Você está na página 1de 14

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DA PREFEITURA

DE ITAJAÍ-SC

LTCAT
LAUDO TÉCNICO DE CONDIÇÕES
AMBIENTAIS DO TRABALHO

FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL

ANO DE 2013
2

CONTEÚDO

1 INTRODUÇÃO ............................................................................................... 03
2 IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA ................................................................... 04
3 OBJETIVO ..................................................................................................... 05
4 FUNDAMENTO LEGAL ................................................................................. 05
5 DEFINIÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS DE ACORDO COM A NORMA
REGULAMENTADORA Nº 09 .............................................................................. 06
6 NORMA REGULAMENTADORA Nº 15 ATIVIDADES E OPERAÇÕES
INSALUBRES....................................................................................................... 07
7 FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL ............................................................. 08
7.1 Função Avaliada: Farmacêutico................................................................... 08
7.2 Função Avaliada: Assessor ........................................................................ 11
7.3 Função Avaliada: Agente de Serviços Gerais .............................................. 11
8 TABELA DE AVALIAÇÃO DO AMBIENTE DE TRABALHO – NR17 ............ 13
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ..................................................................... 14

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
3

1- INTRODUÇÃO

O Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho - LTCAT é um


documento instituído pelo Instituto Nacional de Seguro Social - INSS, e é requerido
para comprovar a exposição dos trabalhadores a agentes nocivos.
Estes agentes nocivos podem causar danos à saude e a integridade física dos
trabalhadores no ambiente de trabalho em função da natureza, concentração,
intensidade e tempo de exposição.
O LTCAT visa documentar o resultado das avaliações ambientais, com base no
anexo IV do Decreto nº 3.048, de 1999, e tem por objetivo averiguar se o empregado
segurado tem direito ou não a aposentadoria especial.
O LTCAT é um parecer circunstanciado e conclusivo das condições ambientais
de trabalho, neste documento contém todos os riscos que o trabalhador se expõe
durante seu período laboral.
Sendo o LTCAT uma declaração pericial, deve demonstrar o reconhecimento
dos agentes nocivos e discriminar a natureza, a intensidade e a concentração dos
mesmos. Deve ainda identificar as condições ambientais de trabalho por setor ou
processo produtivo e registrar as avaliações quantitativas e qualitativas dos riscos.

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
4

2- IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA

Empresa: Prefeitura Municipal de Itajaí

Setor: Farmácia Popular do Brasil

Endereço: Rua Cônego Tomaz Fonte - 167, 182

Bairro: Centro

Cidade: Itajaí

Estado: Santa Catarina

CEP: 88301-100

Telefone: (47) 3908 - 5779

CNPJ: 08.259.606/0001-58

CNAE: 84.11-6

Grau de Risco: 1 (Um)

Atividade Principal: Administração Pública em Geral

N° Total de Servidores: 4 (Quatro)

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
5

3- OBJETIVO

O Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho - LTCAT tem como


objetivo determinar se o trabalhador exerce suas atividade sem condições especiais,
bem como a adotar medidas preventivas com intuito de eliminar e/ou neutralizar os
agentes nocivos à saude dos trabalhadores.Priorizar a saúde e segurança dos
servidores através do estudo e análise das condições ambientais de trabalho.
Concluir se o trabalhador faz ou não jus à aposentadoria especial.

4- FUNDAMENTO LEGAL

O Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho - LTCAT tem origem


na Lei nº 8.213 de 1991 da Previdência Social no primeiro parágrafo do artigo 58,
com redação dada pela Lei nº 9.732, de 1998.
A empresa que não mantiver laudo técnico atualizado com referência aos
agentes nocivos existentes no ambiente de trabalho de seus trabalhadores ou que
emitir documento de comprovação de efetiva exposição em desacordo com o
respectivo laudo estará sujeita à penalidade prevista no art. 133 desta Lei. (Incluído
pela Lei nº 9.528, de 1997). Parágrafo 3º do art. 58 da Lei nº 8.213, de 1991.
Considera-se trabalho permanente, aquele que é exercido de forma não
ocasional nem intermitente, no qual a exposição do empregado, do trabalhador
avulso ou do cooperado ao agente nocivo seja indissociável da produção do bem ou
da prestação do serviço. (Redação dada pelo Decreto nº 4.882, de 2003. Art. 65 do
Decreto nº 3.048, de 1999.

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
6

Do laudo técnico referido deverá constar informação sobre a existência de


tecnologia de proteção coletiva, de medidas de caráter administrativo ou de
organização do trabalho, ou de tecnologia de proteção individual, que elimine,
minimize ou controle a exposição a agentes nocivos aos limites de tolerância,
respeitado o estabelecido na legislação trabalhista. (Redação dada pelo Decreto nº
4.882, de 2003). Parágrafo 3º do art. 68 do Decreto nº 3.048, de 1999.
O laudo técnico deverá ser elaborado com observância das normas editadas
pelo Ministério do Trabalho e Emprego e dos atos normativos expedidos pelo INSS.
(Redação dada pelo Decreto nº 4.882, de 2003). Parágrafo 7º do art. 68 do Decreto
nº 3.048, de 1999.

5- DEFINIÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS DE ACORDO COM A


NORMA REGULAMENTADORA 09.

Para efeito desta NR, consideram-se riscos ambientais os agentes físicos,


químicos e biológicos existentes nos ambientes de trabalho que, em função de sua
natureza, concentração ou intensidade e tempo de exposição, são capazes de
causar danos à saúde do trabalhador.
Consideram-se agentes físicos as diversas formas de energia a que possam
estar expostos os trabalhadores, tais como: ruído, vibrações, pressões anormais,
temperaturas extremas, radiações ionizantes, radiações não ionizantes, bem como o
infra-som e o ultra-som.
Consideram-se agentes químicos as substâncias, compostos ou produtos que
possam penetrar no organismo pela via respiratória, nas formas de poeiras, fumos,
névoas, neblinas, gases ou vapores, ou que, pela natureza da atividade de

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
7

exposição, possam ter contato ou ser absorvidos pelo organismo através da pele ou
por ingestão.
Consideram-se agentes biológicos as bactérias, fungos, bacilos, parasitas,
protozoários, vírus, entre outros.

6- NORMA REGULAMENTADORA Nº 15 ATIVIDADES E


OPERAÇÕES INSALUBRES

São consideradas atividades ou operações insalubres as que se desenvolvem:


Acima dos limites de tolerância previstos nos Anexos n.º 1, 2, 3, 5, 11 e 12;
Nas atividades mencionadas nos Anexos n.º 6, 13 e 14;
Comprovadas através de laudo de inspeção do local de trabalho, constantes dos
Anexos n.º 7, 8, 9 e 10.
Entende-se por "Limite de Tolerância", para os fins desta Norma, a concentração
ou intensidade máxima ou mínima, relacionada com a natureza e o tempo de
exposição ao agente, que não causará dano à saúde do trabalhador,durante a sua
vida laboral.
O exercício de trabalho em condições de insalubridade, de acordo com os
subitens do item anterior, assegura ao trabalhadora percepção de adicional,
incidente sobre o salário mínimo da região, equivalente a:
 40% (quarenta por cento), para insalubridade de grau máximo;
 20% (vinte por cento), para insalubridade de grau médio;
 10% (dez por cento), para insalubridade de grau mínimo;
No caso de incidência de mais de um fator de insalubridade, será apenas
considerado o de grau mais elevado, para efeito de acréscimo salarial, sendo
vedada a percepção cumulativa.

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
8

7 - FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL

7.1- Função Avaliada: Farmacêutico

Descrição das Atividades: Coordenar e executar programas, projetos e


políticas sociais desenvolvidos pela administração pública, direta, indireta, entidades
e organizações populares dos municípios, em conformidade com SUS e Conselhos
Profissionais de Farmácia visando atuar na promoção da melhoria da qualidade de
vida da população. Auxiliar e/ou supervisionar a aquisição e armazenamento de
medicamentos, seguindo padrões e normas preestabelecidos, controlando
condições de estoque, visando manter o fluxo normal de distribuição de medicamentos
aos usuários e/ou serviços, bem como sua qualidade. Dispensar/distribuir
medicamentos, consultando receituário e/ou prontuário do paciente, visando
melhorar e/ou recuperar o estado de saúde dos mesmos. Realizar procedimentos
administrativos de controle, cadastro e atualização de medicamentos, pedidos, entre
outros, a fim de gerar relatórios de utilização, permitindo o controle de uso e
possibilitando calcular a quantidade necessária de medicamentos a serem
comprados no próximo período, bem como atendendo aos dispositivos legais.
Prestar orientações a usuários e/ou outros profissionais, sobre medicamentos, modo
de utilizar e processo de obtenção dos mesmos, permitindo que o usuário tenha
acesso às informações pertinentes ao seu tratamento, visando melhorar e ampliar a
adesão a este. Informar aos profissionais prescritores quando um medicamento foi
incluído ou excluído da lista de medicamentos fornecidos pela Secretaria de Saúde,
visando promover que os usuários tenham acesso à medicação e que não ocorra à
interrupção do tratamento. Propiciar a plena atenção prestada aos usuários, integrando
a equipe multiprofissional de saúde. Realizar atendimento domiciliar terapêutico, para
verificar as condições de vida dos pacientes, fornecer medicação e fortalecer o
vínculo do paciente com o tratamento e com o serviço prestado pelo município.

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
9

Prestar informações e orientações à população, visando proporcionar troca de


conhecimentos, participando dos grupos e/ou reuniões comunitárias. Preparar
informes e documentos em assuntos de farmácia, a fim de possibilitar subsídios para
elaboração de ordens de serviços, portarias, pareceres e outros. Promover a
educação em saúde, em seus segmentos, desenvolvendo estudos e pesquisas
relacionados a sua área de atuação, através de reuniões - ordinárias,
extraordinárias, comissões, orientações, campanhas, palestras e outros. Participar
ativamente no processo de padronização de medicamentos e orientação à comissão
de licitação sobre características técnicas dos mesmos, visando atender a
necessidade da população e a qualidade dos medicamentos, dentro do orçamento
previsto. Auxiliar na elaboração do Plano Municipal de Política de Medicamentos e
Assistência Farmacêutica, em parceria com outros profissionais, buscando subsídios
na bibliografia disponível, visando efetivar a formulação de uma política de
Assistência Farmacêutica Municipal e a implantação de ações capazes de promover
a melhoria das condições de assistência à saúde. Elaborar pareceres, informes
técnicos e relatórios, realizando pesquisas, entrevistas, fazendo observações e
sugerindo medidas para implantação, desenvolvimento e aperfeiçoamento de
atividades em sua área de atuação. Ministrar treinamento, palestra e/ou aula de
aperfeiçoamento do pessoal técnico e auxiliar, realizando-as em serviço, a fim de
contribuir para o desenvolvimento qualitativo dos recursos humanos em sua área de
atuação. Participar de grupos de trabalho e/ou reuniões com outras secretarias,
outras entidades públicas e/ou particulares, realizando estudos, emitindo pareceres
e/ou fazendo exposições sobre situações e problemas identificados, oferecendo
sugestões, revisando e discutindo trabalhos técnico-científicos, para fins de
formulação de diretrizes, planos e programas de trabalho afetos ao Município.
Fiscalizar e vistoriar em estabelecimentos de saúde, inspeção e interdição de
estabelecimentos de saúde, cadastro e controle de receitas e balanços referentes a
farmácias e drogarias, para fornecimento de receituário. Selecionar medicamento,
realizando a escolha de medicamentos eficazes e seguros, imprescindíveis ao
atendimento das necessidades de uma dada população, promovendo o uso racional

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
10

do medicamento pelo paciente, buscando a melhor farmacoterapia com menor custo


e conforto posológico adequado. Detectar, avaliar, compreender e prevenir os efeitos
adversos ou quaisquer problemas relacionados a medicamentos, bem como identificar
os defeitos uso de determinados fármacos e identificar fatores de risco e
mecanismos subjacentes aos efeitos indesejáveis, permitindo a detecção de reações
adversas, do mau uso do medicamento e suas interações medicamentosas.
Trabalhar seguindo os preceitos da instituição, com ética, sob a égide do sigilo,
confidencialidade e de respeito ao indivíduo e comunidade, visando garantir os
direitos humanos. Executar outras atribuições, correlatas às acima descritas,
conforme demanda e/ou a critério de seu superior imediato.

Fonte Medidas de Medidas de


Riscos Tipo de Possíveis Danos
Geradora/ Controle Controle
Ambientais Exposição à Saúde
Agente Existentes Recomendadas
Luvas de
Contato com procedimento,
Luvas de
paciente / máscara
Infecção; Doenças procedimento;
Biológico Vírus; Intermitente descartável,
Infectocontagiosas; calçado
fungos; uniforme padrão
fechado.
bactérias. e calçado
fechado.

Conclusão
Trabalhista: De acordo com inspeções realizadas no ambiente de trabalho e
análise qualitativa e/ou quantitativa dos riscos físicos, químicos e biológicos, conclui-
se que o trabalhador na função de Farmacêutico não está exposto aos riscos
ambientais de forma permanente NÃO FAZENDO JUS AO ADICIONAL DE
INSALUBRIDADE conforme Norma Regulamentadora n° 15 (NR-15) da Portaria Nº
3.214, de 1978.

7.2- Função Avaliada: Assessor

Descrição das Atividades: Prestar consultoria e assessoramento nas áreas em


que seja exigido, sugerir ao Secretário alterações na legislação pertinente, de modo

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
11

a ajustá-la ao interesse público do Município; elaborar, redigir, estudar e examinar


projetos; elaborar e redigi documentos; solicitar a compra de materiais e
equipamentos; executar as atividades de administração geral, controle de material e
patrimônio; atender o público em geral; realizar outras tarefas afins

Fonte Medidas de Medidas de


Riscos Tipo de Possíveis Danos
Geradora/ Controle Controle
Ambientais Exposição à Saude
Agente Existentes Recomendadas
Não Não Sem
- - -
Identificado Identificado Exposição

Conclusão
Trabalhista: De acordo com inspeções realizadas no ambiente de trabalho e
análise qualitativa e/ou quantitativa dos riscos físicos, químicos e biológicos, conclui-
se que o trabalhador na função de Assessor não está exposto aos riscos ambientais
de forma permanente NÃO FAZENDO JUS AO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE
conforme Norma Regulamentadora n° 15 (NR-15) da Portaria Nº 3.214, de 1978.

7.3- Função Avaliada: Agente de Serviços Gerais

Descrição das Atividades: Receber, orientar, encaminhar o público,


informando sobre a localização de pessoas em dependência do órgão. Contribuir
com a ordem e a limpeza das repartições públicas, no que se refere tanto à área
interna quanto externa, através da limpeza e conservação dos mesmos, mantendo
as condições de asseio e higiene requeridas, assim como realizar a limpeza em
elevadores, jardins, garagens, veículos e vias públicas.

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
12

Fonte Medidas de Medidas de


Riscos Tipo de Possíveis Danos
Geradora/ Controle Controle
Ambientais Exposição à Saude
Agente Existentes Recomendadas
Luvas em PVC,
Não Não Sem Bota de borracha,
- -
Identificado Identificado Exposição Mascara PFF2

Conclusão
Trabalhista: De acordo com inspeções realizadas no ambiente de trabalho e
análise qualitativa e/ou quantitativa dos riscos físicos, químicos e biológicos, conclui-
se que o trabalhador na função de Agente de Serviços Gerais não está exposto aos
riscos ambientais de forma permanente NÃO FAZENDO JUS AO ADICIONAL DE
INSALUBRIDADE conforme Norma Regulamentadora n° 15 (NR-15) da Portaria Nº
3.214, de 1978.

Itajaí – SC, Setembro de 2013.

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
13

8-TABELA DE AVALIAÇÃO DO AMBIENTE DE TRABALHO - NR 17

LOCAL AVALIADO dB(A) Temp. Lux UR(%)


Gerencia Mesa 1 56.3 29.5 560 70.8

Sala Farmacêutica Mesa 1 54.5 30.0 0.87 70.3

Balcão 1 56.2 30.3 707 69.2


Recepção Balcão 2 63.5 30.0 272 68.5
Balcão 3 66.0 30.0 140 68.6

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81
14

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Lei nº 8.213, de 24 de Julho de 1991


Decreto nº 3.048, de 6 de Maio de 1999
Instrução Normativa nº 45/INSS/PRES, de 6 de Agosto de 2010
Norma Regulamentadora nº 15 da Portaria nº 3.214, de 8 de Junho de 1978
Norma Regulamentadora nº 09 da Portaria nº 3.214, de 8 de Junho de 1978

Rua: Carvalho de Brito, Nº 218, Bairro: Recreio Atlântico – Marataízes –ES


CEP: 29.345-000 - Fone: (28) 3532-7733 / (28) 3532-7766
E-mail: contato@innovar.srv.br / CNPJ: 11.894.163/0001-81

Você também pode gostar