Você está na página 1de 4

FARMACOGNOSIA PURA – AV1

Curso: Farmácia

01. As cumarinas são amplamente distribuídos nos vegetais, mas também podem ser
encontradas em fungos e bactérias. Assinale a alternativa CORRETA em relação às
cumarinas:
São classificadas como ácidos carboxílicos.
A podofilotoxina é um metabólito secundário que pertence à classe das cumarinas.
São classificadas como aminas.
Produtos formados exclusivamente pela via do ácido chiquímico.
São derivados do aminoácido histidida.

02. Dos fatores apresentados abaixo qual NÃO irá afetar a extração de uma droga?
Temperatura
Natureza do solvente.
Tamanho do recipiente onde ocorrerá a extração.
Estado de divisão da droga.
pH.

03. A RDC 26/2014 da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) dispõe sobre o
registro de medicamentos fitoterápicos. É apresentada a seguinte definição:
"conjunto de todas as substâncias, originadas no metabolismo primário ou
secundário, responsáveis, em conjunto, pelos efeitos biológicos de uma planta
medicinal ou de seus derivados.". Das alternativas abaixo marque a que se enquadra
ao conceito apresentado na definição:
Droga vegetal.
Fitocomplexo.
Planta medicinal.
Derivado de droga vegetal.
Medicamento fitoterápico.

04. Os medicamentos fitoterápicos são medicamentos obtidos com emprego exclusivo


de matérias primas vegetais, cuja segurança e eficácia sejam baseadas em
evidências clínicas. Sobre esse tema, marque V (verdadeiro) e F (falso). Assinale a
opção correta que apresenta a sequência de V e F:

( ) fitoterápico é uma planta medicinal que contém substâncias responsáveis por


uma determinada ação terapêutica.
( ) Não são considerados medicamentos fitoterápicos aqueles que possuem
substâncias ativas isoladas, sintéticas ou altamente purificada.
( ) Os medicamentos fitoterápicos devem ser obrigatoriamente acompanhados de
bula.
( ) São medicamentos obtidos com emprego de matérias-primas vegetais, que
após o processo industrial é adicionado outros princípios ativos.
( ) São caracterizados com a obtenção de material exclusivo vegetal , cuja a
segurança é eficácia são baseadas em evidências clínicas.
( ) Os produtos fitoterápicos são isentos de registro na ANVISA.
(F); (V); (V); (F); (F); (F);
(F); (V); (F); (F); (V); (F);
(F); (V); (V); (F); (V); (F);
(V); (V); (V); (F); (V); (F);
(F); (F); (F); (F); (V); (F);

05. Os alcalóides podem ser divididos em alcalóides verdadeiros, protoalcalóides e


pseudoalcalóides. As figuras (I, II e III) abaixo ilustram ativos que tiveram sua origem
biossintética de um aminoácidos, e sobre elas é correto afirmar que:

estrutura I é um pseudoalcaloide, pois é oriundo de aminoácido e possui nitrogênio em


sua estrutura
estrutura II é um protoalcalóide, pois é oriundo de aminoácido e possui nitrogênio em
sua estrutura
estrutura I é um alcaloide verdadeiro, pois é oriundo de aminoácido e possui nitrogênio
em sua estrutura
estrutura III é um alcaloide verdadeiro, pois é oriundo de aminoácido e possui nitrogênio
em seu anel heterocíclico
estrutura II é um alcaloide verdadeiro, pois é oriundo de aminoácido e possui
nitrogênio em seu anel heteroclíclico

06. O ópio, extraído da cápsula floral de Papaver somniferum, é nativo da região da


Turquia e vizinhança. Ópio tem sido utilizado medicamentosamente por milhares de
anos, inicialmente como analgésico e sedativo. Foi introduzido no sudoeste europeu
provavelmente pelos médicos árabes. É do ópio que se extrai os dois potentes
analgésicos, morfina e codeína, também é fonte da droga ilegal heroína. (Desk
Reference to Nature’s Medicine, 2008). Numa formulação analgésica temos os
seguintes componentes: tintura de ópio (atividade analgésica) 1%, extrato seco de
camomila (atividade carminativa) 2g, carmin (corante) qs, amido (excipiente), óleo de
erva doce (aromatizante). Podemos considerar o extrato seco de camomila na
formulação medicamentosa como:
Princípio inativo
Planta medicinal
Matéria prima
Droga derivada animal
Excipiente

07. Na Farmacognosia encontramos várias técnicas de extração dos princípios ativos seja
de origem vegetal como até mesmo de origem animal. Com base nos seus
conhecimentos, assinale a alternativa onde se encontra a correta definição de
Percolação.
A extração pela permanência do vegetal em água fervente.
O material é colocado em contato com uma substância oleosa por três dias e filtrado
em seguida.
Todas as alternativas estão incorretas.
O solvente é colocado em contato com o material e ser extraído, e deixado em contato
durante certo tempo (horas ou dias), após este período, o solvente deve ser removido por
filtração, e o resíduo re-extraído.
O material é colocado em um recipiente onde passará um fluxo contínuo do solvente
extrator com um fluxo ideal que permita uma extração eficiente e que o solvente seja
constantemente removido.

08. Avalie as afirmativas a seguir e assinale a alternativa correta: I. Fitoterápico é um


medicamento a base de planta que preserva a integridade farmacológica do vegetal,
mas não a integridade química. II. Marcador químico é uma substância ou classe de
substâncias químicas presentes nas espécies vegetais, sendo utilizado como
referência no controle da qualidade da matéria-prima vegetal e do medicamento
fitoterápico. III. Droga vegetal é definida como planta medicinal, ou suas partes, que
contenham as substâncias, ou classes de substâncias, responsáveis pela ação
terapêutica, após processos de coleta e estabilização, podendo estar na forma
íntegra, rasurada, triturada ou pulverizada.
As afirmativas I, II e III estão CORRETAS.
Nenhuma das afirmativas estão CORRETAS.
As afirmativas II e III estão CORRETAS.
As afirmativas I e III estão CORRETAS.
As afirmativas I, II estão CORRETAS.
09. Um analista de uma indústria produtora de fitoterápicos fez a análise de um lote de
boldo-do-chile (Peumus boldus) comprado na forma de droga vegetal pulverizada.
Segundo a Instrução Normativa nº 5, de 11 de dezembro de 2008, que determina a
lista de medicamentos fitoterápicos de registro simplificado, deve-se detectar e dosar
a substância boldina nas amostras dos medicamentos. Considerando o texto, assinale
a alternativa correta.

A boldina é um alcaloide tropânico e, por isso, sua análise qualitativa pode ser feita por
cromatografia em camada fina.
A extração da boldina só pode ser feita por percolação.
A boldina é uma cumarina e, por isso, sua análise qualitativa pode ser feita por
cromatografia em camada fina.
A boldina é considerada um marcador, sendo sua presença necessária para se atestar a
qualidade da droga vegetal.
A extração de boldina deve ser feita sob rigoroso condições de ausência de oxigênio.

10. Os alcaloides são produtos vegetais derivados do (a):


Metabolismo secundário.
Metabolismo primário.
Fotossíntese
Stress oxidativo.
Gameta.

Você também pode gostar