Você está na página 1de 2

Paróquia São Francisco de Assis – Campo Grande

ANIVERSÁRIO DE CRIAÇÃO DA PARÓQUIA


Vésperas

຿ Vinde, ó Deus, em meu auxílio. – Os braços de um rio vêm trazer alegria *


Socorrei-me sem demora. à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. – Quem a pode abalar? Deus está no seu meio! *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Já bem antes da aurora, ele vem ajudá-la.
– Os povos se agitam, os reinos desabam; *
Hino troveja sua voz e a terra estremece.
Jerusalém gloriosa,
visão bendita de paz, – Conosco está o Senhor do universo! *
de pedras vivas erguida, O nosso refúgio é o Deus de Jacó!
por entre os astros brilhais – Vinde ver, contemplai os prodígios de Deus *
qual noiva de anjos cingida, e a obra estupenda que fez no universo:
que seu caminho perfaz. = reprime as guerras na face da terra, †
Já vem do céu preparada ele quebra os arcos, as lanças destrói, *
para o festim nupcial, e queima no fogo os escudos e as armas:
e ao Senhor será dada – «Parai e sabei, conhecei que eu sou Deus, *
no esplendor virginal. que domino as nações, que domino a terra!»
As sua praças e muros
são do mais puro metal. – Conosco está o Senhor do universo! *
Pérolas brilham nas portas O nosso refúgio é o Deus de Jacó!
desta cidade sem par, Ant. O Senhor tornou santa a sua morada:
e pela força dos méritos Quem a pode abalar? Ele habita em seu meio.
vem no seu seio habitar Ant. 2 Alegres * iremos à casa de Deus!
quem pelo nome de Cristo
soube sofrer e lutar. Salmo 121(122)
Ásperas pedras, talhadas Jerusalém, cidade santa
por um perito no ofício,
Vós vos aproximastes do monte Sião e da cidade do Deus vivo, a Jerusalém
com marteladas polidas,
celeste. (Hb 12,22)
constroem todo o edifício,
umas às outras unidas, – Que alegria, quando ouvi que me disseram: *
sem qualquer fenda ou orifício. «Vamos à casa do Senhor!»
Ao Pai louvor seja dado, – E agora nossos pés já se detêm, *
ao Filho glória também, Jerusalém, em tuas portas.
com o Espírito sagrado
– Jerusalém, cidade bem edificada *
que dum e doutro provém.
num conjunto harmonioso;
Honra e poder são devidos
– para lá sobem as tribos de Israel, *
aos Três nos séculos. Amém.
as tribos do Senhor.
Salmodia – Para louvar, segundo a lei de Israel, *
Ant. 1 O Senhor * tornou santa a sua morada: o nome do Senhor.
Quem a pode abalar? Ele habita em seu meio. – A sede da justiça lá está *
e o trono de Davi.
Salmo 45(46)
– Rogai que viva em paz Jerusalém, *
O Senhor é refúgio e vigor
e em segurança os que te amam!
Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus está – Que a paz habite dentro de teus muros, *
conosco. (Mt 1,23) tranquilidade em teus palácios!
– O Senhor para nós é refúgio e vigor, * – Por amor a meus irmãos e meus amigos, *
sempre pronto, mostrou-se um socorro na angústia; peço: «A paz esteja em ti!»
– assim não tememos, se a terra estremece, * – Pelo amor que tenho à casa do Senhor, *
se os montes desabam, caindo nos mares, eu te desejo todo bem!
– se as águas trovejam e as ondas se agitam, *
se, em feroz tempestade, as montanhas se abalam: Ant. Alegres iremos à casa de Deus!
Ant. 3 Santos * todos de Deus, entoai seu louvor!
Cântico Cf. Ap 19,1-2.5-7 – Demonstrou o poder de seu braço, *
As núpcias do Cordeiro dispersou os orgulhosos.
– Derrubou os poderosos de seus tronos *
= Aleluia! e os humildes exaltou.
Ao nosso Deus a salvação, *
honra, glória e poder! – De bens saciou os famintos *
– Pois são verdade e justiça * e despediu, sem nada, os ricos.
os juízos do Senhor. – Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,
= Aleluia!
Celebrai o nosso Deus, * – como havia prometido aos nossos pais, *
servidores do Senhor! em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.
– E vós todos que o temeis, * Ant. O Senhor santificou sua morada;
vós os grandes e os pequenos! pois aqui o seu nome é invocado,
= Aleluia! e Deus se faz presente em nosso meio.
De seu reino tomou posse * Preces
nosso Deus onipotente!
– Exultemos de alegria, * Oremos a nosso Salvador, que entregou sua vida para reunir
demos glória ao nosso Deus! num só povo os filhos de Deus dispersos; e digamos:
= Aleluia! Lembrai-vos, Senhor, da vossa Igreja!
Eis que as núpcias do Cordeiro * Senhor Jesus, que edificastes a vossa casa sobre a rocha
redivivo se aproximam! firme,
– Sua Esposa se enfeitou, * - consolidai e robustecei a fé e a esperança de vossa Igreja.
se vestiu de linho puro.
Ant. Santos todos de Deus, entoai seu louvor! Senhor Jesus, de cujo lado aberto jorraram sangue e água,
Leitura breve Ap 21,1a.2-3.22.27 - renovai a vossa Igreja pelos sacramentos da nova e eterna
aliança.
Vi a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, de
junto de Deus, vestida qual esposa enfeitada para o seu Senhor Jesus, que estais no meio daqueles que se reúnem
marido. Então, ouvi uma voz forte que saía do trono e dizia: em vosso nome,
Esta é a morada de Deus entre os homens. Deus vai morar no - escutai a oração de toda a vossa Igreja.
meio deles. Eles serão o seu povo, e o próprio Deus estará
Senhor Jesus, que vindes com o Pai morar naqueles que vos
com eles. Não vi templo na cidade, pois o seu Templo é o
amam,
próprio Senhor, o Deus Todo-poderoso, e o Cordeiro. Nunca
- tornai a vossa Igreja perfeita na caridade.
mais entrará nela o que é impuro, nem alguém que pratica a
abominação e a mentira. Entrarão nela somente os que estão (intenções livres)
inscritos no livro da vida do Cordeiro.
Senhor Jesus, que nunca rejeitais quem se aproxima de vós,
Responsório breve - fazei entrar na casa do Pai todos os que já morreram.
Felizes, ó Senhor, Pai nosso...
* Os que habitam vossa casa! Felizes.
Para sempre haverão de vos louvar. Oração
* Os que habitam. Glória ao Pai. Felizes. Ó Deus, que edificais o vosso templo eterno com pedras
vivas e escolhidas, difundi na vossa Igreja o Espírito que lhe
Cântico evangélico destes, para que o Vosso povo cresça sempre mais
Ant. O Senhor * santificou sua morada; construindo a Jerusalém celeste. Por nosso Senhor Jesus
pois aqui o seu nome é invocado, Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
e Deus se faz presente em nosso meio.

Magnificat - Lc 1,46-55
A alegria da alma no Senhor
– A minha alma engrandece ao Senhor, *
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador,
– pois, ele viu a pequenez de sua serva, *
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.
– O Poderoso fez por mim maravilhas *
e Santo é o seu nome!
– Seu amor, de geração em geração, *
chega a todos que o respeitam.

Você também pode gostar