Você está na página 1de 2

Remova serviços do Windows diretamente no registro, e deixe o

computador mais leve!

O Windows é cheio de "serviços", processos que ficam ativos na memória. Diversos


deles podem ser desativados pelo console de serviços, o famoso "services.msc". Mas...
Muitos outros serviços ficam ocultos no console de serviços que vem com o Windows.
Você pode dar uma fuçada e remover os serviços indesejados, remover mesmo,
apagando a chave do registro que o determina. Logado como administrador, vá em:

HKEY_LOCAL_MACHINE > SYSTEM > CurrentControlSet > Services

e bom proveito! Cada sub-chave dessa chave corresponde a um serviço, basta remover a
chave! Os arquivos referentes aos serviços permanecerão no HD, mas não serão
chamados. Como não se sabe a olho quais são usados por outros processos e quais não,
não é bom sair removendo os arquivos em si.

Dicas de serviços que podem ser removidos com segurança? Todos os que você não
usa! Eu, por exemplo, tirei todos os drivers de dispositivos SCSI, já que não tenho
nenhum hardware desse tipo. Além disso, pode-se remover os temas, a atualização do
horário via Internet, o cliente da web, o registro remoto, a restauração do sistema...

Fique esperto, pois alguns serviços são essenciais. Mesmo sem usar rede, só por detonar
diversos serviços relativos a redes e ao protocolo TCP/IP, meu Windows deixou de
iniciar, dando uma tela azul logo após a tela de boot (aquela do XP com as barrinhas
que ficam passando).

Vale pro Windows NT e os sucessores (como essa dica é para experientes, nem preciso
dizer quais Windows estão referenciados como NT, não é?!).

Importante: exporte a chave "Services" inteira, antes de alterar qualquer item. Se der
problema, basta dar um duplo clique no arquivo .REG salvo. Provavelmente o Windows
reclamará que algumas chaves não puderam ser restauradas porque estariam abertas,
mas beleza, as outras serão. Quando o meu não iniciou o Windows, logo pensei em
reparar a instalação, dando boot pelo CD (me refiro a reinstalar, por cima, e não usar o
console de recuperação). Mas antes disso, tentei o modo de segurança, e funcionou, a
partir daí pude restaurar as chaaves com o arquivo .REG, e então voltei a excluir as
indesejadas, tomando cuidado para não mexer nas que eram sobre TCP/IP e rede local.
Depois lembrei que havia um caminho mais fácil: o item "Última configuração válida",
que aparece ao teclar F8 antes da inicialização do Windows. Todo o conteúdo da chave
"Services" é restaurado, sem nem precisar ter salvo (exportado) manualmente o .REG.
Para testar, apaguei tudo o que pude dessa chave, reinciei o computador e nem no modo
de segurança entrava. Usando o "Última configuração válida", tudo funcionou
perfeitamente :)

Ah sim, e não se esqueça de alterar isso novamente se você instalar um Service Pack do
Windows, ou mesmo reinstalá-lo, ou atualizá-lo para uma nova versão. Dica: você pode
criar um .REG que apague as chaves que você quiser, e então abra-o com o duplo clique
depois de atualizar o Windows.