Você está na página 1de 2

A Educação para Jovens e Adultos (EJA) é uma forma de ensino com

o objetivo de desenvolver o ensino fundamental e médio com qualidade para


as pessoas que não possuem idade escolar e oportunidade
A EJA ainda é vista por muitos como uma forma de alfabetizar quem
não teve oportunidade de estudar na infância ou aqueles que por algum
motivo tiveram de abandonar a escola. Felizmente, o conceito vem mudando
e, entre os grandes desafios desse tipo de ensino, agora se inclui também a
preparação dos alunos para o mercado de trabalho - o que ganha destaque
nestes tempos de crise econômica.
Destacamos que somente com a nova LDB nº 9394/96, através de
sues artigos 37 e 38, é que se passa a contemplar as várias modalidades de
educação de jovens e adultos e uma melhor adequação as novas exigências
sociais. Dentre algumas alterações significativas podemos citar a redução da
idade mínima de 15 anos para o ensino fundamental e 18 para o ensino
médio.

LEI Nº 9.394, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996

Seção V

Da Educação de Jovens e Adultos

Art. 37. A educação de jovens e adultos será destinada àqueles que não
tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental e médio na
idade própria.

§ 1º Os sistemas de ensino assegurarão gratuitamente aos jovens e aos


adultos, que não puderam efetuar os estudos na idade regular, oportunidades
educacionais apropriadas, consideradas as características do alunado, seus
interesses, condições de vida e de trabalho, mediante cursos e exames.

§ 2º O Poder Público viabilizará e estimulará o acesso e a permanência


do trabalhador na escola, mediante ações integradas e complementares entre
si.
§ 3o A educação de jovens e adultos deverá articular-se,
preferencialmente, com a educação profissional, na forma do
regulamento. (Incluído pela Lei nº 11.741, de 2008)

Art. 38. Os sistemas de ensino manterão cursos e exames supletivos,


que compreenderão a base nacional comum do currículo, habilitando ao
prosseguimento de estudos em caráter regular.

§ 1º Os exames a que se refere este artigo realizar-se-ão:

I - no nível de conclusão do ensino fundamental, para os maiores de


quinze anos;

II - no nível de conclusão do ensino médio, para os maiores de dezoito


anos.

§ 2º Os conhecimentos e habilidades adquiridos pelos educandos por


meios informais serão aferidos e reconhecidos mediante exames.