Você está na página 1de 16

Celebração da Saudade – Um Ano

Maria Helena da Cruz Bezerra


✰ 25.12.37 ✟ 19/04/2020

Ritos Iniciais
Irmãos e imãs, correspondamos ao chamado de Jesus, que nos convoca
ao redor de sua mesa para fortalecer a nossa esperança e fé pelo pão
da Palavra e da Eucaristia. Iniciemos essa celebração, entregamos nas
mãos do Senhor as nossas esperanças e pedindo pela nossa amada mãe,
avó e amiga, Maria Helena da Cruz Bezerra, cujo 1º ano de partida para
morada eterna, hoje, celebramos.
Canto de Entrada
Nossa Senhora
Cubra-me com seu manto de amor
Guarda-me na paz desse olhar
Cura-me as feridas a dor, me faz suportar
Que as pedras do meu caminho
Meus pés suportem pisar
Mesmo ferido de espinhos
Me ajude a passar
Se ficaram mágoas em mim
Mãe, tira do meu coração,
E aquele que eu fiz sofrer
Peço perdão
Se eu curvar meu corpo na dor
Me alivia o peso da cruz...
Interceda por mim, minha Mãe
Junto a Jesus
Nossa Senhora, me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida, do meu destino
Do meu caminho, cuida de mim!
1
Saudação do Celebrante
Cel.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo!
Todos: Amém!

Cel.: A graça e a paz de Deus, nosso Pai, e Jesus Cristo, nosso Senhor,
estejam conosco. A graça e a paz de Deus, nosso Pai, e Jesus Cristo, nosso
Senhor, estejam conosco.
Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!

Ato Penitencial
Cel.: Irmãos e irmãs, o verdadeiro amor tem a sua raiz em Deus que é Pai
de todos e nos amou primeiro. Deus nos deixou clara a medida do amor:
Amar como Cristo amou. Exatamente à luz deste amor é a medida do
nosso amor aos irmãos.

Canto Penitencial
Senhor Que Vieste Salvar
Senhor que viestes salvar, os corações arrependidos
Piedade, piedade, piedade de nós
Piedade, piedade, piedade de nós
Ó, Cristo que viestes chamar, os pecadores humilhados, piedade
Piedade, piedade, piedade de nós
Piedade, piedade, piedade de nós
Senhor que intercedeis por nós, Junto a Deus Pai
que nos perdoa, piedade
Piedade, piedade, piedade de nós
Piedade, piedade, piedade de nós

Cel.: Deus, todo poderoso, tenha piedade de nós, perdoe os nossos


pecados e nos conduza a vida eterna.
Todos: Amém!
2
Cel.: Oremos! Ó Deus, em vós os mortos vivem e os santos exultam de
felicidade. Ouvi as nossas preces e concedei à vossa filha, Maria Helena
da Cruz Bezerra, por quem se apagou a luz desse mundo, o fulgor da luz
que não se extingue. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na
unidade do Espírito Santo.
Todos: Amém!

Rito da Palavra (Sb 3,1-9)


Com.: Com palavras simples, a leitura proclama a felicidade dos justos.
Depois da morte, Deus os acolherá e lhes concederá a felicidade sem fim.

Leitura do livro da Sabedoria


Mas a almas dos justos estão nas mãos de Deus, e não os tocará o
tormento da morte. Pareceu aos olhos dos insensatos que morriam; e a
sua saída deste mundo foi considerada como uma aflição, e a sua
separação de nós como um extermínio; mas eles estão em paz no céu.
E, se eles sofreram tormentos diante dos homens, a sua esperança está
cheia de imortalidade. Depois duma leve tribulação, receberão uma
grande recompensa, porque Deus os provou, e achou-os dignos de si.
Ele os provou como ouro na fornalha, e recebeu-os como uma hóstia de
holocausto, e a seu tempo Ele os olhará favoravelmente. Os justos
resplandecerão e brilharão como centelhas que correm por um canavial.
Eles julgarão as nações, e dominarão os povos, e o seu Senhor reinará
para sempre. Aqueles que cofiam nele terão inteligência da verdade, e
os que são fiéis ao seu amor, descansarão unidos a Ele. Porque a graça
e a paz são para os escolhidos.
Palavra do Senhor.
Todos: Graças a Deus!

3
Canto de Meditação
Sonda-me
Senhor! Eu sei que tu me sondas, sei também que me conheces
Se me assento ou me levanto, conheces meus pensamentos
Quer deitado ou quer andando, sabes todos os meus passos
E antes que haja em mim palavras, sei que em tudo me conheces
Senhor, eu sei que tu me sondas
Senhor, eu sei que tu me sondas
Deus, tu me cercaste em volta, Tuas mãos em mim repousam
Tal ciência é grandiosa, não alcanço de tão alta
Se eu subo até o céu, sei que ali também te encontro
Se no abismo está minh'alma, sei que aí também me amas
Senhor, eu sei que tu me sondas
Senhor, eu sei que tu me amas

Evangelho – (Jo 06, 35-40)


Com.: Jesus quer despertar em nós a certeza da ressureição e da vida
eterna em Deus. Vida que não possuímos agora, mas irá se manifestar
plenamente depois da morte. Numa atitude de fé fiquemos de pé para
aclamarmos o Santo Evangelho cantando:

Aclamação ao Evangelho
Como São Belos
Como são belos os pés do mensageiro que anuncia a paz.
Como são belos os pés do mensageiro que anuncia o Senhor.

Ele vive, Ele reina,


Ele é Deus e Senhor!

4
Cel.: O Senhor esteja convosco!
Todos: Ele está no meio de nós.

Cel.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo João.


Todos: Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, disse Jesus: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim,
nunca mais terá fome e o que crê em mim nunca mais terá sede. Eu,
porém, vos afirmo: vós me vedes, mas não acreditais. Todo aquele que
o Pai me der virá a mim, e quem vem a mim eu não o rejeitarei, pois
desci do céu não para fazer minha vontade, mas a vontade de quem me
enviou. E a vontade daquele que me enviou é esta: que eu não perca
nenhum daqueles que Ele me deu, mas os ressuscite no último dia. Sim,
esta é a vontade de meu Pai: Quem vê o Filho e nele crê tem a vida
eterna e eu o ressuscitarei no último dia”.
Palavra da Salvação.
Todos: Glória a vós, Senhor!

Homilia

Oração dos Fiéis


Cel.: Peçamos a Deus pela nossa irmã falecida e também por nós, para
que possamos merecer a ressureição da vida eterna. Após cada oração
responderemos: Senhor, atendei a nossa prece!

01- Por toda riqueza de amor que recebemos de nossa querida Maria
Helena, rezemos ao Senhor.
Todos: Senhor, atendei a nossa prece!

02- Pela família, parentes e amigos, para que continuem encontrando,


na fé e na esperança, o alento, o conforto em seu sofrimento, rezemos
ao Senhor.
Todos: Senhor, atendei a nossa prece!
5
03- Para que os exemplos de amor materno, serenidade e amizade de
Maria Helena continue para sempre em nossas vidas, rezemos ao
Senhor.
Todos: Senhor, atendei a nossa prece!

04- Para que a lembrança de Maria Helena nos conserve sempre unidos
em uma só família de Cristo, e, com espírito de harmonia, vivamos em
paz e na caridade fraterna, rezemos ao senhor.
Todos: Senhor, atendei a nossa prece!

Cel.: Nossa oração, Senhor, seja socorro para nossa irmã Maria Helena
da Cruz Bezerra, e para todos os fiéis falecidos, em especial para
Francisco Carlos Bezerra (seu esposo). Isso vos pedimos, por Cristo
Nosso Senhor.
Todos: Amém!

Rito Sacramental
Com.: O Senhor deseja receber as nossas ofertas do pão e do vinho, que
no seu amor se transformarão em corpo e sangue de Jesus Cristo. Que
esse pão e esse vinho simbolizem a maior oferta que podemos dar a
Deus: a nossa vida com suas alegrias, lutas e vitórias.

Canto de Preparação das Ofertas


Um Coração Para Amar
Um coração para amar, pra perdoar e sentir
Para chorar e sorrir, ao me criar tu me deste.
Um coração pra sonhar, inquieto e sempre a bater
Ansioso para entender, as coisas que tu disseste.

Eis o que eu venho te dar, eis o que eu ponho no altar


Toma Senhor que é teu, meu coração não é meu.

6
Quero meu coração, seja tão cheio de paz
Que não se sinta capaz, de sentir ódio ou rancor
Quero que minha oração, possa me amadurecer
Me leve a compreender, as Coisas que Tu disseste

Cel.: Orai, irmãos e irmãs para que o nosso sacrifício seja aceito por Deus
Pai todo-poderoso.
Todos: Receba ó Senhor, por tuas mãos este sacrifício, para a glória
do seu nome, para o nosso bem e de toda a Santa Igreja!

Oração sobre as Oferendas


Cel.: Oremos! Ó Deus de clemência, acolhei as ofertas que vos
apresentamos, implorando a salvação de vossa serva Maria Helena da
Cruz Bezerra. E porque jamais duvidou da bondade do Salvador,
encontre em vosso filho um Juiz compassivo. Que vive e reina para
sempre. Por Cristo, nosso Senhor.
Todos: Amém!

Oração Eucarística
Cel.: O Senhor esteja convosco!
Todos: Ele está no meio de nós!

Cel.: Corações ao alto!


Todos: O nosso coração está em Deus!

Cel.: Demos graças ao Senhor nosso Deus!


Todos: É nosso dever e nossa salvação!

Cel.: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever dar-vos graças,


sempre e em todo tempo e lugar, Senhor Pai, Santo, Deus eterno e todo
poderoso, por vosso Filho, Senhor Nosso. Um por todos, ele aceitou
morrer na cruz para nos livrar a todos da morte. Entregou, de boa
vontade, sua vida para que pudéssemos viver eternamente. Por isso,
com os anjos e todos os santos, nós vos aclamamos, cantando a uma só
voz.
7
Santo
O Senhor é Santo
O Senhor é Santo, O Senhor é Santo, O Senhor é Santo
O Senhor é nosso Deus, o Senhor é nosso Pai
Que seu reino de amor, se estenda sobre a terra
O Senhor é Santo, O Senhor é Santo, O Senhor é Santo
Bendito o que vem em nome do Senhor
Hosana, Hosana, Hosana!

Cel.: Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade.


Santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o Vosso
Espírito, a fim de que se torne para nós o Corpo e o Sangue de Jesus
Cristo, vosso Filho e Senhor Nosso.
Todos: Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

Cel.: Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, Ele


tomou o pão, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo:
TOMAI TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE
POR VÓS.

Do mesmo modo, ao fim da ceia, Ele tomou o cálice em suas mãos,


deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo:
TOMAI TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O
SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR
VÓS E POR TODOS PARA A REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM
MEMÓRIA DE MIM.

Eis o mistério da fé!


Todos: Anunciamos Senhor a Vossa morte e proclamamos a vossa
ressurreição, vinde Senhor Jesus!

8
Cel.: Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do vosso
Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e
vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na vossa
presença e vos servir.
Todos: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

Cel.: E nós vos suplicamos que, participando do Corpo e Sangue de


Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só corpo.
Todos: Fazei de nós um só corpo e um só Espírito!

Cel.: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo
inteiro: que ela cresça na caridade, com o Papa Francisco, com nosso
bispo D. José Antônio, e todos os ministros do vosso povo.
Todos: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!

Cel.: Lembrai-vos, da vossa filha Maria Helena da Cruz Bezerra, que


um ano chamastes deste mundo à vossa presença. Concedei-lhe que,
tendo participado da morte de Cristo pelo batismo, participe
igualmente da sua ressurreição.
Todos: Concedei-lhe contemplar a vossa face!

Cel.: Lembrai-vos também dos outros nossos irmãos e irmãs que


morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram
desta vida: acolhei-os juntos a vós na luz da vossa face.
Todos: Lembrai-Vos, ó Pai, dos vossos filhos!

Cel.: Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de todos nós e dai- nos
participar da vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, com os
Santos Apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de
vos louvarmos e glorificarmos por Jesus Cristo, vosso Filho.
Todos: Concedei-nos o convívio dos eleitos!

Cel.: Por Cristo, com Cristo e em Cristo, a vós, Deus Pai todo-
poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda honra e toda glória, agora
e para sempre.
Todos: Amém!

9
Rito da Comunhão
Cel.: Rezemos com amor e confiança a oração que o Senhor nos
ensinou:

Pai Nosso...
Pai nosso, que estais nos céus, santificado seja o Vosso nome...

Cel.: Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz.


Ajudados pela Vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e
protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperança
aguardamos a vinda do Cristo Salvador.
Todos: Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!

Cel.: Senhor Jesus Cristo, dissestes aos Vossos apóstolos: “Eu vos deixo
a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé
que anima a vossa Igreja, dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a
unidade. Vós que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.”
Todos: Amém!

Cel.: A paz do Senhor esteja sempre convosco!


Todos: O amor de Cristo nos uniu! (Cumprimentos no final da Celebração)

Todos: Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade


de nós. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade
de nós. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

Cel.: Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de


Deus, que tira o pecado do mundo.
Todos: Senhor, eu não sou digno que entreis em minha morada, mas
dizei uma palavra e serei salvo (a).

10
Canto de Comunhão
A Barca
Tu te abeiraste da praia
Não buscaste nem sábios nem ricos
Somente queres que eu te siga

Senhor, Tu me olhaste nos olhos


A sorrir, pronunciaste meu nome
Lá na praia, eu larguei o meu barco
Junto a Ti, buscarei outro mar

Tu sabes bem que em meu barco


Eu não tenho nem ouro nem espadas
Somente redes e o meu trabalho

Tu, minhas mãos solicitas


Meu cansaço que a outros descanse
Amor que almejas, seguir amando

Tu, pescador de outros lagos


Ânsia eterna de almas que esperam
Bondoso amigo que assim me chamas

Ação de Graças
Ninguém Te Ama Como Eu
Tenho esperado este momento, tenho esperado que viesses a mim
Tenho esperado que me fales, tenho esperado que estivesses assim
Eu sei bem o que tens vivido, sei também que tens chorado
Eu sei bem que tens sofrido, pois permaneço ao teu lado

11
Ninguém te ama como Eu, ninguém te ama como Eu
Olhe para a cruz, está é a minha grande prova
Ninguém te ama como Eu

Ninguém te ama como Eu, ninguém te ama como Eu


Olhe para a cruz, foi por ti, porque te amo
Ninguém te ama como Eu

Eu sei bem o que me dizes, ainda que nunca me fales


Eu sei bem o que tens sentido, ainda que nunca me reveles
"Tenho andado ao teu lado, Junto a ti permanecido Eu te levo em meus
braços, pois sou teu melhor amigo.”

Oração Pós Comunhão


Cel.: Oremos: Ó Deus, vosso filho nos deixou no sacramento do seu corpo
o alimento dos que partem desta vida. Concedei à nossa irmã Maria
Helena, por esse viático, chegar à mesa do Cristo na vida eterna. Por Cristo
nosso Senhor.
Todos: Amém!

Ritos Finais
Cel.: O Senhor esteja convosco!
Todos: Ele está no meio de nós!

Cel.: Abençoe-vos Deus Todo-Poderoso, Pai  Filho e Espírito Santo.


Todos: Amém!

Cel.: Vamos em paz e que o Senhor nos acompanhe


Todos: Graças a Deus

12
Agradecimentos
Neste momento, gostaríamos de fazer alguns agradecimentos
especiais. Primeiramente, agradecemos a Deus, por ter nos dado o
imenso privilégio de ter convivido com a nossa querida Maria Helena da
Cruz Bezerra, e por ela ter estado sempre ao nosso lado, cuidando de
todos nós.
Agradecemos também a todos, que, de alguma forma, se uniram
a nós nesse momento de tão profunda dor para nos confortar numa
demonstração de amor e carinho.
Estejam cientes que para nós é um conforto e benção divina.

Que Deus abençoe a todos!


A família.

13
Canto Final I
Obrigado Senhor
Obrigado senhor porque
És meu amigo
Por que sempre comigo
Tu estás a falar
No perfume das flores,
na harmonia das cores
E no mar que murmura,
O teu nome a rezar
O teu nome a rezar

Escondido tu estas, no verde das florestas,


Nas aves em festa, no sol a brilhar, a brilhar
Na sombra que abriga, na brisa amiga
Na fonte que corre ligeira a cantar,
ligeira a cantar

Te agradeço ainda,
por que na alegria,
Ou na dor de cada dia,
Eu posso te encontrar,
quando a dor me consome,
Murmuro o teu nome,
e mesmo sofrendo,
Eu posso cantar,
eu posso cantar

14
Canto Final II
Nossa Senhora
Cubra-me com seu manto de amor, guarda-me na paz desse olhar
Cura-me as feridas e a dor me faz suportar
Que as pedras do meu caminho
Meus pés suportem pisar
Mesmo ferido de espinhos me ajude a passar
Se ficaram mágoas em mim
Mãe tira do meu coração
E aquele que fiz sofrer peço perdão
Se eu curvar meu corpo na dor
Me alivia o peso da cruz
Interceda por mim minha mãe junto a Jesus
Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida do meu destino
Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida do meu destino
Do meu caminho
Cuida de mim
Sempre que o meu pranto rolar
Ponha sobre mim suas mãos
Aumenta minha fé e acalma o meu coração
Grande é a procissão a pedir
A misericórdia o perdão
A cura do corpo e pra alma a salvação
Pobres pecadores oh mãe
Tão necessitados de vós
Santa mãe de Deus tem piedade de nós
De joelhos aos vossos pés
Estendei a nós vossas mãos
Rogai por todos nós vossos filhos meus irmãos!

15
GRATIDÃO
Não veremos mais teu rosto,
Não ouviremos mais a tua voz, os teus conselhos,
Não sentiremos mais o teu perfume.
Não veremos mais as tuas pegadas leves,
Nem tocaremos mais nas tuas mãos,
Nem te daremos o braço para apoiar o teu andar cansado,
Nem nos ocuparemos mais de tua solidão.

Foste de repente, sem deixar tempo para dizer que te amamos,


Um abraço,
Um beijo,
Um pedido de perdão.

Deixaste-nos um vazio,
Uma dor,
Uma imensa saudade.
Uma lembrança que se esvai.

Mesmo que tua imagem fuja de nossas memórias.


Mesmo que o tempo cale o som da tua voz,
Mesmo que o tempo apague as tuas pegadas
Mesmo que não te encontremos mais em tua casa vazia,
O teu nome permanecerá em nossos corações.
O teu nome mãe,
O teu nome avó,
O teu nome Maria Helena.

Resta-nos o conforto de crer que não partiste como um todo.


Resta-nos sentir que continuas em outras formas,
Resta-nos te perceber a todo instante em nossas vidas e para sempre.
Resta-nos pedir perdão pela falta de atenção, a solidão não
compartilhada, o olhar distante não compreendido.
Resta-nos agradecer pelo que fortes,
Seu amor, sua dedicação, seu apoio, seus conselhos.
Mãe,
Muito gratos.

16

Você também pode gostar