BOLETIM TÉCNICO – Tinta Líquida

WEGPOXI BLOCK N 2912 TIPO I
DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer Epóxi Novolac alta espessura, bi-componente. Proporciona excelente resistência química incluindo diversos solventes, ótima resistência anticorrosiva e a abrasão. WEGPOXI BLOCK N 2912 TIPO I, além de proporcionar incomparável proteção anticorrosiva, possui também excelente dureza superficial. Produto atende a Norma Petrobrás N 2912 – Tipo I.

RECOMENDAÇÕES DE USO: Desenvolvido especialmente para aplicação em tanques de petróleo e água de formação. Também indicado para tanques de óleos crus, óleos combustíveis, produtos claros e tanques de lastro, navios em geral e estruturas marítimas. Em off shore, pode ser usado em decks, plataformas de exploração petrolíferas e gás natural, maquinaria de bordo, tubulações, etc. Indicado também para aplicações industriais como química e celulose, pontes, estruturas metálicas aéreas ou imersas (sob consulta) e maquinárias diversas. É indicado para exterior de tubulações diversas, imersas ou enterradas. É particularmente indicado para ambientes onde a resistência química e a corrosão são requisitos indispensáveis. EMBALAGENS:
Componente A Componente B Componente A Componente B Wegpoxi Block N 2912 Tipo I – Balde (17,5 L) Wegpoxi Block 3049 componente B – CD 13562 (2,5 L) Wegpoxi Block N 2912 Tipo I – Galão (3,15 L) Wegpoxi Block 3049 componente B – CD 13562 (0,45 L)

CARACTERÍSTICAS:

Cores Sólidos por Volume Teor de VOC Ponto de Fulgor Prazo de Validade Espessura por demão Rendimento teórico

Branco e verde pastel. 64 ± 1% (ISO 3233 - 1998) 277 g/l > 55,0ºC 12 meses a 25ºC 250 - 350 micrometros seco. 2,13 m²/litro sem diluição na espessura de 300 micrometros seco. Sem considerar os fatores de perda na aplicação. Resistência ao calor Temperatura contínua de 120ºC, com picos de 150°C. seco O produto mantém as suas propriedades físicas e químicas até a temperatura de 150ºC, porém, a partir de 60ºC, poderão ocorrer variações na cor e brilho da tinta. Secagem 10ºC Toque Manuseio Final Pot Life Secagem Repintura Min. Máx. 14 horas 30 horas 2 horas 10ºC 10 h 30 h 25ºC 6 horas 16 horas 288 horas 1 hora 25ºC 6h 24 h 35ºC 4 horas 8 horas 240 horas 30 minutos 35ºC 3h 20 h

CÓPIA PARA INFORMAÇÃO

Página 1 de 6

Revisão: 00 Data: Nov/10

Respeitar o intervalo de repintura do primer antes da aplicação do WEGPOXI BLOCK N 2912 TIPO III. arestas e cantos vivos através de jateamento abrasivo grau Sa2½ ou SSPC-SP10. Nota: Se for ultrapassado o intervalo máximo indicado para aplicação da demão subseqüente. no mínimo. caso seja ultrapassado o intervalo máximo de repintura. A superfície a ser jateada deve ser anteriormente lavada com água de alta pressão (mínimo 3000 psi). caso seja ultrapassado o intervalo máximo de repitura. Tratar mecanicamente áreas desgast adas. A sujidade acumulada deve ser removida. Avaliar a superfície após o jateamento. As áreas que não podem ser preparadas por este método deverá ser efetuado jateamento abrasivo localizado atingindo o grau Sa 2½ ou SSPC-SP6. a fim de remover a contaminação por sais solúveis. danificadas e outros até obter. CÓPIA PARA INFORMAÇÃO Página 2 de 6 Revisão: 00 Data: Nov/10 . Para obras novas. conforme padrão Sa 1. a superfície deve ser jateada novamente ao padrão visual especificado. WEGPOXI BLOCK N 2912 Tipo III pode ser aplicado sobre primer anticorrosivo aprovado e após consulta. ou utilizando jateamento abrasivo conforme padrão Sa 1 em toda a superfície. Preparação Manual ou Mecânica (Apenas para pequenas áreas): Não recomendado para manutenção interna de tanques. Para revestimentos internos. Padrão visual ISO 8501-1. devem ser preparadas de acordo com jateamento abrasivo grau Sa 2½ ou conforme norma SSPC SP10 ou tratamento mecânico conforme norma SSPC-SP3 ao grau St 3 (Padrão visual ISO 8501-1). observando a presença de defeitos superficiais revelados após o tratamento.BOLETIM TÉCNICO – Tinta Líquida PREPARAÇÃO DA SUPERFÍCIE A performance deste produto esta associada ao grau de preparação da superfície. adotando práticas apropriadas para minimizar os defeitos através de esmerilhamento ou preenchimento. Substratos em aço carbono: Preparação por Jateamento Abrasivo: Recomendamos efetuar a pintura sobre superfícies jateadas ao grau Sa 2½ ou conforme norma SSPC SP10. Substratos com Primer (pintura de manutenção): Em caso de haver shop primer na superfície a ser aplicada. se faz necessário esmerilhar cordões de solda e remover respingos de solda. todo shop prim er deverá ser removido através jato abrasivo ao padrão Sa 2 ½. seca e isenta de contaminantes. áreas danificadas. Para pequenas áreas desgastadas. se faz necessário proceder com lixamento manual/mecânico utilizando lixa 60 – 80 para quebra do brilho. lavando com água doce em alta pressão. Caso o tempo de repintura for ultrapassado. utilizando uma escova seca e os sais solúveis devem ser removidos. graxas e gorduras aplicando um produto desengraxante ou conforme o método de limpeza com solvente da norma SSPC SP1. Para revestimentos externos. poderá apresentar valores inferiores ao especificado pela norma Petrobrás N 2913. Este procedimento se faz necessário para obter aderência entre as camadas. lixadeira. Padrão visual ISO 8501-1. A superfície deverá estar limpa. efetuar lixamento conforme descrito no boletim técnico do primer utilizado. escova rotativa. o grau St 3 ou SSPC SP3. Padrão visual ISO 8501-1. Recomenda-se um perfil de rugosidade de 50 a 100 micrometros. No caso de pintura sobre primer com o intervalo de repintura ultrapassado os valores de aderência à tração conforme Norma ASTM D 4541. padrão visual ISO 8501-1. danificadas e outros. Em caso de retoques manter o esquema de pintura original. Caso ocorra oxidação entre o jateamento e a aplicação da pintura. A superfície do primer deve estar seca e isenta de qualquer contaminação. Remover completamente óleos. deve-se abrir um perfil de ancoragem utilizando jateamento ligeiro. recomendamos abrir perfil de ancoragem utilixando ferramentas manuais ou mecânicas tais como: lixa 60 ou 80.

. Nota: Em locais de muito calor...... EX Capa de ar ..... Malha 60 Diluição .... Vida útil da mistura 1 hora a 25°C Tempo de indução Não necessita de indução............023“ Filtro . 0.... recomendamos consultar o Departamento Técnico da W EG Tintas através do fone especificado no final deste boletim. uma vez que o calor do atrito irá reduzir significativam ente a vida útil do produto. Após efetuar a mistura dos produtos bicomponentes.........................3000 psi Mangueira ........... Mudanças nas pressões e nos tamanhos dos bicos podem ser necessárias para melhorar as características da pulverização..........018“ a 0....... JGA 502/3 Devilbiss Bico de fluido ... fendas e cordões de solda com trincha.BOLETIM TÉCNICO – Tinta Líquida PREPARAÇÃO PARA APLICAÇÃO: Mistura Homogeneizar o conteúdo de cada um dos componentes por meio de agitação mecânica ou pneumática (A e B).... Adicionar o componente B ao componente A....... Pistola airless : Usar Airless .. 60 a 65 psi Pressão no tanque . 10 a 20 psi Diluição ....... Assegurar de que nenhum sedimento fique retido no fundo da embalagem...... o aspecto e dificultar a obtenção da espessura especificada................... 704 Pressão de atomização ......... cordões de solda.. 2500 . terminando com repasse cruzado....................... 60 : 1 Pressão do fluído..... CÓPIA PARA INFORMAÇÃO Página 3 de 6 Revisão: 00 Data: Nov/10 ......... faça uma sobreposição de 50% de cada passe da pistola. Reforçar todos os cantos vivos... Pistola convencional : Pistola ...... podendo ser utilizados equipamentos similares... 10% Trincha : Recomendado somente para retoques de pequenas áreas ou “stripe coat” (parafusos...... Purgue a linha de ar comprimido para evitar contaminação da tinta.... Somente adicione o Diluente depois de complet ada à mistura dos componentes A + B... FORMAS DE APLICAÇÃO Os dados abaixo servem como guia..... Antes da aplicação esteja seguro de que os equipamentos e respectivos componentes estejam limpos e nas melhores condições............. sob agitação. para evitar falhas prematuras nestas áreas.. respeitando a relação de mistura... para evitar que fiquem áreas descobertas e desprotegidas.......... cantos vivos e retoques).... Quando aplicar por pulverização. Excessiva diluição da tinta poderá afetar a formação do filme. se ocorrerem paradas na aplicação.. esta não poderá mais ser rediluída para posterior aplicação. Relação de mistura 7A X 1B em volume Diluente Recomendado . nas proporções (volume) indicadas........ e estas tiverem o seu pot-life ultrapassado (tinta apresenta variação na sua fluidez).. Não dilua com solventes que não sejam permitidos pela legislação local e nem exceda o percentual de diluição indicado...... até completa homogeneização. Max. porcas................................. se necessário diluir no máximo 10% em volume...Diluente Epóxi 3005 Diluição Dependendo do método de aplicação... Evite misturar por períodos prolongados..............1/4“ de diâmetro interno Bico ..

aconselha-se o reinício do mesmo com unidades recentemente misturadas. pois. para temperaturas acima das descritas na tabela de pot life. Nota: Não deixar o produto catalisado permanecer em contato com as mangueiras. Limpeza dos equipamentos: Utilizar Diluente Epóxi 3005. CÓPIA PARA INFORMAÇÃO Página 4 de 6 Revisão: 00 Data: Nov/10 . Acrescentamos que constitui boa prática de trabalho lavar periodicamente o equipamento de pulverização durante o dia. da temperatura e do tempo decorrido. Todos os materiais excedentes e embalagens vazias devem ser descartados de acordo com os regulamentos/legislação regionais apropriados. a tinta apresentará variação na sua fluidez e ira endurecer dificultando a limpeza. poderá ser necessário aplicar em dois ou mais passes para se obter uma camada uniforme e de acordo com a espessura de película recomendada por demão. o recipiente contendo a mistura não deve voltar a ser fechado e. incluindo todos os atrasos. Limpar todo o equipamento com Diluente Epóxi 3005 imediatamente após a utilização. Lavar completamente todo o equipamento utilizado. A freqüência de limpeza irá depender da quantidade pulverizada. pistolas e equipamentos usados na aplicação. Utilizar rolos de lã de carneiro ou de lã sintética para tintas epóxis. Nota: Para aplicação por trincha ou rolo.BOLETIM TÉCNICO – Tinta Líquida Rolo : Recomendado apenas para retoques ou pequenas áreas. Uma vez que as embalagens dos componentes (A e B) da tinta forem misturadas. em casos de interrupções de trabalho prolongadas.

consulte o Departamento Técnico da WEG Tintas. poderá ser necessário aplicar em dois ou mais passes para se obter uma camada uniforme e para se obter a espessura de película seca recomendada . Para maiores informações consultar o Departamento Técnico da WEG Tintas através do fone especificado no final deste boletim. Lembramos que mesmo sofrendo esta calcinação. se expostas à ação de maresia. a temperatura da tinta deverá estar entre 21-27°C. antes da mistura e aplicação. Para melhores resultados de aplicação utilizar preferencialment e bomba airless 60 : 1. Padrão visual ISO 8501-1. Para cura em temperaturas abaixo de 10ºC. Não devem ser aplicadas sobre superfícies condensadas. Em situações de exposição do filme aplicado a ação de intempéries. Devido ao produto conter flocos de vidro em sua formulação. poderá ocorrer manchamentos localizados com alteração na sua cor (mais visível nas cores escuras). durante o processo de cura. recomendamos efetuar lavagem com água doce entre demãos eliminado as impurezas depositadas. Não aplicar o produto após o tempo de vida útil da mistura (pot-life). como umidade relativa do ar (URA) acima de 85%. Os produtos a base de epóxi são conhecidos por apresentar excelentes propriedades anticorrosivas e baixa resistência a exposição aos raios solares. Em pinturas executadas na orla marítima. Recomendamos uma preparação da superfície ao grau Sa 2½ ou SSPC SP10. COMPATIBILIDADE DE SISTEMAS E REPINTURAS DE MANUTENÇÃO Para maiores informações consultar o Departamento Técnico da WEG Tintas através do fone especificado no final deste boletim. Deverá ser evitada a aplicação em condições adversas. apresentará com o passar do tempo uma perda de brilho conhecida como calcinação/gisamento e como conseqüência alteração na sua tonalidade. Sistemas epóxis podem ter o tem po de cura maior quando expostos a baixas temperaturas. Poderão ocorrer pequenas variações de cor. Em superfícies recém pintadas em contato direto com a água (empoçamento). CÓPIA PARA INFORMAÇÃO Página 5 de 6 Revisão: 00 Data: Nov/10 . em locais com temperaturas baixas ou em situações em que as peças forem aplicadas e colocadas para secar em ambientes externos. caso este tempo for ultrapassado. Em pinturas efetuadas variando o método de aplicação de tintas na mesma obra. Não usar uma pressão de ar excessiva. Ajustar corretametne a pressão do fluído e o bico para uma malhor atomização. A temperatura do substrato e as condições climáticas e ambientais poderão interferir no tempo de secagem do produto. Para melhores propriedades de aplicação.BOLETIM TÉCNICO – Tinta Líquida DESEMPENHO NA APLICAÇÃO Para um bom desempenho do produto. Recomendamos pintar somente se a temperatura medida da superfície estiver no mínimo 3ºC maior que a temperatura do ponto de orvalho. pois o brilho e a cor poderão sofrer pequenas alterações. dias de chuvas. aspecto e brilho das peças aplicadas em períodos de umidade relativa do ar elevada. o filme não é prejudicado quanto a sua proteção anticorrosiva. A armazenagem deverá ser feita entre 20 – 30°C para se conseguir a viscosidade apropriada. poderá ser necessária duas ou mais demãos. recomendamos seguir as orientações abaixo: Para aplicação por trincha ou rolo. poderá gerar diferenças de brilho e aspecto final das peças pintadas. poderá ocorrer desgaste do bico.

BOLETIM TÉCNICO – Tinta Líquida PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA: Antes do manuseio deste produto é indispensável uma criteriosa leitura de todas as informações contidas na sua ficha de informações de segurança de produtos químicos (FISPQ). segurança. deverão utilizar equipamentos de proteção individual (EPIs). sem prévio aviso.net . As informações contidas neste boletim técnico estão sujeitas a modificações periódicas. No caso de contato com os olhos. lavá-los abundantemente com água. no endereço eletrônico indicado ao final deste boletim técnico. Em qualquer dos casos. em conformidade com todas as normas e regulamentos Nacionais de Saúde. A aplicação e utilização deste produto deverão ser realizadas. o cliente fica ciente de que a utilização se dará por sua exclusiva responsabilidade. Se ingerido. Não é recomendado o uso de água para extinguir o fogo produzido pela queima das tintas. a pessoa intoxicada deve ser removida imediatamente do local de trabalho para locais ventilados. WEG TINTAS Rodovia BR 280 Km 50 – Guaramirim – SC – 89270-000 E-mail: tintas@weg. O armazenamento de tintas e diluentes deve ser feito em locais ventilados e protegidos do intemperismo. Ocorrendo sintomas de intoxicação pela inalação de vapores químicos. além de métodos e procedimentos específicos. Não usar diluente para limpeza da pele. Produto destinado para uso e manuseio de profissionais ligados a área de pintura. usar extintores de CO 2 ou pó químico. e podem sofrer variações em decorrência de fatores fora do controle do fabricante. As aplicações em áreas confinadas requerem ventilação adequada. não induzir ao vômito. utilizando de equipamentos de proteção individual (EPI’s) apropriados para a etapa a ser realizada. Em caso de utilização do produto sem prévia consulta à WEG Tintas sobre a adequação do mesmo ao fim no qual o cliente pretende utilizá-lo.weg. Assim. Certificar que as instalações elétricas estejam perfeitas e que não provoquem faíscas. o operador e as pessoas que estão no mesmo ambiente. Em caso de desmaio. Algumas informações contidas neste boletim são apenas estimativas. serão liberados poeiras e gases (fumaça) que exigirão a utilização de equipamento de proteção individual apropriado (mascaras com filtros de carvão ativado e até equipamentos de ar mandado) de acordo com cada ambiente. chamar imediatamente um médico. em seguida. disponível em nosso site. Em situações que ocorram à necessidade de efetuar processos de soldas de peças metálicas pintadas com este produto. Para limpar as mãos usar álcool. Para maiores informações consultar o Departamento Técnico da WEG Tintas através do fone especificado no final deste boletim. O preparo da superfície. longe de chamas. devem ser realizados em locais ventilados. adequação ou durabilidade do produto. devido à política de evolução e melhoria contínua de nossos produtos e serviços. procurar um médico imediatamente. Se for necessária a realização de remoções da tinta já aplicada e endurecida do substrato. Para estas situações contactar a área de segurança de sua empresa. lavar com água e pastas de limpeza apropriada. manuseio e o uso de tintas durante a pintura e secagem.net – Fone: (55) XX 47 3276-4000 CÓPIA PARA INFORMAÇÃO Página 6 de 6 Revisão: 00 Data: Nov/10 .www. mãos e outras partes do corpo. apropriados conforme indicado na ficha de informações de segurança (FISPQ). NOTA: As informações contidas neste boletim técnico baseiam-se na experiência e no conhecimento adquirido em campo pela equipe técnica da WEG Tintas. A temperatura pode oscilar entre 10 a 40ºC. faíscas ou calor excessivo. Em caso de incêndio. desempenho ou quanto a quaisquer danos materiais ou pessoais resultantes do uso incorreto dos produtos em questão ou das informações contidas neste Boletim Técnico. sendo que a WEG Tintas não se responsabiliza pelo comportamento. Segurança e Meio Ambiente. por tratar-se de produtos inflamáveis. fornecendo soluções com qualidade para satisfazer às necessidades de nossos clientes. O contato com a pele pode causar irritações. Não fumar na área de trabalho. a WEG Tintas não garante e não assume qualquer responsabilidade quanto a rendimento.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful