Você está na página 1de 137

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO

EM VIGOR

Nível de Qualificação: 2

Á rea de Educação e
Formação 811 . Hotelaria e Restauração

Código e Designação
do Referencial de 811311 - Empregado/a de Restaurante/Bar
Formação

Modalidades de Cursos de Educação e Formação de A dultos


Educação e Formação Formação Modular

Total de pontos de 138,75


crédito (inclui 10 pontos de crédito da Formação Prática em Contexto de Trabalho)

Publicado no Boletim do Trabalho e Em prego (BTE) nº 16 de 29 de abril de 2013 com


entrada em vigor a 29 de abril de 2013.
1ª Actualização publicada no Boletim e Trabalho do Em prego (BTE) nº 17 de 08 de
m aio de 2014 com entrada em vigor a 08 de m aio de 2014.
2ª Actualização publicada no Boletim e Trabalho do Em prego (BTE) nº 12 de 29 de
m arço de 2015 com entrada em vigor a 29 de m arço de 2015.

Publicação e 3ª Actualização publicada no Boletim e Trabalho do Em prego (BTE) nº 31 de 22 de


atualizações agosto de 2018 com entrada em vigor a 22 de agosto de 2018.
4ª Actualização publicada no Boletim e Trabalho do Em prego (BTE) nº 38 de 15 de
outubro de 2019 com entrada em vigor a 15 de outubro de 2019.
5ª Actualização publicada no Boletim e Trabalho do Em prego (BTE) nº 19 de 22 de
m aio de 2020 com entrada em vigor a 22 de m aio de 2020.
6ª Actualização publicada no Boletim e Trabalho do Em prego (BTE) nº 27 de 22 de
julho de 2020 com entrada em vigor a 22 de julho de 2020.

Especificações

1 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1. Organização do Referencial de Formação
1.1 Condição de acesso: < 1º ciclo do ensino básico

Áreas de Com petências Chave: Cultura, Língua e Com unicação

Código UC Horas

CLC_B1_A Interpretar e produzir discursos orais de carácter lúdico e 25


informativo-funcional

CLC_B1_B Interpretar textos simples de interesse para a vida 25


quotidiana

CLC_B1_C Produzir textos escritos com finalidades informativo- 25


funcionais do quotidiano

CLC_B1_D Interpretar e produzir as principais linguagens não verbais 25


utilizadas no quotidiano

CLC_B2_A Interpretar e produzir discursos orais adequados a 25


diferentes contextos

CLC_B2_B Interpretar textos de carácter informativo e reflexivo 25

CLC_B2_C Produzir textos escritos com finalidades específicas 25

CLC_B2_D Interpretar e produzir linguagem não verbal adequada a 25


finalidades variadas

CLC_B2_LE_A Compreender e usar oralmente e por escrito, expressões 25


familiares e quotidianas do universo pessoal

CLC_B2_LE_B Compreender e usar oralmente e por escrito, expressões 25


frequentes relacionadas com a comunidade envolvente

CLC_B3_A Interpretar e produzir discursos orais adequados a 50


diferentes contextos, fundamentando opiniões

CLC_B3_B Interpretar textos de carácter informativo, reflexivo, 50


argumentativo e literário

CLC_B3_C Produzir textos escritos informativos, reflexivos e 50


persuasivos

CLC_B3_D Interpretar e produzir linguagem não verbal adequada a 50


contextos diversificados, de caráter restrito ou universal

Compreender e usar oralmente e por escrito, frases e


CLC_B3_LE_A expressões frequentes relacionadas com o mundo do 50
trabalho

Compreender e usar oralmente e por escrito, frases e


CLC_B3_LE_B expressões frequentes relacionadas com atividades de 50
lazer

Áreas de Com petências Chave: Com petência Digital

2 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Código UC Horas

CD_B1_A Pesquisar e armazenar conteúdos digitais 25

CD_B1_B Comunicar através de tecnologias digitais 25

CD_B1_C Criar conteúdos digitais simples 25

CD_B1_D Identificar riscos e ameaças em ambientes digitais 25

CD_B2_A Pesquisar, analisar e organizar conteúdos digitais 25

CD_B2_B Comunicar e interagir através de tecnologias digitais 25

CD_B2_C Criar e editar conteúdos digitais 25

CD_B2_D Proteger dispositivos e dados pessoais e identificar riscos 25


para a saúde e meio ambiente

CD_B3_A Analisar, organizar e recuperar conteúdos digitais 50

CD_B3_B Comunicar e colaborar através de tecnologias digitais 50

CD_B3_C Criar e editar conteúdos digitais em diferentes formatos 50

CD_B3_D Proteger dispositivos, dados pessoais, saúde e meio 50


ambiente

Áreas de Com petências Chave: Matem ática, Ciências e Tecnologias

Código UC Horas

MCT_B1_A Executar cálculos com números naturais em diversos 25


contextos

MCT_B1_B Resolver problemas aritméticos em contextos de vida 25

MCT_B1_C Identificar e relacionar grandezas e respetivas unidades de 25


medida em contextos de vida

MCT_B1_D Organizar e tratar informação e dados em contextos de 25


vida

MCT_B2_A Executar cálculos com números inteiros em diversos 25


contextos

MCT_B2_B Utilizar conexões matemáticas para resolver problemas em 25


contextos de vida

MCT_B2_C Utilizar conceitos geométricos em contextos de vida 25

MCT_B2_D Organizar e comparar informação e dados em contextos de 25


vida

MCT_B3_A Executar cálculos com números reais em diversos 50


contextos

3 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
MCT_B3_B Utilizar conexões matemáticas e científicas para resolver 50
problemas em contextos de vida

MCT_B3_C Utilizar conceitos geométricos e trigonométricos em 50


contextos de vida

MCT_B3_D Interpretar, processar e comunicar informação e dados em 50


contextos de vida

Áreas de Com petências Chave: Cidadania e Em pregabilidade

Código UC Horas

CE_B1_A Identificar direitos e deveres fundamentais dos cidadãos 25

CE_B1_B Identificar direitos e deveres económicos do cidadão 25

CE_B1_C Colaborar em projetos profissionais e sociais 25

CE_B1_D Reconhecer o direito à saúde e à preservação do ambiente 25


e do património

CE_B2_A Identificar direitos e deveres fundamentais dos cidadãos e 25


o papel do Estado na sua garantia

CE_B2_B Reconhecer serviços e organizações nacionais na defesa 25


dos direitos e deveres económicos do cidadão

CE_B2_C Colaborar no planeamento e na implementação de 25


projetos pessoais, profissionais e sociais

CE_B2_D Colaborar na promoção da saúde e na preservação do 25


ambiente e do património

CE_B3_A Identificar e promover os direitos e deveres fundamentais 50


dos cidadãos

CE_B3_B Reconhecer serviços e organizações europeias na defesa 50


dos direitos e deveres económicos do cidadão

CE_B3_C Planear, implementar e monitorizar projetos pessoais, 50


profissionais e sociais

CE_B3_D Promover a saúde e a preservação do ambiente e do 50


património

Áreas de Com petências Chave: Com petências Pessoais, Sociais e de Aprendizagem

Código UC Horas

CPSA_1 Agir com autonomia 25

CPSA_2 Interagir com os outros 25

CPSA_3 Resolver problemas 25

CPSA_4 Aprender ao longo da vida 25

4 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Notas:
Inclui um a língua estrangeira com carga horária m áx im a de 50 horas para o nível B2.

Área de Carácter Transversal


APRENDER CO M AUTO NO MIA
40 h

5 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1.2 Condição de acesso: 1º ciclo do ensino básico

Áreas de Com petências Chave: Cultura, Língua e Com unicação

Código UC Horas

CLC_B3_A Interpretar e produzir discursos orais adequados a 50


diferentes contextos, fundamentando opiniões

CLC_B3_B Interpretar textos de carácter informativo, reflexivo, 50


argumentativo e literário

CLC_B3_C Produzir textos escritos informativos, reflexivos e 50


persuasivos

CLC_B3_D Interpretar e produzir linguagem não verbal adequada a 50


contextos diversificados, de caráter restrito ou universal

Compreender e usar oralmente e por escrito, frases e


CLC_B3_LE_A expressões frequentes relacionadas com o mundo do 50
trabalho

Compreender e usar oralmente e por escrito, frases e


CLC_B3_LE_B expressões frequentes relacionadas com atividades de 50
lazer

CLC_B2_A Interpretar e produzir discursos orais adequados a 25


diferentes contextos

CLC_B2_B Interpretar textos de carácter informativo e reflexivo 25

CLC_B2_C Produzir textos escritos com finalidades específicas 25

CLC_B2_D Interpretar e produzir linguagem não verbal adequada a 25


finalidades variadas

CLC_B2_LE_A Compreender e usar oralmente e por escrito, expressões 25


familiares e quotidianas do universo pessoal

CLC_B2_LE_B Compreender e usar oralmente e por escrito, expressões 25


frequentes relacionadas com a comunidade envolvente

Áreas de Com petências Chave: Com petência Digital

Código UC Horas

CD_B2_A Pesquisar, analisar e organizar conteúdos digitais 25

CD_B2_B Comunicar e interagir através de tecnologias digitais 25

CD_B2_C Criar e editar conteúdos digitais 25

CD_B2_D Proteger dispositivos e dados pessoais e identificar riscos 25


para a saúde e meio ambiente

CD_B3_A Analisar, organizar e recuperar conteúdos digitais 50

6 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
CD_B3_B Comunicar e colaborar através de tecnologias digitais 50

CD_B3_D Proteger dispositivos, dados pessoais, saúde e meio 50


ambiente

CD_B3_C Criar e editar conteúdos digitais em diferentes formatos 50

Áreas de Com petências Chave: Matem ática, Ciências e Tecnologias

Código UC Horas

MCT_B2_A Executar cálculos com números inteiros em diversos 25


contextos

MCT_B2_B Utilizar conexões matemáticas para resolver problemas em 25


contextos de vida

MCT_B2_C Utilizar conceitos geométricos em contextos de vida 25

MCT_B2_D Organizar e comparar informação e dados em contextos de 25


vida

MCT_B3_A Executar cálculos com números reais em diversos 50


contextos

MCT_B3_B Utilizar conexões matemáticas e científicas para resolver 50


problemas em contextos de vida

MCT_B3_C Utilizar conceitos geométricos e trigonométricos em 50


contextos de vida

MCT_B3_D Interpretar, processar e comunicar informação e dados em 50


contextos de vida

Áreas de Com petências Chave: Cidadania e Em pregabilidade

Código UC Horas

CE_B3_A Identificar e promover os direitos e deveres fundamentais 50


dos cidadãos

CE_B3_B Reconhecer serviços e organizações europeias na defesa 50


dos direitos e deveres económicos do cidadão

CE_B3_C Planear, implementar e monitorizar projetos pessoais, 50


profissionais e sociais

CE_B3_D Promover a saúde e a preservação do ambiente e do 50


património

CE_B2_A Identificar direitos e deveres fundamentais dos cidadãos e 25


o papel do Estado na sua garantia

CE_B2_B Reconhecer serviços e organizações nacionais na defesa 25


dos direitos e deveres económicos do cidadão

CE_B2_C Colaborar no planeamento e na implementação de 25


projetos pessoais, profissionais e sociais

CE_B2_D Colaborar na promoção da saúde e na preservação do 25


ambiente e do património

7 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Áreas de Com petências Chave: Com petências Pessoais, Sociais e de Aprendizagem

Código UC Horas

CPSA_1 Agir com autonomia 25

CPSA_2 Interagir com os outros 25

CPSA_3 Resolver problemas 25

CPSA_4 Aprender ao longo da vida 25

Notas:
Inclui um a língua estrangeira com carga horária m áx im a de 50 horas para o nível B2 e de 100 horas para o nível B3.

Área de Carácter Transversal


APRENDER CO M AUTO NO MIA
40 h

8 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1.3 Condição de acesso: 2º ciclo do ensino básico

Áreas de Com petências Chave: Cultura, Língua e Com unicação

Código UC Horas

CLC_B3_A Interpretar e produzir discursos orais adequados a 50


diferentes contextos, fundamentando opiniões

CLC_B3_B Interpretar textos de carácter informativo, reflexivo, 50


argumentativo e literário

CLC_B3_C Produzir textos escritos informativos, reflexivos e 50


persuasivos

CLC_B3_D Interpretar e produzir linguagem não verbal adequada a 50


contextos diversificados, de caráter restrito ou universal

Compreender e usar oralmente e por escrito, frases e


CLC_B3_LE_A expressões frequentes relacionadas com o mundo do 50
trabalho

Compreender e usar oralmente e por escrito, frases e


CLC_B3_LE_B expressões frequentes relacionadas com atividades de 50
lazer

Áreas de Com petências Chave: Com petência Digital

Código UC Horas

CD_B3_A Analisar, organizar e recuperar conteúdos digitais 50

CD_B3_B Comunicar e colaborar através de tecnologias digitais 50

CD_B3_C Criar e editar conteúdos digitais em diferentes formatos 50

CD_B3_D Proteger dispositivos, dados pessoais, saúde e meio 50


ambiente

Áreas de Com petências Chave: Matem ática, Ciências e Tecnologias

Código UC Horas

MCT_B3_A Executar cálculos com números reais em diversos 50


contextos

MCT_B3_B Utilizar conexões matemáticas e científicas para resolver 50


problemas em contextos de vida

MCT_B3_C Utilizar conceitos geométricos e trigonométricos em 50


contextos de vida

MCT_B3_D Interpretar, processar e comunicar informação e dados em 50


contextos de vida

Áreas de Com petências Chave: Cidadania e Em pregabilidade

Código UC Horas

9 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
CE_B3_A Identificar e promover os direitos e deveres fundamentais 50
dos cidadãos

CE_B3_B Reconhecer serviços e organizações europeias na defesa 50


dos direitos e deveres económicos do cidadão

CE_B3_C Planear, implementar e monitorizar projetos pessoais, 50


profissionais e sociais

CE_B3_D Promover a saúde e a preservação do ambiente e do 50


património

Áreas de Com petências Chave: Com petências Pessoais, Sociais e de Aprendizagem

Código UC Horas

CPSA_1 Agir com autonomia 25

CPSA_2 Interagir com os outros 25

CPSA_3 Resolver problemas 25

CPSA_4 Aprender ao longo da vida 25

Notas:
Inclui um a língua estrangeira com carga horária m áx im a de 50 horas para o nível B2 e de 100 horas para o nível B3.

Área de Carácter Transversal


APRENDER CO M AUTO NO MIA
40 h

Total de Pontos de Crédito da Formação de Base: 50

10 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Formação Tecnológica

Código 1 Nº UFCD obrigatórias Horas Pontos de


crédito

7731 1 Higiene e segurança alimentar na 25 2,25


restauração

8211 2 Higiene e segurança no trabalho na 25 2,25


restauração

8218 3 Língua inglesa - informação turística da 25 2,25


região

8212 4 Operações de cálculo e unidades de 25 2,25


medida

8213 5 Conduta profissional na restauração 25 2,25

8259 6 Princípios de nutrição e dietética 25 2,25

7297 7 Turismo Inclusivo - oportunidades e 25 2,25


desafios

7298 8 Turismo inclusivo na restauração 25 2,25

3299 9 Cozinha - organização e funcionamento 50 4,50

3334 10 Requisições, controlo de custos e 25 2,25


faturação de serviços

8260 11 Comunicação, vendas e reclamações na 50 4,50


restauração

3337 12 Serviço de vinhos 25 2,25

8261 13 Língua inglesa – serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8262 14 Serviço de restaurante/bar – 50 4,50


organização e funcionamento

8263 15 Serviço de restaurante/bar – mise-en- 25 2,25


place

8264 16 Serviço de restaurante/bar – normas 50 4,50


técnicas e protocolo

8265 17 Serviço de restaurante – preparação e 50 4,50


execução

3368 18 Preparação e serviço de bebidas simples 25 2,25

8266 19 Preparação e serviço de bebidas 50 4,50


compostas

8267 20 Aperitivos sólidos e produtos de 25 2,25


cafetaria

11 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Formação Tecnológica

Código 1 Nº UFCD obrigatórias Horas Pontos de


crédito

8268 21 Refeições ligeiras 25 2,25

8269 22 Confeções elementares de sala 25 2,25

8270 23 Técnicas elementares de arte cisória 25 2,25

3353 24 Serviço de pequenos-almoços 25 2,25

8271 25 Serviço de restaurante/bar – serviços 50 4,50


especiais

Total da carga horária e de pontos de crédito: 800 72,00

Para obter a qualificação de Empregado/a de Restaurante/Bar, para além das UFCD


obrigatórias, terão também de ser realizadas 75 horas das UFCD opcionais (25
horas da Área A de UFCD e 25 horas da Área B de UFCD e 25 horas da Área C de UFCD)

UFCD opcionais

Á rea A

Código Nº UFCD Horas Pontos de


crédito

8219 1 Língua francesa - informação turística 25 2,25


da região

8220 2 Língua italiana - informação turística 25 2,25


da região

8221 3 Língua alemã - informação turística da 25 2,25


região

8222 4 Língua espanhola - informação 25 2,25


turística da região

8223 5 Língua holandesa - informação 25 2,25


turística da região

8224 6 Língua finlandesa - informação 25 2,25


turística da região

12 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
UFCD opcionais

Á rea A

Código Nº UFCD Horas Pontos de


crédito

8225 7 Língua norueguesa - informação 25 2,25


turística da região

8226 8 Língua sueca - informação turística da 25 2,25


região

8227 9 Língua chinesa - informação turística 25 2,25


da região

8726 10 Língua russa - informação turística da 25 2,25


região

Á rea B

Código Nº UFCD Horas Pontos de


crédito

8272 1 Língua francesa - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8273 2 Língua italiana - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8274 3 Língua alemã - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8275 4 Língua espanhola - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8276 5 Língua holandesa - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8277 6 Língua finlandesa - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8278 7 Língua norueguesa - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8279 8 Língua sueca - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8280 9 Língua chinesa - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

8728 10 Língua russa - serviço de 25 2,25


restaurante/bar

13 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Á rea C

Código Nº UFCD Horas Pontos de


crédito

Preparação e serviço de bebidas


8281 1 compostas – short, medium, long e 50 4,50
fancy drinks

8282 2 Flair Bartender – animação, exibição e 25 2,25


espetáculo

1122 3 Noções e normas da qualidade 25 2,25

3297 4 Sistema HACCP (Hazard Analysis and 25 2,25


Critical Control Points)

Presunto e paleta – raças e


9941 5 qualificações portuguesas, espanholas 25 2,25
e do mundo

9942 6 Presunto e paleta – corte, prova, 50 4,50


empratamento e conservação

7852 7 Perfil e potencial do empreendedor – 25 2,25


diagnóstico/ desenvolvimento

7853 8 Ideias e oportunidades de negócio 50 4,50

7854 9 Plano de negócio – criação de 25 2,25


micronegócios

7855 10 Plano de negócio – criação de 50 4,50


pequenos e médios negócios

8598 11 Desenvolvimento pessoal e técnicas de 25 2,25


procura de emprego

8599 12 Comunicação assertiva e técnicas de 25 2,25


procura de emprego

8600 13 Competências empreendedoras e 25 2,25


técnicas de procura de emprego

10526 14 Literacia digital - iniciação 25 2,25

10746 15 Segurança e Saúde no Trabalho – 25 2,25


situações epidémicas/pandémicas

10759 16 Teletrabalho 25 2,25

Total da carga horária e de pontos de crédito da Formação


Tecnológica: 875 78,75

14 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Formação em Contexto de Trabalho Horas Pontos de
crédito

À carga horária da formação tecnológica podem ser acrescidas 120


horas de formação prática em contexto de trabalho, à qual
correspondem 10,00 pontos de crédito, sendo esta de caráter 10
obrigatório para o adulto que não exerça atividade correspondente à
saída profissional do curso frequentado ou uma atividade profissional
numa área afim.

1O s códigos assinalados a laranja correspondem a UFCD com uns a dois ou m ais referenciais, ou seja, transferíveis
entre referenciais de form ação.

2. Desenvolvimento das Unidades de Competência (UC)

2. Desenvolvimento das Unidades de Formação de Curta


Duração (UFCD)
2.1. Formação de Base

CLC_B3_A Interpretar e produzir discursos orais adequados a diferentes


contextos, fundamentando opiniões

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

15 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Selecionar informação relevante.

R2- Distinguir informação objetiva de subjetiva.

R3- Planear e produzir discursos.

R4- Participar em discussões.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Variedade e precisão de Identificar o tem a, os tópicos e as Proatividade.


vocabulário ideias-chave num processo de
escuta ativa.

Géneros tex tuais Relacionar o género do discurso Escuta ativa.


com o seu objetivo com unicativo.

Fonologia Recolher e organizar inform ação. Curiosidade.

Sintax e Identificar diferentes variedades Em patia na com unicação.


geográficas da língua portuguesa.

Lex icologia Ex prim ir ideias e opiniões Tolerância para com os outros.


fundam entadas relativas aos
discursos ouvidos.

Funções da linguagem Planear as ex posições orais. Respeito pelas diferenças


individuais.

Estilos e registos de linguagem Realizar ex posições orais para Resiliência.


apresentação de tem as, ideias,
opiniões e apreciações críticas.

Adequar e relacionar a m ensagem Colocar-se na perspetiva do outro.


para ex prim ir ideias, opiniões e
apreciações críticas em diferentes
contex tos.

Usar linguagens não-verbais Segurança e convicção nas suas


adequadas à m ensagem . opiniões.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Descodificando a m ensagem essencial do discurso e respetiva finalidade.
Com unicando de form a clara, percetível, fundam entada e ajustada ao contex to.
Intervindo no tem po certo, com pertinência e fundam entando opiniões.
Acom panhando o discurso de entoação, ritm o e postura adequados ao contex to e ao público-alvo.

Contexto (de uso de competência)

16 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Participar em conversas com am igos sobre tem as de interesse social diverso, em itindo opiniões
fundam entadas, nom eadam ente sobre livros, obras de arte, m úsica, vídeos e film es.
Transm itir opiniões fundam entadas num a reunião de trabalho.
Em itir um discurso num a assem bleia de carácter cívico.
Participar em sessões de leitura em voz alta.
Declam ar poesia utilizando a entoação e o ritm o adequados aos poem as.
Descodificar a m ensagem de discursos de propaganda publicitária.
Descodificar a m ensagem de um discurso proferido em diversas variedades geográficas da língua portuguesa
num a deslocação pelo país.
Transm itir oralm ente um a notícia ouvida na rádio.

Recursos
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.
Film es, docum entários.
Peças de noticiário televisivo ou radiofónico.
Relatórios m unicipais.
Im prensa escrita (jornais, revistas).
Folhetos inform ativos.
Tex tos literários (im pressos, e-books, audiolivros).

CLC_B3_B Interpretar textos de carácter informativo, reflexivo, argumentativo e


literário

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Identificar temas e ideias principais e reconhecer vocabulário específico num texto.

R2- Identificar o sentido global de um texto.

R3- Identificar as partes e subpartes de um texto.

R4- Expressar pontos de vista e apreciações críticas sobre o texto lido.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Variedade e precisão de Identificar o uso de vocábulos Proatividade.


vocabulário. especializados em contex to.

17 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Identificar temas e ideias principais e reconhecer vocabulário específico num texto.

R2- Identificar o sentido global de um texto.

R3- Identificar as partes e subpartes de um texto.

R4- Expressar pontos de vista e apreciações críticas sobre o texto lido.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Géneros tex tuais. Identificar tem as, ideias-chave, Resiliência.


pontos de vista, causa e efeitos,
factos e opiniões em tex tos de
natureza diversa.

Recursos ex pressivos para a Reconhecer a utilização de Curiosidade.


construção de sentido de um tex to. recursos ex pressivos para a
construção de sentido do tex to.

Variação da língua. Realizar inferências e deduções a Autodisciplina/dedicação.


partir do tex to.

Sintax e Interpretar linguagem m etafórica. O rganização.

Lex icologia Relacionar diferentes variedades


do português com contex tos
históricos e geográficos.

Funções da linguagem Utilizar procedim entos de registo e


tratam ento de inform ação.

Estilos e registos de linguagem . Ex prim ir um a opinião crítica sobre


o tex to lido.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Avaliando o conteúdo e form a do tex to, tendo em conta a intencionalidade do autor e a situação de
com unicação.
Reconhecendo a estrutura do tex to.
Realizando um a apreciação crítica sobre o tex to lido, ex pressando, de form a fundam entada, opiniões e
apreciações e estabelecendo ligações entre o tem a do tex to e as vivências do leitor.

Contexto (de uso de competência)


Identificar a intencionalidade da m ensagem contida em crónicas jornalísticas e literárias e ex pressar um a
opinião fundam entada.
Interpretar a m ensagem contida em tex tos narrativos e dram áticos, identificando o tipo de linguagem e os
recursos estilísticos próprios deste tipo de tex tos.
Identificar a m ensagem de um poem a declam ado.
Relacionar a intencionalidade de um a narrativa épica com o contex to histórico no qual se inscreve.

18 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Recursos
Crónicas jornalísticas e literárias, revistas, tex tos narrativos, poéticos e dram áticos (im pressos, e-books,
audiolivros).
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.

CLC_B3_C Produzir textos escritos informativos, reflexivos e persuasivos

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Planificar a escrita do texto.

R2- Redigir o texto.

R3- Rever o texto escrito.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Características de diferentes Definir a finalidade de um tex to e Proatividade.


géneros tex tuais. o seu género.

Propriedades de um tex to Registar, organizar e Iniciativa.


hierarquizar as ideias de um tex to.

Processos de tex tualização Contex tualizar o tex to no tem po e Respeito pelas regras e norm as
no espaço. definidas.

Morfologia e lex icologia Respeitar as regras da m orfologia Em penho.


e da sintax e na produção.

Sintax e Respeitar as regras de ortografia, Resiliência.


de pontuação e os sinais aux iliares
de escrita.

Funções da linguagem Resum ir um tex to à sua Curiosidade.


m ensagem essencial.

Verificar se o tex to inclui as partes Autodisciplina/dedicação.


necessárias e se estas estão
devidam ente ordenadas.

Verificar a correção linguística e Segurança e convicção nas suas


ortográfica. opiniões.

Autorreflex ão.

19 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Planificar a escrita do texto.

R2- Redigir o texto.

R3- Rever o texto escrito.

Conhecimentos A ptidões A titudes

O rganização.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
O rganizando o tex to de acordo com a sua finalidade e público-alvo.
Verificando se o tex to está redigido com correção ortográfica e sintática, com vocabulário diversificado e com o
uso correto dos sinais de pontuação.
Reescrevendo e reordenando partes do tex to, se necessário.

Contexto (de uso de competência)


Redigir um a notícia sobre um acontecim ento.
Redigir um diário.
Redigir um docum ento argum entando a favor da im plem entação de m edidas de segurança no local de
trabalho.
Redigir petições a organism os públicos.
Redigir requerim entos e reclam ações a um serviço público ou privado.
Redigir um tex to publicitário para venda de produto num a rede social.
Elaborar um relatório no âm bito da atividade profissional.
Redigir um tex to de opinião acerca de um livro, de um a obra de arte, de um film e, de um vídeo ou de um a
com posição m usical.

Recursos
Anúncios na im prensa escrita (jornais, revistas).
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.
Folhetos.
Im agens.
Tex tos literários (im pressos, e-books, audiolivros).
Com posições m usicais.
Canções.

20 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
CLC_B3_D Interpretar e produzir linguagem não verbal adequada a contextos
diversificados, de caráter restrito ou universal

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Identificar o papel da linguagem não-verbal em manifestações artísticas.

R2- Identificar o papel da linguagem não-verbal num discurso persuasivo-argumentativo.

R3- Relacionar símbolos universais de diferentes tipos de linguagem não-verbal com valores étnicos e culturais.

R4- Usar diferentes tipos de linguagem não-verbal em contextos formais e informais.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Linguagens não-verbais Relacionar o tipo de linguagem Criatividade.


não-verbal com a intenção das
m anifestações artísticas.

Linguagem icónica. Relacionar o tipo de linguagem Em penho.


não-verbal com a m ensagem de
discursos persuasivo-
argum entativos.

Linguagem sim bólica. Reconhecer e usar linguagens Segurança e convicção nas suas
sim bólicas universais com o ações.
elem entos representativos dos
valores étnicos e culturais.

Discursos persuasivo- Usar diferentes tipos de linguagem Resiliência.


argum entativos. não-verbal para ex prim ir
m undividências.

Sím bolos universais de diferentes Adequar os tipos de linguagem


tipos de linguagem não verbal não-verbal a contex tos form ais e
inform ais.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Associando os diferentes tipos de linguagem não verbal aos diferentes contex tos e tipos de com unicação.
Com unicando m ensagens, sentim entos e valores éticos e culturais universais através de linguagem não verbal.

Contexto (de uso de competência)


Identificar os elem entos da linguagem não-verbal nas tendências de m oda, teatro, m úsica e artesanato.
Recriar através de m ím ica um a cena vivida ou im aginada num jogo lúdico.

21 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Identificar m ensagens através de gestos de personagens de film es, de banda desenhada, teatro e ópera.
Identificar m ensagens não-verbais num a entrevista de recrutam ento.

Recursos
Vídeos, cartazes e folhetos publicitários.
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.
Gravuras.
Im prensa escrita (jornais, revistas).
Livros ilustrados (im pressos, e-books, audiolivros).
Banda desenhada.

CLC_B3_LE_A Compreender e usar oralmente e por escrito, frases e expressões


frequentes relacionadas com o mundo do trabalho

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Compreender discursos orais.

R2- Compreender textos escritos.

R3- Interagir em situações estruturadas.

R4- Redigir textos simples.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Léx ico Identificar e descodificar Proatividade.


ex pressões e palavras-chave.

Estruturas do funcionam ento da Com preender perguntas e Autonom ia.


língua inform ações relacionadas com o
m undo do trabalho.

Funções da linguagem . Identificar a ideia principal e a Curiosidade


inform ação essencial em tex tos
diversificados.

Entender a inform ação essencial Iniciativa.


de cartas sim ples e de diversos
docum entos acerca de assuntos
rotineiros.

22 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Compreender discursos orais.

R2- Compreender textos escritos.

R3- Interagir em situações estruturadas.

R4- Redigir textos simples.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Participar num a conversa Escuta ativa.


perguntando e respondendo sobre
situações de rotina que lhe são
fam iliares.

Usar linguagens não verbais. Assertividade e em patia na


com unicação.

Redigir tex tos relacionados com Tolerância para com os outros.


questões de necessidade im ediata.

Utilizar procedim entos de pesquisa Respeito pelas diferenças


e recolha de inform ação/ dados. individuais.

Colocar-se na perspetiva do outro.

Abertura à m udança.

Respeito pelas regras e norm as


definidas.

Em penho.

Resiliência.

Autorreflex ão.

Autodisciplina/dedicação.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando o contex to, a ideia principal e inform ações sim ples do discurso oral, com unicada de form a clara e
pausada.
Identificando a inform ação essencial num tex to escrito curto e sim ples.
Usando vocabulário e form as de tratam ento adequados à situação com unicativa oral e escrita e ao público alvo.
Verificando se o tex to está redigido com correção ortográfica e sintática, com vocabulário diversificado e com o
uso correto dos sinais de pontuação.
Reescrevendo frases e parágrafos, se necessário.

23 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Contexto (de uso de competência)
Redigir cartas de candidatura a um em prego.
Redigir notas e m ensagens curtas e sim ples sobre assuntos profissionais.
Preencher um form ulário sim ples com inform ação pessoal e sobre áreas de interesse.
Responder a um email de trabalho de form a sim ples.

Recursos
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.
Brochuras.
Anúncios de em prego.
Vídeos.
Gravuras.
Im prensa escrita (jornais, revistas) em língua estrangeira.

CLC_B3_LE_B Compreender e usar oralmente e por escrito, frases e expressões


frequentes relacionadas com atividades de lazer

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Compreender discursos orais.

R2- Compreender textos escritos.

R3- Interagir em situações estruturadas.

R4- Redigir textos simples.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Léx ico Identificar e descodificar Proatividade.


ex pressões e palavras-chave num
discurso oral.

Estruturas do funcionam ento da Com preender perguntas e Autonom ia.


língua inform ações relacionadas com
atividades de lazer.

Funções da linguagem . Com preender orientações, Curiosidade


instruções e avisos de segurança.

24 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Compreender discursos orais.

R2- Compreender textos escritos.

R3- Interagir em situações estruturadas.

R4- Redigir textos simples.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Participar num a conversa Iniciativa.


perguntando e respondendo sobre
atividades de lazer.

Usar linguagens não-verbais. Escuta ativa.

Identificar a ideia principal e a Assertividade e em patia na


inform ação essencial em tex tos com unicação.
diversificados redigidos num a
linguagem quotidiana.

Com preender a inform ação Tolerância para com os outros.


essencial de cartas sim ples e de
docum entos.

Redigir tex tos relacionados com Respeito pelas diferenças


questões rotineiras ou de lazer. individuais.

Preencher form ulários sim ples com Colocar-se na perspetiva do outro.


inform ação pessoal e sobre áreas
de interesse.

Justificar opiniões sobre o assunto Abertura à m udança.


de um tex to escrito.

Utilizar procedim entos de pesquisa Respeito pelas regras e norm as


e recolha de inform ação/dados. definidas.

Em penho.

Resiliência.

Autorreflex ão.

Autodisciplina/dedicação.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando o contex to, a ideia principal e inform ações sim ples do discurso oral, com unicada de form a clara e
pausada.
Distinguindo a inform ação essencial da acessória em diferentes tipos de tex to escrito.
Usando vocabulário e form as de tratam ento adequados à situação com unicativa oral e escrita e ao público-
alvo.

25 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Verificando se o tex to está redigido com correção ortográfica e sintática, com vocabulário diversificado e com o
uso correto dos sinais de pontuação.
Reescrevendo parágrafos e reordenando partes do tex to, se necessário.

Contexto (de uso de competência)


Preencher grelhas de registo a partir da audição dos discursos orais.
Num a viagem ao estrangeiro, interagir com os habitantes locais para a obtenção de inform ação sobre um a
determ inada área de recreio e lazer.
Preencher um form ulário pessoal de adesão a um ginásio em língua estrangeira.
Identificar sinalética que indica as condições de acessibilidade de parques, m onum entos, m useus ou outros.
Pesquisar e recolher inform ação/dados para planear um a visita autónom a em fam ília ao estrangeiro.
Redigir um tex to para partilhar num a rede social.

Recursos
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.
Folhetos publicitários e inform ativos.
Vídeos, im agens.
Form ulários.
Mapas.
Im prensa escrita (jornais, revistas) em língua estrangeira.

CLC_B2_A Interpretar e produzir discursos orais adequados a diferentes


contextos

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

26 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Selecionar informação relevante.

R2- Distinguir informação explícita de implícita.

R3- Planear e produzir discursos breves.

R4- Participar em discussões.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Variedade e precisão de Identificar e descodificar Proatividade.


vocabulário. vocabulário num processo de escuta
ativa.

Classes de palavras Deduzir inform ação im plícita a Escuta ativa.


partir de pistas tex tuais de
discursos.

Morfologia e lex icologia Adequar e relacionar a m ensagem Curiosidade.


a um vasto leque de situações.

Sintax e Recolher e organizar inform ação. Em patia na com unicação.

Funções da linguagem Ex prim ir os sentim entos suscitados Tolerância para com os outros.
por diferentes situações.

Estilos e registos de linguagem . Usar linguagens não verbais. Respeito pelas diferenças
individuais.

Resiliência.

Colocar-se na perspetiva do outro.

Segurança e convicção nas suas


opiniões.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Descodificando a m ensagem essencial do discurso e respetiva finalidade.
Com unicando de form a clara, percetível e ajustada ao contex to.
Intervindo no tem po certo e com pertinência.
Acom panhando o discurso de entoação, ritm o e postura adequados ao contex to e ao público-alvo.

Contexto (de uso de competência)


Com preender a inform ação veiculada em debates, entrevistas, ex posições e discussões em contex to pessoal e
profissional.
Em itir opiniões fundam entadas em discussões e debates em locais de lazer e no local de trabalho.

27 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Participar em conversas form ais com colegas de trabalho ou com a entidade patronal.
Dar e solicitar inform ações de carácter pessoal e profissional num a entrevista de em prego.
Ex prim ir os sentim entos suscitados pela m úsica, por um espetáculo ou por outra m anifestação cultural.
Recontar histórias num a escola, biblioteca ou num lar.
Em itir opiniões fundam entadas acerca de livros.

Recursos
Dispositivos eletrónicos com acesso à internet.
Film es, docum entários.
Peças de noticiário televisivo ou radiofónico.
Relatórios m unicipais.
Im prensa escrita (jornais, revistas).
Livros (im pressos, e-books, audiolivros).
Canções.
Com posições m usicais.
Anúncios de locais de lazer.
Estudos de m ercado.
Form ulários de entrevistas de em prego.

CLC_B2_B Interpretar textos de carácter informativo e reflexivo

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Localizar informação e reconhecer vocabulário específico num texto.

R2- Identificar a mensagem principal de um texto.

R3- Identificar a sequência e a causalidade de acontecimentos num texto.

R4- Exprimir uma opinião sobre o texto lido.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Variedade e precisão de Identificar e descodificar Proatividade.


vocabulário. vocabulário.

Géneros tex tuais. Detetar inform ação relevante, Resiliência.


factual e não factual.

28 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Localizar informação e reconhecer vocabulário específico num texto.

R2- Identificar a mensagem principal de um texto.

R3- Identificar a sequência e a causalidade de acontecimentos num texto.

R4- Exprimir uma opinião sobre o texto lido.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Técnicas de registo de inform ação. Localizar inform ação ex plícita e Curiosidade.


im plícita.

Regras de ortografia e pontuação. Justificar as inferências realizadas. Autodisciplina / dedicação.

Fonética e fonologia Relacionar a estrutura do tex to O rganização.


com a intenção e o conteúdo do
m esm o.

Fluência da leitura. O rganizar a ordem lógica das


ideias.

Classes de palavras Utilizar procedim entos de registo e


tratam ento de inform ação.

Determ inante interrogativo Ex prim ir um a opinião crítica sobre


o tex to lido.

Morfologia e lex icologia Ex pressar um a opinião crítica


sobre o tex to lido.

Sintax e

Funções da linguagem

Estilos e registos de linguagem .

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando a finalidade, a estrutura e o vocabulário específico.
Distinguindo a inform ação essencial da acessória.
Reconstruindo o significado global do tex to.
Realizando um a apreciação crítica sobre o tex to lido.

Contexto (de uso de competência)


Identificar a inform ação de cartas, notícias, crónicas e entrevistas escritas.
Descodificar a m ensagem escrita de tex tos publicitários.

29 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Interpretar artigos de revistas.
Identificar tex tos inform ativos sobre alim entação, saúde e bem -estar.
Interpretar contos populares e lendas tradicionais, quadras populares, letras de canções, poem as, entre outros
na form a escrita.
Ler integralm ente e interpretar obras com reduzido núm ero de páginas e com plex idade reduzida.

Recursos
Cartas.
Im prensa escrita (jornais, revistas).
Anúncios e folhetos publicitários.
Livros (im pressos, e-books, audiolivros).
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.

CLC_B2_C Produzir textos escritos com finalidades específicas

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Planificar a escrita do texto.

R2- Redigir o texto.

R3- Rever o texto escrito.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Características de diferentes Definir a finalidade de um tex to e Proatividade.


géneros tex tuais. o público-alvo.

Processos de tex tualização Registar, organizar e Iniciativa.


hierarquizar as ideias de um tex to.

Classes de palavras Contex tualizar o tex to no tem po e Respeito pelas regras e norm as
no espaço. definidas.

Morfologia e lex icologia Respeitar as regras de ortografia, Em penho.


de pontuação e os sinais aux iliares
de escrita.

Sintax e Respeitar as regras de m orfologia Resiliência.


e da sintax e.

Funções da linguagem Verificar a correção linguística e Curiosidade.


ortográfica.

30 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Planificar a escrita do texto.

R2- Redigir o texto.

R3- Rever o texto escrito.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Características dos diferentes Autodisciplina/dedicação.


estilos e registos de linguagem .

Segurança e convicção nas suas


opiniões.

Autorreflex ão.

O rganização.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
O rganizando o tex to de acordo com a sua finalidade e público-alvo.
O rganizando o tex to em parágrafos coesos, coerentes e adequados à sua finalidade, às regras de ortografia e
aos sinais de escrita.
Verificando se o tex to inclui as partes necessárias e se estas estão devidam ente ordenadas após a sua
redação.
Reordenando e reescrevendo partes do tex to, se necessário.

Contexto (de uso de competência)


Preencher form ulários de serviços diversos, tais com o m atrículas, im postos, pedidos de subsídio e em préstim os
bancários.
Redigir cartas de reclam ação a diversas entidades ou em presas.
Redigir reclam ações em Livros de Reclam ações.
Redigir cartas de resposta a um pedido de em prego.
Redigir cartas ou emails inform ais a am igos e fam iliares relatando ex periências vivenciadas.
Redigir relatos de viagens realizadas.
Redigir relatos de ex periências vividas.
Redigir resum os de livros lidos.
Redigir opiniões acerca de livros lidos.
Preencher questionários sobre o grau de satisfação com diversos serviços.
Redigir um pequeno tex to a partir de um a im agem , de um som ou de um a com posição m usical.

Recursos

31 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Form ulários de serviços diversos.
Anúncios na im prensa escrita (jornais, revistas).
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.
Folhetos publicitários.
O bras literárias (im pressas, e-book s, audiolivros).
Com posições m usicais.
Canções.

CLC_B2_D Interpretar e produzir linguagem não verbal adequada a finalidades


variadas

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- A ssociar a simbologia de linguagem icónica a atividades e serviços específicos.

R2- Relacionar o uso de linguagens não-verbais a códigos socioculturais.

R3- Identificar as linguagens não-verbais utilizadas em mensagens de teor persuasivo.

R4- Transmitir mensagens através do uso de diferentes linguagens não-verbais.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Linguagens não-verbais Identificar atividades e serviços Criatividade.


através de tipos de linguagem não-
verbal.

Linguagem icónica. Identificar realidades quotidianas Em penho.


e estados de espírito através de
sons e trechos m usicais.

Linguagem sim bólica. Reconhecer e usar linguagens Segurança e convicção nas suas
sim bólicas com o elem entos ações.
representativos do real e do
im aginário.

Esquem as e gráficos. Usar a m ím ica para transm itir um a Resiliência.


situação vivida ou im aginada ou um
sentim ento.

Usar um a linguagem icónica com o


form a de ex pressão e com unicação
de valores éticos e culturais.

Reconhecer e usar a linguagem


não-verbal com o elem ento de
persuasão e de dissem inação de
valores.

32 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Descodificando m ensagens, sentim entos e valores éticos e culturais transm itidos.
Com unicando m ensagens, sentim entos e valores éticos e culturais.

Contexto (de uso de competência)


No contex to de saúde pública, construir cartazes apenas com a utilização de sím bolos e ícones para transm itir
inform ações e alertas sobre a propagação de um a doença.
Associar trechos m usicais a estados de espírito, im agens e palavras.
Transm itir situações vivenciadas, através da m ím ica.
Interpretar jogos de m ím ica.
Na visita a um a ex posição de arte, descodificar a m ensagem transm itida por esculturas e pinturas.
Identificar a m ensagem de livros através da descodificação de sím bolos visuais ou auditivos.

Recursos
Cartazes.
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.
Música, sonoplastia.
Im prensa escrita (revistas).
Livros (im pressos, e-books, audiolivros).
Cartoons, banda desenhada.

CLC_B2_LE_A Compreender e usar oralmente e por escrito, expressões familiares e


quotidianas do universo pessoal

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

33 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Compreender discursos orais.

R2- Compreender textos escritos.

R3- Interagir de forma simples.

R4- Redigir textos simples.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Léx ico Identificar e descodificar Proatividade.


vocabulário num discurso oral.

Estruturas do funcionam ento da Com preender perguntas e Autonom ia.


língua inform ações.

Funções da linguagem . Identificar vocabulário fam iliar em Curiosidade.


tex tos escritos relacionados com o
contex to fam iliar.

Escrever um tex to sim ples. Iniciativa.

Participar num a conversa. Escuta ativa.

Usar linguagens não-verbais. Assertividade e em patia na


com unicação.

Tolerância para com os outros.

Respeito pelas diferenças


individuais.

Colocar-se na perspetiva do outro.

Abertura à m udança.

Respeito pelas regras e norm as


definidas.

Em penho.

Resiliência.

Autorreflex ão.

Autodisciplina/dedicação.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando a m ensagem essencial do discurso oral, com unicada de form a clara e pausada num contex to
fam iliar.

34 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Identificando a inform ação essencial num tex to escrito curto e sim ples.
Usando vocabulário e form as de tratam ento adequados à situação com unicativa oral e escrita e ao público-
alvo.
Verificando se o tex to está redigido com correção ortográfica e com o uso correto dos sinais de pontuação.

Contexto (de uso de competência)


Interagir e estabelecer contacto com turistas para apoio na localização de um endereço.
Com preender inform ação sim ples no âm bito de um jogo lúdico.
Preencher um form ulário sim ples com inform ação pessoal em língua estrangeira.
Responder em língua estrangeira a um email, chat ou m ensagem de form a sim ples num contex to profissional
ou pessoal.
Na preparação de um a viagem , pesquisar e recolher inform ação/dados sobre um a cidade estrangeira.

Recursos
Im prensa escrita (jornais, revistas) em língua estrangeira.
Equipam entos tecnológicos com acesso à internet.
Jogos sociais.
Im agens, fotografias.
Boletim m eteorológico.

CLC_B2_LE_B Compreender e usar oralmente e por escrito, expressões frequentes


relacionadas com a comunidade envolvente

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Compreender discursos orais.

R2- Compreender textos escritos.

R3- Interagir de forma simples.

R4- Redigir textos simples.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Léx ico Identificar e descodificar Proatividade.


vocabulário num discurso oral.

35 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Compreender discursos orais.

R2- Compreender textos escritos.

R3- Interagir de forma simples.

R4- Redigir textos simples.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Estruturas do funcionam ento da Com preender perguntas e Autonom ia.


língua inform ações relacionadas com a
com unidade envolvente.

Funções da linguagem . Identificar vocabulário fam iliar em Curiosidade.


tex tos escritos relacionados com
lugares e serviços.

Participar num a conversa sim ples Iniciativa.


sobre assuntos relacionados com a
com unidade envolvente.

Usar linguagens não-verbais. Escuta ativa.

Escrever um tex to sim ples. Assertividade e em patia na


com unicação.

Utilizar procedim entos de pesquisa Tolerância para com os outros.


e recolha de inform ação/dados.

Respeito pelas diferenças


individuais.

Colocar-se na perspetiva do outro.

Abertura à m udança.

Respeito pelas regras e norm as


definidas.

Em penho.

Resiliência.

Autorreflex ão.

Autodisciplina/dedicação.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando a m ensagem essencial do discurso oral, com unicada de form a clara e pausada num contex to
fam iliar.

36 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Identificando a inform ação essencial num tex to escrito curto e sim ples.
Usando vocabulário e form as de tratam ento adequados à situação com unicativa oral e escrita e ao público-
alvo.
Verificando se o tex to está redigido com correção ortográfica e sintática e com o uso correto dos sinais de
pontuação.
Reescrevendo frases, se necessário.

Contexto (de uso de competência)


Interagir e estabelecer contacto com turistas para inform ar acerca dos serviços, m eios de transporte e locais de
lazer na com unidade envolvente.
Num a deslocação ao estrangeiro, interagir com um vendedor para adquirir um produto.
Preencher um a ficha de registo de hotel em língua estrangeira.
Responder em língua estrangeira a um email, chat ou m ensagem de form a sim ples.

Recursos
Form ulários, folhetos publicitários e inform ativos.
Dispositivos tecnológicos com acesso à internet.
Vídeos e im agens.

CD_B2_A Pesquisar, analisar e organizar conteúdos digitais

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Identificar as necessidades de informação.

R2- Pesquisar dados, informação e conteúdo digital.

R3- A valiar a relevância da fonte e do seu conteúdo.

R4- A rmazenar e organizar dados, informação e conteúdo digital.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Am bientes digitais. Manusear o dispositivo Proatividade.


tecnológico (ex .: com putador, tablet,
smartphone) com acesso à internet.

Motores de busca. Selecionar os am bientes digitais O rganização.


relativos à pesquisa.

37 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Identificar as necessidades de informação.

R2- Pesquisar dados, informação e conteúdo digital.

R3- A valiar a relevância da fonte e do seu conteúdo.

R4- A rmazenar e organizar dados, informação e conteúdo digital.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Fontes de inform ação. Identificar fontes de dados Autonom ia, e apoio pontual, na
credíveis. ex ecução de tarefas sim ples.

Tipos de conteúdo digital. O rganizar e arm azenar dados em Sentido crítico.


am bientes digitais.

Ficheiro inform ático. Responsabilidade.

Transferência de ficheiros Em penho.


(download e upload).

Arm azenam ento virtual de dados Resiliência.


(cloud).

Suporte físico (ex .: pen de


m em ória USB, disco ex terno).

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando as necessidades de inform ação em am bientes digitais.
Identificando e utilizando m otores de busca de inform ação.
Identificando a im portância da credibilidade, fiabilidade e autenticidade da fonte.
Utilizando ferram entas adequadas à organização, arm azenam ento e recuperação de dados em am bientes
digitais.

Contexto (de uso de competência)


Procurar em prego pesquisando inform ação num a lista de portais de em prego.
Encontrar portais de em prego na loja de aplicações do smartphone, aceder e navegar nesses portais.
Pesquisar inform ação credível em várias fontes sobre um a determ inada tem ática.
Reconhecer, de entre os vários emails que entram na sua caix a de correio, aquele que diz respeito a um
assunto que corresponde a um a questão já colocada a um a entidade.
Criar e organizar um a pasta com docum entos relacionados entre si (ex .: declarações de IRS, despesas).

Recursos

38 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Portais de em prego.
Email.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

CD_B2_B Comunicar e interagir através de tecnologias digitais

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Partilhar informação através de tecnologias digitais.

R2- Utilizar serviços digitais públicos e privados.

R3- A plicar normas de conduta em ambientes digitais.

R4- Proteger a sua identidade e reputação digital.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Tecnologias digitais. Selecionar m eios de com unicação Proatividade.


digital para determ inada tarefa.

Meios de com unicação digital. Realizar interações através de Trabalho em equipa.


tecnologias digitais.

Serviços online. Manusear tecnologias digitais Assertividade.


para partilha de dados, inform ação
e conteúdo.

Transferência de ficheiros Utilizar ferram entas e tecnologias Responsabilidade.


(download e upload). digitais.

Tipos de conteúdo digital. Pesquisar em serviços digitais Em patia.


públicos e privados.

Conta em serviços em linha (ex .: Identificar a autoria da Respeito pelas regras e norm as
email, redes sociais, portais). inform ação digital. definidas.

Práticas de referenciação e de Aplicar norm as básicas de Sentido crítico.


atribuição de autoria. conduta adequadas à utilização de
am bientes digitais.

Identidade digital. Identificar form as de proteção da


reputação online.

Arm azenam ento digital (cloud).

39 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Partilhar informação através de tecnologias digitais.

R2- Utilizar serviços digitais públicos e privados.

R3- A plicar normas de conduta em ambientes digitais.

R4- Proteger a sua identidade e reputação digital.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Código de conduta em am biente


digital.

Form as de assédio virtual


(Cyberbullying).

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando e utilizando serviços digitais públicos e privados que prom ovam a participação ativa na sociedade.
Identificando práticas de referenciação e de atribuição de autoria.
Identificando norm as adequadas de com portam ento.
Identificando um a identidade digital e ilustrando algum as form as de proteger a reputação online.

Contexto (de uso de competência)


Solicitar inform ação a um a entidade com recurso ao email.
Preencher form ulários online, com apoio.
Participar, com apoio, em am bientes de discussão (ex .: fóruns).
Anex ar fotos ou ficheiros a um email ou enviá-los via redes sociais.
Agendar reuniões através de sistem as online.
Publicar um tex to num a rede social, tendo em conta as norm as de conduta a seguir em am bientes digitais
para colaborar, partilhar e interagir com outros.
Identificar o autor na partilha de um conteúdo digital.
Identificar as condições dos serviços que subscreve.

Recursos
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Email.
Portais de serviço público e privado.
Redes sociais e fóruns.
Norm as de conduta em am bientes digitais.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

40 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
CD_B2_C Criar e editar conteúdos digitais

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Criar e editar ficheiros de texto, cálculo, áudio e imagem.

R2- Integrar informação e conteúdo digital aplicando direitos de autor e licenças.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Conteúdos digitais (tex to, Distinguir diferentes m eios Proatividade.


cálculo, som , im agem ). digitais através da criação de
conteúdo digital.

Aplicações e program as digitais. Identificar program as ou O rganização.


aplicações utilizadas para m odificar
ou integrar novo conteúdo e
inform ação.

Ferram entas de edição. Criar conteúdos sim ples. Responsabilidade.

Regras, licenças e direitos de Identificar regras sim ples de Respeito pelas regras e norm as
autor. direitos de autor e licenças que se definidas.
aplicam a dados, inform ação e
conteúdo digital.

Em penho.

Resiliência.

Criatividade.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando os program as e aplicações que possam ser utilizados para m odificar, ou integrar, novo conteúdo
e inform ação em ficheiros digitais.
Utilizando program as ou aplicações específicas.
Utilizando notas de referência em tex tos/inform ação proveniente de terceiros.

Contexto (de uso de competência)


Utilizar um processador de tex to para criar um tex to criativo (ex .: sobre viagem , local, fam ília, hobbies),
incluindo im agens, identificando as fontes e utilizando notas de referência.

41 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Utilizar um a folha de cálculo para calcular as despesas m ensais.
Construir um a apresentação m ultim édia sim ples com binando tex to, im agens e som , referenciando a autoria
de terceiros.
Fotografar ou film ar um a reunião fam iliar.

Recursos
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Processador de tex to, folhas de cálculo, apresentação de m ultim édia, outro.
Program as, aplicações de vídeos, anim ações, outros.
Direitos de autor e licenças.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

CD_B2_D Proteger dispositivos e dados pessoais e identificar riscos para a saúde


e meio ambiente

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Proteger dispositivos e conteúdo digital.

R2- Proteger os dados pessoais e a privacidade em ambientes digitais.

R3- Identificar medidas de proteção em ambientes digitais relacionadas com a saúde e bem-estar.

R4- Identificar medidas de sustentabilidade ambiental.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Riscos e am eaças em am bientes Identificar riscos e am eaças em Sentido crítico.


digitais. am bientes digitais.

Medidas de segurança e proteção Selecionar form as de proteger os Responsabilidade.


digital (ex .: software de proteção, dispositivos e conteúdo digital.
program as).

Políticas de privacidade. Identificar riscos e am eaças da Autonom ia.


utilização de tecnologias digitais
para a saúde e bem -estar.

Medidas de proteção da Identificar os im pactos Respeito pelas regras e norm as


inform ação pessoal. am bientais decorrentes das definidas.
tecnologias digitais e da sua
utilização.

42 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Proteger dispositivos e conteúdo digital.

R2- Proteger os dados pessoais e a privacidade em ambientes digitais.

R3- Identificar medidas de proteção em ambientes digitais relacionadas com a saúde e bem-estar.

R4- Identificar medidas de sustentabilidade ambiental.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Proteção da saúde e do bem - Em penho.


estar em am bientes digitais.

Medidas tecnológicas digitais de Proatividade.


proteção do m eio am biente.

Reutilização e reciclagem de
dispositivos tecnológicos.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Aplicando, com orientação, m edidas pré-definidas de segurança e proteção dos dispositivos e conteúdo digital.
Aplicando, com orientação, form as de proteger os dados pessoais e privacidade em am bientes digitais.
Adotando m edidas básicas de proteção.

Contexto (de uso de competência)


Ativar um antivírus num dispositivo tecnológico (ex .: com putador, tablet, smartphone), seguindo as instruções
“passo a passo”.
Recusar pedidos de instalação de software duvidosos, m esm o quando enviados por email de um endereço
conhecido ou fam iliar.
Proteger um a pasta pessoal com um a palavra-passe num com putador partilhado.
No perfil de um a rede social, identificar as definições que dizem respeito à privacidade.
Na audição de m úsica num dispositivo eletrónico, regular o som de form a a não prejudicar a saúde.
Reconhecer am eaças online (com erciais, m orais, sex uais e de agressividade), em caso de discursos de ódio
ou bullying.
Reduzir o consum o de energia de um dispositivo tecnológico (ex .: com putador portátil, tablet), seguindo as
instruções de utilização.

Recursos
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Software de proteção (antivírus).
Email.
Redes sociais.

43 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Políticas de privacidade.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

CD_B3_A Analisar, organizar e recuperar conteúdos digitais

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- A rticular necessidades de informação, localizar e recuperar dados, informação e conteúdo digital.

R2- A valiar a relevância da fonte e do seu conteúdo.

R3- A rmazenar, gerir e organizar dados, informação e conteúdo digital.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Am bientes digitais. Manusear o dispositivo Proatividade.


tecnológico com acesso à internet.

Motores de busca. Selecionar os am bientes digitais Planeam ento e organização.


relativos à pesquisa.

Filtros de pesquisa dos m otores Aplicar filtros aos m otores de Autonom ia.
de busca. busca de inform ação.

Tipos de conteúdo digital. Criar e/ou atualizar estratégias Sentido crítico.


pessoais de pesquisa.

Tipos de ficheiros inform áticos. Analisar, com parar e avaliar a Responsabilidade.


credibilidade das fontes de
inform ação e conteúdo digital.

Transferência de ficheiros Tratar e organizar os dados Resiliência.


(download e upload). recolhidos em diferentes form atos

Arm azenam ento virtual de dados Gravar ficheiros.


(cloud).

Suporte físico (ex .: pen de Converter ficheiros em outros


m em ória USB, disco ex terno). form atos.

O rganizar, arm azenar e recuperar


inform ação e conteúdo digital.

O rganizar e processar a
inform ação num am biente
estruturado.

44 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Distinguindo diferentes am bientes digitais para obtenção de inform ação e dados específicos.
Aplicando filtros em m otores de busca de inform ação em am bientes digitais.
Identificando a credibilidade, fiabilidade e autenticidade das diferentes fontes de inform ação acerca do m esm o
tem a em am bientes digitais.
Selecionando, de entre diferentes fontes de inform ação e de conteúdo digital, as que se adequam ao
pretendido.
Selecionando docum entos de diversos form atos, organizando-os em pastas personalizadas.
Aplicando ferram entas adequadas à organização, arm azenam ento e recuperação de dados.

Contexto (de uso de competência)


Aplicar filtros de pesquisa em m otores de busca, em jornais, ou outros, de m odo a obter a inform ação
pretendida.
Procurar cursos de form ação adequados às necessidades e solicitar inform ação às instituições que os
oferecem para se candidatar online.
Distinguir emails de origem conhecida (ex .: de am igos) de emails de outras origens (ex .: publicidade não
solicitada).
Converter um docum ento de tex to, im agem , ou outro, para PDF.
Gravar a inform ação pesquisada sobre marketing, em form ato de tex to, PDF e vídeo, num a pasta
devidam ente identificada.

Recursos
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Portais de notícias e m otores de busca.
Email.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

CD_B3_B Comunicar e colaborar através de tecnologias digitais

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

45 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Colaborar através de tecnologias digitais.

R2- Utilizar serviços digitais públicos e privados.

R3- A plicar normas de conduta em ambientes digitais.

R4- Gerir a sua identidade e reputação digital.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Tecnologias digitais. Selecionar m eios de com unicação Trabalhar em equipa.


digital para determ inada tarefa.

Meios de com unicação digital. Interagir com outros através de Proatividade.


tecnologias digitais.

Serviços online. Manusear tecnologias digitais Colaboração e cooperação.


para partilha de dados, inform ação
e conteúdo.

Transferência de ficheiros Utilizar ferram entas e tecnologias Assertividade


(download e upload). digitais.

Tipos de conteúdo digital Pesquisar em serviços digitais Responsabilidade.


públicos e privados.

Conta em serviços em linha (ex .: Referenciar e atribuir autoria da Autonom ia.


email, redes sociais, portais). inform ação digital.

Práticas de referenciação e de Aplicar norm as de conduta


atribuição de autoria. adequadas à utilização de
am bientes digitais.

Identidade digital. Distinguir form as de proteção da


reputação online.

Arm azenam ento digital (cloud).

Código de conduta em am biente


digital.

Ciberespaço.

Norm as de acessibilidade digital.

Form as de assédio virtual


(Cyberbullying).

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Utilizando ferram entas e tecnologias digitais adequadas a processos colaborativos, aplicando norm as de
com portam ento e estratégias de com unicação.

46 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Selecionando e utilizando serviços digitais públicos e privados que prom ovam a autocapacitação e a
participação ativa na sociedade.
Aplicando norm as de conduta adequadas à utilização de am bientes digitais, respeitando o conjunto de valores
de convivência cidadã.
Gerindo a identidade digital, identificando form as de proteger a reputação online.
Descrevendo práticas de referenciação e de atribuição de autoria específicas.

Contexto (de uso de competência)


Solicitar inform ação, por email, sobre o horário de atendim ento, junto de um a entidade e reencam inhar a
resposta para colegas.
Apresentar um a sugestão de m elhoria de serviço através do preenchim ento de um form ulário online.
Fazer upload e download de docum entos de e para portais de organism os públicos online.
Participar num fórum de discussão online sobre proteção do am biente.
Na elaboração de um trabalho em grupo ou equipa, partilhar docum entos usando um sistem a de
arm azenam ento na nuvem .
Apagar o histórico do dia após utilizar o m otor de busca.
Identificar as condições dos serviços que se subscreve.

Recursos
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Email.
Portais de serviço público.
Redes sociais e fóruns.
Norm as de conduta em am bientes digitais.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

CD_B3_D Proteger dispositivos, dados pessoais, saúde e meio ambiente

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

47 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Proteger dispositivos e conteúdo digital.

R2- Proteger os dados pessoais e a privacidade em ambientes digitais.

R3- A plicar medidas de proteção em ambientes digitais relacionadas com a saúde e bem-estar.

R4- A plicar medidas de sustentabilidade ambiental.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Riscos e am eaças em am bientes Distinguir riscos e am eaças em Proatividade.


digitais. am bientes digitais.

Medidas de segurança e proteção Selecionar form as de proteger os Sentido crítico.


digital (softwares de proteção; dispositivos e conteúdo digital.
program as).

Políticas de privacidade. Distinguir form as de proteger Responsabilidade.


dados pessoais e privacidade em
am bientes digitais.

Medidas de proteção da Adotar práticas seguras de Autonom ia.


inform ação pessoal. utilização de dispositivos
tecnológicos.

Ergonom ia. Analisar critérios para seleção e Respeito pelas regras e norm as
instalação de aplicações nos definidas.
dispositivos tecnológicos.

Proteção da saúde e do bem - Configurar funcionalidades Em penho.


estar em am bientes digitais. básicas, que condicionam a
privacidade.

Medidas tecnológicas digitais de Selecionar tecnologias digitais Resiliência.


proteção do m eio am biente. sim ples para o bem -estar e inclusão
sociais.

Reutilização e reciclagem de Distinguir riscos e am eaças da


dispositivos tecnológicos. utilização de tecnologias digitais
para a saúde e bem -estar.

Distinguir im pactos am bientais


decorrentes das tecnologias digitais
e da sua utilização.

Aplicar tecnologias digitais para a


prom oção da defesa e da
sustentabilidade am biental.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Distinguindo riscos e am eaças em am bientes digitais aplicando m edidas de segurança e proteção
diferenciadas.
Aplicando m edidas de proteção de possíveis perigos em am bientes digitais.

48 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Contexto (de uso de competência)
Proteger um dispositivo tecnológico através da instalação de um antivírus.
Detetar ações de phishing e bloquear rem etentes duvidosos no email, identificando-os com o SPAM.
Solicitar às em presas a quem deu consentim ento para tratar dos seus dados pessoais que os elim inem das
suas bases de dados.
Escolher entre diferentes níveis de lum inosidade do ecrã do smartphone ou optar pela utilização de um a
aplicação que faça essa gestão autom aticam ente.
No contex to de trabalho, adotar com portam entos que m inim izem o im pacto decorrente da utilização de
dispositivos (olhar regularm ente para a linha do horizonte, levantar da cadeira, fazer alongam entos, etc.).
Reduzir o consum o de energia de um dispositivo tecnológico (ex . com putador portátil, tablet) alterando as
suas definições, de acordo com o sistem a operativo.

Recursos
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Software de proteção (antivírus).
Email.
Redes sociais.
Políticas de privacidade.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

CD_B3_C Criar e editar conteúdos digitais em diferentes formatos

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Produzir conteúdos digitais.

R2- Integrar informação e conteúdo digital aplicando direitos de autor e licenças.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Aplicações e program as digitais: Distinguir diferentes m eios Planeam ento e organização.


digitais através da criação de
conteúdo digital.

Ferram entas de edição. Utilizar program as ou aplicações Autonom ia.


para m odificar conteúdos digitais.

Form atos de ficheiros de im agem Criar docum entos estruturados. Responsabilidade.


e vídeo

49 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Produzir conteúdos digitais.

R2- Integrar informação e conteúdo digital aplicando direitos de autor e licenças.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Direitos de autor. Realizar operações de Respeito pelas regras e norm as


m anipulação e de edição de definidas.
im agem e vídeo.

Tipos de licenças aplicadas a Tratar e m anipular dados, em Em penho.


program as, aplicações e conteúdo form a de tabelas e gráficos.
digital.

Respeitar as regras de direitos Resiliência.


de autor e de licenças que se
aplicam a dados, inform ação e
conteúdo digital.

Aplicar m étodos de referenciação Criatividade.


ao utilizar conteúdo digital.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Distinguindo diferentes m eios digitais.
Distinguindo diferentes regras de direitos de autor e licenças que se aplicam a dados, inform ação e conteúdo
digital.
Aplicando regras de direitos de autor.

Contexto (de uso de competência)


Preparar um a apresentação m ultim édia com diferentes conteúdos digitais (tex to, som , im agem e vídeo).
Utilizar um program a/aplicação para criar ficheiros de tex to, utilizando as regras de form atação, de correção
ortográfica e de referenciação das fontes.
Na candidatura a um em prego, criar um a carta de apresentação e o curriculum vitae, com recurso a ficheiro de
tex to (ex .: Europass; templates) ou a vídeo.
Analisar as despesas m ensais e poupanças através de tabelas e gráficos num a folha de cálculo.
Escolher, entre diversas aplicações e program as open source, um (a) que perm ita elaboração de vídeos ou de
anim ações que possam ser reproduzidos ou partilhados num a rede social.
Tratar im agens ou fotografias para organizar um álbum de fotografias tem áticas (ex . fam ília, viagem ,
natureza).

Recursos
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Processador de tex to, folha de cálculo, apresentação multimédia, outros.
Program as e aplicações de vídeo e anim ação.
Direitos de autor e licenças.

50 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

MCT_B2_A Executar cálculos com números inteiros em diversos contextos

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Identificar números inteiros e operações.

R2- Realizar operações com números inteiros.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Núm eros inteiros (inteiros O rdenar núm eros. Rigor.


negativos, zero e inteiros positivos).

O perações com núm eros inteiros Som ar e subtrair núm eros inteiros Responsabilidade e autonom ia na
(adição, subtração, m ultiplicação e (inteiros positivos, zero e inteiros ex ecução de tarefas propostas.
divisão). negativos).

Adição algébrica. Ex ecutar adições algébricas. Em penho e persistência na


realização de tarefas.

Conceito de fração. Multiplicar núm eros inteiros. Autoconfiança.

Calcular a divisão ex ata, no caso


de o divisor ser um núm ero de um
só algarism o diferente de zero.

Representar um a divisão na form a


de fração.

Efetuar cálculos m entalm ente.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Efetuando contagens por ordem crescente e decrescente.
Com pletando contagens de acordo com sequências.
Estabelecendo relações de ordem entre os núm eros.
Aplicando as operações em situações concretas, utilizando algoritm os, cálculo m ental ou calculadora básica.

Contexto (de uso de competência)


Partir um alim ento e tirar m etade.

51 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Distribuir um bolo retangular equitativam ente por 3 m esas.
Verificar o ex trato de um a conta bancária com saldos interm édios positivos e negativos.
Partilhar equitativam ente um prém io m onetário entre vários concorrentes.
Distribuir um a dívida por todos os elem entos de um condom ínio em partes iguais.
Com parar a dívida atual, em term os relativos, com a dívida inicial referente a um em préstim o bancário.

Recursos
Notas e m oedas do Euro.
Folhetos publicitários.
Faturas.
Ex tratos bancários.
Im prensa escrita (jornais, revistas).
Sítios da internet.
Dispositivo eletrónico com acesso à internet (calculadora básica, telem óvel).

MCT_B2_B Utilizar conexões matemáticas para resolver problemas em contextos


de vida

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- A nalisar o problema e estabelecer um plano de resolução.

R2- Executar o plano de resolução.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Núm eros inteiros relativos e Reconhecer fração de um a Rigor.


decim ais. quantidade.

O perações com núm eros inteiros e Reconhecer situações de Responsabilidade e autonom ia na


decim ais (Adição, subtração, proporcionalidade direta no ex ecução de tarefas propostas.
m ultiplicação e divisão). quotidiano.

Relações entre variáveis. Redigir problem as em linguagem Tom ar decisões.


m atem ática.

Representação em tabela e Descrever as técnicas utilizadas na Respeito pela opinião dos outros.
representação gráfica de relações resolução de um problem a.
entre duas variáveis.

Conceito de proporcionalidade Avaliar a solução de um problem a. Em penho e persistência na


direta. resolução de problem as.

52 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- A nalisar o problema e estabelecer um plano de resolução.

R2- Executar o plano de resolução.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Conceito de fração. Efetuar cálculos m entalm ente. Autoconfiança.

Arredondam entos.

Regras.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Utilizando term os, regras, sím bolos e convenções próprias da linguagem m atem ática.
Reconhecendo os dados iniciais e aquilo que é pretendido no problem a ou questão a dar resposta.
Selecionando as estratégias possíveis na resolução ou procura de resposta à questão.
Utilizando calculadora básica ou outro m eio tecnológico de form a autónom a.

Contexto (de uso de competência)


Seguir instruções para m isturar ou diluir um produto.
Usar um a balança para averiguar se é enganadora a publicidade ex ibida em em balagens.
Prever o estado físico (sólido, líquido ou gasoso) da água de acordo com a tem peratura.
Conferir o recibo de vencim ento considerando o valor hora de trabalho, as percentagens de desconto para a
Segurança Social e IRS (Im posto Sobre Rendim entos Singulares) e ainda os valores de subsídio de refeição.

Recursos
Notas e m oedas do Euro.
Folhetos publicitários.
Faturas.
Ex tratos bancários.
Im prensa escrita (jornais, revistas).
Livros (im pressos, e-book s e audiolivros).
Sítios da internet.
Dispositivo eletrónico com acesso à internet (calculadora básica, telem óvel).

MCT_B2_C Utilizar conceitos geométricos em contextos de vida

53 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Identificar conceitos geométricos.

R2- A plicar conceitos geométricos.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Figuras geom étricas planas. Identificar figuras geom étricas do Rigor.


plano e do espaço.

Sólidos geom étricos. Calcular perím etros de figuras Responsabilidade e autonom ia na


planas. ex ecução de tarefas propostas.

Perím etro de figuras geom étricas Calcular áreas de triângulos, Tom ar decisões.
planas. quadrados, retângulos e de figuras
com postas.

Área de figuras geom étricas Determ inar o perím etro e área do Respeito pela opinião dos outros.
planas. círculo por aprox im ação.

Volum e de sólidos. Calcular áreas de faces e o volum e Em penho e persistência na


de cubos e paralelepípedos. resolução de problem as.

Unidades de m edida de Converter unidades de m edida de Autoconfiança.


com prim ento, superfície e volum e diferentes sistem as de unidades e
(respetivam ente, m , m 2 e ha – passar para diferentes
hectare e m 3) e capacidade (l – (sub)m últiplos da unidade.
litro).

Arredondam entos. Estim ar resultados.

Regras.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Utilizando term os, regras, sím bolos e convenções próprias da linguagem m atem ática.
Reconhecendo form as geom étricas em situações concretas.
Convertendo unidades entre sistem as de unidades de m edida distintos.
Aplicando as fórm ulas para calcular área e volum es em situações concretas.

Contexto (de uso de competência)


Reconhecer form as em objetos do quotidiano.
Aferir a área de um terreno inscrita num a caderneta predial e m edida no local.

54 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Aferir a capacidade declarada dum depósito e volum e m edido diretam ente pelo próprio.
Inventariar m aterial necessário para vedar um a propriedade.
Escolher diferentes localizações para um centro de saúde de acordo com a densidade populacional.
Montar um a peça de m obiliário de acordo com as instruções de m ontagem .

Recursos
Instrum entos de m edição e desenho.
Software inform ático.
Dispositivo eletrónico com acesso à internet (calculadora básica, com putador, telem óvel).

MCT_B2_D Organizar e comparar informação e dados em contextos de vida

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Obter dados de informação disponível.

R2- Organizar e apresentar informação em vários formatos.

R3- Comparar informação.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Frequências: absoluta e relativa. Reconhecer o papel da Estatística Rigor.


em diferentes dom ínios da vida.

Tabelas de um a e duas entradas. Utilizar vocabulário da Estatística. Responsabilidade e autonom ia na


ex ecução de tarefas propostas.

Gráficos de linhas e gráficos de Reconhecer frequência absoluta e Iniciativa.


barras. relativa.

Moda, m édia e m ediana. Ex prim ir frequência relativa em Respeito pela opinião dos outros.
percentagem .

Identificar tabelas e gráficos. Em penho e persistência na


resolução de problem as.

Interpretar inform ação Autoconfiança.


apresentada em listas, tabelas,
esquem as e gráficos.

Construir tabelas e gráficos de


barras.

55 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Obter dados de informação disponível.

R2- Organizar e apresentar informação em vários formatos.

R3- Comparar informação.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Calcular a m édia de um conjunto


de dados num éricos.

Identificar e calcular a m ediana


num conjunto de dados num éricos.

Identificar a m oda num conjunto


de dados e utilizá-la quando
oportuno para interpretar ou
com parar inform ação.

Utilizar as funcionalidades da
calculadora básica.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Utilizando term os, regras, sím bolos e convenções próprias da linguagem m atem ática.
Representando a inform ação ex traída de um form ato para outro.
Fazendo com parações num éricas a partir de gráficos de barras.
Calculando a m édia e m ediana de um conjunto de dados, recorrendo ou não, à utilização de calculadora
básica.

Contexto (de uso de competência)


Aferir se um a conta bancária cum pre o valor m édio m ensal m ínim o para ficar isenta de despesas de
m anutenção.
O bservar as tem peraturas registadas num dado local para ex trair conclusões e fazer com parações.
Consultar o site da CNE (Com issão Nacional de Eleições) e com parar o resultado eleitoral na freguesia onde
reside.
Verificar a frequência de m úsicas portuguesas num program a de rádio.

Recursos
Ex trato bancário.
Livros (im pressos, e-book s e audiolivros).
Dispositivo eletrónico com acesso à internet (com putador, telem óvel).
Sítios da internet.

56 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
MCT_B3_A Executar cálculos com números reais em diversos contextos

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Identificar os números reais.

R2- Identificar as operações.

R3- Realizar operações com números reais.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Núm eros reais. Reconhecer núm eros reais. Rigor.

O perações com núm eros reais Efetuar adições algébricas, Responsabilidade e autonom ia na
(adição, subtração, m ultiplicação e produtos e divisões entre núm eros ex ecução de tarefas propostas.
divisão). racionais, em particular na form a de
fração.

Propriedades das operações. O perar com núm eros reais Em penho e persistência na
recorrendo a valores aprox im ados. realização de tarefas.

Arredondam entos. Efetuar cálculos m entalm ente. Autoconfiança.

Regras.

Conceito de potência.

Conceito de raiz quadrada e


cúbica.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Estabelecendo relações de ordem entre os núm eros.
Fazendo estim ativas de resultados.
Respeitando regras dos algoritm os utilizados.
Aplicando as operações em situações concretas, utilizando algoritm os, cálculo m ental ou com recurso a m eios
tecnológicos.

Contexto (de uso de competência)


Verificar recibo/ fatura de um fornecedor cujos valores a pagar sejam calculados à m ilésim a de euro e
apresentados à centésim a (ao cêntim o).

57 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Determ inar a parte de um alim ento que foi consum ida no final de um a refeição.
Partilhar, equitativam ente com um am igo, um alim ento que está dividido em três partes iguais.

Recursos
Notas e m oedas de euro.
Faturas e recibos.
Dispositivo eletrónico com acesso à internet (telem óvel).

MCT_B3_B Utilizar conexões matemáticas e científicas para resolver problemas em


contextos de vida

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- A nalisar o problema e estabelecer um plano de resolução.

R2- Executar o plano de resolução.

R3- A valiar a plausibilidade do(s) resultado(s) no contexto do problema.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Núm eros racionais. Efetuar cálculos envolvendo Rigor.


núm eros racionais na form a de
fração, sem recurso e com recurso a
m eios tecnológicos.

Conceito de núm ero real. Trabalhar com valores Responsabilidade e autonom ia na


aprox im ados de núm eros reais em ex ecução de tarefas propostas.
contex to.

Arredondam entos. Reconhecer situações de Tom ar decisões.


proporcionalidade direta e inversa.

Regras. Equacionar problem as. Respeito pela opinião dos outros.

Conceito de raiz quadrada e Resolver equações. Em penho e persistência na


cúbica. resolução de problem as.

Conceito de potência. Verificar soluções de um a equação Autoconfiança.


/ problem a.

O perações com núm eros racionais Efetuar cálculos m entalm ente. Capacidade de argum entação.
(adição, subtração, m ultiplicação e
divisão).

58 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- A nalisar o problema e estabelecer um plano de resolução.

R2- Executar o plano de resolução.

R3- A valiar a plausibilidade do(s) resultado(s) no contexto do problema.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Conceito de proporcionalidade Form ular cientificam ente


direta e inversa. situações/ problem as.

Equações do 1º grau. Com unicar raciocínios científicos


quer na form a oral quer escrita.

Princípios básicos do m undo Utilizar e m anusear dados


natural [1]. científicos para atingir um objetivo
ou chegar a um a decisão ou
conclusão fundam entada.

Conceitos, teorias, princípios e


m étodos científicos fundam entais.

Repercussões das ciências, da


tecnologia e da engenharia, nas
atividades hum anas em geral e na
natureza.

[1] Observamos que o mundo natural


se encontra regulado, sendo as
regularidades descritas pelos cientistas
na forma de leis ou princípios básicos
do mundo natural.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Utilizando term os, regras, sím bolos e convenções próprias da linguagem m atem ática, científica e tecnológica.
Reconhecendo os dados iniciais e aquilo que é pretendido no problem a ou questão a dar resposta.
Selecionando as estratégias possíveis na resolução ou procura de resposta à questão.
Resolvendo equações do 1.º grau de acordo com todas as regras de resolução das m esm as.
Utilizando calculadora básica ou outro m eio tecnológico de form a autónom a.
Sustentando conclusões usando argum entação válida.

Contexto (de uso de competência)


Planificar a gestão financeira do passeio de um grupo.
Analisar o consum o de água e ver quais as hipóteses de otim izar (m inim izar) este consum o.
Aferir se um a conta bancária cum pre o valor m édio m ensal m ínim o para ficar isenta de despesas de
m anutenção.
Verificar os valores no pagam ento de um a com pra realizada online, em m oeda diferente da m oeda local.
Prever o estado físico (sólido, líquido ou gasoso) da água de acordo com a tem peratura lida num term óm etro

59 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
graduado em °F (graus Fahrenheit).
Na arrum ação de um a dispensa, avaliar a possibilidade de colocar um determ inado núm ero de caix as cúbicas
iguais num determ inado arm ário.
Apreciar a am ortização (redução relativa em proporção ou percentagem ) de um a dívida referente a um
em préstim o bancário.

Recursos
Notas e m oedas do Euro.
Folhetos publicitários.
Faturas.
Ex tratos bancários.
Im prensa escrita (jornais, revistas)
Livros (im pressos, e-book s e audiolivros)
Sítios da internet.
Dispositivo eletrónico com acesso à internet (calculadora básica, telem óvel, com putador).

MCT_B3_C Utilizar conceitos geométricos e trigonométricos em contextos de vida

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Identificar conceitos geométricos e trigonométricos.

R2- A plicar conceitos geométricos e trigonométricos.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Figuras geom étricas planas e Identificar propriedades Rigor.


sólidos geom étricos. decorrentes da sem elhança de
figuras geom étricas do plano.

Perím etros e áreas de figuras Determ inar perím etros e áreas de Responsabilidade e autonom ia na
geom étricas planas. figuras geom étricas planas ex ecução de tarefas propostas.
(triângulos, quadrados, retângulos,
círculo).

Volum e de sólidos. Calcular áreas de faces e o volum e Tom ar decisões.


de cubos, de paralelepípedos e de
pirâm ides.

60 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Identificar conceitos geométricos e trigonométricos.

R2- A plicar conceitos geométricos e trigonométricos.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Unidades de m edida de Determ inar o volum e da esfera, do Respeito pela opinião dos outros.
com prim ento, superfície e volum e cilindro e do cone por aprox im ação.
(respetivam ente, m , m 2 e ha –
hectare, e, m 3) e capacidade (l –
litro), de m assa e m onetária
(respetivam ente, Kg e €-Euro) e de
tem peratura (°C).

Arredondam entos. Regras. Determ inar alturas ou distâncias. Em penho e persistência na


resolução de problem as.

Sem elhanças de figuras. Autoconfiança.

Escalas. Capacidade de argum entação.

Teorem a de Pitágoras.

Conceito de ângulo.

Razões trigonom étricas.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Utilizando term os, regras, sím bolos e convenções próprias da linguagem m atem ática.
Reconhecendo form as geom étricas em situações concretas.
Aplicando as fórm ulas para calcular áreas e volum es em situações concretas.
Aplicando, em situações concretas, as operações, conceitos e propriedades m atem áticas envolvidas.

Contexto (de uso de competência)


O rçam entar a tinta necessária para a pintura de um a divisão da casa.
Planear a escolha de um equipam ento atendendo à planta do espaço.
Aferir a área de um terreno inscrita num a caderneta predial e m edida no local.
Estim ar a altura de um edifício.

Recursos
Instrum entos de m edição e desenho.
Dispositivo eletrónico com acesso à internet (calculadora básica, com putador, telem óvel).
Software inform ático.

61 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Plantas e m apas topográficos.

MCT_B3_D Interpretar, processar e comunicar informação e dados em contextos


de vida

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Recolher e selecionar informação de diversas fontes e em diferentes suportes.

R2- Organizar e analisar informação em vários formatos.

R3- Comunicar informação.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Tabelas de um a e duas entradas. Identificar o papel da Estatística Rigor.


em diferentes dom ínios da vida.

Gráficos lineares e gráficos de Utilizar vocabulário da Estatística. Responsabilidade e autonom ia na


barras, histogram as, gráficos ex ecução de tarefas propostas.
circulares.

Moda, m édia, m ediana e Interpretar tabelas e gráficos. Tom ar decisões.


am plitude.

Técnicas de pesquisa de Resolver problem as envolvendo o Respeito pela opinião dos outros.
inform ação. cálculo e a com paração de
frequências relativas.

Conceito de probabilidade. Construir tabelas e gráficos. Em penho e persistência na


resolução de problem as.

Form ular questões em contex tos Autoconfiança.


fam iliares que envolvam Estatística.

Aplicar a m édia, a m ediana, a Capacidade de argum entação.


m oda e am plitude para com parar
conjuntos de dados.

Interpretar e calcular
probabilidades.

Identificar, localizar e interpretar


inform ação m atem ática e técnico-
científica no sentido de a aplicar na
resolução de problem as ou na
otim ização de soluções em
diferentes atividades do quotidiano.

62 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Recolher e selecionar informação de diversas fontes e em diferentes suportes.

R2- Organizar e analisar informação em vários formatos.

R3- Comunicar informação.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Utilizar as Tecnologias de
Inform ação e Com unicação no
desenvolvim ento de pesquisas e na
apresentação de trabalhos.

Com unicar raciocínios quer na


form a oral quer escrita.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Utilizando term os, regras, sím bolos e convenções próprias da linguagem m atem ática, científica e tecnológica.
Selecionando fontes fidedignas.
Utilizando m étodos adequados para produzir, verificar e apresentar resultados que façam sentido no contex to,
recorrendo ou não à tecnologia.
Reconhecendo as lim itações dos indicadores m atem áticos na análise dos resultados.
Utilizando a representação m atem ática com o suporte para a ex plicação e previsão dos factos da ciência.

Contexto (de uso de competência)


Averiguar a disponibilidade (dia e hora) para realizar um a reunião usando ferram entas tecnológicas com o, ex .:
form ulários inform áticos.
Desenvolver um levantam ento sobre determ inado problem a, ex .: averiguar qual é o escalão etário
predom inante ou construir a pirâm ide etária na sua freguesia/bairro/rua (considerar m ais de 50 sujeitos).
No âm bito de um questionário realizado por um a Câm ara Municipal, determ inar o núm ero de pessoas que
reciclam resíduos dom ésticos por freguesia.
Aferir se um dado (de jogo) é ou não viciado.

Recursos
Folhetos inform ativos.
Im prensa escrita (jornais, revistas).
Livros (im pressos, e-books e audiolivros)
Sítios da internet.
Dispositivo eletrónico com acesso à internet (com putador, telem óvel).
Software.

63 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
CE_B3_A Identificar e promover os direitos e deveres fundamentais dos
cidadãos

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Distinguir “direitos, liberdades e garantias” de “direitos económicos, sociais e culturais”.

R2- Distinguir “deveres de caráter civil e político” de “deveres de caráter económico, social e cultural”.

R3- Reconhecer a garantia do acesso a direitos de cidadania, de nacionais e estrangeiros.

R4- Reconhecer organizações, pessoas e serviços na defesa dos direitos.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Direitos hum anos. Interpretar direitos, liberdades e Autonom ia.


garantias.

Princípios fundam entais da Interpretar direitos e deveres Responsabilidade.


Constituição da República económ icos, sociais e culturais.
Portuguesa.

Direitos, liberdade e garantias - Interpretar deveres de caráter Consciência cívica.


pessoais, de participação política, e cívico e político.
dos trabalhadores.

Direitos e deveres - económ icos, Reconhecer as funções dos órgãos Em patia.


sociais e culturais. de soberania nacional e dos órgãos
de poder político e a form a com o se
relacionam entre si.

Ó rgãos de soberania nacional e Reconhecer instituições e Abertura à diversidade e à


órgãos de poder político. organizações não governam entais m udança.
que visam a defesa dos direitos dos
cidadãos.

Dem ocracia. Sentido crítico.

Ética. Resiliência.

Cidadania.

Identidade(s).

Diálogo intercultural.

Direitos fundam entais da União


Europeia.

64 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Distinguir “direitos, liberdades e garantias” de “direitos económicos, sociais e culturais”.

R2- Distinguir “deveres de caráter civil e político” de “deveres de caráter económico, social e cultural”.

R3- Reconhecer a garantia do acesso a direitos de cidadania, de nacionais e estrangeiros.

R4- Reconhecer organizações, pessoas e serviços na defesa dos direitos.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Recurso aos Tribunais, à


Arbitragem e a Recursos
Internacionais (ex .: Tribunal
Europeu).

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Assinalando direitos e responsabilidades na participação do cidadão na sociedade civil.
Distinguindo o papel das organizações governam entais da m issão das organizações não governam entais na
defesa e na prom oção dos direitos hum anos.
Reconhecendo que a cidadania é um processo e o ex ercício pelo qual as pessoas partilham valores e norm as
de com portam ento que possibilitam o relacionam ento e a identidade coletiva.

Contexto (de uso de competência)


Apresentar um problem a que ex iste no bairro onde reside, na Assem bleia de Freguesia, com vista à sua
resolução.
Apresentar um a queix a ao Provedor de Justiça.
Subscrever a newsletter e apoiar um a organização não governam ental que atue na defesa dos direitos
hum anos.
Na partilha online de conteúdos, identificar e denunciar m ensagens que tenham linguagem discrim inatória.

Recursos
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Declaração Universal dos Direitos Hum anos.
Constituição da República Portuguesa.
Carta dos Direitos Fundam entais da União Europeia.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Diálogo Intercultural – Unesco.
Serviço público responsável pelo acolhim ento e integração dos m igrantes.

65 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
CE_B3_B Reconhecer serviços e organizações europeias na defesa dos direitos e
deveres económicos do cidadão

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Identificar liberdades económicas fundamentais no contexto europeu.

R2- Identificar instituições e organismos europeus.

R3- Reconhecer direitos e deveres do consumidor a nível europeu.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Direitos e deveres económ icos. Identificar direitos fundam entais Respeito pelas regras e norm as
dos trabalhadores na UE. definidas.

Instituições europeias. Identificar as instituições Iniciativa.


europeias e a sua m issão.

Liberdades económ icas Enum erar serviços públicos a que o Responsabilidade.


fundam entais. cidadão pode aceder no espaço
europeu.

Liberdade de circulação de Reconhecer direitos de proteção do Consciência cívica.


trabalhadores e m ercadorias. consum idor europeu na área dos
serviços e do com ércio.

Mercado interno europeu: Identificar e utilizar m eios de Sentido crítico.


princípios gerais. resolução de conflitos de consum o
no espaço europeu.

Direitos e deveres do consum idor. Identificar produtos provenientes Resiliência.


de um a produção sustentável.

Consum o sustentável. Curiosidade.

Políticas europeias do consum idor.

Entidades Reguladoras.

Agenda do Consum idor Europeu.

Carta dos Direitos Fundam entais


da União Europeia.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Ex plicando o princípio da liberdade de circulação de pessoas.

66 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Distinguindo as diversas instituições europeias e as suas m issões.
Identificando políticas europeias de proteção do consum idor.
Identificando a rotulagem europeia de produção sustentável nos produtos.

Contexto (de uso de competência)


Reconhecer que ex iste o direito de voto nas eleições para o parlam ento europeu.
Na com pra de um produto online, o qual não corresponde às ex petativas, saber que ex iste a possibilidade de
recorrer à plataform a europeia de resolução dos litígios em linha.
Na com pra de um produto, reconhecer o rotulo ecológico da UE.

Recursos
Tratados Europeus.
Carta dos Direitos Fundam entais da União Europeia.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Rede de Centros Europeus de Consum o.
Serviço público responsável pela defesa do consum idor.
Dispositivo eletrónico com acesso à internet.

CE_B3_C Planear, implementar e monitorizar projetos pessoais, profissionais e


sociais

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Identificar necessidades de melhoria a nível pessoal, social e/ou profissional.

R2- Planear um projeto empreendedor.

R3- Implementar e monitorizar o projeto.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Tipos de Em preendedorism o: Aplicar princípios-base do Proatividade.


Social, Económ ico, Am biental e em preendedorism o.
Cultural.

Perfil do Em preendedor. Identificar as com petências do Responsabilidade.


em preendedor e com o pode
desenvolvê-las.

67 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Identificar necessidades de melhoria a nível pessoal, social e/ou profissional.

R2- Planear um projeto empreendedor.

R3- Implementar e monitorizar o projeto.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Ferram entas de Identificar as suas forças e Respeito pela opinião dos outros.
autoconhecim ento. fraquezas.

Métodos de planeam ento e gestão Analisar um problem a e m obilizar Assertividade na com unicação.
de projetos: processos e recursos. recursos.

Econom ia. Form ular objetivos, m eios e Tolerância para com os outros.
recursos para im plem entar o plano
de ação.

O portunidades sociais e Im plem entar o plano de ação. Autonom ia.


económ icas (e.g.: m edidas de apoio
ao em prego, à form ação, à criação
de negócio, a projetos culturais e a
iniciativas com unitárias).

Princípios éticos. Utilizar m étodos de m onitorização Curiosidade.


de projetos.

Sustentabilidade dos projetos. Em penho e persistência na


resolução de problem as.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Caraterizando as suas com petências em preendedoras m obilizadas em diferentes contex tos (pessoal,
profissional, social).
Contex tualizando e justificando os m otivos que levaram a determ inada tom ada de decisão e as suas
consequências.
Ex plicitando as dificuldades sentidas e form as de as ultrapassar.
Caraterizando as diferentes fases do projeto em preendedor e os resultados esperados.
Ex plicitando os m étodos de m onitorização do projeto em preendedor.

Contexto (de uso de competência)


Apresentar um a ideia ou projeto desenvolvidos no âm bito da atividade profissional, identificando os m eios e
recursos m obilizados.
Analisar um a situação ocorrida em contex to local/com unitário de que faz parte (associativo, cultural, am biental,
outro), identificando possíveis soluções e m obilizar os recursos necessários para a sua resolução.
Participar na constituição de um a associação/cooperativa.

68 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Recursos
Dispositivo eletrónico com acesso à internet.
Serviço público de em prego (Centros de Em prego do Instituto de Em prego e Form ação Profissional).
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

CE_B3_D Promover a saúde e a preservação do ambiente e do património

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 50
Associada

Realizações

R1- Promover a saúde e o bem-estar.

R2- Promover a preservação do ambiente.

R3- Proteger e valorizar o património cultural.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Saúde Adotar práticas de estilo de vida, Curiosidade.


ao nível da saúde, da preservação
do am biente e do patrim ónio.

Am biente e qualidade de vida Identificar e recorrer a Iniciativa.


organizações com com petência na
área da saúde, am biente e
patrim ónio.

Patrim ónio Cultural Relacionar a sustentabilidade Em penho e persistência na


am biental com a sustentabilidade resolução de problem as.
social e económ ica.

Ex ercer com portam entos Respeito.


sustentáveis face ao am biente.

Ex ercer com portam entos de Responsabilidade.


proteção e valorização do patrim ónio
cultural.

Em patia.

Sentido crítico.

Capacidade de cooperação.

Espírito cívico.

Autonom ia.

69 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Promover a saúde e o bem-estar.

R2- Promover a preservação do ambiente.

R3- Proteger e valorizar o património cultural.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando m udanças de estilo de vida/práticas adotadas no quotidiano/contex to pessoal e profissional.
Assum indo um a posição crítica e estabelecendo relações entre com portam entos de risco, atitudes de prevenção
e im pactos a nível local, regional, nacional, europeu e m undial.
Recorrendo a instituições/serviços com com petência em m atéria de prevenção e de preservação/m elhoria do
am biente, do patrim ónio e da saúde e reconhecendo a sua área/contex to de intervenção e principais
repercussões a nível nacional, europeu e m undial.

Contexto (de uso de competência)


Contactar diretam ente autarquias e associações de caráter social, sem pre que detetados indícios de
degradação dos espaços com unitários e/ou situações de abandono e/ou de m aus-tratos (de pessoas e/ou
anim ais).
No contex to fam iliar, prom over um estilo de vida saudável (alim entação, prática de ex ercício físico, sono,
gestão do stresse, outro).
Prom over práticas de ética social perante um risco de saúde, a nível com unitário.
Intervir em ações de carácter social que respondam de form a preventiva às questões relacionadas com a
m elhoria do am biente, do patrim ónio e da saúde.

Recursos
Recursos digitais e acesso à internet.
Constituição da República Portuguesa.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Serviço público responsável pelo patrim ónio cultural.
Serviço público responsável pela saúde.
Serviço público responsável pelas condições do trabalho.

CE_B2_A Identificar direitos e deveres fundamentais dos cidadãos e o papel do


Estado na sua garantia

70 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Identificar direitos, liberdades e garantias de direitos económicos, sociais e culturais.

R2- Identificar deveres fundamentais.

R3- Reconhecer o papel do Estado na proteção de direitos e liberdades.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Direitos hum anos. Distinguir direitos, liberdades e Responsabilidade.


garantias de direitos económ icos,
sociais e culturais.

Princípios fundam entais da Identificar direitos e deveres Consciência cívica.


Constituição da República económ icos, sociais e culturais.
Portuguesa.

Direitos e deveres dos cidadãos Reconhecer as funções dos órgãos Em patia.


consagrados na Constituição. de soberania nacional e dos órgãos
de poder político (regiões
autónom as e autarquias).

Cidadania. Tolerância, abertura e respeito


pela diversidade

Diálogo intercultural. Sentido crítico.

Ó rgãos de soberania nacional e


órgãos de poder político.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando a figura do Estado com o garante dos direitos e liberdades fundam entais.
Distinguindo os direitos e deveres de caráter político dos direitos de caráter económ ico, social e cultural.
Distinguindo os diferentes órgãos do poder político.
Reconhecendo que a sociedade funciona com regras (fam ília, grupo, país, Europa, outro) e que as m esm as são
im portantes para o seu bom funcionam ento.

Contexto (de uso de competência)


Reconhecer que perante um a coim a em itida por um a autoridade policial, pode utilizar o direito de contestação,
recorrendo aos tribunais.
Reconhecer que pode denunciar um com entário discrim inatório (género, raça, etnia, entre outros) num a rede
social.

71 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Para realizar obras de renovação na habitação, saber que tem de pedir a respetiva licença aos serviços da
Câm ara Municipal com essas com petências.

Recursos
Dispositivo tecnológico com acesso à internet.
Declaração Universal dos Direitos Hum anos.
Constituição da República Portuguesa.
Carta dos Direitos Fundam entais da União Europeia.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Diálogo Intercultural.
Serviço público responsável pelo acolhim ento e integração dos m igrantes.
Década Internacional para a Aprox im ação das Culturas (2013-2022).

CE_B2_B Reconhecer serviços e organizações nacionais na defesa dos direitos e


deveres económicos do cidadão

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Identificar os direitos e deveres dos trabalhadores.

R2- Identificar os direitos e responsabilidades do consumidor.

R3- Reconhecer serviços prestados por entidades integradas na economia social.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Direitos económ icos e deveres Identificar condições de trabalho Respeito pelas regras e norm as
económ icos. que devem ser asseguradas pela definidas.
entidade em pregadora.

Direito ao trabalho: Enum erar os direitos e deveres Iniciativa.


dos trabalhadores.

- igualdade Reconhecer a im portância das Responsabilidade.


associações representativas de
em pregadores e trabalhadores.

- condições de trabalho Reconhecer os diferentes tipos de Consciência cívica.


contratos de trabalho.

Código do Trabalho. Reconhecer o im posto cobrado Sentido crítico.


sobre determ inado produto ou
rendim ento.

72 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Identificar os direitos e deveres dos trabalhadores.

R2- Identificar os direitos e responsabilidades do consumidor.

R3- Reconhecer serviços prestados por entidades integradas na economia social.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Associações representativas de Relacionar a gestão do orçam ento Resiliência.


em pregadores e trabalhadores. fam iliar com o consum o.

Direitos e deveres do consum idor. Reconhecer o papel das entidades


reguladoras.

Im posto. Distinguir organizações da


econom ia tradicional das
organizações da econom ia social.

Consum o e poupança. Identificar bens ou serviços


prestados por entidades integradas
na econom ia social.

O rçam ento fam iliar: receitas e


despesas

Entidades que garantem a defesa


do consum idor e áreas de atuação.

Entidades Reguladoras.

Princípios de econom ia social.

O rganizações de carácter
económ ico e social.

Constituição da República
Portuguesa.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando entidades/autoridades que regulam as condições de trabalho.
Estabelecendo a relação entre rendim entos e despesas, apontando o saldo final.
Aplicando o direito de reclam ação junto de um a entidade de defesa do consum idor.
Identificando entidades reguladoras sectoriais.
Reconhecendo a m issão das organizações integradas na econom ia social.

Contexto (de uso de competência)


Perante a recusa de reparação de um eletrodom éstico ao abrigo do período de garantia, saber que pode
solicitar ajuda junto de um a entidade de apoio à defesa do consum idor para realizar um a reclam ação.

73 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Reconhecer que pode recorrer à entidade reguladora do sector para resolver um conflito com um operador,
nom eadam ente de telecom unicações.
Reconhecer os direitos e os deveres dos trabalhadores, nom eadam ente o direito à associação em contex to
laboral.
Identificar um a instituição para solicitar apoio dom iciliário.

Recursos
Referencial de educação financeira.
Constituição da República Portuguesa.
Código do trabalho.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Serviços de apoio ao consum idor.
Dispositivo eletrónico com acesso à internet.

CE_B2_C Colaborar no planeamento e na implementação de projetos pessoais,


profissionais e sociais

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Identificar no plano pessoal, social e/ou profissional necessidades de melhoria.

R2- Colaborar na elaboração de um plano de ação com base nas necessidades identificadas.

R3- Colaborar na implementação do plano de ação.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Tipos de Em preendedorism o: Reconhecer princípios-base do Criatividade.


Social, Económ ico, Am biental e em preendedorism o.
Cultural.

Perfil do Em preendedor. Identificar as com petências do Iniciativa.


em preendedor e com o pode
desenvolvê-las.

Ferram entas de autoconhecim ento Identificar as suas forças e Responsabilidade.


(consciência das forças e fraquezas). fraquezas.

Métodos de planeam ento e gestão Analisar um problem a sim ples e Curiosidade.


de projetos: processos e recursos. identificar recursos a m obilizar.

Princípios básicos de econom ia. Distinguir as fases de um plano de Perseverança.


ação.

74 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Identificar no plano pessoal, social e/ou profissional necessidades de melhoria.

R2- Colaborar na elaboração de um plano de ação com base nas necessidades identificadas.

R3- Colaborar na implementação do plano de ação.

Conhecimentos A ptidões A titudes

O portunidades sociais e Form ular objetivos, m eios e Espírito de equipa.


económ icas (e.g.: m edidas de apoio recursos para im plem entar o plano
ao em prego, à form ação, à criação de ação.
de negócio, a projetos culturais e a
iniciativas com unitárias).

Princípios éticos. Im plem entar um plano de ação. Assertividade na com unicação.

Sustentabilidade dos projetos. Com unicar com diferentes Autonom ia.


interlocutores.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando as com petências em preendedoras a m obilizar em diferentes contex tos (pessoal, profissional,
social).
Caraterizando o processo da tom ada de decisão.
Identificando as principais dificuldades sentidas e form as de as ultrapassar.
Identificando os possíveis im pactos e resultados esperados (a curto, m édio e/ou longo prazo).
Diferenciando as fases do plano de ação.

Contexto (de uso de competência)


No contex to do seu posto de trabalho, analisar os seus pontos fortes (forças) bem com o os seus pontos fracos
(fraquezas), as vantagens (oportunidades) e dificuldades (am eaças) e definir um plano de m elhoria.
Identificar um problem a no bairro/condom ínio onde habita e fazer um a proposta de atuação.
Para investim ento na carreira profissional, pesquisar ações de form ação com vista ao desenvolvim ento de
com petências.

Recursos
Dispositivo eletrónico com acesso à internet.
Serviço público de em prego (Centros de Em prego do Instituto de Em prego e Form ação Profissional)
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).

CE_B2_D Colaborar na promoção da saúde e na preservação do ambiente e do


património

75 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Colaborar na promoção da saúde e bem-estar.

R2- Colaborar na preservação do ambiente.

R3- Colaborar na proteção e valorização do património cultural.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Saúde Identificar os determ inantes da Curiosidade.


saúde.

Am biente e qualidade de vida Aplicar regras de higiene e Iniciativa.


segurança pessoal e no trabalho.

Patrim ónio Cultural Pesquisar inform ação no âm bito Em penho e persistência na


da saúde. resolução de problem as.

Enum erar os direitos e deveres do Respeito.


cidadão no que respeita à Saúde, ao
Am biente e ao Patrim ónio Cultural,
bem com o as responsabilidades do
Estado.

Identificar os principais riscos Responsabilidade.


globais relacionados com os “erros”
am bientais.

Ex ercer com portam entos Sentido crítico.


sustentáveis face ao am biente.

Ex ercer com portam entos de Capacidade de cooperação.


proteção e valorização do patrim ónio
cultural.

Espírito cívico.

Autonom ia.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Identificando m udanças de estilo de vida/práticas adotadas no quotidiano/contex to pessoal e profissional.
Estabelecendo relações entre com portam entos de risco, atitudes de prevenção e im pactos a nível local, regional
e nacional.
Distinguindo instituições/serviços, com com petência em m atéria de prevenção e de preservação/m elhoria do
am biente, do patrim ónio e da saúde.
Identificando a área/contex to de intervenção das diferentes instituições de caráter social e as principais

76 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
repercussões da sua intervenção a nível nacional.

Contexto (de uso de competência)


Participar em cam panhas de reflorestação de espaços verdes.
Participar em atividades cívicas, ex .: a m anutenção do patrim ónio (lim peza/reconstrução de um
m onum ento/espaço com unitário) e/ou ações de voluntariado num a associação/instituição de cariz social
(hospitais, lares, casas de acolhim ento, distribuição de alim entos, entre outros).
Recorrer aos sistem as de saúde para a realização de consultas, análise ou ex am es, para diagnóstico ou
prevenção da doença.

Recursos
Recursos digitais e acesso à internet.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Constituição da República Portuguesa.
Serviço público responsável pelo patrim ónio cultural.
Serviço público responsável pela saúde.
Serviço público responsável pelas condições do trabalho.

CPSA_1 Agir com autonomia

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Organizar e utilizar informação.

R2- Gerir o tempo.

R3- Tomar decisões.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Métodos de organização do Identificar os seus próprios Autorreflex ão.


trabalho. interesses.

Gestão da inform ação. Identificar e selecionar a Iniciativa.


inform ação necessária.

Gestão do tem po. Analisar e com parar fontes de Proatividade.


inform ação.

77 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Organizar e utilizar informação.

R2- Gerir o tempo.

R3- Tomar decisões.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Modelos de tom ada de decisão. Definir objetivos, m eios e recursos Voluntarism o.


para im plem entar soluções e
estratégias de atuação.

Tipos de decisões. Realizar um a autorreflex ão sobre Respeito pelas regras e norm as


os fatores individuais de desperdício definidas.
de tem po.

Selecionar m étodos e utilizar Em penho.


instrum entos de organização do
trabalho e gestão do tem po.

Identificar os princípios Segurança e convicção nas suas


subjacentes à tom ada de decisão. opiniões e decisões/ações.

Selecionar e utilizar técnicas de Autonom ia


análise e tom ada de decisão.

Analisar problem as e tom ar


decisões.

Avaliar ações e com prom issos


assum idos.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Utilizando as estratégias para localizar, recolher e validar inform ação, im plicando-se na pesquisa e gestão da
inform ação relevante.
Identificando, relacionando e utilizando dados, adequando-os às ex pectativas, necessidades e objetivos.
Estabelecendo prioridades, conciliando atividades provenientes das esferas profissional/pessoal/fam iliar.
Concretizando projetos e tarefas, im plem entando e acom panhando soluções baseadas nas inform ações
selecionadas.
Justificando, avaliando e revendo as ações e opções tom adas, agindo em conform idade com as m esm as.

Contexto (de uso de competência)


O rganizar a agenda conciliando eventos da vida profissional/pessoal/fam iliar.
Avaliar a ‘inform ação nutricional’ de um alim ento com ercializado por diferentes m arcas e tom ar decisões de
consum o.
Contratualizar um pacote de seguro pessoal de saúde.

78 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Recursos
Legislação de referência.
Instrum entos de análise situacional (ex .: Análise SW O T).
Acesso à internet.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Instrum entos de organização do trabalho e gestão do tem po (ex .: agenda).

CPSA_2 Interagir com os outros

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Comunicar com os outros.

R2- Cooperar e trabalhar com os outros.

R3- Gerir situações de conflito.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Modelos de com unicação. Identificar e aplicar técnicas de Escuta ativa.


com unicação e escuta ativa.

Barreiras na com unicação. Utilizar diferentes linguagens e Assertividade e em patia na


sím bolos necessários à com unicação.
com unicação.

Funções da com unicação. Reconhecer e utilizar diferentes Tolerância para com os outros.
form as de gerir as em oções.

Com unicação e escuta ativa. Utilizar linguagens adequadas aos Respeito pelas diferenças
diferentes contex tos e pessoas. individuais.

Ex pressão verbal e não-verbal. Avaliar situações a partir da Colocar-se na perspetiva do outro.


perspetiva do outro.

Técnica da crítica construtiva Utilizar m étodos de organização


do trabalho em grupo.

Conceito de feedback. Identificar e utilizar diferentes


form as de resolução de conflitos.

Tipos de em oções. Preparar, gerir e resolver situações


que envolvam negociação.

79 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Comunicar com os outros.

R2- Cooperar e trabalhar com os outros.

R3- Gerir situações de conflito.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Conceito de em patia.

Métodos de trabalho colaborativo.

Teoria e dinâm ica de grupo.

Conceito de conflito.

Estilos de gestão de conflitos.

Conflito e técnicas de negociação.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Utilizando um a linguagem clara e sim ples, aplicável aos diferentes interlocutores e diferentes contex tos
(cooperação, partilha, colaboração e com petição).
Adotando estratégias de com unicação que perm itam estabelecer relações com os outros, nos vários contex tos
de vida.
Argum entando, negociando e aceitando diferentes pontos de vista.
Integrando diferentes propostas/pontos de vista e propondo soluções adequadas à situação.

Contexto (de uso de competência)


Planear e participar num a reunião de condom ínio/associação.
Moderar um a pequena discussão fam iliar/profissional.
Trabalhar num projeto com um a equipa.

Recursos
Legislação/regulam entos internos de referência.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Instrum entos de apoio ao planeam ento e organização de ideias.
Acesso à internet.

80 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
CPSA_3 Resolver problemas

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Identificar e analisar o problema.

R2- Identificar possíveis soluções para o problema.

R3- A valiar as soluções e tomar decisões.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Técnicas de análise de inform ação. Recolher e interpretar dados. Escuta ativa.

Técnicas de pensam ento lateral. Utilizar diferentes abordagens na Flex ibilidade e abertura de
análise de situações (pensam ento pensam ento.
lateral, criativo e critico).

Método de pensam ento crítico. Identificar os princípios Abertura à m udança.


subjacentes à tom ada de decisão.

Método de pensam ento criativo. Selecionar diferentes soluções. Iniciativa.

Técnicas de resolução de Avaliar vantagens e desvantagens Resiliência.


problem as (SW O T, brainstorm ing, das diferentes soluções
…). encontradas.

Com unicação assertiva. Preparar, gerir e resolver situações


que envolvam negociação.

Modelos de tom ada de decisão.

Técnicas de negociação.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Determ inando as suas causas e natureza e propondo várias soluções para a sua resolução.
Adaptando as soluções encontradas às contingências e, face às possíveis eventualidades, optando por um a
solução diferente da inicialm ente escolhida (“flex ibilidade m ental" na resolução de problem as).
Argum entando, negociando e aceitando diferentes pontos de vista e propondo soluções adequadas à situação.
Avaliando as diferentes alternativas ex istentes e ponderando as consequências das decisões tom adas.

81 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Contexto (de uso de competência)
Resolver a falha de entrega de um a encom enda postal após o serviço ter sido pago.
Resolver um a situação de despesa inesperada no orçam ento fam iliar/pessoal.
Resolver um a situação de queix a/reclam ação no serviço prestado.

Recursos
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Acesso à internet.
Instrum entos de análise situacional (ex .: Análise SW O T).
Legislação de referência.

CPSA_4 Aprender ao longo da vida

Pontos de Créditos 0

Carga Horária 25
Associada

Realizações

R1- Inventariar competências adquiridas ao longo da vida em contextos formais, informais e não formais.

R2- Identificar áreas de interesse e necessidades de aquisição de novas competências.

R3- Consolidar e aprofundar competências ao longo da vida.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Autoconceito. Reconhecer características Autorreflex ão.


individuais próprias e estilos de
aprendizagem .

Balanço de com petências. Reconhecer a im portância do Motivação e autoconfiança para


autoconceito para o processo de aprender ao longo da vida.
aprendizagem .

Princípios base da aprendizagem . Descrever ex periências adquiridas Iniciativa.


ao longo da vida em contex tos
diversificados (form al, não-form al e
inform al).

Contex tos de aprendizagem Identificar com petências pessoais Curiosidade.


(form ais, não-form ais e inform ais). necessárias à aprendizagem ao
longo da vida.

82 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Realizações

R1- Inventariar competências adquiridas ao longo da vida em contextos formais, informais e não formais.

R2- Identificar áreas de interesse e necessidades de aquisição de novas competências.

R3- Consolidar e aprofundar competências ao longo da vida.

Conhecimentos A ptidões A titudes

Estilos de aprendizagem . Pesquisar inform ação acerca de Flex ibilidade e abertura de


tem áticas e assuntos para os quais pensam ento.
tem curiosidade, interesse ou
necessidade.

O rientações m otivacionais para a Realizar um a autorreflex ão sobre Autodisciplina/dedicação.


aprendizagem . as necessidades e lacunas ao nível
das com petências necessárias
aplicáveis no dia a dia.

Identificar e avaliar oportunidades Abertura para m udar e reform ular


de form ação aplicável às suas as suas escolhas.
necessidades.

Responsabilidade face à sua


aprendizagem .

Resiliência.

Criterios de Desempenho
Esta Unidade de Com petência contem pla os seguintes critérios de desem penho:
Efetuando um a autoavaliação das com petências adquiridas em contex tos form ais, não-form ais e inform ais e
do im pacto das m esm as a nível pessoal e profissional.
Avaliando as suas forças e fraquezas e identificando áreas de m elhoria.
Avaliando oportunidades de qualificação, seja através de vias de aprendizagem form ais ou não form ais.
Planeando, ajustando e refletindo sobre o seu percurso educativo/form ativo num a lógica de m édio e longo
prazo, tendo em conta os seus objetivos, necessidades e contex tos de vida.
Aplicando, na prática e no seu dia-a-dia, as aprendizagens que vai realizando.

Contexto (de uso de competência)


Elaborar um docum ento representativo do seu percurso pessoal e profissional.
Elaborar um plano de desenvolvim ento pessoal contínuo.
Participar em conferências/sem inários no âm bito pessoal ou profissional.
Participar em atividades cívicas e/ou em ações de voluntariado.

Recursos
Ferram entas e instrum entos de autoavaliação.

83 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Fontes de inform ação diversas sobre m odalidades de educação e form ação.
Portefólio reflex ivo de aprendizagens.
Referenciais de com petências e de form ação.
Legislação e norm ativos de form ação inicial e contínua.
Livros (im pressos, e-books e audiolivros).
Instrum entos de m onitorização e avaliação do processo de aprendizagem e dos resultados.
Acesso à internet.

2.2. Formação Tecnológica

7731 Higiene e segurança alimentar na restauração 25 horas

1. Identificar procedim entos de prevenção e controlo dos m icrorganism os na produção e


confeção alim entar.
2. Identificar as norm as e procedim entos de higiene no m anuseam ento e m anipulação
dos alim entos – nom eadam ente, na preparação, confeção/processam ento,
conservação e distribuição.
Especificações 3. Identificar as norm as de conservação no arm azenam ento dos alim entos.
4. Reconhecer a im portância da lim peza e desinfeção dos alim entos,
utensílios/equipam entos e instalações, de acordo com as norm as higiene e segurança
alim entar.
5. Reconhecer a im portância da aplicação de procedim entos de um sistem a preventivo
de segurança alim entar.

Conteúdos
1. Noções de m icrobiologia dos alim entos
1.1. Microrganism os - definição e ação
1.2. Influência dos m icrorganism os nos produtos alim entares
1.3. Fatores intrínsecos de desenvolvim ento
1.4. Fatores ex trínsecos de desenvolvim ento
1.5. Deterioração e conservação dos produtos alim entares
1.6. Bactérias agentes de tox infecções alim entares
2. Noções de higiene
3. Procedim entos de m anipulação de alim entos
3.1. Preparação
3.2. Confeção/processam ento
3.3. Conservação
3.4. Distribuição
4. Contam inação dos alim entos
5. Conservação e arm azenam ento de géneros alim entícios
6. Noções de lim peza e desinfeção
7. Introdução à aplicação de procedim entos de um sistem a preventivo, que garanta a segurança dos alim entos
7.1. Regulam entação em vigor

84 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
7.2. Introdução
7.3. Princípios e conceitos
7.4. Term inologia
7.5. Etapas de aplicação do sistem a

8211 Higiene e segurança no trabalho na restauração 25 horas

1. Identificar as norm as e procedim entos de segurança na restauração.


2. Aplicar as norm as de higiene pessoal, dos espaços, das instalações e dos
equipam entos.
Especificações 3. Reconhecer a im portância das norm as de saúde no ex ercício das profissões da
restauração.
4. Aplicar procedim entos de prevenção e controlo de acidentes e riscos em contex to
profissional.

Conteúdos
1. Norm as de segurança e higiene na restauração
1.1. Sinalização de segurança das instalações e equipam entos
1.2. Manuseam ento de equipam entos
1.3. Norm as de higiene pessoal, dos espaços, das instalações e dos equipam entos
1.4. Proteção coletiva e individual
1.5. Uniform es
1.6. Produtos perigosos (rotulagem , arm azenagem e m anuseam ento)
2. Condições de saúde dos profissionais da restauração
3. Tipos de risco e seu controlo
3.1. Incêndios
3.2. Riscos elétricos
3.3. Trabalho com m áquinas e equipam entos
3.4. Movim entação m anual e m ecânica de cargas
3.5. O rganização e dim ensionam ento do posto de trabalho
3.6. Posturas no trabalho
3.7. Ilum inação
3.8. Atm osferas perigosas
3.9. Ruído
4. Gestão do risco
4.1. Consequências dos acidentes de trabalho
4.2. Avaliação do risco profissional
5. Procedim entos de em ergência e risco
5.1. Técnicas de atuação e orientação
5.2. Caix a de prim eiros socorros

85 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
8218 Língua inglesa - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em inglês, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em inglês, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua inglesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas inglesas

8212 Operações de cálculo e unidades de medida 25 horas

1. Efetuar operações sim ples de cálculo.


Especificações 2. Identificar e utilizar os sistem as internacionais de m edida.
3. Realizar a conversão dos sistem as internacionais de m edida.

Conteúdos
1. O perações m atem áticas
1.1. Cálculo

86 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1.2. Proporções
1.3. Percentagens
2. Sistem a internacional de m edidas
2.1. Pesos
2.2. Distâncias
2.3. Volum es
2.4. Tem peraturas
3. Tabela de conversão de unidades de m edida

8213 Conduta profissional na restauração 25 horas

1. Identificar as estruturas organizacionais na restauração.


Especificações 2. Aplicar as regras profissionais em contex to de trabalho.
3. Aplicar técnicas de com unicação no âm bito do trabalho em equipa.

Conteúdos
1. Estruturas organizacionais na restauração
1.1. O rganização interna
1.2. Hierarquia profissional
1.3. Brigadas e funções
2. Regras profissionais específicas
2.1. Apresentação
2.2. Vestuário
2.3. Assiduidade e pontualidade
2.4. Atitude e postura profissionais
2.5. Norm as de higiene e segurança
3. Trabalho em equipa
3.1. Com unicação interpessoal
3.2. Estilos com unicacionais
3.3. O rganização do trabalho
3.4. Gestão de conflitos

8259 Princípios de nutrição e dietética 25 horas

1. Reconhecer os princípios da nutrição e alim entação


Especificações 2. Classificar os constituintes alim entares.
3. Aplicar princípios de nutrição e dietética em em entas.

87 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Conteúdos
1. Nutrição e alim entação
1.1. Conceitos
1.2. Funções da alim entação
2. Constituintes alim entares
3. Metabolism o
3.1. Funções do aparelho digestivo
3.2. - Processo digestivo
4. Roda dos alim entos e grupos alim entares
5. Alim entação equilibrada
5.1. Regras
5.2. Principais erros alim entares
5.3. Necessidades diárias de nutrientes
5.4. Alim entação racional
6. Noções para a elaboração de em entas

7297 Turismo Inclusivo - oportunidades e desafios 25 horas

1. Com preender o conceito de "turism o inclusivo", o quadro norm ativo-legal que o


suporta e a relevância estratégica do seu desenvolvim ento para o setor do turism o,
para os seus em presários e trabalhadores e tam bém para as pessoas com deficiência
2. Identificar as "necessidades especiais" deste segm ento da procura turística, os
Especificações requisitos específicos da oferta turística e as atitudes requeridas para um
relacionam ento pessoal adequado com estes clientes
3. Apoiar/assistir pessoalm ente clientes com necessidades especiais, em m atéria de
m obilidade, orientação e com unicação, nas situações com uns/transversais aos
diversos setores em que estão organizados os serviços turísticos

Conteúdos
1. Turism o inclusivo –causas e objectivos
2. Enquadram ento político e norm ativo do Turism o Inclusivo
2.1. Contex to norm ativo internacional/UE
2.1.1. Legislação europeia
2.1.2. Legislação nacional
2.2. Conceitos principais
2.2.1. Deficiência
2.2.2. Acessibilidade
2.2.3. Design inclusivo
2.2.4. Produtos de apoio: tipologia e ISO 9999/2007
3. O cliente com deficiência m otora
3.1. Deficiência m otora, lim itações/necessidades especiais na m obilidade e acessibilidade dos serviços
turísticos
3.1.1. Deficiência m otora
3.1.2. Tipos de deficiência m otora

88 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
3.1.3. Lim itações e necessidades das pessoas com deficiência m otora
3.2. Produtos e m eios de apoio
3.2.1. Cadeiras de rodas
3.2.2. Espaço de m ovim entação
3.2.3. Zona de perm anência e de m anobra
3.2.4. Aux iliares de m archa
3.3. Requisitos da oferta turística
3.3.1. Acessibilidade física
3.3.2. Barreiras físicas
3.3.3. Transportes
3.4. Legislação nacional
3.5. Necessidades especiais de relacionam ento interpessoal e atitudes dos profissionais de atendim ento
3.5.1. Necessidades detectadas
3.5.2. Relacionam ento pessoal e social
3.6. Práticas de serviço
3.6.1. Utilização/m anipulação de cadeira de rodas
3.6.2. Apoio à deslocação e transferência para outros assentos
3.6.3. Cuidados de relacionam ento no serviço
4. O cliente com deficiência visual
4.1. Deficiência visual, lim itações/necessidades especiais na m obilidade e orientação e acessibilidade dos
serviços turísticos
4.1.1. Deficiência visual
4.1.2. Lim itações das pessoas com deficiência visual
4.1.3. O rientação e Mobilidade
4.1.4. Necessidades especiais da pessoa cega ou com baix a visão
4.2. Produtos e m eios de apoio à deficiência visual
4.2.1. Braille, áudio descrição e form ato digital
4.2.2. Acessibilidade nas TIC
4.2.3. Requisitos de acessibilidade na W EB
4.2.4. O acom panhante/ guia
4.2.5. O cão-guia
4.2.6. Sinalética
4.3. Requisitos da oferta turística
4.3.1. Requisitos
4.3.2. Acessibilidade
4.4. Legislação
4.5. Necessidades especiais de relacionam ento interpessoal e atitudes dos profissionais de atendim ento
4.5.1. Necessidades especiais de relacionam ento interpessoal
4.5.2. Atitudes de relacionam ento e aspetos com unicacionais
4.6. Práticas de serviço
4.6.1. Cuidados de relacionam ento
5. O cliente com deficiência auditiva
5.1. Deficiência auditiva, lim itações/necessidades especiais na com unicação e com preensão da inform ação e
acessibilidade dos serviços turísticos
5.1.1. Deficiência auditiva
5.1.2. Graus e tipos de deficiência auditiva

89 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
5.1.3. População surda
5.1.4. Causas e consequências da deficiência auditiva
5.1.5. Lim itações da pessoa com deficiência auditiva
5.1.6. Lim itações com unicacionais
5.1.7. Necessidades específicas da pessoa surda
5.2. Produtos e m eios de apoio
5.2.1. Produtos de apoio para a deficiência auditiva
5.2.2. Língua gestual portuguesa e cães de assistência
5.3. Requisitos da oferta turística
5.3.1. O ferta turística
5.3.2. Acessibilidade
5.4. Legislação
5.5. Necessidades especiais de relacionam ento interpessoal e atitudes dos profissionais de atendim ento
5.6. Necessidades especiais de relacionam ento interpessoal
5.7. Com unicação e atitudes dos profissionais
5.8. Práticas de serviço
5.8.1. Práticas de serviço de atendim ento
5.8.2. Aspetos com unicacionais para grupos de surdos
6. O cliente com deficiência intelectual ou com m ultideficiência
6.1. Deficiência intelectual e m ultideficiência, lim itações/necessidades especiais e acessibilidade dos serviços
turísticos
6.1.1. Deficiência intelectual e m ultideficiência
6.1.2. Graus e causas de deficiência Intelectual
6.1.3. Características de alguns síndrom as associados à deficiência intelectual
6.1.4. Lim itações das pessoas com deficiência intelectual
6.1.5. Necessidades especiais das pessoas com deficiência intelectual
6.2. O direito das pessoas com deficiência intelectual ao lazer e ao turism o
6.2.1. Pessoas com deficiência intelectual e o turism o
6.2.2. Requisitos da oferta turística e acessibilidades
6.3. Serviço, com unicação e relacionam ento interpessoal
6.3.1. Práticas de serviço e relacionam ento
6.3.2. Práticas de serviço no atendim ento
7. O cliente sénior com lim itações m otoras, sensoriais e/ou intelectuais
7.1. O cliente sénior, as suas lim itações/necessidades especiais e a acessibilidade dos serviços turísticos
7.2. Processo de envelhecim ento
7.3. População idosa
7.4. Características do turism o sénior
7.5. Turista sénior com lim itações cognitivas, m otoras, visuais e/ou auditivas
7.6. Necessidades do cliente sénior com lim itações
7.7. Requisitos da oferta e acessibilidades
7.8. Produtos de apoio e acessibilidades
7.9. Acessibilidades e legislação
7.9.1. Serviço, com unicação e relacionam ento interpessoal
7.10. Aspetos com unicacionais
7.11. Práticas de serviço

90 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
7.12. Relacionam ento interpessoal e atitudes dos profissionais de atendim ento

7298 Turismo inclusivo na restauração 25 horas

1. Identificar as condições de acessibilidade para clientes com necessidades especiais,


assim com o os produtos de apoio disponíveis
2. Acolher adequadam ente o cliente com necessidades especiais
3. Efectuar o serviço de m esa, bar ou cafetaria, tendo em conta as especificidades
decorrentes das necessidades especiais do cliente, das soluções disponíveis e das
Especificações solicitações e ex plicações do cliente
4. Apoiar o cliente com necessidades especiais no acesso aos alim entos e às bebidas em
serviço de buffet, coffee-break e room -service
5. Relacionar-se com o cliente com necessidades especiais, ao longo de todo o serviço,
de m odo a que este se sinta aceite, com preendido e valorizado com o pessoa cliente
na unidade de restauração

Conteúdos
1. O cliente com deficiência m otora num a unidade de restauração
1.1. Condições de acessibilidade e produtos de apoio
1.1.1. Acessibilidade no ex terior da unidade
1.1.2. Acessibilidade ao interior da unidade
1.1.3. Acessibilidade no interior da unidade
1.1.4. Características da casa de banho acessível
1.1.5. Produtos de apoio e verificação de requisitos
1.2. Acolhim ento do cliente
1.2.1. Acolhim ento
1.2.2. Regras de acolhim ento
1.2.3. Encam inham ento do cliente à m esa
1.2.4. Apoio na locom oção
1.2.5. Acom odação do cliente
1.3. Serviço de m esa, bar e cafetaria
1.3.1. Pedido
1.3.2. Ajustam ento da m ise-en-place
1.3.3. Mobilização de produtos de apoio
1.3.4. Serviço
1.4. Serviço de alim entos e bebidas nas m odalidades de buffet, coffee-break e room -service
1.4.1. Serviço de buffet e coffee-break
1.4.2. Serviço de room -service
1.5. Relacionam ento interpessoal
1.5.1. Em patia no serviço de restauração
1.5.2. Factores favorecedores e dificultadores da em patia
2. O cliente com deficiência visual num a unidade de restauração
2.1. Condições de acessibilidade e produtos de apoio
2.1.1. Condições de acessibilidade

91 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
2.1.2. Produtos de apoio e práticas de serviço
2.2. Acolhim ento do cliente
2.2.1. Acolhim ento
2.2.2. Encam inham ento para a m esa
2.2.3. Cão-guia
2.3. Serviço de m esa, bar e cafetaria
2.3.1. Pedido
2.3.2. Mise-en-place
2.3.3. Serviço
2.3.4. Saída da unidade de restauração
2.4. Serviço de alim entos e bebidas nas m odalidades de buffet, coffee-break e room -service
2.4.1. Serviço de buffet e coffee-break
2.4.2. Serviço de room -service
2.5. Relacionam ento interpessoal
2.5.1. Direito à não-discrim inação
3. O cliente com deficiência auditiva num a unidade de restauração
3.1. Acolhim ento do cliente
3.1.1. Acolhim ento
3.1.2. Língua gestual portuguesa
3.1.3. Com unicação
3.1.4. Cão para surdos
3.2. Serviço de m esa, bar, cafetaria, buffet e room -service
3.2.1. Apresentação da em enta e anotação do pedido
3.2.2. Serviço
3.3. Relacionam ento interpessoal
3.3.1. Conhecim ento e aceitação
4. O cliente com deficiência intelectual e/ou m ultideficiência num a unidade de restauração
4.1. Condições de acessibilidade e produtos de apoio
4.1.1. Deficiência intelectual
4.1.2. Verificação de requisitos
4.2. Acolhim ento do cliente
4.3. Serviço de m esa, bar e cafetaria
4.3.1. Pedido
4.3.2. Mise-en-place
4.3.3. Serviço
4.4. Serviço de buffet, coffee-break e room -service
4.4.1. Serviço de buffet e coffee-break
4.4.2. Serviço de room -service
4.5. Relacionam ento interpessoal
4.5.1. Estereótipos
5. O cliente sénior com lim itações m otoras, sensoriais e/ou intelectuais num a unidade de restauração
5.1. Condições de acessibilidade e produtos de apoio
5.1.1. Cliente sénior
5.1.2. Acessibilidades
5.1.3. Produtos de apoio

92 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
5.2. Acolhim ento do cliente
5.3. Serviço de m esa, bar e cafetaria
5.3.1. Pedido e m ise-en-place
5.3.2. Serviço
5.4. Serviço de buffet, coffee-break e room -service
5.4.1. Serviço de buffet e coffee-break
5.4.2. Serviço de room -service
5.5. Relacionam ento interpessoal
5.5.1. Necessidades do cliente sénior em m atéria de com unicação

3299 Cozinha - organização e funcionamento 50 horas

1. Identificar a organização e as regras de funcionam ento da cozinha.


2. Identificar os equipam entos e utensílios de cozinha adequados às diferentes técnicas
de preparação e confeção dos produtos alim entares.
Especificações 3. Efetuar o aprovisionam ento dos produtos alim entares, assegurando o estado de
conservação dos m esm os.
4. Identificar os procedim entos inerentes à produção na cozinha.
5. Reconhecer a im portância do cum prim ento das norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. O rganização e funcionam ento da cozinha
1.1. Tipologia de serviços
1.2. Legislação reguladora da com ercialização de produtos alim entares
1.3. Instalações
1.4. Equipam entos
1.5. Utensílios
1.6. Indum entária
1.7. Brigada de cozinha
1.8. Circuitos
1.9. O rganização e articulação com o serviço de restaurante
1.10. Term inologia
2. Tecnologia dos equipam entos e utensílios de cozinha
2.1. Características
2.2. Funções
2.3. Higienização, m anutenção e conservação
3. Aprovisionam ento dos produtos alim entares
3.1. Planos de produção, cartas, em entas, receitas, fichas técnicas, tabelas de capitação e de desperdício
3.2. Form ulários de encom enda
3.3. Form ulário de entrega
3.4. Registo de receção, conferência e verificação de qualidade
3.5. Não conform idades e reclam ações

93 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
3.6. Regras de acondicionam ento, arm azenam ento e conservação das m atérias-prim as perecíveis e não
perecíveis
3.7. Controlo de stock s
4. Procedim entos de organização da cozinha
4.1. Processo e suporte docum ental
4.2. Planeam ento da produção
4.3. Disposição dos m eios físicos
4.4. O rganização do trabalho
4.5. Interface entre serviços
4.6. Previsão dos m eios necessários
4.7. Lim peza da secção
5. Norm as de higiene e segurança

3334 Requisições, controlo de custos e faturação de 25 horas


serviços

1. Efetuar requisições e notas de encom enda.


Especificações 2. Controlar os custos associados à requisição de produtos.
3. Faturar e cobrar serviços prestados.

Conteúdos
1. Seleção de fornecedores
2. Docum entação técnica de requisição e encom enda de produtos
2.1. Registo
2.2. Transm issão
2.3. Controlo das requisições e fornecim entos internos e ex ternos
2.4. Folhas de transferência
2.5. Folhas de quebras
2.6. O utra
3. Controlo de custos
3.1. O bjetivos
3.2. Docum entos
3.3. Procedim entos
4. Rentabilidade de alim entos e de bebidas
4.1. Rácios
4.2. Tax as de lucro
4.3. Capitações
4.4. O utros
5. Cálculo, contabilização e faturação
5.1. Norm as
5.2. Meios e processos (m anuais, m áquinas de calcular, suportes inform áticos)
6. Cobrança

94 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
6.1. Meios de pagam ento (cartões de débito e de crédito, cheques, dinheiro)

8260 Comunicação, vendas e reclamações na restauração 50 horas

1. Atender e acolher o cliente.


2. Aplicar técnicas de venda.
3. Articular com os diferentes serviços de m odo a satisfazer os pedidos dos clientes.
Especificações
4. Gerir reclam ações.
5. Prestar cuidados de bem -estar.
6. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Norm as técnicas e protocolares do atendim ento de clientes
1.1. Regras de protocolo
1.2. Cooperação e articulação entre serviços
2. Com unicação no atendim ento
2.1. Assertividade
2.2. Mark eting pessoal
2.3. Interação com o cliente
3. Processo de atendim ento ao cliente
3.1. Acolhim ento, acom odação e entrega das cartas
3.2. Atendim ento personalizado
3.3. Finalização e despedida
4. Técnicas de venda no decurso do serviço
4.1. Técnicas de negociação e venda
4.2. Etapas de venda
4.3. Controlo de venda
5. Gestão de reclam ações
5.1. Técnicas de resolução de reclam ações
5.2. Procedim entos
5.3. Encam inham ento de reclam ações
6. Norm as de higiene e segurança

3337 Serviço de vinhos 25 horas

1. Identificar os tipos de vinhos.


2. Reconhecer as regiões vitivinícolas.
Especificações
3. Preparar e ex ecutar o serviço de vinhos.
4. Cum prir norm as de higiene e segurança.

95 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Conteúdos
1. Tipos de vinhos e sua classificação
1.1. Brancos, tintos, verdes, rosés, espum antes, espum osos e outros
2. Im portância da valorização dos vinhos portugueses
3. Regiões dem arcadas portuguesas e características dos respetivos vinhos
4. Modos de conservação dos vinhos
5. Utensílios e tipos de copos adequados a cada vinho
6. Com patibilidade entre vinhos e alim entos
7. Tecnologia dos equipam entos e utensílios
8. Norm as técnicas e protocolares
8.1. Regras de serviço dos diversos tipos de vinho
8.2. Procedim entos de transporte
8.3. Tem peraturas a que devem ser servidos
8.4. Apresentação e desarrolhar da garrafa
8.5. Decantação
8.6. Verter do vinho
8.7. Degustação
9. Noções de higiene e segurança

8261 Língua inglesa – serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em inglês, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias do
Especificações serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em inglês, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua inglesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico dos serviços de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever

96 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

8262 Serviço de restaurante/bar – organização e 50 horas


funcionamento

1. Identificar as características e regras de funcionam ento do restaurante/bar.


2. Identificar os equipam entos e utensílios do restaurante/bar, adequados às diferentes
técnicas de serviço.
3. Identificar a estrutura e com posição das em entas, cartas de restaurante, vinhos e bar.
Especificações
4. Efetuar o aprovisionam ento dos diversos produtos, assegurando o estado de
conservação dos m esm os.
5. Identificar os procedim entos inerentes à organização do serviço de restaurante/bar.
6. Reconhecer a im portância do cum prim ento das norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. O rganização e funcionam ento do restaurante/bar
1.1. Tipologia de estabelecim entos
1.2. Características e norm as de funcionam ento
1.3. Instalações
1.4. Equipam entos
1.5. Utensílios
1.6. Indum entária
1.7. Atoalhados
1.8. Funções da brigada de restaurante/bar
1.9. Circuitos
2. Articulação com os outros serviços
2.1. Term inologia
3. Tecnologia dos equipam entos e utensílios de restaurante/bar
3.1. Características
3.2. Funções
3.3. Higienização, m anutenção e conservação
4. Em entas, cartas de restaurante, vinhos e bar
4.1. Estrutura
4.2. Com posição
5. Aprovisionam ento dos diversos produtos (utensílios e consum íveis)
5.1. Form ulários de encom enda
5.2. Form ulário de entrega
5.3. Registo de receção, conferência e verificação de qualidade

97 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
5.4. Não conform idades e reclam ações
5.5. Regras de acondicionam ento, arm azenam ento e conservação das m atérias-prim as perecíveis e não
perecíveis
5.6. Controlo de stock s
6. Procedim entos de organização do restaurante/bar
6.1. Processo e suporte docum ental
6.2. Planeam ento do serviço
6.3. Disposição dos m eios físicos
6.4. O rganização do trabalho
6.5. Interface entre serviços
6.6. Previsão dos m eios necessários
6.7. Lim peza da secção
7. Norm as de higiene e segurança

8263 Serviço de restaurante/bar – mise-en-place 25 horas

1. Preparar as condições para a ex ecução do serviço de restaurante/bar.


Especificações 2. Identificar as secções de apoio e de interface com o serviço de restaurante/bar.
3. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Técnicas de preparação do restaurante/bar
1.1. Disposição do m obiliário, dos equipam entos, utensílios
1.2. Regras básicas de decoração dos espaços (salas e m esas)
1.3. Circuitos de serviço (recolha, entrega e transporte de utensílios, alim entos e bebidas)
1.4. Condições de bem -estar (lum inosidade, tem peratura, sonoridade)
2. Tecnologia das m atérias-prim as
2.1. Classificação, caraterísticas e conservação das m atérias-prim as
2.2. Controlo, gestão e reposição de stock s
3. Equipam entos e utensílios
3.1. Funcionalidade e adequabilidade
3.2. Técnicas de utilização e m anuseam ento
3.3. Lim peza e conservação
4. Mise-en-place para o serviço de restaurante/bar
4.1. Diferentes tipos de m ise-en-place (sim ples, à carta, em enta e m enu)
4.2. Preparação de m esas, balcão, m esas de apoio, carros de serviço e bandejas
4.3. Preparação de sem i-produtos e decorações de bebidas
5. Secções abastecedoras e de apoio ao serviço de restaurante/bar
5.1. Cozinha e pastelaria
5.2. Cave de dia, cafetaria e ofícios
5.3. Copa
5.4. Lavandaria

98 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
6. Interface entre serviços
7. Norm as de higiene e segurança

8264 Serviço de restaurante/bar – normas técnicas e 50 horas


protocolo

1. Classificar as bebidas.
2. Identificar as técnicas de serviço de acordo com os diferentes tipos de serviço de
restaurante/bar.
Especificações 3. Ex ecutar as técnicas de serviço de restaurante/bar.
4. Aplicar as norm as técnicas e protocolares de atendim ento no serviço de
restaurante/bar.
5. Cum prir norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Classificação de bebidas
1.1. Pelo processo de fabrico (bebidas alcoólicas e não alcoólicas)
1.2. Por função
1.3. Características gerais (graduação alcoólica)
2. Técnicas de ex ecução do serviço de bar
2.1. Serviço direto
2.2. Serviço indireto
2.3. Serviço m isto
3. Técnicas de ex ecução do serviço de restaurante
3.1. Serviço à am ericana
3.2. Serviço à inglesa (direto e indireto)
3.3. Serviço à francesa
3.4. Serviço à russa
4. Norm as técnicas e protocolares do serviço de restaurante/bar
4.1. Acolhim ento, atendim ento e inform ação
4.2. Anotação de pedidos
4.3. O fícios
4.4. Colocação de couvert
4.5. Preparação, capitação e decoração de alim entos e bebidas
4.6. Regras de em pratam ento
4.7. Regras do serviço de alim entos e bebidas
4.8. Contabilização e faturação
5. Desem baraçam ento e reposição sim ultânea de m esas
6. Norm as de higiene e segurança

8265 Serviço de restaurante – preparação e execução 50 horas

99 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1. Registar e com unicar os pedidos dos clientes.
2. Aplicar as diferentes técnicas de preparação e ex ecução do serviço de restaurante.
Especificações
3. Aplicar as norm as de atendim ento de clientes.
4. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Registo de pedidos
1.1. Anotação
1.2. Regras de com unicação dos pedidos
1.3. Com provantes
2. Técnicas de preparação e ex ecução do serviço de restaurante
2.1. Cafetaria
2.2. Entradas
2.3. Sopas
2.4. Peix es/m ariscos
2.5. Carnes
2.6. Sobrem esas
2.7. Vinhos e outras bebidas
3. Norm as de atendim ento de clientes
4. Norm as de higiene e segurança

3368 Preparação e serviço de bebidas simples 25 horas

1. Preparar bebidas sim ples.


Especificações 2. Apresentar e servir bebidas sim ples.
3. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Tecnologia das m atérias-prim as, equipam entos e utensílios
1.1. Tipologia das bebidas (ferm entadas, destiladas e estim ulantes)
1.2. Funções ou utilizações (aperitivas, digestivas, refrescantes ou dessecantes, alim entares, de sobrem esa,
outras)
1.3. Finalidades e form as de utilização do equipam ento e m áquinas
1.4. Utensílios e recipientes a utilizar para cada bebida
1.5. Elem entos de decoração e de com plem ento de bebidas
2. Técnicas de serviço de bebidas sim ples
2.1. Capitação e preparação
2.2. Apresentação da bebida ao cliente

100 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
2.3. Desem baraçam ento das m esas e do local das preparações
2.4. Lim peza e arrum ação de utensílios
3. Norm as de higiene e segurança

8266 Preparação e serviço de bebidas compostas 50 horas

1. Preparar bebidas com postas.


2. Confecionar bebidas com postas.
Especificações
3. Apresentar e servir bebidas com postas.
4. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Bebidas com postas
1.1. Não alcoólicas e alcoólicas
1.2. Ingredientes
1.3. Graduação alcoólica das diversas bebidas
1.4. Classificações das com posições de bar
2. Tecnologia das m atérias-prim as, equipam entos e utensílios
2.1. Funções ou utilizações das bebidas (aperitivas, digestivas, refrescantes ou dessecantes, alim entares, de
sobrem esa, outras)
2.2. Finalidades e form as de utilização do equipam ento, m áquinas e utensílios
3. Técnicas de preparação de bebidas com postas
3.1. Leitura, interpretação e aplicação de receitas
3.2. Técnicas de m istura
3.3. Tem peraturas aconselháveis para o serviço de cada bebida
4. Técnicas de serviço de bebidas com postas
4.1. Capitações
4.2. Apresentação das bebidas ao cliente
4.3. Desem baraçam ento de m esas e do local das preparações
4.4. Lim peza e arrum ação de utensílios e de equipam entos
5. Norm as de higiene e segurança

8267 Aperitivos sólidos e produtos de cafetaria 25 horas

1. Preparar aperitivos sólidos e produtos de cafetaria.


Especificações 2. Apresentar e servir aperitivos sólidos e produtos de cafetaria.
3. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

101 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Conteúdos
1. Aperitivos sólidos
1.1. Torrados
1.2. Salgados
1.3. Em conserva
1.4. Confecionados
1.5. Fum ados
1.6. Canapés
1.7. O utros
2. Sanduíches
2.1. Q uentes e frias
2.2. Sim ples e com postas
3. Bebidas de cafetaria
4. Doces e com potas
5. Bolos
6. Tecnologia das m atérias-prim as, equipam entos e utensílios
6.1. Carnes, peix es, m ariscos, ovos, outros
6.2. Recheios
6.3. Molhos
6.4. Guarnições
6.5. Equipam entos e utensílios (carro de serviço/guéridon, m áquinas e m oinhos de café, torradeiras, talheres,
bonbonnières, taças, outros)
7. Técnicas de preparação e serviço de produtos de cafetaria
7.1. Preparação e ex ecução do serviço de cafetaria (lanches e outros)
7.2. Desem baraçam ento do balcão e/ou m esa e do local das preparações
7.3. Lim peza e arrum ação de utensílios
7.4. Arm azenam ento e conservação das m atérias-prim as, produtos alim entares, equipam entos e utensílios
8. Norm as de higiene e segurança

8268 Refeições ligeiras 25 horas

1. Preparar refeições ligeiras.


Especificações 2. Servir refeições ligeiras.
3. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Tipos de confeções usualm ente servidas com o refeições ligeiras
1.1. Saladas
1.2. Sopas
1.3. Fast food
1.4. O utras

102 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
2. Tecnologia das m atérias-prim as, equipam entos e utensílios
2.1. Carnes, peix es, m ariscos, ovos, outros
2.2. Recheios
2.3. Molhos para saladas, cock tail de m arisco, doces, outros
2.4. Guarnições
2.5. Equipam entos e utensílios
3. Processos de confeção dos produtos alim entares
3.1. Canapés
3.2. Ham búrgueres
3.3. Baguetes
3.4. Bifanas no pão
3.5. O m eletas
3.6. Saladas (frias, quentes, sim ples e com postas)
3.7. O utros
4. Técnicas de serviço de alim entos e bebidas de cafetaria ao balcão e à m esa
4.1. Preparação e ex ecução do serviço de cafetaria (lanches e outros)
4.2. Desem baçam ento do balcão/m esa e do local das preparações
5. Norm as de higiene e segurança

8269 Confeções elementares de sala 25 horas

1. Preparar confeções elem entares em sala à vista do cliente.


Especificações 2. Realizar e servir confeções elem entares em sala à vista do cliente.
3. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Tipos e técnicas de confeção elem entares em sala
1.1. Entradas
1.2. Peix es
1.3. Mariscos
1.4. Carnes
1.5. Sobrem esas (frutas e doces)
2. Tecnologia das m atérias-prim as, equipam entos e utensílios
2.1. Ingredientes, características e utilização
2.2. Condim entos, características e utilização
2.3. Guarnições
2.4. Molhos
2.5. Tipos de equipam entos e utensílios - réchauds e guéridons, recipientes e outros
3. Norm as de higiene e segurança

103 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
8270 Técnicas elementares de arte cisória 25 horas

1. Identificar as características anatóm icas de peix es e carnes.


2. Descascar e cortar frutas à vista do cliente.
Especificações 3. Trinchar carnes à vista do cliente.
4. Despinhar, dividir e servir peix es à vista do cliente.
5. Cum prir as regras de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Tecnologia das m atérias-prim as, equipam entos e utensílios
1.1. Produtos alim entares
1.2. Carros diversos (quentes, guéridon, outros)
1.3. Utensílios diversos (facas e garfos trinchantes)
2. Tipos e técnicas elem entares de arte cisória
2.1. Preparação de peix es
2.2. Preparação de carnes
2.3. Preparação de frutas
3. Capitações
4. Norm as de higiene e segurança

3353 Serviço de pequenos-almoços 25 horas

1. Preparar pequenos-alm oços.


Especificações 2. Ex ecutar o serviço de pequenos-alm oços, à carta, buffet e room-service.
3. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Tipos de serviço de pequenos-alm oços
1.1. À carta
1.2. Buffet
1.3. Room-service
2. Tipos de pequenos-alm oços
2.1. À continental
2.2. À inglesa
2.3. O utras tendências
3. Tecnologia das m atérias-prim as, equipam entos e utensílios
3.1. Produtos alim entares correspondentes a refeições ligeiras pré-confecionadas
3.2. Produtos alim entares correspondentes a um a refeição com pleta

104 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
3.3. Bebidas utilizadas
3.4. Equipam entos e utensílios
4. Interface entre serviços
5. Técnicas de serviço – pequenos-alm oços
5.1. Mise-en-place das salas, m esas, m obiliário e equipam ento para os diferentes tipos de serviço
5.2. Preparação dos alim entos e bebidas
5.3. Receção, registo e transm issão dos pedidos para o room-service
5.4. Recolha e transporte de alim entos e bebidas para o room-service
5.5. Apresentação e serviço das diversas iguarias à carta, buffet ou room-service
5.6. Desem baraçam ento de m esas e salas
5.7. Lim peza e arrum ação de utensílios
6. Norm as de higiene e segurança

8271 Serviço de restaurante/bar – serviços especiais 50 horas

1. Identificar os diferentes serviços especiais.


Especificações 2. Ex ecutar os diferentes serviços especiais.
3. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Tipos de serviços especiais
1.1. Banquetes
1.2. Buffets
1.3. Coffee-break s
1.4. W ine and cheese party
1.5. Pôr-do-sol
1.6. Brunch
1.7. Cock tail party
1.8. Porto de honra
1.9. O utros
2. Tecnologia das m atérias-prim as, equipam entos e utensílios
2.1. Tipos de iguarias e bebidas a servir
2.2. Mobiliário, equipam entos e utensílios
3. Mise-en-place de serviços especiais
3.1. O rganização dos espaços interiores e/ou ex teriores
3.2. Atoalhados, louças, copos, talheres e outros, em função do tipo de serviço especial
3.3. Preparação e organização de postos fix os e de apoio para serviços de alim entos e bebidas
3.4. Preparação, organização e decoração das m esas
3.5. Preparação dos alim entos e bebidas
3.6. Distribuição e disposição de alim entos e bebidas
3.7. Distribuição de alim entos e bebidas em bandeja

105 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
4. Técnicas de serviços especiais
4.1. Diferentes m étodos de serviço de m esa
4.2. Corte e apresentação de peix es, m ariscos, carnes, frutas, doces e queijos (arte cisória)
4.3. Em pratam ento das diversas iguarias servidas
4.4. Serviço de vinhos e outras bebidas
4.5. Reposição de utensílios, alim entos e bebidas
4.6. Desem baraçam ento das m esas
4.7. Serviço de bandeja de alim entos e bebidas
4.8. O rganização e transporte de sólidos e líquidos em bandeja
4.9. Serviço de bebidas diversas em posto fix o
4.10. Serviço de recolha de utilizados
4.11. O rganização e articulação da equipa
5. Norm as protocolares de serviços especiais
5.1. Mesas de honra
5.2. Precedências
5.3. Prioridades
6. Norm as de higiene e segurança

8219 Língua francesa - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em francês, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em francês, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua francesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural

106 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas francesas

8220 Língua italiana - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em italiano, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em italiano, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua italiana
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas italianas

8221 Língua alemã - informação turística da região 25 horas

107 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em alem ão, a nível do
utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em alem ão, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua alem ã
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas alem ãs

8222 Língua espanhola - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em espanhol, a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em espanhol, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua espanhola
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica

108 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas espanholas

8223 Língua holandesa - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em holandês, a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em holandês, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua holandesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região

109 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas holandesas

8224 Língua finlandesa - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em finlandês, a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em finlandês, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua finlandesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas finlandesas

8225 Língua norueguesa - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em norueguês, a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em norueguês, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

110 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Conteúdos
1. Funcionam ento da língua norueguesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas norueguesas

8226 Língua sueca - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em sueco, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em sueco, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua sueca
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir

111 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas suecas

8227 Língua chinesa - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em m andarim , a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em m andarim , a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua chinesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas suecas

112 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
8726 Língua russa - informação turística da região 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em russo, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas do
quotidiano.
Especificações 2. Interagir e com unicar em russo, a nível do utilizador elem entar.
3. Caracterizar a oferta turística e gastronóm ica da região, a nível do utilizador
elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua russa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Patrim ónio geográfico e cultural
3.2. Atrações turísticas da região
3.3. O ferta turística da região
3.4. Gastronom ia e hábitos alim entares
3.5. Ex pressões idiom áticas russas

8272 Língua francesa - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em francês, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias do
Especificações serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em francês, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua francesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica

113 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações.
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

8273 Língua italiana - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em italiano, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias do
Especificações serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em italiano, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua italiana
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações.
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

114 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
8274 Língua alemã - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em alem ão, a nível do
utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias do
Especificações serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em alem ão, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua alem ã
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações.
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

8275 Língua espanhola - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em espanhol, a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias
Especificações do serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em espanhol, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua espanhola
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica

115 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações.
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

8276 Língua holandesa - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em holandês, a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias
Especificações do serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em holandês, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua holandesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações.
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

116 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
8277 Língua finlandesa - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em finlandês, a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias
Especificações do serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em finlandês, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua finlandesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

8278 Língua norueguesa - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em norueguês, a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias
Especificações do serviço de restaurante/bar
2. Interagir e com unicar em norueguês, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua norueguesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de

117 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações.
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

8279 Língua sueca - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em sueco, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias do
Especificações serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em sueco, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua sueca
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações.
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

118 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
8280 Língua chinesa - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em m andarim , a nível


do utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias
Especificações do serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em m andarim , a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua chinesa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações.
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

8728 Língua russa - serviço de restaurante/bar 25 horas

1. Interpretar e produzir tex tos de diferentes m atrizes discursivas em russo, a nível do


utilizador elem entar, adequando-os às diversas situações com unicativas próprias do
Especificações serviço de restaurante/bar.
2. Interagir e com unicar em russo, a nível do utilizador elem entar.

Conteúdos
1. Funcionam ento da língua russa
1.1. Regras gram aticais de sintax e e sem ântica
1.2. Unidades significativas: parágrafos, períodos, tipos de fase, estrutura frásica
1.3. Adequação discursiva
1.4. Vocabulário técnico do serviço de restaurante/bar: atendim ento ao cliente, consulta de docum entação
técnica, planeam ento e organização do trabalho de restaurante/bar, ex ecução dos diferentes serviços de

119 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
restaurante/bar, equipam entos e utensílios, prestação dos prim eiros socorros e aplicação de técnicas
básicas de em ergência, despedida e resolução de reclam ações
2. Funções da linguagem
2.1. Com parar e contrastar
2.2. O uvir e ex prim ir opiniões
2.3. Sugerir
2.4. Descrever
2.5. Perguntar e ex prim ir preferências
2.6. Aconselhar
2.7. Apresentar
2.8. Pedir autorização
3. Descrição e identificação
3.1. Serviço de restaurante/bar

8281 Preparação e serviço de bebidas compostas – short, 50 horas


medium, long e fancy drinks

1. Preparar bebidas com postas do tipo short, medium, long e fancy drinks que podem ser
servidas num bar.
2. Confecionar bebidas com postas do tipo short, medium, long e fancy drinks que podem
Especificações ser servidas num bar.
3. Apresentar e servir bebidas com postas do tipo short, medium, long e fancy drinks que
podem ser servidas num bar.
4. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Bebidas com postas do tipo short, medium, long e fancy drinks
1.1. Não alcoólicas e alcoólicas
1.2. Ingredientes
1.3. Graduação alcoólica das diversas bebidas
1.4. Classificação das com posições de bar
2. Tecnologia das m atérias-prim as, equipam entos e utensílios
2.1. Finalidades e form as de utilização do equipam ento, m áquinas e utensílios
2.2. Funções ou utilizações (aperitivas, digestivas, refrescantes ou dessecantes, alim entares, de sobrem esa,
outras)
3. Técnicas de preparação de bebidas com postas do tipo short, medium, long e fancy drinks
3.1. Leitura, interpretação e aplicação de receitas
3.2. Técnicas de m istura
3.3. Tem peraturas aconselháveis para o serviço de cada bebida
4. Técnicas de preparação de sem i-produtos utilizados na decoração de bebidas com postas do tipo short, medium,
long e fancy drinks
4.1. Tipos de sem i-produto (x aropes, base de lim ão, base de laranja, outros)
4.2. Princípios gerais da estética de cores, form as, m ateriais
4.3. As bordaduras, com açúcar ou sal
4.4. Enfeites (com estíveis e não com estíveis)

120 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
4.5. O utras decorações tradicionais e tem áticas
4.6. Processos de ex ecução
5. Técnicas de serviço de bebidas com postas do tipo short, medium, long e fancy drinks
5.1. Capitações
5.2. Apresentação das bebidas ao cliente, ao balcão e/ou em m esas pré-preparadas
5.3. Desem baraçam ento de m esas e do local das preparações
5.4. Lim peza e arrum ação de utensílios
6. Norm as de higiene e segurança

8282 Flair Bartender – animação, exibição e espetáculo 25 horas

1. Identificar as características e rotinas do serviço de bar com anim ação, ex ibição e


espetáculo (m ovim entos de flair).
2. Identificar os equipam entos e utensílios utilizados no serviço de bar com anim ação,
ex ibição e espetáculo.
Especificações
3. Preparar, decorar e servir bebidas com anim ação, ex ibição e espetáculo.
4. Aplicar os truques utilizados no serviço de bar com anim ação, ex ibição e espetáculo.
5. Cum prir as norm as de higiene e segurança.

Conteúdos
1. Flair Bartender
1.1. Working flair vs exibition flair
1.2. Utensílios básicos, equipam ento e m aterial
1.3. Mise-en-place
1.4. Shaker tin
1.5. Flair bottle
1.6. Copos
1.7. Decoração
1.8. Pré-mixes
1.9. Protocolo do serviço
2. Pouring
2.1. Free pouring
2.2. Conversão de m edidas
2.3. Pour e corte
2.4. Free pouring com am bas as m ãos
2.5. Free pouring invertido e corte
2.6. Jump pouring
3. Truques e form as de servir
3.1. Truques com copos
3.2. Truque dry Martini
3.3. Truque do fósforo
3.4. Movim entos e im provisação

121 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
4. Norm as de Higiene e segurança

1122 Noções e normas da qualidade 25 horas

1. Identificar o conceito e os princípios da qualidade


Especificações
2. Reconhecer a im portância de produzir com qualidade.

Conteúdos
1. O que é a qualidade
2. Controlo da qualidade
3. Q ualidade total: Norm as ISO 9000; passos da certificação de um a em presa
4. Q ualidade am biental:
4.1. As em presas e a conservação do am biente
4.2. Prevenção da poluição
4.3. Redução de desperdícios e rentabilização de recursos
5. Norm as ISO 14000
6. Verificação e controlo do trabalho produzido

3297 Sistema HACCP (Hazard Analysis and Critical Control 25 horas


Points)

1. Aplicar os princípios de análise de riscos e controlo dos pontos críticos no processo


Especificações produtivo dos alim entos, de form a a garantir a segurança alim entar.
2. Realizar a m anutenção dos processos associados ao sistem a HACCP.

Conteúdos
1. Segurança alim entar (HACCP)
1.1. Enquadram ento
1.2. Princípios e conceitos
1.3. Term inologia
1.4. Regulam entação em vigor
2. Aplicação do sistem a HACCP
2.1. Etapas e procedim entos
2.2. Manutenção de processos

9941 Presunto e paleta – raças e qualificações 25 horas


portuguesas, espanholas e do mundo

122 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1. Identificar as raças portuguesas de porcos autóctones e respetivas caraterísticas e
ciclos produtivos
2. Caraterizar e reconhecer a im portância do m ontado/Montanheira do ponto de vista
ecológico sustentável.
Especificações
3. Interpretar os cadernos de especificações do presunto e de paleta das qualificações
portuguesas, espanholas e do m undo.
4. Cum prir as norm as de higiene e segurança alim entar e de segurança e saúde no
trabalho.

Conteúdos
1. O porco
1.1. Raças portuguesas
1.1.1. Bísaro, Alentejano, Malhado de Alcobaça
1.1.2. O rigem , caraterísticas m orfológicas, ciclo produtivo, m aneio e alim entação
1.1.3. Cruzam ento com outras raças
1.2. Raças espanholas
1.3. Raças do m undo
2. O Montado
2.1. Definição e distribuição na Península Ibérica e no m undo
2.2. O rigem , evolução ao longo dos tem pos, problem as e perspetivas de futuro
2.3. Binóm io Montado/Porco alentejano
3. A m ontanheira
3.1. Caraterização e relevância económ ica e am biental
3.2. Caraterísticas produtivas do porco Alentejano de m ontanheira
4. Q ualificações
4.1. Q ualificação dos nom es dos presuntos e das paletas
4.2. Cadernos de especificações
4.2.1. Presunto e Paleta de Barrancos DO P
4.2.2. Presunto e Paleta do Alentejo DO P
4.2.3. Presunto e Paleta de Santana da Serra IGP
4.2.4. Presunto e Paleta de Barroso IGP
4.2.5. Presunto e Paleta de Bísaro de Vinhais DO P
4.2.6. Presunto de Melgaço IGP
4.3. Rotulagem e sua regulam entação
4.4. Certificação de Presuntos em Portugal, Espanha e no m undo
4.5. Norm ativos de qualidade
5. Higiene e segurança
5.1. Norm as de higiene e segurança alim entar
5.2. Norm as de higiene e segurança profissional

9942 Presunto e paleta – corte, prova, empratamento e 50 horas


conservação

123 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1. Aplicar as técnicas do corte, da prova, seleção e em pratam ento do presunto e de
paleta.
2. Aplicar as regras de rotulagem e certificação do presunto e de paleta e identificar os
requisitos de com pra.
Especificações 3. Aplicar as técnicas de conservação e m anutenção do presunto e de paleta.
4. Talhar a gordura da parte ex terior do presunto.
5. Cum prir as norm as de higiene e segurança alim entar e de segurança e saúde no
trabalho.

Conteúdos
1. O corte
1.1. Anatom ia óssea e m uscular do presunto de paleta
1.2. Bem -estar anim al para a qualidade da m atéria-prim a
1.3. Fases do processo de elaboração do presunto e da paleta
1.4. Partes constituintes do presunto e da paleta
1.5. Utensílios de trabalho e as suas partes constituintes
1.6. Técnicas de corte a aplicar nas distintas partes do presunto e da paleta
1.7. Manutenção dos utensílios de trabalho
2. A prova
2.1. Utensílios – técnicas e condições para realização da prova
2.2. Caraterísticas organoléticas do presunto e da paleta
2.3. Alterações habituais do presunto e da paleta
2.4. Análise sensorial - odores negativos do presunto e da paleta
3. Seleção e em pratam ento do presunto e da paleta
3.1. Técnicas de em pratam ento das diferentes partes do presunto e da paleta
4. Conservação do presunto e da paleta
4.1. Utensílios, m étodos e técnicas
5. Talha
5.1. Utensílios e técnicas para talhar nom es, logotipos e outros, na gordura da parte ex terior do presunto
6. Rotulagem , certificação e com pra
6.1. Regras de rotulagem
6.2. Regras de certificação
6.3. Requisitos de com pra
7. . Higiene e segurança durante todo o processo
7.1. Norm as de higiene e segurança alim entar
7.2. Norm as de higiene e segurança profissional

7852 Perfil e potencial do empreendedor – diagnóstico/ 25 horas


desenvolvimento

124 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1. Ex plicar o conceito de em preendedorism o.
2. Identificar as vantagens e os riscos de ser em preendedor.
3. Aplicar instrum entos de diagnóstico e de autodiagnóstico de com petências
Especificações em preendedoras.
4. Analisar o perfil pessoal e o potencial com o em preendedor.
5. Identificar as necessidades de desenvolvim ento técnico e com portam ental, de form a a
favorecer o potencial em preendedor.

Conteúdos
1. Em preendedorism o
1.1. Conceito de em preendedorism o
1.2. Vantagens de ser em preendedor
1.3. Espírito em preendedor versus espírito em presarial
2. Autodiagnóstico de com petências em preendedoras
2.1. Diagnóstico da ex periência de vida
2.2. Diagnóstico de conhecim ento das “realidades profissionais”
2.3. Determ inação do “perfil próprio” e autoconhecim ento
2.4. Autodiagnóstico das m otivações pessoais para se tornar em preendedor
3. Caráterísticas e com petências-chave do perfil em preendedor
3.1. Pessoais
3.1.1. Autoconfiança e autom otivação
3.1.2. Capacidade de decisão e de assum ir riscos
3.1.3. Persistência e resiliência
3.1.4. Persuasão
3.1.5. Concretização
3.2. Técnicas
3.2.1. Área de negócio e de orientação para o cliente
3.2.2. Planeam ento, organização e dom ínio das TIC
3.2.3. Liderança e trabalho em equipa
4. Fatores que inibem o em preendedorism o
5. Diagnóstico de necessidades do em preendedor
5.1. Necessidades de caráter pessoal
5.2. Necessidades de caráter técnico
6. Em preendedor - autoavaliação
6.1. Q uestionário de autoavaliação e respetiva verificação da sua adequação ao perfil com portam ental do
em preendedor

7853 Ideias e oportunidades de negócio 50 horas

125 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1. Identificar os desafios e problem as com o oportunidades.
2. Identificar ideias de criação de pequenos negócios, reconhecendo as necessidades do
público-alvo e do m ercado.
3. Descrever, analisar e avaliar um a ideia de negócio capaz de satisfazer necessidades.
4. Identificar e aplicar as diferentes form as de recolha de inform ação necessária à
Especificações criação e orientação de um negócio.
5. Reconhecer a viabilidade de um a proposta de negócio, identificando os diferentes
fatores de sucesso e insucesso.
6. Reconhecer as características de um negócio e as atividades inerentes à sua
prossecução.
7. Identificar os financiam entos, apoios e incentivos ao desenvolvim ento de um negócio,
em função da sua natureza e plano operacional.

Conteúdos
1. Criação e desenvolvim ento de ideias/oportunidades de negócio
1.1. Noção de negócio sustentável
1.2. Identificação e satisfação das necessidades
1.2.1. Form as de identificação de necessidades de produtos/serviços para potenciais clientes/consum idores
1.2.2. Form as de satisfação de necessidades de potenciais clientes/consum idores, tendo presente as
norm as de qualidade, am biente e inovação
2. Sistem atização, análise e avaliação de ideias de negócio
2.1. Conceito básico de negócio
2.1.1. Com o resposta às necessidades da sociedade
2.2. Das oportunidades às ideias de negócio
2.2.1. Estudo e análise de bancos/bolsas de ideias
2.2.2. Análise de um a ideia de negócio - potenciais clientes e m ercado (target)
2.2.3. Descrição de um a ideia de negócio
2.3. Noção de oportunidade relacionada com o serviço a clientes
3. Recolha de inform ação sobre ideias e oportunidades de negócio/m ercado
3.1. Form as de recolha de inform ação
3.1.1. Direta – junto de clientes, da concorrência, de eventuais parceiros ou prom otores
3.1.2. Indireta – através de associações ou serviços especializados - públicos ou privados, com recurso a
estudos de m ercado/viabilidade e inform ação disponível on-line ou noutros suportes
3.2. Tipo de inform ação a recolher
3.2.1. O negócio, o m ercado (nacional, europeu e internacional) e a concorrência
3.2.2. O s produtos ou serviços
3.2.3. O local, as instalações e os equipam entos
3.2.4. A logística – transporte, arm azenam ento e gestão de stock s
3.2.5. O s m eios de prom oção e os clientes
3.2.6. O financiam ento, os custos, as vendas, os lucros e os im postos
4. Análise de ex periências de criação de negócios
4.1. Contacto com diferentes ex periências de em preendedorism o
4.1.1. Por setor de atividade/m ercado
4.1.2. Por negócio
4.2. Modelos de negócio

126 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
4.2.1. Benchm ark ing
4.2.2. Criação/diferenciação de produto/serviço, conceito, m arca e segm entação de clientes
4.2.3. Parceria de outsourcing
4.2.4. Franchising
4.2.5. Estruturação de raiz
4.2.6. O utras m odalidades
5. Definição do negócio e do target
5.1. Definição sum ária do negócio
5.2. Descrição sum ária das atividades
5.3. Target a atingir
6. Financiam ento, apoios e incentivos à criação de negócios
6.1. Meios e recursos de apoio à criação de negócios
6.2. Serviços e apoios públicos – program as e m edidas
6.3. Banca, apoios privados e capitais próprios
6.4. Parcerias
7. Desenvolvim ento e validação da ideia de negócio
7.1. Análise do negócio a criar e sua validação prévia
7.2. Análise crítica do m ercado
7.2.1. Estudos de m ercado
7.2.2. Segm entação de m ercado
7.3. Análise crítica do negócio e/ou produto
7.3.1. Vantagens e desvantagens
7.3.2. Mercado e concorrência
7.3.3. Potencial de desenvolvim ento
7.3.4. Instalação de arranque
7.4. Econom ia de m ercado e econom ia social – em preendedorism o com ercial e em preendedorism o social
8. Tipos de negócio
8.1. Natureza e constituição jurídica do negócio
8.1.1. Atividade liberal
8.1.2. Em presário em nom e individual
8.1.3. Sociedade por quotas
9. Contacto com entidades e recolha de inform ação no terreno
9.1. Contactos com diferentes tipologias de entidades (m unicípios, entidades financiadoras, assessorias
técnicas, parceiros, …)
9.2. Docum entos a recolher (faturas pró-form a; plantas de localização e de instalações, catálogos técnicos,
m aterial de prom oção de em presas ou de negócios, etc…)

7854 Plano de negócio – criação de micronegócios 25 horas

127 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1. Identificar os principais m étodos e técnicas de gestão do tem po e do trabalho.
2. Identificar fatores de êx ito e de falência, pontos fortes e fracos de um negócio.

Especificações 3. Elaborar um plano de ação para a apresentação do projeto de negócio a desenvolver.


4. Elaborar um orçam ento para apoio à apresentação de um projeto com viabilidade
económ ica/financeira.
5. Elaborar um plano de negócio.

Conteúdos
1. Planeam ento e organização do trabalho
1.1. O rganização pessoal do trabalho e gestão do tem po
1.2. Atitude, trabalho e orientação para os resultados
2. Conceito de plano de ação e de negócio
2.1. Principais fatores de êx ito e de risco nos negócios
2.2. Análise de ex periências de negócio
2.2.1. Negócios de sucesso
2.2.2. Insucesso nos negócios
2.3. Análise SW O T do negócio
2.3.1. Pontos fortes e fracos
2.3.2. O portunidades e am eaças ou riscos
2.4. Segm entação do m ercado
2.4.1. Abordagem e estudo do m ercado
2.4.2. Mercado concorrencial
2.4.3. Estratégias de penetração no m ercado
2.4.4. Perspetivas futuras de m ercado
3. Plano de ação
3.1. Elaboração do plano individual de ação
3.1.1. Atividades necessárias à operacionalização do plano de negócio
3.1.2. Processo de angariação de clientes e negociação contratual
4. Estratégia em presarial
4.1. Análise, form ulação e posicionam ento estratégico
4.2. Form ulação estratégica
4.3. Planeam ento, im plem entação e controlo de estratégias
4.4. Negócios de base tecnológica | Start-up
4.5. Políticas de gestão de parcerias | Alianças e joint-ventures
4.6. Estratégias de internacionalização
4.7. Q ualidade e inovação na em presa
5. Plano de negócio
5.1. Principais características de um plano de negócio
5.1.1. O bjetivos
5.1.2. Mercado, interno e ex terno, e política com ercial
5.1.3. Modelo de negócio e/ou constituição legal da em presa
5.1.4. Etapas e atividades

128 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
5.1.5. Recursos hum anos
5.1.6. Recursos financeiros (entidades financiadoras, linhas de crédito e capitais próprios)
5.2. Form as de análise do próprio negócio de m édio e longo prazo
5.2.1. Elaboração do plano de ação
5.2.2. Elaboração do plano de m ark eting
5.2.3. Desvios ao plano
5.3. Avaliação do potencial de rendim ento do negócio
5.4. Elaboração do plano de aquisições e orçam ento
5.5. Definição da necessidade de em préstim o financeiro
5.6. Acom panham ento do plano de negócio
6. Negociação com os financiadores

7855 Plano de negócio – criação de pequenos e médios 50 horas


negócios

1. Identificar os principais m étodos e técnicas de gestão do tem po e do trabalho.


2. Identificar fatores de êx ito e de falência, pontos fortes e fracos de um negócio.
3. Elaborar um plano de ação para a apresentação do projeto de negócio a desenvolver.
4. Elaborar um orçam ento para apoio à apresentação de um projeto com viabilidade
económ ica/financeira.
Especificações 5. Reconhecer a estratégia geral e com ercial de um a em presa.
6. Reconhecer a estratégia de I&D de um a em presa.
7. Reconhecer os tipos de financiam ento e os produtos financeiros.
8. Elaborar um plano de m ark eting, de acordo com a estratégia definida.
9. Elaborar um plano de negócio.

Conteúdos
1. Planeam ento e organização do trabalho
1.1. O rganização pessoal do trabalho e gestão do tem po
1.2. Atitude, trabalho e orientação para os resultados
2. Conceito de plano de ação e de negócio
2.1. Principais fatores de êx ito e de risco nos negócios
2.2. Análise de ex periências de negócio
2.2.1. Negócios de sucesso
2.2.2. Insucesso nos negócios
2.3. Análise SW O T do negócio
2.3.1. Pontos fortes e fracos
2.3.2. O portunidades e am eaças ou riscos
2.4. Segm entação do m ercado
2.4.1. Abordagem e estudo do m ercado
2.4.2. Mercado concorrencial
2.4.3. Estratégias de penetração no m ercado

129 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
2.4.4. Perspetivas futuras de m ercado
3. Plano de ação
3.1. Elaboração do plano individual de ação
3.1.1. Atividades necessárias à operacionalização do plano de negócio
3.1.2. Processo de angariação de clientes e negociação contratual
4. Estratégia em presarial
4.1. Análise, form ulação e posicionam ento estratégico
4.2. Form ulação estratégica
4.3. Planeam ento, im plem entação e controlo de estratégias
4.4. Políticas de gestão de parcerias | Alianças e joint-ventures
4.5. Estratégias de internacionalização
4.6. Q ualidade e inovação na em presa
5. Estratégia com ercial e planeam ento de m ark eting
5.1. Planeam ento estratégico de m ark eting
5.2. Planeam ento operacional de m ark eting (m ark eting m ix )
5.3. Meios tradicionais e m eios de base tecnológica (e-m ark eting)
5.4. Mark eting internacional | Plataform as m ulticulturais de negócio (da organização ao consum idor)
5.5. Contacto com os clientes | Hábitos de consum o
5.6. Elaboração do plano de m ark eting
5.6.1. Projeto de prom oção e publicidade
5.6.2. Ex ecução de m ateriais de prom oção e divulgação
6. Estratégia de I&D
6.1. Incubação de em presas
6.1.1. Estrutura de incubação
6.1.2. Tipologias de serviço
6.2. Negócios de base tecnológica | Start-up
6.3. Patentes internacionais
6.4. Transferência de tecnologia
7. Financiam ento
7.1. Tipos de abordagem ao financiador
7.2. Tipos de financiam ento (capital próprio, capital de risco, crédito, incentivos nacionais e internacionais)
7.3. Produtos financeiros m ais específicos (leasing, renting, factoring, …)
8. Plano de negócio
8.1. Principais características de um plano de negócio
8.1.1. O bjetivos
8.1.2. Mercado, interno e ex terno, e política com ercial
8.1.3. Modelo de negócio e/ou constituição legal da em presa
8.1.4. Etapas e atividades
8.1.5. Recursos hum anos
8.1.6. Recursos financeiros (entidades financiadoras, linhas de crédito e capitais próprios)
8.2. Desenvolvim ento do conceito de negócio
8.3. Proposta de valor
8.4. Processo de tom ada de decisão
8.5. Reform ulação do produto/serviço
8.6. O rientação estratégica (plano de m édio e longo prazo)

130 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
8.6.1. Desenvolvim ento estratégico de com ercialização
8.7. Estratégia de controlo de negócio
8.8. Planeam ento financeiro
8.8.1. Elaboração do plano de aquisições e orçam ento
8.8.2. Definição da necessidade de em préstim o financeiro
8.8.3. Estim ativa dos juros e am ortizações
8.8.4. Avaliação do potencial de rendim ento do negócio
8.9. Acom panham ento da consecução do plano de negócio

8598 Desenvolvimento pessoal e técnicas de procura de 25 horas


emprego

1. Definir os conceitos de com petência, transferibilidade e contex tos de aprendizagem .


2. Identificar com petências adquiridas ao longo da vida.
3. Ex plicar a im portância da adoção de um a atitude em preendedora com o estratégia de
em pregabilidade.
4. Identificar as com petências transversais valorizadas pelos em pregadores.
5. Reconhecer a im portância das principais com petências de desenvolvim ento pessoal na
Especificações procura e m anutenção do em prego.
6. Identificar e descrever as diversas oportunidades de inserção no m ercado e respetivos
apoios, em particular as Medidas Ativas de Em prego.
7. Aplicar as regras de elaboração de um curriculum vitae.
8. Identificar e selecionar anúncios de em prego.
9. Reconhecer a im portância das candidaturas espontâneas.
10. Identificar e adequar os com portam entos e atitudes num a entrevista de em prego.

Conteúdos
1. Conceitos de com petência, transferibilidade e contex tos de aprendizagem (form al e inform al) – aplicação
destes conceitos na com preensão da sua história de vida, identificação e valorização das com petências
adquiridas
2. Atitude em preendedora/proactiva
3. Com petências valorizadas pelos em pregadores - transferíveis entre os diferentes contex tos laborais
3.1. Com petências relacionais
3.2. Com petências criativas
3.3. Com petências de gestão do tem po
3.4. Com petências de gestão da inform ação
3.5. Com petências de tom ada de decisão
3.6. Com petências de aprendizagem (aprendizagem ao longo da vida)
4. Modalidades de trabalho
5. Mercado de trabalho visível e encoberto
6. Pesquisa de inform ação para procura de em prego
7. Medidas ativas de em prego e form ação
8. Mobilidade geográfica (m ercado de trabalho nacional, com unitário e ex tracom unitário)
9. Rede de contactos (sociais ou relacionais)

131 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
10. Curriculum vitae
11. Anúncios de em prego
12. Candidatura espontânea
13. Entrevista de em prego

8599 Comunicação assertiva e técnicas de procura de 25 horas


emprego

1. Ex plicar o conceito de assertividade.


2. Identificar e desenvolver tipos de com portam ento assertivo.
3. Aplicar técnicas de assertividade em contex to socioprofissional.
4. Reconhecer as form as de conflito na relação interpessoal.
5. Definir o conceito de inteligência em ocional.

Especificações 6. Identificar e descrever as diversas oportunidades de inserção no m ercado e respetivos


apoios, em particular as Medidas Ativas de Em prego.
7. Aplicar as principais estratégias de procura de em prego.
8. Aplicar as regras de elaboração de um curriculum vitae.
9. Identificar e selecionar anúncios de em prego.
10. Reconhecer a im portância das candidaturas espontâneas.
11. Identificar e adequar os com portam entos e atitudes num a entrevista de em prego.

Conteúdos
1. Com unicação assertiva
2. Assertividade no relacionam ento interpessoal
3. Assertividade no contex to socioprofissional
4. Técnicas de assertividade em contex to profissional
5. O rigens e fontes de conflito na em presa
6. Im pacto da com unicação no relacionam ento hum ano
7. Com portam entos que facilitam e dificultam a com unicação e o entendim ento
8. Atitude tranquila num a situação de conflito
9. Inteligência em ocional e gestão de com portam entos
10. Modalidades de trabalho
11. Mercado de trabalho visível e encoberto
12. Pesquisa de inform ação para procura de em prego
13. Medidas ativas de em prego e form ação
14. Mobilidade geográfica (m ercado de trabalho nacional, com unitário e ex tracom unitário)
15. Rede de contactos
16. Curriculum vitae
17. Anúncios de em prego
18. Candidatura espontânea
19. Entrevista de em prego

132 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
8600 Competências empreendedoras e técnicas de 25 horas
procura de emprego

1. Definir o conceito de em preendedorism o.


2. Identificar as vantagens e os riscos de ser em preendedor.
3. Identificar o perfil do em preendedor.
4. Reconhecer a ideia de negócio.
5. Definir as fases de um projeto.

Especificações 6. Identificar e descrever as diversas oportunidades de inserção no m ercado e respetivos


apoios, em particular as Medidas Ativas de Em prego.
7. Aplicar as principais estratégias de procura de em prego.
8. Aplicar as regras de elaboração de um curriculum vitae.
9. Identificar e selecionar anúncios de em prego.
10. Reconhecer a im portância das candidaturas espontâneas.
11. Identificar e adequar os com portam entos e atitudes num a entrevista de em prego.

Conteúdos
1. Conceito de em preendedorism o – m últiplos contex tos e perfis de intervenção
2. Perfil do em preendedor
3. Fatores que inibem o em preendorism o
4. Ideia de negócio e projet
5. Coerência do projeto pessoal / projeto em presarial
6. Fases da definição do projeto
7. Modalidades de trabalho
8. Mercado de trabalho visível e encoberto
9. Pesquisa de inform ação para procura de em prego
10. Medidas ativas de em prego e form ação
11. Mobilidade geográfica (m ercado de trabalho nacional, com unitário e ex tracom unitário)
12. Rede de contactos
13. Curriculum vitae
14. Anúncios de em prego
15. Candidatura espontânea
16. Entrevista de em prego

10526 Literacia digital - iniciação 25 horas

1. O perar com o com putador.


2. Navegar na internet.
Especificações 3. Gerir um a caix a de correio eletrónica.
4. Interagir através de plataform as.
5. Proteger a identidade, privacidade e os dados pessoais em am bientes digitais.

133 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
Conteúdos
1. Utilização do com putador
1.1. Barra de tarefas
1.2. Noção de ícone
1.3. Menu Iniciar
1.4. Program as
1.5. Pastas e ficheiros
2. Navegação digital
2.1. Browser
2.2. Pesquisa e filtro de inform ação
2.3. Análise de inform ação filtrada
2.4. Arm azenagem e recuperação da inform ação
3. Plataform as digitais
3.1. Gestão da identidade digital em diversas plataform as (ex : e-m ail, passaporte qualifica, etc.)
3.2. Interação através de plataform as digitais
3.3. Partilha de inform ação e conteúdo
3.4. Colaboração através de tecnologias digitais
4. Segurança e privacidade
4.1. Proteção dos dados pessoais

10746 Segurança e Saúde no Trabalho – situações 25 horas


epidémicas/pandémicas

1. Identificar o papel e funções do responsável na em presa/organização pelo apoio aos


Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho na gestão de riscos profissionais em
situações de epidem ias/pandem ias no local de trabalho.
2. Reconhecer a im portância das diretrizes internacionais, nacionais e regionais no
quadro da prevenção e m itigação de epidem ias/pandem ias no local de trabalho e a
necessidade do seu cum prim ento legal.
Especificações 3. Apoiar os Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho na im plem entação do Plano de
Contingência da organização/em presa, em articulação com as entidades e estruturas
envolvidas e de acordo com o respetivo protocolo interno, assegurando a sua
atualização e im plem entação.
4. Apoiar na gestão das m edidas de prevenção e proteção dos trabalhadores, clientes
e/ou fornecedores, garantindo o seu cum prim ento em todas as fases de
im plem entação do Plano de Contingência, designadam ente na reabertura das
atividades económ icas.

Conteúdos
1. Papel do responsável pelo apoio aos Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho na gestão de riscos
profissionais em cenários de ex ceção
1.1. Deveres e direitos dos em pregadores e trabalhadores na prevenção da epidem ia/pandem ia
1.2. Funções e com petências – planeam ento, organização, ex ecução, avaliação
1.3. Cooperação interna e ex terna – diferentes atores e equipas

134 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1.4. Medidas de intervenção e prevenção para trabalhadores e clientes e/ou fornecedores – Plano de
Contingência da em presa/organização (procedim entos de prevenção, controlo e vigilância em articulação
com os Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho da em presa, trabalhadores e respetivas estruturas
representativas, quando aplicável)
1.5. Com unicação e Inform ação (diversos canais) – participação dos trabalhadores e seus representantes
1.6. Auditorias periódicas às atividades económ icas, incluindo a com ponente com portam ental (m anutenção do
com portam ento seguro dos trabalhadores)
1.7. Recolha de dados, reporte e m elhoria contínua
2. Plano de Contingência
2.1. Legislação e diretrizes internacionais, nacionais e regionais
2.2. Articulação com diferentes estruturas – do sistem a de saúde, do trabalho e da econom ia e Autoridades
Com petentes
2.3. Com unicação interna, diálogo social e participação na tom ada de decisões
2.4. Responsabilidade e aprovação do Plano
2.5. Disponibilização, divulgação e atualização do Plano (diversos canais)
2.6. Política, planeam ento e organização
2.7. Procedim entos a adotar para casos suspeitos e confirm ados de doença infeciosa (isolam ento, contacto
com assistência m édica, lim peza e desinfeção, descontam inação e arm azenam ento de resíduos, vigilância
de saúde de pessoas que estiveram em estreito contacto com trabalhadores/as infetados/as)
2.8. Avaliação de riscos
2.9. Controlo de riscos – m edidas de prevenção e proteção
2.9.1. Higiene, ventilação e lim peza do local de trabalho
2.9.2. Higiene das m ãos e etiqueta respiratória no local de trabalho ou outra, em função da tipologia da
doença e via(s) de transm issão
2.9.3. Viagens de caráter profissional, utilização de veículos da em presa, deslocações de/e para o trabalho
2.9.4. Realização de reuniões de trabalho, visitas e outros eventos
2.9.5. Deteção de tem peratura corporal e auto m onitorização dos sintom as
2.9.6. Equipam ento de Proteção Individual (EPI) e Coletivo (EPC) – utilização, conservação, higienização e
descarte
2.9.7. Distanciam ento físico entre pessoas, reorganização dos locais e horários de trabalho
2.9.8. Form ação e inform ação
2.9.9. Trabalho presencial e teletrabalho
2.10. Proteção dos trabalhadores m ais vulneráveis e grupos de risco – adequação da vigilância
3. Revisão do Plano de Contingência, adaptação das m edidas e verificação das ações de m elhoria
4. Manual de Reabertura das atividades económ icas
4.1. Diretrizes organizacionais – m odelo inform ativo, fases de intervenção, form ação e com unicação
4.2. Indicações operacionais – precauções básicas de prevenção e controlo de infeção, condições de proteção
antes do regresso ao trabalho presencial e requisitos de segurança e saúde no local de trabalho
4.3. Gestão de riscos profissionais – fatores de risco psicossocial, riscos biom ecânicos, riscos profissionais
associados à utilização prolongada de EPI, riscos biológicos, quím icos, físicos e ergonóm icos
4.4. Condições de proteção e segurança para os consum idores/clientes
4.5. Q ualidade e segurança na prestação do serviço e/ou entrega do produto – operação segura,
disponibilização de EPI, m aterial de lim peza de uso único, entre outros, descontam inação
4.6. Q ualidade e segurança no m anuseam ento, dispensa e pagam ento de produtos e serviços
4.7. Sensibilização e prom oção da saúde – capacitação e com bate à desinform ação, saúde pública e SST
4.8. Transform ação digital – novas form as de trabalho e de consum o

10759 Teletrabalho 25 horas

135 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
1. Reconhecer o enquadram ento legal, as m odalidades de teletrabalho e o seu im pacto
para a organização e trabalhadores/as.
2. Identificar o perfil e papel do/a teletrabalhador/a no contex to dos novos desafios
laborais e ocupacionais e das políticas organizacionais.
3. Identificar e selecionar ferram entas e plataform as tecnológicas de apoio ao trabalho
rem oto.
Especificações 4. Adaptar o am biente de trabalho rem oto ao regim e de trabalho à distância e
im plem entar estratégias de com unicação, produtividade, m otivação e de confiança em
am biente colaborativo.
5. Aplicar as norm as de segurança, confidencialidade e proteção de dados
organizacionais nos processos de com unicação e inform ação em regim e de
teletrabalho.
6. Planear e organizar o dia de trabalho em regim e de teletrabalho, assegurando a
conciliação da vida profissional com a vida pessoal e fam iliar.

Conteúdos
1. Teletrabalho
1.1. Conceito e caracterização em contex to tradicional e em cenários de ex ceção
1.2. Enquadram ento legal, regim e, m odalidades e negociação
1.3. Deveres e direitos dos/as em pregadores/as e teletrabalhadores
1.4. Vantagens e desafios para os/as teletrabalhadores e para a sociedade
2. Com petências do/a teletrabalhador/a
2.1. Com petências com portam entais e atitudinais – capacidade de adaptação à m udança e ao novo am biente
de trabalho, autom otivação, autodisciplina, capacidade de inter-relacionam ento e socialização a distância,
valorização do com prom isso e adesão ao regim e de teletrabalho
2.2. Com petências técnicas – utilização de tecnologias e ferram entas digitais, gestão do tem po, gestão por
objetivos, ferram entas colaborativas, capacitação e literacia digital
3. Pessoas, produtividade e bem -estar em contex to de teletrabalho
3.1. Gestão da confiança
3.1.1. Prom oção dos valores organizacionais e valorização de um a m issão coletiva
3.1.2. Acom panham ento perm anente e reforço de canais de com unicação (abertos e transparentes)
3.1.3. Partilha de planos organizacionais de ajustam ento e distribuição do trabalho e dissem inação de
boas práticas
3.1.4. Identificação de sinais de alerta e gestão dos riscos psicossociais
3.2. Gestão da distância
3.2.1. Sensibilização, capacitação e prom oção da segurança e saúde no trabalho
3.2.2. Reorganização dos locais e horários de trabalho
3.2.3. Equipam entos, ferram entas, program as e aplicações inform áticas e am bientes virtuais (trabalho
colaborativo)
3.2.4. Motivação e feedback
3.2.5. Cum prim ento dos tem pos de trabalho (disponibilidade contratualizada)
3.2.6. Reconhecim ento das ex igências e dificuldades associadas ao trabalho rem oto
3.2.7. Gestão da eventual sobreposição do trabalho à vida pessoal
3.2.8. Controlo e proteção de dados pessoais
3.2.9. Confidencialidade e segurança da inform ação e da com unicação
3.2.10. Assistência técnica rem ota
3.3. Gestão da inform ação, reuniões e eventos (à distância e/ou presenciais)
3.4. Form ação e desenvolvim ento de novas com petências

136 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022
3.5. Transform ação digital – novas form as de trabalho
4. Desem penho profissional em regim e de teletrabalho
4.1. O rganização do trabalho
4.2. Am biente de trabalho – ilum inação, tem peratura, ruído
4.3. Espaço de e para o teletrabalho
4.4. Mobiliário e equipam entos inform áticos – condições ergonóm icas adaptadas ao novo contex to de trabalho
4.5. Pausas program adas
4.6. Riscos profissionais e psicossociais
4.6.1. Salubridade laboral, ocupacional, individual, psíquica e social
4.6.2. Avaliação e controlo de riscos
4.6.3. Acidentes de trabalho
4.7. Gestão do isolam ento

137 / 137
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Empregado/a de Restaurante/Bar - Nível 2 | 04/01/2022

Você também pode gostar