Você está na página 1de 16

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA

ETEC PRAIA GRANDE

Curso Técnico em Informática para Internet

8 CARACTERÍSTICAS DE UM EMPREENDEDOR:

Aprenda como desenvolvê-las

Vitor Torres - CEO e fundador da Contabilizei

Praia Grande,

11/20
CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA

ETEC PRAIA GRANDE

Curso Técnico em Informática para Internet

8 CARACTERÍSTICAS DE UM EMPREENDEDOR:

Aprenda como desenvolvê-las

Trabalho para obtenção de menção de


conclusão de curso apresentado à
Escola Técnica Estadual de Praia
Grande, como exigência parcial para
obtenção do título de Técnico em
Informática para Internet

Orientador: ANDERSON VALENTINO


BOZZO

Praia Grande,

11/20
RESUMO (LINGUA NACIONAL)

O agente básico desse processo é o empreendedor, justamente aquele que


inicia o novo, enxerga o que ninguém vê, antecipa decisões antes de todos,
enfim transforma os sonhos, desejos ou necessidades em ações.

O perfil de um bom empreendedor compreende o seu papel no


desenvolvimento econômico da sociedade e a importância de acompanhar as
necessidades das pessoas.

Independentemente do propósito, existem alguns tipos de atuação que vão


ajudar a definir um conjunto de características que constroem a totalidade do
perfil do empreendedor de acordo com o seu desenvolvimento.

Acompanhe o mercado e perfis de inovação para se preparar para situações


adversas e progredir em contextos desfavoráveis, como uma crise, o exemplo
mais recente é pandemia do coronavírus.
RESUMO (LINGUA ESTRANGEIRA)

The basic agent of this process is the entrepreneur, precisely the one who
initiates the new, sees what no one else sees, anticipates decisions before
everyone else, in short, transforms dreams, desires or needs into actions.

The profile of a good entrepreneur understands his role in the economic


development of society and the importance of keeping up with people's needs.

Regardless of the purpose, there are some types of actions that will help define
a set of characteristics that build the whole profile of the entrepreneur according
to his or her development.

Follow the market and innovation profiles to prepare for adverse situations and
make progress in unfavorable contexts, such as a crisis, the most recent
example being the coronavirus pandemic.
SUMARIO

1. INTRODUÇÃO
2. O QUE É SER UM EMPREENDEDOR?
3. O QUE SIGNIFICA ESPÍRITO EMPREENDEDOR?
4. QUAL O BOM PERFIL DE UM EMPREENDEDOR?
5. QUAIS SÃO AS CARACTERISTICAS DE UIM EMPREENDEDOR?
5.1. Iniciativa
5.2 Persistência
5.3 Ter um planejamento
5.4 Autoconfiança
5.5 Liderança
5.6 Busca de Informações
5.7 Visão empreendedora
5.8 Capacitação
6. CONCLUSÃO
INTRODUÇÃO

O que leva uma pessoa querer abrir uma empresa? As suas motivações, uma
ideia inusitada, talento ou capital para investimento? Não existe uma resposta
única, mas é o conjunto de características de um empreendedor que vão
determinar o seu perfil de atuação e a sua trajetória de sucesso no negócio.

O fato é que ninguém nasce pronto para nada, principalmente em um contexto


de mundo globalizado cercado de constantes mudanças. As habilidades são
desenvolvidas ou potencializadas com apoio de estudos e mentores ao longo
da vida.

Nesse artigo, além de destacar as principais características de um


empreendedor, vamos te ajudar a desenvolvê-las, considerando os aspectos
objetivos da atuação desse profissional no mercado.
O QUE É SER UM EMPREENDEDOR?

Ser empreendedor significa ser um realizador, ou seja, a pessoa que é capaz


de produzir novas ideias com criatividade. Essa concepção remete a criação do
termo empreendedorismo na década de 1940 pelo economista austríaco
Joseph A. Schumpeter.

Segundo ele, o capitalismo é regido, principalmente, pelo processo de


destruição criativa, baseado no desenvolvimento do novo e destruição do
velho. O agente básico desse processo é o empreendedor, justamente aquele
que inicia o novo, enxerga o que ninguém vê, antecipa decisões antes de
todos, enfim transforma os sonhos, desejos ou necessidades em ações.
O QUE SIGNIFICA ESPÍRITO EMPREENDEDOR?

O espírito empreendedor vai além da criatividade. Ele pode ser compreendido


como a capacidade de inovar e buscar soluções para os problemas. Pensar e
agir dessa forma tem de ser um comportamento constante na vida do
empresário, não só uma aptidão desenvolvida na criação do negócio.

Mesmo depois da empresa consolidada, o espírito empreendedor consegue


enxergar nas necessidades das pessoas uma oportunidade para continuar o
crescimento ou solidificar o negócio.
QUAL O PERFIL DE UM BOM EMPREENDEDOR?

O perfil de um bom empreendedor compreende o seu papel no


desenvolvimento econômico da sociedade e a importância de acompanhar as
necessidades das pessoas. Ou seja, aspectos que definiram a concepção da
ideia desse profissional e regem o espírito da atuação. Dessa forma,
criatividade e curiosidade acompanham a empreitada.

O início de uma jornada pode ser desencadeado por uma necessidade pessoal
de geração de renda ou identificação de uma oportunidade.
Independentemente do propósito, existem alguns tipos de atuação que vão
ajudar a definir um conjunto de características que constroem a totalidade do
perfil do empreendedor de acordo com o seu desenvolvimento.

Atualmente, são identificados nove tipos de empreendedores, são eles:


informal, cooperado, individual, franqueado, social, corporativo, público,
conhecimento e negócio próprio.
QUAIS SÃO AS CARACTERÍSTICAS DE UM EMPREENDEDOR?

Você pode ser um franqueado ou um empreendedor individual. Não importa


como você se desenvolveu, o ramo de atuação ou tipo de empresa. Para
qualquer modelo de negócio, existem alguns pontos específicos que devem ser
levados em consideração.

Pensando nisso, reunimos algumas características de um empreendedor que


deseja ter sucesso.

1. Iniciativa

“Eu já tinha pensado nisso.” Provavelmente, você já deve ter ouvido alguém
falar isso em relação a algum negócio. O primeiro impulso é a resposta: “então,
por que não fez?” Perder o medo de empreender e sair do comodismo é uma
das primeiras características de um empreendedor.

Só a intenção não vale de nada sem ações. Caso contrário, é possível que
continue sendo espectador do sucesso de outro. Estar atento às oportunidades
é essencial, além disso é preciso aproveitá-las para usufruí-las.

Acompanhe o mercado e perfis de inovação para se preparar para situações


adversas e progredir em contextos desfavoráveis, como uma crise, o exemplo
mais recente é pandemia do coronavírus.
2. Persistência

Aquela história de que a gente aprende com os erros é uma meia verdade. A
realidade é que a gente aprende com a correção dos erros. Ou seja, não
desista depois de um fracasso.

As dificuldades são as experiências de uma jornada de aprendizado. Com elas,


são adquiridas muitas lições que podem ser úteis para reavaliar os planos e
metas ou, até mesmo, modelo de negócio.

3. Ter um planejamento

A curva de aprendizado também compreende o monitoramento das


informações de uma empresa. O empreendedor precisa estar atento para
analisar e monitorar constantemente os seus resultados. Isso vai dar munição
para correções e melhorias.

Selecione períodos de análise do negócio. Nessas épocas sazonais, identifique


possíveis erros de operação e gestão para buscar soluções.
4. Autoconfiança

Da mesma forma que é preciso coragem para começar, é necessário confiança


para transmitir as suas opiniões. O empreendedor precisa passar credibilidade
para os seus clientes e fornecedores.

A melhor forma de conquistar isso é tendo conhecimento profundo do negócio


para extrair todas as informações necessárias e demonstrar que você sabe o
que está fazendo diante de algum risco ou na tomada de uma decisão
estratégica.

5. Liderança

Se você não é um empreendedor individual, em algum momento terá uma


equipe de trabalho para gerir. A figura do chefe é abordada em diferentes
conteúdos sobre o mundo corporativo, são livros, palestras, filmes e tantos
outros.

Isso não é por acaso, afinal de contas o líder tem um papel chave no
desenvolvimento de uma empresa ou projeto. Para desenvolver a liderança, é
importante saber se colocar no lugar do outro, motivando e confiando no
trabalho dos demais.
6. Busca de informações

Durante o processo de abertura de uma empresa é normal e saudável você


estar cheio de indagações, inclusive existem algumas dúvidas recorrentes em
todos os empreendedores. Para saná-las, você não pode ser preguiçoso,
precisa fazer pesquisas para entender a parte burocrática, encontrar o público-
alvo, identificar diferenciais, entre tantas outras oportunidades.

Essa busca por informações não pode ser uma fase. Procurar estar atualizado
o tempo inteiro é um trabalho contínuo, por isso deve ser uma característica do
empreendedor. Esse exercício ajuda a encontrar novas maneiras de oferecer
produtos e serviços. Além disso, poder ter informações estratégicas sobre os
seus processos, clientes, fornecedores e concorrentes.

Outro benefício de todas essas pesquisas é encontrar materiais que apoiem o


desenvolvimento do seu negócio, como dicas para alavancar o seu
empreendimento.

7. Visão empreendedora

Lembra do espírito empreendedor? A ideia aqui é parecida. Nessa


característica, o objetivo é poder transformar qualquer ideia em negócio.
Pessoas com essa mentalidade conseguem agir de forma rápida, não existe o
melhor momento, porém o planejamento mais adequado.

Com uma visão empreendedora, é como se o profissional estivesse o tempo


inteiro adiantando em relação aos demais. Uma exemplificação disso são os
empreendedores que conseguem ter mais de um projeto em andamento.
8. Capacitação

Entre tantas características de um empreendedor, a capacitação profissional é


um dos diferenciais competitivos. O conhecimento pode ajudar no
direcionamento do negócio seja para ter mecanismos para acompanhar as
tendências ou na escolha dos profissionais mais adequados para atuar nas
áreas da sua empresa.

Pensando nisso, não é à toa que hoje existem faculdades para o


empreendedor se aprimorar e outros inúmeros conteúdos inspiradores para a
capacitação profissional, como cursos online, livros, podcasts e filmes.
CONCLUSÃO

Como desenvolver características empreendedoras na prática?

Para conseguir desenvolver essas e outras características empreendedoras na


sua empresa, você precisa ter tempo para se dedicar ao negócio. Depois disso,
muita paciência para aprimorar a sua organização. As tentativas e correção dos
erros vão te dar a resiliência necessária.

Durante o processo, procure focar naquilo que só você pode fazer, que
depende do seu planejamento e expertise. Não existe problema nenhum em
delegar tarefas, basta procurar por profissionais competentes e confiáveis. Hoje
em dia, na era digital, muitas das atividades também podem ser automatizadas.

Por exemplo, falando em contabilidade, você pode contar com um serviço


online, prático, seguro e econômico da Contabilizei. As soluções deixam o
negócio em dia com as obrigações fiscais e tributárias. Esse serviço é
oferecido por meio de uma plataforma com emissão de notas simplificada,
gestão da folha de pagamento, conciliação bancária e muitas outras
funcionalidades que simplificam a rotina.

Além disso, você também pode fazer um treinamento para aperfeiçoar e, ao


mesmo tempo, adquirir novas habilidades. Atualmente, existem cursos práticos
que ajudam a promover o desenvolvimento pessoal e autoconhecimento.

Um deles é o Empretec, do Sebrae. Criado em 1993 no Brasil, a metodologia


desenvolvida pela Organização das Nações Unidas (ONU) conta com
atividades inovadoras e interativas, palestras, vídeos, dinâmicas individuais e
em grupo, que auxiliam os participantes no desenvolvimento das
características empreendedoras.
Em uma imersão de seis dias, os empreendedores são desafiados a encarar os
seus medos e enfrentar as suas limitações. As atividades simulam situações
reais, a partir de fundamentos científicos.

Você também pode gostar