Você está na página 1de 10

Receitas

COMO FAZER NATRÃO – bicarbonato de sódio

dsc_0040

O Natrão é parte integrante dos ritos egípcios antigos e dos hábitos cotidianos. O nome
alemão “Natrium” deriva do árabe “‫ ”ناترون‬natrun, “Natron” do egípcio “netjerj”. Netjeri é
chamado na linha éster “pertencente ao culto dos mortos”, mas a semelhança com o nome
dos deuses, a saber “netjer”, também sugere a qualidade sagrada dessa substância.
O Natrão serviu principalmente como limpador e foi devido ao seu forte efeito desidratante,
juntamente com resinas e ervas usadas para a mumificação, o que é, pelo menos, um rito
da deificação do falecido. Do ponto de vista histórico, o termo Natrão não se refere a um
composto químico específico, como o bicarbonato de sódio ou o carbonato de sódio
atualmente. O Natrão egípcio antigo poderia ter composições bastante diferentes,
dependendo da ocorrência. Foi conquistada nos lagos de Natrão no Egito.

Para uso doméstico, uso uma mistura de bicarbonato de sódio de cozinha e sal marinho,
que é completamente inofensivo e pode ser facilmente usado para qualquer tipo de ritual de
limpeza, e ainda assim é muito semelhante ao antigo original egípcio.

A produção
1 xícara de sal marinho
1 xícara de bicarbonato de sódio
2-3 xícaras de água fervente
Dissolva o sal e o bicarbonato juntos na água, de preferência em um prato raso. Agora o
tempo de secagem começa. O melhor lugar para colocar o prato em um local quente e
mexer ocasionalmente ou – se for muito rápido – fornece a massa em uma assadeira e
deixe secar a cerca de 100 ° C no forno até a água evaporar completamente.
Isso resulta em grânulos quebradiços que você pode dissolver bem em água ou com óleos,
ervas e sal também para que as cascas possam processar. Você também pode entregá-lo
em uma bolsa de linho e usar como amuleto, por exemplo.

Conheça os benefícios e poder do Natrão >>clicando aqui<<.

▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲

Como Faço Uma Nó De Ísis?


Fundos Históricos

Um símbolo especial de proteção é o chamado amuleto Isisknoten ou Tit. Parece um Ankh


com laços laterais pendurados. Na verdade, é um amuleto de nó, mesmo que seja feito de
cornalina, faiança vermelha ou vidro.

Como o nome sugere, Ísis está relacionado com Ísis, mas também está intimamente
relacionado com a deusa Hathor. Às vezes, o amuleto também recebia um retrato das duas
deusas.
Isisknoten, Museu Egípcio de Munique
Isisknoten, Museu Egípcio de Munique

Era um símbolo de proteção, especialmente para as mulheres, mulheres grávidas e


mulheres que dão à luz, mas também foi trazido para a morte com o falecido. Isto,
naturalmente, faz com que seja um símbolo de vida semelhante ao Ankh. Como o Isis
também está associado à medicina, também é muito bom para curar a magia.

dsc_0280
Como o nó foi feito exatamente hoje infelizmente não é mais compreensível. Então eu
desenvolvi meu próprio método que funciona bem e é fácil de copiar.

fabrico

Eu levo para isso

um pedaço de algodão grosso ou de


fio de linho (cerca de 50cm de comprimento e 0,5cm de diâmetro)
um pedaço de fio forte
uma agulha de costura longa
O nó já é um ato mágico, então deve-se refletir um pouco antes de meditar, talvez meditar, e
mentalmente se concentrar no propósito do amuleto.

● Primeiro faço um loop simples no meio da string. Então eu separei mais dois loops.

● Com estes dois loops, eu coloquei um loop por baixo (como em


Schnursenkelbinden)

Você poderia realmente deixar o nó dessa maneira, mas para dar alguma forma, eu dobrei
os dois laços laterais e puxei um fio algumas vezes com uma agulha de costura comprida
nos dois laços e fios médios da corda. Se necessário, você também pode envolver as
extremidades com algum thread, para que elas não se dissolvam.

● Agora o amuleto está pronto e pode ser usado para esse propósito.

Carregando O Amuleto

Dos livros da morte, o seguinte dito é proferido

Seu sangue é seu, Isis,


seu poder mágico é seu, Isis,
sua magia é sua, Isis.

O amuleto é o protetor dos grandes


e o protege daquele que comete crime contra ele.
Você pode usar este dizer verdadeiro para o original ou mudar, por exemplo, a última frase
e formular de acordo com o respectivo propósito. É importante que você diga em voz alta
durante o ritual ou escreva em uma nota e anexe. Falar ou escrever magias é importante
para fazer o feitiço funcionar.

Além disso, você pode decorar o amuleto em um ritual com incenso ou borrifá-lo com água
para ativá-lo. O amuleto pode ser bebido ou mantido em um lugar especial (santuário, altar,
etc.). Se você quiser dissolver o feitiço, basta abrir o nó novamente.

▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲

▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲▲

ÓLEOS PERFUMADOS

Fragrância nº 1, óleo de sândalo: Começaremos com uma boa fragrância geral usando
óleos essenciais de sândalo e olíbano. Primeiro, coloque duas a três colheres de sopa de
óleo de coco em sua panela. Coloque em fogo baixo. Observe que, à temperatura
ambiente, o óleo é sólido; mas quando começa a aquecer, rapidamente se torna um líquido
claro. De fato, o calor dos dedos é suficiente para amolecer o óleo de coco, o que o torna
tão útil para perfumes sólidos. Quando o óleo de coco estiver completamente derretido,
adicione várias gotas de cada um dos óleos de olíbano e sândalo. No estado líquido, o
cheiro será mais forte, portanto, não se preocupe se parecer “excessivo” demais. O aroma
se tornará mais sutil à medida que o perfume esfria. Depois de mexer um pouco o óleo para
garantir que o perfume seja incorporado, desligue o fogo e prepare seu frasco (ou frascos)
de perfume. Despeje cuidadosamente a mistura nos frascos e deixe descansar por algumas
horas, de preferência durante a noite. Aguarde até que o óleo tenha esfriado e
re-solidificado o suficiente para não derramar antes de tampar cada frasco. Você saberá
que o óleo se pôs quando sua superfície for branca opaca ou esbranquiçada ao longo.
Quando estiver pronto para usar o unguento, basta abrir o frasco e pressionar os dedos no
conteúdo. O óleo começará a derreter e se tornar líquido novamente com o toque, e você
poderá usá-lo exatamente como faria com qualquer outro óleo ritual. De fato, a
receptividade do óleo de coco ao calor tem uma desvantagem quando usada em rituais ao
ar livre; derrete rapidamente nos meses mais quentes, portanto é necessário transportá-lo
em um recipiente bem fechado.

ÓLEO DE MIRRA:
Às vezes, você pode usar resinas para perfumar seus óleos, mas ajuda a ter tipos que
derreterão com bastante facilidade. A resina de mirra é muito mais receptiva, por exemplo,
do que o olíbano, e é por isso que o óleo de olíbano é preferido na fabricação de perfumes.
A resina de pinho tem um nível médio de facilidade, pois derrete, mas requer calor um
pouco maior. Também tende a grudar na superfície das panelas e é difícil de remover, e é
por isso que você pode querer usar um recipiente diferente dos seus melhores utensílios de
cozinha!Para criar um unguento com cheiro de mirra, pegue uma ‘lágrima’ de mirra e
derreta-a o máximo que puder, em fogo médio. (Algumas delas provavelmente serão
teimosas e resistirão ao derretimento; deixe-a em paz até que a peça de fabricação do
perfume esteja pronta.) Para um toque único, derreta alguma resina de pinho ou cedro
antes de adicionar a mirra. Depois de reduzir as resinas para um estado líquido, reduza o
fogo e adicione o óleo de coco. É importante agitar para incorporar os ingredientes. Como
antes, despeje a mistura em seus potes ou recipientes para endurecer. Você pode usar uma
peneira de malha de aço para esticar os pedaços de mirra não derretida. Um uso possível
para esses restos é deixá-los esfriar e salvá-los para queimar ao ar livre em um disco de
carvão. As resinas irão colorir o óleo com um tom bronzeado ou dourado. Alguns químicos
de cozinha também alertaram que as resinas, se não derretidas adequadamente, interferem
na consistência do perfume; provavelmente a melhor maneira de solucionar esses
problemas é através de tentativa e erro. Você pode acabar desenvolvendo suas próprias
receitas no processo.

ROYAL SPIKENARD:
O verdadeiro nardo é bastante caro, pois um único frasco de óleo essencial pode facilmente
chegar a US $ 25 ou mais. No antigo Oriente Próximo, essa raiz era uma mercadoria
proporcionada pela realeza e nobreza, pois cresce apenas no Himalaia e passou por
inúmeros intermediários nas antigas rotas comerciais. O precioso óleo ‘nardo’ que uma
mulher usou para ungir os pés de Jesus em uma história bíblica provavelmente foi feito com
raiz de nardo. Analistas químicos na década de 1920 determinaram que a nardo também
era um dos ingredientes dos unguentos de Tutankhamon, daí o nome dessa fragrância,
“Royal Spikenard”. Comece como acima, derretendo o óleo de coco. Quando estiver
totalmente derretido, adicione algumas gotas de óleo de nardo e algumas gotas de olíbano.
Misture bem e despeje em recipientes para esfriar, como nas receitas acima. Devido ao seu
ingrediente único, este óleo é melhor guardado para ocasiões especiais, como as
celebrações do Ano Novo. Você também pode experimentar outros óleos essenciais para
criar sua própria fragrância única. Lembre-se que os devotos de Bast relatam que ela tem
uma afinidade por aromas florais; dado que os óleos usados ​em seus templos antigos
perfumadas com flores como nenúfares brancos, especiarias importadas como canela e
cardamomo e vinhos doces, a gnose compartilhada por esses adeptos é confirmada pela
pesquisa. Experimente suas próprias misturas de aromas florais e veja o que funciona para
você. Para uma leitura mais aprofundada sobre o assunto, Um antigo egípcio de ervas e
luxos sagrados: fragrâncias, aromaterapia e cosméticos no antigo Egito de Lise Manniche
contém uma riqueza de informações. Usos práticos: Além da unção ritual, o unguento ao
estilo egípcio também acalma e hidrata as queimaduras solares. Para algumas pessoas
com pele sensível, ele pode até ser aplicado como uma alternativa aos desodorantes
comprados em lojas. Atualmente, mais pessoas estão se conscientizando dos produtos
químicos potencialmente nocivos nos cosméticos que absorvem rapidamente a pele; o óleo
de coco tem a vantagem de ser um óleo ‘transportador’ não tóxico que pode diluir com
segurança os óleos essenciais. Qualquer pagão que por engano tenha usado óleo de
canela direto para unção ritual provavelmente poderá apreciar essas propriedades!

ÓLEOS ESSENCIAIS
Misturas de óleos essenciais que você pode considerar:

Olíbano e mirra
1 parte olíbano
1 parte mirra
Mistura muito simples usando duas resinas famosas.

Flores de sândalo
2 partes de sândalo
1 parte de jasmim

O jasmim egípcio é famoso desde Cleópatra VII. A espécie de jasmim que você usa varia a
doçura dessa mistura. Use Jasminum Grandiflorum para uma fragrância muito doce e
Jasminum var. Sambac para uma mistura mais sutil.

Sandalwood Sunlight
2 partes de sândalo
3 partes de frutas cítricas (laranja, limão, tangerina)

Brilho cítrico misturado ao sândalo amadeirado.

Tempere
1 parte de canela
2 partes de pimenta preta
2 partes de gengibre
1 parte de cravo

Um aroma picante de canela.

Wood Spice
1 parte de canela
2 partes de cedro
1 parte de cravo

Espécies novamente entram em jogo aqui: use Atlas Cedarwood para um aroma mais forte
e Texas Cedarwood para um aroma mais amadeirado e terroso.

Frasco de pomada
2 partes de olíbano
2 partes de mirra
1 parte de canela
1 parte de sândalo

O sândalo não era usado na antiguidade, mas olíbano, mirra e canela eram e eram comuns
em muitos aspectos não apenas da vida devocional egípcia, mas também funerária e
culinária.

Citrus & Herbs


2 partes de manjericão doce
1 parte de alecrim
3 partes de limão

Verde sem ser resinoso, doce sem ser enjoativo.


Tjau Nedjem (Sweet Air)
3 partes de bergamota
1 parte de eucalipto
1 parte de ylang-ylang

Clarificante de eucalipto e doce ylang-ylang combinado com bergamota cítrica.

Esteja ciente de que resinas como olíbano e mirra deixarão um resíduo pegajoso se você
usá-las não diluídas. Veja também essas misturas como possibilidades – você não deve se
sentir obrigado a sair e comprar uma tonelada de óleos essenciais, a menos que realmente
queira. Você pode querer pegar apenas uma única nota (como folha de canela, olíbano,
sândalo, mirra, etc.) e usá-la no santuário.

Além disso, tenha cuidado com os óleos de fragrância. Muitos deles são simplesmente
compostos químicos e, no caso dos perfumes, podem conter uréia (urina processada).

Óleo de Rá

4 gotas de olíbano
3 gotas de laranja
1 gota de canela

Adicione ¼ de óleo de amêndoa ou semente de uva.

Óleo de Ísis

5 gotas de sândalo
2 gotas de rosa
3 gotas de óleo de almíscar
2 gotas de lavanda
Adicione ¼ de óleo de amêndoa ou semente de uva.

INCENSOS:

Kyphi

Primeiro, o incenso mais conhecido relacionado com o Egito é Kyphi. Existem muitas
receitas que você pode encontrar para isso. Aqui está um:

3 partes de mel
1 parte de mirra
1 parte copal
4 partes de sândalo
1 parte de orris
2 partes de olíbano
1 parte de estórax
Vinho tinto (o suficiente para umedecer a mistura)
2 partes de canela (moa para sempre)
Benjoim (o suficiente para rolar as bolas)
3 passas

Moa bem todos os ingredientes separadamente. Misture os grupos por natureza: primeiro,
os ingredientes resinosos, depois os pulverulentos e continue. Misture todos os lotes,
adicione vinho tinto para umedecer e, em seguida, enrole em bolas de ¾ “. Enrole as bolas
em benjoim. Disponha em papel manteiga por uma semana ou mais. Todas as receitas de
Kyphi que experimentei são muito esfumaçadas, então se você precisar usar dentro, tem
uma boa ventilação.

Ísis

3 partes de sândalo
1 parte de pétalas de rosa
2 partes de raiz de orris
5 gotas de óleo de lótus ou lótus
1 parte de olíbano
Bouquet (receita abaixo)
2 partes de mirra
Triture todos os ingredientes até ficarem em pó. Adicione óleo ou buquê.

Bouquet de Lótus
Partes iguais de óleos de rosa, jasmim, almíscar branco e ylang ylang.

Misture até que o perfume seja pesado, floral e quente.

Osíris

5 partes de olíbano
2 partes de folhas de cedro
3 partes de Dictamo de Creta
3 gotas de óleo de lótus ou lótus
1 parte de mirra
Bouquet (ver receita acima)
4 partes de zimbro

Triture todos os ingredientes até obter um pó fino e misture. Misture o óleo. Se desejar,
adicione corante alimentar verde.

Hathor

5 partes de raiz de orris


2 partes de nardo
3 partes de mirra
6 gotas de óleo de civeta
2 partes da bandeira doce (cálamo)
9 gotas de óleo de henna
(óleo da flor da planta de hena)
4 partes de pétalas de rosa

Triture todos os ingredientes até um pó fino e misture. Adicione óleos. Mistura.

Bast

4 partes de olíbano
3 partes de goma de acácia
2 partes de mirra
1 parte de catnip
1 parte de cedro
1 parte de canela
½ parte de zimbro
2 gotas de óleo de civeta

Triture os ingredientes até obter um pó fino e misture. Misture o óleo.

Sekhmet

3 partes de sândalo vermelho


1 parte de benjoim
2 partes de mirra
½ parte de cana de sangue de dragão
1 parte catnip
7 gotas de óleo de cedro
3 partes de canela

Moa e misture bem.

Heru (Hórus)

1 parte de âmbar
2 partes de canela
1 parte de cravo
¼ parte de marroio
½ parte da baía

Sekhmet

1 parte de sangue de dragão


1 parte de canela
1 parte de sândalo vermelho
1 parte de garra de gato
2 gotas de óleo de baunilha

Anpu(Anúbis)
1 parte de âmbar
1 parte de olíbano
¼ parte de mirra
1 parte de canela
½ parte de cravo
¼ parte de sangue de dragão
1 gota de óleo de almíscar (sintético, por favor. A coisa “real” exigiria a morte de um animal.)

Tehuti (Thot)

1 parte de sálvia branca,


½ parte de alecrim
de origem sustentável
¾ parte de canela
¾ parte de canela
1 parte de cedro
½ parte da baía

Benu (fênix)

2 partes de canela
1 parte de cravo
¼ parte de mirra
½ parte arábica
2 gotas de óleo âmbar

Ísis

3 partes de mirra
2 partes de sândalo
1 parte de olíbano
1 parte de pétalas de rosa

Algumas gotas de óleo de almíscar (novamente, use sintético).

Osíris

2 partes de benjoim
1 parte de cedro
1 parte de pinho
1 parte de mirra
1 parte de patchouli

4 partes de olíbano
2 partes de casca de laranja
1 parte de bagas de zimbro
1 parte de mirra

Você também pode gostar