Você está na página 1de 8

MAPA DE RISCO

CADERNO DE ATIVIDADES
CARACTERIZAÇÃO, IMPLEMENTAÇÃO E CONDUÇÃO DO MAPA DE RISCO
CAPÍTULO 02

CARGA HORÁRIA 10H


PROFESSOR LUIZ GUSTAVO SANTANA BOTELHO
CADERNO DE ATIVIDADES | ABORDAGEM E CONSTRUÇÃO DO MAPA DE RISCO |
CAPÍTULO 02 2

ATIVIDADE 1

Elabore um texto, descrevendo a importância de cada


etapa de construção do Mapa de Risco. Essas etapas estão
demostradas na apostila 2 no item: Princípios para elabo-
ração dos Mapas.
CADERNO DE ATIVIDADES | ABORDAGEM E CONSTRUÇÃO DO MAPA DE RISCO |
CAPÍTULO 02 3

ATIVIDADE 2

Utilizando a tabela da atividade 2 da Aula 1, indique


para cada grupo de risco existente na tabela (Químico, Físi-
co, Biológico, Ergonômico e de Acidentes) qual a gravidade
(Leve, médio e grave) correspondente.

Grupo I Grupo II Grupo III Grupo IV Grupo V


Agentes Agentes Agentes Agentes ergo- Agentes me-
Químicos físicos Biológicos nômicos cânicos
Protozoá- Trabalho pe- Arranjo físico
Poeira Ruído
rios sado deficiente
Posturas in- Máquinas
Névoas - Fungos
corretas sem proteção
Produtos Treinamento Matéria prima
químicos - Bactérias inadequado/ fora especifi-
em geral inexistente cação
Substân-
cias, com- Iluminação
Jornadas
postos ou - - deficiente
prolongadas
produtos
químicos.
Incêndio
edificações
- - - -
armazena-
mento
Vermelho Verde Marrom Amarelo Azul
Agravamento de riscos

.
GABARITO
GABARITO | ABORDAGEM E CONSTRUÇÃO DO MAPA DE RISCO | CAPÍTULO 02
5

GABARITO - ATIVIDADE 1

1. O interessado deve ter total conhecimento do local e ro-


tina a ser analisado.
2. Fazer um levantamento das características do setor
analisado.
3. Levantar os riscos relacionados no ambiente de traba-
lho.
4. Analisar os indicadores de saúde, as queixas mais fre-
quentes e mais comuns entre os trabalhadores expos-
tos aos acidentes de trabalho.

O interessado deve ter total conhecimento do


local e rotina a ser analisado
É importante o interessado que irá construir o Mapa
de Risco, ser de preferência um empregado experiente na
empresa e possuir conhecimento sobre as condições de
riscos ambientais. É aconselhável que um componente da
CIPA realize tal função.

Fazer um levantamento das características do


setor analisado
Deve-se realizar um levantamento detalhado das ca-
racterísticas próprias do setor de trabalho para qual será
elaborado o Mapa de Risco como: tipo de atividade exercida,
estrutura do ambiente, rotina de trabalho entre outros as-
pectos que irão facilitar o levantamento dos riscos no am-
biente de trabalho.
GABARITO | ABORDAGEM E CONSTRUÇÃO DO MAPA DE RISCO | CAPÍTULO 02
6

Levantar os riscos relacionados no ambiente de trabalho


De posse de tais informações, dentro de percepção no que foi re-
latado, promove-se o levantamento dos riscos de agravos e acidentes ou
possíveis acidentes de trabalho.

Analisar os indicadores de saúde, as queixas mais fre-


quentes e mais comuns entre os trabalhadores expostos
aos acidentes de trabalho
Analisar um histórico de acidentes de trabalho do setor é funda-
mental para nortear os possíveis riscos existentes naquela área.
GABARITO | ABORDAGEM E CONSTRUÇÃO DO MAPA DE RISCO | CAPÍTULO 02
7

GABARITO - ATIVIDADE 2

Grupo I Grupo II Grupo III Grupo IV Grupo V


Agentes Agentes Agentes Agentes ergo- Agentes me-
Químicos físicos biológicos nômicos cânicos
Protozoá- Trabalho pe- Arranjo físico
Poeira Ruído
rios sado deficiente
Posturas in- Máquinas
Névoas - Fungos
corretas sem proteção
Produtos Treinamento Matéria pri-
químicos - Bactérias inadequado/ ma fora espe-
em geral inexistente cificação
Substân-
Iluminação
cias, com-
Jornadas deficiente
postos ou - -
prolongadas
produtos
químicos.
Incêndio

edificações
- - - -
armazena-
mento
Vermelho Verde Marrom Amarelo Azul
Agravamento de riscos

Médio Leve Médio Grande Grande


GABARITO | ABORDAGEM E CONSTRUÇÃO DO MAPA DE RISCO | CAPÍTULO 02
8

Justificativa:
• Com relevância ao risco químico, retratamos como médio,
pois devido a um grande número de riscos existentes os em-
pregados utilizam normalmente como foi apontado pelo en-
trevistado os EPIs individuais.
• A condição básica para o enquadramento do risco médio é
condição de poeira e névoa existente, que comprometem di-
retamente os empregados que não estejam utilizando o EPI
num determinado instante.
• Ao que justifica o risco físico é de natureza leve com relação
ao o ruído, pois os empregados utilizam protetores de ouvido
adequadamente.
• O risco biológico é de nível médio, pois compromete direta-
mente a saúde do trabalhador. Porém poderá ser revertido
rapidamente.
• Para as condições de risco ergonômico, o nível grande retrata
os diversos agentes que comprometem diretamente a saúde
dos trabalhadores naquele setor de trabalho. Idem para risco
de acidentes.

Você também pode gostar