Você está na página 1de 3

Cristãos Amam a Luz

por

Pastor Gary W. Hendrix

I João 1:6 - Se dissermos que mantemos comunhão com Ele, e


andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade.

“Luz” e “trevas” são termos frequentemente empregados na


Bíblia para enfatizar o extremo contraste entre Deus e Satanás
e entre aquelas coisas que Deus ama e aquelas coisas que
Satanás ama. Deus ama a verdade, da qual Ele mesmo é o
único autor. Satanás é o “pai das mentiras”, o autor de toda
inverdade. Deus ama a santidade e a justiça, da qual Ele é a
fonte. Satanás é o originador do pecado em rebelião contra
Deus. Simplesmente não pode haver um erro maior do que
atribuir trevas a Deus e ou luz a Satanás. Dizer, por exemplo,
que Deus é “a favor” do direito de uma mulher escolher
assassinar seu filho ainda não nascido ou que Satanás está
atrás das tentativas de eliminar o aborto da proteção legal, é
representar Deus erroneamente e em termos grosseiros. É
blasfêmia! É chamar Deus de “Satanás” e Satanás de “Deus”. O
mesmo tipo de coisa ocorre quando é sugerido que Deus “olha o
outro lado”, quando maridos defraudam suas esposas, pois Ele
entende que “os homens serão sempre homens”. Bobagem!
Deus é extremamente claro: Ele julgará os fornicários e os
adúlteros (Hebreus 13:4). Há quase inumeráveis outras formas
nas quase a luz e as trevas são regularmente confundidas e
mal-representadas em nossa cultura. Precisamos
desesperadamente de um senso mais acurado de quão grande
coisa é mal-representar a Deus!

Neste sentido, precisamos também de um entendimento mais


acurado dos caracteres transformados de todos aqueles seres
humanos que receberam a graça especial de Deus em Cristo.
Esta transformação é asseverada em Efésios 5:8 – “Pois,
outrora, éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor”. Por
natureza estas pessoas amavam muito as trevas. Eles preferiam
viver no reino da inverdade e na indulgência carnal. Eles
gostavam de dizer que se algo parecesse natural, desse prazer e
não “machucasse” ninguém, Deus aprovaria. Eles ignoravam
deliberadamente o fato de que a lei de Deus proibia o que eles
estavam fazendo. Mas, quando a graça de Deus veio e fez Cristo
precioso aos seus corações, tudo isto mudou. A luz de Deus
agora expôs seus pensamentos e práticas, e eles se
arrependeram deles. Na luz de Cristo (a luz da Palavra) eles
reconheceram a beleza de Deus, a excelência e desejabilidade
de tudo o que Deus ordenou, e a danosidade de tudo o que Ele
proíbe. Não perfeitamente, mas com resolução, eles começam a
buscar a luz. Nas palavras do texto do início deste artigo: eles
começam a andar na luz onde Deus está.

Nossos dias são dias de acomodação, mesmo dentro da igreja.


Simplesmente, não é politicamente aceitável fazer declarações
discriminatórias com respeito ao caráter e comportamento
humano. Contudo, Deus faz tais declarações em Sua Palavra e
nós faremos bem em atendê-las. 1 João 1:6 é um exemplo claro.
Se professarmos conhecer e amar a Deus, enquanto nossas
vidas são marcadas pelo amor e pela prática das trevas,
mentimos para nós mesmos e para os outros. Deus faz com que
Seus filhos amem Lhe amem, e por causa disso, amem a luz e
odeiam as trevas.

Você precisa que Cristo produza esta transformação em você?


Chame por Ele, então! Ninguém pode fazê-lo, exceto Cristo! E
Ele está disposto!

Traduzido por: Felipe Sabino de Araújo Neto


Cuiabá-MT, 26 de Janeiro de 2005.

http://www.monergismo.com/

Este site da web é uma realização de


Felipe Sabino de Araújo Neto®
Proclamando o Evangelho Genuíno de CRISTO JESUS, que é o poder de DEUS para salvação de todo
aquele que crê.

TOPO DA PÁGINA
Estamos às ordens para comentários e sugestões.

Livros Recomendados

Recomendamos os sites abaixo:

Academia Calvínia/Arquivo Spurgeon/ Arthur Pink / IPCB / Solano Portela /Textos da reforma / Thirdmill


Editora Cultura Cristã /Editora Fiel / Editora Os Puritanos / Editora PES / Editora Vida Nova

Você também pode gostar