Você está na página 1de 4

Integrando Asterisk ao PABX através de placa de fax modem [Artigo] http://www.vivaolinux.com.br/artigos/impressora.php?

codigo=5730

Integrando Asterisk ao PABX através de placa de fax modem

Autor: Roberto Fonseca <robertofonseca at savarauto.com.br>


Data: 21/11/2006

Introdução

Dando continuação ao nosso projeto voip, vou mostrar agora como interligar o seu asterisk ao pabx tradicional e
através disso fazer ligações com custo zero entre matriz e filial usando o vono e totalmente transparente para o
usuário, que vai continuar usando o telefone analógico da mesa dele.

O objetivo desse artigo é fazer um laboratório, para justificar junto ao seu chefe um futuro investimento na
integração do seu pabx tradicional com o asterisk. Mas vocês devem estar se perguntando: "Qual o hardware
usado para interligar o teu server Asterisk com o pabx tradicional?", "Será que minha central telefônica é
compatível?", "É custo zero mesmo?". Bom, essas perguntas vão ser respondidas ao longo do tutorial.

Antes de avançar na leitura, seguem os pré-requisitos:

Um servidor Linux com asterisk instalado e devidamente configurado. Meio óbvio, mas para quem ainda
não tem um, sugiro a receita de bolo presente em:
http://www.asteriskguru.org/...asterisk_installation_compilation.html
Um ramal analógico disponível na central;
E nossa poderosa interface para interligamos asterisk a central pabx, uma placa de fax modem podendo ser
dos seguintes modelos de chipset:
Intel 537PG and 537PU
Ambient MD3200
Motorola 62802

Então mão na massa!

Configurando o hardware

Existem diversas formas da gente estar interligando uma matriz a uma filial, podemos usar troncos iax, placa fxs
ligadas a troncos, placas ligadas a E1 da central, equipamentos ATA, enfim... porém optei por utilizar uma placa
FXO ligada a um ramal analógico. Esse tipo de ligação é interessante, pois responde àquela pergunta "Será que
minha central telefônica é compatível?".

Usando uma placa fxo, independe qual a tua central telefônica e tu fica sem precisar do cara da central telefônica
para a criação de rotas. Como uma placa fxo custa uma pequena fortuna e o objetivo desse tutorial é apenas
laboratório, vamos usar uma genérica (FAX MODEM). Os chipsets suportados pelo asterisk são os:

Intel 537PG and 537PU


Ambient MD3200

1 de 4 14/11/2007 11:22
Integrando Asterisk ao PABX através de placa de fax modem [Artigo] http://www.vivaolinux.com.br/artigos/impressora.php?codigo=5730

Motorola 62802

Esses fax-modems são reconhecidos como X100P clone.

Bom, chega de papo e mão na massa: coloque a fax modem no servidor e inicie-o. O driver do asterisk que
controla o hardware é o zaptel. Para configuramos o asterisk para que reconheça a placa de fax modem, devemos
editar o arquivo zaptel.conf.

# vi /etc/zaptel.conf

Aqui uma curiosidade, o único arquivo .conf do asterisk que não fica dentro de /etc/asterisk é o zaptel.conf.

Lá no zaptel.conf, vá até o final do arquivo e coloque as seguintes linhas:

fxsks=1
# Aqui especificamos o número de portas fxo, no caso 1. Notem que ao invés de usarmos fxoks=1 para placa fxo,
usamos o contrário fxsks=1. Se tivéssemos uma placa fxs esse parâmetro ficaria fxoks=1

loadzone=us
defaultzone=us
# Aqui definimos a zona como US. Na verdade o asterisk não tem os padrões de telefonia BR para colocarmos
loadzone=br, porém funciona perfeitamente especificando loadzone=us

Configurado o zaptel, vamos especificar o funcionamento da placa no arquivo zapata.conf.

Lembram no artigo Configurando a operadora Vono no Asterisk? A gente configurou os ramais a serem usados
via softphone no arquivo sip.conf. Cada ramal era um ramal sip. Agora cada interface fxo dentro do asterisk deve
ser configurada no arquivo zapata.conf. É dentro do zapata.conf que definimos o contexto de ligações, o nível de
ruído, o volume das ligações. Seguem as linhas a serem adicionadas no final do zapata.conf

# vi /etc/asterisk/zapata.conf

signalling=fxs_ks
# tipo de interface, lembrando se estamos usando uma fxo, aqui vai fxs_ks
language=en
rxgain=0.0
txgain=0.0
# podemos aumentar ou diminuir o parâmetro do rx e do tx para resolver problema de eco. Esse parâmetro vai de
-8.0 até 8.0
echocancelwhenbridged=yes
echocancel=yes
context=581
# aqui especificamos o contexto que vai entrar as regras de discagem, eu preferi por nomear o contexto pelo
mesmo número do ramal analógico o qual esta ligado a fax-modem
channel => 1
# número do canal. Se tivesses por exemplo uma tdm400 com 4 fxo, para cada interface fxo eu deveria repetir as
linhas acima, mudando apenas o channel. Por exemplo a fxo 1 ficaria channel =>1, a fxo 2 ficaria channel => 2.

Bom, já configuramos a nossa fxo genérica, agora vamos fazer ela subir. Seguem os comandos:

2 de 4 14/11/2007 11:22
Integrando Asterisk ao PABX através de placa de fax modem [Artigo] http://www.vivaolinux.com.br/artigos/impressora.php?codigo=5730

# modprobe zaptel
(carrega o driver zaptel)

# modprobe wcfxo
(carrega o driver da fxo)

# ztcfg -vv
(configura a placa, deve te jogar a seguinte mensagem na tela: Channel 01: FXS Kewlstart (Default) (Slaves: 01))

Feito isso vamos rodar o asterisk - se ele já não estiver rodando:

# asterisk -vvvvgc

Pronto, a placa já esta pronta pra uso, ou melhor quase pronta. Agora vamos configurá-la para tratar suas ligações
entrantes e saintes.

Configurando o plano de discagem

Estou presumindo que já estão com a vono configurada como operadora. Para regras de discagem a gente edita o
/etc/asterisk/extension.conf.

# vi /etc/asterisk/extension.conf

[581] ; contexto configurado no zapata.conf

exten => s,1,Dial(SIP/05440629253@LOGINVONO,90,rT)

Aqui acontece o seguinte: o usuário pega o ramal analógico dele e disca para o ramal que está ligada na porta line
da fax-modem. Ao receber a ligação(s), no momento (1) a interface vai discar (DIAL) para o número vono da
minha filial (05440629253) usando a operadora vono (@LOGINVONO,90,rT). Nesse momento a minha filial
também já deve estar com o mesmo ambiente :). Se na minha filial eu não tivesse um asterisk com vono, eu
poderia simplesmente colocar:

exten => s,1,Dial(SIP/05431234567@LOGINVONO,90,rT)

Porém nesse caso eu não estaria discando a custo zero, pois a vono só é custo zero em ligações de vono para vono.

Bom, já estamos discando para a filial, porém temos que configurar para recebermos também as ligações vindas
da filial.

Para isso temos que alterar o contexto de ligações entrantes da vono, que a gente já tinha configurado em:

Configurando a recepção de chamadas

;receber ligações de fora direciona pro ramal da telefonista


exten => loginvono,1,Dial(Zap/1/516,20)
exten => loginvono,2,Hangup

3 de 4 14/11/2007 11:22
Integrando Asterisk ao PABX através de placa de fax modem [Artigo] http://www.vivaolinux.com.br/artigos/impressora.php?codigo=5730

Aqui toda ligação entrante para meu login vono, no momento 1, será discada (DIAL) o ramal analógico da
telefonista (516) durante 20 segundos. Ligação deverá ser feita usando a interface Zap/1, que é a nossa porta da
fax-modem.

Conclusão

Pronto, está feito o trabalho. Esse laboratório é importante para apresentar a sua diretoria para confirmar a
aquisição de placas mais profissionais. A fax modem é interessante a nível de teste, mas apresenta muito ruído e
às vezes eco. Aqui na minha empresa, depois de testado com o fax-modem, optamos por uma TDM 400 com 4
portas fxo.

Hoje uso uma dessas fxo apenas para ligações entre minha filial e matriz, enquanto as outras 3 ficam disponíveis
para os usuários ligarem para qualquer local do país via vono. Mas esse outro ambiente é assunto para outro
artigo...

Forte abraço a todos.

Roberto Fonseca

http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5730

Voltar para o site

4 de 4 14/11/2007 11:22