Você está na página 1de 102

Beto Mendes

ABORDAGENS
 DE SUCESSO
COMO ABORDAR DENTISTAS PARA PEDIR
INDICAÇÕES DE NOVOS PACIENTES

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


1ST
WWW.MORDIDACRUZADA.COM.BR
EDITION

ESTE CONTEÚDO TEM O PODER DE MUDAR


OS SEUS RESULTADOS
!
ATENÇÃO

BETO MENDES | MORDIDA CRUZADA

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


ÍNDICE

04 Notas do Autor

09 Capítulo 1 - Foco no Objetivo

18 Capítulo 2 - Torne-se um
Solucionador de Problemas

28 Capítulo 3 - O Que Levar na


Visita

35 Capítulo 4 - Como Deve Ser


Sua Apresentação Inicial

54 Capítulo 5 - Os Tipos de
Consultório Que Irá Visitar

60 Capítulo 6 – Argumentos Para


Usar em Cada Tipo de
Consultório

www.mordidacruzada.com.br   |   Beto Mendes

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


NOTAS DO AUTOR
VOCÊ É A ÚNICA PESSOA
RESPONSÁVEL PELOS SEUS
RESULTADOS

Ter consciência plena de que seus resultados são única e


exclusivamente responsabilidade sua, é o maior trunfo que sua
mente pode ter para alcançar qualquer sonho em sua vida.

Se eu tivesse que citar apenas uma característica comum de


homens e mulheres de extremo sucesso, com toda certeza seria
essa:

" Pessoas bem sucedidas se responsabilizam por tudo que


acontece em suas vidas, TUDO! "

Não é exagero afirmar que você está onde se coloca. Que o seu
resultado de hoje é exatamente o que você merece.

04
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
Gosto dessa provocação logo no início dessa
leitura, para poder abrir seus olhos para o que
está por vir.

Mas calma, não pretendo ofender ninguém


com essa introdução.

O caso é que  certa vez ouvi de um grande


mentor que quando pedimos a ajuda de
alguém, quando pedimos a opinião de
alguém, devemos primeiro estar preparados
para a verdade. Pois quem apenas elogia e diz
que você está linda, que seu trabalho está
perfeito, que seus resultados estão ótimos...
na verdade não quer se comprometer com
você. Prefere te agradar a ser sincero.

E isso é um princípio da “comunicação não


violenta”, às vezes minto para não ficar mal
com aquela pessoa. Prefiro falar uma mentira
e ficar em paz com minha mãe que dizer que
o molho do macarrão ficou muito salgado e
de alguma forma acabar ofendendo.

Perceba que no fim das contas são escolhas.

Você escolhe o que é mais conveniente para


você.

Mas nunca se esqueça de sua


responsabilidade, seja qual for.

E no caso de um mentor e um mentorando, ou


um educador e um aluno, ou um pai e um
filho... e neste nosso caso alguém que
comprou um conteúdo (você) de um lado e
alguém que vai ensinar a resolver um
problema (eu) do outro lado...

...temos que ser brutalmente honestos um


com o outro. Doa a quem doer.

Nada de “mi mi mi”, apenas dizer o que


realmente é! 

05
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
06
E por isso quero que abra seu coração e sua
mente.

Tenha consciência plena de que seus


resultados são inteiramente responsabilidade
sua.

E que o que vai aprender nesse E-book pode


realmente mudar suas demandas de falta de
pacientes ou mesmo resultados financeiros
fracos em seu consultório.

Mas ainda existirá uma grande distância entre


saber o que se deve fazer e realmente fazer.

Para encurtar essa jornada quero te


apresentar um atalho: O atalho do
conhecimento.

Afinal, ninguém consegue passar experiências


para outras pessoas, apenas conhecimento. E
é exatamente isso que eu vou te ensinar.

O “o que” eu fiz e “como” eu fiz para poder ter


minhas experiências com muitos pacientes.

Isso já será uma grande vantagem na sua


jornada, pelo menos em relação à minha.

Pois não tive essa informação de forma tão


fácil como você está tendo. 

Agora, depois que receber a informação, você


ainda tem dois passos importantes para
executar.

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


O primeiro é fazer essa informação sair de sua
cabeça e descer para seu coração. Isso tem
um nome.

E se chama DESEJO.

O desejo é quando o conhecimento sobre


algum assunto, que estava em sua mente,
desce para seu coração e você fica com muita
vontade de que aquilo aconteça para você.
Principalmente porque você já sabe o
caminho que tem que percorrer.

Mas a má notícia é que, assim como o


conhecimento em si, o desejo TAMBÉM ainda
não tem poder nenhum!

Sim, quantas vezes você quis começar uma


dieta, por saber que estava acima do seu
peso, ou mesmo quis namorar aquela garota
ou garoto mais top da escola... mas ficou só
na vontade?

Ou mesmo desejou morar na casa mais bonita


do bairro, ou comprar aquele carro dos
sonhos ou mesmo ir para um lugar lindo de
férias... mas nunca foi!? 

Pois é... o desejo também não tem poder!


Infelizmente é assim.

07
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
08
Agora, quando você der o próximo passo, que
é fazer esse conhecimento que desceu de sua
mente para o seu coração e virou um desejo,
descer mais um pouquinho e chegar em suas
mãos... aí sim!

Aí sim você consegue ter algo extremamente


poderoso.

Porque um desejo, quando ganha mãos, ele


ganha AÇÃO, e isso é a coisa mais poderosa
que você pode fazer:

Ter ATITUDE de FAZER ACONTECER para você!


 
Então quero te convidar a dar o primeiro
passo ao fazer a leitura deste livro, que é
adquirir o CONHECIMENTO necessário para
atrair mais pacientes para seu consultório.

Mas não se esqueça dos outros dois passos


que, neste momento, acabaram de se mostrar
muito mais importantes que simplesmente o
primeiro.

Tenha vontade de fazer acontecer e COLOQUE


EM PRÁTICA O QUE VAI APRENDER AQUI!

Estamos combinado? Parece um bom acordo


para você?

Sinceramente espero que sim.

Então, sem mais demoras, vamos ao início do


conteúdo...

Boa leitura! 

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


01

C A P Í T U L O

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


01
CAPÍTULO 01 FOCO NO OBJETIVO

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


11

Mas você irá aprender um


processo que poderá ser
responsável por uma fonte
infinita de pacientes em
toda a sua vida profissional.

Então o que você realmente


irá aprender, é uma forma
de agir, que fará com que
outras pessoas tomem a
decisão de encaminharem
pacientes para você, sempre
que essa oportunidade
aparecer.
CAPÍTULO Que fique claro que essa
UM não é uma tarefa simples!

Porém, também não é um


“bicho papão” que não pode
ser encarado e derrotado
Você irá aprender agora, por você.  
um poderoso processo de
atração de pacientes para E a razão disso é muito
seu consultório ou clínica simples. 
de ortodontia.
O ser humano, de uma
Em outras palavras, você forma geral, sempre vai
não irá apenas aprender escolher “atalhos” mentais
como deve agir e como para realizarem suas ações.
deve abordar dentistas
quando for pedir Nossas ações são baseadas
indicações de pacientes em pensamentos, e pensar
para seu consultório, de sempre dará muito trabalho
maneira que você acabe e principalmente gastará
conseguindo boas muita energia de nosso
indicações.  cérebro. 

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


CAPÍTULO 01 FOCO NO OBJETIVO

E é exatamente por esse motivo que temos


respostas prontas, no piloto automático,
que conduzem boa parte de nossas ações
no nosso dia a dia.

Constantemente buscamos soluções para


nossos problemas. E quando encontramos
uma resposta para aquele problema que
promete resolver ou melhora-lo, não temos
dúvida, temos uma enorme disposição para
investir naquilo que vai nos facilitar o
processo de escolha.

E é neste contexto que você deve se


colocar. Coloque-se como a SOLUÇÃO!

Como a solução, fácil para ser lembrada,


de alguém que está procurando um
ortodontista para indicar para seus
pacientes.

Vou explicar de outro jeito...

Imagine que um colega tem um paciente


que precisa de aparelho, mas ele não sabe
fazer tratamentos ortodônticos. 

12
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
13

Neste momento ele vai preguiça de lado e coloco a


buscar em sua mente um massa cinzenta para
colega para indicar. pensar.

Até aqui, nada de novo. Só não faço esse processo


de pensar se já tenho,
Provavelmente ele irá formatado em meu “HD
indicar alguém que ele orgânico” (meu cérebro
confie ou conheça. mesmo, rsrs) um caminho
que já fiz antes e que já
Afinal a responsabilidade deu certo.  
de indicar um paciente
para outro colega sempre é Ou seja, já fiz o trabalho de
muito grande.  escolher um profissional
para indicar quando
E quando uma decisão apareceu casos de
envolve responsabilizar-se ortodontia para indicar em
por aquilo, quando uma algum momento no
decisão minha envolver passado.
consequências que podem
me afetar...  Pensa aí comigo. Você
provavelmente já passou
...neste momento deixo a por isso. 

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


CAPÍTULO 01 FOCO NO OBJETIVO

Em algum momento no passado você já


teve  que indicar um colega com uma
especialidade que você não executava,
ficou na dúvida para quem indicar, até que
fez uma “tarefa de casa” e acabou
concluindo que indicaria seu paciente para
o Dr “X da Silva”.

Pronto, da próxima vez que apareceu outro


caso como este, você nem viu como foi o
resultado do tratamento que o paciente
recebeu do Dr “X da Silva”,  mas você já, de
cara, indicou ele outra vez para outro
paciente.

Isso é muito comum de acontecer. Nós


validamos um caminho pelo simples fato
de já ter feito aquilo antes. Independente
se aquele era ou não o melhor caminho
que poderia ser feito. Mas simplesmente
por ser o caminho que você conhece. Isso
te dá uma sensação de “fiz a coisa certa”
pelo fato de ser algo familiar para você. E
se é familiar, é seguro. Pelo menos até que
se prove o contrário. 

14
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 01 FOCO NO OBJETIVO

Entendido esse primeiro ponto, quero


agora que saiba de uma outra coisa:  

"A verdade é que simplesmente pedir


indicações para colegas dentistas,
não é o suficiente para receber
indicação de novos pacientes..."

Isso mesmo que você leu!

Imagine que você estudou o conteúdo


deste livro, aprendeu como deve abordar
um colega dentista para pedir indicações,
vai lá, pede da maneira correta e ... nada
acontece!

Frustrante, não?!

15
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 01 FOCO NO OBJETIVO

Será que pedir para colegas me indicarem pacientes não vai fazer
a minha agenda lotar? A resposta óbvia é NÃO!

Além disso, não fique achando que uma


ótima abordagem fará milagres.

Alguns colegas irão te receber com toda


educação do mundo, vão te prometer
indicações e pasmem...

...nunca irão te encaminhar NENHUM


PACIENTE!

Nesse momento, muitos dentistas desistem


de pedir indicação para outros colegas.

Mas aqui você irá aprender que isso faz


parte do que eu chamo de estratégia de
captação de pacientes.

Em outras palavras, você precisa entender


que uma boa abordagem, feita da maneira
correta, faz parte de uma série de
elementos que precisam ser executados do
jeito certo para que as indicações
realmente aconteçam. 

16
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 01 FOCO NO OBJETIVO

E é exatamente por isso que você NUNCA


DEVE PERDER O FOCO de seus objetivos.

E o foco é conseguir muitas indicações!

Nunca se esqueça desse objetivo. Tenha


foco no objetivo certo! 

Isso faz parte do jogo.

Com este foco em mente você sabe que


precisa fazer esse processo de pedir
indicação para outros colegas, que isso é
fundamental para o processo inteiro
funcionar, mas que também você terá
muitos colegas que não te indicarão
nenhum paciente.

E está tudo certo. Isso vai funcionar dessa


maneira mesmo.

Com essa preparação mental pronta, vamos


agora para o próximo passo:   

GARANTA EXCELENTES RESULTADOS


EM SEUS TRATAMENTOS!

17
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
02

C A P Í T U L O

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


02
CAPÍTULO 02 TORNE-SE UM SOLUCIONADOR
DE PROBLEMAS

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


20

Na hora de olharem para o


paciente como alguém que
vai ter o problema resolvido
pelo profissional, olham
para o paciente com olhos
invertidos.

Ou seja, acreditam que o


paciente que vai resolver o
problema financeiro do
profissional e acaba não se
colocando como um
profissional que vai
realmente resolver o
CAPÍTULO problema do paciente.

DOIS Isso faz toda a diferença.

E isso vai ser crucial para


que você tenha, cada vez
mais indicações no seu
Essa é uma regra consultório.
fundamental.
Independente se essas
No entanto, é ao mesmo indicações virão de
tempo uma das mais profissionais dentistas ou
negligenciadas pelos dos próprios pacientes.
profissionais da ortodontia.
Em outras palavras, você
É algo muito comum ver tem que se posicionar como
colegas reclamando de uma AUTORIDADE no seu
preços prostituídos, de território de atuação como
pacientes que não pagam ortodontista.
o “preço justo”, de
concorrência desleal... de Você tem que se esforçar
POUCOS PACIENTES NO para se destacar como um
CONSULTÓRIO, mas...  profissional que vai 

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


CAPÍTULO 02 TORNE-SE UM SOLUCIONADOR
DE PROBLEMAS

realmente resolver os problemas de seus


pacientes. 

Você não precisa ser o melhor ortodontista


do Brasil, mas você tem que se esforçar
para ser o melhor ortodontista que seu
público conhece.

E quando digo público, quero dizer, seus


pacientes, seus funcionários, seus
familiares, seus amigos, seus conhecidos,
seus vizinhos, colegas dentistas e qualquer
pessoa que viva na sua redondeza.

Se esse objetivo ainda é distante para você,


comece devagar.

Seja o melhor ortodontista do seu


quarteirão, depois da sua vizinhança,
depois do seu bairro e por fim, da sua
cidade.

Mas não deixe de BUSCAR essa meta de ser


uma AUTORIDADE.

Isso vai facilitar, cada dia mais a sua vida


profissional. 

21
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 02 TORNE-SE UM SOLUCIONADOR
DE PROBLEMAS

Se você ainda tem dificuldades com a ortodontia e quer nossa ajuda para se posicionar
como uma AUTORIDADE na sua região, podemos te ajudar com isso.

Temos vários programas online de treinamento para


você ser um profissional melhor nas várias áreas da
ortodontia:

• Aprenda a fazer  diagnósticos e planejamentos


melhores com o nosso Grupo de Mentoria Online em
Diagnóstico e Planejamento

• Aprenda a dominar totalmente a técnica Autoligável


em 3 semanas e triplique seu faturamento
trabalhando metade do tempo com nosso E-book 21
Motivos

• Aprenda a otimizar e implementar velocidade em


seus tratamentos dominando os Segredos da Alça
Retangular

• Torne-se um Assinante do Portal Mordida Cruzada e


tenha à sua disposição aulas de um curso de
especialização do grande mestre Prof. Dr Mustaphá
Amad Neto

Além de outros cursos que você pode olhar com


calma no www.mordidacruzada.com.br/cursos-
mordida-cruzada

22
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 02 TORNE-SE UM SOLUCIONADOR
DE PROBLEMAS

Quando alguém te perguntar o que você


faz, ao invés de dizer: “sou dentista, faço
orto... trabalho com aparelho...” mude essa
postura, ela está na sua cabeça, e
infelizmente é assim que as pessoas vão te
olhar, apenas como mais um dentista...

Diga que é um especialista em resolver os


problemas de maloclusão de seus
pacientes.

Diga que é um especialista em trazer o


problema para tão perto de você que
aquele problema acaba se tornando seu
problema, e só quando você consegue
resolve aquele problema, que passa a ser
seu e de seu paciente, que você descansa
em relação a ele.

Mostre para as pessoas que tipo de


ortodontista elas estão perdendo a
oportunidade de conhecer quando não te
procuram. 

23
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
24

E é por isso que amo o que


faço, pois recebo para
resolver meus problemas...
normalmente outros
profissionais recebem para
resolver problemas dos
Eu costumo dizer para
outros, mas não eu.
meus pacientes que:
"ganho dinheiro para
Sempre que faço isso crio
resolver MEUS
dois sentimentos:
PROBLEMAS", pois é assim
que trato dos problemas
EMPATIA e SENSAÇÃO DE
de meus pacientes,
CUIDADO.
considero o problema
deles como MEUS
E tanto a empatia como o
PROBLEMAS. 
cuidado criam CONEXÃO
com o paciente.

E é essa conexão imediata


com o meu paciente que 
ajuda, absurdamente, tanto
a solucionar aquele
problema  como tenho
várias novas indicações
desses meus pacientes.

Mas isso tem que ser real,


não pode ser da boca para
fora.  

Deixe muito claro  para seu


paciente que você é a
MELHOR SOLUÇÃO que ele
vai poder encontrar para o
problema oclusal dele.

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


CAPÍTULO 02 TORNE-SE UM SOLUCIONADOR
DE PROBLEMAS

CONSEGUE PERCEBER O
POSICIONAMENTO AQUI?
Esse é um exemplo básico de
posicionamento diferenciado e criação de
autoridade.

Pare e pense como anda se posicionando


no mercado que atua.

O que tem falado e feito a respeito disso?

Se você prestou atenção em tudo que falei


até agora, se fez sentido para você, você
provavelmente está pronto para começar a
aprender o processo de abordagem  de
sucesso que veio procurar neste livro.
Preparado?

Vamos lá então... 

25
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 02 TORNE-SE UM SOLUCIONADOR
DE PROBLEMAS

A PREPARAÇÃO ANTES DA
ABORDAGEM
Neste E-book eu quero me concentrar em
te ensinar os scripts do que se deve falar
na hora das abordagens que irá fazer.

Porém, antes de estar cara a cara com o


profissional, existe um caminho a ser
percorrido que vou resumir em
basicamente dois passos: 

   01 – Definir estrategicamente quais


consultórios você irá visitar;
   02 – Realizar as visitas propriamente
ditas. 

Não é o objetivo deste livro ensinar o Passo


01.

No curso online Captação de Pacientes na


Ortodontia, que é um curso com vídeo
aulas, ensino detalhadamente, como você
deve fazer essa escolha de forma
estratégica e organizada com o que eu
chamo de “escaneamento”.

26
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 02 TORNE-SE UM SOLUCIONADOR
DE PROBLEMAS

Já o Passo 02, vamos nos aprofundar mais,


pois é neste passo que você irá realmente
abordar os dentistas na prática.

E para o Passo 02 você deve se preparar da


seguinte forma:

I – O que deve levar na visita;

II – Como deve ser sua apresentação inicial;

III – Saber quais são os “tipos” de


consultório que vai visitar;

IV – Quais são os argumentos que deve usar


em cada “tipo” de consultório.

Nos próximos capítulos irei aprofundar em


cada um destes 4 tópicos. 

27
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
03

C A P Í T U L O

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


03
CAPÍTULO 03 O QUE DEVE LEVAR NA VISITA

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


30

buscas que fazemos sobre


qualquer assunto. Inclusive
o assunto: “...onde fica tal
lugar?, ou “...como chego no
consultório do DR X da
Silva?”  

E essa sensação de que é


fácil achar o outro, acaba
nos dizendo, de forma
conclusiva, que se é fácil
CAPÍTULO achar o outro, também é
fácil me achar.
TRÊS E talvez esse seja um
equívoco na hora de exercer
a sua responsabilidade de
ser achado, como já descrevi
Muitas vezes o que parece no início desse livro.
ser o mais óbvio é o que
mais nos pega de surpresa. Essa aparente facilidade em
ser achado acaba fazendo
Hoje em dia existe uma as pessoas relaxarem e a
ideia de que é muito fácil pensarem que se alguém
achar e ser achado por quiser saber onde trabalho,
alguém pelo simples fato elas vão acabar
de existir o TODO descobrindo.
PODEROSO “SR. GOOGLE”.
E na minha opinião,
Essa entidade que é quase empiricamente falando,
um “deus” no sentido de esse é um dos principais
que TUDO SABE, motivos do velho cartão de
realmente facilita muito visitas estar caindo em
nossas vidas em relação a  desuso cada dia mais.  

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


CAPÍTULO 03 O QUE DEVE LEVAR NA VISITA

Observe como as novas gerações,


principalmente, já não se preocupam mais
com os cartões de visita como os
profissionais da velha guarda se
preocupavam.

Afinal, hoje temos os smartphones!

Para que quero um cartão de visitas se


ando com uma agenda permanente em
minha presença o tempo todo?

Parece realmente não fazer mais sentido.

Bom, mas a notícia que quero te dar é que


para essa estratégia que vou te ensinar, o
cartão de visitas é indispensável.  

31
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 03 O QUE DEVE LEVAR NA VISITA

Por isso, a primeira coisa que deve


providenciar, é ter um bom e velho cartão
de visitas.

Mas atenção, não é um cartão de


marcação. Aqueles que nas costas do seu
cartão tem uma tabelinha de horário para
a próxima consulta.

Um cartão de marcação é o que o nome


diz – um cartão para o paciente se lembrar
de seu horário.

Então você aproveita que ele carrega o


cartão consigo e acaba fazendo uma
propaganda de seu consultório do outro
lado do cartão.

Um cartão de visitas deve ser apenas isso.

Um cartão com seus dados e informações


importantes para que você seja achado.

De preferência em um material mais


elaborado.

Lembre-se que o seu  cartão de visitas


representa você e seu consultório. 

32
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 03 O QUE DEVE LEVAR NA VISITA

Como você quer ser representado?

Com um papel baratinho de baixa


qualidade ou com um material mais
requintado?

Pense a respeito disso.

Existe uma mensagem subliminar aqui que


sempre irá atuar no subconsciente da
pessoa que for exposta a ela.

Dito isso, prepare seus cartões de visita,


pois eles serão importantes na hora das
abordagens que irá fazer. 

33
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
O ideal é levar de 30 a 50 No curso Captação de
cartões por consultório que Pacientes na Ortodontia
for visitar. tem um módulo inteiro
dedicado  a Estratégia Certa
Mas lembre-se dos do Cartão de Visitas.
detalhes acima.
Lá eu falo como deve ser o
Faça um cartão que te seu cartão, o que é
represente. obrigatório ter num cartão
seguindo nosso código de
ética, o que deve ter de
diferente, como deve agir
quando for entregar cartões
de visitas para pessoas e o
verdadeiro porquê de, ainda
hoje, ter esta ferramenta
que está sendo muito
desprezada pela nova
geração de profissionais.

Quer saber mais sobre o


curso Captação de
Pacientes na Ortodontia?  

Então clique aqui e conheça


mais.

34
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
04

C A P Í T U L O

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


04
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


37

Realmente bater na porta


de um colega e pedir para
ele te encaminhar
pacientes, parece, no
mínimo, constrangedor.

Mas calma, não quero fazer


você passar por
constrangimento nenhum.

Principalmente se você não


CAPÍTULO conhece o outro profissional.

QUATRO Por isso vou te ensinar o que


deve dizer na sua
apresentação inicial em
qualquer situação que for
fazer esse tipo de visita com
Uma das desculpas mais o propósito de pedir
comuns que os colegas indicações.
usam para NÃO visitarem
outros dentistas para pedir Independente de você
indicação é: conhecer ou não aquele
profissional.
“... mas eu não sei o que eu
devo falar para o colega, Mas primeiro quero reforçar
não tenho coragem de o que já te disse no Cap 1: 
chegar lá na clínica dele e
dizer que fui lá para pedir NUNCA SE ESQUEÇA DE
indicações, isso soa muito TER FOCO NO SEU
estranho e constrangedor...” OBJETIVO!

ou qualquer coisa parecido E o seu objetivo é ter muitas


com isso.  indicações.  

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

Tenha em mente os seguintes dados:

Provavelmente de cada 10 visitas que você


fizer, uma delas vai dar resultado e esse
profissional vai te encaminhar pacientes.

Mas você nunca saberá qual desses 10 será


o abençoado que irá fazer isso. Por isso é
muito importante que simplesmente faça a
sua parte.

Visite profissionais como se fosse parte de


seu trabalho. Incorpore isso na sua rotina
mensal. Isso fará toda a diferença no final
de 1 ano de trabalho.

Imagine chegar num momento onde você


tem 80, 90 ou mesmo 100 colegas (claro
que isso depende do tamanho de sua
cidade) te indicando pacientes.

É como se você tivesse uma “máquina” de


captação trabalhando na aquisição de
novos pacientes para você. Mas para
construir isso você precisará de tempo,
persistência e principalmente, de um
método. Vamos ao método agora. 

38
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

Para facilitar a sua vida, você vai sempre


usar a mesma apresentação inicial.

Essa apresentação tem o poder de abrir as


portas para você.  

É só usar e ver os resultados. Você vai usar


SEMPRE o argumento da...

           “política da boa vizinhança”

E para facilitar mais ainda, eu criei um


acrônimo que sempre uso para me guiar.

Acrônimo, segundo definição do “pai”


GOOGLE é: “...palavra formada pela inicial
ou por mais de uma letra de cada um dos
segmentos sucessivos de uma locução, ou
pela maioria dessas partes ...”

Ou seja, é uma palavra inventada, com a


inicial de outras palavras.

Por exemplo, SBT – que significa Sistema


Brasileiro de Televisão ( que muitos
brincam dizendo que é Sílvio Brincando de
Televisão).  

39
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

E o acrônimo que você vai usar aqui é o L-E-I-A, ou simplesmente 


                                                LEIA.  

L - LOCALIZAÇÃO

E - ESPECIALIDADE

I - INTENÇÃO

A- AJUDA

40
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A LOCALIZAÇÃO:

A LOCALIZAÇÃO é para te lembrar que


sempre você começa dizendo onde é o seu
consultório.

E aqui temos DUAS situações:

Ou você está localizado perto do seu


colega que está visitando ou está longe.

Como parâmetro eu considero perto até


2km. 

Então vamos ver como você iniciaria a sua


apresentação para um colega que está
perto de seu consultório:

“... Oi Dr X da Silva, tudo bem? Muito obrigado


por me receber, prometo que vou ser rápido e
não tomar seu tempo. Meu nome é Beto
Mendes e estou aqui porque meu consultório
fica a 3 quadras daqui... ou ...meu consultório
é aqui nesse mesmo prédio, no andar “X”... , ou
...tenho um consultório que fica 1km daqui, ao
lado da Padaria XYZ... “ 

41
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A LOCALIZAÇÃO:

E a apresentação inicial para um colega


que está a mais de 2km de seu consultório:

“... Oi Dr X da Silva, tudo bem? Muito obrigado


por me receber, prometo que vou ser rápido e
não tomar seu tempo. Meu nome é Beto
Mendes e estou aqui porque meu consultório
fica ao lado do Edifício XPTO...  ou ... perto da
Farmácia Droga Center...“ 

Aqui é importante que você dê uma


referencia famosa para o colega se lembrar
no futuro.

Lembra da nossa conversa no Capítulo 1


onde falei sobre os atalhos mentais que
influenciam nossas ações?

Nós escolhemos respostas prontas, pois nos


poupam energia.

E aqui você já começa a plantar uma


resposta pronta, de onde fica seu
consultório, na cabeça do colega. 

42
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A LOCALIZAÇÃO:

Quando ele precisar indicar alguém,


mesmo que ele nunca tenha ido no seu
consultório, saber que seu consultório fica
perto de “tal lugar” irá influenciar na
escolha desse profissional para te indicar.  

Com certeza isso não é o fator mais


importante, mas quanto mais fácil para o
colega for lembrar dados simples como
este, maiores serão as chances dele indicar
você.

Por isso sempre inicie a sua apresentação


dizendo sua LOCALIZAÇÃO.

E faça isso com o objetivo de realmente


ensinar para o colega onde você atende. 

43
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A ESPECIALIDADE:

A ESPECIALIDADE é a segunda letra do


acrônimo LEIA. E seguindo a sequência da
apresentação inicial você dirá:

“...eu sou ortodontista... ou ... eu faço


ortodontia no meu consultório...”   

É importante que você diga o que você faz.

Mais à frente vou te explicar sobre as


abordagens nos tipos de consultório que
visitará.

E terão consultórios onde você abordará


outros ortodontistas ou profissionais que
trabalham com a ortodontia.

Na hora certa vou te ensinar como será


cada abordagem, mas por hora, apenas
preocupe-se em ter o LEIA na mente. Pois
será assim que vai se apresentar em todas
as visitas que fizer.

44
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A INTENÇÃO:

A INTENÇÃO é a parte da apresentação que


você vai dizer o motivo de sua visita, qual a
sua intenção ao visitar aquele colega.

Você sempre vai criar


um "porquê" está
fazendo aquela visita.

E não se preocupe
em criar um motivo
elaborado. 

Apenas  se concentre
em seguir o "script".

Aqui sempre teremos duas situações


também:

A primeira é quando o consultório visitado


é perto de seu consultório;

A segunda é quando o consultório visitado


é longe de seu consultório.

45
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A INTENÇÃO:

Quando for PERTO – nestes casos você vai


usar o argumento de estar fazendo a
“política da boa vizinhança”.

Então sua apresentação ficaria mais ou


menos assim:

“... Oi Dr X da Silva, tudo bem? Muito


obrigado por me receber, prometo que
vou ser rápido e não tomar seu tempo.
Meu nome é Beto Mendes e estou aqui
porque meu consultório fica a 3 quadras
daqui (LOCALIZAÇÃO) + ... eu faço
ortodontia no meu consultório
(ESPECIALIDADE) + ... e percebi que
somos vizinhos a tanto tempo e eu
nunca te fiz uma visita, por isso resolvi
fazer uma política da boa vizinhança
com o senhor... (INTENÇÃO)...”   

Perceba que a sua intenção aqui é fazer


uma "política da boa vizinhança". 

46
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A INTENÇÃO:

Quando nos propomos a ser cordeais com


outras pessoas, normalmente somos bem
recebidos por elas.

Quando for LONGE – no caso de estar longe


de seu consultório, geralmente a mais de
2km de distância, mas isso depende muito
do tamanho da cidade que você mora, você
vai usar a INTENÇÃO apenas para lembrar
que na conversa de apresentação você tem
que dizer qual a sua intenção ali naquela
visita.

E neste caso a sua intenção é ir para a


próxima letra do acrônimo LEIA, que é o
"A" de AJUDA. 

47
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A AJUDA:

A AJUDA é a última coisa que você vai falar


na apresentação, mas não é você pedindo
ajuda, mas sim você oferecendo sua ajuda
profissional.

Para o exemplo ficar completo também


vou dividir a apresentação em duas
situações:  

A primeira é quando está visitando um


profissional perto de você;

E a segunda é quando o profissional que


está visitando fica longe de seu
consultório.

Veja o "script" completo de cada uma das


duas situações nas páginas seguintes:

48
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A AJUDA:

Primeira situação - quando está visitando


um profissional perto de você:

   “... Oi Dr X da Silva, tudo bem? Muito


obrigado por me receber, prometo que
vou ser rápido e não tomar seu tempo.
Meu nome é Beto Mendes e estou aqui
porque meu consultório fica a 3 quadras
daqui (LOCALIZAÇÃO) + ... eu faço
ortodontia no meu consultório
(ESPECIALIDADE) + ... e percebi que
somos vizinhos a tanto tempo e eu
nunca te fiz uma visita, por isso resolvi
fazer uma política da boa vizinhança
com o senhor... (INTENÇÃO)... + e me
colocar a sua disposição para poder
ajudar com meu trabalho. Se o senhor
precisar de uma opinião sobre
ortodontia para resolver alguma
demanda de algum paciente do senhor,
quero que saiba que pode contar
comigo (AJUDA). “

49
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A AJUDA:

Segunda situação - quando está visitando


um profissional longe de você:

   “... Oi Dr X da Silva, tudo bem? Muito


obrigado por me receber, prometo que
vou ser rápido e não tomar seu tempo.
Meu nome é Beto Mendes e estou aqui
porque meu consultório fica ao lado do
Edifício XPTO...  ou ... perto da Farmácia
Droga Center.. (LOCALIZAÇÃO) + ...e eu
faço ortodontia no meu consultório
(ESPECIALIDADE) + ... e estou aqui
porque quero me colocar a sua
disposição para poder  te oferecer a
minha ajuda com meu trabalho. Se o
senhor precisar de uma opinião sobre
ortodontia para resolver alguma
demanda de algum paciente do senhor,
quero que saiba que pode contar
comigo (INTENÇÃO + AJUDA vira uma
coisa só).”

50
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A AJUDA:

Perceba que essa é uma forma gentil de se


apresentar e oferecer sua ajuda com as
demandas do próprio profissional.

Você não chegou pedindo indicações.

Você chegou oferecendo um apoio, uma


ajuda nas demandas do próprio
profissional.

E isso, normalmente abre as portas para


você.

Veja que na segunda apresentação, que é


quando você está visitando um profissional
que tem seu consultório longe de você, a
única diferença na apresentação é que
você não usa a INTENÇÃO de estar fazendo
uma política de boa vizinhança. Você vai
pular direto para a AJUDA, que no caso é a
verdadeira intenção que você tem a
oferecer ali.

51
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A AJUDA:

E assim você inicia sua apresentação que


normalmente abre as portas para você
poder pedir as indicações de pacientes.

Mas antes, sempre antes, ofereça primeiro


sua ajuda. 

Sempre se coloque a disposição para


ajudar primeiro.

52
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 04 COMO DEVE SER SUA
APRESENTAÇÃO INICIAL

A AJUDA:

Oferecer sua ajuda vai gerar um


sentimento de reciprocidade, que é um
gatilho mental estudado por Robert
Cialdini, autor do best-seller As Armas da
Persuasão.

Como tarefa quero que decore o acrônimo


LEIA e treine fazer uma apresentação
seguindo a ideia central do LEIA.

Não decore o meu texto de exemplo,


apenas entenda a ideia.

O que você realmente deve decorar é o


LEIA para poder se guiar na hora de sua
conversa de apresentação.

Feito isso vamos falar agora sobre os tipos


de consultório que você vai visitar...

Mas esse... é o assunto do próximo


capítulo.  

53
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
05

C A P Í T U L O

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


05
CAPÍTULO 05 OS TIPOS DE CONSULTÓRIO QUE
IRÁ VISITAR

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


56

ele é crucial para dar os


passos corretos na hora de
pedir suas indicações.  

Basicamente você irá se


deparar com DOIS Tipos de
consultório:

Tipo 1 – Aquele consultório


onde só existe um
profissional atendendo;
CAPÍTULO Tipo 2 – Uma Clínica
CINCO odontológica ( vamos
considerar Clínica quando
houver mais de um
consultório e mais de um
profissional atendendo
Este é um capítulo bem naquele local).
curto, porém tão
importante quanto os E em cada Tipo de
outros. consultório, você poderá
encontrar DUAS Situações:
Aqui você vai aprender a
identificar os tipos de Situação 1 – Não terá
consultório que ira visitar profissional que faz
para  ter indicações de ortodontia naquele
seus colegas da estabelecimento;
odontologia.
Situação 2 – Terá profissional
Não subestime a que faz ortodontia naquele
simplicidade deste estabelecimento. 
capítulo, apesar de simples,
O primeiro passo que você 

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


CAPÍTULO 05 OS TIPOS DE CONSULTÓRIO QUE IRÁ VISITAR

deve dar é identificar qual o Tipo e qual a


Situação em que o seu visitado(a) se
encontra.

Para isso faremos algumas combinações.

Ao todo você poderá ter 4 combinações:

COMBINAÇÃO 1: Tipo 1 com Situação 1

COMBINAÇÃO 2: Tipo 1 com Situação 2

COMBINAÇÃO 3: Tipo 2 com Situação 1

COMBINAÇÃO 4: Tipo 2 com Situação 2

57
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 05 OS TIPOS DE CONSULTÓRIO QUE IRÁ VISITAR

Para facilitar seu entendimento e para que


você possa localizar cada uma dessas 4
combinação, vamos organiza-las por cores,
no fluxograma abaixo:

COMBINAÇÃO 1 COMBINAÇÃO 2

Consultório onde só Consultório onde só


existe um profissional e existe um profissional
ele não faz ortodontia mas ele faz ortodontia.

COMBINAÇÃO 3 COMBINAÇÃO 4

 Clínica odontológica   Clínica odontológica


que não tem profissional que tem profissional que
que faz ortodontia faz ortodontia.

58
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 05 OS TIPOS DE CONSULTÓRIO QUE IRÁ VISITAR

Use esta tabela para se localizar e poder


identificar o Tipo e a Situação do
profissional que você vai visitar.

Esse passo é extremamente importante na


preparação do argumento que você terá
que ter em mente ao realizar sua
abordagem de sucesso.

No próximo capítulo, vamos ver as


abordagens propriamente  ditas.

Você verá que ainda terá que avaliar o


COMPORTAMENTO de cada  profissional.

Dependendo deste COMPORTAMENTO, sua


abordagem terá um caminho específico
para ser seguido.

O importante é que TODOS os argumentos


que você irá usar, em algum nível, ou
mesmo momento certo, causam o efeito
desejado de fazer com que o colega acabe
indicando pacientes para você.

Vamos ao capítulo dos argumentos


agora...  

59
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
06

C A P Í T U L O

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


06
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM
CADA TIPO DE CONSULTÓRIO

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


62

que deve usar apenas estes


argumentos que irá
conhecer neste capítulo.

Para ter êxito em seu


processo de captação de
pacientes usando este
método, deverá realmente
considerar TUDO o que leu
até agora neste ebook.

CAPÍTULO Para isso, vamos recapitular


cada ponto antes de
SEIS prosseguir para o último
passo:

Primeiro – conscientize-se
que TODOS os seus
Finalmente chegamos ao RESULTADOS são única e 
capítulo dos “argumentos exclusivamente
poderosos” que terão o responsabilidade sua fazer
poder de convencer e com que aconteçam.
sugerir que os colegas
visitados encaminhem Segundo – siga a risca este
pacientes para você. processo, pois ele pode
trazer uma fonte infinita de
Apenas como lembrete, pacientes por toda a sua
quero reforçar que cada vida profissional. Mas para
um dos passos anteriores isso você deverá ter FOCO
devem ser considerados e nos seus OBJETIVOS.
realizados antes de chegar
nesta parte dos Terceiro – tenha a atitude
argumentos.  certa de ser um
SOLUCIONADOR de
Não caia na ilusão de achar PROBLEMAS de seus 

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

pacientes, isso fará toda a Sexto – com isso em mente,


diferença na hora de faça sua “tarefa de casa” e
convencer pessoas identifique o Tipo de
(pacientes ou outros Consultório que irá visitar.
profissionais) a te Para isso, basta olhar na
indicarem mais pacientes. tabela do Cap 5 (pág 58).

Quarto – prepare seus Com estes passos prontos,


cartões de visita. Nunca vá você deve agora estudar
a uma visita sem levar seus como fará a abordagem em
cartões de visita. cada COMBINAÇÃO que foi
descrito anteriormente.
Quinto – tenha em mente a
ferramenta LEIA para fazer Vamos aos detalhes para
sua apresentação inicial. cada abordagem...  

63
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 1

COMBINAÇÃO 1: Consultório onde só existe


um profissional e ele não faz ortodontia

Nessa primeira COMBINAÇÃO, você pode


encontrar DOIS Comportamentos do
profissional:

Comportamento 1 – Profissional que já


indica seus pacientes para outro
ortodontista;

Comportamento 2 – Profissional que não


indica seus pacientes para ninguém.

Para descobrir isso, basta perguntar ao


profissional, após a execução do LEIA, se
aquele profissional INDICA seus pacientes
que precisam de ortodontia para outro
ortodontista.

Para o COMPORTAMENTO 1, ou o
profissional que já tem um colega
ortodontista ao qual indica seus pacientes,
você irá usar o seguinte ARGUMENTO: 

64
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

“... Ok Dr(a), muito bom, eu não quero que o


senhor(a) pare de indicar seus pacientes de
ortodontia para esse nosso outro colega, mesmo
porque vocês já devem ter uma boa relação
profissional e o senhor(a) já conhece o trabalho
dele. Mas eu quero me colocar a sua disposição
para o caso em que precise de alguma segunda
opinião sobre o caso de seu paciente, ou mesmo
se O PACIENTE pedir uma outra indicação.
Nunca se sabe, mas de repente o colega que o
senhor(a) indica pode estar viajando para algum
congresso e você tem alguma urgência em saber
uma opinião de um ortodontista, ou mesmo o
colega não tem agenda para atender seu
paciente no momento que você solicitou... Enfim,
se alguma coisa acontecer e o senhor(a) não tem
a possibilidade de indicar para ele, eu quero me
colocar a sua disposição para ser uma segunda
sugestão de indicação...  MAS EU NÃO QUERO
QUE O SENHOR(A) PARE DE INDICAR SEUS
PACIENTES PARA ELE, ok? (É muito importante
dizer isso!) Então eu gostaria de poder trocar
com o senhor(a) alguns cartões de visita, pois se
em algum momento o senhor(a) precisar da
minha ajuda na ortodontia, eu estou a sua
disposição. E se eu precisar indicar pacientes
meus para o senhor(a) eu preciso de seus cartões
também... tudo bem? “ 

65
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Normalmente, por reciprocidade, interesse


ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 1
e educação o colega vai aceitar os seus
cartões e dar os cartões dele também.

Pronto, a sorte está lançada, você não


deverá esperar pacientes imediatamente
desse profissional, porém, nunca se sabe o
que pode acontecer amanhã.

Pode ser que em algum momento esse


profissional crie algum tipo de “atrito” com
o ortodontista que ele indica seus
pacientes e neste momento ele acabe se
lembrando de você.

Ou mesmo queira saber como é seu


trabalho como ortodontista e vai te
encaminhar um paciente ou outro.

E até pode ser que o profissional que ele


indicava tenha algum problema e
realmente não possa mais atender os
pacientes deste profissional... e para não
ficar sem opção, ele acaba se lembrando
de você que foi fazer uma visita e ofereceu
sua ajuda como ortodontista. 

66
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

As possibilidades são infinitas, inclusive ele


ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 1
pode NUNCA te enviar nenhum paciente e
está tudo certo também.  

O importante é que VOCÊ faça a sua parte


e semeie entre os colegas dentistas a sua
oferta de ajuda.

Lembre-se que isso é um processo.

Você faz o que tem que ser feito e colherá


os resultados com o tempo.

Mais um ponto importante aqui... se puder


indicar um paciente seu para este colega
primeiro, será fantástico!

Tente, na medida do possível, dar o


primeiro passo e indicar, PRIMEIRO, um
paciente seu para este colega.

Por exemplo, se você não trata endodontia


e este profissional sim, encaminhe um
paciente seu que precisa de tratamento de
canal para ele primeiro.

67
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Isso mostra que você realmente está


ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 1
disposto a criar parcerias e não
simplesmente receber pacientes deste
colega.

Quando possível, dê este primeiro passo.

Para o COMPORTAMENTO 2, ou o
profissional que não indica seus pacientes
para ninguém, você deve se atentar ao
porquê que ele não faz indicações.

Na maioria das vezes são dois motivos:

O primeiro é porque esse profissional não


conhece nenhum colega que faça
ortodontia. E neste caso ele simplesmente
não sabe para quem indicar.

Aqui está um prato cheio para você se


tornar essa pessoa que começará a receber
as indicações deste colega.  

Muitas vezes, este tipo de colega também


tem uma certa dificuldade para identificar
problemas ortodônticos em seus
pacientes. 

68
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Nestes casos eu sempre pergunto ao


ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 1
colega:

“quais critérios você gosta de usar para


indicar ortodontia para o seu paciente?”

Se o colega ficar meio perdido, você


perceberá a dificuldade dele. Neste
momento você pode reforçar a sua ajuda
nessa avaliação dizendo que realmente
isso é muito comum, que a culpa não é do
colega, mas infelizmente muitos
profissionais que não fazem ortodontia
têm uma certa dificuldade em identificar
problemas de maloclusão que precise de
correção ortodôntica.

Explique para o colega, com amorosidade


nas palavras, como os pacientes dele
ficarão gratos a ele por ter indicado um
profissional da ortodontia que irá ajudar na
recuperação de espaços protéticos, na
normalização da posição de dentes que
ficarão mais estéticos e funcionais para
que o trabalho do profissional fique mais
“otimizado”.  

69
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Ao explanar sobre esses benefícios, esse


ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 1
colega geralmente fica feliz e começa a ter
mais confiança para indicar pacientes para
você.

O segundo motivo de um colega não


indicar pacientes a outros colegas, é
devido ao fato dele não querer se
comprometer.

Afinal, sempre que indicamos algum


profissional para nossos pacientes, nossos
pacientes acabam nos glorificando ou nos
crucificando de acordo com os resultados
que nossa indicação  gerou naquele
paciente.

Ou o paciente fica feliz com você por ter


indicado um bom profissional para resolver
o problema dele, ou ele pode até te  culpar
por ter indicado um profissional que
causou algum dano na boca dele. 

Ao se deparar com um profissional que não


indica por não querer responsabilidades,
dê um passo atrás e comece um trabalho
mais lento com este colega.

70
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Sugestões de ações que você deve ter com


ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 1
este colega que não indica para ninguém:

Primeiro pergunte o que o colega mais


gosta de fazer na odontologia – Com esta
resposta em mãos, comece uma relação de
confiança com este colega.  

Se ele gosta de fazer cirurgia, peça cartões


deste colega e indique pacientes que você
tem para realizarem exodontia de pré-
molares ou mesmo de terceiros molares.

A intenção é mostrar para o colega o


quanto você trabalha direito.  

Deixe ele ter contato com alguns de seus


pacientes. Deixe ele ver o seu trabalho.

Prefira indicar pacientes que são casos


mais tranquilos, pois você também tem
que avaliar o trabalho do colega.

Mais uma vez, dê o primeiro passo. 

71
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Geralmente, a partir da segunda indicação


ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 1
eu ligo para o colega e falo a respeito do
caso com o mesmo.  

Isso, em 90% dos casos é o suficiente para


que este profissional comece a indicar
pacientes dele para você também.

Mas primeiro você deve  conquistar a


confiança desse colega.  

Tente  criar algum tipo de relação.

Mostre que você é um profissional e pessoa


em quem ele poderá confiar.

Isso normalmente é o suficiente para que


ele comece a indicar pacientes para você.

Depois disso, basta cultivar e cuidar desse


seu novo relacionamento profissional. 

72
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 2

COMBINAÇÃO 2: Consultório onde só existe


um profissional mas ele faz ortodontia

Nessa segunda COMBINAÇÃO, você pode


encontrar DUAS Posturas do profissional:

Postura 1 – O profissional que sabe mais


sobre ortodontia que você e por isso tem
uma postura de profissional SEGURO;

Postura 2 – Profissional que sabe menos


sobre ortodontia que você e por isso tem
uma postura de profissional INSEGURO.

Normalmente, um profissional que cobra


mais caro, que tem fama de bom
ortodontista na cidade ou na região, que
faz ortodontia por mais tempo, é um
profissional mais SEGURO. 

Já um profissional que cobra preços mais


populares, tem pouco tempo de ortodontia
e pouca fama ainda, é um profissional mais
INSEGURO. 

73
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Para a POSTURA 1, que é aquele colega


mais SEGURO e que cobra mais caro que
você, a ABORDAGEM será da seguinte
maneira:

“... Oi Dr X da Silva, tudo bem? Muito


obrigado por me receber, prometo que vou
ser rápido e não tomar seu tempo. Meu
nome é Beto Mendes e estou aqui porque
meu consultório fica a 3 quadras daqui
(LOCALIZAÇÃO) + ... e assim como o senhor,
eu faço ortodontia no meu consultório
(ESPECIALIDADE) + ... e percebi que somos
vizinhos a tanto tempo e eu nunca te fiz
uma visita, por isso resolvi fazer uma
política da boa vizinhança com o senhor...
(INTENÇÃO)... + e me colocar a sua
disposição para poder ajudar com meu
trabalho. Se o senhor precisar de alguma
ajuda para cortar um fio, ou recolar uma
peça em algum paciente em algum
momento em que o senhor se ausentar por
causa de uma viagem com a família, ou
mesmo para um congresso de ortodontia,   
pode... 

74
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

... contar com minha ajuda sem medo de me


incomodar. Eu realmente quero ajudar. E
também sei como o senhor é um excelente
profissional e que o nível de seus pacientes é
bastante alto. E por isso mesmo, gostaria de
pegar alguns cartões do senhor, pois pode
ser que apareça algum paciente com um
caso bastante complexo que eu não consiga
tratar... e se isso acontecer, gostaria de saber
se posso indicar casos assim para o senhor?
(AJUDA)”

Neste momento você espera a resposta do


colega, que geralmente vai se colocar a sua
disposição simplesmente por
RECIPROCIDADE.

É nessa hora, depois de pegar os cartões


desse colega, que você continua: 

75
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

“Então Dr X da Silva, vou te pedir uma coisa que


talvez nunca aconteça, mas se acontecer,
gostaria que o senhor se lembrasse de mim... sei
que O SEU preço é MAIS ELEVADO QUE O MEU,
e por razões óbvias, o trabalho do senhor é
super reconhecido na comunidade... E se por
acaso aparecer algum paciente que gostaria de
ser tratado ortodonticamente, mas não
consegue pagar pelo preço que o senhor pede,
ou mesmo o senhor não queira tratá-lo por
algum motivo pessoal, ou por falta de tempo
mesmo na agenda, gostaria de deixar alguns
cartões meus com o senhor e pedir que me
encaminhe este paciente que o senhor sabe que
não vai tratar com o senhor. Mas é lógico, só se
o senhor não for trata-lo mesmo. Posso deixar
alguns cartões com o senhor?”  

Você vai se surpreender, mas a maioria dos


profissionais vão aceitar os seus cartões.

Agora, o que eles vão fazer com os seus


cartões, isso é uma outra história. 

E antes que você pense... “não vou perder


meu tempo fazendo isso!”, deixe eu te
contar o que pode acontecer.

76
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Normalmente, são DUAS REAÇÕES


CLÁSSICAS quando o colega pegar os seus
cartões nesse tipo de abordagem:
 
Primeira REAÇÃO: o colega vai aceitar seus
cartões e é um profissional “gente boa”.

Neste caso pode ser que ele te encaminhe,


em algum momento, alguns pacientes. Pois
você plantou uma nova situação na cabeça
dele que ficou “pronta” – pode ser que
algum paciente dele não queira tratar com
ele simplesmente porque não conseguirá
pagar.

E se isso acontecer, ele vai se lembrar de


você e MUITO PROVAVELMENTE ele vai
acabar falando de você como uma “opção
mais barata” para aquele paciente.

PRESTE ATENÇÃO – ISSO ACONTECE!

E a segunda REAÇÃO: o colega vai aceitar


seus cartões apenas por educação ou
mesmo vergonha de não aceitar, mas no
fundo este colega achou um absurdo você
pedir que ele te indique alguns pacientes. 

77
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

E se isso aconteceu, ele vai falar de você


para a secretaria dele, para os amigos, para
outros dentistas, para a esposa, etc...

Só que aqui ele não está falando mal de


seu trabalho, ele simplesmente vai estar
contando a sua história corajosa de ter ido
lá pedir que ele te indique alguns
pacientes.

Neste segundo caso, o que vai acontecer é


que você começará a ficar mais conhecido
na sua comunidade, e isso é essencial para
o seu crescimento profissional.

Isso faz parte do processo.

Parar de ser anônimo e começar a ser


“visto” pelas pessoas, é um grande passo. 

Ainda mais quando quem está falando de


você é uma referência no mercado.

Então entenda que isso é extremamente


importante para que o processo funcione
com cada vez mais força.  

78
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

As pessoas precisam saber que você existe


e que trabalha com ortodontia.

E neste caso, é exatamente isso o que vai


acontecer.

Ainda existem muitas situações neste


simples ato. Vou dar apenas um exemplo
para não aprofundar muito neste assunto,
mas pode acontecer de você receber
indicações da secretária de um colega
desses, simplesmente pelo fato dela saber
que você existe, faz ortodontia, tem algum
tipo de relação com o patrão dela ( que é
uma autoridade em ortodontia na região),
mas cobra mais barato que o mesmo.

Na psicologia comportamental isso se


chama “TRANSFERÊNCIA DE AUTORIDADE”.

Não vou me estender neste assunto, mas é


exatamente isso que acontece aqui.

Em resumo, fazer uma abordagem a um


colega que faz ortodontia também e que
tem mais fama que você, da forma que
ensinei aqui, é muito mais produtivo para  

79
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

você do que simplesmente ficar no seu


consultório sem tomar nenhuma atitude. 

Para a POSTURA 2, que é aquele  colega


mais INSEGURO que você e que
geralmente cobra mais barato, sugiro a
seguinte ABORDAGEM:

Sempre inicie com o LEIA... 

“... Oi Dr X da Silva, tudo bem? Muito


obrigado por me receber, prometo que vou
ser rápido e não tomar seu tempo. Meu
nome é Beto Mendes e estou aqui porque
meu consultório fica a 3 quadras daqui
(LOCALIZAÇÃO) + ... e assim como o senhor,
eu faço ortodontia no meu consultório
(ESPECIALIDADE) + ... e percebi que somos
vizinhos a tanto tempo e eu nunca te fiz
uma visita, por isso resolvi fazer uma
política da boa vizinhança com o senhor...
(INTENÇÃO)... + e me colocar a sua
disposição para poder OFERECER MINHA
ajuda. E minha ajuda é o seguinte, se
aparecer algum paciente que o senhor
tenha qualquer dificuldade na condução...

80
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

“... do tratamento, como já apareceu pra


mim quando eu estava começando na
ortodontia, quero que o senhor saiba que
eu estou aberto para poder te ajudar. O
senhor pode me ligar, pode levar seu caso
lá no consultório pra trocarmos umas
ideias da condução do tratamento desse
seu paciente, eu posso te dar algum
direcionamento, sem problema nenhum.
Ou se o senhor achar que o caso ainda é
muito complexo para você, pode me
encaminhar esse caso. E da mesma forma,
eu posso te encaminhar pacientes que não
estão dispostos a pagar pelo preço que eu
cobro, ou que querem uma opção mais
barata de tratamento. Então eu gostaria de
deixar alguns cartões meus aqui e pegar
alguns cartões do senhor, pra podermos
trocar experiências se o senhor concordar
com isso...(AJUDA)”.

Apenas certifique-se que este colega é


mais INEXPERIENTE que você. 

Para isso pergunte há quanto tempo que


ele faz ortodontia. 

81
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Ou mesmo se ele faz apenas ortodontia no


seu dia a dia, ou se ele ainda precisa fazer
clínica geral para complementar sua renda
de consultório. 

A intenção é oferecer um apoio, um


encorajamento para o profissional gostar
de você.

Normalmente este profissional fica


gostando bastante de você pelo fato de
sentir um apoio que normalmente não se
tem na nossa classe.

Infelizmente.

Uma boa prática é encaminhar pacientes


seus para este profissional realizar
exodontias, restaurações, limpeza ou
qualquer procedimento de clínica geral.

Sem medo de perder seu paciente para


este colega.

Quanto menos medo você tem, mais


confiança você demonstra.

82
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

E isso é sentido pelo paciente de forma


subliminar.

Além de ser um ótimo teste para ver o


quanto pode confiar neste colega que está
começando uma parceria de indicações de
pacientes. 

O importante é fortalecer o seu networking


com todos os seus vizinhos dentistas.

Seja ético! Seja honesto! Procure ser cada


dia melhor no que faz e realize essas
ações.

Assim você terá a chance de dar passos,


cada dia mais firmes, em direção ao seu
sucesso profissional.

83
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 3

COMBINAÇÃO 3: Clínica odontológica que


não tem profissional que faz ortodontia

Hoje em dia, uma situação dessa, além de


rara, deve ser vista como uma grande
oportunidade.  

Isso porque a
grande maioria das
clínicas têm, em seu
corpo clínico, um
ortodontista. 

Mas nunca se sabe


os motivos reais de 

cada empresa para não ter o profissional


em questão, até realmente conversar com
quem trabalha nesta clínica, ou mesmo
conversar com o dono da clínica.

Lembrando que em uma clínica, o


importante é você conseguir conversar
com o Dono da clínica e nunca com um
funcionário da mesma. 

84
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

E ao conversar com um dono de clínica,


que pode ser um dentista  ou não, nunca
perca a oportunidade de pedir para esta
pessoa, indicações de pacientes.

Mas lógico, você fará o bom e velho LEIA


para justificar sua visita e depois, deixe
claro o quanto os pacientes dessa clínica
podem ganhar com um trabalho de
ortodontia que recupera espaços
protéticos, que recupera a estética e a
função para os profissionais das outras
áreas entregarem melhores resultados
depois e tudo que já foi falado nas
abordagens:

COMBINAÇÃO 1 – COMPORTAMENTO 1
e (ambas na página 64)
COMBINAÇÃO 1 – COMPORTAMENTO 2.

As ABORDAGENS devem ser exatamente as


mesmas.

A diferença é que se trata agora de uma


empresa. E exatamente por isso, você pode
estar diante de uma oportunidade de
trabalho rara.  

85
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Por isso, analise bem a situação e


considere que você pode ter uma proposta
de trabalho nesta empresa, ou mesmo
pode aparecer a possibilidade de alugar
uma sala para você trabalhar.

A grande vantagem de trabalhar com


equipe, é que você acabará tendo várias
indicações dessa equipe, normalmente.

Mas isso via depender, como já disse antes,


única e exclusivamente, da sua capacidade

de QUERER, AGIR E SE RESPONSABILIZAR


pelos seus resultados.

86
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Então vamos ao exemplo de abordagem


para um dono de clínica que não atende
orto mas já indica para outro profissional: 

“... Ok Dr(a), muito bom, eu não quero que o


senhor(a) pare de indicar os pacientes de
ortodontia de sua clínica para esse nosso outro
colega, mesmo porque vocês já devem ter uma
boa relação profissional e o senhor(a) já
conhece o trabalho dele. Mas eu quero me
colocar a disposição de sua clínica para o caso
em que precise de uma segunda opinião sobre o
caso de seu paciente, ou mesmo se O PACIENTE
pedir uma outra indicação. Nunca se sabe, mas
de repente o colega que o senhor(a) indica pode
estar viajando para algum congresso e você tem
alguma urgência em saber uma opinião de um
ortodontista, ou mesmo o colega não tem
agenda para atender seu paciente no momento
que você solicitou... Enfim, se alguma coisa
acontecer e o senhor(a) não tem a possibilidade
de indicar para ele, eu quero me colocar a sua
disposição para ser uma segunda sugestão de
indicação...  MAS EU NÃO QUERO QUE O
SENHOR(A) PARE DE INDICAR SEUS PACIENTES
PARA ELE, ok? (É muito importante dizer isso!)
Então eu gostaria de poder trocar com a clínica

87
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

... alguns cartões de visita, pois se em algum


momento a clínica precisar da minha ajuda na
ortodontia, eu estou a sua disposição. E se eu
precisar indicar pacientes meus para a clínica eu
preciso de seus cartões também... tudo bem? “ 

Mais uma vez, é muito comum funcionar a


troca de cartões neste momento.

Agora, o mais delicado aqui, é realmente


receber as indicações propriamente ditas.

Nestes casos, onde você já falou e teve a


aprovação do DONO da Clínica, é
importante dar um segundo passo,
bastante importante:

APROXIME-SE DOS OUTROS COLEGAS


DENTISTAS QUE TRABALHAM NA MESMA
CLÍNICA.

Essa atitude de fortalecer relacionamentos


será de suma importância para dar corpo
aos seus resultados.

88
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Descubra onde estes profissionais


frequentam, como academias, restaurantes,
bares, instituições religiosas (que você
acredita e frequenta também) ou até
cursos de idiomas ou qualquer outro tipo
de hobby.

Na medida do possível, frequente estes


mesmos lugares e se aproxime desses
profissionais. 

Conte para eles o que você faz, ganhe a


confiança destas pessoas.

Tenha coisas em comum com estes


profissionais.

Isso irá facilitar muito suas trocas de


indicações profissionais.

E quando você encontrar uma clínica que


não indica seus pacientes de ortodontia
para ninguém, use as mesmas ações
explicadas na COMBINAÇÃO 1 -
COMPORTAMENTO 2, que estão detalhadas
a partir da página 68 deste livro.

E finalmente, vamos a última combinação...

89
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

ABORDAGENS PARA COMBINAÇÃO 4

COMBINAÇÃO 4: Clínica odontológica que 


tem profissional que faz ortodontia

Chegamos na última das COMBINAÇÕES.

E aqui você vai se deparar com DOIS


Cenários:

Cenário 1: Quem faz a ortodontia É O


DONO DA CLÍNICA.

Cenário 2: Quem faz a ortodontia NÃO É O


DONO DA CLÍNICA.

De todas as  abordagens, o CENÁRIO 1 é o


mais difícil de se ter indicações.

Pois normalmente um ortodontista, que


ainda por cima é DONO de uma clínica,
não GOSTA de indicar pacientes para
ninguém, além dele mesmo e dos próprios
profissionais que trabalham na clínica dele.

90
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Como já estive na pele de todos estes


profissionais que citei até agora, sim, já
passei por todos estes papéis em algum
momento de minha jornada profissional,
sei que o TOPO DA CADEIA é ser um
ortodontista dono de clínica.

E quando se está no topo, queremos


domínio TOTAL da situação!  

Mas, mesmo sabendo disso, você ainda tem


uma grande chance de receber indicações
deste profissional se fizer a abordagem e
seguir a postura que vou sugerir aqui.

Vamos a ela:

91
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

Para o CENÁRIO 1, ou clínica onde o dono


da clínica é o próprio ortodontista, você
deve esperar um profissional bastante
experiente, que normalmente sabe muito e
não quer dividir seus pacientes com
ninguém.

O que você deve ter em mente é que uma


clínica é uma empresa, e TODA EMPRESA é
feita de gente como a gente!

O que quero dizer é que não precisa se


intimidar com a história de estar entrando
numa clínica, com uma grande estrutura e
tudo mais.

Pois no fundo, quem está por trás de toda


essa ESTRUTURA, é um ser humano de
carne e osso, exatamente como você!

E neste contexto, este CENÁRIO 1 é


idêntico a COMBINAÇÃO 2 – POSTURA 1, ou
consultório com único profissional que faz
ortodontia e é seguro (página 74).

Para ilustrar essa abordagem, veja o


exemplo a seguir:  

92
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

“... Oi Dr X da Silva, tudo bem? Muito obrigado


por me receber na sua clínica, prometo que vou
ser rápido e não tomar seu tempo. Meu nome é
Beto Mendes e estou aqui porque meu
consultório fica a 3 quadras daqui
(LOCALIZAÇÃO) + ... e assim como o senhor, eu
também faço ortodontia no meu consultório
(ESPECIALIDADE) + ... e percebi que somos
vizinhos a tanto tempo e eu nunca te fiz uma
visita, por isso resolvi fazer uma política da boa
vizinhança com o senhor... (INTENÇÃO)... +
primeiro quero te dar os parabéns pelo sucesso
de sua clínica, realmente ela é bastante
famosa... e eu gostaria de me colocar a sua
disposição para poder ajudar com meu trabalho.
Eu sei que o seu movimento é bastante intenso,
e se o senhor precisar de alguma ajuda, pode
ser para cortar um fio, ou recolar uma peça em
algum paciente, e até mesmo fazer algum
atendimento em algum momento em que o
senhor se ausentar por causa de uma viagem
com a família, ou mesmo para um congresso de
ortodontia, pode contar com minha ajuda sem
medo de me incomodar. Eu realmente quero
ajudar. E também sei como o senhor é um
excelente profissional e que o nível de seus
pacientes é bastante alto. E por isso mesmo...

93
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

gostaria de pegar alguns cartões do senhor, pois


pode ser que apareça algum paciente com um
caso bastante complexo que eu não consiga
tratar... e se isso acontecer, gostaria de saber se
posso indicar casos assim para o senhor?
(AJUDA)”

Da mesma forma, como aconteceu na


ABORDAGEM para COMBINAÇÃO 2 –
POSTURA 1, neste momento você espera a
resposta do colega, que geralmente vai se
colocar a sua disposição simplesmente por
RECIPROCIDADE.

E é nessa hora, depois de pegar os cartões


desse colega, que você continua: 

“Então Dr X da Silva, vou te pedir uma coisa que


talvez nunca aconteça, mas se acontecer,
gostaria que o senhor se lembrasse de mim... sei
que O SEU MOVIMENTO É MUITO GRANDE, e por
razões óbvias, o trabalho do senhor é super
reconhecido na comunidade... E também sei que
o senhor(a) não dispensa nenhum paciente. Mas
se por acaso aparecer algum paciente que ...

94
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

gostaria de ser tratado ortodonticamente, e por


algum motivo, o senhor não queira tratá-lo, seja
lá por qual motivo for... ou por falta de tempo
mesmo na agenda, gostaria de deixar alguns
cartões meus com o senhor e pedir que me
encaminhe este paciente que o senhor sabe que
não vai tratar com o senhor. Mas é lógico, só se o
senhor não for trata-lo mesmo. Ou até, se em
algum momento o senhor estiver precisando de
um profissional para ajudar com os atendimentos
aqui na sua clínica, pode ser que eu consiga um
dia em minha agenda para trabalharmos em
parceria neste dia. Posso deixar alguns cartões
com o senhor?”

Aqui apesar de você ter pegado os cartões


dele primeiro, as  chances dele não pegar
os seus cartões é maior que na situação do
profissional que faz ortodontia num
consultório sozinho.

De qualquer forma, lembre-se que o


importante é você fazer a visita e, pelo
menos, tentar deixar seus cartões ali.

Muitas situações podem acontecer pelo


simples fato de você ter tomado esta    

95
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

atitude.

Desde uma situação em que nunca


receberá nenhuma indicação desta clínica
até a possibilidade de, além de receber
indicações, receber uma proposta de
trabalho temporário com a clínica.

Além do que, a situação ainda pode se


desenrolar de forma parecida com a
COMBINAÇÃO 2 – POSTURA 1

Na verdade você nunca vai saber os


resultados destas ações antes de faze-las.

Infelizmente você não tem uma bola de


cristal para poder “prever” se num futuro
haverá ou não pacientes vindo desta
clínica para você.

Mas pode apostar que suas chances


aumentam bastante se você se preparar
para uma visita assim e assumir toda
responsabilidade por seus atos na captação
de pacientes para ortodontia. 

E o CENÁRIO 2, ou clínica onde o dono da


clínica não é o ortodontista, 

96
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

aparentemente o cenário é mais tranquilo.

Lembre-se que você deve procurar sempre


o DONO da clínica, e não quem faz a
ortodontia.

E neste cenário, o caso será semelhante à


abordagem da COMBINAÇÃO 1 –
COMPORTAMENTO 1, que é o caso onde
tem um profissional que não faz ortodontia
mas que indica seus casos de ortodontia
para um outro profissional.

A diferença aqui, é que, normalmente, este


dono da clínica GANHA DINHEIRO com as
indicações que ele faz para o ortodontista
que trabalha com ele.

A ideia básica aqui é criar uma relação


com este DONO da clínica.

Pois nunca se sabe como anda a relação


dele com o ortodontista, e se em algum
momento futuro aparecer uma JANELA DE
OPORTUNIDADE, este dono da clínica
precisará, com certa urgência, de outro
ortodontista e se você tiver feito seu
trabalho de abordar este profissional, com 

97
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

certeza ele se lembrará de você. 

Então a abordagem fica assim:

“... Ok Dr(a), muito bom, eu não quero que o


senhor(a) pare de indicar seus pacientes de
ortodontia para esse nosso outro colega, mesmo
porque vocês trabalham juntos aqui e isso não
seria nem um pouco viável para a clínica. Mas eu
quero me colocar a sua disposição para o caso
em que precise de alguma ajuda com o caso de
qualquer paciente de vocês. Nunca se sabe, mas
de repente o seu ortodontista pode estar viajando
para algum congresso e você tem alguma
urgência em saber uma opinião de um
ortodontista, ou mesmo o colega precise tirar
férias de uma ou duas semanas para dar uma
"carregada na bateria"... e você acaba ficando sem
profissional na ortodontia por um tempo... Enfim,
se alguma coisa acontecer e o seu ortodontista
não tem a possibilidade de atender seus
pacientes, para a clínica não ficar na mão,  eu
quero me colocar a sua disposição para ser uma
ajuda nesse momento... EU NÃO ESTOU AQUI
QUERENDO O LUGAR DELE, APENAS QUERO
OFERECER MINHA AJUDA COMO ORTODONTISTA
E COLEGA DE PROFISSÃO, E LÓGICO, COM O
CONSENTIMENTO DELE(A) TAMBÉM (do colega...

98
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

ortodontista), OK? Então eu gostaria de poder


trocar com o senhor(a) alguns cartões de visita,
pois se em algum momento o senhor(a) precisar
da minha ajuda na ortodontia, eu estou a sua
disposição. E se eu precisar indicar pacientes
meus para a sua clínica,  eu gostaria de pegar
alguns cartões da clínica também... pode ser?” 

Mais uma vez, pense que provavelmente


NINGUÉM visita uma clínica que já tem um
ortodontista trabalhando lá.

Mas você pode fazer isso primeiro que


todos e em algum momento você poderá
se surpreender com os resultados dessa
sua ação de ir aonde ninguém se dispôs a
ir.

O importante é manter o foco nos seus


objetivos, sempre!

Muito bem, assim chegamos ao final deste


capítulo e do e-book Abordagens de
Sucesso. 

Quero com esta obra lembrar você que


suas melhores chances de sucesso sempre 

99
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
CAPÍTULO 06 ARGUMENTOS PARA USAR EM CADA TIPO DE
CONSULTÓRIO

serão diretamente proporcionais às suas


melhores ações para alcançar a tão cobiçada
“agenda lotada”.

Aqui você teve a oportunidade de conhecer


algumas das minhas ações tomadas para
conseguir atender mais de 8 mil pacientes de
ortodontia até o momento em que escrevo
este livro eletrônico.

Mas se você quiser se aprofundar mais ainda


neste assunto e conhecer TODAS as minhas
ações de captação de pacientes na
ortodontia, basta clicar no botão abaixo e
conhecer o curso online completo: Captação
de Pacientes na Ortodontia. 

QUERO SABER MAIS SOBRE O CURSO DE


CAPTAÇÃO DE PACIENTES 

Espero que use estas estratégias com


sabedoria e que tenha um enorme sucesso
em sua jornada profissional dentro da
ortodontia.

            Grande abraço do Beto Mendes.


                   SUCESSO, SEMPRE!!! 

100
Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com
BETO MENDES

D E S D E 2 0 0 3 T R A B A L H OU C OM C L Í NI C A S OD ONT OL ÓG I C A S D E G R A ND E
P O R T E S E N D O R E S P ON S Á V E L P E L A OR T O D O NT I A D A S ME S MA S . C R I O U
C A R T E I R A S D E P A C I E N T E S   QU E V A R I A R A M D E 8 0 0 A 2 0 0 0 P A C I E NT E S E M
V Á R I A S C L Í N I C A S ON D E P R E S T OU S E R V I Ç O S C OMO C H E F E D A
O R T OD O N T I A . J Á P A R T I C I P OU D I R E T A ME NT E D E MA I S D E 4 0 P R O J E T O S D E
C ON S U L T OR I A E M C L Í N I C A S E C ON S U L T Ó R I O S ON D E P R E S T O U S E R V I Ç O S
D E O R G A N I Z A Ç Ã O D E P R OC E S S O S D E A T E ND I ME NT O OR T O D Ô NT I C O E
C A P T A Ç Ã O D E P A C I E N T E S A L É M D E   T R E I NA ME NT O D E E Q U I P E C O M E S T A
F I N A L I D A D E . J Á A J U D OU , D I R E T A ME NT E , E M C A MP A NH A S QU E G E R A R A M
C E R C A D E 1 4 MI L H ÕE S N OS Ú L T I MO S 9 A NOS .

PÁGINA 101

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com


TRAZIDO ATÉ VOCÊ POR:

WWW.MORDIDACRUZADA.COM.BR

CONHEÇA NOSSOS OUTROS CURSOS


CLIQUE AQUI!

PÁGINA 102

Transaction: HP04515373015594 e-mail: odontie.oie@gmail.com

Você também pode gostar