Você está na página 1de 45

 

A MENTE CRIATIVA 
E O SUCESSO

ERNEST HOLMES
 Fundador da Ciência
Ciência da Mente e da
 Igreja da Ciência
Ciência Religiosa

Traduzido do original inglês por


Cícero Lourenço da Silva
Ministro do Novo Pensamento pela
World Federation of Practical Christianity

Palavras do tradutor

Este livro de Holmes é uma verdadeira pérola espiritual, que estamos disponibilizando pela
primeira vez em língua portuguesa. No Brasil, onde a grande Louise Hay é sucesso absoluto e faz
sua influência e energia positiva transformar tantas vidas, pareceu-nos uma ótima idéia oferecer
para o leitor de espiritualidade de fala portuguesa uma obra daquele que foi uma das inspirações de
Louise. Nosso principal objetivo é espalhar por todo o Brasil a mensagem renovadora do Novo
Pensamento e este trabalho é um primeiro passo. Trata-se de um trabalho espiritual, uma
expressão de amor, portanto. Com a sua ajuda, iremos traduzir outros livros e fazer com que todos
tenham acesso a estes trabalhos, por um preço realmente simbólico. Gostaria de pedir-lhe, então,
que ao receber este livro, fiel ao princípio espiritual que ele advoga, você nos contate para doar a
módica quantia de 6 reais por este e-book. Assim traduziremos mais livros, ajudaremos mais
pessoas, espalharemos mais luz pelo Brasil.

Na Onipresença de Deus,
Rev. Cícero L. da Silva
Ministro do Novo Pensamento pela World Federation of Practical Christianity –
 EUA.

1
UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE A VERDADE

Uma investigação da Verdade é uma investigação sobre a causa das coisas


conforme a raça humana as vê e experimenta. O nosso pensamento deve sempre
partir das nossas experiências. Todos nós sabemos que a vida é, senão sequer
poderíamos pensar que nós também somos.somos. Uma vez que podemos pensar, falar e
sentir, nós devemos ser.
ser. Nós vivemos, nós estamos conscientes da vida; então nós
devemos ser e a vida deve ser. Se nós somos vida e consciência (auto-consciência),
segue-se que nós devemos ter nos originado da Vida e Consciência. Comecemos,
então, com este fato simples: a vida é e a vida é consciente.
Mas qual a natureza desta vida? Seria ela física, mental, material ou
espiritual? Uma pequena reflexão fundada na lógica, mais que qualquer mera
opinião pessoal, ajudará muito no esclarecimento de algumas destas perguntas que
a princípio parecem nos aturdir dada a sua
s ua grandeza.
O quanto do que existe podemos chamar de vida? A resposta teria que ser:
 vida é tudo aquilo que há; é a razão para tudo aquilo que nós vemos, ouvimos,
sentimos e para tudo aquilo que experimentamos de alguma forma. Agora, o nada
só pode produzir o nada, e é impossível que do nada possa proceder algo. algo. Desde
que algo é, sua origem só pode partir daquilo que tudo é. é. Vida, então, é tudo aquilo
que há. Tudo vem disto, incluindo nós mesmos. As próximas perguntas são: como
podem as coisas vir da vida? Como podem as coisas que nós vemos vir das coisas
que não vemos? As coisas que nós vemos devem ser reais porque nós as vemos.
Negar-lhes a realidade jamais explicará nem responderá qualquer pergunta sobre
elas. A obra de Deus não é um mundo de ilusão, mas de realidades divinas. A 
 verdade não deve fugir das coisas que nós vemos. Tem que explicar o que elas são.
Nós estamos vivendo e experimentando graus variados de consciência e condições.
Só quando os porquês de vivermos e de termos nossas experiências forem
compreendidos conheceremos a verdade em seus mínimos detalhes. Jesus não
disse que as coisas são ilusões, e sim que nós não devemos julgar do ponto de vista
do que é visível, mas julgarmos corretamente ou com julgamento certo; e Ele quis
dizer que nós temos que ir além do véu das aparências e descobrir o que causou
algo. Assim não nos deixemos enganar nem tampouco creiamos ter sido enganados
o tempo todo. Vivemos em um mundo de realidades. Tudo o que nós
experimentamos é uma realidade até onde aquela experiência seja válida, embora
se tivéssemos tido uma compreensão mais elevada da vida, a experiência
desagradável poderia ter sido evitada.

2
O QUE A VIDA É

Em primeiro lugar, o que entendemos por vida? Pensamos naquilo que


 vemos, sentimos, ouvimos, tocamos ou saboreamos, e a razão de tudo isso.
Devemos ter tido contato com tudo o que consideramos vida. Já descobrimos o que
a vida é, senão não teríamos tido condições de experimentar estas coisas. “No
princípio era Deus” ou a Vida. A partir desta vida, que É, tudo o que é foi criado.
Portanto a vida deve fluir em todas as coisas. Não existe algo como matéria morta.
 Ademais, a vida é uma, e não pode converter-se em algo diferente de si mesma.
Todas as formas são aspectos desta unidade, e tudo passa por algum tipo de
atividade interna. Esta atividade interna da vida ou natureza deve ser algum tipo de
auto-consciência ou auto-conhecimento. Em nossa compreensão humana
chamaríamos a este saber interno de consciência, ou “pensamento”. O Espírito ou
 Vida, ou Deus, deve produzir as coisas a partir de Si mesmo, através de um auto-
reconhecimento, um auto-saber, ou através daquilo que temos chamado de
pensamento. Uma vez que Deus está em tudo, nada pode impedi-lo de realizar
aquilo que Ele deseja, e a pergunta “Como as coisas surgem?” é respondida: Deus
as produz a partir de Si mesmo. Deus pensa, ou sabe, e aquilo que Ele pensa ou
sabe aparece partindo de Si mesmo, e de Si mesmo é produzida. Não há outra
explicação possível para aquilo que vemos. A menos que as pessoas estejam
dispostas a começar daqui, jamais entenderão como as coisas podem ser
espirituais, e não materiais.

O LUGAR DO HOMEM NA CRIAÇÃO

Onde entra o homem nisto tudo? Ele já está. Segue-se, por conseguinte, que
ele também procede de Deus, uma vez que Deus ou o Espírito, é tudo. Tendo
procedido de Deus, deve o homem compartilhar de Sua natureza, uma vez que foi
feito à sua imagem e semelhança. O homem é o centro de Deus, em Deus. Seja o
que for que Deus é no universal, o homem é no mundo individual. A diferença
entre Deus e o homem é de grau, e não de qualidade. O homem não fez a si mesmo,
e sim foi feito por Deus. Pode surgir a pergunta: por que Deus fez isso? Nenhum ser
 vivente tem a resposta para isto. Trata-se de algo que somente o Pai conhece.
Podemos supor que Deus fez o homem para viver com Ele e com Ele ser feliz, ser
um com o Pai. É verdade, que as pessoas que sentiram isto na maior intensidade
tiveram um poder espiritual correspondente que nos leva a supor que Deus
realmente fez o homem para ser seu companheiro. O homem é o individual e Deus
é o universal. “O Pai tem a vida dentro de Si mesmo”. A mente do homem é feita a
partir da mente de Deus e tudo o que o homem é ou virá a ser, tudo o que possui ou
há de possuir, tem de compartilhar da natureza divina. Não foi o homem que assim
o quis, mas assim é, e ele deve aceitar este fato e decidir o que fará dele. Se ele
possui o mesmo poder em sua vida individual que Deus possui no universal, esta
descoberta e o eventual aprendizado de como usar este poder significarão a
liberdade de toda escravidão.
Como Deus governa seu mundo universal, o homem governará seu mundo
individual, sempre sujeito à lei maior da vida. Isto não poderia ser de outro jeito se
percebermos o que se segue disso, pois tal percepção nos mostra que estamos

3
 vivendo em um mundo muito diferente daquilo que pensávamos. Deus não governa
através de leis físicas, mas primeiramente por conhecimento interno – de onde
segue-se o mundo físico. Da mesma forma, o homem governa seu mundo por um
processo que chamaremos - por falta de uma expressão mais adequada – o poder
de seu pensamento.
 A vida interior do homem é uma
u ma com o Pai.
P ai. Não pode existir
exis tir separação, pela
razão óbvia de que nada pode separá-lo de Deus, pois nada há senão vida.
 A separação de uma coisa da outra implica a adição de um elemento
diferente entre elas. Mas nada há diferente de Deus. A unidade do homem e Deus é
algo firmemente estabelecido por toda a eternidade. “Meu Pai e eu somos um” é
uma declaração simples de uma grande alma que percebeu a vida como ela
realmente é, e não sob a mera ótica das condições externas.
Partindo do princípio de que o homem tem a mesma vida de Deus, segue-se
que usa o mesmo processo criativo. Tudo é um, tudo provém da mesma fonte e à
mesma fonte retorna. “As coisas visíveis procedem das coisas invisíveis”. O que
 vemos procede daquilo que não vemos. Esta é a explicação para a existência de
todo o universo visível e é a única explicação possível.
Da mesma forma que o pensamento de Deus faz mundos e os povoa com
todas as coisas vivas, nosso pensamento faz o nosso mundo e o povoa com todas as
experiências que vivenciamos. Pela atividade de nosso pensamento as coisas
ganham vida, e o que tem nos limitado é o nosso desconhecimento da verdade.
 Achávamos que as coisas externas nos controlavam, quando tínhamos dentro de
nós, o tempo todo, aquilo que poderia ter mudado tudo e nos concedido a
liberdade.
 A pergunta que naturalmente surge é: Por que Deus criou o homem e o
tornou um livre agente?
Se Deus nos tivesse criado de modo a nos compelir a fazer ou ser qualquer
coisa que diferisse de nossa própria escolha, jamais seríamos indivíduos, e sim
autômatos. Uma vez que nos reconhecemos como indivíduos, sabemos que assim
Deus nos quis. Estamos apenas começando a descobrir as razões. Que o homem
desperte para esta que é a maior verdade de todos os tempos, pois encontrará nela
as respostas para todas as perguntas. O homem ficará contente pelas coisas serem o
que são. Perceberá que pode fazer um uso pessoal de seu poder divino, pensando e
 vivendo de uma maneira que jamais impedirá a grandeza de operar através de si.
De acordo com a clareza desta percepção e a grandeza de sua percepção deste
poder, ele se nutrirá interiormente. Não haverá mais senso de separação, que será
substituído pela certeza divina de que ele é um com Deus, e assim encontrará a
libertação de todo sofrimento, seja físico, mental, ou financeiro.

O COMEÇO DA COMPREENSÃO

O homem está começando a perceber que possui a vida dentro de si como


uma grande dádiva de Deus para ele. Se ele realmente possui vida e se essa tem a
mesma natureza da vida de Deus, se ele é um indivíduo e tem o poder de escolher –
o que lhe caracteriza a individualidade – segue-se que pode fazer com sua vida
aquilo que bem quiser, pode produzir a partir de si mesmo aquilo que desejar. A 
liberdade lhe pertence, mas esta liberdade inevitavelmente está sujeita à Lei. O

4
homem precisa obedecer à Lei. Se a desobedecer, ela tem de agir como lei e, por
conseguinte, puni-lo. Isto o homem não pode mudar, mas é algo a que tem de
submeter-se. A liberdade vem ao indivíduo através da compreensão das leis de sua
 vida, e sua harmonização com elas, sujeitando-as ao seu uso, para fins de saúde,
felicidade e sucesso.
 A lei opera em toda a natureza, governa tudo, tanto o visível quanto o
invisível. A lei não é física ou material, e sim mental e espiritual. A lei é o método de
operação de Deus. Deveríamos pensar em Deus como o Grande Espírito cujo único
impulso é amor, que a Si mesmo se dá a todos sem recusar a ninguém, a todos
amando da mesma forma. Embora tudo seja amor, para que as coisas não sejam
caóticas, tudo é governado por lei. No que nos diz respeito, esta lei é sempre uma
lei mental.

NOSSAS CONDIÇÕES SÃO GOVERNADAS PELO PENSAMENTO

Fica fácil para a pessoa comum ver como a mente pode controlar e, até certo
ponto, governar as funções do corpo. Alguns podem ir ainda mais longe que isto e
 ver que o corpo é governado inteiramente pela consciência. As pessoas podem ver
isso sem muita dificuldade, porém não é tão fácil para elas ver que o mesmo
pensamento governa suas condições e decide se serão bem sucedidas ou
fracassadas.
 Aqui faremos uma pausa para perguntar: Se nossas condições não são
controladas pelo nosso pensamento, pelo quê, então, são controladas? Serão elas
causa, ou efeito? É claro que são sempre efeito. Tudo o que vemos é efeito. Um
efeito é algo que se segue a uma causa, e nós estamos lidando somente com causa.
Os efeitos não se produzem a si próprios, mas se mantêm ativos pela atividade de
uma causa.
Se isto não responder ao seu pensamento, comece de novo a perceber que
por trás de tudo que é visto, existe uma causa silenciosa. Você é a causa na sua vida.
Não existe nada senão a mente, e nada se move se não for movido pela mente. Já
concordamos que enquanto Deus é amor, sua vida também é governada
absolutamente pela mente, ou lei. Em nossas vidas externas somos a causa, e nada
se move se nossa mente não mover algo.
 A atividade de nossa mente é o pensamento. Estamos sempre agindo, uma
 vez que estamos sempre pensando. Estamos o tempo todo ora atraindo coisas para
nós, ora expulsando-as de nós. No indivíduo comum, este processo ocorre de forma
ininterrupta sem o seu conhecimento, mas a ignorância da lei não desculpará
alguém de seus efeitos.
“O quê?” – perguntará alguém – “Você acha que eu criei o fracasso ou que
desejei fracassar!?” Claro que não. Seria tolice pensar desta forma, mas de acordo
com a lei que não pode ser negada, você deve ter pensado que o fracasso ocorreria,
ou de alguma forma lhe deu acesso à sua mente.
Refletindo sobre a razão das coisas, você descobrirá que está rodeado pela
mente, ou lei, que devolve ao pensador, manifestadas, todas as coisas que ele
pensa. Se isto não fosse verdade, o homem não seria um indivíduo. Individualidade
deve significar somente a habilidade de pensar o que quer que desejemos. Se for

5
para este pensamento ter algum poder em nossas vidas, então deve haver algo que
o manifestará. Alguns estão limitados e escravizados pela lei através da ignorância.
Isto às vezes é referido como “lei do carma”, e é a lei que amarra o ignorante
e concede liberdade ao sábio.
 Vivemos na mente. E ela só pode nos devolver o que nela tivermos colocado
através de nossos pensamentos. Não importa o que venhamos a fazer, a lei sempre
operará. Se estamos pensando em nós mesmos como pobres e necessitados, a
mente não tem outra escolha senão devolver o que lhe inculcamos com estes
pensamentos. No começo isso pode ser difícil de perceber, mas a verdade de que a
lei não pode agir de outra forma, se revelará àquele que a busca. Seja o que for que
entendemos como o padrão, a mente é o edificador. Jesus, percebendo esta lei,
afirmou “Seja feito a ti conforme a tua fé”. Ele não disse “está feito para você, não
há com o quê se preocupar”. Com tamanha percepção do verdadeiro pensamento
espiritual, Jesus até mesmo materializou o pão, a partir dos éteres da vida, e jamais
falhou em demonstrar que quando alguém conhece a verdade, este conhecimento o
torna livre.

CRIAÇÃO INCONSCIENTE

 Visitei uma vez uma paciente que sofria de um grande tumor. Ela havia sido
operada e dela haviam retirado uma quantia de líquido equivalente a 25 quilos. Em
poucos dias, o tumor havia retornado. De onde ele veio? Não veio de nada que ela
havia comido ou bebido. Tampouco se movera de uma parte do corpo a outra, já
que tal coisa lhe teria aumentado o peso. Nem deve ter sido criado de elementos
que ela tomara do ar. Teria de ter procedido de algo fisicamente invisível, algo
surgido de algo que não vemos. O que chamamos de “criação” é a mesma coisa – o
 visível surgindo a partir do invisível. Este fenômeno não foi uma criação?
Casos impressionantes como este, ocorrem diariamente. Não deveríamos
negar este fato e sim tentar explicá-lo. No caso desta mulher, deve ter havido uma
atividade do pensamento que moldara uma forma. De outro modo, como poderia
ter surgido o crescimento? Nada há manifestado sem uma causa para sua
manifestação. A investigação vem provar que por trás de cada condição, seja
corporal ou externa, deve haver algum pensamento, consciente ou inconsciente,
que produziu a condição. No caso daquela mulher, o pensamento não era
consciente. Mas a criação prossegue o tempo todo. Devemos perceber e aprender
como controlar isso, para que possam ser criadas para nós as coisas que desejamos,
e não aquelas que não queremos. Há alguma dúvida do por quê a Bíblia afirmar
“De todas as coisas, buscai primeiro o entendimento.”?
Jesus compreendia tudo isso, por isso não era para ele mais difícil fazer tudo
o que fez do que é para nós respirar ou digerir nosso alimento. Ele tinha esta
compreensão, ponto final. Devido à sua compreensão e uso destas grandes leis com
uma consciência objetiva, as pessoas pensavam que ele devia ser Deus. E
atualmente, quando algo incomum acontece, as pessoas pensam que um milagre
ocorreu. Jesus não era Deus. Ele era uma manifestação de Deus. Como todas as
pessoas o são. “Eu vos digo que sois deuses, e todos filhos do Altíssimo”.

6
Uma pessoa racional será forçada a admitir, diante de tudo isto, que a
criação é primeiramente espiritual, através das leis mentais, e finalmente físicas, no
momento de sua manifestação.
Na verdade, o homem não cria. Ele faz uso de um poder criativo que já
existe. Relativamente falando, ele é o poder criativo em sua própria vida. E até
onde seu pensamento vai, algo o acompanha, e este algo tem o poder de manifestar
objetivamente aquilo que se nutriu no pensamento. Até então os homens têm
usado este poder criativo na ignorância, e evocaram para si toda sorte de condições,
mas hoje centenas de milhares estão começando a usar estas grandes leis do Ser de
uma forma consciente e construtiva. Aqui jaz o grande segredo do movimento do
Novo Pensamento, representado por várias igrejas e centros. Todos estão usando a
mesma lei, embora alguns neguem aos outros a mesma apreensão da verdade.
Devemos entreter uma atitude mental em que reconhecemos a verdade onde quer
que a encontremos. O problema com a maioria de nós é que só acreditamos que
algo é açúcar se o virmos dentro do açucareiro. Metaforicamente, nos prendemos
assim aos nossos preconceitos em vez de buscarmos os princípios.

OS PRIMEIROS PASSOS

 A primeira coisa a ser percebida é que, uma vez que qualquer pensamento se
manifesta, segue-se necessariamente que todos os pensamentos também o fazem.
Se não fosse assim, como saberíamos que pensamento em particular se
manifestaria como algo criado? A mente não age de forma discriminada. Da mesma
forma que o poder criativo do solo recebe as sementes nele plantadas e inicia nelas
o seu trabalho, a mente também deve receber todos os pensamentos e sobre eles
operar.
 Achamos então que todo pensamento tem algum poder em nossas vidas e
sobre as nossas condições. Estamos criando as nossas condições pelo poder criativo
dos nossos pensamentos. Deus nos fez assim e não há escapatórias. Harmonizando
as nossas vidas e pensamentos com uma compreensão maior da lei, teremos a
capacidade de trazer para a nossa experiência exatamente aquilo. Poderemos
deixar ir aquilo que não queremos vivenciar e tomaremos para nós aquilo que
desejamos.
Cada um de nós está rodeado por uma atmosfera de pensamento. Esta
atmosfera mental é o resultado direto do pensamento que, por sua vez, se
transforma na razão direta para a causa daquilo que se manifesta na nossa vida.
 Através deste poder estamos ou atraindo ou repelindo. O semelhante atrai o
semelhante e atraímos para nós somente aquilo que temos na mente. Também é
real que nos atraímos para algo que é maior que nossa experiência anterior,
primeiramente incorporando a atmosfera de nosso desejo.
Cada negócio, cada lugar, cada pessoa, tudo tem uma certa atmosfera mental
própria. Esta atmosfera decide o que irá ser atraído. Por exemplo, você jamais viu
um homem de sucesso andar por aí com uma atmosfera de fracasso. Pessoas bem
sucedidas pensam em sucesso. Um homem bem sucedido está preenchido daquele
algo sutil que permeia tudo o que ele faz com uma atmosfera de confiança e poder.
Na presença de certas pessoas, sentimos que nada é grande demais para ser
realizado. Nos sentimos elevados. Nos sentimos inspirados a fazer coisas

7
grandiosas, a realizar. Sentimo-nos fortes, firmes, seguros. Que força sentimos na
presença das grandes almas, dos homens e mulheres fortes!
 Você já parou para pesquisar o porquê de tais pessoas causarem este tipo de
efeito em você, enquanto outras pessoas o deprimem, o colocam pra baixo e em sua
presença você sente a vida como um fardo a ser carregado? Um tipo é positivo, o
outro, negativo. Em cada um dos aspectos físicos ambos se assemelham, mas um
possui um poder mental e espiritual que o outro não tem, e sem o qual um
indivíduo só pode pouco esperar.
De qual dos dois tipos gostamos mais? Com quem preferimos nos associar?
Certamente não é com aquele que nos deprime. Já temos o bastante daquilo. Mas o
que dizer do homem que nos inspira a descobrir nosso próprio valor? Ah, ele é a
pessoa para quem nos voltaremos o tempo todo. Mesmo antes de o alcançarmos,
em nosso afã de lhe estar próximo, ou mesmo ouvir sua voz, já não sentimos uma
força vindo ao nosso encontro? Você acha que este homem, possuidor de tamanho
e maravilhoso poder de atração terá algum dia falta de amigos? Terá ele algum dia
de lutar por uma posição? Já tantas posições lhe estão disponíveis que ele está
pesando em sua mente qual delas irá aceitar. Ele não tem de se tornar um sucesso.
Ele já é.
Pensamentos de fracasso, limitação, ou pobreza são negativos e devem ser
extirpados de nossas vidas de uma vez por todas. Alguns dirão: “Mas o que dizer
dos pobres? O que você pretende fazer com eles? Devem ser abandonados sem
ajuda nenhuma?” Não. Mil vezes não. Eles possuem este mesmo poder, que é
inerente a todos os homens. Eles continuarão a ser pobres até despertarem e
perceberem o que a vida é. Toda a caridade da Terra jamais acabou com a pobreza,
e jamais acabará. Se isso fosse possível, já teria sido realizado. Não precisamos dar
ouvidos aos propagadores da calamidade. Que clamem à vontade se isso lhes faz
 bem. Deus nos concedeu um poder e devemos usá-lo. Podemos realizar mais para a
salvação do mundo dando provas desta lei do que a caridade jamais pôde fazer.
Bem aqui, neste mundo multifacetado em que vivemos agora, existe
dinheiro e provisão para que todo mundo possa usar. Nem sequer uma fração da
riqueza do mundo é usada. Inventores e descobridores estão aumentando esta
riqueza diariamente. Estamos falando de pessoas reais. Mas no meio da plenitude,
cercado por todas as dádivas celestes, o homem senta-se e mendiga pelo seu pão de
cada dia. Ele deveria ser ensinado a perceber que é o próprio autor destas
condições que o atormentam. Que em vez de culpar Deus, o homem ou as
circunstâncias que o envolvem, ele deveria aprender a buscar a verdade, e deixar
aos mortos a função de sepultar os seus mortos. Deveríamos dizer a todos os
homens dispostos a crer, qual a sua verdadeira natureza. Mostrar-lhe como superar
todas as limitações. Dar-lhe coragem, mostrar-lhe o caminho. Se ele não acreditar,
se recusar-se a trilhar o caminho, não é nossa culpa. Teremos dado o nosso melhor,
podemos partir. Podemos ser empáticos com as pessoas, mas jamais com os
problemas, limitações e misérias. Se as pessoas continuarem insistindo em apegar-
se aos seus problemas, nem mesmo toda a caridade do planeta poderá ajudá-las.
Lembre-se que Deus é o poder silencioso por trás de todas as coisas, sempre pronto
para fluir como expressão quando os canais apropriados estiverem disponíveis,
canais estes que são a fé positiva e receptiva na evidência das coisas não vistas com
os olhos físicos, mas eternas no céu.

8
Tudo é mente, e temos de providenciar um caminho por onde a mente passe
através de nós, e se expresse externamente em nossos negócios. Se permitirmos
que a opinião do mundo controle os nossos pensamentos, aquela opinião será a
nossa demonstração. Se por outro lado, nos elevarmos acima do mundo,
realizaremos algo novo.
Lembre-se que todas as pessoas estão fazendo demonstrações. Mas a
maioria delas está fazendo o que pode com seu presente poder de percepção.

COMO ATINGIR A FORÇA 

Certifiquemo-nos de usar a atitude mental correta em tudo o que fizermos,


nos enchendo com tamanha coragem e poder, que todos os nossos pensamentos de
fraqueza fujam de nossa presença. Se quaisquer pensamentos de fraqueza
surgirem, faça a seguinte pergunta: a vida é fraca? Se a vida não é fraca, e se Deus
não está desanimado, então você não está, jamais esteve, e jamais estará tampouco.
Estou ainda para ver algum pensamento doentio ou de desânimo que possa
derrotar esta atitude mental.
Jamais! A vida é forte, e você é forte com o poder do Infinito. Esqueça de
tudo enquanto você repousa neste poder. Você é forte e pode dizer EU SOU. Você
 vem agindo sob a ilusão, mas agora não está mais iludido. Agora você sabe, e saber
é usar a lei de uma forma construtiva. “Eu e o Pai somos um”. “Isto é força para os
fracos e vida para todos aqueles que crêem”.
Podemos desta forma nos preencher com o poder de atração de modo que o
tornamos irresistível. Nada pode impedir as coisas de virem até o homem que sabe
estar lidando com o mesmo poder que tudo cria a partir de si, que move-se dentro
de si, e que mantém todas as coisas em seus devidos lugares. Eu sou um com a
Mente Infinita. Deixe que esta idéia ecoe dentro de você muitas vezes por dia até
 você se elevar àquelas alturas, e enxergar.
Para ter a certeza de que estamos criando a atmosfera mental correta e
atrairmos então o que queremos, temos de primeiramente vigiar nosso
pensamento, senão criaremos aquilo que não desejamos ver manifestado. Em
outras palavras, temos de pensar somente naquilo que desejamos experimentar. A 
mente devolve para o pensador somente aquilo que ele pensou. Nada ocorre por
acaso. A lei governa toda a vida, e todas as pessoas estão sob aquela lei. Mas aquela
lei, no que nos diz respeito, é movida por nós mesmos, e o fazemos através do
poder do nosso pensamento.
Todas as pessoas estão vivendo em um mundo de sua própria autoria, e
deveriam falar somente palavras e nutrir somente os pensamentos que desejam ver
manifestados em suas vidas. Não devemos ouvir, pensar, falar, ou ler sobre
limitações de nenhum tipo. Não há maneira sob o céu de possibilitar que dois
pensamentos opostos tragam um resultado único. Isso é impossível e quanto antes
percebermos isso, mais cedo chegaremos. Isto não significa que devemos ter medo
de criar uma imagem equivocada, mas significa que a maneira como as pessoas
pensam pode vir a produzir senão o fracasso. É por isso que poucos conseguem o
sucesso.

9
 A pessoa que vai ser bem sucedida jamais deixará sua mente concentrar-se
em erros do passado. Ele perdoará o passado em sua vida e na vida das outras
pessoas. Se cometer um erro se perdoará. Estará ciente de que enquanto desejar
qualquer bem, nada existe no universo a se lhe opor. Deus não amaldiçoa a
ninguém, nem a coisa alguma, o homem amaldiçoa aos outros e a tudo.
Deus não faz as coisas comparando o Seu poder com algum outro tipo de
poder. Deus sabe que ao afirmar está feito. E se compartilhamos desta divina
natureza temos de reconhecer a mesma coisa em nossas vidas que Deus conhece na
Sua.

“Sou o senhor do meu destino,


e o capitão da minha alma”.

O QUE ATRAIREMOS

 Atrairemos para nós, e para nossas vidas, condições em conformidade com o


nosso pensamento. As coisas são apenas manifestações externas de conceitos
mentais internos. O pensamento não só é poder, como também a forma de todas as
coisas. As condições que atrairemos serão exatos correspondentes de nossas
imagens mentais. É, portanto, necessário que o homem de negócios mantenha em
sua mente pensamentos de felicidade, que devem produzir alegria em vez de
depressão. Ele deve irradiar alegria, e deve estar imbuído de fé, esperança e
expectativa. Tais atitudes mentais alegres e esperançosas são indispensáveis àquele
que realmente quer realizar coisas na vida. Expulse da sua mente todo e qualquer
pensamento negativo de uma vez por todas. Declare a sua liberdade. Saiba que
independentemente do que os outros possam dizer, pensar ou fazer, você é um
sucesso, agora, e nada pode atrapalhá-lo de atingir o seu bem.
Todo o poder do universo está ao seu lado. Sinta-o, conheça-o e aja, então,
com se fosse verdade. Esta atitude mental por si só atrairá pessoas e coisas para
 você. Comece a se libertar de todas as falsas crenças, uma a uma, de todas as idéias
que rezam o homem ser limitado, pobre ou infeliz. Use este maravilhoso poder de
 vontade que Deus lhe deu. Recuse-se a pensar em fracasso ou a duvidar do seu
próprio poder.
 Veja somente aquilo que deseja experimentar, e não olhe para nada além
disso. Não importa quantas vezes os velhos pensamentos retornem, destrua-os
sabendo que não possuem poder sobre você. Encare-os diretamente face a face e
ordene que se vão. Não pertencem a você, e você deve saber – e se apegar a isso –
que você está livre.
Eleve-se na fé daquele que sabe com o que está lidando, e declare que você é
um com a Mente infinita. Saiba que você não pode se ausentar desta Mente. Que
onde quer que vá, ali, ao seu lado, querendo ser usado, está todo o poder do
universo. Quando você perceber isso, você saberá que está em união com este
poder, o único poder, e que você é mais que tudo, mais do que qualquer coisa que
possa acontecer a você.

UM POUCO MAIS SOBRE O PODER DA ATRAÇÃO

10
Lembre-se sempre de que o Espírito faz as coisas a partir de Si próprio. Ele
se manifesta no mundo visível, tornando-se a coisa que ele deseja ser. No mundo
individual, o mesmo processo acontece. Ao homem é dado usar o poder criador,
mas com tal uso segue-se a necessidade de usá-lo da forma com ele foi feito para
ser usado. Se Deus faz as coisas primeiramente no pensamento, antes de torná-las
manifestadas, temos de então usar o mesmo método.
 Você pode atrair somente aquilo em que você se tornar primeiro
mentalmente, e sentir-se sendo na realidade, sem a menor sombra de dúvida. Uma
firme corrente mental fluindo na mente criativa atrairá condições consistentes.
Uma corrente de consciência vacilante atrairá condições equivalentes em sua vida.
Temos de ser consistentes em nossa atitude mental, sem jamais vacilar. Tiago
afirma “Peça com fé, não duvidando, pois aquele que duvida é como uma onda
levada pelo vento. Que tal homem não pense que irá receber qualquer coisa do
Senhor”.
Estamos imersos na aura de nosso pensamento. Esta aura é o resultado
direto de tudo o que já dissemos, pensamos ou fizemos. Ela decide o que
acontecerá em sua vida. Atrai o que se lhe assemelha e repele o que se lhe difere.
Somos atraídos para aquelas coisas que incorporamos mentalmente. A maior parte
dos processos mentais tem sido inconscientes, mas quando tivermos uma
compreensão da lei segundo a qual tudo o que devemos fazer é incorporar
conscientemente aquilo que desejamos, e pensar aquilo com exclusividade, então
seremos silenciosamente levados em direção ao que queremos. Temos em nossas
mãos esta lei para fazermos com ela o que quisermos. Podemos atrair o que
quisermos, mas somente à medida em que soltarmos os antigos padrões e
assumirmos os novos, o que devemos fazer com a exclusão de tudo mais. Este não é
um empreendimento para o homem fraco, mas o trabalho das almas fortes e auto-
confiantes. E o fim vale o esforço. A pessoa capaz de manter seu pensamento
centrado é a que obterá os melhores resultados. Mas isto não implica a necessidade
de esforço ou qualquer coisa de natureza trabalhosa. Ao contrário, esforço é tudo o
que devemos evitar. Quando soubermos que existe somente um poder, não
lutaremos, mas saberemos, e na tranqüilidade veremos somente aquilo que
sabemos que deve ser a verdade. Isto significa uma determinação firme e
persistente de pensar naquilo que queremos pensar, independentemente de
qualquer evidência contrária. Olhamos não para o que é visto, mas para o invisível.
O Rei de Israel entendeu isso quando, ao olhar para as hostes inimigas vindo em
sua direção, disse: “Não temos poder contra esta grande companhia, mas nossos
olhos estão sobre Ti” – sobre o poder único.

COMO ATRAIR AMIGOS

O homem que aprendeu a amar todas as pessoas, não importando quem


sejam, encontrará uma infinidade de pessoas que lhe devolverão este amor. Isto
não é um mero sentimento, e também vai além de uma atitude mental religiosa.
Trata-se de um fato científico profundo, ao qual deveríamos prestar mais atenção.
 A razão é a seguinte: como tudo é mente, e atraímos para nós aquilo em que
primeiro nos tornamos, até aprendermos a amar, não estaremos transmitindo

11
 vibrações amorosas, e enquanto não estivermos emitindo tais vibrações, não
poderemos estar recebendo o amor de volta.
Uma das primeiras coisas a fazer é aprender a amar todo mundo. Se você
não fez isso, comece de uma vez. Sempre existe mais bem do que mal nas pessoas, e
 ver o bem tende a chamá-lo à exteriorização. O amor é o maior poder curativo e
atrativo da Terra. Ele é a própria razão de nossa existência, o que explica o porquê
de as pessoas precisarem de algo ou alguém para amar.
 A vida que não amou ainda não foi vivida. Está morta. O amor é o impulso
único para a criação. E o homem que não possui o maior incentivo em sua vida
 jamais desenvolveu o verdadeiro instinto criativo. Ninguém pode chegar-se ao
universal sem amor, pois é o amor que forma toda a base do universo.
Quando acharmos que estamos sem amigos, a primeira coisa a ser feita é
enviar nosso pensamento para todo o mundo – transmiti-lo cheio de amor e
afeição. Saiba que este pensamento vai encontrar os desejos de alguma outra
pessoa que deseja a mesma coisa, e de alguma forma ambos se encontrarão. Livre-
se do pensamento que as pessoas são mesquinhas. Tais pensamentos só podem
produzir equívocos e nos levar à perda dos amigos que ora possuímos. Pense no
mundo inteiro como seu amigo. Mas você também precisa ser o amigo do mundo
inteiro. Desta forma e com esta simples prática você atrairá para você tantos
amigos ao mesmo tempo que pouco tempo terá para todos eles. Recuse-se a
enxergar o lado negativo de alguém. Recuse-se a entender mal ou ser mal-
entendido. Não seja mórbido. Saiba que todos desejam que você tenha o melhor.
 Afirme isso onde quer que vá e você encontrará as coisas da forma como as deseja.
 A atmosfera criada por alguém que ama de verdade é tão poderosa que
mesmo que seus defeitos sejam muitos, o mundo o amará de volta mesmo assim.
“Àquele que muito ama, muito será perdoado”. As pessoas estão desesperadas por
um interesse humano real, por alguém que lhes diga que elas estão bem. De quem
gostamos mais: de alguém que está sempre com problemas, achando defeito em
tudo, ou de alguém que olha pra o mundo como seu amigo, a quem ama? A 
pergunta é até desnecessária. Sabemos que desejamos a companhia da pessoa que
ama e não liga para o resto.
 A única razão para que nós pensemos que outras pessoas são "esquisitas " é
por elas não pensarem da mesma forma que nós. Temos de abrir mão de uma
atitude tão mesquinha como esta e ver as coisas sob uma ótica mais ampla.
 A pessoa que enxerga aquilo que deseja, a despeito das aparências,
experimentará exteriormente aquilo que tão fielmente contemplou em seu interior.
Mesmo que apenas por razões egoístas, por menor que seja esta razão, não
podemos nos dar ao luxo de encontrar defeitos ou odiar, ou simplesmente manter
algo contra alguém em nossa mente. Um Deus de amor não pode escutar as preces
do homem que não é amor. O amor e a cooperação serão ainda considerados os
maiores princípios de negócios da Terra. “Deus é amor”.
Faremos nossa união com todas as pessoas, com toda a vida. Afirmaremos
que nossa união com Deus significa a união de Deus com todas as coisas. Este um
está agora atraindo para sua vida todo o amor e companheirismo. Eu sou um com
todas as pessoas, todas as coisas, com toda a vida. À medida que escuto no silêncio,
a voz de toda a humanidade fala comigo e responde ao amor que eu lhe transmito.

12
Este grande amor que sinto agora pelo mundo é o amor de Deus, e este amor
é sentido por todos, que por sua vez o retorna para mim. Nada se coloca no meio,
pois não existe nada senão o amor no meio disso. Compreendo todas as pessoas e
tal compreensão se reflete de volta para mim, partindo de todas as pessoas. Eu
ajudo, portanto, sou ajudado. Eu elevo, portanto sou elevado. Nada pode
atrapalhar este retrato perfeito de mim mesmo, de minhas relações com o mundo.
É algo real. Sou agora envolvido pelo amor, por toda a amizade, todo
companheirismo, toda saúde, toda felicidade, todo sucesso. Eu sou um com toda a
 vida. Eu aguardo no silêncio, enquanto o Grande Espírito transmite a sua
mensagem para o mundo inteiro.

O CONTROLE DO PENSAMENTO

O homem que pode controlar o seu pensamento pode ter e fazer o que
desejar. Tudo está ao seu dispor. Ele deve lembrar-se que seja o que for que
adquirir é para seu uso, e não para ser mantido. A criação está sempre fluindo e
temos dela tanto quanto pudermos pegar e usar. Mais que isso causaria a
estagnação. Estamos livres de todo pensamento de apego a alguém ou alguma
coisa. Será que o Grande Princípio da Vida não pode criar para nós mais rápido do
que podemos usar ou gastar? O universo é inexaurível. É ilimitado. Desconhece
limites e não possui restrições. Não estamos dependendo de um galho a ser
sacudido pelo vento, mas sim do princípio da própria vida, para tudo o que
queremos, possuímos ou, um dia, venhamos a possuir. Não se trata de algum
poder, ou um grande poder, afirmamos aqui. Trata-se do poder total. Tudo o que
temos de fazer é crer nisto e agir como se fosse verdade, jamais vacilando, nem
mesmo uma vez sequer, independentemente do que venha a acontecer. Ao
fazermos isso, notaremos que as coisas se movem firmemente em nossa direção, e
que se aproximam sem que tenhamos de despender aquele esforço terrível que
destrói a paz da maior parte da humanidade. Sabemos que não pode haver falhas
na Mente Divina, e que esta mente é o Poder do qual dependemos. Agora, o fato de
dependermos da Mente Divina não nos deve inspirar o pensamento de que não
temos uma parte a cumprir. Deus atuará através de nós se O permitirmos, mas
temos de agir exteriormente como se estivéssemos seguros de nós mesmos. Nossa
parte é acreditar, e agir então com fé. Jesus foi ao túmulo de Lázaro crendo e
sabendo que Deus estava atuando através dele. Freqüentemente precisamos ir a
algum lugar ou realizar algo, e temos de saber, com profunda convicção, que haverá
um poder nos acompanhando, e que ninguém o poderá deter. Quando sentimos
este lugar seguro em nosso pensamento, tudo o que temos de fazer é agir. Não há
dúvidas de que o poder criativo do universo vai responder. Ele sempre responde.
Portanto, não precisamos nos preocupar, e sim fazer os nossos pedidos com
espírito de gratidão.
Quando Jesus afirmou, “Todas as coisas que pedirdes com fé, crendo,
recebereis”, ele declarava uma daquelas muitas profundas verdades que lhe
estavam tão claras, e que nós apenas começamos a enxergar. Ele sabia que todas as
coisas eram feitas pela mente. E que, sem aquela aceitação positiva por parte do
indivíduo, não haveria o molde, o real saber, o qual nem sempre está presente na
mente do homem. Uma vez que Deus só pode fazer por nós o que pode fazer

13
através de nós, nada pode ser feito para nós se não formos positivamente
receptivos, mas quando percebemos a lei e seu modo de funcionamento,
poderemos oferecer uma aceitação interna completa. Agindo assim, permitimos
que o Espírito realize a obra, que torne a dádiva disponível.
O motivo pelo qual fazemos nossos pedidos com gratidão é que sabemos
desde o início que vamos receber e, portanto, não há porque não sermos gratos.
Esta atitude agradecida ao Espírito nos colocou muito próximos do poder e muito
adiciona à realidade da coisa com a qual estamos lidando. Sem isso, pouco
podemos realizar. Portanto, cultivemos toda a gratidão de que formos capazes.
Em gratidão, enviaremos nossos pensamentos para o mundo, e quando estes
pensamentos voltarem, chegarão plenos dos frutos do Espírito.

CRIANDO ATMOSFERA 

 Ao estudante que percebeu que tudo é mente e que tudo é governado por
uma lei, um outro pensamento ocorre: ele pode criar, ou já criou, a partir do seu
próprio pensamento. Ele pode criar tamanha atmosfera mental de sucesso que seu
poder de atração será irresistível. Ele pode enviar seu pensamento por todo o
mundo e fazer-lhe trazer tudo aquilo o que deseja. Ele pode assim preencher seu
local de trabalho com o poder do sucesso que há de atrair tanto de longe quanto de
perto. O pensamento sempre nos devolverá aquilo que lhe transmitimos.
Primeiramente, temos de apagar de nosso pensamento toda descrença. Este livro
foi escrito para aqueles que crêem. E para eles isto tudo será uma realidade da vida.
Sem clareza mental por parte do pensador, não pode haver a realização de
nenhum trabalho criativo. Da mesma forma como a água atingirá seu próprio nível,
a mente também nos devolverá aquilo em que primeiramente acreditamos.
Estamos sempre conseguindo aquilo em que acreditamos, mas nem sempre aquilo
que queremos. Nosso pensamento tem o poder de atingir, na forma de condições
externas, o correspondente preciso de nossas condições internas.
 Ao pensar, você coloca em movimento o poder criador. Ele será exatamente
conforme o seu pensamento. Você lança na mente uma idéia, a mente a cria para
 você e a coloca no caminho de sua vida. Pense na mente, portanto, como seu
melhor amigo. Ela está sempre com você onde quer que você vá. Ela jamais o
abandona. Você jamais está só. Não há dúvida, nem medo, nem vacilações. Você
sabe. Você usará o único poder que existe no universo. Você irá usá-lo com um
propósito definido. Você já tem o tal propósito em mente. Agora, você o irá
declarar.
 Você o irá pronunciar para o seu próprio bem. Seu único desejo é o bem e
 você sabe que somente o bem pode vir até você. Você estabeleceu sua unidade com
a vida, e agora a vida o irá ajudar em todas as situações.
 Você irá estabelecer ao seu redor tamanha atmosfera de sucesso, que
funcionará como um poder irresistível que varrerá tudo diante de si ao perceber a
grandeza e o poder total do Um. Você está certo, a ponto de nem sequer olhar para
conferir se vai realmente acontecer ou não. Você SABE.
E agora a palavra, que é uma com a vida infinita, deve ser proferida numa
calma e perfeita confiança. Ela será “ouvida” e sobre ela uma ação se iniciará. O

14
padrão é perfeito, como também o será o resultado. Você se vê rodeado pelas coisas
que deseja. Sua palavra está estabelecendo isso pela vida perfeita, pela perfeita
atividade, pelo poder total, pela total orientação. O poder do Espírito está atraindo
para você todas as pessoas. Está nutrindo você com todo o bem, está preenchendo
sua vida com toda vida, verdade e amor.
 Aguarde no perfeito silêncio enquanto o poder interior leva a sua palavra. E
saiba então, que está tudo realizado para você. Desta palavra procede o poder do
infinito. “As palavras que eu falo são espírito e vida.”

O PODER DAS PALAVRAS

 A palavra do homem, lançada na mente criativa, é investida com o poder de


expressão. “Pelas tuas palavras serás justificado, e pelas tuas palavras serás
condenado”. Nossa palavra possui a quantia exata de poder que nela tivermos
investido. Isto não quer dizer poder através de esforço ou luta, mas sim de uma
convicção absoluta, ou fé. É algo semelhante a um pequeno mensageiro que sabe o
que ele está fazendo e sabe como fazê-lo. Colocamos em nossas palavras a
inteligência que nós somos, apoiados na inteligência maior da Mente Universal, e
ela se transforma na lei para expressar aquilo que foi dito. Jesus tinha disso uma
compreensão bem maior do que a nossa. Na verdade, sua crença era absoluta, pois
afirmou “os Céus e a terra não passarão, até que minhas palavras sejam
cumpridas”.
Isto faz de nosso mundo algo inseparável do Poder e Inteligência Absolutos.
 Agora, se alguma palavra possui poder, segue-se que todas as palavras possuem
poder. Algumas devem ter um poder maior que outras, de acordo com nossa
convicção, mas todas as palavras têm poder.
Portanto, quanto cuidado temos de ter com as palavras que proferimos.
Tudo isto vem provar que somos um com a Mente Infinita, e que nossas
palavras tem poder de vida dentro delas. Que a palavra está sempre conosco e
nunca longe de nós. A palavra está dentro de nossos próprios lábios. Cada vez que
falamos estamos usando o poder.
Somos uma mente unida com todo o universo. Estamos todos eternamente
unidos nesta mente e com seu poder real. É nossa própria culpa se não usamos este
poder depois de conhecê-lo.
Devemos nos sentir cercados por esta mente, esta grande vida pulsante, esta
realidade que tudo conhece. Quando sentimos esta presença próxima, este grande
poder de vida, então tudo o que temos a fazer é proferi-la, falar com toda a
convicção positiva da alma que encontrou sua fonte, e acima de tudo jamais temer,
pois será feito para nós conforme a nossa crença.
Que poder maravilhoso, que renovação da vida e do poder de expressão
estão no aguardo daqueles que realmente crêem. Imagine o que a raça humana há
de atingir quando todos despertarem para estes fatos da vida! Contudo, a raça
humana ainda não começou a viver. Mas o tempo se aproxima. Já milhares estão
usando este poder, e milhares assistem atenciosamente enquanto aguardam a
chegada deste novo dia.

15
POR QUE A CRENÇA É NECESSÁRIA 

Sempre que oramos, temos de acreditar. A idéia que fazemos da oração não
é bem a de pedir as coisas que precisamos para Deus. Como dissemos antes, esta
crença antecipada é necessária porque tudo é mente, e até termos uma aceitação
total, não teremos providenciado o molde no qual a mente pode se derramar e
através do qual irá se manifestar. Esta crença positiva é absolutamente essencial
para um verdadeiro trabalho criativo. E se não a possuímos, precisamos
desenvolvê-la.
Tudo é lei, e causa e efeito permeiam toda a vida. A mente é causa, e o que
chamamos de matéria, ou visível, é efeito. Da mesma forma que a água assumirá a
forma do local onde foi despejada, a mente irá solidificar-se somente nas formas
fornecidas a ela pelo nosso pensamento. O pensamento é forma. O indivíduo
providencia a forma. Ele jamais cria ou manifesta por si mesmo. Existe algo que
realiza isto para ele. Sua única função é usar este poder. Este poder está sempre à
mão, pronto para ser comandado e tornar as palavras uma expressão visível. Mas o
molde que a maioria de nós providencia é muito pobre, e nós o mudamos tão
rapidamente que mais se assemelha a uma projeção numa tela de cinema.
Já possuímos o poder, que é uma dádiva do Altíssimo em sua expressão
finita. Mas nossa ignorância de como usá-lo tem nos feito criar o molde
equivocado, que a seu turno leva a mente a produzir a forma que nosso
pensamento sugeriu. De tal lei de causa e efeito não temos como escapar. E embora
possamos pensar nela como algo difícil, a princípio, quando a compreendermos,
 veremos sua justiça absoluta sem a qual jamais poderia existir atuação individual
 verdadeira. Por causa de nossa individualidade divina, até mesmo Deus tem de
esperar pelo nosso reconhecimento Dele e de Suas leis.
Nos negócios, as pessoas farão um grande bem ao se lembrarem disto, de
modo a formar-lhes o pensamento de que estão dispostas a receber aquilo que
transmitiram. Pensamentos de discórdia e desânimo não devem ser nutridos, e sim
uma segurança positiva, fortes pensamentos de sucesso, da atividade divina, um
sentimento de que com Deus todas as coisas são possíveis, a crença de que somos
Um com a Grande Mente. Estes são os pensamentos que dão base ao sucesso.
 A percepção de que estamos lidando com um poder, e não com dois, nos
capacita a pensar com clareza. Não estamos perturbados pela competência,
oposição ou fracasso, pois nada existe senão a vida, e esta vida está constantemente
nos dando tudo que pudermos pedir, desejar ou lhe transmitir por pensamento.

Podemos ver agora o quão essencial é que o pensamento tenha uma direção
única. Que devemos pensar sempre e somente naquilo que desejamos, sem jamais
deixar nossas mentes concentrarem em outra coisa. Desta maneira o Espírito atua
através de nós.

ONDE MUITOS FRACASSAM

O indivíduo comum, ao sentar-se para tratar espiritualmente os seus


negócios, inconscientemente faz exatamente o que deve ser evitado. E depois se
pergunta porque não conseguiu os resultados desejados. Muita gente apenas se

16
senta e deseja, ou anseia por algo. Talvez até tenham um grande desejo ou
esperança. Podem mesmo ir ao ponto de crer que seu desejo se realizará. Tudo isto
é bom até onde chega, mas não chega muito longe. O que temos de manter é aquela
mentalidade de “já recebi”. Isto pode parecer duro no começo, mas podemos
facilmente enxergar sua necessidade. E se é a única forma pela qual a mente
funciona, é isto que devemos fazer.
O poder é, a mente é, a vida é, mas todos devem fluir através de nós para que
se expressem em nossas vidas. Estamos lidando com lei, e a natureza precisa ser
obedecida antes de trabalhar para nós. Apenas perceba que esta lei é tão natural
quanto qualquer outra lei de Deus, e faça dela o mesmo uso inteligente que você
faria com a lei da eletricidade. Assim você conseguirá os resultados desejados. Nós
criamos a forma de pensamento sobre a qual as energias divinas atuam e às quais
serão trazidas todas as condições necessárias para o cumprimento do pensamento.
Isto é tudo o que devemos fazer ao darmos um tratamento espiritual.
Contudo, devemos primeiramente purificar nossas mentes de todo medo, de todo
senso de separação da Mente Divina. A lei é. Mas antes, temos de obrigá-la, temos
de usá-la em nossas próprias vidas. Nada pode nos ocorrer que não tenha antes se
tornado uma crença aceita em nossa própria consciência. Podemos nem sempre
estar conscientes do que está ocorrendo em nosso interior, mas a prática nos
habilitará a controlar nosso pensamento mais e mais, para que possamos conseguir
pensar no que queremos, independentemente de qual seja o caso. Cada pessoa
possui dentro de si a capacidade de conhecer e fazer uso da lei, mas tal capacidade
deve ser desenvolvida conscientemente. Isto se faz com a prática, e com a
disposição de aprender a utilizar tudo o que sabemos até aqui.
O indivíduo que possui maior poder é aquele que tem a maior percepção da
presença divina, e para quem esta presença representa o princípio da vida com
maior atividade em sua existência. Todos precisamos de mais determinação e
menos conversa. Existe algo que aguarda somente nosso reconhecimento para
nascer em nossa vida, trazendo consigo todo o poder do universo.

USANDO A IMAGINAÇÃO

Imagine-se rodeado pela mente, tão plástica, tão receptiva, que a menor
impressão do seu pensamento é por ela recebida. O que quer que você pense, ela
pega e executa para você. Cada pensamento é recebido, e sobre ele a ação da mente
ocorre. Não apenas alguns, mas todos os pensamentos. Seja qual for o padrão que
providenciamos, ele será a nossa demonstração. Se não pudermos nos livrar do
pensamento que somos pobres, continuaremos sendo pobres. Tão logo nos
tornamos ricos em nossos pensamentos, seremos ricos em nossa expressão. Isto
não é um palavreado vão, mas a mais profunda verdade que já foi dada à raça
humana. Centenas de pensamentos dos pensadores mais inteligentes e das pessoas
mais espirituais de nossos dias estão provando esta verdade. Não estamos lidando
com ilusões, e sim com realidades. Não dê aos que ridicularizam estas idéias maior
atenção do que daria ao sopro do vento.
No centro de sua alma escolha aquilo que você quer ser e realizar. Guarde
para si mesmo. Diariamente, no silêncio da absoluta convicção, saiba que já está
realizado. Isto já é tão real agora quanto o será quando você tiver a experiência

17
externa. Imagine-se já sendo aquilo que você quer ser. Veja somente aquilo que
 você deseja, e recuse-se a pensar no oposto. Agarre-se a isso, sem jamais duvidar.
Repita várias vezes por dia “Eu sou....” e diga a coisa que você deseja ser. Perceba o
que isso significa. Significa que o Poder Universal da Mente é aquilo, e, portanto, é
impossível falhar.

O DIREITO DE ESCOLHA DO HOMEM

O homem é criado como um indivíduo, e como tal possui o poder de escolha.


Muitas pessoas parecem pensar que o homem não deveria escolher, uma vez que, já
tendo solicitado ao Espírito que o conduza, não precisa mais agir ou escolher. Isto é
ensinado por muitos professores, mas não é consistente com a nossa
individualidade. Se não tivéssemos este privilégio, este poder de escolha, não
seríamos indivíduos. O que precisamos aprender é que o Espírito pode escolher
através de nós. Mas quando isto ocorrer, trata-se de um ato de nossa parte. Mesmo
que afirmemos “eu não escolherei”, já estamos fazendo uma escolha, a escolha de
não escolher.
Não podemos fugir do fato de que somos criados de tal forma que cada passo
da vida é uma constante escolha. O que precisamos fazer é selecionar o que
sentimos ser o certo e saber que o universo jamais nos negará nada. Nós
escolhemos e a Mente cria. Devemos nos esforçar para escolher aquilo que
expressará sempre uma vida maior e temos de nos lembrar que o Espírito está
sempre buscando expressar amor e beleza através de nós. Se estamos sintonizados
com estas coisas, e trabalhando em harmonia com o grande poder criativo, não
precisamos duvidar de Sua disposição de atuar para nós.
Temos de saber exatamente o que desejamos e criar um quadro mental
perfeito daquilo. Temos de confiar absolutamente de que já possuímos o que
queremos e jamais dizer ou fazer nada que negue isso.

IDADE E OPORTUNIDADE

Um dos erros gritantes que as pessoas cometem é a suposição de que estão


 velhos demais para realizar certas coisas. Isto provém de uma falta de compreensão
sobre a verdadeira natureza da vida. A vida é consciência, e não a soma dos anos. O
homem ou a mulher de setenta anos deveria estar melhor habilitado a demonstrar
este poder do que o homem de vinte anos. Deveria já ter evoluído para um
pensamento superior, e é com pensamento que estamos lidando, não com
condições.
 Amélia Barr tinha cinqüenta e três anos quando escreveu seu primeiro livro.
Depois daquele, escreveu mais de oitenta outros, e todos tiveram ampla circulação.
Mary Baker Eddy tinha sessenta anos antes de iniciar seu ministério, e participou
de todas as grandes atividades até transferir-se para o plano espiritual. O autor
desta obra conheceu um homem de sessenta anos que achava que sua chance de
atingir o sucesso já se passara, mas ao estudar estes princípios por um ano, tornou-

18
se um próspero homem de negócios. No momento em que este texto é escrito ele se
encontra bem, como jamais esteve em toda a sua vida. A última vez que foi
questionando a respeito, disse que os negócios se ampliavam a cada dia embora
mal começara ainda. Diariamente ele pede mais atividade em sua loja. Ele
proclama a palavra e percebe o crescimento o tempo todo. Se isto não fosse
 verdade, a vida não valeria a pena ser vivida.
O que representam alguns anos diante da eternidade? Temos de nos livrar
destas falsas noções relativas à idade e à competição. Na verdade, a palavra
competição jamais é mencionada. As pessoas que pensam a respeito jamais
conheceram a verdade.
 A vida é aquilo que fazemos dentro de nós, não o que fazemos fora. Somos
tão velhos quanto nos julgamos ser, isto independentemente do número de anos
que tenhamos vivido na terra.

DEMONSTRANDO O SUCESSO NOS NEGÓCIOS

Todas as demonstrações acontecem dentro de nós. A criação está fluindo


eternamente através de todas as coisas. A lei está sempre agindo a partir daquele
padrão interno. Não lutamos com as condições, usamos princípios que criam as
condições. O que podemos conceber mentalmente, podemos conquistar, não
importa o quão difícil possa parecer exteriormente.
Todas as coisas externas são apenas o círculo exterior de uma atividade
mental interna. Você pode facilmente confirmar isso para si mesmo. Se estiver nos
negócios, por exemplo, administrando uma barraca de sorvetes ou atrás de um
 balcão, e não estiver realizando um bom negócio, olhe cuidadosamente para seu
próprio pensamento e veja o que encontrará. Verá que há uma crença estabelecida
de que os negócios não são bons. Você não estará tendo uma sensação de atividade.
Não encontrará dentro de seu pensamento nenhum sentimento de sucesso. Você
não está esperando muitos clientes.
 Agora, suponhamos que alguém se aproxime e diga: “Qual o problema? Por
que você está fora dos negócios?”. A resposta deve ser algo parecido com isso: “As
pessoas parecem não querer o que tenho para vender”. Ou talvez, “Estes são
tempos difíceis”. Tudo isso não passa de pensamento negativo.
O homem com quem você está conversando não acredita numa única
palavra que você disse. Ele sabe que a causa está na mente e não na matéria, e diz:
“Tudo está na sua mente. O problema com você, é que você não sente ser um
sucesso.”
Talvez tenha ouvido algo a respeito antes. Se for o caso, você perguntará a
ele o que isto significa, ou talvez você ache que ele fala de algo peculiar. Mas
estamos levando em conta que você está tão ansioso para fazer algo que torne o seu
negócio um sucesso que está tentando de tudo, então você lhe pede que explique
melhor. Ele começa a lhe dizer que tudo é mente. Nada se move, se a Mente não o
mover, e que você é um centro dentro desta Mente. Você não compreende o que
isso tem a ver com seus negócios, mas ele prossegue dizendo que seu pensamento
decide se seu negócio será um sucesso ou um fracasso. Neste ponto você fica
indignado, e pergunta se ele está sugerindo que você deseja o fracasso. Claro que
ele sabe não ser bem este o caso, e lhe explica, então, que se por um lado você

19
deseja o sucesso, por outro você pensa no fracasso, teme o fracasso. E explica
também que existe uma lei que materializa o seu pensamento sem fazer perguntas,
apenas levando à concretização do pensamento. Você fica interessado e pergunta
como algo assim pode ser verdade. Ele lhe devolve a seguinte pergunta: “Como algo
passa a existir?”. Isso lhe faz pensar e logicamente você percebe que havia um
tempo em que nada existia, a não ser a vida. Portanto, seja o que for que veio a
existir, só pode ter procedido daquela Vida, pois o que vemos só pode proceder
daquilo que não vemos. Você tem de admitir isso. Então, o que você não vê deve ser
a Causa de todas as coisas. Você tem de admitir isso também. E esta Causa opera
através da Lei, e estando em todas as partes, deve estar em você. Isto é mais difícil
para você enxergar. Mas depois de muito pensar você começa a perceber que isto é
 verdade. Então você, sem saber onde seus processos mentais o estão conduzindo,
aceitou que você é a razão daquilo que lhe acontece na vida, seja sucesso ou
fracasso.
Não poderia tê-lo feito de nenhuma outra forma e ao mesmo tempo o fez um
indivíduo com poder de escolha. Isto é claro.
 Agora, o que você fará a respeito disto tudo? Isto é o que você deve fazer.
Para cada vez que você tiver um pensamento de fracasso, você o irá substituir por
radiantes pensamentos de sucesso. Você irá declarar atividade nos seus negócios.
 Você irá ver diariamente nada mais que a atividade e saberá que está fazendo uso
da Lei, da Lei Universal, e como tal, seu pensamento é tão seguro quanto o
pensamento de Deus.
 Você dará para a Grande Mente Criativa exatamente o que você quer que
aconteça. Você verá somente o que deseja e no silêncio de sua alma você falará isso
e será assim realizado para você. Você passará a crer que o Grande amor Divino flui
através de você e de seus negócios. Você será grato por este amor.
Ele preenche a sua vida. Satisfaz a sua alma. Você é uma pessoa diferente. E
está tão preenchido de atividade e coragem que quando encontra alguém, a pessoa
pergunta sobre tamanha energia. Elas simplesmente desejarão entrar em contato
com você. Elas serão soerguidas.
No curso de alguns meses você será um sucesso. As pessoas virão até você e
dirão: “Como você faz isso?”. A resposta será a mesma que lhe foi dada meses
antes.
Que o homem que está falando para o público faça a mesma coisa. Que veja
diariamente multidões se achegando para escutá-lo. Que não veja nada além disso.
Ele experimentará aquilo que ele sente e vê.
Lembre-se sempre disso. A vida acontece de dentro para fora e nunca de fora
pra dentro. Você é o centro do poder em sua vida.
 Assegure-se de não aceitar falsas sugestões. O mundo está cheio de profetas
da catástrofe. Afaste-se deles um a um, não importa quanta grandeza você veja
neles. Você não tem tempo a perder com coisas negativas. Você é sucesso, e você
está dando à Lei somente aquilo que você deseja ver realizado. E a lei está sempre
trabalhando a seu favor. Todo medo se foi e você sabe que existe somente um poder
em todo o Universo. Feliz o homem que sabe disto, a maior de todas as verdades.
Tudo gira em torno de nossa habilidade mental de controlar o nosso
pensamento. O homem que consegue fazer isso pode ter aquilo que quer, que
deseja, e se tornar aquilo que anseia. A Vida, Deus, e o Universo são dele.

20
O DINHEIRO COMO UMA IDÉIA ESPIRITUAL

Muita gente parece pensar no dinheiro como algo maligno, embora eu


 jamais tenha visto alguém que não queira ter altas somas deste “mal” em suas
 vidas.
Se tudo é uma expressão da vida, o dinheiro, então, é uma expressão da vida,
e como tal, só pode ser bom. Sem uma certa quantia de dinheiro nesta vida, tudo
seria mais difícil. Como adquiri-lo, entretanto, é o problema do mundo. Como
conseguiremos a riqueza? O dinheiro não criou a si mesmo, e não sendo auto-
criado, deve ser um efeito. Por trás dele deve estar a causa que o projeta. Aquela
causa jamais é vista. Nenhuma causa é vista. A consciência é a causa e as pessoas
que possuem uma consciência de dinheiro têm uma expressão exterior dele. As
pessoas que não possuem este equivalente mental não têm dinheiro em seus
 bolsos.
O que precisamos fazer é adquirir uma consciência de dinheiro. Isto pode
soar como extremamente materialista, mas a verdadeira idéia do dinheiro não é
material, e sim espiritual. Temos de estabelecer nossa união com ele. Jamais
poderemos fazer isso enquanto enxotarmos o dinheiro de nossa presença pensando
que não o possuímos. Mudemos o método e comecemos a estabelecer nossa
unidade com o suprimento, declarando diariamente que todo o Poder no Universo
está nos trazendo diariamente tudo aquilo que podemos usar. Sinta a presença do
suprimento. Saiba que ele é seu agora.
Faça-se sentir como possuidor dele agora, e que mais lhe será dado.
Trabalhe consigo até chegar ao ponto em que não haja mais dúvidas. O dinheiro
não pode ser mantido distante de alguém que compreende que tudo é Mente, e que
a Lei Divina governa sua vida.
 Agradeça diariamente pelo perfeito suprimento. Sinta-o como seu, e que
 você adentrou em sua plena posse agora. Recuse-se a falar de pobreza ou limitação.
 Apegue-se à idéia de que você é rico. Adquira a consciência do milionário. Não há
outra forma e isto se refletirá em tudo o que você fizer.
 Veja o dinheiro chegando para você de todas as fontes e de todas as direções.
Saiba que tudo está operando para o seu bem. Perceba em sua vida a presença do
Poder Total. Fale para Ele, e sinta que Ele responde à sua abordagem. Sempre que
 vir algo ou alguém que você crê possuir mais do que você, afirme que você possui a
mesma coisa. Isto não quer dizer que você possui o que é dele, mas que você tem
tanto quanto ele. Significa que tudo o que você precisa lhe pertence.
Sempre que você pensar sobre algo grande, diga “Isto significa Eu”. Desta
forma, você aprende a unificar-se, na Lei, com conceitos grandiosos, e conforme o
modo de operação da lei, ela tenderá a produzir para você as coisas desejadas.
Jamais se permita duvidar nem mesmo por um minuto. Sempre seja positivo sobre
 você mesmo. Mantenha a vigilância sobre os pensamentos, e a Lei fará o resto.

 AÇÃO

O Universo vibra de tanta atividade. Este movimento está em toda parte.


Nada, jamais, permanece inativo. Toda a atividade procede da mente. Se desejamos

21
estar em harmonia com as coisas, temos de nos movimentar. Isto não quer dizer
que temos de lutar ou batalhar, e sim que temos de estar dispostos a fazer a nossa
parte, permitindo que a Lei atue através de nós.
Deus só pode realizar para nós à medida que permitirmos que ele as realize
através de nós. A Inteligência nos dá algumas idéias e a nossa parte é trabalhar em
cima delas. Mas nosso trabalho não é mais realizado com base num senso de
dúvida ou medo, pois sabemos que estamos lidando com algo que não comete
erros. Procedemos com uma calma confiança, nascida da confiança interna em um
Poder que é Infinito. Por trás de todos os nossos movimentos, portanto, há um
grande propósito, que é deixar que a Lei trabalhe através de nós.
 A Lei da Atividade precisa da nossa cooperação. Temos de estar dispostos a
levar este caminho para a atividade externa. Jesus foi até o túmulo de Lázaro.
Talvez tenhamos de ir até lá, mas em nossa companhia vai algo que nunca falha.
Esta lei de atividade é o que temos de ver em nossos negócios. Vamos a
tantos locais de negócio onde falta esta atmosfera de atividade, e nos produzem
tamanho sentimento de desconforto, que nosso interesse pelo que pode estar
acontecendo ali simplesmente desaparece. Não sentimos vontade de comprar.
Saímos do local sem nenhuma razão aparente e vamos para outro lugar. Aqui,
sentimos que tudo é lei e movimento, tudo é atividade. Sentimo-nos confiantes de
que aqui é o lugar que estávamos procurando. É aqui que faremos nossa compra.
Encontramos precisamente o que queríamos, estamos satisfeitos com a aquisição e
 vamos embora contentes.
 Agora, para que tal atividade seja criada, é necessário algo além do
pensamento. Não que este algo tenha de vir primeiro, mas aquele que possui este
pensamento de atividade, naturalmente vai manifestar um movimento vigoroso,
energético que ajuda a produzir um espírito de atividade em seus negócios e em
tudo o que vier a empreender. Sempre que você vir um homem que não se
movimenta, você estará diante de alguém cujo pensamento é inativo. Ambos
sempre andam juntos.
Um homem numa loja ou qualquer outro lugar de negócios deve sempre
estar movimentando os seus produtos. Deve sempre estar fazendo algo. As pessoas
 verão isso, e investindo-se deste pensamento de atividade por trás disso, desejarão
negociar ali. Não nos sentimos atraídos por uma loja que tem sempre a mesma
coisa posicionada na mesma prateleira. O mundo gosta de ação, mudança. Ação é
 vida.
Faça um balconista numa loja pensar em atividade e começar a manifestá-la,
mesmo que ele não esteja esperando pelos seus clientes, e em um curto período de
tempo ele começará a esperar pelos clientes. Alerta, esta é a palavra. Sempre alerta.
Deve haver um alerta mental antes de haver qualquer atividade física.
 Aja como se as coisas estivessem acontecendo mesmo que as aparências
digam outra coisa. Mantenha as coisas em movimento e logo você terá de evitar a
pressa. Atividade é genial. Metade das lojas em que você entra o deixam com sono
antes de você sair, e você ainda sente que saiu tarde. A outra metade é viva e
representam as lojas que realmente estão prosperando no mundo.
O homem, que é ativo em o seu pensamento, não tem que ficar sentado
sozinho pensando. Ele trabalha enquanto pensa, e desta forma coopera com a Lei,
que só pode agir através dele. O pensamento de atividade o leva a mover-se, e o

22
pensamento de confiança torna os seus movimentos seguros. O pensamento de
uma Orientação Suprema faz de seu trabalho algo mais inteligente.
Temos de ter cuidado para não nos limitarmos. Sempre faça algo novo e
diferente e você descobrirá que a lei se torna um grande jogo no qual você tem um
importante papel. A vida jamais será enfadonha para aquele que tem a mente e o
corpo ativos. É interessante notar que ainda temos dúvidas se conseguiremos tudo
isso. Algumas pessoas se entregam a tamanha preguiça mental que uma nova idéia
não consegue entrar. Coisas grandiosas são realizadas por pessoas que pensam
grande e se lançam no mundo para tornar os seus sonhos realidade.
Se você não consegue achar nada para fazer, vá para casa e mude a cama de
lugar, ou o piano. Coloque o fogão em outro lugar, e coma em uma outra cadeira.
Isto iniciará os movimentos e as mudanças em você que jamais cessarão. A pessoa
plenamente desperta pode encontrar tantas coisas para fazer que não haverá
sequer tempo para todas nesta vida. Mas ela que sabe que a eternidade é necessária
para levar a termos os ideais que ela começou a desenvolver.
Tudo procede da Mente, mas a Mente age em si por si só, e temos de agir por
nós mesmos em nossas condições. Não como escravos, mas senhores. Tenha
interesse na vida, se quiser que a vida tenha interesse em você. Aja na vida e ela
agirá através de você. Assim você também será uma das pessoas grandiosas deste
mundo.

IDÉIAS DO INFINITO

Suponhamos que desejamos buscar na Mente Universal alguma idéia


específica, alguma orientação, alguma informação, alguma direção. Como faremos
isso? Primeiramente, temos de nos convencer que podemos realizar isso.
De onde vêm todas as invenções? De onde Edison tirou suas informações
sobre a lâmpada? De onde, senão diretamente da Mente do Universo? Tudo o que
 já chegou à raça humana procedeu diretamente da Mente. De nenhuma outra parte
poderia ter vindo.
Toda invenção não passa de uma descoberta de algo que já é, embora não a
tenhamos visto ainda. De onde vem a harmonia da música? De onde poderia
originar-se senão da Mente? O músico não escuta coisas que não conseguimos?
Seus ouvidos estão conectados à Harmonia que ele capta diretamente da Vida, e
que interpreta para o mundo. Estamos rodeados pela música das esferas, mas
poucos captamos o som.
Estamos tão focalizados em problemas que não ouvimos a Melodia Divina.
Se pudéssemos ver, se pudéssemos ouvir, se pudéssemos compreender, se ao
menos percebêssemos a Presença do Todo, o que poderíamos fazer?
Quando um pensamento grandioso surge na mente do indivíduo, um grande
poema começa a ser escrito. Quando uma grande obra de arte é realizada por um
artista receptivo, isto é simplesmente uma indicação da tenuidade do véu. O artista
captou um reflexo da realidade.
Mas para a maioria de nós a inspiração não merece a nossa dependência, e
temos de assumir o método mais lento, porém mais seguro de recebê-lo
diretamente do Infinito. O método é simples e bastante eficiente. Quando você
quiser saber algo, ou como iniciar um plano de ação, aja da seguinte forma:

23
Primeiro, você precisa se aquietar internamente. Você pode estar confuso
diante das aparências externas. Jamais se perturbe pelos efeitos. Eles não criaram a
si mesmos e não possuem uma inteligência para contrariá-los.
 Aquiete-se até perceber a presença da Absoluta Inteligência em torno de
 você, da Mente que tudo sabe. Em seguida, visualize com perfeição aquilo que você
deseja. Você não vai conseguir isso se não souber exatamente aquilo que deseja.
Coloque sua mente em harmonia com a Mente universal, dizendo exatamente o que
 você quer.
Peça o que você deseja, creia que está recebendo, e aguarde. Após alguns
minutos, declare que você agora sabe, mesmo que aparentemente você não saiba,
mas nas profundezas da consciência você recebeu a impressão. Agradeça por ter
recebido. Faça isto diariamente até conseguir alguma direção. Às vezes é
particularmente bom fazer isso pouco antes de ir dormir.
Jamais, depois de ter feito isso, negue que o conhecimento lhe foi dado.
Chegará o momento em que alguma idéia começará a assumir forma. Aguarde por
isso, e quando a idéia surgir, aja a partir dela com toda a convicção de alguém que
está seguro de si.
 Você adquiriu o conhecimento diretamente da fonte de toda a compreensão,
sabedoria que parte da fonte de toda sabedoria. Qualquer um pode fazer isso se
tiver persistência. É uma orientação segura, uma direção que jamais falhará. Mas
temos de ter certeza de que não estamos negando em outros momentos aquilo que
afirmamos no momento da fé. Desta forma, cometeremos menos erros e com o
tempo nossas vidas serão controladas pela suprema sabedoria e compreensão.

 ATENTE PARA ONDE ESTÁ O SEU APOIO

Jamais se apóie em outras pessoas. Você tem força o bastante dentro de


 você, e é grande o bastante para realizar tudo o que for necessário. O Todo
Poderoso implantou um gênio dentro de cada alma e o que precisamos fazer é
revelar este gênio interno, e deixar que ele brilhe para fora. Jamais realizaremos
isso enquanto estivermos apoiados na orientação dos outros. “Reforma-te a ti
mesmo, e aguarda no silêncio, e lá O encontrarás”.
Todo o poder e inteligência do Universo já estão dentro de você, apenas
aguardando para ser utilizado. A Centelha Divina deve fundir-se na sua própria
divindade. Autoconfiança é a palavra de ordem aqui. Escute a sua própria voz. Ela
falará em termos inequívocos. Acredite em seu eu divino, mais do que em qualquer
outra coisa. Todos os grandes homens aprenderam a fazer isso. Cada pessoa, no
interior de sua própria alma, está em comunicação direta com a Compreensão
Infinita. Quando dependemos de nós mesmos, estamos dependendo daquela voz
interna que é Deus, falando através do homem. “O homem é a entrada e a saída de
tudo aquilo que existe em Deus”. Deus nos criou e nos levou a um ponto onde
reconhecemos nossa própria individualidade. De agora em diante, teremos de
deixar que Ele se expresse através de nós. Se fossemos diferentes, não seríamos
indivíduos. “Eis que estou à porta, e bato”. Esta é uma afirmação da proximidade
deste poder, mas nós, individualmente, temos de abrir a porta. Esta porta é nosso
pensamento e somos os guardiões dela. Quando abrirmos a porta, encontraremos a

24
Presença Divina bem à mão, aguardando, pronta e disponível para realizar por nós
tudo aquilo em que pudermos acreditar.
Somos fortes com o poder do Infinito. Não somos fracos. Somos grandes e
não mesquinhos. Somos um com a Mente Infinita.
Quando tiver algo verdadeiro para realizar, guarde para si mesmo. Não fale a
respeito disso. Apenas saiba em sua própria mente do que se trata e mantenha-se
tranqüilo acerca disso. Sempre que achamos que estamos prestes a realizar algo
grandioso, começamos a falar a respeito, e a primeira coisa que notamos é que o
poder, aparentemente, se foi.
O que acontece é o seguinte: estamos todos enviando para a Mente uma
corrente constante de pensamentos. Quanto mais clareza houver, melhor será a
manifestação. Se houver dúvidas, não haverá uma manifestação clara. Se for
confusa, o resultado será a confusão. Tudo isto está de acordo com a Lei de Causa e
Efeito, e não podemos alterar esta lei. Com muita freqüência, quando falamos para
os nossos amigos o que pretendemos fazer, eles confundem nossos pensamentos
rindo deles, ou colocando em dúvida a nossa capacidade de realizar algo tão
grandioso. Claro que isto não aconteceria se fôssemos sempre positivos, mas ao nos
tornarmos mesmo que minimamente negativos, perdemos a força da clareza que é
absolutamente necessária para um trabalho criativo.
Quando você quiser realizar algo grandioso, chegue ao padrão mental, torne-
o perfeito, saiba exatamente o que significa, aumente-o com o seu pensamento,
guarde-o para si mesmo, transmita-o para o poder criativo que está por trás de
todas as coisas, aguarde e escute, e quando vier a impressão, deixe que uma certeza
se siga. Não fale com ninguém a respeito e você terá sucesso quando tantos falham.

CAUSAS E CONDIÇÕES.

Quando percebemos que a vida não é fundamentalmente física, e sim mental


e espiritual, não será difícil para nós enxergarmos que com certos processos
mentais e espirituais podemos demonstrar aquilo que queremos. Não estamos
lidando com condições, e sim com causas. As causas se originam apenas do lado
invisível da vida. Isto não é estranho, já que o mesmo pode ser dito da eletricidade,
ou da própria vida. Não vemos a vida, apenas vemos o que ela faz. A isto chamamos
de condição. Em si mesmo não passa de um efeito. Estamos vivendo no mundo
externo dos efeitos e no mundo interno das causas.
Estas causas são movimentadas pelos nossos pensamentos, e por meio do
poder inerente dentro das causas, os pensamentos se expressam como condições.
Segue-se que a causa deve ser igual ao efeito, e que o efeito sempre equivale à causa
mantida na mente.
Tudo provém de uma única substância, e nosso pensamento atua naquela
substância e determina o que vai ocorrer em nossa vida.
Todo o ensinamento do  Bhagavad Gita nos diz que existe somente Um e
que aquele Um se torna exatamente aquilo em que acreditamos em primeiro lugar.
Em outras palavras, manifestamos o imanifesto. Isto de forma nenhuma reduz a
onipotência de Deus, apenas acrescenta a ela, pois ele criou algo que é capaz de
realizar isso. Deus ainda é o legislador do Universo, mas a nós é dado o poder de
comandar as nossas vidas.

25
Temos de perceber, então, que estamos lidando com uma substância que nos
deu o direito de usá-la, e ao aprendermos as suas leis, teremos a capacidade de
sujeitá-la ao nosso uso, tal qual Edison fez com a eletricidade. A Lei existe, mas
temos de usá-la. A substância com a qual estamos lidando, por si mesma, jamais é
limitada, mas nós realmente somos, pois podemos extrair algo somente daquilo em
que acreditamos.
O fato de termos limitações, não significa que o Universo também as tenha.
Nossa limitação se deve à nossa descrença. A vida pode nos dar coisas grandes ou
coisas pequenas. Quando a Vida nos dá algo pequeno, não há limitação, da mesma
forma como não há limites quando ela produz um grão de areia se esta mesma vida
pode produzir um planeta. Mas no esquema maior das coisas, todas as formas,
pequenas ou grandes, são necessárias, pois combinadas constituem o todo. O poder
e a substância por trás de tudo permanecem infinitos.
 Agora, esta vida pode tornar-se algo somente através de nós, e este tornar-se
é o Espírito se expressando em nossas vidas através da forma do pensamento que
lhe transmitimos. A vida em si jamais é limitada. Uma formiga tem tanta vida
quanto um elefante, embora este possua um tamanho maior. Não se trata de uma
questão de tamanho, e sim de consciência.
Não somos limitados por limites reais, e sim por idéias falsas sobre a vida e
por um fracasso em reconhecer que estamos lidando com o Infinito.
 A limitação é uma experiência da raça, mas não é culpa de Deus, e sim da
percepção do homem. E para provar que as coisas são assim, que cada homem
quebre as correntes do falso senso da vida e que comece de uma vez por todas a
expressar cada vez menos limitação. É uma questão do crescimento da idéia
interior.
 A reação freqüente das pessoas ao ouvirem isso é: “Você acha que eu decidi
ser pobre ou infeliz? Acha que eu sou algum idiota?”. Não, você não é idiota, mas é
 bem possível que tenha sido enganado, como a maioria de nós também foi. Não
conheço ninguém que não foi enganado no que diz respeito aos princípios da vida.
 Você pode bem ter tido pensamentos de pobreza e, ao mesmo tempo, ter produzido
a pobreza. Apenas observe os seus processos de pensamento e veja quantas vezes
por dia você pensou em algo que não gostaria que ocorresse. Isto mostrará a você a
necessidade de ser vigilante, de seu pensamento ser controlado. O que precisamos
fazer é reverter o processo de nosso pensamento e nos assegurar de pensar e ver
apenas coisas positivas. Uma tranqüila determinação de pensar apenas naquilo que
desejamos ver, independentemente das condições, fará muito em termos de nos
colocar no caminho de uma percepção maior da vida. É claro que cairemos, é lógico
que o caminho não é fácil, mas estaremos crescendo. Estaremos dando diariamente
à Mente Criativa um conceito maior e renovado para que ela transforme a vida que
nos cerca. Estaremos vencendo diariamente uma tendência negativa. Temos de nos
agarrar a isso até termos ganho o domínio de todo nosso pensamento e naquele dia
teremos nos elevado de modo a não mais cairmos. Temos de ter paciência com nós
mesmos, sem jamais desanimarmos nem desistir até conseguirmos a vitória. Sinta
que você está sempre apoiado por um bondoso Pai de amor e Seu poder capaz de
tudo. Desta forma, a caminhada se tornará mais fácil.

EQUIVALENTES MENTAIS

26
Uma das coisas mais importantes de se lembrar é que não podemos
demonstrar a vida além do que pode conceber a nossa capacidade mental. Damos
 vida á uma idéia somente de dentro de nós mesmos. O que somos, é o que
colocamos dentro de nosso pensamento. O que não somos não temos como colocar
lá. Se for para extrairmos da vida o que queremos, temos primeiramente de pensar
aquilo e assim transmitir para a vida. Ela sempre produz aquilo que pensamos.
Para obter o sucesso, temos de primeiro concebê-lo em nosso pensamento. Isto não
é assim porque somos criadores, e sim porque o fluxo da vida rumo à manifestação
tem de assumir a forma que lhe dermos, e se queremos algo, temos de ter dentro de
nós, em primeiro lugar, o equivalente mental deste algo antes de o conseguirmos.
Era o que Jesus queria dizer quando afirmou que temos de orar acreditando.
Esta crença nos fornece algo, dentro de nós, que já enxerga aquilo que queremos
mesmo antes de vê-lo exteriormente.
Por exemplo, suponhamos que um homem esteja orando por atividade
(nossa idéia de oração é a aceitação de algo antes de o conseguirmos) em seus
negócios. Primeiramente, antes que a atividade possa surgir, ele deve tê-la dentro
de si mesmo. Precisa ver a atividade em todas as coisas. Tem de haver algo que
corresponda àquilo que ele deseja. Ele precisa ter um equivalente mental. Achamos
que atraímos para nós a “quantia” do que incorporamos dentro de nós. Da mesma
forma como a água vai atingir o seu próprio nível, nossas condições externas irão
reproduzir somente nossas percepções internas.
Um homem atrairá para si exatamente aquilo que ele é. Mas podemos
aprender a providenciar, de dentro da imagem daquilo que desejamos, e assim, de
uma forma definida, usar a lei para conseguir exatamente aquilo que precisamos.
Se no começo não tivermos uma grande percepção da atividade, teremos de
trabalhar com aquilo que temos, e à medida que nossas condições externas
melhorarem para atender a causa interna, descobriremos que é bem mais fácil
ampliar a receptividade interna para algo maior e de mais valor. De uma coisa
podemos estar certos: temos de começar em algum lugar, e este lugar se encontra
dentro de nós mesmos. Neste local interno devemos fazer a afirmação, e lá
também, temos de realizar o trabalho verdadeiro. A princípio o caminho pode
parecer difícil, pois somos constantemente confrontados com aquilo que parece
ser, e não estamos tão seguros ainda nem fortes o bastante para superar, mas
podemos repousar em paz na certeza de que estamos crescendo. A cada dia
estaremos desenvolvendo um conceito mais elevado da vida, e, com o crescimento
interior, teremos um poder maior para proferir a palavra na Mente Criativa. O
resultado será um impulso renovado e a realização de algo maior para nós mesmos.
O crescimento e a percepção procedem sempre do interior e jamais do mundo
externo.
Os velhos padrões da raça humana de medo, pobreza e limitação têm de ser
dissolvidos e devemos purificar nosso pensamento diariamente de tudo que limita
o Um de se apresentar em nossas vidas. Lembre-se que estamos lidando com Um
Poder Único, em vez de dois. Isto tornará tudo mais fácil, pois você não precisa
superar nenhuma condição, já que condições ocorrem no mundo externo, e não no
mundo interior.

27
O homem atrai para si somente aquilo que lhe vier ao pensamento. É preciso
ter bastante cuidado com o que se pensa. Precisamos saber exatamente o que
queremos, e entregar diariamente para a Mente Suprema, sabendo que Ela atuará
em nosso favor. Pensamentos antigos devem ser destruídos, e novos pensamentos
devem ocupar o seu lugar. Toda vez que um pensamento antigo surgir, olhe para
ele diretamente “na face” e declare que ele não tem vez em sua mente. Não tem
nenhum poder sobre você. Você declara a lei e confia nela, com a exclusão de todo o
resto. Procure entender diariamente e ver mais, sentir que a cada dia algo toma
conta de você. Não existe criação especial para nenhum indivíduo, mas cada um de
nós adquire mais experiência na Lei da mente, cada vez que lhe transmitimos um
pensamento. Pois todo pensamento é considerado, e algo é feito com ele.
Uma boa prática é sentar-se e perceber que você é um centro de atração
Divina, que todas as coisas estão indo para você, que o poder interior está fluindo
para fora e trazendo para a sua vida tudo aquilo que você precisa. Não discuta com
ele, e quando terminar, deixe o resto com a Lei, sabendo que tudo será realizado.
Declare que toda vida, amor e poder estão agora presentes na sua vida. Declare que
 você está no meio da plenitude. Mantenha-se firme nisso, mesmo que ainda não
consiga ver o resultado. Funcionará e aqueles que acreditam mais sempre
conseguem o melhor. Pense na Lei como sua amiga, sempre buscando o seu
interesse. Confie completamente e Ela trará o seu bem para você.

UMA LEI E UMA MANIFESTAÇÃO

 As pessoas sempre perguntam se a Lei não trará danos com a mesma
eficiência com que traz bênçãos. Esta pergunta jamais seria feita se as pessoas
compreendessem o que a Lei Universal realmente é. Claro que nos trará aquilo que
pensarmos. Qualquer lei fará o mesmo. A lei da eletricidade pode iluminar uma
casa, ou incendiá-la. Somos nós quem decidimos o que faremos com a Lei. Ela é
sempre impessoal. Não há a menor probabilidade de usar a Lei para propósitos
maléficos se a usamos sempre para uma expressão mais plena da vida.
Não devemos usá-la para nenhum propósito que nós mesmos não
gostaríamos de vivenciar. Isto deve bastar para responder todas as perguntas dessa
natureza. Será que realmente quero aquilo que eu estou pedindo? Estou mesmo
disposto a pegar para mim aquilo que estou pedindo para a vida dos outros? Como
podemos usar a Lei para o mal se desejamos somente o bem? Não há como, e nem
devemos levar isto em consideração. Queremos somente o Bem para nós mesmos e
para o mundo inteiro. Quando tivermos acionado uma causa, a lei se encarregará
de levar nossos planos a efeito. Jamais desconfie da Lei, nem tenha medo, pois isso
 já é um uso equivocado dela. Isto é um grande erro. Toda Lei é impessoal e não
pergunta quem a está usando. Ela trará para todos apenas o que já está em seus
pensamentos. Ninguém pode fazer uso destrutivo dela por um longo tempo, pois
isso destruirá a própria pessoa que persistir no erro. Não temos responsabilidade
perante os outros, senão com nós mesmos. Livre-se da idéia de que você precisa
salvar o mundo. Todos nós já tentamos e não deu certo. Temos de provar,
demonstrando com nossas próprias vidas, que a Lei realmente existe como o

28
grande poder por trás de todas as coisas. Isto é o que todos podemos fazer. Cada
um deve fazer o mesmo por si próprio. Deixe que os mortos cuidem de seus mortos
e veja que você vive. Você não está sendo egoísta assim, mas simplesmente
provando que a Lei governa a sua vida. Todos podem fazer o mesmo quando
conseguirem acreditar, e os que não crerem, não conseguirão.

TRANSCENDENDO CONDIÇÕES PASSADAS

O que fazer se às vezes atrairmos algo que não desejamos? O que dizer das
coisas que já atraímos para as nossas vidas? Temos de sofrer até o último centavo
ser pago? Estamos limitados por um carma? Sim, de uma certa forma, estamos
limitados por aquilo que fizemos. É impossível mover a lei e não fazê-la produzir. O
que semeamos temos também de colher, disso não tenhamos dúvida. MAS HÁ algo
aqui para ser levado em conta. A Bíblia também fala que se um homem se
arrepende de seus pecados, estes não são mais relembrados.
Temos aqui duas afirmações que parecem contraditórias. A primeira diz que
temos de sofrer por aquilo que fizemos. A segunda que, sob certas circunstâncias
não teremos de sofrer. Quais seriam estas condições? Uma atitude alterada com
relação à Lei. Significa que paramos de pensar e de agir da forma errada.
Quando fazemos isto estamos fora da ordem antiga e estabelecidos na nova
ordem. Alguém dirá: se isto for verdade, como conciliar com a lei de causa e efeito?
Foi infringida? Não, não funciona desta forma. A lei não foi quebrada e continuaria
funcionando se a usássemos da forma errada, mas quando revertemos a causa, isto
é, pensamos e agimos de forma diferente, mudamos o fluxo da Lei.
Continua sendo a mesma lei, mas mudamos o seu rumo, para que, em vez de
nos limitar e punir, ela nos venha abençoar e libertar. Continua sendo a lei, mas
mudamos nossa atitude com relação a ela. Temos de lançar a bola na janela, e se
nada a detiver, ela quebrará a vidraça. Aqui temos a lei em movimento. Mas se
alguém catar a bola antes que ela atinja a janela, o vidro não se partirá. Somente a
direção da Lei será alterada, nada mais que isso. Também podemos, não importa o
que nos tenha ocorrido no passado, transcender a velha experiência e ela não mais
terá efeitos sobre nós. Portanto, se tivermos atraído algo que seja preferível deixar
ir, lembraremos que não temos de segurar isso. Era o melhor que podíamos fazer
naquele momento, e era ideal até onde chegou, mas agora conhecemos melhor e
podemos realizar coisas melhores.
Como a lei opera sem variações, também a lei da atração atua assim. Tudo o
que temos de fazer é abrir mão da coisa indesejada no nosso pensamento, perdoar-
nos e começar de novo. Temos de não pensar mais naquilo. Deixar ir de uma vez
por todas. Nossas várias experiências nos ensinam cada vez mais a tentar moldar
todos os nossos pensamentos, para que eles estejam alinhados com o propósito
fundamental da Grande Mente, cuja expressão é perfeita. Ter receio de usar a lei
conscientemente é paralisar todos os esforços de progresso.
Mais e mais enxergaremos que um grande plano cósmico está se
desdobrando, e que a nós cabe nos entregarmos a ele, para que possamos atingir
um nível de vida verdadeiro. Ao sujeitarmos nosso pensamento ao propósito
maior, somos abençoados na mesma medida, pois estamos atuando em maior

29
sintonia com o Pai, que desde o princípio sabia de tudo. Jamais podemos perder de
 vista o fato de que temos o direito individual de usar a lei, e jamais escapar deste
direito.
 Vamos então adiante, com a crença num poder maior que atua através de
nós. Que toda lei é uma lei do bem, que plantamos nosso pensamento na Mente do
 Absoluto. E que podemos seguir nosso caminho, alegres graças ao divino privilégio
de trabalharmos com o Infinito.

COMPREENSÃO E INCOMPREENSÃO

Há muitas pessoas que parecem viver em constante infelicidade por


parecerem freqüentemente incompreendidas. Acham difícil usar a lei da atração de
forma afirmativa, e continuam a atrair para si mesmas experiências que preferiam
evitar. O problema com elas é que há sempre um pensamento negativo que
neutraliza e destrói quaisquer pensamentos úteis que elas tenham nutrido nos
momentos de maior força. Tais pessoas são geralmente muito sensíveis, e este
traço tão criativo em momentos de controle, acaba sendo destrutivo quando fora de
controle, pois não passa de algo caótico. Elas deveriam primeiramente conhecer a
lei e entender o seu funcionamento, e tratarem-se para vencer todo tipo de
melindres. Deveriam perceber que todo mundo no planeta é amigo, e provar isso
 jamais dizendo qualquer coisa negativa para ninguém, ou sobre ninguém.
Deveriam ver dentro de si mesmas todas as pessoas como seres perfeitos feitos à
imagem e semelhança de Deus. E por jamais verem algo diferente disso, logo
poderão dizer que esta é também a forma como são vistas pelos outros. Manter isso
em mente como a lei da suas vidas, destruirá todo pensamento negativo, e então,
com aquele poder que sempre está presente na pessoa sensível, mas que agora se
encontra sob controle, elas perceberão que a vida lhes pertence para agirem como
quiserem, sendo a única condição de que assim como semeiam, assim colherão.
Todos sabemos que qualquer coisa diferente do bem tem a vida curta, mas tudo
que está investido no bem é como Deus, sempre presente e eterno. Nos libertamos
através da mesma lei que antes nos escravizara.
O indivíduo comum, sem saber, faz coisas que destroem a possibilidade de
conseguir bons resultados nas suas demonstrações de prosperidade. Ele afirma o
seu bem e se une a ele, o que é correto, mas não deixa de olhar negativamente para
os outros, o que é errado e causa a confusão. Não podemos afirmar o princípio e
negá-lo ao mesmo tempo. Temos de nos tornar o que quisermos e jamais
poderemos fazer isso enquanto ainda persistirmos em ver o que não queremos, não
importa onde vemos. Não podemos crer que algo seja possível para nós sem
crermos que a mesma possibilidade esteja também disponível para os outros
indivíduos.
Uma das formas de se conseguir isto é, necessariamente, pelo caminho do
amor universal: chegar a ver em todos um filho de Deus, unidos à mente infinita.
Isto não é um mero sentimento, mas uma declaração explícita de uma lei
fundamental e o homem que não obedecê-la se opõe exatamente àquilo que lhe
trouxe à expressão. É verdade que, através de meios puramente mentais, ele poder
atrair para si coisas que pode guardar consigo até que sua vontade por elas cesse.
Esta é a forma comum, mas queremos que coisas mais fortes aconteçam. O que

30
queremos é que as coisas gravitem até nós, pois estamos usando a mesma lei que
Deus usa. Quando atingirmos esta atitude mental, então aquilo que é trazido à
manifestação jamais se perderá, pois será tão eterno quanto a lei de Deus e não
pode jamais ser destruído.
É um conforto saber que não temos de fazer as coisas acontecerem, mas que
a lei do amor divino é tudo o que precisamos. Ela libertará o cérebro cansado e o
músculo dolorido, para que saibam que somos Um com tudo e todos.
Como podemos ingressar nesta vida, se ao mesmo tempo a cremos real para
nós, e enxergarmos obstáculos na vida do nosso irmão? Isto não acaba
distorcendo nossa visão e pervertendo nossa própria natureza? Temos de ver
somente o bem e não permitir que outra coisa entre em nossas mentes. Um amor
universal para tudo e para todos é apenas um retorno a fonte de todo amor, a Ele
que cria tudo no amor e tudo mantém no divino cuidado. O sol brilha para todos.
Temos de separar e dividir o que Deus tão cuidadosamente uniu? Estamos
dividindo nossas próprias coisas quando fazemos isso, e mais cedo ou mais tarde a
Lei da Absoluta Justiça que pesa tudo para todos acertará a balança, e seremos
então obrigados a sofrer os erros do que tivermos feito. Não é Deus quem impõe
sobre nós tal agonia, e sim nós mesmos que a impusemos. Mesmo que por razões
de mero egoísmo, cabe a nós amar todas as coisas e olhar para todas elas como o
 bem, originário da substância do Pai.
Só podemos esperar trazer para nós aquilo que atraímos pelos canais do
amor. Temos de vigiar nosso pensamento e, se guardamos algo contra alguma
alma, nos livrar disso o quanto antes. Este é o único caminho certo e seguro. Não
foi o que fez Jesus no momento de seu sacrifício máximo, ao pedir ao pai que
perdoasse todo o mal que lhe tinham feito? Se atualmente ainda não amamos todas
as pessoas, temos de aprender como fazê-lo, e o caminho ficará mais fácil, quando
toda condenação tiver sumido para sempre e contemplarmos somente o bem. Deus
é o Bem e Deus é amor. Mais do que isso, não temos como conceber.
Temos também de eliminar o hábito de falar de limitação. Temos que jamais
pensar ou ler sobre isso, ou ter qualquer conexão com isso em nossos
pensamentos, pois conseguimos aquilo em que pensamos, nem menos, nem mais.
Isto será algo difícil de fazer. Mas se nos lembrarmos de que estamos exercitando a
ciência do nosso ser, embora seja difícil às vezes, mais cedo ou mais tarde teremos
sucesso, e o que conseguimos realizar uma vez, podemos realizar para sempre.
Cada passo dado é um passo eterno, que jamais precisará ser dado de novo. Não
estamos trabalhando para um dia ou um ano, mas nos edificando para toda a
Eternidade. Construiremos então a mansão mais firme sob a sabedoria suprema e
sob a orientação infalível do Espírito, e faremos para todos, conforme queremos
que façam para nós. Não há outra forma. Os sábios ouvirão, olharão e escutarão,
então seguirão o que sabem ser o único caminho de harmonização com a vontade e
propósito divinos. E todos verão que Deus é bom e que Nele o mal não existe.

NÃO HÁ EXPERIÊNCIA INCOMUM

Na demonstração da verdade do suprimento, não temos de experimentar


nenhum tipo de emoção diferente ou experiência paranormal. Não vivenciamos
nenhuma espécie de sensação ou qualquer coisa deste tipo. Embora seja verdade

31
que algumas destas coisas possam vir a ocorrer, devemos recordar, ainda assim,
que estamos lidando com uma lei, e que, como lei, ela nos obedecerá, quando
estivermos cooperando com sua natureza e contatando-a da forma correta. O que
estamos fazendo é declarar algo na Mente, e se a impressão for clara em nossas
mentes de que assim é, e de que está realizado, temos de colocar toda a atividade
possível nela, até chegar o tempo de algo externo acontecer e exigir nossa ação.
Muitas pessoas dizem, “eu queria sentir alguma coisa quando estivesse dando um
tratamento”. Tudo isto é um equívoco e uma tentativa de encontrar uma razão
física para a vida. O que realmente precisamos sentir é que Deus é todo o Bem, e
que Ele quer que tenhamos somente o bem. Sentindo isso devemos pegar aquilo
que já está pronto para nós. Nossa atitude com relação a um Pai amoroso deve ser
de permanente gratidão. Saiba que você está lidando com uma coisa certeira e que
tudo o que precisa fazer é pensar positivamente Nela, e aguardar a chegada dos
resultados externos. Faça em seguida o que o seu bom senso lhe ditar, pois este é o
pensamento de Deus fluindo através de você. Cada vez mais você perceberá que
está sendo conduzido para fora da dificuldade rumo àquela liberdade que é o
direito divino de cada alma vivente. Siga adiante, portanto, olhando somente para
as coisas que você deseja, e jamais para aquelas que você não quer. A vitória estará
sempre ao lado da maior parte daqueles seus pensamentos que estiverem
centrados na aceitação absoluta.

 VISUALIZAÇÃO

 Algumas pessoas visualizam tudo o que pensam e muitas pensam que é


impossível fazer uma demonstração se não tiverem um poder de visualização. Este
não é o caso. Embora uma certa quantidade de visualização seja necessária, por
outro lado, deve ser lembrado que estamos lidando com um poder semelhante ao
solo, que produz aquilo que nele foi semeado. Não importa que seja a primeira vez
que estamos vendo a semente a ser plantada. Nosso pensamento é a semente e a
mente é o solo. Estamos sempre plantando e colhendo. Tudo o que temos de fazer é
plantar somente aquilo que queremos colher. Isto não é difícil de entender. Não
podemos pensar em pobreza e ao mesmo tempo demonstrar plenitude. Se uma
pessoa quer visualizar, que assim o faça, e se ela se enxergar preenchida com a
plena posse de seus desejos e saber que está recebendo, ela fará a sua
demonstração. Se por outro lado, ela não visualizar, que simplesmente afirme o
que quer e acredite com toda a certeza que já possui aquilo e o resultado será
sempre o mesmo.
Lembre-se que você está sempre lidando com a lei e que este é o único
caminho pelo qual algo pode vir a existir. Não discuta a respeito. Isto significa que
 você ainda não está totalmente convencido da verdade, ou então não discutiria.
Convença-se e fique em paz.

ONDE A DEMONSTRAÇÃO ACONTECE

32
A demonstração ocorre no paciente, no terapeuta espiritual ou na mente de
Deus? Vejamos.
Estamos na mente de Deus, portanto, é aí que deve ocorrer a demonstração.
Mas o paciente também está na mente de Deus ou então haveria duas mentes,
portanto, deve estar na mente do paciente também. Mas esta é a mente de Deus,
então o que importa onde ocorre a demonstração? Não temos de projetar o nosso
pensamento, pois a Mente está à mão e jamais nos abandona. Tudo o que temos a
fazer é saber dentro de nós mesmos e quando plenamente convencidos, teremos
realizado a demonstração.
No que diz respeito ao terapeuta espiritual, tudo o que ele precisa saber é
convencer a si mesmo. Aqui começa e termina seu trabalho. Há um poder que
tomará conta do resto. Não é essa a atitude suprema de fé num poder superior?
Claro que sim, e quanto mais fé tivermos, mais fácil será para nós e mais rápido
receberemos a resposta à nossa oração. Se você possui uma fé simples, ingênua, ela
produzirá. Mas ela deve nos proporcionar uma fé maior quando sabemos algo
sobre a forma como a lei opera. Segue-se então que devemos, por compreensão, ter
uma fé tão grande que jamais falharemos em conseguir uma resposta afirmativa a
todos os nossos pensamentos. Cada vitória nos fortalecerá até o momento em que
não mais teremos de dizer “eu creio” ou “eu espero”, e sim “EU SEI.”

PARTE II
TRATAMENTOS 

 A maneira de se fazer um tratamento espiritual é primeiramente acreditar de


forma absoluta que você pode fazer isso. Creia que sua palavra atingirá um poder
criativo real, e que uma vez de posse dele, o poder criativo começará a agir. Sinta
que todas as coisas são possíveis para este Poder. Ele não conhece outra coisa
senão sua própria capacidade de realizar aquilo que deseja. Ele recebe a impressão
do seu pensamento e age sobre ele.
Não é jamais seguro fazer um tratamento espiritual para algo que você não
quer que venha a acontecer. Isto significa que aquilo que você deseja para outro,
 você deve estar disposto a receber também.
Creia que sua palavra receberá a atuação de um Poder Grandioso. Sinta sua
grande realidade através de todas as coisas e em todas as coisas que você lhe
entregar. E declare aquilo que você deseja que o Poder realize para você, sem
 jamais duvidar em sua mente de que ele o fará para você conforme a sua direção.
Tudo o que um terapeuta espiritual tem a fazer é convencer a si mesmo, a
saber, a crer, e aquilo que ele tiver declarado irá acontecer. Uma das primeiras
coisas, portanto, é ser específico. Ter uma semelhança mental com aquilo que você
deseja. Saber exatamente o que você deseja. Esta semelhança mental, esta
aceitação absoluta do fato que existe agora, jamais deve ser ignorada. Sem ela você

33
não realizará nada. Nos aquietamos em paz com nossas próprias almas, em paz
com o mundo, em paz com nós mesmos. Percebemos que estamos lidando com
algo que é uma realidade, algo que não pode falhar. Tentamos atingir um conceito
claro da coisa. Descansamos naquela percepção, enquanto o Poder Criativo
Universal assume o comando e age sobre ele. Teremos acabado de declarar aquilo
que queremos que seja realizado através de nós. Teremos acreditado que já
recebemos. E jamais contradiremos o fato declarado. A pessoa que agir assim pode
estar certa dos resultados.

COMPREENSÃO E ORIENTAÇÃO
O homem interior está sempre em conexão imediata com a compreensão
infinita. Estamos imersos numa inteligência viva. Estamos cercados por um poder
que sabe, pois “Nele vivemos, nos movemos e temos o nosso ser”.
Se nossa visão externa não estivesse confusa, poderíamos às vezes atrair
partindo desta fonte infinita de sabedoria. Deveríamos ser guiados por ela e jamais
cometer erros. Nossas mentes seriam como a tranqüila superfície de um lago,
imperturbada pelo vento ou tempestade.
Mas este não é o caso para a maioria de nós. Ficamos confusos no exterior de
modo que a superfície de nossa mente entra em tumulto, perdendo a clareza e
transparência, e não conseguimos uma visão clara, uma orientação real, e as coisas
dão errado por não vermos claramente.
O desenvolvimento da compreensão é o aprender a extrair da compreensão
infinita. Jamais faremos isso enquanto estivermos confusos em nosso pensamento.
 A primeira coisa a ser feita quando desejarmos uma compreensão mais
elevada é nos aquietarmos e ouvir a voz interior, retirar-se por alguns momentos
no silêncio da alma, levando para lá o que já sabemos, e perceber que uma
inteligência maior está aumentando tudo.
 Aqui pegamos efetivamente o padrão do nosso pensamento, a coisa sobre a
qual estamos trabalhando, pedimos e recebemos uma nova luz. Guardamos este
pensamento da Divina Luz e tentamos crer que estamos sendo guiados.
Declaramos que a Suprema Inteligência e o Poder Absoluto estão agindo sobre
nosso pensamento e o transformando em realidade. Ele agora está nos guiando e
não mais erraremos neste ponto. Nos mantemos no lugar secreto do altíssimo, e lá
habitamos à sombra do Onipotente.

COMO SABER EXATAMENTE O QUE FAZER 

Freqüentemente nos encontramos confrontados pelo problema sobre como


começar. Não estamos certos do que fazer. Não vemos uma maneira de começar.
Não vemos nada por onde começar. Nos achamos nesta posição, humanamente
falando, sem saber para onde nos voltarmos. Temos então, de nos aquietar e ouvir.
Temos de reconhecer a verdade de que o mesmo poder que tudo iniciou
redirecionará o caminho, e que a ausência de tal poder levará certamente ao
fracasso.
É freqüente que pessoas no mundo dos negócios se encontrem nesta
posição. Elas percebem que algo precisa ser feito, mas o que? Como fazer a idéia

34
funcionar? Aqui temos de esperar e saber que o mesmo poder que trouxe o
universo à existência também pode atuar em nosso pensamento e realizar coisas.
Ele conhece tudo, sabe como começar e não tem como falhar. Desejamos, de
alguma forma, nos conectar com este poder que jamais nos falha, para que
possamos atrair dele alguma idéia de como começar. Temos de perceber que existe
algo que responde, que ajuda a manifestar as coisas e que esta percepção aguarda
pela idéia. Pode até não vir imediatamente, mas temos de ser pacientes, sem jamais
duvidar, e aguardando em fé, virá.
Conheci certa vez um homem de negócios que estava ligado a uma empresa
que sempre fora bem sucedida, mas naquele momento, algo acontecera que estava
causando prejuízos. Isto prosseguia por um ano e as coisas estavam cada vez
piores. O fracasso parecia iminente. Ele se interessou então pelo Novo Pensamento.
 Aprendeu que poderia atrair uma idéia diretamente do Infinito e atuar nela no
plano visível. Disse aos sócios que queria ir para casa por alguns dias, e que, ao
 voltar, traria consigo alguma idéia que colocaria o negócio numa base de sucesso.
Riram dele, como geralmente as pessoas riem de algo que não compreendem, mas
pela ausência de outro plano, consentiram. Ele foi para casa e por três dias sentou-
se, em profunda meditação, reivindicando a orientação Suprema e a orientação
absoluta do Espírito. Durante este tempo, ele formulou um plano completo em sua
mente sobre o método exato de ir atrás de seus negócios. Voltou enfim e contou seu
plano para os sócios. Novamente eles riram, dizendo que aquilo não poderia ser
realizado nos negócios. Que não poderia ser realizado de forma nenhuma, pois não
funcionaria. Mas outra vez concordaram, sabendo que seria um fracasso.
Ele então foi adiante levando a efeito cada um dos detalhes do seu
pensamento, seguindo cada passo que lhe fora ditado durante aqueles três dias, e
dentro de um ano ele levou um negócio que caminhava para o fracasso a um
patamar que transcendia tudo aquilo que a empresa experimentara anteriormente.
Ele provou a lei e tornou-se dela tamanho especialista, que deixou seus negócios e
devotou todo seu tempo a ajudar as pessoas a fazerem por si a mesma que coisa
que ele fizera.
O que este homem realizou, todos podem realizar se seguirem o mesmo
curso e se recusarem-se a desanimar. Existe um poder que apenas aguarda o nosso
reconhecimento para fluir em nosso pensamento como uma orientação infalível,
uma orientação que não erra. Para aqueles que se apóiam na força do braço
infinito, a vida é grande, e traz possibilidades ilimitadas.
Temos de esperar e ouvir, para então seguir no trabalho externo com uma
convicção interna de que estamos sendo guiados para uma expressão da vida
aperfeiçoada. Todos podem fazer isso.

SEGUINDO UM PENSAMENTO

Quando sentimos que temos a orientação correta, quando algo dentro de nós
nos diz que somos guiados, então, independentemente das aparências, temos de
seguir a orientação. Algo além de nossa inteligência está realizando tudo através de
nós, e não devemos fazer nada que o contradiga.
Talvez nos leve a agir de uma forma que aparentemente contraria a
experiência humana. Isto não faz diferença. Todos os avanços no mundo das

35
invenções e em todas as outras áreas sempre desafiaram aquilo que a raça humana
considerava impossível.
Os grandes homens são aqueles que têm uma visão e nela atuam para torná-
la real, sem jamais olhar para os lados, mas mantendo-se centrados numa calma
determinação até a realização do que vêem.
Pode ser preciso paciência e muita fé, mas o fim é tão certo quanto a
Realidade do Ser Supremo. Jamais hesite em confiar naquela compreensão interna,
 jamais tema que se realizará. Estamos no meio de uma Suprema Inteligência. Ela
 busca entrar em nossos pensamentos, aguardando ser reconhecida. Temos de estar
abertos a ela o tempo todo, prontos para receber a direção e sermos guiados para
 verdades maiores.

 A CORRENTE DE PENSAMENTO UNA 

Estamos todos na Mente e aquilo que pensamos é levado até ela e feito para
nós. Isto quer dizer que conforme pensamos, será realizado. Não podemos pensar
de uma forma em um dia e mudar nosso pensamento no dia seguinte, e ainda
assim esperar atingir os resultados desejados. Temos de ser bastante claros em
nossos pensamentos, transmitindo somente aqueles que desejamos ver manifestos
em nossas condições.
 Aqui vai algo que merece ser lembrado: se não estivermos trabalhando com
pessoas com um pensamento semelhante ao nosso, é melhor trabalharmos
sozinhos. Uma corrente de pensamento, mesmo que não seja poderosa, fará mais
por nós do que muitas correntes poderosas que variam entre si. Isto quer dizer que,
ao menos que estejamos certos de trabalhar com pessoas que se harmonizam, é
melhor trabalharmos a sós. É claro que não temos como nos afastar dos negócios
simplesmente por que as pessoas não concordam conosco, mas o que podemos
fazer é guardar nossos pensamentos somente para nós. Não temos de nos afastar
do mundo para poder controlar os nossos pensamentos. Mas temos, sim, de
aprender que podemos permanecer no mundo e ainda assim pensar da forma como
queremos, independentemente do que os outros pensem.
Uma corrente única de pensamento, enviada diariamente para a Mente
Criativa operará maravilhas. Dentro de um ano a pessoa que trabalhe com isto terá
mudado completamente as condições de sua vida.
 A maneira de praticar é, diariamente, passar algum tempo pensando nisso e
mentalmente vendo exatamente aquilo que se deseja. Ver a coisa como se quer e
afirmar que está realizado. Tentar sentir o que foi declarado na verdade. Palavras e
afirmações simplesmente dão forma ao pensamento. Elas não são criativas. O
sentimento é criativo e quanto mais sentimento for colocado na palavra, maior
poder ele terá sobre as condições. Fazendo isso, pensamos nas condições como
apenas efeitos, algo que se segue ao nosso pensamento. É desta forma que toda
criação se expressa visivelmente. É de grande ajuda perceber mentalmente que
uma grande corrente mental e um grande poder operam através de nós. Nosso
negócio é manter aquela corrente de pensamento exatamente onde a queremos.
Estarmos prontos a qualquer momento a agir quando o impulso para a ação vier.
Nossa ação não deve jamais ser negativa, e sim sempre afirmativa, pois estamos
lidando com algo que não pode falhar. Podemos fracassar em perceber, mas o

36
poder em si é Infinito e não tem como falhar. Estamos colocando em movimento a
corrente de pensamento absoluta que jamais cessará até que seu propósito tenha
sido cumprido. Tente sentir isso, encha-se com uma grande alegria ao sentir que
lhe é concedida a capacidade de usar este poder único.
Mantenha o pensamento claro e jamais se preocupe sobre a forma como as
coisas parecem estar ocorrendo. Abra mão de todas as condições externas quando
estiver trabalhando com a Mente, pois é lá que as coisas estão sendo feitas, onde a
criação continua, e está agora fazendo algo por nós. É preciso crer nisso como
nunca se acreditou antes. Isto deve ser reconhecido como a grande realidade. Deve
ser sentido com a única Presença. Não há outra forma de realizar. Embora o
Infinito deseje lhe dar tudo, temos de pegar e no que diz respeito, este pegar é
mental. Conquanto as pessoas possam rir disso, mesmo assim, isso não importa,
pois “ri melhor quem ri por último”. Nós sabemos no Quê acreditamos, e isto por si
 bastará.

 AMPLIANDO NOSSO PENSAMENTO

Jamais podemos ser inativos em nossos pensamentos. Ou estamos


crescendo, ou regredindo. Uma vez que podemos atrair para nós somente aquilo de
que temos uma semelhança mental, segue-se que, se desejamos atrair coisas
maiores, temos de fornecer pensamentos maiores. Este ampliar da consciência é
tão necessário que nunca é demais abordar este assunto.
 Algumas pessoas andam apenas um pouco e param. Parece que não
conseguem ir além de um certo ponto, embora possam fazer muito mais. Por que
será que algumas pessoas no mundo dos negócios ganham quase sempre a mesma
quantia todos os anos? Vemos pessoas em todas as áreas chegando até um certo
ponto e ali parando. Deve haver uma razão para isso. Nada ocorre se não for sob o
consentimento da lei, esta é a nossa conclusão.
Quando olhamos para a razão para as coisas, descobrimos por que certas
coisas ocorrem. O homem que chega a um ponto e parece não poder ir além dele,
ainda está governado pela lei ao permitir que seus pensamentos não sigam
caminhos mais vastos de ação. Suas condições conformam-se aos seus
pensamentos. Quando ele pára de ampliar seu pensamento, ele pára de crescer. Se
mantivesse seu pensamento aumentando, percebendo cada vez mais, ele
descobriria que estaria realizando coisas maiores em seu mundo externo também.
Há muitas razões pelas quais um homem pára de pensar em coisas maiores.
 A falta de imaginação é uma delas. Ele não consegue imaginar algo que vá além
daquilo que já foi realizado. Outro pensamento pode ser assim: “Isto é o máximo
que pode ser realizado neste negócio”. Neste ponto ele assina seu atestado de
limitação. Outro dirá com freqüência, “sou velho demais para realizar coisas
maiores”. Aí ele pára. Outros dirão ainda, “a competição é demais”, e é aqui que
pára. Não é possível ir além do ponto que o seu pensamento o leva. Tudo isto é
desnecessário quando ele percebe que a vida é consciência em primeiro lugar, e que
as condições se seguem. Não vemos o porquê da necessidade de um homem parar
de crescer em seu pensamento. Não importa qual a idade ou circunstância, se a
 vida é pensamento, podemos continuar a pensar em coisas maiores. Não há razão
que impeça um homem que já esteja muito bem de continuar a conceber

37
mentalmente uma condição melhor. O que acontece se estivermos ativos? Há
sempre a possibilidade de uma atividade maior. Podemos ainda enxergar um pouco
além do que já se deu anteriormente. Isto é apenas o que devemos fazer, ver,
mesmo que for um pouco além de nosso pensamento anterior. Se sempre
praticarmos isso, perceberemos que estamos crescendo mais a cada ano, que a cada
mês estamos avançando mais. E, a medida em que o tempo passar, nos tornaremos
realmente grandes. E como não há interrupção naquele poder que é Infinito, já que
o infinito está além de restrições, devemos também continuar tentando ver mais e
maiores possibilidades na vida.
Temos de trabalhar efetivamente a cada dia para a expansão do nosso
pensamento. Se temos cinqüenta clientes por dia, devemos nos esforçar para crer
que teremos sessenta. Quando tivermos sessenta, temos de mentalmente ver
setenta. Isto jamais deve parar. Não há lugar para estagnação na mente.
Deixe que todo o resto se vá, abra mão de todo o resto em seu pensamento, e
mentalmente veja mais e mais vindo para você do que antes. Creia que a Mente
está estabelecendo isto para você, e faça seu trabalho normalmente. Jamais veja
limitação. Jamais se concentre em limitação, e acima de tudo, jamais fale de
limitação com as pessoas. Este é o único caminho, e não há outra forma de criar um
pensamento mais amplo. O homem com um pensamento grande é o que mais
realiza coisas grandiosas na vida. Assuma para si o maior que puder e reivindique-o
para si. Veja-o mentalmente como já realizado e prove para si mesmo que a vida
não tem limites.

ESTEJA SEMPRE EVOCANDO MAIS

Não há menor razão pela qual alguém tenha de parar. Isto não quer dizer
que tenhamos de ser carentes, tentando acumular mais e mais, mas que nossos
pensamentos têm de crescer ao ponto de não parar de evocar mais e mais, mesmo
que, por outro lado e com a outra mão estejamos distribuindo aquilo que atraímos.
Na verdade, a única razão para se ter, é para que possamos dar mais daquilo que
atraímos. Não importa quantas coisas boas já nos tenham acontecido, devemos
ainda estar esperando mais e mais.
Mesmo quando achamos que finalmente chegamos, mesmo quando parecer
exatamente que a vida nos deu tudo que podemos aproveitar, bem ali deixemos um
novo começo para que coisas maiores aconteçam.
Não importa quão grande seja o quadro mental em seu pensamento, torne-o
maior. A razão por que tantas pessoas chegam ao ponto onde param é que
chegaram a um ponto em que seus pensamentos não vão além. Chegam a um ponto
onde não mais podem ver, pensando que por terem já realizado algo grande devem
parar. Temos de vigiar nossos pensamentos para descobrir tais pensamentos de
inatividade. Nada no universo jamais pára. Tudo tem por base a ausência de
limites, que se origina de uma fonte ilimitada, vinda de um mar de vida ainda
esperando para se manifestar. Nós declaramos nesta vida e dela extraímos aquilo
que lhe depositamos em pensamento. A vida é sempre sem limites, e a única coisa
que nos limita é nossa inabilidade de conceber mentalmente. Devemos extrair cada
 vez mais e mais desta fonte ilimitada.

38
SEMELHANÇA MENTAL

Podemos extrair do Infinito tanto quanto lhe transmitirmos em pensamento.


É neste ponto que muitos falham, achando que tudo o que precisam fazer é afirmar
o que querem ver, e assim tudo se concretizará. Embora seja verdade que as
afirmações possuam poder real, também é verdade que o poder que possuem é
somente aquele que lhe transmitimos em palavras. Uma vez que não podemos
pronunciar uma palavra que não conhecemos, também não podemos fazer uma
afirmação que não entendemos. Somente afirmamos aquilo que sabemos ser a
 verdade. Sabemos que é real aquilo que experimentamos dentro de nós mesmos.
Embora tenhamos lido que isto ou aquilo é verdade, é somente onde há algo que
nossa alma reconheça como verdade, que a verdade é nossa. Isto é algo que jamais
deve ser perdido de vista. Podemos somente afirmar efetivamente aquilo que
sabemos, e só sabemos aquilo que existe. É aqui que vemos a necessidade de
acessar interiormente um conceito de vida maior. Uma idéia maior de nós mesmos
e um conceito mais amplo do universo em que vivemos, nos movemos e onde
temos o nosso ser. Isto é uma questão de crescimento interior, juntamente com
uma ampliação de todas as linhas de pensamento e ação.
Se queremos fazer algo que mereça ser feito, temos de crescer mentalmente
até sermos aquela coisa, que desejamos ver tornada realidade. Isto pode levar
tempo, mas temos de nos alegrar de usar todo o tempo necessário para nosso
próprio desenvolvimento. Mas poucas pessoas podem, vivendo na limitação,
possuir uma equivalência mental da plenitude. Esta semelhança será
providenciada. O pensamento deve ser grande o bastante para cobrir por completo
a coisa desejada. Um pensamento pequeno produzirá algo pequeno. O fato de que
tudo é mente, por si só, mostrará que isto é verdade. Uma vez que tudo é mental,
podemos extrair da mente somente aquilo que primeiro lhe tivermos transmitido
como sendo a realidade. Temos de nos transformar na coisa que desejamos
manifestar. Temos de vê-la, pensá-la, realizá-la, antes da Mente Criativa trabalhá-
la para nós. Isto é um processo mental de expansão da consciência. É um
pensamento, crescendo e percebendo interiormente. Todos que desejarem realizar
isso têm essa capacidade, desde que assumam o tempo e o caminho, o que significa
trabalho a ser feito. A maioria das pessoas é preguiçosa demais para se dar ao
trabalho. Devemos treinar nosso pensamento diariamente para ver somente aquilo
que queremos vivenciar, e uma vez que estamos crescendo mentalmente naquilo
que estamos concentrados, devemos colocar todos os pensamentos e ideais
pequenos e insignificantes de lado para enxergarmos de uma forma mais elevada.
Temos de cultivar o hábito de ampliar nossos horizontes, ver diariamente mais
longe, e experimentar coisas cada vez maiores em nossas vidas. Uma boa prática de
ampliação do pensamento é ver-nos diariamente num lugar um pouco maior,
cheios de mais atividades, rodeados por um poder e afluência maiores, sentindo
que cada vez mais e mais poder está chegando até nós. Ver o que existe mais
adiante, e saber que temos agora tudo aquilo que vemos e sentimos. Afirme que
 você é agora aquela coisa mais grandiosa. Que você já adentrou nesta vida maior.
Sinta que algo dentro de você está atraindo mais e mais para você. Viva esta idéia e
deixe este conceito se ampliar, esperando somente o maior e melhor acontecer.

39
Jamais deixe que pensamentos mesquinhos entrem em sua mente, e logo você verá
que uma experiência bem maior já está presente em sua vida.

MANTENDO A COISA NA MENTE

Jamais deixe a imagem mental ir-se enquanto não a tiver manifestado


exteriormente. Traga a imagem mental daquilo que você deseja e, diariamente,
impressione sua mente com ela como se fosse um fato realizado. Esta impressão
em nossas mentes, daquilo que desejamos realizar, irá ser transmitida na Mente
Universal. Desta forma, estaremos orando sem cessar. Não precisamos manter
continuamente nosso pensamento em algo para o conseguirmos, mas o
pensamento deve se transformar na coisa que desejamos. Quinze minutos, duas
 vezes por dia será o tempo suficiente para uma demonstração, mas o resto do
tempo deve ser gasto também construtivamente. Isto é, temos de cessar todo
pensamento negativo e abrir mão de todo pensamento errado, nos mantendo
firmes na percepção de que para nós já está tudo realizado. Temos de saber que
estamos lidando com o único poder que existe no universo. Que não há outro além
Dele, e que compartilhamos de sua natureza e de Suas leis. Sempre, por trás da
palavra proferida, deve existir nossa calma confiança em nossa habilidade de
proferir o poder, e a disposição da Mente em executar para nós. Temos de crescer
gradualmente em nossa confiança no mundo invisível da atividade espiritual. Isto
não é difícil, se nos lembrarmos de que o Espírito faz as coisas a partir de Si mesmo
simplesmente se transformando na coisa que ele faz, e uma vez que não há poder a
se opor contra Ele, sempre acontecerá. O Espírito jamais nos decepcionará se não
falharmos de crer na sua bondade e receptividade.
 A vida será uma linda canção, quando percebermos que uma vez que Deus é
por nós, nada poder ser contra nós. Deixaremos de meramente existir, para
realmente viver.

DESTRUA TODOS OS PENSAMENTOS QUE VOCÊ NÃO QUER VIVENCIAR 

Temos de decididamente nos entregar à elevação da consciência de Filhos da


 Verdade. Vendo apenas o Poder Único estaremos destruindo o adversário e deixado
o campo livre para Deus, o Bem. Tudo aquilo que de alguma forma for negativo
deve ser dissipado e nós devemos diariamente cultivar o pensamento mais elevado,
purificados do pó caótico da vida objetiva. No silêncio onde a alma comunga com a
Grande Fonte de todo o Ser, na quietude do Absoluto, no lugar secreto do
 Altíssimo, por trás da agitação da vida incessante, encontraremos o lugar de
descanso e um lugar de verdadeiro poder espiritual. Fale neste silêncio interior a
afirmação “Eu sou um com o Todo Poderoso. Eu sou um com toda a vida, com todo
o poder, com toda a Presença. Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou”. Escute o silêncio. Do meio
do aparente vão, a voz da paz responderá à alma que espera: “Tudo está bem”.
 Aqui deixamos conhecer nossas necessidades e desejos, e aqui recebemos de
primeira mão, diretamente do Infinito, tudo aquilo que precisamos para uma vida
saudável, feliz e harmoniosa. Poucos entram aqui, por causa da crença de que as
condições e circunstâncias estão com o controle. Saiba que não existe uma lei senão

40
a lei de Deus. Que a alma estabelece sua própria lei no infinito e que nosso menor
desejo é honrado pela Mente do Pai.
Pratique a verdade diariamente e morra diariamente para todo pensamento
errôneo. Passe mais tempo recebendo e contemplando a presença do Altíssimo e
menos tempo se preocupando. Um poder maravilhoso virá àquele que acredita
naquele Poder no qual passou a acreditar. Saiba que todo bem e que Deus por
inteiro estão com você. Toda Vida e Todo Poder. Jamais diga “eu tenho medo” mas
sempre: “Eu confio, por que sei em Quem tenho acreditado”.

PRÁTICA ESPECÍFICA PARA A PROSPERIDADE

Suponhamos que você esteja fazendo uma proposta de venda pelo correio e
que está enviando tais propagandas para o país todo. Pegue os cartões em sua mão,
ou simplesmente pense neles e declare na Mente que eles irão realizar aquilo que
 você está propondo. Saiba que cada palavra escrita sobre eles é a verdade e traz em
si a convicção. Veja-os atingindo o lugar onde serão recebidos com alegria e lidos
com interesse. Declare que isto é assim agora mesmo. Sinta a verdade disso.
Mentalmente assevere que cada propaganda achará seu caminho preciso onde será
desejada e onde irá beneficiar o receptor. Sinta que cada propaganda está sob o
cuidado do Espírito. Que se trata de um mensageiro da verdade e poder e que
levará a convicção e percepção com ela. Quando a palavra for proferida, sempre
sinta que a Mente a assimilou de uma vez por todas e que jamais falha em agir
sobre ela. Nosso lugar na ordem criativa é saber disto e estar disposto a fazer tudo
que pudermos sem pressa nem preocupação, e acima de tudo, absolutamente
confiantes de que o Espírito fará o resto. Aquele que enxergar mais claramente e
que acreditar com maior força realizará a maior demonstração. Este deve ser você,
e será você tão logo o pensamento falso tenha se ido e a percepção de que existe um
poder e uma presença tenham ocupado seu lugar. Estamos envolvidos pelo infinito
amor e inteligência e devemos nos revestir dele e reivindicar sua proteção contra
todo mal. Declare que sua palavra é a presença e a atividade do Poder de tudo o que
há e aguarde que o conceito perfeito se desdobre.

CONSCIÊNCIA DA RAÇA 

Uma das coisas que podem nos atrapalhar bastante de demonstrar uma
medida maior de prosperidade é o que podemos chamar de consciência da raça. É o
que resulta de tudo o que a raça humana pensa ou acredita. Estamos imersos nesta
consciência de raça, e aqueles que são receptivos a ela, são por ela controlados.
Todo pensamento busca se expressar conforme as avenidas que menor resistência
lhes opõe. Temos de estar seguros de nós mesmos. Temos de ser positivos. Não
precisamos ser agressivos, mas absolutamente seguros e equilibrados
interiormente. Pessoas negativas estão sempre encontrando condições negativas.
Metem-se em encrencas facilmente. As pessoas que são positivas atraem coisas
positivas. São sempre bem sucedidas. Poucas pessoas percebem que a lei do
pensamento é a grande realidade. Que os pensamentos produzem as coisas.
Quando chegamos a esta compreensão do poder do pensamento, passamos a vigiar

41
nosso pensamento cuidadosamente para assegurar que nenhum pensamento sobre
aquilo que queremos evitar entre em nossa mente.
Podemos guardar as nossas mentes sabendo que nenhum poder negativo
pode entrar. Podemos praticar diariamente afirmando que nenhum pensamento
limitador da raça pode entrar em nossa mente. O Espírito se forma à nossa volta e
nos protege de todo medo e toda limitação. Vamos nos revestir da grande
percepção de que todo poder nos pertence e que nada mais pode entrar. Vamos
encher a atmosfera de nossos lares e nosso local de trabalho com correntes de
pensamento positivo. Outras pessoas sentirão isso e gostarão de estar perto de nós
e se envolverem nas coisas com as quais nós estamos envolvidos. Desta forma
estaremos continuamente atraindo o melhor.

DESENVOLVENDO A INTUIÇÃO

Se uma pessoa vivesse sempre próxima à consciência da mente, jamais teria


cometido grandes erros. Alguns parecem possuir a faculdade de sempre saber o que
é melhor a ser feito. São sempre bem sucedidos porque evitam os erros. Também
podemos treinar nossa mente desta forma para sermos guiados pela Mente
Suprema do Universo. Mas não podemos chegar a este ponto até crermos que
podemos receber diretamente da fonte todo conhecimento. Isto é feito sentando-se
no silêncio e sabendo que o Espírito está nos guiando interiormente. Devemos
tentar sentir que nosso pensamento está sendo permeado pelo pensamento do
Espírito. Devemos esperar que Ele nos dirija sem jamais desanimarmos se uma
orientação tão direta não for imediatamente recebida. A obra divina está em
andamento mesmo que não seja vista ou sentida. O pensamento está se formando
em nossa mente e no momento certo irá manifestar-se como uma idéia. Quando a
idéia vier, confie nela sempre, mesmo que não tenha a forma exata do que você
esperava. As primeiras impressões são geralmente mais diretas e mais claras. Elas
geralmente procedem diretamente da Mente do Universo e devem ser
cuidadosamente trabalhadas para se expressarem.
Nós declaramos, ao nos sentarmos no silêncio, que o Espírito da Sabedoria
está revelando dentro de nós exatamente o que devemos fazer. Que está nos
dizendo exatamente o que dizer e para onde seguir. Tenha uma confiança absoluta
nisto, já que se trata de uma das mais importantes coisas a serem feitas. Temos
sempre de buscar aquela segurança interna antes de nos entregarmos a um novo
empreendimento. Uma vez certos de que colocamos tudo nas mãos da Vida, tudo o
que nos resta é atuar nos meios externos. Aprenderemos a evitar erros quando
aprendermos a ser dirigidos pela voz interior que jamais comete erros. Devemos
declarar no silêncio que a Inteligência está nos guiando e assim será.

PRESENÇA DA ATIVIDADE

Suponhamos que seu ambiente de trabalho aparentemente não esteja


manifestando uma atividade. Isto é, suponhamos que os clientes não estejam
aparecendo. Para a pessoa no mundo dos negócios, a presença dos clientes significa
geralmente atividade. Suponhamos que você tenha sido levado a acreditar que o
princípio há de operar tanto no que é pequeno quanto no que é grande. O que você

42
deseja agora é uma atividade maior. Como você vai conseguir enxergar uma
atividade onde não há esta atividade?
Eis a grande pergunta da Verdade. Devemos ignorar o que estamos vendo e
aquilo que estamos vivenciando? Sim, absolutamente. Não há outro caminho. Se
continuarmos a ver as coisas conforme elas aparecem, jamais conseguiremos
mudar a sua aparência. O que temos de fazer, então, apesar da aparente
inatividade, é saber ainda assim e mentalmente ver e declarar que estamos bem no
meio da atividade. Sinta isto como a verdade. Mentalmente veja o local lotado de
gente. Saiba que ele está cheio de clientes o tempo todo. Declare que a sua palavra
os atrai. Não entretenha nenhuma sensação de ter de lutar para isso. Simplesmente
saiba que você está lidando com o único poder que existe. Ele atuará, pois tem de
atuar. Perceba que você proferiu a sua palavra de que um poder maior está
assumindo o comando e que isto está estabelecido para você. Não tenha idéias de
limitação. Profira na mente com uma confiança perfeita. Se você possui a
habilidade mental de ver o lugar abarrotado de pessoas, combine com isso a
palavra, e visualize diariamente o lugar lotado. Sempre combine a fé no poder
maior em tudo o que você fizer. Sinta que está recebendo cuidados invisíveis. Isto é
 verdade. Quando uma alma se volta para o universo da vida não manifestada, esta
 vida se volta para ela na mesma medida. Jesus contou a história do filho pródigo. O
Pai o via mesmo à distância. Sempre existe aquilo que nos conecta à Mente
Criadora e nos situa numa posição de maior contato com a Vida.
Temos de manter nossas mentes claras para que as dádivas do Espírito nos
encontrem receptivos para recebê-las. Nem mesmo Deus pode nos forçar a receber
algo. Temos de receber mesmo antes de vermos.

“Pois as mãos fracas, impotentes


Tateando cegamente na escuridão
 Ali mesmo tocam as mãos oniscientes
 E elevados são à amplidão”.
Sempre que acreditamos, teremos nossa fé honrada pelo Espírito da Vida.
 Ao vermos mentalmente somente aquilo que queremos; ao continuarmos vendo
aquilo mesmo que os céus despenquem, teremos provado com sucesso que a lei é
uma lei para a liberdade. Deus fez o homem para que este possuísse tudo aquilo
que o Universo contém, e o deixou livre para descobrir sua própria natureza.
Pare toda luta, todo esforço árduo, descubra a verdade dentro de sua própria
alma e confie nela de forma absoluta. Declare diariamente que você está sendo
guiado e protegido e que o Poder do Espírito está transformando a idéia em
realidade, e aguarde em perfeita paz e confiança. Tal atitude mental irá superar
tudo e provará que a força do pensamento espiritual é o único poder real no
Universo.

 ATRAINDO PARA VOCÊ O QUE JÁ LHE PERTENCE

Suponhamos que você deseje atrair amigos e companhia para si. Que deseje
aumentar seu círculo de amizade. Isto também pode ser realizado pela lei, pois
tudo está sujeito á sua operação, razão pelo que tudo é Um e que o Um se torna

43
muitos ao se expressar. Há muita gente no mundo que vive solitariamente por
possuírem um senso de separação das outras pessoas. O que deve ser feito não é
unificar-se com as pessoas, mas com o Princípio da Vida por trás de todas as
pessoas e coisas. Isto é trabalhar a partir do centro, em vez de gravitar na
circunferência. Neste mente Una estão as mentes de todas as pessoas. Ao se unir
em pensamento com o todo você estará reunido a todas as partes deste Todo. A 
primeira coisa a ser feita, então, é perceber que a Vida é sua amiga e companheira.
Sentir este companheirismo de Deus. Sentir que você é um com toda a vida.
Declare isso, já que, à medida em que este pensamento desperta dentro de sua
mente, a mente de toda a raça humana desperta junto com você. Sinta que o
mundo está se dirigindo até você. Ame o mundo e cada uma das pessoas que nele
 vive. Inclua todas as pessoas, se deseja que todas o incluam. O mundo busca a
força, seja forte. O mundo adora o amor; revista-se dele. Veja o bem em todas as
pessoas e deixe que o resto se vá. As pessoas sentirão seu amor e serão atraídas
para ele. O amor é o maior poder que existe o universo. Ele se encontra na base de
tudo o que há. É a causa daquilo que existe. Sinta o seu amor como sendo um
grande farol iluminando as sendas do mundo inteiro. Ele voltará para você,
trazendo tantos amigos que lhe faltará tempo para desfrutar-lhes a companhia.
Torne-se um amigo de verdade e você terá muitos amigos. Seja suficiente para si
mesmo e ao mesmo tempo inclua tudo o mais, e as pessoas sentirão sua força e
terão o desejo de unir-se ao esplendor que ela irradia. Jamais se torne infeliz ou
doentio; seja sempre alegre e irradie esta felicidade e natureza positiva. Jamais
aparente estar deprimido ou para baixo. O mundo é atraído ao mais forte centro de
alegria e bom companheirismo. Jamais permita que seus sentimentos sejam
feridos. Ninguém quer magoá-lo e nem podem, mesmo que quisessem. Você está
acima de tudo isso. Onde quer que vá saiba que o Espírito da Verdade vai antes de
 você e lhe prepara o caminho, trazendo para si cada amigo e influência que será
necessária para o seu conforto e bem estar. Isto não é egoísmo, mas bom senso e
certamente lhe proporcionará uma grande safra de bons amigos e companheiros.
Declare na Mente que você está agora ligado a todas as pessoas e todas elas
estão ligadas a você. Veja-se cercado por uma hoste de amigos. Sinta-lhes a
presença mentalmente e alegre-se na posse de todo o bem. Faça isto não importa o
que pareça ocorrer, e logo você encontrará ótimos amigos. Logo estará em contato
com o que há de melhor neste mundo.

PALAVRAS FINAIS

Em ultima análise, o homem é aquilo que ele pensa que é. Ele é grande em
sua capacidade se cultiva pensamentos grandiosos. É pequeno se os seus
pensamentos são pequenos. Ele atrairá para si aquilo em que mais pensa. Ele pode
governar seu próprio destino quando aprender a controlar seus pensamentos. Para
conseguir isto, ele precisa primeiramente perceber que tudo no universo
manifestado é o resultado de alguma atividade da Mente. Esta Mente é Deus,
produzindo um universo com a atividade de Seus próprios pensamentos divinos. O
homem está nesta mente como um centro pensante, o que ele pensa, governa a sua
 vida, da mesma forma que os pensamentos de Deus governam o universo,
movimentando as atividades cósmicas. Isto é tão fácil de ser entendido, e de um

44

Você também pode gostar