Você está na página 1de 2

Unidade de Ensino Superior

Departamento de Engenharia Elétrica


Curso: Engenharia Elétrica Semestre: 1/2011
Disciplina: Laboratório de Sistemas de Medição
Professor: Marcelo Martins Stopa

UTILIZAÇÃO DE CIRCUITOS RETIFICADORES NA MEDIÇÃO


DE VALORES EFICAZES DE SINAIS
Previsão
1 (uma) aula.
Objetivos
- Estudo e caracterização da operação de um retificador de onda completa de precisão na
medição de valores eficazes de sinais.
- Comparação com um instrumento de medição de “valor eficaz verdadeiro” (“True
RMS”).
Preparação
ƒ Defina do ponto de vista físico e matemático valor eficaz de um sinal. Considere que
a forma de onda a ser medida possui, além da fundamental de 60 Hz, componentes
harmônicas (ver slides unid IV – Medição de Potência);
ƒ Descrever as principais implementações utilizadas para obter o valor eficaz de um
sinal (consultar o Cap. 2 do livro do Schnell) e quais os modelos do sinais pré-
supostos em cada caso;
ƒ Explicar a diferença entre os multímetros convencionais e os do tipo “True RMS”;
ƒ Explique de que maneira um retificador de precisão (Figura 1) pode ser utilizado para
medir o valor eficaz de um sinal alternado. Faça um esboço do circuito. Quais as
limitações desse tipo de circuito?
R5 R4 R3

1k 1k 1k

-Vcc
-Vcc
U1 U2
4 4
R7 LM741 LM741
2 1 D6 2 1
- -
1k D1N4148
6 6
vi 3
+
5 D7 3
+
5
vout
D1N4148
7 7
+Vcc
+Vcc

0 R6

1k

Figura 1: Retificador de Precisão


ƒ Quais as vantagens/desvantagens esse retificador possui em relação a um retificador
passivo (focar na medição de valores eficazes de tensão);
ƒ Deduza uma expressão para a relação saída-entrada do retificador de precisão
mostrado na Figura 1. Considere que os resistores têm o mesmo valor nominal,
porém com desvios diferentes: Ri = R(1+εi) p/ i = 1, 2, ..., 5;
ƒ Com base na expressão deduzida no item anterior, avalie o impacto da tolerância dos
resistores na utilização desse circuito para medição de valores eficazes de tensão.
Avalie as demais não-idealidades;
Material Necessário
ƒ 1 (uma) PCI (disponível no laboratório) c/ retificador de precisão (esquema Fig. 1);
ƒ Plataforma NI-ELVIS II, osciloscópio digital e gerador de funções;
ƒ 1 Multímetro digital “True RMS”
Atividades /Experimentos
ƒ Utilizar o Gerador de Formas de onda Arbitrárias do NI-ELVIS (ARB) para gerar
uma forma de onda com as seguintes componentes:
Componente Amplitude [V] Freqüência [Hz]
1 (Fundamental) 1 60
2 (5º harmônico) 0,07 300
3 (7º harmônico) 0,04 420
ƒ Aplicar a forma de onda gerada no item anterior na entrada do retificador de precisão
e medir o valor médio da tensão em sua saída (utilize para isso um voltímetro de
Bob. móvel e ímã permanente). Multiplicar a saída pelo fator de forma (1,11) para
obter o valor eficaz do sinal de forma semelhante ao que faz um voltímetro
convencional. Meça, agora, o valor eficaz da forma de onda gerada através do
multímetro “True RMS”.
ƒ Utilizando o osciloscópio, registrar as formas de onda na entrada e na saída do
circuito retificador. Utilize-as para avaliar as imperfeições/distorções ocasionadas por
esse circuito (observar possíveis diferença nos picos relacionados aos semi-ciclos
positivo e negativo do sinal de entrada, tensão reversa nos diodos, etc..) ;
ƒ Aplicar na entrada do retificador um sinal senoidal (usar o gerador de funções
“tradicional”) e, variando a freqüência, obter pontos suficientes (cerca de 10 pontos)
para plotar a resposta em freqüência do retificador de precisão (o espaçamento entre
os pontos na escala de freqüências têm de cobrir toda a faixa de passagem do
retificador);
ƒ Comparar os resultados obtidos através do retificador de precisão com aqueles
indicados pelo multímetro “true-rms” e com os valores teóricos (calculado com base
nas componentes do sinal).
Referências Bibliográficas
- Schnell, Láslo, Technology of Electrical Measurements. Ed. Prentice Hall, New York,
1994;
- Millman, Grabel . Microelectronics. Ed Mc Graw-Hill, vol.2 p. 935-937;
- Notas de Aula e transparências dos professores.
- National Instruments, NI Educational Laboratory Virtual Instrumentation Suite II (NI-
ELVIS II) User Manual, 2008, disponível em www.ni.com/manuals em 10/02/2009.
- National Instruments, NI-ELVIS II Specifications, 2008, disponível em
www.ni.com/manuals em 10/02/2009.

Pág. 2 de 2