Você está na página 1de 115

Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 1: Funções inorgânicas

1- Calcula o nox das espécies que estão sublinhadas:

a) AlPO4 j) [Fe(CN)6]4-
b) HIO4 k) H2HgCl4
c) Pb(NO3)2 l) HgS
d) KMnO4 m) Na2S
e) P2O74- n) CaCrO4
f) HSO4- o) Al(NO3)3
g) Cr2O72- p) BaS
h) (SbO)2SO4 q) [CO(H2O)6]2+
i) K2[Cr(CN)5NO] r) [Fe(CO)5]

2- Com base nesse conhecimento elabore uma lista de 20 compostos, seus respectivos
nomes e esquema de dissociação.

3- Diga o nome dos seguintes iões:

a) IO2- c) BrO-
b) ClO4- d) At-

4- Escreva os nomes dos ácidos:


a) HClO4; HClO3; HClO2; HClO
b) H2SO4; H2SO3
c) HNO3; HNO2
d) H3PO4; H3PO3; H3PO2
e) H2CO3; HMnO4

5- Iodeto de potássio, cloreto de magnésio, sulfato de magnésio e carbonato de sódio são:


a) KI, MgSO4 e NaCO3
b) K2I, MgCl2, Mg2SO4 e NaCO3
c) K2I, Mg2Cl, MgSO4 e Na(CO)3
d) KI, MgCl2, MgSO4 e Na2CO3
e) KI2, Mg2Cl, Mg(SO4)2 e NaCO3

Elaborado por MANJACQ Página 1


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

6- Escreva as fórmulas dos seguintes ácidos:


a) clorídrico f) nítrico
b) iodídrico g) nitroso
c) cianídrico h) fosfórico
d) sulfúrico i) fosforoso
e) sulfuroso j) hipofosforoso
l) carbónico

7- Como se chamam as substancias representadas pelas fórmulas que se seguem:


a) KH2PO4 i) KClO
b) K2HPO4 j) Al2O3.2H2O
c) HCl(g) k) Na2O2
d) HCl(aq) l) H2SO4(aq)
e) MgSO4.7H2O m) CaH2
f) Sn(OH)4 n) NO
g) SrSO4

8- Identifique o item que contém apenas sais:


a) H2O2, Fe2O3, NaOH.
b) NaCl, CaCO3, KMnO4.
c) H2S, HCN, Al2O3.
d) CaCl2, Ba(BrO)2, Zn(OH)2.
e) KOH, NaBr, CaCO3.

9- O líquido de Dakin, utilizado como anticéptico, é uma solução diluída de NaClO, ou seja:
a) Perclorato de sódio d) Clorato de sódio
b) Hipoclorito de sódio e) Clorito de sódio
c) Cloreto de sódio
7.Iodeto de potássio, cloreto de magnésio, sulfato de magnésio e carbonato de sódio são:
a) KI, MgSO4 e NaCO3
b) K2I, MgCl2, Mg2SO4 e NaCO3
c) K2I, Mg2Cl, MgSO4 e Na(CO)3
d) KI, MgCl2, MgSO4 e Na2CO3
e) KI2, Mg2Cl, Mg(SO4)2 e NaCO3

Elaborado por MANJACQ Página 2


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

10- Dê os nomes dos ácidos:


a) H3BO3 d) HNO2 g) H3PO3 j) HClO3
b) H2SO4 e) HNO3 h) H3PO4 l) HBr
c) H2CO3 f) HCl i) HClO2 m) H2S

11- De acordo com as propriedades dos elementos químicos, podemos classificar como
um óxido de natureza alcalina (básica) e um óxido de natureza ácida, respectivamente:
a) CaO e SO3. c) CO e Al2O3.
b) Na2O e MgO. d) Cl2O e N2O3.

12- Dado o conjunto de substâncias inorgânicas abaixo, pede-se classificá-las,


conforme sua função química, na ordem indicada:
NaCl, H2CO3, Fe2O3, NaOH, CaH2
a) Sal, ácido, óxido, base, hidreto;
b) Sal, hidreto, óxido, base, ácido;
c) Sal, base, ácido, óxido, hidreto;
d) Sal, base, óxido, hidreto, ácido.

13- Os nomes dos ácidos oxigenados abaixo são, respectivamente:


HNO2 HClO3 H2SO4 H2SO3 H3PO4
a) Nitroso, clórico, sulfúrico, sulfuroso e fosfórico;
b) Nítrico, clorídrico, sulfuroso, sulfúrico e fosfórico;
c) Nítrico, hipocloroso, sulfúrico, sulfuroso e fosforoso;
d) Nitroso, perclórico, sulfuroso, sulfúrico e fosfórico;
e) Nítrico, cloroso, sulfuroso, sulfúrico e hipofosforoso.

14- O mármore é, basicamente, formado de carbonato de cálcio e, quando extremamente puro,


apresenta a cor branco-neve. É o caso do mármore carraça usado por Michelangelo em suas
esculturas. A função química a que pertence o carbonato de cálcio é:
a) Base d) Óxido ácido
b) Óxido básico e) Sal
c) Ácido

Elaborado por MANJACQ Página 3


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

15- Considere a seguinte seqüência de sais de sódio: sulfato; sulfito; tiosulfito e sulfeto.
A opção que contém a seqüência de fórmulas corretas destes sais é:
a) N2SO4; Na2S2O3; Na2SO3; Na2S
b) Na2SO4; Na2S; Na2S2O3; Na2SO3.
c) Na2S2O3 Na2S; Na2SO4; Na2SO3.
d) N2SO4; Na2S2O3; Na2S2O3; Na2S.
e) Na2SO3; Na2SO4; Na2SiO3; Na2S.

16-Considere as seguintes afirmações:


I- Óxidos como Na2O, MgO e ZnO são compostos iónicos.
II- Óxidos como K2O, BaO, CuO são básicos.
III- Óxidos de carbono, nitrogénio e enxofre são compostos moleculares.
IV- PbO2 e MnO2 são oxidantes fortes.
Destas afirmações estão correctas:
a) Apenas I e II. b) Apenas I e III. c) Apenas III e IV. d) Apenas I, II e III. e) Todas.

17- Quais das substâncias abaixo costumam ser os principais componentes dos fermentos
químicos encontrados em supermercados?
a) Ácido tartárico e carbonato de bário.
b) Ácido acético e carbonato de cálcio.
c) Ácido acético e bicarbonato de bário.
d) Ácido fórmico e bicarbonato de sódio.
e) Ácido tartárico e bicarbonato de sódio.

18- Assinale a alternativa que apresenta dois produtos caseiros com propriedades alcalinas:
a) Detergente e vinagre;
b) Sal e coalhada;
c) Leite de magnésia e sabão
d) Bicarbonato e açúcar;

Elaborado por MANJACQ Página 4


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 2: Fórmulas químicas

1- Um elemento metálico M, forma um sal de fórmula MBr3. A fórmula do seu sulfato é:

a) M2SO4 b) MSO4 c) M2(SO4)3 d) M(SO4)3

2- Um elemento metálico M forma um sulfato de fórmula MSO4. A fórmula de seu fosfato é:


a) M2(PO4)3 d) MPO4
b) M(PO4)2 e) M3(PO4)2

c) M2PO4

3- Escreva a fórmula das bases a partir dos seus nomes:


a) Hidróxido de níquel III.
b) Hidróxido ferroso.
c) Hidróxido férrico.
d) Hidróxido de chumbo II.
e) Hidróxido auroso.

4- Qual é a formula correspondente a combinação de Al e S?

a) AlS b) Al2S2 c) Al3S d) Al2S3 e) Outro

5- Qual é a formula do composto correspondente a combinação de Mg2+ e PO43-?

a) (PO4)2Mg3 b) Mg2(PO4)3 c) MgPO4 d) Mg3(PO4)2 e) Outro

6- Qual é a formula do composto correspondente a combinação de Al3+ e PO43-?

a) AlPO4 b) Al3(PO4)3 c) Al2PO4 d) Al(PO4)3 e) Outro

7- Qual é a formula do composto correspondente a combinação de Na e S?

a) SNa b) S2Na c) Na2S d) NaS2 e) Outro

Elaborado por MANJACQ Página 5


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

8- Qual é a formula do composto correspondente a combinação de H e O?

a) HO b) O2H c) H2O d) HO2 e) Outro

9- Qual é a formula do composto correspondente a combinação de Fe e Cl?

a) FeCl3 b) Cl3Fe2 c) FeCl d) Fe3Cl e) Outro

10- Qual é a formula do composto correspondente a combinação de Cr e I?

a) ICr b) CrI c) CrI3 d) Cr2I6 e) Outro

11- Escreva a fórmula do:


a) Óxido de sódio: e) óxido férrico:
b) Óxido de prata: f) óxido de ferro II:
c) Óxido de alumínio: g) óxido cúprico:
d) Óxido cuproso: h) óxido áurico

12- Escreva a fórmula dos sais abaixo:


a) cloreto férrico: e) bicarbonato de sódio:
b) Carbonato de cobre I: f) nitrito ferroso:
c) Sulfato áurico: g) Clorito plúmbico:
d) Fosfato de chumbo II:

13- Dê as fórmulas das seguintes nomenclaturas:


a) hidróxido ferroso ou ferro II
b) hidróxido cuproso ou Cobre I k) trióxido de enxofre
c) hidróxido de magnésio l) pentóxido de difosforo
d) hidróxido de potássio m) heptóxido de dicloro
e) hidróxido plúmblico ou chumbo IV n) óxido de sódio
f) hidróxido plumboso ou chumbo II o) óxido de cálcio
g) monóxido de carbono p) óxido de lítio
h) monóxido de nitrogénio q) óxido de ferroso
i) dióxido de enxofre r) óxido de férrico
j) monóxido de dinitrogênio s) óxido de cobre(I)

Elaborado por MANJACQ Página 6


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

14- A fórmula mais comum para o óxido formado por um elemento X, da família 3A
da tabela periódica, é:
a) X3O.
b) XO2.
c) X3O4.
d) X2O3.

15-Escreva as fórmulas químicas que representam as seguintes substâncias


a) Sulfureto de potássio h) Perclorato de prata
b) Hidrogeno fosfato de magnésio i) Hidrogeno carbonato de cálcio.
c) Fosfato de magnésio j) Óxido de mercúrio (II)
d) Acido azótico k) Dióxido de enxofre
e) Cloreto de estanho (II) l) Acido acético
f) Sulfato de cobre penta Hidratado m) Cianeto de cobre(I)
g) Cromato de ferro (III)

16- Formulas seguintes estão erradas corrigi-as:


a) Hidrogeno carbonato de sódio Na2HCO3
b) Sulfato duplo de amónio e cobre (II). Hexa hidratado Cu(NH4)2(SO4)4.7H2O
c) Carbonato de alumínios Al3(CO3)2
d) Di-hidrogenofosfato de magnésio MgH2PO4
e) Cromato de sódio NaCrO4
f) Permanganato de potássio K2MnO4

17- Relacione os números de 1 a 4 com as letras de A á D. As fórmulas químicas que:


1- Representem somente a proporção de combinação dos elementos químicos num dado
composto são as -----------------.
2- Representam as moléculas de uma substância é as -------------.
3- Mostram a proporção de combinação dos iões que formam um composto são as------------

4- Indicam a sequenciam que os átomos se ligam na molécula de uma dada substancia, são
as----------------.
A Iónicas
Elaborado por MANJACQ Página 7
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

B moleculares
C de estrutura
D empíricas

18- As fórmulas químicas seguintes representam substancia muito conhecidas.


a) H2O2.
b) CH2CH2
C) HCl
d) Al3+(OH-)3
e) O2
f) H-CH=O
g) jhgkh

18.1- Das fórmulas químicas representadas, indique:


a) Uma que seja simultaneamente empírica e molecular
b) Uma racional;
c) Uma iónica;
d) A de estrutura;
e) A de Lewis;

18.2- Ainda em relação as fórmulas químicas indicadas, escreva:


a) A formula empírica correspondente a substancia representada por A.
b) A formula molecular correspondente a substancia representada por B.
c) A formula racional correspondente a substancia representada por G.
d) A fórmula bruta correspondente a substancia representada por D

19- Considere os compostos cujas fórmulas químicas se seguem:


a) CO
b) N2O4
c) SO3
d) Na2O

19.1- A que famílias de compostos pertencem as substancias representadas. Justifique:


19.2- Uma destas substâncias são iónicas indique-a e escreva a respectiva fórmula iónica.

Elaborado por MANJACQ Página 8


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

19.3- Escreva a formula empírica do composto representado em B.


19.4- Justifique a afirmação as formulas “ As formulas químicas São todas formulas Brutas”.

20- Considere o seguinte conjunto de fórmulas químicas


H3PO4; K2O2; HF; CO2 ; P4; Fe(OH)3; Fe; HClO; Ca(OH)2 ; NaH; Cl2; SO3;H2SO4 ; MgCl2
20.1- Seleccione a(s) que representa(m);
a) Substâncias elementares;
b) Óxidos;
c) Óxidos cujo a unidade estruturais sejam moléculas;
d) Hidróxidos;
e) Sais;

20.2 Escreva o nome dos óxidos assinalados em b.


20.3- Considere as fórmulas H3PO4 e HF
a) Como se chamam as substâncias que elas representam, quando em solução aquosa.
b) Que aniões originam em soluções aquosa.

20.4- A que família de composto pertence a substancia representada por NaH


20.5- Escreva a fórmula iónica das substâncias referidas em 20.1-d.
20.6- Escreva a fórmula iónica e a fórmula empírica correspondente a formula K2O2.
20.7- Descreva a composição da menor porção das substancia representada por:
a) Fe
b) CO2
c) MgCl2

21- Acetileno é um composto orgânico de nome etino cuja fórmula de estrutura é:


H-C≡C-H
Escreva:
a) A sua fórmula molecular
b) A sua fórmula racional
c) A fórmula de Lewis para este composto.

22) Qual a fórmula química (iónica) do composto resultante da combinação de um


elemento X, cujo n.º atómico é 12, com um elemento Y situado na família VA da tabela
periódica?

Elaborado por MANJACQ Página 9


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a) XY3 b) XY c) X2Y3 d) X3Y2 e) X3Y

23) Considere os iões: Ca2+, PO43- e OH-. A combinação desses iões pode resultar na
hidroxiapatita, mineral presente em ossos e dentes. A fórmula química pode ser representada por
CaxOH(PO4)3. Qual o valor de x na fórmula?
a) 2 b) 5 c) 1 d) 4 e) 3

24) Um átomo X apresenta 13 protões e 14 neutrões. Qual a carga do ião estável formado a partir
dele?
a) -3 b) +1 c ) -2 d) -1 e) +3

25) Da união entre os átomos A (Z=12) e B (Z=9) resultará um composto de que fórmula?
a) BA2 b) AB2 c) BA d) AB e) A2B

26) Qual a fórmula provável do composto resultante da combinação do alumínio (Z=13) e um


calcogénio Y?
a) Al2Y3 b) Al3Y2 c) Al6Y3 d) AlY3 e) Al3Y

27) O elemento químico alumínio (Z=13) pode se ligar a um elemento químico para formar
um composto iónico na proporção de 1:3. Esse elemento pode ter n.º atómico:
a) 11 b) 3 c) 9 d)12 e) 5

28) Considerando os elementos sódio, magnésio, enxofre e cloro, escreva as fórmulas dos
compostos iónicos que podem ser formados entre eles.

29) Um elemento metálico X reage com cloro, formando um composto de fórmula XCl. Um
outro elemento Y, também metálico, reage com cloro formando um composto de fórmula
YCl2. Em que grupo da tabela periódica estariam os elementos X e Y?

a) IA e VIA b) VIIA e IIA c) IIA e IA d) IIIA e IIA e) IA e IIA

30) Represente as fórmulas iónica, electrónica e estrutural dos compostos formados pela
combinação de:
a) Mg e O
Elaborado por MANJACQ Página 10
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

b) Ca e N
c) Rb e O
d) Al e S
e) Ca e Br
f) H e Na

31) Considerando os iões a seguir, que substâncias iónicas poderiam ser formadas a partir deles?
a) NH4+ e SO42- b) ClO e Al3+ c) Mg2+ e P2O74-
d) SiO42- e Na+ e) S2O32- e Ga3+ f) Ag+ e NO3-

32) Considerando os metais cálcio (IIA), césio (IA), alumínio (IIIA) e cobalto (cujo catião
mais comum apresenta carga 2+), dê as fórmulas iónicas das substâncias formadas por cada
um desses metais em ligação com o nitrogénio (VA).

a) CaN2; Cs3N; AlN b) Ca3N2; Cs3N; AlN c) Ca3N; CsN3; Al3N3 d) Ca3N2; Cs3N2; Al3N

33) O carbonato de potássio, utilizado nos dissecadores para adsorção de humidade, é uma
substância iónica formada a partir da ligação do ião potássio (IA) com o ião composto
denominado carbonato {CO32-}. De posse dessas informações, escreva a fórmula iónica do
carbonato de potássio.

a) KCO3 b) K2(CO3)2 c) K(CO3)2 d) K2CO3 e) K3CO3

34) Considere um composto de fórmula XYPO4. Sabendo que o ião fosfato é trivalente {PO43-} e
que X e Y são metais de diferentes famílias, indique a alternativa que completa a fórmula de
maneira adequada:
a) Ca, Na b) K, Ag c) Ba, Zn d) Al, K e) Al, Ca

Tema 3: Teoria Ácido – Base

Elaborado por MANJACQ Página 11


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

1- Escreva a equação iónica resultante da neutralização de um ácido e uma base em


solução aquosa.
2- Qual a definição de Bronsted-Lowry de ácidos e de base?

3- Empregando a terminologia de Bronsted-Lowry, defina os termos abaixo. De um


exemplo para cada um deles.
(a) Ácido conjugado; (b) base conjugada; (c) par conjugado ácido-base.

4- Usando conceitos ácido-base, justifique as afirmativas seguintes sobre água:


a) Para Arrhenius, a água não se enquadra nos conceitos nem de base, nem de ácido.
b) Segundo Bronsted-Lowry, a água é uma espécie anfótera.
c) Para Lewis, a água é uma base.

5- O que significa autoionização? Esta pode ser encarada como uma reacção ácida -
base?

6- Escreva as reacções de autoionização para:


a) H2O b) NH3 c) HCN.

7- Chamemos a conceituação de ácido-base segundo Arrhenius de I, a de Lowry


Bronsted de II e a de Lewis de III. Consideremos a reacção do ião cúprico com quatro
moléculas de água para formar o composto de coordenação [Cu( H2O)4]+2(aq). Esta é uma
reacção de um ácido com uma base segundo:
a) I e II. b) I e III. c) Apenas II. d) II e III. e) Apenas III.

8-. Identificar o ácido, a base, o ácido conjugado e a base conjugada em cada uma das
seguintes reacções:
a) HClO4 + N2H4 ↔ N2H5+ + ClO4-
b) CO32- + H2O ↔ HCO3 - + OH-
c) NO2 - + N2H5+ ↔ HNO2 + N2H4
d) HCN + H2SO4 ↔ H2CN+ + HSO4-

9- Identifique a base conjugada correspondente aos seguintes ácidos.


a) C2H5OH b) HSO4 - c) CH3OH

Elaborado por MANJACQ Página 12


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

d) H2PO4 - e) Si(OH)4 f) HS-.

10- Liste as bases HS-, F-, I- e NH2- em ordem crescente de afinidade por protão.

11- Arranje os óxidos Al2O3, B2O3, BaO, CO2, Cl2O7, SO3, anfótero e mais básico.

12- Escreva equações de ácido-base de Bronsted balanceada para soluções dos seguintes
compostos no HF líquido.
a) CH3CH2OH + HF ↔
b) NH3 + HF ↔
c) C6H5 COOH + HF ↔

13- O ácido sulfúrico concentrado sofre reacção de autoionização:


2H2SO4 ↔ H3SO4+ + HSO4 –
14- Neste solvente, o ácido acético comporta-se como uma base e o ácido perclórico
comporta-se como um ácido. Escreva equações químicas que mostrem o seguinte
comportamento:
a) A reacção do ácido acético com o solvente
b) A reacção do ácido perclórico com o solvente.
c) A reacção de neutralização que ocorre quando soluções de ácido acético e ácido perclórico
são misturados em ácido sulfúrico.

15-. De acordo com o critério de Lewis de acidez e basicidade, as espécies abaixo podem ser
classificadas como:
I . AlCl3 II. H2O III. NH3 IV. CH4
a) I – acido; II – acido; III – base; IV – acido
b) I – acido; II – base; III – base; IV – nem ácido, nem base
c) I – acido; II – base; III – base; IV – acido
d) I – base; II – acido; III – base; IV – nem ácido, nem base
e) I – nem ácido, nem base; II – base; III ácido

−¿ ¿
+¿+ N O3 ¿
16- Na reacção HBr + HN O3 ↔ H 2 Br
+¿¿
. A espécie H 2 Br e classificada como:

a) Uma base de Lewis

Elaborado por MANJACQ Página 13


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

b) Uma base de Arrhenius


c) Um ácido de Arrhenius
d) Um ácido de Bronsted-Lowry
e) Uma base de Arrhenius
17- Assinale, entre as alternativas abaixo, a formula de um composto que e uma Base de Lewis:
a) CH4 b) C6H6 c) NH2CH2CH3 d) BCl3 e) SiCl4

18- Observe as equações a seguir e seleccione aquelas nas quais a água (H2O) comporta ácido de
Bronsted-Lowry.
I) HNO3 + H2O → H3O+ + NO3−
II) H− + H2O → OH− + H2
III) NH2− + H2O → NH3 + OH−
IV) CO32− + H3O+ → HCO3− + H2O
a) I e II b) II e III c) III e IV d) II e IV e) I e III

19- Aplicando-se o conceito acido Bronsted-Lowry a reacção a seguir equacionada, verifica-se


que:
HClO4 + H2SO4 ↔ ClO4− + H3SO4+
a) HClO4 e H2SO4 são ácidos.
b) H2SO4 e ClO4− são bases.
c) H2SO4 e acido e HClO4 e base.
d) ClO4− e base conjugada do H3SO4+.
e) H3SO4+ e H2SO4 são ácidos.

20- Considere os equilíbrios representados pelas equações a seguir quando HCl e NH3 se
dissolvem em água.
HCl + H2O ↔ H3O+ + Cl−
NH3 + H2O ↔ NH4+ + OH−
Assinale a alternativa correcta referente aos pares conjugados ácido/base para cada uma das
reacções:
a) HCl/NH3 e H3O+/OH- b) H2O/NH3 e NH4+/OH−
c) HCl/H2O e H3O+/Cl- d) NH3/OH- e NH4+/ H2O e) HCl/Cl- e H2O/OH-
21- Observe as equações:
⏟ + H2 O¿
−¿ HCN

+ ¿+C N ¿
I . H3 O

Elaborado por MANJACQ Página 14


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

−¿¿
2−¿ −¿+HC O3 ¿

N H 3+ C O 3 N H2

¿

−¿+ C 2 H 5 OH ¿

−¿+N H3 N H2

¿
C2 H5 O
De acordo com Bronsted -Lowry, os compostos destacados são, respectivamente,
a) Base - ácido - ácido. b) Base - base - ácido.
c) Ácido - ácido - base. d) Ácido - base – ácido e) base - ácido - base.

22- Existem melhores doadores de protões que outros algumas bases são melhores receptoras de
protões que outras. Segundo Bronsted, por exemplo, o HCl bom doador de protões e considerado
um acido forte.
De acordo com Bronsted, pode-se afirmar:
a) Quanto mais forte a base, mais forte e seu ácido conjugado.
b) Quanto mais forte o ácido, mais fraca e sua base conjugada.
c) Quanto mais fraco o ácido, mais fraca e sua base conjugada.
d) Quanto mais forte a base mais fraca e sua base conjugada.
e) Quanto mais forte o acido mais fraco e seu ácido conjugado.

23- Assinale a alternativa que indica a espécie química que ao reagir com a água, pode
funcionar como acido de Bronsted.
a) OH- b) O2- c) HCO3- d) SO42- e) H-

24- Considere as espécies sublinhadas contidas na coluna da esquerda com os na coluna da


direita.

Assinale a opção que representa, apenas, associação correcta.


a) 1-10, 2- 6, 3- 10, 4- 7. b) 1- 9, 3- 7, 3- 9, 4- 8.
c) 1- 7, 2- 8, 3- 9, 4- 7. d) 1- 7, 2- 8, 3- 9, 4- 8. e) 1- 9, 2- 6, 3- 10, 4- 7.

25- Na reacção entre um hidreto metálico e a amoníaco líquida, representada pela equação:

Elaborado por MANJACQ Página 15


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

NH3 + H- ↔NH2- + H2, são bases de Bronsted


a) H-, H2 b) NH2-, NH3 c) H2, NH3 d) H- , NH2 e) NH3, H-

26- Considere as seguintes equações químicas:

De acordo com a teoria de Bronsted afirmar que:


a) HCl, NH3 e H2O são ácidos.
b) NH3, Cl-, NH4+, H2O e HCl são ácidos.
c) H3O+, H2O, HCl e NH3 são ácidos.
d) NH3, Cl- e OH- são bases.
e) H3O+, OH-, Cl- e NH3 são bases.

Tema 4: Estrutura da matéria


Elaborado por MANJACQ Página 16
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

4.1- BREVE HISTÓRICO DA QUÍMICA

Desde o domínio do fogo, que possibilitou ao homem mais conforto e segurança, nossa raça, de
natureza curiosa, tem manipulado materiais presentes na natureza, adaptando-os às suas necessidades e
procurando compreender que princípios estão por trás de sua aparência e comportamento. Somos,
portanto, desde tempos muito remotos, cientistas em potencial!
É importante observar que, apesar de já se conhecerem muitos produtos químicos e muitas técnicas de
transformação, não existiam explicações para esses fenómenos. Os povos antigos se preocupavam mais
com as práticas de produção das coisas do que com a teoria ou com a explicação dos porquês de as coisas
acontecerem.

Considerando a cultura ocidental, temos na Grécia o início da preocupação com a explicação dos
fenómenos e constituição da matéria (filósofos gregos). Temos, por exemplo, o filósofo

Demócrito (460 – 370 a.C.) que afirmava que toda a matéria poderia ser dividida em partículas
cada vez menores, até se chegar a uma partícula mínima que não poderia mais ser dividida, denominada
de átomo. Segundo ele: “Todas as coisas, inclusive a alma, são feitas de matéria. Na verdade, só existem
átomos e vazios”.

Ao contrário de Demócrito, Aristóteles (384 – 322 a.C.) acreditava que a matéria poderia ser
dividida infinitamente e que tudo o que existia no Universo era formados por quatro elementos: terra,
água, fogo e ar. Associa aos quatro elementos as qualidades: frio, quente, seco e húmido. Qualquer
elemento poderia se interconverter em outro pela adição ou remoção da qualidade em comum.

Considerando que, durante séculos, os trabalhos de fazer as coisas (artesãos) e explicar os


fenómenos (pensadores) eram completamente distintos, não é difícil compreender como a Ciência
demorou a progredir.
As ideias de Aristóteles, por exemplo, praticamente não foram alteradas e orientaram a Ciência por quase
2000 anos.
Depois do apogeu da cultura grega, precursora de nossa civilização, podemos citar a Alquimia,
desenvolvida entre os árabes e europeus, na idade média (entre os anos 500 e 1500 da era cristã). A
Alquimia, portanto, embora não tenha contribuído significativamente para o desenvolvimento das
explicações dos fenómenos, foi muito importante no desenvolvimento de técnicas que, posteriormente
seriam utilizadas em estudos envolvendo uma maior metodologia.

Elaborado por MANJACQ Página 17


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

No século XVIII, firmou-se realmente o carácter científico da Química. Vários gases foram
descobertos e estudados.

Antoine Laurent Lavoisier (1743 - 1794), com a introdução da balança em seus experimentos, conseguiu
pesar os materiais envolvidos antes e depois de uma transformação química, notando então que a massa
permanecia constante. Esta observação experimental é conhecida como Lei de Conservação da Massa,
que pode ser enunciada como:

Com esse procedimento derrubou a teoria do flogístico, realizando suas experiências em sistema
fechado (não há troca de matéria com o meio ambiente), evitando assim a perda de matéria existente nas
experiências de Stahl. Demonstrou que na combustão de uma substância havia reacção dessa substância
com um dos componentes do ar, que ele mais tarde chamou de oxigénio. Fez a primeira determinação
experimental da composição do ar, chegando ao resultado de 21% de oxigénio e 79 % de outro
componente que ele chamou de azoto (conhecido hoje como nitrogénio).

O trabalho de Lavoisier, envolvendo cuidadosas pesagens, levou-o a descobrir e justificar fatos


que outros cientistas não tinham conseguido efectuar por subestimarem o uso criterioso da balança. A
experiência executada por Lavoisier, que permitiu a determinação dessa lei, pode ser representada por:

Em função desta e de várias outras experiências, Lavoisier concluiu que:

Exemplo:

A partir do trabalho de Lavoisier, os químicos começaram a perceber a existência de certas


regularidades que envolviam os fenómenos químicos, às quais foi dado um tratamento matemático,
permitindo que essas regularidades fossem expressas em leis. Genericamente, essas leis que relacionam

Elaborado por MANJACQ Página 18


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

massas são denominadas leis ponderais, sendo que a Lei de Conservação de Massa, de Lavoisier, é a
primeira delas e foi divulgada em 1789, na obra Traité élémentaire de chimie (Tratado elementar de
química).

4.2- DESCORTA DA ESTRUTURA ATÔMICA

Modelo atómico de John Dalton:


Em 1808, John Dalton (1766 - 1844) Relatou sua teoria completa a respeito do comportamento químico
das substâncias, denominada teoria atómica. Esta teoria possibilitou a compreensão dos resultados
experimentais encontrados por Lavoisier e Proust, em nível “microscópico”.

Os principais pontos da teoria atómica de Dalton são:

Partículas sub-atómicas

A existência de uma estreita relação entre matéria e electricidade fica evidente com os trabalhos
de Michael Faraday sobre electrólise. Eles também indicavam que a electricidade era constituída por
partículas materiais, hipótese confirmada pelos estudos sobre a capacidade dos gases de conduzir
correntes eléctricas.

Durante toda a segunda metade do século XIX experiências realizadas em ampolas de vidro
contendo gases, nas mais variadas pressões e submetidas a descargas eléctricas, evidenciaram a existência
de partículas menores do que o próprio átomo; logo, o átomo não era indivisível. Podemos citar alguns
nomes relacionados a essas experiências: Heinrich Geissler ( Alemanha), William Crookes ( Inglaterra),
Eugene Goldstein (Alemanha), Joseph John Thomson ( Inglaterra).

As principais experiências realizadas neste sentido receberam as seguintes denominações:

Elaborado por MANJACQ Página 19


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Raios catódicos – experiências realizadas em ampolas de vidro contendo gases em alto vácuo
levaram à conclusão da existência de partículas de carga eléctrica negativa, de massa muito pequena, em
qualquer tipo de matéria. Estas partículas foram denominadas de elétrons

Raios canais – experiências realizadas em ampolas de vidro contendo gases mantidos a baixa
pressão levaram à conclusão da existência de partículas de carga eléctrica positiva, de massa muito
superior à do electrão (cerca de 1840 vezes maior), em qualquer tipo de matéria. Estas partículas foram
denominadas de protões.

É importante frisar que a comprovação e a determinação da carga e da massa dessas partículas foi
processo que se estendeu até o início do século XX, envolvendo inúmeras outras experiências.

Modelo atómico de Thomson

Em 1898, com base nas evidências experimentais e no fato da matéria ser electricamente neutra,
Thomson apresentou seu modelo atómico. Como a massa dos electrões fosse insignificante quando
comparada a dos protões, a massa do átomo equivaleria praticamente à massa dos protões. Os electrões,
uniformemente distribuídos entre os protões garantiriam o equilíbrio eléctrico, evitando a repulsão mútua
dos protões. Seu modelo consistia, portanto, em uma esfera maciça de carga eléctrica positiva, incrustada
por igual número de cargas negativas (os electrões), e foi chamado de “pudim com passas”. No modelo
de Thomson, os electrões possuíam um único movimento possível, o da vibração.

Modelo atómico de Rutherford

Ernest Rutherford era um pesquisador ligado à equipe de Thomson quando realizou um


experimento que viria a mudar completamente a visão do homem a respeito do átomo. Em 1911, ele
bombardeou uma finíssima lâmina de ouro (0,0001 cm) com partículas alfa oriundas de uma amostra

Elaborado por MANJACQ Página 20


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

contendo Polónio. A área em que se realizava o experimento era cercada por um anteparo recoberto por
sulfeto de zinco, que cintilava ao sofrer impacto.

Para espanto geral, a grande maioria das partículas alfa disparadas contra a placa passou por ela
como se não existisse. Somente algumas passavam com desvios e algumas outras retrocediam. Tal
resultado levou Rutherford a propor que a matéria é constituída principalmente por espaços vazios. Como
as partículas alfa são positivas, concluiu-se que os desvios e retrocessos fossem resultado da interacção
dessas com o núcleo. Como estes desvios e retrocessos foram muito poucos, concluiu-se que a matéria do
átomo fosse concentrada numa região central positiva chamada núcleo. Os protões são as partículas que
dão carácter positivo ao núcleo. Os electrões ou cargas negativas estariam circundando o núcleo em
número tal que possibilitasse ao átomo ser neutro. A proporção entre as partículas que passaram sem
desvio e as que passaram com desvio ou retrocederam levaram à conclusão de que o tamanho total do
átomo é de 10.000 a 100.000 vezes maior que o núcleo. A região onde circundam os electrões, é que dá o
volume do átomo recebeu o nome de eletrosfera. Os electrões possuem movimento de translação ao redor
do núcleo e de rotação em relação ao seu próprio eixo. O modelo de Rutherford é muito parecido com o
sistema solar, com o núcleo ocupando o lugar do sol e os electrões, os dos planetas.

Rutherford concluiu que, sendo o átomo formado por duas regiões e descontínuo, a matéria
também é descontínua.
A descoberta da terceira partícula sub-atómica: o neutrão

Elaborado por MANJACQ Página 21


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Na sequência dos estudos sobre a estrutura do átomo, percebeu-se que no núcleo dos átomos
existiria mais do que um único protão. Entretanto esse fato comprometeria a estabilidade do núcleo, pois
entre protões (+) existiriam forças de repulsão que provocariam a fragmentação do núcleo. Como isso não
ocorria, Rutherford passou a admitir a existência, no núcleo, de partículas com massa semelhante à dos
protões, mas sem carga eléctrica. Essas partículas serviriam para diminuir a repulsão entre os protões,
aumentando a estabilidade do núcleo. Além disso, essas partículas justificariam a massa maior que os
núcleos apresentavam.
Essas partículas foram descobertas, em 1932, durante experiências com material radioactivo, por James
Chadwick, que as denominou de neutrões

Modelo atómico de Rutherford-Bohr (1913)

O modelo de Rutherford sofreu muitas críticas na época em que foi elaborado, mas, convencido
de sua validade, capaz de interpretar muitas propriedades da matéria, o físico dinamarquês Niels Bohr
propôs a ideia de que as leis da Física clássica não se aplicariam ao átomo e suas partículas constituintes.
Bohr interpretou a estabilidade atómica usando uma teoria, proposta por Max Planck, denominada teoria
dos quanta, relacionada à propagação de energia luminosa (a energia seria emitida em quantidades
discretas, constituindo “pacotes de energia” que ele chamou de quanta de energia).

Relacionando esta teoria com os resultados experimentais observados quando átomos eram
submetidos ao calor ou a electricidade, Bohr propôs um modelo atómico revolucionário que mantinha as
principais características do modelo de Rutherford.
Esse novo modelo é baseado nos seguintes princípios:

Elaborado por MANJACQ Página 22


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

4.3- PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO ÁTOMO

Desde o modelo proposto por Thomson, sabemos que o átomo é um sistema electricamente
neutro, ou seja, o total de cargas positivas é igual ao total de cargas negativas. Com a evolução,
introduzida por Rutherford, do modelo atómico, podemos relacionar as cargas eléctricas com as partículas
constituintes do átomo: os protões apresentam carga positiva; os electrões, negativa e os neutrões
apresentam carga nula.

Assim, num átomo: número de protões = número de electrões

Número Atómico (Z): é igual ao número de carga positiva (protões) no núcleo de um átomo.

Como num átomo o número de protões é igual ao número de electrões, ao ser fornecido o número
atómico (Z) de um átomo, serão fornecidas duas informações: o n o de protões e o no de electrões.
Número de Massa (A): Logo, número de massa é a soma do n.º de protões (p) com o n.º de neutrões
(n) presentes no núcleo de um átomo. (A = p + n )
Elemento Químico: É o conjunto formado por átomos que apresentam mesmo número atómico.
Simbologia do elemento químico
De acordo com a IUPAC, ao representar um elemento químico, devem-se indicar, junto ao seu
símbolo, os números atómico e de massa e, quando se tratar de um íão, também a carga eléctrica.

Esquematicamente, temos:

Isótopos são átomos que apresentam o mesmo número atómico (Z) por pertencerem ao mesmo elemento
químico, mas apresentam diferentes números de massa (A).

O elemento oxigénio (O), por exemplo, é formado por uma mistura de três isótopos:
8O16 8O17 8O18

Elaborado por MANJACQ Página 23


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Isóbaros: são átomos de diferentes elementos que possuem números atómicos diferentes mais iguais
números de massa.
10Ne21 ,11Na21

Isótonos: são átomos de diferentes elementos que possuem números atómicos diferentes numero de
massa diferentes mais iguais números de neutrões.
20Ca40 , 19K39

Espécies isoelectrónicas: São os átomos e iões que apresentam a mesma quantidade de electrões.
Exemplo: São isoelectrónicos: N3- , O , F- , Ne, Na+.
2-

Tema 4: Exercícios

1- Os raios catódicos são:


a) Electrões
b) Protões
c) Partículas
d) Ondas electromagnéticas
e) Neutrões

2- Os raios canais produzidos numa ampola de Goldstein são:


a) Electrões b) protões c) neutrões d) iões gasosos positivos e) iões gasosos negativos

3- O primeiro modelo científico para o átomo foi proposto por Dalton em 1808. Este modelo
poderia se comparado a:
a) Uma bola de tênis· b) uma bola de futebol
c) uma bola de pingue-pongue d) uma bola de bilhar
e) uma bexiga cheia de ar

4- O electrão foi descoberto por Thomson no final do século XIX. Quais as


características gerais do modelo atómico proposto por Thomson?

5- O raio do núcleo é menor que o próprio átomo em aproximadamente:


Elaborado por MANJACQ Página 24
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a) 102 Vezes b) 104 vezes c) 108 vezes d) 1010 vezes e) 1023 vezes

6- Considere os modelos atómicos de : I - Dalton II - Thomson III - Rutherford


a) Qual deles foi proposto baseado nos resultados da medida da massa dos participantes
das reacções químicas?
b) Qual introduziu a natureza eléctrica da matéria?
c) Qual apresenta a matéria como sendo descontínua?
d) Qual é o mais recente?

7- São feitas as seguintes afirmações a respeito das contribuições do pesquisador francês


A.L.Lavoisier(1743-1794) para o desenvolvimento da ciência:
I. Desenvolvimento de um dos primeiros tipos de calorímetros.
II. Participação na comissão responsável pela criação do sistema métrico de medidas.
III. Proposta de que todos os ácidos deveriam conter pelo menos um átomo de oxigénio.
IV. Escolha do nome oxigénio para o componente do ar atmosférico indispensável para a
respiração humana.
V. Comprovação experimental da conservação de massa em transformações químicas
realizadas em sistemas fechados.
Qual das opções abaixo contém a(s) afirmação(ções) correcta(s)?:
a) I, II, III, IV e V. b) Apenas I, II, e IV.
c) Apenas II e III. d) Apenas IV e V.
e) Apenas V.

8- Complete o quadro a baixo:

9- Se representarmos dois átomos por : 17 X e 17Y37 ;


35

Elaborado por MANJACQ Página 25


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a) Quantos protões têm X e Y?


b) Quantos neutrões têm X e Y ?
c) Os átomos são de elementos químicos diferentes?

10- Um átomo de prata tem 47 protões e 61 neutrões. Qual é o símbolo desse átomo,
acompanhado dos valores do número atómico e de massa?

11- Qual é o n.º de protões, electrões e neutrões do ião32


16 S
2−¿
¿?
a) 16, 16 e 16 b) 16, 16 e 18 c) 18, 18 e 16 d) 16, 18 e 18 e) 16, 18 e 16

12- Qual o n.º atómico e o n.º de massa de um ião monoatómico com carga 3+, que contém 10
electrões e 14 neutrões?
a) 13 e 28 b) 13 e 26 c) 12 e 27 d) 12 e 27 e) 13 26

13- Baseie-se no esquema abaixo para determinar os valores de x, y, z e w. Sabe-se que B e D são
Isótonos. Quantos neutrões têm A?
W 40 y 39
Z A isóbaros X B isóbaros 19C isótopos Z D
↔ ↔ ↔

a) 20, 40, 19 e 41
b) 20, 41, 19 e 41
c) 20, 40, 20 e 41
d) 20, 40, 19 e 21
e) 20, 41, 19 e 21

14- Considere os seguintes átomos:


88 A228 B 228
89 90 C 231 D229
90 90E234 88F236
a) Quais são isótopos?
b) Quais são isóbaros?
c) Quais são Isótonos?

15- Sabemos que:


Elaborado por MANJACQ Página 26
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

X é um átomo com 18 protões e 22 neutrões.


Y é um átomo com 18 protões e 21 neutrões
Z é um átomo com 19 protões e 20 neutrões
a)Quais são isótopos?
b) Quais são isóbaros?

16- Tem-se 3 átomos A, B e C, sobre os quais sabemos que : A e B são isótopos


B e C são isóbaros C tem n.º de massa = 127
B tem 75 neutrões A e C têm mesmo n.º de neutrões
C tem um protão a mais que A
Pergunta-se: quais os valores de n.º atómico e n.º de massa para cada átomo?
a) 52A127 , 53B127 e 53C 127 b) 52A126 , 52B127 e 53C 127 c) 52A126 , 52B127 e

53C 126

17- Tem-se 3 átomos X, Y e Z, sobre os quais sabemos que :


X é isótopo de Y
Y é Isóbaro de Z
Z tem igual n.º de protões e neutrões
Y tem n.º de massa = 30
X tem 1 protão a menos que Z e 2 neutrões a menos que Y
Pede-se que sejam representados X, Y e Z com seus respectivos números atómicos e de massa.
a) 15 X 28 , 14 Y 30 e 15 Z 30 b) 14 X 28 , 14 Y 30 e 15 Z 28 c) 14 X 28 ,
14 Y 30 e 15 Z 30

40 2+¿
18- Determine o n.º de protões, electrões e neutrões do catião 20Ca ¿.
a) 20, 20 e 18 b) 40, 20 e 20 c) 20, 20 e 20 d) 20,18 e 20 e) 20 40 e 20

19- Um ião A2- é isoeletrónico de um ião B2+.


Sabendo que o número atómico de A é igual a 34, qual será o de B?
a) 34 b) 36 c) 38 d) 32 e) 40

20- O ião K+ é isoeletrónico do ião P3-. Qual é o número atómico do fósforo (P)?
a) 18 b) 19 c) 17 d) 15 e) 16

Elaborado por MANJACQ Página 27


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

21- Dados os iões: 11Na+ , 19K+, 9F- , 17Cl- , 12Mg2+, 15P3- , reúna os que são isoeletrónico entre si.
a) [ Na+, K+, F] e[ Mg2+, Cl-, P3-]
b) [ Na+, Mg2+, F-] e[ K+, Cl-, P3-]
c) [ Na+, Mg2+, P3-] e[ K+, Cl-, F-]
d) [K+, Cl-, F-] e[Na+, Mg2+, P3-]
e) [Cl-, Mg2+, F] e[ K+, Na+, P3-]

22- A densidade da água comum (H2O) e da água pesada (D2O), medidas nas mesmas condições
de pressão e temperatura, são diferentes. Isto porque os átomos de hidrogénio e deutério diferem
quanto ao:
a) Número atómico
b) n.º de electrões
c) Número de oxidação
d) n.º de neutrões
e) n.º de protões

23- Isótopos radioactivos são empregados no diagnóstico e tratamento de


inúmeras doenças. Qual é a principal propriedade que caracteriza um elemento
químico?
a) Número de massa
b) Número de protões
c) Número de neutrões
d) Energia de ionização
e) Diferença entre o número de protões e de neutros

24- Dê o número total de electrões presentes nos seguintes átomos ou íons:


8 O, 8O2-, 19K+, 15P3-, 56Ba2+,13Al3+ e 22 Ti4+.
Resposta única: 8, 10, 18, 18, 54, 10 e 18.

25- O número de protões, neutrões e electrões representados por 56 Ba2+


(A=138) é, respectivamente:
a) 56, 82 e 56 b) 82, 138 e 56 c) 56, 82 e 54 d) 82, 194 e 56 e) 56, 82 e 58

Elaborado por MANJACQ Página 28


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

26- Determine o número de protões, neutrões e electrões presentes em cada ião:


9 F- (A =19) 16 S2- (A =32) 26Fe2+ (A =56)

27- Isótopos radioactivos de iodo são utilizados no diagnóstico e tratamento


de problemas da tiróide, e são, em geral, ministrados na forma de sais de
iodeto. O número de protões, neutrões e electrões no isótopo 131 do iodeto
53I- (A=131) são, respectivamente:
a) 53, 78 e 52 b) 53, 78 e 54 c) 53, 131 e 53 d) 131, 53 e 131

28- Um certo ião negativo, X 3-, tem carga negativa -3, sendo seu número total de
electrões 36 e seu número de massa 75. Podemos dizer que seu número atómico e
número de neutrões são, respectivamente:
a) 36 e 39 b) 36 e 42 c) 33 e 42 d) 33 e 39 e) 36 e 75

29- Em relação à isotopia, isobaria e isotonia, podemos afirmar que:

a) Isótonos são entidades químicas que possuem o mesmo número de neutrões.

b) Isóbaros são entidades químicas que possuem o mesmo número de protões.


c) Isótopos são entidades químicas que possuem o mesmo número de massa.

d) São relações que dizem respeito ao núcleo e à electrosfera do átomo.

e) São relações que dizem respeito apenas à electrosfera do átomo.

30 - Dados os átomos:

35 Br80 (I) 36 Kr80 (II) 35 Br81 (III) 36 Kr81 (IV)

Indique as proposições verdadeiras.


a) I e III são isótopos.
b) II e IV possuem o mesmo número de massa.
c) I e IV têm igual número de neutrões.
d) I e II possuem o mesmo número de massa.
e) II e III são isótopos

Elaborado por MANJACQ Página 29


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

31- Analise as seguintes afirmativas:

I. Isótopos são átomos de um mesmo elemento que possuem mesmo número atómico e
diferente número de massa.
II. O número atómico de um elemento corresponde ao número de protões no núcleo de um
átomo.
III. O número de massa corresponde à soma do número de protões e do número de electrões de
um elemento.
Está(ão) correcta(s):
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas I e II.
e) Apenas II e III.

32- Considere os seguintes dados:

Os átomos I e II:
a) São isótopos.
b) São do mesmo elemento.
c) São isóbaros.
d) São Isótonos.
e) Têm o mesmo número atómico.

33- Em um átomo com 22 electrões e 26 neutrões, seu número atómico e


número de massa são, respectivamente:

a) 22 e 26 b) 48 e 22 c) 26 e 48 d) 22 e 48 e) 26 e 22

34- Sejam os elementos 63A150, B e C de números atómicos consecutivos e


crescentes na ordem dada. Sabendo que A e B são isóbaros e que B e C são
Isótonos, podemos concluir que o número de massa do elemento C é igual a:

Elaborado por MANJACQ Página 30


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a) 150 b) 153 c) 151 d) 64 e) 65.

35- Um átomo apresenta 15 protões e 12 neutrões. Qual o valor da massa atómica e


o número atómico?
a) 27 e 15 b) 15 e 27 c) 22 e 13 d) 32 e 21 e) nada disso

36- Os átomos M e N são isóbaros e apresentam as seguintes características:


10 + X M 5X N4X + 8
11 + X

Determine os números atómicos e os números de massa de M e N.


Resposta única: 18M 40 e 19N 40

41 41
37- Seja: 20Ca isótopos

X isótonos 19 K

Determine o número da massa de X


a) 40 b) 41 c) 39 d) 42 e) 39

38- Considerando as relações entre os átomos, indicadas no esquema a seguir,

Elaborado por MANJACQ Página 31


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

39- Considere as representações:

3x + 32 R11x + 15 5x - 8 S12x - 2 4x + 10 T10x + 35

Sabendo que R e S são isótopos, determine os números atómicos (Z) e os números


de massa (A) de R, S e T.
Resposta única: 92R235 S
92 238 90
T235

40- São dadas as seguintes informações relativas aos átomos Y e Z:


I — X é Isóbaro de Y e Isótono de Z.
II — Y tem número atómico 56, número de massa 137 e é isótopo de Z.
IIII — O número de massa de Z é 138. O número atómico de X é:

a) 53 b) 56 c) 54 d) 57 e) 55

41- O jornal Folha de São Paulo publicou, em 19/06/94, matéria sobre


empresas norte-americanas que estavam falsificando suco de laranja. O
produto, vendido como puro, estava sendo diluído com água. A fraude foi
descoberta através de medidas de teores de isótopos de oxigénio ( 16O e 18 O). O
isótopo mais pesado fica um pouco mais concentrado na água presente nas
plantas em crescimento do que nas águas oriundas de fontes não biológicas.
Considere as afirmações:

I — Os números atómicos destes isótopos são iguais.

II — O número de massa de 16 O é 16 e indica a soma do número de protões e de


electrões existentes no átomo.

III — O número de neutrões nos isótopos acima é 16 e 18, respectivamente.

IV — A distribuição electrónica de 16 O é igual à de 18O.

V — O suco puro deve conter maior quantidade de 18O.

Quais são correctas?

a) Apenas I e II d) apenas I, II e V
b) Apenas I e III e) apenas I, IV e V
c) Apenas II e IV

Elaborado por MANJACQ Página 32


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 5: efeito foto eléctrico

1- Determine a relação existente entre o comprimento de onda de um fotão e sua quantidade de


movimento. Utilize )a eq. de Planck ( E=h e a eq. de Einstein para a energia de uma
partícula (E=mc2).

2- Calcule a energia de um fotão de uma radiação cujo comprimento de onda é 3Å.


Expresse o resultado em kJ, eV e Erg.

3- Calcule a energia necessária para promover um electrão do átomo de hidrogénio


desde a órbita mais estável até a n=4.

4- O raio do átomo de hidrogénio no seu estado estável é 5,29x10 -9 cm. Calcule a


força de atracão do núcleo sobre o electrão.

5- Calcule os raios das primeiras órbitas de Bohr para o átomo de Hidrogénio, utilizando a
equação (1.8). b) Utilize os valores desses raios para calcular a velocidade do e- em cada
uma dessas órbitas.

6- Determinar o comprimento de onda de De Broglie para a) uma bola de basebol (m=1kg)


movendo-se a uma velocidade de 10m/s, b) um electrão com energia cinética de 100eV.

7- Calcular a incerteza no momento de um electrão cuja posição esta localizada


com uma imprecisão de 0,05Å. O que você conclui deste resultado.

8- Qual a frequência do fotão que tem a energia de:


a) 1eV;
b) 1KeV;
c) 1MeV;

9- A função trabalho do tungsténio é 4,58eV. Calcular a energia cinética máxima dos electrões
se o comprimento de onda da luz incidente for:
a)200nm

b) 250 nm;
Elaborado por MANJACQ Página 33
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

10- A energia mínima necessária para remover um electrão da superfície do césio metálico é
igual a 3,14x10-19J. Determine o comprimento de onda máximo da luz capaz de produzir uma
corrente de fotoelectrões do césio metálico.

11- Supondo que a luz incidente sobre a superfície metálica do césio metálico possua um
comprimento de onda 50nm menor do que aquele calculado no problema anterior determine a
velocidade do electrão ejectado.

12- A intensidade da luz solar na superfície terrestre é de aproximadamente 1400W/m2


admitindo que a energia média dos fotões é 2eV (correspondente ao comprimento de onda de
600nm) calcule o número de fotões que atinge 1cm2 de área superficial por segundos.

13- A energia cinética do electrão no estado fundamental do átomo de hidrogénio é 13,6eV=Eo


. A energia cinética do electrão no estado n=2 é?

14- Calcule o valor da constante de Rydberg.

15- O raio do átomo de hidrogénio no seu estado estável é 5,29x10 -9cm. Calcule a força de
atracção do núcleo sobre o electrão.

16- O raio da órbita n=1 do átomo de hidrogénio é ao = 0,053nm. Qual é o raio da órbita n=5?

17- Calcule a energia de um fotão de uma radiação cujo comprimento de onda é 3Å. Expresse o
resultado em kJ, eV e Erg.

18- Use os valores conhecidos das constantes da equação do 1° raio de Bohr para mostrar que ao
é aproximadamente igual a 0,0529nm.

19- Determine os comprimentos de onda na série de Lyman das transições:


a) n1 =3 para n2 = 1
b) n1 =4 para n2 = 1

20- Determine a energia das três transições de maior comprimento de onda da série de Balmer e
os comprimentos de onda correspondentes.

Elaborado por MANJACQ Página 34


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

21- A luz amarela do sódio com um comprimento = 5890Ǻ de onda quando incide sobre uma
lâmina de potássio provoca foto emissão de electrões que escapam da superfície com energia
de 0,577x10-19J. Entretanto a luz ultravioleta do = 2537 Ǻ quando incidemercúrio com sobre
o mesmo metal permite que electrões escapem com energia de 5,036 x 10-19J.
a) Deduzir a constante de Planck
b) Qual a função trabalho do potássio?
c) Explique claramente em que consiste o efeito fotoeléctrico desenhando um gráfico para
deduzir a expressão.

22- Quando se ilumina uma superfície com luz de 512nm se observa que a energia máxima dos
electrões emitidos é 0,54eV. Qual a energia cinética máxima quando a superfície for iluminada
por luz de 365nm?

Tema 6: Números quânticos


1- Represente a distribuição electrónica do 28Ni4+ na forma curta:

Elaborado por MANJACQ Página 35


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a) [Ar]3d6 b) 1s22s22p63s23p63d6 c) [Ne]3d6 d) Outro

2- Determina o nº atómico a partir do seguinte conjunto de números quânticos:6, 2, 1 e -1/2.

a) 109 b) 100 c) 30 d) Outro

3- Dentre as opções abaixo, assinale a falsa com F e verdadeira com V.

a) A primeira camada electrónica contém apenas 2 electrões


b) A forma de nuvem electrónica do orbital 1s é esférica
c) Qualquer camada electrónica contém um número de subcamadas iguais ao número quântico
magnético
d) Em um átomo no estado normal, as camadas e subcamadas são preenchidas por ordem
crescente de energia

4- Se um átomo neutro, no estado fundamental tem configuração electrónica 1s 22s22p1. Quantas


orbitais vazias existem ainda no nível 2.

a) 1 b) 2 c) 5 d) 3

5- Um átomo neutro no estado fundamental tem configuração electrónica 1s22s22p53s1, das


preposições que se seguem quais são verdadeiras e quais as falsas?
a. O átomo tem número atómico 10
b. O átomo não está na configuração mas estável
c. Os orbitais 1s e 2s são completos
d. O orbital 2p está incompleta

5.1- São consideradas verdadeiras


a) Somente alínea a
b) Somente alínea a, b e d
c) Somente alínea a, b e c
d) Todas as afirmações são verdadeiras
6- Assinale as afirmações falsas na comparação entre Na e Na+ se constatar que são diferentes:
a. Suas propriedades químicas
b. nº de electrões que possuem
Elaborado por MANJACQ Página 36
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

c. Os seus raios atómicos e iónicos, respectivamente


d. O nº de protões que possuem
e. O seu comportamento químico frente a água

7- Qual o número máximo de electrões que se pode colocar no orbital atómico de número
quântico l=3?
a) 2 b) 10 c) 8 d) 14

8- Qual o número máximo de electrões que se pode colocar no orbital atómico de número
quântico n=4?
a) 32 b) 2 c) 18 d) 8

9- Qual das seguintes afirmações a respeito da luz é falsa?


a. É uma forma de energia
b. Todos os fotões têm a mesma quantidade de energia
c. Não pode ser desviada por um magnete
d. Tem duas naturezas, uma electrónica e outra magnética

10- Quais são os valores possíveis de m para o caso de l=2?


a. -2, -1, 0, 1, 2
b. 2, 1, 0, -1, -2
c. 1, 2, 3, 0

11- Quais os valores possíveis de l para o caso de m=3?

12- Quantos electrões existem no orbital 6p fazendo-se a distribuição electrónica do 81Ti

a) 6 b) 1 c) 2 d) 10

13- Qual é o subnivel de maior energia na distribuição electrónica do 20Ca.

Elaborado por MANJACQ Página 37


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Elaborado por MANJACQ Página 38


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Elaborado por MANJACQ Página 39


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Elaborado por MANJACQ Página 40


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 7: tabela periódica

7.1 lei das tríades


Um dos esforços mais antigos e reconhecidos cientificamente, no sentido de encontrar
uma relação no comportamento dos elementos, resultou na identificação e na reunião de
elementos com propriedades semelhantes em grupos de três. Esses grupos foram propostos
em 1829 pelo químico alemão Johann Wolfgang Döbereiner e denominados tríades.

Estudando certos grupos de 3 elementos, como Ca - Sr - Ba, Döbereiner constatou haver


uma relação entre as suas massas, de forma que o elemento central apresentava massa atómica
aproximadamente igual à média aritmética entre as massas atómicas dos outros dois. Assim:
23,0 é a média entre 6,9 e 39,1. Com base nas propriedades físicas que havia determinado
experimentalmente, Döbereiner concluiu que o elemento central de cada tríade possuía
propriedades físicas intermediárias entre os outros dois.

Lei do parafuso telúrico


Em 1862, A Beguyer de Chancourto ordenou os elementos em função do crescimento das
massas atómicas, numa curva helicoidal denominada parafuso telúrico, de forma que os
elementos com propriedades semelhantes ocupavam posições numa mesma vertical. A
classificação de Chancourtois é realmente válida para elementos químicos com massa atómica
Elaborado por MANJACQ Página 41
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

igual ou inferior a 40.

7.2 Lei das oitavas


Em 1866, John Newlands, que era cientista e músico, observou que ordenando os
elementos de acordo com suas massas atómicas, a partir de um dado elemento, o oitavo
elemento é uma espécie de repetição do primeiro (possui propriedades semelhantes), do mesmo
modo que ocorre com as notas musicais, tendo sugerido um quadro com 7 grupos de 7
elementos cada. Este arranjo foi denominado Lei das oitavas.

Na época, a relação entre química e música foi considerada ridícula, constituindo-se alvo
de muitas críticas e, por esse motivo, a periodicidade das propriedades dos elementos,
observada por Newlands, foi desprezada pelos membros da Sociedade Química de Londres.
Newlands precisou esperar aproximadamente 20 anos para ter o seu trabalho reconhecido,
ou seja, para que os cientistas da época aceitassem a ideia da existência de um padrão periódico
(repetitivo) nas propriedades dos elementos químicos.

Elaborado por MANJACQ Página 42


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Dimitri I vanovitch Mendeleev, na Rússia, e Lothar Meyer, na Alemanha, criaram


Independentemente e praticamente ao mesmo tempo - tabelas periódicas muito parecidas.
Pouco tempo depois, essas tabelas originariam as que são usadas actualmente.
Costuma-se atribuir maior importância ao trabalho de Mendeleev por ter sido publicado antes e
por ser mais completo, aprofundando o estudo com propriedades químicas dos elementos.
Mendeleev conclui, devido aos resultados obtidos em várias experiências, que as propriedades
químicas e físicas dos elementos se repetiam com certa regularidade em função da massa
atómica dos elementos. Essa regularidade foi expressa por Mendeleev, em 1869, da seguinte
maneira:

Mendeleev organizou os elementos (63 elementos eram conhecidos na época) em linhas


horizontais, chamadas períodos, em ordem crescente de massas atómicas e em colunas verticais,
denominadas grupos, onde se situavam os elementos com propriedades semelhantes. Esse
trabalho originou, em 1871, a tabela periódica de Mendeleev.

Observa-se, nessa tabela, a existência de algumas lacunas referentes a elementos não


conhecidos na época e indicados por asteriscos (*), mas cujas existências foram previstas por
Mendeleev. Audaciosamente, além de prever a descoberta de novos elementos, em alguns casos
ele também prognosticou com precisão as propriedades desses novos elementos. O quadro a
seguir registar algumas propriedades do elemento germânio - denominado eka-silício por
Mendeleev -, previstas por ele em 1871, e as realmente determinadas após a descoberta desse
Elaborado por MANJACQ Página 43
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

elemento, em 1885.

Os trabalhos de Mendeleev também permitiram inverter as posições de alguns elementos


em às massas atómicas para agrupar os que tinham propriedades semelhantes. É o caso do I
(massa atômica127) e do Te (massa atómica 128).
Em síntese, a falta de determinados conhecimentos químicos dessa época acabou
valorizando o trabalho criativo e de pesquisa de Mendeleev:

A classificação elaborada por Mendeleev foi utilizada por quase meio século, mas, com o
início das experiências relacionadas à estrutura do átomo, novas classificações, mais modernas,
surgiram.
A carga nuclear (n.º atómico), termo proposto por Mosele, começa a ser encarado como a
"identidade" do elemento, e não mais a massa atómica e, em função disso, Moseley verificou que
as propriedades dos elementos eram relacionadas com o n.º de protões existentes em seus
núcleos. Com essa descoberta foi possível corrigir algumas anomalias observadas por
Mendeleev.
Em 1913, Moseley enunciou a seguinte lei:

Tabela Periódica Actual


Na tabela actual, os elementos químicos estão dispostos em ordem crescente de número
atómico em 7 linhas horizontais, denominadas períodos, e em 18 colunas verticais, denominadas
grupos ou famílias.
Elaborado por MANJACQ Página 44
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Períodos ou séries
A localização dos diversos elementos nos respectivos períodos está relacionada com o
número de níveis electrónicos (camadas) dos elementos, ou seja, a ordem do período
corresponde ao número de camadas que os elementos apresentam. Elementos situados num
mesmo período apresentam mesmo número de níveis.

Famílias ou grupos
A tabela actual é constituída por 18 famílias, sendo que cada uma delas agrupa elementos
com Propriedades químicas semelhantes devido ao fato de apresentarem a mesma configuração
electrónica na sua camada de valência.
Existem, actualmente, duas maneiras de identificar as famílias ou grupos. Uma delas, a mais
comum, é indicar cada família por um algarismo romano seguido das letras A e B, por exemplo,
IA, IIA, IIIB e IVB.
Essas letras A ou B, indicam a posição do electrão mais energético nos subníveis. No final da
década de 80, a IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada) propôs outra maneira:
as famílias devem ser indicadas por algarismos arábicos de 1 a 18, eliminando-se as letras A e B.

Elaborado por MANJACQ Página 45


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 7: exercicios

1- Um elemento tem estado fundamental somente um electrão no sub-nível 4p esse elemento


localiza-se na tabela periódica no grupo:
a) 1A b) 1B c) 3A d) 4A

2- Pertencem a mesma família da tabela periódica os elementos de número atómico:


a) 6 e 12 b) 8 e 16 c) 13 e 17 d) 4 e 14

3- Qual entre os átomos de F, Br, Cl e I apresenta maior energia de ionização:


a) Br b) Cl c) F d) I
4- Os átomos x, y e z são do mesmo período. x é um meta alcalino, y está no grupo 5A e z é
um halogéneo. Qual deles tem maior afinidade electrónica?
a) x b) y c) z d) Outro

5- Como varia o raio atómico ao longo da tabela periódica?


a) Aumenta de baixo para cima
b) Diminui de baixo para cima
c) Aumenta da esquerda para direita
d) Diminui da direita para esquerda

6- Como varia a electronegatividade ao longo da tabela periódica?


a) Aumenta de baixo para cima
b) Diminui de baixo para cima
c) Aumenta da esquerda para direita
d) Diminui da direita para esquerda

7- Como varia o carácter metálico ao longo da tabela periódica?


a) Aumenta de baixo para cima
b) Diminui de baixo para cima
c) Aumenta da esquerda para direita

Elaborado por MANJACQ Página 46


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

d) Diminui da direita para esquerda


8- Assinale a alternativa falsa
a. O catião é menor que o átomo neutro correspondente
b. Todo anião é maior que o átomo neutro correspondente
c. Todos compostos iónicos são sólidos em condições ambientais
d. O átomo de cloro tende a perder electrões para fazer uma ligação

9- As espécies que correspondem a substâncias compostas são:

a) Cl b) Al c) NaF d) CaCl2 e) Unn

10- As espécies que correspondem a substâncias orgânicas são:


a) H2CO3 b) C6H6 c) KMnO4 d) C4H10 e) CH4

11- As espécies que correspondem a substâncias moleculares ou covalentes são:


a) K b) CO2 c) He d) Ne e) NO

12- As espécies que correspondem a substâncias iónicas são:


a) NaCl b) Na2SO4 c) K2O d) Al(OH)3 e) Mg

13- As espécies que correspondem a substâncias metálicas são:


a) He b) Ag c) Hg d) Pb e) AlCl3

14- As espécies que estão na forma iónica são:


a) MnO4- b) CrO42- c) Al d) Cr3+ e) HCl

15- Cientista que concebeu a tabela periódica dos elementos químicos foi:
a) Lothar Mayer
b) Newlands
c) Mendeleyev
d) Dobereiner
e) Henry Cavendish

Elaborado por MANJACQ Página 47


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

16- A tabela periódica actual é constituída por:


a) 110 elementos b) 99 elementos c) 46 elementos d) 118 elementos e) 456 elementos

17- Qual dos seguintes átomos são metais:


a) Na b) K c) Rb d) B e) Si

18- Qual dos seguintes átomos são não metais:


a) Mg b) Br c) I d) Ca e) Fr

19- Assinale a expressão verdadeira com (V) e a falsa com (F)


a) Os metais encontram-se na natureza no estado de agregação gasoso
b) O mercúrio é o único metal líquido
c) O alumínio é um dos poucos metais que não oxida com humidade
d) Todos átomos do grupo VIIIA são metais alcalinos
e) Todas as afirmações são verdadeiras

20- Escreva o nome dos seguintes átomos:


a) Ar b) As c) At d) Ag e) Au

21- Os elementos que se encontram na diagonal a direita da tabela periódica chamam-se:


a) Metais alcalinos
b) Não metais
c) Metais alcalinos terrosos
d) Metais de transição interna

22- Em quantos blocos está dividida a tabela periódica:


a) 6 b) 4 c) 18 d) Não possui nenhuma divisão e) 32

23- Os electrões de valência dos átomos da mesma família são:


a) Próximos b) Diferentes c) Iguais d) Impossíveis de contar c) Sempre um nº par

24- Nos átomos as partes que reagem são:


a) Os protões b) Os neutrões c) Os electrões d) Todas as partes e) Nenhuma parte

Tema 8: ligações químicas e forças intermoleculares


Elaborado por MANJACQ Página 48
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

1- Os elementos A e B apresentam as seguintes configurações electrónicas:

A - 1s22s22p63s23p64s2 e B - 1s22s22p63s23p5. Qual é a forma esperada para cada composto


formado entre estes dois compostos e qual é a ligação envolvida?

a) AB2 , com ligação metálica b) A2B3 , com ligação iónica


c) AB2 , com ligação iónica d) Outro

2- Utilizando os esquemas de Lewis, qual será o composto formado por Al e O?

a) Al2O5 b) AlO2 c) Al2O3 d) AlO3

3- No composto KBr existe ligação:

a) Metálica b) Iónica c) Covalente d) Dativa

4- Identifique entre os compostos mencionados a baixo o composto iónico:

a) BCl3 b) CsCl c) Cl2 d) ICl e) HCl

5- Classifique o tipo de ligação e o par de ligações existentes nos seguintes compostos:

a) CO2 b) H2O c) COCl2 d) NH3 e) Cl2 f) N2

6- Verifique quantas ligações dativas existem nos seguintes compostos:

a) SO2 b) H2SO4 c) HMnO4 d) H3PO4

7- Determine a hibridação do átomo central e a geometria molecular dos seguintes compostos:

a) HCN b) BeCl2 c) PH3 d) C2H2 e) CH4 f) NH3


g) PCl5 h) BF3 i) NH4+ j) C2H6 k) SnCl4 l) C6H6

8- Determine a hibridação para cada átomo de carbono nos compostos a baixos:

a) CH3CH2CH2CH3 b) CH2=CHCH3 c) CH3CH=CHCH=CH3 d) CH≡CCH3

9- CO2 é de importância crucial em vários processos que se desenvolvem na Terra, participando,


por exemplo, da fotossíntese, fonte de carbono para formação da matéria que compõe as plantas

Elaborado por MANJACQ Página 49


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

terrestres e marinhas. Sabendo que a molécula de CO2 é apolar, podemos afirmar que as forças
intermoleculares que unem as moléculas de CO2 são do tipo

a) Iónico. b) Ponte de hidrogénio. c) Forças dipolo-dipolo.

d) Forças de London. e) Forças dipolo-permanente.

10- A alternativa que apresenta somente moléculas polares é:


Dados: (número atómico) H = 1; C = 6; N = 7; O = 8; P = 15; S = 16; Cl = 17. (tabela de
eletronegatividade) F > O > Cl = N > Br > I = C = S > P = H
a) N2 e H2 b) H2O e NH3 c) PH3 e CO2 d) H2S e CCl4 e) CH4 e HCl

11- A capacidade que um átomo tem de atrair electrões de outro átomo, quando os dois formam
uma ligação química, é denominada electronegatividade. Esta é uma das propriedades químicas
consideradas no estudo da polaridade das ligações. Consulte a Tabela Periódica e assinale a
opção que apresenta, correctamente, os compostos H 2O, H2S e H2Se em ordem crescente de
polaridade.
a) H2Se < H2O < H2S b) H2S < H2Se < H2O c) H2S < H2O < H2Se
d) H2O < H2Se < H2S e) H2Se < H2S < H2O

12- Água e etanol são dois líquidos imiscíveis em quaisquer proporções devido a ligações
intermoleculares, denominadas:

a) Iónicas. b) Pontes de hidrogénio. c) Covalentes coordenadas.

d) Dipolo induzido - dipolo induzido. e) dipolo permanente

13- Analise a tabela

São feitas as seguintes proposições: I. o


ponto de ebulição do éter metílico é igual ao do etanol, pois p 2ossuem mesma massa molar; II. a
força intermoleculares do etanol é ligação de hidrogénio, possuindo o maior ponto de ebulição;
III. a força intermoleculares do propano é denominada van der Waals. Está correcto o contido

a) I, apenas b) II, apenas c) I e III, apenas d) II e III, apenas e) I, II e III

Elaborado por MANJACQ Página 50


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

14- Analise os compostos abaixo e assinale a alternativa que os dispõe em ordem decrescente de
pontos de ebulição.

I - CH3CH2CHO II- CH3COOH III- CH3CH2CH2OH IV- CH3CH2CH2CH3

a) II, III, I, IV. b) IV, II, III, I. c) I, II, IV, III. d) II, IV, III, I.

15- As forças intermoleculares são responsáveis por várias propriedades físicas e químicas das
moléculas, como, por exemplo, a temperatura de fusão. Considere as moléculas de F2, Cl2 e Br2.

a) Quais as principais forças intermoleculares presentes nessas espécies?

b) Ordene essas espécies em ordem crescente de temperatura de fusão.

16- As ligações intermoleculares por pontes de hidrogénio são uma interacção dipolo-dipolo
exageradamente alta sendo responsável por alto ponto de ebulição para alguns compostos. Dos
compostos abaixo relacionados, o que não apresenta este tipo de interacção, está relacionada na
alternativa?

a) H3COH b) NH3 c) H3C - CH2 - OH d) HF e) H3C - COOH

17- As temperaturas de ebulição de tetraclorometano, CCl4, e metano, CH4, são iguais,


respectivamente, a + 77 ºC e a - 164 ºC. Assinale a alternativa que explica correctamente essa
diferença de valores.

a) A electronegatividade dos átomos de Cl é maior que a dos átomos de H.


b) A energia necessária para quebrar ligações C—Cl é maior que aquela necessária para
quebrar ligações C—H.
c) As interacções de dipolos induzidos são mais intensas entre as moléculas de CCl 4 que entre
as moléculas de CH4.
d) As ligações químicas de CCl4 têm natureza iónica, enquanto as de CH4 têm natureza
covalente.
18- Foram apresentadas a um estudante as fórmulas de quatro pares de substâncias. Foi pedido a
ele que, considerando os modelos de ligações químicas e de interacções intermoleculares
apropriados a cada caso, indicasse, em cada par, a substância que tivesse a temperatura de fusão
mais baixa. O estudante propôs o seguinte:

A alternativa que apresenta o número de previsões

a) 0 b) 1 c) 2 d) 3
Elaborado por MANJACQ Página 51
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 9: Reacções químicas

1- Dadas as equações químicas a seguir explique porque as transformações correspondentes


ocorrem e indique as associações entre iões que realmente ocorrem e os ioes
espectadores.
a) KCN(aq) + HCl(aq) → KCl + HCN(g)
b) HNO3 + KOH(aq) → KNO3(aq) + H2O(l)
c) Pb(NO3)2(aq) + H2SO4(aq) → PbSO4(s) + 2HNO3(aq)
d) Pb(NO3)2(aq) + 2NaI(aq) → PbI2(s) 2NaNO3(aq)
e) MgCO3 + 2HCl(aq) → MgCl2(aq) + H2O(l) + CO2(g)

2- Verifique porque as seguintes transformações ocorrem:


a) Na2S(aq) + 2HNO3(aq) → 2NaNO3(aq) + H2S(g)
b) NH4Cl(aq) + NaOH(aq) → NaCl(aq) + NH4OH(aq)

3- Verifique se as transformações a seguir ocorrem:


a) Al(s) + BiCl3(aq) AlCl3(aq) + Bi(s)
b) Ag(s) + K+(aq) Ag+(aq) + K(s)
c) Pb(NO3)2(aq) + 2NaI(aq) PbI2(s) 2NaNO3(aq)

4- Escreva a associação dos iões que realmente ocorre nas reacções de dupla troca. Comente
cada uma delas.
a) HNO3(aq) + KOH(aq) → KNO3(aq) + H2O(l)
b) 2HNO3(aq) + Na2S(aq) → 2NaNO3(aq) + H2S(g)
c) Na2SO4(aq) + BaCl2(aq) → BaSO4(s) 2NaCl(aq)

5- Verifique se ocorrem ou não as reacções representadas por:


a) Ni(s) + HgSO4(aq) → NiSO4(aq) + Hg(l)
b) Cl2(aq) + 2NaF(aq) → NaCl(aq) + F2(aq)
c) Mg(s) + SnCl2(aq) MgCl2(aq) + Sn(s)
d) Cu(s) + NiSO4( aq) → CuSO4(aq) + Ni(s)
e) Cu(s) + MnCl2(aq) → CuCl2(aq) + Mn(s)

Elaborado por MANJACQ Página 52


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

6- Complete a equação em que a reacção ocorre:


a) Zn(s) + H2SO4(aq) →
b) Ni(s) + CaCl2(aq) →
c) Ca(s) + ZnSO4(aq) →
d) Pb(s) + FeCl2(aq) →

7- Indique o agente oxidante e redutor em cada transformação:


Zn(s) + 2H+(aq) → Zn2+(aq) + H2(g)
Fe(s) + Pb2+(aq) → Fe2+(aq) + Pb(s)
2Al(s) + 3Cu2+(aq) → 2Al3+(aq) + 3Cu(s)
Mg(s) + Pb2+(aq) → Mg2+(aq) + Pb(s)

8- Descubra os coeficientes da equação_


−¿+ H O¿
2
→ 2+ ¿+ NO ¿
3
−¿+ H +¿ Mn ¿
¿
−¿+ N O2 ¿
Mn O 4

9- Na equação: HBrO3 + SO2 + H2O → Br2 + H2SO4 o agente oxidante e o agente redutor e
os coeficientes são, respectivamente:
a) Br2, H2SO4 e 1,5,2,1,5 b) HBrO3 , SO2 e 1,5,2,1,5 c) SO2, HBrO3 e 2,5,4,1,5
d) HBrO3 , SO2 e 2,5,4,1,5 e) Br2 , SO2 e 2,5,4,1,5

10- As pilhas que contem carvão activado procuram eliminar o excesso de cloro na água
tratada, pode ocorrer a reacção:
Cl2 + C + H2O → CO2 + H+ + Cl-
Balanceando a equação com os números inteiros possíveis, qual a soma dos coeficientes do
primeiro membro?
a) 4 b) 5 c) 6 d) 7 e) 8

11- Na reacção Fe2O3 + 3CO → 2Fe + 3CO2 , utilizada em siderurgia, que elemento oxidou-
se e qual reduziu-se?

12- A cebola, por conter derivados de enxofre, pode escurecer talheres de prata. Esse
fenómeno pode ser representado pela equação:
Ag(s) + 2H2S(g) +O2(g) 2Ag2S(s) + 2H2O(l)

Elaborado por MANJACQ Página 53


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Pode-se afirmar que:


a) A prata é o agente redutor
b) A prata sofre redução
c) O oxigénio sofre oxidação
d) O H2S é o agente oxidante
e) O enxofre sofre redução

13- Em relação à equação balanceada, fazem-se as seguintes afirmações:

Hg + 2H2SO4 (conc) → HgSO4 + SO2 + 2H2O


I. A soma dos coeficientes é igual à 7
II. O mercúrio sofre redução
III. O número de oxidação do enxofre vária de +6 para +2
IV. O H2SO4 é o agente oxidante
Das afirmações feitas, são correctas somente:
a) I e III b) II e IV c) II e III d) I e IV e) III e IV

14- Considere a seguinte equação não balanciada:


CuO + NH3 → N2 +H2O + Cu
 Após seu balanceamento, verificamos que os coeficientes dos agentes oxidante e redutor
são, respectivamente:
a) 1 e 2 b) 3 e 2 c) 3 e 1 d) 2 e 1 e) 2 e 3

15- A equação:
MnO4- + Fe2+ + H+ → Mn2+ + Fe3+ + H2O
 Está correctamente balanceada na alternativa:
a) MnO4- + Fe2+ + 2H+ → Mn2+ + Fe3+ + H2O
b) MnO4- + Fe2+ + 4H+ → Mn2+ + Fe3+ + 4H2O
c) MnO4- + Fe2+ + 8H+ → Mn2+ + Fe3+ + 4H2O
d) MnO4- + 5Fe2+ + 8H+ → Mn2+ + 5Fe3+ + 4H2O
e) MnO4- + 3Fe2+ + 8H+ → Mn2+ + 3Fe3+ + 4H2O

16- Complete e balancei a seguinte equação:


Cr2O72- + I- → I2 + Cr3+
Nesta equação balanceada qual será a soma dos coeficientes estequiométrico.
Elaborado por MANJACQ Página 54
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a) 28 b) 21 c) 33 d) 41 e) 35 f) 14 g) 17 h) Outro

17- Complete e balancei a seguinte equação:


Sn2+ + H+ + NO3- → Sn4+ + NO-
Nesta equação balanceada qual será a soma dos coeficientes estequiométricos.
a) 38 b) 41 c) 18 d) 22 e) 25 f) 12 g) 32 h) Outro

18- Seja a equação de oxi-redução não balanceada:


K2Cr2O7 + C6H12O6 → Cr2O3 + K2O + CO2 + H2O
A soma dos coeficientes estequiométricos na equação balanceadaé.
a) 17 b) 25 c) 28 d) 32

19- A soma dos coeficientes estequiométricos na equação de óxido-redução:


HNO3 +3H2S → 2NO + 3S 4H2O
Depois de balanceada é:
a) 14 b) 25 c) 34 d) 8

20- A soma dos coeficientes estequiométricos na equação de oxi-redução:


K2Cr2O7 + HCl → KCl + CrCl3 + H2O +CL2
Depois de balanceada é:
a) 14 b) 41 c) 29 d) 19

21- Seja a equação de oxi-redução não balanceada:


MnO2 + KClO3 + KOH → K2MnO2 + KCl + H2O
A soma dos coeficientes estequiométricos na equação balanceada e:
a)25 b)33 c)8 d)32 e)outro

22- Acerte as seguintes equações:


a) H2O2+Fe2+ → Te3++H2O (meio acido)
b) Cu+HNO3 → Cu2++NO+H2O (meio acido)
c) CN-+MnO4- → CNO-+MnO2 (meio acido)
d) Br2 → BrO3- +Br- (meio acido)
e) S2O32-+I2 → I-+S4O62- (meio acido)
f) Mn2-+H2O2 → MnO2 +H2O (meio basico)

Elaborado por MANJACQ Página 55


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

g) Cr2O32-+C2O42- → Cr3+ +CO2(meio básico)


h) ClO-3 +Cl- → Cl2 +ClO2 (meio básico)
i) C3H8 +O2 → CO +H2O
j) KMnO4 +CH3- CH2OH → K2CO3 +MnO2 +H2O
k) KMnO4 + H2O2 + CH3COOH → Mn(CH3COO)2 + O2 + CH3COOK + H2O (meio acido)
l) KMnO4 + H2S + H2SO4 → MnSO4 + S + K2SO4 + H2O (meio acido)
m) N a2 C r 2 O7+ Fe ( N O 3 )2 + NaN O 3 + H 2 S O 4 (meio acido)
Cr 2 ( S O4 )3+ Fe ( N O3 )3 + Na2 S O4 + H 2 O

Divirta-se com os exercícios que se seguem


1. H2 + O2 → H2O

2. S8 + O2 → SO3

3. HgO → Hg + O2

4. Zn + HCl → ZnCl2 + H2

5. Na + H2O → NaOH + H2

6. C10H16 + Cl2 → C + HCl

7. Si2H3 + O2 → SiO2 + H2O

8. Fe + O2 → Fe2O3

9. C7H6O2 + O2 → CO2 + H2O

10. FeS2 + O2 → Fe2O3 + SO2

11. Fe2O3 + H2 → Fe + H2O

12. K + Br2 → KBr

13. C2H2 + O2 → CO2 + H2O

14. H2O2 → H2O + O2

15. C7H16 + O2 → CO2 + H2O

16. SiO2 + HF → SiF4 + H2O

17. KClO3 → KCl + O2

18. KClO3 → KClO4 + KCl

19. P4O10 + H2O → H3PO4

20. Sb + O2 → Sb4O6

21. C3H8 + O2 → CO2 + H2O

22. Fe2O3 + CO → Fe + CO2

23. PCl5 + H2O → HCl + H3PO4

Elaborado por MANJACQ Página 56


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

24. H2S + Cl2 → S8 + HCl

25. Fe + H2O → Fe3O4 + H2


26. N2 + H2 → NH3

27. N2 + O2 → N2O

28. CO2 + H2O → C6H12O6 + O2

29. SiCl4 + H2O → H4SiO4 + HCl

30. H3PO4 → H4P2O7 + H2O

31. CO2 + NH3 → OC(NH2)2 + H2O

32. Al(OH)3 + H2SO4 → Al2(SO4)3 + H2O

33. Fe2(SO4)3 + KOH → K2SO4 + Fe(OH)3

34. H2SO4 + HI → H2S + I2 + H2O

35. Al + FeO → Al2O3 + Fe

36. Na2CO3 + HCl → NaCl + H2O + CO2

37. P4 + O2 → P2O5

38. K2O + H2O → KOH

39. Al + O2 → Al2O3

40. Na2O2 + H2O → NaOH + O2

41. C + H2O → CO + H2

42. H3AsO4 → As2O5 + H2O

43. Al2(SO4)3 + Ca(OH)2 → Al(OH)3 + CaSO4

44. FeCl3 + NH4OH → Fe(OH)3 + NH4Cl

45. Ca3(PO4)2 + 6 SiO2 → P4O10 + CaSiO3

46. N2O5 + H2O → HNO3

47. Al + HCl → AlCl3 + H2

48. H3BO3 → H4B6O11 + H2O

49. Mg + N2 → Mg3N2

50. NaOH + Cl2 → NaCl + NaClO + H2O

51. Li2O + H2O → LiOH

52. CaC2 + H2O → C2H2 + Ca(OH)2

53. Fe(OH)3 → Fe2O3 + H2O

54. Pb(NO3)2 → PbO + NO2 + O2

55. BaO + H2O → Ba(OH)2

56. Ca + AlCl3 → CaCl2 + Al


Elaborado por MANJACQ Página 57
Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

57. NH3 + NO → N2 + H2O

58. H3PO3 → H3PO4 + PH3

59. Fe2O3 + C → CO + Fe

60. FeS + O2 → Fe2O3 + SO2

61. NH3 + O2 → NO + H2O

62. Si + S8 → Si2S4

63. Hg2CO3 → Hg + HgO + CO2

64. SiC + Cl2 → SiCl4 + C

65. Al4C3 + H2O → CH4 + Al(OH)3

66. V2O5 + HCl → VOCl3 + H2O

67. Ag2S + KCN → KAg(CN)2 + K2S

68. Au2S3 + H2 → Au + H2S

69. ClO2 + H2O → HClO2 + HClO3

70. KO2 + CO2 → K2CO3 + O2

71. MgNH4PO4 → Mg2P2O7 + NH3 + H2O

72. MnO2 + HCl → MnCl2 + H2O + Cl2

73. Pb + Na + C2H5Cl → Pb(C2H5)4 + NaCl

74. Ca(OH)2 + H3PO4 → CaHPO4 + H2O

75. Zn + NaOH + H2O → Na2Zn(OH)4 + H2

76. SrBr2 + (NH4)2CO3 → SrCO3 + NH4Br

77. Hg(OH)2 + H3PO4 → Hg3(PO4)2 + H2O

78. Ca3(PO4)2 + SiO2 + C → CaSiO3 + P4 + CO

79. I4O9 → I2O6 + I2 + O2

80. C2H3Cl + O2 → CO2 + H2O + HCl

81. (NH4)2Cr2O7 → NH3 + H2O + Cr2O3 + O2

82. Al + NaOH + H2O → NaAl(OH)4 + H2

83. NH4Cl + Ca(OH)2 → CaCl2 + NH3 + H2O

84. Al + NH4ClO4 → Al2O3 + AlCl3 + NO + H2O

85. H2SO4 + NaHCO3 → Na2SO4 + CO2 + H2O

86. Ca10F2(PO4)6 + H2SO4 → Ca(H2PO4)2 + CaSO4 + HF

87. Ca3(PO4)2 + H2SO4 → CaSO4 + Ca(H2PO4)2

89. C4H10 + Cl2 + O2 → CO2 + CCl4 + H2O

90. C7H10N + O2 → CO2 + H2O + NO2

91. H3PO4 + HCl → PCl5 + H2O

Elaborado por MANJACQ Página 58


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

92. HCl + K2CO3 → KCl + H2O + CO2

93. Ca(ClO3)2 → CaCl2 + O2

94. C2H5OH + O2 → CO + H2O

95. Xe + F2 → XeF6

96. NH4NO3 → N2O + H2O97. Au2O3 → Au + O2

97. Au2O3 → Au + O2

98. C4H10 + O2 → CO2 + H2O

99. Fe3O4 + H2 → Fe + H2O

100. O2 → O3
101. I2 + HNO3 → HIO3 + NO2 + H2

102. C6H6 + O2 → CO2 + H2O

103. C2H5OH + O2 → CO2 + H2O

104. HClO4 + P4O10 → H3PO4 + Cl2O7

105. BaCl2 + Al2(SO4)3 → BaSO4 + AlCl3

106. (NH4)2Cr2O7 → Cr2O3 + N2 + H2O

107. NaHCO3 → Na2CO3 + CO2 + H2O

108. Fe2(C2O4)3 → FeC2O4 + CO2

109. Ca3P2 + H2O → Ca(OH)2 + PH3


110. As + NaOH → Na3AsO3 + H2

Elaborado por MANJACQ Página 59


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 10: Estequiometria

1 - Das afirmações abaixo identifique as verdadeiras corrigindo as falsas:


1.1 - O volume ocupado por qualquer mol de um gás nas CNTP chama-se volume molar, e é igual a
22,4 litros.
a) Falsa b) verdadeira

1.2 - As reacções químicas que se consideram incompletas (são caracterizados como reacções
irreversível) são representadas por uma seta direccionada em 1 único sentido (→).
a) Falsa b) verdadeira

1.3 - Quando tivermos quantidade de 2 ou mais produtos é necessário determinar o reagente


limitante e o reagente que esta em excesso.
a) Falsa b) verdadeira

1.4 - A quantidade de qualquer produto de uma reacção, calcula-se a partir da quantidade do


reagente em excesso.
a) Falsa b) verdadeira

1.5 - Sempre que se tem uma dada quantidade de uma amostra impura, é conveniente determinar
a quantidade de pureza na amostra.
a) Falsa b) verdadeira

1.6 - Quando o cálculo estequiométrico envolve relações de massas, é conveniente achar a massa
molar dos compostos em questão e multiplica-las pelo respectivo coeficiente estequiométrico.
a) Falsa b) verdadeira

1.7 - Princípio da gravimetria:


Em regra o teor de um elemento (ião) que se quer determinar, na substancia em estudo,
obtém-se em analise gravimetria pela massa do precipitado depositado após a
precipitação deste elemento (ião) sob forma de um composto facilmente solúvel.
a) Falsa b) verdadeira

Elaborado por MANJACQ Página 60


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

2- Quantos átomos existem em 635kg de cobre?


a) 6,02.1027 b) 3,02.1023 c) 2,04.1025 d) 1,1026 e) 8,1025

3- Quantas moléculas existem em 180kg de óxido de hidrogénio?


a) 6,02.1027 b) 5,02.1025 c) 4,02.1023 d) 1.1028 e) 2,009.1021
4- Calcule a quantidade de substância que existe em 125g de dióxido de carbono?
a) 1,35 b) 2,84 c) 9,33 d) 10 e) 1,0

5- As massas nuclídicas do Cl35 e Cl37 são respectivamente 34,9689 e 36,9659. Estes são os
únicos isótopos naturais do cloro. Sabendo que o seu peso atómico é 35,4527.Qual será a
percentagem do isótopo de Cl37?
a) 75,77 b) 12,13 c) 24,23 d) 39,95 e) 12,1

6- Em uma determinação do peso atómico, verifica-se que em 3,7692g de SnCl 4, existem


1,7170g de estanho. Se tomamos o peso atómico do cloro como sendo 35,453, qual será o
peso atómico do estanho?
a) 118,64 b) 50,51 c) 91,21 d) 112,41 e) 222

7- Determine a fórmula empírica de um mineral que apresentou a seguinte composição:


21,16%MgO; 60%SiO2 e 70%H2O
a) MgOSiO2H2O b) 2MgO3SiO22H2O c) 4MgO3SiO24H2O d) H2O3SiO2MgO e) Outro

8-Determine a fórmula empírica de um mineral que apresentou a seguinte composição:


12%Na; 14,19%Al; 22,14%Si; 42,09%O e 9,48%H2O
a) NaAlSiOH2O b) Na2Al2Si32H2O c) Na3Al2Si10O43H2O d) NaAlSiO18H2O e) Outro

9- Ao analisar 44,0g de vitamina C chegou-se a conclusão que a vitamina continha 18,0g de


carbono, 2,0 g de hidrogénio e 24,0g de oxigénio. Sabe-se que a massa molar da vitamina C é
igual à 176g.mol-1. Qual é a fórmula molecular da vitamina C?
a) C4H3O3 b) C3H4O3 c) C3H3O3 d) C6H6O8 e) Outro

9.1- Qual será a composição elementar da vitamina C?


a) 40%C; 4,5%H e 54,5%O b) 40,1%C; 4,6%H e 54,5%O c) 0%C; 50%H e 50%O
d)45%C; 10%H e 45%O e) Outro

Elaborado por MANJACQ Página 61


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

10- Determine a fórmula empírica do antibiótico Clorofonicol que apresenta composição


elementar: 3,74%H; 41,88%C; 21,95%Cl e 8,67%N
a) C11H12Cl2N2O5 b) C3H4Cl6N2O2 c) CHClNO d) CCl2NO2 e) Outro

11- Uma toma de massa 1,367g de um composto orgânico foi queimada numa corrente de ar
formado 3,00g de CO2 e 1.640g de H2O. Sabendo que o composto original continha apenas
C,H,O. Qual será a fórmula do composto queimado?
a) C2H4O5 b) CHO c) C3H8O d)C4H2O e) Outro

12-Uma moeda de prata de 5,82g é dissolvida em ácido nítrico e toda a prata contida na solução
é precipitada na forma de AgCl, quando é adicionada o NaCl. Sabendo que a massa de AgCl é
7,20 calcule a percentagem de prata na moeda.
a) 23% b) 12% c) 56% d) 88% e) Outro

13- Uma amostra de 1,5276g de CdCl2 foi convertida por um processo electrónico em Cd
metálico e produtos que não contem Cd. O peso de Cd metálico foi de 0,9367g. Se o peso
atómico do cloro é 35,453 qual deve ser o peso atómico do cd como resultado da experiencia.
a) 100,10 b) 112,85 c) 409,45 d) 19,2 e) Outro

14- A composição centesimal de uma substancia é a seguinte: 60%C; 13,3%H e 26,67%O.


Calcule a sua fórmula molecular sabendo que o peso molecular é igual à 60.
a) C5H6O4 b) C3H8O c) C2H4O3 d) C4H2O2 e) Outro

15- Um composto X, apresenta a seguinte composição centesimal: 40,92%C; 4,28%H e


54,50%O. Determina a fórmula empírica de X.
a) C5H2O7 b) C3H7O c) C4H5O5 d) C8H10O10 e) Outro

16- Uma amostra de 1,5g de um composto orgânico contendo apenas C,H,O foi queimada
completamente. Os únicos produtos da combustão foram 1,73g de CO 2 e 0,711g de H2O.
Determine a sua forma empírica.
a) CHO b) C2H3O3 c) C2H4O5 d) C4H8O10 e) Outro

Elaborado por MANJACQ Página 62


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

17- Um composto apresenta as seguintes composição percentual: 19,3%Na; 26,9%S e 53,8%O.


O seu peso molecular é 23,8. Calcule a sua fórmula molecular.
a) Na2S2O8 b) Na3SO4 c) NaSO d) Na2SO4 e) Outro

18- Um composto apresenta as seguintes composição percentual: 26,57%K; 38,07%O e


35,36%Cr. Qual será a formula empírica do composto.
a) K2Cr2O7 b) K2CrO7 c) KCrO d) K2CrO4 e) Outro

19- Qual é a massa cálcio existente em 20g de carbonato de cálcio?


a) 28,6 b) 57,3 c) 65,8 d) 21 e) Outro

20- Quantos gramas de enxofre existem em 1kg de FeS2?


a) 789 b) 535 c) 600 d) 550 e) Outro

21- Determine a massa em grama de 14L de CO2 nas CNTP?


a) 27,5 b) 2,6 c) 10,3 d) 12 e) Outro

22- No sangue de um adulto há aproximadamente 2,9 g de ferro, que estão contidos em cerca de
2,6 x 1013 glóbulos vermelhos. Calcule o número de átomos de ferro em cada glóbulo vermelho
(m. at. Fe= 56).
a) 1,1x1010 at. b) 1,2x1010 at. c) 1,3x109 at. d) 1,2x109 at. e) 1,1x1010 at.

23- Determine o número de átomos de hidrogénio contidos em 100,0 g de álcool etílico


(C2H6O).
a) 8,787x1024 at. b) 4,654x1024 at. c) 7,848x1024 at d) 9,235x1024 at e) 5,767x1024 at.

24- Na reacção: C(g) + O2(g)  CO2(g)


Foram obtidos 44,8 litros de CO2 nas CNTP. Qual a massa em gramas de carbono que reagiu ?
a) 24 g b) 34 g c) 44 g d) 54 g e) 64 g

25- Um formigueiro é composto por 2.000 formigas. Cada formiga consome por dia, 1.500
moléculas de açúcar (C6H12O6). Quantos milhões de átomos de carbono são consumidos por
essas formigas em um dia? (resposta em moléculas).
a) 20.000.000 b) 15.000.000 c) 10.000.000 d) 9.000.000 e) 18.000.000

Elaborado por MANJACQ Página 63


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

26- Um medicamento contém 90 mg de ácido acetilsalicílico (C 9H8O4) por comprimido. Quantas


moléculas dessa substância há em cada comprimido? (m. at. C= 12 ; H = 1 ; O = 16)
a) 3,01x 1022 b) 3,1x 1021 c) 1,3 x 1020 d) 3,01x1020 e) 3,0x1023
27- Qual a massa de água obtida pela reação de 20,16 L de gás oxigênio com etanol , numa
combustão completa, em CNTP? (m. at. C=12; H = 1; O =16).
a)13,8 g b)20 ,0 g c)10,5 g d)16,7 g e)19,4 g

28- Qual é a massa e volume (nas CNTP) de dióxido de carbono produzido na combustão completa
de 4,01g de metano, CH4? MA: H = 1, O = 16 , C =12.
CH4 (g) + O2 (g) → CO2 (g) + H2O (g)
a) 20 e 7 b) 5,6 e 9 c) 8,3 e 10 d) 11 e 5,6 e) nada disso

29- Qual a massa de ácido clorídrico necessário para dissolver 6,538 g de zinco?
Qual a massa de hidrogénio libertada?
Dadas as massas atómicas: H = 1 , O = 16 , Zn = 65,4
HCl (aq) + Zn (s) → ZnCl2 (aq) + H2 (g)
a)7,29 e 0,2 b) 4,8 e 0,9 c) 8,11 e 0,5 d) 6,63 e 0,7 e) nada disso

30- Quando se adicionam 4,60 g de sódio metálico à água, qual a massa de água que é
decomposta? Qual o volume de H2 libertado nas CNTP ?
Na (s) + H2O (l) → NaHO (aq) + H2 (g)
a)2,7 e 4,90 b) 2,08 e 4,32 c) 7,0 e 3,34 d)3,6 e 2,24 e) nada disso

31- Qual é a massa de óxido de magnésio (MgO) obtida a partir da combustão de 4,861g de Mg?
Dadas as massas atómicas: Mg = 24,3 O = 16
Mg + O2 → MgO
a)8,06 b) 4,87 c) 7,11 d) 6,63 e) nada disso

32- Dada a equação : C2H6 (g) + O2 (g) → CO2 (g) + H2O (g)
Qual deve ser o volume de O2, nas CNTP, para produzir 7,2 g de água?
a)65,14 b) 12,33 c) 10,45 d) 43,90 e) nada disso

Elaborado por MANJACQ Página 64


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

33- Considere a equação:


HCl (aq) + Zn (s) → ZnCl2 (aq) + H2 (g)
Calcule o número de moléculas de H2 formadas a partir de 14,6g de HCl.
a)1,803x1023 b) 1,308x1023 c) 2,501x1023 d) 1,204x1023 e) nada disso

34- Quantas moles de água se obterão pela combustão total de 0,4 mol de álcool etílico (C 2H6O)
de acordo com a equação:
C2H6O + O2 → CO2 + H2O
a) 3,4 b) 1,2 c) 4,5 d) 9,0 e) nada disso
35- Sabendo que 10,8 g de alumínio reagiram completamente com ácido sulfúrico, conforme
a reacção: Al + H2SO4 → Al2(SO4)3 + H2
Calcule:
a) Massa de ácido sulfúrico consumido;
b) Massa de sulfato de alumínio produzida
c) Volume de hidrogénio gasoso libertado nas CNTP.
a)58,8g b)68,4g c) 13,44L
36- Qual a massa de cloreto de prata, AgCl, obtida por precipitação completa de uma quantidade
de anião cloreto, Cl- capaz de produzir 8,34 g de cloreto de chumbo, PbCl2?
Pb2+ + 2Cl - → PbCl2 (S)
Ag + + Cl - → AgCl (S)
Dadas as massas atomicas: Pb = 207,2 Ag = 107,9 Cl = 35,5
a) 9,9 b) 5,8 c) 4,7 d) 8,6 e) nada disso
37- Qual a massa de amoníaco (NH 3) que reagirá com o cloreto de hidrogénio (HCl) proveniente
de 1,064 g de cloro Cl2? MA : N = 14 H = 1 Cl = 35,5
Cl2 + H2 → HCl
HCl + NH3 → NH4Cl
a) 0,138 b) 0,511 c) 0,322 d) 0,105 e) nada disso

37- Quantos quilogramas de H2SO4 puro podem ser obtidos de um quilograma de pirite de ferro
Puro (FeS2) de acordo com as seguintes reacções químicas? Fe = 56,85 S = 32
FeS2 + O2 → Fe2O3 + SO2
SO2 + O2 → SO3
SO3 + H2O → H2SO4
a) 1,76 b) 1,23 c) 3,98 d)1,63 e) nada disso

Elaborado por MANJACQ Página 65


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

38- 400 g gramas de NaOH são adicionados a 504 g de HNO 3, produzindo NaNO3 e água de
acordo com a equação: NaOH + HNO3 → NaNO3 + H2O. Calcule:
1º) Massa do NaNO3 obtida. 2º) massa do reagente em excesso se houver.
a) 160 e 45 b) 680 e 80 c) 809 e 66 d) 909 e 39 e) nada disso
39- Qual a quantidade máxima de NH3 (em gramas), que podem ser obtida a partir de uma
mistura de 140 g de gás N2 com 18 g de gás H2, conforme a reacção: N2 + H2 à NH3
a) 102 b) 434 c) 809 d) 987 e) nada disso

40- O cloreto de alumínio é um reagente muito utilizado em processos industriais que pode ser
obtido por meio da reacção entre alumínio metálico e cloro gasoso. Se 2,70 g de alumínio são
misturados a 4,0 g de cloro, a massa produzida, em gramas, de cloreto de alumínio é:
2Al + 3Cl2 → 2AlCl3
a) 5,01; b) 5,52; c) 9,8; d) 13,35; e) 15,04 f) nada disso

41- Misturam-se 1Kg de CS2 e 2 Kg de Cℓ2 num reactor, onde se processa a transformação:
CS2 + Cℓ2 → CCℓ4 + S2Cℓ2
As massa de CCℓ4 formado e do reagente em excesso que resta quando a reacção se completa são:
a) 1,446 Kg de CCℓ4 e 0,286 Kg de CS2;
b) 2,026 Kg de CCℓ4 e 0,286 Kg de CS2;
c) 1,446 Kg de CCℓ4 e 0,286 Kg de Cℓ2;
d) 2,026 Kg de CCℓ4 e 0,286 Kg de Cℓ2;
e) 1,286 Kg de CCℓ4 e 0,732 Kg de Cℓ2.

42- Uma amostra de calcita, contendo 80% de carbonato de cálcio (CaCO 3) sofre decomposição
quando submetido a aquecimento, segundo a reacção: CaCO3 → CaO + CO2
Qual a massa de oxido de cálcio e volume de dióxido de carbono (nas CNTP) obtida a partir da
queima de 800 g de calcita? MA: Ca = 40 C = 12 O = 16
a) 358,4 e 143,4 b) 534,1 e 987,2 c) 912,7 e 321,4 d) 338,2 e 546,7 e) nada disso

43- A equação da oxidação da pirite (FeS) é: FeS + O2 →SO2 + Fe2O3


Qual a massa de oxido de ferro III (Fe 2O3) obtida,( em kg), a partir de 300 kg de pirite, que
apresenta 20% de impurezas. MA : Fe =55,9 S = 32
a) 238 b) 543 c) 180 d) 218 e) nada disso
44- Para produção de soda cáustica (NaOH) , uma indústria reage carbonato de sódio Na 2CO3

Elaborado por MANJACQ Página 66


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

com hidróxido de cálcio, Ca(OH)2 segunda a equação; Na2CO3 + Ca(OH)2 à CaCO3 + NaOH.
Ao reagirmos 265 g de Na2CO3 (com 80% de pureza) com 155 g de Ca(OH) 2 , que massa de
NaOH se obterá? Na = 23 Ca = 40 H = 1 O = 16 C = 12.
a) 243 b) 160 c) 181 d) 909 e) nada disso

45- Calcule a massa do reagente em excesso que resta e o volume de CO 2 quando reagem 120,1g
de uma solução de HNO3 (a 35%m) com 56,05 g de (NH4)2CO3 com 40% de impureza de acordo
com a seguinte reacção química: 2HNO3 + (NH4)2CO3 → 2NH4NO3 + CO2 + H2O.
Sendo 90% o rendimento da reacção.
a) 6,5 e 4,5 b) 1,6 e 6,7 c) 7,2 e 2,3 d) 6,7 e 1,6 e) nada disso

46- 100ml de uma solução aquosa de ácido sulfúrico, de concentração 0,5 mol/l, foram tratados
com excesso de zinco em pó e deixados em contacto até se libertar todo hidrogénio (reacção
completa): H 2SO4 + Zn → ZnSO4 + H2. Calcule:
1º) O volume do hidrogénio libertado (CNTP). 2º) massa do zinco consumida.
a) 1,12 e 3,27 b) 1,76 e 2,32 c) 4,23 e 4,15 d) 1,25 e 9,76 e) nada disso

47- Que volume de oxigénio será libertado por decomposição do peróxido de hidrogénio (H 2O2)
existente em 100 g de uma solução a 34% ?
H2O2 (aq) → H2O (l) + O2 (g)
a) 43,9 b) 21,2 c) 11,2 d) 17,5 e) nada disso

48- Calcula o rendimento das seguintes reacções (indicam-se, entre parênteses, as quantidades de
reagentes usadas e as quantidades de produtos obtidas):

48.1 - HCl (aq) + Zn (s) → ZnCl2 (aq) + H2


(19,62 g) (excesso) (0,28 mol)
a) 78,3 b) 46,0 c) 62,5 d) 93,3 e) nada disso

48.2 - C3H8 (g) + O2 (g) → CO2 (g) + H2O (g)


(4,48 l) (2,00 mol) ( 22,0 g)
a) 76,2 b) 63,5 c) 97,9 d) 83,3 e) nada disso

Elaborado por MANJACQ Página 67


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

48.3 - H2SO4 + Ba(OH)2 → BaSO4 + H2O


(25,0 g) (17,13 g) (0,095 mol)
a) 70 b) 34 c) 95 d) 50 e) nada disso

48.4 - N2O5 → NO2 + O2


(21,6 g) ( 2,00 l)
a) 50,5 b) 89,3 c) 74,2 d) 61,2 e) nada disso

49- Considere a obtenção de ferro, utilizando Fe2O3 conforme a reacção:


Fe2O3 + CO → Fe + CO2 .
Se utilizarmos 4,8 kg de Fe2O3 quantos gramas de ferro teremos, admitindo que a reacção tenha
um rendimento de 80%?
a) 3413 b) 5770 c) 3396 d) 2688 e) nada disso

50- Encontrou-se uma amostra de mármore (CaCO3), cuja pureza era de 60%. Decompondo-se
50g dessa amostra, obteve-se cal virgem (CaO) e gás carbónico (CO 2). Admitindo-se um
rendimento de 70% para esta reacção, quantos moles de CO2 foram conseguidos?
CaCO3 → CaO + CO2
a) 0,34 b) 0,21 c) 0,98 d) 0,67 e) nada disso

51- Admita a obtenção de carbonato de sódio (Na2CO3) conforme a equação:


CO2 + NaOH → Na2CO3 + H2O
Qual será a massa de Na2CO3 que se obtêm utilizando-se 200 g de soda caustica (NaOH) com
uma pureza de 90% em NaOH, e sabendo-se que o rendimento da reacção é de 85%?
a) 343 b) 56,0 c) 33,6 d) 125 e) nada disso

52- Partindo-se de 200g de soda cáustica, por neutralização completa com ácido clorídrico obtêm-
se 234g de cloreto de sódio. A percentagem de pureza da soda cáustica é de:
NaOH + HCl  NaCl + H2O
a) 58,5 % b) 23,4 % c) 60 % d) 80 %

53- Tratando-se 50g de uma solução de AgNO3 a 30%, pela solução de KCl, qual o precipitado

Elaborado por MANJACQ Página 68


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

obtido e qual a sua massa?


Dados: N =14; O =16; Cl = 35,5; K = 39; Ag =108

54- Qual é a massa de sulfato de cálcio obtida quando de trata 370g de hidróxido de cálcio
contendo 20% de impurezas por solução de ácido sulfúrico.
a) 544 b) 300 c) 150 d) Outro

55- Para se obter 112L de gás carbónico nas CNTP, que massa de calcário com 80% de
impurezas deve ser calcinada?
a) 625 b) 350 c) 100 d) Outro

56- Quantos kg de Fe podem ser obtidos a partir de 500g de hematite Fe2O3 com 80% de pureza?
a) 72 b) 120 c) 280 d) Outro

57- Calcule o volume em litros de CO2 medido nas CNTP, obtido pela pirólise de 600 g de
CaCO3 contendo 75% de pureza.
a) 108,0 L b) 90,8 L c) 100,8 L d) 200,9 L e) 50,4 L

58- Para obtenção do gás nitrogênio em laboratório , utiliza-se a decomposição térmica do


nitrido de amônio , segundo a reação : (m. at. N= 14 ; O= 16 ; H= 1)
NH4NO2  N2 + H2O (nitrido)
Sabendo-se que a partir de 3,2 g de nitrito de amônio obteve-se 0,896 litros de gás nitrogênio,
em CNTP, calcule o rendimento da reação.
a) 20% b) 40% c) 50% d) 60% e) 80%

59- É possível obter gás oxigênio em laboratório pela decomposição térmica do clorato de
potássio, segundo a reação : KClO3  KCl + O2
Usando -se clorato de potássio a 100% de pureza e considerando que a reação tenha um
rendimento de 100% qual massa de KClO3 necessária para se obter um volume de 6,72 L de O 2,
em CNTP?
a) 22,40 g b) 24,50 g c) 122,5 g d) 26,60 g e) 244,0 g

Elaborado por MANJACQ Página 69


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

60- Num processo de obtenção do ferro a partir da hematita (Fe2O3), considere a equação não-
balanceada : Fe2O3 + C  Fe + CO2
Utilizando-se 4,8 toneladas de minério e admitindo-se um rendimento de 80% na reacção,
determine a quantidade de ferro em tonelada obtida (m. at. Fe = 56; C = 12; O = 16)
a) 1,688 ton. b) 2,668 ton. c) 2,688 ton. d) 1,866 ton. e) 2,886 ton.

61- Considere a equação: CaCO3 + HCl → CaCl2 + CO2 + H2O


Suponha que o CaCO3 seja proveniente de 200 g de um calcário com 25% de impureza. Qual será
a massa de CaCl2 que se obterá tendo a reacção um rendimento de 98%?
a) 324 b) 232 c) 809 d) 163 e) nada disso

62- O KClO4 pode ser obtido através das reacções seguintes:


Cl2 + KOH → KCl + KClO + H2O
KClO → KCl + KClO3
KClO3 → KClO4 + KCl
Quantos gramas de Cl2 são necessários para preparar 100g de KClO 4 pela sequência acima?
Dadas as massas atómicas: K = 39, O = 16, Cl = 35,5,
a) 170,2 b) 8 34,3 c) 954,1 d) 204,5 e) nada disso

63- O ácido nítrico pode ser preparado a partir do amoníaco por meio dos seguintes passos:
NH3 + O2 → NO + H2O
NO + O2 → NO2
NO2 + H2O → HNO2 + HNO3
HNO2 → HNO3 + NO + H2O
Se todos os passos procedem consecutivamente, quantos gramas de NH 3 se necessitam para preparar 63 g de
HNO3?
a) 176 b) 123 c) 120 d)163 e) nada disso

64- Quantos quilogramas de Na2SO4 , com pureza de 83,5%, poderia ser obtida a partir 250 kg de NaCl
com pureza de 94,5%?
NaCl + H2SO4 → Na2SO4 + HCl
a) 256,6 b) 534,3 c) 154,1 d) 904,5 e) nada disso

Elaborado por MANJACQ Página 70


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

65- Grande parte do ácido clorídrico comercial é preparada pelo aquecimento de NaCl com H2SO4
concentrado. Quanto quilograma de uma solução de ácido sulfúrico contendo 90% em ácido sulfúrico é
necessário para produção de 1000 kg de solução de ácido clorídrico contendo 42%m de HCl.
NaCl + H2SO4 → Na2SO4 + HCl
a) 262 b) 835 c) 628 d) 833 e) nada disso

66- 50,0 g de uma amostra de zinco impuro reagem com 129 ml de HCl, cuja densidade relativa é
1,8 e contem 35%m de HCl. Qual percentagem de Zn metálico na amostra? Considere que a Impureza é
inerte ao HCl.
HCl (aq) + Zn (s) → ZnCl2 (aq) + H2 (g)
a) 76 b) 23 c) 80 d)96 e) nada disso

67- Fez-se a combustão de 275 g de uma amostra contendo propano (C 3H8) com 20% de impureza não
combustível.
C3H8 (g) + O2 (g) → CO2 (g) + H2O (g)
Sabendo que o CO2 que se obteve foi recolhido numa garrafa a 27º C e que ficou submetido a pressão de 2atm,
determine a capacidade (volume em litros) da garrafa.
a) 276,1 b) 523,3 c) 184,7 d)196,6 e) nada disso

68- O propano reage com oxigénio de acordo com a seguinte reacção:


C3H8 (g) + O2 (g) → CO2 (g) + H2O (g)
Se 1,00 litros de propano a 21º C e 8,44atm queimam em excesso de oxigénio, quantos litros de dióxido de
carbono medido a 925 ºC e 1,00atm são formados?
a) 67 b) 32 c) 58 d)103 e) nada disso

69- Uma amostra de cloreto de európio (EuCl2) pesando 1,00 g, foi tratada com excesso de nitrato de prata
aquoso, e todo cloreto foi recuperado em 1,286 g de AgCl. Com base nestes dados calcule a massa atómica
do európio.
a) 167,44 b) 232,35 c) 151,96 d)103,23 e) nada disso

70- A embalagem de um sal de cozinha comercial com reduzido teor de sódio, o chamado "sal
light", traz a seguinte informação: "Cada 100g contém 20 g de sódio ...". Isto significa que a
porcentagem (em massa) de NaCl nesse sal é aproximadamente igual a : (massas molares
[g/mol] Na = 23 ; NaCl = 58)

a) 20 b) 40 c) 50 d) 60 e) 80

Elaborado por MANJACQ Página 71


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

71- O carbonato de sódio (Na2CO3), utilizado na fabricação do vidro, é encontrado em


quantidades mínimas. Ele, entretanto, pode ser obtido a partir de produtos naturais muito
abundantes: O carbonato de cálcio (CaCO3) e o cloreto de sódio (NaCl) com mostra a equação
abaixo:
CaCO3 + 2NaCl  Na2CO3 + CaCl2
Determine quantos mols de Na2CO3 estão presentes em 159 g desse sal.
(M. atômica Na = 23; C = 12; O = 16)
a) 15 mol b) 1,5mol c) 1, 05mol d) 0,15 mol e) 2,5 mol

72- De um cilindro contendo 640 g de gás metano (CH 4) foram retirados 12,04 . 1023 moléculas.
Quantos mols do gás restaram no cilindro? (massas atômicas C= 12 ; H= 1)
a) 20 mol b) 30 mol c) 40 mol d) 50 mol e) 80 mol
73- Fazendo reagir ácido clorídrico em excesso com carbonato de cálcio foram obtidos 3,1 litros
de gás na CNTP. Qual a massa em gramas do gás obtido?
2HCl + CaCO3 - CaCl2 + H2O + CO2(gás)
a) 60,8g b) 5,08 g c) 408g d) 6,08g e) 4,08g

74- As indústrias de cerveja utilizam o gás carbônico na fermentação da maltose (C 12H22O11),


presente na cevada, com o objetivo de produzir água gaseificada para fabricação de
refrigerantes. As reações químicas deste processo são mostradas abaixo:
C12H22O11 + H2O  4C2H5OH + 4CO2
CO2 + H2O  H2CO3
I) Qual a massa de ácido carbônico obtida a partir de 3,26 kg de maltose?
II) Qual o volume ocupado por 4 mols de gás carbônico nas CNTP?
a) 2346 g/90,0 L b) 3260 g/86,9 L c) 2364 g/89,6 L d) 3264 g/89,6 L

75- Uma maneira de remover dióxido de carbono de naves espaciais é o uso de cal (CaO) , que
se transforma em carbonato de cálcio (CaCO3). Durante uma viagem espacial foram produzidos
50 kg de CaCO3 . A quantidade de dióxido de carbono expirada pelos astronautas é (Dados:
m.at. : C= 12 ; Ca = 40 ; O = 16)
a) 22 g b)44 kg c) 56 kg d) 44 kg e) 50 kg

76- O cobre é um metal encontrado na natureza em diferentes minerais . Sua obtenção pode
ocorrer pela reação da calcosita (Cu2S) com a cuprita (Cu2O)

Elaborado por MANJACQ Página 72


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Cu2S + Cu2O  Cu + SO2


Numa reação com 60% de rendimento, determine a massa de cobre em g obtida a partir de 200 g
de calcosita com 20,5 % de impureza (m. at. Cu = 63,5; S = 32 ; O = 16)
a) 228,6 g b) 446,3 g c) 44,63 g d) 2,226 g e) 228,6 g

77- Uma amostra contendo 2,10 g de carbonato de magnésio (MgCO3) foi tratada com ácido
clorídrico (HCl) obtendo-se 476 mL de gás carbônico, medidos nas CNTP. Determine o
rendimento da reação (m. at. Mg = 24; C = 12; O = 16).
MgCO3 + HCl  MgCl2 + H2O + CO2
a) 83,5% b) 75% c) 95% d) 55% e) 5%

78- Em um acidente, um caminhão carregado de solução aquosa de ácido fosfórico tombou


derramando cerca de 24,5 toneladas dessa solução no asfalto. Quantas toneladas de óxido de
cálcio seriam necessárias para reagir totalmente com essa quantidade de ácido?
a)7,5 b) 11,2 c) 16,8 d) 21,0

79- Qual é o volume máximo de solução de NaOH de concentração igual a 2,5 mol/l que pode
ser obtido dissolvendo-se 20 kg de NaOH com 96% de pureza em água suficiente?
a) 192 litros b) 19,2 litros c) 291 litros d) 2,5 litros e) 96 litros

80- O sulfato de cálcio (CaSO 4) é matéria-prima do giz e pode ser obtido pela reacção entre
soluções aquosas de cloreto de cálcio e de sulfato de sódio (conforme reacção abaixo). Sabendo
disso, calcule a massa de sulfato de cálcio obtida pela reacção de 2mols de cloreto de cálcio com
excesso de sulfato de sódio, considerando-se que o rendimento da reacção é igual a 75 %.
CaCl2(aq) + Na2SO4(aq)  CaSO4(s) + 2NaCl(aq)
a) 56 g. b) 136 g. c) 272 g. d) 204 g. e) 102 g.

81- A percentagem de TiO 2 em um minério pode ser determinada através da seguinte


reacção: 3TiO2(s) + 4BrF3(liq)  3TiF4(s) + 2Br2(liq) + 3O2(g)
Se 12,0 g do minério produzem 0,96 g de O2, a percentagem aproximada de TiO2 nesse minério é
de:
a) 10% b) 20% c) 30% d) 40% e) 50%
82- São colocadas para reagir entre si as massas de 1,00g de sódio metálico e 1,00g de cloro
gasoso. Considere que o rendimento da reacção é 100%. São dadas as massas molares, em

Elaborado por MANJACQ Página 73


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

g/mol: Na=23,0 e Cl=35,5. A afirmação correcta é: Na(s) + 1/2Cl2(g)  NaCl


a) Há excesso de 0,153 g de sódio metálico. b) Há excesso de 0,352 g de sódio metálico.
c) Há excesso de 0,282 g de cloro gasoso. d) Há excesso de 0,153 g de cloro gasoso.
e) Nenhum dos dois elementos está em excesso.

83- Nas estações de tratamento de água, eliminam-se as impurezas sólidas em suspensão através
do arraste por flóculos de hidróxido de alumínio, produzidas na reação representada por:
Al2(SO4)3 + 3 Ca(OH)2  2Al(OH)3 + 3CaSO4
Para tratar 1,0x106 m3 de água foram adicionadas 17 toneladas de Al2(SO4)3. Qual a massa de
Ca(OH)2 necessária para reagir completamente com esse sal (Dados: massas molares: Al2(SO 4)3
= 342 g/mol; Ca(OH)2 = 74 g/mol)?
a) 11,1 ton. b) 12,1 ton. c) 13,1 ton. d) 14,1 ton. e)15,5 ton.

84- Soluções de amónia são utilizadas com frequência em produtos de limpezas domésticas. A
amónia pode ser preparada por inúmeras formas. Dentre elas:

CaO(s) + 2NH4Cl(s)  2NH3(g) + H2O(g) + CaCl2(s)


Partindo-se de 224g de CaO, obtiveram-se 102g de NH3. O rendimento percentual da foi de:
(H = 1; N = 14; O = 16, Cl= 35,5; Ca = 40)
a) 100 b) 90 c) 80 d) 75 e) 70

85- O H2S reage com o SO2 segundo a reacção:


2H2S + SO2  3S + 2H2O.
Qual o número máximo de mols de S que pode ser formado quando se faz reagir 5 moles de H2S
com 2 mols de SO2.

86- O alumínio é obtido pela electrólise da bauxita. Nessa electrólise, ocorre a formação de
oxigénio que reage com um dos eléctrodos de carbono utilizados no processo. A equação não
balanceada que representa o processo global é:
Al2O3 + C  CO2 + Al
Para dois mols de Al2O3, quantos mols de CO2 e de Al, respectivamente, são produzidos esse
processo?
a) 3 e 2 b) 1 e 4 c) 2 e 3 d) 2 e 1 e) 3 e 4
87- Considere a reacção em fase gasosa: N2 + 3H2  2NH3
Fazendo-se reagir 4 litros de N2 com 9 litros de H2 em condições de pressão e temperatura

Elaborado por MANJACQ Página 74


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

constantes, pode-se afirmar que:

a) Os reagentes estão em quantidades estequiométricas.


b) O N2 está em excesso.
c) Após o término da reacção, os reagentes serão totalmente convertidos em amoníaco.
d) A reacção se processa com aumento do volume total.
e) Após o término da reacção, serão formados 8 litros de NH3.

88- Considerando que a proporção de gás oxigénio no ar seja de 20% (% em volume), então o
volume de ar, em litros, medidos nas C.N.T.P, necessário para que ocorra a oxidação de 5,6 g
de ferro, é de:

89- Queimando 30g de grafite pura obtêm-se 99g de gás carbónico. Qual foi o rendimento da
reacção? eq: C + C2 → CC2
a) 90 b) 98 c) 30 d) Outro

90- Qual é a quantidade de Zn que pode ser empregada na reacção com ácido clorídrico para
preparar 8,96L de H2 nas CNTP, sabendo que o rendimento da reacção é de 80%.

eq: Zn + HCl → ZnCl2 + H2 ↑


a) 12 b) 36,5 c) 60 d) Outro

91- Uma amostra de uma liga aeronáutica contendo alumínio, magnésio e cobre, pesou 8,72g.
Fez-se em 1º lugar o tratamento dessa liga com alcali para dissolver o alumínio, e a massa de liga
reduziu 2,10g. Em 2º lugar o tratamento com ácido diluído para dissolver o magnésio, e a massa
de liga reduziu para 0,99g e o resíduo da operação é cobre. Determine a composição do
alumínio.
a) 75,9 b) 55,5 c) 60,2 d) Outro

92- Calcule a massa de óxido de zinco que pode ser formada quando 1kg de blenda é fortemente
aquecido ao ar, de acordo com a equação: ZnS + O2 → ZnO + SO2
a) 0,301 b) 0,835 c) 0,085 d) Outro

93- Considerando a combustão do álcool amílico C5H11OH, diga quantas moles de H2O são
formadas por cada mol de O2 consumido?

Elaborado por MANJACQ Página 75


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a) 0,80 b) 1,4 c) 4,6 d) Outro

94- Considerando a combustão da sacarose C12H22O11, diga quantas gramas de gás carbónico
serão produzidas por cada grama de sacarose?
a) 2,6 b) 1,45 c) 3 d) Outro

95- Quantos kg de Na2SO4 (83,4% de pureza) podem ser obtidos de 250kg de sal de cozinha
(94,5% de pureza)?
a) 344 b) 500 c) 250 d) Outro

96- Uma mistura de 100g de H2 e 100g de O2 é submetida uma descarga eléctrica resultante a
formação resultando a formação de H2O. Qual é a quantidade de água formada?
a) 112,5 b) 400 c) 200 d) Outro

Tema 11: Gases ideais

Elaborado por MANJACQ Página 76


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

1.Ua determinada quantidade de metal com 28g/mol de massa equivalente substitui do ácido 0,7l
de hidrogénio, volume esse medido nas CNTP. Qual SERÁ?
A)10,50 b)4,80 c)1,75 d) OUTRO

2.Quatas gramas de zinco devem ser dissolvidas em ácido sulfúrico a fim de se obter 500ml de
hidrogénio a 20ºC e 785mmhg
a)1,37x b)3,23 c)1,75 d)OUTRO

3. Uma dada massa de gás, mantida a 50ºC e 785mmhg ocupa 350ml. Que volume ocupara esse
gás nas CNTP?
a)306x b)300 c)401 d)OUTRO

4.Que volume de oxigénio a 18ºC e 750mmhg pode ser obtido de 100g de KCIO3?
a)12,2 b)29,6 c)4,5 d)OUTRO

5.Exatamente 500ml de um gás nas CNTP pesam 0,581g sabendo que a composição de desse gás
è a seguinte: 92,24% C 7,76%H. =>Qual è a forma molecular
a)C2H2 b)C3H5 c)CH d)OUTRO

6.Uma mistura de gás que exerce uma pressão de 760mmHg, contem 65%N, 15% e uma certa
composição de CO2 calcule a massa de carbono?
a)152 b)200 c)74 d)OUTRO

7.Calcule a massa especifica de gás nas CNTP sabendo que a 30ºC e 780mmHg a massa
especifica è 1,253.

a)1,355 b)2,456 c)3,978 d)OUTRO

8.Um frasco de 200ml continha oxigénio a 200mmHg e um outro frasco continha 300ml de
nitrogénio a 100mmHg. Os dois frascos foram então unidos a fim de que cada gás viesse a
ocupar a soma dois volumes, admitindo que não tenha havido mudança de temperatura pergunta-
se qual será a pressão total da mistura?
a)110 b)300 c)260 d)OUTRO

Elaborado por MANJACQ Página 77


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

9.Uma mistura gasosa a 20ºC as pressões dos componentes são as siguintes:200mmHg H2,
150mmHg CO2, 320mmHgCH4 e 150mmHg C2H4. Qual è a percentagem em volume do
hidrogénio?
a)25,8 b)10.5 c)20 d)Outro

10.determine o peso molecular aproximado de um gás, sabendo que 560ml pesam 1,55g nas
CNTP.
a)62 b)70 c)1,5 d)Outro

Elaborado por MANJACQ Página 78


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 12: Soluções

1- 0,5L de uma solução de 0,4N de certa base, adiciona-se a um determinado volume de solução
de 2N de uma mesma base e a solução resultante tem 1,5N qual será o volume da solução
resultante?
a) 2,5 b) 5,2 c) 0,5 d) outro

2- 0,2L de sacarose 100g/l são adicionados a 1,8L de mesmo soluto de concentração 80g/L. Qual
será a concentração da solução resultante?

Elaborado por MANJACQ Página 79


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a) 104 b) 12,4 c) 162 d) outro

3- Uma solução rotulada a 35%de HClO4 tem uma densidade de 1,251g/ml. Qual é a
concentração molar da solução?
a) 4,35 b)2 c) 4,1 d) outro

4- Necessita-se ácido sulfúrico 20% de densidade 1,14. Que quantidade de ácido concentrado
com densidade relativa 1,84 e contendo 98% em peso de H 2SO4 deve ser diluído para preparar
100ml do acido com aquela concentração exigida.
a) 12,6 b) 10,1 c) 11,4 d) outro

5- Dada a equação redox K2Cr2O7 +H2S H2SO4  Cr2(SO4)3 + S + K2SO4 + H2O


Calcule o peso equivalente de K2Cr2O7 que actua como oxidante.

6- Qual o volume de álcool etílico 95% em peso com densidade relativa 0,809 deve ser metido
para preparar 150ml de álcool a 30% em peso com densidade relativa 0,957.
a) 56 b) 24 c) 68 d) outro

7- 48,4ml de uma amostra da solução de HCl, requer 1,20g de CaCO3 puro para completar
neutralização. Calcule a Normalidade do ácido.
a) 1,25 b)3,35 c) 0,325 d) Outro

8- Calcule o peso de Al2(SO4)3.18H2O necessário para preparar 50ml de uma solução aquosa que
contenha 40mg de Al3+ por ml.
a) 36,6 b) 24,7 c) 26,9 d) outro
9- Calcule o volume aproximado da água que deve ser adicionado a 250ml da solução 1,25N,
para se obter uma solução de 0,500N.
a) 375 b) 457 c) 369 d) outro

10- Até quando deve ser diluída uma solução de 0,25mol de BaCl2 para obter outra com 20mg de
Ba2+ por ml.
a) 3,45 b) 1,72 c) 14,25 d) outro

Elaborado por MANJACQ Página 80


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

11- Quanto de Nitrato de sódio deve ser preparado para em50ml de solução aquosa contendo
70mg de Na+ por ml.
a) 12,9 b) 45,8 c) 25,9 d) outro

12- Até que volume devemos diluir 30ml de uma solução de 2N de HCl, para transformar em
solução 0,3N
a) 200 b) 796 c) 578 d) outro

11- Qual é o volume de álcool a 95% em peso com densidade relativa 0,809 deve ser metido
para preparar 150ml de álcool a 30% em peso com densidade relativa 0,957.

12- Qual é o peso equivalente de ácido se 1,243g desta requer 31,72ml de uma base padrão
0,1923N de sua neutralização.

13- Calcule o volume aproximado de água que deve ser adicionado a 250ml da solução
1,25N, para se obter uma solução de 0,500N.

14- 50ml de uma solução de Na2CO3 foi exactamente titulada com 65,8ml de HCl a 3N,
sendo a densidade do sal igual à 1,25g/ml. Qual é a percentagem em peso de Na 2CO3 que
ela contem?

15- Necessita-se de H2SO4 20% de densidade relativa 1,14 Que quantidade de ácido
concentrado com densidade relativa 1,84 e contendo 98% em peso de H2SO4 deve ser
diluído para preparar 100ml do ácido com aquela concentração exigida?

16- Até quanto deve ser diluída uma solução de 0,25mol de BaCl 2 para obter outra com 20mg
de Ba2+ por ml.

17- 0,5L de uma solução 0,4N de certa base, adiciona-se a um determinado volume da
solução 2N de uma mesma base e a solução resultante tem 1,5N. Qual será o volume em
litro da solução resultante?

18- Calcule o peso de Al2(SO4)3.18H2O necessária para preparar 50ml de uma solução aquosa
que contenha 40mg de Al3+ por ml.

Elaborado por MANJACQ Página 81


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

19- Até que o volume diluir 30ml de uma solução de 2N de HCl, para transformar em
solução 0,3N.

20- Dissolve-se uma amostra de 0,892g de KCl em 54,6g de H 2O. Qual é a percentagem em
massa da solução de KCL.

21- Uma solução de ácido sulfúrico apresenta uma densidade 1,198g/ml que conte 27% de
ácido sulfúrico em peso. Encontre a concentração molar da solução.

22- Quanto nitrito de sólido deve ser preparado em 50ml de solução aquosa contendo 70mg
de Na por ml?

23- Dissolveram-se 0,250g de uma amostra de ácido sólido em água e este foi neutralizado
exactamente com 40ml de uma base 0,125N. Qual é o peso equivalente do ácido?

24- Que volume de solução N/2 e N/10 de HCl devem ser misturados para obter-se 2L de
solução de HCl N/5.

25- 48,4ml de uma amostra da solução de HCl, requer 1,20g de CaCO 3 puro para completar
neutralização. Calcule a normalidade do ácido.

26- Um óxido de molibdénio conte 70,58% em massa de molibdénio. Calcule o peso


equivalente e o número de oxidação do molibdénio.

27- Que fracção molar de hipoclorito de sólido existe em 3,62% de hipoclorito de sólido e
água.

28- Que volume de solução 1,40M de H2SO4 é capaz de reagir exactamente com 100g de Al?

29- Até quanto deve ser diluída uma solução de 0,25M de BaCl2 para obter outra com 20mg
de Ba2+ por ml.

Elaborado por MANJACQ Página 82


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

30- Uma solução apresenta título igual à 0,25. Sabendo que massa do é 300g, determine a
massa do soluto.

31- Calcule o peso de HCl anidro em 5ml de ácido clorídrico concentrado com densidade
relativa 1,19 e contendo 37,23 de HCl em peso.

32- Que quantidade de água teremos que juntar a 6,5g de iodeto de potássio, para obter uma
solução aquosa á 5%?

33- Dada a seguinte equação de oxidação-redução:


eq: KMnO4 + KI + H2SO4 → K2SO4 + MnSO4 + I2 + H2O

 Quantas gramas de KI são necessárias para preparar 25ml de solução 0,36N?

34- Quantos ml de uma solução 2,00M de Pb(NO3)2 conterá 600mg de Pb+2.

35- Dada a equação de redox:


eq: K2Cr2O7 + H2S + H2SO4 → Cr2(SO4)3 + K2SO4 + H2O.

 Calcule o peso equivalente de K2Cr2O7 que actua como oxidante.

36- Que quantidade de água deve ser adicionada em 25dm 3 de solução 0,5M de KOH, para
produzir um soluto cujo a concentração é de 0,35M?

37- Dada a equação de redox:


eq: K2Cr2O7 + H2S + H2SO4 → Cr2(SO4)3 + K2SO4 + S + H2O

 Que massa de K2Cr2O7 é necessário para efectuar a oxidação de 100g de H2S?

38- Qual é a molalidade de uma solução que contem 20,0g de açúcar de cana ( C12H22O11)
dissolvido em 125g de água.
a) 0,125

Elaborado por MANJACQ Página 83


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

39- 200ml de ácido sulfúrico os 1N foram misturados com 600ml do mesmo ácido à 0,1M.
Calcule a concentração final da solução.
a) 0,125N b) 0,030N c) 0,325N d) outro

18-Uma solução apresenta título igual a 0,25 sabendo que massa do solvente é 300g determine a
massa do soluto.

19-Uma solução de ácido sulfúrico apresenta uma densidade 1,198g/mL que contem27% de
ácido sulfúrico em peso. Encontre a concentração molar da solução.
a)2,98 b)3,30 c)26,89 d)Outro

20-Que quantidade de água teremos que juntar a 6,5g iodeto de potássio, para obter uma solução
aquosa a 5%?
a)123,5 b)255,7 c)347,5 d)Outro

21-Que fracção molar de hipoclorito de sódio existe em 3,62% de hipoclorito de sódio e água.
a)0,009 b)2,007 c)0,008 d)Outro

22-Qual é a molalidade de uma solução que contem 20,g açúcar de cana dissolvido em 125g de
água.
a)2,852 b)0,468 c)0,368 d)Outro

Tema 13: Cinética química

1- O que é molecularidade?
2- O que é uma reacção elementar?
3- Quantas etapas passa uma reacção ao transformar-se de os reagentes para produtos?
4- Como podem ser as reacções quanto a cinética?
5- O que é a cinética química?

Elaborado por MANJACQ Página 84


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

6- Numa reacção química os reagentes são as substâncias que ficam a:


a)Esquerda b)Direita c)No centro d)Outro

7- O gráfico abaixo representa a variação de concentração das espécies A, B e C com o tempo:


Qual das alternativas abaixo contém a equação química que melhor descreve a reação
representada pelo gráfico?

8- O gráfico abaixo mostra a variação da quantidade de matéria de reagente em função do tempo,


numa reacção química

A velocidade média dessa reacção é:


a) - 1 mol/s b) 1 mol/s c) 2 mols/s d) 4 mols/s e) - 4 mols/s

9- O amoníaco é um produto básico para a produção de fertilizantes. Ela é produzida


cataliticamente, em altas pressões (processo Haber), conforme a equação:
N2 + 3H2  2NH3 .
Se a velocidade de produção de amoníaco foi medida como:

A velocidade da reacção em termos de consumo de N2 será:

Elaborado por MANJACQ Página 85


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a) 1,0 x 10- 4 mol.L- 1.s- 1. b) 2,0 x 10- 4 mol.L- 1.s- 1. c) 3,0 x 10- 4 mol.L- 1.s- 1.
d) 4,0 x 10- 4 mol.L- 1.s- 1. e) 5,0 x 10- 4 mol.L- 1.s- 1.

10- Os veículos actuais estão a serem equipados com um catalisador no sistema de exaustão dos
gases provenientes da combustão da gasolina, para a eliminação de poluentes. Os catalisadores
são espécies que aumentam a velocidade de uma reacção química, promovendo um mecanismo
alternativo de reacção sem, entretanto, participarem da reacção propriamente dita.
Com relação às acções dos catalisadores, é correcto afirmar que os mesmos diminuem:
a) a energia de activação da reacção.
b) A energia cinética média das moléculas dos reagentes.
c) As interacções intermoleculares entre reagentes, facilitando a conversão em produtos.
d) A estabilidade dos produtos, fazendo com que estes se convertam em intermediários de
reacção.
e) O conteúdo energético dos produtos, tornando-os menos estáveis e deslocando o sentido da
reacção química.

11- A água oxigenada, , decompõe-se para formar água e oxigénio, de acordo com a equação:
H2O2 (l)  H2O (l) + ½ O2 (g) A velocidade dessa reacção pode ser determinada recolhendo-se
o gás em um sistema fechado, de volume constante, e medindo-se a pressão do oxigénio formado
em função do tempo de reacção. Em uma determinada experiência, realizada a 25oC, foram
encontrados os resultados mostrados no gráfico.

Considerando-se o gráfico, pode-se afirmar que a velocidade de decomposição da água


oxigenada.
a) É constante durante todo o processo de decomposição.
b) Aumenta durante o processo de decomposição.
c) Tende para zero no final do processo de decomposição.
d) É igual a zero no início do processo de decomposição.

Elaborado por MANJACQ Página 86


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

12- Dois recipientes fechados armazenam, respectivamente, quantidades iguais de hidrogénio e


cloro nas CNTP. É FALSO afirmar, em relação aos gases H2 e Cl2 , que:
a) a energia cinética média das moléculas dos gases é a mesma.
b) a velocidade média das moléculas dos gases é igual.
c) o aumento da temperatura absoluta dos gases é directamente proporcional ao aumento da
energia cinética média de suas moléculas.
d) as moléculas dos gases apresentam um movimento contínuo e desordenado.
e) as colisões das moléculas dos gases com as paredes internas dos recipientes que as contêm dão
origem à pressão.

13- A dissolução de um comprimido efervescente foi realizada de dois modos:


1) em água natural, com o comprimido quebrado em pequenos pedaços;
2) em água gelada, com o comprimido inteiro.
A dissolução será:
a) mais lenta em 1, porque, com a temperatura mais alta, a reacção é mais lenta.
b) Mais lenta em 2, porque a área de contacto do comprimido com a água é maior.
c) Mais rápida em 1, porque a temperatura é mais alta, e a área de contacto é maior.
d) Igualmente rápida nas duas, pois a temperatura da água não afecta a velocidade da reacção.
e) Mais rápida em 2, porque o comprimido inteiro possui maior área de contacto com a água.

14- A sabedoria popular indica que, para acender uma lareira, devemos utilizar inicialmente
lascas de lenha e só depois colocarmos as toras.
Em condições reaccionais idênticas e utilizando massas iguais de madeira em lascas e em toras,
verifica-se que madeira em lascas queima com mais velocidade.
O factor determinante, para essa maior velocidade da reacção, é o aumento da:
a) pressão b) temperatura c) concentração d) superfície de contato

15- Uma batata picada cozinha mais rapidamente do que se estivesse inteira. Isso acontece
porque a batata, quando em pedaços, apresenta maior:
a) Temperatura b) volume c) massa d) superfície de contacto e) enzimas

16- O leite se estraga devido a reacções químicas realizadas por microrganismos. Um meio de
diminuir a velocidade dessas reacções é fazer com que o leite seja:
a) Coado b) mantido em temperatura baixa c) misturado com água destilada

Elaborado por MANJACQ Página 87


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

d) Guardado no escuro e) embalado em recipientes pequenos

13- À temperatura ambiente uma reacção química ocorre com certa rapidez. Para torná-la mais
lenta pode-se:
a) Realizá-la em temperaturas inferiores à ambiente.
b) Adicionar um catalisador
c) Aumentar a concentração dos reagentes.

14- No estudo de uma reacção do tipo 2X + Y → produtos, verifica-se que a velocidade é


expressa por v = k [X]2[Y]. Quando a concentração de X for duplicada, mantida constante a
concentração do Y a velocidade da reacção:
a) Diminuirá de 4 vezes b) diminuirá de 2 vezes c) permanecerá a mesma
d) Aumentará de 2 vezes e) Aumentará de 4 vezes

15- Consegue-se aumentar a velocidade de reacção que envolve reagentes gasosos por:
a) Aumento de b) aumento de volume c) aumento de concentração dos produtos
d) Diminuição da pressão e) diminuição da concentração dos reagentes

16- Geralmente durante as aulas de cinética química, os professores demonstram que o prego não
entra em combustão enquanto a palha-de-aço é facilmente queimada. A justificativa para tal fato
é dada em função da superfície de contacto. Podemos afirmar que ao aumentarmos a superfície
de contacto, a velocidade da reacção aumenta devido:
1. A diminuição da energia de activação, favorecendo o processo.
2. A diminuição da entalpia da reacção, o que reduz a energia liberada.
3. Ao aumento do número de colisões em função do aumento de área.
4. Ao aumento da energia de activação, favorecendo o processo.
5. Ao aumento da energia cinética das partículas presentes.
17- Dada a equação:H2+O2(g) H2O(1)
O que ocorrera com a velocidade dessa reacção se a pressão de oxigénio for:
I- Duplicada II- Triplicada III- Quadruplicada
a) Aumenta 4:9:64vezes b) aumenta 2:3:4vezes c) diminui 4:9:64vezes d) diminui 4:9:64vezes

18- Dada a equação:H2+O2(g)  H2O(1)


O que ocorrera com a velocidade dessa reacção se a pressão de hidrogénio for:

Elaborado por MANJACQ Página 88


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

I- Duplicada II- Triplicada III- Quadruplicada


a) Aumenta 4:9:64vezes b) aumenta 2:3:4vezes c) diminui 4:9:64vezes d) diminui 4:9:64vezes

19- Dada a equação:H2+O2(g) H2O (1)


O que ocorrera com a velocidade dessa reacção se o volume de oxigénio for:
I- Duplicada II- Triplicada III- Quadruplicada
a) Aumenta 4:9:64vezes b) aumenta 2:3:4vezes c) diminui 4:9:64vezes d) diminui 4:9:64vezes
20- Dada a equação:H2+O2(g)  H2O(1) o que ocorrera com a velocidade dessa reacção se o
volume de hidrogénio for:
I- Duplicada II- Triplicada III- Quadruplicada
a) Aumenta 4:9:64vezes b) aumenta 2:3:4vezes c) diminui 4:9:64vezes d) diminui 4:9:64vezes

21- Considere a seguinte representação gráfica da energia de um sistema que sofre uma reacção
química:

Assinale, inscrevendo uma cruz no quadrado que as precede, a ou as afirmações correctas


A - A reacção química é exotérmica.
B - A reacção química é endotérmica.
C - O percurso identificado por (a) corresponde à energia de activação.
D - O percurso identificado (b) corresponde à energia de activação.
E- Do ponto de vista energético, os reagentes são mais estáveis do que os produtos de
reacção.
22- O quadro I apresenta os resultados obtidos para a reacção de formação do iodeto de hidrogénio,
a 25°C

Elaborado por MANJACQ Página 89


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Determine a equação cinética desta reacção e o valor da constante de velocidade a esta


temperatura. Apresente todos os cálculos efectuados.

Resposta única: V= |H2|2|I|, k=5,50×10-3

23- Assinale, inscrevendo uma cruz no quadrado que a precede, a afirmação vcorrecta e
que completa a seguinte frase:
Numa situação de equilíbrio dinâmico ….
A. as constantes de velocidade das reacções directa e inversa são iguais.
B. as velocidades das reacções directa e inversa são iguais.
C. não ocorre qualquer reacção química.
D. todos os reagentes são convertidos em produtos de reacção.

24- A decomposição do N2O em N2, numa atmosfera de argon, tem uma cinética de
segunda ordem, em que a expressão de Arrhenius é dada por: k= (5,0.1011).e-29000/T
Escreva a equação cinética para esta reacção e determine a energia de activação. (R=8.314 JK -
1
mol-1)
Resposta única: v=K×[N2O]2 e Ea= 241.1kJ /mol

25- Para a reacção:

Elaborado por MANJACQ Página 90


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola


+¿ ( aq ) 3 Br ( l) +3H O (l)¿
−¿ (aq )+ 6 H 2 2
¿
−¿ ( aq ) +5 B r ¿
Br O 3

Foram obtidos, à temperatura de 30 °C, os valores representados no quadro I.

Determine a equação cinética desta reacção e o valor da constante de velocidade a esta


temperatura. Apresente todos os cálculos que efectuar.
Resposta única v=¿ e k= 0,025

26- Considere a reacção entre o ião peroxidissulfato (S2O2-8) e o ião iodeto (I-), representada pela
seguinte equação química:
→ −¿ (aq )¿
2−¿ ( aq )+ I ¿
−¿ (aq ) 2 SO 4
3
¿
2−¿ ( aq ) +3 I ¿
S2 O 8

Determine a equação cinética e calcule a constante de velocidade para esta reacção a partir dos
seguintes resultados, todos obtidos à mesma temperatura.

Indique, justificando, em que condições físicas são que a constante de velocidade anteriormente
calculada se mantém inalterada.
Resposta única: v=k ¿ e k= 0,081

27- A constante de velocidade para uma reacção de 1ª ordem é 4.6×10-4 s-1 à temperatura

Elaborado por MANJACQ Página 91


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

de 350°C. Sabendo que a energia de activação é 104 kJmol-1 determine a temperatura para a qual
a constante de velocidade é igual a 8,8×10-4 s-1.
Relembre que:

Resposta única: 645K

28- A adição de um catalisador a uma reacção traduz-se …


A. Numa possível alteração das concentrações de equilíbrio.
B. Num favorecimento da reacção no sentido directo.
C. Num aumento das velocidades das reacções directas e inversa.
D. Num favorecimento da reacção no sentido inverso.

29- Relembre o que apreendeu sobre velocidades de reacção e suas variações.


Observe atentamente as representações seguintes, que traduzem a variação da energia em função
do grau de avanço, para uma mesma reacção em situações distintas.

a) Identifique ambas as situações e classifique-as do ponto de vista energético.


b) Identifique ambas as incógnitas.

30- Estudos da reacção, em fase gasosa, da água com o cloreto de metilo, obtiveram-se os

Elaborado por MANJACQ Página 92


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

seguintes dados experimentais de velocidade inicial de reacção:

Determine, justificando, a equação da velocidade para esta reacção.

Resposta única: v = k × [H2O]2 × [CH3Cl]

31- Leia atentamente o conjunto de questões que se seguem e assinale a ou as opções que
considera correctas, inscrevendo uma cruz no quadrado que a(s) precede.

31.1- Considere a seguinte reacção química: 2H2S(g) + O2(g) → 2S(s) + 2H2O(g)


A. A ordem global para esta reacção é igual a 3.
B. A ordem global para esta reacção é igual a 2.
C. Para esta reacção a lei da velocidade é v = k[H2S]2[O2].
D. Para esta reacção a lei da velocidade é v = k[H2S][O2].
E. Com base nesta informação não é possível determinar a lei da velocidade.

31.2- De acordo com a teoria das colisões nem todas as colisões conduzem a uma reacção
química porque.................................................................
A. A energia das moléculas que colidem é inferior a uma determinada
quantidade de energia.
B. As moléculas não podem reagir na ausência de um catalisador.
C. A orientação relativa das moléculas no momento da colisão não é favorável.
D. Só as substâncias no mesmo estado físico é que podem reagir.

31.3- Verifica-se que ao aumentar a concentração dos reagentes a velocidade da reacção

Elaborado por MANJACQ Página 93


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

aumenta porque..........................................................
A. A energia cinética média das moléculas aumenta.
B. A frequência das colisões moleculares aumenta.
C. A constante de velocidade aumenta.
D. A energia de activação aumenta.
E. A ordem da reacção aumenta.
32- A figura esquematiza um diagrama de energia para a reacção A +B  C + D na presença e na
ausência de um catalisador.

Faça corresponder uma letra representada no gráfico (A a E) a cada uma das frases seguintes:
__ A variação da energia interna
__ A energia de activação da reacção directa não catalisada.
__ A energia de activação da reacção inversa catalisada.

33- Considere uma reacção química genérica do tipo: A + B  C


Para a qual foram obtidos, à temperatura de 30 °C, os valores representados no quadro
seguinte:

Escreva a equação cinética desta reacção e determine a constante de


velocidade. Apresente todos os cálculos que efectuar.
Resposta única: v = k[B]2 e k= 0,5

Elaborado por MANJACQ Página 94


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 14: Equilíbrio químico

1- Calcule o pH de uma solução de CH3COOH 0,02M sabendo que o Ka=1,7.10-5


a)3,2 b)5,3 c)1.1 d)Outro

2- Calcule o pH de uma solução de NH4OH sabendo que Kb= 1,8.10


a)3,5 b)2,9 c)5,2 d)Outro

3- Um sistema homogéneo em fase gasosa conte em equilíbrio a 100ºC os gases X;Y;Z cuja pressões
parciais são respectivamente 0,2 atm; 0,1 atm e 0,04atm. A reacção traduz-se pela expressão:
1
3X → 2Y + 2 Z. Calcule o valor da constante de equilíbrio a 100ºC.
a)0,25 b)0,10 c)0,51 d)Outro

4- Determina o valor da constante de equilíbrio para a reacção A+2B2C. se 1 mol de A, 2 mol de B e 3


mol de C são colocadas num recipiente de 1L atè atingir o equilíbrio, sabendo que a concentração final è
1,4M.
a)4,2.10-2 b)8,4.10-2 c)3,2.10-2 d)Outro

5- Numa câmara de 10l onde se faz a vácuo reagir 0,5 mol de H 2 e 0,5mol de I2 a 448ºC,segudo a equação
H2(g)+I2(g)2HI2(g).Sabendo que K=50. Quantas moles de iodo permanecem sem reagi?
a)0,11 b)0,2 c)0,3 d)Outro

6- A 27ºC e 1atm 20% de N2O4 esta dissociado em NO2.Determina o Kp dessa dissociação.


a)0,17 b)0,8 c)0,3 d)Outro

7- Calcula o concentração de OH existente na solução de ácido acético 0,1M que foi ionizada 1,31%
a)4,2.10-5 b)7,6.10-12 c)3 d)Outro

8- Calcule a (CN) para a solução que possui simultaneamente 0,1Mde CH 3COOH(Ka=1,8.10-5) e


HCN(Ka=4,8.10-10)
a)7,4.10-8 b)1,2.10-9 c)4 d) Outro

9-Determine o valor da constante de equilíbrio para a reacção A+2B2C.Se 1 mol de A, 2 mol de B e 3


mol de C são colocadas num recipiente de 1L até atingir o equilíbrio, Sabendo que a concentração final
de C é 1,4M.

Elaborado por MANJACQ Página 95


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

10- O Ke da reacção A+BC+D é I.Determine a a concentração de Ano equilíbrio que se transforma,


quando se junta 3 moles de A e 5moles de B.

11-Calcule o pH de uma solução de amoníaco sabendo que Kb=1,8.10 -5

12-Tem-se uma solução de HÁ que está 2% ionizada. Determine o POH.

13-Numa solução de 0,10 0M ácido cloro acético existe 0,02 0M de R:7,10 -3


Cloro acetato de sódio.Qual é a (H) da solução sabendo que Ka=1, 4×10 -3

14-Calcule o pOH de uma solução de ácido fórmico 0,2 M. sabendo que o K=1,76.10 -4
a) 10,5 b) 4,3 c) 9,7 d) outro
15-A (H) de uma solução 0,072M de ácido benzóico vale 2,1×10 -3 mol. R: 6,3.10-5 calcule o valor de Ka
do ácido (HC7H5O2)

16-Calcule a percentagem de ionização de uma solução á 1M de ácido R: 2,19.10 -3


Cianídrico, sabendo que Ka=4,8×-10

17-A 25 C uma solução 0,010M de amoníaco está 43% ionizada


Calcule a (OH) e o PH da solução.
a) 11,6 b) 3,4 c) 9,7 d) outro

18- Quando 1mol de álcool etílico puro é misturado com 1mol de ácido acético a temperatura ambiente, a
mistura em equilíbrio contém 2/3 de mol de éster e outro tanto de água. Qual é o valor da constante de
equilíbrio na temperatura da reacção, sabendo que todas as substâncias são liquidas.

19- Dada reacção: 2NOBr(g) → 2NO(g) + Br2(g). Sabendo que a 25ºC e pressão total de 0,25atm, brometo
de nitrozila está 34% dissociado. Calcule o valor de Kp.

Elaborado por MANJACQ Página 96


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Elaborado por MANJACQ Página 97


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Elaborado por MANJACQ Página 98


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 15: Electroquímica

1.Uma corrente constante foi passada através de uma solução de iões AuC14 entre eléctrodos de
ouro. Depois de um período de 10min o peso do cátodo aumentou 1,314g.quanta carga em
faraday foi passado?

a)2.10-2 b)19,5 c)5 d)421


2.Uma corrente de 15 ampere è empregada numa aniquilação com banho de NI2 SO4 e
formam-se NI e H2 no cátodo. A eficiência da corrente em relação a formação do NI è de
60%.Quantos grama de níquel são depositados no cátodo por horas?

a)9,9 b)1,2 c)45,8 d)14,2

3.Uma célula electrolítica provida de eléctrodos de 400cm2 de área e distanciadas de 10,0cm


contêm uma solução saturada de sulfato de cobre de resistência especifica 29,2. Calcule a
resistência apresentada pela solução entre os dois eléctrodos.

a)0,75 b)2,50 c)14,8 d)25,3

Elaborado por MANJACQ Página 99


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

4.Que voltagem faz uma corrente de 2,0 amperes se passar por uma resistência de 60?E quantas
calorias por segundo são fornecidos por esta resistência?

a)2 e 6

b)240 e 57,4

c)460 e 28

d)Outro

5.Certa corrente liberta 0,5g de hidrogénio em 2h. Quantos gramas de oxigénio podem ser
liberados pela mesma corrente fluindo pelo mesmo tempo?

a)6 b)5 c)4 d)Outro

6.Quantos coulombs são consumidos por cada cuba onde são produzidos 245g de NaC104 a
partir de NaC103?devido a reacções secundárias a eficiência anódica para a reacção desejada è
apenas 60%.

a)8,4.105 b)2,3,105 c)4.105 d)Outro

7.Uma lâmpada busca uma corrente de 2amperes.calcule carga em coulombs consumida pela
lâmpada em 30 segundos.

a)60 b)40 c)30 d)Outro

8.Calcule e o tempo necessário em horas para consumir 36000coulombs em uma


electrodeposiçâo, usando a corrente de 5 ampares.

a)2 b)4 c)6 d)Outro

Elaborado por MANJACQ Página 100


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

9.Que corrente passa para uma resistência de uma hora intercalada numa linha de 110 volts (V).

a)2 b)5 c)8 d)Outro

10.Le-se 0,3A um amperímetro ligado em serie a uma resistência de valores desconhecidos.


Lance 1,5V no voltímetro de elevada resistência interna ligado aos terminas de resistência. Qual
è o valor dessa resistência?

a)6 b)5 c)4 d)Outro

Tema 16: Termoquímica

Elaborado por MANJACQ Página 101


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Elaborado por MANJACQ Página 102


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Elaborado por MANJACQ Página 103


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Tema 17: Química orgânica

1- O valor de n para os alcanos CnH2n+2 gasosos, liquido e sólidos, variam respectivamente de:

Elaborado por MANJACQ Página 104


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

a)2 à 5;6 à 18;n>18 b)1 à 4;5 à 18;n>18 c)Outro

2- O ponto de ebulição dos alcanos aumenta a medida que aumenta.


a)O número atómico b)O volume c)A massa molecular d)Outro

3- Os solventes orgânicos que dissolvem os alcanos são:


a)Benzeno e água b)Éter etílico e benzeno c)Clorofórmio e água d)Outro

4- A reacção entre os alcanos e halogéneos resulta:


a)Sal e ácido b)Composto halogenado com ácido

5- A reacção de desidrogenação dos alcanos resulta em:


a)Alcino e hidrogénio b)Halogéneo e hidrogénio c)Alceano e hidrogénio d)Outro

6- Para transformar um alcano de linear para ramificada usa-se a reacção de:


a) Decomposição b)Esterificação c)Isomerização d)Outro

7- A combustão ou oxidação dos alcanos com insuficiência de oxigénio resulta em:


a) CO2, H2O b)CO, H2O c)Outro

8- Para decompor um alcano à alceno de cadeia menor è preciso uma reacção em:
a) Cracking b)Esterificação c)Halogenação d)Outro

9- A reacção característica dos alcanos chama-se:


a) Adição electrófila b)Substituição nucleófila c)Outro

10- A reacção característica dos alcenos e alcinos chama-se


a) Adição electrofila b)Substituição nucleófila c)Outro

11- Alceno ao ser desidrogenado resulta em:


a) alcano b)alceno c)Outro
12- O Alcino ao ser desidrogenado resulta em:
a) Alcano b) Alceno c)Outro

Elaborado por MANJACQ Página 105


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

13- A reacção de adição de haletos de hidrogénio ou água aos alcenos ou alcinos obedecem a
regra de markovinikov. Esta regra diz que o hidrogénio liga-se:
a)A outro hidrogénio b)Ao carbono menos hidrogenado c)Ao carbono mais hidrogenado

14- O benzeno apresenta na sua estrutura:


a)3ligaçôes dupla b)2ligaçôes dupla c)1ligação

15- O metil benzeno, pode ser chamado:


a) Hexano b)Tolueno c)Benzeno

16- Os álcoois em relação aos alcanos apresentam:


a)Ponto de ebulição mais baixa b)Ponto de ebulição mais elevado c)Outro

17- A oxidação de álcoois primário resulta em:


a) Aldeidos b)Cetonas c)Ácidos carboxilicos

18- A oxidação de álcoois terciários resulta em:


a) Aldeidos b)Cetonas c)Ácidos carboxilicos

19- A oxidação de álcoois secundários resulta em:


a) Aldeidos b)Cetonas c)Ácido carboxilicos

20- Os haletos de alquilos ou compostos halogenados apresentam elevada reactividade devido:


a) A baixa polarização b)Elevada polarização c)Outros

21- Principal diferença entre aldeido e cetona verifica-se:


a)Na reacção de oxidação b)No peso molar c)Outro

22- A isomeria esta dividida em dois grupos principal que são:


a)Cadeia e posição b)Funcional e tipo diferente c)Plana e especial d)Outro

23- Quando o benzeno reage com ácido sulfúrico muito concentrado obtêm-se como produto:
a)Ácido benzenossulfónico b)Acetona c)Amina d)Ester

Elaborado por MANJACQ Página 106


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

24- Considerando a reacção A+H2 => isobutano. O composto a chama-se:


a)Propeno b) 2, metilpropano c)But-2-eno d)But-3-eno

25.Sendo a reacção:2,2-dimetilpropeno+Cl2+luz =>B+HCl. Composto B obtido chama-se:


a)1-cloro-2,2-dimetilpropano b)2-cloro-1,1-dimetilpropano
c)1-cloro-2-dimetilpropano d)2,2-dimetilproprano

26- Sendo a reacção de pirólise do composto; n-C15H32=> A+n-octano.Qual è o nome do composto


A formado no processo.
a)n-heptano b)n-hex-1-eno c)n-hep-1-eno d)n-peteno

27- Quando o ácido carboxilico reage com um álcool, presença de ácido sulfúrico concentrado
como catalisador obtêm-se
a)Aminas b)Cetonas c)Esteres d)Aldeidos

28- Quantos isómeros correspondem a fórmula C3H9N?


a)2 b)6 c)4 d)Outro

29- Quantos isómeros correspondem a fórmula C3H5Cl?


a)2 b)6 c)4 d)Outro

30- Quantos isómeros correspondem a fórmula C4H8?


a)21 b)6 c)5 d)Outro

Exame da engenharia uan

Exame de acesso 2011 para Engenharia Variante 1

Elaborado por MANJACQ Página 107


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

9°. Quantas moles existem em 9.54 g de SO2?


Dados os pesos atómicos: S = 32,06 e O =16,00.
Res.: A) 20,5 B) 5,00 C) 0,30 D) 2,50 E) 10,5 F) 8,20 G) 0,15 H) outro

10°. Certa corrente libera 0.504 g de hidrogénio em 2 horas. Quantos gramas de oxigénio podem
ser liberados pela mesma corrente fluindo pelo mesmo tempo? Dados os pesos atómicos: H =
1,008 e O=16,00
Res.: A) 10,2 B) 2,5 C)4,8 D) 4,0 E) 24,8 F) 15,6 G) 8,5 H) outro

110. Dados os números atómicos: C = 6; 0= 8; Cl = 17. Escrevendo a estrutura de


Lewis da molécula COCl2 esta conterá um numero total de electrões igual a:
Res.: A) 32 B) 14 C) 26 D) 18 E) 24 F) 28 G) 36 H) outro

12°. Grande parte de ácido clorídrico comercial é preparada pelo aquecimento de NaCl com
H2SO4 concentrado segundo a equação não balanceada:
NaCl +H2SO4 → Na2SO4 + HCl.
Quanto do ácido sulfúrico contendo 90% em peso de H2SO4 é necessário para a produção de
1000 kg de ácido clorídrico contendo 42% em peso de HCl?
Dados os pesos atómicos: H = 1,008 Cl = 35, 5; S= 32,06 O =16,00.
Res.: A) 856 B) 125 C) 326 D) 1256 E) 528 F) 628 G) 414 H) outro

Exame de acesso 2010 para Engenharia Variante 1

9°. Qual é o número total de electrões que existe na estrutura de Lewis (fórmula
electrónica) da molécula C2H402? É dado o número atómico: C = 6; H = 1; 0= 8.
Res.: A) 12 B) 8 C) 32 D) 4 E) 14 F) 24 H) outro

10°. Quantas fórmulas estruturais podem escrever para todos os isómeros do cic1obutano?
Res.: A) 2 B) 8 C) 4 D) 12 E)3 F) 6 G) 7 H) outro
11°. Quando 1 mol de álcool etílico puro é misturada com 1 mol de ácido acético à
temperatura ambiente, a mistura em equilíbrio contém 2/3 mol de éster e outro tanto de água. Qual
é o valor da constante de equilíbrio à temperatura de reacção sendo todas as substâncias líquidas?

Elaborado por MANJACQ Página 108


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Reacção é:
C2H50H + CH3COOH = CH3COOC2H5 + H20
Res.: A) 16 B) 1,7x10-5 C) 5,6x10-6 E) 0,16 F) 4,2x10-4 G) 1,5x10-:3 D) 4 H) outro

12°. Até quanto deve ser diluída uma solução 0,50 mol de BaCl2 para se obter uma outra com 20
mg de Ba2+ por ml? É dado o peso atómico: Ba = 137,3; Cl= 35,5.
Res.: A) 12,56 B) 8,62 C) 16,57 D) 5,25 E) 3,43 F) 22,5 G) 7,45 H) outro

Exame de acesso 2009 para Engenharia Variante 2

9º- A maior parte de ácido clorídrico é preparada por aquecimento de NaCl com H 2SO4
concentrado segundo a equação: NaCl + H2SO4 → HCl + Na2SO4.
Quanto quilograma de ácido sulfúrico contendo 90% de H2SO4 em massa são necessário para
produzir 1500 kg de ácido clorídrico concentrado contendo 42% de HCl em massa?
Dadas as massas atómicas: H = 1 S = 32 Na = 23 O = 16 Cl = 35,5
a)658 b) 526 c) 161 d) 128 e) 150 f) 426 g) 763 h) outro

10º - A 0,5 litro de uma solução 0,4 normal de certa base, adiciona-se determinado
volume de solução 2 normal da mesma base e a solução resultante tem normalidade 1,5 normal.
Determine o volume em litros da solução resultante.
a) 2,5 b) 5,2 c) 0,5 d) 4,8 e) 6,4 f) 1,1 g) 8,7 H) outro

11º- Dada a equação: H2 + O2→ H2O.


O que ocorrera com a velocidade dessa reacção a mesma temperatura se a pressão do oxigénio for
triplicada?
a) 3 b) 2 c) 9 d) 5 e) 18 f) 12 g) não varia h) 0utro

Elaborado por MANJACQ Página 109


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Exame de acesso 2009 para Engenharia Variante 3

9º- é idêntico ao da variante 2 de 2009.

10º A 0,5 litro de uma solução 0,8 normal de certa base, adiciona-se determinado
volume de solução 2 normal da mesma base e a solução resultante tem
normalidade 1,5 normal. Determine o volume em litros da solução resultante.
a)0.7 b) 2,5 c) 5,2 d) 0,5 e) 4,8 f) 6,4 g) 8,7 h) outro

11º Dada a equação: H2 + O2 → H2O.


O que ocorrera com a velocidade dessa reacção a mesma temperatura se a
pressão do hidrogénio for triplicada e a do oxigénio dobrada?
a)2 b) 8 c) 9 d) 5 e) 4 f) não varia g)18 h) 0utro

Exame de acesso 2008 para Engenharia Variante 3

9º) Tem-se electrólito de fórmula HA, cuja constante é 1,8x10-5.Qual é o grau de ionização em
solução 0,2M?
b) 3x10-2

10º) Quais são os estado de hibridação de cada átomo de carbono na molécula CH3CH2CH2CH3
R: Todos sp3

11º) Complete e balanceie a seguinte equação:


2+¿ +I ¿
2
−¿ Cr ¿
2−¿+I ¿
Cr 2 O

A soma dos coeficientes estequiométrico na reacção é:


c) 33

12º) Calcule o número de mole s do cloreto de cálcio necessário para reagir com um excesso de
nitrato de prata produzindo 6,60 g de AgCl segundo a equação:
CaCl2 + AgNO3 → AgCl + Ca(NO3)2
g) 0,0230

Elaborado por MANJACQ Página 110


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Exame de acesso 2008 para Engenharia Variante ?

9º) Calcule a constante de ionização (Ka ) de um ácido HAc , sabendo que em uma solução 0,05
M apresenta o grau de ionização igual a 0,02.
C) 2x10 -5.

10º) Quais são os estado de hibridação de cada átomo de carbono na molécula


CH2=CH-CH=CH2 ?
E) Todos SP2

11º) Complete e balanceie a seguinte equação:


4+¿ +NO ¿
−¿ Sn ¿
+ ¿+ NO 3 →
¿
2+ ¿+H ¿
Sn
A soma dos coeficientes estequiométrico na reacção é:
D) 22

12º) A reacção da sacarose ( açúcar) com oxigénio é:


C12H22O11 + O2 → CO2 + H2O
Quantos gramas de CO2 serão produzidos por 1 grama de sacarose? Dados os
pesos atómicos: C= 12 H= 1 O = 16
G) 1,54

Exame de acesso 2007 para Engenharia Variante 1

Pergunta 1: R: Todos os fotões têm a mesma quantidade de energia.


Pergunta 2: 10,0 g de uma amostra de minério contem 2,80 g de HgS . Qual é a percentagem de
mercúrio no minério?
Dadas as massas atómicas: Hg = 200,6 S = 32
a) 24,1 b) 16,0 c) 52,8 d) 8,5

Pergunta 3: A maior parte de ácido clorídrico é preparada por aquecimento de NaCl com H 2SO4
concentrado segundo a equação: NaCl + H2SO4 → HCl + Na2SO4.
Quanto quilograma de ácido sulfúrico contendo 90% de H2SO4 em massa são necessário para
produzir 2000 kg de ácido clorídrico concentrado contendo 42% de HCl em massa?

Elaborado por MANJACQ Página 111


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Dadas as massas atómicas: H = 1 S = 32 Na = 23 O = 16 Cl = 35,5


a) 240 b) 1678 c) 1253 d) 760
Pergunta 4: Indique o tipo de hibridação do átomo sublinhado e a geometria do composto BeCl2.
Dado o número atómico do Be = 4
a) sp3, tetragonal b) sp2 , planar c) sp2, trigonal planar d) sp, linear

Pergunta 5: Seja a equação de oxidação -redução não balanceada:


MnO + PbO2 + HNO3 → HMnO4 + Pb(NO3)2 + H2O
Qual é a soma dos coeficientes estequiométrico depois de balanceada?
a) 28 b) 33 c) 12 d) 25

Exame de acesso 2006 para Engenharia Variante 1

Pergunta 1: Necessita - se de H2SO4 a 20 % de densidade relativa 1,14. Que quantidade de


concentrado de densidade relativa 1,84 e contendo 98% de H2SO4
deve ser diluída para preparar 100 ml de acido com aquela concentração exigida?
Dada as massas atómicas: H = 1 S = 32 O = 16
B) 12,6

Pergunta 2: Numa câmara de 10 litros, onde se faz o vácuo, reagem 0,5 mol de H2 e 0,5 mol de I2 a
448 oC segundo a reacção: H2(g) + I2(g) → 2HI (g)
Nesta temperatura, para reacção, K = 50, quando as concentrações são expressa em mol por litros.
Qual é a pressão total (em atm) na câmara? Dado R = 0,0821
A) 5,9

Pergunta: Calcule │CN-│ de uma solução que é simultaneamente 0,100 M de HC2H3O2


(Ka=1,8x10 -5) e 0,200 M de HCN (Ka = 4,8x10 -10).
C) 7x10-8

Pergunta 4: Uma corrente de 15 amperes (A) é empregada numa niquelação com banho de NiSO 4
Formam -se Ni e H2 no cátodo. A eficiência da corrente, em relação a formação do Ni, é de 60%.
Que volume de H2 (CNTP) é produzido por hora?
D) 2,51

Elaborado por MANJACQ Página 112


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

Pergunta 5: Sendo a reacçao : 2,2 - Dimetilpropano + Cl2 → B + HCl


O composto B obtido chama - se : A) 1 - cloro-2,2-dimetilpropano
Pergunta 6: Qual é o numero máximo de electrões que pode ser colocado em um átomo no qual o
valor do numero quântico principal mais alto é 4?

Pergunta 7: O ião ClO3 - chama -se:


C) Ião clorato

Pergunta 8: Uma determinada quantidade de metal com 28 g/mol de massa equivalente substitui de
um ácido 0,7 litros de hidrogénio, volume este medido sob condições normais de pressão e
temperatura. Determine a massa do metal.
C) 1,75

Pergunta 9: Dada a seguinte equação de oxidação - redução não balanceada:

Elaborado por MANJACQ Página 113


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

K2Cr2O7 + H2S + H2SO4 → Cr2(SO4)3 + K2SO4 + S + H2O


Calcule a massa equivalente de K2Cr2O7 que actua como oxidante.
Dadas as massas atómica : K = 39,09 Cr = 51,97 O = 16

Pergunta 10: Quantos gramas de Zinco devem ser dissolvido em ácido sulfúrico afim
de se obter 1000 ml de hidrogénio a 20 oC e 770 mm.Hg?
Dado: R = 0,0821 e MA(Zn) = 65,4
B) 2,763

Exame de acesso 2005 para Engenharia Variante 3

I - 50,0 ml de uma solução de Na2CO3 foi exactamente titulada com 65,8 ml de HCl 3,00 N. se a
densidade de Na2CO3 é 1,25 g/ ml.
Qual é a % em massa de Na2CO3 que ela contem?
Dadas as massas atómicas: Na = 23 C = 12 O = 16.
B) 16,8

II - Quantos isómeros estruturais são possíveis para C2H4Cl2?


A) 2

III - Qual é fórmula do composto correspondente a combinação de ClO3- e Co3+?


C) Co(ClO3)3
IV - O ácido fluoroacetico tem Ka = 2,6x10 -3. Qual é a concentração de ácido necessária de modo
que a │H+│ seja 2x10 -3 M?
D) 3,5x10-3

V - Qual é o número de oxidação do elemento sublinhado no MnO42-?


D) + 6

VI - manganês forma óxidos não estequiométrico de forma geral MnO x Encontre o valor de x para
um composto que contem 42,5% de Mn.
Dadas as massas atómicas: Mn = 54,94 O = 16
A) 4,643

Elaborado por MANJACQ Página 114


Exercícios de Aplicação admissão para as Universidades técnicas de Angola

VII - Considere a combustão do álcool amílico:


C5H11OH + O2 → CO2 + H2O
Quantos gramas de CO2 são produzidos por cada mol de álcool amílico queimado? Dadas as
massas atómicas: C = 12 O = 16 H=1
B) 220

VIII - Uma corrente de 15,0 ampere foi passada através de uma solução de CrCl 2 durante 45
minutos. Quantos gramas de Cr foram depositados sobre o cátodo?
Dada a massa atómica do Cr = 52.
B) 10,9

IX - A molalidade de uma solução de álcool etílico C2H5OH em água é 1,54 Kg/mol. Quantos
gramas de álcool são dissolvidos em 2,50 kg de água?
D) 177

X - Determine o valor da constante de equilíbrio para a reacção:


A + B ↔2C
Se 1,0 mol de A, 1,4 mol de B e 0,5 mol de C foram colocados em recipiente de 1,0
litro ate atingir o equilíbrio. A concentração final de C é 0,75 mol/l.
B) 0,50

Elaborado por MANJACQ Página 115

Você também pode gostar