Você está na página 1de 1

somem com suas falsas promessas, para só reaparecer

IGREJA BATISTA MONTE SIÃO na próxima campanha eleitoral.

Uma igreja em células a serviço do Rei O mal intencionado termina morrendo por sua rebeldia
e vaidade. Absalão morreu preso pelos cabelos e
Jesus. flechado por homens leais ao rei (2Sm 18.10-4).
Estudo para as Células de Multiplicação –
Estudo 28 – Libertando da má intenção II O mal intencional rebelde e maligno, morre e não
deixa uma geração. Só deixa a lembrança da sua
“O sacrifício dos ímpios é abominação; quanto mais vaidade destruidora.
oferecendo-o com intenção maligna!” (Pv 21.27).
“Ora, Absalão, quando ainda vivia, tinha feito levantar
No dia 11 de setembro o mundo recorda o resultado para si a coluna que está no vale do rei; pois dizia:
nefasto da má intenção de certos homens que se Nenhum filho tenho para conservar a memória o meu
infiltraram entre os passageiros normais de aviões os nome. E deu o seu próprio nome àquela coluna, a qual
conduziram á morte em ataques suicidas. Era o dia 11 até o dia de hoje se chama o Pilar de Absalão.” (2Sm
de setembro de 2001, o dia do maior ataque terrorista 18.18).
da historia do mundo.
O Rei Davi sofre a perda do seu filho (2Sm 18.33).
Aquele atentado não pode ser esquecido pois ele Mesmo sabendo de tudo que o filho havia feito o Pai
denuncia uma conspiração espiritual contra o chorava pelo filho rebelde.
verdadeiro Israel de Deus e ultrapassa as questões
Um homem de visão não perde a esperança da
políticas e econômicas, embora em alguns momentos
restauração para a vida dos seus filhos e discípulos.
estas ênfases pareçam ser as razões das guerras e do
terrorismo mundial na luta por terras. Ainda que os filhos estejam cheios de más intenções,
quaremos que haja arrependimento e restauração,
O discurso dos terroristas suicidas é que eles o fazem
ainda que seja preciso haver um distanciamento, por
pela liberdade da sua terra, mas a sua malignidade
questões de segurança para a vida e o projeto de Deus,
mata crianças e inocentes que não estão na guerra.
pois não somos ingênuos, como Davi não foi.
Não podemos dizer que há uma “ética perfeita” de
Há ao menos três níveis necessários de libertação da
destruição, pois não há guerra que não destrua vidas
má intenção:
inocentes.
1 – Precisamos libertar a nós mesmo de qualquer má
Embora não possamos deixar que o homem violento
intenção que esteja se brigando em nosso coração.
extermine a humanidade por sua malignidade, nossos
valores de vida estão acima de qualquer interesse. Mas 2 – Precisamos libertar nossos filhos e discípulos do
o terrorismo tem um traço mais maligno que uma assalto maligno da má intenção.
guerra “comum” pois o seu propósito de matar
inocentes não militares é declarado. 3 – Precisão libertar nossos lideres dos que têm má
intenção em seu coração.
Deus ama as vidas. Quer sejam árabes, palestinos,
iraquianos, afegãos, americanos, brasileiros ou Como combater a má intenção?
israelenses. 1 – Seja uma pessoa de aliança. Declare a cada dia que
O projeto maligno contra o verdadeiro Israel de Deus o Espírito da Aliança habita em você (Jo 16.13).
visa destruir todos os resgatados pela aliança com o Aprenda tudo sobre o que seja aliança e seja aliançado
Senhor Jesus e se materializa num projeto contra a com Deus, Sua Visão de salvação para o mundo, Seu
nação de Israel e contra as igrejas do Senhor Jesus, o Corpo (sua igreja local), seu cônjuge, seus pais, seus
Messias, na terra. discipuladores e seus discípulos.

A Bíblias diz que “O ladrão não vem senão para 2 – Seja transparente com o seu líder espiritual, seu
roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e discipulador. Seja publicamente leal a ele. Neutralize,
a tenham em abundância.” João 10.10. Mas quem é confrontando, todas as tentativas de desonrar o seu
esse ladrão? líder ou aqueles com quem você tem aliança. Alguns
dizem que honram a Deus, mas não honram ao líder
Esse ladrão é o Diabo, nosso adversário, que espiritual. Não sabem eles que o líder terreno é um
materializa nos demônios que assaltam mentes e sinal bíblico do Líder Eterno (Hb 7.7-9,28; 13.7,17).
corações e os enche de más intenções ainda que
disfarçadas de bons propósitos. 3 – Não lute as armas carnais para combater a
carnalidade da má intenção (a força do braço, as
Vemos no texto sagrado que o filho do Rei Davi ao se fofocas, as ironias, os motins, os complôs, a bajulação,
rebelar contra o seu próprio pai e rei, semeava a dissimulação, etc) “pois as armas da nossa milícia
murmurações e insatisfações nos corações dos homens não são carnais, mas poderosas em Deus, para
e mulheres que se aproximavam do rei com alguma demolição de fortalezas;” (2Co 10.4).
solicitação. Ele dizia para eles: “Se eu fosse o rei você
não teria nenhum problema” (2Sm 15.1-6).. Absalão Faça a oração da entrega, o ofertório e a
parecia certos políticos mentirosos que antes de consolidação. Seus Prs. Albano e Leile
assumir o mandato prometem e depois de eleitos