Você está na página 1de 6

IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR

TABERNÁCULO DA PROMESSA
Av. Brasil, nº 09, Sideral,Belém/Pa.
Pr. Hodileno Marinho.

O DIÁCONO E O SEU RELACIONAMENTO COM O PÚBLICO

INTRODUÇÃO:

O diácono da Igreja primitiva tinha inicialmente, o seu Ministério,


geralmente afeto à área da assistência social (Atos 6). “Muitas de nossas
igrejas laboram também na assistência social, atendendo os domésticos
da fé mais carentes, trabalho este, nem sempre efetuado com a ajuda do
DIÁCONO. O trabalho do diácono é muito diversificado na igreja de hoje;
ele serve como: Porteiro, Professor da EBD, Acomodador, Recepcionista,
Auxiliar na distribuição da Santa Ceia do Senhor, e de outras atividades
que variam de região para região”.

CARACTERÍSTICAS BÍBLICAS DOS DIÁCONO

A – De acordo com Atos 6.16


1 – Moralmente equipados – “de boa reputação”:
Reputação é aquilo que os outros pensam e dizem de nós
1.1 Reputação no seio da igreja.
1.2 Reputação no seio da família
1.3 Reputação no seio da sociedade;
2 - Espiritualmente equipados – “cheios do Espírito Santo”:
Ser cheio do Espírito requer ser regenerado pelo Espírito
2.1 Cheio do Espírito significa ser batizado com o Espírito Santo
2.2 Cheio do Espírito significa ser renovado no Espírito Santo
2.3 Cheio do Espírito significa produzindo o “fruto” do Espírito;

3 – Mentalmente equipados – “cheios de sabedoria”.


Há uma grande diferença entre sabedoria e conhecimento
3.1 O diácono precisa ter sabedoria recebida do Espírito
3.2 O diácono precisa ter sabedoria baseada na Palavra de Deus
3.2 O diácono precisa ter sabedoria prática (aptidão para tomar decisões);

B – De acordo com I Timóteo 3.8 a 13


1- Honesto e sábio nas decisões (muitas vezes lidará com o dinheiro da
Casa do Senhor).
2- Não de língua torpe (não pode ser murmurador, mesquinho, hipócrita,
e praticar a DISCRIÇÃO).
3- Temperante.
4- Bom mordomo das possessões (capacidade espiritual para ajudar a
administrar o que não é seu).
5- Primeiramente testado para o cargo (não pode ser um neófito, é uma
confirmação).
6- Homem de fé (deve valorizar o seu trabalho à luz da Palavra de Deus).
7- Irrepreensível (perante a igreja, a família e o mundo).
8- Monógamo (se for casado, não abandone sua esposa).
9- Chefe de família modelar (cada pessoa escolhida para o diaconato,
deve demonstrar ser um bom administrador, cuidando bem da sua casa;
então poderá cuidar da de DEUS).

SE CADA DIÁCONO FOR UM MODELO NA CASA DE DEUS, TODOS O


APROVARÃO.
AMÉM!
QUALIDADES EXTRA BÍBLIA DOS DIÁCONOS
Além das qualidades exigidas pela Bíblia Sagrada já citada, o DIÁCONO,
pelo fato de exercer seu ministério em contato direto com as pessoas,
deve atentar para as seguintes observações:

REGRAS DE CONDUTA
1 – Apresentação pessoal
(cuide-se, pois a primeira impressão é que fica).
2 – Comportamento
(condizente com a sua posição de obreiro).
3 – Linguagem
(não seja pesado de língua e, cuidado com as gírias).
4 – Gentileza
(gentileza gera gentileza).
5 – Dez mandamentos das Relações Humanas*
6 – O valor de um sorriso
(sorrir: move 14 músculos e, carrancudo: movem 72 músculos).
7 – Apresentação
(I Cor. 6.19 a 20).
8 – Cumprimento/Saudação
(saudar como é de costume dos santos, e educação é uma obrigação)
9 – Atendimento a visitantes e ao Telefone*

* Os dez mandamentos das Relações Humanas*

1 – Fale com as pessoas


2 – Sorria para as pessoas
3 – Chame as pessoas pelo nome*
4 – Seja um amigo prestativo
5 – Seja cordial
6 – Interesse-se sinceramente pelos outros
7 – Observe os sentimentos dos outros
8 – Saiba considerar os sentimentos dos outros
9 – Preocupe-se com os sentimentos dos outros
10- Preocupe-se em apresentar-se um excelente amigo

SINOPSE DO ASSUNTO ESTUDAD

- Para que existem os diáconos?

para que na Igreja, os trabalhos materiais sejam feitos por pessoas


espirituais;
para que os ministros tenham mais disponibilidade no serviço ministerial;
para que o suprimento da obra de Deus seja efetiva.
-Tarefas:
assistência aos órfãos e viúvas;
administração da assistência social*;
manutenção da ORDEM na Casa de Deus:
distribuição da Ceia do Senhor.

NORMAS E ATRIBUIÇÕES PARA CADA SETOR DO TEMPLO QUE


DEVEM SER EXECUTADAS PELOS DIÁCONOS, ANTES, DURANTE E
APÓS OS CULTOS:

Parte Interior do Templo

1.1 Verificar a posição dos móveis e utensílios do Templo. Caso estejam


fora dos seus lugares, providenciar a arrumação;
1.2 Para isto, procure chegar sempre antes dos cultos começarem;

1.3 Verificar se as cadeiras do púlpito estão arrumadas;

1.4 Verificar se os bancos ou cadeiras estão posicionados e alinhados


corretamente, principalmente após reuniões especiais (casamentos,
seminários, etc.);

1.5 Acionar o serviço de Som, caso o encarregado da sonotécnica não se


encontre presente;

1.6 Acionar os seus colegas que, tendo sido escalados para darem
assistência neste setor, não se encontrem em suas respectivas posições;

1.7 Providenciar antecipadamente água para o Pastor, Pregador ou outro,


conforme solicitação. Evite transtornos de última hora;

1.8 Posicionar antes do culto os envelopes de ofertas, de maneira que


sejam facilmente utilizadas, no momento do recolhimento das mesmas;

1.9 Sempre que for recolhida uma oferta, trazer os envelopes


imediatamente ao local de origem para pronto emprego;

1.10 Quando for solicitado para recolher as ofertas, lembre-se de


posicionar-se corretamente, com um sorriso sincero no rosto e dizer: Deus
te abençoe! Ou ainda: Deus te prospere, ou aquilo que o Espírito lhe tocar
em dizer;

1.11 OFERTAS VOLUNTÁRIAS, destinadas ao púlpito, devem primeiro


passar pela Tesouraria que enviará o recibo e o motivo da oferta. PÚLPITO
NÃO É LUGAR DE DINHEIRO!

1.12 Durante a oração, não feche seus olhos. Fique atento a movimentos
ou elementos suspeitos: VIGIAI E ORAI!

1.13 O diácono que por ventura esteja escalado para ficar próximo ao
púlpito, procure manter contato VISUAL com o Pastor e ou Dirigente e
seus colegas, para que sejam evitados movimentos desnecessários;

1.14 Evite subir o púlpito para levar mensagens, recados ou pedidos de


oração. Quando possível, entregue ao diácono ou obreiro mais próximo,
que pela lateral do púlpito, transmitirá disfarçadamente a quem é de
direito;

NOS DIAS DE SANTA CEIA DO SENHOR


2.1 Procure saber se o pão, o vinho e o material necessário já foram
providenciados. Certifique-se disto. Não espere que o colega faça tudo
sozinho!

2.2 Verifique o local, a limpeza, toalhas e sabonete onde os ministros


lavarão as mãos;

2.3 Lembre-se da posição correta, conforme for estabelecido pelo


PASTOR, na hora em que for receber o pão ou vinho para a distribuição;

2.4 Não retire da mesa o pão ou o vinho. Isto é feito pelos Ministros, que
lhe entregarão, sempre que necessário;

2.5 Providenciar a limpeza dos cálices e material usado na Santa Ceia;

2.6 Recolher e entregar as toalhas de mesa ao encarregado (a) das


mesmas;

2.7 Esteja sempre atento. Procure sempre corrigir as coisas que estão fora
do seu devido lugar. Ajude a manter a ordem na Casa do Senhor, isto lhe
fará bem!

2.8 Desenvolva o senso de observação;

2.9 Lembre-se, estas atitudes devem ser observadas em qualquer


atividade de nossa igreja;

2.10 Ao servir a Ceia do Senhor ‘a algum irmão (ã), diga os dizeres


padronizados pelo PASTOR ou DIRIGENTE. Ex: “Tomai e comei, fazei isto
em memória de mim!”

Parte Exterior do Templo

3.1 Verifique e acione seus colegas que por algum motivo não esteja em
suas atividades conforme a designação de atividades diaconais, que
sempre consta num QUADRO DE AVISOS;

3.2 Supervisione os setores laterais, onde casais e adolescentes


costumam ficar conversando. Educadamente, conduza-os ao Culto;

3.3 Fique atento quanto a elementos suspeitos, que durante o culto,


rodem o Templo. Eles são facilmente identificáveis. Caso isto ocorra, os
mesmos devem ser seguidos por dois ou mais diáconos, para que
entendam que estão sendo vigiados;
3.4 Procure não levar problemas para os obreiros. Procure primeiro
soluciona-los. Faça isto somente em último caso, ou quando sua
COMPETÊNCIA ESGOTAR-SE!

3.5 Nunca leve problemas ao PASTOR sem que antes comunique o fato a
um obreiro;

3.6 Controle com carinho, o fluxo de crianças no corredor e áreas


adjacentes, canalizando-as às suas quando na EBD; Nos cultos normais
leve-as ao Culto das Crianças ou conduza-as ao Culto;

3.7 Trate bem as crianças! Se não levar jeito para tal, procure evitar
transtornos. Procure os pais das mesmas;

3.8 No estacionamento, evite ficar sozinho, devem sempre ser designados


dois diáconos;

3.9 Procure ser gentil com as pessoas que porventura estacionem em


lugares não apropriados. Caso se aborreçam, deixe-as onde estiverem;

QUADRO DE AVISOS – DESIGNAÇÃO DE DIÁCONOS

4.1 Procure sempre consultar sempre que possível, o Quadro de Avisos.


Na Folha de Designação de Diáconos, o seu nome constará em um dos
setores do Templo.

4.2 Ocupe sua posição e cumpra o seu Ministério. Não espere retribuição
aqui na Terra. Deixe isto para o TRIBUNAL DE CRISTO! IICOR. 5:10;

4.3 Lembre-se que cada documento deste Quadro, consta de uma


assinatura do Pastor/Dirigente e outra do Supervisor Diaconal. Sua recusa
ao cumprimento de suas tarefas ali designadas poderá se constituir num
grande pecado; OBEDEÇA HOJE PARA SER OBEDECIDO AMANHÃ!