Você está na página 1de 3

Ensino Clínico IV CCI – Carlton Life Boavista 201

Reacção pupilar
Os olhos proporcionam informação importante sobre o estado do
doente. Por isso deve-se analisar a posição das pupilas 1, a sua capacidade
para se mover, o seu tamanho, a reacção a uma luz intensa, a capacidade
de seguir um objecto em movimento e o aspecto da retina. As pupilas de
tamanho desigual podem ser um sinal de que algo exerce pressão dentro
do crânio. Contudo, antes de uma avaliação é necessário saber se
habitualmente as pupilas do doente já eram de tamanho diferente ou se
está sob medicação contra o glaucoma2, o que pode modificar o tamanho
das pupilas.

A avaliação do reflexo fotomotor3 consiste na avaliação da reacção das


pupilas, que normalmente, é proporcional às alterações da luminosidade.
As pupilas, normalmente variam aproximadamente entre um diâmetro de
2mm a 5 mm.

As pupilas contraem:
• Com o aumento da luminosidade  diminuem diâmetro.
• Com a diminuição da luminosidade  aumentam o diâmetro.

Isocóricas – Pupilas reactivas e com o mesmo diâmetro dos dois lados.


Anisocória – Um aumento do diâmetro pupilar unilateral, que indica que
há uma lesão assimétrica, em principio do lado da pupila midriática. A
anisocória acontece por haver uma herniação temporal que comprime as
fibras do parassimpático.

1
Orifício de diâmetro regulável, localiza-se na parte média do olho, entre a córnea e o
cristalino, e no centro da íris e é responsável pela passagem da luz do meio exterior até
os órgãos sensoriais da retina.Por ser um orifício não tem cor, mas sua aparência é preta,
pois não há iluminação na parte interna do olho. 1
2
Designação genérica de um grupo de doenças que atingem o nervo óptico e envolvem a
perda de células ganglionares da retina num padrão característico de neuropatia óptica
3
Reflexo fotomotor directo: contracção da pupila na qual se fez o estímulo
Reflexo fotomotor consensual: contracção da pupila oposta

Escola Superior de Enfermagem Santa Maria | Mariana Oliveira 54.2007 3.º Ano
Ensino Clínico IV CCI – Carlton Life Boavista 201
0
Midriase (bilateral) - um aumento pupilar com diâmetro superior a 5
mm. Uma midriase pode indicar que existem lesões a nível central. Isto
deve-se a uma situação de défice na perfusão encefálica quando
acontece:
• uma grave hipotensão hemorrágica;
• hipertensão intracraniana que altere o fluxo sanguíneo cerebral.

 Anisocória patológica: reflecte uma anormalidade na musculatura


da íris ou nas vias simpáticas e parassimpáticas que enervam a
pupila.

 Anisocória fisiológica : normalmente menor que 2 mililitros de


assimetria da pupila; não reactivas a luminosidade; e a assimetria
pupilar aparece e reaparece com frequência.

Miose – uma diminuição pupilar com diâmetro inferior a 2 mm (contração


da pupila).

Ilustração 1 - Escala pupilar


(milímetros)

Escola Superior de Enfermagem Santa Maria | Mariana Oliveira 54.2007 3.º Ano
Ensino Clínico IV CCI – Carlton Life Boavista 201
0

Ilustração 2 - Diâmetro pupilar

Escola Superior de Enfermagem Santa Maria | Mariana Oliveira 54.2007 3.º Ano