Você está na página 1de 31

Guias e Manuais

2010

Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família
Volume ii
Sistemas e procedimentos para o acompanhamento das condicionalidades

Programa Bolsa Família


Ministério do Desenvolvimento Social
e Combate à Fome (MDS)

Guia para Acompanhamento


das Condicionalidades do
Programa Bolsa Família
Volume ii

Sistemas e procedimentos para o


acompanhamento das condicionalidades
SUMÁRIO

Apresentação ................................................................................................................................ 5
Acompanhamento das Condicionalidades ................................................................................. 7
Acompanhamento das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família pela área de Saúde...... 10
Ciclo de Acompanhamento da Saúde ..................................................................................... 10
Fluxo Operacional do Acompanhamento da Agenda da Saúde ............................................... 12
Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde......................................................... 17
Funcionalidades do Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde.......................... 18
Acompanhamento da Condicionalidade de Educação: Frequência Escolar – Projeto Presença...... 25
Ciclo de Acompanhamento de Educação ................................................................................. 27
Fluxo Operacional do Acompanhamento da Frequência Escolar ............................................. 29
Sistema de Acompanhamento da Frequência Escolar do Programa Bolsa Família
(Sistema Presença- PBF) ......................................................................................................... 34
Motivos da baixa frequência.................................................................................................... 40
Sistema de Condicionalidades do Programa Bolsa Família...................................................... 43
Conhecendo as principais funcionalidades do Sicon/PBF......................................................... 44
Tela inicial............................................................................................................................... 44
Consulta Avançada de Pessoa.................................................................................................. 45
Resultados da Consulta Avançada de Pessoa........................................................................... 46
Detalhes da família................................................................................................................. 47
Endereço da família................................................................................................................. 48
Histórico de condicionalidades da família................................................................................ 49
Histórico de condicionalidades dos integrantes....................................................................... 50
Registro do Recurso On-line.................................................................................................... 52
Módulo Acompanhamento Familiar........................................................................................ 53
Canais de Atendimento............................................................................................................... 56
APRESENTAÇÃO

Para apoiar os estados e os municípios no registro das informações


do acompanhamento das condicionalidades das famílias do Programa
Bolsa Família (PBF) nos sistemas de informações, o Ministério do
Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) elaborou o Guia para
Acompanhamento das Condicionalidades do Programa Bolsa Família
– Volume 2 – Sistemas e procedimentos para o acompanhamento das
condicionalidades.
O Volume 1 do Guia para Acompanhamento das Condicionalidades
apresenta a concepção de condicionalidades adotada pelo Programa Bolsa
Família e seus objetivos e discute a importância do trabalho intersetorial
para um acompanhamento efetivo das condicionalidades.
Neste volume, é apresentado o fluxo das informações e dos
procedimentos a serem adotados pelos gestores e técnicos municipais
do PBF e das áreas de Saúde, de Educação e de Assistência Social para a
utilização dos sistemas disponíveis para a Gestão das Condicionalidades.
O Guia propõe, ainda, uma organização do trabalho para o registro do
acompanhamento das condicionalidades.
Cabe ressaltar que por acompanhamento das condicionalidades não se
deve entender apenas o registro das informações das famílias nos sistemas da
saúde, da educação e da assistência social, mas também todo o processo de
localização das famílias e seus integrantes, a identificação das dificuldades que
essas famílias tem para acessar os serviços; as ações voltadas para resolução dos
problemas observados e a realização de um trabalho de acompanhamento
das famílias mais vulneráveis que permita a superação das dificuldades que as
impedem de acessar plenamente seus direitos.

Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 7
Por meio do Guia para Acompanhamento das Condicionalidades do
Programa Bolsa Família – Volume 2 o gestor do Programa terá condições
de compreender todos os passos necessários para o acompanhamento das
condicionalidades, suas responsabilidades para com o Programa e com as
famílias. Esperamos que este Guia possa esclarecer suas principais dúvidas
em relação à gestão de condicionalidades e, ao mesmo tempo, fortalecer a
ação intersetorial na gestão do Bolsa Família. Acompanhamento
das Condicionalidades
Boa leitura!

No processo de acompanhamento das condicionalidades, o correto


registro e o fluxo de informações em sintonia com os cronogramas
estabelecidos são de suma importância. Por isso, é fundamental
que os gestores e técnicos responsáveis pelas atividades relativas ao
acompanhamento das condicionalidades conheçam as operações e as
funcionalidades dos sistemas de registro de informação [Sistema de
Condicionalidades, Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde
e Sistema de Acompanhamento da Frequência Escolar do Programa Bolsa
Família (Sistema Presença – PBF)], bem como os prazos estabelecidos para
cada atividade.
Para o sucesso do acompanhamento das condicionalidades é
fundamental que haja uma articulação entre coordenadores e operadores
dos sistemas com as redes envolvidas (escolas, unidades de saúde, Centros
de Referência de Assistência Social (Cras), entre outras). Além disso, é
necessário o trabalho conjunto desses setores com a gestão do PBF e do
Cadastro Único no município.
As informações dos beneficiários para o acompanhamento das
condicionalidades a cada período são originárias do Cadastro Único e da
Folha de Pagamento do Programa Bolsa Família. Portanto, para que esses

8 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia
do
para Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 9
beneficiários sejam identificados e localizados pelas áreas de educação,
Atividades
saúde e assistência social é importante que as informações do Cadastro   Responsável
Único estejam corretas e atualizadas. Um trabalho articulado entre a área Saúde Educação
responsável pela gestão do PBF e do Cadastro Único com as áreas que
Troca de
realizam o acompanhamento de saúde, educação e assistência social pode Troca de informações informações
contribuir para manter atualizados os cadastros. 6 entre técnicos da entre técnicos da Municípios
saúde e gestor do PBF educação e gestor
Cada período de acompanhamento envolve etapas de trabalho que do PBF
podem ser assim organizadas:
Consolidação das Consolidação das Ministérios da Saúde,
informações – informações – da Educação e do
7
Atividades MS/MDS MEC/MDS Desenvolvimento
  Responsável (semestral) (bimestral) Social
Saúde Educação
Ministério do
8 Repercussão pelo Sicon Desenvolvimento
Geração do Geração do Social
público para público para Ministério do
acompanhamento acompanhamento
1 Desenvolvimento 9 Registro do Recurso no Sicon Municípios
no Sistema de no Sistema de Social
Condicionalidades Condicionalidades
(Sicon) (semestral) (Sicon) (bimestral) Registro do Acompanhamento
10 Municípios
Familiar no Sicon

Inserção no Sistema Inserção no Sistema Suspensão Temporária dos Efeitos do


de Gestão do Presença/PBF 11 Municípios
Ministérios da Saúde e Descumprimento no Sicon
2 PBF na Saúde das das informações da Educação
informações das das crianças e
famílias adolescentes

Acompanhamento
Distribuição da frequência dos
3 dos Mapas de Municípios
alunos/PBF nas
Acompanhamento escolas

Acompanhamento Distribuição dos


4 das famílias e coleta Municípios
formulários
das informações

Registro do Registro de
5 acompanhamento da frequência no Municípios
saúde no Sistema Sistema

10 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 11
As informações disponíveis no Sistema de Gestão do Programa Bolsa
Família na Saúde no primeiro semestre refletem as atualizações feitas no
Cadastro Único até novembro do ano anterior e constantes da folha de
pagamento de dezembro do ano anterior. As informações disponibilizadas
no segundo semestre refletem as atualizações feitas no Cadastro até maio e
constantes da folha de pagamento de junho do mesmo ano.
Acompanhamento das Assim, as alterações cadastrais efetuadas no Cadastro Único em data

famílias beneficiárias do posterior a novembro não constam da relação do Sistema de Gestão do


Programa Bolsa Família na Saúde do primeiro período de acompanhamento
Programa Bolsa Família do ano, bem como as efetuadas depois de maio não serão visualizadas no
Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde no segundo período
pela área de Saúde de acompanhamento.
Dessa maneira, há uma defasagem de até sete meses entre os dados
do Cadastro Único e os dados disponibilizados no Sistema da Saúde, como
A Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde mostra o Gráfico 1. Por isso, pode ocorrer que uma família que está na lista
(CGPAN/DAB/SAS/MS) – é o setor responsável pelo acompanhamento de acompanhamento não seja mais beneficiária do Programa quando
das condicionalidades das famílias beneficiárias do PBF com perfil saúde o gestor for registrar as informações. Do mesmo modo, as famílias que
na esfera federal. É, também, responsável pelo Sistema de Gestão entraram no Programa no decorrer do semestre somente farão parte do
do Programa Bolsa Família na Saúde, utilizado para o registro das acompanhamento no período seguinte.
informações das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família que devem
ser acompanhadas pelos gestores da saúde, isto é, famílias com crianças Gráfico 1 - Temporalidade das bases para o acompanhamento
da saúde
menores de sete anos (em relação à atualização do calendário vacinal e ao
registro do crescimento e do desenvolvimento) e mulheres com idade entre
14 e 44 anos, possíveis gestantes (quanto à realização do pré-natal).
O Sistema pode ser acessado pelo endereço: http://bolsafamilia.datasus.
gov.br ou na Página do Bolsa Família (www.mds.gov.br/bolsafamilia),
clicando na opção Condicionalidades e, em seguida, no menu Sistemas.

Ciclo de Acompanhamento da Saúde


O MDS fornece semestralmente à CGPAN/MS, arquivo com informações
das famílias beneficiárias do PBF com perfil saúde extraídas do Cadastro
Único. Este arquivo é importado para a base do Sistema de Gestão do
Programa Bolsa Família na Saúde.
Legenda: CAD: Cadastro Único - FO: Folha de Pagamento - Ref.: Referência

12 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 13
Fluxo operacional do Acompanhamento da Agenda A seguir, são descritas as etapas do processo de acompanhamento da
da Saúde saúde, destacando os prazos e os agentes envolvidos.

O acompanhamento da agenda da saúde ocorre semestralmente. Cada


período de acompanhamento envolve etapas de trabalho que podem ser 1 Geração do público para acompanhamento da saúde
assim organizadas:
O público para acompanhamento (PA) da saúde é gerado a cada
Atividades semestre pelo MDS no Sistema de Condicionalidades (Sicon), com base
  Responsável
Saúde
nas informações do Cadastro Único e da folha de pagamento do Programa,
conforme descrito no item Ciclo de Acompanhamento da Saúde.
Geração do público para
acompanhamento no Sistema de Ministério do
1 Condicionalidades - Sicon Desenvolvimento Social
(semestral) ATENÇÃO:
As crianças são consideradas dentro do perfil para
Inserção no Sistema de Gestão do
2 PBF na Saúde das informações das Ministérios da Saúde acompanhamento da saúde quando tiverem completado
famílias sete anos até:
3 Impressão e Distribuição dos Mapas Municípios
• 1º de janeiro, para o primeiro semestre; e
de Acompanhamento
• 1º de julho, para o segundo semestre.
Acompanhamento das famílias e As mulheres são consideradas dentro do perfil para
4 Municípios
coleta das informações
acompanhamento da saúde quando:
Registro do acompanhamento da • Tiverem completado 14 anos ou não tiverem completado
5 Municípios
saúde no Sistema
45 anos até 1º de janeiro, para o primeiro semestre; e
Troca de informações entre técnicos
6 Municípios • Tiverem completado 14 anos ou não tiverem completado
da saúde e gestor do PBF
45 anos até 1º de julho, para o segundo semestre.
Consolidação das informações – Ministérios da Saúde e do
7 MS/MDS Desenvolvimento Social
(semestral)

Ministério do
8 Repercussão pelo Sicon Desenvolvimento Social

9 Registro do Recurso no Sicon Municípios Importante: A geração do PA é realizada diretamente no Sicon,


não havendo possibilidade do município ou da área de Saúde incluir
Registro do Acompanhamento
10 Municípios ou excluir beneficiários do PA durante um determinado período de
Familiar no Sicon
acompanhamento.
Suspensão Temporária dos Efeitos do
11 Municípios
Descumprimento no Sicon

14 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família
Guia
Condicionalidades
para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 15
2 Inserção no Sistema de Gestão do PBF na Saúde das informações atividade de forma humanizada, considerando os diferentes contextos do
das famílias acesso aos serviços de saúde enfrentados pelos beneficiários e garantindo a
A Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição/MS carrega o oferta de ações preventivas visando contribuir para melhorar as condições
arquivo com o PA para a base do Sistema de Gestão do Programa Bolsa de vida desta população.
Família na Saúde. Esse arquivo contém informações das famílias a serem O registro desse atendimento nos Mapas de Acompanhamento deve
acompanhadas. contemplar:
Para todas as famílias:
3 Impressão e distribuição dos Mapas de Acompanhamento • Se a família foi localizada (sim ou não);
O Mapa de Acompanhamento do Bolsa Família é o formulário que o • Se houve ocorrência que dificultou o atendimento; e
Ministério da Saúde fornece às equipes da Secretaria Municipal de Saúde • A data de atendimento ou realização da visita (nos casos em
para registrar o acompanhamento dos beneficiários do PBF, disponível que a família não foi localizada.
para impressão no Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde.
O Mapa contém os nomes e informações (NIS, nome, data de nascimento, Para todas as crianças menores de sete anos:
endereço de moradia) dos integrantes das famílias beneficiárias do PBF do • Vacinação em dia (Sim ou Não);
município que devem ser acompanhadas pela área de Saúde, ou seja, crianças • Peso e altura.
menores de sete anos e possíveis gestantes (mulheres de 14 a 44 anos).
A distribuição dos Mapas de Acompanhamento pode ocorrer em Para todas as mulheres entre 14 e 44 anos:
reuniões com os envolvidos no acompanhamento da agenda da saúde das • Se é “gestante”, “não gestante”, “não pode ser gestante” ou ainda
famílias do PBF [técnicos, Agentes Comunitários de Saúde (ACS), equipes “sem informação”; e
de Saúde da Família (ESF)]. Nessas reuniões, além de distribuir os mapas, • Se gestante, informar se realizou o pré-natal (Sim ou Não) e a
as pessoas envolvidas na coleta de informações podem obter informações Data da última menstruação (DUM).
sobre os objetivos, procedimentos, fluxos de trabalho e orientações
relativas ao acompanhamento, além de estipular datas para a devolução Nos casos de Mapa em branco, deve-se acrescentar o NIS e o nome da
dos Mapas preenchidos para que não haja acúmulo de digitação das pessoa acompanhada e, em seguida, preencher as informações conforme
informações no final do período. as orientações anteriores.
Observação: Mapas de Acompanhamento em branco podem ser
impressos para registro do acompanhamento da agenda de saúde do PBF 5 Registro do Acompanhamento da saúde no Sistema de Gestão do
nos casos em que uma família procurar um estabelecimento de saúde em Programa Bolsa Família na Saúde
cujo Mapa de Acompanhamento não conste seu nome. Nessa fase, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde irá registrar no
Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde as informações
4 Acompanhamento das famílias e coleta das informações nos coletadas nos Mapas de Acompanhamento, que deve ser feita uma vez
Mapas de Acompanhamento por semestre.
Acompanhar as famílias e registrar as condicionalidades da saúde não Após registrar as informações do acompanhamento e clicar no botão
se restringe a preencher mapas e sistemas. É fundamental realizar esta Confirmar, será apresentada uma página para marcar as ocorrências que

16 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia
do
para Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 17
dificultaram ou inviabilizaram o acompanhamento (mudança de endereço/ Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde
município, família ausente, problemas no endereço e falecimento de O Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde tem três
beneficiário com perfil de saúde, entre outros). níveis de acesso:
Observação: As informações de estado nutricional inseridos neste Para o primeiro nível de acesso, não é necessária a senha. Nele, qualquer
Sistema são enviadas automaticamente para o Sisvan – Web, não cidadão pode obter informações sintéticas sobre as famílias beneficiárias
precisando ser registradas novamente. do PBF com perfil saúde e os resultados do acompanhamento por período,
clicando na opção Relatórios Consolidados. Nessa opção, o usuário
6 Troca de informações entre técnicos da saúde e Gestor do PBF encontra várias opções de relatórios que podem ser utilizados para uma
No processo de localização e de acompanhamento das famílias, o melhor gestão do Programa no município.
técnico da saúde pode identificar situações relacionadas a família que O segundo nível de acesso é restrito aos coordenadores estaduais e
devem ser comunicadas ao Gestor do PBF, tais como: gestores municipais do Programa Bolsa Família para realizar consultas
• Alterações cadastrais; sobre as famílias com perfil saúde, mediante senha fornecida pela
• A necessidade de acompanhamento da área de Assistência Social, CGPAN/MS1. Essa senha não permite incluir ou alterar informações de
quando são identificadas, por exemplo, crianças fora da escola ou acompanhamento da família, pois essas ações são restritas ao técnico da
outras situações com violação de direitos, de vulnerabilidade ou área de Saúde do município (terceiro nível de acesso). Esta ação possibilita
risco social. o fortalecimento das ações intersetoriais do Programa. Para acessar este
nível, o usuário deve clicar na opção Acesso Restrito, e informar o nome
7 Consolidação das Informações – MS/MDS: de usuário e a senha.
As informações registradas no Sistema de Gestão do Programa Bolsa Na página inicial da área restrita está disponível a opção Histórico da
Família na Saúde são consolidadas pelo Ministério da Saúde e transmitidas Família que permite consultar informações sobre os acompanhamentos
ao MDS, após o término do período de registro. anteriores. Para pesquisar o histórico de uma determinada família, informe
Após esta operação, são disponibilizados relatórios analíticos (por o NIS ou o nome do responsável e clique no botão Pesquisar. O sistema
beneficiário) e sintéticos (com as informações agregadas) no Sistema de apresentará todos os acompanhamentos da família.
Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde e no Sistema de Condicionalidades O terceiro nível de acesso é restrito à equipe da Secretaria Municipal de
(Sicon). Com estas informações, o município pode analisar a situação das Saúde e permite, além da consulta às famílias, o registro das informações
famílias e planejar ações voltadas ao público acompanhado. coletadas nos Mapas de Acompanhamento no Sistema. Para acessar esse
nível, é necessária senha fornecida pela CGPAN/MS.
8 Repercussão:
Com os dados consolidados, têm-se a informação das famílias
beneficiárias que descumpriram as condicionalidades da saúde. Os
benefícios dessas famílias ficam sujeitos aos efeitos do descumprimento de
condicionalidades. Para cada período, há somente uma repercussão, mesmo 1
Caso não possua o login e a senha, o município deve encaminhar um e-mail para bfasaude@saude.gov.br,
que tenha ocorrido mais de um descumprimento na família (acumulado com os seguintes dados: nome do responsável pelo PBF estadual ou municipal, CPF, nome do município,
telefone com DDD, cargo e órgão, endereço de e-mail válido. Dessa maneira, as instruções para acesso
com a educação, por exemplo), de acordo com o calendário de repercussões. serão encaminhadas para o e-mail informado.

18 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia
do
para Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 19
Figura 1 - Tela de Gerenciador de Estabelecimentos de Assistên-
ATENÇÃO: cia à Saúde
O registro das informações nos Mapas de Acompanhamento
é de responsabilidade das equipes de saúde dos municípios,
o gestor e o coordenador do Programa Bolsa Família apenas
terão acesso ao formulário para conhecer as famílias com
perfil saúde e o resultado do acompanhamento.

funcionalidades do Sistema de Gestão do Programa


Bolsa Família na Saúde

Preparando as informações dos Mapas de Acompanhamento para a


impressão

No Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde os técnicos


responsáveis pela coleta e registro das informações podem imprimir os
Impressão do Mapa de Acompanhamento por bairro - Caso opte por
Mapas de Acompanhamento que contêm as informações sobre as famílias
imprimir o Mapa pelo Bairro, o Sistema de Gestão do Programa Bolsa
que possuem integrantes com perfil de saúde. Os Mapas podem ser
Família na Saúde permite a correção do nome dos bairros oriundos do
impressos por família (imprime apenas o nome da família correspondente
Cadastro Único com erro de digitação. Para executar essa alteração, acesse
ao NIS informado), por Bairro ou por Estabelecimento de Assistência à
a tela de Gerenciador de Bairros acessível pela opção Gerenciadores e
Saúde (EAS) a que a família está vinculada.
depois em Nomes de Bairros. As alterações já poderão ser vistas quando a
página for carregada novamente, conforme Figura 2.
Impressão do Mapa por família – imprime o nome da família
Observação: Essa correção só servirá para o Sistema de Gestão do
correspondente ao NIS informado.
Programa Bolsa Família na Saúde. É necessário corrigir essa informação no
Cadastro Único.
Impressão do Mapa por EAS - organiza as famílias a serem acompanhadas
por Estabelecimento de Assistência de Saúde. Para imprimir o Mapa por
EAS, é necessário vincular as famílias aos EAS do município, conforme
Figura 1.

20 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 21
Figura 2 - Tela de Gerenciador de Nomes de Bairros informações na tela) ou Gerar PDF. O Sistema vai gerar o Mapa
de Acompanhamento do município com endereço, nome e NIS do
Responsável pela Unidade Familiar e dos demais beneficiários de cada
família. A opção Exibir as Legendas exibirá na tela informações que
auxiliam no preenchimento do Mapa. Conforme Figura 3.
Para obter a relação com todas as famílias a serem acompanhadas,
ordenada por bairro, selecione clique aqui no enunciado. As informações
poderão ser visualizadas em arquivo no formato PDF.


Figura 3 - Tela inicial para impressão do Mapa de Acompa­
nhamento

Importante: A possibilidade de impressão dos Mapas de


Acompanhamento por EAS ou por Bairro visa contemplar diferentes
realidades e estratégias dos municípios para o acompanhamento da agenda
de saúde das famílias beneficiárias, como a cobertura da Estratégia de Saúde
da Família, tamanhos dos bairros, distribuição territorial das Unidades O Mapa contém a listagem das famílias com perfil saúde com campos
Básicas de Saúde, dentre outros. Para melhor utilização dessas opções, para o registro dos dados de vacinação das crianças, peso, altura e o tipo
é fundamental que os municípios revisem periodicamente a vinculação de aleitamento materno, informações sobre o pré-natal e data da última
das famílias aos EAS e a listagem de bairros disponibilizada no Sistema de menstruação (DUM) das gestantes identificadas, além das informações de
Gestão do PBF na Saúde. peso e altura. Para as mulheres não gestantes, é fundamental preencher
o campo referente à situação gestacional (Não gestante, Não pode ser
Impressão do Mapa de Acompanhamento gestante ou Sem informação).
O Mapa de Acompanhamento será impresso de acordo com a A opção apresentada inicialmente pelo Sistema para a digitação
estratégia adotada pelo município para realização do acompanhamento das informações do acompanhamento da agenda de saúde prevê que
das famílias. Para impressão do formulário selecione a opção Mapa de o técnico cadastre a informação das famílias digitando o NIS de cada
Acompanhamento. Depois, a opção da impressão Mapa por Bairro, Responsável Familiar. Porém, o Sistema permite agrupar famílias a partir
Estabelecimento de Assistência à Saúde ou Mapa por Família. de características comuns, tais como o bairro ou o EAS de vinculação, para
Depois clique em Pesquisar, Gerar HTML (para visualizar as acesso à página de registro do acompanhamento. Esse agrupamento se

22 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 23
dá por meio da geração de um código para o Mapa de Acompanhamento, Figura 5 - Modelo do Mapa de Acompanhamento do Bolsa
que quando digitado apresenta a relação das famílias agrupadas no Família na Saúde
mapa sob aquele código (NIS e Nome dos Responsáveis pelas Unidades
Familiares). Para isso, antes de imprimir o formulário, deve-se selecionar a
opção Deseja gerar código para os Mapas? em Mapa por Bairro ou Mapa
por Estabelecimento de Assistência à Saúde, conforme a Figura 4.

Figura 4 - Tela de impressão do Mapa de Acompanhamento: De­


seja gerar código para os Mapas?

Na Figura 6, é apresentada a tela para a inserção das informações do


acompanhamento das condicionalidades da saúde do PBF no Sistema de
Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde.
Observação: É interessante, antes de imprimir os mapas por EAS, verificar
se existem famílias não vinculadas aos Estabelecimentos de Assistência à Figura 6 - Tela de inserção das informações do acom­panha­
mento das famílias no Sistema de Gestão do Programa Bolsa
Saúde no município, selecionando a opção Clicando aqui no enunciado. Família na Saúde
Veja na Figura 5 o Mapa de Acompanhamento para registro do
acompanhamento da agenda da saúde das famílias beneficiárias do PBF.

24 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família
Guia
Condicionalidades
para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 25
Relatórios

Para auxiliar o trabalho no município, o Sistema de Gestão do Programa
Bolsa Família na Saúde disponibiliza relatórios estatísticos, quantitativos e
a relação de todos os beneficiários no perfil saúde. Os relatórios poderão
ser visualizados em página da internet, selecionando a opção Gerar HTML
ou se pode fazer o download do arquivo selecionando a opção Gerar PDF, Acompanhamento da
de acordo com a opção que mais atenda às necessidades.
Os Relatórios Estatísticos estão divididos em dois subgrupos: os com Condicionalidade de Educação:
informações apenas da vigência atual e os com informações de todas as Frequência Escolar –
vigências:
Relatórios com informações apenas da vigência atual: Projeto Presença
• Todas as famílias no Programa Bolsa Família com perfil saúde;
• Famílias a serem acompanhadas pela saúde;
• Famílias não vinculadas a Unidades de Saúde (EAS);
• Famílias localizadas, mas não acompanhadas; e No Ministério da Educação, o setor responsável pelo acompanhamento
• Famílias não acompanhadas por Inep (Instituições educacionais). da condicionalidade de educação das famílias beneficiárias do Programa
Bolsa Família, bem como pelo Sistema de Acompanhamento da Frequência
Relatórios com informações de todas as vigências: Escolar do Programa Bolsa Família (Sistema Presença – PBF), é a Coordenação-
• Famílias acompanhadas pela saúde; Geral de Acompanhamento de Programas (DEAVE/Secad/MEC). No PBF,
• Famílias não localizadas para acompanhamento; e as crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos devem ter frequência escolar
• Beneficiários que não cumpriram as condicionalidades. mínima de 85% da carga horária mensal, e jovens de 16 e 17 anos devem ter
frequência escolar mínima de 75% da carga horária mensal.
Para mais informações, consulte o Manual de Orientações sobre o O Sistema de Acompanhamento da Frequência Escolar do Programa
Bolsa Família na Saúde, disponível no endereço eletrônico do Ministério Bolsa Família (Sistema Presença – PBF) está disponível no link: http://
da Saúde (http://200.214.130.35/nutricao/publicacoes.php). frequenciaescolarpbf.mec.gov.br. O acesso ao Sistema é restrito aos usuários
cadastrados. Nesse sistema, o usuário devidamente cadastrado pode
atualizar o código Inep das escolas e a escola e série dos alunos; imprimir os
formulários para as escolas realizarem o acompanhamento de seus alunos e
também registrar a frequência dos alunos beneficiários do PBF.
Em todos os municípios há uma equipe de acompanhamento da
frequência escolar encarregada de coletar informações das escolas
e realizar o registro no sistema. Nos estados, há equipes vinculadas

26 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 27
às respectivas secretarias da educação para monitorar e apoiar o município para manter as informações sobre a escola dos
acompanhamento da frequência nos municípios do seu território. beneficiários com perfil educação atualizadas;
A articulação entre a rede de operadores da frequência escolar com 9. Encaminhar situações que demandam acompanhamento
as áreas de assistência social e saúde nos municípios é importante, não familiar.
só porque as informações registradas no sistema de acompanhamento
da frequência escolar irão repercutir no benefício da família, mas, No processo do acompanhamento das condicionalidades da educação,
principalmente, porque as informações sobre a frequência escolar são quando identificadas situações de incorreção de dados do beneficiário –
importantes subsídios para as ações, no âmbito das políticas sociais, seja por erro de cadastramento, seja por desatualização –, é necessário
direcionadas ao público acompanhado, além de contribuir para a que a gestão do PBF no município seja acionada para procurar a família e
atualização do cadastro. Nesse sentido, caberá ao Operador Máster fazer os ajustes necessários no cadastro. Desta forma, assegura-se que nos
Municipal, encarregado do registro e monitoramento da Frequência próximos acompanhamentos as informações que virão do Cadastro Único
escolar no município: estarão corretas e atualizadas.

1. Acompanhar o calendário das condicionalidades da educação; Ciclo de Acompanhamento de Educação


2. Realizar/participar de reuniões entre as áreas envolvidas no No ciclo de acompanhamento da frequência escolar no Programa Bolsa
acompanhamento das condicionalidades – especialmente a Saúde Família, pode-se observar que os dados disponibilizados para registrar
e a Assistência Social, além da gestão do Cadastro Único e do Bolsa a frequência dos beneficiários com perfil educação correspondem à
Família – a cada período de acompanhamento para avaliação e posição do Cadastro Único de três meses anteriores ao período de
articulação das ações; registro. Assim, há sempre uma defasagem de pelo menos três meses
3. Contatar com as escolas para distribuição de formulários, entre dados dos beneficiários, disponibilizados pelo Cadastro Único para
orientações sobre a transferência de alunos, cadastramento do o acompanhamento, e os dados disponibilizados ao Operador Máster
operador diretor, etc; para o acompanhamento em relação ao período de registro da frequência
4. Extrair relatórios e trabalhar as informações do acompanhamento escolar, e de quatro meses para efeitos no benefício, em razão de eventuais
do PBF no setor educacional, visando à identificação dos motivos descumprimentos de condicionalidades.
da baixa frequência e de inexistência ou problemas de oferta, bem Por exemplo, o município realiza no mês de junho o registro da
como o devido encaminhamento da situação identificada; frequência escolar relativo ao bimestre imediatamente anterior, que é abril
5. Realizar busca ativa dos beneficiários não localizados; e maio. A folha de pagamento de referência utilizada para a geração da
6. Manter canais de diálogo com as famílias nas escolas para base de acompanhamento desse bimestre é a do mês de abril. Essa folha
divulgar e orientar sobre a condicionalidade da educação e, quando de pagamento, por sua vez, é gerada a partir do Cadastro Único do mês de
for o caso, explicar sobre o encaminhamento para as outras redes março. Dessa forma, as informações registradas no mês de junho no Sistema
de saúde e assistência social; Presença refletem a situação do Cadastro Único do mês de março e a folha
7. Acompanhar e registrar motivos da baixa frequência; de pagamento do mês de abril, como pode ser observado no Gráfico 2.
8. Trabalhar em parceria com o setor do Cadastro Único no

28 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia
do
para Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 29
Gráfico 2 - Temporalidade das bases para o acompanhamento direta, dispensando a emissão de formulários às escolas e o registro manual
de frequência escolar. da frequência dos alunos pelos operadores do sistema. O MEC disponibiliza
no seu sítio um manual específico que orienta os procedimentos para a
operação do sistema. O Manual pode ser obtido acessando diretamente o
sistema, no endereço: http://frequenciaescolarpbf.mec.gov.br .

Fluxo operacional do Acompanhamento da Frequência


Escolar
O acompanhamento da frequência escolar ocorre bimestralmente,
cinco vezes ao ano. São os acompanhamentos da frequência relativa aos
bimestres de ocorrência das aulas nas escolas: fev./mar.; abr./maio; jun./jul.;
ago./set. e out./nov. Cada período de acompanhamento envolve etapas de
trabalho que podem ser assim organizadas:
Dessa maneira, considerando o exemplo anterior, tanto as atualizações
de cadastro realizadas a partir de abril quanto as inclusões ou exclusões de
Atividades
famílias no Programa realizadas no mês de maio e junho ainda não estão   Responsável
atualizadas na base de acompanhamento. Essa atualização vai se refletir Educação
na base de acompanhamento apenas no período seguinte.
O ciclo de acompanhamento da educação, apresentado a seguir, Geração do público para acompanhamento no Ministério do
1 Sistema de Condicionalidades - Sicon Desenvolvimento
corresponde ao processo da maioria das escolas e municípios. Contudo, (bimestral) Social
há situações específicas que diferem do ciclo apresentado, por exemplo,
quando temos o Operador Diretor de Escola cadastrado, e quando a Inserção no Sistema Presença/PBF das Ministérios da
2
gestão municipal do Sistema de Frequência Escolar utiliza o modo de informações das crianças e adolescentes Educação
transmissão Grandes Prefeituras para enviar os dados da frequência
Acompanhamento da frequência dos alunos/
escolar do município. 3 Municípios
PBF nas escolas
Para as escolas que têm cadastrado o Operador Diretor de Escola (ODE),
4 Distribuição dos formulários Municípios
não há a necessidade de aguardar os formulários gerados pelo Operador
Municipal Máster no âmbito da Secretaria Municipal da Educação, na 5 Registro de frequência no Sistema Municípios
abertura do período de registro. O ODE pode obter a relação dos alunos
Troca de informações entre técnicos da
para acompanhamento de sua escola diretamente do sistema. 6 educação e Gestor do PBF Municípios
Os municípios que possuem sistemas próprios para controle de
Ministérios da
frequência escolar podem enviar as frequências dos alunos beneficiários Consolidação das informações – MEC/MDS Educação e do
7
por meio de upload de arquivo. Nesses casos, a transmissão dos dados é (bimestral) Desenvolvimento
Social

30 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 31
2 Inserção no Sistema Presença / PBF das informações das crianças e
Atividades
  Responsável adolescentes
Educação A Coordenação-Geral de Monitoramento do Departamento de
Ministério do Vulnerabilidades Educacionais da Secad/MEC carrega o arquivo com o
8 Repercussão pelo Sicon Desenvolvimento
Social público para acompanhamento na base do Sistema de Acompanhamento
da Frequência Escolar (Sistema Presença/PBF) onde serão disponibilizados
9 Registro do Recurso no Sicon Municípios
os dados para o acompanhamento e posterior registro da frequência
10 Registro do Acompanhamento Familiar no Sicon Municípios escolar coletada nas escolas. Nesta etapa, são incluídos novos alunos
beneficiários para perfil educação e excluídos quem já não faz parte do
Suspensão Temporária dos Efeitos do
11 Municípios público para acompanhamento.
Descumprimento no Sicon

3 Acompanhamento da frequência dos alunos/PBF nas escolas:


A seguir, é descrita cada etapa do processo de acompanhamento, Nesse processo, os profissionais das escolas precisam conhecer o
destacando os agentes e prazos envolvidos no processo: Programa e saber identificar os beneficiários que nela estudam para
alcançar melhores resultados do acompanhamento. Assim, a escola poderá
1 Geração do público para acompanhamento da educação: conhecer e trabalhar melhor esses alunos, integrantes de segmentos
O público para acompanhamento (PA) é gerado pelo MDS no Sistema da população mais vulneráveis socialmente, incorporando estratégias
de Condicionalidades (Sicon) a cada período. Compõem o PA crianças de 06 no seu projeto pedagógico para contribuir no desenvolvimento social
a 15 anos (BFA) e adolescentes de 16 e 17 anos (BVJ), que constem na folha deste público. Além disso, deve ser feito trabalho com as famílias, pois o
de pagamento do Programa do primeiro mês do período de referência, conhecimento do Programa, por parte das famílias, favorece a efetivação
com as informações atualizadas do Cadastro Único do mês anterior. do cumprimento das condicionalidades
A criança é considerada público para o acompanhamento da educação Assim, o trabalho do Operador Máster, responsável pelo registro da
se completar seis anos até 30 de abril do ano corrente. A criança/ frequência no município em parceria com a gestão municipal do Programa,
adolescente não será considerada no público para acompanhamento em é fundamental para informar sobre o Programa e promover a articulação
três situações: da rede escolar para a utilização de estratégias para identificação e
• Quando a família não for mais beneficiária do Programa; acompanhamento desses alunos.
• No fim do ano em que o adolescente completar a idade limite (15
anos no caso do PBF/BFA e 17 anos no caso do PBF/BVJ); e 4 Distribuição dos Formulários:
• Se o adolescente já completou o ensino médio. A Secretaria Municipal de Educação do município acessa o Sistema
Presença PBF e imprime os formulários com as listas dos alunos para
Importante: A geração do PA é realizada diretamente no Sicon, acompanhamento que são enviados às escolas para preenchimento
seguindo os procedimentos descritos. Não há possibilidade do município da frequência escolar do período. As escolas com Operador Diretor de
ou da área educacional incluir ou excluir beneficiários do PA. Escola Cadastrado podem fazer o registro diretamente no sistema, sem a
necessidade de preenchimento de formulários impressos.

32 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 33
5 Registro de frequência no sistema: As famílias do PBF, ao não conseguirem encaminhar seus filhos para a
Após a coleta da frequência nas escolas, inicia-se o registro no Sistema escola por uma situação de maior fragilidade e exclusão social, precisam
Presença. A duração desse período é definida em calendário acordado ser acompanhadas de forma mais próxima e específica. Os motivos da
entre as áreas envolvidas no acompanhamento das condicionalidades baixa frequência orientam o Município e mesmo o Governo Federal e os
(em 2010 foi regulamentado pela Instrução Operacional nº 2). A função governos estaduais na definição de ações sociais específicas para apoio às
Registrar Frequência só é habilitada no Sistema Presença durante o mês famílias, de acordo com a vulnerabilidade identificada.
seguinte ao período de referência (por exemplo, o mês de abril para o
período de fev./mar.). Há três formas de realização do registro: 7 Consolidação das Informações – MEC/MDS:
• Pelo Operador Máster e a equipe, a partir dos formulários Terminado o período de registro, as informações coletadas pelo
preenchidos pelas escolas; Sistema Presença são consolidadas e transmitidas ao MDS. Nesse processo,
• Diretamente pela escola; e verificam-se os beneficiários que cumpriram a condicionalidade da
• Via transmissão de arquivos no modo arquivos de grandes educação, além de se obter informações sobre os motivos que levaram a
prefeituras, normalmente utilizada para municípios que dispõem eventual baixa frequência.
de sistemas próprios para o acompanhamento da frequência. Após essa operação, o Sistema Presença e o Sistema de Condicionalidades
(Sicon) disponibilizam relatórios analíticos (por beneficiário) e sintéticos
No registro, o operador insere dados da frequência do aluno e quando (com as informações agregadas por município) para subsidiar ações para o
ocorre baixa frequência indica o motivo. Além disso, em qualquer público acompanhado.
momento, não só nos períodos de registro, o operador deve atualizar as
alterações referentes à escola e à série dos alunos, bem como realizar a 8 Repercussão
pesquisa e a busca dos beneficiários não localizados. Com os dados consolidados tem-se a informação dos alunos
acompanhados com baixa frequência escolar. Nos casos em que o motivo
6 Troca de informações entre técnicos da educação e Gestor do PBF da baixa frequência gera efeitos sobre o benefício, há repercussão por
No processo de acompanhamento da frequência escolar, é importante descumprimento. A informação das repercussões sobre o benefício
o fluxo constante de informação entre a equipe do Sistema Presença - PBF financeiro das famílias (bloqueios, suspensões e cancelamentos) é enviada
e a gestão do Programa Bolsa Família no município. Com isso, é possível pelo MDS à CAIXA nos meses ímpares. Para cada período, há somente uma
manter os dados do cadastro mais atualizados, a partir das informações repercussão, mesmo que tenha ocorrido mais de um descumprimento
do Sistema Presença - PBF, e potencializa-se a localização de alunos no na família. O registro do descumprimento prevalece, para progressão do
acompanhamento da frequência. Além disso, possibilita-se a resolução de efeito sobre o benefício, por um período de 18 meses.
situações-problema no acompanhamento e viabiliza-se o trabalho com as
famílias mais vulneráveis.
Além disso, um dos grandes desafios da gestão de condicionalidades
da área de Educação é o registro dos motivos do não comparecimento às
aulas. É importante que as escolas busquem o motivo correto da ausência
dos alunos junto às famílias, e registrem no Sistema Presença - PBF.

34 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 35
Sistema de Acompanhamento da Frequência Escolar do A cada período de acompanhamento da condicionalidade
Programa Bolsa Família (Sistema Presença – PBF) de educação, o MDS fornece ao MEC a lista dos beneficiários e as
O acompanhamento da condicionalidade de educação do Programa informações necessárias para subsidiar o processo de acompanhamento.
Bolsa Família é responsabilidade da área de Educação em âmbito federal, Essas informações são extraídas do Cadastro Único e não podem ser
estadual e municipal. As atividades de acompanhamento da frequência alteradas no Sistema Presença. Caso se verifique algum erro no dado
escolar são viabilizadas pelo Sistema de Acompanhamento da Frequência do aluno, é necessário encaminhar a família para a gestão do PBF no
Escolar do Programa Bolsa Família (Sistema Presença – PBF), uma ferramenta município para correção/atualização dos dados no Cadastro. Assim,
ágil e de fácil utilização desenvolvida pelo Ministério da Educação, que nos acompanhamentos seguintes, o dado estará correto. A seguir,
permite aos usuários registrar as informações de frequência on-line e, são apresentadas as informações disponibilizadas no processo de
com base nessas informações, acompanhar o acesso e a permanência dos acompanhamento da frequência que não podem ser alteradas:
beneficiários de 06 a 17 anos na escola. • Nome do aluno;
O acesso ao Sistema Presença para registro de informações é restrito, • Sexo;
mediante cadastro e senha, conforme o perfil do usuário. O cadastro deve • Raça/Cor;
ser feito com o Operador Municipal Máster ou na DEAVE/SECAD/MEC. Veja • Data de nascimento;
a tela inicial do Sistema na Figura 7. • NIS do aluno;
• Nome da mãe do aluno; e
• Código IBGE de residência do aluno.
Figura 7 - Tela inicial do Sistema de Acompanhamento da Fre­quên­
cia Escolar do Programa Bolsa Família (Sistema Presença – PBF) Os dados referentes à escola em que o beneficiário está matriculado e
que podem ser alterados no Sistema Presença são:
• Código Inep da Escola (código de identificação da escola
estabelecido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas
Educacionais Anísio Teixeira – INEP); e
• Série do Aluno.
A correta identificação da escola na qual o beneficiário estuda é
fundamental para viabilizar o seu acompanhamento. O sistema classifica
o beneficiário com códigos diferenciados, conforme a situação da
identificação da escola em que estuda, ou se ela não é identificada. Com
isso, são definidas regras de tratamento diferenciadas para cada segmento
do público, conforme a situação de identificação da escola.
A situação de identificação da escola tem origem nos dados do
Cadastro Único que são enviados ao MEC no momento em que a criança ou
adolescente torna-se público para acompanhamento da condicionalidade
de educação (crianças de famílias já beneficiárias que completam seis

36 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia
do
para Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 37
anos até o dia 30 de abril do ano corrente ou novas famílias com crianças A. ESI – Alunos pertencentes às escolas ativas sem código Inep na
ou adolescentes em idade escolar inseridas no PBF). Porém, em razão da base do sistema
periodicidade de atualização do Cadastro, que é de no máximo dois anos, São alunos localizado em uma escola ativa, mas que não possuia
as informações sobre a escola podem não refletir a realidade das escolas – código Inep no momento do cadastramento da família. Alunos nessa
transferência de alunos, mudança de série e outras. situação devem receber frequência e identificação do motivo de eventual
Por isso, a identificação da escola e da série escolar do aluno no Sistema baixa frequência normalmente. São tratados como aluno ativo, mas o
Presença é atualizada pelos operadores do sistema, a cada período de registro da frequência escolar deve ser feito um a um, enquanto que para
acompanhamento, nos municípios e nas escolas. As informações inseridas o aluno ativo que não está em ESI, o registro pode ser feito em grupo para
por eles no sistema prevalecem sobre as informações oriundas do Cadastro os alunos com frequência acima da mínima, conforme Figura 8.
Único após o período de acompanhamento. Dessa forma, assegura-se que
essas informações estejam mais atualizadas, considerando o contato mais Figura 8 -Tela de registro de aluno em ESI

frequente e próximo dos operadores com as escolas e os alunos. Por esse


motivo, informações sobre a situação escolar de integrantes das famílias
beneficiárias alteradas no Cadastro Único devem também ser alteradas no
Sistema Presença – PBF.
Nos sucessivos períodos de acompanhamento, os beneficiários recebem B. Não Localizados – Beneficiários perfil educação não localizados no
classificação que pode ser alterada de um período para outro, conforme a município
movimentação dos alunos nas escolas. Esta movimentação é informada no São beneficiários que não foram localizados em nenhuma escola do
Sistema Presença por meio da seguinte classificação dos alunos: município onde estão cadastrados. Nessa situação, eles não podem ter
A. ESI – Alunos pertencentes a escolas ativas sem código Inep na frequência registrada e ficam acessíveis para serem transferidos para
base do sistema. outros municípios sem a necessidade de solicitação de transferência. Veja
B. Não localizados – Beneficiários perfil educação não localizados na Figura 9.
no município.
C. Alunos ativos – Alunos com escola corretamente identificada na Figura 9 - Tela de registro de beneficiários não localizados
base do sistema. no município
D. ENI – Alunos nas situações escolas/Inep não identificadas.
E. INEX – Alunos com inexistência de serviços educacionais/
atendimento educacional.

A seguir, são apresentadas cada uma das situações com mais detalhes:

38 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 39
C. Alunos ativos – Alunos com escola corretamente identificada na E. INEX – Alunos com inexistência de serviços educacionais/
base do sistema atendimento educacional
Nessa situação, que é a da maioria dos alunos, a escola está identificada São alunos que não podem receber frequência em razão da
corretamente, com código Inep na base do sistema. Esses alunos inexistência da oferta de serviços educacionais no município em que
devem receber frequência normalmente com indicação do motivo de residem. Nesses casos, será registrada a frequência zero e um dos motivos
eventual baixa frequência. Ao abrir a tela para o registro da frequência, abaixo relacionados, de acordo com a situação específica, conforme
diferentemente das situações anteriores, o campo Situação do Aluno Figura 12:
aparecerá em branco, conforme Figura 10. • Motivo 3: Inexistência de oferta de serviços educacionais para diversas
situações como: falta oferta de Educação Infantil, menores em
Figura 10 - Tela de registro de aluno ativo abrigamento, acampados, ensino médio, etc;
• Motivo 5: Inexistência de serviço/atendimento educacional à pessoa
com deficiência/necessidades especiais; e
• Motivo 6: Concluiu o ensino médio.

Figura 12 – Tela de registro de alunos com inexistência de


serviços educacionais/atendimento educacional
D. ENI – Alunos na situação escolas/inep não identificadas
É uma situação transitória para alunos que ingressaram no sistema
e estão sem identificação de escola (Código Inep). Durante o período
de acompanhamento, os operadores do sistema nos municípios devem
identificar a escola desses alunos e vinculá-los a ela. Quando esgotadas as A seguir, pode-se observar, em maior detalhe, o fluxo das situações
possibilidades de procura, esses alunos devem ser colocados na situação descritas:
Não Localizado.
Alunos nessa situação não podem ter frequência registrada, por isso, os
campos de registro de frequência são omitidos, conforme Figura 11.

Figura 11 - Tela do registro do aluno em ENI

40 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 41
Motivos da baixa frequência Veja abaixo a tabela de motivos de baixa frequência:
A frequência escolar deve ser registrada no Sistema de
CÓDIGO DESCRIÇÃO
Acompanhamento da Frequência Escolar do Programa Bolsa Família
(Sistema Presença – PBF) a cada período de acompanhamento. 1 Ausência por questão de saúde do aluno
A identificação do motivo de baixa frequência é de grande importância 2 Doença/óbito na família
no acompanhamento de frequência escolar. Com essa informação, 3 Inexistência de oferta de serviços educacionais
pode-se obter indicadores para orientar a ação do poder público na 4 Fatos que impedem o deslocamento à escola
construção de propostas para superação da situação de vulnerabilidade Inexistência de serviço/atendimento educacional à pessoa
ou risco social que leva os alunos a baixa frequência, seja na viabilização 5
com deficiência/necessidades especiais
da oferta adequada do serviço, seja para encaminhar a família para
6 Concluiu o Ensino Médio
acompanhamento socioassistencial.
7 Suspensão Escolar
A interação entre a unidade escolar, o Operador Municipal Máster, o
8 EJA Semipresencial
gestor do PBF e a família é muito importante para identificar com a máxima
precisão o motivo que levou o aluno à baixa frequência e para enfrentar 51 Gravidez
suas causas. 52 Mendicância/Trajetória de rua
53 Negligência dos pais ou responsáveis
54 Trabalho Infantil
58 Escola não informou o motivo
59 Motivo inexistente na tabela
60 Violência/Discriminação/Agressividade no ambiente escolar
62 Trabalho do Jovem
63 Exploração/Abuso Sexual/Violência Doméstica
64 Desinteresse/desmotivação pelos estudos
65 Abandono Escolar/Desistência
66 Necessidade de cuidar de familiares

Os motivos com código menor que 50 não geram efeitos sobre o benefício.
Para o PBF, esses motivos não estão sob a governabilidade da família, são
caracterizados como situações imprevistas, inusitadas ou externas.
Os demais motivos, com código superior a 50, geram efeitos no
benefício da família, conforme estabelecido na Portaria GM/MDS nº
321/08, que regulamenta a gestão de condicionalidades do PBF.

42 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia
do
paraAcompanhamento das
Programa Bolsa Família 43
O gestor do PBF e o Operador Municipal Máster devem trabalhar em
conjunto para sensibilizar as escolas e professores sobre a importância de
identificar corretamente os motivos de baixa frequência. É importante que
diretores de escolas, professores e técnicos educacionais saibam que há
uma rede de proteção social mais ampla, da qual eles fazem parte, que
busca informação para a redução de situações de risco e vulnerabilidade
que, porventura, estejam afastando os alunos das aulas. Sistema de Condicionalidades
do Programa Bolsa Família

O Sistema de Condicionalidades (Sicon) é uma ferramenta


informatizada que armazena as informações relativas aos resultados
de todos os acompanhamentos realizados pelas áreas de Saúde,
Educação e Assistência Social. Fundamental para o gerenciamento das
condicionalidades do Programa Bolsa Família, permite que gestores e
técnicos responsáveis pelo acompanhamento das condicionalidades nos
estados e municípios executem ações como:
• consultar pessoas cadastradas no Cadastro Único e obter informações
de sua família (composição familiar, composição do benefício e
endereço da família);
• consultar famílias com descumprimentos das condicionalidades;
• registrar e alterar recurso contra os efeitos do descumprimento das
condicionalidade, quando ocorrerem erros, falhas ou problemas que
ocasionem repercussão indevida;
• deferir ou indeferir um recurso;
• registrar informações sobre famílias que estão em acompanhamento
familiar.

44 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família
Guia
Condicionalidades
para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 45
Conhecendo as principais funcionalidades do Sicon/PBF Consulta Avançada de Pessoa
Nesta seção, serão apresentadas as principais telas da versão Por meio da Consulta Avançada de Pessoa, é possível localizar
atual do Sicon, além de informações gerais sobre as funcionalidades do qualquer pessoa incluída no Cadastro Único do município, ainda que
sistema. As orientações detalhadas sobre o acesso e a utilização do Sicon somente estejam disponíveis poucas informações para consulta. Essa
devem ser obtidas no Manual do Sistema, disponível na página do PBF, pesquisa pode ser realizada a partir de diferentes informações que podem
no endereço: http://www.mds.gov.br/gestaodainformacao/biblioteca. ser usadas como filtros de pesquisa, incluindo: nome da pessoa, nome da
O Sicon é acessado pelo Sistema de Gestão do Programa mãe, data de nascimento, CPF, UF e município de nascimento, bairro de
Bolsa Família pelo endereço: http://www.mds.gov.br/bolsafamilia/ moradia, escola e unidade de saúde, conforme Figura 14.
sistemagestaobolsafamilia. Ao acessar o endereço, o usuário deve digitar Além disso, esse tipo de consulta possibilita que os diferentes filtros de
nome e senha, conforme o cadastro de usuário na tela de login. pesquisa sejam combinados de acordo com as necessidades do município,
para possibilitar cruzamentos de informações.
Tela inicial Pela consulta avançada, é possível gerar listagens específicas com
A tela inicial do Sicon apresenta a opção Pesquisa Pessoa para famílias cadastradas e/ou beneficiárias do PBF para: atendimentos nos
localização de pessoas utilizando o Número de Identificação Social Cras; ações de capacitação para jovens; ações voltadas para crianças e
(NIS) e também o link para acessar a página de Consulta Avançada idosos, entre outras.
de Pessoa. Além disso, apresenta todos os calendários da gestão de Sempre que o usuário do Sicon quiser obter listas de famílias no
condicionalidades, o que inclui o calendário de repercussões e os município com determinadas características, de acordo com filtros de
calendários de acompanhamento de cada área (Saúde, Educação e pesquisa, deverá marcar a opção Apenas Responsável Familiar. Caso não
Assistência Social para o caso de famílias com identificação de trabalho marque essa opção, o Sistema listará todas as pessoas de todas as famílias
infantil), como pode ser observado na Figura 13. cadastradas no Cadastro Único (pais, filhos, avós, etc.).
Por exemplo, o usuário poderá listar:
Figura 13 – Tela inicial do Sicon • Crianças do município, pertencentes a famílias beneficiadas pelo
PBF e que residem em determinado bairro e/ou estudam em
determinada escola;
• Famílias beneficiadas pelo PBF e que residem em determinado(s)
bairro(s);
• Pessoas de uma faixa etária determinada (por exemplo, maiores
de 65 anos) incluídas no Cadastro Único e que residem em
determinado(s) bairro(s).

46 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 47
Figura 14 – Tela de Consulta Avançada de Pessoa Figura 15 – Tela de Resultados da Consulta Avançada de
Pessoa

Detalhes da família
Ao clicar no NIS da pessoa na tela de resultados da pesquisa, o usuário
pode visualizar os detalhes da família desta pessoa. Na parte superior da
Resultados da Consulta Avançada de Pessoa tela, o sistema identifica o nome e o NIS do Responsável pela Unidade
A tela Resultados da Consulta Avançada de Pessoa apresenta a Familiar, assim como o município e o código domiciliar. Em seguida, são
listagem de pessoas localizadas pelo sistema, segundo as opções definidas exibidas as informações da família e demais funcionalidades do sistema,
pelo usuário no formulário de consulta. Na parte superior da tela, o que estão organizadas nas abas Família, Endereço, Condicionalidades
sistema apresenta os filtros utilizados na consulta e, logo abaixo, apresenta e Acompanhamento Familiar. Para acessar as diferentes informações,
o NIS, nome, data de nascimento, idade, sexo, a UF/município e outras basta clicar na aba correspondente.
informações da pessoa. É possível gerar uma planilha em Excel clicando A aba Família apresenta a situação da família no Cadastro Único, os
em Relatório. Para visualizar as informações da família, basta clicar no NIS detalhes da composição familiar (nome, NIS, data de nascimento, sexo e
da pessoa. Veja Figura 15. posição na família em relação ao Responsável pela Unidade Familiar de
cada integrante da família), se a família é beneficiada pelo PBF e qual o
valor recebido pela família no mês, conforme Figura 16.

48 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia
do
para Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 49
Figura 16 – Aba Família: Tela com informações da família Figura 17 – Aba Endereço: Tela com o endereço da família
pesquisada

Endereço da família
Ao clicar na aba Endereço, o usuário tem o endereço da família e sua
localização geográfica no mapa do Googlemaps. Além disso, o usuário
poderá marcar as opções para exibir no mapa as escolas, as unidades de
saúde e os Cras/Creas do município. No entanto, nem todos os endereços
podem ser exibidos corretamente no mapa, pois o Googlemaps não
tem cobertura para todos os municípios. Além disso, podem ocorrer Histórico de condicionalidades da família
imprecisões na exibição do endereço. Portanto, o mapa deve ser utilizado Ao clicar na aba Condicionalidades, o usuário tem acesso ao histórico
como uma fonte auxiliar de referência para subsidiar o trabalho do da família relativo às condicionalidades: se algum integrante da família
município. Observe a Figura 17. tem ou já teve perfil para o acompanhamento de condicionalidades e se a
família já teve descumprimento de condicionalidades, como se observa na
Figura 18.
Para as famílias que já tiveram algum descumprimento de
condicionalidades, o sistema apresenta o histórico de repercussão de
condicionalidades. O quadro com o histórico de repercussões inclui o

50 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 51
efeito (advertência, bloqueio, suspensão, cancelamento), o mês e o ano Figura 19 – Aba Condicionalidades: tela com Informações do
da repercussão, o tipo de benefício – Benefício da Família (BFA)/Benefício acompanhamento da Educação
Variável Vinculado ao Adolescente (BVJ) –, a situação do recurso e a
situação da carta de notificação enviada pelo MDS.
Além disso, esta tela apresenta um quadro com o histórico de
condicionalidades de cada integrante da família, que inclui o NIS, o
nome e a área (Saúde e Educação), na qual ele já foi ou deveria ter sido
acompanhado.
Ao clicar no NIS, o sistema passa a exibir detalhes relativos ao
acompanhamento de condicionalidades de cada integrante da família.

Figura 18 – Aba Condicionalidades: Tela com informações de


condicionalidades da família

A tela de histórico da saúde exibe informações gerais sobre o


acompanhamento na saúde, incluindo questões relacionadas ao perfil e
a ocorrência de descumprimento nos últimos 36 meses, entre outras. Veja
na Figura 20.

Histórico de condicionalidades dos integrantes


Ao clicar no NIS do integrante da família, é apresentada uma tela com o
histórico de acompanhamento de condicionalidades de cada área (Saúde
ou Educação) na qual o integrante já foi ou deveria ter sido acompanhado.
A tela de histórico da educação exibe informações gerais relacionadas
ao perfil para acompanhamento na educação (BFA ou BVJ) e a ocorrência
ou não de baixa frequência nos últimos 12 meses, entre outras informações,
conforme a Figura 19.

52 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia
do
para Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 53
Figura 20 – Aba Condicionalidades: Informações do acompa­ cadastradas são exibidas sempre que o usuário consultar o registro do
nhamento da Saúde descumprimento de condicionalidades, pois elas permanecem registradas
no histórico.

Figura 21 – Tela do Recurso On-line

Registro do Recurso On-line


Essa etapa acontece após a consolidação pelo Ministério do
Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) no Sicon das informações
do acompanhamento das condicionalidades da saúde e da educação e a
repercussão do acompanhamento das condicionalidades. O prazo para o registro e avaliação do Recurso On-line é o último dia
O recurso cabe nas situações de registro indevido ou errado de útil do mês seguinte ao que ocorreu a repercussão. Os recursos deferidos
descumprimento de condicionalidades nos Sistemas e também em liberarão os benefícios bloqueados no prazo máximo de uma semana.
situações em que ocorreu o descumprimento por motivo de grande
vulnerabilidade e risco social. Nesses casos, a família deve ser orientada a Módulo Acompanhamento Familiar
apresentar recurso para anular os registros do descumprimento e os seus Muitas vezes, o descumprimento das condicionalidades do Programa
efeitos sobre o benefício. Para registrar e avaliar o recurso, o gestor do PBF Bolsa Família é causado por situações de vulnerabilidade ou risco social
deve utilizar a funcionalidade Recurso On-line do Sicon . enfrentadas pelas famílias. Cabe ao município identificar essas famílias e
A tela do Recurso On-line apresenta as informações relativas ao promover o seu acompanhamento por meio de ações socioassistenciais
descumprimento de condicionalidades e os campos para cadastrar o específicas para a solução dos problemas vivenciados pela família. Este
Recurso, como pode ser observado na Figura 21. Após a avaliação de um acompanhamento pode ser feito por meio dos Cras, Creas, ou ainda pelas
Recurso, o sistema exibe a mensagem Recurso Julgado. As informações escolas, estabelecimentos de saúde ou pela equipe do PBF.

54 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia para
do
Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 55
O Sicon possui uma funcionalidade que permite ao município Figura 22 – Aba Acompanhamento Familiar
registrar o acompanhamento das famílias que se encontram em situações
de vulnerabilidade e risco social. Ao clicar na aba Acompanhamento
Familiar, o usuário tem acesso ao formulário para registrar as informações
do acompanhamento familiar (veja Figura 22): dados gerais das famílias,
situações vivenciadas e atividades realizadas. Após incluir a família no
acompanhamento familiar, o usuário pode suspender os efeitos do
descumprimento das condicionalidades dessas famílias por um período
de seis meses, renovável quantas vezes forem necessárias. Essa medida vai
garantir que a família continue recebendo o benefício enquanto está sendo
acompanhada, evitando, assim, o impacto da redução ou perda da renda,
que pode agravar a situação de vulnerabilidade vivenciada pela família.

ATENÇÃO:
As orientações detalhadas para utilizar o Sicon/PBF devem
ser obtidas no Manual do Usuário do Sicon - PBF, disponível
na página do Programa Bolsa Família. Para obter, a versão
em PDF do manual, acesse o endereço http://www.mds.gov.
br/bolsafamilia/ e clique na opção Biblioteca no Saiba Mais
no menu à direita. Em seguida, basta localizar o Manual e
realizar o download.

56 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família Condicionalidades
Guia
do
para Acompanhamento das
Programa Bolsa Família 57
Canais de Atendimento
Em caso de dúvidas, a equipe técnica do município deverá entrar em
contato com os canais de atendimento:

Gestão do Bolsa Família


Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc)/MDS
Coordenação de Atendimento
Telefone: (61) 3433-1500
E-mail: bolsa.familia@mds.gov.br

Acompanhamento de Educação
Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad)/MEC
Central de Atendimento aos Operadores
Telefone: (61) 2022-9171/9090/9108/9096/9097/9109
E-mail: frequenciaescolar@mec.gov.br

Acompanhamento de Saúde
Coordenação-Geral da Política de Alimentação
e Nutrição (CGPAN/DAB/SAS/MS)
Suporte aos Usuários
Telefone: (61) 3306-8015/8017
E-mail: bfasaude@saude.gov.br

58 Guia para Acompanhamento das


Condicionalidades do Programa Bolsa Família
CONTATOS PARA MUNICÍPIOS E ESTADOS
Atendimento Bolsa Família: (61) 34331500
Central Bolsa Família (beneficiários): 0800 707 2003
E-MAIL: bolsa.familia@mds.gov.br

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Interesses relacionados