, máquinas de calcular).
– Criação de um Laboratório de Matemática.
– Utilização da Internet como instrumento de pesquisa nas aulas experimentais, espe-
cialmente na disciplina de Técnicas Laboratoriais de Física.
– Desenvolvimento de projectos de investigação por parte dos alunos, nos domínios
das ciências Físicas e da Matemática, em contexto extracurricular, devidamente ori-
entados por professores da especialidade.
– Reforço da interdisciplinaridade entre as disciplinas de Física, Química e Matemáti-
ca.

Um dos principais efeitos do projecto Nónio foi o facto deste ter constituído a base estrutu-
ral onde têm ancorado outros projectos, designadamente: Ciência Viva (Ministério da Ciência
e Tecnologia) e Inovar, Educando/Educar, Inovando (Ministério da Educação).

Formação
Foi dada prioridade à formação de professores ao longo de todo o projecto.
Foram realizadas várias acções de formação de professores, designadamente:
– “Computadores, sensores e interfaces”. Esta acção foi desenvolvida por professores
associados ao Centro de Competência Experimenta e à Sociedade Portuguesa de
Física. A acção desenvolveu-se na modalidade de projecto e foi creditada pelo
Conselho Coordenador da Formação Contínua, por intermédio do Centro de Formação
de Leiria.
– “Cientic- aplicação das TIC em Matemática Física e Química. Esta acção desenvolveu-
se na modalidade de projecto e foi creditada pelo Conselho Coordenador da Formação
Contínua, por intermédio do Centro de Formação de Leiria.

Materiais produzidos
– Guiões de utilização de Software: iniciação à informática, Word e Excel; Science
Workshop (aquisição de dados); Modellus (modelação matemática); VideoPoint
(registo digital de vídeo); Sketchpad (funções); Interactive Physics (simulação);
– Protocolos experimentais nos domínios da Física, Química e Matemática;
– CDROM, com os protocolos experimentais, registos fotográficos de alguns trabalhos
desenvolvidos nos Laboratórios em contexto curricular.

146
Projecto: “INVESTIGAR (TELE) COMUNICAR E
APRENDER”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES Eng.º Acácio Calazans Duarte
Rua Prof. Alberto Nery Capucho
2430-231 MARINHA GRANDE
Tel: 244 575 140 Fax: 244 575 142
Email: calazans@mail.telepac.pt

www.esec-emg-a-calazans-duarte.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Softciências


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Leiria
Descrição do Projecto
Projecto com características disciplinares (na áreas das línguas es-

ES Eng.º Acácio Calazans Duarte


trangeiras e das ciências exactas) e igualmente com características
transdiciplinares e interdisciplinares (no envolvimento de toda a comuni-
dade escolar nas tecnologias de informação), tendo como finalidades:
– Desenvolver o espírito de pesquisa e promover a
interdisciplinaridade;
– Sensibilizar e formar professores para a utilização de computado-
res no ensino como meio privilegiado de apoio à experimentação e
tratamento de dados;
– Familiarizar os alunos com os métodos, processos de trabalho e
formas de pensar em Física, Química, Matemática, Línguas estran-
geiras e Língua Materna, recorrendo às TIC;
– Sensibilizar os utilizadores para as novas tecnologias e incrementar
a sua utilização em actividades formativas diversificadas;
– Envolver os alunos dentro da sua actividade curricular, com aspec-
tos que só as TIC permitem;
– Desenvolver no jovem a capacidade de compreender a tecnologia
actual e a sua aplicação no domínio da investigação científica;
– Permitir à população escolar o acesso à informação disponível na
Internet;
– Promover a organização e realização de mostras e actividades;
– Utilizar equipamentos informáticos, no que diz respeito ao tratamento
de dados e simulação de experiências;
– Realizar experiências que desenvolvam a capacidade de compre-
ender a tecnologia actual e a interligação das duas áreas - a cientí-
fica e a tecnológica;
– Estimular o interesse dos alunos pelas línguas materna e estran-
geiras.

147
– Aprofundar conhecimentos culturais e linguísticos;
– Permitir uma aprendizagem mais dinâmica das línguas.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Em articulação com o Projecto Educativo da escola foram desenvolvidas actividades de:
– Implementação de uma rede de computadores interna – Intranet, com ligação exter-
na.
– Realização de actividades curriculares utilizando software didáctico e actividades
experimentais com equipamento de aquisição e tratamento de dados em tempo real;
– Pesquisa e selecção de conteúdos na Internet
– Dinamização na utilização do “email” pelos professores;
– Intercâmbios via “email”, entre alunos da escola e com outras escolas do país e do
estrangeiro;
– Animação de tempos livres;
– Produção e edição de informação digitalizada e de conteúdos para a Internet;
– Divulgação de conteúdos da Internet (exemplo “O Mocho”).

Formação
No âmbito deste projecto foram realizadas acções de formação, que envolveram inicial-
mente professores (50) e posteriormente também alunos (400), em software de:
– Processador de texto;
– Folha de cálculo;
– Digitalização de imagem e texto (OCR) e seu tratamento;
– Browser, “navegação” e pesquisa de conteúdos na Internet;
– Produção de conteúdos para Internet (FrontPage).

Foi também realizada formação na utilização de equipamentos de aquisição e tratamento


de dados em tempo real e de utilização da Internet na educação.

Materiais produzidos
– Documentos de informação contendo endereços e sua descrição;
– Cartazes com informação sobre conteúdos da Internet;
– Propostas de actividades para utilização de software didáctico (de Softciências, “Des-
cobrir a Célula”, Sketchpad, ...);
– Páginas com conteúdos na Internet (como exemplo “A Magia do Vidro: influências no
nosso quotidiano” respondendo a um desafio da UARTE de criação de uma página
para Hannover);
– Materiais para utilização das calculadoras gráficas - e utilização de sensores em acti-
vidades de modelação.

148
Sumário

LISBOA

Escolas sede com ficha síntese do projecto


APPACDM - Centro Bonny Stilwell
EB 1 n.º 3 de Paiã
EB 1 nº 29 de Lisboa
EB 1 n.º 30 de Lisboa
EB 1 n.º 49 de Lisboa
EB 2/3 da Póvoa de S.to Adrião
EB 2/3 de Damião de Góis
EB 2/3 de Delfim Santos
EB 2/3 de Eugénio dos Santos
EB 2/3 de Francisco de Arruda
EB 2/3 de Luís de Camões
EB 2/3 de S.to António
EB 2/3 de Vialonga
EB 2/3 do Conde de Oeiras
EB 2/3 João Villaret
EB 2/3 Prof. Noronha Feio
EB 2/3 com Sec. da Sarrazola
ES com 3.º ciclo da Amadora
ES com 3.º ciclo de D. Luísa de Gusmão
ES com 3.º ciclo de Sacavém (CANTIC)
ES com 3.º ciclo do Dr. Azevedo Neves
ES com 3.º ciclo do Padre Alberto Neto
ES com 3.º ciclo do Padre António Vieira
ES com 3º ciclo Dr. Manuel Fernandes

149
ES com 3.º ciclo Leal da Câmara
ES de S. João do Estoril
ES de Vitorino Nemésio
ES do Prof. Reynaldo dos Santos
Escola Profissional de Comércio de Lisboa

Escolas sede sem ficha síntese do projecto (por não ter sido enviada)
Associação de Escolas 31 de Janeiro - Parede
Colégio de Dona Luísa Sigea
EB 1 com J.I. n.º 1 de Algés
EB 1 de Outurela e Portela – Outurela - Carnaxide
EB 1 de S. João do Estoril
EB 1 n.º 1 de Casal de Cambra
EB 1 n.º 1 de Queluz
EB 1 n.º 2 de Mem Martins
EB 1 n.º 2 de Oeiras
EB 1 n.º 4 de Agualva - Cacém
EB 2 João de Deus - Monte Estoril
EB 2/3 da Galiza – S. João do Estoril
EB 2/3 de Albarraque – Rio de Mouro
EB 2/3 de Almeida Garret - Alfragide
EB 2/3 de Fernando Pessoa – Olivais Sul
EB 2/3 de Ferreira de Castro – Mem Martins
EB 2/3 do Dr. Rui Grácio - Montelavar
EB 2/3 do Padre António Alberto Neto – Rio de Mouro
EB 2/3 Dr. Vasco Moniz – Vila Franca de Xira
ES com 3º ciclo da Rainha D. Amélia - Lisboa
ES com 3º ciclo de Ferreira Borges - Lisboa
ES com 3º ciclo de Gama Barros - Cacém
ES com 3º ciclo de Ibn Mucana - Alcabideche
ES com 3º ciclo de Linda-a-Velha
ES com 3º ciclo do Marquês de Pombal - Lisboa
ES com 3º ciclo Fernando Lopes Graça - Parede
ES com 3º ciclo Frei Gonçalo de Azevedo – S. Domingos de Rana
ES de Mem Martins
Externato “O Veleiro” - Lisboa

150
Projecto: “CONSTRUINDO E APRENDENDO”
Contactos da Escola sede
Endereço: Assoc. Port. de Pais e Amigos
do Cidadão Deficiente Mental
Largo da Ajuda nº18
1300-018 LISBOA
Tel: 213 663 585/6 Fax: 213 660 288
E-mail: cbs62@iol.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Faculdade de Motricidade Humana


Financiamento atribuído: 3 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

APPACDM - Centro Bonny Stilwell


Através de um sistema de Novas Tecnologias na área da Robótica,
este projecto visa proporcionar à criança com necessidades educativas
especiais um mediador de aprendizagem que permita a aquisição de
conceitos essenciais de categorização e desempenhos cognitivos bási-
cos. Este Robot possui uma memória viva que lhe confere uma certa
autonomia e é comandado pela criança. As ordens de comando são em
linguagem LOGO.
1º Módulo – Este módulo compreende actividades de relação directa
da criança com o espaço, ou seja, são propostas actividades de con-
frontação sensorio-motora ao nível do próprio corpo e na relação com os
objectos. Aqui, as actividades da primeira fase consistem em situações
problema, ao nível dos conceitos espaciais directamente manipuláveis
como é o caso do jogo do corpo.
Posteriormente, depois de exercida a identificação e desenvolvida a
prática de conceitos espaciais, desenvolvem-se actividades em que a
criança deverá dar “ordens” a outro através de uma linguagem comum.
Numa segunda fase, deverão ser proporcionadas às crianças, activida-
des onde sejam utilizadas setas de orientação.
2º Modulo – Este módulo é caracterizado por actividades centradas
na Acção da Criança sobre o Robot. A acção é deste modo, caracterizada
por: acção indirecta; acção descentrada; acção projectada. O 2º módulo
compreende actividades centradas na relação indirecta da criança com
o espaço, ou seja, a criança é confrontada com o mesmo tipo de situa-
ções problema do 1º módulo, no entanto agora a acção consiste em
comandar o Robot Logo, através dessas mesmas situações – o espaço
de acção é virtual. Numa segunda fase são propostas actividades que
compreeendem a resolução de situações problema que implicam a
descodificação de percursos assinalados simbolicamente no quadro
de parede.

151
Existem 2 tipos de tartaruga robot: tartaruga de solo e tartaruga Roamer. Têm como
objectivos educativos a preparação da criança para o confronto com os computadores e a
promoção da tomada de consciência e experiência corporal e motórica (Morato, 1993).
A tartaruga de solo é composta por um móbil programável em linguagem LOGO, com
capacidades para deixar registo gráfico e um sistema de comando por cartas perfuradas
que através de um leitor – emissor de infra-vermelhos emite informações. Funciona de
modo directo (passo a passo), ou de modo diferido (pré-programação). As suas funções
variam conforme as cores das cartas que vão sendo introduzidas…
A tartaruga Roamer tem uma forma que lembra uma tartaruga, composta por um teclado
de conceitos, na carapaça, atractivo e simples de utilizar. Tem uma linguagem semelhante
à linguagem LOGO.
3º Módulo – Este módulo consiste em actividades que levem à passagem da Tartaruga de
Solo/Roamer à Tartaruga de Ecran. Sabendo que a informação disponível num teclado, e que
as formas como obedece a um critério de racionalidade funcional (uma vez que foi pensada
atendendo à resolução de um problema mecânico), torna-se fácil compreeender as dificulda-
des encontradas por crianças em idade pré-escolar, quando não dominam o código escrito,
ou crianças com necessidades educativas especiais. Como a maior parte do software existen-
te faz apelo ao conhecimento de símbolos e capacidades específicas de manipulação, é im-
portante a existência de um interface que seja transparente para o software e que torne aces-
sível a comunicação com o computador para esta população . O teclado de conceitos respon-
de aos requisitos, revelando-se um excelente mediador de trabalho pela sua extrema versati-
lidade quer quantitativa quer qualitativa. No sentido de desenvolver estes módulos são pro-
postas actividades utilizando postos de trabalho emparelhados e/ou em pequenos grupos,
beneficiando assim, a comunicação interpessoal e a dinâmica de funcionamento em grupo.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
A partir de resultados de investigação da utilização da robótica programável em linguagem
LOGO, com diferentes grupos etarios e diferentes tipos de dificuldades de adaptação, através
do programa de desenvolvimento de conceitos espaciais (Morato,1995), foram implementadas
actividades com base na experiência corporal concreta, na experiência diferida através dos
robots e posteriormente em computador, durante dois anos lectivos com um grupo de jovens
(10-14 anos) com deficiência intelectual, utentes da APPACDM – Ajuda. Estas actividades,
conforme o programa (Morato, 1995) com frequência bisemanal, foram articuladas com o
âmbito da reabilitação psicomotora e com o treino da autonomia no espaço institucional, cujos
resultados foram francamente positivos.

Formação
Foram realizadas várias acções de formação para professores do 1º Ciclo e Educadores
de Infância das equipas de Apoio Educativo da área de relacionamento Institucional, envol-
vendo cerca de 10 Técnicos. Ao nível interno da APPCDM, os estagiários de Educação Espe-
cial e Reabilitação receberam formação especializada (60 horas).

Materiais produzidos
– Relatórios anuais das actividades;
– Posters em Reuniões Científicas Nacionais;
– Artigos de divulgação das actividades no âmbito da APPACDM, Boletim Interno e
apresentação de comunicação em Jornadas técnico-científicas.

152
Projecto: “INVESTIGAR, APRENDER E COMUNICAR ATRAVÉS DAS NOVAS TECNOLOGIAS”
Contactos da Escola sede

www.rede-nonio.min-edu.pt/1cic/paia3/
Endereço: EB 1 n.º 3 de Paiã
Rua do Vale de Santo António
Casal do Rato
1675 PONTINHA
Tel: 214 785 245 Fax: 214 785 245
Email: escola.n3.paia@mail.telepac.pt
Email: tmarques@mail.nonioxxi.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 3 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
O projecto de integração das TIC na nossa escola divide-se em dois

EB 1 n.º 3 de Paiã
sub-projectos interligados e que se complementam:
– Utilização das TIC na sala de aula;
– Projecto Área-Escola: realização de um jornal escolar.
Pretende a Escola, com a implementação deste Projecto, ajudar a
desenvolver nas crianças as seguintes capacidades:
– Comunicar ideias e informação de formas variadas;
– Aprender, armazenar, modificar e interpretar informação;
– Avaliar criticamente o conteúdo e a apresentação da informação
proveniente de várias formas;
– Efectuar investigações matemáticas e explorar representações
no computador de situações imaginárias ou reais;
– Utilizar adequadamente as tecnologias da informação em con-
junto com outros recursos;
– Incentivar uma aprendizagem transdisciplinar assente em pro-
jectos de trabalho concretos.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Projecto Mediateca: “Investigar, aprender e comunicar através das
novas tecnologias”. Dinamização da Mediateca com actividades inte-
gradas nos projectos que compõem o Projecto Educativo da Escola:
– Criação do Jornal Escolar;
– Realização de visitas de estudo integradas no tema do Projecto;
– Utilização do computador na escrita de textos, e consulta de te-
mas em estudo através de material multimédia diverso;
– Utilização do Computador na sala de aula como um meio de
pesquisa e motivador de aprendizagem.
Projecto de Biblioteca
– Criação de 4 Cantinhos na sala da Mediateca : Biblioteca (leitura);
Videoteca e Audioteca; Ludoteca; e Informática.

153
– Elaboração em computador de trabalhos relacionados com as obras lidas.
– Realização de jogos interactivos sobre os contos lidos (CD-ROM “Na Hora do Recreio”).
– Realização de trabalhos de pesquisa sobre autores de livros diversos, através da Internet:
escrita de textos para o Jornal e criação de um Álbum com fotografias digitais.
– Informatização do ficheiro da biblioteca
– Ligação à Internet: criação de um “site” com divulgação de textos elaborados pelos
alunos.
– Participação em actividades e concursos propostos através da Internet
– Consulta de páginas Web divulgadas por alunos de outras Escolas.
Projecto Videoteca/Audioteca e Projecto Ludoteca
Projecto “Computadores na sala de aula – Nónio-século XXI”
– Escrita de palavras; associação de figuras a palavras; leitura de palavras e frases; escrita
de pequenos textos; correcção ortográfica dos textos produzidos; utilização do dicionário
tradicional; utilização do Dicionário Multimédia (CD-ROM); utilização do corrector automá-
tico de textos; utilização do dicionário de sinónimos; ilustração dos textos elaborados
utilizando programas informáticos específicos (Paintbrush); realização de jogos didácti-
cos e interactivos relacionados com os currículos programáticos; criação de histórias a
partir de temas e conteúdos programáticos; realização de trabalhos de investigação
sobre temas de Estudo do Meio.
Projecto Área-escola “Criação de um jornal escolar” – Nónio-Século XXI
– Visitas de Estudo a diversos locais que proporcionaram a realização de actividades diver-
sas: trabalhos de investigação, recolha de material, elaboração de textos para o Jornal
Escolar...
– Realização, pelos alunos, de entrevistas, reportagens, crónicas, poesias, textos livres
que foram publicados no jornal escolar
– Elaboração do Jornal Escolar e sua distribuição pela comunidade educativa.
– Criação de um “site Internet”com divulgação de textos elaborados pelos alunos, para
consulta através da rede

Formação
Acções de Formação frequentadas e promovidas pelo Centro de Competência Nónio :
– Oficinas Pedagógicas “As TIC e o Trabalho de Projecto” (50h); “ Computador, um Bicho
de Sete Cabeças”(50h); e “ Publicação na Internet”(50h);
– Seminário “Utilização das TIC no Ensino das Ciências” (dinamizado pelo Professor Gerald
Abbeg); e “Centros de Recursos Educativos” (coordenado pela Dr.ª Cecília Galvão);
– Encontro “Espaços Partilhados”;
Acções promovidas por outras entidades e frequentadas por opção pessoal:
– Evento TECHDAY – Microsoft;
– “Iniciação ao Word e Excel “ – Centro de Formação de Professores D. Dinis.
É ainda de referir que existiu um grande investimento em auto e hetero-formação por parte
dos professores da escola com o apoio e orientação da coordenadora do projecto.

Materiais produzidos
– Jornal Escolar – “Repórter Ratinho” – Produzido e publicado pelos alunos da escola.
– HomePage – Criada através do Programa Publisher com a colaboração directa dos
alunos.
Para além destes materiais existem diversas actividades em que os alunos participam,
nomeadamente em propostas através da internet, exposições organizadas pelas autarquias,
mostras de projectos, etc, e cujos trabalhos com que a escola participa são elaborados
pelos alunos e envolvem a utilização das TIC.
A professora coordenadora participou no Encontro “Internet nas escolas do 1º Ciclo”
promovido pelo Município de Odivelas, onde apresentou uma sessão de diapositivos
relatando a evolução e concretização do Projecto na Escola .

154
Projecto: “A ECOLOGIA NA ESCOLA E NO MUNDO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 nº 29 de Lisboa
Rua do Telhal nº 10
1150-346LISBOA
Tel: 218 851 455 Fax: 218 851 455
Email: info@eb1-n29-lisboa.rcts.pt

www.eb1-n29-lisboa.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac.Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

EB 1 nº 29 de Lisboa
Objectivos:
– Desenvolver a consciência ecológica dos alunos e professores recor-
rendo às TIC para pesquisa, recolha, selecção e tratamento da infor-
mação.
– Reconhecer factores que estão na origem dos problemas ambientais
(locais, regionais e globais), identificando possíveis soluções para a
melhoria da qualidade de vida humana e do planeta.
– Promover o intercâmbio dos alunos da escola com instituições nacio-
nais e internacionais, no âmbito das preocupações ambientais, através
da utilização da Internet.

155
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades:
– Elaboração de relatórios.
– Elaboração de fichas de observação.
– Elaboração de textos e desenhos de tema livre ou sobre acontecimentos vividos.
– Elaborações de guiões de entrevistas e questionários.
– Construção de base de dados.
– Registo de dados recolhidos através de observações, pesagens, medições, etc.
– Tratamento dos dados recolhidos para a elaboração de estudos (de carácter estatístico ou
não), a efectuar nos vários subprojectos das turmas.
– Elaboração do Jornal de Escola com separata sobre temas ambientais.
– Consulta da Internet pelos alunos.
– Correspondência, via correio electrónico, com outras escolas nacionais ou internacionais,
para troca de experiências e de opiniões sobre os temas a explorar.

Formação:
Além de uma forte componente de autodidactismo, praticamente todos os professores da
escola já frequentaram acções de formação promovidas pelo Centro de Competência Nónio
e/ou outras instituições e participaram em sessões promovidas pela responsável do projecto
na escola.

Materiais produzidos:
– Jornais de escola
– Jornais de turma
– Boletins informativos
– Panfletos
– Posters
– Publicações de alguns trabalhos na Internet (de forma não sistemática)
– Produção de apresentações (slide shows)

156
Projecto: “EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EUROPA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 n.º 30 de Lisboa
R. Capitão Mor Pedro Teixeira
1400-041 LISBOA
Tel: 213 019 101 Fax: 213 019 101
Email: infob1-n30-restelo.rcts.pt

www.eb1-n30-restelo.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa
Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
Objectivos:

EB 1 n.º 30 de Lisboa
– Incentivar as aprendizagens dos alunos em várias áreas aplicadas a
projectos concretos.
– Saber pesquisar a informação necessária à realização de trabalhos.
– Comunicar as informações obtidas através da utilização das novas
tecnologias de informação e comunicação.
– Contribuir para o sucesso escolar das crianças com necessidades
educativas especiais.

Actividades:
– Realização de trabalhos numa horta pedagógica (1º e 2º anos).
– Estudo de problemas ambientais à escala do planeta, mas com maior
incidência na Europa (3º e 4º anos).
– Cooperação e partilha entre escolas, a nível europeu, tendo como base
o estudo do meio ambiente.
– Composição no computador do jornal “A Escola Trinta tem Outra Pin-
ta”, já existente.
– Feitura de material informativo diverso refente a actividades escola-
res.

157
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Reequipamento e reorganização da sala de computadores.
– Ligação dos computadores em rede e à Internet.
– Concepção e publicação da homepage da escola.
– Análise e avaliação do software educativo existente na escola.
– Criação e implementação do modelo de utilização da sala de computadores todos os
alunos, pelo menos uma vez por semana, trabalham nesta sala para: se familiarizarem
com os recursos informáticos, nomeadamente para utilizarem aplicações de
processamento de texto e de desenho e, posteriormente, base de dados e folha de
cálculo; terem acesso ao software educativo existente e se iniciarem na utilização da
Internet como fonte de informação e como recurso para a comunicação.
– Realização da “semana do café”. Os alunos elaboraram os convites utilizando os recur-
sos informáticos.
– Elaboração, pelos alunos, de diferentes materiais para serem distribuídos pela comuni-
dade escolar, como por exemplo, os cartões de boas festas (utilizando aplicações de
desenho e processamento de texto).
– Participação nas actividades inseridas no primeiro ano de funcionamento do “Observa-
tório da Ciência no 1º Ciclo”.

Formação
Oficinas pedagógicas promovidas pelo Centro de Competência Nónio:
– Utilização educativa da Internet - 3 professores.
– Publicação na Internet - 2 professores.
– As TIC como auxiliares das actividades experimentais na sala de aula de ciências - 3
professores.
– As TIC e o trabalho de projecto - 3 professores.

Materiais produzidos
– Homepage da escola.
– Materiais diversos destinados à comunidade escolar.

158
Projecto: “A CRIANÇA E O MUNDO ANIMAL”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 n.º 49 de Lisboa
R. Raúl Carapinha
1500-237 LISBOA
Tel: 217 269 610 Fax: 217 269 610
Email: info@eb1-n49-2dle-lisboa.rcts.pt

www.eb1-n49-2dle-lisboa.rcts.pt
no “Observatório da Ciência no 1º Ciclo”:
redeciencia.educ.fc.ul.pt/colaboratorio/index.htm
Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências de Universidade de Lisboa
Financiamento atribuído: 3 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
Objectivos gerais:

EB 1 n.º 49 de Lisboa
– Incentivar atitudes de preservação do Património Natural e de respeito
pelas várias formas de vida.
– Promover o contacto directo das crianças com o mundo animal.
– Auxiliar a criança a compreender e a conhecer o mundo animal atra-
vés da observação directa e reflexão.
– Desenvolver nos alunos uma atitude de permanente pesquisa, obser-
vação e experimentação da realidade envolvente, numa perspectiva
interdisciplinar.
– Recolher e organizar informaticamente os dados recolhidos.
– Utilizar diferentes modalidades para comunicar a informação recolhi-
da.
– Criar condições para o desenvolvimento do sucesso escolar e educativo.

Actividades:
– Organizar e realizar visitas de estudo tendo em vista a observação
directa dos animais.
– Observar animais no seu meio natural e em cativeiro.
– Promover troca de experiências intra e extra-escolares através do jor-
nal escolar, folhetos desdobráveis, exposições, Internet.
– Registar toda a informação recolhida através dos sistemas informáticos
existentes: base de dados, processamento de texto, desenho, gráfi-
cos.

159
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Reequipamento e reorganização da componente informática do Centro de Recursos
da escola.
– Organização da homepage da escola.
– Integração nas actividades do “Observatório da Ciência no 1º Ciclo”.
– Trabalhos de pesquisa realizados pelos alunos.
– Recolha de informação em diversos suportes: Internet, livros, folhetos, revistas, regis-
to fotográfico.
– Utilização do e-mail para divulgar e solicitar informação sobre temas desenvolvidos
na sala de aula.
– Categorização dos animais observados (na escola, em visitas de estudo) de acordo
com as suas características, através da elaboração de grelhas.
– Utilização funcional de diversos tipos de textos, para organização e divulgação da
informação recolhida.
– Representação de animais através de desenho e fotografia.

Formação
Formação realizada na escola com o acompanhamento esporádico de um professor do
Centro de Competência e do professor que veio à escola através do Movimento de Escola
Moderna.

Materiais produzidos
– Homepage da escola.
– Jornal escolar, folhetos desdobráveis, registos de informação.

160
Projecto: “CONVIVER E APRENDER COM NOVAS FORMAS DE SABER”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 da Póvoa de S.to Adrião
Rua Marechal Craveiro Lopes
2675-157 PÓVOA DE SANTO ADRIÃO
Tel: 219 375 820 Fax: 219 375 987
Email: info@eb23-povoa-sto-adriao.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
O Projecto Educativo da Escola “ Do aprender ao aprender a conviver”

EB 2/3 da Póvoa de S.to Adrião


tem como filosofia subjacente a comunicação e envolvimento de todos
os interveniente na vida escolar. Assim, pretende-se que o Projecto
“Conviver e aprender com novas formas de saber” não fique limitado
aos professores que o elaboraram. Nessa perspectiva, o projecto
desenvolve-se em três fases distribuídas por três anos lectivos:

1º ano (1997/98)
– Sensibilização, de toda a comunidade educativa e meio envolvente,
à utilidade das Tecnologias de Informação e Comunicação.
– Início do Projecto com um número reduzido de turmas.
2º ano (1998/99)
– Alargamento do projecto a um maior número de turmas,
professores e disciplinas.
3º ano (1999/2000)
– Implementação do Projecto a todas as turmas, professores e
disciplinas do 6º e 9º anos.

Objectivos Gerais
– Contribuir para a existência de um ambiente propício ao sucesso
escolar no quadro das actividades habituais curriculares e extra-
curriculares existentes na Escola.
– Abrir portas a um novo meio de comunicação educacional e de
relacionamento entre professores e alunos e uma real integração
da escola na sociedade.
– Alargar horizontes aos futuros cidadãos, possibilitando-lhes o
acesso à informação e documentação de outros contextos
culturais.

161
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
De acordo com os objectivos atrás descritos, planificaram-se as seguintes actividades:
– Divulgação do Centro de Recursos da Escola.
– Actividades ao vivo realizadas pelos alunos intervenientes no Projecto.
– Feira e demonstração de equipamento informático e software educativo.
– Seminários.
– Implementação das TIC em Actividades de Complemento Educativo e Curricular.
– Instalação de uma Mediateca em regime aberto.
– Utilização, em regime aberto, de jogos existentes no Centro de Recursos.
– Utilização de software educativo de natureza disciplinar – em unidades didácticas
– Elaboração de Planos Individuais de Trabalho ( P.I.T.)
– Concretização dos P.I.T.
– Aplicação das TIC no desenvolvimento de projectos da Área Escola.
– Mostragem/Exposição ao longo de cada ano, do processo e produto do trabalho
realizado por alunos e professores.
– Construção da Homepage da escola
– Utilização da Internet, E-mail em situações diversificadas

Formação
Além de outras acções de participação individual, uma razoável percentagem de
professores da escola participou em acções de formação dinamizadas pela equipa do
projecto e pelo Centro de Competência:
– Iniciação ao Windows 95/Word
– Sistemas de produção multimédia
– Internet (www, email, IRC...)
– Internet (produção de homepage)
– O Uso do multimédia na sala de aula
– O que são as tecnologias de informação e comunicação
– Telemática: um novo recurso na Escola
– Access – sistematização e consulta de informação – Bancos de dados como recurso da
escola, do professor e do aluno
– Utilização das TIC em contexto educativo

Materiais produzidos
Para além de outros de menor envergadura, foram produzidos:
– CD-Rom – “Uma viagem Musical através do tempo – Sec. XVIII/XX
– CD-Rom – Instrumentos de Orquestra

162
Projecto: “AS TIC AO SERVIÇO DA HUMANIDADE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Damião de Góis
Rua Cassiano Branco, Zona N2 – Chelas
1900 LISBOA
Tel: 218 310 519 Fax: 218 594 571
E-mail: info@eb23-damiao-gois.rcts.pt

www.eb23-damiao-gois.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universida de de Lisboa


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Damião de Góis


Objectivos:
– Fomentar o sucesso escolar, através do recurso às TIC quer
potenciando o seu uso como instrumento de apoio ao ensino, quer
explorando os seus benefícios sócio-culturais e profissionais;
– Explorar as formas de integração curricular das TIC, não só na pers-
pectiva estrita da sua integração nos currículos das diferentes disci-
plinas, como também pelo contributo que estas podem dar para a
fluidez do currículo no seu todo;
É um projecto de coordenação e integração de três acções distin-
tas, cada uma delas orientada para vertentes específicas:
Vertente: “Área-Escola”: Utilização das TIC como suporte ao desen-
volvimento de uma inter-relação da escola com o Mundo em geral e, em
particular, com um dos eventos mais relevantes da sua área de influên-
cia – a Expo 98; elemento chave na elaboração de projectos de Área-
Escola no ano lectivo 1997/98 (objecto: construção de 3 “web pages”
dedicadas aos temas “O Oceanário da Expo 98”, “As espécies mari-
nhas da costa Portuguesa” e “A preservação do ambiente marítimo”).
Actividades:
– Os alunos de três turmas do 7º ano farão um estudo das espéci-
es mais comuns do meio aquático do Mundo e do País, que vise
o conhecimento, a defesa e a preservação do meio ambiente;
– Divulgação, na Internet da bibliografia provinda da Expo 98 que
será trabalhada com os nossos alunos durante as aulas, sem-
pre em colaboração com a Expo 98, através de representantes
da associação o FAPAS;
– Os alunos visitarão periodicamente a Expo, fazendo um intercâm-
bio de ideias entre a mesma e a escola e trazendo ideias para
desenvolver actividades junto dos outros alunos da escola.

163
Vertente “Currículo Adaptado”: Utilização das TIC como elemento de apoio directo à recupe-
ração e motivação de alunos com dificuldades críticas de adaptação ao currículo normal
(Objecto: Utilização das TIC em actividades curriculares e extra-curriculares).
Actividades:
– Trabalho interdisciplinar, recorrendo-se a temas orientadores que foram trabalhados
nas diferentes disciplinas;
– Actividades a partir de situações de carácter concreto, ligadas aos interesses dos
alunos;
– Iniciar os alunos desta turma no uso dos computadores como mais uma ferramenta
que facilite a sua posterior inserção no mundo do trabalho;
– Vertente “Oficina da Informática”: Criação e dinamização de uma infra-estrutura de TIC
capaz de suportar as acções anteriormente descritas, para além de se constituir
como um foco de desenvolvimento de capacidades nesta área do conhecimento,
para alunos e para professores (Objecto: Criação e operação TIC da escola).
Actividades:
– Trabalhar com ferramentas de micro-informática integradas nos currículos das disci-
plinas;
– Criar e dinamizar uma infra-estrutura informática (espaço, equipamento, ferramentas
e documentação) que possibilite o acesso a tecnologias de interesse didáctico;
– Desenvolver e conduzir formação específica conducente à preparação dos alunos
para a interpretação e organização de informação e tratamento estatístico através do
computador;
– Criar e dinamizar a infra-estrutura (Humana e Tecnológica) para a utilização de software
educativo;
– Apoiar os alunos na elaboração (electrónica) do “jornal da escola” e na pesquisa e
produção de documentos, nomeadamente no âmbito dos projectos de Área-Escola;
– Fazer registos multimédia (audiovisuais) das actividades escolares com alguma re-
levância.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Foram cumpridas todas as actividades propostas, e todos os alunos da escola passaram
a ter no seu currícula, como disciplina obrigatória, Tecnologias de Informação e Comunicação
– TIC (1 ou 2 horas semanais); existem neste momento na escola duas salas de informática
(uma para o 2ºciclo e outra para o 3º ciclo) suportadas por uma rede NT.

Formação
Foi superado o previsto e neste momento todos os alunos da escola e a maioria dos
professores, recebem formação de Ambiente Windows, Internet, Office (Word, Powerpoint,
Access, Front Page), Produção Multimédia, utilização e aplicação de software educativo, etc

Materiais produzidos
Foram cumpridos os objectos previstos nas três vertentes do projecto.
Os alunos produziram ainda uma WebPage para Hannover 2000, alguns alunos e profes-
sores têm a sua caixa de correio electrónico e a sua Home Page pessoal.
Está a ser construída uma Intranet da Escola.

164
Projecto: “SONHAR E AGIR PARA AVANÇAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Delfim Santos
R. Maestro Frederico de Freitas
1500-400 LISBOA
Tel.: 217 783 167 Fax: 217 781 518
Email: eb23-delfim-santos.rcts.pt

www.eps-delfim-santos.rcts.pt/
Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa
Financiamento atribuído: 5 700 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
Objectivos

EB 2/3 de Delfim Santos


– Sensibilizar professores e alunos para as utilizações educativas das
TIC, nomeadamente no domínio multimédia e da Internet.
– Ocupar educativamente os tempos livres dos alunos.
– Desenvolver a autonomia, o espírito de cooperação e a capacidade
de intervenção dos alunos (através da formação de alunos monitores).
– Desenvolver capacidades de pesquisa, selecção, interpretação, or-
ganização e difusão da informação.
– Fomentar a comunicação entre Escolas e entre a Escola e a Comuni-
dade, permitindo a divulgação de actividades, troca de experiências,..
Actividades
– Centro de Recursos Multimédia: reorganização e informatização dos
recursos; atendimento, encaminhamento e acompanhamento de alu-
nos e professores, em trabalhos e pesquisas, com suporte multimédia
e via Internet; dinamização dos professores, quanto à progressiva
participação do escola em projectos inter-escolas através da Internet.
– Clube de Informática: realização de trabalhos sobre temas do interes-
se dos alunos, com a utilização de ferramentas multimédia; constru-
ção da Homepage da escola com informação sobre os projectos em
curso; formação de alunos monitores para apoio a outros colegas
fora do horário do clube.
– Clube de Vídeo: elaboração de guiões para criação de pequenos
videogramas. Pretende-se fazer a cobertura das actividades da esco-
la e proceder à catalogação de todos os registos acumulados em
anos anteriores.
– Projecto Eco-Escola/A Água: pesquisa de Informação na Internet e em
CD-ROM, selecção e tratamento do material pesquisado.
– Ciência Viva e Informática: observação dos ciclos de vida das plantas
ao longo do seu crescimento e desenvolvimento, a polinização e fe-
cundação, o desenvolvimento do embrião e da semente e a influência
do meio no seu crescimento. A medição das alterações das condi-
ções será feita através de sensores ligados a um computador.

165
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Algumas actividades a título de exemplo: construção da homepage (reformulada no 2º
ano) e respectiva manutenção; participação de 3 turmas no projecto “Público on-line”;
elaboração de algumas edições do jornal “A Turma”, duas das quais se podem consultar na
Homepage da Escola; participação na “Semana dos Media” - os alunos consultaram vários
jornais e revistas on-line em Português, Francês e Inglês, consultaram a página da Escola
e pesquisaram páginas de outras escolas; comemoração da “Semana da Matemática” -
todas as turmas do 2º Ciclo e algumas do 3º, acompanhadas pelos professores de
Matemática; utilização do Laboratório de Informática por alguns professores, para activida-
des lectivas e/ou de apoio educativo em pequenos grupos de alunos; actividades de
demonstração do software educativo à comunidade escolar; apoio aos projectos da Área
Escola (pesquisa, selecção e organização da informação) e registo em vídeo de alguns
processos e produtos finais; participação na Expo Hannover com uma página sobre a
freguesia a que a Escola pertence (património arquitectónico, cultural e histórico).
Todas estas actividades foram realizadas com o apoio de alunos monitores; além dos
Clubes previstos, funcionaram ainda Clubes de: Design, Multimédia de Música e Web De-
sign; início da elaboração de um ficheiro informativo (DOC BASE) da Mediateca (livros, vídeos,
CD-ROMs), que já conta com quase 3000 registos, com a respectiva Indexação e
Classificação Decimal Universal, disponibilizado desde o seu início para consulta da comu-
nidade escolar, durante todo o horário de funcionamento da Mediateca; iniciação à Informática
de uma turma do 5º ano, que elaborou trabalhos sobre os Oceanos, a vida neles existente e
a poluição; realização de experiências com sensores, nomeadamente a determinação da
Temperatura, do Oxigénio, da Humidade, da Luz e da Intensidade do Som registado em
vários locais. No final de cada ano lectivo foi feita uma exposição com o material produzido,
aberta a toda a comunidade escolar e aos Encarregados de Educação.

Formação:
Alunos: Foi dada formação aos alunos que o solicitaram em Windows, utilitários, Internet
e utilização de Software Educativo, de modo a que, mediante a realização de um teste,
obtivessem um “Cartão de Cibernauta” para livre acesso aos computadores da Biblioteca.
No início do 3º ano do projecto, todas as turmas do 5º Ano tiveram uma iniciação dentro
dos mesmos parâmetros.
Formação de aprofundamento a alunos que, voluntariamente, disponibilizaram uma ou
duas horas semanais para ajudarem colegas (ou professores) nas actividades do Centro
de Recursos (alunos monitores ).
Professores: Iniciação às TIC aos professores que se inscreveram, no início e final dos
2 primeiros anos do projecto e ainda a professores estagiários ao longo do ano lectivo.
No início do ano lectivo foi disponibilizado um horário semanal do Laboratório de
Informática para formação informal e apoio a professores e alunos que o solicitassem.

Materiais produzidos
– Dossier com endereços úteis da Internet organizados por temas, disponível na Biblio-
teca.
– Fichas elaboradas pelos professores para apoio das actividades lectivas no Laborató-
rio de Informática, especialmente de Matemática.
– Guiões para participação na “Semana dos Media”.
– Testes para a obtenção do “cartão de cibernauta”
– Listas do software educativo existente, por disciplinas.
– Dossiers individuais sobre o tema “A Água” (Oceanos, seres vivos, poluição)
– Cartazes e outros trabalhos produzidos pelos alunos, no âmbito da Área Escola.
– Videogramas de todos os produtos obtidos.

166
Projecto: “AMBIENTES MULTIMÉDIA - PRODUÇÃO E UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS PE-
DAGÓGICOS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Eugénio dos Santos
R. Luís Augusto Palmeirim
1700-272 LISBOA
Tel: 218 470 511 Fax: 218 400 413
Email: info@eb23-eugenio-santos.rcts.pt

www.eb23-eugenio-santos.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa
Financiamento atribuído: 7 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Eugénio dos Santos


Objectivos
– Autonomização dos alunos na utilização de software educativo e apli-
cações multimédia, para uma integração dos saberes.
– Dinamização e maior envolvimento no processo ensino-aprendiza-
gem, utilizando as aplicações informáticas em espaços curriculares
e extra-curriculares.
– Criação e desenvolvimeno de hábitos de trabalho e pesquisa através
da utilização de novos espaços de aprendizagem.
– Facilitar a experiência de novas vivências na Escola, valorizando e
renovando a relação pedagógica.
– Divulgação do trabalho realizado de molde a que os alunos possam
evidenciar atitudes de responsabilidade e solidariedade, fomenta-
das ao longo do desenvolvimento do projecto.
Actividades
– Âmbito Curricular:
Actividades nas áreas curriculares de Matemática, Ciências da Natu-
reza e História, utilizando ferramentas informáticas na planificação e
leccionação de aulas e/ou unidades didácticas ao longo dos conteú-
dos programáticos.

– Âmbito Extra-curricular:
Criação de “Clubes” para: complemento de actividades lectivas em
cada área disciplinar; execução de trabalhos de carácter multi ou
transdisciplinar, devidamente planificados, particularmente os que
respeitem à Área-escola; tratamento de informação e/ou trabalhos
realizados para organização e arquivos, para apoio e consulta na
escola.

167
As actividades serão realizadas de molde a permitir ajustamentos e reflexão ao longo de
três fases, que irão desde o trabalho na sala de aula à multiplicação do projecto por
várias turmas e professores existentes na escola.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Foram desenvolvidos e realizados vários projectos com recurso às Novas Tecnologias de
Informação e Comunicação nomeadamente: A Página da Escola, que é constituída por um
grupo de professores e alunos, que procuram dinamizar a página de modo que ela seja uma
amostra do trabalho e das actividades realizados no decurso do funcionamento escolar nas
suas várias vertentes. Apresenta ainda uma mostra exemplificativa dos trabalhos decorrentes
do Projecto Nónio Século XXI.
Os diferentes conteúdos constantes da Página obedecem à seguinte estrutura:
– Apresentação da Escola. Para além de um curto historial da Escola, é feita a descrição
dos seus espaços físicos e zonas envolventes. Transcreve-se também um excerto do
Guia do Aluno.
– Biografia do seu Patrono.
– “Diário de Bordo” realizado por uma aluna do 9ºB a propósito de uma visita de estudo à
neve.
– Trabalhos realizados pelos alunos nas disciplinas de Português, Matemática, Ciências
Naturais e Ed. Visual no âmbito do Projecto Nónio do Século XXI.
– Projectos, nomeadamente o Projecto Hannover e o Projecto “Campanha por Timor”,
em que se salientam as actividades:
– Recolha de fundos por Timor.
– Uma Escola por Timor.
Na Página ainda se podem encontrar referências sobre a Associação dos Antigos Alunos
da Escola e sobre as ATL – Actividades Tempos Livres e um Histórico que refere as páginas
dos anos anteriores de 1997 a 1999, onde se apresenta o trabalho e as actividades realizados
no decurso do Projecto Nónio do Século XXI.

Formação
Formação de Professores e alunos.

Materiais produzidos
– Fichas de trabalho de Matemática, nomeadamente Geometria do 3º Ciclo, utilizando o
programa Geometer’s Sketchpad.
– Materiais produzidos em Educação Visual e EVT, utilizando software Corel Draw.
– Materiais produzidos em diversas disciplinas e colocados na página da Escola.

168
Projecto: “AS TIC NAS ACTIVIDADES ESCOLARES”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Francisco de Arruda
Calç. da Tapada, 152
1349-048 LISBOA
Tel: 213 616 480 Fax: 213 633 172
E-mail: info@eps-francisco-arruda.rcts.pt

www.eps-francisco-arruda.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
Com este projecto, e em consonância com os objectivos do Projecto

EB 2/3 de Francisco de Arruda


Educativo, pretendeu-se privilegiar a utilização das TIC no ensino-apren-
dizagem de qualquer área curricular e de complemento curricular, a dife-
renciação no ensino, a autonomia na pesquisa, a comunicação em rede,
o desenvolvimento e o enriquecimento de recursos educativos e a sua
divulgação. Para tal procedeu-se à criação, na Escola, de um novo espa-
ço polivalente a nível de consulta e produção multimédia.
A maioria dos nossos alunos, só através da Escola, tem acesso às
novas tecnologias, tornando-se responsabilidade desta disponibilizar re-
cursos actualizados e diversificados para responder às necessidades
de formação nestas áreas indispensáveis à sua futura inserção escolar
ou profissional. Daí a criação de um novo espaço devidamente equipa-
do com computadores com CDRom, ligados em rede e à Internet, de
modo a permitir, mediante requisição, o funcionamento de uma turma, ou
de um grupo alargado de alunos, em actividades de “sala de aula” ou
noutras actividades educativas, tais como as de Apoio Pedagógico Acres-
cido, Área-Escola, pesquisa autónoma, produção de software educativo.
Tem sido preocupação facultar a todas as turmas, e às várias disciplinas,
o acesso a este espaço.
Pretendeu-se, deste modo, conseguir uma efectiva integração das
TIC nas actividades de ensino-aprendizagem, com destaque para as de
“sala de aula”, e conquistar uma progressiva adesão da população esco-
lar (alunos e professores) às TIC, para o que foi levado a cabo o incre-
mento de actividades de formação (formação inicial e formação em pro-
gramas e actividades multimédia) e intercâmbio com escolas da zona.

169
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Foi possível ultrapassar os objectivos previstos no Projecto inicial, anteriormente descri-
tos, graças ao apoio do Centro de Competência, quer ao nível de formação, quer ao nível do
apoio técnico indispensável. Desta forma, para além da prevista criação de um espaço para
consulta e produção de materiais educativos, foi possível criar uma rede para partilha de
recursos e fazer o aproveitamento do computador ligado à UARTE, facultado pelo MCT, que
se encontra no Centro de Recursos, para disponibilizar a ligação à Internet a grupos alarga-
dos.
Utilização de recursos multimedia em aulas curriculares e de apoio e na área de informática
para Currículos Alternativos.
Produziram-se materiais de apoio às disciplinas e Área-Escola de grande utilidade para a
comunidade educativa.
Da parte dos professores, tem-se vindo a alargar o interesse e o recurso às novas
tecnologias.

Formação
– Funcionamento de uma rede informática;
– Ambiente Windows95 e Office 97;
– Estratégias de utilização de CD-ROM’S em sala de aula;
– Utilização de Scanner;
– Apresentação de trabalhos escolares em PowerPoint;
– Internet e E-Mail em ambiente educativo;
– Toolbook.

Para além de toda a formação disponibilizada pelo Centro de Competência

Materiais produzidos
– Programas Educativos elaborados de acordo com os programas das disciplinas de
Educação Musical e História e Geografia de Portugal (em Toolbook);
– Informatização de trabalhos de alunos para futuras consultas na Mediateca Escolar
encontrando-se alguns na Internet;
– Página Web da Escola;
– Fichas de exploração dos CDRoms mais utilizados;
– Fichas de Apoio à utilização dos recursos de que a Escola dispõe.

170
Projecto: “A INFORMÁTICA PARA APRENDER, A INFORMÁTICA PARA BRINCAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Luís de Camões
Av. Padre Manuel da Nóbrega, 15
1000-223 LISBOA
Tel: 218 470 506 Fax: 218 460 025
Email: info@eb23-luis-camoes.rcts.pt

www.eb23-luis-camoes.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 6 850 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Luís de Camões


Tem por objectivo principal a utilização da informática em contexto
curricular e extra-curricular. Em termos práticos, no projecto, solicitou-se
um financiamento de 10.210.180$00 para aquisição de material informático
e de serviços, tendo-se obtido um financiamento de 6.850.000$00 para o
mesmo efeito. No projecto, prevê-se a utilização do equipamento na rea-
lização de aulas de Matemática e de Ciências Naturais com duas turmas
do 3º ciclo (7º A e 7º B no ano lectivo de 1997/98; 8º A e 8º B no ano lectivo
de 1998/99 e 9º A e 9º B no ano lectivo de 1999/2000), bem como na
realização de aulas de apoio pedagógico acrescido das disciplinas de
Português e de Matemática. O projecto prevê ainda a integração de algu-
mas das actividades do Laboratório de Matemática, nomeadamente as
relacionadas com a utilização da informática. As actividades do projecto
desenvolvem-se exclusivamente na sala de informática do Laboratório de
Matemática.

171
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades:
O número de professores e de alunos envolvidos tem vindo a aumentar. Deve ter-se em
conta que as condições criadas pelo projecto Nónio permitiram o desenvolvimento de outros
projectos (ex.: NetLeituras), bem como o surgimento de novos projectos (ex.: Ensino da Mate-
mática através da Informática). A sala tem sido utilizada quer por professores, quer por alunos
durante a realização das várias ‘Semana da Ciência’ e tem sido alvo de várias mostras de
utilização, nomeadamente para Visitas de Estudo (grupo de professores, directores de esco-
las e responsáveis por projectos de vários países da União Europeia). O projecto Nónio “A
Informática para Aprender, a Informática para Brincar” foi apresentado publicamente no 1º
encontro ‘A escola em movimento’, da Faculdade de Ciências de Lisboa, a convite da entida-
de organizadora, o Centro de Competência Nónio, tendo esta apresentação pública engloba-
do um poster/quiosque de demonstração, e uma comunicação, da responsabilidade da esco-
la, bem como no encontro AFIRSE organizado pela FPCE-UL, com apresentação da comuni-
cação “A Utilização das TIC em Contexto de Sala de Aula e em Actividades de Complemento
de Currículo” e de um poster/quiosque de demonstração.

Formação:
Cerca de 10 professores da escola receberam formação no Centro de Competência
Nónio. Foram organizadas, anualmente sessões de formação na escola, realizadas pelos
professores responsáveis pelo projecto e dirigidas a todos os professores da escola.

Materiais produzidos:
– Página Web da escola – www.eb23-luis-camoes.rcts.pt
– Transformação da sala de informática do Laboratório de Matemática da Escola num
Centro de Recursos
– Textos e guiões de formação

172
Projecto: “AS TIC NA ESCOLA: APLICAÇÕES INTEGRADAS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Stº António
Rua João de Barros
2775-208 PAREDE
Tel: 214 561 034 Fax: 214 576 262
E-mail: eb23sant@mail.telepac.pt

www.malhatlantica.pt/eb23santonio
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 7 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

EB 2/3 de St.º António


Objectivos:
– Contribuir para o alargamento de uma dinamização pedagógica
mais actuante, fomentando a inovação e mudança nas práticas
educativas da escola, através da utilização das potencialidades
das novas tecnologias da informação;
– Proporcionar aos alunos o desenvolvimento de novos saberes e
novas capacidades (o sentido crítico, a criatividade, a capacidade
de seleccionar, processar informação);
– Contribuir para o desenvolvimento global do aluno;
– Promover a troca de experiências entre professores e alunos de
diferentes escolas através da ligação de vertentes comuns dos
vários projectos educativos;
– Promover uma evolução harmoniosa dos alunos ao longo dos
vários ciclos de escolaridade possibilitando uma melhor
integração na comunidade
Tendo em vista estes objectivos, os professores desenvolveram ac-
tividades, em espaços curriculares e extra-curriculares, que constituem
cada um dos seguintes subprojectos:
– Projecto Inter-Escolas: “NTI na Aprendizagem da Matemática”;
– A Imagem e a Comunicação;
– A Escola na Internet;
– Aula de Língua – outros meios... outras formas;
– As Tecnologias de Informação na Música.
O Projecto Inter-Escolas “NTI na Aprendizagem da Matemática” foi
integra do no Projecto Rede MatTic, fazendo parte de um grupo de 8
escolas. Desde 1997/1998, os 30 professores deste projecto produzi-
ram e experimentaram materiais para a sala de aula, com a utilização
do computador, para todas as unidades do 3º ciclo desta disciplina. O
PorMat divulga este material através do site www.malhatlantica.pt/mat

173
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
O Projecto produziu efeitos quer na organização e criação de novos espaços, quer nas
práticas pedagógicas. A escola tem a funcionar novos espaços:
– Um Laboratório de Matemática, por onde passam todos os alunos do 3ºciclo, uma
vez por semana, em aula desdobrada, para realizar actividades com o recurso ao
computador. Neste mesmo espaço funcionam também o Clube de Informática e o
grupo responsável pela Página da Escola;
– Uma sala específica de Línguas onde os alunos realizam trabalhos de projecto com
recurso à Internet para pesquisa de informação, fazem intercâmbios e exploram
aplicações em Cd Rom;
– Uma sala específica de Música onde os alunos realizam trabalhos de projecto com
recurso à Internet, exploram aplicações em Cd Rom e realizam peças musicais
gravadas.

A introdução dos novos materiais – sistemas informáticos, assim como a formação de


professores contribuíram para inovar/reformular as práticas pedagógicas. A procura da
utilização das potencialidades desta nova ferramenta, quer através da formação, quer atra-
vés da exploração individual e em grupo, contribuiu para o desenvolvimento profissional
dos professores e consequentemente proporcionou aos alunos um meio de aprendiza-
gem mais rico e diversificado. Desenvolveram-se actividades de âmbito disciplinar e
interdisciplinar, criaram-se espaços de divulgação à comunidade educativa, houve adesão
a novos projectos de âmbito nacional e internacional, nomeadamente o Programa
International Association of Educational Achievement – Estudo qualitativo internacional de
práticas pedagógicas inovadoras.

Formação
O Centro de Competência teve um papel fundamental na formação necessária ao desen-
volvimento deste projecto, quer através do apoio técnico e organizacional, quer através das
acções de formação que disponibilizou em várias áreas para os professores ligados ao pro-
jecto e também para outros que de alguma forma se mostraram interessados nesta formação.
Além destas formação, tivemos também acesso a outra formação dinamizada pelos Cen-
tros de Formação Contínua de Professores Prof. Lindley Cintra e de Cascais, de acordo com
as necessidades dos professores para o desenvolvimento dos projectos.

Materiais produzidos
Trabalhos de Projecto realizados pelos alunos nas várias disciplinas envolvidas; exposi-
ções permanentes com os trabalhos dos alunos; CD Rom criado para o Programa Internet na
Escola no âmbito do Hannover 2000; página da Escola; gravação audio com o Cubase; jor-
nais escolares; posters e cartazes realizados em vários momentos significativos para a esco-
la e como material de divulgação das actividades; brochura, CD Rom e desdobrável de divul-
gação do Projecto Rede MatTic (financiado pelo Programa Boa Esperança/Boas Práticas do
ME).

174
Projecto: “Navegar é Descobrir...”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Vialonga
Rua Gago Coutinho
2625 VIALONGA
Tel: 219 521 962 Fax: 219 528 298
Email: info@eps-vialonga.rcts.pt

www.eps-vialoga.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 9 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Vialonga
O projecto teve como objectivo a animação do Centro de Recursos
que é entendido na sua relação dinâmica com a sala de aula e com os
projectos que funcionam em tempo extracurricular:
– Jornal “Caça Notícias”
– Oficina do Professor
– Rádio Via Onda
– Clube de Internet

O projecto permitiu a alteração de comportamentos em relação às


novas tecnologias, eliminando quase na totalidade as resistências inici-
ais de professores e funcionários, e contemplou a promoção entre os
vários sub-projectos existentes na escola, tendo como objectivos funda-
mentais:
– Desenvolver a capacidade de pesquisa, selecção e produção de
materiais;
– Promover a difusão e a partilha de informação;
– Criar um espaço facilitador da interacção professor/aluno.

175
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Quando iniciámos o nosso trabalho, éramos apenas um grupo de professores (os dedos
de uma mão talvez sobrassem se os quiséssemos contar...) e um conjunto de recursos mate-
riais de pequeníssimas dimensões, que tinham permitido dinamizar o Clube de Internet.
Neste momento, quando procuramos refazer o percurso e descrever a situação actual,
interrogamo-nos: será possível que tantas mudanças tenham ocorrido num espaço tão curto?
De um punhado que utilizava as novas tecnologias passámos à situação inversa. Os resis-
tentes são uma escassa minoria e manifestam vontade de aprender.
Penso que podemos afirmar que os limites de desenvolvimento das novas tecnologias na
nossa Escola se prendem, actualmente, apenas às limitações em recursos financeiros e físi-
cos.
Para concluir podemos afirmar que o Programa Nónio teve um papel decisivo numa cultu-
ra de escola em que as novas tecnologias são assumidas como ferramentas facilitadoras e
indispensáveis no dia-a-dia do nosso trabalho:
– Dinamização da Biblioteca e Centro de Recursos.
– Intervenção em fóruns.
– Utilização das TIC no âmbito dos sub-projectos existentes na escola.
– Consulta e pesquisa de dados.
– Organização e gestão da informação através da criação de bases de dados.
– Produção de materiais multimédia com conteúdos curriculares.
– Realização de intercâmbios com outras escolas para partilha de saberes.
– Edição electrónica do Jornal de Escola.
– Construção de materiais pedagógicos (guiões e fichas de actividades), adequando o
processo de ensino-aprendizagem ao ritmo de cada aluno.
– Organização da Semana dos Media (integrada numa iniciativa do Instituto de Inovação
Educacional) com workshops dos vários clubes e grupos de trabalho e mostra de pro-
duções .

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Compe-
tência Nónio no âmbito de várias áreas, destacando-se a área da Internet e da Matemática.
Também a Escola promoveu formação de alunos, professores e funcionários, baseada na
partilha de saberes e com o objectivo de se aperfeiçoar a utilização de alguns programas e
equipamentos.

Materiais produzidos
– Guiões e Fichas de Actividades
– Apresentações em Power Point sobre:
- Património local
- Centro de Recursos
- Percursos Diferenciados
- Segurança, Saúde e Higiene no Trabalho
- Educação para a Cidadania – Intervenção nos Espaços Educativos
- Visitas de estudo
– Jornal da escola electrónico

176
Projecto: “A MINHA PÁTRIA É A LÍNGUA PORTUGUESA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 do Conde de Oeiras
R. das Escolas- Quinta do Marquês
2780 OEIRAS
Tel: 214 560 129 Fax: 214 582 127
Email: conde.oeiras@mail.telepac.pt

www.malhatlantica.pt/ebcondeoeiras/

Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica


Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

EB 2/3 do Conde de Oeiras


O projecto incidiu em três pontos fundamentais:
– Melhorar a qualidade do trabalho dos alunos;
– Divulgar junto de alunos e professores a utilização das TIC;
– Promover intercâmbios com comunidades de expressão portugue-
sa residentes na União Europeia.
Partindo de estruturas de trabalho já existentes mas que se encontra-
vam compartimentadas, sala de estudo, centro de recursos, núcleo de
informática, procurou-se imprimir-lhes nova dinâmica tendo os professo-
res envolvidos constituído uma equipa coesa, com objectivos comuns ori-
entados para a consecução do Projecto Educativo da Escola.
Fez-se um esforço de remodelação do sistema de apoio ao estudo
dos alunos procurando desenvolver neles o sentido da autonomia e da
organização no trabalho e motivando-os para o estudo.
Abriram-se perspectivas para a utilização das TIC. Procurou-se apro-
veitar o gosto dos alunos pelas novas tecnologias para os orientar no
sentido de uma utilização mais adequada destas, posta ao serviço das
suas tarefas escolares. Criaram-se propostas de trabalho simples e
motivadoras envolvendo o recurso ao computador e recorrendo a fontes
de informação disponíveis através dele, como a a informação em suporte
CD e a Internet. Também junto dos professores se fez uma sensibilização
para a utilização das TIC.
A consciência das carências dos nossos alunos no conhecimento da
Língua Materna levou à dinamização de projectos da Àrea Escola envol-
vendo actividades promotoras da competência linguística, do conheci-
mento da história e da cultura portuguesas. A equipa do Nónio deu a es-
ses projectos todo o apoio que lhe foi solicitado.
Pretendeu-se ainda, no desenvolvimento de uma das vertentes do
projecto, interagir com comunidades de expressão lusófona residentes

177
na Holanda, nomeadamente a comunidade caboverdeana residente em Roterdão. Veio-se
assim ao encontro do pedido da Coordenadora do Ensino da Língua Portuguesa na Holanda
que solicitou à escola colaboração com os professores de Língua Portuguesa a trabalhar na
Holanda. Este intercâmbio ficou a dever muito ao empenho do Conselho Executivo da Escola
e dos vários professores envolvidos no projecto e culminou com uma semana de permanên-
cia, em Oeiras, dos alunos residentes na Holanda. De salientar também o apoio dado pela
Câmara Municipal de Oeiras a esta iniciativa.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
A equipa Nónio dinamizou as seguintes actividades: manteve em funcionamento o Clube
de Informática da Escola onde o aluno pôde funcionar com grande autonomia tendo a possi-
bilidade de escolher de uma bateria de actividades a que mais lhe interessava fazer. Cada
aluno seguiu assim o seu percurso e em simultâneo alunos diferentes dedicaram-se a dife-
rentes actividades; dinamizou o Centro de Recursos da Escola na área das TIC, criando
propostas de trabalho para a bancada de livre acesso existente neste Centro: fichas para
pesquisar CDs, actividades para comemorar dias, fichas para pesquisar na Internet, para
pesquisar filmes, bases de dados colectivas, concursos; dinamizou o grupo de professores
de História através de propostas de utilização das TIC na aula de História; dinamizou, de um
modo geral todos os professores da Escola, realizando sempre, no final do ano lectivo, uma
acção para os professores onde se apresentou o trabalho realizado e se fez o seu balanço.
Ao longo destes três anos do projecto foi possível:
– Uma utilização mais criativa e proveitosa das Novas Tecnologias por parte dos alunos;
– Uma maior divulgação das TIC junto do corpo docente que se traduziu na sua utiliza-
ção nalgumas aulas e no alargamento da equipa que se dedica a actividades de
complemento curricular envolvendo as Novas Tecnologias.

Formação
A formação ao longo do projecto foi feita:
– Pela equipa do Nónio da Escola (cerca de 10 professores) na forma de acompanha-
mento individualizado e de pequenas acções nos vários utilitários realizados no final do
ano para os professores interessados.
– Pela equipa do Centro de Competência e pelo Centro de Formação de Oeiras. A forma-
ção oferecida foi bastante diversificada e abrimos a sua oferta a todos os docentes da
escola tendo sido a procura bastante grande.

Materiais produzidos
– Fichas orientadas para o trabalho no computador (ao mesmo tempo que realiza uma
tarefa o aluno aprende a trabalhar no computador; fichas para dinamização das TIC no
Centro de Recursos; exploração de CDS; exploração da Internet; exploração de filmes;
produção e correcção de textos; exploração de imagens.
– Materiais destinados a utilizar as TIC nas aulas: guiões de actividades; planos de aula;
apresentações.

178
Projecto: “A ESCOLA EM COMUNICAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 João Villaret
Casal das Lajes
2675 LOURES
Tel: 219 832 678 Fax: 219 821 769
Email: info@eb23-n2-loures.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 7 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
Objectivos:

EB 2/3 João Villaret


– Melhorar a informação e a comunicação na escola.
– Sensibilizar a comunidade escolar para as vantagens da utilização das
TIC nas actividades curriculares e extra-curriculares.
– Diversificar estratégias e metodologias de ensino-aprendizagem.
– Preparar o aluno para ser um cidadão activo crítico e interveniente.
– Promover a integração dos alunos na escola.
– Criar uma Intranet na escola para envolver o maior número de
intervenientes possível (professores, alunos, funcionários, encarrega-
dos de educação).
– Formar docentes nas áreas de processamento e edição de texto, folha
de cálculo, base de dados, elaboração de material multimédia para
poderem orientar os alunos na realização de trabalhos.
– Criar um “site” da escola disponível na Internet.
Actividades:
– Aquisição dos meios necessários à aquisição da Intranet.
– Acções de formação específica para a implementação do projecto.
– Criação de uma “homepage” da escola.
– Criação de uma base de dados com informações biográficas, soci-
ais e escolares dos alunos e encarregados de educação;
– Actividades a realizar no âmbito do Projecto Educativo da Escola.
– Intercâmbio de informações e experiências dos alunos entre si (Intranet),
com outras comunidades escolares e o Mundo (Internet).
– Realização do jornal da escola.
– Consulta e pesquisa de dados.
– Produção de documentos audiovisuais em vários suportes inerentes
às TIC (disquetes, CD-ROM, vídeo).
– Construção de instrumentos de avaliação.

179
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Consulta e pesquisa, selecção e análise de dados;
– Organização e gestão da informação;
– Intercâmbio com outras comunidades escolares;
– Produção de documentos audiovisuais;
– Construção de instrumentos de avaliação;
– Enriquecimento curricular com a fracção das TIC no horário semanal dos
alunos;
– Actividades interdisciplinares em que as “Novas Tecnologias” permitiram
uma melhor qualidade do produto e a diversificação das estratégicas e
metedologias de ensino-aprendizagem.
– Exposição de trabalhos.

Formação
A formação permitiu melhorar a qualidade de desempenho dos professores,
nas seguintes áreas:
– Processador de texto;
– Produção Multimédia;
– Internet (www, email, IRC...);
– Internet (criação de homepages);
– Interfracção curricular das TIC
– Centro de recursos;
– Avaliação da Organização Escolar.

Materiais produzidos
– Trabalhos interdisciplinares de alunos nas seguintes áreas: ambiente,
saúde, prevenção rodoviária, educação musical, património;
– Jornais de turma/escola;
– Apresentação em PowerPoint do projecto “A Escola em Comunicação” para
divulgação do trabalho realizado.

180
Projecto: “A ESCOLA E A TELEMÁTICA RUMO AO SÉCULO XXI”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Professor Noronha Feio
Rua José Anastácio da Cunha
2795-835 QUEIJAS
Tel: 214 241 590 Fax: 214 241 598
E-mail: ebnoronhafeio@mail.telepac.pt

www.malhatlantica.pt/ebnoronhafeio

Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica


Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
Princípios pedagógicos e didácticos
– Criação de um espaço de livre acesso onde os alunos terão a possi-

EB 2/3 Prof. Noronha Feio


bilidade de utilizar as TIC para registar os trabalhos realizados no
âmbito da Área - Escola, projectos realizados a nível das disciplinas
e dos Clubes. Estes trabalhos fornecerão material para actualização
da página da Escola na Internet;
– Consulta pelos alunos dos trabalhos/projectos realizados na Escola,
criando um espaço onde poderiam ser deixados comentários (tipo
correio electrónico);
– Comunicação inter-escolas a nível nacional e internacional, via cor-
reio electrónico promovendo a divulgação da nossa identidade cultu-
ral e a comunicação com outros povos lusófonos e europeus;
– Estabelecimento, via Internet, de grupos de discussão com outras
escolas que estejam a desenvolver projectos no âmbito do Progra-
ma de Promoção e Educação para a Saúde;
– Informatização da Secretaria na parte respeitante aos alunos;
– Ligação em rede dos computadores da sala dos Professores e do
computador da sala dos D.T. com os computadores já existentes na
sala de Informática, Biblioteca, Secretaria e Conselho Directivo, a fim
de tornar possível a transferência de dados entre todos os
intervenientes;
– Consulta por parte dos Encarregados de Educação, na presença do
D.T. de informações da situação escolar do seu educando;
– Realização, pelos alunos dos Clubes de Matemática e de Informática,
no final de cada período, da Estatística da avaliação dos alunos da
Escola;
– Utilização da Internet e de produtos Multimédia como fonte de consul-
ta e pesquisa no âmbito dos trabalhos a realizar;
– Utilização, no âmbito das várias disciplinas, de software educativo
para exploração de alguns conteúdos programáticos;

181
– Criação, pelos alunos, de bases de dados no âmbito das disciplinas de Ciências Natu-
rais e História;
– Elaboração de um Jornal trimestral pelos alunos do Clube de Informática, onde será
pedida a colaboração de todos os alunos, professores, funcionários e Comunidade
Educativa em geral com notícias de tudo o que se passou na Escola durante cada perío-
do escolar.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Informatização da Secretaria na área referente aos alunos utilizando uma base da dados
construída em Access;
– Realização da Estatística da Avaliação em cada um dos períodos lectivos;
– Apetrechamento de uma sala de Recursos Multimédia, com computadores multimédia
ligados em rede e com um projector de vídeo;
– Utilização da sala de recursos multimédia no âmbito das disciplinas e dos Clubes;
– Ocupação dos tempos livres dos alunos onde estes terão contacto com as TIC;
– Implementação nos alunos do gosto pela boa apresentação dos seus trabalhos, utilizan-
do a Internet e os computadores multimédia como fonte de material para consulta e
pesquisa;
– Utilização das TIC para a exploração de conteúdos programáticos de forma diferente do
habitual, com o recurso a software específico;
– Elaboração de Inquéritos e seu tratamento estatístico;
– Produção de documentos em Word e em Html para actualização da página da Escola;
– Formação de grupos de discussão, via e-mail e via conferência pela internet para
debate de temas actuais;
– Comunicação inter-escolas no âmbito dos intercâmbios nacionais e internacionais;
– Produção de um Jornal trimestral em papel e com publicação electónica para divulgação
das actividades da Escola;
– Sensibilização dos professores para a utilização das TIC, com a realização de algumas
acções de formação na escola ou através do Centro de Competência;
– Criação de bases de dados no âmbito das disciplinas.

Formação
– Formação centrada na Escola: foram realizadas acções de formação em Word, Excel,
utilização da Internet e do Correio Electrónico, Geometer Sketchpad e Kaleidomania;
– Formação através do Centro de Competência: Introdução à Internet, News, FTP, Paint
Shop Pro, Publisher, Access, HTML, Front Page, Power Point, Configuração e Gestão de
Redes em Windows, Neobook.
– Formação de funcionários: feita pelos autores do programa para informatização da secre-
taria.

Materiais produzidos
– Manuais do Word, Excel, Geometer’s Sketchpad e Kaleidomania;
– Fichas de Trabalho para realização com os alunos nos Clubes ou na sala de aula;
– Brochuras e desdobráveis com trabalhos realizados nos Clubes ou nas Áreas Escola;
– Estatística da avaliação dos alunos em cada um dos períodos escolares;
– Página da Escola na Internet;
– Bases de dados em Access;
– Apresentações em Power Point para utilização na sala de aula e para apresentação do
projecto Nónio.

182
Projecto: “INVESTIGAR, MEDINDO…”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 c/Sec. da Sarrazola
Av. Dr. Brandão de Vasconcelos
2705-182 COLARES
Tel: 219 288 130 Fax: 219 290 670
Email: info@eps-sarrazola.rcts.pt

www.eps-sarrazola.rcts.pt/main.htm

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

EB 2/3 com Sec. da Sarrazola


Objectivos:
– Generalizar as TIC no processo ensino-aprendizagem.
– Preparar para uma cidadania activa, crítica, interveniente e “actua-
lizada”.
– Desenvolver novos meios e métodos de trabalho.
– Proporcionar uma aprendizagem significativa e construtiva.
– Mudar atitudes nas relações professor-aluno e aluno-aluno.
– Incentivar a participação conjunta da comunidade escolar.
– Promover hábitos de trabalho, pesquisa e conjectura.
– Incentivar o trabalho de projecto.
– Valorizar experiências através da troca e divulgação das mesmas.
– Diversificar actividades curriculares e extra-curriculares.
– Proporcionar diferentes ambientes de trabalho.
– Avaliar critica e criativamente as actividades.
– Combater a resistência à mudança.
Actividades curriculares
Ciências Fisico-Químicas:
– Organização e rotulagem do material existente no laboratório da
escola.
– Criação de um glossário de termos usados que possa ser utiliza-
do para pesquisa.
– Elaboração de um regulamento de segurança a ter no laboratório.
– Elaboração mensal de um folheto informativo.
– Recolha e análise química da água que se bebe na escola, água
das praias e solos da zona.
– Uso de todo o equipamento informático e software educativo na
elaboração de relatórios, trabalhos de grupo e outras actividades
baseadas no conteúdo programático.

183
Ciências da Terra e da Vida, Ciências Naturais e Biologia:
– Desenvolvimento de experiências utilizando sensores para avaliação de variáveis refe-
rentes aos seguintes temas: luz, temperatura, pH, humidade relativa e oxigénio.
Geografia:
– Utilização de software educativo como auxiliar nas aulas (CD-ROM p.e.).
Matemática:
– Elaboração de trabalhos de grupo e respectivos relatórios utilizando programas de
gráficos, programas de geometria, calculadoras gráficas e científicas e processador
de texto.
– Participação mensal de um grupo de alunos no Jornal da Escola, através de jogos ,
passatempos e/ou curiosidades matemáticas.
– Participação, através da Internet, na vertente “Investigue & Partilhe” do projecto Fórum
Pedro Nunes.
– Elaboração de um “Caderno de Exercícios de Matemática” com actividades propostas
pelos alunos.
e ainda:
– Actividades interdisciplinares,envolvendo a Matemática e as Ciências, explorando con-
teúdos paralelos às duas disciplinas.
– Prolongamento das actividades curriculares através de sessões de consulta e comu-
nicação na Internet.
Actividades extracurriculares
Criação de um centro multimédia onde, ao longo do ano os alunos trabalharão na reali-
zação de um CD-ROM sobre as actividades extra-curriculares dos mesmos.
Uso de material informático e da Internet:
– na Sala de Apoio Educativo, para ajuda de alunos que apresentem maiores dificulda-
des;
– na Sala de Estudo orientada, que todos os alunos podem frequentar livremente, em
função das suas necessidades e disponibilidade.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Ao longo do desenvolvimento do projecto foram realizadas sistematicamente recolhas
de informações sobre as actividades de complemento curricular que tinham lugar na escola
– geralmente relacionadas com as actividades de clubes – assim como descritivas do
património da região envolvente da escola.
Toda a informação compilada foi passada ao formato digital tendo integrado em parte os
produtos multimédia realizados.
Formação
A formação a que tiveram acesso os elementos envolvidos no projecto foram fundamental-
mente centradas na publicação multimédia (tanto para suporte on-line como off-line).
Toda a formação realizada foi da responsabilidade do Centro de Competência Nónio .
Materiais produzidos
Como resultado das actividades no âmbito do projecto foi elaborado, publicado e anima-
do o site da escola, que albergou durante algum tempo um portal de música da responsa-
bilidade de um grupo redactorial de alunos.
Foi ainda realizado o protótipo funcional da produção multimédia para suporte off-line
intitulada “O Livro da Sarrazola” , que pretende retratar a escola e o meio em que esta se
encontra inserido.

184
Projecto: “NÓNIO/ESA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo da Amadora
Av. Alexandre Salles
2710-012 AMADORA
Tel: 214 996 280 Fax: 214 952 327
Email: info@esec-amadora.rcts.pt

www.esec-amadora.rcts.pt/Index.htm

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 8 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo da Amadora


Objectivos:
Promover o desenvolvimento do nível cultural dos alunos, nomeada-
mente dos pontos de vista científico, técnico e humanístico; fomentar a
autonomia do aluno e a sua autoformação, nomeadamente através
das TIC; incentivar o gosto do aluno pela aprendizagem, suscitando a
sua intervenção e provocando o entrelaçar do lúdico com o trabalho,
designadamente aproveitando a natural inclinação dos jovens para a
utilização dos meios informáticos na informação e comunicação; pro-
mover a melhoria das condições em que funciona a escola e o suces-
so do processo de ensino/aprendizagem; incentivar e promover a for-
mação contínua de professores no âmbito curricular, extracurricular, e
transdisciplinar.
Actividades:
- Utilização da Internet e da TV Cabo.
- Desenvolvimento e dinamização do Centro de Recursos da escola;
- Promoção de espaços com poesia e música de fundo;
- Criar o hábito de consultar assuntos através de: visualização de
filmes; visualização de slides; bases de dados; e bibliografias.
- Dinamização de uma oficina multimédia;
- Construção de um espaço de divulgação de: a frase, a caricatura, o
desenho, a receita, o conto, o problema... do mês; o melhor poema
(lido e criado); a notícia da semana; apresentação de excertos de
obras de interesse.
- Elaboração de calendários temáticos:
- Reformulação do jornal de escola;
- Legendagem de imagens de material exposto ou a expor;
- Criação de material de apoio didáctico;
- Promoção de fóruns, conferências, cursos, seminários, acções de
formação;
- Exploração dos actuais currículos no âmbito das TIC
- Actividades específicas no âmbito das diversas disciplinas.

185
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
As actividades centraram-se na promoção do Centro de Recursos como dinamizador da
utilização das TIC em todos os espaços da Escola. Assim foi efectuada a integração em
todas as actividades da escola, nomeadamente na “Semana dos Media”, na “Semana da
cultura cientifica”, foi criada uma rádio escolar, passou a ser produzido um jornal escolar , e
desenvolveu-se um centro de produção digital de vídeo.
Foi mantido aberto o Centro de Recursos, alargando-se o seu horário de abertura por
forma a cobrir o horário de actividade da escola, encontrando-se nele sempre pessoal com
competências específicas na utilização das ferramentas que aí são disponibilizadas à co-
munidade escolar.
Por forma a alargar a base de utilizadores e melhor rentabilizar todos os recursos
disponibilizados foram realizadas palestras e workshops temáticos abertos à Escola e
comunidade envolvente, assim como sessões com professores ilustrativas da utlização
das TIC nos currículos leccionados na Escola

Formação
Como forma de apoio à realização das actividades do Projecto, os professores frequen-
taram várias oficinas de formação promovidas pelo Centro de Competência. As temáticas
foram muito variadas, desde a produção multimédia e publicação e utilização dos recursos
da Net até à metodologia do trabalho de projecto, inovação na gestão escolar e utilização de
sensores nos laboratórios de ciências e utilização de calculadoras gráficas no ensino da
Matemática.
No âmbito do Projecto foi proporcionada formação básica na utilização das TIC tanto a
professores como a alunos. A formação de professores decorreu em momentos formais,
tendo a dos alunos decorrido também em momentos informais com parte dos períodos de
formação destes durante as férias lectivas de Junho e Julho.
Como um dos propósitos era a abertura permanente do Centro de Recursos foi também
realizada formação a funcionários, tendo prioritariamente acesso a esta aqueles que iam
desempenhar serviço neste espaço.
De modo a incrementar a utilização deste Centro de Recursos e dos materiais por ele
disponibilizados, foram ainda realizadas várias sessões de formação destinadas a profes-
sores e centradas nas competências necessárias para aproveitar os materiais de um
centro de recursos num contexto educativo (como trabalhar com o digitalizador de mesa,
com a máquina fotográfica digital, com o correio electrónico, com o projector de vídeo, etc)
Relacionada com a utilização educativa da internet foram realizadas no âmbito deste
projecto várias acções de formação para professores e alunos, abrangendo temáticas
como o correio electrónico, a pesquisa de informação na www e a produção de páginas com
o front page e o word.
Foram ainda realizadas um conjunto de acções de formação dedicadas às ferramentas
electrónicas vocacionadas para a comunicação:formação no paginador Quark Express
para alunos de jornalismo e produção de vídeo digital.

Materiais produzidos
Como resultado do projecto foi construído o site da escola assim como um conjunto de
materiais mediatizados que não são exclusivamente para uso do Centro de Recursos. A
grande maioria da produção efectuada são CD’s e pequenos vídeos com trabalhos ou
visitas de estudo dos alunos. Para além de CD’s, folhetos e vídeos descritivos das
actividades realizadas com os alunos no Centro de Recursos, foi também construído
um arquivo histórico com o registo de todos os momentos importantes da escola.

186
Projecto: “DESCOBRINDO A CIÊNCIA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo de Luísa de Gusmão
R.da Penha de França, 193
1100-011 LISBOA
Tel: 218 161 160 Fax: 218 161 165
Email: luisa.gusmao@mail.telepac.pt

www.esec-luisa-gusmao.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 5 100 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

D. Luísa de Gusmão
ES com 3.º ciclo de
A escola é um local propício à realização de experiências que ajudem
a reflectir e a difundir a Ciência. Pretende-se com este projecto
proporcionar aos alunos essas actividades através da utilização das TIC
e de materiais manipuláveis.
Assim, o trabalho com os alunos foi bastante diversificado. Envolveu
actividades realizadas no âmbito curricular ao nível de diferentes
disciplinas - Matemática, Física, Química, Biologia e História -, projectos
extra-curriculares que foram desenvolvidos multidisciplinarmente e
actividades que visem apoiar alunos com dificuldades de aprendizagem.
Muitos dos trabalhos realizados tiveram como produto a elaboração
de um relatório acerca do decorrer da actividade. Os trabalhos mais
originais estão disponíveis na Internet.
Este projecto de carácter multidisciplinar, tinha como grande objectivo
a Construção de um Laboratório Computacional.
Ao nível dos alunos, propuseram-se tarefas significativas que se
desenvolveram a nível curricular e extra curricular.
As actividades de âmbito curricular decorreram ao longo de uma
unidade didáctica, permitindo dar importância à experimentação e à
utilização das TIC. As tarefas de âmbito extra curricular realizaram-se ao
longo do ano lectivo.
O número de alunos envolvidos aquando da realização de actividades
que envolviam toda a comunidade escolar, como por exemplo: “Semana
Ponto de Encontro”, “Semana da Matemática”,... era significativamente
maior, chegando em alguns eventos a envolver a sua totalidade.
Para o desenvolvimento deste trabalho foi necessário haver uma
formação adequada dos professores envolvidos, nomeadamente, ao
nível das TIC.

187
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– As actividades foram diversificadas, podendo classificar-se em tarefas de investigação,
tarefas de construção e manipulação, tarefas de modelação, visitas de estudo,...
– De entre as tarefas realizadas pelos alunos destacamos:
– Utilização de software para exploração de modelos físicos e matemáticos;
– Realização de relatórios, pesquisa na Net, construção da Homepage, construção de
posters e material necessário às exposições interactivas;
– Construção de maquetas do sistema solar, maquetas explicativas dos eclipses da
Lua e Sol, diversos sólidos, puzzles, tangrans, ...;
– Realização de experiências e resolução de problemas relacionados com a realidade,
utilizando para tal as novas tecnologias e material simples;
– Construção de antigos instrumentos de medição e sua utilização na determinação do
tempo e na localização de um ponto na Terra (astrolábios, quadrantes, relógios de
sol, nocturlábio, balestilha);
– Utilização de sensores, apoiados por calculadoras gráficas e C.B.L., na realização de
experiências que permitem a recolha de dados e o seu posterior tratamento
matemático e físico;
– Simulação de movimentos em computador: movimentos rectilíneos, movimento cir-
cular uniforme, movimentos periódicos, lançamento vertical de uma bola, ...;
– Integração da disciplina de História, no contexto do estudo da História da Ciência;
– Realização de sessões práticas e exposições interactivas duas vezes por ano;
– Participação nos Encontros Nacionais de Professores, organizados pela A.P.M.,
ProfMat, organizando sessões práticas e apresentações de projectos, com a
participação dos alunos.

Formação
A formação de professores teve duas componentes: externa e interna.
Na formação externa, destacamos:
– “Calculadoras no Laboratório de Matemática, Física, Química e Biologia” duas acções
distintas, sendo uma delas na Escola Secundária do Monte da Caparica e outra na
Escola Secundária D. Afonso Domingues, Lisboa;
– “Experimentação e Modelação: Perspectivas Interdisciplinares”, envolvendo experiências
com sensores apoiados em computadores e software específico (Modellus e Mathcad);
– Sessão de Formação sobre Mathcad, no Colégio Militar;
– Oficina de Formação “A Estatística no Programa do 10º Ano”;
– Oficina de Formação “Funções nos 10º e 11º anos”

Materiais produzidos
– Dossiers com a informação genérica e específica;
– Protocolos experimentais;
– Tarefas de Investigação;
– Maquetas diversas;
– Instrumentos de Medição;
– Cartazes com informação específica;
– Homepage.

188
Projecto: “TECNOLOGIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO PARA ALUNOS COM NE-
CESSIDADES ESPECIAIS”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo de Sacavém
Quinta do Património
2685-011 SACAVÉM
Tel: 219 405 418 Fax: 219 405 026
E-mail:cantic@mail.telepac.pt
Escolas associadas: EB 1 n.º 4 de Sacavém
(Prior Velho) e EB 1 n.º 55 de Lisboa
www.malhatlantica.pt/cantic

Associada ao Centro de Competência Nónio: Faculdade de Motricidade Humana


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de Sacavém


(CANTIC)
O projecto contém em si dois tipos de estudo, que se constituíram em
dois subprojectos com identidade própria, e que tiveram como população-
alvo alunos com necessidades especiais severas e ambos utilizaram
tecnologias como recurso educativo. Os seus objectivos e metodologias
foram específicos pelo que cada um teve níveis de desenvolvimento e de
implicações diferenciados.
Subprojecto 1 – “TeleAula: uma nova forma de estar na escola”
Este projecto decorreu da necessidade de organizar uma resposta
educativa adequada a um aluno do 10º ano impossibilitado de se deslo-
car à escoladevido a doença crónica grave - Fibrose Quística. Foram
disponibilizadas, em casa, um sistema de videoconferência (PictureTel/
Live200) assente em comunicações via telefone sobre plataforma RDIS.
Este sistema permitia a comunicação a distância em tempo real com
possibilidades de trocar ficheiros (imagem e texto), assim como a
interacção directa entre os dois postos, de forma a que este aluno pros-
seguisse a sua escolaridade, acompanhando a turma em todas as ac-
tividades escolares. Na sala de aula foram estabelecidas estratégias
pedagógicas, de forma a integrar estes recursos nas dinâmicas
curriculares. Este aspecto permitiu que todos os alunos tivessem aces-
so ao computador em contexto de sala de aula.
Durante o decurso do projecto foram ensaiadas diferentes experiên-
cias de forma a optimizar as potencialidades do sistema com o objectivo
de tornar este recurso abrangente para outros alunos impossibilitados
de se deslocarem à escola, nomeadamente os alunos em situação de
internamento hospitalar. Foram testados e reflectidos outros modelos de
enquadramento pedagógico que não os exclusivamente centrados na sala
de aula. Este trabalho permitiu o início de uma outra dimensão da TeleAula
ligando Hospitais a Escola de Referência (escolas da zona educativa do

189
local do internamento) envolvendo alunos internados e em situação de escolaridade obri-
gatória.
Em conclusão, podemos considerar como efectiva a nossa hipótese inicial de que as
TIC, nomeadamente as ligadas aos sistemas de telemultimédia, poderão constituir-se
como recursos de excelência para alunos com necessidades especiais severas, desde
que enquadradas em estratégias pedagógicas adequadas. Verificamos igualmente que
estes recursos representem uma mais-valia, não só para esta população, como para toda
a comunidade escolar, levando os professores a alterar dinâmicas pedagógicas e a fazer
uso de diferentes formas de acesso à informação.
Subprojecto 2 – “As Tecnologias de Informação e Comunicação na aprendizagem da
leitura e da escrita”
Este projecto pretendeu desenvolver uma metodologia de aprendizagem da leitura e
escrita adaptada a alunos com deficiências motoras severas e impossibilitados de aceder
aos materiais tradicionais de escrita.
Foram utilizados como recursos tecnológicos básicos, um computador Pentium II, um
teclado alternativo Intellikeys e dois programas: a)- Overlaymaker possibilita a construção de
layouts de acordo com a estruturação e fases do método de leitura e escrita adoptado b)-
IntelliPics permite criar animações dos layouts construídos alguma interacção entre o aluno e
os materiais.
Recorreu-se ainda a um Sistema de Comunicação Alternativa – SPC - (Sistema Pictográfico
de Comunicação).
Este projecto incidiu na exploração das ajudas técnicas referidas e na estruturação do
método em fases, sendo cada fase apoiada por layouts específicos. De referir que, qualquer
um dos layouts construídos podiam ser acedidos de diferentes formas de modo a que todos
os materiais pudessem ser utilizados por alunos com diversos tipos de funcionalidade. Assim
poderiam ter: a)- Acesso directo, através de teclado standard ou de teclado alternativo e
através de rato. b)- Acesso indirecto, através de switch assente numa técnica de varrimento.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Foram construídos diferentes materiais, de forma a constituir-se um Kit que permitisse ao
professor iniciar uma metodologia de leitura e escrita com estes alunos; foram criados tem-
pos de formação visando professores que tinham alunos com esta problemática integrados
nas suas turmas; foram construídas algumas histórias infantis de apoio a esta metodologia
de forma a iniciar-se a abordagem a estas tecnologias no pré-escolar.

Formação
Directamente ligados a este projecto foram organizados durante o projecto 3 momentos
de formação conjunta de professores e de educadores como objectivo de as familiarizar com
a tipologia das ajudas técnicas e com a abordagem especifica do método construído e vários
momentos de formação individual. No total foram envolvidos 19 professores e educadores e
6 terapeutas.

Materiais produzidos
Foram construídos materiais de suporte a cada uma das fases do método, de acordo com
um critério relacionado com a metodologia das 28 palavras. Para cada fase foram construídos
layouts assim como algumas propostas de actividades e de exploração pedagógica de cada
layout. No final toda a informação estruturada foi reunida num CDRom.

190
Projecto: “RECURSOS MULTIMÉDIA NA EDUCAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo do Dr. Azevedo Neves
Topo da Rua Carvalho Araújo
Damaia
2720 AMADORA
Tel: 214 972 529 Fax: 214 973 210
Email: ifo@esec-dr-azevedo-neves.rcts.pt
www.esec-dr-azevedo-neves.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 4 981 176 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
Objectivos

Dr. Azevedo Neves


ES com 3.º ciclo do
– Permitir a integração e rentabilização dos recursos multimédia.
– Sensibilizar e formar alunos e professores para uma utilização eficaz
e pedagógica das TIC numa perspectiva de reforçar a qualidade de
acção educativa.
– Promover o acesso à informação e comunicação com base na Internet
e em suportes multimédia.
– Estabelecer as bases de funcionamento escolar necessárias para a
criação de uma dinâmica conducente ao desenvolvimento de projec-
tos educativos inovadores de âmbito curricular e multidisciplinar com
utilização das TIC.

Actividades
Vertente Internet:
– Criação e administração de uma rede de partilha de recursos internet.
– Sessões de formação para alunos realizadas pelos monitores do
núcleo da Internet com supervisão dos professores responsáveis,
com incidência nas competências básicas de uso da Internet / WWW
/ IRC / FTP / e-Mail e Usenet.
– Sensibilização e formação de professores no sentido do desenvolvi-
mento de actividades/projectos a realizar com uso do recurso à Internet.
– Gestão de e-Mail para toda a escola, produzido nas diferentes áreas
de actividades/projectos.
– Disponibilização e gestão de acessos Internet directos a toda a popu-
lação escolar, e de consultas off-line.
– Gestão e acompanhamento de projectos específicos da população
escolar ligados à utilização da Internet.
– Produção e manutenção de página Web e actualização dos seus
conteúdos.

191
– Oferta e gestão de serviços prestados à população escolar pelo Núcleo Internet.
Vertente Sensibilização/Formação em Software Multimédia:
– Formação de alunos e professores na "Utilização Educativa/Pedagógica dos Recursos
Multimédia".
– Sensibilização e divulgação dos recursos multimédia junto da Comunidade Educativa.
– Criação de boletins organizados de modo temático e acompanhados de um resumo do
documento de forma a fornecer aos utilizadores uma informação mais aprofundada.
– Divulgação das actividades em circuito interno - TV.
– Apoio de projectos em áreas curriculares e extra-curriculares.
– Colaboração em actividades várias com a vertente vídeo e Internet.

Vertente Vídeo:
– Montagem de infraestruturas e equipamento.63-164
– Formação de novos grupos de alunos monitores.
– Articulação de vários grupos formados e divisão de tarefas.
– Criação de um banco de imagem para uso de toda a população escolar.
– Produção e realização de trabalhos em vídeo/multimédia.
– Difusão através do circuito TV interno de trabalhos executados nas várias vertentes.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Integração dos recursos informáticos e multimédia adquiridos pela Escola no âmbito
do projecto, nomeadamente com recurso à disponibilização de uma rede que estabelece
a ligação entre o equipamento informático do centro de recursos, biblioteca, sala de estu-
do, sala de professores e átrios dos pavilhões A, B, C e D da escola.
Actividades diversas de incentivo à utilização das TIC pela população escolar, nomea-
damente a nível do Centro de Recursos e da Internet, em actividades de pesquisa e reco-
lha de informação e integração da mesma em documentos produzidos no âmbito da acti-
vidade curricular.
Sensibilização dos docentes e alunos para a utilização dos recursos multimédia a
nível da utilização da Internet e do Centro de Recursos, nomeadamente CD-ROM´s
educativos e programas de Processamento de Texto, Folha de Cálculo e Power-Point.
Apoio de projectos em áreas curriculares e extra-curriculares.
Realização do esboço inicial da página da Escola.

Formação
Sessões de formação para alunos e professores nas áreas de utilização de:
– Processamento de Texto, Folha de Cálculo e Power-Point;
– Utilização de CD-ROM´s educativos;
– Navegação e pesquisa de informação na Internet.
Formação de alunos monitores com um programa de formação mais aprofundado,
como estratégia de desmultiplicação posterior da formação básica a outros alunos.

Materiais produzidos
Documentação de apoio à formação de alunos, monitores e professores no âmbito
das áreas de:
– Processamento de texto, Folha de Cálculo e Power-Point;
– Navegação e pesquisa de informação na Internet.

192
Projecto: “LABORATÓRIO COMPUTACIONAL DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo do Padre Alberto Neto
Av. Paiva Couceiro
2745-190 QUELUZ
Tel: 214 343 200 Fax: 214 343 205
E-mail: info@esec-pde-alberto-neto.rcts.pt

www.esec-pde-alberto-neto.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

Padre Alberto Neto


ES com 3.º ciclo do
Objectivos
– Criar condições propícias ao sucesso educativo dos alunos desenvol-
vendo o seu interesse pela aprendizagem;
– Tornar mais activa a sua participação na aprendizagem desenvolven-
do-lhes hábitos/capacidades de raciocínio;
– Permitir uma formação contínua de professores centrada na sua práti-
ca lectiva;
– Apetrechar a escola de meios informáticas que possibilitem a adop-
ção de metodologias centradas no aluno e com forte potencial formativo
no domínio das capacidades/aptidões nas áreas das Ciências: Mate-
mática, Física, Química e Ciências da Terra e da Vida.

Actividades
– Formação de professores através da frequência de cursos de forma-
ção em utilização educativa das TIC no Centro de Competência e da
formação de grupos de trabalho de professores envolvidos no projecto
com vista à construção de materiais/planificação de actividades;
– Instalação de um laboratório computacional montado em rede e que
funcionará em vários locais da escola;
– Dinamização de actividades com alunos, com base nos materiais já
construídos em: ambiente de sala de aula, sala de estudo e outras
actividades de complemento educativo, actividades de complemento
curricular, avaliação dos resultados obtidos na aplicação dos materi-
ais com vista à sua optimização, divulgação, junto da comunidade es-
colar, das actividades desenvolvidas por todos os professores e alu-
nos abrangidos pelo projecto com vista ao alargamento da sua aplica-
ção a outros alunos/professores das disciplinas envolvidas, utilização
da Internet para obtenção e intercâmbio de informação, aquisição e
tratamento de dados experimentais.

193
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Das actividades desenvolvidas com alunos, é difícil fazer uma avaliação fiel e global, uma
vez que os percursos são muito diversos, mas pontualmente tem sido possível recolher dados
que permitem fazer uma avaliação positiva em alunos que frequentam actualmente o ensino
secundário e foram abrangidos pelo projecto quando frequentaram o ensino básico;
Uma vez que este projecto possibilitou a instalação de equipamento de rede nos vários
pavilhões da Escola, é possível actualmente continuar a usufruir do mesmo nomeadamente
no trabalho em aula ou no acesso à Internet.

Formação
Formação no Centro de Competência: os efeitos das acções recebidas reflectem-se quer
na prática de actividades como seja a construção/actualização da página da Escola ou da
Intranet, bem como na prática da actividade docente nas vertentes de trabalho de planifica-
ção/pesquisa, ou na prática com alunos sempre que as condições o permitem. Os docentes
continuam a apostar na sua formação contínua nas TIC;
Formação de grupos de trabalho de docentes: algumas das dinâmicas de trabalho criadas
na sequência de acções de formação ou actividades com alunos mantêm-se;
Apesar do esforço feito no sentido de divulgar aos outros docentes dos grupos disciplina-
res envolvidos, o software, materiais e resultados das experiências didácticas, não houve
assinalável receptividade.

Materiais produzidos
Na medida em que este projecto tem uma vertente de equipamento, os equipamentos
instalados continuam disponíveis se bem que a sua difícil e necessária permanente manuten-
ção tem causado alguns obstáculos ao regular funcionamento;
Os suportes didácticos estão disponíveis e podem ser consultados e utilizados por profes-
sores e alunos.

194
Projecto: “CIDADANIA NO LIMIAR DO SÉCULO XXI”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo do Padre António Vieira
Rua Marquês do Soveral
1700 LISBOA
Tel: 218 484 111 Fax: 218 477 143
Email: espav@mail.telepac.pt

www.esec-pde-antonio-vieira.rctc.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

Padre António Vieira


ES com 3.º ciclo do
Este Projecto visa contribuir para uma maior coerência entre as acti-
vidades lectivas e não lectivas da Escola:
– pela consolidação da rede informática e pela generalização da
utilização das T.I.C., enquanto infra-estruturas já existentes, por
toda a comunidade escolar.
– por uma maior racionalização no aproveitamento pedagógico dos
equipamentos informáticos já existentes por parte da comunidade
escolar.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Vertente Científica:
– Actividades de carácter experimental, de exploração e investiga-
ção, no âmbito da criação do laboratório de Matemática.
– Actividades no domínio da Física, relacionadas com a Astronomia,
Óptica e Acústica.
– Actividades no domínio da Química, relacionadas com os alimen-
tos, perfumes, detergentes e medicamentos.
– Simulações de experiências, em Biologia, com utilização do com-
putador e criação de uma base de dados pela pesquisa científica.
Vertente Artes:
– Modelação de objectos e sua integração no espaço.
– Criação de animação.
– Ilustração a três dimensões.
– Ilustração de páginas para a Internet.
– Composição gráfica da revista da escola e outros materiais de
divulgação.

195
Vertente Comunicação:
– Criação de um “espaço jornalístico”.
– Pesquisa de informação na Internet e em CD-ROM.
– Concepção, construção e organização da revista “Travessias”.
– Recolha de informação de natureza ambiental e sua divulgação via Internet com
as escolas europeias associadas ao projecto “Jovens Repórteres para o Ambi-
ente”.
– Recolha, interpretação e tratamento estatístico de dados de ordem psico-social
sobre o ambiente e o clima da Escola/Comunidade.
– Actividades de investigação relacionadas com “os mares como elemento de apro-
ximação dos povos”.
As actividades desenvolvem-se no espaço da sala de aula e no espaço Multimedia onde
todos os alunos da Escola podem participar. A Escola possui os meios informáticos e
audio-visuais para a concretização do Projecto.
As actividades desenvolvem-se ao longo do ano lectivo, assumindo-se o Projecto Tra-
vessias como um espaço privilegiado de comunicação integrando e divulgando as activida-
des de todas as vertentes pedagógicas que constituem o Programa Nónio.
Para além de difusão de materiais ao longo do ano expostos no placard da Comunica-
ção, realizar-se-á um momento de reflexão final do produto colectivo com base em inquéri-
tos à comunidade envolvida.

Formação
Tendo em conta o desenvolvimento destas actividades, os professores da Escola sen-
tindo cada vez mais a importância de formação no domínio das T.I.C., propuseram ao Centro
de Formação Foco Dr. João Soares a realização de dois Círculos de Estudos “Dimensões
pedagógicas das T.I.C. no quotidiano escolar”, cujos objectivos se integram na filosofia do
Centro de Competência.
Nos anos lectivos 1999/2000 e 2000/2001, a Escola integrou novos Círculos de Estudos
na área das Língua e Literatura, Composição gráfica e Multimedia que visavam o
aprofundamento das TIC na comunidade escolar e a construção de uma Intranet de carácter
pedagógico. Os produtos dos Círculos de Estudos estão disponíveis assim como os mate-
riais produzidos por todos os professores e alunos participantes.

Materiais produzidos:
– Produção da revista “Travessias”, como reflexo da dinâmica criada na Escola.
– Produção e manutenção de uma página na Internet.
– Produção de uma Intranet, que inclui as experiências realizadas e através da qual se
promove formas de comunicação e discussão entre Escolas que possuem interes-
ses e projectos nestas Áreas.
– Consolidação de um Centro de Recursos na Mediateca –produção de fichas de traba-
lho para diferentes vertentes do projecto
– CD-ROM com experiências educativas produzidas pelos alunos integrando projectos
Europeus.

196
Projecto: “EUREKA XXI”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES C/ 3º ciclo Dr. Manuel Fernandes
Av. Humberto Delgado
2260-117 ABRANTES
Tel: 241 361 447 Fax: 241 366 299
E-mail: info@esec-n2-abrantes.rcts.pt

www.manuelfernandes.sapo.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

ES com 3º ciclo
Dr. Manuel Fernandes
Projecto de componente curricular e extra-curricular
Objectivos
– Estimular a participação activa dos alunos no processo ensino/apren-
dizagem;
– Desenvolver comportamentos de autonomia, responsabilidade e coo-
peração;
– Proporcionar sentimentos de prazer no processo de aprendizagem;
– Implementar a criatividade;
– Cooperar com outros projectos;
– Formar docentes e discentes.

Actividades
– Realização de actividades relacionadas com os conceitos a adquirir e
que permitem a utilização e exploração de programas educativos;
– Elaboração de trabalhos-projectos;
– Exploração da informação existente na Internet referente a diversos
conteúdos programáticos.

197
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Elaboração da Homepage da escola;
– Realização de sessões de formação para alunos e professores;
– Realização de sessões de demonstração de software educativo;
– Dinamização de actividades curriculares e extra-curriculares explorando a informação exis-
tente na Internet;
– Participação em diversos projectos (a nível de Escola e nacionais – Semana dos Media,
Netdays e Eschola).

Formação
– Acção de formação sobre Sensores e Internet dinamizada pela Faculdade de Ciências
(Centro de Competência Nónio);
– Sessões de formação sobre as TIC dinamizadas pela coordenadora do projecto;
– Dias Abertos à Comunidade Escolar.

Materiais produzidos
– Homepage da escola;
– Cartazes, folhetos, posters;
– Dossier Temático sobre utilização da Internet na disciplina de Francês;
– Fichas de Trabalho;
– Grelhas de Avaliação.

198
Projecto: “AS TIC NA ESCOLA: A EDUCAÇÃO PARA O FUTURO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo de Leal da Câmara
Avenida Pedro Nunes, n º 1
2635-317 RIO DE MOURO
Tel: 219 169 310 Fax: 219 162 065
Email: info@esec-rio-mouro.rcts.pt

www.malhatlantica.pt/eslealdacamara

Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica


Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
O projecto “As TIC na Escola: a educação para o futuro” tem como

ES com 3.º ciclo Leal da Câmara


objectivos fundamentais:
– Dinamizar/democratizar o uso dos TIC na educação;
– Criar uma sala de aulas multimédia integrada no Centro de Re-
cursos Educativos (CRE).

Dentro destes macro objectivos podemos especificar outros de menor


amplitude:
– Divulgar e tornar mais acessível à comunidade escolar as liga-
ções à Internet;
– Formar professores e alunos, dando conhecimentos mínimos de
telemática;
– Criar a página Web da Escola.

Para cada um dos anos lectivos em que decorreu o projecto estabele-


ceram-se etapas:
1º ano – Comprar e instalar o equipamento: organizar o serviço e as
equipas de apoio; divulgar o Projecto
2º ano – Divulgar e tornar mais acessível à comunidade escolar as
ligações à Internet: criar a página Web da Escola.
3º ano – Criar uma sala de aulas multimédia integrada no Centro de
Recursos Educativos (CRE).

No início do 3 º ano lectivo procurou dar-se resposta ao aumento de


interesse manifestado pelos alunos na consulta e pesquisa de informa-
ção através da Internet e colocou-se mais um posto de trabalho ligado à
rede externa (Internet) e à rede interna no Centro de Documentação Áudio-
Visual (CRE).

199
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Foram realizadas vários actividades para divulgação do Projecto: para os alunos a activi-
dade “Os dias da Net”; para professores delegados de Grupo uma Acção de formação “Inicia-
ção à Internet”; para professores da escola Acções de formação inicial em “Powerpoint” e
“Iniciação à Internet”; apoio à realização de trabalhos e materiais didácticos dado pelos pro-
fessores ligados ao projecto e alunos monitores; desenvolvimento de um projecto de inter-
câmbio no âmbito do Programa “Comenius”.
A sala Multimédia tem sido ocupada semanalmente por professores da Escola para lecci-
onarem as suas aulas com materiais pedagógicos multimédia, em muitos casos produzidos
pelos próprios professores.

Formação
A formação foi feita, pelo Centro de Competência, a elementos ligados à equipa coordena-
dora e ao CRE, através de cursos de formação e de reuniões.

Materiais produzidos
A página da escola on-line foi elaborada e colocada no servidor da Malha Atlântica, em
Março de 1999. Foi, em 2000, colocada noutros servidores, como “Terravista”, “Uarte”, “Sapo”
e “Aeiou”. Contém a caracterização da Escola e das suas principais actividades/projectos e
outras informações úteis; uma pequena biografia com imagens do patrono da escola; ligações
às Páginas do Ensino Recorrente, da Associação de Pais e Encarregados de Educação e do
Departamento do Ensino 5ecundário.
Tem vindo a ser periodicamente actualizada e enriquecida com o contributo de professo-
res/Grupos disciplinares e alunos. Entre outros trabalhos destacamos a página Web de Ciên-
cias e vários trabalhos em CD-Rom produzidos por alunos e professores sobre temas
curriculares, posteriormente ligados à Página da Escola. Alguns foram terminados neste
final de ano e estão agora a ser integrados na Página da Escola.

200
Projecto: “LAB-MATFQ”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES de S. João do Estoril
R. Brito Camacho
2769-501 ESTORIL
Tel: 214 658 446 Fax: 214 658 448
Email: fq_mat@esec-s-joao-estoril.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 3 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

ES de S. João do Estoril
LA-MATFQ é, simultaneamente um projecto de criação de uma Labo-
ratório de Matemática, Física e Química Computacional, um projecto de
formação e um projecto de investigação.

É um projecto de criação, a médio prazo, de um Laboratório


Computacional onde alunos possam trabalhar com os computadores em
situação de aula semelhante ao trabalho nos outros tipos de laboratório.

É um projecto de formação de professores de Matemática, Física e


Química na utilização das novas tecnologias em contexto educativo, no-
meadamente na utilização do computador como instrumento para a reali-
zação de experiências “conceptuais”, de experiências “reais” e da Internet
como recurso educativo.

É, também, um projecto de investigação que visa criar conhecimento


sobre o papel das novas tecnologias na construção de ambientes de ensi-
no aprendizagem.

201
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Aulas apoiadas em computador, versando tópicos e actividades curriculares dos pro-
gramas das disciplinas de Matemática, Física e Química, a nível do ensino secundá-
rio.

– Reuniões de trabalho e/ou formação entre os professores do projecto para progra-


mar/planificar em conjunto as actividades a realizar e para concepção/elaboração dos
materiais didácticos de apoio.

– Reuniões abertas a outros professores de Matemática e Física-Química de (a) forma-


ção na utilização das novas tecnologias em contexto educativo; (b) divulgação do
trabalho realizado ou a realizar.

– Actividades inerentes à criação e implementação de um Laboratório de Matemática,


Física e Química Computacional, nomeadamente contacto com empresas fornece-
doras de equipamento, selecção e aquisição do mesmo.

– Actividades relacionadas com a manutenção/funcionamento do laboratório,


particularmemte sensibilização/apoio à utilização do computador em contexto
multidisciplinar/disciplinar ou de apoio educativo acrescido.

Formação
Participação nas reuniões de projectos Nónio Século XXI, organizadas pelo Centro de
Competência.

Frequência de acções de formação promovidas pela Faculdade de Ciências e Tecnologia


da Universidade Nova de Lisboa, Centro de Formação Contínua de Professores de Cascais,
Centro de Formação Contínua de Professores Lindley Cintra da Parede e Associação de Pro-
fessores de Matemática.

Dinamização de uma oficina de formação integrada nas II Oficinas de Formação “A Escola


na Sociedade da Informação”, promovidas pelo Centro de Competência e de uma sessão
prática integrada no ProfMat 2000, na Madeira.

Materiais produzidos
– Materiais curriculares de apoio - (a) ficheiros em Excel, Modellus, Mathcad, Cabri II e
Sketchpad e (b) fichas de trabalho em Word - a utilização do computador em contexto
multidisciplinar/disciplinar e de apoio educativo acrescido, para a s disciplinas de
Matemática, Física e Química, a nível do ensino secundário. Foram apenas conside-
rados tópicos e actividades curriculares constantes dos programas das referidas
disciplinas, particularmente os que revelam maior complexidade conceptual e/ou uma
dimensão interdisciplinar relevante,
– Documentação de apoio para professores.

202
Projecto: “ON-LINE”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES de Vitorino Nemésio
Rua Conselheiro Emídio Navarro
1900-651 LISBOA
Tel: 218 310 720 Fax: 218 310 729
Email: info@esec-vitorino-nemesio.rcts.pt

www.esec-vitorino-nemesio.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 4 325 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
Objectivos

ES de Vitorino Nemésio
– Proporcionar aos alunos formação na área das TIC.
– Potenciar estratégias de formação, através da criação de hábitos de
pesquisa e produção de documentos em suportes diferenciados.
– Desenvolver a autonomia e a auto-estima dos utilizadores das TIC.
– Potenciar a utilização das TIC como recurso estratégico do processo
de ensino-aprendizagem.
– Favorecer a aquisição de competências estratégicas que contribu-
am para a formação de cidadãos responsáveis.
– Proporcionar uma identificação positiva com o espaço escolar.
– Proporcionar novas experiências e dinâmicas que contribuam para
melhorar o sucesso escolar e educativo dos alunos.
– Dotar a Mediateca de recursos multimédia, através da selecção, or-
ganização e gestão de materiais educativos.
Actividades
– Formação de alunos na área das TIC.
– Apoio técnico aos alunos, no espaço específico destinado ao projec-
to, incidindo não só sobre trabalhos de natureza curricular ou de
complemento curricular, mas também no desenvolvimento de com-
petências.
– Apoio a professores em duas vertentes: uma de natureza técnica,
tendo em vista superar lacunas de formação e desenvolver novas
competências e outra de natureza pedagógico-didática relacionada
com a organização de suportes multimédia, que possam ser utiliza-
dos como recursos educativos.
– Criação de uma homepage na Internet pelos alunos, inserindo-se
num trabalho de projecto de âmbito interdisciplinar, que inclui:
– Informação fixa relativa à escola: - história, nome do patrono, cur-
sos existentes, recursos humanos e materiais, clubes, projecto

203
educativo, etc;
– Informação móvel: - cronograma actualizado das actividades curriculares e de com-
plemento curricular; produtos jornalísticos (reportagens, entrevistas,...); resumos de
trabalhos de natureza disciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar; exercícios/desafi-
os de âmbito disciplinar destinados a alunos desta e de outras escolas; testemu-
nhos; produção de informação destinada à homepage do Centro de Competência,
relativa ao desenvolvimento do projecto “On-Line”; exposição dos sites produzidos na
Web; concurso anual da melhor página na Web; criação e animação de grupos de
discussão na Web; conhecimento e divulgação dos projectos de outras escolas;
organização de uma base de dados de recursos documentais multimédia na
Mediateca.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Formação a alunos, professores e pessoal administrativo na área das TIC.
– Apoio a alunos, professores e pessoal administrativo na área das TIC.
– Criação, manutenção e actualização da página da escola.
– Criação e gestão, a partir da home page da escola, de um sistema de dúvidas on-line,
sobre diversos conteúdos disciplinares.
– Participação em diversas iniciativas realizadas no âmbito das TIC, das quais se destacam:
– “EDUCMEDIA, promovido pelo Instituto de Inovação Educacional;
– “Em linha” e “On-line”, promovidos pelo Jornal Público;
– “Investigação e prática – Contributos para uma compreensão das TIC”, wokshop promovi-
do pelo Centro Nónio da FCUL.
– “Celebrar Abril” – Sessão de esclarecimento sobre o 25 de Abril de 1974 com o Coronel
Vasco Lourenço.
– Videoconferência com a Escola Vitorino Nemésio dos Açores.

Formação
A equipa responsável pelo desenvolvimento do projecto frequentou as seguintes oficinas
de formação, promovidas pelo Centro de Competência: utilização educativa da Internet;
publicação na Internet; a dinâmica da geometria através das TIC; as TIC e o trabalho de
Projecto; Utilização e publicação multimédia.
Por outro lado, a equipa responsável pelo desenvolvimento do projecto deu formação a
alunos, professores e pessoal administrativo, nas seguintes áreas: processador de texto;
folha de cálculo; navegação na Internet; comunicação na Web; construção de páginas para a
Web.

Materiais produzidos
Materiais produzidos no âmbito da Web: página da escola; páginas de alunos; páginas
de professores; lista de sites educativos por áreas disciplinares; listas de favoritos por
áreas temáticas; material de apoio à utilização educativa da Internet; material de apoio à
construção de páginas Web (com o Word 97 e 2000 e com o FrontPage 98 e 2000); material
de apoio à comunicação na Web (E-mail, Irc, Newsgroups, netmeeting, listas de distribui-
ção).

204
Projecto: “IMAGEM ESCOLA - ANO 2000”

www.esec-prof-reynaldo-santos.rcts.pt
Contactos da Escola sede
Endereço: ES do Prof. Reynaldo dos Santos
Bom Retiro, Vila Franca de Xira
2600-057 VILA FRANCA DE XIRA
Tel: 263 276 149 Fax: 263 282 246
Email: info@esec-prof-reynaldo-santos.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de Lisboa


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto

ES do Prof. Reynaldo dos Santos


Objectivos:
– Contribuir para uma imagem de qualidade da escola.
– Tornar prática a utilização das TIC na escola, até ao ano 2000.

Actividades:
– Criação de uma página na Internet sobre a escola, através de um
trabalho conjunto de diferentes turmas e grupos disciplinares.

Ciências Físico-Químicas:
– Utilização de software adequado aos conteúdos programáticos.
– Realização de experiências com sensores acoplados a computador.
– Participação no projecto “Science Across Europe”, que prevê a troca
de informação através da Internet.

Matemática:
– Utilização de software adequado aos conteúdos programáticos.
– Tratamento de dados.
– Curso Tecnológico de Design:
– Utilização da Internet para troca de experiências e/ou conhecimentos
e para actualização face a novas tendências.
– Concepção gráfica do Site da escola.

Curso Tecnológico de Comunicação:


– Busca de informação na Internet.
– Tratamento e divulgação dessa informação à comunidade escolar.
– Tratamento de informação para uso na página da Escola na Net.

205
– Criação de um espaço, na Biblioteca, onde todos os alunos poderão ter acesso à
Internet e que permitirá:
- Acesso à participação na Página da Escola.
- Troca de informação entre escolas.
- Pesquisa de informação nas diferentes disciplinas.
- Melhoramento do Laboratórios de Informática, onde as turmas mais envolvidas na
criação da Página da Escola desenvolverão as suas actividades.
- Criação de salas específicas de Matemática e Físico-Químicas, onde se desenro-
larão as actividades específicas destas área

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividade
Foi criada a Página Internet da Escola com a colaboração de alunos e Professores de
diferentes cursos Tecnológicos (Comunicação e Design)
Foram realizadas várias aulas de Química e Ciências Físico-Químicas com recurso a
software específico e a sensores acoplados à calculadora
Participação no Projecto Internacional Science Across the World

Os efeitos mais positivos do Projecto estão relacionados com a participação noutros


Projectos, surgidos na sequência de actividades desenvolvidas no âmbito do Imagem Esco-
la - ano 2000, envolvendo as TIC, a especificar: Ciência Sensorcional (Ciência Viva - Ministé-
rio da Ciência e Tecnologia), Química em Acção e Comunicação (Inovar Educando / Educar
Inovando do Instituto de Inovação Educacional) e PULSAR (Ciência Viva - MCT)

Formação
Foram várias as Acções de Formação frequentadas por diferentes Professores da Esco-
la, no Centro de Competência Nónio, no âmbito do Multimédia, Trabalho Laboratorial Assisti-
do por Computador, software de Matemática e Ciência no Espaço

Materiais produzidos
– Site da Escola
– Fichas de Trabalho utilizadas nas aulas de Fisico-Químicas e Química com recurso às
TIC

206
Projecto: “AS TIC AO SERVIÇO DO COMÉRCIO”
Contactos da Escola sede
Endereço: Escola Profissional de
Comércio de Lisboa
Rua Vice-Almirante Augusto de
Castro Guedes
1800 LISBOA
Tel: 218 540 240 Fax: 218 534 843
Email: ecol@ecol.pt

www.ecol.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências da Universidade de LIsboa


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Lisboa
Descrição do Projecto
Objectivos

Comércio de Lisboa
Escola Profissional de
– Preparação dos alunos para disporem das competências necessá-
rias à utilização das TIC no seu futuro pessoal e profissional, poden-
do competir de igual para igual com os seus colegas de outros paí-
ses nos diversos sectores do Comércio, do Marketing, da Promoção
de Vendas ou do Vitrinismo.
Actividades
– Pesquisa na Internet, pelos alunos e professores, de dados funda-
mentais para o aprofundamento das matérias curriculares.
– Realização de projectos de natureza interdisciplinar, utilizando a
metodologia de trabalho de projecto.
– ntercâmbio de ideias com escolas nacionais e estrangeiras.
– Divulgação às empresas de propostas e projectos.
– Produção de páginas na Internet para divulgação do projecto “As TIC
ao Serviço do Comércio”, e de outros materiais que poderão incluir
participações de outras escolas e empresários.
– Auto-formação mediante a consulta dos documentos produzidos pe-
los formadores da escola, colocados ao dispor de todos os partici-
pantes do processo educativo (Intranet).

207
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades:
Ao longo dos três anos da duração do projecto o nosso dia-a-dia sofreu uma profunda
transformação - quer pela instalação da internet e constante melhoria da rede de internet,
quer, sobretudo, pelas novas atitudes e processos relativamente ao ensino/aprendizagem e à
realização prática de muitas ideias que, antes, não passavam de projectos de papel. Os for-
madores também adquiriram novos conhecimentos cuja fonte, muitas vezes, foram os própri-
os alunos.
Toda a Escola sofreu uma mudança de atitudes. A instalação de inúmeros computadores
sempre ligados à internet, a publicação de páginas realizadas pelos alunos e pelos formado-
res, a construção de materiais para a sensibilizar os alunos e comerciantes para o comércio
electrónico seguro, são exemplos de factores que tornaram a Escola, e os seus actores,
ainda mais vivos e actuantes.
Assim os principais efeitos resultantes deste projecto foram:
– Motivação para a procura espontânea de informação relevante para a formação de
alunos e formadores, recorrendo à internet;
– Desenvolvimento da criatividade de alunos e formadores, utilizando as potencialidades
da internet;
– Aquisição das técnicas nos diversos sectores do comércio, do marketing e da promo-
ção de vendas;
– Aquisição de competências no domínio das TIC, ao serviço da futura actividade profis-
sional dos alunos e da presente actividade dos formadores.

Formação
Acções de Formação:
– “Formas do Aprender: Trabalho de Projecto” (50h).
– “Potencialidades da Internet nos seguintes domínios: WWW, E-Mail, News Groups,
IRC e Publicação de Páginas” (12h).

No início de cada ano lectivo, os formadores envolvidos no projecto realizaram na Esco-


la, na primeira semana de Setembro, uma acção de formação sobre diferentes temáticas,
como: E-Commerce; Net-Marketing; Estratégias E-comerciais.

Materiais produzidos:
– Curso de Técnico de Promoção de Vendas: construção de páginas HTML para divul-
gar um produto.
– Curso de Técnico de Marketing: construção de um site (Net-Marketing- Lego e a
Banda Desenhada “ Zé povinho no Mundo das Marcas”).
– Construção de um site: Loja Virtual; Empresa Virtual de Azeite; Promoção online da
Escola de Comércio de Lisboa.

208
Sumário

PORTALEGRE

Escolas sede com ficha síntese do projecto


JI nº 1 de Portalegre
EB 2/3 de Elvas n.º 2
EB 2/3 Padre Joaquim Maria Fernandes
ES com 3.º ciclo de Ponte de Sôr

209
210
Projecto: “APROXIMAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: J I n.º1 de Portalegre
Ant. Quartel S. Francisco
7300 PORTALEGRE
Tel: 245 205 571 Fax: 245 205 431
Email: ape.na@mail.telepac.pt
Escolas associadas: EB 1 de Vargem; JI de
Carreiras; ES c/ 3.º ciclo de S. Lourenço; EB
1 n.º 2 de Portalegre; EB 1 de Fortios; EB 1 aproximar.co.pt
de Monte Carvalho e EB 1 de Carreiras

Associada ao Centro de Competência Nónio: UNIVERSIDADE DE ÉVORA


Financiamento atribuído: 13 009 000 Esc.

Portalegre
Descrição do Projecto
O projecto tem-se vindo a constituir como um importante pólo

JI nº 1 de Portalegre
aglutinador da comunicação e acção das escolas do norte alentejano,
zona com fortes características de interioridade em que no panorama
educativo a nota dominante é o isolamento de muitos estabelecimentos
de ensino.
Assim, constituem-se como objectivos centrais deste projecto:
– combater o isolamento dos estabelecimentos de ensino
– criar uma rede de comunicação que permita a circulação de infor-
mação
– integrar as TIC nas aprendizagens escolares
– diversificar as fontes de informação à disposição das escolas
– dinamizar e aprofundar o processo de associação de escolas em
torno da resolução de problemas comuns
– contribuir para a articulação inter-ciclos através de projectos co-
muns
– perspectivar o computador como instrumento para introduzir mu-
danças no processo de ensino-aprendizagem
– contribuir para a formação de docentes adaptada às exigências
actuais, nomeadamente no domínio das TIC em contexto educativo.
A construção colectiva de um percurso, conseguida pela mobilização
das escolas, orienta-se, então, para o desenvolvimento de actividades
apoiadas nas experiências, necessidades e ambições de todos os pro-
tagonistas. Elencam-se vários projectos de que se destacam: “Um ate-
lier de comunicação” entre as escolas do “Aproximar”, “Um cartão de
visita para a escola” concretizado através de uma página das escolas
envolvidas para que cada aluno fale e escreva sobre si e sobre os seus,
“Um carteiro sempre à disposição” onde o e-mail é um pilar fundamen-
tal para a comunicação entre escolas, alunos e professores, “O jornal
electrónico” elaborado com o contributo de cada escola da rede que
propicia o surgimento de temas tratados inter-escolas, “A galeria de arte
e biblioteca” para a colocação temporária de exposições organizadas
pelas escolas, “Quando o saber serve para ajudar” projecto a potenciar
a articulação inter-ciclos onde, por exemplo, os mais pequenos podem
ser ajudados nas suas necessidades de comunicação com os parceiros
da rede.

211
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Tratando-se de um projecto essencialmente de natureza curricular, e partindo do traba-
lho voluntário e colaborativo das escolas Aproximar, desenvolvemos estratégias e conteúdos
que possibilitassem a utilização das TIC nas seguintes áreas:
Matemática
– Criámos e dinamizamos os problemas da semana; criámos e desenvolvemos um
Centro de Recursos Virtual com muito material específico para o 1º Ciclo e Educação
Pré-escolar; construímos um pequeno portal para “sites” sobre Matemática;
construímos, em colaboração com a APM diversos baús de Matemática que podem ser
requisitados pelas escolas e Jardins de Infância
Ciência
– Criámos um fórum de discussão sobre temas de ciência para participação dos alunos,
que foi intensamente utilizado ao longo do ano; construímos um pequeno portal sobre
“sites” de ciência; fizemos inúmeras acções de formação de professores no âmbito do
Ensino Experimental das Ciência; dinamizámos uma Semana da Ciência e Tecnologia
que teve também uma componente virtual importante assegurada pelas escolas e
jardins de infância da rede; e promovemos debates com recurso ao IRC/Chat em que
as crianças tiveram oportunidade de colocar as suas questões a especialistas na
matéria
Língua Materna
– A construção de páginas com colocação permanente de trabalhos das crianças, a
utilização massiva do e-mail e do IRC e ICQ abriram inúmeras possibilidades de
trabalho de leitura e escrita em contexto significativo; a participação em projectos
colaborativos permitiu às crianças o desenvolvimento de competências
comunicacionais, enriquecimento vocabular e de escrita, bem como uma relação po-
sitiva com a aprendizagem da língua materna; as recolhas diversas (poesia,
lengalengas, histórias, etc) e consequente publicação na Internet constituiu um
importante acervo para trabalho no domínio da leitura e da escrita; a construção
colaborativa do site “O Sobreiro e a Cortiça em Portugal” para a Expo Hannover 2000,
constituiu importante oportunidade de trabalho no domínio da língua materna, associ-
ando-lhe componentes de investigação, recolha e tratamento de informação; e a edição
na Internet de jornais escolares permitiu uma maior divulgação desta prática importan-
te das escolas, conferindo-lhe novas visibilidades
Em particular na Educação Pré-Escolar: estudámos e formamos os educadores na
utiliza ção do programa “Netmeeting”; dinamizámos a utilização das ferramentas de traba-
lho colaborativo tendo como suporte o desenho e a videoconferência; estudámos e testá-
mos software educativo para a educação pré-escolar.

Formação
Cursos (Iniciação à Informática; Internet em Contexto Educativo; Construção de conteú-
dos para a web); Oficinas de formação; Encontros e grupos de trabalho de professores e
educadores; Apoio directo nas escolas.
Esta formação foi garantida pelo Centro de Formação da Associação de Profissionais de
Educação do Norte Alentejo e pelo Centro de Competência Nónio.

Materiais produzidos
– Páginas web de todas as escolas e jardins de infância envolvidos
– Conjunto de páginas APROXIMAR (http://aproximar.co.pt)
– Centros de Recursos Virtuais temáticos
– Site para a EXPO2000 em Hannover (http://www.nonioxxi.pt/sobreiro)
– Brochuras
– Relatórios diversos para DATEC e BOA ESPERANÇA / BOAS PRÁTICAS
– Sistema de auto-avaliação do Projecto participado por professores e alunos envolvidos
– Participação na construção do site DATEC (http://k1.ioe.ac.uk/cdl/datec/index.htm)

212
Título do Projecto: “INTEGRAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Elvas nº 2
Agrupamento de Escolas nº1 de Elvas
Estrada Nacional 373
Apart.123
7350 ELVAS
Tel: 268 639 940 Fax: 268 621 865
Email: info@eb23-elvas-n2.rcts.pt

www.eb23-elvas-n2.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 3 750 000 Esc.

Portalegre
Descrição do Projecto
O Agrupamento de Escolas n.º1 de Elvas era, no momento de candi-

EB 2/3 de Elvas n.º 2


datura ao Projecto Nónio (1997), constituído por uma EB 2,3 duas EB1 e
dois Jardins de Infância, indo-se alargando ao longo dos anos até à sua
constituição actual que é de uma EB 2,3 quatro EB1 e quatro Jardins de
Infância, dispersos pela cidade de Elvas e bairros periféricos.
A candidatura ao projecto centrou-se na ideia de integração e apro-
ximação das escolas, por isso o seu nome “Integrar”.
Desta forma durante a vigência do projecto foram dotados de equi-
pamentos informáticos todos os estabelecimentos do agrupamento de
forma a proporcionar aos alunos o acesso às novas tecnologias de
informação, pois no meio onde estes se encontram inseridos tal contac-
to é muito difícil.
Desenvolveram-se ateliers de formação para professores de todos
os níveis de ensino, dinamizados por colegas que tinham mais experi-
ências nesta área.
As áreas fortes deste projecto centram-se na difusão das novas
tecnologias em todos os níveis de ensino do Agrupamento, conseguindo-
se através de actividades desenvolvidas cobrir um leque alargado de
crianças entre os 3 e os 15 anos, as quais desenvolveram competências
que e outra forma não seria possível.
A dinamização de uma área de informática no Centro de Recursos
para alunos também foi um ponto alto no nosso projecto.
Constrangimentos também os houve, desde dificuldade de articula-
ção de actividades entre todas as escolas do agrupamento, a precon-
ceitos em relação à introdução das TIC nos quotidianos lectivos, até à
não concretização de uma Intranet que ligasse todas as escolas para o
fácil intercâmbio de actividades a desenvolver no âmbito do projecto.

213
Barreiras estas que foram algumas ultrapassadas, como por exemplo os preconceitos,
outras ainda são latentes.
O saldo final pode-se considerar bastante positivo, pois neste momento as TIC estão
presentes no quotidiano do agrupamento, sendo vistas como um factor de desenvolvimento
das aprendizagens e como um instrumento de trabalho, e não um fim em si mesmas. Ao
nível do trabalho dos alunos é bem visível a facilidade de interacção destes com as TIC, fruto
da dinâmica deste projecto.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
1º ciclo:
– Jornal escolar.
– A história da informática na aprendizagem da matemática e língua materna.
2º ciclo:
– Pesquisa na Internet para desenvolvimento de projectos de turma.
– Elaboração do Jornal do Agrupamento.
– Elaboração de cartazes.
– Utilização da informática como ocupação de tempo livres e centro de recursos.
3º ciclo:
– Construção das páginas Web

Formação
– Construção de páginas web
– Publicações escolares com o Microsoft Publisher (pré-escolar, 1º, 2º e 3º ciclo) – Cen-
tro de Competência Nónio
– Iniciação à informática
– Stage Eurosésame – colaboração (pré-escolar, 1º, 2º e 3º ciclo),
– Informática (aprofundamento de conhecimentos)
– Iniciação à Internet

Materiais produzidos
– Página da Internet do TEIP (1999), página da Internet do Agrupamento n.º 1 de Elvas,
– Publicações temáticas do Agrupamento n.º1 de Elvas (2000)
– Jornais Escolares

214
Projecto: “INOVAR PARA CONQUISTAR, APRENDENDO A APRENDER”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 P. dre Joaquim Maria Fernandes
Tapada da Portagem
7470-203 SOUSEL
Tel: 268 550 010 Fax: 269 551 146
Email: ebi.sousel@mail.telepac.pt

www.minerva.uevora.pt/publicar/ebi

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 1 337 371 Esc.

Portalegre
Descrição do Projecto
O projecto apresentado assentou essencialmente na obtenção de mei-

Padre Joaquim Maria Fernandes


EB 2/3
os informáticos e tecnológicos que permitissem o desenvolvimento de di-
versos projectos de dinamização da escola e a introdução de inovação na
prática lectiva de um número significativo de docentes, procurando simul-
taneamente que os alunos pudessem concretizar a enorme apetência pelas
novas tecnologias de informação e comunicação.

Assim, através do projecto, foi possível equipar o Centro de Recursos


e a Sala de Informática com os meios indispensáveis à concretização de
alguns projectos de fundamental importância na dinâmica da escola,
procurando, em última análise, combater o insucesso escolar e promover
uma cada vez maior qualidade na educação.

215
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Formação básica na utilização da informática para todos os alunos da escola
– Formação por níveis de aprendizagem em programas de processamento de texto (word),
folha de cálculo (excel), apresentação electrónica (powerpoint) e tratamento de imagem
(paint shop pro)
– Navegação na Internet
– Correio electrónico
– Redacção e paginação do jornal Ecos da Escola
– Publicação electrónica do jornal Ecos da Escola
– Apoio às actividades lectivas
– Pesquisa, tratamento e produção de informação
– Actualização da homepage da escola
– Ocupação dos tempos livres (jogos didácticos)

Formação
– Word/Excel/PowerPoint/Publisher
– Tratamento de imagem
– Elaboração de páginas WWW (FrontPage)
– Internet
– Correio electrónico

Materiais produzidos
– Jornal Ecos da Escola
– Homepage da escola
– Folhetos
– Brochuras
– Exposições

216
Projecto: “TIC NA ESCOLA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3.º ciclo de Ponte de Sôr
Rua General Humberto Delgado
7400-259 PONTE DE SÔR
Tel: 242 206 130 Fax: 242 204 030
Email: espsnonio@mail.telepac.pt

www.terravista.pt/mussulo/3568

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade de Évora


Financiamento atribuído: 3 750 000 Esc.

Portalegre
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de Ponte de Sôr


Este projecto pretendeu melhorar as condições de promoção do
sucesso escolar e educativo dos alunos apoiando as suas aprendizagens
e produções.
A equipa de trabalho propôs-se promover a partilha dos saberes e a
optimização da utilização das tecnologias de informação e da comunicação,
dentro e fora da sala de aula.
O projecto teve como objectivos :
– Facultar a utilização do software educacional;
– Facultar o acesso à Internet;
– Facilitar a elaboração dos trabalhos escolares dos alunos;
– Enriquecer as actividades de apoio pedagógico;
– Fomentar o diálogo profissional entre os docentes numa perspectiva
disciplinar e interdisciplinar;
– Transformar a sala de aula normal em “Centro de Recursos”;
– Fornecer aos professores instrumentos novos de trabalho que lhes
permitam aumentar a sua disponibilidade temporal e psicológica
para apoio às aprendizagens dos alunos.
O local de trabalho foi uma sala que esteve aberta a todos os alunos
e professores, sempre com o acompanhamento de um dos professores
da equipa Nónio da escola (o horário de acesso à sala estava afixado na
porta da mesma). No entanto, sempre que algum professor o pretendes-
se, podia requisitar o uso da sala e dos seus recursos, à sua responsabi-
lidade, fora do seu horário normal de funcionamento.
Considerou-se prioritária a requisição ao critério dos professores para
actividades curriculares em sala de aula. A requisição da sala era feita,
com alguma antecedência, junto da funcionária.

217
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Ao longo destes três anos de projecto esta equipa procurou desenvolver um trabalho
empenhado, tendo como objectivo primordial a valorização pessoal e social dos alunos. Esta
equipa procurou também, com os meios disponíveis, contribuir para uma melhoria do suces-
so escolar dos alunos.
Foi feita, de início, a divulgação a cada grupo disciplinar e aos alunos acerca das
potencialidades e respectiva utilização da sala e foi também, ao longo do ano, feito um reajus-
tamento no funcionamento da sala de acordo com as necessidades da Comunidade Escolar.
Durante o funcionamento desta sala foi explorado o software educacional disponível e foi
dado apoio aos alunos na realização das diversas tarefas escolares (relatórios, trabalhos de
grupo, trabalhos individuais, Área Escola, consulta da Internet, etc.).
Simultaneamente a vinda de turmas à sala do Nónio permitiu transformar a sala de aulas
normal em “Centro de Recursos”. Deste modo, as actividades de apoio pedagógico foram
enriquecidas, fomentou-se o diálogo interdisciplinar e foram fornecidos aos professores no-
vos instrumentos de trabalho que lhes permitiram uma maior disponibilidade no apoio às
aprendizagens dos alunos.
No final das actividades, foi feito um levantamento do número de alunos/professores que
utilizaram a sala do Nónio no decorrer do ano lectivo, tendo-se verificado uma grande
afluência por parte da Comunidade Escolar. Pôde-se constatar que a afluência à sala
aumentou significativamente em relação aos anos anteriores.
Nas 17 horas semanais, durante o período em que a sala esteve aberta, registaram-se
os utilizadores (alunos/professores) e também as passagens de turmas pela sala no
decorrer do ano lectivo.

Formação
A formação foi promovida pelo Centro de Competência Nónio.
Foram realizadas as seguintes acções de formação:
– Windows 95 (3h)
– Microsoft Word (6h)
– A utilização da Internet em contextos educativos (6h)
– Microsoft Publisher (6h)
– Construção de páginas web usando o FrontPage (12h)

Materiais produzidos
Nos três anos lectivos produziu-se um jornal escolar cujos títulos foram por escolha dos
alunos:
– “Gil Net”
– “100% Escolar”
– “Novo olhar”
No ano lectivo, 1998/99, criou-se a página da escola.

218
Sumário

PORTO

Escolas sede com ficha síntese do projecto


EB 1 de Calvário (Várzea)
EB 1 de Cidai
EB 1 de Lourinha
EB 1 n.º1 de Ponte
EB 2/3 de Sobrado
EB 2/3 Frei Manuel de Santa Inês (Baguim)
EB 2/3 Irene Lisboa
EB 2/3 Padre Américo
EB 2/3 Passos José
ES com 3.º ciclo Almeida Garrett
ES com 3.º ciclo da Trofa
ES com 3.º ciclo de Abel Salazar
ES com 3.º ciclo de Valongo
ES com 3.º ciclo D. Filipa de Vilhena
ES com 3.º ciclo Ermesinde
ES com 3.º ciclo João Gonçalves Zarco
ES António Nobre - Centro de Formação FORPROF
ES do Castêlo da Maia

219
220
Projecto: “PROJECTO ESCOLA 2000”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Calvário
Várzea
4610 FELGUEIRAS
Tel: 255 314 481
Email: info@eb1-calvário.rcts.pt

www.iec.uminho.pt/nonio/varzea

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto
– Dotar a Escola com Centro de Recursos na área das TIC onde seja

EB 1 de Calvário (Várzea)
possível desenvolver actividades curriculares, multidisciplinares,
transdisciplinares e extracurriculares, abertas aos seus alunos nos res-
pectivos períodos lectivos e a todos os elementos da comunidade em
períodos não lectivos;
– Criar a homepage da Escola para divulgação dos trabalhos dos alunos
e outras actividades mais relevantes;
– Promover intercâmbio e o fortalecimento das relações sociais através
da investigação local e não só;
– Correio electrónico para intercâmbio entre escolas a nível nacional e
internacional;
– Internet.

221
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Os alunos dos primeiros anos de escolaridade usaram principalmente jogos educativos,
Paint Brush e Word para construção de pequenos textos, ilustrações livres e preenchimen-
to de lacunas em textos preparados pelos professores. Para além disso fizeram uso da
calculadora do computador para efectuar operações simples.
– Os outros anos de escolaridade para além de actividades semelhantes fizeram mais traba-
lhos de pesquisa na Internet, textos livres, cartazes e utilizaram o Power Point para peque-
nas apresentações. A maioria destes teve a oportunidade de utilizar o IRC.
– Intercâmbio entre escolas.

Formação
– A escola solicitou ao Centro de Competência da Universidade do Minho colaboração na
área da formação e no apoio técnico-pedagógico;
– Recorreu ainda ao Centro de Formação da área.

Materiais produzidos
– Os trabalhos produzidos pelos alunos foram arquivados em disquetes e/ou impressos para
arquivo (visitas de estudo; comemorações; trabalhos relacionados com temas de projectos
de turma; intercâmbio; investigação, acontecimentos na “terra”; notícias;
– Construção da Home Page da escola.

222
Projecto: “ESCOLA, ESCOLAS, COMUNIDADE, MUNDO / INTERLIGAR PARA APRENDER
E CRESCER”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB1 de Cidai
Agrupamento de Escolas de
Santiago de Bougado
R. Nossa Senhora da Alegria
4785 TROFA
Tel: 252 417 450 Fax: 252 417 456
Email: agreb1stblix.pt
Escolas associadas: EB 1 n.º 1 de
Giesta; EB 1 n.º 3 de Giesta e EB 1 de planeta.clix.pt/agrup-escolas-santiago-bougado
Bairros

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho


Financiamento atribuído: 4 350 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto

EB 1 de Cidai
No inicio era um sonho ... colocar a funcionar um computador para
alunos, numa escola do 1º Ciclo.

O sonho foi partilhado e enriquecido, por professores, alunos e pais.


Assim, juntaram-se as comunidades escolares das 4 escolas, comun-
gando dos mesmos objectivos:
– adequar o ensino à sociedade em que vivemos;
– Criar nos alunos novos centros de interesse, que os levem à desco-
berta e, com muita facilidade, a concretizarem os objectivos dos
programas escolares.
– Favorecer o aparecimento de uma escola onde os alunos são os
verdadeiros actores, ..., sob orientação dos professores;
– Criar uma rede de intercâmbio entre as escolas envolvidas, come-
çando a elaboração de um Jornal Escolar Comum;
– Estabelecer uma maior abertura com a comunidade educativa.

O sonho tornou-se realidade, com o apoio de um financiamento, con-


cedido no âmbito do Programa Nónio Século XXI, com o
empenhamento dos professores e contando ainda com a colaboração
de Associação de Pais, Autarquias Locais e outros elementos da Co-
munidade Educativa. O trabalho realizado com os alunos excedeu as
expectativas, envolvendo cerca de 18 professores e 252 alunos, con-
tagiando as práticas pedagógicas e a dinâmica das escolas.

223
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Formação de professores;
– Reuniões mensais com os professores envolvidos para preparação, acompanha-
mento e avaliação das actividades;
– Uso do computador pelos alunos, apoiados por um professor ou monitor;
– Colóquios sobre a Defesa da Natureza e Património Local, com divulgação em carta-
zes;
– Edição do Jornal Escolar, com a participação dos alunos das quatro escolas;
– Participação no Netd@ys, abrindo as Escolas à Comunidade Envolvente e aos alunos
das escolas vizinhas;
– Convívios anuais, com jogos tradicionais, para os alunos.

Formação
– Jornadas de trabalho, para todos os professores, com os Coordenadores do Centro
de Competência da Universidade do Minho, para a iniciação à Internet, na Escola
Sede;
– Power Point, no Centro de Competência, pelos Coordenadores deste Centro.

Materiais produzidos
– Jornal Escolar “Estrela a Pular”
Após a conclusão do projecto as escolas continuaram com 2 projectos diferentes em
que as TIC são instrumentos imprescindíveis:
– Escola de Giesta.
– Agrupamento de Escolas de Santigo de Bougado (onde às Escolas de Cidai e Bairros
se juntaram Cedões e Lagoa), com a produção dos seguintes materiais:
- Jornal Escolar “ O Bouguinhas”.
- Homepage.

224
Projecto: “O MUNDO NA MINHA ESCOLA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Lourinha
Estrada Nova
4435 RIO TINTO
Tel: 224 808 186
Email: eb1lourinha@iol.pt

nonio.esb.ucp.pt/eb1l

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP


Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto
Este projecto teve como objectivo principal criar fontes de igualda-

EB 1 de Lourinha
de na escola.
Propusemo-nos introduzir na escola novas tecnologias com vista à
aquisição, pesquisa, recolha, tratamento e informação de conhecimen-
to nas diferentes áreas curriculares.
Durante estes anos a escola avançou consideravelmente. Notou-se
nos alunos uma maior autonomia e sem dúvida que aprenderam a
fazer, a conhecer, a ser. Todas as crianças sabem hoje trabalhar no
computador e é com grande orgulho que vemos os nossos alunos ser
“ destacados “ pela positiva.
A comunidade escolar tem igualmente valorizado o nosso trabalho.
Os meios de comunicação local têm dado conhecimento dele.

225
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Ao longo destes anos foram muitas as actividades realizadas. Iniciou-se por dar forma-
ção às crianças no 1º e 2º anos. O objectivo foi familiarizá-las com o computador e tentar que
trabalhassem no “ Word “ e no “ Paint “. No 3º e 4º ano passaram a trabalhar também com o
scanner, alguns com a máquina digital, passaram à navegação na Internet.
Todas as actividades foram realizadas no âmbito da interdisciplinaridade e sempre se
procurou que fossem actuais e atractivas.

Formação
– A formação foi dada a professores e animadores.
– As entidades formadoras foram o Centro de Competência Nónio e a Faculdade de Ciên-
cias do Porto. Os professores frequentaram ainda acções úteis para a viabilização do
trabalho:
- Internet
- Construção de páginas Web
- Processamento de texto
- Tratamento de imagem

Materiais produzidos
– Jornal
– Folhetos
– Projectos
– Livros
– Dossiers de visitas
– Página na Internet – 2º prémio – Netdays 2000
– Outros

226
Projecto: “UMA NOVA PONTE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 c/JI de Aves - S. Tomé de Negrelos
Largo Dr Braga da Cruz
4795-015 VILA DAS AVES
Tel: 252 872 410 Fax: 252 875 352
Email: ponte1@mail.telepac.pt

www.iec.uminho.pt/nonio/ponte

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho


Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto
Situação Inicial

EB 1 n.º1 de Ponte
Até 1997, o equipamento era insuficiente - 4 computadores. Apesar
dos computadores funcionarem durante todo o dia, as crianças eram
forçadas a listas de espera. A partir de 1996/9, a utilização dos compu-
tadores passou a integrar, sob múltiplas valências, o currículo desta
escola. Consta, desde então, da listagem de objectivos e das fichas de
informação periódica aos encarregados de educação.

Objectivos /estratégias
Seria inútil qualquer tentativa de condensar os aspectos pedagógi-
cos e muito menos restringi-los ao âmbito da utilização das TIC. A intro-
dução de novas tecnologias (de comunicação ou outras) foi sempre um
processo de quase diluição nas práticas e representações que configu-
ram, desde há 23 anos, a nossa cultura de escola.
Na Escola da Ponte, não há um professor para cada turma, não há
manuais iguais para todos, não há classes, nem uma distribuição de alu-
nos por anos de escolaridade. Os grupos são (inevitavelmente) hetero-
géneos e refazem-se sempre que novos projectos surgem. Dentro de
cada grupo de trabalho, a gestão flexível dos tempos e espaços educativos
permite: momentos de trabalho em pequeno grupo, momentos de partici-
pação no colectivo, momentos de “ensino mútuo, momentos de trabalho
individual ...
Os alunos gerem, quase em total autonomia, os tempos e os espaços
educativos. Escolhem o que querem estudar e com quem querem estu-
dar. Num mesmo instante, um aluno pode dirigir-se à biblioteca para re-
colher informação, outro poderá encontrar-se com um grupo na oficina
de expressão plástica, rever textos de outros colegas para fazer o jornal,
a enviar com o seu grupo, um e-mail, ou ainda a fazer uma pesquisa na
Net ...

227
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
As TIC fazem parte do nosso quotidiano, não podemos isolar tarefas realizadas com
recurso às novas tecnologias de outras.
Os computadores encontram-se em rede. Qualquer aluno, como qualquer professor,
pode, a qualquer hora de qualquer dia, utilizá-la. Na equipa de projecto há uma professora
particularmente envolvida na área das TIC.
Estamos na Net, em actividades de pesquisa, na divulgação do projecto com duas pági-
nas e através do correio electrónico, que os alunos utilizam diariamente.
Com o recurso a dois animadores de tempos livres, desenvolvemos um plano que envol-
veu todos os alunos da escola, em actividades de complemento curricular.
No quadro destas realizações, foram desenvolvidas actividades de produção, organiza-
ção e edição de informação, pesquisa, permuta de dados em rede interna, no domínio
disciplinar, multidisciplinar e interdisciplinar.
Estamos a disseminar o projecto dentro do Agrupamento, em três escolas, duas das
quais estão a iniciar a introdução em TIC.
No entanto existem dificuldades na actualização permanente da página na Internet, devi-
do a razões que se prendem com formação dos docentes (nem todos os professores ainda
estão familiarizados com os computadores), mas também com a redução de professores na
equipa.
Consideramos também (em avaliação no final do ano), em relação aos nossos alunos,
ser necessário aprofundar algumas aprendizagens, a nível das TIC.
Procuramos desenvolver um processo de quase-diluição nas nossas práticas: na apren-
dizagem colaborativa, na solidariedade exercida no seio dos grupos, na participação e comu-
nicação facilitada pela diversificação dos espaços numa escola P3, na autonomia da plani-
ficação, pesquisa, avaliação, etc.
A introdução das TIC faz parte. Tudo está integrado num sentido comum, o do nosso
Projecto Educativo.
Com o acesso à Internet instalado em todos os computadores verificamos algumas
mudanças consideráveis: quer a nível das aprendizagens, no recurso a outras fontes de
informação para pesquisas, da comunicação e colaboração com outras escolas portugue-
sas e estrangeiras e Pais e Encarregados de Educação, e ainda a nível da divulgação do
nosso Projecto e formação de professores.
O computador como ferramenta de trabalho foi utilizado nomeadamente em: elaboração
de relatórios, planificação de projectos (registos de sugestão de actividades a desenvolver),
planificação e avaliação da Assembleia de Escola, elaboração de bibliografias, organização
e montagem do jornal da escola, Jogo das Perguntas (sobre assuntos em estudo), Acho
Bem, Acho Mal (registo de opinião sobre o nosso di-a-dia, ...).
Após a instalação da Internet em linha RDIS, inicia-se um processo de comunicação e
aprendizagem novo, com os grupos a corresponderem-se com outras escolas de todo o
país, e também com o Brasil. Iniciou-se também a participação em jogos de resolução de
problemas. Fazer pesquisa na Internet sobre um assunto em estudo tornou-se habitual no
Plano do Dia dos nossos alunos. Também alguns pais começaram a enviar-nos alguns
E-mails.

Formação
De referir que apesar de ter sido realizada alguma formação na área das TIC os professo-
res continuarão envolvidos em cursos de formação, visto que se verifica, ainda, necessidade
de formação e actualização de competências e conhecimentos nesta área.
Assim, procuramos desenvolver formação colaborativa no seio da equipa, recorrendo
também, à colaboração de outros professores, formadores na área de informática, de pais
de alunos, de monitores de actividades de tempos livres, de associações locais, etc.

228
Projecto: “A ESCOLA RUMO AO FUTURO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Sobrado
Rua de Fijós
4440-334 SOBRADO
Tel: 224 156 244/5 Fax: 224 156 246
Email: ce@eb23-sobrado.rcts.pt

www.eb23-sobrado.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP


Financiamento atribuído: 6 300 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Sobrado
A Escola Básica 2/3 de Sobrado abriu as suas portas no ano lectivo
de 1995/96. Inserida num meio tradicionalmente ligado à actividade ru-
ral e a pequenas indústrias, uma elevada percentagem dos seus alu-
nos são oriundos de famílias com baixo nível de escolaridade.
Sendo a Escola responsável pela formação de jovens conscientes,
atentos e responsáveis pelo meio onde vivem e pela salvaguarda da sua
herança comum, pretendeu-se com este projecto:
– promover a Escola como um espaço educativo e cultural, facilitador
do sucesso escolar;
– desenvolver métodos interdisciplinares de observação através da
integração a nível das matérias que constituem a aprendizagem;
– promover a vontade de actuar a partir da consciencialização do alu-
no relativamente ao que o rodeia, levando-o a participar activamente
na resolução de problemas;
– promover o gosto pela investigação e saber fazer, despertando voca-
ções e interesses;
– criar novas oportunidades de realização humana e social, contribuin-
do para um melhor conhecimento do mundo que o rodeia;
– facilitar a integração social e afastar a exclusão;
– assegurar uma eficaz articulação de todos os intervenientes na
escolarização de modo a evitar os mecanismos perversos que cau-
sam o abandono escolar precoce.
Em conclusão: pretendeu-se fomentar a ligação escola, comunidade
educativa e meio.

229
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades:
– Criação de uma sala específica para formação, trabalho, investigação e consulta no âmbito
da informática. Esta sala está equipada com 12 computadores com acesso à internet;
– Criação de um site da Escola na internet;
– Dinamização do espaço da Biblioteca permitindo aos alunos uma utilização autónoma dos
recursos aí existentes;
– Informatização da Biblioteca, com criação da respectiva base de dados;
– Criação de uma “Oficina de Expressão Plástica”;
– Realização da semana das disciplinas de Ciência e de Línguas (materna e estrangeira), em
que os alunos utilizaram os computadores em diversas actividades;
– Edição periódica do Jornal da Escola: “O Bugio” (também disponível on-line);
– Criação de um guia turístico electrónico sobre a região;
– Apoio aos alunos integrados no Ensino Especial, através da dinamização de actividades
específicas e promoção de actividades de carácter lúdico.
– Criação de caixas de e-mail próprias para vários serviços e sectores da Escola (Conselho
Executivo, Professores e Alunos, Biblioteca, Secretaria e UNIVA).

Formação:
Embora tenha sido criada uma sala de formação não se realizaram acções de formação
programadas e planificadas embora, dentro das disponibilidade e conhecimentos informáticos
dos professores colocados na Escola ao longo dos anos em causa, tenha sido prestado auxílio
nesta área a professores e alunos. De realçar que o corpo docente da Escola é muito instável
o que dificulta a programação de tais actividades.

Materiais produzidos:
– Site da Escola;
– Jornal “O Bugio”;
– Guia Turístico da Região de Sobrado;
– Edição de um CD-Rom (em PowerPoint) a partir de trabalhos realizados pelos alunos na
Oficina de Expressão Plástica intitulado “Provérbios Ilustrados”;
– Trabalhos diversos de investigação dos alunos orientados pelos professores das diferentes
disciplinas.

230
Projecto: “ESCOLA ON-LINE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB2/3 de Baguim
Rua Monte Branco
4435-738 BAGUIM DO MONTE
Tel: 229 755 266/7 Fax: 229 755 266/7
Email: info@eb23-baguim.rcts.pt
Escolas associadas: E B 1 n.º 1 de Regadas; E B 1
n.º 2 de Regadas; EB 1 n.º 2 de Bagim e EB 1 de Vale www. eb23-baguim.rcts.pt
de Ferreiros

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP


Financiamento atribuído: 7 200 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto

EB 2/3 Frei Manuel de


Com este projecto pretende-se levar a cabo um conjunto de iniciati-

Santa Inês (Baguim)


vas complementares e integradoras do trabalho desenvolvido na escola
sede e associadas no âmbito das Tecnologias da Informação e Comu-
nicação, as quais têm como objectivo, oferecer aos alunos uma formação
adequada à nova fase de evolução científica e técnica que atravessa-
mos procurando criar uma escola informada e aberta ao mundo.
Estas iniciativas são as seguintes:
– Página Web da escola sede e das escolas associadas;
– Jornal das escolas on-line (e a sua versão impressa);
– Roteiro electrónico informativo da freguesia de Baguim do Monte;
– Páginas em html apontadoras de sites interessantes;
– Informatização da biblioteca;
– Dinamização de grupos de trabalho na Internet;
– Pesquisa de material didáctico-pedagógico na Internet;
– Utilização do Correio Electrónico;
– Aplicação das novas tecnologias ao ensino da Matemática.

231
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Criação de uma Sala de Informática com 13 computadores multimédia, todos ligados em
rede e com acesso à Internet;
– Criação, manutenção e actualização da página web da escola sede, bem como das restan-
tes páginas das escolas associadas;
– Elaboração de edições do jornal da escola sede, assim como os jornais das escolas asso-
ciadas em versão impressa e criação de algumas edições do Jornal da escola sede on-line;
– Realização do roteiro electrónico informativo dos pontos mais representativos da freguesia
de Baguim do Monte em versão html;
– Criação de páginas, em html, com apontadores para sites de interesse pedagógicos
para a formação dos alunos;
– Informatização da biblioteca e disponibilização de um computador multimédia com ligação
à Internet para a utilização dos alunos;
– Dinamização de grupos de trabalho na Internet;
– Pesquisa de material didáctico-pedagógico na Internet;
– Utilização do Correio Electrónico;
– Aplicação das Novas Tecnologias ao ensino da Matemática;
– Constituição de um Clube de Informática, o qual proporcionou a iniciação à informática
para os alunos;
– Integração e aplicação das Tecnologias da Informação e Comunicação nas disciplinas de
Matemática, História, nas novas áreas de Estudo Acompanhado e Projecto Interdisciplinar.

Formação
– Em Word para professores;
– Software de Matemática para professores dessa disciplina;
– Internet para professores do 1º ciclo;
– Pesquisa na Internet de sites de interesse pedagógico e didáctico para Matemática;
– Netmeeting;
– Cursos de Word e Excel leccionados no Clube de Informática da Escola sede;
– Formação à distância para os professores da escola sede e escolas associadas integradas
no Programa Prof2000.

Materiais produzidos
– Criação, manutenção e actualização da página web da escola sede com diversos conteú-
dos pedagógicos das disciplinas integradas no currículo escolar, nomeadamente o Projec-
to Indisciplinar;
– Realização de edições do jornal da escola sede, assim como os jornais das escolas asso-
ciadas em versão impressa e criação de algumas edições do Jornal da escola sede on-line;
– Realização do roteiro electrónico informativo dos pontos mais representativos da freguesia
de Baguim do Monte em versão html;
– Criação de páginas, em html, com apontadores para sites de interesse pedagógicos
para a formação dos alunos;
– Criação do Cd-Rom “Deus Jogará Aos Dados Com O Universo?” no âmbito das disciplinas
de Matemática e Ciências da Natureza, integrado na Área-Escola de 2 turmas.

232
Projecto: “ A ESCOLA ECOLÓGICA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Irene Lisboa
Rua de Cervantes, 532
4050 PORTO
Tel: 225 500 313 Fax: 225 509 806
Email: info@eb23-irene-lisboa.rcts.pt

http://juliana.esb.ucp.pt/eb23il/
Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP
Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto

EB 2/3 Irene Lisboa


O conhecimento do ambiente permite-nos descobrir as relações de
interdependência entre todos os seus elementos , valorizando-os todos
equitativamente numa perspectiva sistémica. Muitas vezes fazem-se
abordagens parcelares da temática ambiental, desenquadradas dessa
perspectiva, o que conduz a uma visão redutora e desfocada da
problemática ecológica. Epistemologicamente, a ciência ecológica implica
uma concepção sistémica na sua abordagem.
Assim, no âmbito do Projecto Nónio, a Escola pretende fazer incidir
sobre o estudo ambiental a temática do seu Projecto Educativo, visando a
construção da “Escola Ecológica”. Os princípios que nortearam a
elaboração deste projecto baseiam-se na envolvência de toda a
comunidade escolar, no sentido de articular sectores muitas vezes
dissonantes nas suas finalidades e estratégias, empreendendo nessa
comunidade uma unidade conceptual e metodológica.
O projecto educativo “A Escola Ecológica” tem como principal objectivo
promover o sucesso educativo dos alunos e prepará-los para a
aprendizagem permanente, num mundo em constante mudança ,
interiorizando valores que façam participar nas tarefas de protecção e
conservação do ambiente.
Estamos convictos que a sociedade espera hoje da escola não o
conhecimento de grande quantidade de informação, mas sim a capacidade
de procurar informação onde ela existe, de saber seleccioná-la, de explorar
hipóteses, de simular situações e investigá-las, de inovar e produzir coisas
novas.
Propomos a implementação e desenvolvimento de actividades
curriculares de âmbito transdisciplinares e multidisciplinar e com a
utilização da Internet em educação e de software educacional em diversos
contextos educativos, nomeadamente na aprendizagem experimental
de diversos conceitos científicos.

233
Pretende-se ainda ocupar tempos livres dos alunos com a implementação de clubes,
como os de “Informática” e “Ambiente e Tecnologia” onde os alunos poderão praticar, investigar
e desenvolver competências na utilização de software educativo.
A utilização das TIC contribuirá, decerto, para melhorar os processos de ensino/
aprendizagem e elevar o nível cultural dos alunos do ensino básico, sensibilizando-os para
a preservação e conservação do ambiente, e tornando-os agentes activos e responsáveis
na sociedade.

Balanço - Efeitos doProjecto


Actividades
– Informatização da Biblioteca
– Explorar a Geometria com software educativo Cabri-Géomètre
– Guia de exploração do software educativo Graphmatica
– Promover a abordagem das TIC (Tecnologias de informação e comunicação)junto
da comunidade escolar
– Criar o Clube do Ambiente e Tecnologia
– Monitorização de experiências laboratoriais
– Impacte Ambiental de tráfego urbano
– Reciclagem de resíduos sólidos urbanos
– Estudo da poluição da água
– Estudo da hidrologia na região do Porto
– Realização de diversas visitas de estudo e elaboração de um guião de preparação
das mesmas
– Elaboração do jornal electrónico
– Construção da página electrónica da escola
– Edição do Jornal da escola “O Ireneu”
– Utilização da Internet na educação - com participação nos Netd@ys
– Apoios educativos a alunos com dificuldades específicas de aprendizagem
– Apoios educativos a alunos de currículos alternativos.

Equipamento adquirido: 15 computadores Pentium, ligados em rede à Internet ,1 impressora


A3, 4 impressoras A4 e com a colaboração do Instituto de Inovação Educacional - 1 projector
multimédia

Formação
Foi desenvolvida formação, a professores e funcionários, em processamento de texto,
folha de cálculo, apresentações, instalação de redes, base de dados, Internet e Construção
de páginas, no âmbito do programa Foco e da colaboração com o Centro de Competência
associado.

Materiais produzidos
– Página electrónica sediada no endereço do Centro de Competência e outra na UARTE
para o Mosaico a estar presente em Hannover2000;
– Páginas electrónicas produzidas por alunos;
– Página electrónica sobre experiências de “Distância de travagem”
– Fichas de exploração do software Graphmat, para o 3º ciclo;
– Fichas de exploração do software Cabri-Géomètre para o 3º ciclo;
– Fichas de exploração de software de Fisico-Química para o 3º ciclo;
– Edição trimestral do jornal da escola – O Ireneu;
– Dossiers de pesquisas temáticas na Internet;
– Apresentações de trabalhos de projecto e de Área Escola.

234
Título do Projecto: “EDUCAÇÃO PARA O SÉCULO XXI”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB /23 Padre Américo
Travessa do Padre Américo
4440-201 CAMPO VALONGO
Tel: 224 226 047 / 224 223 942 Fax: 224 223 943
Email: info@eb23-pde-americo.rcts.pt

www.eb23.pde.americo.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho
Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto
Este projecto tinha como objectivo adaptar a escola às necessidades

EB 2/3 Padre Américo


reais dos alunos e do desenvolvimento tecnológico da nossa sociedade,
permitindo que as aulas das diferentes disciplinas utilizassem outras
metodologias menos tradicionais, e como tal, cativassem mais os alunos
para o processo de ensino/aprendizagem assim como, uma evolução real
do ensino na escola em direcção às novas Tecnologias de Informação.

235
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Criação de uma sala apetrechada de material informático aberta à comunidade escolar
com acesso à Internet;
– Apetrechamento da escola com meios audiovisuais que permitem o uso de diferentes
metodologias na sala de aula através das novas tecnologias;
– Criação de uma rede interna que possibilita a distribuição da Internet por toda a escola
assim como uma mais rápida e fácil distribuição da informação.

Formação
Realizaram-se 2 acções sobre materiais audiovisuais e respectivas aplicações na
sala de aula.
Realizaram-se ainda na escola com o apoio do Centro de Formação do Concelho as
seguintes acções:
- “Introdução à Informática”;
- “O Computador na Criação de Slides e Diaporamas” (2 acções) ;
- “Construção de Páginas Web”.

Materiais produzidos
O único material produzido foi a criação da página da escola.

236
Projecto: “As TIC ao serviço da Educação”
Contactos da Escola sede
Endereço: Escola EB 2/3 de Guifões
Av Dr. Salgado Zenha
4460-105 GUIFÕES
Tel: 229 520 565 Fax: 229 534 137
Email: info@eb23-guifoes.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP


Financiamento atribuído: 7 000 000 Esc.

Porto
Descrição do projecto
Princípios Pedagógicos e Didácticos:

EB 2/3 Passos José


– Promover a qualidade do ensino-aprendizagem.
– Criar condições para que as tecnologias de informação e comuni-
cação sejam uma realidade acessível a todos os alunos.
– Promover uma aprendizagem em cooperação, abrindo novas pers-
pectivas e novas formas de abordar actividades.
– Criar espaços de ocupação de tempos livres dos alunos por forma
a promover o seu desenvolvimento pessoal e social.
– Incentivar os alunos para uma cultura de escolaridade prolongada
e qualificante.
– Promover a utilização das TIC como:
- um meio auxiliar inovador de ensino-aprendizagem
- uma ferramenta para acesso e tratamento de informação
– Optimizar o funcionamento do Centro de Recursos da escola
através da criação de um conjunto de espaços multimédia.
Tipologia dos projectos desenvolvidos:
– A internet em educação
- Partilha e troca de informação
- Navegação e acesso a fontes de informação
- Comunicação interpessoal
- Comunicação interpessoal associada aos trabalhos escolares
– Utilização de software educacional
- Exploração de software educativo no Centro de Recursos
Educativos
- Exploração de software educativo nas aulas e outros espaços
de aprendizagem
- Potencializar o software educativo existente de apoio a diver-
sas áreas de aprendizagem

237
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Criação de espaços de desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação
– Criação de uma rede intranet
– Dinamização dos espaços multimédia, em cooperação com o Centro de Recursos
Educativos
– Promoção das tecnologias de informação e comunicação como recurso educativo
– Apoio ao desenvolvimento de projectos individuais, de grupos e de turma
– Participação em projectos Nacionais e Internacionais
– Formação de alunos ao nível da utilização das TIC
– Formação de professores na área das TIC

Formação
Alunos
- Utilização dos meios informáticos na produção de trabalhos
- Procura de informação com auxílio dos meios informáticos
- Tratamento de dados
- Procura de informação na internet
- Divulgação de informação na internet
- Exploração de CD-ROMs
Professores
- As tecnologias de informação e comunicação na óptica do utilizador
- As tecnologias de informação e comunicação como recurso no desenvolvimento de
projectos
- As tecnologias de informação e comunicação na procura / divulgação de informação

Materiais produzidos
Documentos diversificados em suporte electrónico
- Trabalhos individuais
- Trabalhos de grupo
- Apresentações electrónicas
- Guiões de exploração de software
- Produção de documentos para intranet e internet
- Construção de páginas para a internet

238
Projecto: “A ESCOL(H)A É NOSSA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3º ciclo Almeida Garrett
Praceta do Dr. José Sampaio
4430-090 V.N. GAIA
Tel: 223 795 049 Fax: 223 704 149
Email: info@esec-almeida-garret.rcts.pt

www.esec-almeida-garret.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP


Financiamento atribuído: 10 000 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto
Princípios Pedagógicos e Didácticos do Projecto:

ES com 3.º ciclo Almeida Garrett


– Introdução de uma nova dinâmica na vida escolar através da
implementação e ampliação das TIC como técnicas inovadoras no
processo ensino/ aprendizagem.
– Envolvimento de Professores, Alunos, Funcionários e Encarrega-
dos de Educação na conscencialização de novas tecnologias
facilitadoras da auto-educação e da auto-aprendizagem.
– Desenvolvimento da cultura humanística e alargamento da noção
de cidadania pelo contacto, quer com pessoas quer com diversas
dimensões culturais.
– Contribuição para uma escola aberta e informada.
– Apoio ao desenvolvimento da cultura científica e tecnológica, in-
centivando o espírito de pesquisa/investigação e o rigor.
– Promover nos alunos um modo diferente de viver e encarar a Esco-
la através de uma relação Escola/Sociedade mais efectiva e actu-
al.
– Contribuir para uma melhor articulação da Escola com o meio soci-
al envolvente
Estrutura e organização:
– Implementação e dinamização de uma rede local.
– Ligação à Internet e utilização dos seus serviços.
– Criação de um centro de recursos informáticos.
– Apoio a projectos/desenvolvimento de acções: “Quiosque Elec-
trónico”; informatização da Biblioteca; informatização dos Labo-
ratórios de Química e de Biologia; “A água no concelho de Gaia”;
“Gaia, uma cidade apresenta-se”; Clube de Astronomia; Clube
de .Dúvidas; Página da Web.

239
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Implementação e dinamização de uma rede local – desta dimensão do projecto resultou
uma rede local tipo ethernet que abrangeu todos os blocos do edifício escolar, exceptuando os
pavilhões de Educação Física. Serviu salas de aula (labs. de informática, educação visual),
laboratórios, biblioteca, orgãos de gestão. Implicou um forte investimento em infraestruturas.
Ligação à Internet e utilização dos seus serviços. – A rede local (Lan) implementada
permitiu o acesso à Internet a todos os postos locais espalhados pela escola. Este acesso
foi complementado com o que foi possibilitado, em regime livre/aberto, a toda a comunidade
escolar através do centro de recursos criado no âmbito deste projecto
Criação de um centro de recursos informáticos. – Permitiu ampliar o acesso à Internet,
especialmente para os alunos. Apoiou as acções integradas no projecto e também as do pro-
grama “Ciência Viva”, e do projecto “A Astronomia como base cultural para a relação entre os
povos”(Programa Sócrates/Comenius), assim como ao projecto Língua (Programa Sócrates).
Desenvolvimento de acções:
– O Quiosque Electrónico, de carácter multimédia, foi durante o projecto aglutinado à ac-
tividade de construção de uma página Web para a escola.
– A Informatização da Biblioteca foi realizada apesar das dificuldades iniciais.
– A informatização dos Laboratórios de Química e de Biologia foi desenvolvida mas não
foi concluida.
– O Clube de Astronomia previsto no nosso projecto coincidiu em grande parte com os
objectivos e actividades do projecto “A Astronomia como base cultural para a relação
entre os povos”(Programa Sócrates/Comenius), a que a escola se candidatou no mes-
mo ano lectivo e que foi financiado. Assim, actividades integradas neste projecto, foram
suportadas pelos recursos (hardware e software) mobilizados no âmbito do Projecto
Nónio.
– A Página da Web da escola foi construída com a participação maioritária dos alunos,
quer na fase de recolha de informações, quer na fase de construção da mesma.

Formação
Foi fundamentalmente autodidáctica. Alguns elementos, frequentaram acções de Cen-
tros de Formação de Professores. Foram organizadas, pelo Centro de Formação de Gaia
Nascente, duas acções cujo público alvo foram os professores envolvidos neste projecto:
uma sobre a Internet e a Criação de Páginas Web e outra sobre Bases de Dados.
Foi ainda fornecida, pela Escola Superior de Biotecnologia, formação específica para a
acção “A água no concelho de Gaia”.

Materiais produzidos
– A página web de uma turma;
– A página da escola;
– Projectos de quiosques multimédia;
– Uma videoconferência com uma escola de Munique no âmbito da acção “Gaia, uma
cidade apresenta-se”;
– O catálogo informatizado da biblioteca;
– O catálogo parcial dos laboratórios de Química e de Biologia.

240
Projecto: “A UM PASSO DO FUTURO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo da Trofa
Rua Dr. Antº Pires de Lima
4785-313 TROFA
Tel: 252 416 718 Fax: 252 428 415
Email: info@esec-trofa.rcts.pt

www.esec-trofa.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho


Financiamento atribuído: 5 500 000 esc.

Porto
Descrição do projecto
O projecto “A Um Passo do Futuro” nasceu da necessidade da comu-

ES com 3.º ciclo da Trofa


nidade escolar estabelecer veículos de comunicação interna e externa. A
ideia de “comunidade” e “informação” gerou a necessidade de criar uma
estrutura que produzisse e organizasse os projectos da escola, procuran-
do imprimir dinâmica às actividades integradas no Projecto Educativo e
propostas pela comunidade escolar. Embora com objectivos e activida-
des específicos, teve como grande objectivo dar apoio à comunidade es-
colar em termos de informática, fotografia e vídeo. Este apoio traduziu-se
essencialmente pela disponibilização do material necessário às diversas
actividades da comunidade escolar e por uma transmissão de conheci-
mentos acerca do modo como estes materiais podem ser utilizados.
Ao longo dos três anos de projecto conseguiu-se de uma maneira
geral concretizar a maioria dos objectivos propostos, no entanto, ficaram
por realizar algumas das actividades previstas. Esta pequena lacuna na
concretização do projecto, da qual não nos sentimos inteiramente res-
ponsáveis, foi complementada pelo apoio a actividades extra projecto
surgidas do seio da comunidade escolar.

241
Balanço - Efeitos do projecto
Actividades
Actividades desenvolvidas pela equipa do projecto durante o:
– primeiro ano: apoio ao seminário de Educação Física organizado pelo núcleo de estágio
em que foi promovido o intercâmbio de ideias entre escolas através do IRC, tendo-se tam-
bém criado um grupo de discussão embora com pouca adesão; apoio à utilização do com-
putador instalado na biblioteca; apoio informático regular a alunos; acção de formação em
fotografia e vídeo para todas as turmas da área-escola que o solicitaram; acção de forma-
ção sobre a utilização da Internet a alunos no âmbito da área-escola; apoio ao Clube de
Imprensa na edição do Jornal da Escola; apoio aos projectos da área-escola.

– segundo ano: acção de formação em Fotografia e Vídeo; acção de formação em Internet;


formação em base de dados PorBase 4.0 para as funcionárias da biblioteca; implementação
da rede informática na escola; apoio informático regular a alunos; apoio à utilização dos
computadores da rede instalada na biblioteca; apoio a professores sempre que solicitado
por estes; divulgação dos meios informáticos instalados na escola; apoio aos projectos da
Área-Escola; apoio aos Clubes de Imprensa e Montanhismo, tendo a escola concorrido
com o seu jornal ao concurso “Público na escola”; início da implantação de um laboratório
de fotografia; apoio em vídeo, fotografia e TIC ao Clube do Ambiente; criação da Intranet
na escola; realização e manutenção de páginas para a Intranet e Internet; apoio informático
à elaboração de Provas Globais e Exames; apoio à comunidade escolar, sempre que
solicitado e participação no concurso “Primeiros encontros de imagem e som do Norte
Alentejano” com um filme vídeo.

– terceiro ano: apoio a professores sempre que solicitado por estes; divulgação dos meios
informáticos instalados na escola, sempre que solicitado; apoio aos projectos da Área-
Escola; apoio aos Clubes de Imprensa; manutenção e reparação do material instalado na
rede; apoio, solicitado pela comunidade escolar, na realização de vídeos para as diversas
actividades desta; continuação do apoio prestado a toda a comunidade escolar, sempre
que solicitado; instalação dos dispositivos necessários à realização de videoconferência.

Formação
Os elementos da equipa do projecto frequentaram várias acções promovidas pelo Centro
de Competência: “Redes de Comunicação suportadas por computador: potencial pedagó-
gico e estratégias de exploração curricular”; “Encontros Netd@y nas Escolas”; “Construção
de páginas HTML”; “Serviços de comunicação na Internet; “Imagem e Vídeo: Concepção;
“Redes de comunicação; “Estratégias de pesquisa no Porbase 4.0”; “Utilizações educativas
da telemática”; “Imagem e vídeo: Realização”; “Fotografia”; “Imagem e vídeo: Montagem
Vídeo”; “Avaliação de Projectos”; “Iniciação ao HTML (AOLPRESS )”; “Produção de Software
(Toolbook)”; “PageMaker”.

Materiais produzidos
Páginas da Internet; Páginas da Intranet; Vídeos sobre as actividades desenvolvidas pela
comunidade educativa com o apoio da equipa do projecto; Fotografias sobre as actividades
desenvolvidas pela comunidade educativa com o apoio da equipa do projecto; Edição do
jornal da escola.

242
Projecto: “CRIAR APRENDENDO – APRENDER CRIANDO..”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo de Abel Salazar
Rua das Laranjeiras
4465 S. MAMEDE DE INFESTA
Tel.: 229 010 729 Fax: 229 023 491
Email: escabelsalazar@mail.telepac.pt

www.esec-s-mamede-infesta.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho


Financiamento atribuído: 5 100 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de Abel Salazar


O Projecto “Criar Aprendendo - Aprender Criando” teve como princi-
pal objectivo a implementação de um Centro de Recursos Educativos
na escola, de forma a permitir a organização e racionalização dos recur-
sos existentes, na área das tecnologias do futuro, em função de objec-
tivos pedagógicos definidos. A rentabilização destes recursos, bem como
a aquisição de outros, foi uma condição essencial para a prossecução
de actividades e projectos de complemento curricular que já estavam
em funcionamento.
Assim, o projecto passou por privilegiar a transformação pedagógica
em toda a escola, fundamentalmente no que diz respeito às actividades
inerentes ao processo de ensino-aprendizagem.
Com este Projecto pretendia-se que os alunos viessem a adquirir:
– técnicas específicas de trabalho pessoal e/ou em grupo, através
da utilização das novas tecnologias;
– metodologias que rentabilizassem os recursos técnicos e huma-
nos já existentes na Escola;
– competências e hábitos de trabalho activos, baseados na con-
sulta, tratamento e produção de informação, que ajudassem os
alunos a superar as suas dificuldades de aprendizagem

243
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
As actividades implementadas, no âmbito deste projecto, foram:
– Produção e Reprodução de Materiais Multimédia.
– Produção e Edição do Jornal da Escola - “O Palavrinhas”.
– Criação de um Clube Multimédia.
– Criação de uma “Sala de Estudo”, com o recurso a metodologias activas e lúdicas de
modo a desenvolver, nos alunos, competências de estudo/leitura.
– Participação em diversos projectos nacionais e internacionais, utilizando para o efeito
“instrumentos” como o correio electrónico, IRC, videoconferência, etc.
Outros projectos directa e/ou indirectamente relacionados com o projecto Nónio da escola:
– Desenvolvimento de vários projectos “Ciência Viva”
– Clube Europeu
– Entrada na Rede de Bibliotecas Escolares

Formação
Solicitada, aos seguintes Centros, de acordo com as necessidades sentidas pelo corpo
docente da escola:
– Centro de Competência Nónio
– Centro de Formação de Associação de Escolas Abel Salazar
Durante os três anos do projecto realizaram-se várias acções e/ou workshops na área das
Técnicas de Estudo e das Novas Tecnologias de Informação.

Materiais produzidos
– Produção/manutenção da Página da Escola
– Jornal da Escola (“Palavrinhas”)
– Dossiers Temáticos
– Boletim Informativo da Biblioteca
– Videogramas sobre actividades realizadas pelos alunos (i. e. Sala de Estudo, Visitas de
Estudo, Área-Escola, etc.)

244
Projecto: “PASSO A COMPASSO NA INOVAÇÂO EDUCATIVA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo de Valongo
Rua Visconde Oliveira do Paço
4440–708 VALONGO
Tel.: 224 221 407 Fax: 224 223 601
Email: esvalongo@mail.telepac.pt

www.esec-valongo.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto
Actividades:

ES com 3.º ciclo de Valongo


– Criação de um Jornal na Internet para levantamento do património
e história local.
– Dinamização de um laboratório de Matemática.
– Introdução das novas tecnologias da informação na aprendiza-
gem das Ciências Físico-Químicas.
– Ligação em rede de todo o equipamento informático da escola.
Objectivos:
Renovar os processos ensino / aprendizagem.
– Alterar práticas pedagógicas tradicionais, recorrendo às novas
tecnologias, normalmente motivadores do desenvolvimento de
condições de aprendizagem.
– Incentivar a educação para a comunicação, enquanto fenómeno
de interacção social, como forma de favorecer o respeito pelo
outro, o sentido de entreajuda e de cooperação, de responsabili-
dade e de solidariedade e cidadania.
– Sensibilizar a população escolar para o património do concelho
em que a Escola se insere;
– Desenvolver a consciência da identidade cultural.
– Favorecer o ensino pela descoberta e pela novidade.
– Favorecer a interpretação e a aplicação na prática de conheci-
mentos básicos de Matemática.
– Integrar progressivamente as ferramentas informáticas nos currí-
culos das disciplinas de Ciências, tendo em consideração os
desenvolvimentos técnicos mais recentes (multimédia, Internet,
etc.).

245
– Fomentar a realização de aulas de Ciências usando computadores, proporcionando-
as ao maior número possível de alunos, por meio de professores com cada vez
melhor preparação científica.
– Fazer a ligação: ciência - tecnologia - sociedade.
– Contribuir para a formação integral do aluno, face às novas exigências duma sociedade
de comunicação e mais competitiva.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Jornal electrónico:
Criação do laboratório de Línguas (4 computadores) e Centro de Recursos (2 compu-
tadores) para produção do Jornal electrónico.

Laboratório de Matemática:
Criação dum laboratório de Matemática (10 computadores) onde todas as turmas do
secundário têm uma aula prática por semana.

Físico-Química:
– Modernização do equipamento laboratorial, com a introdução de sistemas de aquisi-
ção de dados usados regularmente nas aulas práticas das disciplinas de Física e
Química. Alargamento ao laboratório de Biologia.
– Ligação em rede dos equipamentos informáticos da escola. Aumento do número de
computadores na Biblioteca para acesso à Internet pelos alunos. Acesso à Internet na
Sala de Professores e Directores de Turma.

Formação
Promovida pelo Centro de Formação das Escolas do Concelho de Valongo:
– Jornal na Internet – Curso de formação (100 h).
– Física e Matemática: a interdisciplinaridade promovida pelas novas tecnologias – Ofici-
na de formação (50 h).
– Internet – Curso de formação (30 h).
– Excel intermédio-avançado – Curso de formação (25 h).
Promovida pelo projecto:
– Processador de texto
– Folha de cálculo
– Prática de captura de imagens, montagem e pós-produção.

Materiais produzidos
– Jornal electrónico: “Intervallis 0 e 1”.
– Participação no projecto Internacional CYBERFAIR em 98, 99 e 2000.
– Desenvolvimento de trabalhos práticos nas aulas de Matemática, Física e Química.
– Dinamização das semanas Netd@ys.

246
Projecto: “APRENDER EM REDE”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo D.Filipa de Vilhena
Rua do Covelo 205
4200-239 PORTO
Tel: 225 518 605 Fax: 225 508 262
Email: filipa.vilhena°e-mail.telepac.pt

www.esec-filipa-vilhena.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Softciências


Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto
A ES Filipa de Vilhena assume claramente no seu projecto Educativo,

D. Filipa de Vilhena
ES com 3.º ciclo
numa vontade clara de constituir-se como um ambiente educativo hu-
mano, científica e tecnologicamente enriquecedor.
Assim com o projecto Nónio são criadas condições para:
– Desenvolver nos alunos e professores conhecimentos e com-
petências para lidar com dispositivos electrónicos, comunicar
por computador, pesquisar, enviar e receber informação através
das redes electrónicas;
– Encorajar nos alunos a autonomia de investigação e construção
de novas sínteses do conhecimento;
– Favorecer o trabalho colaborativo na organização do trabalho e no
processo de aprendizagem;
– Experimentar novos suportes educacionais tanto através de
software educativo como via Internet;
– Procurar a integração do multimédia nos curricula escolares;
– Encorajar a partilha da pesquisa tanto entre estudantes como
entre professores;
– Familiarizar alunos e professores com os métodos de produção
e difusão de informação electrónica;
– Formar especificamente jovens matematicamente alfabetizados,
abertos ao trabalho cooperativo, capazes de utilizarem adequa-
damente calculadoras e computadores na execução dos proce-
dimentos da área matemática e de outras áreas científicas;
– Promover uma activa cooperação em experiências educacionais
entre escolas portuguesas e estrangeiras;
– Estabelecer contactos com outros projectos a nível de escolas
secundárias;
– Fomentar a interacção extracurricular de alunos/alunos, alunos/
professores e professores/professores em actividades do tipo
oficinas, clubes, salas de estudo;

247
– Divulgar e proporcionar oportunidades de envolvimento da comunidade escolar em geral,
em especial dos pais, para usufruir do prazer de contactar com espírito experimental/
científico, por meio de diversas iniciativas e assim elevar o nível geral de alfabetização nas
diversas dimensões do saber quotidiano do cidadão comum;
– Mostrar, através da Internet, como as ciências são vivas e em permanente evolução.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Área curricular
Criámos duas salas equipadas com calculadoras de vários tipos, computadores com liga-
ção à Internet, sensores e outro equipamento vídeo, materiais e documentação vária que
usamos no ensino das ciências. Fizemos várias actividades interdisciplinares, experiências
computacionais, utilização dos sensores e outros materiais adequados para a recolha de da-
dos. Realizaram-se actividades tendo em vista a área Escola (pesquisas na Internet de mate-
rial adequado, comunicações com escolas nacionais e estrangeiras, realização de simula-
ções com software, etc...).

Área não curricular


Criação da oficina de matemática, clube da Internet, participação no jornal da escola “ O
Vilhenas”.

Formação
– Acções de sensibilização para professores, sobre a utilização de computadores e da
Internet;
– Acções de formação creditadas, em colaboração com o Centro de Formação João de
Deus;
– Acções de auto – formação com apoio, via Internet, do Centro de Competência Nónio;
– Acções de formação de professores para utilização de software na sala de aula (Sensores,
etc...);
– Actividades de apoio a alunos, recorrendo à informática;
– Uso da Internet na aula de matemática.

Materiais produzidos
– Relatórios anuais com a descrição do trabalho desenvolvido e o balanço feito pela equipa
– Exposição de trabalhos, aberta à comunidade
– Realização de experiências no âmbito da matemática
– Actividades de investigação no âmbito das ciências

248
Projecto: “ESE - 2000”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo Ermesinde
R. D. António Ferreira Gomes
4445 ERMESINDE
Tel: 229 721 553 Fax: 229 723 040
Email: sec.ermesinde@mail.telepac.pt

www.terravista.pt/ancora/1045

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP


Financiamento atribuído: 10 000 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto
Este projecto pretende contribuir para melhorar os processos de ensi-

ES com 3.º ciclo Ermesinde


no/aprendizagem pela reconversão das práticas pedagógicas e materiais
educacionais de apoio, de modo a que surjam situações de aprendiza-
gem que desenvolvam o desejo de aprender, a iniciativa e a curiosidade.
São, assim objectivos deste projecto:
– Fomentar práticas pedagógicas inovadoras;
– Proporcionar a aquisição de competências no domínio das TIC
que permitam prosseguir autonomamente o enriquecimento de
conhecimentos e competências;
– Desenvolver competências de selecção, tratamento e produção
de informação;
– Fomentar o recurso a fontes variadas de informação;
– Desenvolver competências de pesquisa autónoma;
– Proporcionar a aquisição de métodos, processos de trabalho e
formas de pensar nas Ciências Experimentais.
Contextos Educativos em que se desenvove:
– multidisciplinar, nas salas de aula das disciplinas de Ciências
Físico-Químicas, Ciências da Terra e da Vida, T.L.B., T.L.Q. e I.T.I.
– nos Clubes
– (“Grupo Ecológico” e “Vida e Saúde”
– na “Sala de Recursos Informáticos”
– na Área-Escola.

249
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Participação em actividades Netd@ys:
– concurso Cyber Caça ao Tesouro
– concurso “3 heures” pour écrire
– análise, avaliação e votação dos contos elaborados por alunos do 1º ciclo das esco-
las de Viseu
– Concurso de Páginas de Alunos na Internet
Aquisição e tratamento de dados utilizando sensores e o programa “Science Workshop”
– Exploração de software educativo:
– “Galileu”, “Descobrir a Célula”, “LeChat” e “Cabrigeometre”
Produção e edição de informação:
– Apresentações em PowerPoint sobre temas tratados em algumas disciplinas e em
projectos àrea-escola;
– Página Web de natal do Grupo ecológico.
Pesquisa, selecção e análise da informação na Internet em aulas de diversas discipli-
nas (temas curriculares e relativos ao projecto da Área-Escola) e em livre acesso.
Divulgação:
– Workshop: realização de actividades experimentais pelos alunos sob a orientação de
alunos envolvidos no projecto, utilizando sensores. Actividades referentes a experiênci-
as obrigatórias dos programas de C.F.Q. do 10º e 11º anos e de T.L.B. do 11º ano.
– Afixação de Posters com a descrição das actividades desenvolvidas no decurso dos
três anos de vigência do projecto

Formação
– Iniciação à Informática
– PowerPoint
– Workshop em redes
– Utilização de sensores em actividades experimentais

Materiais produzidos
– Fichas para a preparação de experiências com sensores (Science workshop)
– Protocolos experimentais, para a utilização de sensores
– Ficha de avaliação do trabalho experimental
– Fichas de exploração do programa “Descobrir a Célula”
– Fichas de exploração do programa “Galileu” com vista à clarificação do conceito de
força
– Fichas com instruções, para os alunos, sobre a utilização do programa Galileu.
– Apresentações em PowerPoint sobre conteúdos programáticos, realizados por alu-
nos
– CD-Rom sobre visita de estudo realizada no âmbito da Área-Escola, produzido por
alunos

250
Projecto: “CIBERZARCO... NAVEGANDO À PROCURA DO MUNDO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo João Gonçalves Zarco
Avenida Villagarcia d’Arosa
4450 MATOSINHOS
Tel: 229 383 658 Fax: 229 383 480
Email: E.S.Zarco@mail.telepac.pt

www. esec-j-goncalves-zarco.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP

Financiamento atribuído: 6 200 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo


João Gonçalves Zarco
Enquadramento pedagógico:
– Projecto de intervenção multidisciplinar e transdisciplinar, envolven-
do várias áreas de formação
– Projecto de desenvolvimento tecnológico
– Projecto de inovação educativa
– Projecto de rentabilização de recursos, adoptando metodologias no-
vas, com a aplicação das TIC
– Projecto interactivo, de articulação com outras Escolas
– Projecto de Relação Escola / Meio

Tipologia das Acções


– Aplicação Multimédia para inventariação inteligente de material do
Laboratório de Física
– Aplicação Multimédia para inventariação inteligente de material /
reagentes do Laboratório de Química
– Organização / elaboração de uma base de dados de fichas educativas
de experiências Laboratoriais de Física Química
– Criação de uma Intranet ao nível das Escolas Secundárias do Con-
celho de Matosinhos
– Dinamização dos alunos no sentido da sua integração profissional
– Alargamento / potencialização da aprendizagem da Economia
– Monitorização / simulação, em tempo real, da velocidade de uma
reacção química

251
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Actividades de suporte de outros projectos
– Atelier Multimedia
– Concursos
– Divulgação do serviço de correio electrónico para professores
– Projecto “Eu aprendo na Internet” espaço aberto aos alunos para pesquisa
– As TIC na aprendizagem das Ciências Naturais e Físico-Química

Formação
– Formação de Professores: Processador de texto; Produção multimédia; Folha de Cálculo;
Internet; Power-Point; Produção de Homepage.

– Alunos: Férias informáticas para os alunos do 3º ciclo.


– ficina multimédia para alunos do Secundário.

Materiais produzidos
– CD ROM dos trabalhos realizados
– Homepage da Escola
– Suportes em disquete para divulgação das actividades da Escola
– Folhetos
– Brochuras

252
Projecto: “Criação do Ciberespaço Escolar”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES António Nobre

www.cf-forprof.rcts.pt
Centro de Formação FORPROF
R. Aval de Cima
4200-105 PORTO
Tel: 225 096 771 Fax: 225 507 685
Email: forprof@esoterica.pt
Escolas associadas: EB 2/3 Areosa; EB 2/3 Pêro Vaz
de Caminha; EB 2/3 Paranhos; Colégio Luso-
Francês e Externato Nossa Senhora da Paz

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP


Financiamento atribuído: 28 000 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto

Centro de Formação FORPROF


ES António Nobre -
Este Projecto tem como objectivos criar um laboratório on line, redes
intraescola na escola sede e interescolas nas restantes. Para atingir
tais objectivos serão realizadas diversas acções educativas (no total de
16), acompanhadas de outras actividades curriculares e extracurriculares,
com participação activa dos alunos na sala de aula, na área-escola ou
em clubes. Assim, tem-se fundamentalmente em vista contemplar as-
pectos de inovação pedagógica. A criação de infraestruturas para o
Projecto iniciou-se em 1997, as acções educativas começaram em 1998
e terão duas fases terminando cada uma delas com Workshops de
avaliação. O impacto do Projecto em causa será considerável pois o
mesmo envolve grande número de escolas, alunos, professores e fun-
cionários. A sua exequibilidade é inequívoca uma vez que haverá, sem
dúvida, uma melhor gestão e rentabilização dos recursos humanos,
físicos e técnicos existentes em cada escola. Por outro lado, a cobertura
financeira do Projecto está igualmente assegurada, embora o apoio
financeiro solicitado tenha sido o estritamente necessário, optando-se
antes por dar nova dinâmica aos equipamentos já existentes nas escolas
e/ou por cobrir parte das despesas com receitas privadas das mesmas.
Acresce que a avaliação e controlo do Projecto serão feitos através de
instrumentos para o efeito adequados, tais como reuniões várias de
acompanhamento, utilização de indicadores de sucesso do Projecto e
tratamento periódico e estatístico dos dados obtidos.

253
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
As várias escolas desenvolveram actividades específicas ou em parceria, nomeadamen-
te:
– Laboratório on-line: pesquisa e recolha de artigos, via Internet e participação em clu-
bes de apoio e grupos de discussão
– Forum do ambiente: pesquisa bibliográfica, informação e discussão via Internet, ela-
boração de artigos para o jornal electrónico
– Base de dados de apoio aos laboratórios: pesquisa de informação e divulgação da
base via Internet. Utilização experimental da base de dados nos laboratórios
– Matemática divertida: exploração do material de apoio elaborado no clube de mate-
mática- Matelândia. Participação em grupos de discussão
– O Computador e a Matemática no apoio educativo: participação em grupos de traba-
lho, onde se desenvolverão actividades de recuperação
– Viagem num parque biológico virtual: pesquisa, classificação de dados, via Internet e
preparação da visita de estudo
– Poluição dos solos: pesquisa bibliográfica e de software, via Internet. Trabalho de
campo, utilização de software e divulgação de resultados via jornal electrónico.
– Poluição sonora: determinação de níveis de ruído e procura de soluções. Participação
em newsgroups
– Viver é comunicar: pesquisa de informação, participação nos clubes
– O consumidor atento: pesquisa de informação, participação em grupos de trabalho,
tratamento estatístico de dados e transferência de resultados, via Internet
– Workshop- Criação do Ciberespaço escolar: envio de convites, via Internet, apoio aos
stands, participação nas sessões de debate
– Participação nas actividades Netdays

Formação
Os professores das várias escolas envolvidas tiveram formação no Centro de Formação
ForProf, coordenador do projecto. Foram desenvolvidas acções de iniciação e de
aprofundamento em Word, Excel, Access e navegação na Internet.
Professores e alunos frequentaram acções em Word, PowerPoint. Frontpage e utilização
de ICQ, ICR e FTP, realizadas pelo Centro de Competência.
Além destas, realizaram-se várias sessões de formação nas escolas envolvidas, da res-
ponsabilidade das próprias escolas.

Materiais produzidos
Cada escola criou materiais próprios: páginas Web, cartazes, dossiers, bases de dados,
questionários, textos, etc.
Aprofundando algumas das actividades desenvolvidas, nomeadamente no âmbito do
Netdays e por participação noutras iniciativas, foram desenvolvidas páginas para Hannover
2000 e para o projecto “Porto- um olhar virtual”

254
Projecto: “Informar/ Comunicar/ Humanizar”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES do Castêlo da Maia
Rua Profª Idalina Quelhas
S. Pedro de Avioso
4470 MAIA
Tel: 229 825 089/229 820 641 Fax: 229 825 089
Email: info@esec-maia-n2.rcts.pt

www.esec-maia-n2.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Esc. Sup. de Biotecnologia - UCP


Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Porto
Descrição do Projecto

ES do Castêlo da Maia
O Projecto Educativo da Escola Secundária do Castêlo da Maia cons-
titui-se como uma orgânica intrínseca à escola que releva da convicção de
que uma base comum a todos os implicadores e actores da comunidade é
factor determinante do salto qualitativo que faz passar do sonho à acção.
É em articulação entre esta primeira realidade da nossa escola, já
vivenciada e reelaborada nalguns casos, e um segundo plano de perspec-
tivas a médio prazo, enquadradas no âmbito do projecto: “Escola Viva”,
igualmente assumido pela nossa escola, que se posiciona o conjunto de
acções educativas do programa Nónio Século XXI, que apresentamos:
– Internet na Escola/ Realização de Worhshops
– Jornal da Escola
– Grupos Temáticos
– Saúde na Alimentação
– Divulgação da Escola/ página na Internet

255
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Apresentação e divulgação do projecto à comunidade escolar, ao londo de uma semana,
com abertura de uma rede de PC’s ligados à Internet;
– Aula aberta: “Jornal Escolar” – um projecto de design e comunicação;
– Lançamento dos primeiros números do Jornal da Escola: “Com Tacto”;
– Palestra sobre o tema: “À procura de um jornal de escola”, com a presença de Alberta
Santos, jornalista do “Público”;
– Palestra subordinada ao tema: “A água”, tendo como convidado o biólogo, Dr. Mário Freitas;
– Filme e palestra proferida por alunos do 11º ano sobre o “Cancro”;
– Realização de inquéritos à comunidade escolar e tratamento estatístico dos mesmos, so-
bre “Saúde na alimentação”;
– Exposições com o objectivo de divulgação de trabalhos realizados pelos diversos grupos,
dentro e fora da escola.

Formação
– Realização de Worhshops no Centro de Competência sobre pesquisa na Internet e cons-
trução de páginas. (Destinatário: professores)
– Realização de uma acção de formação sobre Page Maker, para posterior aplicação na
elaboração do jornal da escola. (Destinatários: professores e alunos)
– Realização de acções de formação diversificadas, com o apoio do Centro de Saúde do
Castêlo da Maia, no âmbito da saúde na alimentação (destinário: funcionários), e da sexu-
alidade/ sida (destinatário: alunos)

Materiais produzidos
– Painel sobre o projecto Nónio Século XXI;
– Jornal da escola “Com Tacto”;
– Página da escola;
– Cartazes publicitários de actividades diversificadas, todos eles sujeitos a um projecto de
design;
– Implementação de um espaço (mediateca) apetrechado com equipamento e estruturas em
rede, para navegar na Internet, a ser utilizado pelo alunos e por outros elementos da comu-
nidade escolar.

256
Sumário

SANTARÉM

Escolas sede com ficha síntese do projecto


EB 1 n.º 1 de Alcobertas
EB 1 n.º 8 de Santarém
EBI Fernando Casimiro Pereira da Silva
EB 2/3 de Alexandre Herculano
EB 2/3 de Mem Ramires
EB 2/3 Dr. Ruy d’Andrade
EB 2/3 com Sec. de Chamusca
EB 2/3 com Sec. de José Relvas
EB 2/3 com Sec. D. Maria II
ES com 3.º ciclo de Alcanena
ES com 3.º ciclo de Entroncamento
ES com 3.º ciclo do Dr. Ginestal Machado
ES com 3.º ciclo Marquesa de Alorna

257
258
Projecto: “REATIC – Reinventar a Escola - Aplicar e desenvolver Tecnologias de
Informação e Comunicação”
Contactos da Escola sede
Endereço: Agrupamento de Escolas de Alcobertas
Rua do Olho d’Água
2040–011 ALCOBERTAS
Tel. e fax – 243 405 166
Email: aefa@aeiou.pt ou alcobertas@yahoo.co

www.rede-nonio.min-edu.pt/1cic/alcobertas/

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento Atribuído: 6 500 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto
O projecto desenvolve-se tendo por base os pressupostos da Sociedade

EB 1 n.º 1 de Alcobertas
da Informação. Foi elaborado na sequência da vontade demonstrada pelos
educadores e professores da freguesia de Alcobertas no sentido de
desenvolver a integração das Tecnologias de Informação e Comunicação
na sala de aula, promovendo a inovação e a reorientação do processo
ensino/aprendizagem, considerando o aluno como construtor da sua
aprendizagem.
Prevê, assim, alteração de estratégias e métodos de ensino no sentido
da utilização de metodologias activas.
O projecto prevê a articulação entre todas as escolas e jardins de
infância que o integram, como forma de quebrar o isolamento a que estão
votadas, utilizando para tal as TIC, nomeadamente com a criação de uma
rede telemática.
Como objectivo principal do projecto definimos a utilização quotidiana
do equipamento informático de forma a que este se torne uma ferramenta
ao serviço do processo educativo e não um fim em si.
Pretende-se, ainda, uma familiaridade e utilização amigável das TIC,
tanto por parte das crianças como dos professores. Para tal o equipamen-
to disponível encontra-se distribuído pelas diversas de sala de aula dos 10
estabelecimentos de ensino que compõem o Agrupamento e uma das
apostas prioritárias é na formação centrada nos diversos objectivos do
projecto.
O papel principal no desenvolvimento do projecto cabe aos
dinamizadores das diversas actividades, que neste caso são os professores.
As actividades são organizadas por uma equipa de animação composta
por todos os docentes, pela Coo rdenadora do Projecto e pelos
coordenadores dos restantes projectos em desenvolvimento no
agrupamento.

259
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Dinamização da utilização das TIC na sala de aula (utilização de diversos programas –
word, excell, power-point, paint-brush, etc..., utilização da internet – actividades de pesquisa,
navegação, chat, utilização de correio electrónico, utilização de software educativo –
pesquisa, produção de histórias, jogos, etc...);
– Realização de trabalho colaborativo entre escolas;
– Participação em actividades dinamizadas pelo Centro de Competência;
– Participação em actividades no âmbito das escolas ENIS;
A dinamização do projecto trouxe alterações ao nível das práticas, como era nosso objectivo.
A mobilidade do corpo docente não permitiu a consolidação destas práticas. No início de
cada ano lectivo a sensibilização para a realização de actividades diversificadas e de
metodologias activas tem de ser reiniciada.

Formação
Ao longo dos três anos em que decorreu este projecto foram vários os momentos de
formação e diversificados.
A formação realizada dividiu-se em três tipos: formação contínua, acções de sensibilização
dirigidas ao pessoal docente e acções de sensibilização dirigida a pais, encarregados de
educação e comunidade em geral.
Ao longo do período em que decorreu o projecto foram realizadas, no agrupamento, três
formações no âmbito do Programa FOCO:
– Oficina de Formação “Os audiovisuais na sala de aula” – ano lectivo 1997/98,
– Oficina de formação “A Informática no quotidiano da sala de aula” – ano lectivo 1998/99,
– Curso de formação “Animar a sala de aula com recurso a equipamentos informáticos”–
ano lectivo 1999/2000.

Materiais Produzidos
– Brochuras
– Mini livros de histórias
– Livro sobre a freguesia “Alcobertas – a serra e o vale”
– Vídeo “Entre a serra e o vale”
– Jornal “Baú de Notícias” em suporte de papel e on-line
– Página web do agrupamento
– Cadernos temáticos
– Apresentações em power-point
– Trabalhos entre escolas

260
Projecto: “LEÕES NO CIBERESPAÇO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 n.º 8 de Santarém
Rua do Colégio Militar
2230 SANTARÉM
Tel: 243 333 734 Fax: 243 333 734
E-mail: escola.leões@netc.pt

www.rede-nonio.min-edu.pt/1cic/leoes

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 5 650 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto
Ao concorrermos ao Projecto Nónio Séc. XXI, pretendemos introduzir

EB 1 n.º 8 de Santarém
a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação no quotidia-
no escolar, tendo em vista uma escola informada e aberta ao mundo.
Ao abrirmos a Escola ao mundo via Internet e com a integração de
materiais multimédia no ensino, desejamos que os alunos utilizem e
explorem os recursos e serviços que se proporcionam de forma orienta-
da e integrada na aprendizagem, que saibam comunicar, que se divirtam
e aprendam com os jogos, que resulte um valor acrescentado para a
aprendizagem.

261
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Produção de trabalhos pelos alunos
– Comunicação por Chat e por e-mail
– Construção de uma Homepage
– Projectos colaborativos com escolas nacionais e estrangeiras
– Participação nos Netd@ys

Formação
Algumas professoras fizeram formação em:
– Internet e Projecto Educativo
– Toolbook
– Frontpage (sessões presenciais e à distância pela Internet)

Materiais produzidos
– Homepage da Escola

262
Projecto: “TIC/SER - As TIC ao Serviço da Educação e da Região”
Contactos da Escola sede
Endereço: EBI Fernando Casimiro Pereira da Silva
Urb. Pá Ribeira 1
2040–227 RIO MAIOR
Tel: 243 999 188 Fax: 243 999 185
Email: info@eb123-fernando-casimiro.rcts.pt

www.eb123-fernando-casimiro.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 4 077 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto
O Projecto visava a info-alfabetização da comunidade escolar em

EBI Fernando Casimiro


Pereira da Silva
linguagens multimédia e a sua familiarização com as técnicas e tecnologias
mediáticas.
Pretendia-se, com isso, a integração de novos meios de comunicação
e informação no quotidiano da Escola, colocando à disposição dos
professores e alunos os recursos multimédia e serviços da Internet, de
forma orientada e integrada no processo ensino/aprendizagem. A utilização
deste projecto como Centro de Recursos permitiu perspectivar um projecto
de Área-Escola inovador em que o produto final tem uma utilidade efectiva
enquadrado no título que atribuímos ao nosso projecto. Ou seja, a criação
de um roteiro turístico regional para postos de informação turística
multimédia a implementar em locais a definir, articulando-se, deste modo,
uma necessidade da autarquia com o projecto de Área-Escola, cujo tema
aglutinador se intitula “Rio Maior Cultural”.
Assim, ligou-se a Escola à comunidade com sentido utilitário,
envolvendo-a no meio em que se insere e permitindo aos discentes, pela
investigação desenvolvida, um conhecimento mais aprofundado da sua
própria região, criando uma identidade sociocultural.
Como a concretização deste projecto passou necessariamente pela
aplicação das novas tecnologias de informação e comunicação e estas
constituíram um manancial de conhecimentos e de informação
extremamente diversificada a nível dos conteúdos, foi possível
proporcionar aos nossos alunos aprendizagens mais duradouras,
gratificantes e com sentido prático.

263
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Ao longo do triénio 1997/2000, o grupo dinamizador do projecto levou a cabo as seguintes
actividades:
– A participação em actividades propostas pelo Centro de Competência;
– A criação de um jornal escolar (“O Ardina”), enquanto forma de publicação periódica dos
trabalhos desenvolvidos pelos alunos na escola (visitas de estudo, actividades de clubes,
actividades dos grupos disciplinares e no âmbito dos projectos de Área-Escola) e do
trabalho desenvolvido no âmbito do projecto “TIC/SER”;
– A criação da Homepage da Escola, cuja actualização esteve a cargo do professor
responsável e dos alunos inscritos no Clube de Informática, dos alunos pertencentes às
turmas de currículo alternativo, e o seu enriquecimento que resultou das actividades
desenvolvidas pelos vários grupos disciplinares, por algumas turmas em particular e de
todos os projectos de Área-Escola desenvolvidos pelas turmas;
– A produção final de um CD-Rom.

Formação
A formação esteve a cargo do Centro de Competência Nónio.

Materiais produzidos
– Publicação mensal do jornal escolar “O Ardina”;
– Criação da Homepage da Escola (actualizada e enriquecida com todos os trabalhos e
actividades realizados na Escola);
– Produção final do CR-Rom que incluía um roteiro turístico sobre a Região de Rio Maior.

264
Projecto: “NÓNIO - SÉC.XXI”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Alexandre Herculano
Quinta do Mergulhão
2000-634 SANTARÉM
Tel: 243 309 420 Fax: 243 309 427
E-mail: eherculano@mail.telepac.pt

www.eb23-alexandre-herculano.rcts.pt/

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto
A crescente presença das tecnologias no quotidiano dos alunos con-

EB 2/3 de Alexandre Herculano


duz-nos frequentemente à utilização de recursos informáticos, no sentido
de lhes estimular a autonomia, criatividade e auto-estima. Assim, enten-
demos poder canalizar essa necessidade através deste projecto, inte-
grando as TIC no quotidiano escolar dos alunos, tornando-as prática co-
mum no processo de ensino-aprendizagem, privilegiando a pluralidade
de saberes orientada para um foco de interesse comum - a Informática.
Pretende-se, pois, que a comunidade escolar se envolva, duma forma
dinâmica e multidisciplinar nas várias actividades a desenvolver.
A elaboração deste projecto passou pela definição dos seguintes ob-
jectivos:
– Fomentar na comunidade escolar o gosto pelas TIC e ao mesmo
tempo, fornecer aos inúmeros intervenientes os apoios necessári-
os para a concretização das diversas actividades;
– Integrar as TIC nos diferentes currículos, fomentando a multi e
transdisciplinaridade;
– Banalizar o uso das TIC, nomeadamente das várias ferramentas
da Internet para promover intercâmbios educativos;
– Contribuir para uma melhor relação professor/aluno e aluno/aluno,
através de vivências fora do espaço convencional da aula.

Pretende-se, pois, dar continuidade a um projecto que já tem 8 anos


e, ao mesmo tempo, melhorá-lo em termos qualitativos e quantitativos,
envolvendo toda a Escola na utilização das TIC, explorando e utilizando
os recursos disponibilizados pela Internet (o que até agora tinha sido feito
de forma pontual), nomeadamente informação disponível na rede e utili-
zação desta para divulgar actividades da Escola, trabalhos de investiga-
ção realizados e até mesmo este projecto, contribuindo assim para o

265
enriquecimento dos recursos já existentes (em português e destinados sobretudo à comu-
nidade escolar).

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
A estratégia proposta neste projecto visava a utilização da Internet nas suas múltiplas
vertentes, para a realização das seguintes actividades:
– Utilização da Homepage como meio de intervir cada vez mais nas várias disciplinas,
através da divulgação das diversas actividades realizadas nas Escola;
– Implementação de uma Área Disciplinar de Informática – apenas com a finalidade de
utilizar o software existente – para inclusão no Programa de Currículo Alternativo, a
desenvolver na Escola (dadas as características da população-alvo, os alunos envol-
vidos co-dinamizaram várias actividades desenvolvidas, como motivação para outro
tipo de trabalho, ao mesmo tempo que foram desenvolvidos hábitos de trabalho em
equipa, o sentido de responsabilidade e o gosto por um saber diferente);
– Levantamento, aquisição e instalação do software educativo existente para as várias
áreas disciplinares, o que permitiu ainda mais diversificar os processos de ensino-apren-
dizagem;
– Realização de um levantamento do Concelho de Santarém (Histórico, Cultural,
Gastronómico, ...);
– Continuação do Clube de Jornalismo, onde os alunos, com o auxílio das TIC, desenvol-
veram aptidões/capacidades de comunicação, não só no domínio da Língua Portugue-
sa, mas também das línguas estrangeiras (Francês e Inglês);
– Promoção de debates sobre temas relevantes da actualidade (racismo, direitos huma-
nos, datas importantes, etc.) com escolas nacionais, em IRC;
– Apoio à Ludoteca, através da instalação de jogos educativos e de estratégia;
– Utilização da Internet como instrumento de pesquisa, em alternativa e/ou complemento
à Biblioteca, nas várias tarefas a desenvolver pelos alunos;
– Realização de intercâmbios com outras escolas do país e da Europa, visando a troca de
informação sobre a cultura regional/nacional e sobre os projectos desenvolvidos.
– Apoio e divulgação dos vários clubes e projectos desenvolvidos na Escola.

Formação
Vários professores da escola frequentaram Acções de Formação promovidas pelo Centro
de Competência Nónio: «Utilização e Produção de Software Educativo» e «Recursos
Telemáticos para Projectos Educativos».

Posteriormente, os conhecimentos básicos adquiridos nessas acções foram tranferidos


aos alunos, no sentido de desenvolverem os seus próprios projectos, com o apoio dos
professores.

Materiais produzidos
– Organização dos materiais produzidos sobre o Concelho de Santarém;
– Jornal “A Malta do Alex”.

266
Projecto: “JANELA DO MUNDO - CONHECER E DAR A CONHECER”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Mem Ramires
Rua Dr. Virgílio Arruda
2000-217 SANTARÉM
Tel: 243 305 950 Fax: 243 305 955
E-mail: info@eb2-mem-ramires.rcts.pt

www.eb2-mem-ramires.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 3 000 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Mem Ramires


– Criação de site com informação relativa à escola e à cidade;
– Criação de um Centro de Recursos TIC.

267
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Actividades no Centro de Recursos TIC:
– Aulas curriculares
– Apoio a trabalhos disciplinares, interdisciplinares e transdisciplinares
– Participação em projectos transnacionais – ‘Children Landscapes’, ‘Netd@ys’, etc
– Apoio a clubes
– Apoio a ‘semanas’ das disciplinas
– Apoio pedagógico acrescido
– Pesquisa na internet, utilização de correio electrónico e elaboração de trabalhos por
parte da comunidade escolar
– Ocupação de tempos livres

Formação
– Navegação na Internet
– Correio electrónico
– FrontPage

Materiais produzidos
– Homepage

268
Projecto: “ESCOLA SEM FRONTEIRAS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Dr. Ruy d’Andrade
R. Estados Unidos da América
2330-033 ENTRONCAMENTO
Tel: 249 725 140 Fax: 249 717 186
E-mail: info@eb23-dr-ruy-andrade.rcts.pt

www.eb23-dr-ruy-andrade.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 6 300 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto
Objectivos:

EB 2/3 Dr. Ruy d’Andrade


– Promover a melhoria da qualidade do ensino;
– Contribuir para a mudança na Escola e na sala de aula;
– Adquirir experiência pessoal na aplicação prática das TIC;
– Promover uma rede de intercâmbios que permita comunicar e
interagir com o meio;
– Quebrar as barreiras artificiais entre a Escola, a Comunidade e o
mundo do trabalho.

O Projecto desenvolveu-se ao longo de 3 anos, tendo-se dado priori-


dade à formação de docentes, ao apetrechamento da escola e ao desen-
volvimento de competências dos alunos; seguidamente, e após uma fase
de continuidade e actualização, perspectivou-se o reforço e a consolida-
ção das mudanças efectuadas e das competências adquiridas.
Com este projecto conseguiu-se uma melhoria na qualidade do ensi-
no/aprendizagem, uma nova forma de ocupação de tempos curriculares e
não curriculares e ainda um maior envolvimento da Escola na comunida-
de.

269
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Página da Escola;
– Formação de Professores: iniciação ao winword e formação na Internet;
– Formação de Funcionários: iniciação ao winword e formação na Internet;
– Formação de alunos do 5ºano: iniciação ao winword e formação na Internet;
– Actividades da Semana da Netd@ys ;
– Acompanhamento de actividades: registo fotográfico;
– Pesquisa e recolha de informações na Internet.

Formação
– Página web;
– Frontpage;
– Introdução à Internet;
– Mostra e exploração de software Educativo;
– A Internet no ensino das línguas.

Materiais produzidos
– Página da escola: jornal; postais da nossa terra; clube do ambiente «colectânea» de
actividades desenvolvidas;
– Trabalhos de Área-Escola.

270
Projecto: “BOLA DE NEVE DOS SABERES”
Contactos da Escola sede

www.eps-chamusca.rcts.pt
Endereço: EB 2/3 c/Sec. de Chamusca
Avª. Dr. Carlos Amaro
2140-054 CHAMUSCA
Tel: 249 769 070 Fax: 249 769 079
E-mail: info@eps-chamusca.rcts.pt

Escolas associadas: Eb 1 de Ulme; EB 1


de Arripiado; EB 1 de Pinheiro Grande; EB
1 de Semideiro; EB 1 de Caniceira; EB 1 de Chamusca; EB 1 de Carregueira; EB 1 de
Chouto; EB 1 de Vale de Cavalos e EBM da Carregueira
Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém
Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto
– Dinamização das TIC em todas as Escolas do Concelho, dos vários

EB 2/3 com Sec. de Chamusca


níveis de ensino;
– Integração da informática no quotidiano escolar;
– Dinamização de um Centro de Recursos apetrechado com meios
informáticos multimédia, software educativo e outros equipamentos;
– Preparação de actividades conjuntas com o Centro de Competência;
– Criação do Club TIC e desenvolvimento da página da Escola na Net;
– Formação de professores;
– Desenvolvimento de projectos/aprendizagens/actividades disciplinares
e transdisciplinares, elevando as competências e a socialização dos
alunos. Videoconferências incluídas;
– Criação de uma aplicação multimédia – CD-Rom da Escola.

271
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Utilização diária das TIC, por parte de todos os alunos dos vários níveis de ensino.
– Realização de Vídeo-Conferências.
– Planificação e acompanhamento das actividades trimestrais.
– Formação de professores.
– Pesquisa na Internet.
– Colaboração em actividades promovidas pelo Centro de Competência e outras entidades
(jogos, chat’s, NetDays).
– Criação e manutenção da página da Escola na Web e Club TIC.

Formação
– Formação de professores do grupo coordenador, no Centro de Competência, em “Utilização
e Produção de Software Educativo – FrontPage“ e utilização de Internet.
– Formação e acompanhamento de professores do 1º. Ciclo na iniciação à informática e
Internet.

Materiais produzidos
– Página Web da Escola.
– CD-Rom que retracta diversas actividades desenvolvidas, acima referidas.

272
Projecto: “CENTRO DE RECURSOS EM TIC”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 c/Sec. de José Relvas
Largo 1º de Maio, n.º 1
2090 ALPIARÇA
Tel: 243 559 240 Fax: 243 559 243
E-mail: c.salpiarca@mail.telepac.pt

www.eps-jose-relvas.rcts.pt/

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto
Dada a crescente importância das TIC no quotidiano da Sociedade,

EB 2/3 com Sec. de José Relvas


pareceu-nos pertinente dotar a nossa Comunidade Escolar de um Centro
de Recursos em TIC e o consequente acesso a estas novas tecnologias.
Assim, foi nosso propósito incutir na Comunidade Escolar o gosto pe-
las novas tecnologias, dinamizando diversas actividades de modo a que
as novas tecnologias de informação e comunicação sejam utilizadas no
âmbito desta Comunidade, passando não só pela inegável utilidade di-
dáctico-pedagógica, mas também a abertura de uma inesgotável fonte de
informação e divulgação.
Para tal definimos vários objectivos como:
– Favorecer a emergência de novas práticas pedagógicas de grupo,
tanto ao nível de alunos como de professores, no tocante a várias
áreas disciplinares (Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Língua Fran-
cesa, Tecnologias de Informação, Comunicação...);
– Apoiar e formar professores para a utilização das TIC, tendo em
conta a vertente Didáctico-pedagógica;
– Apoiar a implementação de Currículos Alternativos;
– Apoiar e formar alunos e professores para utilização das TIC;
– Promover o acesso ao Centro de Recursos, por parte dos alunos,
nas horas de Lazer e/ou ausência imprevista de professores;
– Facultar aos alunos a utilização do Centro de Recursos para elabo-
rarem trabalhos didácticos;
– Promover o intercâmbio com outras Escolas, trocando experiênci-
as didáctico-pedagógicas, enriquecendo o conhecimento de alu-
nos e professores (através do IRC e Correio Electrónico);
– Criar uma Homepage para divulgar as actividades realizadas na
Escola, nomeadamente trabalhos dos alunos, exposições e outros
eventos considerados de interesse e a própria Escola, o Concelho,
a Comunidade Escolar, e, em suma, todo o aspecto sócio-cultural
em que a Escola se insere.

273
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
No primeiro ano desenrolaram-se acções de divulgação e cursos de formação ao longo do
ano lectivo, destinadas a alunos, professores e funcionários, tendo como objectivo principal a
“formação base” em informática. Desenrolaram-se ainda acções de divulgação e formação
em Internet, que tiveram como objectivo proporcionar a alunos, professores e funcionários os
conhecimentos que lhes permitiram navegar com alguma facilidade na Internet. Foi ainda
criado um Centro de Recursos que visou fomentar a sua utilização para elaboração de trabalhos
didácticos, quer por parte de alunos, quer de professores.

No segundo ano foi dada a continuidade e o aprofundamento das actividades iniciadas


no 1º ano. Foi criada uma Homepage da Escola. Iniciou-se o intercâmbio com outras Escolas,
através da Internet (IRC e Correio Electrónico), privilegiando os Países de Língua Oficial
Portuguesa.

O terceiro ano foi o ano da continuação e aprofundamento das actividades iniciadas nos
anos anteriores. Continuação da dinamização da Homepage e o alargamento do intercâmbio
a nível mundial.

Formação
Foi dada formação, no âmbito do utilizador, em Windows, Microsoft Word, Microsoft Excel,
Internet Explorer, Outlook Express, Corel Draw e Photoshop aos alunos professores e
funcionários.
No âmbito dos Audiovisuais, foi dada formação a alunos e professores na produção de
materiais e manuseamento dos vários equipamentos (data show, TV, vídeo, apresentações
em Power Point, etc.).
No âmbito do funcionamento do Centro de Recursos, foi prestado todo e qualquer apoio
solicitado que envolvesse Tecnologias de Informação e Comunicação e/ou meios Audiovisuais.

Materiais produzidos
– Homepage da escola.
– Apresentações Power Point.

274
Projecto: “LIGAR A ESCOLA À REDE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 c/Sec. D. Maria II
Rua do Pedregoso
2260 VILA NOVA DA BARQUINHA (OUTRA IMAGEM)
Tel: 249 720 220 Fax: 249 720 227
Email:ebsvnb@clix.pt

www.eps-v-n-barquinha.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém
Financiamento atribuído: 3 150 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto

EB 2/3 com Sec. D. Maria II


Pretendeu-se ligar a Escola e o concelho aos modernos meios de
comunicação e informação, criando-se condições favoráveis à
experimentação, inovação e ao exercício de uma maior capacidade de
autonomia dos docentes no quadro da afirmação de um Projecto Educativo
próprio. O Projecto desenvolveu-se nas seguintes vertentes e etapas:
Organização e Implementação
– Acções de sensibilização e formação em CD-Rom, Internet, www,
E-MAIL, Telnet numa primeira fase para um grupo restrito de
dinamizadores;
– Criação de uma base de trabalho multimédia pela articulação de
TV, Vídeo, CD-Rom e Internet;
– Contactos com o Centro de Competência
Processo Educativo
– Concretização de actividades de natureza curricular no âmbito do
processo de ensino-aprendizagem: recursos a produtos culturais,
científicos, educativos; organização de contactos com outras escolas
e instituições, troca de experiências; realização de trabalhos de área-
escola.
– Aulas práticas da disciplina de Introdução às Tecnologias da
Informação;
– Apoio a actividades de Complemento Curricular: jornal escolar,
exposições, dossiers temáticos, laboratórios de línguas e
matemática;
– Implementação de actividades de apoio e diferenciação pedagógica:
individualização da aprendizagem pela utilização dos novos recursos,
de programas mais motivadores e adequados aos interesses dos
alunos.
Ocupação em períodos de tempos livres
– Apoio à dinamização de actividades de ocupação de tempos livres
em períodos lectivos e pós-lectivos.

275
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Foi adaptada uma sala de aulas contígua à Biblioteca como a Sala Nónio, uma vez que
assim se passou a aceder à ligação à Internet estabelecida pelo Ministério da Ciência; constituiu-
se assim o núcleo central do Centro de Recursos .
Foi cada vez maior o índice de utilização da Sala Nónio pelos alunos de todos os anos de
escolaridade, do 5º ao 11º ano (média de ocupação diária entre 35 e 52 alunos). Dirigem-se à
Sala por sua própria iniciativa, por vezes no contexto dos seus tempos livres, ou sob orientação
dos docentes, com vista à realização de pesquisas para trabalhos de âmbito lectivo como
sejam a realização de actividades das várias disciplinas, de projectos de área-escola ou de
complemento curricular.
Destacou-se a Exposição “Os Rios - Nós e os Outros Povos” a apresentar no Centro Cul-
tural da vila durante as festas do concelho de 1998.
Os alunos vão assumindo um papel de quase plena autonomia na realização das pesquisas,
na recolha e armazenamento da informação e na configuração e apresentação dos trabalhos,
dominando assim os aspectos técnicos e práticos das novas tecnologias da informação e
comunicação.
A nível das Línguas Estrangeiras (Inglês e Francês) vários docentes do ensino secundário,
no âmbito das suas aulas, vêm colocando os alunos em situação de comunicação com colegas
de outros países utilizando as línguas que estão a aprender. Alguns docentes frequentaram
acções de formação do Programa FOCO, nos domínios das novas tecnologias da Informação
e Comunicação.
A Sala Nónio é o espaço educativo mais procurado, aberto, a funcionar a tempo inteiro, em
permanente actividade, onde as marcações de presença se têm que fazer normalmente de
véspera. Alunos e professores, nas mais variadas actividades acabam por utilizar esta sala,
nomeadamente as que se desenrolam em torno de outros projectos de relevo a que aderimos
também: o Projecto PEPT 2000 e o PROSEPE, Clube da Floresta, Rede de Bibliotecas
Escolares, Clube de Expressão Dramática e Clube de Jornalismo;
Também a nível do apoio pedagógico e educativo esta Sala tem constituído um recurso a
que se tem recorrido no acompanhamento de alunos com grandes dificuldades de
aprendizagem.

Formação
Organizaram-se algumas sessões de formação sobre vários programas informáticos,
destinadas aos docentes e funcionários interessados, dinamizadas por um elemento da Equipa
Coordenadora. Por outro lado, vários elementos da Equipa Coordenadora deslocaram-se ao
Centro de Competência onde se realizaram sessões teórico/práticas fundamentais sobre Internet
e Homepage e distribuída documentação de apoio que contribuíram para melhorar as
competências dos docentes.
Acção de formação creditada pelo Programa FOCO “Biblioteca como dinamizadora do Centro
de Recursos” orientada pela Dr.a Maria José Vitorino.
Em todos os anos a formação envolveu alunos quer como formandos (desde o 1º ao 12º
ano) quer como formadores (alunos m ais velhos deram formação a colegas mais novos).

Materiais produzidos
– A página da Escola (agora em fase de reformulação);
– Material didáctico de apoio ao processo educativo;
– Jornal da Escola;
– Cartazes de divulgação de actividades realizadas na Escola.

276
Projecto: “DA ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO À UTILIZAÇÃO E PRODUÇÃO DE
INFORMAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo de Alcanena
Av. Marquês Pombal Apartado 58
2384-909 ALCANENA
Tel:249 887 390 Fax:249 887 399
Email: tesc1108@mail.telepac.pt

www.esec-alcanena.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém
Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de Alcanena


Objectivo Geral:
– Permitir aos alunos e professores o acesso a troca de informação
diversificada e simultaneamente permitir-lhes a divulgação da
informação produzida por eles.

Objectivos Específicos:
– Tornar possível a utilização de recursos pedagógicos existentes,
adequando o fundo documental variado, às necessidades das
diferentes disciplinas e comunidade educativa.
– Permitir a integração dos materiais impressos, audiovisuais e
informáticos.

– Favorecer a criação de fundos documentais, organizados em funções


de diferentes temas, no âmbito das diferentes disciplinas.
– Desenvolver nos alunos competências e hábitos baseados na
consulta, tratamento e produção de informação, em trabalho indi-
vidual ou de grupo, quer por iniciativa própria ou a solicitação dos
professores.

– Facilitar, aos professores a planificação de actividades de ensino


com a utilização dos novos suportes de informação criados.
– Procurar criar um lugar onde se encontrem registos de memória da
escola e do seu meio envolvente, reforçando a identidade da mesma
e da comunidade.

277
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Clube de Francês: motivação dos alunos à utilização do Centro de Recursos e pesquisa
de dados para a elaboração de trabalhos na área da música, cinema e literatura.
Sala de Estudo da Cultura Clássica: neste momento, a sala tem uma pasta com favoritos
da Internet ligados aos temas em estudo.
Clube de Matemática: continuou a investigação de temas subordinados à disciplina no
âmbito da actividade “ À descoberta da Internet”.
Clube do Ambiente: consulta de informação sobre ambiente e construção e publicação da
página do Clube no seguinte endereço: WWW.terravista.pt/ilhadomel/2271. Após conclusão,
esta página será integrada da página geral da escola.
Clube de Informática: Foi definida a forma e o conteúdo da página da Escola encontrando-
se já parcialmente elaborada, prevendo-se a sua publicação para o mês de Julho. Como
anteriormente se disse, os recursos também foram utilizados em situação de aula.
Os professores colocados em actividades no Centro de Recursos, no decorrer do seu
horário realizaram actividades de apoio e formação dos alunos na utilização dos meios
informáticos e colaborando em dois projectos que aderimos posteriormente, e que serão alvo
de discriminação particular.
Projecto Genet: o desafio lançado pelo Centro de Competência para a participação das
escolas, teve aqui eco qualificado com a participação de uma turma do 11º ano e os professo-
res de Biologia, Religião e Moral e um professor de Filosofia destacado no Centro de Recur-
sos. Procederam à elaboração de um texto temático sobre o assunto, após investigação bibli-
ográfica e na web, publicando o mesmo e participando no “chat” temático inter-escolas.
Aventura e Narrativa: projecto lançado pelo Centro de Competência e ao qual aderiram
três professores de Português, que motivaram e dinamizaram a participação de duas turmas
do ( 9º e 10º), produzindo 6 contos e participando no “chat” temático com os alunos, tendo sido
um dos contos o vencedor.
Projecto de Intercâmbios Cultural Portugal/Brasil: Com a Escola Madre Clélia de Curutiba,
estabeleceu-se a troca de informação e de perspectivas históricas como a participação do
projecto “Um postal da Minha Terra”.

Formação
Foi dada formação por um professor destacado no Centro de Recursos a docentes da
Escola e do 1º Ciclo.

Materiais produzidos
– Criação da Página da Escola

278
Projecto: “ESCOLA VIVA E INFORMADA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo de Entroncamento
Rua Carlos Ayala Vieira da Rocha
2330-105 ENTRONCAMENTO
Tel: 249 716 883 Fax: 249 719 037
E-mail: info@esec-entroncamento.rcts.pt

www.esec-entroncamento.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 7 000 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto
Objectivos:

ES com 3.º ciclo de Entroncamento


– Envolver a comunidade educativa em projectos comuns que en-
volvam a utilização de recursos informáticos;
– Mudar atitudes dos professores no respeitante às novas
tecnologias e aos saberes dos alunos;
– Implementar actividades de descoberta, pesquisa e auto-forma-
ção dos alunos;
– Promover a ligação Escola-Meio;
– Trabalhar em equipa e interdisciplinarmente.
Actividades Curriculares - Com estas actividades dinamizou-se o
uso de ferramentas informáticas ao nível disciplinar/turma. Neste senti-
do este projecto serviu para implementar algumas ideias de utilização
dos vários produtos e meios disponíveis que facilitam a compreensão
dos conteúdos programáticos e criam hábitos de pesquisa e trabalho
em grupo. A nível disciplinar foram desenvolvidos actividades em Mate-
mática, História, Língua Portuguesa, Línguas Estrangeiras, Biologia e
Desporto.Os trabalhos que foram desenvolvidos tiveram um efeito
dinamizador nos grupos disciplinares e contribuíram para que comba-
ter o isolamento e os receios de utilização destes novos recursos. Para
o apoio a estas actividades contámos com o apoio dos professores da
escola e do Centro de Competência que dominam a tecnologia e que
ajudaram outros colegas na descoberta da utilização pedagógica.
Actividades não-curriculares - Englobamos neste capítulo todas as
actividades que não apresentam um carácter vincadamente disciplinar.
Estas actividades distinguem-se das actividades curriculares por não
se desenvolverem durante o período das próprias aulas e no grupo/
turma mas sim durante as horas em que o Centro de Recursos está
livre para toda a comunidade escolar. Estas actividades tiveram um ca-
rácter multidisciplinar e transdisciplinar, envolvendo professores de gru-
pos disciplinares diferentes e alunos de diversas idades .

279
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Construção e manutenção da página WEB da escola;
– Informatização da gestão escolar e da biblioteca/centro de recursos;
– Participação nas actividades das Semanas de Netd@ys promovidas pelo Centro de
Competência;
– Concurso do Clube de Informática de pesquisa na Internet sobre o “Património Arqueo-
lógico Regional” e “Património Natural Nacional”;
– Realização de reportagens com fotografia digital de todos os eventos realizados na
escola;
– Montagem das fotografias em PowerPoint e sessões de divulgação utilizando o
videoprojector;
– Criação de um sistema interno de mensagens através da rede informática da escola.
Actividades curriculares:
– Utilização do Excel no cálculo de probabilidades no 12º ano de Matemática;
– Construção de uma base de dados de fontes de informação sobre Design Industrial;
– Utilização do Cabri Géomètre no estudo da geometria do 9º ano;
– Utilização do programa Trinca-espinhas no estudo de números primos e divisores do 7º
ano de Matemática;
– Utilização do programa Roulette com alunos de Francês do 7º ano;
– Divulgação do CD sobre o “Auto da Índia” na disciplina de Português do 10º ano;
– Utilização de sensores de PH ligados a PC, para titulação de ácido-base no 12º de
Química;
– Investigação em Internet sobre Planetologia em Biologia do 10º ano.

Formação
Acções de formação promovidas pelo Centro de Formação de Professores dos concelhos
da Chamusca, Entroncamento e Barquinha (25 h):
– Iniciação Informática (3 acções - 60 formandos);
– Iniciação Internet (3 acções - 60 formandos);
– Aplicação da Internet no Ensino das Línguas (1acção - 20 formandos);
– Construção de uma página Web.
Acções de curta duração:
– Divulgação de programas tradutores de Francês e de Inglês para professores;
– Divulgação dos programas Modellus e do Softciências para professores de Física e
Química;
– Divulgação de Internet para professores dos clubes;
– Divulgação de CDs com interesse educativo para professores de línguas estrangeiras;
– Formação em processamento de texto e construção de páginas web para alunos do
clube de Informática.

Materiais produzidos
– Criação da página Web da escola;
– Criação de CD com reportagem fotográfica das actividades desenvolvidas na escola.

280
Projecto: “INFO 2001” – PARTILHAR SANTARÉM”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo Dr. Ginestal Machado
Praceta Bento de Jesus Caraça
2000-201 SANTARÉM
Tel: 243 230 67 Fax: 243 309 651
E-mail: escsec.gmachado@mail.telepac.pt

www.esec-dr-ginestal-machado.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto

Dr. Ginestal Machado


ES com 3.º ciclo do
Objectivos:
– Contribuir para uma formação integral do aluno adaptada às exi-
gências do mundo actual numa perspectiva transdisciplinar.
– Contribuir, pela via das TIC, para a valorização das aprendizagens
realizadas em contexto tradicional.
– Proporcionar a convergência multidisciplinar.
– Organizar canais de informação que melhorem, a nível interno e
externo, o funcionamento da escola.
– Contribuir para a valorização da imagem de Santarém no mundo.

Efeitos esperados:
– Facultar contactos e experiências, fortalecendo os mecanismos e a
aproximação entre a Escola e a Comunidade, dinamizando a fun-
ção inovadora e interventora da Escola;
– Desenvolver o intercâmbio de experiências pelo relacionamento com
outros espaços e/ou culturas;
– Divulgação da Escola e suas actividades através da lnternet;
– Info-alfabetizar a população escolar, em face das exigências de nova
organização de trabalho (Projectos, Grupos e Tecnologias);
– Divulgação e avaliação de documentos multimédia produzidos na
Escola.

281
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Intercâmbio multidisciplinar e de projectas de trabalho entre Escolas nacionais e inter-
nacionais com recurso à Internet;
– Escolas de cidades geminadas com Santarém ;
– Produção de documentos multimédia;
– CD ROM - Roteiro do Centro Histórico de Santarérn;
– Roteiro/Agenda das ofertas culturais e de lazer;
– Construção e manutenção de “Home Page” da Escola;
– Pesquisa e tratamento de Informação no âmbito da Área-Escola e disciplinar;
– Apoio à comunidade escolar na utilização do equipamento e software existente na sala;
– Pesquisa e troca de informação através da Internet;
– Dinamização do Projecto Estudar Física e Química com o Computador;
– Divulgação de sites e software educativo referentes às diversas áreas disciplinares;
– Utilização do computador em situação de aula;
– Articulação com o NAE no sentido de desenvolver técnicas de estudo recorrendo às
novas tecnologias de informação;
– Projecto Rally Net;
– Realização de Formação de Professores;
– Participação em projectos dinamizados por diversas entidades.

Formação
– Recursos Telemáticos;
– Software Educativo.

Materiais produzidos
– CD ROM - Roteiro do Centro Histórico de Santarém;
– Roteiro/Agenda das ofertas culturais e de lazer;
– Construção da “Homepage” da Escola;
– Elaboração de folhetos de divulgação de diversos projectos;
– Produção de software educativo.

282
Projecto: “APRENDIZAGEM COM AS TIC”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3.º ciclo Marquesa de Alorna
R. Moinho de Vento
2080-108 ALMEIRIM
Tel:243 594 250 Fax: 243 594 259
E-mail: info@esec-marquesa-alorna.rcts.pt

www.esec-marquesa-alorna.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Santarém


Financiamento atribuído: 2 652 000 Esc.

Santarém
Descrição do Projecto
O Projecto visou essencialmente três grandes objectivos:

Marquesa de Alorna
ES com 3.º ciclo
– Integrar as TIC no processo de aprendizagem em diversos
contextos (multidisciplinar, área-escola, disciplinar, atelier de
informática, apoio educativo acrescido);
– Promover o intercâmbio educativo com outras escolas no domí-
nio científico e no domínio do apoio pedagógico e didáctico;
– Desenvolver a relação professor/aluno ao nível do uso/aplicação
das novas tecnologias da informação e comunicação.
As actividades realizadas foram: reuniões por disciplinas e elabora-
ção de pequenos módulos de formação; intercâmbio com outras escolas/
instituições; actividades de pesquisa e criação em atelier, reunindo pro-
fessores e alunos; aplicação das TIC em actividades de aprendizagem
com os alunos.
O Projecto admitiu a utilização de software educativo em diversas si-
tuações de aprendizagem, não se restringindo a ele, nem negligenciando
outras aplicações das TIC no ensino.
Os professores foram o veículo fundamental para introduzir as TIC no
quotidiano escolar, mas estas projectaram-se através da iniciativa e
criatividade dos alunos (alguns transformados em monitores do espaço
multimédia).
O contexto central das actividades desenvolvidas foram os Trabalhos
de Projecto, privilegiando-se o seu carácter multidisciplinar.
A nível de organização criou-se um Centro de Recursos, com estreita
ligação à Biblioteca, onde os alunos podem agora desenvolver projectos
concretos de trabalho, sendo-lhes facultado o apoio necessário sob a
forma de informação e/ou meios postos à sua disposição. É um espaço
onde se pode trocar experiências entre alunos e professores, não esque-
cendo todos os que nos contactam de outras escolas.

283
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
O Projecto teve ao seu dispor um grupo de docentes interessados tendo como grande
meta atingir particularmente os alunos. A abrangência do Projecto em relação à escola é total,
contando com o tão essencial apoio do Conselho Executivo.
Algumas actividades desenvolvidas:
– Realização de reuniões regulares com todos os membros da equipa do projecto; levan-
tamento do equipamento adquirido – inventário; acompanhar e participar nas activida-
des e projectos promovidas pelo Centro de Competência, nomeadamente:
– Netdays;
– “Algum dia tinha de ser”;
– “Em busca da informação perdida”;
– “Inventa problemas”;
– “Memórias da nossa terra”;
– “Brasil – V Centenário”;
– Cursos de formação;
– Concurso de homepages e de iniciativa do Programa Nónio Séc. XXI;
– Acompanhar e participar na manutenção e desenvolvimento da homepage da escola, a
cargo do programa Internet na Escolas;
– Fazer a regular manutenção de todo o equipamento existente;
– Aplicar a verba recebida conforme orientações do projecto aprovado.
Orientar as actividades a desenvolver de forma a que todos os objectivos traçados no
projecto sejam atingidos:
– Recrutamento de monitores (alunos e professores), sua formação e utilização na
dinamização do espaço multimédia;
– Realização de pequenos módulos de formação ( windows, word, excel, frontpage,
toolbook, internet, chat, videoconferência);
– Produção e apoio à produção de Software Educativo;
– Gerir Oficina do PC;
– Apostar na forte divulgação do projecto e actividades.
Formação
Aberta a alunos, professores e Auxiliares de Acção Educativa, foi uma aposta forte deste
projecto, foram objectivos da Formação:
– Aprofundar o conhecimento de aspectos específicos dos programas de uso geral que
foram explorados;
– Facultar conhecimentos básicos sobre o sistema operativo Windows, o Internet Explorer,
o MSOffice ( Word, Excel, Acess), sobre o OpenScript (Toolbook);
– Contribuir para a autonomia dos professores, alunos e Pessoal não Docente na utiliza-
ção das TIC.
A abertura desta formação aos alunos teve como ponto de chegada a criação de uma
equipa de monitores e a oficina do PC. No que se refere ao ToolBook, constou de uma activi-
dade que se desdobrou pelos programas a utilizar, apoiando e orientando os professores em
posteriores actividades inter-grupos disciplinares a desenvolver a nível de atelier.
A formação prestada nunca assumiu forma «tradicional» de iniciação à informática, sendo
limitada àquilo que era relevante para a tarefa em vista. Esta iniciativa esteve em parte depen-
dente do apoio técnico-pedagógico que foi facultado pelo Centro de Competência, a que a
escola esteve associada.

Materiais produzidos
– Homepage da escola;
– Aplicações educativas em toolbook: “Do Tejo ao mar com a arte” e “A ponte sobre o rio
Tejo - D.Luís I”.

284
Sumário

SETÚBAL

Escolas sede com ficha síntese do projecto


Centro Infantil “O Ninho”
JI “O Ninho”
EB 1 com JI de Palmela
EB 1 com JI de S. Domingos da Serra
EB 1 de Cacilhas
EB 1 de Marco Cabaço
EB 1 n.º 1 de Montijo
EB 1 nº 1 do Feijó
EB 1 n.º 2 de Laranjeiro
EB 1 n.º 3 de Cova da Piedade
EB 1 nº 3 de Quinta do Conde
EB 1 n.º 4 de Santo André
EB 1 nº 5 de Setúbal
EB 1 nº 7 de Barreiro
EB 1 n.º 7 de Setúbal
EB 1 n.º 9 de Setúbal
EB 1 nº 10 de Setúbal
EBI com JI da Quinta do Conde
EBI da Charneca da Caparica
EB 2/3 Ana de Castro Osório
EB 2/3 Comandante Conceição e Silva
EB 2/3 de Alvalade do Sado
EB 2/3 de Álvaro Velho

285
EB 2/3 de Aranguez
EB 2/3 de Arrifes
EB 2/3 de Bocage
EB 2/3 de Mouzinho da Silveira
EB 2/3 de Santana
EB 2/3 Dr. António Augusto Louro
EB 2/3 Hermenegildo Capelo
EB 2/3 Luísa Todi
EB 2/3 Paulo da Gama
EB 2/3 com Sec. de Quinta do Conde
EB 2/3 com Sec. El-rei D. Manuel I
ES com 3.º ciclo António Gedeão
ES com 3º ciclo da Baixa da Banheira
ES com 3º ciclo da Bela Vista
ES com 3º ciclo de Alcácer do Sal
ES com 3.º ciclo de Amora
ES com 3.º ciclo de Bocage
ES com 3º ciclo de D. João II
ES com 3.º ciclo de Laranjeiro
ES com 3.º ciclo de Pinhal Novo
ES com 3.º ciclo de Sampaio
ES com 3º ciclo de Sebastião da Gama
ES com 3.º ciclo de Sobreda
ES com 3.º ciclo Emídio Navarro
ES com 3.º ciclo Poeta Joaquim Serra
ES com 3.º ciclo Romeu Correia
ES Augusto Cabrita
ES de Santo André
Externato Zazzo

Escolas sede sem ficha síntese do projecto (por não ter sido enviada)
EB 1 n.º 1 de Santo André – Vila Nova de Santo André

286
Projecto: “JOÃO RATÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: Centro Infantil “O Ninho”
Rua Gonçalo Pinheiro nº 31
2910 SETÚBAL
Tel: 265 227 590 Fax: 265 527 321

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 3 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
Agir – sorrir – observar – comunicar – descobrir – construir – aprender

Centro Infantil “O Ninho”


são algumas chaves do nosso projecto educativo.
O projecto «João Ratão» intrega-se no nosso trabalho e os computa-
dores nas salas de actividades são um instrumento que serve de com-
plemento aos vários objectivos de desenvolvimento.
Dentro do espaço da sala de actividades, a área onde funciona o
computador leva as crianças a construírem as suas próprias aprendiza-
gens, a activar a sua curiosidade, a exercer um reforço para o interesse
(vivências), cria um sentido de autonomia, de cooperação e
responsabilização. As crianças aprendem a aprender com o prazer lúdico
e de festa.
Uma só actividade poderá correr e ter um fio condutor durante algum
tempo e percorrer as várias áreas (espaços) da sala com a exploração
de vários materiais e equipamentos atingindo vários objectivos.
O educador estabelece uma progressão e diferenciação das situa-
ções de aprendizagem. Apoia, amplia e enriquece as actividades de for-
ma a adequar o processo de aprendizagem às necessidades do grupo
e das crianças. Noutros momentos, propõe actividades em situações de
aprendizagem para que sejam suficientemente desafiadoras de modo a
interessar e estimular a criança.
As actividades que envolvem o computador cruzam várias outras e
geralmente estão integradas no projecto a decorrer na sala.
Apontamos como exemplo os jogos e brincadeiras que estimulam o
raciocínio lógico-matemático – capacidade de quantificar, classificar, or-
denar; capacidade de desenvolver relações temporais e espaciais. Jo-
gos e brincadeiras que estimulam a linguagem. Jogos e “trabalhos” que
favorecem o aparecimento da leitura e da escrita – textos, jornal escolar
– em conjugação com programas de desenho.

287
Da nossa pouca experiência, toda esta actividade, à volta do computador e integrada na
vida do nosso centro, traduz uma construção da aprendizagem com alegria, cooperação,
responsabilidade, aquisição de novas competências e auto-estima. As crianças desenvol-
vem a capacidade de experimentar o sucesso e de encarar o fracasso realisticamente. Para
os pais a satisfação, o orgulho.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Experiências básicas para o desenvolvimento/conhecimento.
– Actividades com recurso à tartaruga dinâmica “Noninha”.
– Jogos e brincadeiras estimulantes da linguagem e do raciocínio lógico-matemático com
recurso às TIC.
– Jogos e trabalhos com recurso a programas de desenho.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Compe-
tência Nónio no âmbito de ambiente Gráfico Windows 95, processador de texto, tratamento
de iimagem, tartarugas dinâmicas e exploração de software educativo. Participaram ainda
nos Encontros e Seminários organizados pelo Centro de Competência.

Materiais produzidos
– Materiais de apoio para a utilização das TIC
– Materiais e painéis para exposições
– Desenhos feitos pelas crianças no computador

288
Projecto: “ABRIR UMA JANELA PARA O MUNDO”
Contactos da Escola sede
Endereço: JI “O Ninho“
B.º das Flores
Travessa dos Jasmins n.º 362
7500–130 V. N. DE SANTO ANDRÉ
Tel: 269 751 635

atelier.uarte.mct.pt/capag/ninho/index.htm

Associada aoCentro de Competência Nónio: CAP Alda Guerreiro


Financiamento atribuído: 1 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

JI “O Ninho”
De uma forma geral o nosso projecto pretende alargar o conheci-
mento que as crianças têm das novas tecnologias de informação e
comunicação e de as preparar para um papel activo, num mundo em
evolução constante.
Queremos dinamizar o computador na sala, formando adequada-
mente as pessoas que estão com as crianças, actualizando o equi-
pamento existente, dando-lhe a dimensão não só de ferramenta de
trabalho, mas também de instrumento de criatividade e expressão pro-
movendo promove os seguintes objectivos específicos:
– Interacção e cooperação entre crianças de vários níveis etários.
– Estímulo da autonomia.
– Motivação no processo de aprendizagem e contacto com situa-
ções experimentais.
– Acesso a uma diversidade de informação cultural e científica.
– Desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático.
– Abordagem da linguagem escrita.
– Desenvolvimento das capacidades perceptivo-sensoriais como
coordenação visuo e audiomotora, atenção e concentração, me-
mória visual.

289
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
São apresentadas esquematicamente, em função dos objectivos do projecto nomea-
damente:
– Actividades comuns aos vários grupos e desenroladas conjuntamente como: conhe-
cimento do meio envolvente, visitas em várias áreas da comunicação, passeios,
manhãs espectaculares, histórias e/ou registos, resolução de problemas, jogos,
recreios livres ou orientados, jornal escolar, etc.
– Organização da rotina diária, do tempo, do espaço e materiais orientada no sentido
de possibilitar a escolha das actividades que cada criança pretende desenvolver no
seu projecto pessoal.
– Diversidade de estímulos e estratégias no desenvolvimento das actividades, numa
perspectiva de um ensino/aprendizagem diferenciado.
– Actividades de pesquisa sobre vários temas em livros, jornais, revistas, numa per-
muta com o património familiar de cada um, em CD-Rom’s interactivos, no acesso à
Internet e na Biblioteca Municipal.
– Actividades de classificação, seriação, ordenação, contagem, partindo da manipula-
ção de materiais e objectos nas diferentes áreas das expressões, do material didác-
tico disponível e da simulação de situações reais no PC.
– Actividades de correspondência entre o código oral e escrito nas áreas da expressão
plástica e dramática, através de registos e histórias, da criação de livros, do uso de
calendários e mapas de presenças, no cantinho dos correios, na máquina de escre-
ver e no PC.
– Actividades perceptivo-sensoriais como todas nas áreas das expressões, ginástica,
jogos sensoriais, didácticos e CD-Rom’s interactivos.

Formação
Pelo Centro de Competência:
– Utilização educativa nas TIC em contexto educativo
– Criação de Home page

Materiais produzidos
– Utilização dos programas de processamento de texto e de desenho (Paint Brush, Kid
Pix) nas suas diferentes aplicações, no trabalho com as crianças e os adultos em
sala de aula.
– Elaboração de livros, jogos de exterior e de mesa, materiais de divulgação.

290
Projecto: “NÓS... E OS OUTROS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 c/ JI de Palmela
Largo de S. João
2950 PALMELA
Tel: 212 330 317

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 4 200 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
Como escola do 1º Ciclo, o projecto centrou-se no encontro de com-

EB 1 com JI de Palmela
petências básicas para os alunos da faixa etária dos 6 aos 10 anos,
através de pequenos trabalhos individuais ou em grupo na sala de
aula. Assim podemos referir que os grandes objectivos foram:
– Adquirir conhecimentos que nos levem a entender a complexida-
de e o valor do mundo em que vivemos;
– Tomar consciência do “Eu”;
– Descobrir os outros, as instituições e o meio envolvente;
– Conhecer a cidade, a região, o país;
– Tomar conhecimento de outros povos, outras culturas susas se-
melhanças e diferenças;
– Comparar épocas, lugares e civilizações (diacronia);
– Desenvolver capacidades e adquirir competências curriculares
– Proporcionar momentos para o desenvolvimento da capacidade
criadora;
– Cultivar a tolerância e a solidariedade;
– Contribuir para a preservação do meio ambiente e para a salva-
ção da vida na terra.

291
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
As actividades no primeiro ano forma efectuadas apenas em sala de aula, com produ-
ção de alguns materiais caracterizados pelos alunos, tornando quase um acesso livre à
utilização das TIC.
Após o primeiro ano, verificaram-se problemas ao nível da segurança do equipamento,
existindo o roubo das máquinas em sala de aula, pelo que o projecto teve uma paragem
significativa.
O projecto teve como efeito imediato, a procura do computador por parte dos alunos,
para execução e ilustração de trabalhos desenvolvidos a nível curricular, nem sempre acom-
panhados pelos professores.

Formação
Apenas alguns professores frequentaram as acções FOCO do Centro de Formação de
Palmela.

Materiais produzidos
Pequenos trabalhos de alunos.

292
Projecto: “ANIMAÇÃO CULTURAL DAS ESCOLAS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de S. Domingos
Rua da Liberdade, n.º 47
7540-415 S. DOMINGOS
Tel: 269 903 287
E-mail: info@eb1-s-domingos.rcts.pt
Escolas associadas: EB1 de Vale de Água;
EB1 de Vale de Éguas; EB1 de Serro Verme-
lho; EB1 de Foros da Casa Nova e EB1 de
Foros do Locário

Associada ao Centro de Competência Nónio: CAP Alda Guerreiro


Financiamento atribuído: 5 400 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 1 com JI de
S. Domingos da Serra
O Projecto foi elaborado por um grupo de professores empenhados
em desenvolver o espírito da reforma educativa e os os desafios que se
apresentam a uma escola que se quer moderna.
Conscientes das dificuldades, este grupo considera, que deve ser a
escola a proporcionar cada vez mais, a construção de saberes, tão diver-
sificados, quanto enriquecedores, procurando mobilizar estratégias para
melhorar o sucesso dos alunos.
É um projecto de animação cultural envolvente com o meio rural, mas
alargando as suas vivências ao meio urbano, principalmente porque as
manifestações culturais nesta região são bastante escassas. Pensa-
mos desenvolver actividades através das expressões, das novas
tecnologias e visitas de estudo, o gosto e o respeito pelas tradições,
estimulando o prazer da novidade e da descoberta.
Objectivos Gerais:
– Conhecer o meio rural e a sua cultura;
– Conhecer o meio urbano e a sua cultura;
– Aplicar as vivências das crianças nas diferentes áreas de expres-
são;
– Partilhar essas vivências com a comunidade e as escolas do Con-
selho Escolar.

Actividades:
– Promoção de intercâmbios entre as Escolas;
– Criação do jornal do Conselho Escolar:
– Visitas de Estudo;
– Realização de uma semana cultural, aberta à comunidade.

293
Efeitos Esperados:
– Empenhamento total dos alunos nas actividades;
– Empenhamentos vários: Comunidade Local, Junta de Freguesia, Câmara Municipal.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Consulta e pesquisa de dados;
– Consulta de software específico em Língua Portuguesa, Matemática, e Estudo de Meio.
– Organização e Festão da Informação;
– Ilustração de trabalhos;
– Desenhos livres;
– Construção e escrita de textos;
– Fichas de Trabalho;
– Animação e Ocupação de Tempos Livres.

Formação
– Oficina de Formação: “Promoção e Utilização Educativa das TIC”;
– Círculo de Estudos: “Utilização Educativa das TIC- Desenvolvimento e Aprofundamento”;
– Curso de Formação: “Internet- Ferramentas Educativas”

Materiais produzidos
– Desenhos;
– Textos (livres e/ou com temas sugeridos);
– Fichas;
– Poemas do dia do Pai e da Mãe;
– Tabelas;
– Ilustrações

294
Projecto: “O FUTURO É HOJE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de Cacilhas
Complexo Educativo Cataventos de Paz
Rua de Irene Lisboa
2800-600 ALMADA
Tel: 212 746 106
Email: info@eb1-n1-cacilhas.rcts.pt
Escolas associadas: J.I. de Cacilhas

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 3 200 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O projecto implementado ao nível das diversas áreas curriculares

EB 1 de Cacilhas
serviu de suporte a projectos que se desenvolveram na escola,
considerando-se o computador como mais um recurso na prática pe-
dagógica e processo de ensino/aprendizagem.
Pretendeu-se fomentar a cooperação entre os diferentes
intervenientes/espaços do complexo educativo, aplicando o potencial
das TIC ao nível da educação.
No sentido de optimizar os recursos, o computador como ferramen-
ta de trabalho, permitiu-nos diversificar actividades de ensino, repre-
sentar correctamente ideias abstractas, analisar dados necessários a
formação de conceitos, descobrir relações, formular generalizações,
respeitar as diferenças, aumentar a motivação e facilitar a comunica-
ção, envolvendo os alunos activamente na aprendizagem.

295
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Proporcionar às crianças a iniciação e manuseamento do computador/equipamento
informático;
Utilização dos recursos informáticos como suporte dos subprojectos implementados
na escola:
– Horta Pedagógica – “Verde/Viver e Respeitar”;
– Biblioteca – “Ler/Saber e Lazer”;
– Jornal Escolar – “A Tartaruga”;
– Pesquisa de informação sobre temas em estudo;
– Iniciação à navegação na Internet;
– Promoção do intercâmbio escolar e divulgação dos produtos realizados;
– Utilização do processamento de texto e de imagem para concretização de trabalhos
diversos;
– Contacto e exploração de diferente software adequado ao nível etário dos alunos
(aplicações utilitárias e programas educativos).

Formação
– Identificação de necessidades de formação no âmbito das TIC, tendo em conta as
diversas actividades a desenvolver com os alunos;
– Formação técnico-pedagógica dos professores;
– Desenvolvimento de trabalhos de investigação em grupo;
– Partilha de conhecimentos e práticas a nível informático, entre docentes e outros
elementos da comunidade educativa.

Materiais produzidos
– Registos de observação;
– Artigos para o Jornal Escolar;
– Realização de folhetos informativos para a família e restante comunidade;
– Escrita de textos de tema livre ou sugerido;
– Trabalhos realizados no Paint;
– Construção de materiais de apoio, utilizando diverso software educativo.

296
Projecto: “MARCO CABAÇO A ESCOLA HOJE COM VISTA AO FUTURO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 de MARCO CABAÇO
Rua Sebastião da Gama
2825 MONTE DA CAPARICA
Tel: 212 961 989 Fax: 212 977 000
Email: info@eb1-marco-cabaco.rcts.pt

www.eb1-marco-cabaco.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 4 856 000 Esc

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 1 de Marco Cabaço
A EB1 de Marco Cabaço, situada na Charneca de Caparica, serve
uma população de 320 alunos, com dezoito professores e quatro auxi-
liares de acção educativa.
O Projecto Educativo da Escola, pretende constituir uma resposta
eficaz para fazer face a realidades e problemas que caracterizam a acti-
vidade pedagógica desta escola.
Dado que não se pode falar de informação sem que nos ocorra a
necessidade de utilização de computadores tanto na produção como
na procura de informação, pensamos que é necessário recorrer aos
computadores como mais um recurso na sala de aula, para que as
dinâmicas existentes possam caminhar no sentido de criar espaços de
aprendizagens activas, significativas, diversificadas e inovadoras.

297
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
O financiamento do projecto possibilitou a colocação de computadores em todas as
salas de aula e num espaço aglutinador de dinâmicas – a Biblioteca/Mediateca.

O Projecto foi faseado em três anos.

1º ano :
- Aquisição de computadores
- Formação de professores

2º Ano:
- Aquisição de computadores, impressora e scanner
- Formação de professores

3º Ano:
- Generalização da utilização dos computadores como suporte das aprendizagens
- Formação de professores

Formação
A formação de professores decorreu ao longo dos três anos do projecto.

Materiais produzidos
Recorreu-se aos computadores como mais um recurso na sala de aula e no Centro de
Recursos.

298
Projecto: “EXPLORANDO NOVOS CAMINHOS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB1 n.º 1 de Montijo
Rua das Margaridas
2870-290 MONTIJO
Tel: 212 301 684
Email: eb1-1-montijo@clix.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 4 800 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O projecto teve como objectivo preponderante o de aprofundar e

EB 1 n.º 1 de Montijo
enriquecer a aprendizagem das crianças por meio da utilização do com-
putador, estimulando-as com as suas próprias descobertas e proporci-
onando-lhes inúmeras situações motivadoras. Essa utilização foi quo-
tidiana e integrada nas actividades curriculares dos alunos.
Muitas das actividades a desenvolver com o computador tiveram
uma matriz ecológica, já que o Projecto de escola é de temática
ambiental. Como tal pressupõe a utilização de software educativo que
transmita conhecimentos dessa área (enciclopédias multimédia, jo-
gos didácticos, atlas, etc.). 0 domínio das comunicações (Internet, e-
mail), bem como actividades que incluam pintura e desenho, escrita,
cálculo e o tratamento e registo de informação completam a lista das
actividades enunciadas no Projecto.
Proporcionamos às crianças um maior acesso à informação, desa-
fiando mais criativamente as suas potencialidades.
Favorecemos o sucesso escolar das as crianças (sobretudo aque-
las que menos investem na Escola), fazendo-as contactar com sabe-
res que ultrapassam os objectivos curriculares, dando uma nova di-
mensão ao Ensino e novas perspectivas a quem vai iniciar um percur-
so escolar que se quer melhor.

299
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Gestão da Horta Pedagógica:
- Utilização de calendários elaborados no computador para agendar as actividades
agrícolas a desenvolver;
- Consulta de sites na Internet para procura de informação sobre horto-floricultura;
- Criação e animação de histórias que valorizam a Educação Ambiental;
- Registo, no Excel, das despesas e receitas da horta;
– Elaboração do jornal escolar;
– Consultas e exploração de Cd-rom(s);
– Contactos com outras escolas via e-mail;
– Construção de material de referência.

Formação
– A nível dos alunos e promovida pelo professor: iniciação.
– A nível de professores e promovida pelo Centro de Competência: Word (iniciação e
aprofundamento); Excel (básico); Internet (iniciação).

Materiais produzidos
– Jornal escolar;
– Cartazes temáticos;
– Panfletos informativos;
– Compilações dos trabalhos produzidos pelos alunos;
– Material administrativo.

300
Projecto: “ONDE ESTÁ A INFORMAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 Nº 1 do Feijó
Rua Garcia de Resende
2810 FEIJÓ
Tel: 212 502 012 Fax: 212 502 012
Email: info@eb1-n1-feijo.rcts.pt

www.eb1-n1-feijo.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 1 nº 1 do Feijó
Ao elaborar o projecto pretendemos criar na escola um espaço pri-
vilegiado de acesso à informação, nas suas diversas formas de apre-
sentação: livros, vídeos, CD’s e cassetes de música, computadores,
Internet, CD’s de software... Para atingir esse grande objectivo,
propunhamo-nos abranger todas as turmas da escola em actividades
que eram dinamizadas por 3 professoras destacadas que trabalhari-
am com grupos de 10/15 alunos, em horário lectivo.
Uma vez que a aprovação do Projecto Nónio implicou a atribuição de
verbas mas não a colocação dos professores considerados necessá-
rios, o projecto foi desenvolvido da seguinte forma:
1º ano
– A professora responsável pelo projecto foi destacada para traba-
lhar no mesmo e fê-lo, de forma sistemática com os alunos dos
3º e 4º anos e de forma ocasional com os de 1º e 2º anos;
2º e 3º anos
– Não houve qualquer destacamento para o projecto, a professora
responsável passou a desenvolver actividades da área da
informática com os seus alunos, a dinamizar a utilização da sala
junto dos professores das outras turmas e a divulgar as activida-
des referentes ao projecto (acções de formação, colóquios, Bole-
tim Nós na Rede, ...)

301
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
1º ano
Aprendizagem sistemática do trabalho em Word e Paint; articulação do trabalho da sala
de aula com o trabalho na aula de informática; execução de um desenho em Paint,
impressão em papel transfer e decalque numa T shirt.

2º e 3º anos
Trabalho diferenciado por turmas nomeadamente no Word, Paint e exploração de software
educativo (só no 2º ano do projecto se começou a adquirir software educativo) Internet
para correspondência entre escolas; pesquisa de materiais de trabalho e/ou infor-
mação na Internet).

Para além do trabalho com os alunos, também o trabalho dos professores reflectiu a
utilização dos novos materiais existentes na escola, nomeadamente nos seguintes aspec-
tos:
– Elaboração de fichas de trabalho para os alunos;
– Elaboração do projecto educativo da escola;
– Consolidação dos conteúdos estudados, através do recurso ao software educativo;
– Utilização da Internet para correspondência entre escolas, contactos institucionais
(projectos integrados no Programa Sócrates, consulta da página do ME, programa-
ção de visitas de estudo, ...);
– Pesquisa de material didáctico na Internet.

Formação
As acções de formação estiveram directamente relacionadas com o âmbito do projecto
e as necessidades prioritárias dos professores.
A adesão dos professores às propostas efectuadas foi quase sempre superior a 50%
dos professores da escola e as competências adquiridas foram rentabilizadas no trabalho
com os alunos.
De referir os problemas com as acções que implicam acesso à Internet: a frequência
com que o acesso em rede não foi possível, reduziu substancialmente as horas úteis de
formação.

Materiais produzidos
– T shirt estampada;
– Elaboração de pequenos livros impressos, por vezes com digitalização de imagens;
– Fichas de trabalho e/ou avaliação;
– Início da elaboração de um dossier de fichas de trabalho, por anos de escolaridade.

302
Projecto: “APRENDER MAIS E MELHOR PARA ANTECIPAR O FUTURO: UMA PROPOSTA DE
UTILIZAÇÃO DAS TIC, NA ESCOLA, COMO MEIO DE PROMOVER A AUTONOMIA DOS ALUNOS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB1 nº 2 do Laranjeiro
Terreiro João de Barros
2810 LARANJEIRO
Tel: 212 501 789 Fax: 212 584 225
Email: info@eb1-n2-laranjeiro.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 4 200 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 1 n.º 2 de Laranjeiro
Objectivos:
– Sensibilizar os professores para o uso das novas tecnologias
em contextos curriculares e extracurriculares;
– Formar professores no domínio das novas tecnologias de modo
a possibilitar-lhes usar o computador, com os alunos, como ins-
trumento possibilitador de aprendizagens;Introduzir na escola
tecnologias que permitam adquirir, por parte dos alunos, níveis
de motivação mais elevados;
– Permitir o acesso aos alunos a novos meios facilitadores de
aprendizagens;Adquirir competências académicas nos vários do-
mínios curricular e extracurricular, para enfrentar a vida activa e o
prosseguimento de estudos;
– Adquirir competências técnicas para utilização das TIC.
Actualmente, no sentido de operacionalizar o projecto, existe uma
sala destinada a computadores;
As turmas frequentam a sala em modo “roulement” com calendário
previamente estabelecido.

303
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Treino de pré-requisitos necessários para aceder à leitura, escrita e cálculo;
– Treino de destrezas;
– Leitura e escrita;
– Cálculo e raciocínio lógico;
– Pesquisa e análise de informação;
– Construção de produtos académicos;
– Utilização em áreas específicas.

Formação
Os professores, de forma geral têm aderido à formação, com especial interesse pelos
seguintes conteúdos: processamento de texto, utilização de Internet e utilização de software
educativo.
A formação tem permitido, de forma autónoma e com mais segurança, desenvolver as
actividades previamente planeadas com os alunos.

Materiais produzidos
– Produtos académicos;
– Livros;
– Jornal escolar;
– Cartazes;
– Outros.

304
Projecto: “ESCOLA, ESPAÇO DE CULTURA E CRESCIMENTO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB1 nº 3 da Cova da Piedade
Rua da Angola
2800 ALMADA
Tel: 212 752 996
Email: info@eb1-n4-cova-piedade.rcts.pt

www.terravista.pt/portosanto/5551

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 3 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 1 n.º 3 de Cova da Piedade


Este projecto desenvolveu-se em duas grandes vertentes:
– Área curricular em articulação com as disciplinas “O Estudo do
Meio”, “Língua Portuguesa” e “Matemática”.

– Extracurricular com a criação de um clube de informática para as


crianças mais carenciadas, por forma a proporcionar-lhes uma
ocupação mais “saudável” dos seus tempos livres.
As novas tecnologias contribuiram para uma maior motivação das
aprendizagens escolares, sendo que nesta altura a maioria das nossas
crianças já dominam com autonomia algumas das potencialidades
do computador.

305
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Ao longo destes três anos de um modo geral, as actividades desenvolvidas
corresponderam aos objectivos definidos no projecto.
Os alunos realizaram trabalhos com recurso a programas como: “Word”, “PainBrush” e
diverso software educativo e ainda com recurso à Internet.
Os trabalhos desenvolvidos nesta área, compreenderam a componente curricular em
articulação com as temáticas com a sala de aula e uma componente extracurricular –
Clube de Informática”
Como elemento facilitador, foram os computadores ligados em rede, permitindo assim
o acesso à Internet a partir de todos os computadores.
Nos dois últimos anos do projecto, contámos com a colaboração de uma animadora
que acompanhou a tempo inteiro os alunos que recorreram à sala do projecto Nónio.

Formação
Os professores desta Escola frequentaram acções de formação contínua, organizada
pelos Centros de Formação Almada Tejo e Proformar (Centro de Competência).
Esta formação incidiu sobre iniciação ao uso do computador, produção de jornal esco-
lar e Internet.

Materiais produzidos
– Página da Escola na Internet, com o apoio do Centro de Competência.
– Edição e paginação do livro de turma “Pequenos Escritores III”, publicado com o
apoio da Câmara Municipal de Almada.
– Projectos com recurso ao equipamento e coordenação do projecto Nónio
– Um Livro um Amigo
– Escola Promotora de um Ambiente Saudável e Feliz

306
Projecto: “O SUCESSO DA APRENDIZAGEM LIGADO ÀS NOVAS TECNOLOGIAS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 nº 3 da Quinta do Conde
Rua Ivone Silva, Quinta do Conde 1
2330 QUINTA DO CONDE
Tel: 212 100 045 Fax: 212 100 045
Email: info@eb1-n3-quinta-conde.rcts.pt
Escolas associadas: EB 1 nº1 de Quinta do Conde e
JI nº1 de Quinta do Conde

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto procurou colmatar os desníveis sócio-económicos vivi-

EB 1 nº 3 de Quinta do Conde
dos pelas nossas crianças, dando-lhes iguais oportunidades; promo-
ver o sucesso escolar, recorrendo ao uso de equipamentos
informáticos; preencher as lacunas afectivas de que são vítimas algu-
mas crianças; superar dificuldades de aprendizagem através de software
adequado às dificuldades de cada criança; apetrechar as escolas de
modo a torná-las em escolas que queremos: umas verdadeiras esco-
las para todos; construir cidadãos mais solidários, mais cooperantes e
mais tolerantes perante a diversidade cultural; promover o intercâmbio
e parcerias entre escolas nacionais e, se possível com crianças de
outro ponto do globo, numa perspectiva universalista e sem preconcei-
tos; criar nos alunos hábitos de escrita e de leitura, dando destaque à
criação de um Jornal Escolar trimestral que será editado com os arti-
gos de todas as escolas parceiras, e também às pesquisas através da
Internet e de software didáctico.

307
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Desenvolveu-se diariamente um trabalho de sensibilização às TIC com objectivos
pedagógicos que tiveram como base os projectos educativos do Jardim de Infância e das
escolas.
Utilizou-se software adequado aos escalões etários tendo no final do ano todas as
crianças beneficiado dos títulos de software educativo disponível, que foram criteriosamente
seleccionados pelos docentes.Os computadores encontram-se na sala de aula ou centro
de recursos e foram utilizados como qualquer outro material, estando ao dispor de todas
as crianças, que aprenderam a “entrar” e “sair” dos programas, imprimir e mudar o software,
de forma autónoma, bem como registar a sua participação nestas actividades.

Formação
Todos os docentes tiveram formação em TIC.

Materiais produzidos
– Livros de palavras;
– Textos;
– Desenhos;
– Mapas de presenças e calendário;
– Tabelas de comunicação;
– Símbolos.

308
Projecto: “COOPERAR PARA O SUCESSO ESCOLAR ATRAVÉS DAS TIC”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 n.º 4 de Santo André
Bairro do Pinhal
7500-180 VILA NOVA DE SANTO ANDRÉ
Tel: 269 752 104

Escolas associadas: EB1 nº 2 de Santo André e EB1


nº 3 de Santo André

Associada ao Centro de Competência Nónio: CAP Alda Guerreiro


Financiamento atribuído: 9 400 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
Projecto conjunto de três escolas que surgiu da necessidade de as

EB 1 n.º 4 de Santo André


aproximar, configurando um território educativo, com características idên-
ticas que exigisse respostas encontradas na reflexão conjunta. Como
antecedentes encontra-se a experiência obtida ao longo de 7 anos na
utilização das TIC em contexto educativo, experiência essa que adveio
da existência de um Centro de Apoio Local do Projecto Minerva. A neces-
sidade de formação no âmbito das novas tecnologias, equipamento
actualizado e em número suficiente, foram carências que levaram à
candidatura ao projecto uma vez que existe um enorme interesse em
acompanhar o progresso e promover a cooperação e o sucesso esco-
lar. A juntar a tudo isto não nos podemos esquecer da vontade dos
nossos alunos em querer combater cada vez mais a rotina das aulas,
em ter uma escola actualizada que ande de mãos dadas com a vida.
Os principais objectivos do projecto foram utilizar as novas técnicas
de informação e comunicação como estratégia/recurso facilitador das
aprendizagens, permitir um intercâmbio entre escolas de modo a haver
troca de experiências e conhecimentos, diversificar o processo ensino/
aprendizagem, proporcionar aos alunos actividades educacionais mais
diversificadas e de acordo com as exigências que a evolução social
impõe e promover aplicações específicas das TIC como recurso para
um maior sucesso de crianças com necessidades de apoio pedagógi-
co acrescido e necessidades educativas especiais.
O projecto foi desenvolvido em contexto educativo multidisciplinar e
em actividades de projecto educativo e de área/escola. Contou com
duas experiências de trabalho diferentes: uma em que os computado-
res foram inseridos na sala de aula e outra em que se trabalhou em
núcleo de informática.

309
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Actividades unificadoras:
– Jornal inter-escolas;
– Semana Nónio-Século XXI;
– Exposição de final do ano.
Actividades/Escola:
– Organização e gestão da biblioteca; elaboração do jornal da escola; cartazes; gráfi-
cos; relatos de visitas; jogos educativos; actividades relacionadas com o projecto
educativo e de área/escola; actividades curriculares quotidianas, relacionadas com
a produção de textos, organização e tratamento de informação; utilização de software
específico para as áreas curriculares
Num balanço final e global do desenvolvimento deste projecto constatamos que este
projecto foi uma mais valia para toda a comunidade educativa conseguindo-se bastantes
resultados positivos, embora lamentemos não ter conseguido a ligação à Internet, uma
actividade que tinhamos programada, e que seria ainda mais enriquecedora na medida
em que iria permitir um melhor e mais efectivo intercâmbio entre os alunos, a partilha de
vivências e o conhecimento de outras experiências de utilização dos meios informáticos.

Formação
Este projecto educativo foi uma mais valia em termos de formação pois os professo-
res frequentaram acções de formação e de aprofundamento de conhecimentos, ficando
ainda mais motivados para a utilização das TIC no quotidiano escolar e com maior empe-
nho em sensibilizar os alunos para a utilização das referidas tecnologias de informação e
comunicação, abrindo-lhes novos horizontes e preparando-os para a vida e consequentes
transformações sociais.

Materiais produzidos
Trabalhos produzidos pelos alunos:
– Trabalhos de texto;
– Trabalhos de pesquisa;
– Desenhos;
– Jogos educativos;
– Trabalhos relacionados com o projecto da escola;
– Relatos de visitas de estudo;
– Jornais da escola;
– Jornal inter-escolas;
– Cartazes.
Trabalhos produzidos pelos professores:
– Planificações;
– Grelhas de avaliação;
– Fichas de formação;
– Fichas de informação;
– Fichas de verificação;
– Documentos vários;
– Organização e gestão de biblioteca.

310
Projecto: “INFORMATIZAR PARA EDUCAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 nº 5 Setúbal
Rua Batalha do Viso
2900-268 SETÚBAL
Tel: 265 239 999 Fax: 265 239 999
Email: info@eb1-n5-setubal.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 1 nº 5 de Setúbal
O projecto tem como prioridade a familiarização da criança com o
computador, de forma a estimulá-la a conhecer as potencialidades das
TIC ao longo do seu crescimento.

Objectivos:
– Permitir que os alunos conheçam as partes que compõem um
computador, bem como componentes fundamentais ao seu fun-
cionamento (impressora, mouse, etc.;
– Experimentarem e familiarizarem-se com algum software;
– Tentar a utilização do computador como meio de motivação para
ultrapassar dificuldades de aprendizagem;
– Fazer uma gestão participada com o professor e aluno (espaço,
tempo, número);
– Animar e motivar a utilização da mediateca/Biblioteca escolar;
– Avaliação individual e/ou em grupo do trabalho realizado;
– Apoio do computador na elaboração do Jornal Escolar;
– Utilização do computador por qualquer professor que o solicite
para actividades pedagógicas.

311
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
O projecto veio permitir em primeiro lugar equipar de forma substancial a Biblioteca
escolar, tornando-a num local agradável e de grande procura.
Com o projecto Nónio também concorremos ao Internet nas Escolas e fomos umas das
primeiras escolas do 1º ciclo a serem contempladas com um computador ligado à RCTS.
Foram sempre propostas actividades a todas as salas de aula e disponibilizada todos
os computadores para a produção de diversos materiais utilizados em espaço de aula.

Formação
Quase todos os professores frequentaram acções FOCO no que respeita às TIC, no-
meadamente Introdução à Informática, PowerPoint e Introdução à Internet.
Existiu também formação espontânea de curta duração com o auxílio do Centro de
Competência.

Materiais produzidos
– Fichas de trabalho para alguns alunos;
– Ilustrações de trabalhos desenvolvidos em espaço de aula.

312
Projecto: “OS ESPAÇOS ONDE CRESCEMOS.
O BRINQUEDO. O BRINQUEDO ATRAVÉS DOS TEMPOS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB1 n.º 7 do Barreiro
Rua Armindo de Almeida
2830-275 BARREIRO
Tel: 212 158 628
Email: eb1barreiro7@mail.telepac.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 5 400 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O projecto teve como linhas mestras de implementação a utilização

EB 1 nº 7 de Barreiro
de espaços específicos, assegurando sempre que os alunos da esco-
la tivessem acesso às novas tecnologias, compartilhando esse saber
com os programas curriculares, nomeadamente no domínio da língua
materna e através de pequenos jogos didácticos que auxiliem o desen-
volvimento do raciocínio, da aritmética e da própria construção gráfica.
O jornal escolar foi outra vertente para implementação do projecto,
favorecendo a aprendizagem das Novas Tecnologias
O Apoio Pedagógico foi outra área de incidência do Projecto que em
muito o valorizou.
O Projecto também funcionou como um óptimo auxiliar na organiza-
ção da Biblioteca Escolar, bem como na organização da Cantina
Através da Internet, nomeadamente do IRC, foi possível que os alu-
nos tivessem outro tipo de contactos, possibilitando a troca quase ime-
diata de saberes entre duas ou mais comunidades.

313
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Elaboração de ficheiros de dados relacionados com a instituição;
– Inventariação de dados na biblioteca;
– Exploração de material multimédia;
– Produção do Jornal Escolar;
– Registo das actividades da cantina;
– Utilização da Internet (pesquisa, selecção e recolha de informação, troca de informa-
ção, “conversação” criação e recepção de mensagens);
– Criação de textos, dramatizações e encenações.

Formação
– A nível dos alunos e promovida pelo professor: iniciação.
– A nível de professores e promovida pelo Centro de Competência: Word
(aprofundamento); Excel (básico); PowerPoint; Produção de produtos hipermédia;
Internet iniciação e Redes em Windows 98

Materiais produzidos
– Jornal escolar
– Cartazes temáticos;
– Panfletos informativos;
– Compilações dos trabalhos produzidos pelos alunos;
– Material administrativo.

314
Projecto: “PENSAR FUTURO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB1 n.º 7 de Setúbal
Av. Coração de Maria
Bairro da Azeda
2910 SETÚBAL
Tel: 265 59 10 85 Fax: 265 59 10 85
Email: info@eb1-n8-setubal.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto foi concebido no sentido de que os meios informáticos

EB 1 n.º 7 de Setúbal
sejam mais um meio auxiliar no desenvolvimento dos restantes pro-
jectos da Escola.
Os alunos servem-se deles para obterem informação sobre as
temáticas em estudo e elaboram os seus próprios trabalhos com o
auxílio do software existente.

315
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Para além das actividades ligadas ao currículo, os alunos utilizam o computador de
forma lúdica, no seu horário extra lectivo, na Biblioteca/Centro de Recursos.
O jornal escolar “O Farol” melhorou substancialmente em termos gráficos.

Formação
Inicialmente, os professores fizeram auto-formação, um dia por semana, em
horário extralectivo.
Os professores mais directamente envolvidos no projecto receberam formação por
parte do Centro de Competência (processador de texto, Internet, exploração de software
educativo, tartarugas dinâmicas).

Materiais produzidos
Materiais relacionados com os projectos desenvolvidos:
– Álbuns;
– Cartazes;
– Jornal escolar;
– Livros.

316
Projecto: “AS TIC NA ESCOLA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB1 nº 9 de Setúbal
Bairro 1º de Maio
2910-578 SETÚBAL
Tel: 265 771 688 ou 265 771 699 Fax: 265 761 405
Email: info@eb1-n10-setubal.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 6 860 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
Desde o ano lectivo de 90/91 existe nesta escola um Centro de

EB 1 n.º 9 de Setúbal
Recursos Educativos em constante evolução, para responder de forma
geral, à organização e gestão da vida escolar e, em particular, no apoio
ao desenvolvimento de projectos de sala de aula e da Biblioteca Esco-
lar.
Faz parte integrante do espaço anteriormente citado um Laboratório
de Informática, equipado pelo Projecto Nónio XXI com vários computa-
dores e outro material informático, que possibilitou o desenvolvimento
de algumas das actividades produzidas pelos alunos e professores,
concretizando projectos de sala de aula.
Acreditamos que, cada vez mais, o papel da Biblioteca Escolar en-
quanto Centro de Recursos organizado e activo, é indissociável da apren-
dizagem de práticas relacionadas com a informação. O acesso à infor-
mação na escola passa pela diversidade de recursos, fácil acesso e
manuseamento, passa pela formação adequada, enfim, pelas condi-
ções facilitadoras e rentabilizadoras dos meios de que dispõe a nossa
comunidade educativa. Passa também pela aquisição criteriosa e opor-
tuna dos recursos à medida dos seus principais utilizadores que neste
contexto serão prioritariamente crianças do 1º ciclo.
Tendo sido o Programa Nónio XXI uma realidade na nossa escola,
desde o ano lectivo 97/98, e tendo sido obtida formação através do
Centro de Competêncial, somos possuidores de alguns recursos que
nos permitem ter acesso, num futuro que esperamos próximo, a outros
recursos educativos, nomeadamente, a ligação da Internet em rede na
área de produção da BE/CRE, Laboratório de Informática e nas 3 salas
de aula equipadas com computador que integram o projecto. Face à
dimensão deste recurso, não só na exploração do seu potencial de
pesquisa, assim como meio de comunicar com os outros, nomeada-
mente na correspondência com outras escolas que se pretendem
parceiras, onde as produções dos alunos desempenharão sem dúvida
o papel principal neste intercâmbio.

317
Com este projecto pretende-se privilegiar:
– A utilização das TIC no desenvolvimento de um projecto integrador, o Projecto Educativo
da Escola;
– A utilização do computador como instrumento facilitador das aprendizagens, desen-
volvendo e aperfeiçoando aspectos técnicos e estéticos;
– O desenvolvimento de hábitos de pesquisa, cooperação e respeito;
– A construção e manutenção da Homepage da escola na Internet para divulgação das
vivências da escola e partilha das suas produções;
– Promover a cooperação entre escolas de vários países.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Para além das actividades de exploração de software educativo “fechado” existente
na escola, a maioria dos alunos das turmas que utilizaram o Laboratório de informática
ficaram a saber ligar e desligar o computador, trabalhar no processador de texto word,
inserir imagens do ClipArt, transferir imagens de uma página para outra e do programa
Paint para o Word e vice-versa, trabalhar no Paint, trabalhar a imagem, abrir uma pasta já
criada, abrir nova pasta, guardar trabalhos na respectiva pasta e em disquete, imprimir
trabalhos em A4 e A3.
Uma boa parte dos alunos aprendeu a utilizar o scanner, a trabalhar a imagem no
programa Microsoft Photo Editor, guardar imagens digitalizadas na disquete em extensão
JPEG e usar a mesma no Word.
Há a acrescentar que os alunos que trabalharam as TIC em sala de aula, para além
de todas as actividades referidas anteriormente, também realizaram tarefas em PowerPoint
e Excel.
Os alunos que frequentaram os clubes na BE/CRE em tempo extracurricular, para
além de executarem as actividades descritas anteriormente também aprenderam a aceder
à Internet para recreação e exploração dos sites desejados para recolha de material (sem-
pre com supervisão feita por um adulto) e também a utilizar o correio electrónico.
Há a referir que as actividades ligadas à Internet não foram alargadas a todos os
alunos da escola uma vez que apenas possuímos um computador com ligação à Internet
para cerca de 500 alunos, professores, Auxiliares de Acção Educativa e apoio a trabalhos do
Conselho Executivo e secretaria da escola.

Formação
Os professores receberam formação por parte do Centro de Competência.
– Inicial – para os professores interessados em integrar o grupo ligado às TIC um
processador de texto Word, Paint, exploração de algum software educativo “fechado”.
– Contínua – exploração de software educativo “fechado”; PowerPoint e Paint; Excel e
Acess; exploração de recursos educativos na Internet; criação da Homepage da es-
cola; utilização do scanner; utilização do gravador de CD-Rom.

Materiais produzidos
– Livros produzidos pelos alunos a nível individual, a par e em grupo formado por
elementos de diversas turmas
– Textos ilustrados com imagens do Clip Art e imagens produzidas pelos próprios
ilustradores no Paint
– Jornal escolar
– Trabalho em PowerPoint – Lendas Portuguesas
– Trabalhos a partir da exploração do CD’Rom “Portugal À Aventura”

318
Projecto: “COMPUTADOR, COMPANHEIRO DE DESCOBERTAS – PROJECTO DE COMUNI-
CAÇÃO INTER-ESCOLAS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB1 nº 10 de Setúbal
Agrupamento João dos Santos
Rua Professor Marques de Sousa
MONTE BELO
2910-717 SETÚBAL
Tel: 265 752 231 Fax: 26 5729 599
Email: eb1setubal11@mail.telepac.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 5 700 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
As escolas do 1º ciclo do Ensino Básico de Monte Belo (nº 10 de

EB 1 nº 10 de Setúbal
Setúbal) e da Casa do Gaiato desenvolveram o Projecto conjuntamente,
dando continuidade ao trabalho já anteriormente efectuado nas respec-
tivas escolas no âmbito das TIC, embora com recursos muito escassos
e desactualizados.
Tal como se pretendia, este projecto implicou a ampliação e renova-
ção das mediatecas escolares, introduzindo as novas tecnologias de
informação e comunicação, tendo promovido um maior intercâmbio das
duas escolas através da troca de experiências e produção conjunta,
contribuído para o enriquecimento e valorização dos respectivos alunos,
privilegiado uma comunicação frequente, motivadora, diferente, que os
meios informáticos permitiram e potencializaram. Assim as finalidades
do projecto, que consistiam na promoção de uma rede de cooperação
entre alunos e professores das duas escolas no âmbito dos seus pro-
jectos educativos e a construção do sucesso educativo, melhorando a
qualidade do ensino/aprendizagem, inovando práticas pedagógicas fo-
ram atingidas, embora se reconheça que muito caminho falta ainda
percorrer.
A utilização das TIC tornou-se sistemática, dotando os alunos de
meios e competências que lhes permitiram a utilização do equipamento
informático como forma de recreação, pesquisa, produção e divulgação
de conhecimentos. De uma forma crescente e complexa, foram explora-
dos variados programas e as suas potencialidades educativas com apli-
cação nas diferentes áreas de intervenção: na vertente curricular, na
área-escola, na vertente extracurricular com o desenvolvimento de activi-
dades de complemento curricular, através de cinco clubes, em tempo
extra-lectivo.

319
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Para além da aquisição, instalação e disponibilização do equipamento de comunica-
ção multimédia, os objectivos a que nos propusemos com este projecto foram
operacionalizados em inúmeras actividades, todas elas dinamizadas nas diversas ver-
tentes das mediatecas: clube de leitores, clube de jornalismo e informática, clube do
conto, clube da ciência, em tempo lectivo e/ou extra-lectivo. Nas actividades de produção
podemos incluir os jornais escolares, textos, histórias, pesquisas, inquéritos, dossiers
temáticos e álbuns. A utilização de programas como a “Oficina do Livro”, “PowerPoint”,
proporcionaram actividades de animação, nomeadamente de debates, exposições, etc. A
comunicação através da Internet, correio electrónico, IRC, ... são actividades muito signifi-
cativas que suscitam grande interesse e entusiasmo por parte dos alunos, que tiveram
oportunidade de contactar com escolas de várias zonas do País, com relevo para escolas
pequenas e isoladas, trocando informação sobre os projectos em curso, estudo do meio,
planificando actividades em conjunto, proporcionando ambientes de aprendizagem
colaborativa.
Foi também utilizado outro software educativo desenvolvendo actividades de escrita ,
leitura, produção de imagem e pesquisa, de forma lúdica, mas integrando sempre os
temas das várias áreas curriculares. As actividades realizadas abrangeram todos os alu-
nos das duas escolas.

Formação
Para a concretização deste projecto foi importante o acompanhamento e apoio técnico
e organizacional prestado pelo Centro de Competência.
A formação organizada por este Centro, realizada também no terreno, acrescentou
uma mais valia significativa, uma vez que permitiu a aquisição de conhecimentos e uma
envolvência directa por parte dos professores. Sistemática foram, no entanto, a auto-
formação e a formação cooperada da iniciativa das duas escolas, recorrendo a colegas
mais experientes.

Materiais produzidos
Este projecto participou em vários encontros entre coordenadores de escolas Nónio:
– Dinamizou na escola uma exposição de todos os projectos Nónio do Centro de
Competência, no âmbito do I Encontro escolas Nónio/Arrábida, promovido pelo
Centro;
– Fez uma apresentação pública sobre “A importância das TIC no 1º Ciclo” no referido
Encontro;
– Dinamizou com os alunos, no referido Encontro, um workshop sobre correio elec-
trónico e powerpoint destinado a professores participantes.
O jornal escolar e a produção de e-mails e livros electrónicos, foram dos materiais
produzidos que mais colocaram em evidência o trabalho desenvolvido no âmbito deste
projecto. Foi feita uma comunicação on-line sobre o projecto, com professores integrados
num Encontro de escolas, realizado no Minho.
Construiramm listagens sobre todo o acervo da mediateca enquadradas numa base
de dados.
Criou-se a página Web da escola, pelos alunos, prevendo-se para breve a sua publi-
cação, uma vez que já se procederam aos contactos necessários para esse efeito.

320
Projecto: “DO LONGE FAZER PERTO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EBI c/ JI da Quinta do Conde
Rua António José de Almeida
2975-316 QUINTA DO CONDE
Tel: 212 106 361 Fax: 212 106 369
Email: info@eb123-qta-conde.rcts.pt

www.eb123-qta-conde.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EBI com JI da Quinta do Conde


O projecto continua em pleno funcionamento, nos anos subsequen-
tes aos três anos de execução inicialmente previstos, estando envolvi-
das todas as escolas deste agrupamento. O título do projecto sugeriu-
nos sempre termos como meta uma aproximação e ligação cada vez
mais forte entre as escolas. A equipa do projecto integrava três profes-
sores e uma turma do 9º ano de Currículo Alternativo. O principal objec-
tivo a conseguir com a implementação deste projecto seria: apontar
para a ligação e articulação entre os três ciclos do ensino Básico, não
só dentro do espaço físico da EBI, mas também com as duas escolas
básicas de 1º ciclo que funcionam fora do edifício sede, procurando
proporcionar a todos os alunos do 1º ciclo das três escolas, actividades
idênticas, tendo em vista conseguir para todos a mesma formação glo-
bal e construir ainda um território afectivo para todos os alunos. A nossa
Escola, acima de tudo, deve ser uma Escola Humana, uma Escola Viva
e uma Escola Globalizadora e Integradora de Saberes.

321
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
A concretização das metas referidas anteriormente será conseguida através das se-
guintes acções, no âmbito deste projecto:
– Divulgar as TIC no Agrupamento de Escolas;
– Criar uma sala de informática vocacionada para o ensino da informática e/ou ensinar
com a informática;
– Criar um atelier TIC com o objectivo de proporcionar recursos multimédia para apoio
a projectos de Escola: clubes, jornal da escola, etc...
– Equipar a Sala de Estudo com meios informáticos;
– Equipar o CRE com meios informáticos;
Criação de uma rede interna por forma a facilitar a troca de informação na Escola e
proporcionar o acesso à Internet em vários pontos da Escola.

Formação
Formação de professores em informática nas áreas de:
– Utilização básica dos computadores
– Utilização de equipamento multimédia
– Internet
– Computação gráfica

Materiais produzidos
Elaboração de álbuns de trabalhos relacionados com:
– Temas do Estudo do Meio
– Visitas de estudo
– Entrevistas
– Histórias
– Desenhos
Participação no Jornal Escolar através de:
– Textos
– Histórias
– Entrevistas
– Desenhos
Correspondência com outras Escolas

322
Projecto: “MERGULHAR NO PLANETA AZUL”
Contactos da Escola sede
Endereço: EBI da Charneca da Caparica
Praceta Frederico de Freitas
2819-504 CHARNECA DA CAPARICA
Tel: 212 972 026 Fax: 212 973 079
Email: escola.caparica@clix.pt

www.eb123-charneca-caparica.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EBI da Charneca da Caparica


O projecto “Mergulhar no Planeta Azul” é um projecto de consolidação
da Língua Portuguesa, espalhada pelas quatro partidas do mundo,
começando na própria casa e fazendo, com naturalidade, da nossa
língua, “a nossa Pátria”. Os nossos alunos serão os obreiros da
divulgação duma cultura de escola, que temos, da cultura local, que
preservamos, da cultura nacional, que todos os dias redescobrimos,
duma cultura social, que ajudamos a construir para o futuro, mais
solidária, cooperante e fraterna. Ao mesmo tempo, serão espectadores
atentos a outras formas de cultura e, é nesta partilha, que afirmarão a
Língua Portuguesa, como suporte deste processo comunicacional à
escala do nosso planeta azul.

Criação de uma Homepage da Escola onde, para além da


caracterização da escola, divulgação de projectos e de actividades ao
longo do ano, se possa abrir uma “página” do Jornal da Escola, numa
perspectiva de troca de informações com outros estabelecimentos de
ensino.

Utilzação da Telemática na Sala de aula com o objectivo de, passo a


passo, colocar as Tecnologias de Informação e Comunicação ao serviço
de estratégias pedagógico-didáticas, propomo-nos adquirir um
computador multimédia, portátil, e um projector de dados para utilização
em contexto de sala de aula.

323
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Chegados ao fim do Projecto, ou melhor dizendo passados três anos de aplicação do
projecto, pois este mantém-se, agora sem o suporte Nónio, temos para nós que os objec-
tivos foram atingidos pois as TIC e a Internet são hoje um meio de pesquisa e de trabalho
fortemente utilizado na nossa escola, por alunos, professores e funcionários e agora bem
vemos a luta que é para arranjar um computador livre quando queremos imprimir algo...
Decidimos ainda tornar a informática como disciplina de complemento curricular no 1º
Ciclo e hoje, passados 4 anos, a grande maioria dos alunos da nossa escola já tem
formação em TIC e sabe movimentar-se à vontade quando se trata de fazer um trabalho e/
ou uma pesquisa.
Não esquecendo a centralidade da Língua Portuguesa no nosso projecto e com a
implementação do Projecto de Flexibilização Curricular, a partir do ano lectivo 97/98 em que
se procura valorizar o uso da língua materna na tentativa de diminuir o insucesso escolar e,
sobretudo nas áreas curriculares não disciplinares temos conseguido divulgar e difundir a
língua e cultura portuguesas em contexto educativo e operacionalizar a transversalidade da
língua portuguesa. Assim sendo temos que outro dos objectivos do Projecto Nónio está a
ser atingido.
Em conclusão, quatro anos passaram e a nossa escola está muito diferente e para
melhor e o ponto de partida para esta mudança foi o Projecto Nónio que nos obrigou a
deixar de ter medo das TIC e nos forçou a ganhar coragem para fazer formação e investir
fortemente nas TIC, como estratégia e como recurso de ensino aprendizagem.

Formação
No sentido de optimizar os resultados práticos foi necessário formar professores, alu-
nos e funcionários que tinham menos apetência para o uso das TIC em pequenas acções
de formação caseiras sobre Word, Excel, PowerPoint, Data Show, Internet, ... é de referir
ainda que grande parte dos utentes do parque informático recorreu a auto-formação por
sua livre iniciativa frequentando acções de formação e/ou pedindo ajuda para resolver esta
ou aquela dificuldade.

324
Projecto: “VIDEOCONFERÊNCIA FRONTEIRA SEM LIMITE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Ana Castro Osório
Avenida da Bela Vista
2910-421 SETÚBAL
Tel: 265 711 501
Email: info@esec-a-castro-osorio.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
Tratou-se de um projecto de videoconferência visando explorar as

EB 2/3 Ana de Castro Osório


potencialidades que esta tecnologia tem em diferentes actividades de
escola.
Esperava-se principalmente que alunos, professores e em geral
toda a comunidade educativa, beneficiasse de um acesso, privilegiado
e interactivo a amplas áreas do conhecimento como complemento e
enriquecimento do ensino formal. A utilização de um recurso inovador
como este deveria traduzir-se num factor de maior motivação para as
aprendizagens e num estímulo acrescido para a utilização de uma
tecnologia de futuro.

325
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Com demasiados percalços, roubos, avarias, falta de condições monetárias para a
rápida aquisição do material avariado ou roubado, existiu sempre uma tentativa de consti-
tuir grupos organizados utilizadores desta forma de comunicação.
Foram desenvolvidas algumas actividades, com algum sucesso, tendo este projecto
contribuído com alguma pertinência para o desenvolvimento integral da escola, não só na
formação de jovens, mas também na formação de alguns professores.

Formação
Não foi efectuada nenhuma formação pertinente com a execução de projecto.

Materiais produzidos
Pequenos manuais de apoio aos alunos.

326
Projecto: “ALFABETIZAÇÃO EM TIC”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Comandante Conceição e Silva
R. Com. Conceição e Silva
Cova da Piedade
2800 ALMADA
Tel: 212 590 736 Fax: 212 593 019
Email: info@eb23-antonio-gedeao.rcts.pt
www.eb23-antonio-gedeao.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc

Setúbal
Descrição do Projecto

Comandante Conceição e Silva


EB 2/3
O nosso projecto baseava-se no pressuposto de que a Escola não
pode voltar as costas às TIC sob pena de não cumprir os objectivos
educacionais que lhe são atribuídos. Hoje, o principal papel da Escola
e do professor é ajudar a desenvolver competências e estruturar sabe-
res e experiências, promovendo simultaneamente contextos de apren-
dizagem diversificados e encarando o aluno como actor privilegiado do
processo de aprendizagem em cooperação com os outros. No acesso
às novas tecnologias corre-se no entanto o risco de deixar que se insta-
le na escola uma elite que tem e sabe usar as novas tecnologias a par
de uma grande massa a quem tal acesso está vedado, acentuando
assim assimetrias do meio envolvente e perpetuando a desigualdade
de oportunidades e de sucesso educativo.
O projecto que apresentámos teve igualmente em conta as seguin-
tes condicionantes: a reduzida experiência da escola na área das TIC; a
escassez de recursos em equipamento, inferior ao mínimo indispen-
sável (dois computadores, só um com CD-Rom, e uma impressora
para todos os professores – cerca de 70 – e alunos – cerca de 650);
escassez de funcionários auxiliares; reduzido número de professores
familiarizados com as TIC; a sobrelotação de espaços (livres de aulas,
apenas dispomos da Biblioteca e da sala anexa que funcionará como
Centro de Recursos); a escola a funcionar em regime de desdobra-
mento o que dificulta o trabalho em grupo (já difícil pela referida falta de
espaços). Estas condicionantes determinaram que o projecto fosse
faseado ao longo dos três anos, que partisse de um pólo dinamizador
e que assentasse em actividades ligadas aos conhecimentos básicos
em TIC para que pudéssemos dar passos significativos mas seguros.
Por isso o nosso projecto girava em torno da alfabetização em TIC.

327
Efeitos esperados:
Esperávamos com este projecto: desenvolver a autonomia dos alunos na utilização e
gestão da informação e das novas tecnologias, generalizando-a a toda a população esco-
lar; envolver e formar no uso das TIC um número crescente de professores; incrementar a
cooperação entre alunos e entre estes e professores; alargar o uso das TIC a outras
situações não previstas no âmbito de actividades deste projecto (nomeadamente o ensino
a deficientes integrados); criar laços e trocas de experiências com outras escolas; melho-
rar o processo ensino-aprendizagem; contribuir para uma Escola melhor.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
1º Ano - Criação do Núcleo TIC: aos professores afectos ao projecto coube: a criação e
informatização de um Centro de Recursos, a criar numa sala anexa à Biblioteca; a progra-
mação, orientação e acompanhamento das actividades do Núcleo, sempre em estreita
colaboração com os alunos; o acompanhamento dos alunos que recorram ao Centro de
Recursos em regime de acesso livre; a aquisição da formação necessária; a implementação
de sessões de formação sobre o uso das TIC em trabalhos de natureza disciplinar ou
transdisciplinar; o apoio à informatização da avaliação.
2º e 3º Anos - Alfabetização em TIC: para além de prosseguir o trabalho desenvolvido no
ano anterior, alargando-o quer em termos de diversificação de actividades, quer quanto ao
número de professores e alunos envolvidos, quer quanto à formação proporcionada, o
núcleo (professores e alunos envolvidos) empenhou-se na alfabetização em TIC de todos
os alunos matriculados no 5º ano de cada ano lectivo (10 turmas), em cursos trimestrais,
comprometendo-se a escola a integrar duas horas semanais no horário de cada turma, em
regime de actividade de complemento curricular, de inscrição livre. Essa alfabetização con-
sistiu basicamente em: processamento de texto; utilização de base de dados; utilização de
programas utilitários como ferramenta de trabalho; utilização da Internet. Os objectivos
foram atingidos.
Hoje temos um Centro de Recursos minimamente equipado (embora longe do deseja-
do), as TIC estão curricularmente integradas no 5º ano; a página Web será colocada na
Internet logo que o endereço atribuído tenha o nome da escola e não o da António Gedeão,
como por lapso nos foi atribuído; alunos e professores usam as TIC cada vez mais no seu
quotidiano; está em curso um projecto de criação de uma Intranet que aloje uma “sala de
estudo virtual”, fruto do trabalho de um grupo de professores; o projecto Nónio foi o embrião
de outros projectos: rede de bibliotecas escolares e um projecto Comenius de escola.

Formação
Cerca de 50% dos professores receberam formação, em estreita colaboração com o
Centro de Formação Almada-Tejo, em: processador de texto, folha de cálculo, Internet,
páginas Web, rede Intranet para criação de uma sala de estudo virtual (esta em modalidade
de projecto).
Também o pessoal não docente recebeu formação em novas tecnologias.
Materiais produzidos
– Página Web;
– Manuais de utilização dos computadores, do processamento de texto MS Word, da
Internet e do correio electrónico para iniciados;
– Sala de estudo virtual (a colocar na Intranet no fim do ano lectivo de 2002/2003).

328
Projecto: “PROMOVER O SUCESSO PELA COMUNICAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Alvalade do Sado
Rua Soeiro Pereira Gomes
7565-070 ALVALADE
Tel: 269 59 002 Fax: 269 59 046
E-mail: pe-de-letralvalade@clix.pt
Escolas associadas: EB 1 de Ermidas - Sado
www.drealentejo.pt/webi/alvalade

Associada ao Centro de Competência Nónio: CAP Alda Guerreiro


Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Alvalade do Sado


Uma vez instalado o equipamento necessário para a execução do
projecto, todos os professores envolvidos deverão beneficiar de uma
acção de formação, promovida pelo Centro de Competência, com o
objectivo de poderem posteriormente transmitir e aplicar os conheci-
mentos aos seus alunos nas actividades curriculares e extra-
curriculares. A formação dos professores deverá ser feita de raiz, uma
vez que a maioria desconhece completamente a tecnologia informática.
Nestas circunstâncias, numa fase inicial, os alunos visados (1º
ciclo) deverão ter por sua vez, dentro dos tempos lectivos, uma forma-
ção de conteúdos informáticos não só promovida pelos professores
previamente formados, como supervisionada por um monitor do Cen-
tro de Competência. Esta acção pedagógica de arranque do projecto
implica que cada par de alunos tenha um computador e que exerça a
sua formação, tão coerente quanto possível, com os conteúdos
programáticos curriculares do 1º ciclo. Uma vez concluídos e avaliados
os objectivos desta fase, passa-se então à consecução do projecto
propriamente dito.
Assim, de acordo com o projecto, os alunos de cada turma deverão
preparar temas e trabalhos para que, numa hora por semana, os
possam tratar por computador. Este processo, obriga de certa forma a
uma organização resumida das matérias dirigida aos meios
informáticos, para que depois, possa ser compilada e devidamente
apresentada em computador. O resultado destes trabalhos poderá ter
vários fins todos eles enquadrados no Projecto Educativo da Escola.
Neste panorama, pode-se ainda referir, que a nível regular e de
acordo com o calendário escolar, se promovam diversas actividades,
no interesse de cumprir o melhor possível os objectivos propostos.
Está previsto neste projecto, a formação do pessoal administrativo,
pertencente à Biblioteca e ao Conselho Directivo da escola, das
potencialidades informáticas dos computadores em rede para facilitar
e optimizar a integração das escolas entre si. Por outro lado, para as-

329
segurar a continuidade da prática e desenvolvimento dos alunos no mundo da informática,
os professores dos 2º e 3º ciclos deverão beneficiar também de uma acção de formação
para que, não só possam apoiar os seus alunos nos diversos trabalhos curriculares, como
para permitir dinamizar as actividades previstas no projecto ao longo dos 3 anos. Sendo
assim, é possível proporcionar o feed-back por parte dos alunos dos 2º e 3º ciclos (e com
o equipamento já existente), às solicitações dos alunos do 1º ciclo nas actividades inter-
escolas.
À medida que a formação dos alunos é realizada, e o seu interesse é consumado, os
alunos, nos seus tempos livres, poderão dirigir-se ao centro de recursos e usufruírem do
equipamento. Os alunos que comprovaram bons conhecimentos (já adquiridos anterior-
mente ou adquiridos através deste projecto), podem, em programas ou subprojectos a
realizar futuramente, exercer actividades de monitor ou assistência aos alunos de anos
inferiores. Neste panorama, no 2º ano deste projecto, prevê-se o máximo rendimento do
equipamento solicitado.
O actual Núcleo de Informática da escola, muito recentemente reequipado, mas sem
projecto próprio funcionará como satélite do projecto Nónio, fundindo-se desde logo pela
ligação em rede de todos os computadores, e terá a sua fusão completa no final dos 3 anos
para assegurar, como órgão escolar, a continuidade organizada das actividades informáticas.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
As actividades são planificadas em conjunto, e de acordo com o planificado, e tendo em
conta as circunstâncias que condicionam o desenvolvimento do projecto, as acções procu-
ram enquadrar-se na realidade da Escola, tentando optimizar os recursos e transferir para
a Comunidade Educativa as mais valias proporcionadas pelo mesmo.
Neste âmbito procura-se dar ênfase aos projectos/acções que mais recorrem aos meios
informáticos disponíveis, nomeadamente a utilização da Internet com fins didácticos, o “Pé
de Letra - Jornal”, o suplemento do 1º ciclo “Caderninho” e as actividades dos clubes que,
utilizando Software educativo, motivam e envolvem os alunos nas acções propostas. Por
outro lado procurou montar-se todo um processo didáctico/administrativo que disponibiliza,
em rede, um conjunto de documentos normalizados que são utilizados por toda a Escola.
As actividades realizadas foram: - dinamização de actividades de expressão plástica e
de língua portuguesa, interactiva nas duas escolas, via informática; dinamização de activi-
dades de expressão musical; Facilitação do acesso à Internet, actualmente instalada na
escola sede.
Formação
Promoção de acções de formação para:
– professores dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos, para a aplicação da informática nas actividades
curriculares;
– funcionários administrativos, para a aplicação da informática ao nível funcional das
escolas;
Materiais produzidos
– Concepção de um “Dossier temático” do 1.º ciclo - compilação organizada dos diver-
sos assuntos ou temas tratados durante as actividades curriculares;
– Concepção de um suplemento quinzenal do 1.º ciclo para o “Pé de Letra - Jornal“
(actual jornal escolar da EBI devidamente projectado e implementado);
– Organização experimental pelos alunos (1.º, 2.º e 3.º ciclos) de uma base de dados
das duas bibliotecas que compõem a EBI.

330
Projecto: “AS TIC NA VALORIZAÇÃO DE ESPAÇOS PEDAGÓGICOS”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Álvaro Velho
Av. das Nacionalizações
2835 LAVRADIO
Tel: 212 059 230 Fax: 212 059 235
Email: info@eps-alvaro-velho.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 7 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Álvaro Velho


O Projecto visou a integração efectiva das TIC nas práticas educativas,
inovando espaços e tempos pedagógicos. Contemplou os seguintes
espaços de intervenção:
– Biblioteca
– Oficina Pedagógica
– Sala de Informática
– Clubes (do Ambiente, Europeu e de Informática)

Teve como objectivos:


– Melhorar, diversificar e transformar as práticas educativas com
recursos às TIC.
– Criar um espaço polivalente, onde material pedagógico, organiza-
do e catalogado, possa ser utilizado para desenvolver outros pro-
cessos pedagógicos que sejam depois explorados a nível do pró-
prio currículo.
– Adoptar modos de organização pedagógica que desenvolva práti-
cas que mobilizem a energia dos alunos em que estes sejam
intervenientes, procurem informação, investiguem, contactem com
meios de aprendizagem diversificados.
– Valorizar as TIC como uma ferramenta enriquecedora do ambien-
te educativo, não só na sua vertente informal, ocupação do tempo
livre dos alunos, mas principalmente na vertente formal, articula-
ção directa com as actividades de aprendizagem na potencial
transformação das práticas pedagógicas.
– Reduzir as desigualdades de oportunidades de acesso à cultura
científica.

331
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Organização e catalogação de materiais pedagógicos.
– Dinamização da Biblioteca.
– Utilização das TIC em contextos curricular e extracurricular.
– Formação de alunos monitores nos espaços de intervenção das TIC.
– Produção de bases de dados.
– Elaboração de um jornal escolar.
– Intercâmbio com outras escolas nacionais e estrangeiras, no âmbito do Programa
Comenius.
– Investigação e exploração de problemas e modelos matemáticos.
– Abordagem dinâmica da geometria elementar através da utilização de software
educativo específico de Matemática.
– Actividades com jogos educativos.
– Exploração de produtos multimédia.
– Identificação, pesquisa e organização de informação.
– Organização, análise, interpretação e representação de dados.
– Levantamentos histórico-culturais através de digitalização de imagens e de fotogra-
fia digital do concelho onde se insere a escola.
– Registo em fotografia digital de algumas visistas de estudo com edição em CD-
ROM.
– Organização de exposições.
– Produção e edição de materiais para exposições.
– Produção e edição de boletins informativos das actividades dos clubes.
– Produção de software para gestão dos documentos do Centro de Recursos.
– Ligação ao 1º Ciclo – os alunos do 4º ano passaram pela Escola Básica 2,3 de Álvaro
Velho para terem os primeiros contactos com as TIC.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Com-
petência no âmbito de Internet, sistemas de produção multimédia e as TIC no ensino das
Línguas. Receberam também formação por parte da Coordenadora do projecto: “Como,
quando e porquê o computador na sala de aula”. Participaram ainda nos Encontros e
Seminários organizados pelo Centro de Competência. Os alunos monitores receberam
formação na área das TIC.

Materiais produzidos
– Bases de dados
– Materiais de apoio para a utilização das TIC em contextos curricular e extracurricular
– Boletins Bibliográficos temáticos
– Boletins Informativos das actividades dos clubes
– Materiais para exposições
– Jornal escolar
– CD-ROMs de registo de visistas de estudo
– CD-ROM com os trabalhos resultantes da Acção de Formação “Como, quando e
porquê o computador na sala de aula”
– SIGARE (Sistema Informático de Gestão e Animação de Recursos Educativos)

332
Projecto: “INFORMÁTICA NA ESCOLA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Aranguez
Rua do Mirante
2910 SETÚBAL
Tel.: 265 534 719 Fax: 265 534 442
Email: centrorecursos@net.sapo.pt

www.eps-arangues.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal
Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto contemplou cinco sub-projectos:

EB 2/3 de Aranguez
BiblioTIC
- Visou a aquisição de competência e autonomia no domínio da
informação escrita, digital e multimedia e a produção de docu-
mentos em suportes e linguagens diversificados necessários à
realização das actividades das várias áreas disciplinares.
ClubeNet
- Visou a recolha, na Internet, de informação por parte dos alunos,
o seu tratamento e divulgação, assim como a criação da
homepage da escola.
Roteiro Turístico
- Constituiu o produto final e global dos diferentes projectos/turma
da Área Escola.
Sala Multidismedia
- Visou a integração curricular das TIC, e neste âmbito, foi produzi-
do pelos professores material de apoio à exploração do software
educativo e material multimedia existente. Esta sala equipada
com computadores foi ocupada com aulas de diferentes discipli-
nas e foi utilizada, também, livremente sempre que necessário,
desde que estivesse disponível.
Oficina do Saber
- Sendo um espaço vocacionado para a sala de estudo, desenvol-
veram-se actividades que permitiram aos alunos, em particular
os alunos que revelavam dificuldades de aprendizagem, a aqui-
sição de um nível mínimo de conhecimentos relativamente à uti-
lização das TIC e a técnicas de estudo.

333
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Dinamização da Biblioteca que passou depois a integrar o Centro de Recursos, o
qual contemplou um projecto de formação de alunos monitores.
– Actividade de lançamento do Centro de Recursos “Multimédia para todos – Mostra de
Ideias e Materiais”.
– Participação em Grupos de Discussão e em Fóruns.
– Utilização das TIC no âmbito de currículos alternativos e outras áreas curriculares
(em Matemática, foram explorados os programas Geometer’s Sketchpad, Modellus,
e os alunos participaram nas actividades do Investiga&Partilha do Fórum Pedro Nunes-
APM; em Inglês, os alunos consultaram dicionários e enciclopédias multimedia).
– Organização e divulgação de fichas de actividades para exploração do programa
Geometer’s Sketchpad.
– Utilização das TIC em contexto extracurricular.
– Consulta e pesquisa de dados.
– Organização e gestão da informação.
– Produção de materiais de apoio à integração curricular das TIC.
– Construção e actualização da Homepage da escola.
– Realização de exposições temáticas.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Com-
petência no âmbito de Sistemas de Produção Multimédia, Internet, e as TIC no ensino da
Matemática, das Ciências e das Línguas. Participaram ainda nos Encontros e Seminários
organizados pelo Centro de Competência.

Materiais produzidos
– Homepage da escola
– Fichas de actividades para exploração do programa Geometer’s Sketchpad
– Materiais de apoio para diferentes disciplinas
– Dossiers temáticos

334
Projecto: “EDUCAR PARA A SOCIEDADE DE INFORMAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Arrifes
R. Cardeal Humberto de Medeiros
9500 Ponta Delgada
Tel: 296 205 390 Fax: 296 682 678
Email: eb23arrifes@mail.telepac.pt

www.eb23-arrifes.rcts.pt/

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 6 177 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto desenvolveu-se em duas vertentes, no que respeita ao

EB 2/3 de Arrifes
uso das TIC:
– Curricular
Visou a construção de materiais e exploração de software
educativo no sentido de valorizar o processo de ensino/aprendi-
zagem, com particular destaque nas áreas da Língua Materna e
Estrangeira, da Matemática, das Ciências e da História.
– Extracurricular
- Sala de Estudo
- Centro de Recursos
- Clube de Informática
- Clube de Jornalismo
- Clube de Francês
- Clube de História
- Clube de Português
- Clube Caça Cigarros
Através destes espaços e projectos, os alunos aprenderam a traba-
lhar com as novas tecnologias de informação e comunicação, tirando
partido do software adquirido para elaborar os seus trabalhos.

335
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Intercâmbio com outras escolas nacionais e estrangeiras.
– Utilização das TIC no âmbito de currículos alternativos e outras áreas curriculares.
– Exploração, em Matemática, do programa Geometer’s Sketchpad.
– Utilização das TIC no âmbito das actividades realizadas nos projectos de Área-
Escola.
– Exploração de produtos multimédia.
– Consulta e pesquisa de dados.
– Organização e gestão da informação.
– Elaboração de fichas/materiais de apoio às diferentes disciplinas.
– Construção e actualização da Homepage da escola.
– Actividades extracurriculares no âmbito dos clubes.
– Divulgação das actividades desenvolvidas através de cartazes e de notícias
publicadas no jornal regional Correio dos Açores.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de
Competência na própria Escola Básica 2,3 de Arrifes no âmbito da Internet, as TIC no
ensino da Matemática e das Línguas, Sistemas de Produção Multimédia e software de
Tratamento de Imagem. Participaram ainda nos Encontros e Seminários organizados
pelo Centro de Competência.

Materiais produzidos
– Homepage da Escola
– Materiais de apoio para as várias disciplinas

336
Projecto: “APENDER A APRENDER”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Ciclos de Bocage
Avenida de Angola – Quinta do Paraíso
2900 SETÚBAL
Tel: 265 546 120
Email:info@eb23-bocage.rcts.pt

www.eb23-bocage.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 6 100 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
Objectivos

EB 2/3 de Bocage
– Dinamizar os diversos espaços pedagógicos existentes na Es-
cola, através da aplicação das TIC;
– Estimular o trabalho cooperativo dos alunos;
– Articular conhecimentos interdisciplinares;
– Desenvolver competências dos alunos;
– Consolidar a relação professor/aluno;
– Facilitar a comunicação inter-escolas.
Actividades
– Criação do Núcleo Escolar de Informática como espaço aglutinador
e coordenador das diferentes actividades a desenvolver a nível do
currículo formal e informal;
– Dinamização dos diferentes projectos (Clubes. Oficina iVlusical,
Sala de Estudo, Biblioteca, ... ) de um modo intepador e com
caracter de inovação;
– Projecção do trabalho desenvolvido na Escola na comunidade
Educativa;
– Cooperação com outras escolas na troca de experiências e sabe-
res através da Internet.
Efeitos esperados
– Nova dinâmica de Escola;
– Formação de docentes e discentes na utilização de novas
tecnologias no ensino e na aprendizagem;
– Relação diferente do aluno com o saber;
– Criar um clima relacional de escola mais dimensionado para a
relação com o outro.

337
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Foram desenvolvidas actividades em todos os clubes, com especial realce para os
clubes de ambiente e informática e oficina de música.
Existiu no primeiro e metade do segundo ano um grande interesse pelo desenvolvi-
mento das actividades previstas, tendo existido na segunda metade da duração do projecto
alguns contratempos institucionais, que levaram a que o projecto tivesse um pequeno
abrandamento na consecução das actividades planificadas.
O balanço do projecto é significativo não só pelo interesse demostrado por alguns
alunos, mas também pelo material produzido.

Formação
Todos os professores envolvidos no projecto frequentaram acções de formação ade-
quadas ao desenvolvimento dos projectos/actividades, quer na própria escola, quer junto
do Centro de Competência, quer junto de outras entidades.

Materiais produzidos
– Jornais escolares;
– Publicações dos diversos clubes;
– Produção de materiais na oficina de Música.

338
Projecto: “ESCOLA 2000”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Mouzinho da Silveira
R. Manuel da Fonseca
2835-136 BAIXA DA BANHEIRA
Tel: 212 026 075 Fax: 212 026 075
Email: info@eps-mouzinho-silveira.rcts.pt
Escolas associadas: EB 1 nº 5 da Baixa da Banheira;
EB 1 nº 6 da Baixa da Banheira; EB 1 nº 8 da Baixa da
Banheira; EB 1 nº 9 da Baixa da Banheira e
EB 2,/3 nº 3 da Baixa da Banheira www.eps-mouzinho-silveira.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 5 961 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Mouzinho da Silveira


O projecto assumiu-se como global, flexível, multidisciplinar e ao
serviço de uma vasta comunidade - mais de 2500 alunos e professo-
res. A grande finalidade do projecto era desenvolver competências na
área das TIC de uma forma continua do 1º ao 3º ciclo.
A concretização desta pressupôs como objectivos: - Conceber e
utilizar software educativo; Criar estruturas na área das TIC; Desenvol-
ver a comunicação entre os agentes da educação; Ocupar de forma
construtiva os tempos livres dos alunos; Realizar um Vídeo-Jornal e
uma Página Web.
Embora a actividade primeira tenha sido a formação de professores
e alunos no domínio do vídeo, da informática e da Internet, a necessida-
de de rentabilizar actividades e recursos e o desejo de desenvolver
algumas estruturas e actividades existentes, levou que além da forma-
ção o projecto estendesse as suas actividades pelo apoio às aulas
assistidas por computador; pela criação de estruturas, através da mo-
dernização das salas de formação em informática, da criação de salas
multimédia com capacidade de trabalho em vídeo, áudio, informática e
Internet, e, ainda, da informatização básica das escolas do 1º ciclo; pela
informação através do apoio ao jornal do TEIP e da criação de páginas
Web; e pela informatização de alguns serviços de natureza administra-
tiva.
Com a consecução do projecto desejou-se também encontrar res-
postas para aquilo que levou à criação deste projecto: aproveitar/de-
senvolver a dinâmica existente em torno da informática na escola; pro-
porcionar a uma população escolar socio-economicamente carenciada
um contacto com as TIC e ocupar-lhe construtivamente os seus tem-
pos livres; dar a conhecer, interna e externamente, a realidade do TEIP.
Mas o grande desafio que se colocava era o de criar uma comunida-
de escolar que na sua actividade saiba utilizar as linguagens e as TIC
de forma crítica e consciente.

339
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Apoio aos Alunos com Necessidades Educativas Especiais e ao 9º ano+1;
Utilização autónoma da Sala Multimédia;
Criação do Clube de Informática numa escola associada, recriando aquilo que já era
uma prática na Escola sede;
Concepção de páginas Web sendo de destacar, no último ano, a concepção de pági-
nas temáticas no âmbito das disciplinas e área escola;
Vídeo digital - devido a várias condicionantes esta actividade reduziu-se à utilização
esporádica do equipamento para a produção de vídeo digital/montagens de algumas
actividades;
Concepção de materiais pedagógicos (vídeo, áudio, cartazes, apresentações electró-
nicas, documentos em papel).
O Jornal Inter-Escolas e o Projecto nasceram quase em simultâneo e desde logo
interligaram-se e viabilizaram-se mutuamente. Numa fusão de meios materiais e huma-
nos, conseguiram concretizar e afirmar o Jornal “O Mundo” enquanto meio de Informação
do TEIP da Moita. Ao longo destes três anos e graças a uma produção (excepto impres-
são) e distribuição próprias, foi possível implementar uma versão electrónica, garantindo
deste modo um alcance além dos 1000 exemplares/número impressos.
Participação nas iniciativas de divulgação do Centro de Competência com materiais
de exposição e com a dinamização de workshops.
Colaboração com outros projectos e iniciativas. Desde sempre que o Projecto procu-
rou dar resposta a todas as solicitações que lhe foram chegando: prestou apoio à elabo-
ração e realização de outros projectos no domínio das TIC; criou apresentações electróni-
cas para iniciativas em que as Escolas colaboraram (encontro dos TEIP-DREL, Feira de
Projectos da Moita ) ou realizaram internamente (exposições, recepções, etc).
Colaboração com outras entidades. O Projecto e o Centro de Formação de Docentes
do Concelho da Moita estabeleceram uma colaboração muito estreita, quer na cedência
mutua de equipamentos, quer no apoio técnico. Fruto de um acordo com o Centro de
Competência, foi ainda possível o acesso dos colaboradores do Projecto às acções de
formação do Centro de Formação. O Projecto foi também chamado a colaborar, ainda que
sem carácter regular, com outras Escolas dos três ciclos e colégios situados na fregue-
sia.
Formação
No 1º ano a formação estendeu-se a alunos do 1º ao 3º ciclo, mas as dificuldades da
monodocência do 1º ciclo levaram a uma mudança estratégica, pelo que se decidiu
formar os professores, cabendo a estes (e no âmbito da suas aulas) formar os respecti-
vos alunos. Esta opção mostrou-se correcta, na medida que alargou o número dos alu-
nos beneficiados, mas sem atingir a sua totalidade, devido à exiguidade dos equipamen-
tos e instalações.
No que se refere aos alunos dos 2º e 3º ciclos, a existência do Clube de Informática
permitiu a formação regular de cerca de 200 alunos/ano (cerca de 16% da população
escolar).
Foram, ainda, realizadas inúmeras sessões extraordinárias para Alunos e Professo-
res, sobre a Internet, redes, Windows, etc.
Relativamente à formação de Professores, depois de no ano de 1997-98 ter sido
organizada uma formação de 25 horas aos Professores envolvidos no Projecto, optou-se
por uma formação de carácter mais especializado (áudio, vídeo, fotografia digital, software
especifico, etc.), de forma a satisfazer as necessidades particulares dos Professores/
grupos. A formação de carácter mais geral foi deixada para o Centro de Formação do
Concelho da Moita, com o qual o Centro de Competência tinha estabelecido um acordo.

Materiais produzidos
Apresentações electrónicas; Páginas Web; Programas em Visual Basic; Jornal Inter-
Escolas; Elaboração de Manuais: Windows, Word, Excel, Internet Explorer, IRC, Outlook
Express, Alunos, GPV; Criação de modelos de documentos.

340
Projecto: “APOSTAMOS NO FUTURO”
Contacto da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Santana
R. Terras da Ucha
Sampaio
2970-585 SESIMBRA
Tel: 21 268 8900 Fax: 21 268 8907
Email: info@eps-santana.rcts.pt

www.eps-santana.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 5 700 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O projecto desenvolveu-se em três vertentes: área disciplinar; área

EB 2/3 de Santana
interdisciplinar (área-escola) e Centro de Recursos.
Pretendeu-se apoiar os grupos disciplinares na utilização das TIC,
nomeadamente as disciplinas de Português e Matemática.
Dinamização e apoio aos projectos da área-escola, com a
exploração dos recursos tecnológicos existentes.
Na área de Centro de Recursos, para além de se disponibilizarem
os meios e apoio na sua utilização, pretendeu-se agregar as actividades
e vivências da escola através da criação de um Jornal Escolar, bem
como, dinamizar um grupo para criação do Website.

341
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
As actividades previstas foram todas cumpridas, criando uma dinâmica que envolveu
um número alargado de professores e alunos.
Esta nova realidade em torno das TIC, utilização, gestão da informação, produção de
materiais, levou-nos à montagem de uma rede local, por forma a rentabilizarem-se os
recursos, bem como, meio de difusão da informação interna.
De igual forma criou-se uma dinâmica de trabalho em equipa que nos incentivou à
produção de materiais e à participação em projectos, relacionados com as TIC.

Formação
– Correio electrónico e Internet para alunos e professores.
– Grupo de trabalho do jornal: Photoshop e Publisher
– Grupo do site: Photoshop e FrontPage.

Materiais produzidos
– No âmbito dos projectos: desdobráveis, cartazes, brochuras, etc.
– Jornal “Saber” (bimensal)
– Site da escola
– Concurso Netd@ys Europe 99
– Concurso “Portugal (d)escrito pelos seus jovens”

342
Projecto: “SOCIEDADE EM MUDANÇA, OS NOVOS DESAFIOS DA ESCOLA VIVA 2000”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Dr. António Augusto Louro
Vale de Carros
Arrentela
2840 SEIXAL
Tel: 212 215 790 Fax: 212 224 451
Email: info@eps-dr-antonio-louro.rcts.pt

www.eps-dr-antonio-louro.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 2/3 Dr. António Augusto Louro


Com este projecto pretende-se:
– Numa primeira fase alargar a utilização da Sala de Informática e
numa segunda fase criar um espaço de trabalho vocacionado
para a utilização educativa de sistemas Multimédia.
– Possibilitar a utilização das TIC no quotidiano educativo em sala
de aula ou em actividades de complemento educativo.
– Enriquecer o CRE com TIC de modo a exponenciar o funciona-
mento dos clubes existentes
– Desenvolver um conjunto de modalidades de colaboração com
escolas do 1º ciclo, no domínio das TIC.

343
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Utilização pedagógica das TIC pelas diferentes disciplinas
– Actividades de complemento curricular
– Centro de Recursos Educativos
- Clube de Informática
- Clube de Jornalismo
- Clube de Inglês
- Clube de Fotografia
- Clube de Matemática
- Clube de Ciência
- Desporto Escolar

Formação
– Auto-formação
– Acções de sensibilização à utilização educativa das TIC promovidas pela equipa do
projecto
– Acções de formação promovidas pelo Centro de Competência / Formação Proformar
e pelo Centro de Formação Rui Grácio

Materiais produzidos
O Centro de Recursos Educativos ao serviço das dinâmicas escolares, nomeadamen-
te com a criação do Laboratório de Software para utilização de software específico das
diferentes disciplinas utilização de software específico (Tool Book) para criação de materi-
ais didácticos.

344
Projecto: “APRENDER COM AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Hermenegildo Capelo
Rua da Esc. Preparatória
Hermenegildo Capelo, nº 2
2950 PALMELA
Tel: 212 338 160 Fax: 212 331 794
Email: esc23palmela@portugalmail.pt

www.eb23-palmela.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 5 600 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto desenvolveu-se em duas vertentes, no que respeita ao

EB 2/3 Hermenegildo Capelo


uso das TIC:
Curricular
Foram abordados conteúdos programáticos, nomeadamente na dis-
ciplina de Matemática, e outros decorrentes de projectos
pluridisciplinares, como é o caso de um projecto que abordou a
problemática da SIDA, envolvendo uma turma de 8º ano e as disci-
plinas de Ciências Naturais e Educação Visual, um outro projecto
destinado a uma turma de Currículos Adaptados (2º Ciclo), que
enquadrou alunos com dificuldades de aprendizagem e/ou em ris-
co de abandono escolar, e que foi desenvolvido nas disciplinas de
História e Geografia de Portugal e Matemática, e ainda um outro que
se relacionou com os Apoios Educativos e que se desenvolveu no
âmbito da “Oficina de Escrita” com alunos que revelavam muitas
dificuldades de aprendizagem ao nível da escrita.
Extracurricular - Área de Intervenção
– Jornal Escolar
– Clube de Informática
– Clube do Jogo
– Clube do Ambiente Saudável – Cegonha Jovem
Através destes Clubes os alunos aprenderam a trabalhar com as
novas tecnologias de informação e comunicação, tirando partido do
software adquirido para elaborar os seus trabalhos. Todos eles esta-
vam enquadrados nas Actividades de Complemento Curricular e desti-
navam-se a alunos de todos os anos de escolaridade exceptuando o
último, que se destinava apenas a alunos do 3º Ciclo.

345
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Exploração de jogos educativos e de produtos multimedia.
– Utilização das TIC no âmbito de currículos adaptados, Apoios Educativos, e outras
áreas curriculares.
– Consulta e pesquisa de dados.
– Organização, análise, interpretação e representação de dados.
– Elaboração de materiais relativos à prevenção da SIDA.
– Construção da Homepage da escola.
– Actividades extracurriculares no âmbito dos clubes.
– Edição electrónica do jornal escolar “Arco-Íris” que estabeleceu a ligação com todos
os outros clubes.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Com-
petência Nónio essencialmente no âmbito de Sistemas de Produção Multimédia, Internet e
as TIC no ensino da Matemática e das Ciências. Participaram ainda nos Encontros e
Seminários organizados pelo Centro de Competência.

Materiais produzidos
– Homepage da Escola
– Jornal Escolar
– Materiais alusivos à prevenção da SIDA com suporte em papel e apresentação em
PowerPoint

346
Projecto: “LABORATÓRIO DE MULTIMÉDIA”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Luísa Todi
R. Adriano Correia de Oliveira
2910-373 SETÚBAL
Tel: 265 790 300 Fax: 265 732 950
Email: info@eprep-luisa-todi.rcts.pt

www.eprep-luisa-todi.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida
Financiamento atribuído: 9 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
A ideia principal era incentivar nos alunos a aquisição de competên-

EB 2/3 Luísa Todi


cias para seleccionar, interpretar e organizar a informação que lhes é
fornecida ou de que necessitam.
Quisemos criar um campo de possibilidades alternativas de moti-
vação dos alunos, redução do insucesso, do abandono escolar e da
desocupação dos alunos e ao mesmo tempo contribuir para a forma-
ção pessoal nas suas vertentes individual e social e a aquisição e
desenvolvimento de saberes e capacidades fundamentais. Como ob-
jectivos propusemo-nos a:
– Incentivar nos alunos a aquisição de competências para selec-
cionar, interpretar e organizar a informação que lhes é fornecida
ou de que necessitam;
– Promover a utilização das novas tecnologias da informação inte-
grando-as em actividades curriculares e extra-curriculares;
– Promover a aquisição de instrumentos de trabalho numa pers-
pectiva para a educação permanente;
– Promover a integração de conhecimentos;
– Promover actividades que contribuam para o desenvolvimento
do espírito de iniciativa, de organização e de autonomia;
– Incentivar alterações metodológicas na prática pedagógica atra-
vés da utilização das tecnologias da informação e comunicação;
– Promover a produção de materiais multimédia;
– Promover o debate sobre a utilização dos novos materiais
multimédia em contextos educativos.
As actividades do laboratório distribuem-se em cinco grupos:
– Apoio à divulgação das actividades da Escola;
– Formação;
– Produção de materiais multimédia;
– Internet e Intranet;
– Apoio às actividades e projectos da Escola.

347
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Apoio aos órgãos de gestão, a vários projectos da Escola (Área-Escola, Ciência Viva IV
e Brasil 500 Anos – em colaboração com a Escola Secundária Francisco Simões –, entre
outros) e aos grupos disciplinares; formação de alunos, professores e funcionários; cria-
ção e manutenção do site da Escola na Internet; instalação e manutenção da Intranet;
dinamização do Netd@ys; dinamização do laboratório de multimédia; participação em vári-
os encontros sobre as novas tecnologias; produção de materiais multimédia
autoinstrucionais para várias disciplinas.

Formação
A equipa do projecto fez formação a professores, alunos e funcionários em várias áreas
da utilização das novas tecnologias da informação e comunicação. Foram feitas mais de
300 horas de formação.

Materiais produzidos
– Vários manuais para as acções de formação
– CD com materiais auto-instrucionais (8 módulos terminados, 2 em fase de teste, 4
em desenvolvimento).

348
Projecto: “NAVEGAR PARA O FUTURO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Paulo da Gama
R. Ana de Castro Osório
Correr d’Água
2845-360 AMORA
Tel: 21 221 16 72 Fax: 21 222 83 10
Email: info@eb23-paulo-gama.rcts.pt

www.eb23-paulo-gama.rcts.pt

Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 2 600 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

EB 2/3 Paulo da Gama


Com este projecto pretendeu-se dinamizar a vida da Escola, alte-
rando o tipo de relação pedagógica predominante através da introdu-
ção / potenciação de equipamento informático. Pretendeu-se, igualmen-
te, modificar o relacionamento que os professores têm com este tipo de
equipamento.
Mas o motor para esta mudança devem ser os alunos. Naturalmen-
te mais aptos para o uso das novas tecnologias, foi-lhes facilitado o
acesso à formação e à utilização do material informático, desencade-
ando um processo em que os próprios alunos se transformaram em
formadores uns dos outros e, também dos professores, auxiliando-os
quando necessário e possível, estabelecendo uma relação diferente e
mais dinâmica com eles e com o saber, ganhando uma outra consci-
ência sobre o acto de aprender e a sua perenidade e conseguindo ter
uma relação mais gratificante com a Escola. Através do sucesso que
terá no desenvolvimento destas actividades, planeadas, realizadas e
avaliadas em grupos, os alunos poderam desenvolver-se de forma
autónoma, pessoal e socialmente.

349
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Criação do Núcleo de Informática
– Apoio à Sala de Estudo (ou à realização dos trabalhos)
– Apoio ao Jornal Escolar
– Intercâmbio / correspondência Escolar
– Apoio a Actividades Didácticas
– Criação da Página da Escola na Internet

Formação
Acções de Formação na área das TIC:
– Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação
– Utilização do processador de texto
– Utilização de produtos multimédia
– Edição Electrónica
– Gestão de redes informáticas

Materiais produzidos
– Criação da sala do Núcleo de Informática
– Criação de materiais de apoio ao funcionamento do Núcleo de Informática
– Edição do Jornal Escolar
– Criação do site da Escola

350
Projecto: “A APRENDIZAGEM NA ROTA DAS T.I.C.”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 c/ Sec. de Quinta de Conde
Rua das Descobertas
2830 BARREIRO
Tel: 212102496 Fax: 212102997
Email: info@eps-qta-conde.rcts.pt

www.eps-qta-conde.rcts.pt/

Associada ao Centro de Competência: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Descrição do Projecto Setúbal


Descrição do Projecto

EB 2/3 com Sec. de Quinta do Conde


Este projecto integra-se no âmbito do Projecto Educativo de Escola
e é composto pelos seguintes núcleos e actividades:
- Sala de Estudo
- Clube Europeu
- Clube de Astronomia
- Página da Escola na World Wide Web (WWW)
- Clube Jornal da Escola
- O Computador na Sala de Aula
- Clube da Saúde e do Ambiente
- Centro de Recursos

E vem na sequência de projectos anteriores na área das TIC desen-


volvidos pela escola, nomeadamente:
- Projecto Minerva
- Clube da Telemática
- Criação da Página da Escola na World Wide Web.

351
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– O Computador na Sala de Aula
– Centro de Recursos
– Clubes, Núcleos e Projectos:
- Núcleo do Jornal de Escola
- Página da Escola na Word Wide Web (WWW)
- Clube Europeu
- Clube de Astronomia
- Clube da Saúde e do Ambiente
– Sala de Estudo
– Internet na Escola

Formação
O desenvolvimento deste projecto pressupõe estratégias que visam o envolvimento e
implicação da Comunidade Escolar.
Para que haja um empenhamento de todos num projecto com estas características é
importante uma 1ª fase de sensibilização e formação, com reorganização gradual de espa-
ços e recursos, e finalmente uma aplicação das estratégias previstas nas diferentes activi-
dades envolvidas.
A formação prevista na área da informática inclui sessões destinadas a professores e
pessoal não docente que não estejam familiarizados com as novas tecnologias de infor-
mação.

Materiais produzidos
– Criação dos Clubes de Astronomia – com apresentação de candidatura ao Programa
Galileu.
– Criação do Clube da Saúde e do Ambiente – com apresentação de candidatura ao
concurso “A Internet e o Ambiente”.
– Criação da “Homepage” do Núcleo da Escola do Programa Nónio- Século XXI, com a
participação de professores e alunos, inserida na Página Principal da Escola – com
candidatura ao “Concurso de Homepages de Escolas”.
– Criação do Centro de Recursos que inclui os seguintes serviços, locais e activida-
des:
- Biblioteca
- Sala de Estudo
- Internet na Escola
- Sala dos Clubes

352
Projecto: “A ESCOLA E O AMBIENTE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 El-Rei D.Manuel I
Av. da Restauração
2890-012 ALCOCHETE
Tel: 212 348 730 Fax: 212 348 735
Email: eb23.dom.manuel.alcochete@netc.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
– Caracterização da Escola e do Meio Ambiente, através do estudo

EB 2/3 com Sec. El-rei D. Manuel I


das “Famílias de Alcochete (Genealogias)”, da “Toponímia das Ruas
de Alcochete”, dos “Problemas Ambientais” e da “Ocupação dos Tem-
pos Livres”;
– Levantamento do Património Cultural e Natural do Concelho de
Alcochete;
– Levantamento das Actividades Económicas;
– Levantamento dos costumes, tradições e festas.

353
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Este projecto possibilitou a existência de uma rede de informática no Centro de Recur-
sos e na Sala de Professores. Foram feitas algumas actividades com as turmas de Currí-
culos Alternativos e nas turmas do 2º Ciclo, na Área-Escola, realizaram-se levantamentos
e inquéritos que possibilitaram a criação de pequenas bases de dados.
A coordenadora do Centro de Recursos possibilitou ao longo dos respectivos anos
lectivos, a formação inicial em Informática aos alunos da Escola.

Formação
Não existiu qualquer tipo de formação para professores, à excepção do coordenador do
Projecto Nónio, que frequentou as acções de formação promovidas pelo Centro de Compe-
tência.

Materiais produzidos
– Bases de dados;
– O Roteiro de Alcochete (encontra-se ainda em fase de construção).

354
Projecto: “AS TIC E A PROMOÇÃO DO SUCESSO EDUCATIVO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES António Gedeão
Av. Guerra Junqueiro
2814 LARANJEIRO
Tel: 212 509 540/48 Fax: 212 509 545
Email: antoniogedeao@mail.telepac.pt

www.esec-antonio-gedeao.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo António Gedeão


A concretização do projecto efectuou-se através da promoção das
seguintes actividades:
– Utilização das TIC como ferramenta de trabalho para todos os
alunos do 9º ano;
– Generalização do uso da Internet;
– Generalização do uso de software educativo;
– Organização e reapetrechamento de espaços educativos;
– Implementação do Jornal Escolar e construção da Homepage;
– Formação de docentes;
– Informação sobre o projecto através de um Boletim Informativo.

355
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Formação em Word para todos os alunos;
– Sensibilização ao uso educativo da Internet e de software educativo;
– Jornal escolar “O Gedeão”;
– Apetrechamento de duas salas de aula;
– Ligação à Internet de computadores da Mediateca

Formação
– Sensibilização ao uso da Internet para alunos e professores;
– Composição gráfica de Jornais Escolares.

Materiais produzidos
– Módulos de Formação em Word
– Jornal Escolar “O Gedeão”
– HomePage.

356
Projecto: “AS NOVAS TECNOLOGIAS NO CONTEXTO EDUCATIVO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3º ciclo da Baixa da
Banheira
Praceta Mª Helena Vieira da Silva
2835-220 VALE DA AMOREIRA
Tel: 212 099 970 Fax:212 025 699
Email: esbb@mail.telepac.pt

www.geocities.com/athens/9829/

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 6 200 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto incidiu em três vertentes:

ES com 3º ciclo
da Baixa da Banheira
– O Ensino das Ciências
Criação de um Clube Científico; realização de experiências
laboratoriais computorizadas. Teve como objectivo desenvolver nos
alunos o gosto pela Ciência através da experimentação laboratorial e
da investigação científica, quer em contexto de sala de aula quer em
contexto extracurricular. Foram desenvolvidos trabalhos de projecto,
tendo sido utilizado o software Modellus e sensores numa perspecti-
va interdisciplinar de integração das áreas de Biologia, Química e
Física.
– Centro de Recursos Educativos
Pesquisa de informação; actividades interdisciplinares; criação de
documentos de divulgação dos diferentes trabalhos efectuados; ex-
ploração das potencialidades da Internet; trabalho de laboratório no
campo da montagem áudio e vídeo. Pretendeu–se, deste modo,
rentabilizar e optimizar os recursos existentes na escola.
– Laboratório de Línguas Estrangeiras
Foi criado o Laboratório de Línguas Estrangeiras e desenvolveram-
se actividades de dinamização do mesmo. O Laboratório destina-se
a todos os alunos e pode ser utilizado no âmbito da sala de aula ou
em actividades extracurriculares. Inicialmente, foram envolvidos os
alunos de Inglês e Francês e depois alargou-se aos alunos de Ale-
mão e de Espanhol. Foram desenvolvidos trabalhos de projecto e
actividades de audição e escrita a nível das Línguas Estrangeiras.
Desta forma, foi conseguida uma melhoria quantitativa e qualitativa
do conhecimento das Línguas Estrangeiras, pelo uso de material
interactivo, bem como o alargamento da rede de contactos da nossa
escola a nível nacional e internacional, através de trabalhos conjun-
tos.

357
Balanço – Efeitos do Projecto
Actividades
Actividades em contexto de sala de aula, com utilização das TIC, nomeadamente no
Laboratório de Línguas Estrangeiras e nos laboratórios de Biologia.
Actividades de pesquisa, consulta e elaboração de trabalhos vários por parte dos alu-
nos no CDI (Centro de Documentação e Informação – Biblioteca) do Centro de Recursos
Educativos, com recurso às TIC.
Actividades de pesquisa e produção de materiais didácticos por parte de docentes na
Oficina Pedagógica e no Centro de Produção do Centro de Recursos Educativos.

Formação
Formação individual por parte de alguns docentes, no Centro de Competência Nónio e
no Centro de Formação de Docentes do Concelho da Moita na área das TIC, em particular,
da Internet e da integração curricular das TIC no ensino das Ciências, da Matemática e das
Línguas Estrangeiras.

Materiais produzidos
Os materiais produzidos pelos docentes, no âmbito das actividades referidas anterior-
mente, destinaram–se à sua utilização em contexto de sala de aula e/ou actividades
extracurriculares.

358
Projecto:” E.S.B.V. – MULTIMÉDIA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3º ciclo da Bela Vista
Avenida da Bela Vista
2910-421 SETÚBAL
Tel: 265 711 123 Fax: 265 711 237
Email: esbvnonio@hotmail.com

www.esec-n1-bela-vista.rcts.pt/
Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal

Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto integrou três outros projectos já existentes anteriormente:

ES com 3º ciclo da Bela Vista


Viva a Escola
– Visou a prevenção da toxicodependência e a doença, a promoção
do sucesso escolar, o desenvolvimento de relações interpessoais
e, no âmbito da utilização das TIC, contemplou vários sub-projec-
tos:
– Clube de Hortofloricultura
– Clube de Teatro
– Oficina de Têxteis e Pintura Decorativa
– Jornal “Bela reVista”
Eurosport
– Tem como objectivo a reunião de equipas de onze países da União
Europeia que se encontram anualmente numa escola/país dife-
rente. No âmbito das TIC, procedeu-se à troca de correspondên-
cia electrónica entre os alunos envolvidos, e à publicação de infor-
mação relativa ao desenvolvimento das actividades.
Intercâmbio
– Estabeleceu-se intercâmbio com o Liceu francês de Michel de
Montaigne (cidade de Mullhouse, Alsácia), visando o contacto dos
alunos com a língua francesa e com a realidade sócio-económica
de França. Sendo a população estudantil da Escola Secundária
da Bela Vista socialmente desfavorecida, este projecto contribuiu
para a formação da sua consciência europeia e para o alarga-
mento dos seus horizontes de vida.
– O Projecto contemplou também uma vertente disciplinar:- Físico-
química e Biologia; Matemática; Inglês.

359
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Participação em debates.
– Participação em Fóruns.
– Intercâmbio com outras escolas nacionais e estrangeiras.
– Utilização das TIC em contextos curricular e extracurricular.
– Simulações no computador de fenómenos e de situações do quotidiano.
– Criação/utilização de bases de dados.
– Actividades experimentais com recurso a sensores.
– Actividades com carácter investigativo com recurso aos programas Cabri-Géomètre,
Folha de Cálculo, Derive e Soft-Ciências.
– Exploração de produtos multimédia.
– Exploração do CD-ROM Descobrir a Célula...
– Consulta e pesquisa de dados.
– Organização, análise, interpretação e representação de dados.
– Elaboração de fichas/materiais de apoio às ciências.
– Criação de um logotipo a inserir na Homepage através da abertura de um concurso.
– Construção e actualização da Homepage da escola.
– Actividades extracurriculares no âmbito dos clubes.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Com-
petência Nónio no âmbito de aquisição de dados experimentais, Internet (produção da
homepage) e as TIC no ensino da Matemática, das Ciências e das Línguas. Participaram
ainda nos Encontros e Seminários organizados pelo Centro de Competência.

Materiais produzidos
– Homepage da Escola
– Jornal “Bela reVista”
– Bases de dados
– Materiais de apoio para as disciplinas da área deCiências

360
Projecto: “UMA JANELA ABERTA AO MUNDO”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES de Alcácer do Sal
Rua do Senhor dos Mártires
7580 Alcácer do Sal
Tel: 265 622 658 Fax: 265 612 220
Email: Info@esec-alcacer-sal.rcts.pt

www.esec-alcacer-sal.rcts.pt/
Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal
Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O projecto visou contribuir para o melhor desempenho das acti-

ES com 3º ciclo de Alcácer do Sal


vidades pedagógicas da Escola, através do recurso à utilização
das TIC, e organizou-se em torno de dois pólos, cada um deles
com sub-projectos:
Centro de Recursos
– Clube da Geologia
Visou a promoção nos alunos do interesse e gosto pela activida-
de científica.
– Clube dos Media
Visou a alfabetização dos alunos nas questões da descodificação/
análise da semiologia, e a produção de vídeos escolares.
– “Janela” Internet
Visou a pesquisa, na Internet, de informação didáctica solicitada
pelos grupos disciplinares, assim como a criação da homepage
da escola.
Sala de Estudo
– Laboratório da Matemática
Os alunos estudaram funções, vectores no plano, fizeram
modelação de situações, recorrendo a diverso software (Cabri-
Géomètre, Modellus,..).
– Oficina do Português
Utilização do processador de texto e de dicionários multimédia.
– Oficina das Línguas Estrangeiras
Utilização do processador de texto e de dicionários multimédia;
participação em projectos de geminação com escolas da União
Europeia.
– Sala de Apoio Pedagógico
Visou o desenvolvimento da autonomia e da motivação dos alu-
nos pelo recurso a metodologias activas, como o trabalho de
grupo, e à utilização das TIC.

361
Abrangeu as seguintes dimensões:
– Apoio directo a actividades curriculares e extracurriculares;
– Desenvolvimento de materiais para utilização curricular e extracurricular;
– Formação de professores e de alunos;
– Actividades formativas em cooperação com outras entidades.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Dinamização do Centro de Recursos
– Utilização das TIC no âmbito de trabalhos de projecto em contextos curricular e
extracurricular.
– Consulta e pesquisa de dados
– Recolha, organização e gestão da informação, utilizando uma base de dados.
– Construção de materiais educativos.
– Realização de WebQuests.
– Utilização do software educativo existente na escola.
– Produção de guiões técnico-pedagógicos relacionados com a Internet e a utilização
do vídeo.
– Produção de vídeos sobre as actividades escolares.
– Compilação de dados obtidos através de inquéritos sobre a actividade sísmica que
nos últimos anos tem afectado a região de Alcácer do Sal e respectivo tratamento
estatístico, e construção tridimensional de blocos diagramas de carácter didáctico,
apoiada por programas de desenho.
– Apoio às actividades de gestão e organização escolar, a nível do tratamento da
avaliação dos alunos (em colaboração com o Conselho Executivo) e do tratamento
informático dos dados relativos à turma (em colaboração com os Directores de
Turma).
– Construção e actualização da Homepage da escola.
– Divulgação das actividades desenvolvidas através de folhetos, da Homepage e dos
vídeos produzidos.
– Intercâmbio com outras escolas, a nível nacional e internacional.
– Participação na Festa da Internet, iniciativa apoiada pela Comunidade Europeia.
– Participação no Jogo da Bolsa.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Com-
petência no âmbito de Sistemas de Produção Multimédia, software de Tratamento de
Imagem, Internet, e as TIC no ensino da Matemática, das Ciências e das Línguas. Fizeram
também auto-formação. Participaram ainda nos Encontros e Seminários organizados pelo
Centro de Competência.

Materiais produzidos
– Homepage de escola
– Vídeos escolares
– Folhetos de divulgação
– Guiões técnico-pedagógicos
– WebQuests
– Blocos diagramas
– Materiais de apoio para utilização curricular e extracurricular

362
Projecto: “ESA - 2000 - UMA ESCOLA INTERACTIVA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES da Amora
Rua Mário Sacramento
2845-122 AMORA
Tel: 212 268 000 Fax: 212 245 259
Email: secamora@mail.telepac.pt

www.geocities.com/Athens/Agora/8000

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de Amora


Projecto desenvolvido em articulação com o Projecto Educativo de
Escola e com o Plano Global de Actividades, servindo-se de metodologias
de trabalho predominantemente colaborativas e procurando articular as
actividades do projecto com os conteúdos programáticos (em particular
Línguas Estrangeiras, Ciências Sociais e Matemática).

363
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
O Projecto contribuiu para uma reflexão das práticas pedagógicas dos professores
envolvidos e para o aparecimento de outros projectos integrados.
Foram levadas a cabo diversas actividades envolvendo alunos do 3º Ciclo e do Ensino
Secundário com a supervisão de professores ou alunos-monitores, podendo aceder aos
recursos disponíveis na sala onde funcionou o Projecto. Destas actividades salienta-se a
produção e edição de informação, consulta e pesquisa de informação e animação e ocupa-
ção dos tempos livres.

Formação
Durante o período de vigência do Projecto foram realizadas diversas Acções de Forma-
ção desde a Iniciação às TIC, Processamento de Texto, Folha de Cálculo, Edição Electróni-
ca, Internet/Intranet entre outras.
Também houve momentos de autoformação dos professores envolvidos no Projecto
englobando prática e exploração de software, troca de experiências, produção de materiais
e integração curricular das TIC.

Materiais produzidos
Para além da exposição temporária de materiais relacionados com a divulgação de
iniciativas relacionadas com o Projecto (incidindo principalmente nos professores como
público-alvo) ou de materiais produzidos nas Acções de Formação dinamizadas pelo CFAE
é incontestável o impacto do Jornal Escolar (“Rio Judeu”) na comunidade educativa.

364
Projecto: “AS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO NA ANIMAÇÃO E DIVULGAÇÃO DA ESCOLA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3º ciclo de Bocage
Av. Rodrigues Manito
2900 SETÚBAL
Tel: 265 522 636 Fax: 265 534 292
Email: info@esec-bocage.rcts.pt

www.esec-bocage.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 9 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de Bocage


O Projecto da Escola Secundária de Bocage, desenvolveu-se atra-
vés de quatro departamentos:
– Mediateca/Biblioteca/Videoteca, em que com a introdução de no-
vos meios informáticos, veio disponibilizar e fomentar a utilização
das novas tecnologias na formação e desenvolvimento de materi-
ais didácticos ou de divulgação;
– Centro de Recursos/Sala de Estudo, dispor de uma sala adequa-
da e devidamente equipada para os alunos, de forma a ser utiliza-
da livremente na construção de materiais e de apoio às activida-
des curriculares;
– Laboratório de Matemática e Física Computacional, desenvolver
capacidades de utilização das TIC no desenvolvimento de projec-
tos curriculares, através da compra de materiais adequados aos
objectivos dos grupos disciplinares;
– Divulgação da Escola, (através do primeiro departamento) criar e
desenvolver um CD-ROM com a vida da escola e tornar-se parcei-
ra activa do meio envolvente no auxílio à produção de materiais
multimédia.

365
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Aplicação directa dos sensores e novas formas de ensino nas disciplinas de Física
e Química;
– Aplicação directa no desenvolvimento de novas formas de ensino na Matemática;
– Maior distribuição de equipamento informático por toda a escola e utilização livre por
parte dos alunos, funcionários e professores;
– Aplicação dos conhecimentos adquiridos na produção de fichas de trabalho, cons-
trução de testes, e materiais de apoio.

Formação
A maior parte dos professores envolvidos no projecto frequentou acções de formação
tanto no Centro de Formação como na Faculdade de Ciências da Universidade Nova –
Lisboa.

Materiais produzidos
– CD ROM com vida da Escola;
– Várias fichas de apoio, exames, testes, etc.

366
Projecto: “PREPARAR A D. JOÃO II PARA O SÉCULO XXI”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES de D. João II
Rua Dr. Luís Teixeira Macedo e Castro
2910-586 SETÚBAL
Tel: 265 702 937 Fax: 265 534 169
Email: djoaoiiset@mail.telepac.pt

www.terravista.pt/meco/3727

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal

Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto incidiu em três áreas de intervenção:

ES com 3º ciclo de D. João II


Aprender a Aprender
– Deu-se apoio a projectos de área-escola, de sala de aula e de
clubes que contemplassem a utilização das novas tecnologias
de informação e comunicação. Teve ainda uma vertente de prepa-
ração dos projectos atrás referidos.

Navegar em Linha
– A Internet como meio de pesquisa e recolha de informação e
como meio de comunicação
– Homepage da Escola
Promoveu-se o acesso à Internet e a troca de informação entre
escolas e instituições científicas e de investigação. Foi criada e
actualizada a página de Escola.

Prateleira Interactiva
– Promoveu-se a recolha, organização e produção de material di-
dáctico com o fim de ser utilizado na Sala de Estudo e nas Aulas
de Apoio Pedagógico Acrescido.

367
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Utilização das TIC em contextos disciplinar, currículos alternativos,
interdisciplinarmultidisciplinar e extracurricular.
– Utilização das TIC no âmbito do apoio à formação contínua e inicial.
– Consulta e pesquisa de dados.
– Organização e gestão da informação.
– Produção de materiais didácticos em termos curriculares.
– Construção e actualização da Homepage da escola.
– Actividades extracurriculares no âmbito dos clubes.
– Intercâmbio com outras escolas, em Portugal e no estrangeiro.
– Construção de um livro temático.
– Edição electrónica do Jornal de Escola.
– Exposição Interactiva durante a Semana da Matemática

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Com-
petência Nónio no âmbito de Sistemas de Produção Multimédia, Internet e software ligado
ao ensino das Línguas, da Matemática e das Ciências.
Os docentes da escola receberam formação interna por parte dos docentes mais direc-
tamente envolvidos no projecto no âmbito da Internet e software ligado ao ensino da Mate-
mática.

Materiais produzidos
– Homepage da Escola
– Jornal de Escola electrónico
– Materiais de apoio de carácter disciplinar
– Trabalhos de projecto
– Trabalho apresentado em Alden Biesen, Bélgica, incluindo texto bilingue (Francês/
Inglês) sobre o Trabalho Infantil na União Europeia, no âmbito de um dos Projectos
Comenius existentes na Escola
– Calendário com imagens de Setúbal e traduções de aforismos relativos aos meses
e estações do ano

368
Projecto: “COMPUTADOR, PARA QUE TE QUERO?”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/ 3º ciclo de Laranjeiro
Av. Prof. Ruy Luís Gomes Lt 1-A
2814-504 ALMADA
Tel: 212 530 759 Fax: 212 547 007
Email: info@esec-laranjeiro.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR

Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
Este projecto financiou os recursos necessários para dotar a sala de

ES com 3.º ciclo de Laranjeiro


estudo do Centro de Recursos da Escola com o equipamento informático
para todas as actividades dos professores, alunos e funcionários no
âmbito das TIC. Assim, foi possível, sobretudo a partir do ano lectivo
1999/2000, proporcionar a toda a comunidade educativa os meios
informáticos indispensáveis para as actividades associadas ao ensino-
aprendizagem.
Para ajudar a integrar os utilizadores na utilização das TIC decorre-
ram oficinas de formação para os professores, alunos e funcionários,
com um formato de trabalho no sentido de proporcionar novas aprendi-
zagens segundo as necessidades de formação que estes utilizadores
do Centro iam manifestando.
No final, este projecto permitiu o apetrechamento com uma rede de
10 computadores multimédia, 1 computador portátil, 1 scanner, 1 grava-
dor de CD Rom, 1 zip drive, 1 máquina fotográfica digital e 2 impressoras
deskjet, bem como todo o software necessário para as actividades de
pesquisa, produção e aprendizagem fundamentais num Centro de Re-
cursos.
Todos os actores utilizaram intensamente os recursos informáticos
que a implementação deste projecto permitiu. Em jeito de balanço
observe-se o levantamento no último ano em que o equipamento já
estava totalmente montado e disponível para os utilizadores.

369
Estatística dos utilizadores no ano lectivo 1999/2000
Utlizadores Computadores Computadores Computadores Empréstimo
(elaboração de /Internet /Internet da Máquina
trabalhos; (acesso Livre) (Acesso Fotográfica
consulta e Condicionado) Digital
pesquisa de
CD Rom etc.)
Alunos 2 181 horas 1 253 h 295 711 turmas -
Professores 151 horas 151 horas 19
Funcionários 2 horas - - -

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Prospecção, aquisição, instalação, configuração e manutenção dos equipamentos;
– Preparação das actividades de formação (levantamento de interesses/necessida-
des dos formandos, planificação/elaboração de guiões/materiais);
– Oficinas de iniciação às TIC para alunos, professores e funcionários;
– Elaboração e edição do boletim do Centro de Recursos;
– Elaboração do regulamento de utilização dos recursos;
– Apoio semanal aos utilizadores.

Formação
– Da equipa de coordenação: Nas áreas de bibliotecas escolares, edição electrónica,
base de dados, edição HTML, tratamento de imagem e redes domésticas de compu-
tadores.
– Dos utilizadores do Centro de Recursos: Nas áreas de processamento de texto,
utilização da Internet, folha de cálculo.
– Workshops: digitalização de imagens e utilização da máquina fotográfica digital.

Materiais produzidos
– Guiões de apoio à formação;
– Proposta da Homepage da Escola;
– Regulamento de utilização dos recursos;
– Boletins do Centro de Recursos;
– Trabalhos finais do formandos;
– CD-ROM – suporte multimédia com os produtos finais da formação.

370
Projecto: “LABORATÓRIO INTERDISCIPLINAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES de Pinhal Novo
Rua Orlando Ribeiro
2955 PINHAL NOVO
Tel: 212 363 344 Fax: 212 363 343
Email: espnlabint@mail.telepac.pt

www.esec-pinhal-novo.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida

Financiamento atribuído: 7 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
Criação e dinamização de uma sala que funcione como laboratório

ES com 3.º ciclo de Pinhal Novo


Interdisciplinar, durante 10 horas diárias, cujo objectivo foi:
– Apoio a aulas específicas de diferentes disciplinas, que necessi-
taram de utilizar as TIC;
– Actividades de complemento curricular e superação de dificulda-
des cognitivas;
– Utilização livre da sala com acompanhamento de um elemento
responsável;
– Apoio ao Serviço de Psicologia e Orientação Escolar;
– Actividades em período não lectivo;
– Apoio à elaboração do Jornal de Escola e outras publicações;
– Elaboração de uma base de dados de alunos, professores e
funcionários, que permitiu uma melhor gestão da utilização do
laboratório.

371
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
O Laboratório deInformática teve uma grande aceitação por toda a comunidade educativa,
sendo um dos polos da escola com mais adesão.
Foram desenvolvidos trabalhos de projectos disciplinares, formação a pequenos gru-
pos de alunos e professores.
O Laboratório é neste momento um dos locais com maior procura, não só pela qualida-
de das máquinas existentes, mas também pela forma como esta se encontra organizada,
não só a nível de Software, mas também como o sistema de requisição e de elaboração de
trabalhos está preparada.

Formação
Os professores responsáveis pelo laboratório tiveram formação específica no Centro
de Competência durante o primeiro e metade do segundo ano de projecto, efectuando
após este período formação no âmbito FOCO.

Materiais produzidos
– Base de dados organizativa do Laboratório;
– Pequenos materiais de apoio;
– Páginas pessoais Web;
– Produção de alguns CD’S.

372
Projecto: “UM NOVO DEVIR”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES de Sampaio
Estrada da Faúlha
2970-577 SESIMBRA
Tel: 212 688 160 Fax: 212 688 179
Email: cfsesimbra@mail.telepac.pt

www.esec-sampaio.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR
Financiamento atribuído: 4 550 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
1º ano

ES com 3.º ciclo de Sampaio


– Formação de professores da equipa, no domínio das Novas
Tecnologias da Informação e Comunicação com vista à aquisição
de novas competências.
– Integração das Novas Tecnologias em conteúdos disciplinares e
multidisciplinares.
– Concepção e produção de materiais multimedia para apoio de
actividades curriculares.
2º ano
– Continuação das actividades do 1º ano.
– Divulgação e dinamização dos materiais criados junto dos outros
professores de modo a sensibilizá-los e cooperar com eles na
sua utilização, quer em situação de aula, quer através do Centro
de Recursos/Sala de estudo.
3º ano
– Promover a auto-formação nos domínios Disciplinar e
Transdisciplinar, ao nível da utilização dos materiais concebidos
na escola.
– Auto-aprendizagem dos alunos na utilização desses materiais.
– Divulgação e intercâmbio com outras escolas através da realiza-
ção de encontros que envolvam demonstração de materiais.

373
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Acções de sensibilização à utilização das TIC pelos professores dos vários grupos
disciplinares.
– Participação nos encontros dinamizados pelo Centro de Competência no âmbito do
projecto Nónio
– Integração das TIC em conteúdos disciplinares e multidisciplinares
– Utilização na sala de aula de materiais multimédia
– Pesquisa, concepção e produção de materiais multimedia para apoio a actividades
curriculares quer em situação de aula, quer através do Centro de Recursos/Sala de
Estudo.
– Apoio nas realizações da Àrea Escola

Formação
Formação dos professores no domínio das Novas Tecnologias de Informação e Comu-
nicação com vista à aquisição de novas competências.

Materiais produzidos
– Lançamento e edição do Boletim do Centro de Recursos
– Elaboração de folhetos e outros materiais impressos nos núcleos do Clube do
Ambiente.
– Elaboração do Jornal da Escola
– Elaboração de CD Roms na área da Matemática
– Concepção de um CD Rom integrado no projecto da área escola

374
Projecto: “NOVA ODISSEIA: NAVEGAR, INFORMAR, OLHAR... A ESCOLA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES Sebastião da Gama
Rua da Escola Técnica
2900 Setúbal
Tel: 265 523 176 Fax: 265 534 357
E m a i l :i n f o @ e s e c - s e b a s t i a o -
gama.rcts.pt

www.rede-nonio.min-edu.pt/es/sebgama

Associada ao Centro de Competência: ESE de Setúbal

Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto teve como objectivos:

ES com 3º ciclo de
Sebastião da Gama
– A integração das TIC nos curricula das áreas presentes na esco-
la, nomeadamente Matemática, História, Inglês, Alemão, Biologia
e Educação Visual.
– A dinamização do Centro de Recursos, na sua componente de
Tecnologias de Informação e Comunicação.
– A construção de novos materiais pedagógicos, incentivadores de
novas aprendizagens.
– A melhoria da prática pedagógica, com o estabelecimento de uma
nova relação entre professores e alunos..
– A integração dos vários saberes num mundo globalizante de infor-
mação.
– A formação de professores no âmbito das TIC no ensino.
– A formação das novas gerações para a integração numa socieda-
de em permanente mudança.
Abrangeu duas vertentes fundamentais:
Projectos disciplinares
– Telemática Educativa
– Ensino Recorrente- Recorrer às TIC nas Línguas
Clubes
CLACC- Clube de Letras, Artes, Ciências e Comunicação que abar-
ca o trabalho no âmbito de:
– Matemática- MatemaTIC
– História- Historiando
– Ciências- Inovar nas Ciências
– Educação Visual- Atelier de Artes
– Internet- Aventura no Ciberespaço
– Clube de Saúde e Desporto- Projecto Viver Saudável

375
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Actividades educativas com recurso à Internet como forma de participação nas se-
manas Netd@ys.
– Elaboração de WebQuests.
– Utilização das TIC em contextos curricular e extracurricular.
– Consulta e pesquisa de dados.
– Organização e gestão da informação.
– Participação em Grupos de Discussão.
– Organização de debates em tempo real com outras escolas, utilizando um canal de
IRC.
– Intercâmbio com outras escolas, quer a nível nacional como internacional.
– Produção de materiais no âmbito das Línguas Estrangeiras.
– Organização e divulgação de fichas de actividades para exploração do programa
Geometer’s Sketchpad.
– Actividades de pesquisa e desenvolvimento de projectos no âmbito das Ciências.
– Exploração de software multimedia, calculadoras gráficas,...
– Construção e actualização da Homepage da escola.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Com-
petência Nónio no âmbito de Sistemas de Produção Multimédia, software de Tratamento de
Imagem, integração curricular das TIC e Internet. Também receberam formação por parte
do Centro de Formação de Professores Arrábida na área da Internet.

Materiais produzidos
– Homepage da Escola
– WebQuests
– Materiais de apoio para as disciplinas de Inglês e Alemão
– Páginas centralizadoras de actividades no âmbito da iniciativa Netd@ys
– Actividades com utilização da Internet nas áreas das Línguas, Artes e Biologia, no
âmbito da iniciativa Netd@ys
– Dois projectos (webpages) no âmbito do projecto Atelier Hannover2000

376
Projecto: “APRENDER A ESTUDAR”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES da Sobreda
Rua Dr. Alberto Araujo
2819-507 SOBREDA
Tel: 212 953 313 Fax: 212 953 318
Email: info@esec-sobreda.rcts.pt

www.esec-sobreda.rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR
Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de Sobreda


Este projecto tinha como principais objectivos
– desenvolver aprendizagens e conhecimentos
– aprender a trocar interactivamente informação
– incentivar a autonomia do aluno
– promover e desenvolver o domínio das novas tecnologias

Para esse efeito, foi necessário, numa primeira fase, “criar” um


espaço, acoplado ao Centro de Recursos, onde se iria instalar a Sala
Nónio – uma sala com 10 computadores ligados em rede e com aces-
so à Internet. De seguida, foi necessário dar formação a alunos e pro-
fessores (e a funcionários), contando com a ajuda do coordenador do
projecto e dos formadores do Centro de Formação Proformar. Numa
terceira fase, e numa altura em que a maioria dos alunos já domina-
vam a Internet, apostou-se sobretudo na página da escola, apelando
aos professores das diversas disciplinas que disponibilizassem diver-
sos materiais como fichas, testes, correcções, projectos, planificações,
etc. de modo a que elas fossem parte integrante das suas aulas e de
modo a que os alunos pudessem usar a página da escola como ferra-
menta imprescindível no seu estudo e trabalhos escolares.

377
Balanço - Efeitos dProjecto
Actividades
– Criação “de raiz” de uma Sala de Informática ligada ao Centro de Recursos;
– Formação intensiva de professores (cerca de 100 horas) sobre a utilização da
informática (Word, Excel, etc.) e Internet;
– Criação de uma equipa de monitores (alunos) que, num horário estabelecido, da-
vam formação aos alunos que nunca tinham usado a Internet;
– Formação de funcionários;
– Participação em diversas actividades relacionadas com o uso da Internet (Concurso
Página da Escola, semana Netd@ys, etc.)
– Criação da página da Escola
– Colocação de diverso material didáctico-pedagógico na página da Escola (Química,
Português, Matemática, etc.) de modo a ser usado pelos alunos no seu estudo
(fichas, testes, etc.)

Formação
É com orgulho que afirmamos que o Projecto Nónio permitiu trazer, pela primeira vez e
com resultados muito satisfatórios, formação na área da informática directamente à nossa
escola (só em 1998-99 foram realizadas cerca de 100 horas de formação). Essa formação
foi promovida pelo Centro de Competência, com quem trabalhámos muito bem durante
toda a duração do Projecto. É de referir que este bom entendimento permitiu que hoje o
Centro de Formação Proformar, sede do Centro de Competência, se tenha mudado para a
nossa escola, fazendo aqui a sua sede, o que nos permite continuar a usufruir de formação
nesta e noutras áreas.

Materiais produzidos
– Material no âmbito do Netd@ys
– Material produzido aquando dos concursos “Páginas da escola”
– Criação de um CDROM sobre a nossa escola, a ser divulgado sobretudo nas esco-
las da zona;
– Participação activa no JESS – Jornal da Escola
– Criação da página da escola;
– Divulgação de diverso material didáctico-pedagógico, no âmbito das várias discipli-
nas, na página da Escola

378
Projecto: “DE MEDIATHECA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES Emídio Navarro
Av. Rainha D. Leonor
2800 ALMADA
Tel: 212 721 210/8 Fax: 212 763 741
Email: esen@mail.telepac.pt

www.esec-emidio-navarro-alm.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR


Financiamento atribuído: 6 620 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo Emídio Navarro


O projecto centrou-se na exploração do Centro de Recursos como
polo dinamizador de actividades de formação de professores e de pro-
jectos educativos de pesquisa e tratamento de informação, utilização de
computadores para aquisição de dados em áreas científicas e
tecnológicas e produção de materiais didácticos.
Procurou-se colocar nesse espaço as valências de uma mediateca
escolar moderna (biblioteca com consulta livre, área de consulta de vídeo,
área de consulta de software e de CD-ROMs, área de acesso à Internet e
área de duplicação de documentos.
Projectos específicos:
Acções/Sessões de trabalho sobre métodos e técnicas de estudo
- Desenvolver competências de estudo específicas de cada nível
(básico e secundário)
- Promover a autonomia do aluno na organização do trabalho
- Fornecer meios de organização do trabalho de pesquisa
Uso das Novas Tecnologias nas Práticas de Escrita e de Leitura na
Aula de Português
- Desenvolver métodos e técnicas de pesquisa, registo e tratamen-
to da informação
- Reflectir sobre a informação captada, relacionando-a com outras
informações de modo a deduzir e a produzir sentidos.
- Produzir textos de diferentes géneros expressivos, informativo-
expositivos, criativos e expositivo-argumentativos, com recurso à
selecção da informação.
Investigação - Acção: Círculo de estudos
- Produzir material didáctico multimedia interdisciplinar no ensino
secundário

379
Aquisição e tratamento de dados em ciências experimentais
- Qualidade de Ambiente: medir e controlar
– Utilização de software de CAD e simulação em áreas tecnológicas
- Divulgar o uso de software específico para a simulação e projecto nas áreas
tecnológicas específicas da Escola (Electrotecnia/Electrónica e Mecânica).
Homepage da escola e acesso à informação na Internet
- Produzir Informação para a Internet - Manter actualizada a Homepage da Escola na
Internet, possibilitando a produção de informação significativa sobre as actividades
que se realizam na Escola.
- Pesquisar informação na Internet - Organizar a pesquisa de informação na Internet
por todas as áreas disciplinares, disponibilizando formação e acompanhamento e
listas de URLs temáticas.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
– Criação e dinamização do Centro de Recursos/ Mediateca Escolar, disponibilizando
livremente acesso a computadores, a materiais multimédia, à Internet e
serviços.Realização dos I e II Encontros de Centros de Recursos dos Concelhos
Norte do Distrito de Setúbal.
– Dinamização da produção e disponibilização de materiais educativos em formato
html, nomeadamente apoiando os grupos de estágio pedagógico na produção de
páginas Web.
– Criação de uma Homepage da Escola, reflectindo as actividades mais importantes
desta.
– Criação de uma Intranet.
– Dinamização de actividades com alunos em contexto curricular (apoio aos professo-
res) e não-curricular (concursos Netd@ys, Internet Fiesta, Semana dos Media, recep-
ção dos novos alunos, área-escola, etc.).
– Criação de bases de dados sobre documentos existentes no Centro de Recursos.
– Articulação com os outros projectos (Ciência Viva, Bibliotecas Escolares, Comenius)
e clubes (fotografia, jornal, ecologia, filatelia, robótica, etc.) existentes na Escola.
– Apoio a escolas da região na criação de redes e partilha de acessos à Internet.

Formação
– Oficina de Dinamização e Funcionamento de Centros de Recursos e Mediatecas
Escolares
– Formação informal de professores nas áreas de produção de materiais para a Web
e pesquisa e tratamento de dados na Internet.
– Realização de 3 círculos de estudo sobre Produção de Material Didáctico Multimédia.
– Organização de acções de formação creditadas em colaboração com o Centro de
Formação.
– Formação inicial de pessoal administrativo e auxiliar.

Materiais produzidos
– Homepage da Escola na Internet.
– Materiais educativos multimédia em formato html para disponibilização na Intranet
(resultantes nomeadamente dos círculos de estudo).
– Jornal Escolar on-line.
– Boletins informativos.

380
Projecto: “TIC - INTRANET CLUBE”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3º ciclo Poeta Joaquim Serra
Av. José Afonso, Bela Vista, Montijo
2870-860 MONTIJO
Tel: 212 326 670 Fax: 212 322 364/62
Email: escsecpjserram@net.sapo.pt

www.terravista.pt/meiapraia/2644

Associada ao Centro de Competência Nónio: Arrábida


Financiamento atribuído: 6 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
No 1º ano pretende-se a criação de uma sala/oficina, onde ficarão os

ES com 3.º ciclo


Poeta Joaquim Serra
equipamentos mais importantes e o “server”. Efectuar-se-á, aqui, a ges-
tão e o controle de todo o trabalho (criação de materiais educativos
multimédia) a desenvolver e que será posteriormente utilizado pelos “
espaços “ indicados.
A inclusão do Conselho Directivo, do CENFORMA e do Conselho
Pedagógico neste circuito / rede prende-se com o facto de, o primeiro
ser o órgão de gestão, o segundo a entidade promotora da formação de
professores, nas áreas de Montijo e Alcochete, ( estando neste momen-
to a sua sede implementada na nossa escola ) e, o terceiro, o orgão
pedagógico da escola. Como tal, todos os projectos a desenvolver (
mais ou menos autonomamente ) necessitam da sua supervisão; acres-
cente-se ainda, o facto de todos os grupos disciplinares terem repre-
sentação no Conselho Pedagógico e algumas das propostas de projec-
tos poderem ser apresentadas pelo mesmo.
Os laboratórios, a sala de informática ( ocupada na sua totalidade
pela leccionação, é muito utilizada por todos os alunos, das várias áreas
disciplinares, para a realização de trabalhos ) e a sala aberta ( activida-
des de apoio pedagógico acrescido ) serão os primeiros espaços a
trabalhar em rede e, serão ainda, os locais onde os materiais produzi-
dos poderão ser consultados.

No 2º ano do projecto, pretendemos alargar a rede / circuito de ma-


teriais produzidos e a produzir, a outros dois espaços : a Mediateca, por
ser um dos locais mais frequentados pelos alunos, na procura de infor-
mação e na realização de trabalhos, e a Oficina de Português, onde já
existe bom equipamento para a aprendizagem da língua materna numa
dinâmica de grupo e autonomia.

381
No 3º ano do projecto, um alargamento da rede / circuito será total, ou seja, aos espa-
ços-aula e à sala denominada de Grandes Grupos, local onde existe o equipamento vídeo
mais requisitado pelos professores. Estamos, então, em funcionamento pleno da rede
criada, e da produção e utilização de materiais educativos multimédia, que era a finalidade
primeira do projecto.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Desde o início, que ao projecto foi afectada uma sala, contudo, nem sempre a mesma.
Assim, as grandes prioridades foram sempre o alargamento máximo da rede e a manuten-
ção desta em boas condições, bem como o incentivo à utilização da sala do clube.
Problemas com a configuração e gestão da rede, por um lado, e a mudança de sala, por
outro, constituíram condicionantes a um regular funcionamento da rede. Porém hoje, não
fosse a falta de verbas para uma adequada manutenção dos equipamentos, um problema
com que nos deparamos, poderíamos considerar todos os obstáculos ultrapassados.
No que respeita à utilização da sala, esta começou por ser reservada a professores ou
a alunos na companhia de professores. Alegadamente por motivos de localização a taxa de
utilização não correspondeu ao esperado. Hoje, em sala contígua à Biblioteca escolar e
aberta, sem o condicionalismo do acompanhamento de professor, a alunos do ensino
secundário, verificou um aumento significativo no número de utilizadores. Tendo em conta
as respectivas populações, podemos considerar que os alunos frequentam mais a sala
que os professores. Porém, ainda que longe dos limites de utilização da sala, resta-nos o
contentamento de verificar um crescimento, ainda que gradual, dos utilizadores alunos e
professores, não só para preparação de materiais mas também para consultas na Internet,
individualmente e em situação de aula. Paulatinamente, as TIC constituem uma alternativa
diferente e jamais a substituição do retroprojector defendida por alguns sépticos. Assim,
conscientes de que os efeitos esperados não foram ainda alcançados, regozija-nos cons-
tatar que tudo está em aberto, que o movimento por nós iniciado continua e está para ficar,
pelo que os efeitos previstos num mais longo prazo serão concerteza alcançados.

Formação
Com excepção de uma curta formação em Redes NT e Visual Basic , no Centro de
Competência, a que nenhum dos elementos da equipa pode assistir na totalidade aten-
dendo às funções que desempenhava na escola, na generalidade, a demais resultou de
autoformação.

Materiais produzidos
Os vários elementos da equipa do projecto, produziram diversos materiais no âmbito
das disciplinas que leccionavam, e de funções ou cargos que desempenhavam na escola
(página Internet da escola, apresentações em PowerPoint “A Ponte para o Futuro”, folhas de
cálculo em Excel, bases de dados em Access, ...), contudo não foi construído nenhum
material de raiz em conjunto, apesar de se ter feito o esboço de uma hipótese de trabalho

382
Projecto: “TIC’S E SIG’S - INOVAÇÃO PARA UMA ESCOLA NOVA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES Romeu Correia
R. Afonso de Paiva
2814-501 ALMADA
Tel: 212 592 241 Fax: 212 581 322
Email: esromcor@mail.telepac.pt

www.esec-feijo-rcts.pt
Associada ao Centro de Competência Nónio: PROFORMAR
Financiamento atribuído: 3 800 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo Romeu Correia


Objectivos:
– Sensibilizar os professores para o uso das novas tecnologias
em contextos curriculares e extracurriculares;
– Formar professores no domínio das novas tecnologias de modo
a possibilitar-lhes usar o computador, com os alunos, como ins-
trumento possibilitador de aprendizagens;
– Introduzir na escola tecnologias que permitam adquirir, por parte
dos alunos, níveis de motivação mais elevados;
– Permitir o acesso aos alunos a novos meios facilitadores de apren-
dizagens;
– Adquirir competências académicas nos vários domínios curricular
e extracurricular, para enfrentar a vida activa e o prosseguimento
de estudos;
– Adquirir competências técnicas para utilização das TIC.
– Desenvolvimento do Centro do Recursos da escola com aposta
na implementação do uso das TIC pelos alunos.
– Extensão da rede informática ao laboratório de Biologia, laborató-
rio de Química, salas 1, 2, 3, e 4, com posterior equipamento
dessas salas.
– Inicialmente existia um protocolo de colaboração com o ISEGI no
sentido de dar apoio aos SIG’s que entretanto cessou por parte
do ISEGI por falta de apoio financeiro.

383
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Treino de pré-requisitos necessários para aceder à leitura, escrita e cálculo;
– Treino de destrezas;
– Leitura e escrita;
– Cálculo e raciocínio lógico;
– Pesquisa e análise de informação;
– Construção de produtos académicos;
– Utilização em áreas específicas;

Formação
Os professores, de forma geral têm aderido à formação, com especial interesse pelos
seguintes conteúdos: processamento de texto, utilização de Internet e utilização de software
educativo.
A formação tem permitido que, de forma autónoma e com mais segurança, desenvolver
as actividades previamente planeadas com os alunos.

Materiais produzidos
– Produtos académicos;
– Materiais de apoio às actividades lectivas
– Instrumentos de trabalho que facilitem e tornem mais eficaz a aprendizagem escolar
– Cartazes
– Outros

384
Projecto: “ESAC – DINAMIZAÇÃO DO CENTRO DE RECURSOS”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES Augusto Cabrita
Rua Maria Lamas
Alto do Seixalinho
2830-088 BARREIRO
Tel: 212 059 220 Fax: 212 059 228
Email: Info@esec-alto-seixalinho.rcts.pt

www.esec-alto-seixalinho.rcts.pt/
Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal
Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
Teve como objectivos:

ES Augusto Cabrita
– Transformar o espaço da então mediateca num espaço revitalizado,
procurado por alunos e por professores numa perspectiva
integradora de saberes;
– Criar espaços diversificados para que o aluno possa encontrar na
escola condições para a sua valorização pessoal perspectivando
uma carreira futura;
– Dinamizar a utilização diversificada de recursos;
– Facilitar a recolha, organização e tratamento de informação recor-
rendo à Internet e às ferramentas multimédia;
– Promover o sucesso educativo dos alunos com dificuldades de
aprendizagem, prioritariamente através das TIC;
– Fomentar o gosto dos alunos e professores por novas formas de
aprendizagem.

Neste sentido foram apresentados vários sub-projectos que, ao lon-


go dos três anos, foram reformulados de acordo com as características
dos recursos humanos e materiais existentes.

385
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Organização do modo de funcionamento do Centro de Recursos Educativos (CRE) e
elaboração de um regulamento de utilização.
– Divulgação à comunidade escolar dos recursos disponíveis no CRE.
– Animação do CRE através de iniciativas diversificadas tais como colóquios, debates,
aulas abertas, exposições, filmes, dramatizações, etc.
– Publicação periódica do Boletim “Bloco A – 1º Andar”.
– Exposições (promovidas pelos grupos disciplinares e pela equipa).
– Produção de materiais relativos à divulgação/comemoração de eventos.
– Animação de um placard de divulgação de livros e de textos produzidos pelos alu-
nos.
– Apoio a alunos com dificuldades específicas.
– Apoio às solicitações de alunos e professores para a concretização dos seus projec-
tos.
– Realização dos seguintes projectos:
- “Utilizar, Descobrir e Aprender”
- “Para Ler é preciso convencer”
- “Europa”

Formação
No sentido de mostrar/demonstrar as potencialidades das TIC na Educação nas dife-
rentes áreas curriculares foram realizadas para professores Acções de Formação. Os
alunos inscritos no projecto “Utilizar, Descobrir e Aprender” receberam formação ao nível da
utilização de software educativo e Internet.
É ainda de salientar que os elementos da equipa frequentaram na E.S.E. de Setúbal a
acção de formação “A Internet: um recurso com benefícios para a educação”.

Materiais produzidos
– Boletim de divulgação de informação sobre factos/acontecimentos e de textos pro-
duzidos pelos alunos - “Bloco A - 1º andar”;
– Materiais relativos à divulgação/comemoração de eventos: cartazes, programas, con-
vites, cartões, diplomas, etc;
– Guiões relativos à utilização de software de acordo com as actividades propostas no
curso “Utilizar, Descobrir e Aprender”;
– CD-Rom de divulgação do livro “Como água para chocolate”;
– CD-Rom de divulgação da vida e obra de Augusto Cabrita.

386
Projecto: “A APLICAÇÃO DAS TIC NO PROCESSO ENSINO – APRENDIZAGEM NA ESSA”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES de Santo André
Av. dos Fuzileiros Navais
2830 Barreiro
Tel: 212 153 819 Fax: 212 159 000
Email: essa9377@mail.telepac.pt

www.esec-sto-andre-bar.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Setúbal


Financiamento atribuído: 8 500 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto
O Projecto incidiu em três áreas fundamentais:

ES de Santo André
Matemática
– Laboratório de Matemática – um percurso através do computador
e das calculadoras gráficas .
Criação de um laboratório onde os alunos pudessem utilizar
software específico e calculadoras gráficas. Os alunos resolveram
diversos problemas visualizando gráficos de funções, localizaram
no espaço figuras geométricas, desenvolveram jogos de raciocí-
nio, recorrendo ao software Cabri-geomètre, Derive e Modellus.
Aprenderam, também, a trabalhar com calculadoras gráficas.
Línguas Estrangeiras e Língua Materna
– O Clube das Línguas – o computador como instrumento motivador
no ensino das línguas
Através do Clube Línguas os alunos aprenderam a trabalhar com
as novas tecnologias de informação e comunicação. Tirou-se par-
tido do software adquirido para adequar imagens e textos, animar
imagens, completar textos, legendar, produzir textos, resolver exer-
cícios de tipologia variada (resumo, dissertação, etc.).
Biblioteca / Centro de Recursos
– A Biblioteca e as leituras interactivas
– A Internet como meio de investigação: um recurso para uma apren-
dizagem com sucesso
– Homepage da Escola
Desenvolveram-se actividades que dinamizaram a Biblioteca e o
Centro de Recursos. Os alunos utilizaram dicionários em Cd-Rom,
enciclopédias interactivas, jogos de palavras, concursos, recor-
rendo às tecnologias de informação.

387
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Dinamização da Biblioteca e Centro de Recursos.
– Participação numa feira temática.
– Utilização das TIC no âmbito de currículos alternativos e cursos de educação e forma-
ção inicial e outras áreas curriculares.
– Consulta e pesquisa de dados.
– Organização e gestão da informação.
– Produção de materiais no âmbito das Línguas estrangeiras, Língua materna, mate-
mática em termos curriculares.
– Construção e actualização da Homepage da escola.
– Actividades extracurriculares no âmbito dos clubes.

Formação
Os docentes envolvidos no projecto receberam formação por parte do Centro de Com-
petência Nónio no âmbito de Sistemas de Produção Multimédia, software de Tratamento de
Imagem, Internet, Processamento de Texto e Tratamento e Representação de Informação
Estatística.

Materiais produzidos
– Homepage da Escola
– Construção de uma base de imagens
– Materiais de apoio para as disciplinas de Português, Línguas Estrangeiras e Mate-
mática
– Textos para o Jornal Internacional “FixNet”
– Cd-Roms multimédia em diversas áreas curriculares

388
Projecto: “COMUNICAÇÃO COMO?”
Contactos da Escola sede
Endereço: Externato Zazzo
Quinta do Areeiro
2825 MONTE DA CAPARICA
Tel: 212 946 446 Fax: 212 946 447

Associada ao Centro de Competência Nónio: FENACERCI

Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Setúbal
Descrição do Projecto

Externato Zazzo
Este Projecto desenvolveu-se no Externato Zazzo – escola particular
de Ensino Especial, onde diariamente as questões de comunicação
são preocupação para os técnicos. Interagir com crianças e jovens
com graves problemas em consequência de grandes atrasos de de-
senvolvimento ou de deficiência nem sempre é tarefa fácil, pelo que a
escola recorreu às novas Tecnologias de Informação e Comunicação
como meios facilitadores da comunicação.
A implementação deste projecto teve e tem em vista promover a
comunicação e através desta o desenvolvimento global das crianças e
jovens que frequentam o Externato.
O Projecto teve 3 fases de desenvolvimento: na 1ª fase fez-se a
formação inicial das TIC aos vários técnicos envolvidos e iniciou-se a
aquisição de material; na 2ª fase os alunos foram motivados e inicia-
dos nas TIC e feitas algumas adaptações e adquiridas ajudas técni-
cas; na 3ª fase os técnicos concluíram a formação e acedeu-se à Internet.
Foi feita a exploração sistemática dos meios informáticos adquiri-
dos e os alunos passaram a dispor nos seus planos educativos e
programas educativos estes meios de TIC. Os técnicos passaram na-
turalmente a introduzir as TIC como esquemas de trabalho. Enfim
nasceu no Externato uma nova vida…graças a este Projecto Nónio XXI.
Nota – Sem este projecto o Externato teria muitas dificuldades na
implementação das Novas Tecnologias. Todo o projecto foi cumprido, e
as verbas estiveram quase sempre disponíveis a tempo. De início hou-
ve muito pouco apoio informático.

389
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
O projecto visou atingir 2 grupos de crianças/jovens com graves problemas motores
associados e também deficites cognitivos ou deficiência mental. Ambos os grupos apre-
sentam problemas de comunicação. As actividades foram desenvolvidas pela terapeuta da
fala e ocupacional e também pelos professores.

Algumas das actividades foram:


– Treinos de manipulação e controlo;
– Treinos de percepções e adaptação às TIC;
– Selecção de métodos e software específicos assim como de hardware;
– Introdução de sistema aumentativo de comunicação SPC (Símbolos Pictográficos
para a Comunicação);
– Introdução ao Programa Boardmaker;
– Envolvimento da equipa do Externato e família através de várias actividades e forma-
ção;
– Introdução ao Programa Speaking Dynamicalle;
– Elaboração de quadros e cartões de comunicação;
– Introdução de novos tabuleiros de comunicação;
– Utilização do SPS no Dial Scan, Switch Mate e digitalizador alfatalker.

Formação
Os professores técnicos e auxiliares frequentaram a 1ª formação de âmbito geral:
Windows, processamento de texto, folha de cálculo e outros programas para o início de
projectos como Internet e outros. Posteriormente foram feitas formações a nível de materi-
ais específicos pela Anditec.

Os técnicos frequentaram ainda acções de formação no Centro de Competência a que


estão associados e ainda no Centro de Competência da ESE de Setúbal.

Materiais produzidos
Para além dos materiais normais de texto, desenhos e folhas diversas de material para
utilização com os alunos, os materiais mais importantes produzidos foram os cadernos de
comunicação que são utilizados diariamente pelos alunos. Participação em algumas ac-
ções locais e divulgação das TIC.

390
Sumário

Vila Real

Escolas sede com ficha síntese do projecto


EB 1 n.º 1 de Salto
EB 2/3 Diogo Cão

391
392
Projecto: “NOVAS TECNOLOGIAS NO A.R.E.”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 1 n.º 1de Salto
R. Ferrreiro nº 3
5400-504 VENDA NOVA
Tel: 253 659 931 Fax: 253 659 930
Email: marques.r@netc.pt
Escolas associadas: EB1 nº 2 de Salto (Corva); EB1
Codeçoso; EB1 Reboreda; EB1 Pondras; EB1
Pereira; EB1 Bagulhão; EB1 Borralha; JI de Salto; EB1
Linharelhos; JI de Borralha; EB1 Tabuadela e EB 1 Caniçó
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho

Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc.

Vila Real
Descrição do Projecto

EB 1 n.º 1 de Salto
Contextualizado no âmbito do Projecto ARE (proposta comum de
trabalho educativo articulado em 3 freguesias – 1º Ciclo e Jardins de
Infância), esta iniciativa suportou-se na observação e avaliação das
realizações dos alunos, no ano lectivo 96/97, no Centro de Recursos.
As motivações surgidas e as expectativas criadas pelas aprendiza-
gens e processos autonómicos da construção de saber, foram a razão
de ser deste sub-projecto.
A iniciativa, inovadora neste contexto rural, tem servido adequada e
racionalmente todos os estabelecimentos envolvidos e agregado ain-
da outras colaborações. A metodologia partilhada, beneficiando direc-
tamente do acompanhamento do Centro de Competência e do Projec-
to Educativo comum – promotor da investigação-acção e da interligação
funcional de todos os intervenientes, possibilitou um aumento cres-
cente da oferta educativa orientada e articulada em torno das escola,
das suas áreas curriculares disciplinares e interdisciplinares, favore-
cendo o indívidual e colectivo das suas comunidades.

393
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Acréscimo, progressivamente orientado de aproximação às TIC;
– Apetrechamento de uma sala específica de informática;
– Funcionamento viabilizado pelo Projecto ARE e parcerias;
– Exploração conjunta (docentes e alunos) do sotware de base e educativo – garantia
de uma visita/ mês (como máximo);
– Participação em diferentes reuniões e apresentação do projecto (de coordenação,
de parceria, Netd@ys (97/2000), Challenges...);
– Informatização do secretariado do Projecto e documentação escolar;
– Aproveitamento dos conhecimentos informáticos para elevação das competências
dos alunos em docentes;
– Aproximação/exploração dos novos meios educativos com recurso às TIC.

Formação
Integrada no projecto e em articulação com o Centro de Formação concelhio que
abrangeu todos os docentes envolvidos (3 módulos de formação – 50 horas/ano);
Formação P.M.E. e outras (facultadas às parcerias);
Formação individual (acompanhada) dos docentes (pós-lectiva).

Materiais produzidos
– Publicações internas;
– Publicações locais (jornais, rádio...);
– Publicações regionais/nacionais (Challenges, Programa Nónio...);
– Produções dos docentes em formação (apresentação, textos, documentos de
trabaljo...);
– CD – Projecto ARE (coordenação);
– Produções dos alunos (textos, desenhos, gráficos...);
– Apresentações do Projecto (Power Point);
– Dossiers temáticos com trabalhos dos alunos;

394
Projecto:”JUDEUS, HISTÓRIA DE UMA PERSEGUIÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/ 3 Diogo Cão
Rua Manuel Cardona
5000-558 Vila Real
Tel: 259 302 470 Fax: 259 302 468
Email: escoladiogocao@hotmail.com

www.eb23-diogo-cao.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho


Financiamento atribuído: 4 200 000 Esc.

Vila Real
Descrição do Projecto

EB 2/3 Diogo Cão


Tratou-se de um projecto transdisciplinar que integrou o 8º e 9º
anos do ensino básico nas disciplinas de História, Português, Inglês,
Geografia, Matemática e Educação Visual. Os conteúdos a abordar
subordinam-se a um tema organizador : Os Judeus, História de uma
Perseguição.
As várias disciplinas trataram este tema nos seguintes contextos:
através de projectos de Área-Escola: pelo menos uma turma de cada
ano do 3º Ciclo trabalhou o tema ao longo do ano lectivo. Foi assim a
grande responsável pela recolha de informações nos seus vários re-
gistos (escrito, gráfico, vídeo, etc.), elaboração dos conteúdos e formu-
lação do modo como foram apresentados (cronologias, imagens, lo-
cuções, vídeo, texto, hipertexto, questionários, jogos, bibliografia e en-
dereços na Internet, etc.).
As disciplinas que participaram foram: Geografia que inclui nas
suas rubricas de 7º e 9º ano de escolaridade Migrações Forçadas os
judeus do século XIV, XVI e XX, a disciplina de Inglês fazendo tradução
e retroversão de textos, a disciplina de Matemática colaborou com os
conteúdos relacionados com estatística e construção de gráficos e
Educação Visual com a ilustração e construção gráfica das páginas
electrónicas a produzir.
Algumas disciplinas necessitaram de um envolvimento maior no
projecto porque o Programa leccionado tem uma relação mais estrei-
ta com o tema. Foi o caso da História que, no 8º ano de escolaridade o
aborda aquando da expulsão dos judeus da Península Ibérica e da
Inquisição e no 9º ano de escolaridade nas rubricas sobre o nazismo
e a 2ª Guerra Mundial. É também o caso do Português de 8º ano de
escolaridade que abordou o Édito de D. Manuel que expulsa os judeus
de Portugal e alguns textos da inquisição e, no 9º ano de escolaridade

395
que se propôs abordar o “Diário de Anne Frank” e alguns textos de Ilse Losa. Nestes
casos, o Projecto além de ser tratado na Área-Escola, foi-o também no âmbito disciplinar.
Livre acesso a um Centro de Recursos a criar: O Projecto pressupôs o livre acesso à
Biblioteca e Mediateca da Escola, nomeadamente para a consulta de livros, vídeos, slides,
etc. Em colaboração com a Gestão da Escola, contribuiu para a criação e dinamização de
um Centro de Recursos com o equipamento já existente e aquele que foi adquirido, nome-
adamente no âmbito deste projecto (computadores multimédia, Internet, scanner, Data
Show, etc.) e que serviu para investigação, construção e divulgação do trabalho realizado.
Ao longo do projecto foi feita a divulgação para professores e alunos dos vários subtemas
sob a forma de slide show.
Clube Nónio XXI: foi criado na Escola um clube específico do Projecto. O Clube integrou
um professor e alunos das turmas envolvidas e foi o “motor” e o coordenador de todo o
trabalho produzido, sendo o responsável pela fase mais elaborada de criação de material
informático, pela formação e apoio a prestar aos colegas na utilização do computador nas
suas várias aplicações, pelas apresentações em Data Show, pelo correio electrónico e
pela criação do CD ROM.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
Foram construídas bases de dados (texto, gráficos, imagens, etc.), cuja gestão foi feita
pelo Clube Nónio XXI que ficaram ao dispor do Centro de Recursos para divulgação na
Escola e que permitiram também a elaboração periódica de páginas a colocar na Internet.
O terceiro ano do Projecto foi dedicado à conclusão da pesquisa e à produção depáginas
web e de um CD-ROM. O projecto, forneceu a alunos e professores formação no âmbito
das TIC, criou e dinamizou o Centro de Recursos da Escola. Além disso, permitiu também
atenuar a diferença entre a escola formal e a “escola paralela”, na medida em que a
construção do conhecimento se fez “fora” dos muros da escola através da navegação na
Internet e da correspondência electrónica com escola nacionais e estrangeiras.
Pensamos ter contribuído para um tipo de ensino de projecto que favorece o desenvol-
vimento da autonomia, se centra no aluno e que facilitará o sucesso escolar e a aquisição
de valores de tolerância e respeito pelo outro. Depois do Projecto ter sido concluído a Sala
de Informática (entretanto criada) tem vindo a funcionar todos os dias da semana entre as
9 horas e as 17.00 horas sendo a afluência enorme, sobretudo por parte dos alunos que
aqui realizam trabalhos, consultam a Internet, o correio electrónico ou participam em Chat.
Tem funcionado um clube que ensina os alunos a produzir páginas de Internet e outro que
os introduz ao Windows e ao Office. No próximo ano lectivo funcionará uma oficina pedagó-
gica para professores para receberem formação na área das TIC.

Formação
Transmitida pelo Coordenador a colegas e alunos no âmbito do funcionamento de
algum do material informático adquirido (scanner, Video-projector, etc) e de utilização de
programas do Office, tratamento de imagem e produção de páginas de Internet.

Materiais produzidos
Diaporamas; páginas de Internet; CD ROM.

396
Sumário

Viseu
Escolas sede com ficha síntese do projecto
EB 2/3 de Carregal do Sal
EB 2/3 de Castro Daire
EB 2/3 de Tondela
EB 2/3 Gomes Teixeira
EB 2/3 com Sec. de Penalva do Castelo
EB 2/3 com Sec. do Eng.º Dionísio Augusto Cunha
ES com 3.º ciclo de Tondela

Escolas sede sem ficha síntese do projecto (por não ter sido enviada)
Escola sede: EB 2/3 de Mundão

397
398
Projecto: “ESCOLA SÉCULO XXI”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Carregal do Sal
Variante Sul da Vila
3430 CARREAGAL DO SAL
Tel: 232 960 150 Fax: 232 960 157
E-mail:escarregalsal@mail.telepac.pt
www.rede-nonio.min-edu.pt/prep/carregal

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Viseu


Financiamento atribuído: 6 096 000 Esc.

Viseu
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Carregal do Sal


O Projecto visou essencialmente, dotar a comunidade escolar, de
formação nas área das TIC, vertente essencial para uma boa formação
do seu corpo discente, encaminhando por essa via os seus elementos
na sociedade da informação, visando ainda, através da mobilidade do
seu corpo docente transmitir esses conhecimentos indispensáveis nos
dias de hoje para um melhor desempenho da classe docente. Teve por
base, não só formar professores nas áreas de interesse do projecto,
mas também alterar práticas lectivas tradicionais, levando-os a
implementar na sala e em contexto de aula, o recurso às novas
tecnologias e sociedade de informação.
Na concretização do Projecto, foram disponibilizados os recursos
da sala de informática, que actualmente dispõe de um total de 15 com-
putadores em rede e ligação à Internet, com uma qualidade de serviço,
bastante acima da média.
O Projecto cumpriu a seguinte planificação:
1º Ano: Formação e implementação na sala de aula.
2º Ano: Formação e aplicação na sala de aula.
3º Ano: No último ano do projecto, a dinâmica do mesmo, teve por
base, alargar o âmbito do projecto a todos os alunos e professores da
escola. Os resultados obtidos foram incluídos nos programas discipli-
nares e nas práticas lectivas.
Paralelamente e solidariamente ao desenvolvimento do projecto
Nónio, foram realizados 4 sub-projectos mais específicos.
A Escola Digital, que visou promover a utilização das TIC em situa-
ção real de aula e incutir no aluno, o gosto efectivo pelas TIC no seu
processo educativo. Este foi concretizado, em salas de aula virtual -
multidisciplinar, biblioteca virtual, jornal da escola, chat’s com profes-
sores e alunos, direcção de turma virtual e serviço de E-mail.
Sala de Informática para Alunos e Professores, que forneceu ferra-
mentas para conceptualizar, organizar e desenvolver a construção de

399
projectos de Área- Escola, ocupar alunos em situação de horas livres e forneceu formação
específica nas TIC. Utilizou os recursos da Web, processadores de texto, programas de
desenho e programas de entretenimento.
Clubes de Informática, que contribuiu e continua a contribuir, para veicular conheci-
mentos básicos ao nível de utilizador, utilização de TICs e iniciação ao uso da telemática e
Internet como recurso educativo.
Apoio a alunos com NEE’S, visou e visa actualmente, dotar esses alunos, com capaci-
dades básicas de raciocínio e pensamento lógico, necessárias ao seu salutar desenvol-
vimento.

Balanço - Efeitos do Projecto


Actividades
A escola protagonizou as seguintes acções, em articulação com o projecto Educativo
da Escola:
Clubes de Informática que envolveram docentes das várias disciplinas.
As actividades realizadas pelos alunos no âmbito dos clubes foram as seguintes:
aulas com recurso a material multimédia e à Internet; consulta e pesquisa de dados;
selecção e análise; organização e gestão de informação; produção e edição de informa-
ção; animação e ocupação dos tempos livres; intercâmbio com outra escolas e institui-
ções.
Em termos gerais, o projecto deu uma mais valia, bastante significativa, não só na
melhoria dos conhecimentos de caracter geral dos discentes nas TIC, mas também na
melhoria dos conhecimentos de todo o seu corpo docente, quer directa quer indirecta-
mente, pelos conhecimentos transmitidos por aqueles formados nas TIC. Actualmente, a
escola dispõe de um largo espectro de utilização das TIC, nas suas actividades, benefici-
ando ainda de equipamento material (hardware e software), garante de continuidade, de
uma nova dinâmica induzida do projecto em questão, que em muito contribui actualmente,
não só para uma formação mais especializada, mas também para uma melhoria notória,
dos serviços prestados a toda a comunidade escolar.
No aspecto do clube de astronomia, a escola tem em funcionamento 2 turmas, repar-
tidas por 2 professores. Além da exploração teórica, os alunos participam, desenvolvendo
trabalhos de observação do espaço fazendo uso do telescópio. fazem ainda com recurso
à sala de informática, pesquisa na Internet sobre os assuntos em questão. Usam progra-
mas de localização de astros, para posteriormente fotografarem planetas do sistema
solar e estrelas próximas, etc.
Formação
A escola participou nas seguintes acções, promovidas pelo Centro de Competêmcia:
– 10 professores em hetero-formação -75 horas, em 18 sessões de trabalho inseridas
no tema software educativo e Internet.
– Uma acção sobre o tema Integração curricular das TIC com a duração de 5 horas
para 5 professores.
– Uma acção sobre o tema Sistemas de Produção multimédia com a duração de 50
horas para 1 professor;
– Uma acção sobre o tema Internet (Produção de Home Pages) com a duração de 25
horas para 3 professores;
Materiais produzidos
Os trabalhos desenvolvidos nos clubes (informação variada resultante de pesquisa
na Internet e posterior tratamento) foram transmitidos e expostos à comunidade escolar.

400
Projecto: “AS TIC NA ESCOLA EB 2/3 DE CASTRO DAIRE”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Castro Daire
Estrada Nacional Nº 2
3600 CASTRO DAIRE
Tel: 232 382 201 Fax: 232 382 995
E-mail: info@eb23-castrodaire.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Viseu


Financiamento atribuído: 3 055 940 Esc.

Viseu
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Castro Daire


O Projecto Nónio colaborou nas Acções de Formação destinadas a
todos os professores dos vários graus de ensino, funcionários adminis-
trativos e auxiliares de educação.
Junto de todos os alunos da escola promoveu diversas actividades,
nomeadamente com o Clube de Informática, com o apoio às salas de
Informática, com o Jornal da Escola e nas componentes da Área Escola.
Este projecto contemplou também uma acção de formação com a
duração de um dia, orientada por um professor formando e destinado a
todo o pessoal docente.
Prestou apoio e orientação aos alunos nos diversos trabalhos de
investigação e exploração, nomeadamente nos programas Word, Paint
e no campo da Internet.

401
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Acções de Formação desenvolvidas pelo Centro FORDOC :
– A Internet ao serviço da actividade docente – 25 horas (duas turmas);
– O Computador, um instrumento educativo – 50 horas;
– Manutenção de equipamentos informáticos – 50 horas;
– Iniciação à utilização da Internet para oficiais administrativos e auxiliares de educa-
ção – 25 horas.

Outras actividades:
– Clube de Informática/alunos do 2º Ciclo;
– Apoio às salas de Informática/alunos do 2º e 3º Ciclo;
– Jornal da Escola;
– Área-Escola.

Formação
– Docentes de todos os níveis de ensino;
– Pessoal administrativo e auxiliares de acção educativa;
– Todos os alunos da Escola.

Materiais produzidos
Elaboração de trabalhos registados em disquetes, CD-ROM e impressos:
– Trabalhos da Área-Escola;
– Trabalhos para exposições nas diversas disciplinas;
– Cartazes alusivos a datas comemorativas;
– Jornal da Escola;
– Planificação das várias viagens de estudo;
– Pesquisa e recolha de dados na Internet;
– Exploração multimédia;
– Diversão com jogos educativos;
– Trabalhos elaborados por professores estagiários.

402
Projecto: “FORMAR, INFORMANDO – ESCOLA, REGIÃO, UNIVERSO...”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 de Tondela
R. Dr. Amadeu Ferraz de Carvalho
3 460 TONDELA
Tel: 232 819 050 Fax: 232 823 001
E-mail: esc.tondela@mail.telepac.pt

www.eb23-tondela.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Viseu


Financiamento atribuído: 3 232 000 Esc.

Viseu
Descrição do Projecto

EB 2/3 de Tondela
O projecto nasceu com o objectivo de colocar à disposição de todos
informação relevante sobre o concelho proporcionando um melhor co-
nhecimento do meio, quer fora, quer dentro da Escola. Havia como
principais intenções: criar uma homepage e editar um CD; dinamizar a
Escola na busca e actualização de informação; criar uma equipa, de
alunos e professores, responsável pela página; mobilizar esforços, re-
cursos e actividades a desenvolver no sentido de uma articulação con-
junta dos elementos da comunidade com vista a um objectivo comum.
Os princípios pedagógicos que nortearam este projecto foram os
seguintes: conhecimento e compreensão do meio económico-social e
ambiental da região onde nos encontramos inseridos; desenvolvimen-
to das capacidades de análise e síntese; desenvolvimento de compe-
tências e adopção de atitudes valorativas ao nível do utilizador das TIC
quer ao nível docente quer discente, bem como, demonstrar ao meio
envolvente as potencialidades destes novos meios de comunicação;
maior flexibilidade do currículo tendo em conta a adequação ao meio
em que a Escola se insere.
Ainda que a página da Internet ou a edição do CD-ROM, tenha sido
apenas a face visível, o produto final pretendido, o valor acrescentado
que este projecto pretendia trazer à Escola seria a mobilização de gran-
de parte dos elementos da comunidade no sentido de contribuir para a
concretização do projecto congregando a prática lectiva e não lectiva.
Este projecto estava faseado em três momentos: 1º ano -
implementação do projecto na escola; 2ºano - envolvimento da comuni-
dade; 3º ano – Divulgação/actualização. Para o desenvolvimento e
implementação do projecto foi criada uma equipa formada por 3 profes-
sores e 2 funcionários (da Biblioteca), alargada a todos os alunos que
pretendiam colaborar (cerca de 20 alunos em média, ao longo de cada
um dos 3 anos). Tal como previsto no orçamento atribuído ao projecto,
foi adquirido algum material (9 computadores ligados em rede, 3 im-
pressoras, câmara fotográfica digital, entre outros).

403
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Ao longo dos três anos foram sendo realizadas várias actividades, que assumindo moda-
lidades diferentes (sessões de trabalho em pequeno e grande grupo; apoio individual,
sessões para divulgação e exploração de materiais) tinham como intenção sensibilizar e
formar os futuros utilizadores das TIC.
Ao mesmo tempo, a equipa de professores responsável pelo projecto, além de dar
apoio aos colegas, sempre que o solicitavam, na utilização do equipamento informático
em contexto de sala de aula, organizaram o “Clube Nónio” com vista à formação de uma
equipa de alunos, potenciais utilizadores e colaboradores na dinamização e concretização
do projecto.
No âmbito do trabalho desenvolvido foram surgindo algumas actividades da respon-
sabilidade de pequenas equipas que pretendiam realizar alguns projectos, nomeada-
mente:
– A participação de uma equipa de alunos e professores no concurso Hannover 2000,
para o qual foi elaborada uma página relativa ao tema ambiente, incidindo sobre a
recolha e tratamento dos resíduos sólidos urbanos do concelho;
– Elaboração de guiões para visitas de estudo, recorrendo à pesquisa na Internet;
– Elaboração de trabalhos de pesquisa sobre autores de língua oficial portuguesa;
– Realização de “Netpaper”- pesquisa e organização de sites relativos a temas espe-
cíficos;
– Realização da “Caça ao Tesouro” no âmbito da Semana da Matemática;
– Criação de email’s de alunos;
– Realização de várias campanhas de sensibilização através da construção de ima-
gens e texto inseridas no ambiente de trabalho do computador.
Em termos de balanço pôde-se verificar uma maior utilização dos meios informáticos
pelos alunos na realização de diferentes tipo de trabalho, visto considerarem que permi-
tiam um maior acesso à informação, dando a possibilidade de uma melhor apresentação
gráfica dos mesmos. Assim, verificou-se um aumento gradual e significativo dos compu-
tadores, que, durante as horas de funcionamento da escola, estavam permanentemente
a ser utilizados traduzindo-se numa percentagem de utilização diária de cerca de 90%.
Os professores, ainda que em menor número e grau de utilização, passaram a utilizar
com mais frequência este tipo de recursos, verificando-se uma maior utilização em con-
texto de sala, com maior incidência na concretização dos projectos de área-escola.
Há também a salientar a elaboração e actualização da página da escola na Internet
que foi resultando de um trabalho, inicialmente de um grupo restrito, que se foi alargando,
integrando alguns trabalhos de um maior número de colaboradores. No que se refere à
edição do CD-Rom inicialmente projectado, não se concretizou por se considerar que a
informação recolhida e apresentação gráfica não tinham a qualidade necessária.

Formação
– Aplicações Pedagógicas de Recursos Educativos;
– Utilização de processadores de texto (Word);
– Utilização de ferramentas para apresentação de informação (Powerpoint);
– Utilização da Internet como fonte de pesquisa , comunicação e divulgação de infor-
mação;
– Exploração de CD-Rom em contexto educativo.

Materiais produzidos
– Página da escola (http://www.eb23-tondela.rcts.pt)

404
Projecto: “RAÍZES - ARMAMAR NO LIMIAR DO SÉCULO XXI”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 Gomes Teixeira
Bairro de Sta Bárbara
5110-123 ARMAMAR
Tel: 254.855.290 Fax: 254.851.473
Email: info@eb23-armamar.rcts.pt

Escolas associadas: EB1de Armamar; EB1 de


Aldeias e EB1de Fontelo

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Viseu


Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc.

Viseu
Descrição do Projecto

EB 2/3 Gomes Teixeira


A par da formação e das actividades, desenvolvidas nas aulas
curriculares e de apoio educativo, na exploração das potencialidades
técnico-pedagógicas de alguns programas, na ocupação dos tempos
livres, tomaram especial relevância o Clube de Informática, os projectos
de trabalho da Área-Escola, o intercâmbio, a elaboração de material
para o Jornal das Escolas do Concelho de Armamar, “RAÍZES”, e a
recolha de material para a constituição de um pequeno Banco de Da-
dos sobre o Concelho de Armamar.
Apresentou como objectivos: Ajudar os alunos a consciencializarem-
se da sua própria identidade cultural e linguística; Desenvolver nos alu-
nos a curiosidade, o espírito crítico e o gosto pela construção do seu
próprio saber; Desenvolver o espírito de iniciativa, de organização e
solidariedade; Proporcionar a docentes e discentes uma formação ade-
quada para a correcta utilização das TIC nos seus aspectos técnico e
pedagógico; Contribuir para a socialização e desenvolvimento
psicomotor e intelectual dos alunos do Ensino Especial; Incentivar a
utilização dos meios informáticos nas aulas curriculares, em activida-
des de apoio pedagógico acrescido, interdisciplinares e
extracurriculares; Contribuir para uma melhor integração dos alunos do
1º Ciclo na Escola Básica 2/3; Apoiar os alunos na busca de informação,
na realização de trabalhos individuais e colectivos, na troca de informa-
ção e experiências com alunos de outras escolas.
Pretendia ainda proporcionar formação básica: processador de tex-
to (Word 97)); Digitalizador de imagem; Editor de imagem; Folha de
cálculo (Excel 97).

405
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Numa Escola com as características de isolamento como a nossa, a concretização do
presente projecto pôde ser um primeiro passo decisivo para a mudança de atitudes preco-
nizada na Reforma Educativa. Os alunos foram, indubitavelmente, agentes neste processo.
A par da formação e das actividades, desenvolvidas nas aulas curriculares e de apoio
educativo, na exploração das potencialidades técnico-pedagógicas de alguns programas,
na ocupação dos tempos livres, tomaram especial relevância o Clube de Informática, os
projectos de trabalho da Área-Escola, o intercâmbio com as Escolas do 1.º Ciclo de Aldeias,
Armamar e Fontelo, a Semana dos Media, a elaboração de material para o Jornal Escolar,
“RAÍZES”, e a recolha de material para a constituição de um pequeno Banco de Dados sobre
o Concelho de Armamar, para além do apoio prestado ao Ensino Especial.
Deste modo, o Projecto Nónio Século XXI foi sem dúvida o catalisador dum grande
número de actividades curriculares e extracurriculares;
– Através do jornal “Raízes”, reflexo da vitalidade da Escola, permitiu que tomassem
sentido uma série de tarefas desenvolvidas no âmbito disciplinar, da Área-Escola,
dos Clubes e de outros Projectos desenvolvidos em colaboração estreita com este;
– Proporcionou a alunos, e professores, uma formação adequada para uma correcta
utilização das TIC, nos seus aspectos técnico e pedagógico, dando-lhes apoio sem-
pre que solicitada, tanto na concretização de aulas como em actividades de apoio
pedagógico, ou outras;
– Permitiu que as crianças com necessidades educativas especiais (NEE) que fre-
quentaram esta escola aderissem com grande entusiasmo a esta experiência que
visava essencialmente familiarizá-las com o computador e permitir que se inicias-
sem na sua exploração apercebendo-se aos poucos das suas potencialidades;
– Procedeu à troca de informação com as Escolas do 1.º Ciclo envolvidas no referido
projecto daqui resultando vários textos publicados no “Raízes”, tendo promovido ain-
da a visita dos alunos do 4.º Ano daquelas Escolas à EB 2/3;
– Procedeu à criação da Página da EB 2/3 com informações variadas sobre o concelho
e as actividades da Escola e incentivou a boa utilização da Internet;
– Coordenou a execução de projectos de trabalho da Área-Escola no 3.º Ciclo, com vista
à constituição de um banco de dados simples sobre o concelho de Armamar. Para
isso propôs a recolha de material sobre a história do concelho.

Formação
– “Introdução à utilização do computador (50h)”
– “Utilização da Telemática e da Internet na Educação” (25h)
– “Página da Escola” (FrontPage)
– “A Internet na Escola”
– “Utilização de software educativo”
– “Ensinar /Aprender com as Novas Tecnologias”
Materiais produzidos
– Jornal Escolar – “Raízes”
– CD-ROM Interactivo - “Raízes- Armamar no limiar do século XXI” (em parceria com a
Câmara Municipal de Armamar)

406
Projecto: “PREPARANDO A ENTRADA DA ESCOLA NO SÉCULO XXI”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 com Sec. de Penalva do Castelo
Rua da Escola
3550-141 PENALVA DO CASTELO
Tel: 232 642 448 Fax: 232 642 577
E-mail: info@eps-penalva-castelo.rcts.pt

www.eps-penalva-castelo.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Viseu


Financiamento atribuído: 3 500 000 Esc.

Viseu
Descrição do Projecto

EB 2/3 com Sec.


de Penalva do Castelo
O Projecto consistiu essencialmente na criação de duas salas de-
vidamente equipadas e preparadas, informaticamente, para dar apoio
às actividades educativas em contexto disciplinar e transdisciplinar, de
apoio educativo acrescido, de clube (de Informática, de Música e de
Jornalismo) e de Área-Escola.
Para a melhor consecução possível do Projecto, estabeleceu-se
como prioridade a formação, na área das TIC, de um grupo alargado e
abrangente de docentes, em termos de áreas disciplinares.
O apoio e a orientação de alunos na Biblioteca / Mediateca, princi-
palmente na utilização da Internet como ferramenta educativa.

407
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Dotação da Escola com dois espaços devidamente preparados para dar apoio à execu-
ção de actividades com recurso às TIC, nos vários contextos referidos;
– Alunos e professores mais sensibilizados e motivados para a utilização das TIC como
ferramenta educativa privilegiada e indispensável nos nossos dias;
– Maior dinamismo da Biblioteca / Mediateca, por efeito da utilização das TIC.

Formação
– Açção de formação sobre “Introdução à Utilização do Computador” (50 horas), que abran-
geu um grupo inicial de 12 professores da Escola, proporcionada pelo Centro de Compe-
tência Nónio;
– Açção de formação sobre “Utilização de software educativo no contexto sala de aula”,
destinada a docentes da área das ciências exactas (Matemática, Biologia, Físico-Quími-
ca e Ciências Naturais), ministrada na Escola por uma docente do Centro de Competên-
cia Nónio.

Materiais produzidos
– “Homepage” da Escola;
– Colaboração na produção da versão em papel do jornal da Escola - “Pena Jovem” (3
números por ano lectivo) e concepção da respectiva versão on-line, alojada na “homepage”
da Escola;
– Base de dados informatizada dos Laboratórios de Biologia, de Física e de Química;
– Apoio gráfico na produção de dois cd’s de música original, no âmbito das actividades do
Clube da Música.

408
Projecto: “APLICAÇÃO DAS TIC EM EDUCAÇÃO”
Contactos da Escola sede
Endereço: EB 2/3 com Sec. Eng.º Dionísio
Augusto Cunha
R. Dr. Eduardo Maria dos Santos
3525 CANAS DE SENHORIM
Tel: 232 671 239/840 Fax: 232 671 840
Email: info@ecs-eng-d-augusto-cunha.rcts.pt

www.ecs-eng-d-augusto-cunha.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. Ciências e Tec. da Univ. de Coimbra


Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc.

Viseu
Descrição do Projecto
O Projecto teve como finalidades estimular os alunos para as no-

Eng.º Dionísio Augusto Cunha


EB 2/3 com Sec. do
vas tecnologias da comunicação, melhorar a qualidade do ensino, au-
mentar o sucesso educativo e contribuir para a familiarização dos do-
centes com as novas tecnologias.
O Projecto proporcionou a alunos e docentes um conjunto de mei-
os informáticos com livre acesso e permitiu a consulta de informação,
elaboração de software educativo no âmbito das áreas/disciplinas
leccionadas na escola.

409
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
– Consulta e pesquisa de dados;
– Selecção e análise;
– Organização e gestão de informação;
– Produção e edição de informação;
– Animação e ocupação dos tempos livres.

Formação
NÚMERO DURAÇÃO NÚMERO ENTIDADE
ÁREAS DE ACÇÕES (HORAS) DE PROF'S PROMOTORA

EB 2,3/S
Process. Texto 3 125 75 CEPAE
Folha cáculo 2 100 50 "
Internet 3 50 60 "
Internet
(prod. Pag.) 1 50 25 "
Acess 2 100 30 "

Materiais produzidos
– Quiosque multimédia em CD – Aplicação desenvolvida em VBasic e base de dados
de suporte à aplicação que contém informações sobre a escola (organização, áreas
de estudo, funcionamento e horários, clubes, trabalhos realizados, actividades, etc.) e
o meio envolvente (património histórico-cultural; eventos culturais e desportivos; co-
mércio; indústria; associações; infra-estruturas, etc.);

– Jornal escolar “O Mocho”.

410
Projecto: “CENTRO DE RECURSOS NET@”
Contactos da Escola sede
Endereço: ES c/3º ciclo de Tondela
Rua Amadeu Ferraz de Carvalho
3460-521 TONDELA
Tel: 232 814 140 Fax: 232 814 149
E-mail: info@esec-tondela.rcts.pt

www.esec-tondela.rcts.pt

Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Viseu


Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc.

Viseu
Descrição do Projecto

ES com 3.º ciclo de Tondela


O projecto consistiu em equipar uma sala anexa à Biblioteca com
recursos informáticos, privilegiando o acesso à Internet. No Centro de
Recursos é possível alunos e professores acederem a computadores
para a realização de trabalhos académicos, para ocupação dos tem-
pos livres, em situação de aula e outras actividades curriculares ou
extracurriculares.
O projecto previa ainda formação a alunos e professores e sessões
de divulgação/sensibilização para a utilização da Internet.

411
Balanço - Efeitos do Projecto
Actividades
Com o livre acesso à Internet e aos restantes recursos do centro, alargaram-se subs-
tancialmente as competências da comunidade escolar na utilização dos recursos
informáticos, principalmente da Internet;
– Realização de aulas no centro de recursos;
– Utilização do centro de recursos em projectos diversos, nomeadamente de Área
Escola;
– Participação pontual em actividades divulgadas pela Internet, como concursos;
– Manutenção da página Web da escola;
– Edição de um boletim em papel e na página Web elaborado por alunos no âmbito da
Área Escola (1999/2000).

Formação
– Iniciação à Internet, 44 professores, 3 horas, 1997/1998;
– Microsoft FrontPage98, professores da equipa Nónio+2, 3 horas, 1998/1999;
– Potencialidades educativas da Internet, 12 professores, 3 horas, 1998/99;
– Iniciação à Internet, 15 turmas do 3º ciclo EB, 1998/1999;
– Pesquisa na Internet, 13 turmas, 1999/2000.

Materiais produzidos
– Página Web, em http://www.esec-tondela.rcts.pt;
– Boletins periódicos.

412
Sumário

LISTAGEM DE PROJECTOS DE ESCOLA


NÃO ENVIADOS PARA PUBLICAÇÃO

413
414
Listagem por distrito de projectos de escola não enviados para publicação

Braga
Projecto: “À ESCOLA MEXE...A ESCOLA INTERVÉM
Escola sede: EB 2/3 Frei Caetano Brandão
Associada ao Centro de Competência Nónio: Universidade do Minho
Financiamento atribuído: 3 800 000 Esc.

Castelo
Branco
Projecto: “À DESCOBERTA DA RIBEIRA DA MEIMOA”
Escola sede: ES com 3º ciclo do Fundão
Associada ao Centro de Competência Nónio: Softciências
Financiamento atribuído: 4 104 000 Esc.

Coimbra
Projecto: “JANELA XXI”
Escola sede: EB 2/3 de Condeixa-a-Nova n.º 2
Associada ao Centro de Competência Nónio: Softciências
Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc

Leiria
Projecto: “O NÓNIO NA ESCOLA”
Escola sede: EB 2/3 Rainha Santa Isabel – Carreira – Monte Real
Associada ao Centro de Competência Nónio: Softciências e Esc. Sup. Biotecnologia –
Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc

Lisboa
Projecto: “DE PEQUENINO…”
Escola sede: Associação de Escolas 31 de Janeiro - Parede
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 3 035 845 Esc

Projecto: “NTI NA ESCOLA”


Escola sede: Colégio de Dona Luísa Sigea
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc

415
Projecto: “INFORMÁTICA PELA IGUALDADE”
Escola sede: EB 1 com J.I. n.º 1 de Algés
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc

Projecto: “O MUNDO QUE SOMOS: CIDADÃO DE HOJE - CIDADÃO DE AMANHÔ


Escola sede: EB 1 de Outurela e Portela – Outurela - Carnaxide
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 2 750 000 Esc

Projecto: “A CRIANÇA NO MUNDO DA INFORMÁTICA”


Escola sede: EB 1 de S. João do Estoril
Escolas associadas: Esc. Técnica e Liceal Salesiana de St.º António e Ext. Florinda Leal
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc

Projecto: “APRENDER E COMUNICAR”


Escola sede: EB 1 n.º 1 de Casal de Cambra
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc

Projecto: “FUNCIONAMENTO DA SALA MEDIATECA”


Escola sede: EB 1 n.º 1 de Queluz
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 4 475 000 Esc

Projecto: “TÃO LONGE,TÃO PERTO”


Escola sede: EB 1 n.º 2 de Mem Martins
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 2 000 000 Esc

Projecto: “O COMPUTADOR NA ESCOLA”


Escola sede: EB 1 n.º 2 de Oeiras
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 2 500 000 Esc

Projecto: “CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS”


Escola sede: EB 1 n.º 4 de Agualva - Cacém
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 5 500 000 Esc

416
Projecto: “CLUBE SABÓIA - PESQUISA, ESTUDO E DIVULGAÇÃO DO PATRIMÓNIO
ATRAVÉS DA INFORMÁTICA”
Escola sede: EB 2 João de Deus - Monte Estoril
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 3 000 000 Esc

Projecto: “A INTERNET NA ESCOLA, A ESCOLA NA INTERNET”


Escola sede: EB 2/3 da Galiza – S. João do Estoril
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 3 000 000 Esc

Projecto: “CONSTRUÇÃO DE HOMEPAGE”


Escola sede: EB 2/3 de Albarraque – Rio de Mouro
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 2 000 000 Esc

Projecto: “UMA ESCOLA PARA O FUTURO: DO VIRTUAL AO REAL”


Escola sede: EB 2/3 de Almeida Garret - Alfragide
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc

Projecto: “NÓNIO EM PESSOA”


Escola sede: EB 2/3 de Fernando Pessoa – Olivais Sul
Associada ao Centro de Competência Nónio: Fac. de Ciências da Univ. de Lisboa
Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc

Projecto: “CIBERINFANTES: UMA ESCOLA SEM FRONTEIRAS”


Escola sede: EB 2/3 de Ferreira de Castro – Mem Martins
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc

Projecto: “NAVEGAR NA SALA DE ESTUDO”


Escola sede: EB 2/3 do Dr. Rui Grácio - Montelavar
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 2 800 000 Esc

Projecto: “ÁGORA 2000”


Escola sede: EB 2/3 do Padre António Alberto Neto – Rio de Mouro
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 4 214 000 Esc

417
Projecto: “GERIR RECURSOS, GERAR OPORTUNIDADES”
Escola sede: EB 2/3 Dr. Vasco Moniz – Vila Franca de Xira
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc

Projecto: “CLUBE DE PROFISSÕES”


Escola sede: ES com 3º ciclo da Rainha D. Amélia - Lisboa
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 2 100 000 Esc

Projecto: “RUMO AO SUCESSO”


Escola sede: ES com 3º ciclo de Ferreira Borges - Lisboa
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 3 000 000 Esc

Projecto: “TELED - GAMA BARROS”


Escola sede: ES com 3º ciclo de Gama Barros - Cacém
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 9 100 000 Esc

Projecto: “UMA ESCOLA NA ALDEIA GLOBAL”


Escola sede: ES com 3º ciclo de Ibn Mucana - Alcabideche
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 2 500 000 Esc

Projecto: “EDUCAÇÃO PARA O SÉCULO XXI - UMA ESCOLA DE TODOS PARA TODOS”
Escola sede: ES com 3º ciclo de Linda-a-Velha
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc

Projecto: “IMAGENS EM TRÂNSITO”


Escola sede: ES com 3º ciclo do Marquês de Pombal - Lisboa
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 2 104 000 Esc

Projecto: “A ESCOLA SECUNDÁRIA FERNANDO LOPES GRAÇA PRA LÁ DO ANO 2000”


Escola sede: ES com 3º ciclo Fernando Lopes Graça - Parede
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 7 000 000 Esc

418
Projecto: “DINAMIZAÇÃO DE SALA MULTIMÉDIA”
Escola sede: ES com 3º ciclo Frei Gonçalo de Azevedo – S. Domingos de Rana
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 4 500 000 Esc

Projecto: “A MEDIATECA NOS CAMINHOS DA MULTIMEDIA”


Escola sede: ES de Mem Martins
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 3 500 000 Esc

Projecto: “AS TIC NA EDUCAÇÃO ESPECIAL”


Escola sede: Externato “O Veleiro” - Lisboa
Associada ao Centro de Competência Nónio: Malha Atlântica
Financiamento atribuído: 5 000 000 Esc

Setúbal
Projecto: “UMA VIAGEM DE SONHO”
Escola sede: EB 1 n.º 1 de Santo André – Vila Nova de Santo André
Escola associadas: EB 1 de Costa de St.º André; EB 1 de Cruz de João Mendes; EB 1
de S. Francisco da Serra; EB 1 de Aldeia dos Chãos; J.I. de Deixa-o-Resto e J.I. de
Aldeia dos Chãos
Associada ao Centro de Competência Nónio: CAP Alda Guerreiro
Financiamento atribuído: 4 000 000 Esc

Viseu
Projecto: “ALFABETIZAÇÃO EM TIC”
Escola sede: EB 2/3 de Mundão
Associada ao Centro de Competência Nónio: ESE de Viseu
Financiamento atribuído: 6 000 000 Esc

419
420