Você está na página 1de 5

DUPLA DE FÍSICOS

ENXERGA UNIVERSO
EM GOTA D'ÁGUA
Uma gota d'água pode revelar segredos sobre planetas, núcleos atômicos e até buracos negros, indica um novo
experimento. Cientistas observaram o que acontece com um pingo do líquido quando posto para "levitar" sob
forças eletromagnéticas. E, pelo visto, na física, como na canção de Chico Buarque, quase qualquer interação
"pode ser a gota d'água".

Quando giram rapidamente, as gotas criadas pelos físicos Richard Hill e Laurence Eaves, da Universidade de
Nottingham (Reino Unido), adotam forma de amendoim ou triângulo.

A tecnologia que faz com que as gotas parem no meio do ar é a mesma que fez um sapo levitar, em uma
pesquisa ganhadora do infame Prêmio IgNobel, em 1997.

A aplicação de um campo magnético 10 vezes mais intenso que o de um imã de alto-falante faz com que a água
das gotas produza seu próprio campo magnético como reposta.

"A força magnética [da água] contrabalança a força da gravidade em nível molecular, por todo o objeto",
explicou Hill.

"Podemos investigar como as coisas se comportam no espaço, aqui no solo."

Em "gravidade zero", uma gota que teria normalmente a forma de uma lágrima vira uma esfera perfeita. Se a
gota começar girar em torno de si mesma, porém, o equilíbrio entre a coesão das moléculas e a tendência da
água de "escapar pela tangente" faz a gota assumir o formato de uma melancia.

Cálculos teóricos feitos em 1980 sugeriam que à medida que girasse cada vez mais depressa, a gota-melancia
assumiria a forma de um amendoim, depois a de um triângulo arredondado, podendo chegar até ao extremo da
forma de uma rosquinha.

Segundo os cálculos, a forma triangular seria muito instável.

Experimentos em órbita chegaram a ver de relance gotas triangulares, mas que logo se desmanchavam.

Agora, no conforto de seu laboratório bem aqui na Terra, Eaves e Hill fizeram gotas flutuantes girarem graças à
força de correntes elétricas passando por um par de pequenos eletrodos colocados nas próprias gotas. Os
pesquisadores gravaram vídeos das gotas com mais ou menos 1,5 cm de diâmetro, girando em várias
velocidades, chegando até seis rotações por segundo. Os cientistas viram as gotas assumirem todas as formas
previstas pela teoria, exceto a forma de rosquinha.

Os físicos afirmam, em artigo científico no periódico "Physical Review Letters" publicado em 5 de dezembro, que
estudar o comportamento dessas gotas pode ajudar a entender também objetos criados por outros tipos de
forças coesivas, como a força nuclear e a gravitacional, sugerindo que certos núcleos atômicos ou planetas
girando tenham formas semelhantes às das gotas.

Melancia ou amendoim

Vitor Cardoso, do Instituto Superior Técnico de Lisboa (Portugal), é um entusiasta dessa analogia. Ele explica
que, se o Universo tiver mais dimensões espaciais do que três, como sugere a cosmologia da teoria das
supercordas, então as mesmas equações que descrevem as gotas líquidas servem para descrever buracos
negros-regiões no espaço normalmente esféricas, onde a gravidade é tão forte que nada escapa de dentro.

"Estamos tentando compreender agora se buracos negros com forma de amendoim ou outras formas podem
existir", disse Cardoso.

Mais cauteloso é o astrônomo também português Pedro Lacerda, da Universidade do Havaí (EUA). Lacerda
observa o brilho fraquíssimo de planetas-anãos orbitando o Sol em uma região além de Plutão, chamada de
cinturão de Kuiper. Alguns giram o suficiente para terem forma de melancia ou de amendoim. Se a analogia com
as gotas for realmente válida, então talvez existam planetas-anãos triangulares.

"Seria muito interessante encontrá-los”, afirma Lacerda.

Quanto a comparar núcleos atômicos com gotas líquidas, a física Alinka Lépine, da Universidade de São Paulo,
explica que certas propriedades do núcleo há muito tempo são explicadas dessa maneira. Se sabe, por exemplo,
que núcleos que giram depressa têm forma de melancia.

"Há evidências recentes que apontam para a existência de núcleos ainda mais deformados", disse. Hill e Eaves
sugerem que suas gotas possam ajudar a entender esses núcleos hiper deformados.

Por enquanto, Hill conta que planeja continuar o experimento para ver se consegue produzir as outras formas,
como a de rosquinha.

"Se ela é alcançável, não sabemos."

Autoria: IGOR ZOLNERKEVIC (colaboração para a Folha de S. Paulo)

COMO A ÁGUA REFLETE NOSSOS SENTIMENTOS

A água tem uma mensagem muito importante para nós. A água está nos dizendo para olharmos muito mais
profundamente os nossos egos. Quando nós olhamos nossos egos através do espelho da água, a mensagem
torna-se surpreendente, límpida, inteligível.

Nós sabemos que a vida humana está conectada diretamente à qualidade de nossa água, dentro e em torno de
nós.

As informações neste artigo refletem o trabalho de Masaru Emoto, um criativo e visionário pesquisador japonês.
O Sr. Emoto publicou um livro importante, "A Mensagem de Água", com as descobertas da pesquisa mundial
que foi realizada por ele.
Se você tem qualquer dúvida de que seus pensamentos afetam tudo em e ao redor de você, as informações que
são apresentadas aqui, tiradas do livro com os resultados da pesquisa publicada por Emoto, mudarão sua mente
e alterarão suas convicções profundamente.

Com o trabalho do Sr. Emoto ficamos munidos de evidência efetiva de que a energias vibracionais humanas,
pensamentos, palavras, ideias e músicas, afetam a estrutura molecular da água. A mesma água que compreende
setenta por cento de um corpo humano maduro e cobre a mesma proporção do nosso planeta. A água é a fonte
de toda a vida neste planeta e qualidade e integridade são vitalmente importantes a todas as formas de vida. O
corpo é como uma esponja e está composto de trilhões de câmaras chamadas células que comportam líquido. A
qualidade de nossa vida está diretamente ligada à qualidade de nossa água.

A água é uma substância muito maleável. Sua forma física adapta-se facilmente ao que o ambiente contém. Mas
a aparência física não é a única coisa que muda, sua estrutura molecular também muda. A energia ou as
vibrações do ambiente mudarão a forma molecular da água. Neste sentido a água tem, não somente a
habilidade de refletir visualmente o ambiente, mas também reflete molecularmente este ambiente.

O Sr. Emoto documentou visualmente estas mudanças moleculares na água por meio de suas técnicas
fotográficas. Ele congelou gotas de água e examinou-as então sob um microscópio de campo escuro dotado de
recursos fotográficos. Seu trabalho demonstra claramente a diversidade da estrutura molecular da água e do
efeito do ambiente sobre a sua respectiva estrutura molecular.

A neve tem caído sobre a Terra por mais de alguns milhões de anos. Cada floco de neve, como já dissemos, tem
uma forma e uma estrutura muito originais. Congelando a água e examinando a fotografia da estrutura, como o
Sr. Emoto fez, você obterá incríveis informações a respeito da água.

Sr. Emoto descobriu muitas diferenças fascinantes nas estruturas cristalinas da água de muitas fontes diversas e
condições diferentes ao redor do planeta. A nascente de água pura que jorra da montanha, mostra maravilhosos
desenhos geométricos em seus padrões cristalinos. Águas poluídas e tóxicas das áreas industriais e povoadas,
águas estagnadas das tubulações e represadas em armazenamentos mostram estruturas cristalinas
definitivamente distorcidas e formadas aleatoriamente.

Com a popularidade recente da terapia da música, o Sr. Emoto decidiu observar que efeito a música tem na
estrutura da água.

Colocou uma água destilada entre dois alto-falantes por diversas horas e fotografou então os cristais que se
formaram depois que a água foi congelada.

Após ter visto como a água reagia às circunstâncias ambientais, poluição e música, o Sr. Emoto e seus colegas
decidiram observar como os pensamentos e as palavras afetavam a formação de águas destiladas não tratadas
e águas puras, usando palavras datilografadas em papel por um processador de texto e coladas nos frascos de
vidro durante a noite. O mesmo procedimento foi executado usando os nomes de pessoas falecidas. As águas
foram então congeladas e fotografadas.

O trabalho extraordinário de Masaru Emoto é uma revelação surpreendente, e é uma ferramenta poderosa que
pode mudar nossas percepções de nós mesmos e do mundo em que vivemos, sempre. Nós temos evidências
profundas de que podemos curar positivamente e podemos transformar a nós mesmos e ao nosso planeta pelos
pensamentos que nós escolhemos pensar e as maneiras como colocamos estes pensamentos em ação.
Estas fotografias mostram os incríveis reflexos da água, como viva e altamente receptiva a cada uma de nossas
emoções e pensamentos. Ficou claro que a água facilmente assimila as vibrações e as energias do ambiente, seja
tóxico e poluído ou naturalmente puro.

QUE A PAZ POSSA ALCANÇAR OS NOSSOS MENORES GESTOS.

Autoria: Fernando Guedes de Mello para o Jornal Infinito.

O PODER DA ÁGUA

Caros Amigos,

A costumeira sintonia desta vez vai nos levar em contato mais próximo com a água. Sim, a água que está à base
de toda vida como a conhecemos e que compõe cerca de 70% de nosso organismo, o elemento precioso que
também cobre 70% de nosso lindo Planeta. Muito pouco do real poder da água é conhecido ao público e,
mesmo após a precisa e documentada divulgação feita de diversos trabalhos sérios de relevante interesse e
importância, mesmo no STUM, a informação de fato não circulou; nada mudou. Algum texto aqui e ali, um livro
pouco vendido. Tirando a Internet, com certeza a mais nova e democrática das grandes mídias, um assunto tão
importante relativo à água não é praticamente tocado. Tabu..., mas fala-se muito de moda, de literatura, de
cinema, de arte, de música na grande mídia (Impressa, falada e televisada).

Quando o assunto é abordado os temas são a poluição, a escassez, a qualidade físico-química, mas nada é
tocado em termos da potencialidade energética, curativa e no sério comprometimento destes fatores na água
que consumimos diariamente.

Sim, a água tratada que sai das torneiras de nossas casas, mesmo que filtrada, poderá ser potável, mas é uma
água sem vida, amorfa e desorganizada em sua estrutura molecular e sobretudo energética. Um fato
desconcertante: por causa da chuva ácida causada pela poluição atmosférica - aliada à contaminação do solo e
das camadas freáticas, os EUA não têm mais disponível água de fonte local, a famosa água mineral! Lá este bem
é hoje importado de Canadá e França, obrigando praticamente a enorme maioria dos habitantes a beber uma
pobre "tab water", (água de torneira).

Mas tem esperança. Estudos científicos levados a cabo nos últimos anos no Japão pelo Dr. Masaru Emoto, tem
mostrado amplamente as características fantásticas - mágicas mesmo - da água, que interage no ambiente em
que se encontra e modifica sua estrutura de acordo deixando inclusive sua assinatura única. Este magnífico
elemento, que na visão dos sábios é desde a antiguidade associado às emoções, reage de forma positiva ou
negativa em função de estímulos externos, tais como uma palavra falada, um pensamento, uma música ou até a
uma frase escrita no frasco. Quem teve a possibilidade de assistir ao vídeo "Messages from Water" de Emoto,
nunca mais será o mesmo ao beber um copo de água. Emoto teve a visão de que se um floco de neve (água
congelada) forma cristais únicos e belos, o mesmo poderia acontecer congelando pequena quantidade de água
de diferente origem. Podemos assim verificar como a estrutura da água natural de fonte, analisada num
microscópio eletrônico, após ter sido congelada a menos 25 °C, mostra uma imagem esplêndida tal como um
floco de neve, sempre partindo de um formato central hexagonal (seis lados). Assim, todas as águas naturais de
quase toda parte do mundo mostram formações cristalinas peculiares e encantadoras e provavelmente
manifestam uma energia especifica de cura! Experimentos criativos e inspirados, realizados a partir de simples
água destilada, colocada entre duas caixas acústicas - tocando as belíssimas vibrações musicais de Mozart ou
Beethoven - simplesmente revelavam estruturas cristalinas cada vez mais delicadas e belas. O mesmo ocorreu
com a mentalização feita por um grupo de pessoas (crianças com seus pais), de mãos dadas enviando amor à
amostra colocada no centro da mesa, bem como com as que mostravam um simples rótulo onde se lia: "te
amo", "obrigado", "paz" e outras frases positivas.

O oposto também é verdadeiro. Mensagens de ódio, separação, rancor e violência geravam completa
desorganização na estrutura.

O Universo quer espalhar com clareza a força que emoções, palavras e pensamentos têm sobre tudo que é vivo
e que fica armazenado na nossa estrutura física em cada molécula de água. Provavelmente em futuro próximo
os exames para verificar nosso estado de saúde se limitarão a congelar e fotografar nossos líquidos... saberemos
identificar onde e como nossas ações são destrutivas ou positivas.

A água assim energizada cura e renova nossas células e muitos sabem o quanto ela representa na ação da
Homeopatia e das Essências Florais, com formulações praticamente isentas de princípios ativos, mas carregadas
de informações amorosas e sábias para nossos corpos sutis.

Se V. chegou a ler até aqui, te agradeço em nome deste precioso elemento, esperando que V. possa divulgar
para mais pessoas este boletim e lembrando que, agradecendo e mandando amor aos outros e a si mesmo
estará produzindo uma mudança concreta, positiva e CRISTALINA em volta de você!

Fonte: Boletim STUM

Você também pode gostar