Você está na página 1de 1

O RISCO DE QUEDAS EM IDOSOS

Por que os idosos caem?


Atualmente a queda é o mais sério e
freqüente acidente doméstico que ocorre
com os idosos e a principal causa de morte
acidental em pessoas acima de 65 anos. Tal
incidência se deve a inúmeros
acontecimentos naturais no corpo longevo.
Com o avançar da idade os músculos e
tendões vão enfraquecendo, as articulações
enrijecendo e consequentemente
demonstrando uma lentidão de movimentos,
o equilíbrio sofre sérios comprometimentos,
por exemplo) em idosos frágeis
a visão se torna deficiente. Também podem
desacompanhados. Reorganizar o lar do
ser listados o uso de medicamentos para
idoso (mobília proporcionando ambientes
dormir, para o coração e hipertensão que
mais amplos) eliminar objetos causadores de
podem causar tonteiras e pressão baixa.
tropeço e escorregadios, correção de fatores
de riscos ambientais (por exemplo: instalação
Quais são os principais riscos das
de barra de apoio no banheiro e colocação de
quedas?
piso antiderrapante). Fisioterapia e exercícios
A maioria das quedas ocorre dentro da
físicos (inclusive em idosos frágeis) visando:
própria casa, por isso, podemos estar
melhora do equilíbrio e da marcha;
morando com o inimigo! Os locais mais
fortalecimento da musculatura. Tais medidas
comuns de ocorrência de quedas são: as
minimizam as chances de cair e aumentam a
escadas, o banheiro, a sala de estar, os
densidade óssea evitando as fraturas.
quartos, isso, atrelados a condições que
propiciam as quedas como: pisos
Em caso de quedas, o que fazer?
escorregadios, com superfícies lisas, úmidas
A maior preocupação envolvendo quedas em
e enceradas; pisos irregulares, ainda em
idosos é a ocorrência de fraturas
construção, tacos soltos ou pisos quebrados;
principalmente fêmur e íleo (bacia), pelo fato
tapetes soltos e desfiados, que podem
de gerar complicações como a perda de
deslizar e causar tropeções; iluminação
mobilidade e autonomia, gerando estresse e
deficiente; cadeiras baixas e sem braços
em muitos casos até a depressão. Ao deparar-
para apoio; móveis frágeis, principalmente
se com um idoso em situação de queda é
se localizados em corredores onde os idosos
importante contactar profissionais habilitados
os façam também como apoio; calçados
para a remoção, se não houver ninguém
inapropriados, não emborrachados nos
preparado no local; não fornecer líquidos
solados, como chinelinhos de flanela.
para ingestão, não permitir que a vítima
durma; observar ferimentos que apresentem
Como evitar as quedas?
sangramento abundante e fazer compressão
Orientar o idoso sobre os riscos de queda e
com auxílio de faixas ou panos limpos e
suas conseqüências, principalmente evitar
encaminha-lo ao serviço de atendimento
atividades de maior risco (descer escadas
médico.

Texto: CORRETIVA PRODUTOS ORTOPÉDICOS, Fone: (46) 3524 1263


Colaboração: Julio Cezar Ferreira – Fisioterapeuta, CREFITO: 27125-F/ Ana Paula Reolon –
Enfermeira, COREN: 33100613.

Interesses relacionados