Você está na página 1de 8

Licenciatura em Geologia Aplicada e do Ambiente - 2004/2005

INTRODUÇÃO À MECÂNICA DAS ROCHAS


Fernando M. S. F. Marques *

Aula teórica 3

* Departamento de Geologia, Faculdade de Ciências de Lisboa

IMPORTÂNCIA DO CONTEXTO GEOLÓGICO

- Estrutura geológica

- Identificação dos tipos litológicos presentes, salientando camadas menos resistentes,


rochas com alteração/degradação muito rápida e juntas de estratificação que
constituem descontinuidade mecânica

- Alteração do material rocha e sua distribuição espacial

- Estado de tensão in situ

- História geológica incluindo antigos estados de tensão

- Singularidades: filões, falhas, dobras, cavidades cársicas, paleovales preenchidos


por sedimentos ou escoadas de rochas vulcânicas

- Descontinuidades: estratificação, fracturas, foliação, xistosidade e clivagem xistenta

- Fluidos intersticiais e fluxo subterrâneo

- Influência do factor tempo

1
Ribeira de Ilhas – Cretá
Cretácico, Aptiano inferior

Falhas

Filões isolados

Filões em falhas

Planos axiais

120m

Dobras

Definição geométrica de dobras: flancos, tipo de charneira, plano axial (Formação da Brejeira, Carbónico -
Torre de Aspa, Aljezur)

2
Vista de terreno do mesmo local após deslizamento planar de grande bloco de rocha.
Definição geométrica de dobras: flancos, tipo de charneira e plano axial (Formação da Brejeira, Carbónico
- Torre de Aspa, Aljezur)

So

Fragmentação segundo duas famílias de descontinuidades de bloco deslizado ao longo da estratificação


(So) (Formação da Brejeira, Namuriano médio-Vestefaliano inferior; 1km a NNW de Arrifana)

3
Famí
Família de
Família de descontinuidades
descontinuidades (fracturas)
(fracturas)

Abertura
Abertura de
de fractura
fractura

Estratificaç
Estratificação
Clivagem xistenta

Plano
Plano de
de estratificaç
estratificação liso
estratificação liso

Degradaçção rá ápida dos


So
Degrada
Degradação rrápida dos xistos
xistos com
com
os
os ciclos
ciclos de
de secagem-
secagem -molhagem
secagem-molhagem
Lineação
Lineação dede intersecção
intersecção dada
estratificação
estratificação com
com aa clivagem
clivagem xistenta
xistenta

Maciç
Maciço graní
granítico com fracturas muito afastadas
Fracturas com grande continuidade,
encurvadas

Yosemite National Park, California Queda de blocos resultante de uma cunha de


(Gerald F. Wieczorek and James B. Snyder, rocha formada por intersecç
intersecção de
USGS Open File Report 03-491, 2004) descontinuidades

4
Fontes de informaç
informação sobre Mecânica das Rochas

International Society for Rock Mechanics (ISRM)–


(ISRM)– Sede no LNEC

http://www-
http://www-ext.lnec.pt/ISRM/ ISRM
http://www.usace.army.mil/ United States Army Corps of Engineers
http://www.armarocks.org/ American Rock Mechanics Association
http://www.rocscience.com/hoek/Hoek.asp Página de Evert Hoek com manual (Hoek
(Hoek,, 2000)

IAEG – International Association for Engineering Geology and the Environment:


Environment:
http://www-
http://www-cgi.ensmp.fr/iaeg
ICOLD – International Commission on Large Dams: http://www.icold-
http://www.icold-cigb.org
IGS – International Geosynthetics Society: www.geosyntheticssociety.org
ISSMGE – International Society of Soil Mechanics and Geotechnical Engineering:
Engineering:
http://www.issmge.org
http://www.issmge.org
ITA – International Tunnelling Association: http://www.ita
http://www.ita--aites.org
IUGS – International Union of Geological Sciences: http://www.iugs.org
http://www.iugs.org
SPE – Society of Petroleum Engineers: http://www.spe.org
http://www.spe.org

Fontes de informaç
informação sobre Mecânica das Rochas

Revistas:
International Journal of Rock Mechanics and Mining Sciences – Elsevier,
Elsevier, editado pela ISRM
Rock Mechanics and Rock Engineering – Springer-
Springer-Verlag

Canadian Geotechnical Journal


Geotechnical Testing Journal
Journal of the Geotechnical Division – ASCE
Underground Space
Engineering Geology
Bulletin of Engineering Geology and the Environment

Normas:
- ISRM Suggested Methods – Int.
Int. J. Rock Mech.
Mech. Min.
Min. Sciences.
Sciences.
- ASTM – American Society for Testing Materials

5
PROPRIEDADES DO MATERIAL ROCHA

Propriedades que não tem em conta a compartimentaç


compartimentação (fractura
(fracturaç
ção)
ão) dos maciç
maciços

PROPRIEDADES ÍNDICE
- Densidade
- Porosidade
- Permeabilidade

RESISTÊNCIA
- Resistência à compressão uniaxial
- Resistência à compressão triaxial
- Resistência à tracção
- Deformabilidade

OUTRAS PROPRIEDADES
- Desagregação (“slaking”) e durabilidade
- Velocidade de propagação de ultra-sons
- Expansibilidade (rochas argilosas)

PROPRIEDADES DO MATERIAL ROCHA

As rochas são compostas por:

- Constituintes só
sólidos: Grãos minerais, cristais, matriz afaní
afanítica,
tica, vidros, litoclastos,
litoclastos,
mineraloclastos,
mineraloclastos, bioclastos,
bioclastos, cimento

- Vazios: Porosidade primá


primária, vesí
vesículas, microfracturas (descompressão, arrefecimento,
alteraç
alteração/dissoluç
ão/dissolução) – vazios com e sem intercomunicaç
intercomunicação

- Fluido nos vazios: ar, água, hidrocarbonetos, salmouras naturais, fluidos hidrotermais
(temperatura, densidade e viscosidade variadas)

Gabro com hiperstena (ortopiroxena)


ortopiroxena)

6
PROPRIEDADES ÍNDICE DO MATERIAL ROCHA
Índice Equação Unidades Unidades
CGS SI
Peso volúmico dos sólidos Ws g/cm3 kN/m3
γs =
Vs
Densidade dos sólidos γs g/cm3 kN/m3
Gs =
γw
Peso volúmico seco Ws g/cm3 kN/m3
γd =
V s + Vv
Peso volúmico natural Ws + Ww g/cm3 kN/m3
γ =
V s + Vv
Peso volúmico saturado Ws + Ww g/cm3 kN/m3
γ sat = com V w = Vv
Vs + Vw
Peso volúmico submerso* γ sub = γ sat − γ w * g/cm3 kN/m3
Teor de água (%) Ww
w= .100
Ws
Porosidade (%) Vv V
n= .100 = v .100
V s + Vv Vt
Peso volúmico da água γ w = 1g/cm3 = 9,81kN/m3
* Só para rochas fracturadas, imersas, com boa comunicação hidráulica nas fracturas.

PROPRIEDADES ÍNDICE DO MATERIAL ROCHA

Densidade de rochas comuns (Goodman, 1989)


Densidade de minerais comuns
Halite 2,1 - 2,6 (g/cm3) (kN/m3)
Gesso 2,3 - 2,4 Sienito nefelínico 2.7 26,5
Anidrite 2,9 - 3,0 Sienito 2.6 25,5
Ortoclase 2,5 - 2,6 Granito 2.65 26.0
Plagioclase 2,6 - 2,8 Diorito 2.85 28.0
Quartzo 2,65 Gabro 3 29.4
Clorite e ilite 2,6 - 3,0 Gesso 2.3 22,6
Moscovite 2,7 - 3,0 Sal-gema 2.1 20.6
Biotite 2,8 - 3,1 Carvão 0.7 – 2.0 7 - 20
Piroxena 3,2 - 3,6 Argilito 2.2 – 2.6 22 - 26
Olivina 3,2 - 3,6 Calcário puro, denso 2.7 26.5
Calcite 2,7 Mármore 2.75 27.0
Dolomite 2,8 - 3,1 Micaxisto 2.82 27.7
Barite 4,3 - 4,6 Anfibolito 2.99 29.3
Magnetite 4,4 -5,2 Riólito 2.37 23.2
Pirite 4,9 - 5,2 Basalto 2.77 27.2
Galenite 7,4 - 7,6

7
PROPRIEDADES ÍNDICE DO MATERIAL ROCHA

Densidade e porosidade de rochas comuns (Rocha, 1973)

(g/cm3) (kN/m3) (%)


Granito 2.6 - 2.7 25.5 - 26.5 0.5 - 1.5
Dolerito 3 - 3.05 29.4 - 29.9 0.1 - 0.5
Riolito 2.4 - 2.6 23.5 - 25.5 4-6
Andesito 2.2 - 2.3 21.6 - 22.6 10 - 15
Gabro 3 - 3.1 29.4 - 30.4 0.1 - 0.2
Basalto 2.8 - 2.9 27.5 - 28.4 0.1 - 1
Arenito 2 - 2.6 19.6 - 25.5 5 - 25
Argilito 2 - 2.4 19.6 - 23.5 10 - 30
Calcário 2.2 - 2.6 21.6 - 25.5 5 - 20
Dolomito 2.5 - 2.6 24.5 - 25.5 1-5
Gnaisse 2.9 - 3 28.4 - 29.4 0.5 - 1.5
Mármore 2.6 - 2.7 25.5 - 26.5 0.5 - 2
Quartzito 2.65 26.0 0.1 - 0.5
Micaxisto 2.6 - 2.7 25.5 - 26.5 0.1 - 0.5

Densidade de rochas (g/cm3) Porosidade de rochas (%)

1.8 2 2.2 2.4 2.6 2.8 3 3.2 0 5 10 15 20 25 30

Granito Granito

Dolerito Dolerito

Riolito Riolito

Andesito Andesito

Gabro Gabro

Basalto Basalto

Arenito Arenito

Argilito Argilito

Calcário Calcário

Dolomito Dolomito

Gnaisse Gnaisse

Mármore Mármore

Quartzito Quartzito

Micaxisto Micaxisto