Você está na página 1de 2

LEI COMPLEMENTAR Nº 018, DE 27 DE MARÇO DE 2002.

Estabelece penalidade aos estabelecimentos


comerciais que venderem ou servirem
bebidas alcoólicas a menores de 18 anos e dá
outras providências.

O P R E F E I T O D E S A R A N D I ,
Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte

LEI

Art. 1o – As casas noturnas, os bares, os restaurantes e os estabelecimentos


comerciais em geral que venderem ou servirem bebidas alcoólicas, independente de sua
concentração, a menores de 18 anos, terão seus alvarás de funcionamento suspensos ou
caçados pelo Município.
§ 1o – A pena de suspensão do alvará será aplicada por trinta dias, por
ocasião da primeira autuação do estabelecimento, além da multa de uma VRM (unidade
de referencia municipal), revertendo o valor em benefício do fundo municipal dos direitos
da criança e do adolescente.
§ 2o – A pena de cassação de alvará de funcionamento dar-se-á em caso de
reincidência da infração, além da multa de duas VRM.

Art. 2o – A autuação processar-se-á por agente fiscalizador do Município,


através de ação de rotina e obrigatoriamente por denúncia.
§ 1o – As denúncias junto ao Poder Público Municipal poderão ser feitas por
qualquer cidadão, pessoalmente ou através da apresentação do Registro de Ocorrência em
que o fato tenha sido denunciado na Delegacia de Polícia ou junto ao Conselho Municipal
da Criança e do Adolescente.
§ 2o – O procedimento administrativo obedecerá ao que estabelece o artigo
10 e seguintes do Código de Posturas do Município, Lei Complementar 1.651/78.
o

§ 3o – Fica assegurado o direito de ampla defesa aos infratores, nos termos da


legislação pertinente.

Art. 3o – Os estabelecimentos comerciais atingidos pela presente lei,


obrigatoriamente, afixarão em lugar visível e de acesso ao público, cópia da presente lei.
Parágrafo Único – A desobediência ao contínuo no “caput” do presente
artigo, sujeitarão o infrator ao pagamento de uma multa de uma VRM.

Art. 4o – A presente lei entrará em vigor 15 dias após a sua sanção e


promulgação, revogadas as disposições em contrário.

GABINETE DO PREFEITO DE SARANDI(RS), EM 27 DE MARÇO DE 2002.

Reinaldo Antônio Nicola


Prefeito Municipal

REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE

Regina M. F. Kloeckner
Secretária da Administração e
Planejamento

Você também pode gostar