Você está na página 1de 6

VOLTAR

Brometo de Etídio

Sinônimos: homidium bromide; dromilac; 3,8-diamino-5ethyl-6-phenyl


phenanthridinium bromide; ethidium bromide.

Fórmula química: C21H2OBrN3

É mutagênico: intercala em duplas hélices de DNA e RNA. Corante fluorescente


para ácidos nucléicos em eletroforeses. Pode ser usado em conjunção com acridina
para diferenciação entre células viáveis, apoptóticas e necróticas.

*****

VEJA: PROTOCOLOS DE NEUTRALIZAÇÃO NO FINAL DESTA PÁGINA

1) IDENTIFICAÇÃO DOS DANOS

AVISO: Danoso se for engolido ou absorvido pela pele. Prejudicial se for inalado.
Causa irritação à pele, olhos e trato respiratório.

Índices:
Saúde: 3 - severo
Flamabilidade: 1 – leve
Reatividade: 1 – leve
Contato: 3 – severo

Equipamento a ser usado em laboratório: óculos, avental, capela e luvas apropriadas.

Código de Armazenamento: laranja (armazenamento geral).


Efeitos potenciais à saúde:

Na medida em que possui ação mutagênica (Douthard, R.J. Et al., Biochemistry 12:214,
1973) são sugeridas as seguintes recomendações:

Inalação

Moderadamente irritante. Pode causar tosse ou espirros.

Ingestão

O material deve ser considerado mediamente prejudicial. Desarranjos gastro- intestinais


com danos possíveis ao fígado e aos rins são freqüentes neste tipo de estrutura.

Contato com a pele

Moderadamente irritante e colorante. Há inflamação e descoloração da pele após o


contato.

Contato com os olhos

Causa irritação, podendo ser absorvido pelos olhos sem resultados conhecidos.

Exposição crônica

Provável ação cancerígena.

Agravo das condições pré- existentes

Não há informações a respeito.


2) MEDIDAS DE PRIMEIROS- SOCORROS

Inalação
Remover o indivíduo ao ar livre. Procurar um médico se estiver com dificuldades de respirar.
Ingestão
INDUZA O VÔMITO imediatamente de acordo com orientação paramédica. Nunca dê algo
pela boca para uma pessoa inconsciente. Chame um médico imediatamente.
Contato com a pele
Lave imediatamente com muita água por, no mínimo, 15 minutos, removendo a roupa e os
sapatos contaminados. Procure um médico. Lave as roupas e os sapatos antes de reutilizá-los.
Contato com os olhos
Lave imediatamente com água corrente por, pelo menos, 15 minutos, abrindo e fechando
ocasionalmente as pálpebras. Procure ajuda médica imediatamente.

3) MEDIDAS EM CASO DE INCÊNDIO

Fogo
Como a maioria dos sólidos orgânicos, o fogo é possível em temperaturas elevadas ou por
contato com fontes de ignição.
Explosão
Não é um composto explosivo sob condições normais de armazenamento e uso, mas a
poeira fina dispersa no ar em suficientes concentrações na presença de uma fonte de
ignição, pode levar a uma explosão. Sensível a descarga estática.
Meio de extinção de fogo
Jato de água, espuma de álcool, pó químico e dióxido de carbono.

AVISO ESPECIAL EM CASO DE INCÊNDIO: No caso de fogo, usar equipamento


protetor completo, contendo respirador individual operando com demanda de pressão ou
outro sistema de pressão positiva.
4) MEDIDAS PARA VAZAMENTO ACIDENTAL

Ventilar e isolar a área de vazamento. Usar o equipamento de proteção pessoal


apropriado. Não use equipamento que possa causar faíscas. Recolha de forma a não
criar poeira no ar, reduzindo ao máximo sua dispersão. Previna a dispersão pela mistura
com água. Recolha o derramado para reutilização ou para disposição e coloque-o em
recipiente fechado.

5) MANUSEIO E ARMAZENAMENTO

Mantenha em um container bem fechado. Evite a formação de poeira. Armazene em


uma área fresca, seca e bem ventilada, longe de fontes de ignição e calor. Guarde longe
de materiais reativos. Faça uso do produto em capelas, ou em locais em que não haja
fontes de calor e que a poeira dispersada não encontre uma fonte de ignição. Evite locais
onde possa haver descarga eletrostática. Os recipientes com esse material são
considerados tóxicos por manterem partículas residuais; observe todos os avisos listados
para o produto.

6) CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO PESSOAL

Sistema de Ventilação: um sistema de exaustão local ou geral é recomendado para


manter a exposição do usuário(a) a menor possível. O sistema local é preferível porque
controla a emissão do contaminante em sua origem, prevenindo dispersão dele numa
área maior.

Respiradores pessoais: para as condições de uso em que há exposição em excesso, um


respirador de meia face contra poeira e vapor é efetivo. Para emergências e instâncias
em que não se sabe os níveis de exposição, use um respirador inteiriço de pressão
positiva, com fornecimento individual de oxigênio, que é 50 vezes mais eficiente que o
primeiro. AVISO: respirador com purificação de ar não é efetivo num ambiente
deficiente de oxigênio. Este composto possivelmente sai em forma de partículas ou
gases.

Proteção da Pele: use roupas impermeáveis, incluindo luvas de borracha ou neopreno,


avental e tudo mais apropriado que evite o contato com a pele.

Proteção dos Olhos: use óculos químico- protetores ou escudo inteiriço, onde a poeira
e a borrifação de material são difíceis. Mantenha uma fonte para lavar os olhos na área
de trabalho.
7) ESTABILIDADE E REATIVIDADE

Estabilidade: Estável sob corretas condições de uso e armazenamento.

Produtos de sua decomposição: Libera gases tóxicos e vapores se for queimado.

Polimerização do produto: Não ocorrerá.

Incompatibilidade: É incompatível com oxidantes fortes.

Condições a se evitar: Mantenha longe do calor, chamas, fontes de ignição e


substâncias incompatíveis.

8) INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS

Destino no ecossistema: Não há registro.

Toxicidade ambiental: Não há registro.

9) CONSIDERAÇÕES PARA ELIMINAÇÃO

Sempre que não for possível salvar a substância para reutilização ou reciclagem, esta
deve ser colocada em um aparato aprovado e apropriado para eliminação do lixo. O
processamento, o uso ou contaminação deste produto pode alterar a forma de
administrar o lixo.

PARA INATIVAR O BROMETO DE ETÍDIO:

PROTOCOLO FORNECIDO POR ARMOUR (Hazardous Laboratory Chemicals


Disposal Guide, CRC-Lewis Publishers, EUA, 1996)

Para grandes quantidades: Coloque o composto em recipiente separado e etiquetado


para eliminação por incineração.
Para pequenas quantidades: O brometo de etídio é usualmente usado em soluções
aquosas muito diluídas, e sob essas condições pode ser transformado no produto
fisiologicamente inativo, 2-carboxi-benzofenona com o uso de alvejante (hipoclorito).
Use luvas, roupas e óculos de proteção. Trabalhe na capela. A uma solução contendo
34mg% (34 mg em 100mL) de brometo de etídio, adicione 300mL de alvejante
doméstico. Mantenha sob agitação à temperatura ambiente por 2 horas. A solução pode
ser despejada no ralo com abundante água.

SEGUNDO PROTOCOLO: Fonte: Quillardet & Hofnung, 1988, Bensaude, O.


Ethidium bromide and safety - Readers suggest alternative solutions. Letters to editor.
Trends Genet. 4 (89).

 Gel (0,5 mg/ml) e carvão ativado + filtro: cobrir com solução fresca de:

- preparar em capela química em banho de gelo (V/V) HCl 2,5 N, permanganato de


potássio 0,5 M (em H20), deixando agir por uma noite, neutralizando com 1 vol. de
NaOH a 2,5 N e descartar na pia em H20 corrente.

Tampão com 0,5 µg/ml de EtBr:

- adicionar carvão ativado (100 mg/100 ml de tampão)

- deixar agir por 1 hora e depois filtrar em papel de filtro e descartando o filtrado na pia;

- inativa (papel filtro + carvão ativado) com permanganato de potássio + HCl como
descrito acima.

descartar em lixo hospitalar para incineração.

Você também pode gostar