Você está na página 1de 8

01

ATIVIDADE DE REVISÃO
1º TRIMESTRE - 9º ANO
DISCIPLINA: HISTÓRIA PROF. MAX

Nome:__________________________________________________Nº____ Data: ____/____/_____

Leia atentamente as questões.

A) Assistir aos vídeos:

https://www.youtube.com/watch?v=qqSRyVsbjXE - HISTÓRIA DA ESCRAVIDÃO NO BRASIL E


PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA (aula completa) - Débora Aladim

https://www.youtube.com/watch?v=2RL6WbfzeJk - REVOLTA DA VACINA (em 5 minutos!) - Débora


Aladim

https://www.youtube.com/watch?v=bTOdnw2alHw - GUERRA DE CANUDOS E DO CONTESTADO


(em 5 minutos!) - Débora Aladim

https://www.youtube.com/watch?v=69MTadaKjWk - Guerra de Canudos | Nerdologia

Elaborar um fichamento dos conteúdos de cada vídeo no caderno.

B) Resolver as questões abaixo:

1) A identificação dos governos da República Velha com os interesses da economia cafeeira


pode ser expressa pelo(a):

a) financiamento, através do Banco do Brasil, para o plantio de novas lavouras, no


Encilhamento.
b) estatização das exportações, com o objetivo de garantir os preços, durante a Primeira
Guerra Mundial.
c) adoção de uma política de valorização, reduzindo a oferta do produto, a partir do Convênio
de Taubaté.
d) controle da mão-de-obra camponesa e apoio à imigração, com a Lei Adolfo Gordo.
e) isenção de tributos assegurada no programa de estabilização de Campos Sales.

2) "Cabo de enxada engrossa as mãos - o laço de couro cru, machado e foice também. Caneta
e lápis são ferramentas muito delicadas. A lida é outra: labuta pesada, de sol a sol, nos campos
e nos currais (...) Ler o quê? Escrever o quê? Mas agora é preciso: a eleição vem aí e o
alistamento rende a estima do patrão, a gente vira pessoa." (Palmério, Mario. VILA DOS CONFINS).

Com base no texto é correto afirmar que, na República Velha,

a) o predomínio oligárquico, embora vinculado à manipulação do processo eleitoral, estava


longe de estabelecer qualquer compromisso entre "patrão" e empregados.
b) a campanha eleitoral levada a cabo pelos chefes políticos locais visava a atingir,
principalmente, os trabalhadores urbanos já alfabetizados e menos embrutecidos pela "labuta
pesada".
c) a transformação operada no trabalhador durante o período eleitoral representava a marca de
um sistema político que estendia o poder dos grandes proprietários rurais, dos "campos e
currais", aos Municípios e, daí, à capital do Estado.
d) o predomínio oligárquico, baseado em favores pessoais, buscava, sobretudo, dissolver os
focos de tensão social e oposição política, representados nas diversas formas de organização
dos trabalhadores rurais naquele momento.
e) o período eleitoral era o único momento em que os chefes locais se voltavam para os seus
subordinados, impondo-lhes seus candidatos e dispensando-os dos trabalhos que
"engrossavam as mãos".

3) A chamada “Política dos Governadores”, instituída a partir do governo de Campos Salles,


caracterizava-se por:

a) permitir que a escolha do Presidente da República fosse resultado de um consenso entre os


governadores e desta forma manter o grupo político no poder.
b) tornar os governadores um mero instrumento do poder do Presidente da República e impedir
a formação de novas lideranças contrárias ao governo federal;
c) acordo político que consistia na troca de favores entre os governos federal, estadual e
municipal para manter os grupos políticos no poder.
d) tornar os governadores representantes de um federalismo liberal e democrático com objetivo
de renovar as lideranças políticas;
e) promover, através dos governadores, a desarticulação das oligarquias locais e promover a
renovação dos grupos políticos e lideranças locais.

4) O coronelismo foi uma peça importante da perversa engrenagem que impedia a


representatividade política da maioria da população, principalmente a parcela da sociedade
mais carente. Podemos definir o coronelismo como:

a)Sistema de poder cujo grupo político que alternava-se no poder federal como forma de
garantir a manutenção dos privilégios aos seus respectivos Estados.
b)Sistema de poder que consistia na troca de favores entre o poder estadual e municipal a fim
de garantir seus interesses políticos utilizando práticas fraudulentas para vencer as eleições.
c)Sistema de poder no qual o coronel era uma peça secundária e sua participação era
ofuscada pela Comissão de Verificação, pois na prática era esta quem declarava os candidatos
eleitos.
d)Sistema de poder baseado no coronel o líder político local, grande proprietário de terras que
usava jagunços para formar os currais eleitorais, através de práticas de intimidação ao eleitor.
e)Sistema de poder político que arregimentava grande número de seguidores a partir de suas
pregações religiosas que convenciam os mais pobres a se submeterem ao seu controle.

5) A Primeira República ou República Velha foi um período da História política do Brasil que se
caracterizou pelo afastamento do ideal da República. O que deveria ser um governo para todos
na prática era um governo de poucos. Sobre os fatos com os quais podemos caracterizar a
Primeira República estão:
02
I- Com o “voto de cabresto” os coronéis dominavam as clientelas rurais e manipulavam as
eleições;
II- A política dos governadores consagrava a troca de apoio entre o governo federal e as
oligarquias estaduais mantendo o mesmo grupo político no poder.
III- A política do café com leite foi o domínio da sucessão presidencial pelos grandes
fazendeiros de Minas Gerais e São Paulo, principalmente os representantes dos cafeicultores
paulistas, alternando-se na presidência da República.
IV- O Movimento dos Tenentes - o Tenentismo - que possuía caráter militar contribuiu para
consolidar os governos da Primeira República.
V- As fraudes eleitorais eram exceção e não regra neste período, devido ao rigoroso trabalho
de fiscalização do processo eleitorado efetuado pela Comissão de Verificação.

Assinale a alternativa verdadeira:

a) Apenas a alternativa I, está correta.


b) As alternativas I,II,III estão corretas.
c) As alternativas I,II,IV e V estão corretas.
d) As alternativas II,III e IV estão corretas.
e) Apenas a alternativa V está incorreta.

6) Correspondem aos governos militares de Deodoro da Fonseca e de Floriano Peixoto,


responsáveis pelas instalações e consolidação do regime republicano:

a) República da Espada
b) República Oligárquica
c) República Monárquica
d) República do café com leite
e) Primeira república nova

7) A POLÍTICA DOS GOVERNADORES, instituída no governo Campos Sales (1898-1902),


significou a resolução da contradição instituída pela Constituição de 1891. Essa contradição se
dava entre

a) a naturalização compulsória e a livre escolha da cidadania brasileira.


b) a política de valorização do café e a indústria nascente.
c) o bicameralismo e a democracia indireta.
d) o federalismo e o presidencialismo.
e) os presidentes militares e os cafeicultores paulistas.

8) A hegemonia política dos estados economicamente fortes e populosos, São Paulo e Minas
Gerais, durante a República Velha, foi viabilizada através:

a) do apoio de grupos militares vinculados ao Tenentismo.


b) da política dos governadores que, articulando os governos estadual e federal, anulava
totalmente a oposição.
c) de movimentos sociais populares de apoio ao Estado oligárquico.
d) da instituição do voto secreto e fim da representação proporcional.
e) da Constituição de 1891, que estabeleceu um Estado unitário e fortemente centralizado.
9) Sobre a participação dos militares na Proclamação da República é correto a que:

a) o Partido Republicano foi influenciado pelos imigrantes anarquistas a desenvolver a


consciência política no seio do exército.
b) a proibição de debates políticos e militares pela imprensa, a influência das idéias de Augusto
Comte e o descaso do Imperador para com o exército favoreceram a derrubada do Império.
c) o descaso de membros do Partido Republicano, como Sena Madureira e Cunha Matos, em
relação ao exército, expresso através da imprensa, levou os "casacas" a proclamar a
República.
d) o Gabinete do Visconde de Ouro Preto formalizou uma aliança pró-republicana com os
militares positivistas no Baile da Ilha Fiscal.
e) a aliança dos militares com a lgreja acirrou as divergências entre militares e republicanos,
culminando na Questão Militar.

10) Foram as revoltas ocorridas durante o governo de Floriano Peixoto:


a) Revolução Federalista e Revolta da Armada;
b) Revolta de Canudos e Revolução Praieira;
c) Revolta da Chibata e Revolta do Contestado;
d) Revolução Federalista e Coluna Prestes;
e) Revolta da Armada e Revolta do Forte de Copacabana.

11) A crise do Encilhamento, ocorrida durante o primeiro governo republicano, provocou um


grande descontrole na economia nacional. Essa crise:
a) culminou com o desenvolvimento da forte política de industrialização no Brasil.
b) foi conseqüência da política econômico-financeira de emissão de papel-moeda e do crédito
aberto, adotada por Rui Barbosa, então Ministro da Fazenda.
c) conteve a especulação, evitando a falência de banqueiros e industriais.
d) foi conseqüência da desvalorização dos preços do café no mercado internacional.
e) levou o Ministro Rui Barbosa e a elite agroexportadora a elaborarem o primeiro programa de
valorização do café.

12)O movimento militar chefiado pelo marechal Deodoro da Fonseca, em 1889, proclamou a
República no Brasil, implantando um modelo de governo que se declarava democrático. Décio
Saes, ao estudar posteriormente esse movimento, afirma que a democracia nascente definiase
desde logo como uma democracia elitista e limitada, que correspondia a um refinamento da
dominação de classe dos proprietários de terras no plano das instituições políticas,
configurando um novo modelo de exclusão política.
SAES, Décio. Classe média e sistema político no Brasil. São Paulo: T. A. Queiroz, 1984 .

Pode-se afirmar que a democracia da República Velha foi um novo modelo de exclusão política na
medida em que, nesse período:
a) implantou-se o federalismo, em que cada estado-membro ganhava autonomia para eleger o
governador do estado e os deputados, que deveriam ser grandes proprietários rurais.
b) adotou-se como sistema de governo o presidencialismo, em que o presidente da República
deveria escolher seus ministros entre os grandes cafeicultores paulistas.
c) garantiu-se o direito de voto aos brasileiros do sexo masculino, maiores de 21 anos,
excetuando analfabetos, mendigos, soldados e religiosos sujeitos à obediência eclesiástica.
d) proclamou-se a independência entre o Estado e a Igreja, pondo fim ao regime do padroado,
vigente no Império, embora fosse vetado o acesso de protestantes aos cargos públicos.
03
13) O movimento resultou da conjugação de três forças: uma parcela do exército, fazendeiros
do oeste paulista e representantes das classes médias urbanas. (Emilia Viotti)

Momentaneamente unidas, segundo a autora, conservaram profundas divergências na


organização do novo regime. Identifique o fato histórico mencionado pelo texto.

a) Abdicação do imperador Pedro I.


b) Proclamação da República.
c) Ato Adicional de 1834.
d) Organização do Gabinete de Conciliação.
e) Introdução do Parlamentarismo como sistema político.-

14) A expressão "política do café com leite" é muito utilizada para caracterizar a Primeira
República no Brasil. Sobre essa política, descreva seu funcionamento.

15) Sobre o período da História do Brasil denominado República Velha, leia e analise
as proposições abaixo:

I) A figura do “coronel” era muito comum durante os anos iniciais da República, principalmente
nas regiões do interior do Brasil. O coronel era um grande fazendeiro que utilizava seu poder
econômico para garantir a eleição dos candidatos que apoiava.
II) O período que vai de 1889 a 1930 é conhecido como a República Velha. Este período da
História do Brasil é marcado pelo domínio político das elites agrárias paulistas e gaúchas.
III) A República Velha foi marcada pelo governo de presidentes civis, ligados à cultura da cana
de açúcar.

Assinale a alternativa CORRETA.

a) Apenas a proposição III é verdadeira.


b) Apenas as proposições II e III são verdadeiras.
c) Apenas as proposições I e III são verdadeiras.
d) Apenas a proposição I é verdadeira.
e) As proposições I, II e III são verdadeiras

16) Sobre a Política do Café-com-Leite, explique:


a) qual a origem dessa expressão?
b) o que ela significava.

17) Quem não possuía direito ao voto , segundo a constituição de 1891, vigente durante a
Republica Velha no Brasil?

18) Por que o voto ficou conhecido como “voto de cabresto” durante a vigência da Republica
Velha no Brasil?

19) Leia o texto abaixo:

“É no sentido preciso da afirmação da total igualdade jurídica dos homens perante a lei que a
Abolição da escravatura seguida pela proclamação da República assinalam um ponto de
inflexão na história da cidadania brasileira. A importância da Abolição não está no fato do
número de escravos que libertou, nem na figura de uma princesa redentora. (...) Além disso,
sabemos que a abolição não desencadeou um processo que significasse grandes melhorias
para a população negra, do mesmo modo que a República, de imediato, não representou a
vigência no país de práticas políticas representativas muito diferentes das experimentadas no
período imperial. Mas, mesmo assim, é possível argumentar que a abolição e a República
tornaram realidade jurídica, no Brasil, o princípio da equidade política (...)”.

(GOMES, Ângela de Castro. Venturas e desventuras de uma república de cidadãos. In:


ABREU, Martha e SOIHET, Rachel (orgs.) Ensino de História: conceitos, temáticas e
metodologia. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003, p. 157.)

Segundo o texto, a Abolição da Escravidão e a Proclamação da República, no cenário político


brasileiro,representaram:

a) a continuidade das práticas políticas imperiais que excluíam a população pobre branca e
negra da participação na vida política.
b) a ruptura completa com as práticas representativas da política imperial, na medida em que,
com a República, extinguiu-se o voto censitário.
c) deslocamentos significativos no processo de construção da cidadania ao tornar os homens
iguais perante a lei, o que modificou o jogo de poder entre as elites políticas e o eleitorado.
d) a manutenção das práticas políticas representativas imperiais com eleições fraudulentas,
pouco contribuindo para o avanço dos direitos políticos.

20) A expressão “gente do coronel fulano...”, indica um tempo político da história republicana
no Brasil.Sobre a afirmativa anterior, assinale a alternativa correta.

a) Em Mato Grosso não teve o coronelismo, pois além de ser uma conduta política somente
do nordeste, a fronteira do Centro-Oeste era guarnecida por militares.
b) Por ser o coronelismo uma forma de governo das oligarquias agrárias, ele não aconteceu
em Mato Grosso, uma vez que a ocupação das terras do Centro-Oeste deu-se pelo
extrativismo e pela mineração, o que dificultou formar uma elite rural.
c) O coronelismo se fez presente em Minas Gerais, e como em outros locais do Brasil, teve
uma base familiar e rural, onde os proprietários de terra eram também os chefes políticos.
d) Figuras políticas como Generoso Ponce e os irmãos Murtinho tiveram seus poderes
políticos fortalecidos em virtude de terem apoiado o varguismo para acabar com coronelismo.
e) Em Mato Grosso, o coronelismo se tornou mais acirrado pelas disputas políticas pela oligarquia
agrária do norte contra a oligarquia mineradora do sul.

21) Em 1997 o Brasil comemorou 150 anos de nascimento de Castro Alves, um poeta baiano, cujos
versos simbolizam a luta pela liberdade e contra a escravidão. Com relação à escravidão e à
estrutura social no Brasil, é incorreto afirmar que:

a) Houve um processo gradual de abolição da escravidão a partir de 1850 com o fim do tráfico
negreiro.
b) A mão-de-obra escrava representava a base de sustentação da economia colonial e também do
Império.
c) Havia um grande contingente de homens livres e pobres vivendo sob a dependência dos grandes
senhores de terra.
d) A abolição da escravidão foi precedida de medidas restringindo o acesso à terra e ao direito de
voto.
04
e) A abolição da escravidão em maio de 1888 foi precedida de uma ampla discussão na sociedade,
bem corno da adoção de medidas no sentido de incorporar os futuros libertos à estrutura econômica,
social e política nacional.

22) São aspectos das primeiras décadas após a instauração da república no Brasil, EXCETO:

a) A existência de um sistema de dominação conhecido como a política do “café-com-leite”.


b) O domínio dos coronéis sobre agregados e moradores dos distritos e municípios, favorecendo o
surgimento do “voto do cabresto”
c) A insatisfação dos trabalhadores rurais com o regime republicano, levando, muitas vezes, a
reações violentas como a Revoltas dos Canudos.
d) O estabelecimento do voto universal, permitindo a participação efetiva de todos os cidadãos na
política do país
e) A igreja separou-se do Estado e foi instituído o casamento civil

23) “Durante a República Velha (1889-1930), percebemos o coronelismo como limitador da


cidadania, pois o poder de mando do coronel influenciava as eleições.” A partir do texto, assinale a
INCORRETA:

a) O coronelismo fez surgir o "voto de cabresto" e o "curral eleitoral", expressões que refletem a
postura dócil dos comandados, que votam nos candidatos indicados pelo coronel em troca de
favores ou simplesmente por imposição, uma vez que este é quem controla, direta ou indiretamente,
a vida das pessoas em sua propriedade ou na região.

b) O coronel é sempre um grande proprietário rural, que, naturalmente, possui o poder econômico e,
na prática, o poder político local, o poder de polícia e o poder de justiça. Em outras palavras,
prefeitos, delegados e juízes são homens da família do coronel ou seus protegidos"

c) Soma-se a toda essa estrutura de poder a situação de ignorância à qual está submetida a grande
massa de trabalhadores rurais do país, distante dos centros urbanos, da escola e dos meios de
comunicação, distante dos direitos - assegurados pela lei, mas negados pelo exercício do poder por
parte das elites rurais.

d) Em vigor na República Oligárquica o voto secreto impedia o controle que os poderosos exerciam
sob os eleitores que de alguma forma dependiam deles.

e) N.D.A

24) “Montada no governo do presidente paulista Campos Salles, esta política visava manter no
poder as oligarquias. Em suma, era uma troca de favores políticos entre governadores e presidente.
O presidente apoiava os candidatos dos partidos governistas nos estados, enquanto estes políticos
davam suporte a candidatura presidencial e também durante a época do governo.” O texto se refere:
.
a) Ao Curral Eleitoral e o voto feminino
b) Ao Voto do Cabresto e a industrialização do Brasil
c) A Política dos Governadores e a troca de favores entre os políticos
d) A Política do Café-com-leite e a dívida externa
e) Ao Coronelismo e as empresas estrangeiras no Brasil
25) Oligarquia significa:

a) Democracia e a garantia da igualdade


b) Governo de poucos em benefício próprio.
c) Monarquia e os poderes totais do rei
d) República e o governo que representava todas as pessoas
e) A população e as reivindicações por melhorias de vida.

26) Resolva a trilha do Portal ON do 1º capítulo.

Você também pode gostar