Você está na página 1de 13

MAPAS MENTAIS

DIREITO
QUESTÕES
PENAL
GER
M
RA

AM
GE

MÉTODO
QR2
Aline Florner
RESUMOS REVISÕES

GERAM
SUMÁRIO
MAPA 001 - Penal - Modalidades de Homicídio
MAPA 002 - Penal - Homicídio Simples 1
MAPA 003 - Penal - Homicídio Simples 2
MAPA 004 - Penal - Homicídio Privilegiado
MAPA 005 - Penal - Homicídio Qualificado 1
MAPA 005 - Penal - Homicídio Qualificado 2
MAPA 006 - Penal - Homicídio Qualificado 3
MAPA 007 - Penal - Homicídio Qualificado 4
MAPA 008 - Penal - Homicídio Qualificado 5
MAPA 009 - Penal - Homicídio Qualificado 6
MAPA 010 - Penal - Homicídio Qualificado 7 - Feminicídio
Aline Florner
Método QR2
O bem jurídico protegido é a vida humana
(vida extrauterina)

▪ Homicídio Simples (caput do art. 121)


▪ Homicídio Privilegiado (§1°);
▪ Homicídio Qualificado (§2°);

Homicídio ▪ Homicídio Culposo (§3°);


▪ Homicídio Culposo Majorado (§4°, 1ª parte);
▪ Homicídio Doloso Majorado (§4°, 2º parte e §§ 6º e 7º).

Modalidades

EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda


Aline Florner
Método QR2

Matar alguem:
Pena - Reclusão, de 6 a 20 anos.

Sujeitos ATIVO e PASSIVO


Homicídio Simples podem ser qualquer pessoa FÍSICA.
CP, Art. 121.

Pode ser praticado:


de forma LIVRE (disparo de arma de fogo, facada, espancamento, etc.),
de forma COMISSIVA (ação) (é o mais comum) ou
de forma OMISSIVA (omissão).

EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda


Aline Florner
Método QR2 se for tirada a vida de alguém que ainda NÃO nasceu
ainda NÃO há vida extrauterina,
NÃO há homicídio, podendo haver aborto.

se for praticado por quem já NÃO tem mais vida


(Ex.: morto), será um CRIME IMPOSSÍVEL
Por absoluta impropriedade do objeto

Homicídio simples, ainda quando praticado por


apenas uma pessoa, mas em atividade típica de
grupo de extermínio, é crime HEDIONDO
Homicídio Simples (art. 1º, I da Lei 8.072/90).
CP, Art. 121.

Elemento subjetivo é o DOLO (NÃO se exigindo nenhuma finalidade específica de agir);


É um crime MATERIAL (se consuma quando a vítima vem a falecer);
É um crime plurissubsistente (pode ser fracionado em vários atos);
Há possibilidade de tentativa, desde que, iniciada a execução, o crime NÃO se consume por
circunstâncias alheias à vontade do agente.

EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda


Aline Florner
Método QR2
Motivo de relevante valor SOCIAL
Ex.: matar o estuprador do bairro.

Motivo de relevante valor MORAL


Ex.: Matar para evitar sofrimento de doente
Se o agente comete
terminal que sofre horrores e pede para ser
o crime impelido por
morto. (eutanásia).

Homicídio Privilegiado Sob o domínio de violenta emoção, logo em


CP, Art. 121, §1°. seguida a injusta provocação da vítima
Ex.: Matar o estuprador de uma criança que
acabou de cometer o crime e está rindo e
dizendo que vai repetir, pois não dá cadeia.

O juiz pode reduzir a pena de 1/6 a 1/3


EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda
Aline Florner
Método QR2

Se o homicídio
é cometido

Mediante paga ou promessa de recompensa


Ex.: homicídio mercenário (receber para matar alguém)

Homicídio ou por outro motivo torpe (motivação repugnante).

Qualificado Pena - reclusão, de 12 a 30 anos.


Art. 121, § 2°

Apesar da divergência, para o STJ a referida qualificadora possui caráter pessoal,


NÃO se comunicando aos mandantes.

Apesar da divergência, a doutrina majoritária entende que a natureza da


“recompensa”, deva ter natureza econômica.

EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda


Aline Florner
Método QR2

Se o homicídio
é cometido
Por motivo fútil (bobo, ridículo)
Ex.: Matar a pessoa que pisou no seu pé na festa.

Pena - reclusão, de 12 a 30 anos.


Homicídio
Qualificado
Art. 121, § 2°

O STJ entende que na ausência de um motivo teremos um homicídio simples,


pois a "ausência de motivo" e "motivo fútil" seriam situações distintas.

EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda


Aline Florner
Método QR2

Se o homicídio
é cometido
Com emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia,
tortura ou outro meio insidioso ou cruel, ou de que
possa resultar perigo comum.

Homicídio Pena - reclusão, de 12 a 30 anos.


Qualificado
Art. 121, § 2°
A Doutrina entende que a qualificadora do “emprego de veneno”
só incide se a vítima NÃO sabe que está ingerindo veneno.
Caso saiba, o crime poderá ser qualificado pelo meio cruel.

A tortura como "MEIO" para se praticar o homicídio, qualifica o crime.


MAS, se o agente pretende TORTURAR, mas se excede (sem intenção) e acaba matando a vítima, haverá crime de:
TORTURA QUALIFICADA PELO RESULTADO MORTE (art. 1°, §3° da Lei 9.455/97).

EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda


Aline Florner
Método QR2 À traição, de emboscada, ou qualquer outro meio que
dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.

Se o homicídio Pena - reclusão, de 12 a 30 anos.


é cometido

Homicídio
Qualificado
Art. 121, § 2°

A idade da vítima (por exemplo: idoso ou criança)


NÃO é o MEIO procurado pelo agente, assim, NÂO qualifica o crime, embora, no caso concreto,
torne mais difícil a defesa, em alguns casos.

EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda


Aline Florner
Método QR2
Para assegurar a execução, ocultação, a impunidade
ou vantagem de OUTRO CRIME.

Se o homicídio Pena - reclusão, de 12 a 30 anos.


é cometido

Homicídio
Qualificado
Art. 121, § 2°

O “OUTRO CRIME” NÃO precisa ser praticado ou ter sido praticado pelo agente,
ou seja, pode ter sido praticado por outra pessoa.

EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda


Aline Florner
Método QR2

É um homicídio qualificado pelo Feminicídio.

Em razão de ter sido praticado contra mulher, por


razões da condição do sexo feminino.

Pena - reclusão, de 12 a 30 anos.


FEMINICÍDIO
Art. 121, § 2° NÃO basta que a vítima seja Mulher, deve ficar caracterizada
a violência de gênero, ou seja, quando o crime envolver
violência doméstica e familiar contra a mulher ou
menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

EstudanteEstuda.com.br | Instagram.com/EstudanteEstudaOficial | YouTube.com/EstudanteEstuda


SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS
instagram.com/estudanteESTUDAOFICIAL

facebook.com/estudanTeestudaOFICIAL

t.me/estudanteestuda

youtube.com/estudanteestuda

www.estudanteestuda.com.br

Você também pode gostar