Você está na página 1de 9

30 de Março de 2020.

TADEL – Pib Comodoro.

Mantendo a estabilidade em tempos de instabilidade.


Efésios 6.13
Para pensar.
A palavra que vou compartilhar com os irmãos hoje tem o seguinte tema: “Mantendo a estabilidade em
tempo de instabilidade”.
O nosso mundo é instável. É atingido e abalado pelas circunstâncias, crises, catástrofes, pandemias etc.
A Bíblia é clara em nos ensinar essa verdade há muito tempo:
"Irmãos, o que eu quero dizer é isto: não nos resta muito tempo... os que tratam das coisas deste
mundo, como se não estivessem ocupados com elas. Pois este mundo, como está agora, não vai durar muito.
1Co.7:29,31 NTLH
1
“Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está
nele. Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens —
não provém do Pai, mas do mundo. O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus
permanece para sempre”. 1Jo.2.15-17 NVI
Esses textos mostram a fragilidade do mundo e os seus sistemas. A palavra mundo aqui se aplica tanto a
terra como planeta, como ao estilo de vida da humanidade que se opõem a Deus. E a Bíblia é clara em dizer que
tudo isso irá passar. O mundo é passageiro, ou seja, irá acabar. Isso pode ser entendido de duas maneiras.
Primeiramente, que a vida neste mundo é passageira e, logo após ela, teremos que acertar as contas com Deus.
Se formos do mundo, não ficaremos com Deus. Não estar com Deus é chamado na Bíblia de “inferno” e “lago
de fogo”.
O nosso mundo é frágil e vive envolto em uma realidade de instabilidade. Nada nele permanece para
sempre. Nada nele por mais duradouro que pareça se mantem por si mesmo. O nosso mundo é tragado
constantemente por tempestades, por revés, vai e vem, inconstâncias nas mais diversas áreas.
Mas, da mesma forma que a Bíblia diz que o mundo é instável, ela também nos diz que nós podemos
experimentar estabilidade em um mundo instável. O apóstolo João nos diz isso: “O mundo e a sua cobiça
passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre”. 1Jo.2.17 NVI
João contrasta a instabilidade do mundo, com a estabilidade temos e experimentamos em um mundo
instável. E sabe qual é à base desta estabilidade? João nos dá a resposta – Deus: “mas aquele que faz a
vontade de Deus permanece para sempre”.
O que João está dizendo aqui é que aquele que serve ao Senhor, ou seja, tem a sua vida governa por ele,
dirigida pelo Espirito Santo tem uma estabilidade dentro de si. Essa estabilidade é a garantia que embora
sejamos atingidos pelas as instabilidades do mundo, não seremos tragados por ela. Não estamos inumes aos
reveses do mundo, mas não seremos destruídos por eles. Essa é a promessa do Senhor Jesus: "Eu digo isso para
que, por estarem unidos comigo, vocês tenham paz. No mundo vocês vão sofrer; mas tenham coragem. Eu
venci o mundo". Jo.16.33 NTLH
Essa estabilidade é a capacidade de não se entregar ao caos. É o equilíbrio e a coragem necessária diante
das instabilidades do tempo em que vivemos: Guerras, catástrofes, crises, pandemias, perdas, lutas,
adversidades etc.
O que você precisa ter claro em sua mente e coração nessa noite meu amado, minha amada é que Deus
nos chamou para a estabilidade:
“Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes, e que nada os abale. Sejam sempre
dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil”. 1Co.15.58
NVI
“Sejam vigilantes, permaneçam firmes na fé, sejam homens, sejam fortes”. 1Co.16.13 NVI
“Depois de sofrerem um pouco, o Deus de toda graça, aquele que os chamou em Cristo para a sua
glória eterna, ele os restabelecerá, firmará e fortalecerá, e fará com que vocês sejam inabaláveis. A Deus
pertence todo o poder para sempre. Amém!”. 1Pd.5.10-11 NVI

Pib Comodoro/MT
30 de Março de 2020.
TADEL – Pib Comodoro.
Você era tragado (a), esmagado (a) pelas circunstancias antes de você nascer de novo, antes de Jesus ser
Senhor da sua vida, mas depois que você nasceu de novo, depois que você entregou a sua vida a Cristo, Você
colocou a sua esperança em Deus, você encontrou a estabilidade que precisa para vencer. É isso que o salmista
nos ensina no Salmo 40.1-4:
“Coloquei toda minha esperança no Senhor; ele se inclinou para mim e ouviu o meu grito de socorro.
Ele me tirou de um poço de destruição, de um atoleiro de lama; pôs os meus pés sobre uma rocha e
firmou-me num local seguro. Pôs um novo cântico na minha boca, um hino de louvor ao nosso Deus. Muitos
verão isso e temerão, e confiarão no Senhor. Como é feliz o homem que põe no Senhor a sua confiança, e não
vai atrás dos orgulhosos, dos que se afastam para seguir deuses falsos!” Sl.40.1-4 NVI
O salmista diz que Deus tirou os seus pés do lamaçal, situação que aponta a condição de
instabilidade, de perdido, de quem tenta se firmar sem sucesso sobre o que é barro. Deus o tirou do 2
lamaçal e firmou os seus passos. Só o Senhor é o único capaz de vencer a força do lamaçal.
Agora que o Senhor agiu na vida do salmista vemos a nova condição da sua vida: pés sobre uma
rocha. Mas não é qualquer rocha. Sabemos, tratar-se de Jesus, A Rocha, aquele que é nosso firme fundamento.
O Deus em quem esperamos firma os nossos passos.
Meu querido, minha querida o nosso grande desafio neste mundo é mantermos a nossa estabilidade
espiritual em tempos de instabilidade. É isso que Paulo nos diz no texto que lemos nesta noite: “Por isso, vistam
toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e permanecer inabaláveis, depois de terem
feito tudo”. Ef.6.13 NVI
Permanecer inabaláveis significa estabilidade. Estabilidade significa Solidez, firmeza, resistência e
segurança.
Há algumas verdades profundas nesse texto. A primeira é que o dia mal é uma realidade e
vem para todos. Não estamos imunes aos problemas que tenta nos desestabilizar:
“Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a
cada dia o seu próprio mal". Mt 6.34 NVI
"... Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo". Jo.16.33 NVI
“Queridos amigos, não se assustem nem se admirem quando vocês passarem pelas provas
ardentes que estão para vir, pois isto não é coisa estranha e nem fora do comum que lhes vai acontecer.
Pelo contrário, alegrem-se verdadeiramente, pois estas provações transformarão vocês em companheiros de
Cristo no seu sofrimento, e depois terão a maravilhosa alegria de participarem da sua glória naquele dia
vindouro quando ela será manifestada”. 1Pd.4.12-13 Bv

Na verdade uma grande estratégia do inimigo é nos desestabilizar através dos problemas, lutas e
circunstâncias da vida:
“Estejam alertas e fiquem vigiando porque o inimigo de vocês, o Diabo, anda por aí como um leão que
ruge, procurando alguém para devorar. Fiquem firmes na fé e enfrentem o Diabo porque vocês sabem que
no mundo inteiro os seus irmãos na fé estão passando pelos mesmos sofrimentos. Mas, depois de
sofrerem por um pouco de tempo, o Deus que tem por nós um amor sem limites e que chamou vocês para
tomarem parte na sua eterna glória, por estarem unidos com Cristo, ele mesmo os aperfeiçoará e dará
firmeza, força e verdadeira segurança. A ele seja o poder para sempre! Amém!”. 1Pd.5.7-11 NTLH
A Bíblia Viva diz:
“Sejam cuidadosos, estejam vigilantes contra os ataques de Satanás, o grande inimigo de vocês. Ele
ronda em volta, como um leão faminto, que ruge à procura de alguma vitima para estraçalhar. Fiquem firmes
quando ele atacar. Confiem no Senhor; e lembrem-se que outros cristãos ao redor do mundo inteiro estão
passando por estes sofrimentos também. Depois que vocês tiverem sofrido um pouquinho, o nosso Deus,
que está repleto de bondade, lhes dará por meio de Cristo a sua glória eterna. Ele virá pessoalmente, tomará
vocês e os colocará num lugar firme, e os fará mais fortes do que nunca. A Ele seja todo o poder sobre todas
as coisas, para todo o sempre. Amém”. 1Pd.5.7-11

Pib Comodoro/MT
30 de Março de 2020.
TADEL – Pib Comodoro.
Dias maus são dias tristes em que os pensamentos e sentimentos se confundem. Dias em que as
promessas de Deus parecem sonhos distantes e que as forças parecem desaparecer. Dias em as circunstâncias e
situações da vida nos forçam a reconhecer o quanto somos fracos e pequenos. Esse é o “dia mau”.
O dia mau é quando você tem que enfrentar ao mesmo tempo, gigantes, leões, tempestades e todo tipo
de dificuldades. É surpreendido por circunstâncias inesperadas.
Mas, preste atenção no que vou lhe dizer. O dia mau não é um dia para tomar decisões, mas é um dia de
se tomar posição! É dia de pararmos tudo, abaixarmos a cabeça e olharmos somente para o Senhor.
Outra revelação que esse texto de Efésios nos traz é podemos Permanecer estável em dias de
instabilidade: “Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e
permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo”. Ef.6.13 NVI
O dia mau não tem o poder de nos destruir. Os dias maus podem nos atingir, mas não tem o 3

poder de nos afetar permanentemente, aleluia! Paulo diz que quando estamos revestidos de Deus, e a sua
armadura podemos resistir o dia mau e permanecer inabaláveis.
A exortação de Paulo aqui é para mantermos a estabilidade que temos no Senhor nos dias maus. E para
não nos entregarmos ao caos, por mais terrível que pareça as nossas circunstâncias e situações.
A expressão “possam resistir no dia mau e permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo”.
Aponta para a estabilidade em tempos de instabilidade. Significa não cair, não ter atitudes de desistência diante
da luta, das adversidades. Mas, sim ficar de pé no dia das duras provas, dos momentos críticos de nossa vida em
que o diabo e seus subordinados nos assaltarão com grande intensidade. É prosseguir firme até o fim da batalha.
Permanecer inabalável é permanecer destemido, é agir com fé na batalha da vida, é encarar a batalha de
cabeça erguida. É não permitir ser dirigido pelo pessimismo. É não se render as dificuldades que acontece em
sua vida.
“Resistir o dia mau e permanecer” inabaláveis é suportar e perseverar diante das lutas ao ponto de
supera-las. É permanecer em pé nas provações. É firmar-se contra, no sentido de não se entregar, não ceder ante
os ataques do inimigo, não lhe dar qualquer vantagem. É uma linguagem militar que significa não retroceder,
mas permanecer constante.
A ideia que Paulo quer transmitir é que o cristão com sua exortação é que no final, no termino da luta o
único que restou sem escorregar, sem retroceder e sem cair por terra foi aquele que está revestido de Deus. os
olhos de Paulo está não na luta, ou na gravidade das circunstâncias, mas sim no resultado final. E o resultado
final e a vitória daqueles que estão revestidos de Deus e da sua armadura. E isso por causa da capacidade que
tem em Deus de resistir quando a luta tiver prosseguimento, porque o crente conservar sua posição no conflito
até o fim, sem deslocar-se e nem desviar-se, mas antes, ‘permanecendo’ vitorioso em seu posto.
Paulo nos exorta como filhos de Deus a mantermos a estabilidade em tempos de instabilidade. Como
diz Michael Brodeur: “Como discípulos de Cristo, somos chamados a um estilo de vida que se
eleva acima das impossibilidades”.
Abraham Lincoln disse: “O campo da derrota não está povoado de fracassos, mas de
homens que tombaram antes de vencer.”
Então a grande questão é? Como mantemos a estabilidade em tempos de instabilidade? Como
permanecemos inabaláveis diante dos dias maus? Quero indicar para você nesta noite algumas atitudes:
Em tempo de instabilidade...
Foque sua esperança em Deus e não nas circunstâncias.
“Os que confiam no Senhor são como o monte Sião, que não se pode abalar, mas permanece para
sempre. Como os montes cercam Jerusalém, assim o Senhor protege o seu povo, desde agora e para
sempre”. Sl.125.1-2 NVI
“O justo jamais será abalado; para sempre se lembrarão dele. Não temerá más notícias; seu coração está
firme, confiante no Senhor. O seu coração está seguro e nada temerá. No final, verá a derrota dos seus
adversários”. Sl 112.6-8

Pib Comodoro/MT
30 de Março de 2020.
TADEL – Pib Comodoro.
O segredo da estabilidade, da perseverança é confiar em Deus, pois ele jamais pode ser abalado. As
mudanças do nosso mundo não podem sacudi-lo, desestabiliza-lo. Você quer manter a estabilidade em dias de
instabilidade? Então foque naquele que é sempre estável.
A expressão “os que confiam no Senhor são como o monte Sião...”. Transmite a ideia de segurança e
estabilidade daqueles que confiam em Deus, por desfrutar do seu cuidado e providencial. A palavra confiança
aqui tem a ver com foco. Com a base sobre a qual estamos firmados. O versículo não afirma que nada se
abalará á nossa volta, mas que nós não seremos abalados! Abalar é desmoronar, cair.
O verbo confiar traduz uma palavra hebraica que transmite o sentido de “estar seguro”. A ideia de
descansar sob o cuidado de Deus. É estar despreocupado. Uma das maneiras de confiar em Deus é expressa no
conceito de dependência, de entregar-se a Ele sem hesitar, como uma criança à sua mãe. É uma confiança sem
reservas, despreocupada dos problemas, sabendo que você esta seguro em todo tempo e que nada esta
fora dos cuidados do Pai, é uma confiança de entrega total. 4

Os que confiam no Senhor são aqueles que compreendem sua total dependência dele. São
aqueles que não confiam em si mesmos; são aqueles que não depositam sua confiança em seus próprios
corações, em suas próprias forças e habilidades. Os que confiam no Senhor são aqueles que erguem seus olhos
para o Soberano do Universo e encontram conforto em sua providencia.
O salmista diz que aqueles que focam no Senhor, confiam nele são como o monte Sião que não se abala.
O salmista ao ilustrar a confiança do cristão ele não usa uma árvore que pode ser movida de um lado para outro
dependendo da força do vento, ele usa a figura do monte que não pode ser movido, que não se abala e que
permanece para sempre, isto é, uma confiança que não é abalada por nada. É certo que as montanhas são
bastante estáveis. São antiquíssimas, resistem muito bem à terremotos, não sucumbem ante enchentes,
protegem contra vendavais, enfim, são bastante firmes.
Montes são símbolos de permanência. Se você vê hoje uma árvore e retornar ao mesmo lugar depois de
100 anos, é pouco provável que aquela árvore esteja ainda lá. Mas se você contemplar o monte Everest e
retornar depois de mil anos, ele estará no mesmo lugar.
Quando o salmista diz que os que confiam no Senhor são como o monte de Sião que não se abala, ele
está falando da segurança e estabilidade espirituais que essas pessoas desfrutam.
O monte de Sião citado pelo salmista é o que abrigava o Templo do Senhor que havia sido construído
em Jerusalém; bem como o palácio real. Esse monte é usado frequentemente nas Escrituras como figura da
habitação de Deus com seu povo e da estabilidade das suas promessas.
Sião era símbolo da firmeza concedida por Deus. Este monte existe até hoje. Lá está, firme e seguro.
Desde que o salmista escreveu o Salmos 125, milênios se passaram; impérios sucumbiram; governos se foram;
povos se espalharam; vegetações pereceram; civilizações se sucederam; construções foram erguidas e
destruídas Mas o monte lá está, firme e forte, idêntico aos que confiam no Senhor.
O mente Sião traduz a firmeza, imutabilidade. Sião significa fortaleza, permanência. Tudo na natureza
muda, menos os montes, montanhas. Em um campo onde há árvores quer sejam frutíferas ou não, com o passar
do tempo, elas definham e morrem. Mas os montes permanecem através dos séculos ou milênios.
O crente que confia no Senhor permanece firme. Não vive solto, sujeito à todo tipos de ventos. Ele está
firmado em Deus, e não perde a sua estabilidade em Deus. O Senhor é quem o sustenta. Jamais será abalado!
É certo que lutas veem e virão. Muitas aflições, muitas provas, muitas dúvidas lançadas pelo inferno
mas, por fim, a promessa é que sempre haverá firmeza, até a eternidade.
Os crentes permanecem inabaláveis não porque há alguma capacidade neles, mas porque é o próprio
Deus quem os preserva até o fim. Os que confiam no Senhor são inabaláveis porque eles são edificados sobre o
fundamento que é Cristo, a Pedra principal da esquina (2 Pedro 2:4-8).
Os que confiam no Senhor permanecem firmes e atravessam com confiança as aflições, tentações,
dificuldades e quaisquer que sejam as circunstancias adversas. Eles sabem que não há nada que possa separá-
los do amor de Deus que está em Cristo Jesus (Rm.8.37-39).
Deus é nossa rocha, que nos protege. Na hora da dificuldade e do perigo, ele está conosco, lutando por
nós. Nem sempre conseguimos ver a mão de Deus, mas, no fim, ele sempre opera em nosso favor. Quem confia
em Deus e o obedece tem uma segurança quem mais ninguém tem.

Pib Comodoro/MT
30 de Março de 2020.
TADEL – Pib Comodoro.
"Firme para sempre" significa continuidade, sem interrupção. Nossa estabilidade no Senhor não é
apenas nos momentos mais suaves ou vitoriosos, mas para sempre. Lutas, dificuldades e problemas não poderão
abalar, ou seja, fazer cair o servo do Senhor.
Deus enfatiza "sempre"! "Desde agora...": agora é já, imediatamente. Não é depois, ou no além. É agora!
Se nos apegarmos às promessas do Senhor, seremos sustentados eternamente. Querido, você tem uma torre
forte, um Deus forte! É Ele quem te ampara e te sustenta! Confie, porque Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre!
A firmeza é para aquele cuja confiança está depositada em Deus. Sim, no Criador, no mantenedor de
todo o universo, naquele que conhece todas as coisas e é capaz de manter tudo sob Seu controle. A firmeza
prometida no versículo é para aquele que confia no Senhor. Confiança no "Eternamente Capaz". A promessa é
para aquele que confia inteiramente, que sabe que Deus é competente. Se você olhar para Deus em busca de
segurança, nunca será frustrado.
5
Você está firme no Senhor? Você está firme como o Monte Sião? Saiba que somente a confiança
integral em Deus lhe dará estabilidade. O mundo pode dar alguma aparência de vigor, alguma ilusão de
força e destreza. Mas somente Deus dará estabilidade.
Em que ou em quem você tem mantido o foco nos tempos de instabilidades? Nas circunstâncias ou em
Deus? Davi diz que a opção correta é manter o foco em Deus.
“O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo, em
quem me refúgio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio”. Sl.18.2 ARA

A declaração: meu Deus, a minha fortaleza, em quem confio é literalmente: “Meu Deus, o meu
rochedo, fugirei para Ele”; ou: “O meu Deus, o meu rochedo, em quem me refugio” (ARA).
O amparo de Deus para o seu povo é ilimitado e pode tomar diversas formas. Davi caracterizou o
cuidado de Deus com cinco símbolos militares. Deus é: Fortaleza ou lugar seguro onde o inimigo não nos
pode seguir. Rocha que não poderá ser movimentada por ninguém que queira nos danificar. Escudo que se
interpõe entre nós e o perigo. Força que nos sustenta de pé. Alto refúgio, lugar de amparo sobre os nosso
inimigos.
Davi não deixa dúvida sobre sua fé e confiança em Deus. Embora fosse conhecido por sua proeza
militar, ele não se gaba de grandes feitos como guerreiro. Ele entendeu que as vitórias vieram de Deus, e
continuou confiando nele:
“Pois, quem é Deus senão o Senhor? e quem é rochedo senão o nosso Deus? Ele é o Deus que me
cinge de força e torna perfeito o meu caminho; faz os meus pés como os das corças, e me coloca em
segurança nos meus lugares altos. Adestra as minhas mãos para a peleja, de sorte que os meus braços
vergam um arco de bronze. Também me deste o escudo da tua salvação; a tua mão direita me sustém, e a
tua clemência me engrandece. Alargas o caminho diante de mim, e os meus pés não resvalam. Persigo os
meus inimigos, e os alcanço; não volto senão depois de os ter consumido. Atravesso-os, de modo que nunca
mais se podem levantar; caem debaixo dos meus pés. Pois me cinges de força para a peleja; prostras debaixo
de mim aqueles que contra mim se levantam!. Sl.18.31-39 NVI

O salmo do capítulo 18 começa com Davi pedindo ajuda. E continua declarando que sua força está no
Senhor: “Ele faz minhas pernas fortes como as das gazelas (…) treina minhas mãos para o combate/ faz
meus braços vergarem um arco de bronze”. Por todo o Salmo 18 Davi admite sem a benção divina, ele não
conseguiria ganhar batalha nenhuma.
Quando você foca em Deus e não nas circunstancias em tempos de instabilidades. O mundo ao seu redor
não o atinge mais. Os ventos de crise que estão sempre açoitando as pessoas todos os dias de suas vidas já não
terão mais qualquer efeito sobre seus pensamentos; seu coração estará livre de medos e isso fará com que você
seja inabalável como uma montanha; como está escrito.
Quando sua visão de fé estiver unida a esta confiança plena e absoluta em Deus tudo em sua volta vai se
modificar, simplesmente porque seu modo de ver as coisas terá mudado; você verá oportunidades onde outros
verão problemas; você verá possibilidades onde as demais pessoas verão crises, você renovará suas forças

Pib Comodoro/MT
30 de Março de 2020.
TADEL – Pib Comodoro.
quando os outros estiverem desistindo; experimentará Paz quando todos estiverem em caos, visualizará as
vitórias e o sucesso onde todos estiverem enxergando apenas derrotas e fracasso.
Esta é a força da verdadeira confiança focada em Deus: “O justo jamais será abalado; para sempre se
lembrarão dele. Não temerá más notícias; seu coração está firme, confiante no Senhor. O seu coração está
seguro e nada temerá. No final, verá a derrota dos seus adversários”. Sl.112.6-8 NVI

Em tempo de instabilidade...
Filtre a sua alma.
Se você quer manter a estabilidade em tempos de instabilidade, você precisa ser seletivo com aquilo que
você está alimentando a sua alma.
6
Jesus diz algo muito importante em Mateus.6.22-24: “Os olhos são como uma luz para o corpo:
quando os olhos de vocês são bons, todo o seu corpo fica cheio de luz. Porém, se os seus olhos forem
maus, o seu corpo ficará cheio de escuridão. Assim, se a luz que está em você virar escuridão, como será
terrível essa escuridão!”. Mt.6.22-24 NTLH
O que Jesus está dizendo aqui é aquilo que vejo, aquilo que eu recebo, aquilo que absorvo afeta a minha
saúde interior. O olho natural capta a luz que guia todo o corpo em suas ações. A alma, a mente recebe aquilo
que os nossos olhos contemplam.
Os olhos servem como fonte de interiorização. Como diz o ditado popular: “O que os olhos não
vêm o coração não sente”.
Cuidado meu querido, minha querida com aquilo que você deixa entrar no seu coração seja pelos seus
olhos ou ouvido. Pois, aquilo com o que você alimenta a sua alma pode levar você à instabilidade e a ruina.
Jesus diz que o olho mau, ou seja, só se alimenta de coisas negativas não produz “luz”, portanto está em
trevas. Pois, tudo o que ele vê interpreta com maldade, pessimismo. O maior prejudicado em ter o olho mau é a
própria pessoa que o tem. Sua vida fica em trevas.
Já quem tem o olho bom jamais vê as coisas ao redor do ponto de vista carnal. Ele sempre interpretará
tudo o que vê com o auxílio do Espírito Santo. Até os problemas que ele enfrenta são visto como oportunidades
que Deus concede para melhorar seu próprio caráter e sua vida cristã. Ele consegue ver além das aparências.
Ele vê o mundo espiritual. Ele vê o que os outros não podem ver.
Os bons olhos nos tornam sensíveis ao Espírito Santo, pois passamos a ver aquilo que Ele preparou para
nossas vidas. Os olhos bons não estão presos ao presente que vivemos no mundo, eles conseguem focalizar o
futuro que Deus prometeu.

Salomão nos aconselha: “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele
procedem às saídas da vida”. Pv.4.23 ARC
O coração neste versículo não está relacionado ao órgão do corpo humano, mas às emoções, à
inteligência e à vontade, que representam toda a parte interior do homem. Os nossos comportamentos são
resultados do que sentimos e pensamos, portanto, eles revelam o nosso coração. O significado de GUARDAR é
defender; olhar; velar por; acautelar; conservar; reservar; observar; livrar; evitar a. Assim, guardar o coração é
mantê-lo sob constante cuidado e observação!
Tem muita gente doente emocionalmente, psicologicamente e espiritualmente devido àquilo que tem
visto e ouvido. Desligue um pouco a televisão que só fala de morte. Deixe de lado um pouco as redes sociais
com suas polêmicas e fake News.
Meu querido, minha querida desintoxique sua alma, os dias são maus. Cuidado com o que você ouve,
assiste, absorve em sua mente e coração. Os meios de comunicação só propagam o caos, o mal, as noticias
ruins. Mantenha seus filtros limpos que Paulo ensinou aos Filipenses: “Finalmente, irmãos, tudo o que for
verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que
for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.” Filipenses 4:8
Seja seletivo quanto aos seus relacionamentos e locais. Afaste-se de pessoas tóxicas. A vida é feita de
escolhas! Manter a saúde mental, emocional e espiritual em dias doentes é questão de sobrevivência!

Pib Comodoro/MT
30 de Março de 2020.
TADEL – Pib Comodoro.
Alimente a sua alma do Senhor e da sua palavra. Veja o que o profeta Isaias nos diz: “Tu conservarás
em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti. Confiai sempre no Senhor; porque o
Senhor Deus é uma rocha eterna”. Is.26.3-4 ARA

A Bíblia Viva diz:


“O Senhor dará uma paz perfeita a todos que confiam nele, aos que concentram seus pensamentos
nele. Confiem para sempre no Senhor, porque no Senhor Deus vocês encontrarão a força que nunca se
acaba”. Is.26.3-4 Bv

Siga o conselho do profeta Jeremias: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança…”.
Lm.3.21 A mente tem esse grande poder, pode falar consigo mesma por meio de lembrança. A mente
7
pode “trazer à memória”. Se não “trouxermos à memória” o que Deus disse sobre si mesmo e sobre nós,
enfraqueceremos. A maioria das pessoas tem uma tendência a se deixar levar pelo pessimismo, e
permite que a sua mente seja envolvida pela tristeza, amargura e depressão.
Estabilidade espiritual é o resultado de como você pensa. Por isso:
 Vigie seus pensamentos, Porque eles se tornarão suas palavras;
 Vigie suas palavras, Porque elas se tornarão seus atos;
 Vigie seus atos, Porque eles se tornarão seus hábitos;
 Vigie seus hábitos, Porque eles se tornarão seu caráter;
 Vigie seu caráter, Porque ele será seu destino.

Em tempo de instabilidade...
Mantenha sua fé nas promessas de Deus.
Veja o que o escritor aos Hebreus nos diz: “para que, por meio de duas coisas imutáveis nas quais é
impossível que Deus minta, sejamos firmemente encorajados, nós, que nos refugiamos nele para tomar
posse da esperança a nós proposta. Temos esta esperança como âncora da alma, firme e segura, a qual
adentra o santuário interior, por trás do véu, onde Jesus, que nos precedeu, entrou em nosso lugar, tornando-
se sumo sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque”. Hb.6.18-21 NVI
O que o escritor aos Hebreus está dizendo aqui é que a confiança de Abraão na promessa de Deus
capacitou o patriarca a suportar tudo pacientemente, a permanecer firme nos caminhos do Senhor até que a
promessa se cumpriu.
Aqui o autor relembra que Deus fez uma promessa de salvação ao homem. Sendo promessa de Deus, ela
é mais firme e confiável que qualquer promessa feita pelos homens. Para ilustrar essa firmeza e certeza, o autor
lembra a promessa de Deus a Abraão (Gn. 22.16-17). É interessante lembrar que Deus não cumpriu de imediato
a promessa feita a Abraão. O Pai da fé teve que aguardar longos anos até que a promessa de um filho fosse
concretizada, mas o foi.
Este fato histórico nos ensina que o tempo de cumprimento das promessas divinas está sob o controle de
Deus, que é o Todo-poderoso, e não sob nosso controle.
O escritor aos Hebreus diz que a esperança na promessa é como uma âncora para a nossa alma. Ancora
fala de estabilidade, de constância, de firmeza. Qual o papel da âncora senão firmar o barco e impedir que ele
saia à deriva? A âncora dos barcos finca-se no leito do rio ou oceano, mas a nossa âncora está fincada no Santo
dos Santos, para além do véu (Lv.16.6).
Em tempo de instabilidade foque nas promessas de Deus. O autor de Hebreus exorta os crentes a se
apegar às promessas e ao juramento de Deus para não desistirem da jornada cristã, ainda que ela seja
acompanhada de grandes dificuldades.
O motivo para não desistência se baseia em “duas coisas imutáveis”: a promessa e o juramento. Abraão
foi um grande exemplo, pois não perdeu a esperança mesmo sendo idoso, e foi contemplado com o herdeiro da
promessa.

Pib Comodoro/MT
30 de Março de 2020.
TADEL – Pib Comodoro.
Deus não tinha alguém maior que si para por ele jurar. Então jurou por si mesmo. Até o juramento de
homens serve de garantia, quanto mais o juramento de Deus. Deus é fiel e si próprio, e tendo jurado por si não
mudará em hipótese alguma.
Por isso, quando tudo parecer perdido, não está. Quando seu ânimo parecer desvanecer, ponha os olhos
na promessa.

Há varias promessas de Deus para a sua vida: perdão, salvação, vitória, provisão. Mas, a maior delas é a
sua presença constante com você:
“... Nunca o deixarei, nunca o abandonarei". Podemos, pois, dizer com confiança: "O Senhor é o meu
ajudador, não temerei. O que me podem fazer os homens?". Hb.13.5-6 NVI

Assim como a fé é a certeza das coisas que se esperam e a plena convicção dos fatos que não se 8

veem, a esperança na promessa é uma expectativa certa e de plena convicção, por causa daquele que
falou.
Nossa estabilidade está ancorada na promessa de Deus e na obra de Jesus Cristo. Os ventos e as ondas
de dúvida, desencorajamento e ataque espiritual do maligno podem fazer-nos pensar que estamos à deriva, mas,
não é verdade. Deus deu Sua promessa de que está conosco.

Em tempo de instabilidade...
Invista em sua intimidade com Deus.
Estabilidade nos dias maus está extremamente ligado ao nosso relacionamento com Deus. o tempo que
passamos na presença de Deus determina na nossa capacidade de manter o equilíbrio em dias de lutas. Por isso,
a bíblia nos exorta constantemente a nos fortalecermos no Senhor:
“Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder. Vistam toda a armadura de Deus, para
poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo, pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os
poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas
regiões celestiais. Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e
permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo. Ef.6.10-13 NVI

“Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus”. 2Tm.2.1 NVI

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças,
apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus
corações e as suas mentes em Cristo Jesus”. Fp.4.6-7 NVI

A palavra guardar é um termo militar, usado para soldados que guardavam a cidade de um ataque.
Imagine, seria como se tivéssemos um pelotão de soldados nos guardando de todo o mal em cada etapa de
nossa vida, dia e noite. Bem, a promessa de Deus aqui é ainda melhor. A paz de Deus, que excede todo o
entendimento vai manter, proteger e guarnecer os nossos corações e as nossas mentes da ansiedade em Cristo
Jesus.
Quando estamos atormentados com pensamentos ansiosos, quando nossas mentes correm adiante, no
futuro, podemos raciocinar e levar o nosso caminho para um lugar de paz – a presença de Deus.
O que garante a estabilidade da arvore são suas raízes. Para garantir a estabilidade da árvore, as raízes
devem possuir algumas qualidades fundamentais: Devem ser múltiplas: Devem ser multidimensional; Devem
ser profundas.
As raízes que garantem a nossa estabilidade em tempos de instabilidade é o nosso Tempo a Sós com
Deus: oração, leitura da Palavra de Deus, e Jejum.

O mundo ao nosso redor está em permanente mudança, mas Deus não muda. Ele é estável, confiável;
Ele diz: “Há outro Deus além de mim? Não, não existe nenhuma outra Rocha; não conheço nenhuma. De fato,

Pib Comodoro/MT
30 de Março de 2020.
TADEL – Pib Comodoro.
Eu, o Senhor, não mudo” (Is.44.8, Ml.3.6) Deus está sempre perto. Pode-se contar com ele. Ele é “o mesmo,
ontem, hoje e para sempre.” (Hb.13.8)
A presença do Senhor é uma fonte de estabilidade:
“Ouve o meu clamor, ó Deus; atenta para a minha oração. Desde os confins da terra eu clamo a ti, com
o coração abatido; põe-me à salvo na rocha mais alta do que eu. Pois tu tens sido o meu refúgio, uma torre
forte contra o inimigo”. Sl.61.1-3 NVI

A palavra “rocha” na bíblia significa “expressão de poder e estabilidade. Deus é chamado de Rocha
nesse texto e em outras partes da bíblia porque ele é sólido e estável. Ele nunca é movido pelas coisas que nos
movem.
Nossa Rocha é um lugar de refúgio. Ele é estável, longânimo, fiel, seguro, sempre presente,
sempre o mesmo, sempre bom e amoroso, sempre gentil e misericordioso. Ele nunca nos deixa ou se 9

esquece de nós. E devemos ser moldados e transformados à Sua imagem.


Não deixe que tempos de crise lhe tire da presença de Deus. Permaneça firme semeando em
Cristo que certamente te fará colher a cem por um!

Hora da decisão.
O grande desafio da vida cristã é permanecer firme na Fé, em meio às lutas espirituais. Vivemos em um
mundo instável e somos instáveis, por natureza. É por isso que a Bíblia nos motiva à firmeza e à estabilidade
espiritual. (Js.1:7-9).
A Palavra de Deus diz que devemos permanecer firmes na fé (perseverar), pois todos passamos pelos
mesmos sofrimentos. Contudo, Deus, em tempo oportuno, nos restaurará, fortificará, firmará e nos colocará
sobre um forte alicerce (1Pd.5.9-10).
Portanto, independente dos problemas, devemos manter nosso foco em Jesus e não esmorecer. Devemos
nos apegar na Palavra de Deus, nos lembrando das promessas dele e, principalmente, de Quem Ele é!
Ser inabalável não quer dizer não sofrer, quer dizer não se deixar levar pelo sofrimento; não quer dizer
que não teremos problemas, mas sim que nosso Deus é maior que nossos problemas.

Pib Comodoro/MT

Você também pode gostar