Você está na página 1de 8

Instituto Superior Dom Bosco

Departamento de Manutenção Industrial


Licenciatura em Ensino de Electricidade - 1º ano

Modulo: Trabalhar efetivamente num sistema baseado em competências

Tema: Educação Profissional

e-Formando: Manuela Helena Rofasse

e-Tutora:

Maputo, Agosto de 2021

1
e-formando: Manuela Helena Rofasse

Tema: Missão da educação profissional


Objetivo gerais e específicos

O presente trabalho surge no âmbito do módulo


de CBT, orientado pela docente dra.Gracinda
Naifa. Com a necessidade de aprender mais
sobre a reforma da educação profissional.

Instituto Superior Dom Bosco


Departamento de Manutenção Industrial
Licenciatura em Ensino de Electricidade

Maputo, Agosto de 2021

2
Índice

1 Introdução _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ 4

2 Missão da educação profissional _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ 5

3. Objetivos geral da educação profissional _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ 5

4. Objetivos específicos da educação profissional_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ 6

5. Resumo _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ 7

6. Bibliografia _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ 8

3
1. Introdução.
Educação é um processo que consiste na construção concreta do homem, é a práxis
para a mudança do indivíduo e da sociedade, portanto, é um processo dialético,
político, científico, cultural, que busca, seleciona e difunde valores, bem como, é o
alicerce do desenvolvimento pessoal profissional e sócio-político na direção do
processo de aprendizagem contínua e de formação humana. Nesse sentido, fornece
subsídios para a constituição/desenvolvimento integral do ser humano.Educação

1. Educação Profissional

Educação profissional é o conjunto de atividades que visam a aquisição teórica e/ou


prática de conhecimentos, habilidades e atitudes exigidos para o exercício das
funções próprias de uma profissão.

A educação profissional apresenta-se como um instrumento de gestão com uma


dimensão estratégica: é a atividade facilitadora da mudança em sentido lato, que
propicia uma melhor adequação dos recursos humanos aos novos recursos materiais
existentes, através da sua qualificação e reconversão quando necessárias, permitindo
assim uma maior flexibilidade das organizações para fazer face a um futuro difícil de
prever.

2. Missão da Educação Profissional

4
A missão da Educação Profissional de acordo com a Lei 6-2016 estabelece o quadro
de organização, estruturação e funcionamento da educação profissional, bem como do
exercício pelo Estado da sua acção reguladora, supervisora e de garantia da qualidade
da formação e de serviços prestados pelas instituições a ela ligados.

E missão da educação profissional ser a ação educativa que desenvolve competências


para o trabalho. Assim, os jovens profissionais estarão preparados para suprir as
necessidades das empresas e da sociedade, que necessita de trabalhadores capacitados e
engajados no crescimento pessoal e também do nosso país.

3. Objetivo Gerais da Educação Profissional.

O objetivo geral da educação profissional é promover a participação dos formandos em


estágios curriculares no trabalho, estimular a participação dos trabalhadores em acções
de formação profissional.

 Melhorar as perspectivas de empregabilidade dos formandos;

Garantir a qualidade e relevância da Educação Profissional no mercado de trabalho;

 Fomentar a realização de parcerias entre os sectores público e privado na


provisão de Educação Profissional, de acordo com as necessidades de
desenvolvimento económico local, regional e nacional.

Para além dos princípios e objetivos estabelecidos na presente Lei, a Educação


Profissional rege-se pelos princípios gerais do sistema nacional da educação.

4. Objetivos específicos da educação profissional.

São objetivos específicos do sistema de Educação Profissional:

a) desenvolver as capacidades da reforma de trabalho através de:

i. Introdução de métodos, currículo e mobilidades de formação que respondem as


necessidades do mercado;

ii. melhoria das competências profissionais dos trabalhadores, das suas perspectivas
de trabalho e mobilidade laboral;

iii. aumento da produtividade e competitividade das empresas;

iv. Promoção do auto-emprego;

b) promover a participação dos formandos em estágios curriculares no local de trabalho;

c) promover a equidade do gênero, através do aumento da taxa de participação da


rapariga e da mulher nos programas de educação profissional;

5
d) estimular a participação dos trabalhadores em acções de formação profissional;

e) melhorar as perspectivas de empregabilidade e de emprego dos formandos e


graduados da educação profissional;

f) aumentar os níveis de investimento na educação profissional e incrementar o retorno


sobre esse investimento;

6
5. Conclusão

Nesse sentido, a educação é um eterno processo de aperfeiçoamento, amadurecimento,


refinamento das culturas humanas e da ciência. A realidade moçambicana, a refletir
sobre a necessidade de uma educação que possa responder às nossas inquietações,
pensando sobre a questão de como a escola pode contribuir para a formação de seus
membros em nossa sociedade contemporânea. O rumo da educação moçambicana aos
nossos dias tende a caminhar num paradigma centralizado no saber fazer, ou seja, a
educação profissional.

7
6. Bibliografia

 Lei número 6/2016


 "Lei da Educação Profissional / Legislação / Documentos / Início - Portal do
Governo da Provincia de Tete"
 https://www.tete.gov.mz/por/Documentos/Legislacao/Lei-da-Educacao-Profissional

Você também pode gostar