Você está na página 1de 36

1 – Representações Formais (NBC TA 580)

1.1 - Objetivo
1.2 – Representações formais como evidências de auditoria
1.3 – Representações formais sobre a responsabilidade da
administração
1.4 – Data das representações formais
1.5 – Forma das representações formais
1.6 – Comunicação com os responsáveis pela governança
1.7 – Dúvida quanto a confiabilidade das representações
1.8 – Representações formais solicitadas e não recebidas
O que é uma representação formal?

Para fins das normas de auditoria, representação formal é


uma declaração escrita pela administração, fornecida ao
auditor, para confirmar certos assuntos ou suportar outra
evidência de auditoria
Objetivo
obter representações formais de que eles
cumpriram com suas responsabilidades
( elaboração das demonstrações contábeis e
pela integridade das informações fornecidas
ao auditor)

dar suporte a outras evidências de auditoria


Os objetivos do
relevantes para as demonstrações contábeis
auditor são..
ou para afirmações específicas

reagir apropriadamente às representações


formais fornecidas pela administração e ou
se a administração não fornecer as
representações solicitadas pelo auditor.
(FCC / ISS SP / 2012) A carta de responsabilidade da
administração da empresa auditada responsabiliza
a) o conselho de administração e o conselho fiscal.
b) a diretoria executiva.
c) o conselho de administração.
d) a governança e a administração.
e) a diretoria financeira e a de controladoria.
(ESAF / AFRFB / 2003) Dos objetivos a seguir relacionados,
qual não corresponde aos objetivos do auditor na obtenção
da Carta de Responsabilidade da Administração.
a) Atender às normas contábeis geralmente aceitas.
b) Obter evidência auditorial por escrito.
c) Delimitar as responsabilidades do auditor e da
administração.
d) Dar mais confiabilidade às informações verbais obtidas.
e) Atender às normas de auditoria independente.
Membros da administração aos quais são solicitadas
representações formais.

O auditor deve solicitar representações formais dos


membros da administração com responsabilidades
apropriadas pelas demonstrações contábeis e
conhecimento dos assuntos envolvidos.
Representações formais sobre a
responsabilidade da administração

forneceu ao auditor todas as


informações

A adm. deve fornecer


permitiu os acessos
representação formal no
necessários
sentido de que...

todas as transações foram


registradas e estão refletidas
nas demonstrações contábeis
Exemplo de outras comunicações formais

comunicou ao auditor todas as


deficiências no controle interno de
Exemplos de outros que a administração tenha
tipos de representação conhecimento
formal que o auditor
pode considerar
necessário solicitar: afirmações específicas nas
demonstrações contábeis.
Data das representações formais

A data das representações formais deve ser tão próxima


quanto praticável, mas não posterior à data do relatório do
auditor sobre as demonstrações contábeis.
(ESAF / AFRFB / 2009) O auditor, ao realizar auditoria na
empresa Construção S.A., aplicou todos os procedimentos
de auditoria necessários ao trabalho, realizando os
trabalhos em conformidade com as normas de auditoria.
Ao solicitar a carta de responsabilidade da administração
da empresa, esta deve ser emitida na data
a) de encerramento das demonstrações contábeis.
b) do término dos relatórios de revisão.
c) da publicação das demonstrações contábeis.
d) de emissão do parecer dos auditores.
e) em que o auditor finalizar os trabalhos em campo.
Forma das representações formais

Exige-se que as representações formais sejam incluídas em


carta de representação dirigida ao auditor
Comunicação com os responsáveis pela
governança
A NBC TA 260 exige que o auditor comunique aos
responsáveis pela governança as representações formais
que o auditor solicitou da administração.
Dúvida quanto à confiabilidade das
representações formais

Não solucionado,
Representações
deve reconsiderar a
formais Executar
avaliação da
incompatíveis procedimentos
competência,
com outras de auditoria
integridade, valores
evidências de para solucionar
éticos ou diligência
auditoria
da administração
(ESAF / AFRE-MG / 2005) O não fornecimento, pela
administração da empresa auditada, da Carta de
Responsabilidade ao auditor independente caracteriza
a) limitação de escopo.
b) impossibilidade de auditoria.
c) suspensão da auditoria.
d) fraude em auditoria.
e) a renúncia ao trabalho.
Se a administração não fornecer uma ou mais das
representações formais solicitadas

discutir o assunto com a administração

reavaliar a integridade da administração e


O auditor avaliar o efeito que isso pode ter sobre a
deve... confiabilidade das representações (verbais ou
escritas) e da evidência de auditoria em geral

tomar ações apropriadas, inclusive determinar


o possível efeito sobre a sua opinião no
relatório de auditoria
Hipóteses de abstenção de opinião

há dúvida suficiente a respeito da


integridade da administração
(representações formais não sejam
confiáveis)
O auditor deve
abster-se de emitir a administração não fornecer as
opinião se... representações formais com
referência a suas responsabilidades
na elaboração e apresentação das
demonstrações contábeis e no
fornecimento de informações.
(FCC / ISS SP / 2012) A empresa Resistente S.A. não
concordou em apresentar a carta de responsabilidade da
administração. Nesse caso, o auditor
a) deve denunciar a empresa aos órgãos competentes e
recusar a auditoria.
b) deve aceitar o trabalho, estabelecendo a limitação de
escopo e evidenciando a recusa no relatório da auditoria.
c) não deve aceitar o trabalho a menos que seja exigido
por lei ou regulamento.
d) deve ressalvar o parecer, apresentando nota de ênfase
em qualquer situação.
e) não deve aceitar o trabalho, em qualquer situação,
ainda que exigido por lei.
Lista de normas de auditoria que contêm requisitos para
representações formais
• NBC TA 240 – Responsabilidade do Auditor em Relação a Fraude, no
Contexto da Auditoria de Demonstrações Contábeis, item 39;
• NBC TA 250 – Auditoria de Demonstrações Contábeis – Consideração de Leis
e Regulamentos, item 16;
• NBC TA 450 – Avaliação das Distorções Identificadas durante a Auditoria,
item 14;
• NBC TA 501 – Evidência de Auditoria – Considerações Específicas para Itens
Selecionados, item 12;
• NBC TA 540 – Auditoria de Estimativas Contábeis, Inclusive do Valor Justo, e
Divulgações Relacionadas, item 22;
• NBC TA 550 – Partes Relacionadas, item 26;
• NBC TA 560 – Eventos Subsequentes, item 9;
• NBC TA 570 – Continuidade Operacional, item 16(e);
• NBC TA 710 – Informações Comparativas – Valores Correspondentes e
Demonstrações Contábeis Comparativas, item 9.
1) Formação de Opinião e emissão do relatório
Objetivo

formar uma opinião sobre as


demonstrações contábeis com base na
avaliação das conclusões atingidas pela
evidência de auditoria obtida
Os objetivos
do auditor são
expressar claramente essa opinião por
meio de relatório de auditoria por escrito
que também descreve a base para a
referida opinião
Formação de Opinião sobre as Demonstrações
Contábeis

• O auditor deve formar sua opinião sobre se as


demonstrações contábeis são elaboradas, em todos os
aspectos relevantes, de acordo com a estrutura de relatório
financeiro aplicável.

• Para formar essa opinião, o auditor deve concluir se obteve


segurança razoável sobre se as demonstrações contábeis
tomadas em conjunto não apresentam distorções
relevantes, independentemente se causadas por fraude ou
erro.
Divulgação das práticas contábeis selecionadas e aplicadas

Consistência das práticas contábeis selecionadas e aplicadas


com a estrutura de relatório financeiro
Razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela
administração
Auditor
Se as informações apresentadas nas demonstrações
deve
contábeis são relevantes, confiáveis, comparáveis e
avaliar..
compreensíveis
Se as demonstrações contábeis permitem que os usuários
previstos entendam o efeito de transações e eventos
relevantes
A terminologia usada nas demonstrações contábeis,
incluindo o título de cada demonstração contábil, é
apropriada
Forma de Opinião não modificada

demonstrações contábeis são


Opinião não elaboradas, em todos os aspectos
modificada relevantes, de acordo com a estrutura
de relatório financeiro aplicável
(FUNDATEC / AFTE-RS / 2009) O auditor fica impedido de emitir parecer
sem ressalva nas seguintes circunstâncias:
a) quando as informações contidas nas demonstrações contábeis não
apresentarem as devidas notas explicativas.
b) quando as demonstrações contábeis foram elaboradas consoante as
disposições contidas em legislação especifica, princípios fundamentais de
contabilidade e normas brasileiras de contabilidade.
c) quando existir discordância com a administração da entidade a
respeito do conteúdo e/ou forma de apresentação das demonstrações
contábeis, que tenham, na sua opinião, efeitos relevantes para as
demonstrações contábeis.
d) quando todas as alterações solicitadas em parecer, tiverem sido
realizadas e devidamente reveladas nas demonstrações contábeis.
e) quando o auditor não obtém comprovação suficiente para
fundamentar sua opinião sobre as demonstrações contábeis, abstendo-
se de opinião.
(FUNDATEC / AFTE-RS / 2009) De acordo com as normas
de auditoria independente das demonstrações contábeis,
tratando-se da conceituação e objetivos, é possível
afirmar que:

d) O parecer do auditor independente tem por limite os


próprios objetivos da auditoria das demonstrações
contábeis e não representa, pois, garantia de viabilidade
futura da entidade ou algum tipo de atestado de eficácia
da administração na gestão dos negócios.
Opinião Modificada

as demonstrações contábeis tomadas


em conjunto apresentam distorções
relevantes
O auditor deve
modificar a opinião
se... não conseguir obter evidência de
auditoria apropriada e suficiente para
concluir se as demonstrações
contábeis tomadas em conjunto não
apresentam distorções relevantes
(ESAF / Analista de Finanças e Controle CGU / 2006)
Segundo as Normas Brasileiras de Contabilidade, o
Parecer emitido pelos Auditores Independentes pode
receber as seguintes classificações, exceto:
a) parecer sem ressalva.
b) parecer com ressalva.
c) parecer adverso.
d) parecer com abstenção de opinião por limitação na
extensão.
e) parecer contrário.
Título

Destinatário

Parágrafo introdutório
Responsabilidade da administração sobre as
demonstrações contábeis

Composição do Responsabilidade do auditor


relatório de
Opinião do auditor
auditoria
Outras responsabilidades relativas à emissão
do relatório de auditoria

Assinatura do auditor

Data do relatório do auditor independente

Endereço do auditor independente


(ESAF / Auditor Fiscal da Previdência Social / 2002) De
acordo com as Normas de Auditoria Independente das
Demonstrações Contábeis, em relação ao Parecer do
Auditor, julgue o item abaixo:

c) em condições normais, é dirigido aos acionistas,


cotistas, ou sócios, ao conselho de administração ou à
diretoria da entidade, ou outro órgão equivalente,
segundo a natureza desta. Em circunstâncias próprias,
o parecer é dirigido ao contratante dos serviços.
Parágrafo Introdutório
identificar a entidade cujas
demonstrações contábeis foram
auditadas
afirmar que as demonstrações
contábeis foram auditadas
identificar o título de cada
O parágrafo demonstração que compõe as
Introdutório demonstrações contábeis
deve...
fazer referência ao resumo das
principais práticas contábeis e demais
notas explicativas
especificar a data ou o período de
cada demonstração que compõe as
demonstrações contábeis
• (CESPE / Analista do BACEN / 2000) O parecer do
auditor independente, em conformidade com as
normas internacionais de auditoria, deve conter o
parágrafo introdutório ou de abertura, identificando
as demonstrações contábeis auditadas e a declaração
de responsabilidade da administração da entidade e
do auditor.
(ESAF / Auditor Fiscal da Previdência Social / 2002) De
acordo com as Normas de Auditoria Independente das
Demonstrações Contábeis, em relação ao Parecer do
Auditor não é correto afirmar que:
a) é de exclusiva responsabilidade de contador
registrado no Conselho Regional de Contabilidade,
nestas normas denominado auditor.
Opinião não modificada do Auditor

A opinião do auditor deve, utilizar uma das seguintes frases,


que são consideradas equivalentes:
a) as demonstrações contábeis apresentam adequadamente,
em todos os aspectos relevantes, … de acordo com [a
estrutura de relatório financeiro aplicável]; ou
b) as demonstrações contábeis apresentam uma visão correta
e adequada … de acordo com [a estrutura de relatório
financeiro aplicável].
(FUNDATEC / AFTE-RS / 2009) Quanto às normas do
parecer de auditoria, analise as afirmações abaixo.

I. O parecer deve identificar as demonstrações contábeis


sobre as quais o auditor está expressando sua opinião,
indicando, outrossim, o nome da entidade, as datas e
períodos a que correspondem.
(FCC / Analista Trainee - Ciências Contábeis METRÔ /
2010) Em relação ao parecer da auditoria independente,
é correto afirmar:

b) Em caso de emissão de parecer sem ressalva, não há


necessidade de o auditor elaborar o parágrafo de
extensão dos trabalhos e o parágrafo de opinião.
Informações suplementares (não requeridas pelo relatório financeiro
aplicável) apresentadas com as demonstrações contábeis
Avaliar se essas Se não estão claramente
informações diferenciadas o auditor
suplementares estão deve pedir que a
claramente administração mude a
diferenciadas das forma de apresentação das
demonstrações informações suplementares
contábeis auditadas não auditadas.

Se a administração se recusar a
fazê-lo, o auditor deve explicar
no relatório do auditor
independente que essas
informações suplementares não
foram auditadas.

Você também pode gostar