Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Belo Horizinte – FACISABH Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais Ano: 2010.

01
Aula 2: Ideias e Oportunidades. Objetivo: Apresentar, a partir dos autores Dolabela (2003) e Dorneles (2008) alguns conceitos e discussões sobre idéia e oportunidade: conceito, diferenças e identificação.

Idéia X Oportunidade "Há uma grande diferença entre uma idéia e uma oportunidade"... Não saber distinguir entre uma idéia e uma oportunidade é uma das grandes causas de insucesso. A confusão entre idéia e oportunidade é muito comum entre os empreendedores iniciantes. Identificar e agarrar uma oportunidade é, por excelência, a grande virtude do empreendedor de sucesso. É necessário que o préempreendedor desenvolva essa capacidade, praticando sempre. Atrás de uma oportunidade sempre existe uma idéia, mas somente um estudo de viabilidade, que pode ser feito através do Plano de Negócios, indicará seu potencial de transformar-se em um bom negócio. Fontes de idéias: • Negócios existentes: pode haver excelentes oportunidades em negócios em falência. É lógico que os bons negócios são adquiridos por pessoas próximas (empregados, diretores, clientes, fornecedores); • • • • Franquias e patentes; Licença de produtos: uma fonte de boas idéias é assinar revistas da área. Corporações, universidades e institutos de presquisa não-lucrativos podem ser fontes de idéias; Feiras e exposições; Empregos anteriores: grande número de negócios são iniciados por produtos ou serviços baseados em tecnologia e idéias desenvolvidas por empreendedores enquanto eles eram empregados de outros; • • Pesquisa universitária; Experiência adquirida enquanto consumidor; Plano de Negócios I - Prof. Naedson Rosa. -1-

Por outro lado.Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Belo Horizinte – FACISABH Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais Ano: 2010. -2- .Prof. "Descobrir" algo que já existe: melhorar. podendo o empreendedor. A oportunidade. Oportunidades: A oportunidade é que motiva o empreendedor a tomar as decisões sobre um futuro negócio ou sobre uma mudança. Empregos anteriores: grande número de negócios sãoiniciados por produtos ou serviços baseados em tecnologia e idéias desenvolvidas por empreendedores enquanto eles eram empregados de outros. • • Transformar um problema em uma oportunidade. acrescentar algo novo à idéia já existente. Transformar um problema em uma oportunidade. produzirão mais e. As pessoas que possuem o pensamento livre de quaisquer limites ou restrições. • • Licença de produtos: uma fonte de boas idéias é assinar revistas da área. Corporações. mudanças nas circunstâncias de mercado. Perceber os sinais e fatos que surgem é possibilitar o enriquecimento das idéias. as oportunidades são mais raras). universidades e institutos de pesquisas não-lucrativos podem ser fontes de idéias. Naedson Rosa. A observação minuciosa e ao mesmo tempo ampla do ambiente.01 • • • • Mudanças demográficas e sociais. toda oportunidade necessita de uma avaliação de viabilidade. 66). há armadilhas neste processo. encontrar uma oportunidade é o diferencial de um empreendedor de sucesso. pode ser descrita das seguintes formas: Plano de Negócios I . É lógico que os bons negócios são adquiridos por pessoas próximas (empregados. conseqüentemente. serão mais criativas. segundo Dolabela (2003. agrupados com outras idéias. quando na verdade. porém. é comum os novos empreendedores confundirem idéia com oportunidade. utilizá-los sozinhos. fornecedores). Caos econômico. geralmente feita através de um plano de negócios. o conhecimento do assunto tratado e a mente aberta para perceber o novo são fatores que contribuem para que um número maior de idéias flua. A seguir algumas fontes de idéias: • Negócios existentes: pode haver excelentes oportunidades em negócios em falência. diretores. com certeza. clientes. Descobrir algo que já existe: melhorar. aglutinados ou transformados (citar exemplo de Ford). p. crises. atrasos (quando há estabilidade. acrescentar algo novo na idéia já existente. pois.

relações etc). onde deve-se detectar o estágio em que se encontra determinado setor. tem um hora certa. Naedson Rosa. deve-se analisar o quão atraente ou o quão grande é a chance de se obter bons resultados com o empreendimento. testada.Prof. efeito da situação econômica. Afinal. espontâneo. barulho e caos do mercado (quanto mais imperfeito o mercado. ancora-se em um produto ou serviço que cria ou adiciona valor para o seu comprador. É fruto da criatividade e de descobertas. tanto pela demanda. para negócios voltados à épocas específicas do ano. que não tem comprometimento com nada e em dar certo. p. mas depende da capacidade do empreendedor. pois envolve uma análise econômica de investimentos e • • • • do negócio. • • Características: é atraente . mais abundantes são as oportunidades).01 • Ela deve se ajustar ao empreendedor: Algo que é uma oportunidade para uma pessoa pode não ser para outra. pela oferta ou pela produção. inconsistências. perfil individual. retorno potencial. lucratividade. Mas. checklists e outros métodos de identificar e avaliar. por vários motivos (know-how. que tem chances de sucesso. motivação. 153) adverte aos empreendedores sobre a necessidade de se avaliar a oportunidade por padrões como: Já a oportunidade é uma idéia trabalhada. • Não há técnica para identificá-la: reconhecer e agarrar oportunidades não é questão de usar técnicas. lacunas de informação e outros vácuos. por outro. sazonalidade. ciclo de vida do setor. durável. sinais. se por um lado a oportunidade pode ser considerada a mola propulsora de um novo empreendimento. segundo o qual a idéia é algo livre. analisada. para dimensionar o retorno do investimento e a viabilidade A predisposição para identificar oportunidades consiste em aproveitar todo e qualquer momento para observar negócios e todas as pessoas têm contato diariamente com várias empresas. retração ou estagnação. estão mais vulneráveis à situação econômica. calculada e.Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Belo Horizinte – FACISABH Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais Ano: 2010. Apresenta um desafio: reconhecer uma oportunidade enterrada em dados contraditórios. se em expansão. porém a grande Plano de Negócios I . Neste sentido. não há receita de bolo (a literatura tem mais de 200 métodos). pois alguns produtos ou serviços. podemos utilizar uma definição de Dornelas. atrasos e avanços. -3- . para diferenciarmos a idéia da oportunidade. se possível. Dolabela (2003.

das tendências e deficiências de mercado. as oportunidades. 31). há algumas fórmulas para se identificar oportunidades: • Identificação de necessidades: Procurar necessidades que não estão sendo satisfeitas e desenvolver os produtos ou serviços para satisfazê-las. a um custo que os consumidores estejam dispostos a pagar. baseadas no lançamento de uma moda ou modismo. sem dúvida. a forma mais agradável de desenvolver um negócio próprio.Prof. São raros os hobbies que não representam oportunidades. ou seja. No entanto. mas sobretudo da observação ao ambiente em que se esta inserido. das experiências e vivêncas. o empreendedor analisa a possibilidade de introduzir melhorias e assim criar uma boa oportunidade de negócios. é a fórmula mais adotada pela grande maioria dos empreendedores. são encontradas quando se procuram idéias originais. por trás desta camada. mantem os melhores relacionamentos.Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Belo Horizinte – FACISABH Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais Ano: 2010. É. as oportunidades podem variar. Uma boa oportunidade pode surgir para que esta mais preparado. Naedson Rosa. que podem encantar grande número de consumidores. e como explica Degen (1989. Derivação da ocupação atual: São as oportunidades derivadas da constatação e convicção de que. • Lançamento de moda: Oportunidades de negócios. • Observação de deficiências: Através do estudo de um determinado negócio. o funcionamento do empreendimento e as razões para seu sucesso. Exploração de hobbies: A oportunidade de negócio está no desenvolvimento de um serviço ou produto que satisfaça este gosto. p. A patir que se buscou discitir. dos hobbies. informações. mediocridade ou fracasso. • • • Observação de tendências: O empreendedor deve entender e prever as possíveis consequências e oportunidades que as tendências podem gerar. conforme a percepção e liderança de cada empreendedor. embora negócios deste tipo raramente se tornem grandes. uma visualização mental de algo e oportunidade como a concepção e aplicação projetada e que atenda a uma necessidade. Plano de Negócios I . conhecimentos e estiver mais “antenado” ao movemento global. Não por coincidência. a camada superficial dos empreendimentos. em termos de atratividade e efetividade.01 maioria percebe somente os anúncios e as fachadas. se pode considerar a disntinção entre ideia e oportunidade entendendo ideia como um pensamento. principalmente quanso se fala em oportunidade. E que ambas podem surgir do processo de interação social. se o empreendedor administrasse o negócio. -4- . • Imitação do sucesso alheio: Imitar o sucesso alheio é a fórmula menos arriscada de iniciar um empreendimento próprio. ele faria melhor. Só os verdadeiros empreendedores identificam. imaginação.

Jose Carlos Assis. Oportunidades. -5- . 3.br/bds/BDS. Fernando. Rio de Janeiro: Campus.Prof. 2008. 2008.SEBRAE.01 Referências: DOLABELA. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas . DORNELAS.sebrae. Plano de Negócios I .Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Belo Horizinte – FACISABH Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais Ano: 2010. Rio de Janeiro: Sextante. Acesso em: 05/01/2010. ed.nsf/CF7820FE6B44415E83256F5F00717C16/$File/NT000A1F32. Guia do Empreendedor: Idendificando pdf.biblioteca.com. O segredo de Luísa. Disponível em: http://www. Naedson Rosa. Empreendedorismo: transformando idéias em negócios.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful